Eduardo Pereira Francisco

Bolsista de Doutorado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6468703750911337
  • Última atualização do currículo em 18/06/2018


Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PósCom/UFBA), na linha de pesquisa Comunicação e Cultura Digital. Mestre pelo PósCom/UFBA, na linha de pesquisa de Análise de Produtos e Linguagens da Cultura Mediática. Graduado em Comunicação Social com habilitação em jornalismo pela Faculdade Social da Bahia (FSBA). É membro do Grupo de Pesquisa em Gênero, Tecnologias Digitais e Cultura (GIG@/UFBA). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Eduardo Pereira Francisco
Nome em citações bibliográficas
FRANCISCO, E. P.


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em Comunicação e Cultura Contemporânea.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Youtubers LGBT: Produção de saberes sobre sexualidade e gênero, compartilhamento de experiências de vida e ativismo no YouTube,
Orientador: Leonor Graciela Natansohn.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2014 - 2016
Mestrado em Comunicação e Cultura Contemporânea.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: ​Enquadrando a diferença: análise dos frames sobre identidades LGBT nos jornais Folha de S. Paulo e O Globo,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Lia da Fonseca Seixas.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: identidades LGBT; Enquadramento; estudos feministas; estudos queer; teorias do jornalismo; análise do discurso.
2010 - 2013
Graduação em Jornalismo.
Faculdade Social, FS, Brasil.
Título: Sob o signo da diferença: análise semiótica da cobertura sobre o reconhecimento da união gay na Folha de S. Paulo.
Orientador: Adriana Pedreira Telles.




Formação Complementar


2011 - 2011
Extensão universitária em Programa de Monitoria. (Carga horária: 240h).
Faculdade Social, FS, Brasil.
2011 - 2011
Oficina de Produção Cultural. (Carga horária: 2h).
Faculdade Social, FS, Brasil.
2011 - 2011
Jornalismo Musical: semiótica da canção. (Carga horária: 3h).
Faculdade Social, FS, Brasil.


Atuação Profissional



Jornal Correio, CORREIO*, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Programa Jornalismo de Futuro. Acompanhamento de rotinas da redação nas editorias do jornal impresso e do site Correio24horas, produção e redação de produto online e de uma edição do jornal impresso com a supervisão dos editores


Conselho Estadual de Cultura da Bahia, CEC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Redação, cobertura de eventos e gerenciamento de mídias sociais


Secretaria de Comunicação de Salvador, SECOM, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Redação e edição em jornalismo online e gerenciamento de mídias sociais.


Faculdade Social, FS, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de doutorado (POSCOM/UFBA), Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de mestrado (POSCOM/UFBA), Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, .

10/2017 - 03/2018
Estágios , Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, .

Estágio realizado
Tirocínio docente realizado na disciplina Temas em Teorias Contemporâneas da Comunicação e da Cultura (COM525 68h).
02/2014 - 02/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, .

08/2014 - 12/2014
Estágios , Faculdade de Comunicação (FACOM/UFBA), .

Estágio realizado
Tirocínio docente realizado na disciplina Teorias do Jornalismo (COM121 68h).


