Fernando Meireles

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9180210634743879
  • Última atualização do currículo em 27/09/2018


Doutorando em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Pesquisador do Centro de Estudos Legislativos (CEL/UFMG). Foi Pesquisador Visitante no Departamento de Ciência Política da University of Essex. Possui Mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Bacharelado em Ciência Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Tem experiência nas áreas de Política Comparada, Política Distributiva, Estudos Legislativos e Métodos Quantitativos aplicados às Ciências Sociais, com ênfase em inferência causal. Atualmente, pesquisa a política distributiva de governos de coalizão na América Latina. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fernando Meireles
Nome em citações bibliográficas
MEIRELES, F.


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Ciência Política.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
com período sanduíche em University of Essex (Orientador: Royce Carroll).
Título: A política distributiva da coalizão,
Orientador: Carlos Ranulfo Felix de Melo.
Coorientador: Royce Carroll.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Relações Executivo-Legislativo; Coalizões Governamentais; Política Distributiva.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo / Especialidade: Instituições Governamentais Específicas.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo / Especialidade: Relações Intergovernamentais.
2013 - 2015
Mestrado em Ciência Política.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Coalizões governamentais sobredimensionadas na América Latina, 1979-2012,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Paulo Sergio Peres.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Relações Executivo-Legislativo; Presidencialismo; Coalizões Governamentais.
Grande área: Ciências Humanas
2009 - 2012
Graduação em Ciências sociais - Bacharelado.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Título: Regionalismo, patronagem e partidarismo: esboço para uma análise das coalizões dominantes do partidos brasileiros.
Orientador: Gustavo André Aveline Muller.
2008 interrompida
Graduação interrompida em 2009 em Letras - Português e Inglês.
Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, URI, Brasil.
Ano de interrupção: 2009




Formação Complementar


2016 - 2016
Agent-based modelling. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2015 - 2015
Modelos Hierárquicos. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2015 - 2015
Spatial models of choice and judgement. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2015 - 2015
Análise Fatorial e de Componentes Principais. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2014 - 2014
Estatística avançada aplicada às Ciências Sociais. (Carga horária: 20h).
Instituto Latino-Americano de Estudos Avançados, ILEA, Brasil.
2012 - 2012
Planejamento de Pesquisa em Ciências Sociais. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em Metodologias informacionais para Ciências Sociais. (Carga horária: 29h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em Metodologias informacionais (ARCGIS). (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Paradigma e Ciência. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio docente REUNI, Carga horária: 8

Atividades

4/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Políticas.

Cargo ou função
Representante discente de Doutorado no Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política..
06/2015 - 11/2015
Ensino, Gestão Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
DCP 041 - Gestâo no Âmbito do poder Legislativo
10/2015 - 10/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Políticas.

Cargo ou função
Representante discente de pós-graduação junto à Comissão de seleção de bolsa para Doutorado Sanduíche.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsa de Iniciação Científica REUNI, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsa referente ao projeto "Federalismo intrapartidário: organização federal dos partidos políticos brasileiros entre 1994 e 2010".



