Márcia Ribeiro de Lima

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2944367610949921
  • Última atualização do currículo em 12/12/2017


Terapeuta Ocupacional formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Discente do curso de Pós Graduação em Terapia da Mão e Reabilitação Neurológica da Universidade Federal de São Carlos - UFSCar. Realiza atendimentos em consultório e domicílio. Trabalha no Instituto Novo Ser onde atualmente integra e coordena a equipe técnica do Projeto Praia para Todos (onde começou como voluntária em 2013) e desde 2014 atua como terapeuta ocupacional no Clube Novo Ser de Power Soccer (futebol em cadeira de rodas motorizada). Coordena também o laboratório Mão na Roda, uma parceria com a Escola SESC de Ensino Médio que objetiva disseminar os conceitos de inclusão e respeito às diferenças com abordagens teóricos e práticos, envolvendo assuntos como direitos das pessoas com deficiência, história dos movimentos de luta, inclusão laboral, acessibilidade, lazer acessível e esportes adaptados. É colaboradora permanente do ReAbilitArte/UFRJ-Instituto de Pesquisa e Reabilitação do Sistema Neurolocomotor (www.reabilitarte.org) e foi Bolsista de Extensão -Nível C do CNPq no projeto Mapas de Acessibilidade (2014-2015), bolsista PIBEX durante a graduação (2013) e voluntária (2012). Atuou com reabilitação cognitiva e física de idosos que apresentam alterações ou disfunções no desempenho ocupacional e/ou no contexto social no setor de reabilitação geriátrica do Serviço de Medicina Física e Reabilitação do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho/UFRJ. Também já trabalhou como mediadora escolar, favorecendo o processo de aprendizagem e o desenvolvimento escolar da criança com autismo. Durante a graduação, foi estagiária no Instituto Municipal de Reabilitação Oscar Clark, Instituto Benjamim Constant, Hospital Universitário Clementino Fraga Filho e no Centro Municipal de Saúde Madre Teresa de Calcutá. Participou do projeto de extensão "Implementação de comunicação alternativa para pacientes com dificuldades de fala" no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, foi monitora da disciplina "Terapia Ocupacional nas disfunções neurológicas", representante do Centro Acadêmico de Terapia Ocupacional Marcus Vinicius Machado de Almeida e integrante da Comissão Acadêmica do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional - CREFITO 2. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Márcia Ribeiro de Lima
Nome em citações bibliográficas
LIMA, M. R.


Formação acadêmica/titulação


2017
Especialização em andamento em Terapia da Mão e Reabilitação Neurológica do Adulto - UFSCar (SP). (Carga Horária: 384h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2009 - 2014
Graduação em Terapia Ocupacional.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Terapia por Contenção Induzida em pacientes com sequelas de Acidente Vascular Encefálico: análise sistemática de publicações científicas por Terapeutas Ocupacionais.
Orientador: Camila Barros de Miranda Moran e Jean Christophe Houzel.
2005 - 2008
Ensino Médio (2º grau).
Instituto de Educação Professor Moysés Henrique dos Santos, IEPMHS, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Integração Sensorial: dos Princípios Teóricos às Especificidades da Técnica. (Carga horária: 28h).
Clínica Ludens - Núcleo Terapêutico e de Estudos do Desenvolvimento Humano, CL NTEDH, Brasil.
2017 - 2017
Espaço Terap. e Raciocínio Clínico: Experiência Prática em Integração Senso. (Carga horária: 8h).
Clínica Ludens - Núcleo Terapêutico e de Estudos do Desenvolvimento Humano, CL NTEDH, Brasil.
2015 - 2015
IV Curso de Dissecção em Cadáver da UFRJ. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2014 - 2014
Adequação Postural na Paralisia Cerebral. (Carga horária: 8h).
Núcleo de Estudos em Saúde Integral, NESI, Brasil.
2014 - 2014
Classificação Funcional de Futebol em Cad de Rodas. (Carga horária: 22h).
Associação Brasileira de Futebol em Cadeira de Rodas, ABFC, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Oficina para elaboração do Mapa de Acessibilidade.
Reabilitarte, RAA, Brasil.
2013 - 2013
Neuroanatomia em 3D. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2012 - 2012
Terapia de Restrição e Indução do Movimento na Recuperação Funcional. (Carga horária: 4h).
Reabilitarte, RAA, Brasil.
2012 - 2012
Curso Básico de Primeiros Socorros. (Carga horária: 40h).
Cruz Vermelha Brasileira - Rio de Janeiro, CVB -RJ, Brasil.
2012 - 2012
Workshop Anestesia,Analgesia e Eutanásia em Animai.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2011 - 2011
Reabilitação de Membro Superior / Terapia de Mão / Órtese. (Carga horária: 8h).
XII Congresso Brasileiro de Terapia Ocupacional, XII CBTO, Brasil.
2010 - 2010
Workshop Inclusão e Acessibilidade. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Novo Ser - Acessibilidade Plena e Inclusão Social, INS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Coordenador, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 8
Outras informações
Coordenadora no Programa "Praia Para Todos - Lazer e Desporto Adaptado nas Praias". O PRAIA PARA TODOS tem como objetivo principal promover a acessibilidade plena e a inclusão social de pessoas com deficiência e de seus familiares nas praias da Cidade do Rio de Janeiro.

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Coordenação, Enquadramento Funcional: Coordenadora, Carga horária: 4
Outras informações
O curso tem como objetivo disseminar os conceitos de inclusão e respeito às diferenças com abordagens teóricos e práticos, envolvendo assuntos como direitos das pessoas com deficiência, história dos movimentos de luta, inclusão laboral, acessibilidade, lazer acessível e esportes adaptados.

