Mariana Guimarães Vale Dupin

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2697490922772163
  • Última atualização do currículo em 12/03/2018


possui graduação em Ciências Biológicas - Bacharelado pela Universidade Estadual de Montes Claros (2013) na ênfase de Conservação, e mestrado pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Biológicas da mesma universidade. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mariana Guimarães Vale Dupin
Nome em citações bibliográficas
DUPIN, M. G. V.;DUPIN, MARIANA G. V.;DUPIN, MARIANA G V

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Montes Claros.
Campus Universitário Prof. Darci Ribeiro
Vila Mauriceia
39401-089 - Montes Claros, MG - Brasil
Telefone: (38) 32298190


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2016
Mestrado em Ciências Biológicas.
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
Título: POLÍTICAS DE USO DA TERRA E DESMATAMENTO NAS MATAS SECAS NORTE-MINEIRAS ENTRE 2000 E 2015,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Mário Marcos do Espírito Santo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2010 - 2013
Graduação em Ciências Biológicas Bacharelado.
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
Título: Herbivoria e esclerofilia foliar ao longo de um gradiente sucessional em uma floresta tropical seca.
Orientador: Mário Marcos do Espírito Santo.




Formação Complementar


2014 - 2014
Modelado ambiental con el programa DINAMICA EGO. (Carga horária: 32h).
Universidade Nacional Autónoma de México - Campus Morelia, UNAM, México.
2012 - 2012
Métodos de estudos em ecologia da vegetação. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
2012 - 2012
Efeitos da fragmentação florestal. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
2012 - 2012
Consultoria ambiental: mercado e perspectivas. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
2011 - 2011
Recuperação de Áreas Degradadas. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
2010 - 2010
Estudos de Animais Silvestres do Cerrado. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
2010 - 2010
Cultivo de Orquídeas. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2011 - 2013
Biodiversidade e regeneração natural em florestas tropicais secas brasileiras
Descrição: Descrição: O presente projeto uma rede temática vinculada ao Sistema Nacional de Pesquisa em Biodiversidade-SISBIOTA Brasil, composta por seis instituições: Universidade Estadual de Montes Claros, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, University of Alberta e Universidade Nacional Autônoma do México. As atividades da rede visam aumentar o conhecimento sobre a biodiversidade brasileira, com foco nas pouco estudadas florestas tropicais secas (FTS) brasileiras, também conhecidas como florestas estacionais deciduais ou matas secas. Para esse fim, serão investigadas alterações tanto na diversidade de espécies como na diversidade funcional de vários grupos de organismos ao longo de um gradiente de regeneração natural em três áreas diferentes: norte de Minas Gerais, interior da Paraíba e Serra do Cipó, na região central de Minas Gerais. Assim, o padrão de diversidade de espécies será investigado ao longo do processo de sucessão ecológica nas florestas tropicais secas brasileiras, com o objetivo verificar como as funções e a integridade do ecossistema se recuperam após o uso e abandono da terra. Além disso, a proposta pretende integrar profissionais da área de sensoriamento remoto, que utilizarão os dados de reflectância foliar para calcular índices espectrais e validar a diferenciação os estágios sucessionais das florestas tropicais secas através de imagens de satélite. Finalmente, será realizada uma investigação da situação sócio-ambiental no entorno das áreas de estudo, com foco principal no uso tradicional dos recursos naturais e possíveis conflitos entre unidades de conservação e as populações existentes nas suas redondezas. Assim, a presente Rede Temática tem caráter multidisciplinar e fornecerá informações muito importantes para a avaliação da efetividade de estratégias de conservação (como a criação de unidades de conservação) e de recuperação de áreas degradadas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado acadêmico: (4) .
Integrantes: Mariana Guimarães Vale Dupin - Integrante / Mário Marcos do Espírito Santo - Coordenador.
2006 - 2011
Human, Ecological and Biophysical Dimensions of Tropical Dry Forests - Norte de Minas Gerais
Descrição: Descrição: Este projeto é parte de um amplo esforço da Rede de Pesquisa Colaborativa (Collaborative Research Network-CRN) chamada TROPI-DRY (Tropical Dry Forests Florestas Tropicais Secas). A rede TROPI-DRY incorpora pesquisadores do Canadá, Estados Unidos, México, Cuba, Costa Rica, Venezuela, Panamá e Brasil, que trabalharão em ecossistemas florestais tropicais deciduais localizados nestes 6 últimos países durante os próximos 5 anos. Assim, será realizado um esforço contínuo e sistemático para entender, integrar e comparar informações sobre florestas tropicais secas nas Américas em 3 níveis básicos: (1) no contexto da ecologia e biologia da conservação; (2) no contexto do uso da terra e mudanças na cobertura vegetal ocorrendo nesta rica fronteira agrícola e (3) no contexto do desenvolvimento de políticas locais e nacionais que contribuem para a degradação destes ecossistemas. No Brasil, um dos locais de pesquisa escolhidos foi o Parque Estadual da Mata Seca, localizado no município de Manga-MG, no norte de Minas Gerais. Nesta área, serão realizados estudos integrados sobre aspectos ecológicos, genéticos, de sensoriamento remoto e ocupação humana e uso da terra, visando entender os processos de degradação e regeneração natural neste ecossistema..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Mariana Guimarães Vale Dupin - Integrante / Mário Marcos do Espírito Santo - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Evolutiva.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DUPIN, MARIANA G V2018DUPIN, MARIANA G V; ESPÍRITO-SANTO, MÁRIO M ; LEITE, MARCOS E ; SILVA, JHONATHAN O ; ROCHA, ANDRÉ M ; BARBOSA, RÔMULO S ; ANAYA, FELISA C . Land use policies and deforestation in Brazilian tropical dry forests between 2000 and 2015. Environmental Research Letters, v. 13, p. 035008, 2018.

