Éverton Burlamarque Bettin

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5336258878762330
  • Última atualização do currículo em 09/10/2018


Mestre em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGB-UFPel). Atualmente doutorando e bolsista CAPES pelo mesmo programa. Desenvolve suas pesquisas no Laboratório de Vacinologia do Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDTec). Bolsista do Programa Jovens Talentos para a Ciência (CAPES) no período de 2012-2013. Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq) e do Programa Instituicional de Bolsas de Inovação Tecnologica (PIBIT/CNPq) durante o período de graduação. Atua na área de Biologia Molecular e Imunologia Aplicada com ênfase em clonagem molecular, expressão de proteínas recombinantes e na avaliação de vacinas e adjuvantes. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Éverton Burlamarque Bettin
Nome em citações bibliográficas
BETTIN, E;BETTIN, EVERTON;BETTIN, EB;Bettin, Everton Burlamarque

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Pelotas, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDTec).
Centro de Biotecnologia, Lab 7
Campus Universitário
96160000 - Capão do Leão, RS - Brasil
Telefone: (53) 32757350


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Biotecnologia.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Orientador: Odir Antônio Dellagostin.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2016 - 2018
Mestrado em Biotecnologia.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: Construção e avaliação de vacinas contra a leptospirose a partir de abordagem de vacinologia reversa e estrutural,Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: Odir Antônio Dellagostin.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2012 - 2015
Graduação em Biotecnologia.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: Expressão heteróloga de proteínas de Leptospira interrogans envolvidas na captação de fatores de regulação do sistema complemento.
Orientador: Odir Antônio Dellagostin.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
Biossegurança. (Carga horária: 15h).
TELELAB, UFSC, Brasil.
1999 - 2001
Ingles. (Carga horária: 290h).
British House, BRITISH HOUSE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Programa Institucional de Bolsas de Iniciação, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Programa Jovens Talentos para a Ciência

Atividades

07/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDTec).



