Mariana Rodrigues Rosell

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8056929819718959
  • Última atualização do currículo em 12/12/2018


Mestra em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, com pesquisa financiada pela FAPESP. Bacharela (2013) e licenciada (2014) em História pela Universidade de São Paulo. Tem experiência em História do Brasil República, com ênfase nos estudos sobre as relações entre arte, cultura e política durante o regime militar brasileiro, atuando principalmente nas áreas de teatro, música e cinema, com os seguintes temas: Resistência Cultural, História do Teatro Brasileiro, Dramaturgia de Esquerda, Frentismo Cultural, Política Cultural, PCB e Teatro de Resistência. Foi bolsista de Iniciação Científica PIBIC/CNPq (2011/2012) com o projeto "Liberdade Liberdade" (1965): uma cena do teatro de resistência, sob orientação do Professor Marcos Napolitano. Foi bolsista (2013/2015) do Grupo de Pesquisa CNPq História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação, coordenado pelo professor Eduardo Morettin (ECA/USP). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mariana Rodrigues Rosell
Nome em citações bibliográficas
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA

Endereço


Endereço Profissional
Colégio Doutor Walter Belian.
Rua Serra de Paracaína - até 399/400
Cambuci
01522020 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 31857600


Formação acadêmica/titulação


2015 - 2018
Mestrado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: "Ator sem consciência é bobo da corte": frentismo cultural e realismo crítico na dramaturgia brasileira de matriz comunista, 1973-1979,Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: Marcos Francisco Napolitano de Eugênio.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Regime Militar Brasileiro; Teatro Engajado; Resistência Cultural; Dramaturgia de Matriz Comunista; História e Teatro; Anos 1970.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil República.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: História do Teatro Brasileiro.
2011 - 2014
Graduação em Licenciatura Plena em História.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2009 - 2013
Graduação em História.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: "Liberdade Liberdade" (1965): uma cena do teatro de resistência.
Orientador: Marcos Francisco Napolitano de Eugênio.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2005 - 2007
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Santa Catarina, CSC, Brasil.
1997 - 2004
Ensino Fundamental (1º grau).
Colégio Santa Catarina, CSC, Brasil.




Formação Complementar


2018
Texto e Cena: Idade Média e Renascença. (Carga horária: 75h).
Ágora Teatro, ÁGORA, Brasil.
2018 - 2018
Gestão da Informação e Documentação - Conceitos Básicos em Gestão Documenta. (Carga horária: 20h).
Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.
2018 - 2018
Direitos Humanos: uma declaração universal. (Carga horária: 20h).
Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.
2018 - 2018
Texto e Cena: Antiguidade Greco-Latina. (Carga horária: 45h).
Ágora Teatro, ÁGORA, Brasil.
2017 - 2017
América Latina: cinema e política. (Carga horária: 18h).
Museu da Imagem e do Som, MIS, Brasil.
2017 - 2017
A censura na história da arte. (Carga horária: 12h).
Sesc Vila Mariana, SESCSP, Brasil.
2017 - 2017
Sábato Magaldi: um crítico amoroso. (Carga horária: 4h).
Centro de Pesquisa e Formação do SESC, CPF/SESC, Brasil.
2017 - 2017
Cortina fechada: música e censura. (Carga horária: 12h).
Centro de Pesquisa e Formação do SESC, CPF/SESC, Brasil.
2017 - 2017
O cinema na ditadura: resistências e construções da memória. (Carga horária: 8h).
Centro de Pesquisa e Formação do SESC, CPF/SESC, Brasil.
2017 - 2017
Clube da Esquina: nada ficou como antes. (Carga horária: 8h).
Centro de Pesquisa e Formação do SESC, CPF/SESC, Brasil.
2017 - 2017
Semana Paulo Freire. (Carga horária: 20h).
Instituto Paulo Freire, IPF, Brasil.
2017 - 2017
Roger Chartier: o passado no presente. (Carga horária: 20h).
Centro de Pesquisa e Formação do SESC, CPF/SESC, Brasil.
2016 - 2016
Preservação de Acervos Audiovisuais. (Carga horária: 16h).
Caixa Cultural São Paulo, CAIXA, Brasil.
2016 - 2016
La ciudad como lugar de intervención desde la experiencia artística. (Carga horária: 12h).
Universidad de Murcia, UM, Espanha.
2016 - 2016
Velázquez en el Museo del Prado. (Carga horária: 30h).
Museo del Prado, MP, Espanha.
2016 - 2016
Teatro e Sociedade, com Roger Chartier. (Carga horária: 20h).
Centro de Pesquisa e Formação do SESC, CPF/SESC, Brasil.
2016 - 2016
Educación y Museos. (Carga horária: 12h).
Universidad de Murcia, UM, Espanha.
2016 - 2016
Shakespeare On the Page and in Performance: Young Love. (Carga horária: 30h).
Wellesley College, W.C., Estados Unidos.
2015 - 2015
Preparação Pedagógica - PAE. (Carga horária: 14h).
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, FFLCH, Brasil.
2014 - 2014
American Capitalism: A History. (Carga horária: 80h).
Cornell University, CORNELL, Estados Unidos.
2013 - 2013
Extensão universitária em Dramaturgia dos anos de chumbo: Panorama Histórico. (Carga horária: 33h).
Centro Ángel Rama - FFLCH/USP, CAR - FFLCH/USP, Brasil.
2013 - 2013
Curso de formação de educadores. (Carga horária: 8h).
Rede Emancipa de Educação Popular, REMSEP, Brasil.
2013 - 2013
Introdução à obra de Slavoj Zizek. (Carga horária: 11h).
Serviço Social do Comércio, SESC, Brasil.
2012 - 2012
História Econômica: tendências e debates. (Carga horária: 10h).
Departamento de História FFLCH/USP, DH/FFLCH/USP, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Formação de Educadores para a 29ª Bienal. (Carga horária: 198h).
Fundação Bienal de São Paulo, FBN, Brasil.
2010 - 2010
Benjamin: Por um verdadeiro estado de emergência. (Carga horária: 15h).
Departamento de História FFLCH/USP, DH/FFLCH/USP, Brasil.


