Filipe Romão Juliano

Bolsista de Doutorado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0215928357950079
  • Última atualização do currículo em 27/11/2018


Mestre em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense (2015), possui especialização em Antropologia, Cultura e Arte e bacharelado e licenciatura em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2011). Atualmente cursa o Doutorado em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional - UFRJ (PPGAS-MN). Tem experiência na área de Antropologia, atuando principalmente com os seguintes temas: antropologia política, direitos humanos, arte e cultura. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Filipe Romão Juliano
Nome em citações bibliográficas
JULIANO, F. R.


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em ANTROPOLOGIA SOCIAL.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Orientador: Federico Neiburg.
2013 - 2015
Mestrado em Antropologia.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: Vivendo de Resistência: o Quilombo Sacopã, o Estado, a luta por reconhecimento e o samba,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Fabio Reis Mota.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Sacopã; Quilombo; Estado; Tutela; Insulto Moral; Samba.
Grande área: Ciências Humanas
2005 - 2011
Graduação em Ciências Sociais.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Título: 1296 Mulheres - A Presença Feminina nos Grandes Sucessos de Moreira da Silva.
Orientador: Santuza Cambraia Naves.
Bolsista do(a): MEC, PROUNI, Brasil.
2005 interrompida
Graduação interrompida em 2006 em Arquitetura e Urbanismo.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Ano de interrupção: 2006
2002 - 2004
Ensino Médio (2º grau).
CEFET Química, CEFETE QUÍMICA, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
American English Intensive Program 20 hours per week. (Carga horária: 120h).
New York Language Center, NYLC, Estados Unidos.
2013 - 2013
Extensão universitária em VII Curso de Atualização Diáspora Africana. (Carga horária: 120h).
ProAfro/UERJ e University of Texas, PROAFRO/UERJ, Brasil.
2009 - 2011
Extensão universitária em Domínio Adicional de Antropologia, Cultura e Arte. (Carga horária: 432h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
2006 - 2008
Extensão e Prática em Chorinho. (Carga horária: 300h).
Escola Portátil de Música, EPM, Brasil.
2003 - 2004
Curso Básico. (Carga horária: 400h).
Escola de Música Vila-Lobos, EMVL, Brasil.


Atuação Profissional



Associação Cultural Quilombo Sacopã, ACQS, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto Roda de Samba e Feijoada do Quilombo Sacopã
 Parceria: Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro ? SMC/RJ
 Descrição: Projeto cultural formulado e coordenado em conjunto com a Associação Cultural do Quilombo Sacopã e contemplado pelo Prêmio de Ações Locais Rio 540 anos da Secretaria Municipal de Cultural do Rio de Janeiro. Tal projeto consiste na manutenção de uma agenda cultural no território tradicional do Quilombo Sacopã com eventos como rodas de samba, festas, reuniões de lideranças quilombolas, etc. Os principais objetivos deste projeto são a inclusão produtiva da comunidade quilombola do Sacopã, visando o seu desenvolvimento social via uma gestão do seu território tradicional de forma autônoma.

Vínculo institucional

2011 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor Técnico, Carga horária: 20
Outras informações
Assessor Técnico da Associação Cultural do Quilombo Sacopã (ACQS) ? Rio de Janeiro, coordenando projetos, produzindo publicações, eventos, insumos, e gerindo a articulação entre as comunidades remanescentes de quilombos fluminenses e entes estatais. Os projetos desenvolvidos durante este assessoria a Associação Cultural Quilombo Sacopã/ Associação das Comunidades Quilombolas do Estado do Rio de Janeiro (Acquilerj gestão 2011/2014) tiveram como norteadores os Direitos Humanos das comunidades quilombolas, a regularização fundiária e associativa das comunidades, sua inclusão produtiva, o desenvolvimento local e a gestão dos territórios tradicionais, a articulação e mobilização dos quilombos do Rio já certificados e/ou em processo de mapeamento, e o monitoramento das políticas culturais, identitárias e de promoção da igualdade racial voltadas para as comunidades remanescentes de quilombos. Tais objetivos foram alcançados tendo sido publicados a Portaria de Reconhecimento de Domínio Territorial do Quilombo Sacopã, o TAC para uso do território do Quilombo da Marambaia assinado com a Marinha de Guerra, a identificação e certificação de quilombos rurais e urbanos no interior fluminense e na cidade do Rio de Janeiro, a publicação de um número significativo de Relatórios Técnicos de Identificação e Delimitação (RTID) por parte do INCRA, a titulação pelo estado do Rio da comunidade de Preto Fôrro, entre outros êxitos.
 Os projetos desenvolvidos estão citados separadamente.

Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto Socorro Jurídico Quilombola
 Parceria: Ford Foundation
 Descrição: O Socorro Jurídico foi uma iniciativa da Ford Foundation, escritório sediado no Rio de Janeiro, para fornecer às comunidades quilombolas fluminenses recursos que pudessem ser utilizados no acompanhamento e resolução de conflitos judiciais que envolvessem contendas territoriais. Tal projeto teve grande impacto na defesa das comunidades quilombolas do Rio devido a regularização fundiária, frente a pressão imobiliária e a cessão das graves violações de Direitos Humanos às quais estavam expostas.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto Ferramentas Midiáticas no Quilombo Sacopã
Parceria: Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro ? SeCult RJ Descrição: Projeto contemplado pelo Edital de Cultura Digital 2011 da SeCult do Rio de Janeiro. Visava a capacitação técnica dos moradores do Quilombo Sacopã e de outras comunidades quilombolas fluminenses na produção de material digital em plataforma de vídeo, texto e rádio, além da transferência de tecnologia. Tal projeto visava a mobilização das comunidades quilombolas e tradicionais do Rio de Janeiro pela capacitação técnica e consequente inclusão produtiva na cadeia audiovisual.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto A Voz do Sacopã
 Parceria: Fundo Brasil de Direitos Humanos/ Ford Foundation
 Descrição: O projeto visava a publicização, mobilização urbana, e garantia dos Direitos Humanos e à permanência do Quilombo Sacopã em seu território tradicional. Foram realizados eventos, seminários, palestras, publicação do jornal comunitário A Voz do Sacopã, visitas e encontros entre as comunidades quilombolas do Rio de Janeiro. Projeto financiado pelo Fundo Brasil de Direitos Humanos.


Cia dos Comuns, CIA DOS COMUNS, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor Técnico, Carga horária: 40
Outras informações
Assessoria Técnica e Pesquisa para Espetáculos Teatrais e Performances. O Fórum Nacional de Performance e Arte Negra é um espaço feito por e para produtores e grupos de performance negra, de matriz africana, povos de terreiro e comunidades tradicionais para o monitoramento e a avaliação das políticas públicas culturais. O Fórum de Performance Negra tem sido, em suas 4 edições, um espaço privilegiado para os/as artistas negros/as debaterem e produzirem questões políticas e performáticas, visando influenciar, propor e monitorar iniciativas e políticas culturais. Este trabalho consisitu na organização, coordenação de pessoal e apoio logístico; pesquisa, levantamentos e relatoria sobre o número de grupos de arte negra no Brasil e suas demandas; articulação de artistas e produtores negros em encontros com diversas esferas governamentais, ministérios, secretarias, etc.; produção de material para publicação em mídias sociais; assessoria a grupos jovens de artistas negros; análise e proposição de políticas públicas, afirmativas e culturais; workshops para formatação de projetos e adequação a seleções e editais públicos; articulação e formação em empreendedorismo; articulação de redes de lideranças artísticas negras.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor Técnico, Carga horária: 20
Outras informações
Assessoria técnica à formulação e coordenação da campanha ?Vamos tomar os editais de assalto!? promovida pela Cia. Dos Comuns que visava sensibilizar artistas e produtores negros a se inscreverem nos Editais Afirmativos lançados pelo MinC em novembro de 2012. Tal campanha consistiu em iniciativa de monitoramento e avaliação das políticas culturais voltadas a Arte Negra e às expressões de matriz africana e de comunidades tradicionais, tendo como ponto alto a proposição dos Editais Afirmativos e de outras políticas afirmativas no campo cultural. Estima-se uma mobilização de 30.000 artistas e produtores com a inscrição de cerca de 2.900 projetos de artistas e produtores negros entre julho de 2012/ maio de 2013. Este trabalho consistiu na produção de eventos, mobilizações e encontros de artistas negros com gestores e ministros; pesquisa, levantamentos e relatoria sobre o número de grupos de arte negra no Brasil e suas demandas; articulação de artistas e produtores negros em encontros com diversas esferas governamentais, ministérios, secretarias, etc.; produção de material para publicação em mídias sociais; assessoria a grupos jovens de artistas negros; análise e proposição de políticas públicas, afirmativas e culturais; workshops para formatação de projetos e adequação a seleções e editais públicos; articulação e formação em empreendedorismo e inclusão produtiva; articulação de redes de lideranças artísticas negras.