Linhas de pesquisa


1.
Construcao e avaliacao de vacinas de subunidade e DNA recombinante contra leptospirose


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Vacinologia Reversa: localização de proteínas de superfície de Leptospira interrogans
Descrição: A leptospirose é uma doença tropical negligenciada que acomete mais de 1 milhão de pessoas em todo o mundo a cada ano, com cerca de 60 mil mortes. Ela é causada por espiroquetas do gênero Leptospira. A única vacina disponível para o controle da doença é a bacterina, que apesar de protetora e usada mundialmente para animais, oferece diversos efeitos adversos, imunidade de curta duração e restrita aos sorovares que compõem a formulação. Há uma necessidade urgente de desenvolvimento de novas vacinas contra a leptospirose capaz de conter o avanço da doença. Neste trabalho, uma nova abordagem é apresentada para descoberta de novos alvos vacinais, baseada na vacinologia reversa e estrutural. O objetivo principal deste trabalho é a confirmação da localização de alvos vacinais na superfície celular de L. interrogans através do estabelecimento de uma nova técnica in vitro. Assim, estudos de identificação dos componentes da membrana externa de leptospiras são importantes porque reduzem o número de proteínas que necessitam de ser avaliadas como potenciais alvos vacinais. Assim, analisamos o genoma de L. interrogans sorovar Copenhageni para identificação de proteínas expostas na superfície da bactéria usando uma escolha racional de sequências que codificam estas proteínas, possivelmente relacionadas à patogenicidade (GRASSMANN et al., 2017). Esta análise resultou em uma lista inicial de 165 b-OMPs e 54 lipoproteínas da membrana externa. Dentre estas 219 proteínas, 18 b-OMPs e 9 lipoproteínas da membrana externa foram selecionadas baseadas na predição de alta confiança. Esses resultados geraram 18 pedidos de patentes que foram enviados para avaliação pelo CIT da UFPel. Essa é uma nova estratégia para a busca de alvos para desenvolvimento de vacinas potencialmente protetoras contra leptospirose..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Aprimoramento de uma vacina universal contra Leptospirose
Descrição: A Leptospirose é uma zoonose responsável por grandes epidemias em centros urbanos de países em desenvolvimento. Somente no Brasil, ~10,000 casos de leptospirose grave são registrados anualmente durante as epidemias urbanas com uma taxa de mortalidade entre 15 e 70%, dependendo da evolução clínica da doença. A ausência de medidas de controle e a falta de um teste diagnóstico laboratorial com alta sensibilidade e especificidade têm sido grandes barreiras na geração de uma resposta efetiva para saúde pública. Esta proposta é uma continuidade dos projetos CNPq Universal 2011 e 2012, nos quais identificamos uma região da proteína LigB, um determinante de virulência específico para Leptospira spp. patogênicas, que protege hamsters contra um desafio letal (80-100%, P 0.01) induzindo imunidade esterilizante nos sobreviventes. Desta forma, considerando que agora temos uma candidata a vacina, os principais objetivos desta proposta são: 1) Desenvolver uma vacina universal com proteção-cruzada; 2) Avaliar a duração de eficácia induzida pela LigBrep/Alhydrogel; 3) Desenvolver uma vacina oral; e 4) Identificar correlatos de imunidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Desenvolvimento de quimeras recombinantes como imunógenos contra a leptospirose animal
Descrição: Apesar dos avanços tecnológicos que têm auxiliado no controle de doenças nas últimas décadas, leptospirose continua sendo tanto um problema de saúde pública, como uma causa de severas perdas econômicas na produção animal. O controle da leptospirose animal baseia-se na vacinação, porém as vacinas comercialmente disponíveis apresentam limitações, pois conferem proteção de curta duração, e apenas contra um limitado número de sorovares. Os sorvares utilizados na produção de vacinas foram isolados em outros países, e possivelmente não sejam os mesmos que causam surtos no nosso país. Este projeto tem por objetivo consolidar os estudos iniciados em 2004, resultantes do projeto genoma de Leptospira interrogans, o qual mobilizou vários grupos de pesquisa do país. Estamos propondo avaliar os antígenos mais promissores produzidos na forma de quimera, em diferentes sistemas de expressão, e formulados com distintos adjuvantes. Com isso, teremos um conjunto de informações até então indisponível, e que servirá para orientar a escolha de cepas para a produção de uma vacina otimizada para a situação epidemiológica do nosso país. Dessa forma, as chances de obtenção de um produto inovador e de grande impacto no controle da leptospirose passam a ser reais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
Construção e avaliação de vacinas de subunidade e DNA recombinante contra leptospirose.
Descrição: Espiroquetas patogênicas do gênero Leptospira são causadoras da leptospirose, uma doença zoonótica emergente responsável por cerca de 500 mil casos anuais de infecção severa em todo o mundo. A infecção é contraída por contato direto ou indireto com urina de animais portadores, também por solo, água ou alimentos contaminados. As vacinas utilizadas para controle da infecção são bacterinas, que consistem em isolados locais da bactéria inativada e, por isso, são sorovares específicas e falham em conferir proteção cruzada. Além disso, essas vacinas geram uma imunidade de curta duração, requerendo reforços anuais, e apresentam uma alta reatogenicidade. Atualmente o foco é no desenvolvimento de vacinas recombinantes contra a leptospirose, utilizando componentes da bactéria, como fatores de virulência e de motilidade bacteriana, LPS e proteínas de membrana externa. Novas estratégias para a obtenção e produção de antígenos, bem como diferentes formas de apresentação desses antígenos ao sistema imune tem sido exploradas, como vacinas de subunidade e de DNA recombinante. Vários antígenos têm sido testados e estes apresentam capacidade imunoprotetora variável, contudo, nenhum trabalho obteve proteção heteróloga total, estatisticamente significativa, esterilizante e sem efeitos adversos. Nesse contexto, esse projeto tem por objetivo a produção de vacinas de subunidade e de DNA recombinante, a partir de sequências genômicas de Leptospira, depositadas no GenBank, que codificam para proteínas de membrana externa, transmembrana ou quaisquer que estejam relacionadas com a patogênese da doença, bem como a avaliação do potencial imunoprotetor das mesmas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Aplicada.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Vacinologia.


Idiomas


Inglês
Compreende BemLê Bem.


Prêmios e títulos


2015
Prêmio Jovem Pesquisador XXIV Congresso de Iniciação Científica UFPel - Área: Multidisciplinar, Universidade Federal de Pelotas.
2014
1º Lugar XXIII Congresso de Iniciação Científica UFPel - Area: Multidisciplinar, Universidade Federal de Pelotas.
2012
Jovens Talentos para a Ciência, CAPES.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DELIBERALLI, IVÂNIA2014DELIBERALLI, IVÂNIA ; BETTIN, EVERTON ; GRASSMANN, ANDRÉ ; NETO, AMILTON ; COLONETTI, KARINA ; DELLAGOSTIN, ODIR ; SILVA, EVERTON . Heterologous expression and purification of Leptospira spp recombinant proteins to leptospirosis vaccine development. BMC PROCEEDINGS, v. 8, p. P141, 2014.