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Sistema Partidário Brasileiro: Um Estudo Comparativo do Formato e da Dinâmica Nacional e Sub-Nacional
Descrição: O projeto de pesquisa propõe a realização de um estudo comparativo do formato e da dinâmica dos sistemas partidários estaduais brasileiros entre si e destes com o sistema partidário nacional. O objetivo é avaliar possíveis similaridades e diferenças em suas evoluções no que se refere aos níveis de estabilidade das preferências eleitorais, de fragmentação e de proporcionalidade da representação. O problema de fundo que orientará a realização do projeto e as discussões dos resultados envolve três eixos teóricos e empíricos cruciais no âmbito dessa linha de pesquisa: (1) o grau de institucionalização dos sistemas partidários, (2) a distorção da representação política em função do sistema eleitoral e (3) o grau de dispersão do poder representativo. Para tanto, a análise se concentrará nos principais indicadores de desempenho sistêmico, quais sejam: (a) o índice de volatilidade eleitoral [total e entre blocos partidários], (b) o índice de fragmentação partidária, (c) o índice de proporcionalidade da representação e (d) o número efetivo de partidos. Os dados básicos principais serão os resultados eleitorais do período de 1982 a 2010, com o foco voltado para a disputa proporcional, nomeadamente para deputados federal e estadual. De certo modo, o projeto consiste na retomada da agenda de pesquisas iniciada por Olavo Brasil de Lima Jr., nos anos 1980, e concluído em meados dos anos 1990, com a edição de um trabalho coletivo sobre o formato e a dinâmica dos sistemas partidários em alguns estados brasileiros, também sob a perspectiva dos quatro índices amplamente utilizados na literatura internacional de política comparada.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Fernando Meireles - Integrante / Paulo Peres - Coordenador / Gabriela Tarouco - Integrante / Flávio Cireno - Integrante / Silvana Krause - Integrante / Amanda Machado - Integrante.
2014 - Atual
Representação Política e Qualidade da democracia: um estudo das elites parlamentares da América Latina
Descrição: O projeto Representação Política e Qualidade da Democracia: um estudo das elites parlamentares da América Latina (Módulo Brasil) dá continuidade a um processo de investigação iniciado em 2005 pelo Centro de Estudos Legislativos do Departamento de Ciência Política da UFMG (CEL-DCP) e inserido no Projeto Elites Parlamentares na América Latina (PELA) , coordenado pelo Instituto Interuniversitario de Estúdios de Iberoamérica, da Universidade de Salamanca. O PELA investiga, desde 1994, as opiniões, atitudes e valores dos parlamentares em 18 países latino-americanos. O CEL-DCP foi o responsável pela introdução do Brasil no estudo, e desde então, por meio do projeto Representação Política e Qualidade da Democracia, conduziu a aplicação de surveys aos deputados federais eleitos para as legislaturas 2002/2007 e 2007/2011. Na primeira ocasião foram entrevistados 134 deputados; na segunda, 129. A proposta agora apresentada tem por objetivo viabilizar a aplicação do survey aos deputados federais da atual legislatura (2011/2015)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2012
Federalismo intrapartidário: organização multi-nível dos partidos políticos brasileiros entre 1994 e 2010
Descrição: Este projeto visa analisar a influência do ambiente institucional federativo sobre a estrutura organizativa dos partidos políticos brasileiros. Através de um estudo comparativo da organização dos partidos nacionais mais votados no período compreendido entre 1994-2010, pretende-se verificar, entre outros, se existe alguma relação entre a distribuição de recursos federativos e maior ou menor autonomia das cúpulas partidárias estaduais frente às federais. Ao fim, espera-se obter, através da análise dos estatutos partidários, das coligações eleitorais e das formações de governo, um quadro mais preciso da dinâmica organizativa dos partidos nacionais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Fernando Meireles - Integrante / Gustavo André Aveline Muller - Coordenador.


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica de Ciência Política - recp
2015 - Atual
Periódico: Revista de Sociologia e Política (Online)
2017 - Atual
Periódico: BRAZILIAN POLITICAL SCIENCE REVIEW
2018 - Atual
Periódico: LATIN AMERICAN RESEARCH REVIEW


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo/Especialidade: Sistemas Governamentais Comparados.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Conflitos e Coalizões Políticas.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Comportamento Legislativo.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Métodos Quantitativos em Economia/Especialidade: Métodos e Modelos Matemáticos, Econométricos e Estatísticos.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende PoucoLê Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1MEIRELES, F.2017MEIRELES, F.; ANDRADE, L. . Magnitude eleitoral e representação de mulheres nos municípios brasileiros. Revista de Sociologia e Política, v. 25, p. 79-101, 2017.