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 2
Outras informações
Desde 2015 atua como ministrante do laboratório ?Mão na Roda? na Escola SESC de Ensino Médio. Este tem como objetivo disseminar o conceito de inclusão e respeito às diferenças de maneira teórica e prática, envolvendo assuntos como a história da deficiência, acessibilidade, direito das pessoas com deficiência, mercado de trabalho, lazer acessível e esportes adaptados.

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 3
Outras informações
O Clube Novo Ser é voltado para a prática de Futebol em Cadeira de Rodas, o precursor na América do Sul. Este esporte é conhecido internacionalmente como Power Soccer ou Powerchair Football, sendo praticado por usuários de cadeira de rodas motorizadas. É administrado em nível internacional pela FIPFA - Fedaration Internationale de Powerchair Football Association e no Brasil pela ABFC - Associação Brasileira de Futebol em Cadeira de Rodas.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Profissional, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 7
Outras informações
O PRAIA PARA TODOS tem como objetivo principal promover a acessibilidade das praias cariocas à pessoas com deficiência e oferecer a inclusão social através do esporte e lazer. Missão: Promover a acessibilidade plena e a inclusão social de pessoas com deficiência e de seus familiares, mediante ações e projetos no sentido de garantir os direitos fundamentais desses cidadãos no âmbito do esporte e lazer nas praias da Cidade do Rio de Janeiro. Descrição: O projeto O PRAIA PARA TODOS foi criado em 2009 pelo INSTITUTO NOVO SER, com o objetivo principal de promover a acessibilidade das praias cariocas à pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida de ambos os sexos e de todas as idades, oferecendo inclusão social através do esporte e lazer. Este projeto é pioneiro no Brasil e no mundo. Traz inovação e soluções simples e eficientes, contribuindo para o bem-estar e a inclusão das pessoas com deficiência e seus familiares. Desde do seu início em 2009 até a data de hoje, o PRAIA PARA TODOS já beneficiou um total 3.332 pessoas (pessoas com deficiência, acompanhantes, familiares e profissionais). Atualmente o PRAIA PARA TODOS está instalado em dois locais na orla carioca: - Praia de Copacabana (Posto 6) - Praia da Barra da Tijuca (Posto 3) E oferece as seguintes atividades adaptadas de: Lazer: - Banho de mar assistido (facilitado por cadeiras anfíbias) - Banho de sol - Piscina infantil - Jogos recreativos Esporte: - Vôlei de praia sentado - Frescobol adaptado - Surf adapt ado - Handbike - Beach Soccer

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Ministrante, Carga horária: 8
Outras informações
Capacitação de grupo de funcionários da Escola SESC de Ensino Médio sobre acessibilidade e pessoas com deficiência.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 8
Outras informações
O PRAIA PARA TODOS tem como objetivo principal promover a acessibilidade das praias cariocas à pessoas com deficiência e oferecer a inclusão social através do esporte e lazer. Missão: Promover a acessibilidade plena e a inclusão social de pessoas com deficiência e de seus familiares, mediante ações e projetos no sentido de garantir os direitos fundamentais desses cidadãos no âmbito do esporte e lazer nas praias da Cidade do Rio de Janeiro. Descrição: O projeto O PRAIA PARA TODOS foi criado em 2009 pelo INSTITUTO NOVO SER, com o objetivo principal de promover a acessibilidade das praias cariocas à pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida de ambos os sexos e de todas as idades, oferecendo inclusão social através do esporte e lazer. Este projeto é pioneiro no Brasil e no mundo. Traz inovação e soluções simples e eficientes, contribuindo para o bem-estar e a inclusão das pessoas com deficiência e seus familiares. Desde do seu início em 2009 até a data de hoje, o PRAIA PARA TODOS já beneficiou um total 3.332 pessoas (pessoas com deficiência, acompanhantes, familiares e profissionais). Atualmente o PRAIA PARA TODOS está instalado em dois locais na orla carioca: - Praia de Copacabana (Posto 6) - Praia da Barra da Tijuca (Posto 3) E oferece as seguintes atividades adaptadas de: Lazer: - Banho de mar assistido (facilitado por cadeiras anfíbias) - Banho de sol - Piscina infantil - Jogos recreativos Esporte: - Vôlei de praia sentado - Frescobol adaptado - Surf adapt ado - Handbike - Beach Soccer


Centro de Reabilitação Especializada, CRE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: A, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 4
Outras informações
Atendimento ambulatorial de pessoas com deficiência.


Reabilitarte, RAA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 10
Outras informações
Bolsista de Extensão no País do CNPq - Nível C no Projeto "Mapas de Acessibilidade" - ReAbilitArte-UFRJ. O projeto Mapas de Acessibilidade criará um sistema em forma de aplicativo para dispositivos móveis que oriente e facilite a mobilidade de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida na Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ) em forma de projeto piloto. Nosso objetivo é realizar um levantamento interativo e dinâmico das condições de (in)acessibilidade para pessoas com deficiência no Rio de Janeiro, através do uso de ferramentas de tecnologia de inovação social na internet. Para isso, nossa ideia é construir um mapa piloto que mostre as condições de acessibilidade da nossa Universidade onde colocaremos estas informações em forma de camadas como as do Google Maps, para para que estas possam ser consultadas não apenas por alunos, funcionários e demais pessoas que frequentam a Universidade e que possuem alguma deficiência como também por pessoas que possuam alguma dificuldade de locomoção permanente ou temporariamente. Futuramente este sistema será disponibilizado de forma que a mesma tecnologia possa ser implementada em maior escala afim de informar a acessibilidade não apenas da Universidade, mas sim da cidade do Rio de Janeiro e outras localidades do Brasil.

