Deborah Rio Fromm Trinta

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1348312566139853
  • Última atualização do currículo em 30/11/2017


Mestre em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (2017) e, atualmente, é doutoranda em Antropologia Social na mesma instituição. Formada, em 2013, no curso de Bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). É pesquisadora do Centro de Estudos da Metrópole (CEM) e do Núcleo de Etnografias Urbanas (NEU/ Cebrap). Integrante do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos (NEIP). Trabalha na área da Antropologia Urbana com ênfase nos seguintes temas: desigualdades sociais, seguros e políticas públicas para usuários de crack. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Deborah Rio Fromm Trinta
Nome em citações bibliográficas
FROMM, D.R.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de São Carlos.
Rodovia Washington Luís, km 235 - SP-310
13565-905 - Sao Carlos, SP - Brasil
Telefone: (16) 81293731


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em Antropologia Social.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: "Um Porto Seguro no Caos": Sobre a construção do risco e a Cracolândia de São Paulo,
Orientador: Taniele Cristina Rui.
Palavras-chave: Cracolândia; risco; seguros; elites.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana.
2014 - 2017
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: O "fim da Cracolândia": etnografia de uma aporia urbana,Ano de Obtenção: 2017.
Orientador: Ronaldo Rômulo Machado de Almeida.
Coorientador: Taniele Rui.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2010 - 2013
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: Deus e o Diabo na Terra do Crack: uma etnografia da cosmopolítica batista.
Orientador: Gabriel de Santis Feltran.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Kosmos Summer School. (Carga horária: 120h).
Humboldt-Universität Zu Berlin, HUB, Alemanha.
2015 - 2015
Tradiciones Teóricas en Antropología. (Carga horária: 20h).
Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropologia Social, CIESAS, México.


Atuação Profissional



Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropologia Social, CIESAS, México.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: bolsista de iniciação científica, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica da FAPESP com o projeto: "Entre nóia e cristão: uma etnografia da conversão religiosa de usuários de crack em São Paulo", sob a orientação do Prof. Dr. Gabriel de Santis Feltran


Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista
Outras informações
Atividades de Participação em Projeto, Centro de Estudos da Metrópole, . Projetos de pesquisa NaMargem - Núcleo de pesquisas urbanas


