Grasiele Dick

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3817205061058554
  • Última atualização do currículo em 16/01/2019


Engenheira Florestal graduada pelo Centro de Educação Superior Norte RS, Universidade Federal de Santa Maria (2011). Licenciada em Docência para a Educação Profissional e Tecnológica, pelo Programa Especial de Graduação de Formação de Professores para a Educação Profissional (UFSM, 2013). Mestra em Engenharia Florestal (UFSM, 2014) e Doutora em Engenharia Florestal, na área de Silvicultura, com ênfase na linha de pesquisa: Ecologia, Solos e Nutrição de Florestas, pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal (PPGEF), UFSM (2018). Atualmente é Pós-doutoranda (PPGEF/UFSM), editora do periódico "Ecologia e Nutrição Florestal" e pesquisadora voluntária do Laboratório de Ecologia Florestal (DCFL/UFSM), no grupo de pesquisa do CNPq "Ciclagem de nutrientes em florestas nativas e plantações comerciais" (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Grasiele Dick
Nome em citações bibliográficas
DICK, G.;GRASIELE DICK;DICK, GRASIELE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Maria, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal.
Universidade Federal de Santa Maria
Camobi
97105900 - Santa Maria, RS - Brasil
Telefone: (55) 32208444
URL da Homepage: http://www.ufsm.br


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2018
Doutorado em Engenharia Florestal.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: FERTILIZAÇÃO MINERAL EM Eucalyptus dunnii Maiden: EFEITOS NOS ESTOQUES DOS NUTRIENTES, Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Mauro Valdir Schumacher.
Coorientador: Paulo Renato Schneider.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura / Especialidade: Solos Florestais.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Fertilização mineral.
2012 - 2014
Mestrado em Engenharia Florestal.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: RESTAURAÇÃO ECOLÓGICA EM FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL ALUVIAL: FISIONOMIA, ESPÉCIES POTENCIAIS E VARIÁVEIS AMBIENTAIS,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Ana Paula Moreira Rovedder.
Coorientador: Fabrício Jaques Sutili.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura / Especialidade: Nutrição Florestal.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura / Especialidade: Solos Florestais.
2017
Graduação em andamento em Tecnologia em Gestão Ambiental.
Universidade Anhanguera - Uniderp, UNIDERP, Brasil.
2012 - 2013
Graduação em Programa Especial de Graduação de Formação de Professores Para A Educação P.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2007 - 2011
Graduação em Engenharia Florestal.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: Deposição de serrapilheira como bioindicador em fragmentos de Floresta Estacional Decidual.
Orientador: Márcia d'Avila.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Grande área: Ciências Agrárias


Formação Complementar


2018 - 2018
Curso de Primeiros Socorros: a atuação no suporte básico de vida. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
Curso de Dicção e Oratória. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
COMPONENTE VEGETAL NOS SISTEMAS DE ILPF. (Carga horária: 20h).
SENAR EaD, SENAR, Brasil.
2018 - 2018
Curso de Formação e Desenvolvimento Pessoal e Profissional Docente. (Carga horária: 35h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
Formação para Inclusão Educacional. (Carga horária: 108h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
Curso de Libras Básico - Turma 1/2018. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
Curso Respeito à Diversidade - Turma 1/2018. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
Propague: a arte da redação científica. (Carga horária: 24h).
Editora UFSM, EU, Brasil.
2018 - 2018
A Dimensão emocional da Docência Universitária. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
Curso de Ética no Serviço Público - Turma 1/2018. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
Curso de Combate ao Racismo Institucional. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2018 - 2018
Introdução à comunicação não-violenta: aprendendo a linguagem da vida!. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2017 - 2017
26º Curso sobre cultivo de nogueira-pecã. (Carga horária: 15h).
Colégio Politécnico UFSM, UFSM, Brasil.
2017 - 2017
Sistemas de Cultivo da Seringueira e Produção de Látex,. (Carga horária: 20h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2017 - 2017
Elementos de Paisagem e Processos Ecológicos. (Carga horária: 30h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2017 - 2017
Oficina de Educação Ambiental. (Carga horária: 20h).
Universidade Anhanguera de São Paulo, UNIAN/SP, Brasil.
2017 - 2017
Oficina de Biologia. (Carga horária: 20h).
Universidade Anhanguera de São Paulo, UNIAN/SP, Brasil.
2017 - 2017
Inserção da Árvore na Propriedade Rural. (Carga horária: 30h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2017 - 2017
Proteção de nascentes. (Carga horária: 10h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2017 - 2017
Produção de Sementes e Mudas de Espécies Florestais Nativas. (Carga horária: 20h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2017 - 2017
Escrita de artigos científicos de alto impacto: estrutura, linguagem e form. (Carga horária: 5h).
Editora UFSM, EU, Brasil.
2017 - 2017
Componentes Socioeconômico e Ambiental em Sistemas ILPF. (Carga horária: 10h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2017 - 2017
Oficina de Empreendedorismo. (Carga horária: 20h).
Universidade Anhanguera de São Paulo, UNIAN/SP, Brasil.
2017 - 2017
RELEVÂNCIA DAS QUESTÕES AMBIENTAIS. (Carga horária: 5h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2017 - 2017
Animais peçonhentos: lendas e realidades. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2016 - 2017
DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES. (Carga horária: 10h).
Instituto Legislativo Brasileiro, ILB, Brasil.
2016 - 2016
De acordo com o novo acordo. (Carga horária: 10h).
Fundação Bradesco, FB, Brasil.
2016 - 2016
Empreendedorismo. (Carga horária: 14h).
SENAI - Departamento Regional do Espírito Santo, SENAI/DR/ES, Brasil.
2016 - 2016
Gestão de Projetos 1 - Como trabalhar com projetos?. (Carga horária: 11h).
Fundação Bradesco, FB, Brasil.
2016 - 2016
CADASTRO AMBIENTAL RURAL. (Carga horária: 20h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2016 - 2016
PREVENÇÃO E CONTROLE DO FOGO NA AGRICULTURA. (Carga horária: 20h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2016 - 2016
Particularidades dos sistemas ILPF nos biomas brasileiros. (Carga horária: 40h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2016 - 2016
Introdução à Agricultura de Precisão. (Carga horária: 18h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2016 - 2016
Componente solo nos sistemas ILPF. (Carga horária: 10h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2016 - 2016
Segurança do Trabalho. (Carga horária: 14h).
SENAI - Departamento Regional do Espírito Santo, SENAI/DR/ES, Brasil.
2016 - 2016
SISTEMAS DE CULTIVO NA SILVICULTURA E PROJETOS FLORESTAIS. (Carga horária: 20h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2016 - 2016
Curso de Perícia Ambiental. (Carga horária: 20h).
Maxiambiental Treinamentos, MT, Brasil.
2016 - 2016
Produção de Mudas e Manejo Produtivo na Silvicultura. (Carga horária: 30h).
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR-AR/SP, Brasil.
2016 - 2016
Educação Ambiental. (Carga horária: 14h).
SENAI - Departamento Regional do Espírito Santo, SENAI/DR/ES, Brasil.
2016 - 2016
Postura e Imagem profissional. (Carga horária: 59h).
Fundação Bradesco, BRADESCO, Brasil.
2016 - 2016
TI na Educação. (Carga horária: 7h).
Fundação Bradesco, FB, Brasil.
2015 - 2015
Comunicação escrita. (Carga horária: 91h).
Fundação Bradesco, FB, Brasil.
2015 - 2015
Método lógico para redação científica. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2015 - 2015
Potencial madeireiro em sistemas agroflorestais. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2014 - 2015
Curso de capacitação Cadastro Ambiental rural. (Carga horária: 78h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2014 - 2014
Soil-plant interation in mineral nutrition. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2013 - 2013
Fundamentos de Nutrição Florestal. (Carga horária: 45h).
Albert-Ludwigs-Univesität Freiburg, ALUF, Alemanha.
2013 - 2013
My English OnLine-Curso de Língua Inglesa-Nível 2.
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2013 - 2013
My English Online - nível 3. (Carga horária: 60h).
CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social, CAPES, Brasil.
2012 - 2012
Leitura Instrumental em Língua Alemã I. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2012 - 2012
I Curso de identificação de espécies botânicas. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2011 - 2011
Fungos entomopatológicos e outros patógenos. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2011 - 2011
O balanço de carbono nos ecossistemas. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2010 - 2010
Colheita Florestal. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2009 - 2009
Paisagismo e Jardinagem. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2008 - 2008
Fundamentos da secagem da madeira serrada. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista pró-revistas - Editora, editora de texto e diagramadora do periódico Ecologia e Nutrição Florestal (ENFLO)

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Substituto Assistente A nível 01, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Universidade Federal de Santa Maria; Departamento de Ciências Florestais, Disciplina de Química da Madeira (CFL 1039)

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Acadêmica, Enquadramento Funcional: Integrante, Carga horária: 12
Outras informações
Integrante do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Recuperação de Áreas Degradadas

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Monitoria subsidiada, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 12
Outras informações
Monitoria subsidiada da disciplina de Fitopatologia.

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio curricular no Departamento de Ciências Florestais - Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Iniciação científica pelo Fipe Jr no projeto "Deposição de serrapilheira como bioindicador em fragmentos de Floresta Estacional Decidual"


Fundação Bradesco, FB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Serviços profissionais, Enquadramento Funcional: Instrutor de curso técnico em Agropecuária, Carga horária: 20
Outras informações
Professora da disciplina de Silvicultura

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Serviços profissionais, Enquadramento Funcional: Desenvolvimento de Projetos Agropecuários, Carga horária: 3
Outras informações
Monitoria de projetos do curso de Agropecuária regional com Foco em Projetos e Sustentabilidade

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Serviços profissionais, Enquadramento Funcional: Instrutor em Curso Técnico em Agropecuária, Carga horária: 28
Outras informações
Professora da disciplina de Silvicultura

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Serviços profissionais, Enquadramento Funcional: Instrutor de curso técnico em Agropecuária, Carga horária: 40
Outras informações
Professora da disciplina de Gestão Ambiental e Sustentabilidade


Laboratório de Ecologia Florestal, LABEFLO, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaborador voluntário, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2017 - 2018
DINÂMICA NUTRICIONAL EM Pinus taeda PARA ELABORAÇÃO DE UM MODELO DE CICLAGEM DE NUTRIENTES

Projeto certificado pela empresa CMPC Celulose do Brasil em 10/11/2017.
Descrição: O presente estudo tem por objetivo caracterizar a dinâmica de nutrientes em um povoamento de Pinus taeda e elaborar um modelo de ciclagem de nutrientes através de um algoritmo computacional. Para caracterização da dinâmica nutricional, em um povoamento de Pinus taeda, aos 14 e 15 anos de idade, serão avaliados dados de biomassa, produção e decomposição da serapilheira, deposição atmosférica e estoque de nutrientes do solo. O algoritmo será programado considerado que as variáveis avaliadas pela dinâmica nutricional irão compor um banco de dados anual formado por matrizes. Portanto, espera-se com a realização do presente projeto obter a caracterização da dinâmica nutricional do Pinus taeda e a elaboração de um modelo de ciclagem de nutrientes, através de um algoritmo computacional, capaz de realizar o balanço nutricional para auxiliar os gestores florestais em suas tomadas de decisões..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
CICLAGEM BIOGEOQUÍMICA DOS NUTRIENTES EM UM POVOAMENTO HÍBRIDO DE Eucalyptus urograndis: EFEITOS DA EXCLUSÃO PARCIAL DE PRECIPITAÇÃO PLUVIOMÉTRICA

