Kátia Atsumi Nakayama

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4609531273882473
  • Última atualização do currículo em 06/12/2018


Doutoranda da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Mestre (2017) pela mesma universidade do Programa de Pós Graduação em Gestão Urbana (PPGTU), com foco na linha de pesquisa de Planejamento Urbano. Graduação em Arquitetura e Urbanismo (2013) na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) com prêmio de melhor desempenho acadêmico das turmas de 2009/2013. Sócio Fundadora do SOA arquitetura em Curitiba-PR. Como arquiteta atua há 5 (cinco) anos com projetos arquitetônicos (comerciais, institucionais e residenciais), tendo trabalhado em escritórios renomados nesse segmento em Curitiba-PR. Professora de Projeto Arquitetônico (9º período) e Detalhamento Executivo do Centro Universitário Campo Real. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Kátia Atsumi Nakayama
Nome em citações bibliográficas
NAKAYAMA, K. A.


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em Gestão Urbana.
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Título: Agências internacionais, agências de socorro e gestão local: relações diálógicas e impositivas (preliminar),
Orientador: Clovis Ultramari.
Bolsista do(a): Pontifícia Universidade Católica do paraná, PUCPR, Brasil.
Palavras-chave: Gestão Urbana; desastres ambientais; apropriação de ideias.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
2015 - 2017
Mestrado em Gestão Urbana.
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Título: Apropriação das Normas e Diretizes da Defesa Civil pela Gestão Urbana : municípios selecionados da Região Metropolitana de Curitiba,Ano de Obtenção: 2017.
Orientador: Clovis Ultramari.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Defesa Civil; Gestão Urbana; Desastres Naturais; Externalidade Positiva; apropriação de ideias.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
2009 - 2013
Graduação em Arquitetura e Urbanismo.
Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Título: Habitação Coletiva e Requalificação do Rio Atuba.
Orientador: Paulo Cesar Braga Pacheco.




Formação Complementar


2014 - 2014
Capacitação em Lumion. (Carga horária: 20h).
Usc Capacitação Tecnológica, USC, Brasil, USC, Brasil.
2013 - 2013
Curso de Capacitação em Maquete Eletrônica Avançada com V-Ray. (Carga horária: 20h).
Tks educação e tecnologia , Tks, Brasil, TKS, Brasil.
2012 - 2012
Engineering Profissional English. (Carga horária: 87h).
Hampstead School of English, HSCE, Inglaterra, HSCE, Inglaterra.
2011 - 2011
Extensão universitária em Sistemas Integrados Gestão Ambiental e Sanitário. (Carga horária: 15h).
Pontíficia Universidade Católica do Paraná, PUCPR, Brasil, PUCPR, Brasil.
2011 - 2011
Curso de Capacitação em Revit Archtecture. (Carga horária: 48h).
Tks educação e tecnologia , Tks, Brasil, TKS, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Capacitação em Auto Cad Full 2010. (Carga horária: 2010h).
Tks educação e tecnologia , Tks, Brasil, TKS, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Capacitação em Maquete eletrônica avançada com 3ds Max. (Carga horária: 100h).
Tks educação e tecnologia , Tks, Brasil, TKS, Brasil.


Atuação Profissional



Centro Universitário Campo Real, CAMPOREAL, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8
Outras informações
Professora das disciplinas de Projeto Arquitetônico VII e Optativa IV - Detalhamento executivo


Pontifícia Universidade Católica do paraná, PUCPR, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Grupo de Pesquisa, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista, Carga horária: 8
Outras informações
Constituição de Compartimentos Urbanos Sensíveis, suas apropriações por atividades de uso público e migração do conhecimento adquirido: uma investigação em cidades selecionadas da América Latina

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Estagiário de Docência, Enquadramento Funcional: Estagiário de Docência, Carga horária: 6
Outras informações
Disciplina de Atelie de Arquitetura e Urbanismo (9º Período). Projeto desenvolvimento de Projeto de Loteamento Urbano, Projeto de complexos arquitetônicos e detalhamento de arquitetura.

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Membro do Grupo de Pesquisa, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista, Carga horária: 8
Outras informações
Migração das Ideias em Momentos Pós-desastres: A internalização de novas diretrizes e práticas na gestão urbana local a partir da ação de agentes externos.

Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador bolsidta, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Estagiária de Docência, Enquadramento Funcional: Estagiária de Docência
Outras informações
Auxílio no desenvolvimento de atividades acadêmicas na Displicina de Acupuntura Urbana

Atividades

03/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pos Graduação em Gestão Urbana, .


SOA arquitetura, SOA, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Sócio Fundadora, Enquadramento Funcional: Arquiteta e Urbanista, Carga horária: 35


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPQ, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista


Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista/ Iniciação Científica


Borges de Macedo Arquitetura S/C Ltda, BORGES DE MACEDO, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2016
Vínculo: Arquiteta e Urbanista, Enquadramento Funcional: Arquiteta e Urbanista
Outras informações
Desenvolvimento de projetos: arquitetônicos (anteprojeto, legal e executivo), compatibilização de projetos, projetos de interiores, projetos de paisagismo e urbanismo.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20
Outras informações
Auxílio no desenvolvimento de projetos arquitetônicos (anteprojeto e projetos legais).


Mauro Grande Arquitetos Associados, MAURO GRANDE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20
Outras informações
Auxílio no desenvolvimento de projetos arquitetônicos (anteprojeto e projetos legais).



Linhas de pesquisa


1.
Constituição de Compartimentos Urbanos Sensíveis, suas apropriações por atividades de uso público e migração do conhecimento adquirido: uma investigação em cidades selecionadas da América Latina

Objetivo: Esforço em consolidar formalmente grupo de pesquisadores com interesses similares sobre questões relativas a acidentes antropogênicos em áreas urbanas. Conta com caráter multidisciplinar, multiinstitu-cional e, pelo recorte de análise selecionado, internacional. Decorre da preocupação precípua de apro-ximar estudos acadêmicos na área do urbano de práticas correntes da gestão pública municipal no atendimento a situações de emergência. O perfil da equipe de pesquisadores, evidenciado no presen-te interesse investigativo, imprime ao projeto, seja na presente formulação metodológica, sejam nas futuras análises e proposições, uma prioridade em relação a compartimentos urbanos sensíveis em termos socioambientais e demandas específicas devido a vulnerabilidades diversas de suas populações carentes..
2.
Migração das Ideias em Momentos Pós-desastres: A internalização de novas diretrizes e práticas na gestão urbana local a partir da ação de agentes externos.

