Bárbara Soares Andrade

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6819388118341119
  • Última atualização do currículo em 12/03/2018


Possui Graduação em Biomedicina pela Universidade Guarulhos (2012). É Mestre em Ciências da Saúde - Faculdade de Medicina de Jundiai. Foi aluna de iniciação científica do Instituto do Coração - HC - FMUSP e estagiária no Laboratório de Pleura na área de Imunologia, principalmente nos seguintes temas: Pleura, Tuberculose Pleural, Derrame Pleural, Citologia e BCG. Em 2012, iniciou atividades de treinamento na área de Imagenologia, com ênfase em Ressonância Magnética. Hoje trabalha como Biomédica no setor de Ressonância Magnética do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo e no Hospital Nipo Brasileiro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Bárbara Soares Andrade
Nome em citações bibliográficas
SILVA, B. S.;SOARES, BARBARA;SILVA, BÁRBARA SOARES DA

Endereço


Endereço Profissional
Benemerita Sociedade Portuguesa de Beneficência.
Real Ben Sociedade Beneficente Portuguesa
Bela Vista
01323900 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 26615000
Ramal: 3505


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2015
Mestrado em CIÊNCIAS DA SAÚDE.
Faculdade de Medicina de Jundiaí, FMJ, Brasil.
Título: PAPEL DAS CITOCINAS INFLAMATÓRIAS IL-1, IL-6 E MIP-2 NA RESPOSTA AGUDA DE CÉLULAS MESOTELIAIS EXPOSTAS A FIBRAS DE ASBESTO CROCIDOLITA E CRISOTILA,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Prof. Dr. Evaldo Marchi.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Asbesto; Inflamação; Células Mesoteliais.
2009 - 2012
Graduação em Biomedicina.
Universidade de Guarulhos, UNG, Brasil.
Título: Padronização de Modelo Experimental para Tuberculose Pleural.
Orientador: Milena Marques Pagliarelli Acencio.
Bolsista do(a): Instituto do Coração, INCOR, Brasil.




Formação Complementar


2017
ACADEMIA DO ATENDIMENTO - GRUPO REFERÊNCIA. (Carga horária: 60h).
Benemerita Sociedade Portuguesa de Beneficência, BSPB, Brasil.
2018 - 2018
Extensão universitária em Otimização de Scanning e Protocolo para Ressonância. (Carga horária: 16h).
SENAI - Departamento Regional de São Paulo, SENAI/DR/SP, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Física de Ressonância Magnética. (Carga horária: 40h).
Instituto de Radiologia, INRAD, Brasil.
2013 - 2013
Treinamento multidisciplinar sobre transmissão. (Carga horária: 30h).
Rede D'or - Hospital São Luiz, REDE D'OR, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Densitometria Óssea.
Instituto Cimas, IC, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Febre Reumática.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Imunobiologia dos tumores.
Universidade Federal do Triângulo Mineiro, UFTM, Brasil.
2012 - 2012
Treinamento em reanimação cardiorespiratória..
Instituto do Coração, INCOR, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em Modelos animais usados em pesquisa Biomédica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2011 - 2011
Modelos Experimentais em Fisiopatologia.
Universidade Federal do Triângulo Mineiro, UFTM, Brasil.
2011 - 2011
CURSO TEÓRICO/PRÁTICO DE PCR EM TEMPO REAL.
Hospital das Clinicas - SP, HC-SP, Brasil.
2011 - 2011
Bases da gestão em laboratório clínico.
Universidade de Guarulhos, UNG, Brasil.
2010 - 2010
A vigilância sanitária e as normas técnicas da ANV.
Universidade de Guarulhos, UNG, Brasil.
2010 - 2010
DST.
Instituto de Biociências, UNESP, Brasil.
2009 - 2009
Acupuntura - mini curso..
Universidade de Guarulhos, UNG, Brasil.


