Hamilton Richard Alexandrino Ferreira Dos Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5855497908445199
  • Última atualização do currículo em 03/11/2018


É doutor em Ciências Sociais pelo Departamento de Estudos Latino-americanos, ELA-UNB. Professor adjunto do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências, IHAC e do Centro de Formação em Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia, UFSB. Membro/pesquisador do Grupo de Estudos Comparados México, Caribe, América Central e Brasil (MeCACB), uma parceria do Departamento de Estudos sobre as Américas, ELA, da Universidade de Brasília, com The Migrations and Society Research Unit (URMIS) - Université Paris-Sorbonne. Também é membro do GT CLACSO Política y producción audiovisual en la era digital. Mestre em Comunicação pela Universidade Católica de Brasília. Ao longo de sua trajetória profissional trabalhou como repórter, apresentador, produtor e editor em empresas como TV Globo, TV Record, TV Band, TV Cultura, TV da Gente e TV Brasil, assim como articulista e colunista em mídia impressa como a revista Raça Brasil, Capricho, Notícias Populares, Hip Hop Cultura de Rua, Portal da UJS. Durante uma década comandou a DUBIG Produções, onde desenvolveu produtos audiovisuais que vão do vídeo clipe a documentários e programas de TV. Sempre com o pseudônimo Big Richard, nome artístico oriundo de sua atuação como artista/ativista multimídia ligado ao movimento Hip Hop internacional. É especialista em História e Cultura no Brasil pela Universidade Gama Filho-RJ e graduado em Ciências Sociais pela Universidade Metodista de São Paulo. É membro da INTERCOM, Sociedade brasileira de estudos interdisciplinares em comunicação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Hamilton Richard Alexandrino Ferreira Dos Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, H. R. A. F.;Santos, Richard


Formação acadêmica/titulação


2015 - 2017
Doutorado em Estudos Comparados Sobre As Américas.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: A REVOLUÇÃO NÃO SERÁ TELEVISONADA (!?)- O caso comparado da TV Pública no Brasil e na Argentina, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Martin Léon Jacques Ibáñez de Novion.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Televisão; SUJEITO DESIDENTIFICADO; questão racial no brasil; TV Digital; Maiorias Minorizadas.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2013 - 2014
Mestrado em Comunicação.
Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
Título: Imagem e discurso: Uma análise do programa Nova África da TV Brasil,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Prof. Dr. Roberval José Marinho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: sociologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História.
Setores de atividade: Atividades de rádio e de televisão.
2012 - 2013
Especialização em História e Cultura no Brasil. (Carga Horária: 360h).
Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.
Título: Lineamentos sobre a história do negro na imprensa brasileira.
Orientador: Flavia Guia Carnevali.
2009 - 2011
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Metodista de São Paulo, UMESP, Brasil.
Título: A programação da TV pública brasileira para a Guiné-Bissau.
Orientador: Lucineida Dovao Praun.




Formação Complementar


2017 - 2017
Gerenciamento de projetos. (Carga horária: 40h).
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, UNB, Brasil.
2016 - 2017
Pensamento Crítico Caribenho. (Carga horária: 12h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2016 - 2016
México, América Central e Caribe em Debate. (Carga horária: 40h).
Centro de Pesquisa e Pós Graduação sobre as Américas, CEPPAC-UNB, Brasil.
2016 - 2016
Jornada de Telecomunicaciones y medios electrónicos. (Carga horária: 20h).
Universidad Abierta Interamericana, UAI, Argentina.
2016 - 2016
Pensamento Crítico Caribenho. (Carga horária: 12h).
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, UNB, Brasil.
2015 - 2015
Geopolítica, segurança e comunicação na América Latina. (Carga horária: 4h).
Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
2015 - 2015
Novas narrativas na comunicação contemporânea. (Carga horária: 24h).
Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, INTERCOM, Brasil.
2015 - 2015
Basic Security In The Field II. (Carga horária: 10h).
Organização Nações Unidas, UNO, Suiça.
2013 - 2013
Teorizando a Comunicação.. (Carga horária: 10h).
Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
2011 - 2011
Preparatório para ingresso na carreira diplomática. (Carga horária: 120h).
Curso Atlas Diplomacia, ATLAS, Brasil.
1990 - 1990
Diagramador gráfico. (Carga horária: 120h).
SENAI - Departamento Regional do Rio de Janeiro, SENAI/DR/RJ, Brasil.
1989 - 1990
Montador de fotolito. (Carga horária: 720h).
SENAI - Departamento Regional do Rio de Janeiro, SENAI/DR/RJ, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Temporário, Enquadramento Funcional: Contratado, Carga horária: 20
Outras informações
Ministra a disciplina "Pensamento Negro Contemporâneo" no âmbito do Decanato de Extensão.

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio docente., Carga horária: 20
Outras informações
Estágio docente, dois semestres, em Estudos Comparados sobre as Américas, sob supervisão do Prof. Dr. Jacques Martín Ibañes de Novion.


Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio docente., Carga horária: 20
Outras informações
Assistente do Prof. Dr. Roberval José Marinho nas disciplinas Mídia e Cultura Contemporânea e Realidade brasileira e regional, pertencentes ao eixo de Comunicação e Cultura.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor assitente, Carga horária: 20
Outras informações
Ministrou as disciplinas "Realidade brasileira e regional", no âmbito dos cursos de comunicação, serviço social e relações internacionais, e "Mídia e sociedade contemporânea", para o curso de graduação em comunicação social.


Empresa Brasil de Comunicação, EBC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Repórter e Apresentador, Carga horária: 40
Outras informações
Na TV Brasil, órgão da Empresa Brasil de Comunicação ( EBC), sou apresentador, repórter e produtor do programa Paratodos. Uma revista com enfoque na cultura popular e voltada para ?jovens de qualquer idade?. Todo sábado, manifestações artísticas de todo o país podem ser vistas na tela. No primeiro ano do programa, a equipe percorreu mais de 70 mil quilômetros pelo país e foi até a África, mais precisamente na cidade de Bissau, capital da Guiné Bissau, em busca de nossas raízes culturais. Também colaboro com reportagens especiais para o programa Caminhos da Reportagem, programas como "Crack- A Pedra da Morte" ( http://www.youtube.com/watch?v=j6TLT_SC-LM ) e "Quilombos do Brasil", primeiro programa exibido em rede nacional sobre a história atual dos quilombos brasileiros. Com uma hora de duração, o Caminhos da Reportagem viaja pelo país e pelo mundo atrás de grandes histórias, que podem ser os efeitos da publicidade sobre as crianças, os usuários de crack, os subsídios agrícolas dos países europeus, os pracinhas da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália, a Guerrilha do Araguaia, o terremoto do Haiti, os pistoleiros do Nordeste, a vida dos habitantes da Ilha do Marajó, o processo de redemocratização do Brasil, a rodovia Transamazônica, o desenvolvimento de Pequim, as empresas brasileiras exportadoras ou o resgate dos mineiros no deserto do Atacama, no Chile. Os programas Paratodos e Caminhos da Reportagem é transmitido pelas 22 emissoras estaduais e universitárias parceiras da TV Brasil em todo o país, além da TV Brasil Internacional.


Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil, PNUD BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 20
Outras informações
Consultoria para desenvolvimento do projeto da Década Internacional Afrodescendente, revisão de nota conceitual.


Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Consultor, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Consultor para desenvolvimento de projeto comunicacional para as comunidades tradicionais brasileiras.


Universidade Federal do Sul da Bahia, UFSB, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Servidor, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2015 - 2017
A REVOLUÇÃO NÃO SERÁ TELEVISONADA (!?)- O caso comparado da TV Pública no Brasil e na Argentina
Descrição: O problema de pesquisa do presente projeto é investigar se a criação da TV Digital pública e interativa, no Brasil e na Argentina, possibilitará a inclusão nas respectivas programações dos grupos étnico-raciais, negros e indígenas, historicamente excluídos da programação televisiva em seu modelo analógico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Hamilton Richard Alexandrino Ferreira Dos Santos - Coordenador.
2014 - Atual
Grupo de Estudos Comparados México, Caribe, América Central e Brasil _ MeCACB
Descrição: O grupo busca ocupar espaços ausentes na pesquisa brasileira sobre a região do México, América Central e Caribe em uma perspectiva comparada. O objetivo é gerar conhecimento que subsidiem políticas públicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (12) .
Integrantes: Hamilton Richard Alexandrino Ferreira Dos Santos - Integrante / Rebecca Forattini Altino Machado Lemos Igreja - Coordenador.
2013 - 2014
Imagem e discuso: uma análise do programa Nova África da TV Brasil
Descrição: Projeto de pesquisa para obtenção do título de mestre em comunicação pela Universidade Católica de Brasília..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Hamilton Richard Alexandrino Ferreira Dos Santos - Coordenador / José Roberval Marinho - Integrante.
2012 - Atual
Observatório Latino-americano de Indústria de Conteúdos Digitais ( Transmídias e Convergência Tecnológica)
Descrição: Este projeto busca dar visibilidade à emergente indústria de conteúdos audiovisuais digitais que vêm sendo promovida pelo Brasil e países da América Latina e Caribe através da criação e manutenção do Observatório Latino-americano sobre a Indústria de Conteúdos Digitais, Transmídias e Convergência Tecnológica. A indústria de conteúdos audiovisuais digitais inclui a produção de conteúdos para diferentes plataformas, como TV digital,celulares, computadores mediados por internet, videojogos, rádio e cinema digital, e vem crescendo em diferentes continentes, entre os quais América do Sul e Central. Em 2010, a indústria de conteúdos digitais foi apontada pela empresa Prince Whitehouse, como uma das áreas que mais deverão expandir-se nos próximos anos e, por consequência, deverá ampliar a oferta de empregos e de conteúdos audiovisuais digitais na diferentes regiões do mundo. O presente projeto terá 24 meses de execução e será desenvolvido em duas etapas, compreendendo o levantamento sobre as pesquisas e sobre a produção de conteúdos audiovisuais digitais realizados entre 2010 e 2012 no Brasil, e adesão de outros países ao projeto Regional e a criação do Observatório Latino-americano sobre a Indústria de Conteúdos Digitais (Transmídias e Convergência Tecnológica), assim como a coordenação do módulo latino-americano do Observatório.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Pensamento Negro Contemporâneo
Descrição: O projeto visita autores brasileiros e estrangeiros mobiliza bibliograficamente pensadores, teóricos e ativistas do Norte e do Sul Global, obras clássicas e contemporâneas por meio dos quais foram e permanecem sendo projetados retratos e imagens do vasto e complexo conjunto de experiências constitutivas do chamado ?Pensamento Negro Contemporâneo?. Pretende-se abordar olhares ?de dentro?, apreciando-os em suas especificidades, mas também questionando-os com vistas à identificação de eventuais pontos de convergência e divergência. O recorte temporal adotado é amplo, de modo a permitir a percepção das inúmeras narrativas, modalidades discursivas e quadros de referência epistemológica através dos quais a ?experiência brasileira? tem sido codificada e construída. São contempladas obras-chave do chamado ?pensamento negro brasileiro?, construídas pelas mãos de nossos mais celebrados intérpretes clássicos e contemporâneos..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) .
Integrantes: Hamilton Richard Alexandrino Ferreira Dos Santos - Coordenador.
2017 - Atual
Universidade SUL SUL. Programa Intercultural de Extensão
Descrição: OBJETIVOS Articular a Rede de Cooperação Internacional Sul Sul entre Universidades, Instituições, Movimentos Sociais, Entidades, Comunidades Tradicionais, Artistas, Lideranças Jovens, Educadore(as), Pesquisadore(as) e Ativistas de Direitos Humanos e Ambientais, com articulação de Projetos de Formação/Ação; Promover um Programa de Residência Internacional nas Epistemologias do Sul e na Ecologia de Saberes, como base para a estruturação de uma Rede de Formação Intercultural Sul Sul. ORIGEM Considerando o pressuposto de uma Universidade Extensa e Integrada Socialmente, um grupo de dirigentes universitários, representados e apoiados nas suas instituições de origem (FLACSO, OEI, UnB, UNIFESP, UFSB), em conjunto com estudantes, pesquisadores e coletivos populares (mulheres, estudantes, trabalhadores urbanos, rurais, camponeses sem terra, assentados, indígenas, comunidades tradicionais, quilombolas, movimento negro, LGBT, educadores populares, professores, artistas ) resolveram constituir uma parceria e propor um Programa de Intercultural de Extensão e Formação, que seja fundado na promoção da ecologia de saberes a partir do reconhecimento das epistemologias do Sul e da organização da UPMS, com suas oficinas metodológicas. O foco do programa é a criação de uma Rede de Formadores Interculturais para a democracia e a participação democrática, atualmente ameaçada por forças retrógradas em escala mundial e em toda a América Latina. No contexto Sul Sul, o Brasil figura hoje como um expoente do desmonte de um sistema democrático erguido a muito custo após um longo período de ditadura militar..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (6) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Hamilton Richard Alexandrino Ferreira Dos Santos - Coordenador / Maria do Carmo Rebouças da Cruz Ferreira dos Santos - Integrante / Marcio Florentino Pereira - Integrante.


