Joshua Birchall

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1191177383415627
  • Última atualização do currículo em 29/09/2017


Possui doutorado em Linguística pela Radboud Universiteit Nijmegen (Países Baixos, 2014). Também possui mestrado em Linguística e graduação em Antropologia pela University Of Montana, EUA. Ele trabalhou como pesquisador no projeto DoBeS "A composição etnolinguística do sudeste de Rondônia". O pesquisador é especialista em línguas indígenas, documentação linguística, tipologia linguística, contato linguístico e linguística histórica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Joshua Birchall
Nome em citações bibliográficas
BIRCHALL, J.;BIRCHALL, JOSHUA

Endereço


Endereço Profissional
Museu Paraense Emílio Goeldi, Coordenação de Ciências Humanas.
Avenida Perimetral - de 1501/1502 a 5004/5005
Terra Firme
66077830 - Belém, PA - Brasil
Telefone: (91) 32176015


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2013
Doutorado em Linguistica.
Radboud University Nijmegen, RUN, Holanda.
Título: Argument marking patterns in South American languages, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Pieter Muysken.
Coorientador: Mily Crevels, Hein van der Voort.
Bolsista do(a): Koninklijke Nederlandse Akademie van Wetenschappen, KNAW, Holanda.
Palavras-chave: Línguas indígenas; Tipologia linguística; Contato Linguístico.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
2007 - 2008
Mestrado em Linguistica.
University of Montana, UMT, Estados Unidos.
Título: Mestrado sem tese,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Mizuki Miyashita.
Palavras-chave: Linguistica.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
2003 - 2007
Graduação em Antropologia.
University of Montana, UOFM, Estados Unidos.


Pós-doutorado


2016
Pós-Doutorado.
Museu Paraense Emílio Goeldi, MPEG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Indígenas.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Linguística Computacional.
2014 - 2016
Pós-Doutorado.
Museu Paraense Emílio Goeldi, MPEG, Brasil.
Bolsista do(a): Max Planck Society, MPI, Alemanha.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Etnologia Indígena.


Formação Complementar


2016 - 2016
Spring School on Quantitative Methods for Linguistic and Cultural Evolution. (Carga horária: 40h).
Instituto Max Planck para a Ciência da História Humana, MPI-SHH, Alemanha.


Atuação Profissional



University of Bristol, BRISTOL, Inglaterra.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Museu Paraense Emílio Goeldi, MPEG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
The living ethnolinguistic heritage of the Aikanã and Kwaza of Rondônia, Brazil
Descrição: O projeto representa a segunda fase do projeto DobeS anterior de documentação (The ethnolinguistic composition of southeastern Rondônia: The Aikanã, the Kwaza and their neighbours, 2012-2016). O objetivo é aplicar o acervo resultante do projeto anterior para gerar conhecimento científico que também favorece a comunidade indígena. Um dos componentes centrais do projeto é uma enciclopédia digital da cultura e língua a ser construido em cooperação com o povo Aikanã..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Aplicando métodos quantitativos à comparação de línguas indígenas
Descrição: O projeto visa o desenvolvimento e a implementação de uma infraestrutura digital para a comparação quantitativa de línguas. Isso inclui um formulário para a coleta de dados lexicais, scripts para a visualização e manipulação dos dados, e um repositório online para armazenar os dados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Quantitative Comparative Linguistics and Kinship of Tupi and Cariban
Descrição: Understanding the linguistic and cultural diversity of indigenous Lowland South America (LSA) has been hampered in the past by a lack of documentary and comparative work by linguists. Meanwhile, our understanding of the history and diversity of other language families and the cultural norms of their speakers has been transformed by the use of quantitative phylogenetic techniques, allowing linguists and anthropologists a new window into the cultural dynamics that create human diversity. Our project brings together ethnolinguistic expertise in Tupi and Cariban languages (Belem-based, led by Birchall) with phylogenetic and kinship expertise (Bristol-based, led by Jordan). We will build a linguistic/cultural database and use phylogenetic methods to (a) infer language relationships and (b) investigate how distinctive kinship and marriage systems have culturally evolved in LSA. Our partnership activities include exchange visits, methods training, and network-building events, with the timely goal of stimulating further collaborative comparative work on LSA..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Joshua Birchall - Integrante / Fiona Jordan - Coordenador.
2014 - 2016
The ethnolinguistic composition of southeastern Rondônia: The Aikanã, the Kwazá and their neighbours
Descrição: Este projeto visa a documentação etnolingüística de povos indígenas no sudeste de Rondônia, com especial atenção aos Aikanã e aos Kwazá, que falam línguas geneticamente isoladas que se encontram hoje ameaçadas pela expansão cultural e econômica, como também pela transmissão reduzida das línguas à geração nova. Neste quadro, o projeto tem por objetivo empreender a documentação lingüística, aliada ao levantamento etnohistórico e etnográfico. Visa, portanto, uma contribuição a preencher a lacuna etnográfica quanto aos Aikanã e Kwazá, que possa melhor delinear o complexo indígena regional...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Joshua Birchall - Integrante / Hein van der Voort - Coordenador / Candida Aikanã - Integrante / Lisa Grund - Integrante / Eduardo Ribeiro - Integrante.
2014 - Atual
Levantamento Regional da situação sociolinguistica de 26 etnias indígenas da região de Rondônia - Inventário Nacional da Diversidade Linguística (INDL)
Descrição: O presente projeto levantará a situação das línguas nativas de 26 povos indígenas de Rondônia, com uma população total de 11.218 pessoas. O levantamento será realizado no período de 2014 a 2016, e executado por linguistas afiliados à Área de Linguística do Museu Goeldi, instituto do MCTI, que têm longa experiência com as línguas indígenas de Rondônia. O levantamento servirá como modelo para futuros levantamentos de campo no Inventário Nacional de Diversidade Linguística. Como resultado dos dados do projeto e das anuências dos povos indígenas envolvidos, as línguas levantadas poderão ser registradas como patrimônio cultural do Brasil. A metodologia do projeto será parecida com a metodologia do projeto piloto que o Museu Goeldi desenvolveu em 2010, sobre a língua Wayoro, que se mostrou eficiente, econômica e adequada. Será adaptada ao manual de levantamentos do IPHAN e à necessidade de integrar os dados de uma região inteira. Os povos do projeto receberão capacitação em documentação e orientação sobre manutenção da língua materna..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
Documentação das línguas Txapakura em Rondónia
Descrição: O presente projeto visa a documentação das línguas Txapakura faladas em Rondônia: Oro Win, Wari? e Moré-Cojubim. O objetivo primário deste trabalho é desenvolver um corpo digital do uso cotidiano e do contexto cultural dessas línguas a ser armazenado e preservado em institutos brasileiros para uso das comunidades indígena e científica. Este projeto produzirá materiais pedagógicos e registros digitais da história e cultura destes povos. Além dos benefícios práticos para a comunidade indígena, esses dados serão utilizados para o avanço do nosso entendimento científico dessas línguas, em forma de trabalhos descritivos e histórico-comparativos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2015
Joseph Greenberg Award--Runner up, Association for Linguistic Typology.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BIRCHALL, J.;BIRCHALL, JOSHUA2016 BIRCHALL, J.; DUNN, M. ; GREENHILL, S. J. . A comparative and phylogenetic analysis of the Chapacuran language family. International Journal of American Linguistics, v. 82, p. 255-285, 2016.