Objetivo: Debate sobre a atuação de agentes diversos em situações de prevenção, mitigação, emergência e reconstrução em momentos pós-desastres. Nesta consideração da atuação de agentes sociais diversos nos processos que envolvem adversidades naturais em espaços urbanos, destaca-se 1. A investigação das chamadas paradoxais potencialidades que podem emergir dessa situação e 2. Os conflitos entre diretrizes e interesses formulados externamente à realidade da adversidade e diretrizes e interesses construídos pela comunidade local.
3.
Circulação de Ideias sobre cidades Recorte latino-americano: convergências e vazios investigativos.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Agências internacionais, agências de socorro e gestão local: relações diálógicas e impositivas (preliminar)
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Kátia Atsumi Nakayama - Coordenador.
2015 - 2017
Apropriação das Normas e Diretizes da Defesa Civil pela Gestão Urbana Municipal: estudo de caso em municípios selecionados da Região Metropolitana de Curitiba
Descrição: A espacialização dos desastres naturais no Brasil é caracterizada não apenas pelo efeito catastrófico, mas também pelos processos cumulativos de conflitos socioambientais, expondo os municípios a uma intensa vulnerabilidade. Nesse contexto, depreende-se que a construção de uma gestão de risco e desastre no país depende de uma estrutura integrada que ampare a situação do desastre natural como um todo. Atualmente, a entidade pública nacional responsável pelos desastres naturais é o Ministério da Integração por meio da Secretaria de Proteção e Defesa Civil. Assim, na escala municipal de atuação, as Coordenadorias Municipais de Defesa Civil, em conjunto com as secretarias responsáveis pelo planejamento urbano, possuem um papel relevante na gestão do risco, tornando a relação de apropriação entre as entidades prioritárias no enfretamento de desastres, especialmente no que concerne à prevenção e proteção. A partir desse cenário, esta pesquisa busca verificar como as relações das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (COMPDEC) são capazes de influenciar no ordenamento espacial, salientando questões de planejamento urbano, legislações e uso e ocupação do solo. A investigação é classificada como qualitativa, exploratória e descritiva apoiada em fundamentação teórica e aplicação de estudo empírico em municípios selecionados na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O estudo de caso se desenvolve por meio de aplicação de entrevistas, com perguntas abertas derivadas de um protocolo de pesquisa, com a finalidade de compreender o processo de apropriação sob a perspectivas das COMPDEC e das secretarias municipais responsáveis pelo planejamento urbano. Os resultados indicam a existência de processo de apropriação de normas e diretrizes da Defesa Civil nas questões de ordenamento do espaço urbano e confirmam a presença de oportunidades com o surgimento de externalidades positivas, mesmo que ocasionadas por situações de adversidade; as análises também demonstram que a construção de uma gestão de risco no planejamento urbano ainda é tardia no Brasil. Considerando que uma das principais dificuldades da consolidação das políticas de proteção e defesa civil no país é a falta de estrutura de integração entre os diversos setores que compõem a gestão urbana municipal, os resultados apontam as barreiras e oportunidades criadas na gestão de risco a partir dos processos de apropriação de diretrizes entre as instituições estudadas. Palavras-Chaves: Desastres Naturais no Brasil. Defesa Civil. Apropriação de diretrizes. Gestão urbana. Externalidades positivas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Kátia Atsumi Nakayama - Coordenador.
2011 - 2012
Da Disponibilização de informações pelas agências de Defesa Civil dos Estados Brasileiros e suas Ações: Levantamento e Elaborações de Síntese Analíticas, 2000-2010.
Descrição: A despeito das questões sobre acidentes naturais e antrópicos com foco no território nacional, observa-se uma tentativa crescente na busca da padronização para a disponibilização de informações referentes eventos ocorridos. Tal padronização é consequência da adoção pela Codificação de Desastres, Ameaças e Riscos (CODAR). As particularidades e mesmo a falta de informações pontuais com a situação dos websites oficiais em níveis estaduais exige não apenas um levantamento, mas também um trabalho de equalização de um material de análise. O recorte geográfico é de 2000-2010, já considerando os dados do novo censo. A pesquisa parte de outros estudos previamente elaborados, mas que ainda necessitam de confirmação e de maior detalhamento. Com base em conceitos referentes a acidentes naturais, a presente pesquisa tem por objetivo o recolhimento dos dados para a avaliação nos websites e em documentos produzidos pelas coordenadorias de Defesa Civil de cada estado. O trabalho de pesquisa envolve a comparação, sobreposição e junção dos dados disponibilizados na internet, focando principalmente na elaboração de materiais que permitam a análise padronizada das informações disponibilizadas pelos sites de Defesa Civis estaduais e o comportamento de respostas dos estados/municípios nos processos de reconstrução nas áreas intra-urbanas. A realização do projeto se compõe em seis etapas, nas quais o mapeamento das informações é feito através de tabelas e fichas individuais para os estados que apresentavam sites da Defesa Civil passíveis de análise, com seguida produção de relatórios analíticos. No decorrer das etapas de pesquisa, confirmou-se que, dos vinte e sete estados do país, apenas dezesseis (59%) deles possuem sites autônomos com links e informações específicas da região. Observou-se que a maioria dos sites se encontrava em situações precária, com poucas/nenhuma informação sobre os acidentes. As regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste são as mais críticas do cenário nacional na codificação de desastres. Portanto, concluí-se que para uma análise completa de áreas vulneráveis e ações efetivas de prevenção é necessário o mapeamento das ocorrências padronizado, bem como o cruzamento de dessas informações, com aspectos sociais, ambientais e econômicos. Tal fato também contribui para um estudo da real situação dos desastres ocorridos no Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Kátia Atsumi Nakayama - Integrante / Clovis Ultramari - Coordenador.


Outros Projetos


2014 - 2014
Concurso de Ideias - A House For.
Descrição: Participante do Concurso de Ideias de Arquitetura promovido pela Open Gap Network. Tema: A House For..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.

Integrantes: Kátia Atsumi Nakayama - Integrante / Alexei Martins - Integrante / Fernanda Sofiati de Barros Carvalho - Coordenador / Guilherme Figueiredo - Integrante.
2013 - 2014
Concurso ideias para estudantes Projetar.org 004 - Mirante para Cataratas do Iguaçu
Descrição: Participante da quarta edição do concurso para estudantes universitários promovido pela Projetar.org . Tema: Mirante para Cataratas do Iguaçu..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .

Integrantes: Kátia Atsumi Nakayama - Integrante / Miguel Meister Neto - Coordenador / Rafaella de Siqueira Bisineli - Integrante.
2011 - 2012
5º Concurso CBCA
Descrição: Concurso de Projeto de Arquitetura para estudantes. Prêmio de 3º lugar nacional..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .

Integrantes: Kátia Atsumi Nakayama - Coordenador / Rafaella de Siqueira Bisineli - Integrante / Fernanda Sofiati de Barros Carvalho - Integrante / Manoela Massuchetto Jazar - Integrante / Robson Rigon Leite - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo / Subárea: Projeto de Arquitetura e Urbanismo.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo / Subárea: Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo/Especialidade: Teoria do Urbanismo.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Japonês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Trabalho Final de Graduação selecionado para concurso Opera Prima pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Concurso Opera Prima.
2013
Prêmio Marcelino Champagnat / Mérito Acadêmico, Pontifícia Universidade Católica do Paraná.
2012
3º colocado no 5º Concurso CBCA Nacional para Estudantes, Centro Brasileiro de Construção em Aço.
2008
Troféu Alunos Destaque Terceirão, Colégio Marista Paranaense.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
NAKAYAMA, K. A.; JAZAR, M. M. . Vulnerabilidade socioambientais na América Latina: Os casos de Curitiba e São Miguel do Tucuman. In: Colóquio em Estudos Urbanos Comparados, 2015, Curitiba. Colóquio em Estudos Urbanos Comparados.

Apresentações de Trabalho
1.
NAKAYAMA, K. A.. Apropriação de Normas e Diretrizes da Defesa Civil pela Gestão Urbana Municipal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
NAKAYAMA, K. A.; JAZAR, M. M. . Vulnerabilidade socioambientais na América Latina: Os casos de Curitiba e São Miguel do Tucuman. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
NAKAYAMA, K. A.. Habitação Coletiva e Requalificação do Rio Atuba. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
NAKAYAMA, K. A.. Da Disponibilização de informações pelas agências de Defesa Civil dos Estados Brasileiros e suas Ações: Levantamento e Elaborações de Síntese Analíticas, 2000-2010.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
NAKAYAMA, K. A.; BISINELI, R. S. ; CARVALHO, F. S. B. ; JAZAR, M. M. ; LEITE, R. R. . Projeto de Escola Comunitária para Concurso CBCA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
NAKAYAMA, K. A.. Apropriação de Normas e Diretrizes pela Gestão Urbana Municipal 2017 (Dissertação de Mestrado).

2.
NAKAYAMA, K. A.. Habitação Coletiva e Requalificação do Rio Atuba 2013 (Trabalho Final de Graduação).

3.
NAKAYAMA, K. A.. Da Disponibilização de Informações pelas Agências de Defesa Civil dos Estados Brasileiros e suas Ações: Levantamento e Elaboração de Sínteses Analíticas, 2000-2010 2012 (Relatório de Pesquisa).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
NAKAYAMA, K. A.; BISINELI, R. S. . Projeto de Arquitetura NA. 2018.

2.
CARVALHO, F. S. B. ; BISINELI, R. S. ; NAKAYAMA, K. A. . Execução de Projeto de Arquitetura NB. 2018.

3.
NAKAYAMA, K. A.; BISINELI, R. S. ; CARVALHO, F. S. B. . Projeto de Arquitetura MG. 2017.

4.
BISINELI, R. S. ; CARVALHO, F. S. B. ; NAKAYAMA, K. A. . Execução Projeto de Arquitetura MG. 2017.

5.
NAKAYAMA, K. A.; BISINELI, R. S. . Projeto Executivo e Legal Frigorífico BZ. 2017.


Demais tipos de produção técnica
1.
NAKAYAMA, K. A.; ULTRAMARI, C. . APROPRIAÇÃO DE NORMAS E DIRETRIZES DA DEFESA CIVIL NA AMÉRICA LATINA. 2016. (Relatório de pesquisa).

2.
NAKAYAMA, K. A.; ULTRAMARI, Clovis. . DA DISPONIBILIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES PELAS AGÊNCIAS DE DEFESA CIVIL DOS ESTADOS BRASILEIROS E SUAS AÇÕES: LEVANTAMENTO E ELABORAÇÃO DE SÍNTESES ANALÍTICAS, 2000-2010. 2012. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
NAKAYAMA, K. A.; YOSHINAGA, L. I. K.; SOUZA, F. R. M.. Participação em banca de Kemily Rayni Lasquievicz.Abrigo para crianças e adolescentes. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Centro Universitário Campo Real.