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mauro Valdir Schumacher em 10/11/2017.
Descrição: O presente estudo será desenvolvido na Fazenda Monte Alegre, município de Telêmaco Borba ? Paraná em área experimental da empresa Klabin S.A. O estudo será conduzido com a espécie Eucalyptus urograndis por um período de 12 meses. O experimento consiste na instalação de duas parcelas, uma sem exclusão da precipitação pluviométrica e outra com a exclusão de 30% da precipitação pluviométrica. O trabalho tem como objetivo avaliar a ciclagem de nutrientes em Eucalyptus urograndis com e sem exclusão da precipitação pluviométrica. Serão avaliados aspectos como aporte de nutrientes via precipitação pluviométrica, produção de serapilheira e variáveis de crescimento..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
EFEITO DOS RESÍDUOS DA COLHEITA DE Eucalyptus saligna NA PRODUTIVIDADE DO POVOAMENTO E NA FERTILIDADE DO SOLO
Descrição: É fundamental o conhecimento da sustentabilidade nutricional de povoamentos homogêneos de Eucalyptus frente á uma gestão adequada dos empreendimentos florestais na colheita florestal, e o entendimento à respeito da manutenção das propriedades do solo. Sob diferentes práticas de manejo de resíduos florestais e adubação, este trabalho tem como objetivo avaliar se o manejo dos resíduos florestais e adubação afetarão o balanço nutricional e a produtividade do povoamento, e assim verificar a sustentabilidade nutricional do povoamento de Eucalyptus saligna estabelecido em solo arenoso. O experimento será conduzido no município de Barra do Ribeiro/ RS, na Fazenda Barba Negra pertencente a multinacional CMPC. Os tratamentos consistirão de diferentes manejos dos resíduos florestais (retirada e manutenção dos resíduos da colheita) e adubação. Determinar-se-á a biomassa de madeira, folha, galho, casca e serapilheira e coletar-se-á amostras desses componentes e amostras de solo para determinação dos teores dos nutrientes antes da colheita e aos 6, 18, 24 meses após a colheita. O processo de secagem e moagem das amostras será realizado no laboratório de Ecologia Floresta/ UFSM. A resposta aos tratamentos utilizados será avaliada por medidas do estoque de nutrientes nas árvores; análise dos nutrientes na serapilheira e análise nutricional do solo. Depois de realizada a colheita, serão implantadas novas mudas de Eucalyptus saligna nas 12 parcelas (delineamento experimental em blocos ao acaso, com quatro tratamentos e três repetições). Serão monitoradas as variáveis dendrométricas como, altura e diâmetro de cada árvore de Eucalyptus saligna aos 6, 12, 18 e 24 meses após o plantio..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (4) .
Integrantes: Grasiele Dick - Coordenador / Mauro Valdir Schumacher - Integrante / Aline Aparecida Ludvichak - Integrante / Huan Pablo de Souza - Integrante / Bernardo Corso Frantz - Integrante / Catarine Barcellos Consensa - Integrante / Claudiney do Couto Guimarães - Integrante / Kristiana Fiorentin dos Santos - Integrante / Simone Martini Salvador - Integrante.
2014 - Atual
Quantificação de biomassa e do estoque de nutrientes em dois clones de Eucalyptus no município de Telêmaco Borba - PR
Descrição: O presente trabalho tem por objetivo, quantificar a biomassa e a exportação de nutrientes no sub bosque, serapilheira acumulada e nos componentes de Eucalyptus saligna e Eucalyptus urograndis, em solos de textura arenosa e argilosa, no município de Telêmaco Borba - PR. Em cada área será realizada a demarcação de 4 parcelas, de 20 m x 30 m, onde será realizado um inventário de cada parcela, bem como a coleta de solo nas mesmas nas profundidades de 0-20 cm, 20-40cm e 40-60 cm. Com base nos dados obtidos no inventário, o povoamento será dividido em classes diamétricas, com amostragem de três árvores por classe. As árvores serão seccionadas ao nível do solo e fracionadas nos componentes: folhas, galhos, casca e madeira do tronco, coletando-se uma amostra representativa de cada fração, bem como a pesagem para determinação da biomassa. Para as frações de madeira do tronco e casca, serão coletados discos de madeira nas alturas relativas de 25%, 50%, 75% e 100% da altura comercial. Paralelamente a determinação da biomassa aérea, será realizada a quantificação da biomassa das raízes em cada árvore abatida. Serão arrancadas todas as raízes da árvore, através da escavação manual e com a ajuda de uma retroescavadeira. Para avaliar a serapilheira acumulada sobre o solo, serão coletadas 10 amostras aleatoriamente em cada parcela do inventário em cada textura de solo e em cada clone, próximo a árvore destinada à amostragem e seu peso será determinado diretamente através da secagem e pesagem de cada amostra. Para o sub bosque, serão demarcadas 3 parcelas de 6 m2 onde será coletada toda a biomassa acima e abaixo do solo, que posteriormente será pesada e amostrada. As amostras serão encaminhadas para o Laboratório de Ecologia Florestal da UFSM, onde serão secas, moídas e analisadas quimicamente. Com este estudo espera-se quantificar o estoque de nutrientes na biomassa das espécies de eucalipto na idade de 7 anos e a calibração do programa NUTRICALC, bem como, poder estabelecer modelos para a tomada de decisões quanto ao uso racional da biomassa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (4) .
Integrantes: Grasiele Dick - Coordenador / Mauro Valdir Schumacher - Integrante / Aline Aparecida Ludvichak - Integrante / Huan Pablo de Souza - Integrante / Bernardo Corso Frantz - Integrante / Catarine Barcellos Consensa - Integrante / Claudiney do Couto Guimarães - Integrante / Kristiana Fiorentin dos Santos - Integrante / Simone Martini Salvador - Integrante.
2014 - Atual
Dinâmica nutricional do Eucalyptus benthamii Maiden & Cambage em área de produção de sementes

Projeto certificado pela empresa Stora Enso Florestal RS em 18/08/2014.
Descrição: O presente estudo tem por objetivo estabelecer protocolo de manejo nutricional para área de produção de sementes de Eucalyptus benthamii, a fim de potencializar a frutificação através do entendimento da dinâmica nutricional da espécie, definindo dessa forma quais são os nutrientes essências para a sustentabilidade da produção de frutos e sementes viáveis. Essa espécie endêmica de baixa variabilidade genética apresenta grande potencial produtivo e tolerância a baixas temperaturas, dessa forma é recomendada para as regiões sul do Brasil além de outros locais com formação de geadas e cultivo do gênero. Diferente ainda do que ocorre na Austrália em sua origem, o florescimento no local do estudo, São Francisco de Assis no estado do Rio Grande do Sul vem se apresentando de forma precoce, em árvores com quatro anos de idade. Então acreditamos que entendendo essa dinâmica, será possível manejar as matrizes a fim de produzir o maior número possível de capsulas seminais, porem demandando de manejo diferenciado aquele adotado nas plantações com o objetivo de produção volumétrica de madeira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (4) .
Integrantes: Grasiele Dick - Coordenador / Mauro Valdir Schumacher - Integrante / Aline Aparecida Ludvichak - Integrante / Huan Pablo de Souza - Integrante / Bernardo Corso Frantz - Integrante / Catarine Barcellos Consensa - Integrante / Claudiney do Couto Guimarães - Integrante / Kristiana Fiorentin dos Santos - Integrante / Simone Martini Salvador - Integrante.
2014 - Atual
Ecoeficiência e sustentabilidade nutricional em plantios de eucalipto no Bioma Pampa do Rio Grande do Sul