Membro de corpo editorial


2014 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica Espaço Acadêmico (Online)


Membro de comitê de assessoramento


2017 - Atual
Agência de fomento: Repórter sem fronteiras


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica Espaço Acadêmico (Online)
2017 - Atual
Periódico: REVISTA DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE AS AMÉRICAS


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Diversidade Cultural.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Audiovisual.
5.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Televisão Pública.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2014
Prêmio Frida, Fundo Regional para a Inovação Digital na América Latina.
2011
Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento, Sindicato dos Jornalistas Profissionais do municipio do Rio de Janeiro.
2008
Finalista Prêmio Hutuz, CUFA- RJ- Central Única das Favelas- Rio de Janeiro.
2005
Prêmio Cooperifa 2005, Cooperativa de Artistas de Periferia- SP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Santos, Richard2018Santos, Richard. Voz ativa: a militância Hip Hop como ação comunicativa da Maioria Minorizada nas periferias globais. Revista Eletrônica Espaço Acadêmico (Online), v. 17, p. 27-39, 2018.

2.
Santos, Richard2017Santos, Richard; NOVION, J. M. I. . Audiovisual, hegemonia e contra-hegemonia _ O caso comparado da TV pública no Brasil e na Argentina. REVISTA DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE AS AMÉRICAS, v. 11, p. 50-74, 2017.

3.
Santos, Richard2017Santos, Richard. O negro objetificado na obra de Caio Prado Júnior e Florestan Fernandes: uma análise das narrativas sócio-históricas na construção do pensamento social brasileiro. REVISTA ÁFRICA E AFRICANIDADES, v. IX, p. 10-23, 2017.

4.
Santos, Richard2016Santos, Richard. O pensamento complexo e o desafio da interdisciplinaridade. JUVENTUDE.BR (CENTRO DE ESTUDOS E MEMÓRIA DA JUVENTUDE), v. VI, p. 15-19, 2016.

5.
Santos, Richard2015Santos, Richard. IDENTIDADE GUERREIRA:LUTA E RESISTÊNCIA NOS QUILOMBOS CONTEMPORÂNEOS. Revista África e Africanidades, v. ano7, p. 01-11, 2015.

6.
Santos, Richard2015Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Intolerância religiosa e genocídio da juventude negra. JUVENTUDE.BR (CENTRO DE ESTUDOS E MEMÓRIA DA JUVENTUDE), v. Especial, p. 69-72, 2015.

7.
Santos, Richard2015Santos, Richard. Lineamentos sobre a história do negro na mídia brasileira. Associação Brasileira de Pesquisadores da História da Mídia, v. 10º, p. 25-41, 2015.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Santos, Richard. Branquitude e televisão: a nova África (?) na tv pública. 01. ed. RIO DE JANEIRO: Gramma, 2018. 156p .

2.
SANTOS, M. C. R. C. F. ; Santos, Richard ; EUZEBIO, U. . Retratos Sul-Americanos: Perspectivas brasileiras sobre história e política externa.. 1ª. ed. Brasília: Bookess, 2016. v. IV. 200p .

3.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. ; NOVION, J. M. I. . A comunicação pública como aspiração contra-hegemonica na América Latina. IN: POLÍTICA EM MOVIMENTO: a construção da política na América Latina e Caribe. 1º. ed. Curitiba: CRV, 2016. 226p .

4.
SANTOS, H. R. A. F.. Hip Hop- Consciência & Atitude. 01. ed. São paulo: Livro Pronto, 2005. v. 5.000. 142p .

Capítulos de livros publicados
1.
Santos, Richard. Do Sujeito Desidentificado à maioria minorizada: uma abordagem histórica da antinegritude na mídia brasileira. In: Luciano Goés. (Org.). 130 Anos de (des)ilusão: A farsa abolicionista em perspectiva desde olhares marginalizados. 1ed.Belo Horizonte: D´Plácido, 2018, v. , p. 389-403.

2.
SANTOS, M. C. R. C. F. ; Santos, Richard ; EUZEBIO, U. . ESTRATÉGIAS DE COOPERAÇÃO SUL-SUL: A EXPERIÊNCIA DO BRASIL COM A GUINÉ BISSAU. In: NEGRI, Camilo; RIBEIRO, Elisa de Sousa. (Org.). Retratos Sul-americanos: Perspectivas Brasileiras sobre História e Política Externa. Volume IV. 1ºed.: , 2016, v. IV, p. 00-20.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Santos, Richard. INCLUSIVA OU EXCLUSIVA. A educação e o genocídio negro.. Portal da UJS, São Paulo, 08 maio 2017.

2.
Santos, Richard. A DECOLONIALIDADE NO HIP HOP. A importância do feminismo negro na música rap. Portal da UJS, São Paulo, 05 abr. 2017.

3.
Santos, Richard. Escolha o seu caminho ? 40 anos de Hip Hop nas Américas. Portal da UJS, São Paulo, 10 mar. 2017.

4.
Santos, Richard. O PENSAMENTO COMPLEXO E O DESAFIO DA INTERDISCIPLINARIDADE- O caso das maiorias minorizadas. Juventude.BR, São Paulo, p. 70 - 76, 10 dez. 2016.

5.
Santos, Richard. Sobre o extermínio da juventude negra, geopolítica e comunicação. Portal Vermelho, São Paulo, 20 nov. 2016.

6.
Santos, Richard. O Hip Hop no debate sobre o genocídio da juventude negra no Brasil. Portal da UJS, http://ujs.org.br/index.php/no, 17 maio 2016.

7.
Santos, Richard. A Nação Hip Hop e as eleições de 2016. Portal da UJS, http://ujs.org.br/index.php/no, 01 mar. 2016.

8.
Santos, Richard. A nação, o Hip Hop e a Periferia- Um olhar crítico. Portal da UJS, www.ujs.org.br, 06 mar. 2015.

9.
SANTOS, H. R. A. F.. Hip Hop no Brasil. Revista Raça Brasil, Editora Escala, 15 jun. 2005.

10.
Santos, Richard. Hip Hop Cultura de Rua- Editorial. Revista Hip Hop Cultura de Rua, São Paulo, p. 00 - 00, 10 jan. 2000.