Capítulos de livros publicados
1.
Grassmann, André Alex ; da Cunha, Carlos Eduardo Pouey ; Bettin, Everton Burlamarque ; McBride, Alan John Alexander . Overview of Leptospirosis. In: Sunit K. Singh. (Org.). Neglected Tropical Diseases. 1ed.Cham: Springer International Publishing, 2017, v. 1, p. 245-275.

2.
BETTIN, E; CUNHA, C. E. P. ; SEIXAS NETO, A. C. P. ; MEDEIROS, M. A. ; DELLAGOSTIN, O. A. . Avaliação da resposta imunoprotetora contra leptospirose induzida por antígeno LigAni associado a diferentes adjuvantes. Trabalhos premiados 2014 / 23º Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 16º ENPOS: Encontro de Pós-Gradiação UFPEL. 1ed.Pelotas: Editora da UFPel, 2016, v. 1, p. 253-262.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BETTIN, E; BAKRI, A. F. ; SOUZA, J. D. ; KREMER, F. S. ; GRASSMANN, A. A. ; DELLAGOSTIN, O. A. . MODELAGEM ESTRUTURAL E PREDIÇÃO DE PORÇÕES IMUNOGÊNICAS DE PROTEÍNAS DE MEMBRANA EXTERNA DE LEPTOSPIRAS APLICADO AO DESENVOLVIMENTO DE VACINAS RECOMBINANTES. In: XVIII Encontro de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas, 2016, Pelotas. Anais do XVIII Encontro de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas, 2016.

2.
BAKRI, A. F. ; BETTIN, E ; CUNHA, C. E. P. ; DELLAGOSTIN, O. A. . EXPRESSÃO HETERÓLOGA DE PROTEÍNAS DE Leptospira interrogans ENVOLVIDAS NA CAPTAÇÃO DE FATORES DE REGULAÇÃO DO SISTEMA COMPLEMENTO. In: XXV Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2016, Pelotas. Anais do XXV Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2016.

3.
BETTIN, E; CUNHA, C. E. P. ; SEIXAS NETO, A. C. P. ; MEDEIROS, M. A. ; DELLAGOSTIN, O. A. . AVALIAÇÃO DE VACINAS RECOMBINANTES CONTRA LEPTOSPIROSE CONTENDO OS ANTÍGENOS LigBrep E LigBni ASSOCIADOS A UM ADJUVANTE A BASE DE SAPONINA. In: XXIV Congresso de Iniciação Científica - UFPEL, 2015, Pelotas. Anais do XXIV Congresso de Iniciação Científica - UFPEL, 2015.

4.
ANCIUTI, A. ; WALDMAN, J. ; BITTENCOURT, N. C. ; BETTIN, E ; COLONETTI, K. ; SILVA, E. F. . Produção e caracterização de IgY anti-LigA de Leptospira interrogans. In: XXIII Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2014, Pelotas. Anais XXIII CIC-UFPel, 2014.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
HECKTHEUER, A. S. ; BETTIN, E ; CUNHA, C. E. P. ; GRASSMANN, A. A. ; MCBRIDE, A. J. A. ; DELLAGOSTIN, O. A. . DESENHO DE QUIMERAS RECOMBINANTES PARA USO EM VACINAS CONTRA A LEPTOSPIROSE UTILIZANDO ABORDAGEM ESTRUTURAL. In: V Simpósio de Biotecnologia: O potencial da Integração Científica - UFPel, 2017, Pelotas. Anais do V Simpósio de Biotecnologia - UFPel, 2017.

2.
HECKTHEUER, A. S. ; BETTIN, E ; CUNHA, C. E. P. ; DELLAGOSTIN, ODIR ; GRASSMANN, ANDRÉ ; MCBRIDE, A. J. A. . DESIGN AND EXPRESSION OF RECOMBINANT CHIMERIC PROTEINS USING LEPTOSPIRAL ANTIGENS IDENTIFIED BY REVERSE AND STRUCTURAL VACCINOLOGY. In: II Escola Gaúcha de Bioinformática, 2017, Porto Alegre. Anais da II Escola Gaúcha de Bioinformática, 2017.

