Ronei de Almeida

Bolsista de Doutorado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2844710522370160
  • Última atualização do currículo em 18/11/2018


Possui graduação em Engenharia Química (2016) e mestrado em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos (2018) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é professor substituto do Departamento de Engenharia Bioquímica (DEB/EQ/UFRJ) e pesquisador (doutorado) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Tecnologia Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: resíduos sólidos, tratamento de lixiviado de aterro de resíduos sólidos, tratamento de águas residuárias e de abastecimento, reúso e poluição hídrica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ronei de Almeida
Nome em citações bibliográficas
ALMEIDA, R.;DE ALMEIDA, RONEI


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Avaliação da recirculação do concentrado proveniente dos processos de separação por membranas na geração, composição e no tratamento de lixiviado de aterro sanitário,
Orientador: Juacyara Carbonelli Campos.
Coorientador: Daniele Maia Bila, Bianca Ramalho Quintaes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Resíduos sólidos urbanos; Lixiviado; Osmose inversa; Nanofiltração.
2016 - 2018
Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Aplicação de cal e nanofiltração no tratamento de lixiviado de aterro sanitário: avaliação tecnológica e estimativa de custos,Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: Fabio de Almeida Oroski.
Coorientador: Juacyara Carbonelli Campos.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Lixiviado; Cal; Coagulação-floculação; Arraste; Nanofiltração; Avaliação Tecno-Econômica.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Químicos.
2010 - 2016
Graduação em Engenharia Química.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Utilização de Nanofiltração e Osmose Inversa no Tratamento de Lixiviado de Aterro Sanitário.
Orientador: Juacyara Carbonelli Campos.
2007 - 2009
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Palas, CP, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
A Engenharia Metabólica na Bioengenharia Moderna. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2018 - 2018
Fundamentos da Gestão de Resíduos Sólidos na Indústria Química. (Carga horária: 2h).
Conselho Regional de Química III Região, CRQ-III, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em TOEFL iBT® Online Prep Course: Complete. (Carga horária: 60h).
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em Curso de Inglês My English Online (MEO). (Carga horária: 180h).
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2017 - 2017
Perdas em Sistemas de Abastecimento de Águas. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2017 - 2017
Gerenciamento de Res. Sólidos Domiciliares e de Serv. Saúde na Cidade do RJ. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2017 - 2017
Produção e Consumo Sustentáveis. (Carga horária: 40h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2014 - 2014
Processos para Tratamento de Águas Residuárias. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2013 - 2013
Criatividade Tecnológica, Mineral e Ambiental. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em MediAção em Museus e Centros de Ciências. (Carga horária: 24h).
Museu de Astronomia e Ciências Afins, MAST, Brasil.
2012 - 2012
Corrosão na Indústria de Petróleo. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2011 - 2011
Análise de Gás de Reforma por Cromatografia em Fase Gasosa. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor auxiliar, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Analista técnico, Carga horária: 4
Outras informações
Analista técnico voluntário na caracterização físico-química de amostras de lixiviado do aterro metropolitano de Gramacho (RJ).

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Voluntário, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 6
Outras informações
Responsável por acompanhar recolhimento de amostras de água no leito do Rio Doce (Ipatinga, MG), para serem analisadas no PAM Membranas Seletivas Ltda e Laboratório de Tratamento de Águas e Reúso de Efluentes (LabTare). As atividades que integraram o subprojeto compreenderam um programa de monitoramento de curta duração dos Rios Gualaxo do Norte, do Carmo e Doce no sentido de caracterizar o atual estado da qualidade das águas, obedecendo aos mesmos pontos de amostragem que perfazem o Programa de Monitoramento Especial do Rio Doce, em condução pela Agência Nacional de Águas (ANA), pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), pelo Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM-MG) e pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IEMA-ES). Para a avaliação da contaminação de ambientes aquáticos, foram analisados diversos parâmetros físico-químicos, além da eventual toxicidade das amostras.

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 6

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30

Atividades

03/2018 - Atual
Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Engenharia do Meio Ambiente
03/2018 - Atual
Ensino, Engenharia Ambiental, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biotecnologia Ambiental
03/2018 - Atual
Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Controle Ambiental na Indústria de Alimentos
03/2018 - Atual
Ensino, Engenharia de Bioprocessos, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biotecnologia Ambiental
09/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Química, Laboratório de Tratamento de Águas e Reúso de Efluentes (LabTare).

09/2016 - 05/2017
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Química, Laboratório de Tratamento de Águas e Reúso de Efluentes (LabTare).