11.
Santos, Richard. Ice Blue: O empresário anti-sistema. Revista Hip Hop, São Paulo, p. 19 - 22, 10 jan. 2000.

12.
SANTOS, H. R. A. F.. Raça Hip Hop. Revista Raça Brasil, São Paulo.

13.
Santos, Richard. SOBRE O USO UTILITARISTA DO HIP HOP. Portal da União da Juventude Socialista, São Paulo.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Santos, Richard. DO DIREITO A COMUNICAÇÃO E À EXPRESSÃO:A CIBERCULTURA E AS MUDANÇAS SOCIAIS NA PRIMEIRA DÉCADA DO SÉCULO XXI. In: III CONGRESSO NACIONAL DIVERSIDADE, ÉTICA E DIREITOS HUMANOS DA UESB, 2013, ILHÉUS. DIREITOS HUMANOS, DIVERSIDADE E ÉTICA:TRANSDICIPLINARIDADE E OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO. ILHÉUS: UESB, 2013.

2.
Santos, Richard. LUTA E RESISTÊNCIA NOS QUILOMBOS CONTEMPORÂNEOS:UM BREVE RELATO. In: III CONGRESSO NACIONAL DIVERSIDADE, ÉTICA E DIREITOS HUMANOS DA UESB, 2013, ILHÉUS. DIREITOS HUMANOS, DIVERSIDADE E ÉTICA:TRANSDICIPLINARIDADE E OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO. ILHÉUS: UESB, 2013.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Descolonizando a TV Pública: Uma análise do programa Nova África da TV Brasil. In: Semana de reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça, 2016, Brasília. Sernegra:V Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça. Decolonialidade e Antiracismo: caderno de resumos.. Brasília: Editora do Instituto Federal de Brasília, 2016. v. 01. p. 73-73.

2.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Das maiorias Minorizadas ao Sujeito Desidentificado: a aventura do pesquisador negro na academia eurocêntrica. In: Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça, 2016, Brasília. Sernegra: V Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça. Decolonialidade e Antirracismo: caderno de resumos. Brasília: Editora do Instituto Federal de Brasília, 2016. v. 01. p. 267-267.

Artigos aceitos para publicação
1.
Santos, Richard. Branquitude e Televisão. A nova áfrica(?) na TV pública. REVISTA GRAMMA, 2018.

2.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . APORTES TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DECOLONIAIS: O CASO DA DISCIPLINA ?PENSAMENTO NEGRO CONTEMPORÂNEO?.. Participação. Revista do Decanato de Extensão da Universidade de Brasília, 2018.

3.
Santos, Richard; NOVION, J. M. I. . Audiovisual, hegemonia e contra hegemonia - O caso comparado da TV Pública no Brasil e na Argentina. REVISTA DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE AS AMÉRICAS, 2017.

4.
SANTOS, H. R. A. F.. Sobre a pele negra. Revista Espaço Acadêmico (UEM), 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
Santos, Richard. A revolução não será televisionada (!?)- O caso comparado da TV Pública no Brasil e na Argentina. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Santos, Richard. As mídias sociais como forma de participação social e disseminação da informação. O caso das Maiorias Minorizadas no Brasil.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Santos, Richard. As Maiorias Minorizadas na pós-graduação. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
Santos, Richard. Cinema negro e experiências vividas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Santos, Richard. Crioulo, Negro, Afrodescendente e Amefricanidade. O audiovisual como mediador signífico da Maioria Minorizada.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
Santos, Richard. Por uma educação antirracista. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Santos, Richard. LA REVOLUCIÓN NO SERÁ TELEVISIONADA(?!)Lo que dicen los datos desde apagon analógico en Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Santos, Richard; CASTRO, C. E. . Mídia e poder na América Latina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Descolonizando a TV Pública: Uma análise do programa Nova África da TV Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Das Maiorias Minorizadas ao Sujeito Desidentificado: A aventura do pesquisador negro na academia eurocêntrica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
Santos, Richard. A ampliação da democracia participativa no parlamento. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
Santos, Richard. Opressão e racismo nas universidades. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Descolonizando a TV Pública: Uma análise do programa Nova África da TV Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Das Maiorias Minorizadas ao Sujeito Desidentificado: a aventura do pesquisador negro na academia eurocêntrica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
Santos, Richard. A Televisão pública e as possibilidades de inclusão étnico-racial: o caso da TV Brasil e do programa Nova África. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
Santos, Richard. SOBRE O ABIKU ENCARCERADO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
IGREJA, Rebecca Lemos ; Santos, Richard . LINEAMENTOS HISTÓRICOS SOBRE O MOVIMENTO NEGRO NO BRASIL: dos avanços obtidos na constituição de 1988 ao reconhecimento do racismo institucional. O caso das ações afirmativas.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
SANTOS, H. R. A. F.. Quilombos- Luta e resistência. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
SANTOS, H. R. A. F.. Sobre a pele negra. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
SANTOS, H. R. A. F.. A mulher negra na sociedade. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
SANTOS, H. R. A. F.. Representações sobre o negro na televisão brasileira. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Santos, Richard. Batalha da Escada da UNB 2017 (Apresentação de Batalha de MC`s).

2.
SANTOS, H. R. A. F.. As Américas tem cor- Afrodescendentes nos Censos do século XXI. BRASÍLIA: ONU MULHERES, 2010 (Apresentação de documentário).

3.
SANTOS, H. R. A. F.. Mulheres no Conesul. BRASÍLIA: ONU MULHERES, 2010 (Apresentação de documentário).

4.
SANTOS, H. R. A. F.. Trabalho domestico Trabalho decente. BRASÍLIA: ONU MULHERES, 2010 (Apresentação de documentário).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
IGREJA, Rebecca Lemos ; NORENA, I. C. N. ; FERNANDES, N. V. E. ; NOVION, M. L. J. ; Santos, Richard . ESTUDO PARA A IDENTIFICAÇÃO DE SITUAÇÕES DE DISCRIMINAÇÃO VINCULADAS À ETNIA/RAÇA EM CONTEXTOS MIGRATÓRIOS. 2016.

2.
Santos, Richard. ESTUDO PARA IDENTIFICAR A DIVERSIDADE DAS TRADIÇÕES E SABERES DO MEIO RURAL BRASILEIROE PROPOR ESTRATÉGIAS DE RESGATE, MEMÓRIA E PROPAGAÇÃO DESSA DIVERSIDADE. 2015.

3.
Santos, Richard. Revisão de nota conceitual. 2014.

4.
Santos, Richard. Coletivo de Entidades Negras, CEN.. 2011.

Trabalhos técnicos
1.
Santos, Richard; SANTANA FILHO, Manoel Martins de ; GOULART, Ligia ; LERNER, Katia . Guia do PNLD 2019 - Projetos Integradores. 2018.. 2018.