Atuação Profissional



Colégio Doutor Walter Belian, CDWB, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora Substituta de História, Carga horária: 40


Farol Santander, FAROL, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assistente Cultural, Carga horária: 36
Outras informações
Assistente Cultural no Farol Santander. Responsável pela recepção e apresentação do edifício e dos andares culturais ao público visitante.


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 10
Outras informações
Monitora da disciplina interdepartamental Práticas de Leitura e Escrita Acadêmica, vinculada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Responsável por orientar grupo de alunos de graduação sobre estratégias de leitura de textos acadêmicos de diversas áreas.

Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista FAPESP de Mestrado no país.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 6
Outras informações
02/2016 - 07/2016: Estágio Supervisionado em Docência - Programa de Aperfeiçoamento do Ensino. Disciplina: História e Fontes Visuais. Docente Supervisor: Marcos Napolitano. 07/2016 - 12/2016: Estágio Supervisionado em Docência - Programa de Aperfeiçoamento do Ensino. Disciplina: História do Brasil Independente II. Docente Supervisor: Marcos Napolitano.

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Auxiliar Técnica, Carga horária: 30
Outras informações
Bolsista de apoio técnico a pesquisa 2A do Grupo de Pesquisa CNPq "História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação", coordenado pelo Professor Doutor Eduardo Morettin.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 30
Outras informações
Monitora bolsista do Projeto Memórias do Centro de Apoio à Pesquisa em História Sérgio Buarque de Holanda. Responsável pelo digitalização do catálogo de microfilmes.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora de Graduação, Carga horária: 6
Outras informações
Monitoria da disciplina de graduação História do Brasil Independente I, ministrada pelo Professor Doutor Marcos Napolitano. Enfoque no Ensino da História do Brasil Império. Programa de Estímulo ao Ensino na Graduação.

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Projeto: "'Liberdade, Liberdade' (1965): uma cena do teatro de resistência", sob orientação do Professor Doutor Marcos Napolitano.

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 3
Outras informações
Disciplina especial "Introdução à Pesquisa em História", sob supervisão do Professor Doutor Marcos Napolitano. Tema de pesquisa: Festival Universitário de Música da TV Tupi de 1968. Atividades realizadas: resenhas críticas de bibliografia selecionada e pesquisa documental no Arquivo Público do Estado de São Paulo.


Conservatório Musical Leopoldo Miguez, CMLM, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Eventual, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 2
Outras informações
Ministra a disciplina História da Arte para os alunos do curso técnico de Música.


Secretaria de Cultura, SCSP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assistente de pesquisa, Carga horária: 20
Outras informações
Assistente de pesquisa no Projeto Antonio Benetazzo: permanências do sensível


Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Temporário, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 10
Outras informações
Pesquisa iconográfica para o livro 1964: do golpe à democracia, publicado pela editora Hedra.


Rede Emancipa de Educação Popular, REMSEP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Coordenadora, Carga horária: 18

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Professora de História, Carga horária: 10


Centro de Memória do Circo, CMC, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Acervista, Carga horária: 30
Outras informações
Estágio supervisionado junto ao Núcleo de Acervo do Centro de Memória do Circo - Departamento do Patrimônio Histórico/Secretaria Municipal de Cultura - SP. Concentração nas áreas de higienização, acondicionamento e descrição da documentação têxtil e tridimensional.