Linhas de pesquisa


1.
Análise de Produtos e Linguagens da Cultura Mediática
2.
Comunicação e Cultura Digital


Projetos de pesquisa


2011 - 2012
Energia nuclear em pauta: como o desastre nuclear no Japão reacendeu o debate nos meios de comunicação sobre a viabilidade dessa energia
Descrição: Em 11 de março de 2011, a região nordeste do Japão foi atingida por um terremoto de magnitude 8,9. O tremor, que foi considerado o registro mais forte no país e o sétimo maior na história, causou um tsunami que atingiu toda a costa leste da ilha de Honshu, a maior do arquipélago que forma o Japão. Em decorrência dos tremores e do tsunami, a usina nuclear de Fukushima teve seu sistema de refrigeração danificado e, com o superaquecimento dos reatores, explosões causaram o vazamento de material radioativo, provocando contaminações nas regiões arredores e na água do mar. Naturalmente, todo o desastre foi coberto pela imprensa em todo o mundo e como consequência, o controverso tema da utilização de energia nuclear voltou a ser pautado por diversos atores sociais: os meios de comunicação, especialistas, ambientalistas e a própria sociedade civil. Esse trabalho, portanto, tem como objeto de estudo a cobertura do jornal Folha de S. Paulo sobre o desastre no Japão em março de 2011 a partir da identificação dos enquadramentos utilizado pelo jornal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Eduardo Pereira Francisco - Integrante / Antonio Marcos Pereira Brotas - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Gênero e Sexualidade.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Japonês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende PoucoLê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Classificado em 3º lugar no concurso público para professor auxiliar (substituto) na Faculdade de Comunicação (FACOM/UFBA) (Disciplinas: com121-Teorias do Jornalismo; com122-Comunicação Jornalística;, Universidade Federal da Bahia.
2012
Melhor Trabalho Científico na área de Ciências Sociais e Humanidades na V Jornada Científica do Programa de Bolsas de Iniciação Científica da Faculdade Social, Faculdade Social da Bahia.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FRANCISCO, E. P.2016FRANCISCO, E. P.. Em busca de categorias teóricas-metodológicas para analisar a arte por uma perspectiva queer. AMBIVALÊNCIAS, v. 4, p. 50-80, 2016.

2.
FRANCISCO, E. P.2015FRANCISCO, E. P.. A vulnerabilidade das existências ciborgues: apontamentos feministas para se pensar a condição humana a partir de acontecimentos jornalísticos. REVISTA PERIÓDICUS, v. 1, p. 19-36, 2015.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FRANCISCO, E. P.. A configuração comunicativa do YouTube em três dimensões (discursiva, audiovisual, mídia social): uma proposta metodológica para analisar a plataforma. In: XIII Enecult (Encontro de estudos multidisciplinares em cultura), 2017, Salvador. EDIÇÃO 2017 ? XIII ENECULT. Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2017. v. 1.

2.
FRANCISCO, E. P.. Videografias de si: a produção de saberes no YouTube através dos relatos de si. In: V Seminário Internacional Enlaçando Sexualidades, 2017, Salvador. Seminário Internacional Enlaçando Sexualidades. Campina Grande (PB): Realize Eventos e Editora, 2017. v. 1.

3.
SEIXAS, L. F. ; FRANCISCO, E. P. . Como agenda-setting de atributos e enquadramento podem auxiliar na análise de critérios de noticiabilidade. In: XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2014, Foz do Iguaçu. Anais do XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. São Paulo: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), 2014.

4.
FRANCISCO, E. P.; BROTAS, A. M. P. . Energia Nuclear em pauta ? Os enquadramentos da cobertura sobre o desastre nuclear no Japão em março de 2011. In: 2º Encontro Nacional de Jovens Pesquisadores em Jornalismo, 2012, Curitiba. Anais do 2º Encontro Nacional de Jovens Pesquisadores em Jornalismo (II JPJor). Brasília: Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
FRANCISCO, E. P.. A configuração comunicativa do YouTube em três dimensões (discursiva, audiovisual, mídia social): uma proposta metodológica para analisar a plataforma. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
FRANCISCO, E. P.. Videografias de si: a produção de saberes no YouTube através dos relatos de si. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
SEIXAS, L. F. ; FRANCISCO, E. P. . Como agenda-setting de atributos e enquadramento podem auxiliar na análise de critérios de noticiabilidade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
FRANCISCO, E. P.. Energia nuclear em pauta: como o desastre nuclear no Japão reacendeu o debate nos meios de comunicação sobre a viabilidade dessa energia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
FRANCISCO, E. P.; BROTAS, A. M. P. . Energia Nuclear em pauta ? Os enquadramentos da cobertura sobre o desastre nuclear no Japão em março de 2011. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
FRANCISCO, E. P.. Energia nuclear em pauta: como o desastre nuclear no Japão reacendeu o debate nos meios de comunicação sobre a viabilidade dessa energia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 15:27:51