Open Society Foundation, OSF, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: pesquisadora, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2015 - 2015
ENTRE EL CONTROL Y EL CUIDADO: Acerca de la política de drogas y sus interfaces con la religión y el crimen
Descrição: En el contexto político mexicano, así como en Brasil, el tema de las drogas es una cuestión social central, especialmente en cuanto a las relaciones y conflictos entre "crimen" y el Estado. Con esto en mente, este proyecto presenta una propuesta para la Etapa de Becas de Investigación en el extranjero (BEPE - FAPESP), bajo la dirección del Prof. Gonzalo Saraví, del Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social (CIESAS), con el objetivo de desarrollar una reflexión más cuidadosa y sistemática sobre la política de drogas en interface con los vínculos entre el crimen, el estado y la religión en la gestión de los usuarios de estas sustancias. Esta reflexión servirá como entrada (comparativa y contrastiva) para el análisis del material de investigación compilado en la región de "crackolandia" en el centro de Sao Paulo, durante el primer semestre de 2015 (e investigaciones previas realizadas desde septiembre de 2011). Durante la investigación de campo, se hizo evidente la relevancia del tráfico de drogas, junto con otros actores (misioneros bautistas, la policía civil, militares, guardias civiles, trabajadores sociales, trabajadores de la salud, funcionarios municipales, etc.) en la gestión del orden en ese territorio. Teniendo en cuenta el tema general de la investigación de la maestría en curso, es decir, el tema de las drogas en la intersección con las poblaciones marginales, la elección del profesor extranjero Gonzalo Saraví es justificada por su dedicación a la investigación sobre juventud, desigualdad, pobreza y segregación urbana en el contexto mexicano, así como las redes de intercambio ya establecidas con los grupos de investigación en Brasil. Esta posibilidad comparativa, el acceso a la literatura de investigación, así como el contacto con el supervisor extranjero y otros investigadores del mismo tema en México, contribuirán al desarrollo de la investigación de la maestría en curso y la internacionalización de las redes de investigación y diálogo académico, así como de los grupos de investigación integrados actualmente por la solicitante. Estancia de investigación enlazada con la Cátedra Roberto Cardoso de Oliveira entre el CIESAS y UNICAMP.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Avaliação do Programa De Braços Abertos da Prefeitura de São Paulo
Descrição: O projeto em tela busca realizar uma avaliação preliminar do Programa ?Braços Abertos?, conduzido desde janeiro de 2014 pela Prefeitura da cidade de São Paulo-BR, sob gestão do prefeito Fernando Haddad (PT), e implementado na região que ficou notadamente conhecida como ?cracolândia?. Objetiva-se colher informações junto a usuários do programa para verificar o impacto deste em suas vidas cotidianas e em seus hábitos de consumo de crack. Para tanto, a avaliação será organizada de forma a contar com dois tipos de levantamento e informação, de natureza quantitativa e qualitativa, baseados na coleta de questionários em dois tempos (dezembro de 2014 e maio de 2015), bem como em análises aprofundadas de narrativas. Espera-se contribuir com uma avaliação rigorosa, ainda que preliminar, do programa, além da sistematização de seus aspectos positivos, visando multiplicação das boas práticas de redução de danos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Deborah Rio Fromm Trinta - Integrante / Mariana Medina Martinez - Integrante / Thaís Magalhães - Integrante / Fábio Mallart - Integrante / Maurício Fiore - Integrante / Letícia Canônico - Integrante / Marina Mattar - Integrante / Taniele Cristina Rui - Coordenador.
2014 - Atual
De cracolândia à cristolândia: uma etnografia da política batista de combate ao crack