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Músico Contratado, Enquadramento Funcional: Músico Flautista, Carga horária: 30
Outras informações
Espetáculo Teatral da Cia dos Comuns - "Bakulo - Os Bem Lembrados", com apresentações no Rio de Janeiro (Teatro Nelson Rodrigues, Teatro SESI e Theatro Municipal), Curitiba (Teatro Guaíra - sala principal), Brasília (Teatro Nacional), Salvador (Teatro Vila Velha) e Belo Horizonte (Teatro SESI Minas).


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista Capes, Carga horária: 20
Outras informações
Pesquisador Bolsista da Capes, cursando mestrado em antropologia e desenvolvendo a dissertação ?Vivendo de Resistência - O Quilombo Sacopã ? o Estado, o Samba e a luta por reconhecimento?.. Esta dissertação teve como objetivo compreender como a comunidade quilombola de Quilombo Sacopã, habitada pela família Pinto em uma das áreas mais valorizadas do Rio de Janeiro, engaja-se na luta pelo reconhecimento dos seus direitos territoriais, culturais e econômicos no contexto sócio-político brasileiro. Estivemos focados na relação que os habitantes do Quilombo Sacopã devem estabelecer com várias esferas estaduais e governamentais para ter seus direitos constitucionais efetivamente transformados em direitos. O objetivo foi compreender como a etnicidade e a luta por reconhecimento por parte da comunidade quilombola é colocada na esfera pública, para opor-se à discriminação racial, ao racismo institucional e às violações dos Direitos Humanos. O argumento é apoiado pela reflexão de que identifica o caráter ambíguo do Estado brasileiro, que se propõe a reduzir as desigualdades resultantes de nosso processo histórico, mas ao mesmo tempo continua a ser um instrumento social de exploração e promover a agressão moral como o racismo institucionalizado contra as comunidades quilombolas.


Instituto Brasileiro de Administração Municipal, IBAM, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor Técnico, Carga horária: 20
Outras informações
Consultor Técnico para a implementação do Programa de Educação Ambiental da Eletronuclear ? Usina de Angra 3 Parceria: IBAMA e Eletronuclear Descrição: A atividade consistiu em Consultoria Técnico na preparação e execução do Seminário ?AVANÇOS E DESAFIOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL ? PEA?, atendendo condicionante 2.60 do processo de licenciamento da Usina Nuclear Angra 3, situada em Angra dos Reis, Rio de Janeiro. A preparação do Seminário em questão contou com pesquisa qualitativa com observação participante e entrevistas semiestruturadas; articulação e mobilização com entidades e lideranças locais objetivando a participação no processo de formulação do PEA; realização de grupo focal. O Seminário ocorreu durante três dias, reunindo um número significativo de atores locais ? organizações civis e gestores locais ? em um momento de mediação entre os mesmos a Eletronuclear. Durante o Seminário realizou-se dinâmicas e grupos de trabalho, em metodologia semelhante ao grupo focal que deu subsídios a produção de um relatório de campo acrescido das informações colhidas no momento de sua preparação.

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30
Outras informações
Estágio no projeto ?Mulheres e Política: Advocacy de Gênero em Nível Municipal no Estado do Rio de Janeiro? ?curso EAD Democracia e Gênero no Legislativo Municipal, desenvolvido pelo IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal) com apoio do UNDEF (Fundo das Nações Unidas para a Democracia) e do UNIFEM (Fundo das Nações Unidas para a Mulher). Este projeto promoveu também o evento Mulher e Política: Seminário para Vereadoras do Estado do Rio de Janeiro, reunindo praticamente todas as vereadoras fluminenses no Rio de Janeiro em junho de 2009. As atividades desempenhadas neste trabalho consistiram em pesquisas quantitativas e qualitativas de fontes primárias (coletadas em survey telefônico) e secundárias (em bases de dados públicas) sobre a representação feminina nas esferas legislativas do país, suas demandas em relação à formação e informações para suprir os materiais didáticos oferecidos pelo curso; produção de material didático como textos, tabelas, gráficos, glossários, organogramas, bibliografia, e análises em temas como Governo Local, Desigualdades Sociais, Direitos Humanos das Mulheres, Políticas Públicas, Planejamento, Orçamento e Gênero, e Mulheres na Política; tutoria remota aos alunos, acompanhamento e correção de suas atividades; elaboração e aplicação de estratégias de atração do público e manutenção dos alunos no curso EAD; avaliação in progress dos resultados obtidos; participação de reuniões de avaliação com financiadores; produção de relatórios e justificativa ao UNDEF e UniFem; monitoramento e avaliação de políticas para mulheres nos três níveis federativos; advocacy de gênero junto a grupos civis e agentes públicos; entre outros.