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista Extensão no País CNPq, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 30
Outras informações
Bolsista de Extensão no País do CNPq - Nível C no Projeto "Mapas de Acessibilidade" - ReAbilitArte-UFRJ. O projeto Mapas de Acessibilidade criará um sistema em forma de aplicativo para dispositivos móveis que oriente e facilite a mobilidade de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida na Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ) em forma de projeto piloto. Nosso objetivo é realizar um levantamento interativo e dinâmico das condições de (in)acessibilidade para pessoas com deficiência no Rio de Janeiro, através do uso de ferramentas de tecnologia de inovação social na internet. Para isso, nossa ideia é construir um mapa piloto que mostre as condições de acessibilidade da nossa Universidade onde colocaremos estas informações em forma de camadas como as do Google Maps, para para que estas possam ser consultadas não apenas por alunos, funcionários e demais pessoas que frequentam a Universidade e que possuem alguma deficiência como também por pessoas que possuam alguma dificuldade de locomoção permanente ou temporariamente. Futuramente este sistema será disponibilizado de forma que a mesma tecnologia possa ser implementada em maior escala afim de informar a acessibilidade não apenas da Universidade, mas sim da cidade do Rio de Janeiro e outras localidades do Brasil.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBEX, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista PIBEX do Projeto "Mapas de Acessibilidade" - ReAbilitArte-UFRJ. Acessibilidade para Pessoas com Deficiências na Universidade Federal do Rio de Janeiro. O projeto Mapas de Acessibilidade criará um sistema em forma de aplicativo para dispositivos móveis que oriente e facilite a mobilidade de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida na Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ) em forma de projeto piloto. Nosso objetivo é realizar um levantamento interativo e dinâmico das condições de (in)acessibilidade para pessoas com deficiência no Rio de Janeiro, através do uso de ferramentas de tecnologia de inovação social na internet. Para isso, nossa ideia é construir um mapa que mostre as condições de acessibilidade da nossa Universidade onde colocaremos estas informações em forma de camadas como as do Google Maps, para que estas possam ser consultadas não apenas por alunos, funcionários e demais pessoas que frequentam a Universidade e que possuem alguma deficiência como também por pessoas que possuam alguma dificuldade de locomoção permanente ou temporariamente. O projeto está em desenvolvimento e tivemos a oportunidade de apresentá-lo no 10º Congresso de Extensão da UFRJ onde fomos premiados com Menção Honrosa. Nosso objetivo é que futuramente este sistema seja disponibilizado de forma que a mesma tecnologia possa ser implementada em maior escala afim de informar a acessibilidade não apenas da Universidade, mas sim da cidade do Rio de Janeiro.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Ministrante, Carga horária: 16
Outras informações
Treinamento de equipe de voluntários que participaram do 1º Fórum Universitário de Acessibilidade - ReAbilitArte-UFRJ sobre tipos de acessibilidade com ênfase na arquitetônica.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Voluntária


Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, HUCFF, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Estágio Profissional, Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 4
Outras informações
Atuou como terapeuta ocupacional no Serviço de Medicina Física e Reabilitação no setor de Reabilitação Geriátrica desenvolvendo atividades de reabilitação física e cognitiva com idosos que apresentam alterações ou disfunções no desempenho ocupacional e/ou no contexto social em decorrência de doenças, deficiências ou processo de envelhecimento.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 12


Centro Integrado de Geriatria e Gerontologia Ativa, CIGGA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: (Outro), Enquadramento Funcional: Terapeuta Ocupacional, Carga horária: 4
Outras informações
Trabalhou com reabilitação cognitiva e física de idosos que apresentam alterações ou disfunções no desempenho ocupacional e/ou no contexto social em decorrência de doenças, deficiências ou processo de envelhecimento.


Centro Educacional Horas Feliz de Iguaçu, CEHOFI, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: (Outro), Enquadramento Funcional: Mediadora Escolar, Carga horária: 12
Outras informações
Atuou como mediadora escolar (contratada pela família do aluno) de criança com autismo (CID 10 F 84.0) favorecendo o processo de aprendizagem e o desenvolvimento escolar além de estimular a autoconfiança, autoestima, independência e interação social.


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista PIBEX, Enquadramento Funcional: Aluna de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista PIBEX do Projeto "Mapas de Acessibilidade" - ReAbilitArte-UFRJ. Acessibilidade para Pessoas com Deficiências na Universidade Federal do Rio de Janeiro. O projeto Mapas de Acessibilidade criará um sistema em forma de aplicativo para dispositivos móveis que oriente e facilite a mobilidade de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida na Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ) em forma de projeto piloto. Nosso objetivo é realizar um levantamento interativo e dinâmico das condições de (in)acessibilidade para pessoas com deficiência no Rio de Janeiro, através do uso de ferramentas de tecnologia de inovação social na internet. Para isso, nossa ideia é construir um mapa que mostre as condições de acessibilidade da nossa Universidade onde colocaremos estas informações em forma de camadas como as do Google Maps, para que estas possam ser consultadas não apenas por alunos, funcionários e demais pessoas que frequentam a Universidade e que possuem alguma deficiência como também por pessoas que possuam alguma dificuldade de locomoção permanente ou temporariamente. O projeto está em desenvolvimento e tivemos a oportunidade de apresentá-lo no 10º Congresso de Extensão da UFRJ onde fomos premiados com Menção Honrosa. Nosso objetivo é que futuramente este sistema seja disponibilizado de forma que a mesma tecnologia possa ser implementada em maior escala afim de informar a acessibilidade não apenas da Universidade, mas sim da cidade do Rio de Janeiro.

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Aluna de Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 8
Outras informações
Laboratório Fronteiras em Neurociências

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora- Terap. Ocup. nas Disf. Neurológicas

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Representante, Enquadramento Funcional: Representante -Centro Acad. de Terapia Ocup.