Descrição: A proliferação das chamadas ?cracolândias? é problema atualmente debatido por diversos atores sociais (administradores, políticos, intelectuais, jornalistas, etc.), que mobiliza diferentes esferas da vida social (saúde, assistência, repressão, família etc.). Com a criação pelo governo federal da Política Nacional de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas, cujo mote é ?Crack, é possível vencer?, além de constantes operações estaduais em cenários de uso, o crack tem assumido uma posição central no que diz respeito ao controle e gestão de populações e espaços urbanos. No entanto, pouco tem sido sistematicamente estudado acerca do crescente papel da Igreja, mais especificamente de igrejas evangélicas, na assistência, evangelização e conversão dos chamados ?nóias?. Nesse sentido, o objetivo central do presente projeto é descrever e analisar uma política evangélica, exclusivamente batista, voltada para o combate ao crack, através de uma pesquisa etnográfica no contexto específico da Missão Cristolândia, na região da Luz, em São Paulo. Especificamente, pretende-se: i) descrever e analisar o modelo de atendimento e de tratamento oferecido pelo projeto aos usuários de drogas; ii) investigar as estratégias de abordagem e de intervenção aos usuários de drogas, de modo a considerar as tecnologias e saberes envolvidos na evangelização e conversão do público alvo, além da forte presença de componentes territoriais no foco desta ação missionária; iii) descrever e analisar a dinâmica do processo de conversão religiosa; iv) problematizar a transformação individual decorrente de tal processo, atentando para a constituição da condição de ?ex-nóia?..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
A gestão do conflito na produção da cidade contemporânea: a experiência paulista (Projeto Temático FAPESP)
Descrição: Tomando como referência empírica mudanças urbanas recentes ocorridas em São Paulo, capital e cidades do interior, este projeto pretende investigar os diferentes nexos que articulam processos de gestão dos espaços urbanos, governo das populações, instituição de dispositivos securitários e criação de novos mercados, bem como os campos de conflito que se configuram em torno dessas formas de controle e gestão dos espaços urbanos, de modo a contribuir para a elaboração de uma cartografia política da cidade. Dessa perspectiva, a análise enfatiza a tendência à adoção de estratégias crescentemente militarizadas de gestão de espaços e territórios urbanos considerados de risco. Essas estratégias estão estreitamente relacionadas a uma expansiva policialização de condutas e ao desenvolvimento de dispositivos jurídicos de exceção. Ao debruçar-se sobre as mudanças que hoje redefinem o funcionamento dos mercados ilegais e informais da cidade, as operações securitárias de intervenção em espaços urbanos e os impactos decorrentes da política de encarceramento em massa, a investigação busca compreender a face atual desse processo de gestão militarizada de espaços urbanos. Sem desconhecer as práticas e as tradições que plasmaram uma concepção militarizada de segurança pública no Brasil, o que importa assinalar é o possível engate contemporâneo entre esse padrão histórico de controle social militarizado e as tendências que impulsionam um urbanismo militar de novo tipo. Desse ponto de vista, trata-se de refletir sobre os desafios que o reforço recíproco entre esses processos a um tempo locais e globais põem para a consolidação da democracia e do estado de direito no Brasil, bem como sobre os limites e as possibilidades que se apresentam para o campo das resistências e das contra-condutas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (1) .
Integrantes: Deborah Rio Fromm Trinta - Integrante / Gabriel de Santis Feltran - Integrante / Vera da Silva Telles - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2012 - Atual
As Margens da Cidade - grupo urbanos marginais, política e violência em três territórios do estado de São Paulo (INCT/CEM)