2.
ESPÍRITO-SANTO, MÁRIO M.2016ESPÍRITO-SANTO, MÁRIO M. ; LEITE, MARCOS E. ; SILVA, JHONATHAN O. ; BARBOSA, RÔMULO S. ; ROCHA, ANDRÉ M. ; ANAYA, FELISA C. ; DUPIN, MARIANA G. V. . Understanding patterns of land-cover change in the Brazilian Cerrado from 2000 to 2015. PHILOSOPHICAL TRANSACTIONS OF THE ROYAL SOCIETY B-BIOLOGICAL SCIENCES, v. 371, p. 20150435, 2016.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SIQUEIRA, M. C. G. ; LEAL, C. R. O. ; DURÃES, M. F. G. ; FONSECA, M. B. ; DUPIN, M. G. V. ; SILVA, T. G. ; ESPÍRITO-SANTO, M. M. . Dano foliar e massa foliar específica em espécies arbóreas de diferentes estágios sucessionais em uma Floresta Tropical Seca na Serra do Cipó. In: VIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E GESTÃO, 2014. Dano foliar e massa foliar específica em espécies arbóreas de diferentes estágios sucessionais em uma Floresta Tropical Seca na Serra do Cipó, 2014.

2.
MOTA, F. M. M. ; FONSECA, M. B. ; DUPIN, M. G. V. ; MACHADO, L. F. ; SILVA, T. G. ; ESPÍRITO-SANTO, M. M. . Herbivoria e Esclerofilia em Machaerium acutifolium (Fabaceae) ao Longo de um Gradiente Sucessional. In: VIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E GESTÃO, 2014. Herbivoria e Esclerofilia em Machaerium acutifolium (Fabaceae) ao Longo de um Gradiente Sucessional, 2014.

3.
FREITAS, K. T. ; LEAL, C. R. O. ; SIQUEIRA, M. C. G. ; FONSECA, M. B. ; DUPIN, M. G. V. ; SILVA, T. G. ; ESPÍRITO-SANTO, M. M. . Efeito do estágio sucessional na herbivoria e esclerofilia em Myracrodruon urundeuva (Anacardiaceae) em uma Floresta Estacional Decidual na Serra do Cipó. In: VIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E GESTÃO, 2014, Montes Claros - MG. Efeito do estágio sucessional na herbivoria e esclerofilia em Myracrodruon urundeuva (Anacardiaceae) em uma Floresta Estacional Decidual na Serra do Cipó, 2014.

4.
DUPIN, M. G. V.; FONSECA, M. B. ; MACHADO, L. F. ; MOTA, F. M. M. ; SILVA, T. G. ; SANTOS, J.C. ; ESPÍRITO-SANTO, M. M. . Herbivoria e esclerofilia foliar ao longo de um gradiente sucessional em uma floresta tropical seca em Minas Gerais. In: VII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E GESTÃO, 2013, Montes Claros- MG. Herbivoria e esclerofilia foliar ao longo de um gradiente sucessional em uma floresta tropical seca em Minas Gerais, 2013.

5.
DUPIN, M. G. V.; SILVA, J. O. ; FACCION, G. ; MENDES, A. A. ; SILVA, T. G. ; ESPÍRITO-SANTO, M. M. ; SANCHEZ-AZOFEIFA, G. A. . Herbivoria foliar, compostos fenólicos e área foliar específica em Poeicianella pluviosa (Fabaceae) em uma Floresta Tropical Seca no norte de Minas Gerais. In: VI FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E GESTÃO, 2012, Montes Claros. Herbivoria foliar, compostos fenólicos e área foliar específica em Poeicianella pluviosa (Fabaceae) em uma Floresta Tropical Seca no norte de Minas Gerais, 2012.