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Aluna voluntária do Projeto de Extensão
Outras informações
A comunicação oral caracteriza a condição humana. A fala associada a gestos e expressões faciais e corporais possibilita a comunicação com outras pessoas por meio da expressão das necessidades, desejos e opiniões. Estima-se que a incidência de pessoas que não são capazes de se comunicar através da fala seja de aproximadamente 1.3% da população (Beukelman; Mirenda, 2005). Quando uma pessoa fica impedida temporariamente, ou de maneira definitiva, de se comunicar pela fala, ela necessita de uma forma alternativa para desempenhar essa função comunicativa. A Comunicação Alternativa e Ampliada (CAA) reúne outras formas de comunicação como o uso de gestos, alguns sinais da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), expressões faciais, o uso de pranchas de alfabeto ou símbolos pictográficos, até o uso de sistemas mais sofisticados como comunicadores de voz gravada ou sintetizada, tablets e computadores. No Rio de Janeiro, o uso da CAA nas escolas municipais foi introduzido em 1994 através de cursos ministrados aos professores itinerantes que acompanhavam alunos com paralisia cerebral (Pelosi, 2000). Em 1995, deu-se início uma série de pesquisas sobre Comunicação Alternativa e Ampliada no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, associadas ao Grupo de Pesquisa de Comunicação Alternativa e, desde então, foram desenvolvidas aproximadamente 20 investigações sobre esse tema. Em 2009, com o início do curso de Terapia Ocupacional na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), começaram os estudos na área de Comunicação Alternativa e Ampliada dessa Universidade. http://www.portalassistiva.com.br/pranchas/atividades.php https://sites.google.com/site/tecnologiaassistivaufrj/


Instituto MunIcipal de Medicina Física e Reabilitação Oscar Clark, IOC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 12


Instituto Benjamin Constant, IBC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 12


Centro Municipal de Saúde Madre Tereza de Calcutá, CMSMTC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 12


Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região, CREFITO-2, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Membro - Comissão de Acadêmica, Enquadramento Funcional: Membro- Comissão de Acadêmica de Terapia Ocup
Outras informações
Entre os principais objetivos da Comissão estão: divulgar no meio discente o papel e atribuições do Conselho; participar dos movimentos e ações do Crefito-2 pela valorização profissional e defesa da Terapia Ocupacional; desenvolver fóruns; e participar ativamente nas Jornadas Científicas promovidas pela Autarquia Federal. http://www.crefito2.gov.br/noticias/noticias/futuros-terapeutas-ocupacionais-integram-comissao--370.html



Projetos de pesquisa


2013 - 2013
Avaliação do impacto de um programa de reabilitação geriátrica em um hospital terciário utilizando o questionário genérico de avaliação de qualidade de vida
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Márcia Ribeiro de Lima - Integrante / Ana Cristina Oliveira Bruno Franzoi - Coordenador / VANESSA BERNARDO - Integrante / CAMILA FERREIRA - Integrante / NATÁLIA DE CASTRO - Integrante / DAYANE MARA - Integrante / Thaline Furtado - Integrante / Julia Ferrari - Integrante / Raquel Tomaz - Integrante / Patricia Costa - Integrante / Allan Ferreira - Integrante.


