Valentina Marques da Rosa

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0433792828037156
  • Última atualização do currículo em 05/11/2018


Estuda a interação dos usuários com os artefatos, pesquisando as experiências emocionais decorrentes dessa relação. Além disso, pesquisa como o design e a psicologia podem trabalhar visando o bem-estar dos usuários. Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2014) e mestrado em Design, com foco em Design Estratégico, pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2017). Atualmente é mestranda do curso de moda na Ryerson University (Canadá), pesquisando a interação dos usuários com artefatos de moda. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Valentina Marques da Rosa
Nome em citações bibliográficas
MARQUES DA ROSA, V.;ROSA, VALENTINA MARQUES DA;ROSA, V.M.


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Moda.
Ryerson University, RYERSON, Canadá.
Título: Fashion Trend: Resonance with Consumers' Mindsets,Orientador: Henry Navarro Delgado.
2015 - 2017
Mestrado em Design.
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.
Título: O IMPACTO DAS CORES E DAS FORMAS DE EMBALAGENS DE ALIMENTOS NA EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO,Ano de Obtenção: 2017.
Orientador: Leandro Miletto Tonetto.
Palavras-chave: Experiência do Usuário; Design Emocional; Embalagens; Forma; Cor.
2010 - 2014
Graduação em Psicologia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Marketing e Consumo: A influência do inconsciente,. (Carga horária: 15h).
Universidade Feevale, FEEVALE, Brasil.
2015 - 2015
Arquétipos, Comportamento e Consumo: Psicologia, m. (Carga horária: 20h).
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.
2015 - 2015
Produto, Marca e Serviços. (Carga horária: 5h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2014 - 2014
Recrutamento e Seleção no Grupo. (Carga horária: 20h).
Instituto Politécnico de Ensino a Distância, iPED, Brasil.
2014 - 2014
Autoinstrucional Recursos Humanos. (Carga horária: 15h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2014 - 2014
Grafologia na Seleção de Pessoas. (Carga horária: 20h).
Associação Brasileira de Recursos Humanos Rio Grande do Sul, ABRH-RS, Brasil.
2012 - 2012
Entrevista Motivacional. (Carga horária: 20h).
WP Centro de Psicoterapia Cognitivo-Comportamental, WP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Vonpar Refrescos, VONPAR, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária de Recrutamento e Seleção, Carga horária: 30
Outras informações
Triagem de currículos, marcação de entrevistas, condução de entrevistas coletivas, individuais e de desligamento, além de aplicação de testes psicológicos e acompanhamento nas áreas quando necessário. Participação na condução das integrações semanais de novos colaboradores.


Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitor do estágio de psicopatologia do SAPP, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária de Clínica no SAPP, Carga horária: 20
Outras informações
Estagiária do Serviço de Atendimento e Pesquisa em Psicologia, realizando triagens, atendimentos psicoterápicos, trabalho em ONG na Vila Bom Jesus, supervisões de casos, seminário teórico de psicanálise, seminário teórico referente à visitas semanais à ONG ALAN e reuniões com a coordenação.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitor da cadeira de Metapsicanálise, Carga horária: 5

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitor da cadeira de Psicologia Experimental, Carga horária: 5

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Monitoria, Enquadramento Funcional: Monitor da cadeira de Análise Comportamental, Carga horária: 5


Instituto de Ensino e Pesquisa em Psicoterapia, IEPP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária de Psicopatologia, Carga horária: 16
Outras informações
Observação de entrevistas de triagem, seminário teórico de psicopatologia, discussão de casos clínicos com a equipe de triagem, supervisão de estudo de caso e reuniões administrativas com a coordenação do estágio.


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Auxílio à uma mestranda, ajudando na busca de artigos publicados referentes ao seu tema de estudo, buscando fazer uma revisão sistemática.