Associação Brasileira Mostra Internacional de Cinema, ABMIC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Temporário, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 20


Fundação Bienal de São Paulo, FBN, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Temporário, Enquadramento Funcional: Arte-Educadora, Carga horária: 30
Outras informações
Responsável por realizar visitas guiadas com grupos escolares e espontâneos na 29ª Bienal de São Paulo. Desenvolver atividades artísticas em ateliês.



Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Comunistas em cena: a dramaturgia de esquerda na resistência ao regime militar (1973 - 1979)
Descrição: Desde o início do regime militar brasileiro, a cultura teve um papel fundamental para a atuação das oposições. O teatro, especificamente, foi um espaço de importantes manifestações de resistência, dando lugar a diferentes projetos políticos, promovendo e refletindo importantes debates acerca dos diversos posicionamentos das esquerdas diante do regime autoritário. O presente projeto tem por objetivo contribuir para o estudo historiográfico do teatro, relativamente pouco estudado pela historiografia da arte engajada dos anos 1960 e 1970, se comparado com outros temas. Buscamos compreender qual o lugar da dramaturgia comunista no contexto de resistência ao governo militar e como o projeto político vinculado à tradição do Partido Comunista Brasileiro (PCB) se manifestou no teatro. Nossa principal hipótese é que, apesar da ausência de uma política cultural oficial desde o PCB, o teatro se constituiu no principal porta voz do projeto político desse partido, tendo suas orientações, como a resistência democrática, o frentismo cultural e a luta política (em detrimento da luta armada) como elementos aglutinadores da temática das peças dos dramaturgos de inspiração marxista. Para isso, concentraremos nossa análise em quatro peças bastante representativas do período tanto em termos dramatúrgicos como em termos políticos: O Último Carro (1967/1976), de João das Neves; Um grito parado no ar (1973), de Gianfrancesco Guarnieri; Rasga Coração (1974/1979), de Oduvaldo Vianna Filho e Gota D?Água (1975), de Paulo Pontes e Chico Buarque..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Mariana Rodrigues Rosell - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 33
2014 - 2015
Antonio Benetazzo: permanências do sensível
Descrição: Projeto dedicado ao resgate da trajetória e da obra artística de Antonio Benetazzo (1941-1972). Com realização da Coordenação de Direito à Memória e à Verdade, o projeto tem curadoria de Reinaldo Cardenuto e resultará, no primeiro semestre de 2016, no lançamento de um livro, de um documentário e de uma exposição intitulada "Antonio Benetazzo: permanências do sensível". O projeto busca tornar pública a obra de Benetazzo, retirar do esquecimento histórico a biografia e os desenhos desse artista plástico brutalmente assassinado pela ditadura em outubro 1972..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Cinema e história no Brasil: estratégias discursivas do documentário na construção de uma memória sobre o regime militar
Descrição: O projeto pretende discutir as relações entre cinema e história a partir dos documentários brasileiros que se ocuparam do período do regime militar, analisando as estratégias de autenticação de seu discurso, como o uso de material de arquivo, do testemunho e da voz over, dentre outros procedimentos. Ao mesmo tempo, pretende mapear a discussão teórica sobre o campo, realizando, dentre outras ações, o levantamento da produção de dissertações de mestrado e teses de doutorado defendidas no Brasil sobre história e cinema.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Mariana Rodrigues Rosell - Integrante / Eduardo Morettin - Coordenador / Carolina Amaral de Aguiar - Integrante / Mônica Almeida Kornis - Integrante / Reinaldo Cardenuto Filho - Integrante / Cristiane Freitas Gutfreind - Integrante / Ana Laura Lusnich - Integrante / Ignacio Del Valle Dávila - Integrante / Lila Foster - Integrante / Rafael Dornellas Feltrin - Integrante / Marcos Francisco Napolitano de Eugenio - Integrante / Helena Stigger - Integrante / Fernando Seliprandy Fernandes - Integrante / Rosane Kaminski - Integrante / Margarida Adamatti - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
2011 - 2012
"Liberdade Liberdade" (1965): uma cena do teatro de resistência
Descrição: Projeto de Iniciação Científica desenvolvido sob orientação do Prof. Dr. Marcos Napolitano. Compreendeu a análise da peça teatral "Liberdade Liberdade" com o objetivo de identificar e problematizar a sua inserção no conjunto da resistência cultural ao regime militar brasileiro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Mariana Rodrigues Rosell - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 13


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Regime Militar.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Teatro.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Teatro.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende PoucoLê Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2012
Menção Honrosa no 20º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, Universidade de São Paulo.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA2017 ROSELL, Mariana R.; BATISTA, Natalia . Teatro e história: uma proposta metodológica. História e Cultura, v. 6, p. 289-307, 2017.