Projetos de extensão


2013 - 2013
Mapas de Acessibilidade - ReAbilitArte - UFRJ
Descrição: O projeto Mapas de Acessibilidade criará um sistema em forma de aplicativo para dispositivos móveis que oriente e facilite a mobilidade de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida na Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ) em forma de projeto piloto. Nosso objetivo é realizar um levantamento interativo e dinâmico das condições de (in)acessibilidade para pessoas com deficiência no Rio de Janeiro, através do uso de ferramentas de tecnologia de inovação social na internet. Para isso, nossa ideia é construir um mapa que mostre as condições de acessibilidade da nossa Universidade onde colocaremos estas informações em forma de camadas como as do Google Maps, para que estas possam ser consultadas não apenas por alunos, funcionários e demais pessoas que frequentam a Universidade e que possuem alguma deficiência como também por pessoas que possuam alguma dificuldade de locomoção permanente ou temporariamente. O projeto está em desenvolvimento e tivemos a oportunidade de apresentá-lo no 10º Congresso de Extensão da UFRJ onde fomos premiados com Menção Honrosa. Nosso objetivo é que futuramente este sistema seja disponibilizado de forma que a mesma tecnologia possa ser implementada em maior escala afim de informar a acessibilidade não apenas da Universidade, mas sim da cidade do Rio de Janeiro..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2011 - 2012
Implementação da Comunicação Alternativa para os Pacientes com Dificuldades de fala no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho
Descrição: A comunicação oral caracteriza a condição humana. A fala associada a gestos e expressões faciais e corporais possibilita a comunicação com outras pessoas por meio da expressão das necessidades, desejos e opiniões. Estima-se que a incidência de pessoas que não são capazes de se comunicar através da fala seja de aproximadamente 1.3% da população (Beukelman; Mirenda, 2005). Os fatores que ocasionam a dificuldade de comunicação podem estar relacionados a fatores neurológicos, físicos, emocionais e cognitivos representados por pessoas com paralisia cerebral, síndromes e deficiência mental ou lesões adquiridas decorrentes de traumatismo cranioencefálico, acidente vascular encefálico, entre outros. Quando uma pessoa fica impedida temporariamente, ou de maneira definitiva, de se comunicar pela fala, ela necessita de uma forma alternativa para desempenhar essa função comunicativa. A Comunicação Alternativa e Ampliada (CAA) reúne outras formas de comunicação como o uso de gestos, alguns sinais da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), expressões faciais, o uso de pranchas de alfabeto ou símbolos pictográficos, até o uso de sistemas mais sofisticados como comunicadores de voz gravada ou sintetizada, tablets e computadores. No Rio de Janeiro, o uso da CAA nas escolas municipais foi introduzido em 1994 através de cursos ministrados aos professores itinerantes que acompanhavam alunos com paralisia cerebral (Pelosi, 2000). Em 1995, deu-se início uma série de pesquisas sobre Comunicação Alternativa e Ampliada no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, associadas ao Grupo de Pesquisa de Comunicação Alternativa e, desde então, foram desenvolvidas aproximadamente 20 investigações sobre esse tema. Em 2009, com o início do curso de Terapia Ocupacional na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), começaram os estudos na área de Comunicação Alternativa e Ampliada dessa Universidade. O primeiro projeto, financiado pela Faperj, foi contemplado no Edital de melhoria das escolas públicas do Rio de Janeiro (Pelosi, 2010). Os trabalhos voltados para o auxílio de pacientes hospitalizados com dificuldades comunicativas são ainda inexpressivos no nosso país. No contexto hospitalar, um número significativo de pacientes que necessitam de cuidados de saúde está permanentemente ou temporariamente incapacitado de se comunicar, e essa condição dificulta a relação do paciente com o seu médico, enfermeiro, terapeuta e familiares impossibilitando o atendimento de suas necessidades básicas e gerando dificuldades diagnósticas. O profissional de saúde fica restrito aos sinais percebidos no paciente, pois o mesmo não é capaz de comunicar seus sintomas. O resultando são pacientes frustrados, nervosos e deprimidos. A necessidade de comunicação entre o profissional da saúde e o paciente é óbvia. Uma boa comunicação pode auxiliar na recuperação do paciente, enquanto que uma comunicação pobre ou deficitária pode ter consequências graves. É de fundamental importância que os profissionais da saúde sejam treinados a compreender melhor a comunicação de seus pacientes, em especial aqueles com impedimentos sérios de comunicação, pela apropriação de recursos alternativos de comunicação (Pelosi, 2005; Costello, 2000; Hemsley et.al., 2001). A Fonoa.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Especialização: (7) .
Integrantes: Márcia Ribeiro de Lima - Integrante / Thainá Motta do Couto - Integrante / Thays Rodrigues Pires - Integrante / Miryam Bonadiu Pelosi - Coordenador / Débora Antunes - Integrante / Vera Lúcia Vieira de Souza - Integrante / CAROLINA MAGALHAES DE PINHO FERREIRA - Integrante / MARCIA CAVADAS MONTEIRO - Integrante / MARLENE PEREIRA DO PRADO - Integrante / MELISSA FRANCA DE SOUZA BATISTA - Integrante / PRISCILA TAVARES LIMA - Integrante / SILVANA MARIA MONTE COELHO FROTA - Integrante / ARIANNY CINTIA DE SOUZA - Integrante / Juliana Maninni - Integrante / CAMILLA FIGUEIREDO DA C. MALHEIRO - Integrante / LARISSA DA ROCHA GUIMARÃES DOS SANTOS - Integrante / LAYLA RESENDE SANCHES - Integrante / LARISSA TEREZA FERNANDES DIAS - Integrante / PRISCILA DA CONCEIÇÃO RODRIGUES - Integrante / Janaína S. Nascimento Mesquita - Integrante.
Número de produções C, T & A: 4
2011 - 2012
Formação de Profissionais, Familiares, e Cuidadores Para o Desenvolvimento da Comunicação Alternativa com Pessoas com Deficiência
Descrição: O projeto é uma ação extensionista do Laboratório de Tecnologia Assistiva do curso de Graduação em Terapia Ocupacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro - LabAssistiva, e tem como objetivo auxiliar profissionais, familiares e cuidadores que convivem com pessoas com dificuldades de comunicação oral e/ou escrita. Sua ação acontecerá através de cursos de formação e produção de materiais como pranchas de comunicação, atividades pedagógicas, jogos e histórias adaptadas. Os materiais produzidos com diferentes softwares de Comunicação Alternativa serão incorporados ao Portal de Tecnologia Assistiva do Curso de Graduação em Terapia Ocupacional da UFRJ disseminando informação para pessoas de todo o país. O projeto de extensão originou-se do projeto de pesquisa e extensão: FORMAÇÃO EM SERVIÇO DE PROFESSORES DE SALAS MULTIFUNCIONAIS PARA O DESENVOLVIMENTO DA COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA COM OS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS registrado no SIGMA com o número 19342..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2013 - Atual
Um Rio de Arte, Ciência e Cultura
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Fisioterapia e Terapia Ocupacional.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2013
Apresentação da CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO NAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA PÓS ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO, Coordenadoria Geral de Atenção Primária da Área Programática 2.2.
2013
Menção Honrosa no Congresso de Extensão: Trabalho ReAbilitArte - Mapas de Acessibilidade, Universidade Federal do Rio de Janeiro -UFRJ.


Produções



Produção bibliográfica
Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, J. O. M. P. ; LIMA, M. R. ; HOUZEL, J. C. ; KETZER, L. A. ; HOLLANDA, H. H. O. B. ; SOUZA, I. M. G. ; REIS FILHO, P. O. . ReAbilitArte: mapas e fórum de acessibilidade - troca de saberes na extensão universitária. In: Congresso de Extensão da UFRJ, 2013, Rio de Janeiro. Anais do Congresso de Extensão da UFRJ, 2013.