03/2016 - 07/2016
Estágios , Escola de Química, Laboratório de Tratamento de Águas e Reúso de Efluentes (LabTare).

Estágio realizado
Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias.
08/2013 - 07/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Química, Laboratório de Tratamento de Águas e Reúso de Efluentes (LabTare).

10/2012 - 05/2014
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Química, Instituto de Química.

Atividade realizada
Monitoria Química Geral (Programa de Apoio Pedagógico), Química Orgânica Experimental I e II.
12/2011 - 06/2012
Estágios , Centro Cultural de Ciência e Tecnologia, Casa da Ciência.

Estágio realizado
Mediação em Museus e Centros de Ciências.

Fundação Coordenação de Projetos, Pesquisas e Estudos Tecnológicos, COPPETEC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 12

Atividades

01/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Federal do Rio de Janeiro, Laboratório de Tratamento de Águas e Reúso de Efluentes (LabTare).


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador (Doutorado), Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador (mestrado), Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20


USINAVERDE S/A, USINAVERDE, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20


Vila Isabel Vestibulares, VIVE, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4



Linhas de pesquisa


1.
Avaliação Econômica Preliminar de Projetos

Objetivo: Avaliar o desempenho econômico previsto para processos em fase de projeto e realizar estudos de viabilidade técnico-econômica.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Engenharia Econômica / Especialidade: Avaliação de Projetos.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Engenharia Econômica / Especialidade: Análise de Custos.
Setores de atividade: Atividades de serviços financeiros.
Palavras-chave: Engenharia econômica; Gestão tecnológica; Viabilidade tecno-econômica.
2.
Tratamento de Lixiviado de Aterros de Resíduos Sólidos

Objetivo: Avaliar a aplicação de tecnologias tradicionalmente empregadas no tratamento de águas resíduárias no tratamento de lixiviado de aterro de resíduos sólidos para remoção de compostos recalcitrantes, nitrogênio amoniacal e micropoluentes, assim como, investigar a utilização de técnicas emergentes atreladas ao estudo da viabilidade tecno-econômica desses processos.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária.
Setores de atividade: Coleta, tratamento e disposição de resíduos; recuperação de materiais; Descontaminação e outros serviços de gestão de resíduos; Esgoto e atividades relacionadas.
Palavras-chave: Lixiviado; Resíduos sólidos urbanos; Aterro Sanitário.
3.
Tratamento de Lixiviado de Aterros de Resíduos Sólidos
4.
Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias
5.
Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias
6.
Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias

Objetivo: Avaliar os fatores técnicos e econômicos dos processos de tratamento para remoção de agentes contaminantes das descargas de água de instalações domésticas, industriais e comerciais para descarte ou reúso, assim como de escoamento superficial para abastecimento e consumo humano.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Recursos Hídricos.
Setores de atividade: Captação, tratamento e distribuição de água; Esgoto e atividades relacionadas.
Palavras-chave: Poluição hídrica; Águas residuárias; Águas de abastecimento.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
FAPERJ - Apoio às Instituições Sediadas no Estado do RJ - E-26/010.001868/2015 - Tratamento de lixiviado em Estação de Tratamento de Esgotos: Avaliação da Degradação de Substâncias Húmicas, Toxicidade e Desregulação Endócrina

