Vinícius Oliveira de Oliveira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1084818546388983
  • Última atualização do currículo em 20/09/2018


Possuo graduação em Letras - Português e Inglês pelo Centro Universitário Franciscano (2013) e mestrado em Letras (Linguística Aplicada) pela Universidade Católica de Pelotas (2015). Iniciei meu doutorado em Letras (Linguística Aplicada) no ano de 2016, pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Católica de Pelotas, entretanto, no ano de 2018, o referido programa de pós-graduação foi transferido para a Universidade Federal de Pelotas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Vinícius Oliveira de Oliveira
Nome em citações bibliográficas
OLIVEIRA, V. O.


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Letras.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: The Game is Not Over: O Redesign como Caminho para o Letramento Crítico em Videogames,
Orientador: Vilson José Leffa.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
2014 - 2015
Mestrado em Letras.
Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.
Título: O Game The Grand Theft Auto V como Rede de Letramentos: Um Estudo de Caso,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Camila Lawson Scheifer.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
2010 - 2013
Graduação em Letras - Português e Inglês.
Universidade Franciscana, UFN, Brasil.
Título: Videogame: Um Atrator Caótico na Aquisição de Inglês como Segunda Língua.
Orientador: Gabriela Quatrin Marzari.
2006 - 2008
Ensino Médio (2º grau).
Escola Estadual de Ensino Médio Demétrio Ribeiro, DR, Brasil.
1998 - 2005
Ensino Fundamental (1º grau).
Escola Estadual de Ensino Médio Demétrio Ribeiro, DR, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Disseminadores da Educação Fiscal. (Carga horária: 160h).
Escola de Administração Fazendária, ESAF, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em UNIFRA IDIOMAS - Inglês Avançado II. (Carga horária: 68h).
Universidade Franciscana, UFN, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em UNIFRA IDIOMAS - Inglês Avançado I. (Carga horária: 68h).
Universidade Franciscana, UFN, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio na Graduação em Filosofia, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagio na Graduação em Letras, Carga horária: 4


Universidade Franciscana, UFN, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Bolsista do curso de Letras, Enquadramento Funcional: Monitor: Língua Inglesa I, II e VI, Carga horária: 12


Centro Universitário Franciscano, UNIFRA IDIOMAS, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista PRPGPE, Enquadramento Funcional: Tutor do curso de Língua Inglesa, Carga horária: 4


Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor do programa Idioma Sem Fronteiras, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2012 - 2012
Leitura e produção de materiais didático-pedagógicos: a busca da autonomia na formação de professores de Inglês como Língua Estrangeira
Descrição: O desenvolvimento da autonomia, no processo de formação de futuros professores de Inglês como Língua Estrangeira (ILE), é relevante para a qualificação desses profissionais e passa, necessariamente, pela avaliação, produção e aplicação de materiais didático-pedagógicos. Nas atividades de Prática de Ensino, os aprendizes de ILE, futuros professores do idioma, estão sujeitos à análise e avaliação de materiais didáticos atuais, à produção de materiais didáticos destinados à aplicação no próprio grupo e à produção e aplicação de materiais didáticos em contextos reais de aprendizagem, tanto no Ensino Fundamental como Médio. Apesar disso, no entanto, os futuros docentes poderão produzir materiais de ensino que atendam a outras finalidades e contextos, dentre os quais, destacamos: provas para concursos, testes de proficiência e oficinas didático-pedagógicas ou de capacitação/formação continuada. Com base nessa constatação, apresentamos a presente proposta, que tem por objetivo preparar, do ponto de vista teórico-aplicado, futuros professores de ILE para a elaboração de seu próprio material de ensino de forma autônoma e segura, possibilitando-lhes novas alternativas para o exercício da profissão que escolheram. A elaboração de materiais de ensino, ou didático-pedagógicos, terá como foco o ensino de leitura em Língua Inglesa, que será abordada sob uma perspectiva crítica de ensino. Portanto, além de questões de ordem morfológica, semântica e pragmática, serão abordadas questões mais abrangentes, tais como de cunho cultural e identitário..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2012
Estrangeirismos em anúncios publicitários
Descrição: Esse estudo justifica-se, então, por expressar uma proposta de análise da ampliação do léxico interligada com os anúncios publicitários, já que esses são de ampla circulação e servem como difusores não só de produtos e serviços, mas da língua também. Para a execução desta pesquisa, duas etapas foram necessárias. Em primeiro lugar, foi feito um rastreamento das principais teorias do léxico, especificamente no que tange aos empréstimos linguísticos considerados em sua sincronia. Após, foi feito o levantamento, em anúncios de revistas de ampla circulação, como Veja e Super-interessante, de quais estrangeirismos foram utilizados e quais exemplos ilustram as enunciações desses empréstimos. Por fim, serão averiguados quais dos estrangeirismos utilizados nos anúncios publicitários já estão dicionarizados, ou seja, já foram incorporados ao sistema linguístico do idioma português. Tem-se, por hipótese, que a mídia é a grande responsável pela circulação e consequente incorporação de estrangeirismos na língua portuguesa. Os resultados permitiram confirmar a hipótese de trabalho levantada, a qual fora divulgada em eventos científicos e publicados em revistas da área..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - 2015
Proficiência em Língua Estrangeira (Inglesa e Espanhola) para a participação crítica e cidadã
Descrição: O ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras na contemporaneidade enfrenta demandas que vão além do domínio das habilidades lingüísticas necessárias à comunicação entre falantes. Isso porque, num mundo altamente mediado pelas tecnologias digitais da informação e comunicação, marcado por fluxos globalizadores, os indivíduos transitam intensamente por entre espaços sociais atravessados por múltiplas semioses, culturas, e línguas, sendo constantemente convocados a ter que lidar com situações complexas de linguagem e identidade. Diante desse cenário, entendemos que falar uma língua estrangeira significa não apenas ser capaz de tornar o pensamento inteligível no código alvo, mas se refere a envolver-se em práticas de produção de sentido mais amplas em esferas sociais específicas, através de certos gêneros do discurso, isto é, formas relativamente estáveis ?de dizer? ? enunciar ? de participar ativamente do mundo social em que estamos inseridos. Soma-se a isso o entendimento de que falar um idioma estrangeiro é engajar-se, a partir do outro, numa cadeia enunciativa que nos convoca a termos que negociar com o mundo que construímos em nossa língua primeira, com os valores e perspectivas que o sustentam e que nos fazem sermos quem nós somos. Assim sendo, falar uma outra língua - língua de outro, é apropriar-se dela e igualmente dos discursos que ela constrói. Discursos que, se não forem tomados de uma perspectiva mais crítica, desconstrucionista, correm o risco de autorizar representações e visões de mundo estereotipadas e simplistas que, ao invés de contribuírem para que o sujeito marque sua voz em direções que lhe empoderem, acabam por submetê-lo a formas de ser e estar no mundo que em nada contribuem para que se desenvolva de maneira socialmente responsiva, logo, cidadã. É nesse sentido que propomos uma educação linguística orientada para a ?consciência democrática? (ROCHA; MACIEL, 2013). No plano do ensino das línguas estrangeiras neste projeto focalizadas, tal perspectiva implica a asserção de um ensino voltado ao discurso, locus onde a construção do pensamento crítico se faz possível. Entendemos que o desenvolvimento do pensamento crítico se dá no exercício de atravessar os limites dos textos/línguas/linguagens para o universo de outros textos/línguas/linguagens (FARACO; TEZZO, 2001), em direção à criação de outros, novos e alternativos, sistemas de referência. O trabalho com a língua tomada como código que permite a comunicação, à luz desses argumentos, é visto não como menos importante, mas sim como recurso necessário aos processos de significação aludidos. Feita essa ressalva, a perspectiva pedagógica adotada nesta proposta focalizará o trabalho integrado da produção e compreensão oral e escrita, e privilegiará práticas de linguagem que fomentem a capacidade reflexiva dos sujeitos envolvidos a partir de textos autênticos na língua alvo. O uso das tecnologias digitais da informação e comunicação será incentivado sempre que oportuno, visto viabilizar tanto recursos técnicos interessantes ao trabalho com a língua quanto espaços de interação legítimos e significativos ao aprendizado do idioma. O projeto abrangerá dois encontros mensais, no qual os docentes participantes terão aulas nas línguas de interesse com os professores designados pelo Programa de Pós-Graduação em Letras. As aulas contarão com conexão à internet, com o suporte de equipamento multimídia, e material impresso elaborado pelos professores. Caso sejam necessárias, cópias de materiais de ensino serão solicitadas previamente à Secretaria Municipal de Educação de Pelotas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2012 - 2013
Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID)
Descrição: Subprojeto: Letras (Inglês) - Escola Básica Estadual Érico Veríssimo/Santa Maria -RS.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Revisor de periódico


2017 - Atual
Periódico: A MARGEM: REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NUNES, G. M.2017NUNES, G. M. ; LOPES, J. A. ; LEFFA, V. J. ; OLIVEIRA, V. O. . O Uso Do Feedback Automático No Aplicativo Educacional Busuu E Sua Influência Na Aprendizagem De Línguas. LINGUAGEM EM FOCO, v. 9, p. 25-37, 2017.

