Simone Aparecida de Castro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9894650379653396
  • Última atualização do currículo em 04/11/2018


Formação em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Simone Aparecida de Castro
Nome em citações bibliográficas
CASTRO, S. A.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Psicologia.
Av. Pasteur, 250 Pavilhão Nilton Campos
URCA
22295900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (021) 38735334
URL da Homepage: http://www.psicologia.ufrj.br


Formação acadêmica/titulação


2016 - 2017
Graduação em Licenciatura em Psicologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2009 - 2015
Graduação em Psicologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Experiências nos workshops, oficinas e ambiente virtual de aprendizagem com alguns profissionais da Educação e da Saúde Mental a partir Guia Escolar Identificação de sinais de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.
Orientador: Francisco Teixeira Portugal e Leila Maria Amaral Ribeiro.
1996 - 1998
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Estadual Dom Pedro II, CENIP, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Extensão universitária em Gênero, Diversidade Sexual e Direitos Humanos. (Carga horária: 30h).
Núcleo de Estudo de Políticas Públicas em Direitos Humanos, NEPP-DH/UFRJ, Brasil.
2017 - 2017
Diálogos entre a Psicologia e a Criminologia: Reflexões sobre a História. (Carga horária: 2h).
XIX Encontro Nacional da ABRAPSO, ABRAPSO, Brasil.
2017 - 2017
Grupo como dispositivo e tecnologia na atenção psicossocial:cuidado e saude. (Carga horária: 2h).
XIX Encontro Nacional da ABRAPSO, ABRAPSO, Brasil.
2017 - 2017
A Violência contra as mulheres desde a Psicologia Histórico-Crítica. (Carga horária: 2h).
XIX Encontro Nacional da ABRAPSO, ABRAPSO, Brasil.
2017 - 2017
Autocrítica e crítica social na adolescência: estudo à luz de Vigotski. (Carga horária: 2h).
XIX Encontro Nacional da ABRAPSO, ABRAPSO, Brasil.
2015 - 2016
Extensão universitária em SUPERA: Detecção do uso abusivo de drogas. (Carga horária: 150h).
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Introdução ao Existencialismo. (Carga horária: 20h).
Faculdade de Educação - UFRJ, FE-UFRJ, Brasil.
2013 - 2013
ABC do Câncer- Abordagens Básicas para o controle. (Carga horária: 30h).
Instituto Nacional do Câncer, INCA, Brasil.
2012 - 2013
Extensão universitária em Atualização sobre a interface entre a saúde e a justiça para profissionais. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2012 - 2013
Extensão universitária em Atualização em Aconselhamento Motivacional e Intervenção Breve em Crack. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Curso de Extensão Formação de Prof. para a Formação de Jovens e Adultos. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Curso de extensão em violência doméstica na infância e na adolescencia. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2012 - 2012
Necessidades educativas especiais I. (Carga horária: 6h).
Centro de Letras e Artes- Faculdade de Letras/UFRJ, LETRAS/UFRJ, Brasil.
2012 - 2012
Transtornos de aprendizagem e suas implicações na dinâmica escolar. (Carga horária: 6h).
Centro de Letras e Artes- Faculdade de Letras/UFRJ, LETRAS/UFRJ, Brasil.
2012 - 2012
Necessidades educativas especiais II. (Carga horária: 8h).
Centro de Letras e Artes- Faculdade de Letras/UFRJ, LETRAS/UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (Ministério da Saúde), PET-SAÚDE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20
Outras informações
Estágio realizado na Secretaria Municipal de Saúde em Piraí sob a orientação da psicóloga Ângela Maria dos Santos, psicóloga da Divisão de Psicologia Aplicada da Universidade Federal do Rio de Janeiro (DPA-UFRJ). Atuação de acolhimento no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do município de Piraí. Desenvolvimento de atividades ambulatoriais, individuais e grupais; visitas domiciliares e hospitalares e ações intensivas aos usuários da saúde mental; participação das supervisões com os preceptores do município de Piraí e com a supervisora da UFRJ.


