Marlon Citon

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7983598883180573
  • Última atualização do currículo em 19/10/2014


Graduado em História (Licenciatura e Bacharelado). Possui experiência em Antiguidade Tardia, Teoria da História e Música. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marlon Citon
Nome em citações bibliográficas
CITON, M.


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2013
Graduação em História (Licenciatura e Bacharelado).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Do Imperium ao Rex: a formação do poder político-militar de Genserico entre os vândalos (século V).
Orientador: Renan Frighetto.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Helena entre Páris e Menelau:histórias de.. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2011 - 2011
Ética e Virtuosidade na Antiguidade. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2011 - 2011
Ética e Virtuosidade na Medievalidade. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2011 - 2011
Grupo de Discussão Labirinto. (Carga horária: 22h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2010 - 2010
Grupo de Discussão Labirinto. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2010 - 2010
Aspectos da Historiografia Grega Clássica. (Carga horária: 1h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2010 - 2010
Identidade, Tradição e Memória nas Fontes Tardo-An. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2010 - 2010
A Delimitação da Soberania do Poder Temporal e Esp. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2010 - 2010
Oficina de Textos. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.


Atuação Profissional



Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsa CNPq/Balcão



Projetos de pesquisa


2011 - 2012
As relações de poder entre a nobreza e a realeza no reino hispano-visigodo de Toledo (séculos VI-VII)
Descrição: O presente projeto pretende analisar a um dos reinos romano-bárbaros fixado nos territórios do desagregado Império Romano do Ocidente e herdeiro inconteste da tradição política e cultural do Império Romano tardio, especialmente com relação aos aspectos que envolvem os problemas decorrentes da difícil relação de equilíbrio entre a realeza e os diversos grupos nobiliárquicos que faziam parte do intrincado universo sócio-político das monarquias romano-bárbaras. De fato, o reino hispano-visigodo de Toledo (séculos VI-VII), assim caracterizado a partir do reinado de Leovigildo(568-586) , manteve ao longo de sua História a grande diversidade de elementos culturais característicos da herança romana ao mesmo tempo que também conservou as contradições e paradoxos que enfraqueceram politicamente o mundo imperial romano. Talvez o melhor exemplo desta indefinição seja exatamente a criação de propostas teóricas e ideológicas tão opostas como as que defendiam a hereditariedade e a elegibilidade do poder régio, que conviveram desde finais do século VI e ao longo da sétima centúria com a paulatina, mas contínua, regionalização dos poderes políticos que fragmentavam e minavam a proposta de unidade do poder por parte da realeza. Para colocar-se numa posição superior aos seus pares nobiliárquicos, com o intuito de reforçar a sua auctoritas, a realeza hispano-visigoda agregou um artifício utilizado pelos imperadores romanos desde o século IV, a criação duma teoria que tornava o rei representante do Deus cristão católico no seu reino, o diferencial para legitimar o seu poder sobre o restante da sociedade política, configurada pelo conjunto da nobilitas hispano-visigoda. No campo do relacionamento com os grupos políticos nobiliárquicos, detentores efetivos do poder militar, a ação do rei foi voltada para o fortalecimento de seus aliados mais direto através da concessão de benefícios que tinham como moeda de troca o estabelecimento de acordos e pactos de juramento entre as partes.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Marlon Citon - Integrante / Otávio Luiz Vieira Pinto - Integrante / Andrea Dall Pra de Deus - Integrante / Renan Friguetto - Coordenador / Rafaela de Sousa Trentini - Integrante / Janira Pohlmann Feliciano - Integrante / Andréia Rosin Caprino - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Paraná.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.
Latim
Lê Pouco.
Grego
Lê Pouco.


Prêmios e títulos


2013
3º lugar no 21º EVINCI - Evento de Iniciação Científica - Banca 137 - História III, Universidade Federal do Paraná - UFPR.
2012
3º lugar no 20º EVINCI - Evento de Iniciação Científica - Banca 80 DEHIS I, Universidade Federal do Paraná - UFPR.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CITON, M.2014 CITON, M.. Embates Historiográficos na Antiguidade Tardia: relevâncias sobre os conceitos de Identidade, Etnogênese e Traditionskern. Cadernos de Clio, v. 4, p. 149-168, 2014.