Projeto certificado pela empresa Stora Enso Florestal RS em 18/08/2014.
Descrição: Os plantios florestais com o gênero Eucalyptus têm sido estabelecidos no Bioma Pampa, especificamente na região oeste do RS, em escala apresentando índices competitivos de produtividade em relação às demais regiões do país. Esta condição corrobora para a tendência de expansão, consolidação e incorporação dos povoamentos florestais na cadeia produtiva na região. Portanto este trabalho tem por objetivo determinar os efeitos provocados pelas plantações com eucalipto e obter dados que possam contribuir para o melhor entendimento da silvicultura, autoecologia e fisiologia da espécie neste ecossistema, os quais poderão proporcionar a adequação do manejo da fertilização e das práticas silviculturais/conservacionistas de forma a potencializar os incrementos em produtividade com sustentabilidade do ambiente de produção. O presente estudo será realizado em três áreas, pertencentes à StoraEnso Florestal - RS, plantadas com cinco materiais genéticos: Eucalyptus urograndis, Eucalyptus grandis, Eucalyptus benthamii, Eucalyptus dunnii e Eucalyptus saligna, com 7 anos de idade. Será realizada a caracterização dendrométrica dos povoamentos, bem como a estimativa da biomassa arbórea e demais interações ecofisiológicas e nutricionais das espécies no sistema solo-planta..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (4) .
Integrantes: Grasiele Dick - Coordenador / Mauro Valdir Schumacher - Integrante / Aline Aparecida Ludvichak - Integrante / Huan Pablo de Souza - Integrante / Bernardo Corso Frantz - Integrante / Catarine Barcellos Consensa - Integrante / Claudiney do Couto Guimarães - Integrante / Kristiana Fiorentin dos Santos - Integrante / Simone Martini Salvador - Integrante.
2014 - Atual
ESTOQUE DE NUTRIENTES E CARBONO EM PLANTIOS MONOESPECÍFICOS E MISTOS DE Eucalyptus urograndis E Acacia mearnsii.
Descrição: O presente projeto tem como objetivo avaliar o crescimento, acúmulo de nutrientes e carbono na biomassa de Eucalyptus urograndis e Acacia mearnsii em plantios monoespecíficos e mistos no Sul do Rio Grande do Sul. O presente estudo será realizado na área experimental nomeada de "Fazenda do Brete" pertencente a empresa CMPC, localizada no município de Pinheiro Machado-RS. A área experimental foi implantada em outubro de 2006, com espaçamento de plantio de 3,5m x 2,0m com cinco tratamentos: T1 (100% eucalipto); T2 (100% acácia-negra); T3 (50% eucalipto + 50% acácia-negra); T4 (75% eucalipto + 25% acácia-negra); T5 (25% eucalipto + 75% acácia-negra); instalados em parcelas de 20m x 42m, sendo utilizado o Delineamento de Blocos ao Acaso, com 4 repetições. Serão obtidas 18 amostras de serapilheira acumulada por tratamento, considerando seis amostras por repetição, de forma aleatória. A biomassa acima do solo ?orestais será determinada tendo como referência a árvore média de cada parcela baseada no diâmetro à altura do peito (DAP). A qual será derrubada e separada nas seguintes frações formadoras da biomassa: madeira, casca, galhos e folhas. Cada componente terá sua biomassa amostrada, pesada e embalada em sacos plásticos e, posteriormente, enviada ao Laboratório de Ecologia Florestal da Universidade Federal de Santa Maria, onde as amostras serão secas, pesadas, moídas e submetidas para determinação dos teores de nutrientes e carbono conforme metodologia de Tedesco (1995). As análises estatísticas serão realizadas com o auxílio do programa estatístico ASSISTAT versão 7.5 beta ao nível de 5% de probabilidade de erro. Sendo utilizado o teste de Tukey para a separação dos contrastes de médias..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (4) .
Integrantes: Grasiele Dick - Coordenador / Mauro Valdir Schumacher - Integrante / Aline Aparecida Ludvichak - Integrante / Huan Pablo de Souza - Integrante / Bernardo Corso Frantz - Integrante / Catarine Barcellos Consensa - Integrante / Claudiney do Couto Guimarães - Integrante / Kristiana Fiorentin dos Santos - Integrante / Simone Martini Salvador - Integrante.
2014 - Atual
Ciclagem biogeoquímica dos nutrientes em um híbrido de Eucalyptus globulus submetido ao estresse hídrico
Descrição: Cientistas de varias partes do mundo se preocupam com as mudancas climaticas que poderao alterar e transformar os ecossistemas de nosso planeta. Em virtude disso, sao realizadas simulacoes e grandes ensaios nos mais variados tipos de ecossistemas. Nestes trabalhos, os cientistas verificam como as alteracoes nos niveis de precipitacao pluviometrica, monoxido de carbono e temperatura afetam a biosfera. O objetivo do presente trabalho e monitorar e avaliar a ciclagem biogeoquimica dos nutrientes em um hibrido de Eucalyptus globulus, submetido a estresse hidrico. O estudo sera realizado no municipio de Eldorado do Sul, onde serao avaliados dois tratamentos, com e sem restricao hidrica, contendo 8 linhas x 10 plantas cada. No tratamento com restricao hidrica serao alocadas calhas plasticas coletoras para desviar 30% da precipitacao. Para a amostragem da quantidade e da composicao quimica da solucao da precipitacao pluviometrica (P), serao instalados seis coletores (tres para analise quimica e tres para quantificacao) em area anexa ao ensaio de estresse hidrico. Para quantificar a precipitacao interna (Pi) e as caracteristicas quimicas da solucao da mesma, em cada bloco, serao distribuidos 12 coletores (6 para quantidade e 6 para analise quimica). Tambem serao instalados 12 coletores de escoamento pelo tronco das arvores (Et). Com a amostragem da agua da (P), (Pi) e (Et) serao determinados os valores de pH e de alguns elementos quimicos. Para a coleta e caracterizacao quimica da serapilheira serao instalados 12 coletores de serrapilheira em cada tratamento, para posteriormente ser determinada a taxa de decomposicao da serapilheira e o tempo medio necessario para renovacao da serapilheira acumulada sobre o solo. A amostragem das raizes finas (diametro . 2,0 mm) sera realizada a partir dos tres anos de plantio, com repeticoes posteriores das analises a cada semestre. Tambem serao mensurados atributos quimicos e fisicos do solo, e avaliada a variacao da umidade do solo por meio de sondas de medicao da umidade. Para verificar o crescimento das plantas nas parcelas amostrais, serao mensuradas, semestralmente, altura (m) e diametro a altura do peito (cm), alem de avaliacoes quanto a mortalidade de plantas. Tambem pretende-se determinar a area foliar especifica, condutancia estomatica, fotossintese, fluorescência e respiração..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (4) .
Integrantes: Grasiele Dick - Coordenador / Mauro Valdir Schumacher - Integrante / Aline Aparecida Ludvichak - Integrante / Huan Pablo de Souza - Integrante / Bernardo Corso Frantz - Integrante / Catarine Barcellos Consensa - Integrante / Claudiney do Couto Guimarães - Integrante / Kristiana Fiorentin dos Santos - Integrante / Simone Martini Salvador - Integrante.
2014 - Atual
Ciclagem biogeoquímica dos nutrientes e bioindicadores da qualidade do solo em um plantio de Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage submetido a diferentes quantidades de fertilizante
Descrição: Estudos voltados à nutrição e fertilidade florestal são essenciais para o planejamento das atividades silviculturais, pois subsidiam inferências quanto à sustentabilidade dos povoamentos florestais e produtividade do sítio, especialmente no domínio do bioma Pampa, que é um ecossistema pouco explorado em informações sobre potencialidade à silvicultura. Com o objetivo de avaliar a resposta da espécie Eucalyptus benthamii a diferentes níveis de adubação, bem como o reflexo em bioindicadores de qualidade de solo, o presente projeto está fundamentado na investigação à cerca da dinâmica de nutrientes do sistema solo-planta, considerando aspectos como solução do solo, entrada de nutrientes via precipitação, saída de nutrientes via deflúvio em microbacia, além de análise de plantas, tais como crescimento e acúmulo de nutrientes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Ciclagem de nutrientes em ecossistemas florestais nativos e plantações comerciais
Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por finalidade avaliar a ciclagem dos nutrientes em diferentes ecossistemas florestais nativos e nas principais espécies que compõem as palntações florestais. Este projeto de longo prazo tem como objetivos: quantificar as entradas de íons através da precipitação e deposição atmosférica; estimar a biomassa e o estoque de nutrientes acumulados nas diferentes espécies florestais; avaliar a sazonalidade de deposição da serapilheira e a devolução de nutrientes e quantificar o estoque de nutrientes no solo em diferentes profundidades..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2014
Potencial invasor do L. lucidum em unidade de conservação do Bioma Mata Atlântica no RS.
Descrição: A invasão de ecossistemas naturais por espécies exóticas é considerada atualmente a segunda maior ameaça mundial à biodiversidade, antecedida pela fragmentação de habitats (ZILLER & DECHOUM, 2007). Segundo Ziller (2000), espécies invasoras são aquelas que, uma vez introduzidas a partir de outros ambientes, se adaptam e passam a reproduzir-se a ponto de ocupar o espaço de espécies nativas e produzem alterações nos processos ecológicos naturais, tendendo a tornarem-se dominantes. O efeito da presença de árvores exóticas invasoras em Unidades de Conservação requer conhecimento sobre a ecologia e controle dessas espécies, envolvendo aspectos como: características biológicas, meios de entrada/dispersão, técnicas de manejo, relação entre as atividades humanas e sua disseminação, impactos socioeconômicos e aspectos legais (ZILLER, 2001) O controle e manejo de plantas exóticas invasoras em maciços florestais nativos e os fatores que contribuem para seu estabelecimento variam de acordo com a espécie..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
POTENCIAL DA Escallonia bifida Link & Otto PARA UTILIZAÇÃO EM AÇÕES DE RESTAURAÇÃO ECOLÓGICA NO BIOMA MATA ATLÂNTICA
Descrição: O presente trabalho apresenta uma proposta de estudo da espécie nativa Escallonia bifida, com intuito de avaliar seu real potencial e, a partir daí, poder validá-la como espécie indicada para potencializar e efetivar futuras ações de restauração em seu ambiente de origem, mais específicamente, as formações da Floresta Estacional Decidual, em áreas ocupadas pelo Bioma Mata Atlântica no estado do Rio grande do Sul. Pretende-se, portanto aprofundar os conhecimentos sobre a espécie, muito pouco estudada até o momento, definindo características e gerando informações úteis para sua utilização em planos de restauração ecológica para o Bioma Mata Atlântica...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
Efeito da fragmentação florestal sobre a comunidade de artrópodes epigéicos em áreas de Floresta Estacional Decidual, RS.
Descrição: O estudo da fauna do solo é importante pelos benefícios prestados ao solo e participa em inúmeras funções no solo como a fragmentação da serapilheira, construção de galerias, controle biológico de pragas, degradação de substâncias tóxicas e distribuição de matéria orgânica da superfície para as camadas mais profundas do solo, melhoram a estrutura do solo e a quantidade de nutrientes (BARETTA et al., 2007; MORSELLI, 2009). Mas, mesmo com todos os serviços prestados pela fauna do solo, esses organismos são desprezados e muitas vezes esquecidos na avaliação da qualidade e produtividade do solo. Por esse motivo, sabe-se muito pouco em relação as funções e importância desses organismos, sendo necessário mais estudo para entender a sua interação com o ecossistema. Nesse contexto, o presente projeto tem por objetivo principal avaliar o efeito da fragmentação florestal sobre a comunidade de artrópodes edáficos epigéicos em um mosaico constituído pelos seguintes usos do solo: (I) fragmento de Floresta Estacional Decidual de cerca de 98 ha; (II) fragmento florestal impactado pelo gado, (III) lavoura e (IV) voçoroca estabilizada, adjacentes entre si. O presente estudo será desenvolvido em uma propriedade rural do município de Santa Maria, pertencente ao distrito de Pains, na região da central do Rio Grande do Sul..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
Condução de regeneração natural em fragmento florestal da região da Quarta Colônia, Rio Grande do Sul
Descrição: presente estudo apresenta uma proposta de metodologia para restauração de remanescentes florestais, com foco na condução da regeneração natural da Floresta Estacional Decidual. O objetivo da proposta é testar essa metodologia para restauração da composição florística no Parque Estadual da Quarta Colônia e/ou no seu entorno. Justifica-se o estudo pela necessidade premente de se encontrar alternativas viáveis para restauração florestal que sejam adaptadas à realidade regional da Quarta Colônia. Nesse sentido, espera-se que as informações geradas possam ser utilizadas para recomposição de áreas do Parque Estadual da Quarta Colônia, bem como ser difundidas junto aos produtores rurais do seu entorno e divulgadas como possíveis estratégias a serem discutidas e adaptadas para as diferentes realidades da região...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2014
Validação de metodologias de restauração em fragmento florestal para o Parque Estadual da Quarta Colônia e seu entorno. Rio Grande do Sul
Descrição: Testar metodologias de restauração da composição florística no âmbito do Parque Estadual da Quarta Colônia, Rio Grande do Sul, no intuito de validar e adaptar técnicas para a realidade regional que possam ser utilizadas para recomposição de áreas do Parque, bem como ser difundida junto aos produtores rurais de seu entorno e divulgadas como possíveis estratégias a serem discutidas e adaptadas para as diferentes realidades da região...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
Deposição de serrapilheira como bioindicador em fragmentos de Floresta Estacional Decidual
Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar a deposição de serapilheira em fragmentos, em função de diferentes níveis de degradação, tamanho de fragmento e ainda considerando a sazonalidade e influência ambiental na quada de material vegetal..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - Atual
Diagnose nutricional de plantas, água e solos

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mauro Valdir Schumacher em 11/08/2017.
Descrição: O presente projeto de prestação de serviços tem por objetivo a realização da diagnose nutricional em amostras de plantas (folhas, galhos, casca, madeira e raízes), solo e água oriundos de ecossistemas florestais nativos e plantações comercias com espécies de rápido crescimento (eucalipto, pinus, acácia e outras), culturas anuais bem como de viveiros florestais entre outros..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2014 - Atual
Realização de análises de tecidos vegetais, água e solos
Descrição: O presente projeto tem como objetivo a realização de análises químicas de amostras de tecidos vegetais (folhas, casca, madeira e raízes), solo e água oriundos de ecossistemas florestais, plantações agrícolas bem como viveiros florestais entre outros por meio de prestação de serviços..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2014 - Atual
Revista Eletrônica Ecologia e Nutrição Florestal (ENFLO)
Descrição: A Revista Ecologia e Nutrição Florestal será um meio de divulgação científica publicada online a cada quatro meses. Ela publicará artigos científicos inéditos na área de Ecologia e Nutrição Florestal com ênfase a inventários de biomassa, ciclagem de nutrientes e do carbono e nutrição de espécies florestais, também aceitará artigos de revisão e notas técnicas. Além de todos usuários da rede mundial de computadores, espera-se mais especificamente alcançar a comunidade técnico-científica nacional e internacional, de professores, pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação e demais profissionais ligados à área de Ciência Florestal. Com a divulgação do periódico almeja-se promover a integração e a troca de experiências entre os estudantes, professores e profissionais da área florestal..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2013 - 2014
CENTRO DE REFERÊNCIA EM RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS BIOMAS GAÚCHOS
Descrição: A recuperação de áreas degradadas está intimamente ligada à ciência da restauração ecológica. Restauração ecológica é o processo de auxílio ao restabelecimento de um ecossistema que foi degradado, danificado ou destruído. Um ecossistema é considerado recuperado - e restaurado - quando contém recursos bióticos e abióticos suficientes para continuar seu desenvolvimento sem auxílio ou subsídios adicionais. Uma das estratégias de promoção da recuperação de áreas degradadas é a criação de Centros de Referência em Recuperação de Áreas Degradadas (CRADs). Os objetivos dos CRADs estão ligados ao desenvolvimento de modelos de recuperação de áreas degradadas em áreas demonstrativas, à definição e documentação de procedimentos para facilitar a replicação de ações de recuperação de áreas degradadas e à oferta de cursos de capacitação para a formação de recursos humanos (coleta de sementes, produção de mudas, plantio, tratos silviculturais). Atualmente existem sete CRADs, todos localizados na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, criados no âmbito do Programa de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco a partir de apoio do Ministério do Meio Ambiente, por intermédio do Departamento de Florestas (DFLOR) e do Departamento de Revitalização de Bacias Hidrográficas (DRB), e do Ministério da Integração Nacional (MI), por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF). A primeira ação para ampliação dos CRADs em outros Biomas é a celebração deste Termo de Cooperação com a Universidade Federal de Santa Maria - UFSM para a implementação de um CRAD que irá atender aos Biomas Mata Atlântica e Pampa. A UFSM tem larga tradição em ações de ensino, pesquisa e extensa nos dois biomas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: ECOLOGIA E NUTRIÇÃO FLORESTAL