Ambiente Virtual de Aprendizagem- Núcleo de Computação Eletrônica, AVA-NCE-UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Orientadora Educacional (Tutora), Carga horária: 8
Outras informações
Orientadora educacional do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) sob a coordenação técnica do Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (NCE/ UFRJ) no Projeto de Extensão Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos sob a orientação da coordenadora geral do projeto, profª Dr.ª Leila Maria Amaral Ribeiro.


PVNC-Petrópolis, PVNC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Coordenadora, Carga horária: 8
Outras informações
Função de coordenadora. Atividades: realização de inscrições de matrículas dos alunos;funções administrativas de compra de material;organização da biblioteca; organização do quadro de horário semanal das disciplinas lecionadas; organização e mediação das assembleias dos alunos.

Atividades

01/2006 - 12/2007
Extensão universitária , PVNC-Petrópolis, .

Atividade de extensão realizada
(PVNC-Petrópolis) é a principal Atividade Formativa e de Extensão associada ao grupo de Pesquisa " Física e Humanidades", registrado no Lattes do CNPq no Laboratório de Astrofísica, Cosmologia e Interações Fundamentais (COSMO) do CBPF.

Associação Brasileira da Rede Unida/ Rede Governo Colaborativo em Saúde, VERSUS BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Estagiária e vivente, Enquadramento Funcional: Vivente, Carga horária: 132, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Participação do Projeto Vivências e estágios na Realidade do Sistema único do Brasil (VER- SUS/Brasil) na edição de 2014 no município do Rio de Janeiro, como atividade de estágio e extensão. A imersão no Sistema único de Saúde possibilitou conhecer a rede de saúde de atenção primária, secundária e terciária no SUS.


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 15
Outras informações
Atendimento clínico individual e semanal aos estudantes bolsistas assistidos pela Superintendência Geral de Políticas Estudantis (SuperEst) na Divisão de Saúde do Estudante (DISAE-UFRJ) sob supervisão e orientação da Profª Fátima Gomes Dysman do Instituto de Psicologia da UFRJ

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20
Outras informações
Estágio curricular supervisionado realiazado no Colégio Estadual Ferreira Viana e na Escola Técnica de Saúde Herbert de Souza na FAETEC distribuídos em carga horária de 300 horas,como pré requisito ao diploma de Licenciatura em Psicologia pela UFRJ.

Vínculo institucional

2013 - 2016
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 550
Outras informações
Estágio curricular realizado no Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro( IPUB-UFRJ) com atuação na área de Psicologia Clínica no Programa Violência Doméstica e Psicanálise - (VIDPSI) no Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência (SPIA-UFRJ)sob a coordenação da Profª Drª Leila Maria Amaral Ribeiro.

Vínculo institucional

2009 - 2015
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Graduação

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio de Iniciação Científica CNPQ/PIBIC, Carga horária: 10
Outras informações
Estagiária bolsista de Iniciação Científica CNPQ/PIBIC no projeto:Teorias da Infância e Juventude e suas articulações com os campos do direito, da política e da educação, sob a orientação da Prª Drª Lúcia Rabello de Castro, do Instituto de Psicologia da UFRJ

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio curricular, Carga horária: 10
Outras informações
Estágio curricular na Divisão de Psicologia Aplicada da UFRJ, atuando na área de Psicologia Social Clínica sob a supervisão da professora Lúcia Rabelho de Castro

Atividades

02/2016 - 07/2016
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Monitora bolsista da disciplina Teoria e Técnicas Psicoterápicas.
05/2013 - 07/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro, .

06/2014 - 06/2016
Extensão universitária , Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro, .

Atividade de extensão realizada
Estagiária e colaboradora do Projeto de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos.
07/2015 - 12/2015
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Monitora bolsista da disciplina Tópicos Especiais em Psicologia Clínica III Tema: urgência subjetiva.
07/2014 - 07/2015
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Monitora bolsista da disciplina teorias e Técnicas Psicoterápicas.
03/2013 - 03/2014
Extensão universitária , Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira- UFRJ, .