2.
CITON, M.2013 CITON, M.. Do assassinato aos filhos de Caim: uma análise da cena Black Metal em Curitiba nos anos 1990. História e-História, v. 1, p. 1-17, 2013.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CITON, M.. Queda, Ascensão, Dominação: considerações sobre a cena Black Metal em Curitiba nos Anos 90. In: I Congresso Internacional de Estudos do Rock, 2013, Cascavel. Anais do I Congresso Internacional de Estudos do Rock, 2013. v. 1. p. 1-17.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CITON, M.. Algumas considerações metodológicas: problemáticas em Boécio (480-525). In: Colóquio de História Medieval: Fontes Medievais - Construções e Métodos, 2013, São Paulo. Colóquio de História Medieval: Fontes Medievais - Construções e Métodos, 2013.

2.
CITON, M.. O conceito de Traditionskern na formação identitária no caso dos Vândalos. In: I Congresso Internacional de História UNICENTRO - UEPG: 'História e Cultura: Identidades e Regiões'', 2013, Irati. Anais do I Congresso Internacional de História: História e Cultura - Identidades e Regiões., 2013. p. 1235-1235.

3.
CITON, M.. África Romana: algumas considerações da Pars Occidentalis nos séculos IV e V. In: VI Semana Acadêmica de História: África e Brasil, um mar de histórias, 2013, Curitiba. Caderno de Resumos da VI Semana Acadêmica de História, 2013. v. 1. p. 12-12.

4.
CITON, M.. Queda, Ascensão, Dominação: considerações sobre a cena Black Metal em Curitiba nos Anos 90. In: I Congresso Internacional de Estudos do Rock, 2013, Cascavel. Anais do I Congresso Internacional de Estudos do Rock, 2013. v. 1. p. 9-10.

5.
CITON, M.. O conceito de Regnum na Antiguidade Tardia: o caso dos Vândalos. In: 5ª Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão (SIEPE) - 21º Evento de Iniciação Científica (EVINCI), 2013, Curitiba. Livro de resumos 21º EVINCI e 6º EINTI, 2013. v. 1. p. 119-119.

6.
CITON, M.. Relevâncias Historiográficas na Antiguidade Tardia: o conceito de Traditionskern no caso dos Vândalos. In: 4ª Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão (SIEPE) - 20º Evento de Iniciação Científica (EVINCI), 2012, Curitiba. Livro de resumos 20º EVINCI e 5º EINTI, 2012. p. 600-600.

Apresentações de Trabalho
1.
CITON, M.. O conceito de Traditionskern na formação identitária no caso dos Vândalos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CITON, M.. Algumas considerações metodológicas: problemáticas em Boécio (480-525). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CITON, M.. África Romana: algumas considerações da Pars Occidentalis nos séculos IV e V. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
CITON, M.. Queda, Ascenção, Dominação: considerações sobre a cena Black Metal em Curitiba nos Anos 90. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
CITON, M.. O Conceito de Regnum na Antiguidade Tardia: o caso dos Vândalos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
CITON, M.. Relevâncias Historiográficas na Antiguidade Tardia: o conceito de Traditionskern no caso dos Vândalos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
CITON, M.. Do Imperium ao Rex: a formação do poder político-militar de Genserico entre os vândalos (século V). 2013. (Monografia - Trabalho de conclusão de curso).

2.
CITON, M.. Antiguidade Tardia: O conceito de Traditionskern na consolidação do Poder Régio e populações no caso dos Vândalos. 2012. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Diálogos Mediterrânicos IV: cultura, tradição e discursos de poder. 2013. (Seminário).

2.
2ª Semana de Estudos do Medievo Oriental - Islã. 2012. (Seminário).

3.
Diálogos Mediterrânicos III. 2012. (Seminário).

4.
VI Simpósio Antigos e Modernos - UFPR. 2012. (Simpósio).

5.
V Semana Acadêmica de História da UFPR. 2012. (Outra).

6.
Diálogos Mediterrânicos II. 2011. (Seminário).

7.
I Seminário Franco-Brasileiro Identidades e Fronteiras Na Península Ibérica Medieval. 2011. (Seminário).

8.
IV Semana Acadêmica de História da UFPR. 2011. (Outra).

9.
V Simpósio Antigos e Modernos - UFPR: 'Os Fins da Crítica'". 2011. (Simpósio).

10.
Diálogos Mediterrânicos I. 2010. (Seminário).

11.
Evento de Extensão "O Ofício do Historiador". 2010. (Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/12/2018 às 24:16:07