2.
GALUCIO, ANA VILACY2015GALUCIO, ANA VILACY ; MEIRA, SÉRGIO ; BIRCHALL, JOSHUA ; MOORE, DENNY ; GABAS JÚNIOR, NILSON ; DRUDE, SEBASTIAN ; STORTO, LUCIANA ; PICANÇO, GESSIANE ; RODRIGUES, CARMEN REIS . Genealogical relations and lexical distances within the Tupian linguistic family. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi Ciencias Humanas, v. 10, p. 229-274, 2015.

3.
BIRCHALL, J.;BIRCHALL, JOSHUA2015 BIRCHALL, J.. A comparison of verbal person marking across Tupian languages. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 10, p. 487-518, 2015.

4.
BIRCHALL, J.;BIRCHALL, JOSHUA2014 BIRCHALL, J.. A look at the Rokorona language. STUF - Language Typology and Universals (Sprachtypologie und Universalienforschung), v. 66, p. 257-271, 2014.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BIRCHALL, J.. Argument Marking Patterns in South American Languages. 1. ed. Utrecht: LOT, 2014. 285p .

Capítulos de livros publicados
1.
BIRCHALL, JOSHUA; VAN DER VOORT, H. ; AIKANA, C. ; AIKANA, L. . Aikanã. In: Kristine Stenzel; Bruna Franchetto. (Org.). On this and other worlds: Voices from Amazonia. 1ed.Berlin: Language Science Press, 2017, v. , p. 405-438.

2.
MUYSKEN, P. ; HAMMARSTROM, H. ; BIRCHALL, J. ; VAN GIJN, R. ; KRASNOUKHOVA, O. ; MULLER, N. . Linguistic areas, bottom-up or top down? The case of the Guaporé-Mamoré. In: Bernard Comrie; Lucía Golluscio. (Org.). Language Contact and Documentation / Contacto lingüístico y documentación. 1ed.Berlim: De Gruyter Mouton, 2015, v. , p. 205-237.

3.
BIRCHALL, J.. Verbal argument marking patterns in South American languages. In: Loretta O'Connor; Pieter Muysken. (Org.). The Native Languages of South America: Origins, Development, Typology. 1ed.Cambridge: Cambridge University Press, 2014, v. , p. 223-249.

4.
MUYSKEN, P. ; HAMMARSTROM, H. ; BIRCHALL, J. ; DANIELSEN, S. ; ERIKSEN, L. ; GALUCIO, A. V. ; VAN GIJN, R. ; VAN DE KERKE, S. ; KOLIPAKAM, V. ; KRASNOUKHOVA, O. ; MULLER, N. ; O'CONNOR, L. . The language families of South America: deep families, areal relationships, and language contact. In: Loretta O'Connor; Pieter Muysken. (Org.). The Native Languages of South America: Origins, Development, Typology. 1ed.Cambridge: Cambridge University Press, 2014, v. , p. 299-322.