2.
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA2017 ROSELL, Mariana R.. Chico Buarque: dramaturgo (1967-1978). TEMPORALIDADES, v. 9, p. 253-278, 2017.

3.
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA2017 ROSELL, Mariana R.. Da página ao palco, do roteiro à encenação: Roda Viva de Chico Buarque (1967) e de Zé Celso (1968). PODER & CULTURA, v. 4, p. 56-81, 2017.

4.
ROSELL, MARIANA2017ROSELL, MARIANA. Bollaín, Icíar, dir. (2010). También la lluvia [DVD, 103 min]. Espanha.. Panambí. Revista de Investigaciones Artísticas, v. 3, p. 243-247, 2017.

5.
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA2016ROSELL, Mariana R.. Política e paternidade: a temática social encenada em família. REVISTA OPINIÃES ? REVISTA DOS ALUNOS DE LITERATURA BRASILEIRA USP, v. 5, p. 94-108, 2016.

6.
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA2016 ROSELL, Mariana R.. Em defesa do nacional-popular: o papel da voz over no documentário Partido Alto (1976-1982), de Leon Hirszman. PODER & CULTURA, v. 3, p. 178-194, 2016.

7.
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA2014ROSELL, Mariana R.. O projeto frustrado de Apesar de Você: A canção de Chico Buarque e o processo de redemocratização brasileiro. Epígrafe, v. 1, p. 117-130, 2014.

8.
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA2014ROSELL, Mariana R.. ?Mais do que nunca é preciso cantar?: o papel dos musicais do Grupo Opinião na construção da resistência democrática (1964-1966). HUMANIDADES EM DIÁLOGO (IMPRESSO), v. VI, p. 191-207, 2014.

9.
ROSELL, Mariana R.;ROSELL, MARIANA2013 ROSELL, Mariana R.. -MAS, AFINAL, O QUE É LIBERDADE?-: O ESPETÁCULO LIBERDADE LIBERDADE (1965) E A RESISTÊNCIA CULTURAL AO REGIME MILITAR. CADERNOS DE CLIO, v. 4, p. 231-254, 2013.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ROSELL, Mariana R.. Teatro. João das Neves. Folha de São Paulo. Ilustríssima, São Paulo, p. 2, 04 out. 2015.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ROSELL, Mariana R.. 'Enquanto que a raiva é um privilégio do injusto': a questão da consciência na dramaturgia brasileira de matriz comunista (anos 1970). In: XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os Preconceitos: História e Democracia, 2017, Brasília. Anais do XXIX Simpósio Nacional de História - contra os preconceitos: história e democracia. Brasília: ANPUH, 2017.

2.
ROSELL, Mariana R.. Dramaturgia Brasileira nos anos 1970: reorganização e resistência. In: IV Encontro de Pesquisa em História, 2016, Belo Horizonte. Temporalidades - Revista Discente do Programa de Pós-graduação em História da UFMG. (Suplemento, 2015). Belo Horizonte: Departamento de História/FAFICH - UFMG, 2016. v. 7. p. 243-250.

3.
ROSELL, Mariana R.. ?Você quer ser herói eu quero fazer a revolução?: reflexões sobre autoritarismo e revolução na América Latina a partir da peça Papa Highirte. In: XII Encontro Internacional da ANPHLAC, 2016, Campo Grande. Anais do XII Encontro Internacional da ANPHLAC. Campo Grande: ANPHLAC, 2016. p. 1-14.

4.
ROSELL, Mariana R.. A revolução do dia-a-dia: expressões da cultura política comunista em O último carro (1967/1976) e Rasga Coração (1974/1979). In: XXVIII Simpósio Nacional de História - Lugares dos Historiadores: Velhos e Novos Desafios, 2015, Florianópolis. Anais do XXVIII Simpósio Nacional de História - Lugares dos Historiadores: Velhos e Novos Desafios, 2015.

5.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade' (1965): uma cena do teatro de resistência. In: XXI Encontro Estadual de História ? ANPUH-SP: Trabalho, cultura e memória, 2012, Campinas. Anais do XXI Encontro Estadual de História: trabalho, cultura e memória - ANPUH-SP. São Paulo: ANPUH-SP, 2012.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ROSELL, Mariana R.. ?Enquanto que a raiva é um privilégio do injusto?: a questão da consciência na dramaturgia brasileira de matriz comunista (anos 1970). In: XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os Preconceitos: História e Democracia, 2017, Brasília. XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os Preconceitos: História e Democracia - Caderno de resumos. Brasília: ANPUH, 2017. v. 1. p. 124-125.