2.
Santos, Richard. II Simulado do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas. 2017.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Santos, Richard. 3ENDC debate desmonte da comunicação pública pelo governo Temer. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
Santos, Richard. Comunicação digital não pode ser principal canal de contato com cidadãos, alertam palestrantes do IV EMDS. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Santos, Richard. ?Futuro da comunicação pública é uma incógnita?, analisa pesquisador. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
Santos, Richard. Ciberativismo negro como ação comunicacional contra hegemônica.. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
Santos, Richard; INOCENCIO, N. . Racismo na imprensa brasileira. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

6.
Santos, Richard. Racismo no dia a dia do brasileiro. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
Santos, Richard. El País repercute cerimônia de Dilma com participação de movimentos sociais e culturais. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
Santos, Richard. Semana da Consciência Negra: Entrevista com Richard Santos, presidente da APG-UnB. 2016.

9.
Santos, Richard. ÓS GRADUANDO DA UNB É CANDIDATO AO CONSELHO NACIONAL DE CULTURA. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

10.
Santos, Richard. PROGRAMA PERIFERIA TEMPORADA 2014 | Nº08 | Bloco 02. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
Santos, Richard. O Hip Hop é expressão da cultura popular e como tal deve ser reconhecido, diz pesquisador. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
Santos, Richard. PERIFERIA TEMPORADA 2014 | Nº08 | Bloco 01. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
Santos, Richard. Sérgio Vaz, guerreiro da Cooperifa. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

14.
Santos, Richard. Semana da África na TV Brasil, 2012. 2012.

15.
Santos, Richard. Dia mundial do Hip Hop. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
Santos, Richard. Programa Paratodos da TV Brasil na Rádio Cantareira FM. 2012.

17.
Santos, Richard. TV Brasil grava programa no Museu Casa do Artista Popular. 2012.

18.
SANTOS, H. R. A. F.. Programa Paratodos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

19.
SANTOS, H. R. A. F.. Quilombos- Luta e Resistência. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

20.
SANTOS, H. R. A. F.. Ver TV. 2011. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

21.
SANTOS, H. R. A. F.. Programa 3 a 1. 2011. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

22.
Santos, Richard. Crítica artistica: Grafite em Brasília. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

23.
SANTOS, H. R. A. F.. Guiné Bissau no Paratodos. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

24.
Santos, Richard. Atriz e rapper negro gravam documentário. 2010.

25.
Santos, Richard. Comunicação, o desafio da esquerda. 2010. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

26.
Santos, Richard. Big Richard na ExpoLub. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

27.
SANTOS, H. R. A. F.. Crack- A pedra da morte. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

28.
Santos, Richard. Hip Hop em Movimento no Teatro Vila Velha. 2009. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

29.
Santos, Richard. Big Richard apresentará programa Paratodos na TV Brasil. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

30.
Santos, Richard. Big Richard de volta à música. 2006. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

31.
Santos, Richard. Turminha da hora na TV da Gente. 2006.

32.
Santos, Richard. Hip-hop ? Consciência e Atitude Toda riqueza histórica do hip-hop nacional sob a ótica de Big Richard.. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

33.
Santos, Richard. Big Richard lança livro. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

34.
Santos, Richard. Big Richard na África. 2004. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

35.
Santos, Richard. Livro do Big Richard vai para as escolas. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

36.
Santos, Richard. Sou da periferia. 2002. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

37.
SANTOS, H. R. A. F.. Nós na Fita. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

38.
Santos, Richard. RAPPER BIG RICHARD LANÇA LIVROS INFANTIS: autor passa a limpo vida do líder negro Zumbi. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

39.
Santos, Richard. RAPPER QUER CRIAR LITERATURA INFANTIL NEGRA: Big Richard escreve histórias para crianças, visando público que não se identifica com produtos importados. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

40.
SANTOS, H. R. A. F.. Axé Se Liga Brasil. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

41.
Santos, Richard. IGUALDADE DESIGUAL: chega ao Brasil o debate sobre a discriminação positiva para proteger mulheres e negros. 1996. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

42.
Santos, Richard. A FORÇA DO GUETO: prisão de cantor mostra que o rap começa a incomodar com suas pesadas críticas à polícia. 1994. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

43.
Santos, Richard. Folha de São Paulo: BIG RICHARD O RAPPER INTELECTUAL. 1994. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

44.
Santos, Richard. Folha de SP: Rapper é preso devido à música sobre PMs. 1994. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
Santos, Richard. Sobre Hip Hop, democracia e identidades. 2016; Tema: A ação do movimento Hip Hop brasileiro no processo político contemporâneo. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
Santos, Richard. Comunicação e Poder na América Latina. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Santos, Richard. Brasil 4D. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Projeto Brasil 4D. Empresa Brasil de Comunicação, EBC.).

3.
Santos, Richard. Grafite em Brasília. 2011. (Vídeo-reportagem documental).

4.
Santos, Richard. Conferência Nacional GLBT. Direitos Humanos e Políticas Públicas. O caminho para garantir a cidadania de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais.. 2008. (Vídeo-reportagem documental).

5.
Santos, Richard. Encontro de Presidentes: Responsabilidade Social das empresas e os Direitos Humanos.. 2008. (Vídeo-reportagem documental).


Produção artística/cultural
Artes Cênicas
1.
Santos, Richard. Turma do Gueto. 2004. Audiovisual.

Música
1.
Santos, Richard. Tô na pista. 2008. Registro Fonográfico.

2.
Santos, Richard. Paz, Justiça e Liberdade. 2001. Registro Fonográfico.

3.
Santos, Richard. Balançando sem perder a base. 1998. Registro Fonográfico.

4.
Santos, Richard. Tiro inicial. 1993. Registro Fonográfico.

Artes Visuais
1.
Santos, Richard. Quilombos: Luta e resistência (Documentário). 2012. Filme.

2.
Santos, Richard. Crack- A Pedra da morte (Documentário). 2011. Filme.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CASTRO, C. E.; Gomes, Victor; Santos, Richard. Participação em banca de TATIANE RODRIGUES MATEUS. Comunicação pública e cooperação em TV Digital no Brasil e na Argentina. 2017. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Católica de Brasília.

