Sebastião Hugo Brandão Lima

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2511182719855807
  • Última atualização do currículo em 27/06/2017


É Doutor em filosofia pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia, através de processo de Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC III). Doutorando em Ciências da Religião pela Universidade Católica de Pernambuco. Tem Licenciatura em Filosofia pela Universidade Federal de Alagoas (2010). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia e Filosofia da Religião. Especialização em Geo-História pelo Centro Universitário CESMAC (2012), pesquisando sobre os impactos do turismo para a Ilha de Santa Rita em Alagoas, contribuindo para o desenvolvimento e proteção da mesma. Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Católica de Pernambuco, na linha de pesquisa Campo religioso brasileiro, cultura e sociedade, atuando em especial na área de Filosofia da Religião, Investigando o pensamento de Nietzsche, a "morte de Deus", Pós-modernidade, valores e moral e o fenômeno religioso. Atualmente, docente efetivo de filosofia no Instituto Federal de Alagoas, com vasta experiência na docência, no que tange a rede estadual, rede privada e cursinhos pré-vestibulares. Atuou com as disciplinas de História e Filosofia ao longo de sua carreira profissional. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sebastião Hugo Brandão Lima
Nome em citações bibliográficas
BRANDÃO, S. H. L.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal de Alagoas, Campus Satuba.
Rua 17 de Agosto
Centro
57120000 - Satuba, AL - Brasil
Telefone: (82) 32661175
URL da Homepage: http://www2.ifal.edu.br/campi/o-campi/satuba


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Doutorado em Ciências da Religião.
Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.
Título: O PROCESSO NEOPENTECOSTALIZAÇÃO DO CRISTIANISMO NO BRASIL: UM DIÁLOGO COM JEAN-PIERRE LEBRUN,
Orientador: Sergio Sezino Douets Vasconcelos.
2013 - 2015
Mestrado em Ciências da Religião.
Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.
Título: A crítica de Nietzsche à Religião Cristã,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Drance Elias da Silva.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ciência da Religião.
2009 - 2011
Especialização em geohistória. (Carga Horária: 360h).
Centro Universitário CESMAC, FEJAL, Brasil.
Título: O TURISMO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NA ILHA DE SANTA RITA EM MARECHAL DEODORO.
Orientador: Maria das Graças Nemezio da Rocha.
2005 - 2010
Graduação em LICENCIATURA EM FILOSOFIA.
Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Brasil.
Título: filosofia e aprendizagem.
Orientador: Walter Matias.




Atuação Profissional



Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Instituto Federal de Alagoas, IFAL, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor de filosofia


Colégio SEB COC, COC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: professor, Enquadramento Funcional: professor de filosofia


Colégio Adventista, ADVENTISTA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: professor, Enquadramento Funcional: professor de história


Colégio Dinâmico, CD, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: professor, Enquadramento Funcional: professor de história e filosofia


Colégio Anchieta, ANCHIETA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: professor, Enquadramento Funcional: professor de história e filosofia


Colégio Intelectivo, INTELECTIVO, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: professor, Enquadramento Funcional: professor de filosofia