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Design de serviços para a promoção do bem-estar da criança em tratamento do câncer
Descrição: O design apresenta uma cultura de projeto voltada à inovação e à criatividade, enfrentando cenários de incerteza, nos quais os profissionais não possuem todas as informações para a tomada de decisão segura. Nessa perspectiva, o câncer infantil depara esses profissionais com uma série de desafios que podem interferir negativamente nos resultados do tratamento, que vão desde o estado emocional vulnerável das crianças ao despreparo dos pais para lidar com os conflitos impostos às famílias. Fica claro, portanto, que uma abordagem puramente técnica no desenvolvimento de serviços hospitalares para o tratamento do câncer infantil não é o suficiente para endereçar a complexidade dos problemas de projeto, garantindo o bem-estar subjetivo (BES) dos usuários. O BES, em oposição ao bem-estar objetivo, que foca em elementos como segurança e nutrição adequadas, refere-se à minimização do afeto negativo, potencialização do positivo, bem como a avaliação global da qualidade de vida como favorável. Propõe-se, portanto, como objetivo geral, mapear as diretrizes para o desenvolvimento de serviços hospitalares para potencializar o bem-estar subjetivo dos pacientes em tratamento de câncer infantil. O método será a pesquisa através do design, que pressupõe interações de diferentes públicos - crianças, familiares e profissionais - em workshops de geração de diretrizes projetuais para o desenvolvimento de serviços hospitalares de oncopediatria com foco no bem-estar subjetivo das crianças. As diretrizes serão aplicadas, prototipadas e validadas por meio de um projeto experimental de design de serviços. Os resultados esperados incluem, também, a assessoria ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre, instituição na qual a pesquisa será realizada, para a implantação desses serviços..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2018
O Design para o Desenvolvimento de Habilidades Sociais na Infância
Descrição: O foco do presente projeto é o design de brinquedos para potencializar o desenvolvimento de habilidades sociais na infância. Essas habilidades que se deseja estimular, por meio da experiência com artefatos projetáveis pelo design, são todas aquelas relacionadas ao ato de expressar-se na sociedade, tendo o máximo impacto positivo e o mínimo negativo para si mesmo e para os demais. Pretende-se, assim, oferecer insumos para o design de produtos que possam contribuir com a qualificação da oferta do mercado de brinquedos, oferecendo uma visão crítica sobre o impacto do trabalho do designer sobre o desenvolvimento infantil. Motivado por tal foco, o projeto traz o seguinte problema de pesquisa: De que forma o design pode auxiliar no desenvolvimento de habilidades sociais na infância, por meio de brinquedos? A partir de tal problema, percebe-se, nesse contexto, a carência de metodologias capazes de permitir a projetação de artefatos para estimular experiências complexas, como o desenvolvimento de habilidades sociais. O problema exige uma visão estratégica do designer, que deverá compreender uma série de relações que extrapolam o produto em si (produto, demandas do mercado, experiência dos usuários infantis, entre outros). O método da pesquisa traz duas etapas exploratórias. Inicialmente, propõe-se uma série de observações com inspiração etnográfica com designers que atuam em projetos de brinquedos, a fim de compreender como é possível potencializar seus efeitos para o estímulo do desenvolvimento de habilidades sociais. Em um segundo momento, serão projetados brinquedos, que serão avaliados por meio das perspectivas projetual (designers) e de interação das crianças (usuários)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Design para emoção na perspectiva do Design Estratégico: Uma abordagem dirigida pela Psicologia para a projetação de Sistemas-Produto-Serviço com foco na experiência do usuário
Descrição: Investiga de que forma é possível, através das abordagens do design estratégico e da psicologia cognitiva, desenvolver diretrizes para a projetação de sistemas-produto-serviço (SPSs), a fim de despertar ou evitar emoções particulares em diferentes contextos do design. As emoções, na perspectiva cognitiva, são entendidas como um produto das avaliações das pessoas sobre os estímulos, em suas relações com o bem estar delas, o que aponta para relações causais entre elementos de design e emoções. Nessa perspectiva, projetar para emoções pressupõe investigar os gatilhos (elementos de design) de dadas emoções e traduzí-los em diretrizes projetuais para SPSS..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Design e Intuição: Tomada de decisões como fator distintivo da cultura de projeto do designer
Descrição: Na prática projetual de produtos, o designer é confrontado constantemente com a incerteza. Frente a esse cenário, é forçado, muitas vezes, a tomar decisões sem ter informações concretas sobre o objeto de projeto, na busca de inovação, já que projeta produtos que ainda não existem para sanar problemas humanos. Tais decisões não podem ser analisadas sob a ótica da racionalidade. Diferentemente dos processos de raciocínio, decisões tomadas sem dados concretos sobre a realidade são menos seguras e podem ser classificadas como intuitivas, já que tem base em processos emocionais e associativos, que tomam como ponto de partida a experiência pregressa do profissional. A fim de compreender o processo de tomada de decisão intuitivo de designers, em comparação com outras áreas de projeto ? arquitetura e engenharia ? delineou-se o presente projeto. Ele conta com duas etapas de pesquisa. A primeira, de cunho quantitativo, buscará investigar como o designer lida com a incerteza, utilizando raciocínio ou intuição, em comparação a outros profissionais de áreas de projeto de produto. A segunda, de caráter qualitativo, envolverá a observação de práticas projetuais, no intuito de verificar como essas decisões intuitivas ocorrem. Os resultados deverão gerar, além de produção científica, treinamentos piloto de uso de intuição para designers, no molde do que ocorre em outras áreas, como a medicina, inspirado pelo modelo de The American Board of Scientific Medical Intuition®..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: International Journal of Consumer Studies