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Ecologia e Nutrição Florestal
2015 - Atual
Periódico: Ciência e Natura
2016 - Atual
Periódico: Pesquisa Florestal Brasileira (Online)
2017 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental
2017 - Atual
Periódico: NATIVA
2017 - Atual
Periódico: FLORAM
2017 - Atual
Periódico: CIÊNCIA DA MADEIRA
2017 - Atual
Periódico: CADERNO DE PESQUISA. SÉRIE BIOLOGIA (UNISC)
2018 - Atual
Periódico: CIÊNCIA FLORESTAL (ONLINE)
2019 - Atual
Periódico: BIOFIX SCIENTIFIC JOURNAL


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Ecologia Florestal.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Nutrição Florestal.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Florestamento e Reflorestamento.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
Professora homenageada do Curso Técnico em Agropecuária (turma 2014/2015), Fundação Bradesco, unidade Rosário do Sul, RS..
2014
Trabalho Premiado - "Prêmio 40 Melhores", Universidade Federal de Santa Maria - Jornada Acadêmica Integrada.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
7MOMOLLI, DIONE RICHER2018MOMOLLI, DIONE RICHER ; SCHUMACHER, MAURO VALDIR ; DICK, GRASIELE ; VIERA, MÁRCIO ; SOUZA, HUAN PABLO DE . Decomposição da serapilheira foliar e liberação de nutrientes em Eucalyptus dunnii no Bioma Pampa. Scientia Forestalis, v. 46, p. 199-208, 2018.

2.
1DICK, G.2018 DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. ; VIERA, M. . Nutrient Input via Incident Rainfall in a Eucalyptus dunnii Stand in the Pampa biome. FLORAM, v. 25, p. e20160559, 2018.

3.
2DICK, G.2017 DICK, G.; SCHUMACHER, MAURO VALDIR ; MOMOLLI, D. R. ; GUIMARAES, C. C. ; SOUZA, H. P. ; LUDVICHAK, A. A. . MICRONUTRIENTS AND BIOMASS IN Eucalyptus dunnii Maiden STAND. Revista Árvore (on-line), v. 41, p. e410113, 2017.

4.
4DICK, G.2016DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. ; SANTOS, J. C. ; LUDVICHAK, A. A. ; GUIMARAES, C. C. ; SOUZA, H. P. . Quantificação da biomassa e nutrientes em um povoamento de Eucalyptus dunnii Maiden estabelecido no Bioma Pampa. Revista Ecologia e Nutrição Florestal - ENFLO, v. 4, p. 1, 2016.

5.
3DICK, G.2016DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . Caracterização da fertilidade do solo em um povoamento de Eucalyptus dunnii Maiden no bioma Pampa do Rio Grande do Sul. Revista Ecologia e Nutrição Florestal - ENFLO, v. 4, p. 68, 2016.

6.
6LUDVICHAK, ALINE APARECIDA2016LUDVICHAK, ALINE APARECIDA ; SCHUMACHER, MAURO VALDIR ; DICK, GRASIELE ; MOMOLLI, DIONE RICHER ; SOUZA, HUAN PABLO DE ; GUIMARÃES, CLAUDINEY DO COUTO . NUTRIENT RETURN THROUGH LITTERFALL IN A Eucalyptus dunnii Maiden STAND IN SANDY SOIL. Revista Árvore (Online), v. 40, p. 1051-1058, 2016.

7.
8DICK, G.2015DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . Relações entre solo e fitofisionomias em florestas naturais. Revista Ecologia e Nutrição Florestal - ENFLO, v. 3, p. 31-39, 2015.

8.
5DICK, G.2015DICK, G.; d'Ávila, M. ; SCHUMACHER, M. V. . Produção de serapilheira em fragmento de Floresta Estacional Subtropical na região norte do Rio Grande do Sul. Revista Ecologia e Nutrição Florestal - ENFLO, v. 3, p. 01-08, 2015.

9.
9HUMMEL, R. B.2014HUMMEL, R. B. ; COGHETTO, F. ; TOSO, L. D. ; PIAZZA, E. M. ; DICK, G. ; FELKER, R. M. ; ROVEDDER, A. P. M. . ANÁLISE PRELIMINAR DA INVASÃO BIOLÓGICA POR Ligustrum lucidum W.T. Aiton EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO NO RIO GRANDE DO SUL. Caderno de Pesquisa. Série Biologia (UNISC), v. 26, p. 14-26, 2014.

10.
10FELKER, R. M.2013FELKER, R. M. ; DÖRR, A. C. ; ROVEDDER, A. P. M. ; PIAZZA, E. M. ; DICK, G. . LEVANTAMENTO PARCIAL DA AVIFAUNA APREENDIDA PELO ESCRITÓRIO REGIONAL DO IBAMA DE SANTA MARIA-RS. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v. 11, p. 2506-2510, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . Solos e silvicultura do eucalipto no Rio Grande do Sul: estudos de caso (eBook). 1. ed. OmniScriptum Publishing Group, 2018. 61p .

2.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . Solos e silvicultura do eucalipto no Rio Grande do Sul: estudos de caso. 1. ed. OmniScriptum Publishing Group, 2018. 61p .

3.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . Bioindicadores em diferentes coberturas do solo no bioma Pampa: artrópodes epigéicos. 1. ed. Düsseldorf: OmniScriptum GmbH & Co. KG, 2016. 57p .

4.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . Bioindicadores em diferentes coberturas do solo no bioma Pampa: artrópodes epigéicos (eBook). 1. ed. Düsseldorf: OmniScriptum GmbH & Co. KG, 2016. 57p .

5.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . ASPECTOS NUTRICIONAIS DE Eucalyptus dunnii NO SUL DO BRASIL. 1. ed. Düsseldorf: OmniScriptum GmbH & Co. KG., 2016. 61p .

6.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . ASPECTOS NUTRICIONAIS DE Eucalyptus dunnii NO SUL DO BRASIL (eBook). 1. ed. Düsseldorf: OmniScriptum GmbH & Co. KG, 2016. v. 1. 62p .

Capítulos de livros publicados
1.
Felker, R. M. ; ROVEDDER, A. P. M. ; DICK, G. ; DÖRR, A. C. ; TOSO, L. D. ; SOMAVILLA, T. M. . Restauração ecológica: perspectivas atuais e futuras. In: ROSA, M.B.; PAULA, G.B.. (Org.). Meio ambiente: A importância da interdisciplinaridade na formação de um novo profissional. 1ed.Düsseldorf: OmniScriptum GmbH & Co, 2013, v. , p. 278-293.

2.
FELKER, R. M. ; ROVEDDER, A. P. M. ; DICK, G. ; DÖRR, A. C. ; TOSO, L. D. ; SOMAVILLA, T. M. . Restauração ecológica: perspectivas atuais e futuras. In: ROSA, M.B.; PAULA, G.B.. (Org.). Meio ambiente A importância da interdisciplinaridade na formação de um novo profissional. 1ed.Düsseldorf: OmniScriptum GmbH & Co, 2013, v. , p. 278-293.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DICK, G.. Escola Rocha Pombo promoveu palestra com Engenheira Florestal Grasiele Dick. Jornal Colonial, Crissiumal - RS, p. 4 - 4, 11 mar. 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SCHUMACHER, MAURO VALDIR ; SOUZA, H. P. ; DICK, G. ; MOMOLI, D. R. ; LAGEMANN, M. P. . Áreas arenizadas do Pampa: silvicultura como alternativa à recuperação da fertilidade do solo. In: V FÓRUM BRASIL DE ÁREAS DEGRADADAS, 2018, Viçosa, MG. ANAIS DE RESUMOS EXPANDIDOS - V FÓRUM BRASIL DE ÁREAS DEGRADADAS, 2018. p. 39-42.

2.
SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; LAGEMANN, M. P. ; MOMOLI, D. R. . Silvicultura de Acacia mearnsii e a conservação da fertilidade do solo. In: V FÓRUM BRASIL DE ÁREAS DEGRADADAS, 2018, Viçosa, MG. ANAIS DE RESUMOS EXPANDIDOS - V FÓRUM BRASIL DE ÁREAS DEGRADADAS, 2018. p. 220-223.

3.
DICK, G.; LAGEMANN, M. P. ; SCHUMACHER, M. V. . IMPORTÂNCIA DA PRECIPITAÇÃO PLUVIOMÉTRICA PARA A CICLAGEM DE NUTRIENTES EM ECOSSISTEMAS FLORESTAIS: UMA REVISÃO. In: XXII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2018, Santa Maria. Anais XXII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2018.

4.
DICK, G.; LAGEMANN, M. P. ; SCHUMACHER, M. V. . FERTILIZAÇÃO MINERAL EM PLANTAÇÕES DE EUCALIPTO NO BRASIL: REVISÃO DA LITERATURA. In: XXII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2018, Santa Maria. Anais XXII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2018.

5.
LAGEMANN, M. P. ; DICK, G. ; SCHUMACHER, MAURO VALDIR . FLORESTA ESTACIONAL SUBTROPICAL: IMPORTÂNCIA DO MONITORAMENTO DA DINÂMICA NUTRICIONAL. In: XXII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2018, Santa Maria. Anais XXII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2018.

6.
LAGEMANN, M. P. ; DICK, G. ; SCHUMACHER, M. V. . FERTILIZAÇÃO DO PINUS: PRODUTIVIDADE E SUSTENTABILIDADE. In: XXII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2018, Santa Maria. Anais XXII Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2018.

7.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . A SERAPILHEIRA É FONTE DE NITROGÊNIO AO SOLO EM FRAGMENTO FLORESTAL NO SUL DO BRASIL. In: XXI Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2017, Santa Maria. Anais do XXI Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2017. v. 9.

8.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . PLANTAÇÃO DE Eucalyptus dunnii CONTRIBUI PARA AUMENTO DE MATÉRIA ORGÂNICA NO SOLO DO BIOMA PAMPA. In: XXI Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2017, Santa Maria. Anais do XXI Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2017. v. 9.