2.
NAKAYAMA, K. A.; YOSHINAGA, L. I. K.; SOUZA, F. R. M.. Participação em banca de Liriane Gonçalves de Oliveira.Arquitetura Escolar, Instituição de Apio Estudantil de contra turno. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Centro Universitário Campo Real.

3.
NAKAYAMA, K. A.; RAMOS, E. T.; ABRAO, A. E.; ADAM, R. S.. Participação em banca de Ian Rôa D´haese.Centro de Fortalecimento Artesanal poe mio da Gastronomia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Positivo.

4.
NAKAYAMA, K. A.; RAMOS, E. T.; ABRAO, A. E.; ADAM, R. S.. Participação em banca de Inácio Juliano de Mattos Leão Ribas.Memorial do Rio Iguaçu. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Positivo.

5.
NAKAYAMA, K. A.; RAMOS, E. T.; ABRAO, A. E.; ADAM, R. S.. Participação em banca de Ingrid Lucia da Silva.Unidade Alternativa de Saúde. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Positivo.

6.
NAKAYAMA, K. A.; RAMOS, E. T.; ABRAO, A. E.; ADAM, R. S.. Participação em banca de Paula Bencke.Centro Integrado de Inovação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Positivo.

7.
ABRAO, A. E.; NAKAYAMA, K. A.; ROSA, A. R.; SCHUZCHMAN, T.. Participação em banca de Leonardo Fernandes de Campos.Estação Intermodal de Passageiros. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Positivo.

8.
ABRAO, A. E.; NAKAYAMA, K. A.; ROSA, A. R.; SCHUZCHMAN, T.. Participação em banca de Antonio Carlos de Quadros Gonçalves Neto.Centro de recepção de refugiados. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Positivo.

9.
ABRAO, A. E.; NAKAYAMA, K. A.; ROSA, A. R.; SCHUZCHMAN, T.. Participação em banca de Alan Henrique.Casa do estudante em Curitiba. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Positivo.

10.
ABRAO, A. E.; NAKAYAMA, K. A.; ROSA, A. R.; SCHUZCHMAN, T.. Participação em banca de Karimã Fauaz.Museu de escultura público de Curitiba. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Positivo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
NAKAYAMA, K. A.. Bancas PIBIC 2018. 2017. Pontifícia Universidade Católica do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Smarts Cities. Smarts Cities. 2018. (Congresso).

2.
XXV SEMIC.XXV SEMIC. 2017. (Simpósio).

3.
Coloquios de Estudos Urbanos Comparados. Vulnerabilidade socioambientais na América Latina: Os casos de Curitiba e São Miguel do Tucuman.. 2015. (Congresso).

4.
Conferência Internacional de Cidades Inovadoras. 2014. (Outra).

5.
II Semana de Arquitetura e Urbanismo do Paraná. 2014. (Encontro).

6.
Projetos inteligentes. 2014. (Outra).

7.
Workshop WSPOS24. 2014. (Oficina).

8.
Ciclo de Palestra de Arquitetura Contemporânea UFPR 2013. 2013. (Encontro).

9.
Semana Arquitetura e Urbanismo PUCPR. 2012. (Encontro).

10.
XX SEMIC - Seminário de Iniciação Científica PUCPR.Da Disponibilização de Informações pelas Agências de Defesa Civil dos Estados Brasileiros e suas Ações: Levantamento e Elaboração de Sínteses Analíticas, 2000-2010. 2012. (Seminário).

11.
Palestra Adam Kaasa. 2011. (Encontro).

12.
Palestra Richard Rogers. 2011. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Kemily Rayni Lasquievicz. Abrigo para Crianças e Adolescentes. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Centro Universitário Campo Real. (Orientador).

2.
Liriane Gonçalves de Oliveira. Arquitetura Escolar, Instituição de Apoio Estudantil de Contra Turno. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Centro Universitário Campo Real. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Bruno Volpato. Permanências e Impermanências urbanas. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Arquitetura e Urbanismo) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Pontifícia Universidade Católica do paraná. (Orientador).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/02/2019 às 3:44:53