2.
LOPES, J. A.2017LOPES, J. A. ; NUNES, G. M. ; LEFFA, V. J. ; OLIVEIRA, V. O. . Aprendizagem baseada em tarefas e o desenvolvimento da língua inglesa como segunda língua: Análises a partir da Perspectiva Ecológica.. ENTRETEXTOS (UEL), v. 17, p. 175-194, 2017.

3.
6OLIVEIRA, V. O.2016OLIVEIRA, V. O.; MARRONI, F. V. ; DUARTE, G. B. ; RAMIRES, A. P. R. . LETRAMENTO DIGITAL: considerações inicias sobre a adoção de instrumentos tecnológicos voltados a leitura. Revista de Humanidades, Tecnologia e Cultura, v. 5, p. 5, 2016.

4.
5GUIMARAES, F. T. B.2016GUIMARAES, F. T. B. ; OLIVEIRA, V. O. . A construção da escrita a partir do espaço público e privado: uma análise da escrita atípica do texto acadêmico pela perspectiva espacial.. Contemporâneos: Revista de Artes e Humanidades (Online), v. 14, p. 01-25, 2016.

5.
1OLIVEIRA, V. O.2016OLIVEIRA, V. O.; GUIMARAES, F. T. B. . Os letramentos enquanto transformadores do ciberespaço em ciberlugar: uma análise dos grupos do Facebook sobre o game The Grand Theft Auto V. REVISTA EDAPECI: EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E PRÁTICAS EDUCATIVAS COMUNICACIONAIS E INTERCULTURAIS, v. 16, p. 530-543-543, 2016.

6.
11OLIVEIRA, V. O.2015OLIVEIRA, V. O.; GUIMARAES, F. T. B. . Uma Proposta de Ensino-Aprendizagem da Ortografia do Português Brasileiro. Lingu@ Nostr@ - Revista Virtual de Estudos de Gramática e Linguística do Curso de Letras da Faculdade de Tecnologia IPUC â013 FATIPUC, v. 3, p. 121, 2015.

7.
8GUIMARAES, F. T. B.2015GUIMARAES, F. T. B. ; OLIVEIRA, V. O. . Identidade e Subjetividade no Texto Acadêmico. BOLETIM HISTORIAR, v. 2, p. 51-61, 2015.

8.
4GUIMARAES, F. T. B.2015GUIMARAES, F. T. B. ; OLIVEIRA, V. O. ; SILVA, C. M. . Uma análise comparativa de diferentes edições da revista veja: o que mudou em um perído de quase quatro décadas?. Linguagens : Revista de Letras, Artes e Comunicação (FURB), v. 9, p. 225, 2015.

9.
7GUIMARAES, F. T. B.2015GUIMARAES, F. T. B. ; OLIVEIRA, V. O. . As Relações Dialógicas Presentes Nos Discursos Mobilizados Na Construção Colaborativa De Um Webjornal Laboratório. Travessias (UNIOESTE. Online), v. 9, p. 263, 2015.

10.
10GUIMARAES, F. T. B.2015GUIMARAES, F. T. B. ; OLIVEIRA, V. O. . Os comerciais e a representação da mulher: a exploração do corpo e da imagem feminina na mídia. Revista Ágora (Vitória), v. 22, p. 124-135, 2015.

11.
3OLIVEIRA, V. O.2015OLIVEIRA, V. O.. Os Games como Atratores Caóticos na Aquisição de Inglês como Segunda Língua. Revista Novas Letras (UNIFAE), v. 1, p. 45-56, 2015.

12.
2OLIVEIRA, V. O.2015OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . Aquisição de inglês como língua estrangeira através de videogames: um estudo à luz da teoria do caos/complexidade. Disciplinarum Scientia. Série Artes, Letras e Comunicação, v. 16, p. 95-112, 2015.

