Stella Ferreira Gontijo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4794994866272483
  • Última atualização do currículo em 30/01/2018


Mestranda em História pela Universidade Federal Fluminense (2017- ). Licenciada em História pela UFMG (2011 - 2015). Desenvolve pesquisas na área de América Latina com ênfase em relações de gênero, literatura, movimentos de esquerda na segunda metade do século XX. Membro do Núcleo de Pesquisa em História da América - NUPHA / UFMG. Filiada à ANPHLAC. Pesquisadora do Projeto República - UFMG e bolsista CAPES do ?Instituto Democracia e da Democratização da Comunicação?. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Stella Ferreira Gontijo
Nome em citações bibliográficas
GONTIJO, S. F.


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil. Orientador: Elisa de Campos Borges.
2015 interrompida
Graduação interrompida em 2016 em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Ano de interrupção: 2016
2011 - 2015
Graduação em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Extensão universitária em Ditadura na tela. (Carga horária: 18h).
Fundação Clóvis Salgado, FCS, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Introdução à História Oral. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2013 - 2013
As revistas latino-americanas como objetos de.... (Carga horária: 18h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Centro Pedagógico - UFMG, CP - UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária programa de Imersão a Docência, Carga horária: 25


Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação, INCT, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES/Brasil, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Projeto República: núcleo de pesquisa, documentação e memória
Descrição: Estabelecer as condições necessárias para constituição de um núcleo de pesquisa, documentação e memória concentrado em torno do período histórico republicano brasileiro e da temática do republicanismo. O propósito desse núcleo é formar, organizar e gerir acervos documentais, bem como criar condições para recepção, preservação e indução de pesquisa nesses acervos, colocando-os à disposição de outros pesquisadores e da comunidade em geral.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) Doutorado: (5) .
Integrantes: Stella Ferreira Gontijo - Coordenador / jose antonio de souza queiroz - Integrante / Maria Cecília Vieira de Carvalho - Integrante / Heloisa Maria Murgel Starling - Integrante / Bruno viveiros martins - Integrante / Danilo Araujo Marques - Integrante / Wilkie Buzatti Antunes - Integrante / Pauliane de Carvalho Braga - Integrante / Marcela Telles Elian de Lima - Integrante / Rafael da Cruz Alvez - Integrante.
2014 - 2015
Museu Clube da Esquina: do sonho à cidade
Descrição: Criado em 2004, com auxílio da Lei Rouanet, o Museu Clube da Esquina é essencialmente, até o presente momento, um museu virtual com a missão de preservar e divulgar a produção artística e as histórias do Clube da Esquina , realizado em parceria com o Museu da Pessoa. Atualmente, a instalação de sua sede física está sendo viabilizada. A trajetória da instituição tende, assim, a apresentar uma direção peculiar ? propícia à realização de um estudo de caso - da construção sonhada ao espaço virtual da Internet, e deste ao espaço físico da cidade. O projeto pretende investigar a trajetória dessa instituição museológica contemporânea, desde sua concepção, acompanhando os desdobramentos da execução de seu projeto, da constituição de seu acervo e das formas de sua comunicação, considerando em especial as iniciativas em torno da constituição de sua sede física...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
Dimensões culturais e políticas do exílio latino-americano
Descrição: O exílio sempre foi uma tradição na cultura latino-americana, afirmou certa vez o crítico uruguaio Ángel Rama. A história da América Latina tem sido, desde o século XIX, marcada pelo exílio, seja ele forçado ou voluntário, seja para países do Continente Americano ou para a Europa. Grandes figuras do século XIX ilustram essa tradição: Sarmiento, no Chile; Montalvo, na Colômbia e na França; José Martí, na América Central e EUA. No século XX, o século do exílio, continuaram a tradição Octavio Paz, Julio Cortázar, Pablo Neruda, Vargas Llosa, García Márquez, Ferreira Gullar, Guillermo Cabrera Infante e tantos outros. O exílio tem sido uma das mais importantes formas de expressão política na América Latina. A condição exílica é relevante nos estudos sócio-históricos e literários e é considerada como categoria de discussão a respeito das produções daqueles que estão, por diversas razões, fora de sua terra de origem. O grupo de pesquisa pretende contribuir para a ampliação dos estudos sobre as dimensões culturais e políticas do exílio latino-americano nos séculos XIX e XX ao investigar as ideias culturais e políticas que circulam em periódicos, narrativas literárias e biográficas criadas por intelectuais no exílio. Para tal, analisar-se-á as práticas políticas e as estratégias de intervenção intelectual motivadas pela condição exílica. O grupo congregará pesquisadores, estudantes de graduação, pós-graduação e participantes externos que se dedicam a temas relacionados ao exílio latino-americano. As pesquisas produzidas pelos membros do grupo se ampliarão sob aspectos temáticos, conceituais e de possibilidades historiográficas, explorando fontes de natureza variada (impressos, romances, biografias, petições, manifestos, correspondências) e buscando promover ampla discussão e divulgação de produção acadêmica. Promover-se-á seminários nacionais e internacionais, participação dos membros em congressos e buscar-se-á edições de textos em livros e artigos em periódicos. DIRETÓRIO D..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História - Culturas Políticas - América Latina.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GONTIJO, S. F.. A Revolução Sandinista nas memórias de Gioconda Belli. In: Congreso Internacional de Historia y Literatura Latinoamericana y Caribeña: la historia en la literatura y la literatura en la historia, 2015, Teresina. Memorias del II Congreso Internacional de Historia y Literatura Latinoamericana y Caribeña: la Historia en la Literatura y la Literatura en la Historia. Teresina: Editora da Universidade Federal do Piauí - EDUFPI, 2015. p. 338-351.