2.
2MEIRELES, F.2017MEIRELES, F.; Silva, Denisson ; CORREA, F. . Simulações de Monte Carlo no ensino de Ciência Política. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA POLÍTICA, v. 24, p. 223-254, 2017.

3.
3MEIRELES, F.2016MEIRELES, F.. Oversized Government Coalitions in Latin America. Brazilian Political Science Review, v. 10, p. 1-31, 2016.

4.
4Silva, Denisson2015Silva, Denisson ; MEIRELES, F. . Ciência Política na era do Big Data: automação na coleta de dados digitais. Politica Hoje (UFPE. Impresso), v. 2, p. 87-102, 2015.

5.
5MEIRELES, F.2014MEIRELES, F.. Composição das Comissões Legislativas no Brasil: problemas analítico-metodológicos. Agenda Política, v. 2, p. 39-53, 2014.

6.
6MEIRELES, F.2012MEIRELES, F.. Teoria da Escolha Racional: limites e alcances explicativos. CAOS. Revista Eletrônica de Ciências Sociais, v. 1, p. 52-61, 2012.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MEIRELES, F.; LLOYD, R. . Brazil votes on Sunday for the first time since Rousseff was ousted. What will happen to her party?. Washington Post, 30 set. 2016.

2.
MEIRELES, F.. Latin American presidents and their oversized government coalitions. Presidential Power.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MEIRELES, F.; Silva, Denisson ; CORREA, F. S. . Simulações de Monte Carlo no ensino de Ciência Política. In: X Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte. Anais do X Encontro da ABCP, 2016.

2.
MULLER, G. A. A. ; MEIRELES, F. . O que importa no recrutamento para as comissões permanentes? Partidos, informação e paroquialismo na Câmara dos Deputados (1994-2010). In: IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2014, Brasília. Anais do IX Encontro da ABCP - AT Instituições Políticas, 2014.

3.
MEIRELES, F.; MULLER, G. A. A. . Quando os testes não amparam as conclusões: composição das Comissões Permanentes da Câmara dos Deputados. In: V Seminário Nacional de Sociologia & Política, 2014, Curitiba - PR. Anais do V Seminário Nacional Sociologia & Política, 2014.

4.
MEIRELES, F.. Composição das Comissões Legislativas no Brasil: problemas analítico-metodológicos. In: I Workshop de Metodologia em Ciência Política, 2014, São Carlos - SP. Anais do I Workshop de Metodologia em Ciência Política - UFSCar, 2014.

5.
MEIRELES, F.. Regionalismo, patronagem e partidarismo: esboço para uma análise das coalizões dominantes dos partidos brasileiros. In: III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013, Curitiba - PR. Anais do Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política, 2013.

6.
MEIRELES, F.. Cartel-party e party-cartel: a relação entre as arenas legislativa e partidária no Brasil. In: V Seminário Nacional de Ciência Política, 2013, Porto Alegre - RS. Anais do Seminário Nacional de Ciência Política, 2013.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MEIRELES, F.; ALVES, V. S. . Desempenho macroeconômico e polarização ideológica na América Latina. In: 39º Encontro Anual da ANPOCS, 2015, Caxambu - MG. Anais do 39º Encontro Anual da ANPOCS, 2015.

2.
PERES, P. ; MEIRELES, F. . A evolução do sistema partidário brasileiro: uma análise dos principais indicadores de desempenho sistêmico. In: 38º Encontro Anual da ANPOCS, 2014, Caxambu - MG. Resumos Extendidos, 2014.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARROLL, R. ; MEIRELES, F. . Legislative Representation in a Multilevel System: The Case of Brazil. In: ECPR General Conference, 2018, Hamburg. Academic Programme, 2018.

2.
MEIRELES, F.. Vantagem dos incumbentes na Câmara dos Deputados. In: X Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2016, Belo Horizonte. Anais do X Encontro da ABCP, 2016.