Atuação Profissional



Benemerita Sociedade Portuguesa de Beneficência, BSPB, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Biomédica, Carga horária: 40


Instituto do Coração, INCOR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2015
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Colaboradora, Carga horária: 30
Outras informações
Estágio no Laboratório de Pleura do serviço de pneumologia do InCor - HCFMUSP. Recepção, conferência e execução de exames laboratoriais; Manipulação de substancias químicas e preparo de reagentes e soluções. Realização de análises laboratoriais utilizando técnicas, matérias e equipamentos específicos como: Cultura de células (primária e linhagem celular); Dosagens bioquímicas; Ensaios para caracterização de células (histoquímica enzimática, bioquímica, imunohistoquímica); Radioimunoensaio e ELISA; Realização de cirurgia experimental em animais de laboratório (coelhos e camundongos); Participações das reuniões e atividades didáticas do setor; Leitura e discussão de textos científicos.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Treinamento, Carga horária: 15
Outras informações
Treinamento no Laboratório de Anatomia Patológica. Vivência na área de macroscopia, microtomia, inclusão de amostra, silanização de lâminas, técnicas de coloração e confecção de lâminas.


Hospital Nipo-Brasileiro, HNB, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Biomedica, Carga horária: 12



Projetos de pesquisa


2013 - 2015
PAPEL DAS CITOCINAS INFLAMATÓRIAS IL-1, IL-6 E MIP-2 NA RESPOSTA AGUDA DE CÉLULAS MESOTELIAIS EXPOSTAS A FIBRAS DE ASBESTO CROCIDOLITA E CRISOTILA
Descrição: Várias doenças têm sido relacionadas à exposição ao asbesto, incluindo o mesotelioma pleural. O mecanismo de lesão pleural por fibras de asbesto ainda não está totalmente compreendido. A resposta inflamatória local, com liberação de mediadores moleculares em resposta a agressão, pode conduzir à desregulação da apoptose desempenhando um papel central na fisiopatologia da doença pleural induzida pelo asbesto..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Influência do mediador pró-fibrótico TGFb1 na pleurodese experimental induzida por nitrato de prata
Descrição: Avaliação do mediador pró-fibrótico TGFb1 na pleurodese experimental induzida por nitrato de prata..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Inibição da progressão tumoral através do bloqueio do tnf-a por derivados de heparina em modelo animal
Descrição: Estudo para avaliação da inibição da progressão tumoral através do bloqueio do TNF-a por derivados de heparina em modelo animal (Coelhos).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Bárbara Soares Andrade - Integrante / Lisete R. Teixeira - Coordenador / Milena M. P. Acencio - Integrante.
2011 - 2012
Derrame Pleural Neoplásico: Qual é o real rendimento da Citologia e da Biópsia Pleural por Agulha no diagnóstico?
Descrição: Uma das principais manifestações do comprometimento da pleura por afecções benignas ou malignas é o acúmulo de líquido no espaço pleural. Dentre as doenças pleurais, as neoplasias destacam-se como uma das principais causas de derrame pleural. O diagnóstico deste acometimento se estabelece pela demonstração de células malignas no líquido ou no fragmento tecidual. O achado de células malignas no líquido ou no tecido pleural significa doença disseminada ou avançada e tem implicações terapêuticas, além de reduzir sensivelmente a expectativa de vida dos pacientes com câncer. Como freqüentemente esses pacientes apresentam grande desconforto respiratório pelo acúmulo de líquido no espaço pleural, a toracocentese para alívio dos sintomas e esclarecimento diagnóstico é a primeira abordagem realizada. Neste contexto, o exame citológico do líquido pleural representa um dos procedimentos laboratoriais mais informativos, particularmente se considerarmos que um diagnóstico definitivo pode ser obtido em torno de 70% dos casos (40-87%). A biópsia pleural por agulha é realizada no mesmo procedimento da 1ª toracocentese ou, em uma segunda abordagem, caso a citologia do líquido seja inconclusiva ou negativa e persista a hipótese diagnóstica de derrame pleural maligno. A positividade