3.
HECKTHEUER, A. S. ; BETTIN, E ; GRASSMANN, A. A. ; SOUZA, J. D. ; CUNHA, C. E. P. ; MCBRIDE, A. J. A. ; DELLAGOSTIN, O. A. . PREDIÇÃO IN SILICO DE PORÇÕES IMUNOGÊNICAS DE PROTEÍNAS DE LEPTOSPIRA SPP. APLICADO AO DESENVOLVIMENTO DE VACINAS RECOMBINANTES. In: 16ª Mostra da Produção Universitária - FURG, 2017, Rio Grande. Anais da 16ª Mostra da Produção Universitária - FURG, 2017.

4.
BETTIN, EB; CUNHA, C. E. P. ; SEIXAS NETO, A. C. P. ; PESTANA, C. P. ; MEDEIROS, M. A. ; DELLAGOSTIN, O. A. . AVALIAÇÃO DA RESPOSTA IMUNOPROTETORA CONTRA LEPTOSPIROSE INDUZIDA POR ANTÍGENO LIGANI ASSOCIADO A DIFERENTES ADJUVANTES. In: 1º BiotecSul, 2014, Lajeado. Anais do I Congresso de Biotecnologia da Região Sul: Cenário Atual e Perspectivas Futuras. Lajeado: Editora Univatesq, 2014. v. 1. p. 142.

Apresentações de Trabalho
1.
BETTIN, E; CUNHA, C. E. P. . Mini Curso - Clonagem de DNA e expressão de proteína recombinante. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
BETTIN, E; BAKRI, A. F. ; SOUZA, J. D. ; KREMER, F. S. ; GRASSMANN, A. A. ; DELLAGOSTIN, O. A. . Modelagem estrutural e predição de porções imunogênicas de proteínas de membrana externa de leptospiras aplicado ao desenvolvimento de vacinas recombinantes. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
BETTIN, E. Mural GBiotec - Laboratório de Vacinologia CDTec. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
V Simpósio de Biotecnologia - UFPel.Mini Curso - Clonagem de DNA e expressão de proteína recombinante. 2017. (Simpósio).

2.
1ª Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão. Avaliação de vacinas recombinantes contra a leptospirose contendo os antígenos LigBrep e LigBni associados a um adjuvante a base de saponina. 2015. (Congresso).

3.
III Simpósio de Biotecnologia. 2015. (Simpósio).

4.
Extração de DNA e Polimorfismos Genéticos - II Simpósio de Biotecnologia. 2014. (Simpósio).

5.
II Simpósio de Biotecnologia - Informação e Tecnologia. 2014. (Simpósio).

6.
XXIII Congresso de Iniciação Cientifica - UFPel. AVALIAÇÃO DA RESPOSTA IMUNOPROTETORA INDUZIDA POR ANTÍGENO LigAni ASSOCIADO A DIFERENTES ADJUVANTES. 2014. (Congresso).

7.
5º Congresso Brasileiro de Biotecnologia. Heterologous expression and purification of Leptospira spp recombinant proteins to leptospirosis vaccine development. 2013. (Congresso).

8.
Cultivo Celular e Engenharia Tecidual - I Simpósio de Biotecnologia. 2013. (Simpósio).

9.
Estratégias para purificação de Proteinas - GE Healthcare. 2013. (Outra).

10.
Proteínas Recombinantes de Interesse Biotecnológico - GE Healthcare. 2013. (Outra).

11.
Simpósio de Biotecnologia - Pesquisa e Desafios para Inovação. 2013. (Simpósio).

12.
II Jornada de Biotecnologia - UFPel. 2012. (Outra).

13.
VI Ciência e Cultura. 2009. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BETTIN, E. III Simpósio de Biotecnologia - UFPel. 2015. (Outro).

2.
BETTIN, E. XXII Congresso de Iniciação Científica - UFPel. 2013. (Congresso).

3.
SOARES, C. A. ; BETTIN, E . III Clínica do PBC: fortalecendo o basquete gaúcho. 2009. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Amanda Silva Hecktheuer. Desenvolvimento de vacinas recombinantes contra a leptospirose. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas. (Orientador).



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BETTIN, E. XXII Congresso de Iniciação Científica - UFPel. 2013. (Congresso).

2.
BETTIN, E. III Simpósio de Biotecnologia - UFPel. 2015. (Outro).



Outras informações relevantes


Exame TOEFL ITP realizado no dia 14/03/2018 com uma pontuação obtida de 597 (B2).

1ª colocação no processo seletivo para o mestrado no Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da UFPel (2016).

1ª colocação no processo seletivo para o doutorado no Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da UFPel (2018)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 18:31:12