Atividade de extensão realizada
Projeto Alunos Contadores de Histórias.
02/2013 - 12/2013
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Monitora voluntária da disciplina Tópicos Especiais da Psicologia da Personalidade D. Tema: Winnicott e a clínica.
03/2012 - 03/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .

02/2012 - 07/2012
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Psicologia, Instituto de Psicologia.

Atividade realizada
Monitora voluntária da disciplina Tópicos Especiais em Psicologia Social N Tema: Adolescência e Juventude).


Linhas de pesquisa


1.
TEORIAS DA INFÂNCIA E JUVENTUDE E SUAS ARTICULAÇÕES COM OS CAMPOS DO DIREITO, DA POLÍTICA E DA EDUCAÇÃO
2.
Núcleo de Assistência Integrada a Pesquisa e ao Ensino (NAIPE/CNPQ) Projeto de Pesquisa vinculado ao Programa Violência Doméstica e Psicanálise (VIDPSI)


Projetos de pesquisa


2013 - 2016
Violência Doméstica e Psicanálise
Descrição: O Programa Violência Doméstica e Psicanálise, criado em 2001, no Serviço de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro o Programa Violência Doméstica e Psicanálise (VIDPSI) compreende um conjunto de ações voltadas ao ensino, à pesquisa, à extensão e à assistência. O Projeto de Pesquisa do Programa VIDPSI está vinculado ao Núcleo de Assistência Integrada a Pesquisa e ao Ensino (NAIPE/CNPQ). A equipe do Programa é composta por médicos, psicólogos, estagiários de psicologia e pesquisadores. A clientela é encaminhada pelos conselhos tutelares, judiciário e outros. O VIDPSI tem capacidade de prestar assistência a cerca de 60 crianças/adolescentes e seus familiares, a cada vez, em atendimentos individuais e semanais. Com a experiência acumulada criou-se um banco de dados que possibilitará novas pesquisas e conhecimentos sobre a temática. Este projeto visa a consolidação e disseminação do banco de dados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Teorias da Infância e Juventude e suas articulações com os campos do direito, da política e da educação
Descrição: O campo de estudos da infância e da juventude sofreu nas últimas décadas importantes transformações conduzindo a uma diversidade de perspectivas teórico-conceituais que nem sempre dialogam entre si. Paradoxalmente, os processos de globalização dão lugar a uma situação de homogeneização cultural que concorre para uma aparente ?universalização? das condições nas quais a infância e a juventude parecem estar inseridas. Frente a este cenário onde diversidade e homogeneização, fragmentação e ?universalização? se entrecruzam, proponho o presente projeto de pesquisa que pretende examinar o campo de estudos da infância e da juventude a partir de três eixos analíticos, a saber: a ação, a autonomia e a responsabilidade. Essas três noções fundamentam e atravessam distintas construções teóricas sobre crianças e jovens ainda que assumindo diferentes matizes conceituais no âmbito de diferentes tradições epistemológicas. Pretende-se problematizar essas três noções à luz de concepções descentradas da subjetividade, especificamente no âmbito das perspectivas pós-deconstrutivistas do sujeito, de modo que a reconstrução das noções de ação, autonomia e responsabilidade possa prover novos caminhos para os problemas postos neste início do século, principalmente no que se refere às questões da participação de crianças e jovens na sociedade. Essas questões adquirem importância fundamental tendo em vista a crescente implicação de crianças e jovens no campo dos direitos (como ?sujeito de direitos?), no campo da política (como supostos agentes e atores sociais) e no campo da educação (como sujeitos-alvo da transmissão cultural)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2014 - 2016
Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos
Descrição: Promover o uso dos marcos teóricos, conceituais, metodológicos e informativos do Guia Escolar: métodos para identificação do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes como referência para o desenvolvimento da ideia de uma cultura de direitos humanos e a formação de profissionais da saúde e da educação. O projeto incluiu a Plataforma de Ambiente Virtual de Aprendizagem para fortalecer a rede de proteção e debate temas pertinentes com os profissionais que participaram dos workshops e cursos presenciais.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2014