Muv It - Consultoria de Marketing, MUV IT, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Pesquisador de Campo, Enquadramento Funcional: Pesquisador de Campo, Carga horária: 20
Outras informações
Pesquisador de campo responsável pela realização na cidade do Rio de Janeiro dos projetos subsequentes. Projeto PULSE ? ?Qual a batida do suco de uva 100% no coração do Brasil?? Parceria: MUV It, Instituto Brasileiro do Vinho ? IBraVin.
 Duração: Junho de 2014. Descrição: Pesquisa realizada nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife visando o levantamento de informações sobre o perfil socioeconômico dos consumidores de suco de uva 100% integral, estilo de vida, hábitos de consumo e alimentação, padrão do consumo de bebidas frias, impacto da reformulação de embalagens, pontos de venda e preço, etc. O trabalho consistiu na adequação da metodologia ao contexto carioca e aplicação de pré-teste qualitativo; realização de observação participante em 3 pontos de venda como padarias e supermercados localizados nas Zonas Norte e Sul do Rio de Janeiro; realização de entrevistas semiestruturadas com vendedores, fornecedores e consumidores; aplicação da metodologia Home Invasion que consiste em entrevistas domiciliares com coleta de informações sobre hábitos de consumo, imagens da geladeira e despensa, aparelhos eletrodomésticos, cômodos, etc.; aplicação da metodologia de Sonda que consiste no acompanhamento remoto dos entrevistados por contato telefônico e email, além do preenchimento pelo consumidor de um diário com seus hábitos cotidianos; coleta de vídeos, áudios e fotos; relatório de campo detalhado com transcrições.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador e pesquisador de campo, Carga horária: 20
Outras informações
Coordenador e pesquisador de campo responsável pela realização na cidade do Rio de Janeiro dos projetos subsequentes. Projeto Vivo ? Desenvolvimento de Ponto de Venda (PDV) e Vitrine Parceria: MUV It, Vivo telefonia.
 Duração: Dezembro de 2012. Descrição: Pesquisa realizada nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, João Pessoa e Fortaleza, visando levantar informações sobre o perfil socioeconômico do cliente Vivo, suas tendências de consumo e comportamento, impacto da padronização de vitrines, decoração, disposição de móveis, localização, etc. das lojas da companhia Vivo de telefonia. O trabalho consistiu na adequação da metodologia ao contexto carioca e aplicação de pré- teste qualitativo; realização de observação participante em 5 pontos de venda localizados nas Zonas Norte, Sul e Oeste do Rio de Janeiro; coleta de 40 entrevistas semiestruturadas com vendedores, consumidores e transeuntes/observadores; coleta de áudios, vídeos e fotos; produção de relatório de campo detalhado e com transcrições.


BOX1824, BOX1824, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40
Outras informações
Projeto Itaú Banco do Futuro Parceria: BOX1824, Banco Itaú. Duração: Agosto de 2011. Descrição: Pesquisa de campo realizada no Rio de Janeiro com jovens de perfil socioeconômico A e C, em faixas etárias de 18 a 24 anos e de 25 a 30 anos. O objetivo desta pesquisa foi levantar tendências de consumo e comportamento de tais grupos para a reformulação do atendimento online do banco Itaú. A pesquisa, realizada por 5 duplas em duas semanas, contou com a aplicação de um pré-teste qualitativo; entrevista semiestruturada com 200 jovens (40 por dupla); realização de 4 grupos focais; relatórios de campo e dos grupos focais detalhados e transcrições.


Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Aluno Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Pesquisas antropológicas 'Cartografia Musical Carioca' e 'Sonoridades Periféricas ? Música e juventude no Rio' (Antropologia Musical). Parceria: CNPq/ Capes, PUC-Rio.
 Descrição: Estudante Bolsista, pelo Depto. De Sociologia e Política PUC-Rio, sob orientação da Professora Santuza Naves nos projetos Cartografia Musical Carioca e Sonoridades Periféricas ? Música e juventude no Rio (Antropologia Musical). O trabalho consistiu na observação participante em eventos culturais; realização de entrevistas semiestruturadas; relatórios científicos; produção de insumos, etc.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário de Ciências Sociais, Carga horária: 30
Outras informações
Estagiário de Ciências Sociais na Incubadora de Empreendimentos Solidários e Populares Padre Augustin Castejon - PUC-Rio. Estágio sob supervisão dos profs. Rosa Vera e Dr. Ricardo Ismael.