9.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . ESTRATÉGIAS PARA A RESTAURAÇÃO DE ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE NO BIOMA PAMPA. In: I Congresso Internacional do Pampa e do III Seminário da Sustentabilidade da Região da Campanha/ Olhares sobre o Pampa: um território em disputa, 2016, Santa Maria. Anais I Congresso Internacional do Pampa e do III Seminário da Sustentabilidade da Região da Campanha/ Olhares sobre o Pampa: um território em disputa, 2016.

10.
LUDVICHAK, A. A. ; SCHUMACHER, M. V. ; SANTOS, K. F. ; DICK, G. ; FRANTZ, B. C. ; CONSENSA, C. B. ; WITSCHORECK, R. ; ARAUJO, E. F. . RELAÇÃO HIPSOMÉTRICA PARA O HÍBRIDO Eucalyptus urograndis E Acacia mearnsii EM PLANTIO MISTO. In: 6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal., 2015, Santa Maria. Anais do 6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal., 2015.

11.
GUIMARAES, C. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; SOUZA, H. P. ; DICK, G. ; FRANTZ, B. C. ; MOMOLLI, D. R. . CRESCIMENTO E PRODUÇÃO DE BIOMASSA DO TRONCO EM EUCALIPTOS PLANTADOS 2 SOB DIFERENTES ESPAÇAMENTOS NO BIOMA PAMPA GAÚCHO. In: VI Simpósio Latino Americano Manejo Florestal, 2015, Santa Maria. Anais do VI Simpósio Latino Americano Manejo Florestal, 2015.

12.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; ARAUJO, E. F. ; SANTOS, J. C. ; SCHIOCHET, F. O. ; ROTILI, W. O. . CRESCIMENTO INICIAL DE Eucalyptus dunnii Maiden NO BIOMA PAMPA, RS, BRASIL. In: 6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal, 2015, Santa Maria. Anais do 6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal, 2015.

13.
QUEIROZ, T. B. ; SCHUMACHER, M. V. ; WITSCHORECK, R. ; CONSENSA, C. B. ; DICK, G. ; BELLÉ, P. A. . EFEITO DOS RESÍDUOS DA COLHEITA NO CRESCIMENTO DE Eucalyptus saligna NO SUL DO BRASIL. In: 6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal, 2015, Santa Maria. Anais do 6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal, 2015.

14.
FRANTZ, B. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; WITSCHORECK, R. ; LUDVICHAK, A. A. ; SOUZA, H. P. ; GUIMARAES, C. C. ; SANTOS, K. F. ; DICK, G. ; SCHIOCHET, F. O. . RELAÇÃO HIPSOMÉTRICA PARA Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis EM SOLOS ARENIZADOS NO BIOMA PAMPA. In: 6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal., 2014, Santa Maria. Anais do 6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal., 2015.

15.
DICK, G.; Felker, R. M. ; d'Ávila, M. ; ROVEDDER, A. P. M. ; SOMAVILLA, T. M. ; TOSO, L. D. ; Pedro Augusto Thomas . DISPERSÃO DE DIÁSPOROS DE NECTANDRA MEGAPOTAMICA (SPRENG.) MEZ EM FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL. In: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012, Santa Maria. Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012.

16.
DICK, G.; Felker, R. M. ; SOMAVILLA, T. M. ; PIAZZA, E. M. ; TOSO, L. D. ; ROVEDDER, A. P. M. ; d'Ávila, M. ; Pedro Augusto Thomas . DISPERSÃO DE SEMENTES DE LARANJEIRA-DO-MATO EM FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL. In: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012, Santa Maria. Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012.

17.
Felker, R. M. ; GASPARIN, E. ; AIMI, S. C. ; DICK, G. ; ARAUJO, M. M. ; Pedro Augusto Thomas ; ROVEDDER, A. P. M. ; TOSO, L. D. . ANÁLISE DA QUALIDADE DE MUDAS DE Luehea divaricata Martius et Zuccarini SOB DIFERENTES TRATAMENTOS, 180 DIAS APÓS O SEMEIO. In: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012, Santa Maria. Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012.

18.
Felker, R. M. ; GASPARIN, E. ; AIMI, S. C. ; DICK, G. ; PIAZZA, E. M. ; ROVEDDER, A. P. M. ; ARAUJO, M. M. ; TOSO, L. D. . INFLUÊNCIA DO TAMANHO DO RECIPIENTE E SUBSTRATOS NO CRESCIMENTO DE Luehea divaricata Martius et Zuccarini EM VIVEIRO. In: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012, Santa Maria. Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012.

19.
Pedro Augusto Thomas ; ROVEDDER, A. P. M. ; Felker, R. M. ; DICK, G. ; DELLAMEA, N. P. . USOS NA MEDICINA POPULAR COMO FORMA DE VALORAR Luehea divaricata Mart. & Zucc., Parapiptadenia rigida (Benth.) Brenan E Vitex megapotamica (Spreng.) Moldenke. In: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012, Santa Maria. Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012.

20.
TOSO, L. D. ; DICK, G. ; Felker, R. M. ; SOMAVILLA, T. M. ; d'Ávila, M. ; ROVEDDER, A. P. M. . ANÁLISE DA CHUVA DE SEMENTES DE Eugenia verticilatta (Vell.) Angely EM FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL, FREDERICO WESTPHALEN, RS. In: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012, Santa Maria. Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012.

21.
TOSO, L. D. ; REDIN, C. G. ; BEULCH, L. S. ; PIOVESAN, G. ; DICK, G. ; SOMAVILLA, T. M. ; Felker, R. M. ; LONGHI, S. J. . SÍNDROME DE DISPERSÃO DA REGENERAÇÃO NATURAL EM FRAGMENTO DE FLORESTA OMBRÓFILA MISTA RIPÁRIA, RS. In: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012, Santa Maria. Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012.

22.
PIAZZA, E. M. ; DICK, G. ; Felker, R. M. ; TOSO, L. D. ; BREUNIG, F. M. . CONFLITO DE COBERTURA DE TERRAS EM REGIÃO DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL, EM RELAÇÃO À APLICAÇÃO DO CÓDIGO FLORESTAL EM VIGOR. In: Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012, Santa Maria. Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2012.

23.
DICK, G.; d'Ávila, M. ; FORTES, F. ; Felker, R. M. ; ROVEDDER, A. P. M. . Deposição de serrapilheira como indicador ambiental em fragmentos de Floresta Estacional Decidual. In: 5º Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal, 2011, Santa Maria. 5º Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal, 2011.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
LOPES, B. N. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; MOMOLI, D. R. ; LAGEMANN, M. P. ; SOUZA, H. P. . Litter in Eucalyptus dunnii Maiden stands: source of N, P and K. In: X Simpósio Brasileiro de Pós-graduação em Ciências Florestais, 2018, Natal, RN. Anais do X Simpósio Brasileiro de Pós-graduação em Ciências Florestais, 2018.

2.
LOPES, B. N. ; LAGEMANN, M. P. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; MOMOLI, D. R. ; SOUZA, H. P. . Weed control in a hybrid of Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, in southern Brazil: Biomass production. In: X Simpósio Brasileiro de Pós-graduação em Ciências Florestais, 2018, Natal, RN. Anais do X Simpósio Brasileiro de Pós-graduação em Ciências Florestais, 2018.

3.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . Potencial de matocompetição de Conyza bonariensis em plantação de Eucalyptus urograndis. In: Simpósio IPEF 50 anos, 2018, Piracicaba, SP. Anais Simpósio IPEF 50 anos, 2018. p. 9-12.

4.
LAGEMANN, M. P. ; SCHUMACHER, MAURO VALDIR ; DICK, G. ; ARAUJO, E. F. . Decomposição da serapilheira de Eucalyptus saligna Smith e sua correlação com variáveis climáticas. In: Simpósio IPEF 50 anos, 2018, Piracicaba, SP. Anais Simpósio IPEF 50 anos, 2018. p. 41-44.

5.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . A copa das árvores enriquece a água da chuva com potássio. In: IV Fórum Brasil de Áreas Degradadas, 2017, Viçosa, MG. IV FÓRUM BRASIL DE ÁREAS DEGRADADAS: ANAIS DE RESUMOS EXPANDIDOS, 2017. p. 4-7.

6.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . Biodiversidade de artrópodes epigéicos em Área de Preservação Permanente no bioma Pampa, RS, Brasil. In: IV FÓRUM BRASIL DE ÁREAS DEGRADADAS, 2017, Viçosa, MG. IV FÓRUM BRASIL DE ÁREAS DEGRADADAS:ANAIS DE RESUMOS EXPANDIDOS, 2017. p. 49-52.

7.
GARLET, C. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; SANTOS, J. C. ; MOMOLLI, D. R. ; DAGOSTINI, T. ; PERIPOLLI, J. L. Z. ; MALHEIROS, A. ; SOUZA, H. P. . Devolução de cálcio através da serapilheira produzida em Eucalyptus dunnii em Alegrete, RS, Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado, Argentina. Anais17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016. p. 262-264.

8.
DAGOSTINI, T. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; SANTOS, J. C. ; MOMOLLI, D. R. ; GARLET, C. ; MALHEIROS, A. ; ARAUJO, E. F. . Entrada de cloro pela precipitação pluviométrica em Eucalyptus dunnii Maiden em São Gabriel, RS, Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016.

9.
SANTOS, J. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; PERIPOLLI, J. L. Z. ; DICK, G. ; MOMOLLI, D. R. ; DAGOSTINI, T. ; GARLET, C. ; MALHEIROS, A. ; ARAUJO, E. F. . Efeitos das copas das árvores de Eucalyptus saligna nos valores do pH da precipitação pluviométrica. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016.

10.
SANTOS, J. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; DAGOSTINI, T. ; GARLET, C. ; MALHEIROS, A. ; ARAUJO, E. F. . Devolução de nitrogênio pela serapilheira produzida em Eucalyptus saligna no RS, Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016. p. 265-267.

11.
SANTOS, J. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; MOMOLLI, D. R. ; DAGOSTINI, T. ; GARLET, C. ; MALHEIROS, A. ; ARAUJO, E. F. . Macronutrientes na serapilheira acumulada de Eucalyptus saligna no RS, Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016.

12.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. ; MALHEIROS, A. ; DAGOSTINI, T. ; GARLET, C. ; SANTOS, J. C. ; ARAUJO, E. F. . Concentrações foliares de N, P e K em povoamento de Eucalyptus dunnii Maiden na região da Campanha central do Rio Grande do Sul, Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016. p. 147-149.

13.
MOMOLLI, D. R. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; GARLET, C. ; SANTOS, J. C. ; MALHEIROS, A. ; DAGOSTINI, T. ; PERIPOLLI, J. L. Z. ; SOUZA, H. P. . Distribuição da precipitação pluviométrica em Eucalyptus dunnii em Alegrete, RS, Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016. p. 150-152.

14.
MOMOLLI, D. R. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; GARLET, C. ; SANTOS, J. C. ; MALHEIROS, A. ; DAGOSTINI, T. ; PERIPOLLI, J. L. Z. ; SOUZA, H. P. . Entrada de Potássio pela precipitação pluviométrica em Eucalyptus dunnii no sul do Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016.

15.
MALHEIROS, A. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; SANTOS, J. C. ; DAGOSTINI, T. ; GARLET, C. ; MOMOLLI, D. R. ; ARAUJO, E. F. . Densidade de raízes finas em Eucalyptus dunnii na região da Campanha Central, RS, Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016. p. 257-259.

16.
PERIPOLLI, J. L. Z. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; SANTOS, J. C. ; MOMOLLI, D. R. ; DAGOSTINI, T. ; GARLET, C. ; MALHEIROS, A. ; ARAUJO, E. F. . Entrada de sulfato pela precipitação pluviométrica em Eucalyptus dunnii no bioma pampa, RS, Brasil. In: 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016, Eldorado. Anais 17 Jornadas Técnicas Forestales y Ambientales, 2016.