2.
ROSELL, Mariana R.. ?Sobre a imensidão do meu penar?: a função épica da música popular em Rasga coração (Oduvaldo Vianna Filho, 1974). In: III Colóquio Internacional História e Música: Tempos de música e seus fazeres, 2016, Franca. Caderno de Resumos do III Colóquio Internacional História e Música: Tempos de música e seus fazeres, 2016. v. 1. p. 18-18.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ROSELL, Mariana R.. Notícias de um teatro em luta: o teatro brasileiro nas páginas da revista cubana Conjunto. In: XIII Encontro Internacional da ANPHLAC, 2018, Mariana. XIII Encontro Internacional da ANPHLAC - Caderno de Resumos, 2018. v. 208.

2.
ROSELL, Mariana R.. O teatro como comentador e interventor da realidade: uma ponte entre passado e presente através da peça Gota d'água (Chico Buarque e Paulo Pontes, 1975). In: Encontro Internacional Pensar o futuro: a história que tecemos e a história que queremos, 2017, SAO PAULO. Encontro Internacional Pensar o futuro: a história que tecemos e a história que queremos - Sinopses, 2017. p. s/n.

3.
ROSELL, Mariana R.. ?Você quer ser herói eu quero fazer a revolução?: reflexões sobre autoritarismo e revolução na América Latina a partir da peça Papa Highirte (Oduvaldo Vianna Filho, 1968). In: XII Encontro Internacional da ANPHLAC, 2016, Campo Grande. Caderno de Resumos, 2016. v. 1. p. 83-83.

4.
ROSELL, Mariana R.. Dramaturgia Brasileira nos anos 1970: reorganização e resistência. In: IV Encontro de Pesquisa em História, 2015, Belo Horizonte. IV Encontro de Pesquisa em História - Caderno de Resumos. Belo Horizonte: FAFICH, 2015. v. 1. p. 174-175.

5.
ROSELL, Mariana R.. A revolução do dia-a-dia: expressões da cultura política comunista em O último carro (1967/1976) e Rasga Coração (1974/1979). In: XXVIII Simpósio Nacional de História - Lugares dos Historiadores: Velhos e Novos Desafios, 2015, Florianópolis. Caderno de Resumos do XXVIII Simpósio Nacional de História - Lugares dos Historiadores: Velhos e Novos Desafios. Florianópolis: ANPUH, 2015. p. 804-805.

6.
ROSELL, Mariana R.. 'Mais do que nunca é preciso cantar': o papel dos musicais do grupo Opinião na construção da resistência democrática (1964-1966). In: IV Encontro de Pesquisa na Graduação em História, 2014, São Paulo. IV Encontro de Pesquisa na Graduação em História, 2014.

7.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade' (1965): uma cena do teatro de resistência. In: 20º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2012, São Paulo. Anais do 20º SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2012.

8.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade' (1965): uma cena do teatro de resistência. In: III Encontro de Pesquisa na Graduação em História, 2012, São Paulo. III Encontro de Pesquisa na Graduação em História, 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
ROSELL, Mariana R.. Notícias de um teatro em luta: o teatro brasileiro nas páginas da revista cubana Conjunto. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
ROSELL, MARIANA. Teatro e realidade brasileira: cartografia de um debate. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
ROSELL, Mariana R.. O teatro como comentador e interventor da realidade: uma ponte entre passado e presente através da peça Gota d'água (Chico Buarque e Paulo Pontes, 1975). 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
ROSELL, Mariana R.. ?Enquanto que a raiva é um privilégio do injusto?: a questão da consciência na dramaturgia brasileira de matriz comunista (anos 1970). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
ROSELL, Mariana R.. A cultura e a revolução, os comunistas e as artes: Teatro de Arena de São Paulo em defesa do realismo crítico. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
ROSELL, Mariana R.. Teatro e revolução: do projeto revolucionário à sobrevivência diária.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
ROSELL, Mariana R.. Entre a escrita dramatúrgica e a escrita cênica: o fenômeno Roda-viva (1967/1968). 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
ROSELL, Mariana R.. Censura e resistência no teatro durante o regime militar (1969-1979). 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
ROSELL, Mariana R.. ?Você quer ser herói eu quero fazer a revolução?: reflexões sobre autoritarismo e revolução na América Latina a partir da peça Papa Highirte (Oduvaldo Vianna Filho, 1968). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
ROSELL, Mariana R.. 'Sobre a imensidão do meu penar': a função épica da música popular em Rasga coração (Oduvaldo Vianna Filho, 1974). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
ROSELL, Mariana R.. Dramaturgia brasileira nos anos 1970: reorganização e resistência. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
ROSELL, Mariana R.. A revolução do dia-a-dia: expressões da cultura política comunista em O último carro (1967/1976) e Rasga Coração (1974/1979).. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
ROSELL, Mariana R.. Frentismo e nacional-popular: o lugar da MPB no show Opinião (1964). 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
ROSELL, Mariana R.. .'Mais do que nunca é preciso cantar': o papel dos musicais do grupo Opinião na construção da resistência democrática (1964-1966). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
ROSELL, Mariana R.. O teatro brasileiro durante o regime militar: panorama histórico da resistência nos palcos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade' (1965): uma cena do teatro de resistência. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade' (1965): uma cena do teatro de resistência. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade' (1965) e a resistência cultural ao regime militar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade' (1965): uma cena do teatro de resistência. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
ROSELL, Mariana R.. O(s) lugar(es) dos oprimidos no teatro brasileiro. Campinas: Ideias, 2018 (Resenha).