2.
SANCHES, L. R. ; MALHEIRO, C. F. C. ; GUIMARÃES, L. R. ; FERNANDES, L. ; LIMA, M. R. ; PELOSI, Miryam Bonadiu ; PUGET, P.C.M. ; RODRIGUES, P.C. ; COUTO, T. M. ; PIRES, T. R. ; SOUZA, V.L.V. . Portal na Internet: Recursos de Comunicação Alternativa ao Alcance de Todos. In: IV Congresso Brasileiro de Comunicação Alternativa - ISAAC Brasil, 2011, Rio de Janeiro. IV Congresso Brasileiro de Comunicação Alternativa - Compartilhando Experiências, 2011. v. 01.

3.
MALHEIRO, C. F. C. ; PELOSI, Miryam Bonadiu ; FERNANDES, L. ; GUIMARÃES, L. R. ; SANCHES, L. R. ; LIMA, M. R. ; RODRIGUES, P.C. ; COUTO, T. M. ; PIRES, T. R. . Pesquisas em Terapia Ocupacional: Suas Contribuições para a Formação Acadêmica. In: IV Congresso Brasileiro de Comunicação Alternativa - ISAAC Brasil, 2011, Rio de Janeiro. Anais do IV Congresso Brasileiro de Comunicação Alternativa - Compartilhando Experiências, 2011. v. 01. p. 01-01.

Apresentações de Trabalho
1.
GONZALEZ, N. ; GONZALEZ, R. ; LIMA, M. R. ; SOLEDADE, V. . A Importância da Acessibilidade no Ambiente Escolar: Uma Parceria entre o Instituto Novo Ser e Escola Sesc de Ensino Médio. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
REIS, N. L. V. ; ARAUJO, E. A. ; ORLANDO, J. M. F. C. ; SOUZA, F. A. M. ; ANTUNES, M. G. ; LIMA, M. R. ; DE PAULO, R. F. ; SILVA, J. O. M. P. ; HOUZEL, J. C. . Projeto Mapas Inteligentes de Acessibilidade: Escala de acessibilidade arquitetônica do campus. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
LIMA, M. R.; MORAN, C. B. M. ; PEREIRA, D. M. T. ; HOUZEL, J. C. . Terapia por Contenção Induzida em pacientes com sequelas de Acidente Vascular Encefálico: análise sistemática de publicações científicas por Terapeutas Ocupacionais. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
SILVA, J. O. P. E. ; DE PAULO, R. F. ; LIMA, M. R. ; HOUZEL, J. C. ; CORTINES, J. . Mapas de Acessibilidade Inteligente. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
CORTINES, J. ; SILVA, J. O. M. P. ; HOUZEL, J. C. ; KETZER, L. A. ; LIMA, M. R. ; DE PAULO, R. F. . O Mapa da (in-)Acessibilidade no Rio de Janeiro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
LIMA, M. R.; KOJIMA, J. H. . Cartilha para Orientação nas Atividades de Vida Diária Pós-AVE. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
SANCHES, L. R. ; MALHEIRO, C. F. C. ; GUIMARÃES, L. R. ; FERNANDES, L. ; LIMA, M. R. ; PELOSI, Miryam Bonadiu ; PUGET, P.C.M. ; RODRIGUES, P.C. ; COUTO, T. M. ; PIRES, T. R. ; SOUZA, V.L.V. . PORTAL NA INTERNET: RECURSOS DE COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA AO ALCANCE DE TODOS.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
SANCHES, L. R. ; PELOSI, Miryam Bonadiu ; SOUZA, V.L.V. ; GUIMARÃES, L. R. ; PUGET, P.C.M. ; LIMA, M. R. ; RODRIGUES, P.C. ; COUTO, T. M. ; FERNANDES, L. . Portal de Tecnologia Assistiva: Livre Acesso aos Recursos de Comunciação Alternativa. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
MALHEIRO, C. F. C. ; PELOSI, Miryam Bonadiu ; RODRIGUES, P.C. ; COUTO, T. M. ; LIMA, M. R. ; SANCHES, L. R. ; SOUZA, V.L.V. . Recursos de Comunicação Alternativa no Ambiente Hospitalar. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
MALHEIRO, C. F. C. ; LIMA, M. R. ; OLIVEIRA, C. P. ; ROSA, W. S. ; MARINHO, F. S. . Terapia Ocupacional em Mulheres com Transtornos Alimentares. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
MALHEIRO, C. F. C. ; PELOSI, Miryam Bonadiu ; DIAS, L. T. F. ; SANCHES, L. R. ; LIMA, M. R. ; RODRIGUES, P. C. ; COUTO, T. M. ; PIRES, T. R. . Pesquisas em Terapia Ocupacional: Suas Contribuições para a Formação Acadêmica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Redes sociais, websites e blogs
1.
HOUZEL, J. C. ; SILVA, J. O. M. P. ; LIMA, M. R. ; KETZER, L. A. ; DE PAULO, R. F. . Instituto ReAbilitArte (organização social sem fins lucrativos). 2012; Tema: Reabilitação neurolocomotora, direitos de pessoas com deficiência, acessibilidade, estudos e pesquisas, cursos, palestras, opiniões.. (Rede social).

2.
LIMA, M. R.. Terapia Ocupacional e Neurociência. 2011; Tema: Terapia Ocupacional. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
LIMA, M. R.; ENCARNACAO, M. F. ; KOJIMA, J. H. . Cartilha para Orientação nas Atividades de Vida Diária Pós-AVE. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Orientação).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Jornada de Terapia Ocupacional do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia. 2017. (Outra).

2.
2º Fórum de Acessibilidade e Tecnologia Assistiva UFRJ.A Importância da Acessibilidade no Ambiente Escolar: Uma Parceria entre o Instituto Novo Ser e Escola Sesc de Ensino Médio. 2015. (Outra).