17.
MOMOLLI, D. R. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; SOUZA, H. P. ; LUDVICHAK, A. A. ; POLETO, G. C. . Biomassa e estoque de carbono em um povoamento de Pinus elliottii, no sul do Brasil. In: IX Simpósio Brasileiro de Pós-graduação em Ciências Florestais, 2016, Guarapari, ES. Anais IX Simpósio Brasileiro de Pós-graduação em Ciências Florestais, 2016.

18.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; ARAUJO, E. F. . ARTRÓPODES EPIGÉICOS EM ÁREA DE SUCESSÃO SECUNDÁRIA NO BIOMA PAMPA, RS. In: I Simpósio de Diversidade e Conservação da Natureza, 2015, Francisco Beltrão, PR. Anais I Simpósio de Diversidade e Conservação da Natureza, 2015.

19.
DICK, G.; d'Ávila, M. ; SCHUMACHER, M. V. . CHUVA DE SEMENTES EM BORDAS DE FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL, RS. In: I Simpósio de Diversidade e Conservação da Natureza, 2015, Francisco Beltrão, PR. Anais I Simpósio de Diversidade e Conservação da Natureza, 2015.

20.
LUDVICHAK, A. A. ; SCHUMACHER, M. V. ; MEDEIROS, J. S. ; BASTOS, F. ; DICK, G. . Deposição de Serapilheira em Povoamento de Eucalyptus dunnii Maiden, sob Solo Arenizado no Sudoeste do Rio Grande do Sul. In: X Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo: Fatos e Mitos em Ciência do Solo, 2014, Pelotas, RS. X Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo Fatos e Mitos em Ciência do Solo, 2014.

21.
SANTOS, J. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; ARAUJO, E. F. ; FACCO, A. T. ; BASTOS, F. ; DICK, G. ; FRANTZ, B. C. . Produção de serapilheira em um povoamento de Eucalyptus saligna Smith no sudoeste gaúcho. In: 29º Jornada Acadêmica Integrada, 2014, Santa Maria. 29º Jornada Acadêmica Integrada, 2014.

22.
BASTOS, F. ; SCHUMACHER, M. V. ; MEDEIROS, J. S. ; DICK, G. ; SANTOS, J. C. ; FACCO, A. T. ; FRANTZ, B. C. . Serapilheira produzida em um povoamento de Eucalyptus dunnii Maiden implantado no bioma Pampa. In: 29º Jornada Acadêmica Integrada, 2014, Santa Maria. 29º Jornada Acadêmica Integrada, 2014.

23.
FACCO, A. T. ; SCHUMACHER, M. V. ; ARAUJO, E. F. ; BASTOS, F. ; FRANTZ, B. C. ; DICK, G. . DISTRIBUIÇÃO DA PRECIPITAÇÃO EM UM POVOAMENTO DE Eucalyptus saligna Smith NO SUDOESTE GAÚCHO ? RS. In: 29º Jornada Acadêmica Integrada, 2014, Santa Maria. 29º Jornada Acadêmica Integrada, 2014.

24.
DICK, G.; ROVEDDER, A. P. M. ; d'Ávila, M. . DISPERSÃO DE PROPÁGULOS DE Prunus myrtifolia (L.) Urb. EM FRAGMENTOS IMPACTADOS DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL. In: II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013, Viçosa-MG. Anais II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013.

25.
TOSO, L. D. ; ROVEDDER, A. P. M. ; LANZARIN, K. ; DICK, G. ; PECCATI, A. ; FELKER, R. M. . CARACTERIZAÇÃO DOS GRUPOS ECOLÓGICOS E SÍNDROMES DE DISPERSÃO EM FRAGMENTO DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL EM ESTÁGIO INICIAL DE RESTAURAÇÃO. In: II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013, Viçosa-MG. Anais II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013.

26.
GIACOMINI, I. ; ROVEDDER, A. P. M. ; STEFANELLO, M. ; PIAZZA, E. M. ; PIAIA, B. ; DICK, G. . TAXA DE SOBREVIVÊNCIA E DESENVOLVIMENTO INICIAL DA ESPÉCIE Allophylus edulis (St. Hil.) Hadlk EM PLANTIOS DE RESTAURAÇÃO FLORESTAL NA REGIÃO DA QUARTA COLÔNIA, RS.. In: II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013, Viçosa-MG. Anais II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013.

27.
DICK, G.; ROVEDDER, A. P. M. ; FELKER, R. M. ; Pedro Augusto Thomas ; DELLAMEA, N. P. ; SOMAVILLA, T. M. . CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA DO SOLO EM FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL ALUVIAL NO PARQUE ESTADUAL QUARTA COLÔNIA, RS.. In: 28º Jornada Acadêmica Integrada, 2013, Santa Maria-RS. Anais 28º JAI, 2013.

28.
COGHETTO, F. ; ROVEDDER, A. P. M. ; PIAZZA, E. M. ; SOMAVILLA, T. M. ; DICK, G. ; Pedro Augusto Thomas . ANÁLISE DA REGENERAÇÃO FLORESTAL DE Eugenia uniflora L. EM ÁREA EM PROCESSO DE RESTAURAÇÃO NA REGIÃO CENTRAL DO RS. In: II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013, Viçosa-MG. Anais II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013.

29.
FELKER, R. M. ; ROVEDDER, A. P. M. ; DICK, G. ; TOSO, L. D. ; Pedro Augusto Thomas ; PIAZZA, E. M. . Análise de agrupamento em fragmento de Floresta Estacional Decidual em processo de restauração na região da Quarta Colônia, RS. In: II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013, Viçosa-MG. Anais II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal, 2013.

30.
DICK, G.; Felker, R. M. ; ROVEDDER, A. P. M. ; DELLAMEA, N. P. ; Pedro Augusto Thomas . Caracterização da regeneração natural de Eugenia uniflora L. no Parque Estadual Quarta Colônia, RS. In: VII Simpósio de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2012, Viçosa. VII Simpósio de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2012.

31.
Felker, R. M. ; DICK, G. ; ROVEDDER, A. P. M. ; Pedro Augusto Thomas ; DELLAMEA, N. P. . Fitossociologia do estrato arbóreo em área impactada da Floresta Estacional Decidual no Parque Estadual Quarta Colônia, RS. In: VII Simpósio de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2012, Viçosa. VII Simpósio de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2012.

32.
Pedro Augusto Thomas ; ROVEDDER, A. P. M. ; DICK, G. ; Felker, R. M. ; DELLAMEA, N. P. . Usos potenciais de Eugenia uniflora e Casearia sylvestris na medicina popular. In: 27ª Jornada Acadêmica Integrada, 2012, Santa Maria. 27ª Jornada Acadêmica Integrada, 2012.

33.
KOCH, F. ; Migliorini, P. ; SANGIOGO, M. ; DICK, G. ; Pizi, M. . Estudo da técnica de restrição hídrica em teste de sanidade de sementes de Cevada (Hordeum vulgare). In: 26ª Jornada Acadêmica Integrada, 2011, Santa Maria. 26ª Jornada Acadêmica Integrada, 2011.

34.
CARRATI, F. C. ; LAMEGO, F. P. ; FABIANI, M. F. ; DICK, G. ; Migliorini, P. . Desinfestação de fungos associados a sementes de Buva (Conyza bonariensis). In: 26ª Jornada Acadêmica Integrada, 2011, Santa Maria. 26ª Jornada Acadêmica Integrada, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; MOMOLLI, D. R. ; LAGEMANN, M. P. ; SOUZA, H. P. . PRODUCTION AND ALLOCATION OF BIOMASS OF (EUCALYPTUS UROPHYLLA S.T. BLAKE), IN SANDED SOIL IN SOUTHERN BRAZIL. In: VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018, Vitória, ES. Anais VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018.

2.
SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; MOMOLLI, D. R. ; LAGEMANN, M. P. ; SOUZA, H. P. . NUTRIENT CYCLING IN SLASH PINE (PINUS ELLIOTTII ENGELM): LITTER STOCK. In: VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018, Vitória, ES. Anais VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018.

3.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . EFICIÊNCIA DE UTILIZAÇÃO DO FÓSFORO PARA PRODUÇÃO DE MADEIRA EM Eucalyptus dunnii. In: 33ª Jornada Acadêmica Integrada, 2018, Santa Maria. Anais 33ª Jornada Acadêmica Integrada, 2018.

4.
SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. . Nutrient fluxes in incident rainfall, throughfall and stemflow in Pinus taeda L. in southern Brazil. In: 4th International Congress on Planted Forests, 2018, Beijing, China. Abstracts - 4th International Congress on Planted Forests, 2018. p. 92-92.

5.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . ADIÇÃO DE SULFATO VIA PRECIPITAÇÃO INCIDENTE EM Eucalyptus dunnii NA REGIÃO DA CAMPANHA CENTRAL, RS. In: 32ª Jornada Acadêmica Integrada, 2017, Santa Maria. Anais 32ª Jornada Acadêmica Integrada, 2017.

6.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; ARAUJO, E. F. ; MOMOLLI, D. R. . ASPECTOS FÍSICOS DE UM CAMBISSOLO EM SEGUNDA ROTAÇÃO DE Eucalyptus dunnii NA REGIÃO DA CAMPANHA CENTRAL, RS. In: 31ª Jornada Acadêmica Integrada, 2016, Santa Maria. Anais 31ª Jornada Acadêmica Integrada, 2016.

7.
MALHEIROS, A. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; MOMOLLI, D. R. ; ARAUJO, E. F. . CONCENTRAÇÃO DE BORO NAS FOLHAS DE EUCALYPTUS DUNNII NA REGIÃO DA CAMPANHA CENTRAL, RS. In: XXXI Jornada Acadêmica Integrada, 2016, Santa Maria. Anais XXXI Jornada Acadêmica Integrada, 2016.

8.
MOMOLLI, D. R. ; SCHUMACHER, M. V. ; SOUZA, H. P. ; MALHEIROS, A. ; DICK, G. . DECOMPOSIÇÃO DA SERAPILHEIRA E DEVOLUÇÃO DE N, P e K EM EUCALYPTUS DUNNII. In: XXXI Jornada Acadêmica Integrada, 2016, Santa Maria. AnaisXXXI Jornada Acadêmica Integrada, 2016.

9.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; ARAUJO, E. F. . ABUNDÂNCIA DE COLÊMBOLOS NA MESOFAUNA DO SOLO EM PLANTIO DE Eucalyptus benthamii E EM ÁREA DE SUCESSÃO SECUNDÁRIA NO BIOMA PAMPA. In: XXX Jornada Acadêmica Integrada, 2015, Santa Maria. XXX Jornada Acadêmica Integrada, 2015.

10.
SANTOS, J. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; ARAUJO, E. F. . NUTRIENTES NA SERAPILHEIRA PRODUZIDA EM POVOAMENTO DE Eucalyptus saligna NO BIOMA PAMPA, RS. In: XXX Jornada Acadêmica Integrada, 2015, Santa Maria. XXX Jornada Acadêmica Integrada, 2015.

11.
GARLET, C. ; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLI, D. R. ; DICK, G. ; SOUZA, H. P. ; FRANTZ, B. C. . Produção de serapilheira e devolução de nutrientes em povoamento de Eucalyptus dunni Maiden, estabelecido no bioma pampa, Alegrete,RS.. In: XXX Jornada Acadêmica Integrada, 2015, Santa Maria. XXX Jornada Acadêmica Integrada, 2015.