6.
DUPIN, M. G. V.; Faccion, G. ; Mendes, A. A. ; Santos, J. C. ; Espírito - Santo, M. M. ; Melo, G. A. . Conteúdo de Clorofila em Espécies Dominantes de um Gradiente Sucessional em uma Floresta Tropical Seca em Minas Gerais. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011. Ecologia e Gestão Ambiental.

7.
GUEDES, C. RAMOS. ; MOTA, F. M. M. ; DUPIN, M. G. V. ; MAGALHAES, S. F. ; SANTOS, J.C. ; ESPÍRITO-SANTO, M. M. . Variação na produção de Serrapilheira ao longo de um gradiente sucessional em uma Floresta Estacional Decidual Tropical. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço. Ecologia e Gestão Ambiental, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DUPIN, M. G. V.; MACHADO, L. F. . Impactos Ambientais no rio mosquito no âmbito da área urbana do município de Serranópolis de Minas Gerais.. In: VIII Encontro Norte Mineiro de Biologos, 2011, Montes Claros. VIII Encontro Norte-mineiro de Biólogos, 2011, Montes Claros - MG. Impactos Ambientais no rio mosquito no âmbito da área urbana do município de Serranópolis de Minas Gerais., 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
MENDES, A. A. ; FACCION, G. ; GUEDES, C. R. ; MOTA, F. M. M. ; DUPIN, M. G. V. ; ESPÍRITO-SANTO, M. M. . Patterns of tree leaf fall along a successional gradiente in a tropical dry forest.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Simpósio de Ecologia e Sustentabilidade - I SiES. 2016. (Simpósio).

2.
I Workshop do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas - Unimontes e II Fórum EcoMinasA. 2015. (Outra).

3.
Seminário: Desenvolvimento para que e pra quem? Mineração e seus impactos socioambientais no norte de Minas Gerais. 2014. (Seminário).

4.
III Simpósio do PPGBC, XIV Semana da Biologia e IX Encontro Norte Mineiro de Biólogos -. 2013. (Simpósio).

5.
VII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E GESTÃO.Herbivoria e esclerofilia foliar ao longo de um gradiente sucessional em uma floresta tropical seca em Minas Gerais. 2013. (Outra).

6.
II Simpósio do PPGBC, XIV Semana da Biologia e IX Encontro Norte Mineiro de Biólogos "Biologia e o Uso Sustentável de Recursos Naturais". 2012. (Simpósio).

7.
VI FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E GESTÃO.Herbivoria foliar, compostos fenólicos e área foliar específica em Poeicianella pluviosa (Fabaceae) em uma Floresta Tropical Seca no norte de Minas Gerais. 2012. (Outra).

8.
I Simpósio da Pós-Graduação em Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Montes Claros. 2011. (Simpósio).

9.
X Congresso Brasileiro de Ecologia. CONTEÚDO DE CLOROFILA EM ESPÉCIES DOMINANTES DE UM GRADIENTE SUCESSIONAL EM UMA FLORESTA TROPICAL SECA EM MINAS GERAIS. 2011. (Congresso).

10.
XIII Semana da Biologia e VIII Encontro Norte-Mineiro de Biólogos. 2011. (Encontro).

11.
XII Semana da Biologia e VII Encontro Norte-Mineiro de Biólogos - Biodiversidade de conhecimentos. 2010. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GUEDES, C. R. ; DUPIN, M. G. V. ; MORAIS, P. ; RIOS, P. H. N. . Seminário: Desenvolvimento para que e para quem? Mineração e seus impactos socioambientais no norte de Minas Gerais. 2014. (Outro).

2.
ESPÍRITO-SANTO, M. M. ; DUPIN, M. G. V. ; FONSECA, M. B. ; SILVA, T. G. ; FALCAO, L. A. D. . Workshop Rede Matas Secas e SISBIOTA. 2013. (Outro).

3.
ESPÍRITO-SANTO, M. M. ; BERBARA, R. L. L. ; VASQUES, G. M. ; COELHO, M. R. ; DUPIN, M. G. V. ; SILVA, A. C. ; MENDES, A. A. ; MAGALHAES, S. F. . Workshop Ecologia de Florestas Tropicais Secas. 2013. (Outro).

4.
DUPIN, M. G. V.; GUEDES, C. R. ; NERI, H. M. B. ; PAREDES, L. P. ; REZENDE, G. H. S. ; REZENDE, P. S. ; GOMES, T. S. ; SANTOS, D. C. L. . II Ciclo de Palestras dos Acadêmicos de Biologia. 2012. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 22:52:18