deste exame costuma ser inferior à do exame citológico, oscilando entre 40 a 50%. Segundo alguns autores, esta maior sensibilidade da citologia poderia ser atribuída ao fato de que a população celular presente no líquido quando da esfoliação tumoral para o interior da cavidade pleural seria representativa de uma maior área de superfície pleural do que aquela obtida pela biópsia feita às cegas. A biópsia pleural por agulha, além de apresentar um rendimento diagnóstico inferior à citologia, é um procedimento mais invasivo e, portanto, mais susceptível a referência de complicações como dor (1-15%), pneumotórax (3-15%), reação vasovagal (1-5%) e hemotórax (<2%). O desempenho diagnóstico inferior da biópsia pod.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Bárbara Soares Andrade - Integrante / Leila Antonangelo - Coordenador / Milena M. P. Acencio - Integrante.Financiador(es): INCOR - HCFMUSP - Auxílio financeiro.
2011 - 2012
PADRONIZAÇÃO DE MODELO EXPERIMENTAL PARA TUBERCULOSE PLEURAL
Descrição: A tuberculose (TB), entre as doenças infecciosas, é a causa mais comum de morte em todo o mundo. O Brasil integra o grupo dos 22 países que englobam 80% de todos os casos mundiais, estima-se que haja em torno de 100 mil novos casos a cada ano no país, tornado-se assim um grave problema de saúde pública (WHO). No ano de 2004, aproximadamente 9 milhões de pessoas desenvolveram TB ativa e mais de 2 milhões de mortes foram atribuídas a doença. A TB pleural pode ser uma manifestação tanto da forma primária da doença (primo-infecção) quanto da reativação de uma infecção latente pelo Mycobacterium tuberculosis. Em ambas a TB pleural está freqüentemente associada à forma pulmonar, geralmente unilateral e seu volume vai de pequeno a grande (Conde MB). O diagnóstico da TBP permanece um desafio na prática clínica. Os métodos convencionais, bastante úteis para o diagnóstico de tuberculose pulmonar, têm baixo rendimento quando realizados no líquido pleural. (A Lineu K). O desenvolvimento de novos modelos experimentais de TB seria uma importante ferramenta para elucidação mecanismos fisiopatológicos da doença e, por conseguinte testar esquemas terapêuticos para a prevenção e limitação da doença . Onde a compreensão das principais classificações dos modelos experimentais em pesquisa é fundamental para o aperfeiçoamento e comprovação de técnicas e procedimentos já existentes, assim como para o desenvolvimento de outros futuros. Sendo que a experimentação animal nas pesquisas científicas tem papel primordial, colaborado sobremaneira para o desenvolvimento da ciência e tecnologia e promovendo ao longo dos anos a descoberta de medidas profiláticas, como também tratamentos de enfermidades que acometem os seres humanos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Bárbara Soares Andrade - Coordenador / Milena M. P. Acencio - Integrante.
2008 - 2012
Comparação de dois modelos experimentais de hipertensão pulmonar
Descrição: Comparação de dois modelos de hipertensão pulmonar (monocrotalina isoladamente e pneumonectomia com monocrotalina) em relação à gravidade hemodinâmica, estrutura das artérias pulmonares, marcadores inflamatórios - interleucina-1 (IL-1) e fator de crescimento derivado de plaquetas (PDGF) - e sobrevida em 45 dias.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Bárbara Soares Andrade - Integrante / Milena M. P. Acencio - Integrante / Igor Bastos Polonio - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Imaginologia.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Imunologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2014
Menção Honrosa, II Congresso Integrado de Saúde.
2014
Prêmio Painéis, II Congresso Integrado de Saúde.
2013
Menção Honrosa, Instituto do Coração - HC-FMUSP.
2011
Prêmio Painéis, Universidade Federal do Triangulo Mineiro - UFTM.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ACENCIO, MILENA MARQUES PAGLIARELLI2015 ACENCIO, MILENA MARQUES PAGLIARELLI ; SOARES, BARBARA ; MARCHI, EVALDO ; SILVA, CARLOS SERGIO ROCHA ; TEIXEIRA, LISETE RIBEIRO ; BROADDUS, V. C. . Inflammatory Cytokines Contribute to Asbestos-Induced Injury of Mesothelial Cells. Lung (New York), v. 193, p. 831-837, 2015.