2.
ROSELL, Mariana R.. Entre a ficção e a história: Santa Evita, de Tomás Eloy Martínez.. São Paulo: Humanidades em Diálogo, 2016 (Resenha).

3.
ROSELL, Mariana R.. Bollaín, Icíar, dir. (2010). También la lluvia (DVD, 103 min). Espanha.. Valparaíso - Chile: Panambi, 2016 (Resenha).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
ROSELL, Mariana R.. Parecer de artigo.. 2017.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ROSELL, Mariana R.. O retorno do rei. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
ROSELL, Mariana R.. Projeto Meu Vinil Favorito - Clube da esquina (1972). 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
SILVA, Alexsandro de Sousa e ; ROSELL, Mariana R. . História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação. 2014; Tema: Site do Grupo de Pesquisas CNPq História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação. (Site).

2.
ROSELL, Mariana R.; SILVA, Alexsandro de Sousa e . História do Brasil Independente. 2013; Tema: Site das disciplinas História do Brasil Independente I e II, ministradas pelo professor Marcos Napolitano no Depto. de História da Universidade de São Paulo.. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
ROSELL, Mariana R.; PONCE, A. L. G. . O regime militar e o ensino de Humanidades. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
ROSELL, Mariana R.. O regime militar e o ensino de humanidades. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
ROSELL, Mariana R.. O teatro de Chico Buarque. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
ROSELL, Mariana R.. Produção cultural na América Latina. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
ROSELL, Mariana R.. As histórias na História - Guerras e Guerreiros. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
ROSELL, Mariana R.. As histórias na História - Guerras e guerreiros. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
ROSELL, Mariana R.; MANSUR, B. . As histórias na História - Mitos e lendas da Idade Média. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
ROSELL, Mariana R.. As histórias na História - Mitos e lendas da Idade Média. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
ROSELL, Mariana R.; NAPOLITANO, Marcos ; PONCE, A. L. G. ; HEREDIA, C. R. ; RIBEIRO, D. R. ; SOUZA, F. S. ; FRANCISCO, F. T. R. ; SEAWRIGHT, L. ; OLIVEIRA, L. M. ; CARTOCE, R. E. ; PAZZANNESE, R. F. E. ; BOSI, T. . O regime militar e o ensino de Humanidades. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
ROSELL, Mariana R.. Comunistas em cena: a dramaturgia de esquerda na resistência ao regime militar (1973 - 1979). 2017. (Relatório de pesquisa).

11.
ROSELL, Mariana R.. Comunistas em cena: a dramaturgia de esquerda na resistência ao regime militar (1973 - 1979). 2016. (Relatório de pesquisa).

12.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. . Levantamento bibliográfico sobre cinema e história. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento bibliográfico).

13.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. . 'Filmes de ficção e o regime militar. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento filmográfico).

14.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. ; FELTRIN, R. D. . Teses e dissertações sobre cinema e regime militar brasileiro.. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento bibliográfico).

15.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. ; FELTRIN, R. D. . Teses e dissertações sobre cinema e história.. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento bibliográfico).

16.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. . Documentários e o regime militar. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento filmográfico).

17.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade': uma cena do teatro de resistência. 2012. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
O que 68 tem a dizer sobre nós?.Teatro. 2018. (Simpósio).

2.
XIII Encontro Internacional da ANPHLAC.Notícias de um teatro em luta: o teatro brasileiro nas páginas da revista cubana Conjunto. 2018. (Encontro).