3.
PERES, P. ; MEIRELES, F. . Sistemas Partidários e Volatilidade Eleitoral nos Países de Língua Portuguesa. In: VII Congresso da APCP, 2014, Coimbra. Resumos do VII Congresso da APCP, 2014.

Artigos aceitos para publicação
1.
MEIRELES, F.. Alinhamento partidário e demanda por transferências federais no Brasil. RAP. Revista Brasileira de Administração Pública, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
MEIRELES, F.. The Distributive Politics of Cabinet Ministers. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
MEIRELES, F.. Vantagem dos incumbentes na Câmara dos Deputados. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MEIRELES, F.; Silva, Denisson ; CORREA, F. S. . Simulações de Monte Carlo no ensino de Ciência Política. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
MEIRELES, F.. Composição das Comissões Legislativas no Brasil: problemas analítico-metodológicos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
MEIRELES, F.; MULLER, G. A. A. . Quando os testes não amparam as conclusões: recrutamento para as Comissões na Câmara dos Deputados. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
MEIRELES, F.. O que importa no recrutamento para as comissões permanentes? Partidos, informação e paroquialismo na Câmara dos Deputados (1994-2010). 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
MEIRELES, F.. Regionalismo, patronagem e partidarismo: esboço para uma análise das coalizões dominantes dos partidos brasileiros. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
MEIRELES, F.. Cartel-party e party-cartel: a relação entre as arenas legislativa e partidária no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
MEIRELES, F.. Crise no cartel? Uma revisão da literatura recente sobre os partidos europeus. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
MEIRELES, F.. genderBR: Predict Gender from Brazilian First Names. 2017.

2.
MEIRELES, F.. rScielo - An R package to scrape meta-data from scientific articles hosted on Scielo. 2016.

3.
Silva, Denisson ; COSTA, B. S. . electionsBR - R Functions to Download and Clean Brazilian Electoral Data. 2016.

Trabalhos técnicos
1.
MEIRELES, F.. Parecer - Latin American Research Review (LARR). 2018.

2.
MEIRELES, F.. Parecer - Revista de Sociologia & Política. 2018.

3.
MEIRELES, F.. Parecer - Latin American Research Review (LARR). 2018.

4.
MEIRELES, F.. Parecer - Brazilian Political Science Review. 2017.

5.
MEIRELES, F.. Parecer - Brazilian Political Science Review. 2017.

6.
MEIRELES, F.. Parecer - Revista de Sociologia & Política. 2016.

7.
MEIRELES, F.. Parecer - Revista Eletrônica de Ciência Política. 2015.

8.
MEIRELES, F.. Parecer - Revista de Sociologia & Política. 2015.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MEIRELES, F.. Maiorias infladas. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
MEIRELES, F.. fmeireles.com/blog. 2015; Tema: Ciência Política. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
MEIRELES, F.; GELAPE, L. . Introdução ao ambiente de programação R. 2017. .

2.
MEIRELES, F.. Introdução ao R - MODUS. 2017. .

3.
MEIRELES, F.. Introdução ao R. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
MEIRELES, F.; Silva, Denisson . Introdução ao R. 2016. .

5.
MEIRELES, F.; Silva, Denisson . Introdução ao R. 2016. .

6.
MEIRELES, F.; VARELA, A. ; RIBEIRO, G. . Construção e validação de indicadores nas Ciências Sociais. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XI Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.The Distributive Politics of Cabinet Ministers. 2018. (Encontro).

2.
X Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política.Vantagem dos incumbentes na Câmara dos Deputados. 2016. (Encontro).

3.
I Workshop de Metodologia em Ciência Política. 2014. (Oficina).

4.
IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. 2014. (Encontro).

5.
III Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. 2013. (Congresso).

6.
Política Brasileira em tempos de estabilidade. 2011. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MEIRELES, F.. V Seminário Discente do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da UFMG. 2015. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 19:57:01