13.
9GUIMARAES, F. T. B.2015GUIMARAES, F. T. B. ; OLIVEIRA, V. O. . O bilhete orientador como índice de rasura ou de escrita? Quais são os movimentos provocados por esse instrumento de intervenção na reescrita do texto do aluno?. Revista Científica Ciência em Curso, v. 4, p. 135, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
LEFFA, V. J. ; NUNES, G. M. ; LOPES, J. A. ; OLIVEIRA, V. O. . Design responsivo na produção de materiais para o ensino de línguas. In: Gabriela Marques-Schäfer; Cibele Cecilio de Faria Rozenfeld. (Org.). Ensino De Línguas E Tecnologias Móveis: Políticas Públicas, Conceitos, Pesquisas E Práticas Em Foco. 1ed.São Paulo: Edições Hipótese, 2018, v. , p. 112-131.

2.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . Aquisição de inglês como língua estrangeira mediada pelos games: Um estudo à luz da teoria do caos/complexidade. In: Marcos Alexandre Alves; Valéria Iensen Bortoluzzi. (Org.). Formação Inicial e Continuada de Professores: Reflexões e experiências do PIBID. 1ed.Nova Petrópolis: Nova Harmonia, 2013, v. , p. 133-144.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
OLIVEIRA, V. O.. Como Formamos Nossa Opinião?. Gazeta de Alegrete, Alegrete, p. 2 - 2, 14 out. 2017.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, V. O.. O PIBID como um Possível Espaço de Afinidade. In: XVI In Letras I SIEHL VIII PIBID, 2017, Santa Maria. O PIBID como um Possível Espaço de Afinidade, 2017.

2.
OLIVEIRA, V. O.. O Programa PIBID como Rede de Letramentos para a Formação de Professores de Letras. In: XVI In Letras I SIEHL VIII PIBID, 2017, Santa Maria. O Programa PIBID como Rede de Letramentos para a Formação de Professores de Letras, 2017.

3.
OLIVEIRA, V. O.; GUIMARAES, F. T. B. . Polifonia e carnavalização no conto Bóbok - Dostoiéviski. In: XV Seminário Internacional em Letras Tema:Múltiplas linguagens e letramentos/ multiletramentos e linguagens, 2015, Santa Maria. Polifonia e carnavalização no conto Bóbok - Dostoiéviski, 2015.

4.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . O Videogame como um Atrator Caótico na Aquisição de Inglês como L2: Um Estudo à Luz da Teoria do Caos/Complexidade. In: XIII Seminário Internacional em Letras : Linguagem em (inter)ação, 2013, Santa Maria. O Videogame como um Atrator Caótico na Aquisição de Inglês como L2: Um Estudo à Luz da Teoria do Caos/Complexidade, 2013.

5.
ROSS, H. S. ; OLIVEIRA, V. O. ; MARZARI, G. Q. ; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . Implicações do Trabalho com Fonética/Fonologia da Língua Inglesa nas Práticas de Iniciação à Docência Decorrentes do Programa PIBID. In: XIII Seminário Internacional em Letras : Linguagem em (inter)ação, 2013, Santa Maria. Implicações do Trabalho com Fonética/Fonologia da Língua Inglesa nas Práticas de Iniciação à Docência Decorrentes do Programa PIBID, 2013.

6.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . As Influências do Videogame na Aprendizagem de Inglês: Um Estudo à Luz dos Sistemas Complexos. In: XVII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão: Educação e Cultura para a Transformação de Pessoas, 2013, Santa Maria. As Influências do Videogame na Aprendizagem de Inglês: Um Estudo à Luz dos Sistemas Complexos, 2013.

7.
OLIVEIRA, V. O.; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . A Influência da Autonomia no Ensino e na Aprendizagem de Inglês como Língua Estrangeira. In: Inletras XII - Seminário Internacional em Letras : Língua e Literatura na (pós-) Modernidade, 2012, Santa Maria. A INFLUÊNCIA DA AUTONOMIA NO ENSINO E NA APRENDIZAGEM DE INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA, 2012.

8.
OLIVEIRA, V. O.; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . Desenvolvimento da Proficiência em Língua Inglesa dos Acadêmicos de Letras da UNIFRA: Um Paralelo Entre a Autonomia e a Motivação dos Mesmos. In: XVI Jornada Nacional de Educação - Educação: Território de Saberes, 2012, Santa Maria. DESENVOLVIMENTO DA PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA DOS ACADÊMICOS DE LETRAS DA UNIFRA: UM PARALELO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A AUTONOMIA DOS MESMOS, 2012.