Descrição: Este projeto se propõe a pesquisar circuitos sociais de grupos urbanos considerados marginais na cidade contemporânea, como jovens de periferia, moradores de rua, usuários de drogas, traficantes, criminosos e prostitutas. Rompendo com o senso comum e as abordagens que costumam figurá-los como excluídos da vida social, pretende-se verificar que relações esses sujeitos marginais estabelecem entre si e com outras instâncias sociais e políticas mais amplas, como a família, o mercado de trabalho, as igrejas, as políticas sociais, o mundo do crime e o Estado. Os objetivos específicos do projeto são: i) etnografar os mecanismos de gestão interna dessas populações (códigos de conduta, hierarquia internas, sociabilidades etc.); ii) etnografar as relações desses sujeitos marginais com as esferas da família, do trabalho, políticas sociais, religião, polícia, mundo do crime etc.; iii) comparar esses circuitos marginais em três territórios urbanos distintos do estado de São Paulo: o distrito de Sapopemba, na periferia leste da capital; uma cidade média (São Carlos); e uma pequena cidade do interior paulista (chamada aqui de Cruzes)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Deborah Rio Fromm Trinta - Integrante / Gabriel de Santis Feltran - Coordenador / Mariana Medina Martinez - Integrante / Aline Ramos Barbosa - Integrante / Luciano Márcio Freitas de Oliveira - Integrante / Luiz Fernando de Paula Pereira - Integrante / Liniker Giamarin Batista - Integrante / Filipe Moreno Horta - Integrante / Evelyn Postigo - Integrante / Daniel Ramos da Silva Melo - Integrante / Henrique Takahashi - Integrante / Domila Pazzini - Integrante / Roselene Breda - Integrante / Marcos Vinícius Guidotti Silva - Integrante.
2011 - 2013
Entre "nóia" e cristão: uma etnografia da conversão religiosa de usuários de crack em São Paulo
Descrição: Esta pesquisa etnográfica tematiza a conversão religiosa de usuários de crack ao protestantismo. Para tanto, realizo visitas, desde setembro de 2011, à Missão Batista Cristolândia, localizada na região estigmatizada como ?cracolândia?, no centro da cidade de São Paulo. A proliferação das chamadas ?cracolândias? é problema atualmente debatido por diversos atores sociais (administradores, políticos, intelectuais, jornalistas, etc.), que mobiliza diferentes esferas da vida social (saúde, assistência, repressão, família etc.). No entanto, pouco tem sido sistematicamente estudado acerca do crescente papel da Igreja, mais especificamente de igrejas evangélicas, na assistência e conversão dos chamados ?nóias?. O objetivo central do presente projeto é descrever e analisar uma política evangélica, batista, voltada para o combate ao crack, através do contexto específico da Missão Cristolândia. Especificamente, pretende-se: i) entender a perspectiva dos evangélicos, dos ?ex-nóias? convertidos e dos usuários de crack sobre a conversão ao protestantismo; ii) descrever e analisar as tecnologias de conversão empregadas pela missão, de modo a investigar as estratégias de abordagens e intervenções ao público alvo; iii) descrever e analisar a dinâmica do processo de conversão dos usuários de crack; iv) problematizar a transformação individual decorrente do processo de conversão religiosa, atentando para a constituição da condição de ?ex-nóia?..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - Atual
Arte, Cultura e Direitos Humanos nas Medidas Socioeducativas em São Carlos
Descrição: O projeto integra estudantes e professores da UFSCar e profissionais que atendem adolescentes cumprindo medidas socioeducativas de "Liberdade Assistida" e "Prestação de Serviços à Comunidade" em uma equipe de trabalho. Esta equipe desenvolve três atividades: i) momentos de escuta individual; ii) oficina semanal; iii) rodas de conversa formativa..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Deborah Rio Fromm Trinta - Integrante / Gabriel de Santis Feltran - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Urbana.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Urbana.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FROMM, D.R.2015 FROMM, D.R.. Resenha do livro TSING, Anna Lowenhaupt. Friction: An Ethnography of Global Connection. Princeton/Oxford: Princeton University Press, 2005'.. R@U : Revista de Antropologia Social dos Alunos do PPGAS-UFSCAR, v. 6, p. 259, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
FROMM, D.R.. Deus e o Diabo na Terra do Crack: a Missão Cristolândia. In: Taniele Rui; Mariana Martinez; Gabriel Feltran. (Org.). Novas Faces da Vida nas Ruas. 1ed.São Carlos: EdUFSCar, 2016, v. 1, p. 245-266.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FROMM, D.R.. Notas sobre la Crackolandia en el centro de São Paulo. Blog del evento 'Drogas, Políticas y Cultura - Perspectivas Brasil-Mexico', http://drogasmexicobrasil.mx/, 28 set. 2015.