2.
FERREIRA, M. Y. G. ; GONTIJO, S. F. . Homossexualidade e Homofobia: 'dentro dos muros' do Centro Pedagógico - UFMG. In: Seminário de institutos, colégios e escolas de aplicação, 2015, Juiz de Fora. Os desafios da formação docente e a qualidade do ensino na escola contemporânea. Juiz de Fora: Caixa Escolar do Colégio de Aplicação João XXIII, 2015. p. 1673-1683.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
FERREIRA, M. Y. G. ; GONTIJO, S. F. . Homossexualidade e homofobia: 'dentro dos muros' do Centro Pedagógico - UFMG. In: Seminário Internacional de institutos, colégios e escolas de aplicação, 2015, Juiz de Fora. Os desafios da formação docente e a qualidade de ensino na escola contemporânea. Juiz de Fora: Caixa Escolar do Colégio de Aplicação João XXIII, 2015. p. 223-223.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GONTIJO, S. F.. A Revolução Sandinista nas memórias de Gioconda Belli. In: Congresso Internacional de Historia y Literatura Latinoamericana y Caribeña: la Historia en la Literatura y La Literatura en la Historia, 2015, Teresina. Cuaderno de Resumenes [del] II Congreso Internacional de Historia y Literatura Latinoamericana y Caribeña. Teresina: EDUFPI, 2015. p. 54-54.

Apresentações de Trabalho
1.
GONTIJO, S. F.. A (des)construção do feminino nos poemas de Gioconda Belli. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
FERREIRA, M. Y. G. ; GONTIJO, S. F. . Homossexualidade e homofobia: 'dentro dos muros' do Centro Pedagógico - UFMG. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
GONTIJO, S. F.. A Revolução Sandinista nas memórias de Gioconda Belli. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
GONTIJO, S. F.; GENEROSO, L. M. . Y Dios me hizo mujer: o ser mulher revolucionária em Vilma Espín e Gioconda Belli. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
SOUSA, A. L. E. ; GONTIJO, S. F. . Os excluídos em questão: um estudo de caso nas ditaduras militares do Chile e da Argentina. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Demais tipos de produção técnica
1.
COELHO, A. ; GONTIJO, S. F. . História da África: você sabia?. 2015. (Co-orientação para trabalho 3ª Feira Brasileira de Colégios de Aplicação e Escolas Técnicas (FEBRAT)).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Congresso Internacional de Historia y Literatura latinoamericana y caribeña: la Historia en la Literaturay la Literatura en la Historia. A Revolução Sandinista nas memórias de Gioconda Belli. 2015. (Congresso).