3.
Censura em cena - as peças vetadas no Estado de São Paulo - O berço do herói. 2017. (Outra).

4.
Encontro Internacional Pensar o futuro: a história que tecemos e a história que queremos.O teatro como comentador e interventor da realidade: uma ponte entre passado e presente através da peça Gota d'água (Chico Buarque e Paulo Pontes, 1975). 2017. (Encontro).

5.
I Colóquio Teatro e História: diálogos possíveis.Dramaturgia brasileira: propostas de enfrentamento à ditadura militar. 2017. (Outra).

6.
I Colóquio Teatro e História: diálogos possíveis.Entre a escrita dramatúrgica e a escrita cênica: o fenômeno Roda-viva (1967/1968). 2017. (Outra).

7.
III Simpósio Internacional de Ciência Política - 100 anos da Revolução Russa: revolução, contrarrevolução e imperialismo.Cultura e revolução. 2017. (Simpósio).

8.
XVII Semana de História do Centro Universitário Fundação Santo André.Teatro e revolução: do projeto revolucionário à sobrevivência diária. 2017. (Encontro).

9.
XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os Preconceitos: História e Democracia.?Enquanto que a raiva é um privilégio do injusto?: a questão da consciência na dramaturgia brasileira de matriz comunista (anos 1970). 2017. (Simpósio).

10.
Encontro de Aprofundamento Temático - A democracia brasileira entre golpes políticos: reflexões sobre o significado dos golpes de 1937, 1954 e 1964. 2016. (Outra).

11.
Escola democrática versus "Escola sem partido". 2016. (Encontro).

12.
III Colóquio Internacional de História e Música."Sobre a imensidão do meu penar": a função épica da música popular em Rasga coração (Oduvaldo Vianna Filho, 1974). 2016. (Simpósio).

13.
Intelectuais, política e literatura na América Latina. 2016. (Encontro).

14.
V Encontro de Pesquisa na Graduação em HIstória.Cinema: práticas e representações. 2016. (Encontro).

15.
XII Encontro Internacional da ANPHLAC.?Você quer ser herói eu quero fazer a revolução?: reflexões sobre autoritarismo e revolução na América Latina a partir da peça Papa Highirte (Oduvaldo Vianna Filho, 1968). 2016. (Encontro).

16.
I Encontro de Música Popular Brasileira: A MPB em questão.Frentismo e nacional-popular: o lugar da MPB no show Opinião (1964). 2015. (Encontro).

17.
IV Encontro de Pesquisa em História.Dramaturgia brasileira nos anos 1970: reorganização e resistência. 2015. (Encontro).

18.
XXVIII Simpósio Nacional de História - Lugares dos Historiadores: Velhos e Novos Desafios,.A revolução do dia-a-dia: expressões da cultura política comunista em O último carro (1967/1976) e Rasga Coração (1974/1979). 2015. (Simpósio).

19.
38ª Mostra Internacional de Cinema. 2014. (Outra).

20.
A cultura e as artes no regime militar: 50 anos do golpe. 2014. (Simpósio).

21.
Imagens da ditadura. 2014. (Outra).

22.
IV Encontro de Pesquisa na Graduação em História."Mais do que nunca é preciso cantar": o papel dos musicais do grupo Opinião na construção da resistência democrática (1964-1966). 2014. (Encontro).

23.
IV Jornadas Internacionais de Problemas Latinoamericanos. 2014. (Congresso).

24.
O golpe de 1964 e a cultura brasileira. 2014. (Simpósio).

25.
O golpe de 1964 e a onda autoritária na América Latina. 2014. (Simpósio).

26.
O uso do cinema como material didático. 2014. (Encontro).

27.
Marx: a criação destruidora. 2013. (Seminário).

28.
Mostra de filmes "CHILE: 40 ANOS DO GOLPE MILITAR". 2013. (Outra).

29.
Seminário Graciliano Ramos: Estilo e Permanência. 2013. (Seminário).

30.
20º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP."Liberdade Liberdade" (1965): uma cena do teatro de resistência. 2012. (Simpósio).

31.
90 anos da Semana de Arte Moderna: debates. 2012. (Encontro).

32.
Formação do campo intelectual e da indústria cultural no Brasil contemporâneo. 2012. (Seminário).

33.
I Colóquio Perspectivas de História Cultural Comparada. 2012. (Outra).

34.
III Encontro de Pesquisa na Graduação em História."Liberdade Liberdade" (1965): uma cena do teatro de resistência. 2012. (Encontro).

35.
II Semana do Livro de Cabeceira. 2012. (Encontro).

36.
Simpósio Internacional A Esquerda na América Latina: história, presente e perspectivas. 2012. (Simpósio).

37.
VIII Semana de Ciências Sociais Da USP. 2012. (Outra).

38.
XV Encontro Nacional de Pesquisa na Graduação em Filosofia da USP. 2012. (Encontro).

39.
XXI Encontro Estadual ANPUH ? SP: Trabalho, Cultura e Memória."Liberdade Liberdade" (1965): uma cena do teatro de resistência. 2012. (Encontro).