9.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . Aspectos Contemplados pelos Videogames para o Ensino e a Aprendizagem de Inglês como Língua Estrangeira. In: SEPE: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão: Aprender e Empreender na Educação e na Ciência, 2012, Santa Maria. ASPECTOS CONTEMPLADOS PELOS VIDEOGAMES PARA O ENSINO E A APRENDIZAGEM DE INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA, 2012.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ROSS, H. S. ; OLIVEIRA, V. O. ; MARZARI, G. Q. ; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . Implicâncias do Estudo de Fonética/Fonologia na Formação de Professores de Língua Inglesa. In: III Seminário Interdisciplinar PIBID/UNIFRA: Os Desafios da Interdisciplinaridade na Formação Docente, 2013, Santa Maria. Implicâncias do Estudo de Fonética/Fonologia na Formação de Professores de Língua Inglesa, 2013.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, V. O.. O Ensino de Língua Inglesa Intrumental a Partir dos Letramentos Críticos: Reflexões de Um Estágio Acadêmico Docente. In: XIX Fórum de Estudos: Leituras de Paulo Freire - Reinventando Paulo Freire na Atualidade: Pedagogias na luta contra as opressões, 2017, Rio Grande. O Ensino de Língua Inglesa Intrumental a Partir dos Letramentos Críticos: Reflexões de Um Estágio Acadêmico Docente, 2017.

2.
OLIVEIRA, V. O.. O PIBID como uma Comunidade de Prática. In: Seminário de Nacional de Linguística e Ensino de Língua Portuguesa, 2017, Rio Grande. O PIBID como uma Comunidade de Prática, 2017.

3.
OLIVEIRA, V. O.. Reelaborando o Conceito de Social nas Humanidades a partir da Teoria Ator-Rede. In: I Encontro Internacional de Pesquisa em Ciências Humanas, 2017, Pelotas. Reelaborando o Conceito de Social nas Humanidades a partir da Teoria Ator-Rede, 2017.

4.
OLIVEIRA, V. O.. Os Games como Textos no Programa Pibid: Um Possível Caminho para o Letramento Crítico. In: Salão Universitário Ucpel 2017, 2017, Pelotas. Os Games como Textos no Programa Pibid: Um Possível Caminho para o Letramento Crítico, 2017.

5.
OLIVEIRA, V. O.; LEFFA, V. J. . O Game (Re)design como Caminho Metodológico para Pesquisa em Letramentos Críticos. In: JETAL - VII Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologias e Aprendizagem de Línguas, 2017, Rio Grande. O Game (Re)design como Caminho Metodológico para Pesquisa em Letramentos Críticos, 2017.

6.
OLIVEIRA, V. O.. Um possível estado da arte das publicações sobre letramentos críticos em games. In: CELSUL - Círculo de Estudos Linguísticos do Sul - XII Encontro - 2016, 2016, Santa Maria. Um possível estado da arte das publicações sobre letramentos críticos em games, 2016.

7.
OLIVEIRA, V. O.. Os serious games como alternativas didáticas para o ensino de cultura e história afro-brasileira na área de linguagens. In: II SIGATEC - Simpósio Internacional de Games, Gamification e Tecnologias na Educação, 2016, Santa Maria. Os serious games como alternativas didáticas para o ensino de cultura e história afro-brasileira na área de linguagens, 2016.

8.
OLIVEIRA, V. O.; SCHEIFER, C. L. . O Game The Grand Theft Auto V como Letramento em Rede. In: I Diálogos Interdisciplinares em Linguística Aplicada, 2015, Pelotas. O Game The Grand Theft Auto V como Letramento em Rede, 2015.

9.
OLIVEIRA, V. O.. A Análise de nexo no game The Grand Theft Auto V: Um Estudo de Caso. In: XV Seminário Internacional em Letras Tema:Múltiplas linguagens e letramentos/ multiletramentos e linguagens, 2015, Santa Maria. A Análise de nexo no game The Grand Theft Auto V: Um Estudo de Caso, 2015.

10.
OLIVEIRA, V. O.; SCHEIFER, C. L. . A Rede de Letramentos no Game The Grand Theft Auto V: Um Estudo de Caso. In: V JETAL - Jornada de Elaboração de Materiais Didáticos e Tecnologias oara o Ensino de Línguas, 2015, Santa Maria. A Rede de Letramentos no Game The Grand Theft Auto V: Um Estudo de Caso, 2015.