Qualificações de Mestrado
1.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F.. Participação em banca de Jairo Viana de Castro. Festejos de São Sebastião em Itagimirim-BA: memória e história. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ensino e Relações Étnico Raciais) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

2.
SANTOS, H. R. A. F.; SAMPAIO, A. O.; CONCEICAO, F. C.. Participação em banca de Regiane Smocowisk Miranda. "Pega visão": o surgimento de uma nova escola do rap, as batalhas de MCs na cidade de Salvador. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Cultura e Sociedade) - Universidade Federal da Bahia.

3.
Santos, Richard; PELUSO, M. L.; ARAUJO SOBRINHO, F. L.; MANICOBA, R. S.. Participação em banca de Luana Sousa Damasceno. Espaço Público da Feira da Torre de Brasília e seus Atores Sociais. 2016.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
Santos, Richard; PASSOS, R.. Participação em banca de Jaqueline Perroud do Sacramento. DESIGUALDADES RACIAIS NAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS E A BUSCA POR SOLUÇÕES NEGOCIADAS E POLÍTICAS PÚBLICAS AFIRMATIVAS. 2016 - Faculdade de Educação da UNB.

2.
Santos, Richard; INOCENCIO, N.. Participação em banca de Cláudia Moreira de Souza. Religiões de matriz africana, intolerância e políticas públicas: Da criminalização ao enfrentamento do racismo religioso. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão de Políticas Publicas em Gênero e Raça) - Universidade de Brasília.

3.
Santos, Richard; NASCIMENTO, W. F.. Participação em banca de Juciara Alves dos Santos. Comunidades tradicionais de terreiros em busca de equidade: implementação de políticas públicas para as comunidades de terreiros em Feira de Santana.. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de pós graduação em educação) - Universidade de Brasília.

4.
Santos, Richard; TORRES, D. N.. Participação em banca de Luana Sousa Damasceno. A realidade das mulheres negras que trabalham na feira da torre de televisão em Brasília. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de pós graduação em educação) - Universidade de Brasília.

5.
Santos, Richard; SOUSA, N. H. B.. Participação em banca de Márcio Alves de Oliveira Silva. A propaganda governamental nas redes sociais em prol da igualdade racial. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de pós graduação em educação) - Faculdade de Educação da UNB.

6.
Santos, Richard; TORRES, D. N.. Participação em banca de Beatris das Graças de Almeida. O protagonismo da mulher negra empreendedora. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de pós graduação em educação) - Faculdade de Educação da UNB.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MACHADO., C. M.; Santos, Richard. Participação em banca de Thaísa Silva Fonseca.SEGURANÇA PÚBLICA E RELAÇÕES RACIAIS: Uma análise dos Cursos de Formação da Polícia Militar do Distrito Federal.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência Política) - UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA.

2.
Santos, Richard; MARQUES, Marcia; AGUIAR, A. K. V.. Participação em banca de Joaquim Barbosa dos Santos Júnior.Os direitos autorais entre os impérios da comunicação ? Era digital, propriedade intelectual e Hip-Hop.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de Brasília.

3.
Martinez, Maria Cecilia Alves; Santos, Richard; Souza, Vânia Balbino de. Participação em banca de Andresa Silva de Souza.Cerimonial e organização de eventos: Portfólio digital como um instrumento de venda.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Católica de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
Santos, Richard. XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 2014. Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.

Outras participações
1.
Santos, Richard. Direito Penal, Criminologia e Racismo. 2017. Instituto Brasileiro de Ciências Criminais.

2.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F.; TERTO, A. P.. II Simulado do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas. 2017. United Nations Organization.

3.
Santos, Richard. As ideias neoliberais aplicadas ao espaço lúdico: um estudo da propaganda no jogo Banco Imobiliário Sustentável. 2015. Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.

4.
Santos, Richard. JOVENS MATAGROSSENSES E MANGÁS: cenário e produção de sentidos. 2015. Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.

5.
Santos, Richard. Repórter 104: a apresentação da informação noticiosa na emissora educativa de Mato Grosso do Sul. 2015. Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.

6.
Santos, Richard. Cinema indígena: uma hibridação polivalente. 2015. Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.

7.
Santos, Richard. Comissão de Avaliação e Seleção da MANIFESTA. 2015. Presidência da República.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IX Congresso de Educação de Porto Seguro. Educação, classe trabalhadora e projeto de governo: leituras sobre a realidade brasileira. 2018. (Congresso).

2.
Seminário UFSB: Popular e pluriepistêmica.Intelectuais Negras (os) militantes e a Universidade eurocêntrica. 2018. (Seminário).

3.
17º Encontro Nacional de Jovens Cientistas da ANPG.Como atrair jovens talentos para a ciência brasileira?. 2017. (Encontro).

4.
Ciclo de Diálogos ? Cotas Epistemológicas na Universidade de Brasília: o próximo passo para uma real inclusão na Universidade?.A Maioria Minorizada na Academia. 2017. (Simpósio).

5.
Ciclo de Palestras para Docentes. 2017. (Oficina).

6.
Iº Encontro Nacional de Jovens Cientistas negros.Os desafios dos cientistas negros: da iniciação cientifica à pós-graduação. 2017. (Encontro).

7.
Pre-Conference: Reflections on Foreing Aid, Philantropy and Change in Media Systems..Scheduling and hegemonic narrative since international aid.. 2017. (Seminário).

8.
Rodas de conversa em defesa da humanidade e contra a barbárie.A formação acadêmica e profissional do negro e o afroempreendedorismo. 2017. (Encontro).

9.
Semana da Diversidade da Biologia- UnB.Histórico da exclusão do acesso dos negros à Educação BrasileiraI. 2017. (Simpósio).

10.
Seminário Internacional sobre educação tecnológica e profissional.Moderador. 2017. (Seminário).

11.
Sessão de Diálogos sobre Comunicação e Racismo.Mídia, Racismo e Representações. 2017. (Encontro).

12.
XXIV Colóquio Temático de Geografia da UNB: Dinâmicas do capital e disputas territoriais na América Latina. 2017. (Seminário).

13.
Audiência pública sobre o Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens.O Hip Hop no debate sobre o genocídio da juventude negra no Brasil. 2016. (Outra).

14.
Democracia e Participação Social: Análises e conjunturas no Brasil e na pós-graduação.Perspectivas sociais na pós-graduação. 2016. (Seminário).

15.
I Jornadas de Telecomunicaciones y Medios Electrónicos.LA REVOLUCIÓN NO SERÁ TELEVISIONADA(?!). 2016. (Outra).

16.
Seminário Internacional México, América Central e Caribe em debate.A Revolução não será televisionada?. 2016. (Seminário).

17.
XVIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Centro-Oeste. Avaliador no DT - Interfaces Comunicacionais. 2016. (Congresso).