Alunos Contadores de Histórias
Descrição: O projeto Alunos Contadores de Histórias do IPPMG, visa oferecer a alunos da UFRJ um espaço de aprendizado e de transformação ao desenvolver um trabalho de contação de histórias para os pacientes, ao mesmo tempo em que oferece às crianças a oportunidade de participar de uma atividade não relacionada à sua doença, amenizando o desconforto causado pela hospitalização e/ou tratamento prolongado. Como hospital de referência o IPPMG presta atendimento hospitalar e ambulatorial a crianças e adolescentes com doenças crônicas e complexas que passam por muitas perdas e sofrimento durante o período de adoecimento. As atividades lúdicas geram prazer e divertimento. Participar destas, resgata o lado saudável dos pacientes, facilita o processo de elaboração da doença, além de possibilitar a construção de um melhor vínculo com a equipe de saúde. A participação em um trabalho de responsabilidade social permite ao aluno a possibilidade de tomar consciência do seu papel de cidadão. No caso específico deste projeto, acreditamos que os alunos possam ganhar uma experiência rica em trocas, tanto com os pacientes e seus acompanhantes, assim como com a instituição como um todo. O primeiro treinamento foi realizado em agosto/08 e dezoito alunos passaram a freqüentar o hospital, tendo presenças, dificuldades e envolvimento acompanhados. Em dezembro responderam a um questionário e participaram de uma reunião com os responsáveis pelo projeto. Os ganhos reais da atividade, percebidos nos relatos dos estudantes, dos pacientes e acompanhantes, fortaleceram a idéia da implantação formal da proposta como um Projeto de Extensão Universitária. O público alvo são alunos da graduação e pós-graduação. A seleção é realizada através da participação em 100% das atividades de capacitação, a saber: três encontros de 4 h cada, com apresentação de seis palestras; 2 h de oficinas de contação de histórias e 4 h de estágio prático supervisionado. Após esta capacitação os alunos se comprometem a atuarem..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2006 - 2007
Física e Humanidades
Descrição: Projeto de PESQUISA e EXTENSÃO que envolve pós-graduandos, pós-doutorandos e professores-pesquisadores do CBPF, do GFT-JLL e outras instituições nacionais.A discussão em torno da qual se articula o Projeto é o papel da Ciência e dos cientistas no desenvolvimento social e nos processos de Educação. No âmbito deste Projeto, são ministradas disciplinas em cursos de Pós-Graduação Lato Sensu na área da Educação e são orientadas Monografias de Especialização em Psicopedagogia e Planejamento Educacional. Pesquisa e Ensino na área da Educação, com foco na Educação em Periferias Urbanas, trabalhando em projetos de ensino, pesquisa e extensão que focalizam a Educação para Ciência, a Divulgação Científica, a Orientação Vocacional e o Ensino em Cursos de Pré-Vestibular Comunitários voltados para as classes populares. O Pré Vestibular para Negros e Carentes - Petrópolis (PVNC-Petrópolis) é a principal Atividade Formativa e de Extensão associada ao grupo de Pesquisa " Física e Humanidades", registrado no Diretório de Grupos de Pesquisa da Plataforma Lattes do CNPq no Laboratório de Astrofísica, Cosmologia e Interações Fundamentais (COSMO) do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF-MCTIC)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Clínica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Educação.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Saúde.


Prêmios e títulos


2017
Trabalho selecionado para publicação na Ed. Especial SIAC da Revista do Centro de Filosofia e Ciências Humanas: A INSTITUIÇÃO UFRJ COMO SOBRENOME DISCENTE:CONSIDERAÇÕES SOBRE O ATENDIMENTO PSICOLÓGICO, 8ª Semana de Integração Acadêmica da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
2017
Menção honrosa pela apresentação do trabalho A INSTITUIÇÃO UFRJ COMO SOBRENOME DISCENTE:CONSIDERAÇÕES SOBRE O ATENDIMENTO PSICOLÓGICO, 8ª Semana de Integração Acadêmica (SIAC) da Universidade Federal do Rio de Janeiro.