11.
OLIVEIRA, V. O.; SCHEIFER, C. L. . O ESTADO DA ARTE NOS ESTUDOS DE VIDEOGAME E EDUCAÇÃO. In: Salão Universitário - UCPel, 2014, Pelotas. O ESTADO DA ARTE NOS ESTUDOS DE VIDEOGAME E EDUCAÇÃO, 2014.

12.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. ; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . O PIBID/Inglês à Luz dos Sistemas Complexos: Considerações Iniciais. In: XVII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão: Educação e Cultura para a Transformação de Pessoas, 2013, Santa Maria. As Influências do Videogame na Aprendizagem de Inglês: Um Estudo à Luz dos Sistemas Complexos, 2013.

13.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . Videogame: Um Atrator Caótico na Aquisição de Inglês como Língua Estrangeira. In: XXIII Semana de Letras: IX Seminário Internacional de Língua e Literatura, 2013, Santa Maria. Videogame: Um Atrator Caótico na Aquisição de Inglês como Língua Estrangeira, 2013.

14.
OLIVEIRA, V. O.; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . Leitura e Produção de Materiais Didático-Pedagógicos: O Desenvolvimento da Autonomia na Formação de Professores de Inglês como Língua Estrangeira. In: SEPE: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão: Aprender e Empreender na Educação e na Ciência, 2012, Santa Maria. LEITURA E PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS: O DESENVOLVIMENTO DA AUTONOMIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA, 2012.

15.
OLIVEIRA, V. O.; FIALHO, M. A. ; MARZARI, G. Q. . O PIBID como aliado ao enfrentamento de mitos e crenças negativas sobre o ensino de Inglês em escola pública. In: CEPESLI - III Fórum de Estudos Interacionistas e II Seminário de Formação: Interação em Sala de Aula de Línguas, 2012, Santa Maria. O PIBID como aliado ao enfrentamento de mitos e crenças negativas sobre o ensino de Inglês em escola pública, 2012.

16.
OLIVEIRA, V. O.; CAMPAIOLO, D. M. ; ROSS, H. S. ; OLIVEIRA, D. ; MARZARI, G. Q. . O videogame como ferramenta auxiliadora para a aquisição de Inglês como Língua Estrangeira. In: III Semana da Pedagogia, 2012, Santa Maria. O videogame como ferramenta auxiliadora para a aquisição de Inglês como Língua Estrangeira, 2012.

17.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . Desenvolvimento de motivação integrativa na aprendizagem de Inglês mediada por videogames. In: JETAL - Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas, 2012, Santa Maria. Desenvolvimento de motivação integrativa na aprendizagem de Inglês mediada por videogames, 2012.

18.
OLIVEIRA, V. O.; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . Leitura e Produção de Materiais Didático-Pedagógicos: A Busca da Autonomia na Formação de Professores de Inglês como Língua Estrangeira. In: II Seminário Interdisciplinar PIBID/UNIFRA: Tecnologias de Informação e Comunicação e a Sala de Aula, 2012, Santa Maria. LEITURA E PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS: A BUSCA DA AUTONOMIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA, 2012.

19.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . Abordagem Vygotskyana na Aprendizagem de Línguas Estrangeiras. In: II Semana da Pedagogia, 2011, Santa Maria. ABORDAGEM VYGOTSKYANA NA APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS, 2011.

20.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . Working as an EFL Monitor: What Are Our Roles?. In: SEPE - XV Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão: Educação e Ciência na Era Digital, 2011, Santa Maria. WORKING AS AN EFL MONITOR: WHAT ARE OUR ROLES?, 2011.

21.
OLIVEIRA, V. O.. Monitoria de Língua Inglesa: Uma Abordagem Sóciointeracionista na Formação Docente. In: Inletras XI - Seminário Internacional em Letras: Linguagens a Práticas Sócioculturais, 2011. MONITORIA DE LÍNGUA INGLESA: UMA ABORDAGEM SÓCIOINTERACIONISTA NA FORMAÇÃO DOCENTE.