18.
Contribuições da Escola Latino Americana de Comunicação para o Desenvolvimento da Sociedade.. 2015. (Outra).

19.
Geopolítica, Segurança e Comunicação na América Latina. 2015. (Seminário).

20.
Mostra de Ciência e Tecnologia da 9º Bienal da UNE.O Sujeito desidentificado. 2015. (Seminário).

21.
Seminário Brasil 100% digital: Estratégias de Governo Digital e Construção de Serviços Digitais. 2015. (Seminário).

22.
Seminario Internacional sobre Etnicidad y Raza en los Imaginarios Nacionales y las Desigualdades Sociales en América Latina.Lineamentos Históricos Sobre o Movimento Negro no Brasil: dos avanços obtidos na constituição de 1988 ao reconhecimento do racismo institucional. O caso das ações afirmativas.. 2015. (Seminário).

23.
Seminário Temático GLOBO/INTERCOM; Novas Narrativas na Comunicação Contemporânea. 2015. (Seminário).

24.
XIV Congresso de Ciências da Comunicação na Região Norte. Comunicação, Espaço e Cidadania. 2015. (Congresso).

25.
XVI CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO SUL. ESTUDOS INTERDISCIPLINARES DA COMUNICAÇÃO. 2015. (Congresso).

26.
XX CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO SUDESTE. INTERFACES COMUNICACIONAIS. 2015. (Congresso).

27.
16 Congresso de Ciências da Comunicação da região Centro Oeste. Expocom- Jornalismo. 2014. (Congresso).

28.
62 Conselho Nacional de Entidades Gerais da União Nacional dos Estudantes. Reforma Urbana, a ocupação dos espaços públicos e os desafios para a construção de cidades mais humanas.. 2014. (Congresso).

29.
Calourada do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Goiás. DCE/UFG.Violência policial e desmilitarização das polícias.. 2014. (Encontro).

30.
Dia Internacional da Juventude- Debate sobre Juventude Nega e Violência.Juventude Negra na Educação, Comunicação e segurança pública como fatores de redução de danos. 2014. (Outra).

31.
I Seminário do Observatório Latino-Americano de Indústria de Conteúdos Digitais -OLAICD.O sujeito desidentificado, a televisão e as novas tecnologias da informação e da comunicação como formas de inclusão social.. 2014. (Seminário).

32.
XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Centro Oeste. Coordenador das apresentações do Expocom sobre Jornalismo II. 2014. (Congresso).

33.
XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Centro Oeste. Coordenador das apresentações do Expocom sobre Jornalismo II. 2014. (Congresso).

34.
Audiência Pública na Comissão de Cultura para debater a declaração do Movimento Hip Hop como manifestação cultural popular de alcance nacional.O Hip Hop e as tradições orais brasileiras. 2013. (Simpósio).

35.
III Congresso Nacional Diversidade, Ética e Direitos Humanos da UESB. DO DIREITO A COMUNICAÇÃO E À EXPRESSÃO:A CIBERCULTURA E AS MUDANÇAS SOCIAIS NA PRIMEIRA DÉCADA DO SÉCULO XXI. 2013. (Congresso).

36.
III Congresso Nacional Diversidade, Ética e Direitos Humanos da UESB. LUTA E RESISTÊNCIA NOS QUILOMBOS CONTEMPORÂNEOS:UM BREVE RELATO. 2013. (Congresso).

37.
Mês da Consciência Negra do GDF. Mês da Consciência Negra do GDF. 2013. (Exposição).

38.
Seminário 10 anos das Políticas de Promoção da Igualdade Racial.Dez anos das Políticas de Promoção da Igualdade Racial. 2013. (Seminário).

39.
Dia Mundial do Hip hop.Hip Hop, Comunicação e Movimentos Sociais. 2012. (Seminário).

40.
Seminário Resistência Quilombola: Desafios e Perspectivas. 2012. (Seminário).

41.
A laicidade do Estado Brasileiro Ameaçada.A laicidade do estado Brasileiro Ameaçada. 2009. (Encontro).

42.
Direitos Humanos em debate.Direitos Humanos em debate. 2009. (Encontro).

43.
Seminário Hutuz 2006.Periferia na tela. 2006. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Santos, Richard. Sessão de Diálogos sobre Comunicação e Racismo. 2017. (Outro).

2.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . CORPO POLÍTICO E EPISTEMOLOGIAS DA MAIORIA MINORIZADA NO ESPAÇO UNIVERSITÁRIO. 2017. (Exposição).

3.
Santos, Richard. Sessão de Diálogos sobre Comunicação e Racismo. 2017. (Outro).

4.
Santos, Richard; IGREJA, Rebecca Lemos . Seminário Internacional: As esquerdas na atualidade: Diálogos América Latina e Europa. 2017. (Outro).

5.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. ; CONCEICAO, F. C. ; HART, C. ; BENEDITO, D. . Mesa Internacional sobre o genocídio da juventude negra. 2017. (Outro).

6.
IGREJA, Rebecca Lemos ; NOVION, M. L. J. ; Santos, Richard . SEMINÁRIO MÉXICO, AMÉRICA CENTRAL Y CARIBE EN DEBATE. 2016. (Outro).

7.
Santos, Richard; IGREJA, Rebecca Lemos ; NOVION, M. L. J. . Seminário Internacional México, América Central e Caribe em debate. 2016. (Outro).



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
Santos, Richard2017Santos, Richard; NOVION, J. M. I. . Audiovisual, hegemonia e contra-hegemonia _ O caso comparado da TV pública no Brasil e na Argentina. REVISTA DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE AS AMÉRICAS, v. 11, p. 50-74, 2017.

2.
Santos, Richard2018Santos, Richard. Voz ativa: a militância Hip Hop como ação comunicativa da Maioria Minorizada nas periferias globais. Revista Eletrônica Espaço Acadêmico (Online), v. 17, p. 27-39, 2018.


Livros e capítulos
1.
SANTOS, M. C. R. C. F. ; Santos, Richard ; EUZEBIO, U. . Retratos Sul-Americanos: Perspectivas brasileiras sobre história e política externa.. 1ª. ed. Brasília: Bookess, 2016. v. IV. 200p .

2.
Santos, Richard. Branquitude e televisão: a nova África (?) na tv pública. 01. ed. RIO DE JANEIRO: Gramma, 2018. 156p .

3.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. ; NOVION, J. M. I. . A comunicação pública como aspiração contra-hegemonica na América Latina. IN: POLÍTICA EM MOVIMENTO: a construção da política na América Latina e Caribe. 1º. ed. Curitiba: CRV, 2016. 226p .