12.
FRANTZ, B. C. ; GUIMARAES, C. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; SOUZA, H. P. ; DICK, G. . EXPORTAÇÃO DE NUTRIENTES ATRAVÉS DA COLHEITA DE Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis NO SUL DO BRASIL. In: III Congresso Brasileiro de Eucalipto, 2015, Vitória - Espírito Santo. Anais do III Congresso Brasileiro de Eucalipto, 2015.

13.
MOMOLLI, D. R. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; GUIMARAES, C. C. ; SOUZA, H. P. . PRODUÇÃO DE SERAPILHEIRA EM POVOAMENTO DE Eucalyptus dunnii Maiden ESTABELECIDO EM SOLO SUJEITO A ARENIZAÇÃO NO SUL DO BRASIL.. In: III Congresso Brasileiro de Eucalipto, 2015, Vitória - Espírito Santo. Anais do III Congresso Brasileiro de Eucalipto, 2015.

14.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; GUIMARAES, C. C. ; SOUZA, H. P. ; MOMOLLI, D. R. . BALANÇO DE NUTRIENTES NO SISTEMA SOLO-PLANTA EM UM POVOAMENTO DE Eucalyptus dunnii Maiden NO BIOMA PAMPA, RS. In: III Congresso Brasileiro de Eucalipto, 2015, Vitória - Espírito Santo. Anais do III Congresso Brasileiro de Eucalipto, 2015.

15.
SOUZA, H. P. ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; GUIMARAES, C. C. ; FRANTZ, B. C. . BIOMASSA EM UMA ÁREA DE PRODUÇÃO DE SEMENTES DE Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage. In: III Congresso Brasileiro de Eucalipto, 2015, Vitória - Espírito Santo. Anais do III Congresso Brasileiro de Eucalipto, 2015.

16.
SILVA, T.A. ; KULCZYNSKI, S. M. ; Migliorini, P. ; KOCH, F. ; SANGIOGO, M. ; DICK, G. . Efeito do tratamento químico e biológico na qualidade sanitária e fisiológica de sementes de canola armazenadas. In: 44 Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2011, Bento Gonçalves. Tropical Plant Pathology (Impresso), 2011. v. 36. p. 532-532.

17.
SANGIOGO, M. ; KULCZYNSKI, S. M. ; Migliorini, P. ; SILVA, T.A. ; KOCH, F. ; DICK, G. . Efeitos do tratamento com fungicida e período de armazenamento sobre a qualidade sanitária de sementes de soja (Glycines max L.). In: 44 Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2011, Bento Gonçalves. Tropical Plant Pathology (Impresso), 2011. v. 36. p. 802-802.

18.
KOCH, F. ; KULCZYNSKI, S. M. ; DICK, G. ; SANGIOGO, M. ; Migliorini, P. . Metodos de detecção de microorganismos associados a sementes de feijão. In: 44 Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 2011, Bento Gonçalves. Tropical Plant Pathology (Impresso), 2011. v. 36. p. 807-807.

19.
DICK, G.; d'Ávila, M. . Avaliação das síndromes de dispersão de diásporos em fragmentos de Floresta Estacional Decidual como subsídio para a restauração ecológica. In: IV Simpósio de Restauração Ecológica, 2011, São Paulo. Anais do IV Simpósio de Restauração Ecológica, 2011.

20.
POERSCH, S. ; d'Ávila, M. ; DICK, G. ; LEITZKE, G. T. ; KLEBER, J. ; GRUNENNVALDT, R. L. . Deposição de serrapilheira em um fragmento de Floresta Estacional Decidual. In: 25ª Jornada Acadêmica Integrada, 2010, Santa Maria. 25ª Jornada Acadêmica Integrada, 2010.

21.
Tres, L. ; Gund, A. ; DICK, G. ; LAPAZIN, A. ; Soranzo, F. ; VARGAS, P. R. . Quebra de dormência de sementes de Leucena. In: 10º Congresso Florestal Estadual 1º Seminário Mercosul da Cadeia Madeira Florestas, Silvicultura e Mudanças Climáticas, 2008, Nova Prata, RS. Anais do 10º Congresso Florestal Estadual 1º Seminário Mercosul da Cadeia Madeira Florestas, Silvicultura e Mudanças Climáticas, 2008.

Artigos aceitos para publicação
1.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . Litterfall in Semideciduous Seasonal Forest in southern Brazil. FLORAM, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . Potencial de matocompetição de Conyza bonariensis em plantação Eucalyptus urograndis. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
DICK, G.; LAGEMANN, M. P. ; SCHUMACHER, M. V. . FERTILIZAÇÃO MINERAL EM PLANTAÇÕES DE EUCALIPTO NO BRASIL: REVISÃO DA LITERATURA. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
DICK, G.; LAGEMANN, M. P. ; SCHUMACHER, MAURO VALDIR . IMPORTÂNCIA DA PRECIPITAÇÃO PLUVIOMÉTRICA PARA A CICLAGEM DE NUTRIENTES EM ECOSSISTEMAS FLORESTAIS: UMA REVISÃO. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
DICK, G.; SCHUMACHER, MAURO VALDIR . EFICIÊNCIA DE UTILIZAÇÃO DO FÓSFORO PARA PRODUÇÃO DE MADEIRA EM EUCALYPTUS DUNNII. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
DICK, G.. Serviços ecossistêmicos da silvicultura: estoque de carbono na madeira do tronco de Eucalyptus dunnii. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
DICK, G.. Sustentabilidade na silvicultura: racionalização da fertilização nitrogenada. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . ADIÇÃO DE SULFATO VIA PRECIPITAÇÃO INCIDENTE EM Eucalyptus dunnii NA REGIÃO DA CAMPANHA CENTRAL, RS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . A SERAPILHEIRA É FONTE DE NITROGÊNIO AO SOLO EM FRAGMENTO FLORESTAL NO SUL DO BRASIL1. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . PLANTAÇÃO DE Eucalyptus dunnii CONTRIBUI PARA AUMENTO DE MATÉRIA ORGÂNICA NO SOLO DO BIOMA PAMPA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
DICK, G.. Vida acadêmica e profissional: a importância da Escola Rocha Pombo na minha formação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . ESTRATÉGIAS PARA A RESTAURAÇÃO DE ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE NO BIOMA PAMPA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; ARAUJO, E. F. ; MOMOLLI, D. R. . ASPECTOS FÍSICOS DE UM CAMBISSOLO EM SEGUNDA ROTAÇÃO DE EUCALYPTUS DUNNII NA REGIÃO DA CAMPANHA CENTRAL, RS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
DICK, G.. O profissional de Engenharia Florestal: atuação e aspectos ambientais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; SANTOS, J. C. ; SCHIOCHET, F. O. ; ROTILI, W. O. . CRESCIMENTO INICIAL DE Eucalyptus dunnii Maiden NO BIOMA PAMPA, RS, BRASIL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

15.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; ARAUJO, E. F. . Abundância de colêmbolos na mesofauna do solo em plantio de Eucalyptus benthamii e em área de sucessão secundária no Bioma Pampa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
DICK, G.; ROVEDDER, A. P. M. ; d'Ávila, M. . DISPERSÃO DE PROPÁGULOS DE Prunus myrtifolia (L.) Urb. EM FRAGMENTOS IMPACTADOS DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

17.
DICK, G.; Felker, R. M. ; d'Ávila, M. ; ROVEDDER, A. P. M. ; SOMAVILLA, T. M. ; TOSO, L. D. ; Pedro Augusto Thomas . DISPERSÃO DE DIÁSPOROS DE Nectandra megapotamica (Spreng.) Mez EM FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

18.
DICK, G.; Felker, R. M. ; SOMAVILLA, T. M. ; PIAZZA, E. M. ; TOSO, L. D. ; ROVEDDER, A. P. M. ; d'Ávila, M. ; Pedro Augusto Thomas . DISPERSÃO DE SEMENTES DE LARANJEIRA-DO-MATO EM FRAGMENTOS DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

19.
DICK, G.. Técnicas inovadoras para a restauração ecológica de ecossistemas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
DICK, G.; d'Ávila, M. ; FORTES, F. ; ROVEDDER, A. P. M. ; Felker, R. M. . Deposição de serrapilheira como indicador ambiental em fragmentos de Floresta Estacional Decidual. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

21.
DICK, G.; d'Ávila, M. . Avaliação das síndromes de dispersão de diásporos em fragmentos de Floresta Estacional Decidual como subsídio para a restauração ecológica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
MOMOLLI, DIONE RICHER ; SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; SANTOS, J. C. . Devolução de potássio através da decomposição da serapilheira em povoamento de Eucalyptus dunnii em área do bioma Pampa. Santa Maria: Centro de Ciências Rurais, 2016 (Informe técnico).

2.
SANTOS, J. C. ; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. ; DICK, G. . Alteração dos valores de pH da água da chuva após a interação com a copa das árvores de Eucalyptus saligna. Santa Maria: Centro de Ciências Rurais, 2016 (Informe técnico).

3.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; SANTOS, J. C. ; MOMOLLI, D. R. . Produção de raízes finas em um povoamento de Eucalyptus dunnii Maiden em área do bioma Pampa. Santa Maria: Centro de Ciências Rurais, 2016 (Informe técnico).

4.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. . FRUTOS E SEMENTES ATRATIVOS AOS ANIMAIS NA FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL. Santa Maria: Centro de Ciências Rurais, 2016 (Informe técnico).

5.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; MOMOLLI, D. R. ; LUDVICHAK, A. A. . FÓSFORO NO SISTEMA SOLO-PLANTA EM UM POVOAMENTO DE Eucalyptus dunnii Maiden NA REGIÃO DA CAMPANHA CENTRAL, RS. Santa Maria: Centro de Ciências Rurais, 2016 (Informe técnico).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. ; LAGEMANN, M. P. ; GARLET, C. ; UGALDE, E. S. ; VOGEL, H. L. M. . Laboratório de Ecologia Florestal realiza workshop para estudantes de Engenharia Florestal da Unipampa. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
DICK, G.. Engenheira Florestal Grasiele Dick ministra palestras sobre meio ambiente na Escola Rocha Pombo. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . Ecologia e Nutrição Florestal @revistaenflo. 2018. (Rede social).

2.
SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. . Laboratório de Ecologia Florestal. 2016. (Site).

3.
DICK, G.; SCHUMACHER, M. V. . Laboratório de Ecologia Florestal - Labeflo @labeflo. 2015. (Rede social).


Demais tipos de produção técnica
1.
DICK, G.. 2º Workshop de Práticas aplicadas à Ecologia Florestal. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; VIERA, M. ; LUDVICHAK, A. A. . Silvicultura aplicada - parte II (3ª edição revisada). 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Caderno didático).

3.
SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. . Incêndios Florestais (3ª edição revisada). 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Caderno didático).

4.
DICK, G.. Periódico Ecologia e Nutrição Florestal. 2018. (Editoração/Periódico).

5.
SCHUMACHER, M. V. ; DICK, G. ; VIERA, M. ; LUDVICHAK, ALINE APARECIDA . Silvicultura aplicada - parte I (3ª edição revisada). 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Caderno didático).

6.
SCHOSSLER, E. S. ; DICK, G. ; ESTEVES, P. R. ; NASCIMENTO, C. L. . Alunos da Escola de Rosário do Sul desenvolvem Projetos Agropecuários. 2016. (Boletim técnico).

7.
DICK, G.; NASCIMENTO, C. L. . A qualidade e o uso da água em povoamentos florestais: alunos do Curso Técnico visitam eucaliptal em Rosário do Sul. 2015. (Boletim técnico).