3.
I Fórum de Tecnologia Assistiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2014. (Outra).

4.
I Jornada Científica "Doenças Neuromusculares em Discussão". 2014. (Outra).

5.
Interação Ator-Rede 2014: Universidade-Terceiro Setor. 2014. (Outra).

6.
IX Encontro Saúde e Educação para a Cidadania.Mapas de Acessibilidade Inteligentes da UFRJ. 2014. (Encontro).

7.
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Mapas de Acessibilidade Inteligente. 2014. (Exposição).

8.
10º Congresso de Extensão da UFRJ. REABILITARTE: MAPAS E FÓRUM DE ACESSIBILIDADE - TROCA DE SABERES NA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. 2013. (Congresso).

9.
10º Congresso de Extensão da UFRJ. UM RIO DE ARTE, CIÊNCIA E CULTURA. 2013. (Congresso).

10.
1º Fórum Universitário de Acessibilidade. 2013. (Outra).

11.
Curso de Neuroananatomia em 3D. 2013. (Outra).

12.
Integralidade no SUS. 2013. (Outra).

13.
Seminário O Brincar e a Criança com Síndrome de Down. 2013. (Seminário).

14.
Trabalhos Inovadores e Pesquisa na Atenção Primária na AP 3.3.CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO NAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA PÓS ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO. 2013. (Seminário).

15.
XIV Jornada Científica de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do CREFITO-2. 2013. (Outra).

16.
Reacess - IV Feira Nacional de Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade. 2012. (Outra).

17.
Workshop Internacional "Anestesia, Analgesia e Eutanásia em Animais de Laboratório". 2012. (Outra).

18.
XI Reatech -Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão, Acessibilidade. 2012. (Outra).

19.
8ª Jornada Científica de Reabilitação. 2011. (Outra).

20.
8º Congresso de Extensão da UFRJ. Recursos de Comunicação Alternativa no ambiente hospitalar. 2011. (Congresso).

21.
A clínica com adultos: Comunicação Aternativa e a CIF (Classificação Internacional de Funcionalidade). 2011. (Outra).

22.
Comunicação Alternativa e Inclusão ? CNOTINFOR Centro de Novas Tecnologias da Informação. 2011. (Outra).

23.
II Encontro de Terapia Ocupacional Interinstitucional IFRJ/UFRJ.Portal de Tecnologia Assistiva: livre acesso aos recursos de Comunciação Alternativa. 2011. (Encontro).

24.
ISAAC BRASIL 2011 ? IV Congresso Brasileiro de Comunicação Alternativa ?Compartilhando experiências?. Portal na Internet: recursos de Comunicação Alternativa ao alcance de todos. 2011. (Congresso).

25.
Pré-Congresso Reabilitação Membros Superiores / Terapia Ocupacional / Órtese. 2011. (Outra).

26.
Prevenção de Infecção Hospitalar. 2011. (Outra).

27.
XII Congresso Brasileiro de Terapia Ocupacional e IX Congresso Latino Americano de Terapia Ocupacional. Terapia Ocupacional em Mulheres com Transtornos Alimentares. 2011. (Congresso).

28.
XII Congresso Brasileiro de Terapia Ocupacional e IX Congresso Latino Americano de Terapia Ocupacional. Os Projetos e Pesquisas Oferecidos pela Graduação de Terapia Ocupacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro e sua Importância para a Formação Acadêmica. 2011. (Congresso).

29.
X Reatech - Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade. 2011. (Outra).

30.
Adaptações e Esportes. 2010. (Outra).

31.
Inclusão e Acessibilidade ? Patrícia Correia do Centro de Formação CNOTINFOR. 2010. (Outra).

32.
Simpósio ReAbilitArte - Reabilitação Neurolocomotora: da bancada ao leito.Projeto de Formação dos Professores das Salas Multifuncionais para o Desenvolvimento da Comunicação Alternativa com os Alunos com Necessidades Educacionais Especiais.. 2010. (Simpósio).

33.
Caravana em Defesa do SUS. 2009. (Outra).

34.
II Encontro de Psicomotricidade da EEFD ?UFRJ Olhares sobre o Brincar. 2009. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
HOUZEL, J. C. ; SOUZA, I. M. G. ; LIMA, M. R. ; DIAS, Angelica ; SILVA, J. O. M. P. ; GOMES, Rita ; BORGES, Jose Antonio . II Fórum de Acessibilidade e Tecnologia Assistiva da UFRJ ?Conectando Projetos Institucionais em Diálogo com a Sociedade?. 2015. (Outro).

2.
HOUZEL, J. C. ; KETZER, L. A. ; DE PAULO, R. F. ; SILVA, J. O. M. P. ; CAMARGO, F. A. ; CORTINES, J. ; NOBRE, L. E. A. ; LIMA, M. R. ; RIBEIRO, J. ; DEVEZA, A. C. P. ; AGUILERA, E. A. ; LIMA, R. ; VASCONCELLOS, C. C. . I Fórum Universitário de Acessibilidade - ReAbilitArte UFRJ. 2013. (Outro).

3.
HOUZEL, J. C. ; KETZER, L. A. ; DE PAULO, R. F. ; SILVA, J. O. M. P. ; CAMARGO, F. A. ; CORTINES, J. ; LIMA, M. R. ; DEVEZA, A. C. P. ; AGUILERA, E. ; VASCONCELLOS, C. C. . Oficina para elaboração do Mapa de Acessibilidade da UFRJ. 2013. (Outro).