22.
SIQUEIRA, A.S. ; MEA, C. H. P. D. ; OLIVEIRA, V. O. . O Uso de Estrangeirismos em Anúncios Publicitários Impressos.. In: Inletras XI - Seminário Internacional em Letras: Linguagens a Práticas Sócioculturais, 2011, Santa Maria. O USO DE ESTRANGEIRISMOS EM ANÚNCIOS PUBLICITÁRIOS IMPRESSOS, 2011.

23.
SIQUEIRA, A.S. ; MEA, C. H. P. D. ; OLIVEIRA, V. O. . Estrangeirismos em Anúncios Publicitários Impressos.. In: SEPE - XV Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão: Educação e Ciência na Era Digital, 2011, Santa Maria. ESTRANGEIRISMOS EM ANÚNCIOS PUBLICITÁRIOS IMPRESSOS, 2011.

24.
MEES, W. K. ; OLIVEIRA, V. O. ; MONTAGNER, L. ; MARZARI, G. Q. ; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . Elaboração de Materiais Didático-Pedagógicos para o Ensino de Leitura em Inglês como Língua Estrangeira: Uma Questão de Autonomia Docente.. In: Inletras X - Seminário Internacional em Letras: Linguagens: Interfaces e Deslocamentos, 2010, Santa Maria. ELABORAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS PARA O ENSINO DE LEITURA EM INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA: UMA QUESTÃO DE AUTONOMIA NA FORMAÇÃO DOCENTE, 2010.

Outras produções bibliográficas
1.
OLIVEIRA, V. O.; MARZARI, G. Q. . Second Language Acquisition as a Chaotic/Complex System. Santa Maria: Centro Universitário Franciscano, 2013 (Resenha).

2.
OLIVEIRA, V. O.; MACIEL, Adriana Macedo Nadal . Introduction: descrabing and explaining L2 acquisition. In: _____. Second Language Acquisition. 2012 (Resenha).

3.
SIQUEIRA, A.S. ; OLIVEIRA, V. O. ; MEA, C. H. P. D. . O Uso de Estrangeirismos em Anúncios Publicitários Impressos. Santa Maria: Novas Letras, 2011 (Resenha).


Demais tipos de produção técnica
1.
OLIVEIRA, V. O.. Introdução aos gêneros acadêmicos: resumo, resenha, artigo e projeto de pesquisa. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
OLIVEIRA, V. O.; CALEGARI, L. R. ; KAIZER, T. . Acento Diferencial. 2011. (Atuação em vídeo educativo).

3.
OLIVEIRA, V. O.; CALEGARI, L. R. ; KAIZER, T. ; SILVEIRA, L. ; IENSEN, L. . Acentuação das vogais tónicas/tônicas i e u. 2011. (Atuação em vídeo educativo).

4.
OLIVEIRA, V. O.. I Seminário Interdisciplinar PIBID/UNIFRA. 2011. (Atuação como monitor de evento).

5.
OLIVEIRA, V. O.. IN Letras - XI Seminário Internacional em Letras: Linguagens e Práticas Socioculturais.. 2011. (Atuação como monitor de evento).

6.
OLIVEIRA, V. O.. X IN Letras - Seminário Internacional em Letras. 2010.. 2010. (Atuação como monitor de evento).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Salão Universitário UCPEL.Componente da Comissão Avaliadora. 2017. (Outra).

2.
VI Seminário de Nacional de Linguística e Ensino de Língua Portuguesa.O PIBID como uma Comunidade de Prática. 2017. (Seminário).

3.
XVI InLETRAS I SIEHL VIII PIBID Tema: Ensino, linguagens e tecnologias.O Programa PIBID como Rede de Letramentos para a Formação de Professores de Letras. 2017. (Seminário).

4.
CELSUL - Círculo de Estudos Linguísticos do Sul - XII Encontro - 2016. Um Possível Estado da Arte das Publicações Sobre Letramentos Críticos em Games. 2016. (Congresso).

5.
III Diálogos Transdisciplinares LEAL - Linguagem e Cultura no Entremeio Identitário: Perspectivas. 2016. (Encontro).

6.
II SIGATEC - Simpósio Internacional de Games, Gamification e Tecnologias na Educação.Os Serious Games Como Alternativas Didáticas para o Ensino De Cultura E História Afro-Brasileira na Área de Linguagens. 2016. (Simpósio).