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Juacyara Carbonelli Campos em 31/01/2018.
Descrição: Segundo especialistas no assunto, o fechamento dos lixões (obrigatório a partir da Política Nacional de Resíduos Sólidos a partir de 2010) e a criação de novos aterros sanitários, vão gerar uma grande demanda de tratamento de lixiviado e esse é o elo da cadeia que mais precisa evoluir. A obtenção de eficiências satisfatórias em sistemas de tratamento de lixiviados, sejam eles físico-químicos ou biológicos, tem-se mostrado um problema de engenharia extremamente complexo e a escassez de dados a respeito do tratamento de lixiviados dificulta o projeto dos sistemas de tratamento. O tratamento combinado de lixiviado de aterro sanitário e esgoto doméstico em Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) vem surgindo como uma alternativa viável, embora precise ser melhor estudado sobre suas condições operacionais, faixa ideal de relação lixiviado/esgoto, possíveis alterações nas características da biomassa, toxicidade do efluente tratado, degradação de substâncias húmicas presentes no lixiviado e introdução de substâncias que não são degradadas normalmente em uma ETE e que possuem a característica de desregulação endócrina. Desta maneira, o presente projeto avaliará o desempenho do sistema de lodo ativado no tratamento de misturas lixiviado esgoto, focando nos itens supracitados. Serão avaliados lixiviados de diferentes origens (aterro fechado, aterro aberto em operação e lixão fechado). O presente estudo contribuirá para determinar o destino do lixiviado durante tratamento biológico que ocorre na ETE, ou seja, se a proporção de lixiviado presente na mistura permanece no efluente tratado, se ele causa toxicidade ao processo diminuindo a eficiência do tratamento ou mesmo se há ocorrência de cometabolização, o que permitiria a degradação de substâncias húmicas presentes no lixiviado. Além disso, o presente projeto pretende avaliar a granulação do lodo aeróbio e sua utilização com maiores proporções de lixiviado, sem que haja comprometimento da eficiência do tratamento.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Ronei de Almeida - Integrante / Juacyara Carbonelli Campos - Coordenador / Daniele Maia Bila - Integrante / Daniela Vidal Vasconcelos - Integrante / Alexandre Lioi Nascentes - Integrante / Igor Lopes Guerra - Integrante / Camila Pereira Pesci - Integrante.
2016 - Atual
APQ1 Faperj - E-26/010.002064/2015 - Utilização de Processos Oxidativos Avançados como etapa de tratamento de lixiviado de aterro sanitário com ênfase na avaliação da toxicidade

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Juacyara Carbonelli Campos em 31/01/2018.
Descrição: O lixiviado de aterro sanitário possui uma composição altamente variável e heterogênea, e ainda que lixiviados produzidos em aterros jovens contêm grandes quantidades de ácidos voláteis, como resultado da fermentação da fase ácida e que os aterros antigos produzem lixiviados com uma grande proporção de compostos orgânicos presentes, conhecidas como substâncias húmicas e fúlvicas. Dentro de um panorama mais contemporâneo, os Processos Oxidativos Avançados (POA) têm obtido cada vez mais destaque, principalmente no que diz respeito ao tratamento de efluentes e/ou compostos recalcitrantes. Essas tecnologias são baseadas na geração de radicais hidroxila altamente reativos (HO?) que atuam como oxidante primário destruindo uma variedade de poluentes orgânicos. O elevado potencial do radical hidroxila permite que atue na oxidação de complexas moléculas orgânicas, levando, em muitos casos, à mineralização total em CO2 e H2O. A eficiência de procedimentos de pré-tratamento pode ser confiavelmente avaliada por bioensaios, que em contraste com a análise química pode ser usado para caracterizar a toxicidade de lixiviados de aterros, integrando o impacto complexo de todos os seus constituintes. Diante disso, o presente projeto tem como objetivo estudar a aplicação de diferentes POAs como etapa de tratamento de lixiviado de aterro sanitários com características recalcitrantes, avaliando a toxicidade do efluente gerado.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: Ronei de Almeida - Integrante / Juacyara Carbonelli Campos - Coordenador / Fábio Moraes da Costa - Integrante / Alyne Moraes Costa - Integrante / Sarah Dario Alves Daflon - Integrante / Leticia Sobral Maia dos Santos Lima - Integrante / heloisa barros bastos - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2018 - 2018
ESC.QUI-20785 Permeação em Membranas Visando a Redução de Cor, DQO e Sais do Efluente Tratado da ETDI Procosa LOreal/RJ para Reúso
Descrição: Os processos de separação por membranas (PSM) têm sido utilizados nos diversos setores de atividade na indústria química, na área médica, passando pela biotecnologia, indústria alimentícia e farmacêutica e tratamento de águas industriais e municipais. Neste contexto, o presente projeto tem como objetivo avaliar o uso de PSM no tratamento de efluente da estação de tratamento de despejos industriais (ETDI)..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ronei de Almeida - Integrante / Juacyara Carbonelli Campos - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Saneamento Básico/Especialidade: Residuos Sólidos, Domésticos e Industriais.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LIMA, LETÍCIA S. M. S.2017LIMA, LETÍCIA S. M. S. ; DE ALMEIDA, RONEI ; QUINTAES, BIANCA R. ; BILA, DANIELE M. ; CAMPOS, JUACYARA C. . Evaluation of humic substances removal from leachates originating from solid waste landfills in Rio de Janeiro State, Brazil. JOURNAL OF ENVIRONMENTAL SCIENCE AND HEALTH PART A-TOXIC/HAZARDOUS SUBSTANCES & ENVIRONMENTAL ENGINEERING, v. 52, p. 1-9, 2017.