2.
IV Encontro de Pesquisa em História da UFMG - EPHIS.: Y Dios me hizo mujer: o ser mulher revolucionária em Vilma Espín e Gioconda Belli. 2015. (Simpósio).

3.
IV Encontro de Pesquisa em História da UFMG - EPHIS. 2015. (Encontro).

4.
Seminário de institutos, colégios e escolas de aplicação.Homossexualidade e homofobia: "dentro dos muros" do Centro Pedagógico - UFMG. 2015. (Seminário).

5.
III Encontro de Pesquisa em Historia da UFMG - EPHIS. 2014. (Encontro).

6.
III Encontro de Pesquisa em História da UFMG - EPHIS.Os excluídos em questão: um estudo de caso nas ditaduras militares do Chile e da Argentina. 2014. (Encontro).

7.
Seminário 1964-2014 Um olhar crítico para não esquecer. 2014. (Seminário).

8.
Seminário 30 anos do NEPEM: desafios da construção em diálogo das práticas e teorias feministas ? IV Seminário Internacional de política e feminismo. 2014. (Seminário).

9.
Encontro Internacional da Marcha Mundial de Mulheres. 2013. (Encontro).

10.
II Encontro de Pesquisa em História da UFMG. 2013. (Encontro).

11.
Colóquio de História Medieval LEME-UFMG. 2012. (Outra).

12.
Conferência Prof. Dr. Júlio Pinto - Os fantasmas da Unidade Popular: um inquietante vazio na historiografia chilena sobre o período de Allende (1970 ? 1973).. 2012. (Outra).

13.
Ditaduras Militares em Enfoque Comparado: Argentina, Brasil, Chile e Uruguai. 2012. (Seminário).

14.
I Encontro de Pesquisa em História da UFMG - Ephis. 2012. (Encontro).

15.
Perspectivas de Estudo em História Medieval no Brasil. 2011. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GONTIJO, S. F.; RIBEIRO, C. P. ; COSTA, G. B. . SIMPÓSIO TEMÁTICO 13: História, gênero e Sexualidade: processos de construção da subjetividade na escrita da História. 2017. (Outro).

2.
GONTIJO, S. F.; PEREIRA, W. H. ; RIBEIRO, F. A. ; MIATELLO, A. L. P. ; ALVES, A. A. . Colóquio de História Medieval LEME-UFMG. 2012. (Outro).

3.
MIATELLO, A. L. P. ; AMARAL, F. A. ; GONTIJO, S. F. ; ALVES, A. A. ; Bruna Massai do Carmo ; CAMARGOS, M. A. S. ; FREITAS, D. ; GRACIOSO, C. ; PEREIRA, W. H. ; RAMOS, D. S. ; RENNO, L. ; RIBEIRO, F. A. . Perspectivas de Estudo em História Medieval no Brasil. 2011. (Outro).



Outras informações relevantes


Membro do Laboratório de Estudos Medievais (LEME - UFMG), atuando como pesquisadora voluntária em nível de Iniciação Científica, de agosto de 2011 à dezembro de 2012. Sob orientação do Prof. Dr. André Luís Pereira Miatello.

Membro do DCE UFMG Gestão Pés no Chão 2013 - 2014, 2014 - 2015;
Coordenadora Geral do Diretório Acadêmico da FAFICH - UFMG Gestão Próximo D.A. 2013 - 2014;
Diretora de Mulheres da União Nacional das e dos Estudantes de Minas Gerais - Gestão 2015 - 2017.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/11/2018 às 8:48:57