2.
RUI, Taniele ; FRUGOLI, H. ; FELTRAN, G. S. ; FROMM, D.R. . 'Braços Abertos' e 'Sufoco': sobre a situação na cracolândia em janeiro de 2014. Site da Associação Brasileira de Antropologia, 06 fev. 2014.. Site da Associação Brasileira de Antropologia.

3.
RUI, Taniele ; FRUGOLI, H. ; FELTRAN, G. S. ; FROMM, D.R. . Braços Abertos e Sufoco: sobre a situação na cracolandia. Carta Maior, 11 fev. 2014.. Carta Maior.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
FROMM, D.R.. 'Cristolândia', 'De Braços Abertos' e 'Recomeço': notas sobre regimes de controle e formas de tratamento para usuários de crack. Anais da 30ª Reunião Brasileira de Antropologia, realizada entre os dias 3 e 6 de agosto de 2016 em João Pessoa.. In: 30ª RBA, 2016, João Pessoa. Políticas da Antropologia: Ética, Diversidade e Conflitos, 2016.

Apresentações de Trabalho
1.
FROMM, D.R.. Apresentação do paper ' 'Cristolândia', 'De Braços Abertos' e 'Recomeço': notas sobre regimes de controle e formas de tratamento para usuários de crack', no GT Políticas das Drogas: éticas de consumo, diversidade das práticas e conflitos acerca de seus controles, parte da programação da 30ª Reunião Brasileira de Antropologia, realizada entre os dias 03 e 06 de agosto de 2016, João Pessoa/ PB.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
FROMM, D.R.. Apresentação do trabalho 'Reflexões sobre os dilemas éticos enfrentados na minha trajetória de pesquisa na Cracolândia do centro de São Paulo', na mesa 'Dilemas éticos de pesquisa em cenas urbanas de uso de crack', parte da programação da 30ª Reunião Brasileira de Antropologia, realizada entre os dias 03 e 06 de agosto de 2016, em João Pessoa/ PB. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
FROMM, D.R.. Apresentação do paper 'From 'crackland' to christland: an etnography of baptist politics to combat crack in brazil', na sessão 'Everyday temporalities and disjunctures', parte da programação da conferência 'Brazil: the land of the future? - Futurity in everyday life, art and politics in contemporary Brazill', realizada entre os dia 12 e 14 de março de 2015, na University of Aarhus/ Dinamarca.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
FROMM, D.R.. Presentación del paper ?La logica bélica de las políticas estatales y evangélicas para combatir el crack en Brasil? en la mesa ?Drogas, Salud y Políticas Públicas de Antención? parte del Congreso ?Drogas, Politica y Cultura: perspectivas Brasil-México? , realizado entre los días 5 y 6 de octubre de 2015, en el CIESAS. Guadalajara/ Jalisco ? México.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
FROMM, D.R.. Participação como palestrante da Mesa Redonda 'O uso do crack em espaços públicos das metrópoles brasileiras', realizada no dia 13 de abril de 2015, no Centro Universtário Maria Antônia, como parte do ciclo 'Inquietudes Urbanas'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
FROMM, D.R.. Apresentação do trabalho 'Deus e o Diabo na terra do crack: notas etnográficas da cosmopolítica batista', no GT Política e Religião, parte da programação do III Seminário de Antropologia da UFSCar, realizado entre os dia 24 e 27 de novembro de 2014, em São Carlos/ SP. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
FROMM, D.R.. Apresentação do Trabalho 'Guerras contra o crack: as políticas batista em interface com a gestão estatal na ?cracolândia? de São Paulo', no GT Antropologia e Saúde, parte da programação de VIII Jornada de Alunos PPGA-UFF, realizada entre os dias 13 e 17 de outubro de 2014 em Niterói/ RJ.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
FROMM, D.R.. Apresentação do paper 'Conquistando almas e territórios: a atuação batista na cracolândia paulistana', na mesa 'Sobre moralidade e formas de governo: o crime, as drogas e o sofrimento como objetos de intervenção', parte da programação das Jornadas de Antropologia John Monteiro, realizada entre os dias 3 e 6 de novembro de 2014 pelo PPGAS/ Unicamp. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
FROMM, D.R.. Apresentação do paper ' A Metáfora da Guerra: sobre políticas estatais e evangélicas no combate ao crack', no SPG 12 'Organizações civis, mobilizações sociais e violência', parte integrante da programação do 38 Encontro Nacional Anpocs, realizado em Caxambu- MG, em outubro de 2014. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
FROMM, D.R.. Apresentação do pôster ?De ?cracolândia? à Cristolândia: notas etnográficas da política batista de combate ao crack? no GT ?Violência, Estado e Controle do Crime?, parte da programação do IV Seminário Internacional do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFScar. 2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
FROMM, D.R.. Apresentação do trabalho ?De ?cracolândia? à Cristolândia: notas etnográficas da política batista de combate ao crack?, na sessão ?Religião, Crime e Transformação?, na XVII Jornadas sobre Alternativas Religiosas da América Latina, realizada em novembro de 2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
FROMM, D.R.. Apresentação do trabalho ?O nosso general é cristo: guerra espiritual e combate ao crack em São Paulo?, na mesa Interfaces entre mercados ilícitos, política e religião, no III Seminário Interno ?As margens da cidade?. Realizado na UFSCar, Dez/2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
FROMM, D.R.. Apresentação do trabalho ?Os desejos da carne e a vida com cristo: uma abordagem da ?prostituição? e do uso de ?drogas em interface com a gestão evangélica do prazer?, na mesa Prostituição I: categoria em questão, no III Seminário Interno ?As margens da cidades?. Realizado na UFSCar, Dez/2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
FROMM, D.R.. Entre 'nóia' e cristão: uma etnografia sobre a conversão religiosa de usuários de crack em São Paulo. I Encontro de Iniciação Científica ANPOCS, Águas de Lindóia, MG.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Oficina de Estudos Urbanos, realizada nos dias 16 e 17 de setembro de 2014 no Departamento de Antropologia da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP). 2014. (Oficina).

2.
"Gênero, interseccionalidades: desafios teórico-metodológicos no processo de pesquisa". 2013. (Outra).

3.
Seminário interno "As margens da cidade".De "cracolândia" à cristolândia: notas etnográficas da política batista de combate ao crack. 2013. (Seminário).

4.
"Processos de Estado, Violência e Desigualdades". 2012. (Seminário).

5.
"Território, crime e ordenamento social". 2012. (Seminário).

6.
28ª Reunião Brasileira de Antropologia. 2012. (Congresso).

7.
Encontro Anual ANPOCS. 2012. (Encontro).

8.
I Seminário de Antropologia Social da UFSCar, Antropologia em contato: nós no mundo , o mundo em nós.. 2012. (Seminário).

9.
X Semana de Ciências Sociais UFSCar. 2012. (Outra).

10.
VIII Semana de Ciências Sociais UFSCar. 2010. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FROMM, D.R.. Participação na comissão organizadora do II Seminário de Antropologia da UFSCar, realizado entre os dias 11 e 14 de novembro de 2013, na cidade de São Carlos - SP.. 2013. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 7:03:07