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
Graduate Development Award, Ryerson University.
2017
Graduate Development Award, Ryerson University.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MARQUES DA ROSA, V.;ROSA, VALENTINA MARQUES DA;ROSA, V.M.2018MARQUES DA ROSA, V.; MANDELLI, R. R. ; BRUST-RENCK, PRISCILA G. ; TONETTO, LEANDRO MILETTO . TOMADA DE DECISÃO RACIONAL E EXPERIENCIAL NO PROJETO DE PRODUTOS. GESTÃO & TECNOLOGIA DE PROJETOS, v. 13, p. 75, 2018.

2.
ROSA, V.M.2017ROSA, V.M.; TONETTO, L. M. . O impacto das cores e das formas de embalagens na experiência do usuário. REVISTA EDUCAÇÃO GRÁFICA, v. 21, p. 385-402, 2017.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MANDELLI, R. ; ROSA, V.M. ; FOGLIATTO, F. S. ; BRUST-RENCK, PRISCILA GOERGEN ; TONETTO, L. M. . Do Professionals with Different Backgrounds Use Distinct Thinking Styles When Designing a Product?. In: DRS 2018 International Conference, 2018, Limerick. Proceedings of DRS 2018, 2018. v. 2. p. 864-874.

2.
ROSA, VALENTINA MARQUES DA; MANDELLI, ROBERTA RECH ; WOLFF, FABIANE ; TONETTO, LEANDRO MILETTO . Brincando e Socializando: Uma Revisão Sistemática Sobre Empatia, Habilidades Sociais e Design Emocional. In: Colóquio Internacional de Design 2017, 2018, Minas Gerais. Blucher Design Proceedings, 2017. v. 4. p. 155.

3.
MARQUES DA ROSA, V.; BRUST-RENCK, P. G. ; TONETTO, L. M. . Rationality and Expreientiality in Product Design. In: 10th International Conference on Design & Emotion, 2016, Amsterdam. Proceedings of the 10th International Conference on Design & Emotion, 2016. p. 560.

4.
ROSA, VALENTINA MARQUES DA; MANDELLI, ROBERTA ; LORENZ, BRUNO . A REALIZAÇÃO DE WORKSHOPS EM DESIGN & EMOTION E O ENTENDIMENTO DO BRIEFING POR ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. In: 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 2016, Belo Horizonte. Blucher Design Proceedings, 2016. v. 9. p. 2907-2914.

5.
ROSA, VALENTINA MARQUES DA; TONETTO, LEANDRO MILETTO ; BRUST-RENCK, PRISCILA GOERGEN . TOMADA DE DECISÃO RACIONAL E EXPERIENCIAL NO PROJETO DE PRODUTOS. In: 12º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 2016, Belo Horizonte. Blucher Design Proceedings, 2016. v. 2. p. 744-755.

Artigos aceitos para publicação
1.
ROSA, V.M.; TONETTO, L. M. ; SPENCE, C. . Influences of Visual Attributes of Food Packaging on consumer Preference and Associations with Taste and Healthiness.. International Journal of Consumer Studies, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
MARQUES DA ROSA, V.; BRUST-RENCK, P. G. ; TONETTO, L. M. . Rationality and Exprientiality in Product Design. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
MARQUES DA ROSA, V.; MANDELLI, R. ; TONETTO, L. M. ; BRUST-RENCK, P. G. . TOMADA DE DECISÃO RACIONAL E EXPERIENCIAL NO PROJETO DE PRODUTOS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 4:42:04