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Aluno Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto "Sonoridades Contemporâneas" - sob orientação da Professora Santuza C. Naves

Atividades

03/2008 - 12/2008
Estágios , CCESP, .

Estágio realizado
Estagiário no Projeto Democracia e Gênero no Legislativo Municipal, Curso EAD Financiado pelo UNDEF/ONU Mulheres e Ministrado pelo IBAM/RJ..

Incubadora de Empreendimentos Solidários Populares Padre Agustin Castejom, INEMSOPAC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Incubação de empreendimentos de Economia Solidária e cooperativas populares na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Parceria: Caixa Econômica Federal, PNUD, MDS, PUC-Rio, Sesi/RJ, Sesc/RJ, BID, Fase, FINEP, Secretaria Nacional de Economia Solidária SENAES), Nike, entre outros. Descrição: O estágio na Incubadora de Empreendimentos Solidários Populares Padre Agustín Castejón ? INEMSOPAC consistiu na assistência e coordenação de diversos projetos de inclusão produtiva de jovens e mulheres, Economia Solidária e formação de cooperativas populares na Região Metropolitana do Rio de Janeiro e interior do estado. As atividades realizadas foram a elaboração de diagnósticos socioeconômicos das comunidades populares atendidas; realização de pesquisas quantitativas e qualitativas ? observação participante e aplicação de questionários semiestruturados ? sobre as demandas de grupos populares organizados; realização de eventos, seminários, feiras de empreendimentos solidários e populares; realização de oficinas de formação na temática dos Direitos Humanos, Cidadania, noções econômicas e financeiras; realização de planos de negócios; estudos de caso e viabilidade de empreendimentos solidários e populares; pesquisa de consumo e impacto econômico nas comunidades atendidas; visitas técnicas; formalização de empreendimentos populares e domiciliares; realização de grupos focais com os grupos incubados; avaliação da implementação de projetos sociais e políticas públicas de empreendedorismo popular; assessoria técnica aos grupos incubados; produção de insumos, publicações, folders, briefings, blogs, etc.; produção de relatórios de campo; participação em reuniões de avaliação com financiadores; produção de relatórios e justificativas às entidades financiadoras.


Fundação Darcy Ribeiro, FUNDAR, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Estagiário do Arquivo Sonoro da Fundação Darcy Ribeiro, Santa Tereza - RJ.


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Pesquisador de Campo, Enquadramento Funcional: Pesquisador de Campo, Carga horária: 20
Outras informações
Pesquisador de Campo em Pesquisa Domiciliar de Vitimização na Cidade do Rio de Janeiro 2005/2006, Rio de Janeiro, Nupevi/IMS/UERJ, 2006. Coord. Profa. Dra. Alba Zaluar Parceria: NUPEVI/ IMS/ UERJ Descrição: As atividades realizadas consistiram em trabalho de campo e auxílio à sistematização dos dados da Pesquisa de Vitimização, via SPSS, realizada sob a orientação da profa. Dra. Alba Zaluar. A pesquisa totalizou a aplicação de 4000 questionários na cidade do Rio de Janeiro com o objetivo de conhecer o impacto dos crimes sobre as vítimas e sumarizar a subnotificação dos crimes às autoridades policiais. O trabalho de campo consistiu na aplicação domiciliar de um questionário de aproximadamente 40 páginas, nos mais diversos bairros e regiões administrativas do Rio de Janeiro.


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Estágio Docência, Enquadramento Funcional: Estagiário Docente, Carga horária: 60
Outras informações
Estágio Docência na disciplina FCA 218 - Antropologia Cultural, com carga horária de 60 horas, equivalente a 4 créditos, sob orientação do prof. Marco Antonio da Silva Mello - Departamento de Antropologia Cultural do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais - IFCS/UFRJ.


Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutor - EaD, Carga horária: 20
Outras informações
Integrou a equipe acadêmica na condição de Tutor bolsista do Curso de Aperfeiçoamento Educação, Pobreza e Desigualdade Social (EPDS), na modalidade a distância (160h), organizado pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação (SECADI/MEC) em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da Universidade Federal Fluminense, realizado de fevereiro a julho de 2018.