1.
Santos, Richard. Do Sujeito Desidentificado à maioria minorizada: uma abordagem histórica da antinegritude na mídia brasileira. In: Luciano Goés. (Org.). 130 Anos de (des)ilusão: A farsa abolicionista em perspectiva desde olhares marginalizados. 1ed.Belo Horizonte: D´Plácido, 2018, v. , p. 389-403.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Santos, Richard. O Hip Hop no debate sobre o genocídio da juventude negra no Brasil. Portal da UJS, http://ujs.org.br/index.php/no, 17 maio 2016.

2.
Santos, Richard. O PENSAMENTO COMPLEXO E O DESAFIO DA INTERDISCIPLINARIDADE- O caso das maiorias minorizadas. Juventude.BR, São Paulo, p. 70 - 76, 10 dez. 2016.

3.
Santos, Richard. Hip Hop Cultura de Rua- Editorial. Revista Hip Hop Cultura de Rua, São Paulo, p. 00 - 00, 10 jan. 2000.


Apresentações de Trabalho
1.
Santos, Richard. LA REVOLUCIÓN NO SERÁ TELEVISIONADA(?!)Lo que dicen los datos desde apagon analógico en Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Santos, Richard; CASTRO, C. E. . Mídia e poder na América Latina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
Santos, Richard. A ampliação da democracia participativa no parlamento. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Descolonizando a TV Pública: Uma análise do programa Nova África da TV Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
Santos, Richard; SANTOS, M. C. R. C. F. . Das Maiorias Minorizadas ao Sujeito Desidentificado: a aventura do pesquisador negro na academia eurocêntrica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
Santos, Richard. As mídias sociais como forma de participação social e disseminação da informação. O caso das Maiorias Minorizadas no Brasil.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Santos, Richard. As Maiorias Minorizadas na pós-graduação. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
Santos, Richard. Cinema negro e experiências vividas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
Santos, Richard. A revolução não será televisionada (!?)- O caso comparado da TV Pública no Brasil e na Argentina. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
Santos, Richard. Comunicação e Poder na América Latina. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
Santos, Richard. Brasil 4D. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Projeto Brasil 4D. Empresa Brasil de Comunicação, EBC.).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Santos, Richard. Semana da África na TV Brasil, 2012. 2012.

2.
Santos, Richard. Dia mundial do Hip Hop. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
Santos, Richard. Hip Hop em Movimento no Teatro Vila Velha. 2009. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
Santos, Richard. Folha de São Paulo: BIG RICHARD O RAPPER INTELECTUAL. 1994. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
Santos, Richard. Programa Paratodos da TV Brasil na Rádio Cantareira FM. 2012.

6.
Santos, Richard. Atriz e rapper negro gravam documentário. 2010.

7.
Santos, Richard. El País repercute cerimônia de Dilma com participação de movimentos sociais e culturais. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
Santos, Richard. Comunicação, o desafio da esquerda. 2010. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

9.
Santos, Richard. TV Brasil grava programa no Museu Casa do Artista Popular. 2012.

10.
Santos, Richard. Folha de SP: Rapper é preso devido à música sobre PMs. 1994. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

11.
Santos, Richard. Livro do Big Richard vai para as escolas. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
Santos, Richard. Big Richard apresentará programa Paratodos na TV Brasil. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
Santos, Richard. Sou da periferia. 2002. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

14.
Santos, Richard. Turminha da hora na TV da Gente. 2006.

15.
Santos, Richard. Sérgio Vaz, guerreiro da Cooperifa. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
Santos, Richard. Crítica artistica: Grafite em Brasília. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

17.
Santos, Richard. Semana da Consciência Negra: Entrevista com Richard Santos, presidente da APG-UnB. 2016.

18.
Santos, Richard. Big Richard na ExpoLub. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

19.
Santos, Richard. Ciberativismo negro como ação comunicacional contra hegemônica.. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

20.
Santos, Richard; INOCENCIO, N. . Racismo na imprensa brasileira. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

21.
Santos, Richard. Racismo no dia a dia do brasileiro. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IGREJA, Rebecca Lemos ; NOVION, M. L. J. ; Santos, Richard . SEMINÁRIO MÉXICO, AMÉRICA CENTRAL Y CARIBE EN DEBATE. 2016. (Outro).

2.
Santos, Richard; IGREJA, Rebecca Lemos ; NOVION, M. L. J. . Seminário Internacional México, América Central e Caribe em debate. 2016. (Outro).

3.
Santos, Richard. Sessão de Diálogos sobre Comunicação e Racismo. 2017. (Outro).



Outras informações relevantes


Atuoação nas confluências interdisciplinares da antropologia, sociologia, comunicação e da história, com ênfase nas questões relativas às relações raciais, culturas tradicionais e urbano-periféricas, vinculando-as aos campos disciplinares aos quais está filiado.

No âmbito do audiovisual, em 2017, está conduzindo projeto de documentário, livro e seminários sobre os povos de santo da tradição do candomblé na sociedade contemporânea, com foco principal para os terreiros da Bahia. Co-dirige o documentário com a pesquisadora e Yalorisá Nivia Luz. É produtor do documentário Quilimérios: das profundezas do Jequitinhonha, sobre a secular comunidade quilombola mineira, dirigido por Emerson Penha para a Horizonte Filmes, tem previsão de estreia para o segundo semestre de 2018. 
Foi produtor executivo do GLBT- Conferência Nacional, registro documentário da Primeira Conferência Nacional sobre o tema e que como marco alterou a nomenclatura para LGBTT. Também como produtor executivo fez o registro em documentário do Primeiro encontro do presidente Lula com os presidentes das maiores empresas brasileiras e atuando no Brasil, onde se consolidou o debate sobre responsabilidade social das empresas e a promoção dos direitos humanos. ?Encontro de Presidentes: responsabilidade Social das Empresas e dos Direitos Humanos (2008)?. 
É parecerista da Revista de Estudos e Pesquisas sobre as Américas, REPAM-UNB, e consultor ad hoc da Revista Espaço Acadêmico da Universidade Estadual de Maringá, REA-UEM.
Têm registros de sua atividade profissional e artística feita por pesquisadores e jornalistas como Zuenir Ventura (Cidade Partida), José Júnior (Afroreggae), Sérgio Leal, DJ TR (Acorda Hip Hop!), MV Bill (Mulheres e o tráfico; Cabeça de porco) e Toni C, entre outros. Além de registros em monografias, dissertações e teses



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 5:53:53