8.
DICK, G.; NASCIMENTO, C. L. . Alternativa sustentável para geração de energia elétrica: alunos do Curso Técnico visitam usina eólica em Sant?Ana do Livramento, RS. 2015. (Boletim técnico).

9.
DICK, G.. Minicurso de Recuperação de Áreas Degradadas. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Demais trabalhos
1.
DICK, G.. 44ª Expofeira Agropecuária de Santa Maria. 2011 (Expositora) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SCHUMACHER, M. V.; DICK, G.; VIERA, M.. Participação em banca de Claudinei Garlet.Ciclagem de nutrientes em Eucalyptus dunnii: produção de serapilheira e devolução de nutrientes, estudo de caso no bioma Pampa. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
SCHUMACHER, M. V.; DICK, G.; VIERA, M.. Participação em banca de Camila Maydana.Biomassa de raízes finas em povoamento de Pinus taeda estabelecido em solo arenizado no bioma Pampa. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

3.
SCHUMACHER, MAURO VALDIR; DICK, G.; VIERA, M.. Participação em banca de Fernanda Giesel.Ciclagem de nutrientes em Pinus elliottii: serapilheira acumulada. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

4.
SCHUMACHER, M. V.; SANTOS, J. C.; DICK, G.. Participação em banca de Leonardo Zampereti Pacheco.IMPORTÂNCIA DA ARBORIZAÇÃO URBANA NO SEQUESTRO DE CARBONO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

5.
SCHUMACHER, MAURO VALDIR; DICK, G.; LUDVICHAK, A. A.. Participação em banca de Dione Richer Momolli.Decomposição e liberação de nutrientes da serapilheira em Eucalyptus dunnii no bioma Pampa. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

6.
SCHUMACHER, M. V.; DICK, G.; FRANTZ, B. C.. Participação em banca de Joel Carvalho dos Santos.BIOMASSA EM UM POVOAMENTO DE Acacia mearnsii de Wild., NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA - RS. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

7.
SCHUMACHER, M. V.; DICK, G.; LUDVICHAK, A. A.. Participação em banca de Andrea Cecilia Sánchez Bogado.Serapilheira produzida em um povoamento de Eucalyptus urograndis no município de Alegrete, RS. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

8.
DORNELES, F. O.; FENSTERSEIFER, S. L. B.; DICK, G.. Participação em banca de Thielly Rodrigues Tuparay.Relatório do Estágio Supervisionado em Engenharia Ambiental e Sanitária. 2014 - Universidade Franciscana.

9.
SCHUMACHER, M. V.; DICK, G.; LUDVICHAK, A. A.. Participação em banca de Franciele de Bastos.Produção de serapilheira em um povoamento de Eucalyptus dunnii Maiden estabelecido em silo arenoso. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

10.
SCHUMACHER, M. V.; DICK, G.; LUDVICHAK, A. A.. Participação em banca de Vinicius Ducatti Ferraz.Caracterização química do solo em povoamento de Acacia mearnsii De Wild. e em campo antropizado, Santa Maria-RS. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

11.
ROVEDDER, A. P. M.; DICK, G.; VASSALI, M.. Participação em banca de Lucas de Gaspari Knebel.PROPOSTA DE ADEQUAÇÃO AMBIENTAL DAS ÁREAS DE APP GERADAS POR BARRAMENTO NO ARROIO JAGUARI COM BASE NO CÓDIGO FLORESTAL. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

12.
ROVEDDER, A. P. M.; DICK, G.. Participação em banca de Maria Jozicléia Chaves Lima.AGRICULTURA FAMILIAR E DESENVOLVIMENTO SUTENTÁVEL LOCAL. ESTUDO DE CASO - PROJETO BALDE CHEIO NA REGIÃO MEIO NORTE DO TOCANTINS. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM AGRICULTURA FAMILIAR E SU) - Universidade Federal de Santa Maria.

13.
ROVEDDER, A. P. M.; DICK, G.. Participação em banca de Francisco de Assis Leonel Teixeira.REGISTRO DE CANTEIRO DE MUDAS DE SERINGUEIRA. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM AGRICULTURA FAMILIAR E SU) - Universidade Federal de Santa Maria.

14.
ROVEDDER, A. P. M.; DICK, G.. Participação em banca de Antonio Donizeti Rós.AGRICULTURA NATURAL DESENVOLVIDA PELA FAMÍLIA NISHIMOTO NO MUNICÍPIO DE JALES. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM AGRICULTURA FAMILIAR E SU) - Universidade Federal de Santa Maria.

15.
ROVEDDER, A. P. M.; Felker, R. M.; DICK, G.. Participação em banca de Rafaela Badinelli Hummel.Estrutura e distribuição espacial de Ligustrum lucidum W. T. Aiton em um fragmento de floresta Estacional Decidual no Parque Estadual Quarta Colônia. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

16.
ROVEDDER, A. P. M.; DICK, G.; BIALI, L. J.. Participação em banca de Ticianna Segat Perini.Ações de recuperação de áreas mineradas e de depósitos de rejeito de mineração, no município de Minas do Leão, RS. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
DICK, G.. Avaliador de trabalhos científicos do VII Congresso Florestal Latino-Americano. 2018. VII Congresso Florestal Latino-Americano.

2.
DICK, G.. Avaliadora de trabalhos na 33ª Jornada Acadêmica Integrada. 2018. Universidade Federal de Santa Maria.

3.
DICK, G.. Avaliadora de trabalhos na 32ª Jornada Acadêmica Integrada. 2017. Universidade Federal de Santa Maria.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
1°Congresso Brasileiro de Geotecnologias para o Meio Ambiente (CBGEO). 2018. (Congresso).

2.
1º Simpósio de Métodos Quantitativos. 2018. (Simpósio).

3.
A vida do solo:manejo e conservação a partir da interferência humana. 2018. (Seminário).

4.
Conversando sobre saúde mental. 2018. (Outra).

5.
Desafios ambientais da atualidade: retrocessos na legislação e políticas públicas. 2018. (Outra).

6.
Florestas Online 2018. 2018. (Congresso).

7.
I International Symposium on Environmental Education and Sustainability. 2018. (Simpósio).

8.
Importance of soil cover on soil healthy and quality. 2018. (Outra).

9.
Importância das emoções em nossas vidas. 2018. (Outra).

10.
Inovação curricular: o protagonismo de professores e alunos. 2018. (Encontro).

11.
IV Encontro Brasileiro de Mensuração Florestal. 2018. (Encontro).

12.
IX Jornada Municipal de Educação Ambiental. 2018. (Outra).

13.
Nitrogen nutrition in fruit trees (15N labelled fertilizers). 2018. (Outra).

14.
ORATÓRIA SOLIDÁRIA UFSM - A COMUNICAÇÃO FAZ A DIFERENÇA. 2018. (Outra).

15.
Painel do dia Mundial do Solo. 2018. (Outra).

16.
Repensando sua rotina de estudos. 2018. (Outra).

17.
XXII SIMPÓSIO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - SEPE. 2018. (Simpósio).

18.
Florestas Online 2017: o primeiro congresso florestal online do Brasil. 2017. (Congresso).

19.
Identidade(s) Docente. 2017. (Outra).

20.
I Simpósio Estadual de Direito Agrário, ciências rurais e sustentabilidade. 2017. (Simpósio).

21.
Science for food: The Global Yield Gap and Water Productivity atlas. 2017. (Outra).

22.
VI Simpósio de Biodiversidade - Extinções: fatos, ameaças e perspectivas. 2017. (Simpósio).

23.
Visita técnica-científica em Maçambará. 2017. (Outra).

24.
Visita técnica-científica StoraEnso. 2017. (Outra).

25.
VI Workshop de Bioprodutos aplicados à Agricultura. 2017. (Outra).

26.
XXXIII Seminário de Educação Socioambiental: O protagonismo de Mulheres na Agricultura Agroecológica. 2017. (Seminário).

27.
XXXVII Seminário de Educação Socioambiental sobre Azeite de Oliva: da oliveira ao consumidor. 2017. (Seminário).

28.
XXXV Seminário de Educação Socioambiental sobre Produção de Hortaliças e Leguminosas Agroecológicas. 2017. (Seminário).

29.
Florestas Online: O primeiro Congresso Florestal Online no Brasol. 2016. (Congresso).

30.
I Congresso Internacional do Pampa e do III Seminário da Sustentabilidade da Região da Campanha/ Olhares sobre o Pampa: um território em disputa. 2016. (Congresso).

31.
II Seminário de Manejo de Pragas do Conesul. 2016. (Seminário).

32.
II Seminário Pró-África - Agricultura familiar e combate à fome: experiências brasileiras e moçambicanas. 2016. (Seminário).

33.
Pinus: Aspectos Silviculturais, Ambientais, Sociais e Econômicos. 2016. (Encontro).

34.
6º Simpósio Latino-americano sobre Manejo Florestal,. 2015. (Simpósio).

35.
XIX Semana Acadêmica da Engenharia Florestal. 2015. (Outra).

36.
II REFOREST: Simpósio Nacional sobre Restauração Florestal. 2013. (Simpósio).

37.
27ª Jornada Acadêmica Integrada. 2012. (Outra).

38.
Seminário sobre o impacto da agricultura nos recursos hídricos. 2012. (Seminário).

39.
Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2012. (Simpósio).

40.
VII SIMPÓSIO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FLORESTAIS. 2012. (Simpósio).

41.
5º Simpósio Latino-Americano sobre Manejo Florestal. 2011. (Simpósio).

42.
IV Simpósio de Restauração Ecológca. 2011. (Simpósio).

43.
25ª Jornada Acadêmica Integrada. 2010. (Outra).

44.
Fórum Internacional do Agronegócio Florestal. 2010. (Congresso).

45.
III SAEF: "Atualizações de conhecimentos e perspectivas do setor florestal". 2010. (Outra).

46.
II Semana Acadêmica da Engenharia Florestal. 2009. (Outra).

47.
10º Congresso Florestal Estadual 1º Seminário Mercosul da Cadeia Madeira Florestas, Silvicultura e Mudanças Climáticas. 2008. (Congresso).

48.
I Semana Acadêmica da Engenharia Florestal. 2008. (Outra).

49.
XV Ciclo de palestras sobre citricultura. 2008. (Encontro).

50.
1º Seminário de Atualização Acadêmica em Agronomia e Engenharia Florestal. 2007. (Seminário).

51.
Fórum Florestal Estadual: "Silvicultura: Sustentabilidade Florestal". 2007. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DICK, G.. 2º Workshop de Práticas aplicadas à Ecologia Florestal. 2018. (Outro).

2.
DICK, G.. Visita técnica-científica em área experimental da StoraEnso. 2017. (Outro).

3.
DICK, G.. Visita técnica-científica em Maçambará. 2017. (Outro).

4.
DICK, G.. 44ª Expofeira. 2011. .



Outras informações relevantes


Aprovada em Concurso público para seleção de professor substituto de Química da Madeira, no departamento de Ciências Florestais da Universidade Federal de Santa Maria (Edital n. 105 de 20 de agosto de 2015); Aprovada em Concurso público para seleção de professor substituto de Geodésia, no Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria (Edital n. 004 de janeiro de 2018); Aprovada em Concurso público para seleção de professor substituto de Química da Madeira, no departamento de Ciências Florestais da Universidade Federal de Santa Maria (Edital n. 014 de 02 de fevereiro de 2018); Membro do Colegiado do Departamento de Ciências Florestais da Universidade Federal de Santa Maria, Portaria Nº 156/2018 de 13 de agosto de 2018.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 19:07:12