2.
POLONIO, IGOR BASTOS2014 POLONIO, IGOR BASTOS ; ACENCIO, MILENA MARQUES PAGLIARELI ; PAZETTI, ROGÉRIO ; ALMEIDA, FRANCINE MARIA DE ; SILVA, BÁRBARA SOARES DA ; PEREIRA, KARINA APARECIDA BONIFÁCIO ; SOUZA, ROGÉRIO . Lodenafil treatment in the monocrotaline model of pulmonary hypertension in rats. Jornal Brasileiro de Pneumologia (Impresso), v. 40, p. 421-424, 2014.

3.
IGOR,2012IGOR, ; ACENCIO, M. M. P. ; PAZETTI, R. ; ALMEIDA, F. M. ; CANZIAN, M. ; SILVA, B. S. ; PEREIRA, K. A. B. ; SOUZA, R. . Comparação de dois modelos experimentais de hipertensão pulmonar. Jornal Brasileiro de Pneumologia (Impresso), v. 38, p. 452-460, 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TEIXEIRA, L. R. ; ACENCIO, M. M. P. ; SALES, R. K. ; SILVA, B. S. . Expression of matrix metalloproteinases(MMPs) and tissue inhibitors of metalloproteinases (TIMPs) in pleural effusions. In: European Respiratory Society, 2011, Amsterdam. Expression of matrix metalloproteinases(MMPs) and tissue inhibitors of metalloproteinases (TIMPs) in pleural effusions, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, B. S.; SALES, R. K. ; ACENCIO, M. M. P. ; TEIXEIRA, L. R. ; VARGAS, F. . Espectro Laboratorial dos derrames pleurais em um Hospital Terciário: Avaliação de cinco anos. In: 15º Congresso Paulista de Pneumologia e Tisiologia, 2013, São Paulo. Espectro Laboratorial dos derrames pleurais em um Hospital Terciário: Avaliação de cinco anos. v. 27. p. 12.

Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, BÁRBARA SOARES DA. Profissional da saúde em Radiologia - Práticas adequadas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SILVA, B. S.. Biomédicos: Profissionais diferenciados no mercado de trabalho. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
SILVA, B. S.; SILVA, C. S. R. ; MARCHI, E ; ACENCIO, M. M. P. ; SOUZA, B. R. . Avaliação de mediadores inflamatórios e de apoptose em células mesoteliais normais ou células neoplásicas expostas a partículas de talco utilizado para pleurodese. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
SILVA, B. S.; MARCHI, E ; ACENCIO, M. M. P. ; BROADDUS, V. C. ; TEIXEIRA, L. R. ; SILVA, C. S. R. . Contribuição das citocinas próinflamatórias IL-1β e IL-6 na lesão mesotelial induzida por fibras de asbestos crocidolita e crisotila. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
SILVA, B. S.; ANTONANGELO, L. ; ACENCIO, M. M. P. . Derrame Pleural Neoplásico: Qual é o real rendimento da Citologia e da Biópsia Pleural por Agulha no diagnóstico?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
SILVA, B. S.; ANTONANGELO, L. ; TEIXEIRA, L. R. ; ACENCIO, M. M. P. ; VARGAS, F. ; ASSUNCAO, D. . Laboratorial spectrum of pleural effusions in a tertiary hospital - five years analysis. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
SILVA, B. S.; ACENCIO, M. M. P. ; ANTONANGELO, L. . Papel da Citologia e da Biópsia Pleural no Diagnóstico do Derrame Pleural Maligno.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
SILVA, B. S.; SALES, R. K. ; SEISCENTO, M. ; ANTONANGELO, L. ; SILVA, C. S. R. ; ALVARENGA, V. A. ; TEIXEIRA, L. R. ; ACENCIO, M. M. P. . Comparação da Adenosina deaminase (ADA), Interferon-gama (IFN-gama) e Quantiferon-TB no diagnóstico da Tuberculose Pleural. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
SILVA, B. S.; ACENCIO, M. M. P. . Padronização de modelo experimental de tuberculose pleural. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
SILVA, B. S.; ACENCIO, M. M. P. . Aluna recebe prêmio da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. 2012. (Site).