Produções



Produção bibliográfica
Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, S. A.; DYSMAN, M. F. ; SILVA, L. A. ; SMIDHT, J. A. . A INSTITUIÇÃO UFRJ COMO SOBRENOME DISCENTE: CONSIDERAÇÕES SOBRE O ATENDIMENTO PSICOLÓGICO A ALUNOS DA UFRJ. In: 8ª Semana de Integração Acadêmica da UFRJ, 2017, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos: Centro de Filosofia e Ciências Humanas, 2017. p. 115-115.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CASTRO, S. A.; DYSMAN, M. F. . ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA UFRJ: UM OLHAR PARA A RELAÇÃO ENTRE ATRAVESSAMENTOS SOCIAIS E PRODUÇÃO SUBJETIVA. In: XIX Encontro Nacional ABRAPSO - Democracia Participativa, Estado e Laicidade :Psicologia em Tempos de Exceção, 2017, Uberlândia. XIX Encontro Nacional ABRAPSO - Democracia Participativa, Estado e Laicidade :Psicologia em Tempos de Exceção, 2017. p. 203-203.

2.
CASTRO, S. A.; TUMOLO, P. ; ARAUJO, S. ; MIRANDA, D. ; KAPLAN, I. ; MAGALHAES, J. P. ; SALVADOR, F. ; DANTAS, M. ; LARA, J. S. . PARTICIPAÇÃO E AUTONOMIA NA ESCOLA: PROCESSOS DE COLETIVIZAÇÃO DA AÇÃO E FORMAÇÃO DE LAÇOS. In: XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2012, Rio de Janeiro. XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2012. p. 419-420.

3.
CASTRO, S. A.; TELES, I. P. ; SOARES, N. . A REINTEGRAÇÃO PSICOSSOCIAL DO CEGO ATRAVÉS DA NATAÇÃO. In: XXXII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural UFRJ, 2010, Rio de Janeiro. Livro de Resumos XXXII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural UFRJ, 2010. p. 341-342.

Artigos aceitos para publicação
1.
CASTRO, S. A.; DYSMAN, M. F. ; SMITH, U. A. B. ; SILVA, L. A. . A INSTITUIÇÃO UFRJ COMO SOBRENOME DISCENTE:CONSIDERAÇÕES SOBRE O ATENDIMENTO PSICOLÓGICO. REVISTA DO CFCH (CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DA UFRJ), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO, S. A.. RESIDÊNCIA ESTUDANTIL DA UFRJ: DA INVISIBILIDADE AO SEXO, DROGAS E ROCK IN ROLL ?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CASTRO, S. A.; DYSMAN, M. F. . ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA UFRJ: UM OLHAR PARA A RELAÇÃO ENTRE ATRAVESSAMENTOS SOCIAIS E PRODUÇÃO SUBJETIVA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CASTRO, S. A.; DYSMAN, M. F. ; SILVA, L. A. ; SMITH, U. A. B. . A INSTITUIÇÃO UFRJ COMO SOBRENOME DISCENTE: CONSIDERAÇÕES SOBRE O ATENDIMENTO PSÍQUICO A ALUNOS DA UFRJ. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
CASTRO, S. A.; RIBEIRO, L. M. A. . Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes:uma questão para a Educação e a Saúde Mental. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
CASTRO, S. A.. Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
CASTRO, S. A.; TUMOLO, P. ; ARAUJO, S. ; MAGALHAES, J. P. ; MIRANDA, D. ; SALVADOR, F. . PARTICIPAÇÃO E AUTONOMIA NA ESCOLA: PROCESSOS DE COLETIVIZAÇÃO DA AÇÃO E FORMAÇÃO DE LAÇOS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
CASTRO, S. A.; SOARES, N. ; TELES, I. P. ; ALMEIDA, N. F. . A REINTEGRAÇÃO PSICOSSOCIAL DO CEGO ATRAVÉS DA NATAÇÃO. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
RIBEIRO, L. M. A. ; CASTRO, S. A. . Relatório Técnico final de prestação de contas ao Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) do Projeto de Pesquisa e Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2016.