4.
KETZER, L. A. ; DE PAULO, R. F. ; SILVA, J. O. M. P. ; CORTINES, J. ; PANIZZUTTI, R. A. ; CORDEIRO, Y. M. L. ; LIMA, M. R. ; HOUZEL, J. C. ; GUILHON, P. F. ; DEWING, D. ; FIGUEIREDO, L. F. ; RIBEIRO, J. ; LIMA, R. ; LANA, D. ; NOBRE, L. E. A. ; CAMARGO, F. A. ; VASCONCELLOS, C. ; BASTOS, S. . II Simpósio ReAbilitArte - A Revolução Neuroplástica em Movimento. 2012. (Outro).

5.
DE PAULO, R. F. ; HOUZEL, J. C. ; LIMA, M. R. . 1º Fórum Paralímpico Universitário. 2012. (Outro).

6.
PASSOS, P. M. ; CHAVES, P. V. ; GUEDES, A. ; RIO, A. ; KOJIMA, J.H. ; MACHADO, L. ; LIMA, M. R. ; FACANHA, R. ; FERNANDES, T. ; CARVALHO, C. . XIII Jornada Científica do CREFITO 2. 2012. (Outro).

7.
GONZALEZ, R. ; ANTONIO, M. ; FERNANDES, F. ; REIS, A. ; OLIVEIRA, R. ; RUFINO, S. ; GONCALVES, C. ; SARAIVA, R. ; VITAL, I. P. D. A. ; LIMA, M. R. ; CALDAS, M. C. C. C. ; PEREIRA, P. G. ; TENORIO, S. M. ; DIAS, M. F. . I Campeonato Brasileiro de Power Soccer. 2012. (Outro).

8.
PEREIRA, A. F. S. ; CARVALHO, B. A. P. ; SOPORITO, B. E. ; MALHEIRO, C. F. C. ; SANTOS, D. ; ALENCAR, G. Z. ; ANDREU, I. L. T. ; SANTOS, L. R. G. ; SANCHES, L. R. ; TELLES, L. S. ; FOGOS, L.G. ; LIMA, M. R. ; MUNIZ, P. C. G. S. ; RODRIGUES, P. C. ; PIRES, T. R. ; COUTO, T. M. ; ROSA, W. S. . Deu a Louca na Minerva. 2011. (Outro).

9.
SOUZA, V.L.V. ; LIMA, M. R. ; PIRES, T. R. ; MOURÃO, J.G.S.M. ; PINHEIRO, G. ; ANDRADE, C. ; FAÇANHA, R.L ; SILVÉRIO, T. ; KITA, ÉRICA ; PAES, R. ; DORNELES, P. ; VAZ, L.R . I Encontro de Terapia Ocupacional Interinstitucional IFRJ-UFRJ. 2010. (Outro).



Inovação



Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
MALHEIRO, C. F. C. ; PELOSI, Miryam Bonadiu ; DIAS, L. T. F. ; SANCHES, L. R. ; LIMA, M. R. ; RODRIGUES, P. C. ; COUTO, T. M. ; PIRES, T. R. . Pesquisas em Terapia Ocupacional: Suas Contribuições para a Formação Acadêmica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
CORTINES, J. ; SILVA, J. O. M. P. ; HOUZEL, J. C. ; KETZER, L. A. ; LIMA, M. R. ; DE PAULO, R. F. . O Mapa da (in-)Acessibilidade no Rio de Janeiro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
LIMA, M. R.; ENCARNACAO, M. F. ; KOJIMA, J. H. . Cartilha para Orientação nas Atividades de Vida Diária Pós-AVE. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Orientação).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
KETZER, L. A. ; DE PAULO, R. F. ; SILVA, J. O. M. P. ; CORTINES, J. ; PANIZZUTTI, R. A. ; CORDEIRO, Y. M. L. ; LIMA, M. R. ; HOUZEL, J. C. ; GUILHON, P. F. ; DEWING, D. ; FIGUEIREDO, L. F. ; RIBEIRO, J. ; LIMA, R. ; LANA, D. ; NOBRE, L. E. A. ; CAMARGO, F. A. ; VASCONCELLOS, C. ; BASTOS, S. . II Simpósio ReAbilitArte - A Revolução Neuroplástica em Movimento. 2012. (Outro).

2.
DE PAULO, R. F. ; HOUZEL, J. C. ; LIMA, M. R. . 1º Fórum Paralímpico Universitário. 2012. (Outro).

3.
HOUZEL, J. C. ; KETZER, L. A. ; DE PAULO, R. F. ; SILVA, J. O. M. P. ; CAMARGO, F. A. ; CORTINES, J. ; NOBRE, L. E. A. ; LIMA, M. R. ; RIBEIRO, J. ; DEVEZA, A. C. P. ; AGUILERA, E. A. ; LIMA, R. ; VASCONCELLOS, C. C. . I Fórum Universitário de Acessibilidade - ReAbilitArte UFRJ. 2013. (Outro).

4.
PEREIRA, A. F. S. ; CARVALHO, B. A. P. ; SOPORITO, B. E. ; MALHEIRO, C. F. C. ; SANTOS, D. ; ALENCAR, G. Z. ; ANDREU, I. L. T. ; SANTOS, L. R. G. ; SANCHES, L. R. ; TELLES, L. S. ; FOGOS, L.G. ; LIMA, M. R. ; MUNIZ, P. C. G. S. ; RODRIGUES, P. C. ; PIRES, T. R. ; COUTO, T. M. ; ROSA, W. S. . Deu a Louca na Minerva. 2011. (Outro).



Outras informações relevantes


ARTIGO EM PREPARAÇÃO: Terapia por Contensão Induzida em Pacientes com Sequelas de Acidente Vascular Encefálico: Análise Sistemática de Publicações Científicas por Terapeutas Ocupacionais. LIMA, M. R. ; MORAN, C. B. M. ; PEREIRA, D. M. T.; HOUZEL, J. C.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 10:41:57