Demais tipos de produção técnica


Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
47 Jornada Paulista de Radiologia. Protocolo de RM de Alto Campo na Doença de Parkinson. 2017. (Congresso).

2.
46 Jornada Paulista de Radiologia. magem Molecular em Doenças Neurodegenerativas. 2016. (Congresso).

3.
Jornada Acadêmica de Biomedicina. Biomédicos: Profissionais diferenciados no mercado de trabalho. 2015. (Congresso).

4.
II CIS Científico. Contribuição das citocinas pró-inflamatórias IL-1beta, IL-6 na lesão mesotelial induzida por fibras de asbesto crocidolita e crisotila. 2014. (Congresso).

5.
ERS Congress - European Respiratory Society. Laboratorial spectrum of pleural effusions in a tertiary hospital - five years analysis. 2013. (Congresso).

6.
IX Encontro Mineiro de Biomedicina.Papel da Citologia e da Biópsia Pleural no Diagnóstico do Derrame Pleural Maligno. 2012. (Encontro).

7.
III Jornada Academica de Biomedicina.Circulação extracorpórea em adultos no século XXI. Ciência, arte ou empirismo?. 2011. (Encontro).

8.
VIII Encontro Mineiro de Biomedicina - UFTM.Comparação da Adenosina deaminase (ADA), Interferon-gama (IFN-) e Quantiferon-TB no diagnóstico da Tuberculose Pleural. 2011. (Encontro).

9.
13º ENCONTRO NACIONAL DE BIOMEDICINA. 2010. (Encontro).

10.
II JORNADA ACADÊMICA DE BIOMEDICINA. 2010. (Outra).

11.
I SIMPÓSIO DE BIOLOGIA APLICADA: BIOLOGIA FORENSE. 2010. (Simpósio).

12.
XXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA.. 2010. (Congresso).

13.
I JORNADA ACADÊMICA DE BIOMEDICINA. 2009. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Marta Ferreira Bastos ; SILVA, B. S. ; FONSECA, P. F. ; XAVIER, P. R. T. . III Jornada Academica de Biomedicina. 2011. (Outro).

2.
LOBO, S. ; SILVA, B. S. . V Congresso da Sociedade Paulista de Parasitologia. 2010. (Congresso).

3.
Marta Ferreira Bastos ; SILVA, B. S. . Ensino responsável. Entendendo sobre a diabétes tipo I e II. 2009. (Outro).



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
ACENCIO, MILENA MARQUES PAGLIARELLI2015 ACENCIO, MILENA MARQUES PAGLIARELLI ; SOARES, BARBARA ; MARCHI, EVALDO ; SILVA, CARLOS SERGIO ROCHA ; TEIXEIRA, LISETE RIBEIRO ; BROADDUS, V. C. . Inflammatory Cytokines Contribute to Asbestos-Induced Injury of Mesothelial Cells. Lung (New York), v. 193, p. 831-837, 2015.


Redes sociais, websites e blogs
1.
SILVA, B. S.; ACENCIO, M. M. P. . Aluna recebe prêmio da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. 2012. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 2:45:08