7.
Semana da África. 2016. (Oficina).

8.
Seminário Música e Literatura. 2016. (Seminário).

9.
A Filosofia de Slavoj ?i?ek como Retomada da Dialética Hegeliana. 2015. (Oficina).

10.
A Saturday in Brazil - Flash (Non) Fiction workshop. 2015. (Oficina).

11.
I Diálogos Interdisciplinares em Linguística Aplicada.O Game The Grand Theft Auto V como Letramento em Rede. 2015. (Simpósio).

12.
Minicurso: Linguagem e Tecnologias. 2015. (Outra).

13.
O uso de tecnologia na aula de língua estrangeira. 2015. (Oficina).

14.
Verbetes e atividades escolares: uma relação multimodal. 2015. (Oficina).

15.
XV Seminário Internacional em Letras Tema:Múltiplas linguagens e letramentos/ multiletramentos e linguagens.A ANÁLISE DE NEXO NO GAME THE GRAND THEFT AUTO V: UM ESTUDO DE CASO. 2015. (Seminário).

16.
CENOTEC - Colóquio sobre Educação e Novas Tecnologias Diálogos entre pesquisa e sala de aula.Introdução aos gêneros acadêmicos: resumo, resenha, artigo e projeto de pesquisa. 2014. (Simpósio).

17.
I Simpósio do GRUPO DE ESTUDOS ? LINGUAGENS, FRONTEIRAS, IDENTIDADES, CULTURAS ? GELFIC. 2014. (Simpósio).

18.
JETAL - III Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas. 2013. (Outra).

19.
Oficina de Fotografia - PIBID. 2013. (Oficina).

20.
XIII Seminário Internacional em Letras : Linguagem em (inter)ação. 2013. (Seminário).

21.
XVII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão: Educação e Cultura para a Transformação de Pessoas. 2013. (Simpósio).

22.
II Seminário Interdisciplinar PIBID/UNIFRA.Leitura e produção de materiais didático-pedagógicos: a busca da autonomia na formação de professores de Inglês como Língua Estrangeira. 2012. (Seminário).

23.
Produção de Artigo Científico. 2012. (Oficina).

24.
Ciclo de Palestras "Didática de la literatura: abordaje a los gêneros literarios". 2011. (Outra).

25.
II Semana da Pedagogia - Cultura da Escola: desafios à formação e atuação docente.Abordagem Vygotskyana na Aprendizagem de Línguas Estrangeiras. 2011. (Encontro).

26.
IN Letras - XI Seminário Internacional em Letras: Linguagens e Práticas Socioculturais.Monitoria de Língua Inglesa: Uma Abordagem Sóciointeracionista na Formação Docente. 2011. (Seminário).

27.
I Seminário Interdisciplinar PIBID/UNIFRA. 2011. (Seminário).

28.
Oficina de apoio técnico: Apresentação Oral em Eventos. 2011. (Oficina).

29.
Oficina de apoio técnico: currículo lattes - iniciantes. 2011. (Oficina).

30.
Oficina de apoio técnico: elaboração de projeto de pesquisa. 2011. (Oficina).

31.
Oficina de apoio técnico: elaboração de resenha para trabalho acadêmico. 2011. (Oficina).

32.
Oficina de apoio técnico: elaboração e produção de pôster. 2011. (Oficina).

33.
Oficina de apoio técnico: Intercâmbio(s): uma prática necessária à formação do sujeito pós-moderno. 2011. (Oficina).

34.
Oficina - Desinibição: A arte de falar. 2011. (Oficina).

35.
Série Debates "Cultura em Pauta". 2011. (Outra).

36.
Simpósio de Ensino Pesquisa e Extensão (SEPE).Working as an EFL Monitor: What are our roles?. 2011. (Simpósio).

37.
15ª Jornada Nacional de Educação. 2010. (Seminário).

38.
Fórum Global: A Cultura em Debate - AIESEC. 2010. (Encontro).

39.
O Ensino de língua inglesa nos dias atuais. 2010. (Oficina).

40.
Oficina - Elaboração de Curriculum Vitae. 2010. (Oficina).

41.
Oficina - Técnicas de Estudo e Memorização. 2010. (Oficina).

42.
X IN Letras - Seminário Internacional em Letras.Leitura e produção de materiais didático-pedagógicos: a busca da autonomia na formação de professores de inglês como língua estrangeira. 2010. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OLIVEIRA, V. O.; MARRONI, F. V. . CENOTEC - Colóquio sobre Educação e Novas Tecnologias Diálogos entre pesquisa e sala de aula. 2014. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/11/2018 às 20:51:40