2.
MAIA S. LIMA, LETÍCIA SOBRAL2016MAIA S. LIMA, LETÍCIA SOBRAL ; DE ALMEIDA, RONEI ; QUINTAES, BIANCA RAMALHO ; BILA, DANIELE MAIA ; CAMPOS, JUACYARA CARBONELLI . Análise de metodologias de quantificação de substâncias húmicas em lixiviados de aterros de resíduos sólidos. Revista Ambiente & Água, v. 12, p. 87, 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DE ALMEIDA, RONEI; CAMPOS, J. C. . Utilização de nanofiltração e osmose inversa no tratamento de lixiviado de aterro sanitário. In: Congresso ABES/ FENASAN 2017, 2017, São Paulo. Congresso ABES/ FENASAN 2017, 2017.

2.
DE ALMEIDA, RONEI; OROSKI, F. A. ; CAMPOS, J. C. . Treatment of landfill leachate by a combined process of coagulation-flocculation and nanofiltration. In: 16th International Waste Management and Landfill Symposium, 2017, Sardinia. 16th International Waste Management and Landfill Symposium, 2017.

3.
LIMA, L. S. M. ; ALMEIDA, R. ; BILA, D. M. ; CAMPOS, J. C. . Evaluation of fenton process for humic substances removal in diferent landfill leachates in Rio de Janeiro state, Brazil. In: 16th International Waste Management and Landfill Symposium, 2017, 2017, S. Margherita di Pula, Italy. Proceedings Sardinia 2017 / Sixteenth International Waste Management and Landfill Symposium.

4.
LIMA, L. S. M. ; ALMEIDA, R. ; BILA, D. M. ; CAMPOS, J. C. . Characterization of leachates generated in three different landfills in Rio de Janeiro state, Brazil. In: 16th International Waste Management and Landfill Symposium, 2017, Sardinia, 2017, S. Margherita di Pula, Italy. Proceedings Sardinia 2017 / Sixteenth International Waste Management and Landfill Symposium, 2017.

5.
SILVA, P. N. ; ALMEIDA, R. ; CAMPOS, J. C. . Avaliação da eficiência da coagulação/floculação como pré-tratamento de lixiviado de aterro sanitário. In: 10º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE QUALIDADE AMBIENTAL, 2016, Rio Grande do Sul. 10º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE QUALIDADE AMBIENTAL, 2016.

6.
LIMA, LETÍCIA S. M. S. ; DE ALMEIDA, RONEI ; BILA, DANIELE M. ; CAMPOS, J. C. . Methodologies for quantification of humic acids in landfill leachate. In: Fifteenth International Waste Management and Landfill Symposium, Sardinia 2015, 2015, S. Margherita di Pula,Cagliari. Sardinia 2015, 2015.

7.
Gouvea, R. ; DE ALMEIDA, RONEI ; CAMPOS, JUACYARA C. . Uso de processos de separação de membranas no tratamento de lixiviado de aterro sanitário estabilizado. In: XII Simpósio Italo Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2014, Natal. XII Simpósio Italo Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2014.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DE ALMEIDA, RONEI; Gouvea, R. ; CAMPOS, JUACYARA C. . Utilização de nanofiltração e zeólitas em sistemas de tratamento de lixiviado de aterro de resíduos. In: XIV Colóquio Anual de Engenharia Química, 2014, Rio de Janeiro. XIV Colóquio Anual de Engenharia Química, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
DE ALMEIDA, RONEI. Utilização de nanofiltração e osmose inversa no tratamento de lixiviado de aterro sanitário. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
DE ALMEIDA, RONEI. Remoção de substâncias húmicas presentes no lixiviado do aterro de gericinó, por processo de coagulação/floculação. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
DE ALMEIDA, RONEI. Metodologias de quantificação de substâncias húmicas em lixiviados de aterros de resíduos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
DE ALMEIDA, RONEI. Avaliação da inibição de salinidade e fenol em lodos ativados e processo PACT ® (Powdered Activated Carbon Treatment). 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
DE ALMEIDA, RONEI. Utilização de nanofiltração e zeólitas em sistemas de tratamento de lixiviado de aterro de resíduos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
DE ALMEIDA, RONEI. Utilização de nanofiltração e zeólitas em sistemas de tratamento de lixiviado de aterro de resíduos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
DE ALMEIDA, RONEI. Introdução aos Processos Químicos e Bioquímicos. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Dias, I. N. ; DE ALMEIDA, RONEI . Tratamento de águas residuárias e resíduos sólidos. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BASSIN, I. N. D.; DE ALMEIDA, RONEI; SARAIVA, B.; NICOLINI, J. V.. Participação em banca de Debora Bizzo Brum Pereira.Os avanços da política nacional de resíduos sólidos. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
MEHL, A.; FONSECA, F. V.; COSTA, D.; DE ALMEIDA, RONEI. Participação em banca de Karoline Pugnaloni da Silva.Rotas alternativas para reaproveitamento da vinhaça gerada na indústria sucroalcooleira. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
DUARTE, K. L. S.; MATHEUS, M. C.; DE ALMEIDA, RONEI; BASSIN, I. N. D.; BASSIN, J. P.. Participação em banca de Maurício Soares Junior e João Pedro de Oliveira Aguiar.Start-up de um reator de leito móvel com biofilme anaeróbio para o tratamento de efluente de cervejaria. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
DE ALMEIDA, RONEI. Avaliador de resumos da 9ª Semana de Integração Acadêmica da UFRJ. 2018. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
DE ALMEIDA, RONEI. Avaliador de resumos da 8ª Semana de Integração Acadêmica da UFRJ. 2017. Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
4rd Workshop on Environmental Engineering. Environmental Engineering Program (PEA). POLI/EQ/UFRJ. 2018. (Seminário).