Demais tipos de produção técnica
1.
CASTRO, S. A.. Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
CASTRO, S. A.. Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
CASTRO, S. A.. Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
CASTRO, S. A.. Oficina no Curso de Extensão Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
CASTRO, S. A.. Oficina no curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
CASTRO, S. A.. Oficina no Curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
CASTRO, S. A.; RIBEIRO, L. M. A. . Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
CASTRO, S. A.. Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
CASTRO, S. A.. Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
CASTRO, S. A.. Curso de Extensão Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
CASTRO, S. A.. Oficina no curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
CASTRO, S. A.. Oficina no curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
CASTRO, S. A.. Oficina no curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XIX Encontro Nacional ABRAPSO. 2017. (Encontro).

2.
40º Encontro Nacional de Casa de estudantes/Pelotas-RS. 2016. (Encontro).

3.
I Seminário Psicologia, Povos Indígenas e Direitos Humanos da Re Região Norte. 2014. (Seminário).

4.
IV Congresso Brasileiro de Saúde Mental Navegando pelos rios da Saúde Mental na Amazônia:Diversidades culturais, saberes e fazeres do Brasil. 2014. (Congresso).

5.
III Oficina sobre o Guia Escolar: Identificação de sinais de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2013. (Seminário).

6.
II Oficina sobre o Guia Escolar: Identificação de sinais de abuso e exploração sexual de crianças e s e adolescentes.Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2013. (Seminário).

7.
I Workshop sobre o Guia Escolar: Identificação e sinais de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2013. (Encontro).

8.
XXXVII Encontro Nacional de Casas de Estudantes. 2013. (Encontro).

9.
Oficina de Práticas de Saúde mental na Atenção Primária. 2012. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CASTRO, S. A.; RIBEIRO, L. M. A. ; PITANGA, M. ; SILVA, L. A. . Curso de Extensão Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2014. (Outro).

2.
RIBEIRO, L. M. A. ; CASTRO, S. A. ; SILVA, L. A. . Curso de Extensão Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2014. (Outro).

3.
RIBEIRO, L. M. A. ; CASTRO, S. A. ; PLESTCH, M. D. ; PITANGA, M. C. ; IPPOLITO, R. ; ANSELME, C. . workshop sobre o Guia Escolar: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Outro).

4.
RIBEIRO, L. M. A. ; CASTRO, S. A. ; PITANGA, M. ; PLESTCH, M. D. . Curso de Extensão Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2013. (Outro).

5.
CASTRO, S. A.; RIBEIRO, L. M. A. ; IPPOLITO, R. . Curso de Extensão Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2013. (Outro).

6.
CASTRO, S. A.; RIBEIRO, L. M. A. ; PITANGA, M. . Comissão Organizadora da Plataforma Ambiente Virtual de Aprendizagem pelo Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ. 2013. (Outro).

7.
RIBEIRO, L. M. A. ; CASTRO, S. A. ; PITANGA, M. . Workshop Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2013. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
CASTRO, S. A.. Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
CASTRO, S. A.. Oficina no Curso de Extensão Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes: o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
CASTRO, S. A.. Oficina no curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
CASTRO, S. A.. Oficina no curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
CASTRO, S. A.. Oficina no Curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
CASTRO, S. A.. Oficina no curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
CASTRO, S. A.. Oficina no curso de Extensão Abuso e Exploração sexual de crianças e adolescentes:o uso de uma tecnologia social na formação profissional e na promoção de uma cultura de direitos humanos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Outras informações relevantes


Representante do Movimento de Casa de Estudantes Regional Sudeste ( MCE).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 19:09:17