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Identidades Religiosas
Descrição: Esta linha de pesquisa se propõe a discutir, dentro do cenário globalizado e competitivo contemporâneo, as identidades religiosas, levando em consideração o quadro religioso plural que vem se apresentando no país. Neste sentido, é de nosso interesse investigar fenômenos relacionados a sentimentos de pertença religiosa, envolvendo nesse processo questões de trânsito religioso, gênero e diversidade sexual nas religiões, alteridade e hibridismos/sincretismos estabelecidos entre as religiões...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - Atual
Jogando e filosofando: o jogo de Go como meio para facilitar a compreensão de intuições da metafísica contemporânea
Descrição: Esse projeto visa ao desenvolvimento de habilidades filosóficas em alunos do ensino médio da rede estadual de ensino, em especial habilidades de especulação metafísica, por meio do aprendizado e da prática do jogo oriental de estratégia Go. Sucintamente, o projeto baseia-se na ideia de que a metafísica pressuposta nesse jogo difere radicalmente da metafísica da tradição ocidental e, por outro lado, entra em consonância com tendências metafísicas contemporâneas como as filosofias do processo (Bruno Latour, Deleuze, p. ex.) e a orientação a objetos (Graham Harman). Assim, erros e dificuldades comuns ao aprendiz de Go podem estar vinculados às suas pressuposições metafísicas. Um caminho para se tornar um bom jogador pode portanto ser a crítica de tais pressupostos. Desde o ensino das regras do jogo, até o das estratégias básicas, pretende-se enfatizar os elementos metafísicos envolvidos, utilizando-se, porém, uma linguagem não técnica. O objetivo é que o educando possa compartilhar das intuições metafísicas desses autores, sem que para isso seja necessário estudá-los, nem assistir a aulas sobre seus pensamentos. Em suma, trata-se de ensinar Go a partir da perspectiva de que o modo cotidiano de concebermos as coisas é inadequado ao jogo. A consequência imediata é, espera-se, o educando perceber que há diferentes maneiras possíveis de se conceber as coisas e que, talvez, nossa maneira ocidental de pensar não seja a melhor...
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2015 - Atual
ARTIFAL
Descrição: Objetivamos criar espaços que dê visibilidade, dentro das escolas, para a cultura afro-brasileira em geral, especialmente acerca da sua religiosidade. Objetivamos, sobretudo, formar grupos culturais/artísticos para a preservação e disseminação da cultura Afro-brasileira, no tocante, as suas expressões religiosas, partindo prioritariamente de momentos de exposição desta expressão cultural, para posteriormente possibilitar a criação de grupos culturais que preservem a cultura afro-brasileira. Assim, a partir da Lei nº 10639/2003, o presente projeto tem como objetivo o estudo das representações construídas sobre religiões afro-brasileiras, possibilitando sua inserção no espaço escolar, através de minicursos, exibições de filmes e documentários, amostras fotográficas, de dança, capoeira, comidas típicas, dentre outras expressões culturais africanas que, de alguma forma, relacionem-se com a religiosidade afro-brasileira, possibilitando que a religiosidade de matriz cultural africana possa sair de seus espaços próprios, os terreiros, e adentrarem na escola.  As relações entre a visão de mundo religiosa e do senso comum (presente nos discursos e práticas de professores e alunos que aderem a diferentes denominações religiosas: catolicismo, pentecostalismo etc.) com o ensino e aprendizado de valores vistos simultaneamente como ?religiosos? e ?símbolos culturais étnicos? (a serem mobilizados na constituição de identidades diferenciais) constituem, portanto, o foco deste projeto..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ciência da Religião.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Livros publicados/organizados ou edições
1.
BRANDÃO, S. H. L.. DEUS ESTÁ MORTO?! A recepção da crítica de Nietzsche à Religião Cristã no cenário religioso pós-moderno. 1. ed. Recife: FASA, 2015. v. 1. 155p .

Apresentações de Trabalho
1.
BRANDÃO, S. H. L.. Movimentos sociais Negros, religiosidade e o combate ao preconceito.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BRANDÃO, S. H. L.. DISCURSO DA ?MORTE DE DEUS? EM NIETZSCHE E A RECEPÇÃO DE SEU PENSAMENTO NO CENÁRIO RELIGIOSO PÓS-MODERNO.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
BRANDÃO, S. H. L.. Perspectivas e Desafios do Movimento Sindical na Educação Alagoana.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
BRANDÃO, S. H. L.. Metafísica Antiga e Medieval. MACEIÓ: SISTEMA DINAMUS DE ENSINO LTDA, 2013 (Introdução a Metafísica).

2.
BRANDÃO, S. H. L.. Ética na Antiguidade e na Idade Média. MACEIO: SISTEMA DINAMUS DE ENSINO LTDA, 2013 (ÉTICA).

3.
BRANDÃO, S. H. L.. Ética na modernidade e contemporaneidade. MACEIÓ: SISTEMA DINAMUS DE ENSINO LTDA, 2013 (ÉTICA/MORAL).

4.
BRANDÃO, S. H. L.. Política na modernidade e contemporaneidade. MACEIÓ: SISTEMA DINAMUS DE ENSINO LTDA, 2013 (FILOSOFIA POLÍTICA).

5.
BRANDÃO, S. H. L.. Conhecimentos: Senso Comum, Mito, Filosofia e Ciência. MACEIO: SISTEMA DE ENSINO DINAMUS LTD, 2013 (INTRODUÇÃO A FILOSOFIA).

6.
BRANDÃO, S. H. L.. Era Vargas e Populismo. MACEIO: SISTEMA DE ENSINO DINAMUS LTD, 2012 (Brasil República).

7.
BRANDÃO, S. H. L.. Modos de Produção. MACEIÓ: SISTEMA DINAMUS DE ENSINO LTDA, 2012 (INTRODUÇÃO A HISTÓRIA).

8.
BRANDÃO, S. H. L.. Metafísica moderna e contemporânea. MACEIÓ: SISTEMA DINAMUS DE ENSINO LTDA, 2012 (METAFÍSICA/ONTOLOGIA).

9.
BRANDÃO, S. H. L.. República Velha. MACEIÓ: SISTEMA DINAMUS DE ENSINO LTDA, 2012 (REPÚBLICA).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 7:04:33