2.
Dia Mundial do Meio Ambiente. 2018. (Encontro).

3.
XVIII Colóquio Anual do Programa de Engenharia Química da COPPE/UFRJ. 2018. (Outra).

4.
16th International Waste Management and Landfill Symposium.Treatment of landfill leachate by a combined process of coagulation-flocculation and nanofiltration. 2017. (Simpósio).

5.
3rd Workshop on Environmental Engineering. Environmental Engineering Program (PEA). POLI/EQ/UFRJ. 2017. (Exposição).

6.
Conferência Diversidade Empodera 2017. 2017. (Encontro).

7.
Congresso ABES/FENASAN 2017. Utilização de nanofiltração e osmose inversa no tratamento de lixiviado de aterro sanitário. 2017. (Congresso).

8.
Green Chemistry Day. 2017. (Seminário).

9.
Workshop Logística Reversa, Inovação e Sustentabilidade. 2017. (Outra).

10.
10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental.Avaliação da eficiência da coagulação/floculação como pré-tratamento de lixiviado de aterro sanitário. 2016. (Simpósio).

11.
XXXVIII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ. Utilização de nanofiltração e osmose inversa no tratamento de lixiviado de aterro sanitário. 2016. (Feira).

12.
15th International Waste Management and Landfill Symposium.Methodologies for quantification of humic acids in landfill leachate. 2015. (Simpósio).

13.
XXXVII Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural. Remoção de substâncias húmicas presentes no lixiviado de Gericinó por processo de coagulação/floculação. 2015. (Feira).

14.
XII Simpósio Italo Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental.Uso de processos de separação de membranas no tratamento de lixiviado de aterro sanitário estabilizado. 2014. (Simpósio).

15.
XVI Colóquio Anual de Engenharia Química.Utilização de nanofiltração e zeólitas no tratamento de sistemas de lixiviado de aterro de resíduos. 2014. (Outra).

16.
XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural. Utilização de nanofiltração e zeólitas no tratamento de sistemas de lixiviado de aterro de resíduos. 2014. (Feira).

17.
32º Congresso do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior. Organização e Monitoria. 2013. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Mariana Brito do Couto. Avaliação de MBR no tratamento de efluente de refinaria. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
DE ALMEIDA, RONEI. Introdução aos Processos Químicos e Bioquímicos. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Dias, I. N. ; DE ALMEIDA, RONEI . Tratamento de águas residuárias e resíduos sólidos. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Outras informações relevantes


Aprovado em 1º lugar no processo seletivo para Doutorado (2018/3) do Programa de Pós-graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos (EPQB/EQ/UFRJ) da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Aprovado em 1º lugar no Concurso Público para contratação de Professor Substituto referente ao Edital nº 714 de 17/11/2017 para o Departamento de Engenharia Bioquímica/ Engenharia e Tecnologia Ambiental da Universidade Federal do Rio de Janeiro, publicado no Diário Oficial da União (DOU) nº 239 de 14/12/2017 Seção 3, página 59. Aprovado em 1º lugar no processo seletivo Mestrado Acadêmico (MA 2016/3) do Programa de Pós-graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos (EPQB/EQ/UFRJ) da Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/11/2018 às 21:32:37