Projetos de pesquisa


2008 - 2010
Sonoridades Contemporâneas - sob orientação da Professora Santuza C. Naves
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Cartografia Musical Carioca - Sonoridades Periféricas - sob orientação da Professora Santuza C. Naves
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2006
Pesquisa sobre Vitimização no Rio de Janeiro - sob orientação da Professora Alba Zaluar
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende RazoavelmenteLê Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende RazoavelmenteLê Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
JULIANO, F. R.. O SAMBA PELO RECONHECIMENTO QUILOMBOLA: O CASO DO QUILOMBO SACOPÃ. In: LIMA, Roberto Kant de; MOTA, Fabio Reis; VEIGA, Felipe Berocan. (Org.). Pensando o Rio : meio ambiente, espaço público e conflitos identitários. 1ed.Niterói: Intertexto, 2018, v. , p. 1-280.

Apresentações de Trabalho
1.
JULIANO, F. R.. Vivendo de resistência: O Quilombo Sacopã, o Estado, o samba e a luta por reconhecimento.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
JULIANO, F. R.. Sonoridades Periféricas - Etnografia da Movimentação Musical da Praça da Cantareira, Niterói-RJ. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Demais tipos de produção técnica
1.
JULIANO, F. R.. II Oficina Negra para entrevista ao Mestrado e Doutorado em Antropologia Social do Museu Nacional. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
JULIANO, F. R.. II Curso Preparatório Negro ao Mestrado e Doutorado em Antropologia Social do Museu Nacional. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
JULIANO, F. R.. I Oficina Negra para entrevista ao Mestrado e Doutorado em Antropologia Social do Museu Nacional. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
JULIANO, F. R.. I Curso Preparatório Negro ao Mestrado e Doutorado em Antropologia Social do Museu Nacional. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
LOBÃO, R. J. S.; MENEZES, A. S. H. de; JULIANO, F. R.. Participação em banca de Carolina Juvencio Mariano de Medeiros.Conflitos ambientais e culturais e o Quilombo Sacopã: uma possível solução à vista?. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal Fluminense.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
18th IUAES World Congress. O conflito quilombola e o Estado brasileiro: a interação entre o Incra e os quilombos fluminenses.. 2018. (Congresso).

2.
18th IUAES World Congress. Racismo: uma infecção que contamina o Estado - Notas sobre a percepção da desigualdade e da discriminação pelos quilombolas fluminenses.. 2018. (Congresso).

3.
IV Seminário Consciência Negra em Debate: Racismo, Discriminação e Intolerância na Sociedade Brasileira.GT "Ciências Sociais, Filosofia, Literatura, Arte e cultura afro-brasileiras". 2017. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
JULIANO, F. R.; CNMC, PPGAS-MN/UFRJ . II Seminário Novembro Negro no Museu Nacional. 2018. (Congresso).

2.
JULIANO, F. R.; CNMC, PPGAS-MN/UFRJ ; MUNANGA, K. . Aula Inaugural PPGAS - Museu Nacional 2018 com o prof. Kabengele Munanga - USP. 2018. (Outro).

3.
JULIANO, F. R.; CNMC, PPGAS-MN/UFRJ ; MARCELIN, L. H. . Oficina de Etnografia com o prof. Louis Marcelin. 2018. (Outro).

4.
BENITEZ, M. E. D. ; JULIANO, F. R. . 50 anos do PPGAS - Museu Nacional. 2018. (Outro).

5.
JULIANO, F. R.; CNMC, PPGAS-MN/UFRJ . I Seminário Novembro Negro no Museu Nacional. 2017. (Congresso).

6.
JULIANO, F. R.; Cobra. H . IV Fórum Nacional de Performance Negra. 2015. (Congresso).

7.
JULIANO, F. R.; Cobra. H . Encontro dos artistas e produtores negros(as) com a ministra Marta Suplicy. 2013. (Outro).

8.
JULIANO, F. R.; Storni, L ; Santos, A . Avanços e Desafios para a Implementação do Programa de Educação Ambiental - PEA. 2011. (Congresso).

9.
Costa, Delaine ; Cardoso, M L ; JULIANO, F. R. . Mulher e Política: Seminário para Vereadoras do Estado do Rio de Janeiro. 2009. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 6:43:55