5.
BIRCHALL, J.. The multi-verb benefactive construction in Wari' and Oro Win. In: Francesc Queixalós; Stella Telles; Ana Carla Bruno. (Org.). Incremento de Valencia en las Lenguas Amazónicas. 1ed.Bogotá: Instituto Caro y Cuervo, 2014, v. , p. 113-132.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CHOUSOU-POLYDOURI, N. ; BIRCHALL, J. ; MEIRA, S. ; OHAGAN, Z. ; MICHAEL, L. . A test of coding procedures for lexical data with Tupí-Guaraní and Chapacuran languages. In: Workshop on Capturing Phylogenetic Algorithms for Linguistics, 2016, Leiden. Proceedings of the Leiden Workshop on Capturing Phylogenetic Algorithms for Linguistics [9]. Tübingen: Universidade de Tübingen, 2015.

2.
BIRCHALL, J.. Determining Gender Markedness in Wari?. In: The Eleventh Workshop on American Indigenous Languages., 2008, Santa Barbara. Proceedings from the Eleventh Workshop on American Indigenous Languages.. Santa Barbara: University of California, 2008. v. 19. p. 15-24.

Artigos aceitos para publicação
1.
BIRCHALL, J.. Historical change in reported speech constructions in the Chapacuran family. Journal of Historical Linguistics, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
BIRCHALL, JOSHUA. Long-term social interaction is reflected in parallel linguistic structures among the languages of the lower Amazon. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MEIRA, SÉRGIO ; BIRCHALL, JOSHUA ; CHOUSOU-POLYDOURI, N. . A character-based classification of the Cariban language family. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
BIRCHALL, JOSHUA. On the role of phylogeny in morphosyntactic reconstruction: Examples from South America. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
BIRCHALL, JOSHUA. Etnónimos chapakura de la región del río Iténez/Guaporé. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
BIRCHALL, JOSHUA. Reexamining Amazonia as a linguistic area: A view from morphosyntax. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
BIRCHALL, JOSHUA. Pa' inon kopakao' (DVD de documentação linguística). 2016.

2.
BIRCHALL, JOSHUA. Plantas Aikanã (DVD de documentação linguística com legendas em portugues e Aikanã). 2015.

3.
VAN DER VOORT, H. ; BIRCHALL, JOSHUA ; AIKANA, C. . Eruerazu kyã'apa'i: A história do Raposa (DVD de documentação linguística com legendas em português e Aikanã). 2015.

4.
BIRCHALL, JOSHUA. A História da To'o (DVD de documentação linguística com legendas em português e Wari'). 2014.

5.
BIRCHALL, JOSHUA. Kirik Naparyt Wajam: Os primeiros encontros com o Branco (DVD de documentação linguística com legendas em Oro Win e português). 2013.

6.
BIRCHALL, JOSHUA. Pasam Ta Kiwo (DVD de documentação linguística sobre a produção de flechas Oro Win). 2012.

7.
BIRCHALL, JOSHUA. Ten Ti Okoko' (DVD de documentação linguística sobre a produção de paneiros Oro Win). 2012.

8.
BIRCHALL, JOSHUA. Oko' Jimi: O menino maravilha (DVD de documentação linguística). 2010.

9.
BIRCHALL, JOSHUA. Histórias Oro Win: A origem das comidas (DVD e CD de documentação linguística). 2010.

10.
BIRCHALL, JOSHUA. Histórias Oro Win: Quando os bichos eram gente1 (CD de documentação linguística). 2010.

11.
BIRCHALL, JOSHUA. Histórias Oro Win: Quando os bichos eram gente 2 (CD de documentação linguística). 2010.

12.
BIRCHALL, JOSHUA. Palavras Oro Win (CD de documentação linguística). 2010.

13.
BIRCHALL, JOSHUA. Awat: A princesa (DVD de documentação linguística). 2010.


Demais tipos de produção técnica
1.
BIRCHALL, JOSHUA. Curso geral sobre a diversidade etnolinguística da Amazônia. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
BIRCHALL, J.; WIN, S. O. . Woraw fet ti'! Vamos conversar!: Uma cartilha básica da língua Oro Win. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).



Eventos



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BIRCHALL, JOSHUA; JORDAN, F. . Workshop on Tupian and Cariban Kinship Terminology. 2017. (Outro).

2.
BIRCHALL, JOSHUA. Curso geral da diversidade etnolinguística da Amazonia. 2016. (Outro).

3.
Ferreira, Helder Perri ; BIRCHALL, JOSHUA . The diachrony of split argument marking patterns in the languages of the Americas. 2015. (Congresso).

4.
BIRCHALL, JOSHUA; SALINAS, N. L. O. ; MOORE, DENNY . Primer curso intensivo sobre documentación de lenguas nativas. 2014. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 6:32:44