40.
35ª Mostra Internacional de Cinema. 2011. (Outra).

41.
Cinedebates: Ditadura Militar. 2011. (Encontro).

42.
Colóquio Comunistas Brasileiros: cultura política e produção cultural. 2011. (Outra).

43.
Revoluções: uma política do sensível (Revoluções: resistência e reinvenção). 2011. (Seminário).

44.
Seminário Internacional "Educação, arte e política". 2010. (Seminário).

45.
Semana de Cinema 3x Glauber. 2009. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ROSELL, Mariana R.; BATISTA, Natalia. . I Colóquio Teatro e História: diálogos possíveis. 2017. (Outro).

2.
ROSELL, Mariana R.; LUNARDI, R. ; BOSI, T. . I Encontro de Música Popular Brasileira: A MPB em questão. 2015. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
ROSELL, MARIANA2017ROSELL, MARIANA. Bollaín, Icíar, dir. (2010). También la lluvia [DVD, 103 min]. Espanha.. Panambí. Revista de Investigaciones Artísticas, v. 3, p. 243-247, 2017.


Apresentações de Trabalho
1.
ROSELL, Mariana R.. 'Liberdade Liberdade' (1965) e a resistência cultural ao regime militar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ROSELL, Mariana R.. O teatro brasileiro durante o regime militar: panorama histórico da resistência nos palcos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ROSELL, Mariana R.. Censura e resistência no teatro durante o regime militar (1969-1979). 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ROSELL, Mariana R.. Teatro e revolução: do projeto revolucionário à sobrevivência diária.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
ROSELL, Mariana R.. As histórias na História - Guerras e Guerreiros. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
ROSELL, Mariana R.. As histórias na História - Guerras e guerreiros. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ROSELL, Mariana R.; MANSUR, B. . As histórias na História - Mitos e lendas da Idade Média. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
ROSELL, Mariana R.. As histórias na História - Mitos e lendas da Idade Média. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
ROSELL, Mariana R.; PONCE, A. L. G. . O regime militar e o ensino de Humanidades. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
ROSELL, Mariana R.. O regime militar e o ensino de humanidades. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
ROSELL, Mariana R.. O teatro de Chico Buarque. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
ROSELL, Mariana R.; NAPOLITANO, Marcos ; PONCE, A. L. G. ; HEREDIA, C. R. ; RIBEIRO, D. R. ; SOUZA, F. S. ; FRANCISCO, F. T. R. ; SEAWRIGHT, L. ; OLIVEIRA, L. M. ; CARTOCE, R. E. ; PAZZANNESE, R. F. E. ; BOSI, T. . O regime militar e o ensino de Humanidades. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
ROSELL, Mariana R.. Produção cultural na América Latina. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. . Levantamento bibliográfico sobre cinema e história. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento bibliográfico).

2.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. . 'Filmes de ficção e o regime militar. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento filmográfico).

3.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. ; FELTRIN, R. D. . Teses e dissertações sobre cinema e regime militar brasileiro.. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento bibliográfico).

4.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. ; FELTRIN, R. D. . Teses e dissertações sobre cinema e história.. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento bibliográfico).

5.
ROSELL, Mariana R.; MORETTIN, E. . Documentários e o regime militar. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Levantamento filmográfico).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ROSELL, Mariana R.. Projeto Meu Vinil Favorito - Clube da esquina (1972). 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
ROSELL, Mariana R.. O retorno do rei. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Redes sociais, websites e blogs
1.
SILVA, Alexsandro de Sousa e ; ROSELL, Mariana R. . História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação. 2014; Tema: Site do Grupo de Pesquisas CNPq História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação. (Site).

2.
ROSELL, Mariana R.; SILVA, Alexsandro de Sousa e . História do Brasil Independente. 2013; Tema: Site das disciplinas História do Brasil Independente I e II, ministradas pelo professor Marcos Napolitano no Depto. de História da Universidade de São Paulo.. (Site).



Outras informações relevantes


Foi bolsista de Apoio Técnico a Pesquisa 2A do Grupo de Pesquisa CNPq "História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação", coordenado pelo Prof. Dr. Eduardo Morettin.

First Certificate in English (University of Cambridge/ESOL Examinations) - 2006; Preliminary English Test (University of Cambridge/ESOL Examinations) - 2004; Key English Test (University of Cambridge/ESOL Examinations) - 2003



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 6:43:17