Valton da Silva Costa

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8403191957468940
  • Última atualização do currículo em 25/12/2018


Mestrando em Neuroengenharia pelo Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (Macaíba, Brasil). Fisioterapeuta e especialista em Fisioterapia Neurofuncional pela Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte (Natal, BR, 2016, 2018), com período sanduíche na La Trobe University (Melbourne, AU, 2013-1014). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Valton da Silva Costa
Nome em citações bibliográficas
COSTA, V. S.;COSTA, VALTON DA SILVA


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Neuroengenharia.
Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra, IIN-ELS, Brasil. Orientador: Ana Carolina Bione Kunicki.
2016 - 2018
Especialização em Fisioterapia Neurofuncional. (Carga Horária: 391h).
Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte, Estácio FATERN, Brasil.
Título: Influência da fisioterapia motora na Esclerose Lateral Amiotrófica: revisão de estudos clínicos.
Orientador: Indefinido.
2010 - 2016
Graduação em Fisioterapia.
Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte, Estácio FATERN, Brasil.
com período sanduíche em La Trobe University (Orientador: CAPES).
Título: EFEITOS DA APLICAÇÃO DO MÉTODO BOBATH E DO TREINO EM ESTEIRA COM SUPORTE PARCIAL DE PESO NA REABILITAÇÃO DA MARCHA PÓS-AVC: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA.
Orientador: Luciana Protásio de Melo.
2006 interrompida
Graduação interrompida em 2010 em História.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Ano de interrupção: 2010
2013 - 2014
Curso técnico/profissionalizante em English for Further Studies (ELICOS).
La Trobe Melbourne, LA TROBE, Austrália.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2002 - 2004
Ensino Médio (2º grau).
Escola Estadual Hilton Gurgel de Castro, CAIC, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Aplicações da Microscopia na Neuroengenharia. (Carga horária: 2h).
Instituto Santos Dumont, ISD, Brasil.
2018 - 2018
Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC). (Carga horária: 4h).
Instituto Santos Dumont, ISD, Brasil.
2017 - 2017
Introdução à Computação. (Carga horária: 20h).
Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra, IIN-ELS, Brasil.
2017 - 2017
Matemática Básica para Neuroengenharia. (Carga horária: 20h).
Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra, IIN-ELS, Brasil.
2015 - 2015
Disfunções Temporomandibulares. (Carga horária: 4h).
Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte, Estácio FATERN, Brasil.
2014 - 2014
English for Further Studies (Level 6 Advanced 2). (Carga horária: 200h).
La Trobe Melbourne, LA TROBE, Austrália.
2014 - 2014
English for Further Studies (Level 5 Advanced). (Carga horária: 200h).
La Trobe Melbourne, LA TROBE, Austrália.
2014 - 2014
Exercise for Health and Wellbeing. (Carga horária: 150h).
La Trobe University, LATROBE, Austrália.
2014 - 2014
Health and Wellbeing of People with Developmental Disabilities. (Carga horária: 150h).
La Trobe University, LATROBE, Austrália.
2014 - 2014
Soft Tissue Management. (Carga horária: 150h).
La Trobe University, LATROBE, Austrália.
2013 - 2014
English for Further Studies (Level 4 Upper Intermediate). (Carga horária: 200h).
La Trobe Melbourne, LA TROBE, Austrália.
2013 - 2013
Extensão universitária em Envelhecimento e atenção integral á saúde do idoso. (Carga horária: 15h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em II SEMANA DO CÉREBRO - SEMEANDO CONHECIMENTO EM NATAL. (Carga horária: 25h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em A Reabilitação na Prática Geriátrica. (Carga horária: 15h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2013 - 2013
English for Further Studies (Level 3 Intermediate). (Carga horária: 200h).
La Trobe Melbourne, LA TROBE, Austrália.
2012 - 2013
Extensão universitária em Fisioterapia Respiratória em Domicílio. (Carga horária: 15h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Atendimento Fsioterapêutico na Meia Maratona de Natal. (Carga horária: 6h).
Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte, Estácio FATERN, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Semana do AVC 2012. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Pesquisa Clínica Baseada em Evidências. (Carga horária: 15h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2012 - 2012
Fisioterapia Desportiva. (Carga horária: 20h).
Instituto Politécnico de Ensino a Distância, IPED, Brasil.
2012 - 2012
Tratamento do pé diabético/cicatrização de feridas. (Carga horária: 4h).
Sociedade Brasileira de Fisioterapia, SBF, Brasil.
2011 - 2011
Fisioterapia Respiratória. (Carga horária: 4h).
Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte, Estácio FATERN, Brasil.
2010 - 2010
Pilates Para Crianças. (Carga horária: 4h).
Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte, Estácio FATERN, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Santos Dumont, ISD, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Secretaria Municipal de Saúde de Jundiá, SMSJ, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Fisioterapeuta, Carga horária: 30


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista do programa Ciencia Sem Fronteiras, Regime: Dedicação exclusiva.


Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte, Estácio FATERN, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Voluntário de Iniciação Científica (PIBIC), Carga horária: 8

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Monitor de Cinesioterapia I e II, Carga horária: 20
Outras informações
Com uma carga horária total de 440 horas, a monitoria é um programa de iniciação à docência cujo principal objetivo é preparar o monitor para assumir parte ativa no aprendizado de terceiros, dedicando a auxiliar os discentes e docentes da Instituição que estão relacionados diretamente com a disciplina de sua incubência. O monitor de Cinesioterapia precisa dominar toda uma gama de conhecimento inerente a esta disciplina, que compreende diversas técnicas, recursos, métodos e conceitos, que juntos formam o grupo das abordagens mais utilizadas pelos Fisioterapeutas.

Atividades

08/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Estácio, .


Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, SEEC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor Estagiário de História, Carga horária: 16


Prefeitura Municipal de Parnamirim, PMP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor Estagiário de História e Cultura, Carga horária: 30


Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Apoio Técnico, Carga horária: 20



Linhas de pesquisa


1.
Reabilitação da função motora e funcionalidade após-AVC

Objetivo: Investigar os efeitos de intervenções terapêuticas sobre a recuperação da função motora e independência funcional de indivíduos após AVC; bem como avaliar a eficácia dessas terapias sobre os comprometimentos funcionais desses pacientes..
Grande área: Ciências da Saúde
Palavras-chave: Fisioterapia; Acidente Vascular Cerebral; Funcionalidade; Função Motora.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Efeito da microestimulação intracortical no desempenho e na neuroplasticidade cortical de S1 de ratos submetidos a uma tarefa de labirinto em T.
Descrição: Introdução: Aprendizagem é um processo cognitivo que possui mecanismos estruturais dependentes da plasticidade cerebral, incluindo alterações celulares como o aumento da expressão gênica e a síntese de proteínas em resposta a estímulos advindos do meio extracelular. Nesse contexto, a expressão do gene imediato c-Fos e a síntese da proteína homônima, relacionada ao aumento da atividade neuronal, têm sido utilizados como marcadores de neuroplasticidade. A microestimulação intracortical (ICMS) tem sido utilizada para estimular o córtex cerebral no sentido de mimetizar informações sensoriais, e alguns estudos têm demonstrado a capacidade dessas informações artificiais de serem integradas ao sistema sensorial de roedores e primatas. No entanto, poucos estudos têm sistematicamente avaliado o efeito da ICMS sobre o aprendizado e a neuroplasticidade no córtex somatossensorial primário (S1). Objetivo: O presente estudo tem o objetivo de avaliar o efeito de quatro protocolos de ICMS no desempenho dos animais e na neuroplasticidade cortical em S1 de ratos submetidos a uma tarefa de labirinto em T. Metodologia: Serão utilizados 20 ratos Wistar implantados com microeletrodos em S1, divididos em quatro grupos experimentais. Cada grupo será estimulado com um protocolo diferente de ICMS durante a tarefa comportamental, na qual os animais terão de associar cada braço do labirinto a um padrão de microestimulação. Em cada protocolo de ICMS um dos seguintes parâmetros serão variados: frequência, amplitude, largura de pulso e duração do estímulo. O desempenho dos animais será medido pela taxa de acerto (maior que 70%) em cada grupo e pela expressão da proteína c-Fos. Os dados serão analisados quantitativamente por meio da contagem de células marcadas usando-se o software ImageJ. Resultados esperados: Este trabalho poderá apontar para o efeito da ICMS na aprendizagem, indicando quais protocolos levaram a um melhor desempenho na tarefa comportamental e como isso está relacionado com a neuroplasticidade cortical em S1. Esses dados poderão embasar futuros estudos voltados para a compreensão da integração cortical de informações sensoriais artificiais e seus possíveis usos nas áreas das interfaces cérebro-máquina e da neuroreabilitação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Valton da Silva Costa - Coordenador / Ana Carolina Bione Kunicki - Integrante / Cesar Augusto Noronha e Sousa Filho - Integrante / André Salles Cunha Peres - Integrante / Igor Souza Vaz - Integrante.
2015 - 2016
Efeitos da Terapia-Espelho na Recuperação Funcional do Membro Superior Parético pós-AVC
Descrição: O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma perda repentina da função neurológica por ausência de fluxo sanguíneo no encéfalo que pode ser ocasionado por uma isquemia ou hemorragia. É a 3a causa de morte no mundo e a 1a no Brasil, possuindo sinais como paresia ou plegia, afasia, apraxia, disartria, entre outros. Devido à alta incidência o custo para o Estado é alto, bem como para família, uma vez que a recuperação desse indivíduo é demorada. Por acometer a função motora, o paciente fica incapacitado de realizar suas atividades básicas (ABVD) e atividades instrumentais de vida diária (AIVD), então a reabilitação terá como um dos seus principais objetivos devolver tal função. A Terapia Espelho (TE) é uma ferramenta a mais na Fisioterapia, para reabilitação desses pacientes e tem recebido destaque, sendo de baixo custo e fácil realização para o paciente. Assim, esse trabalho tem como objetivo principal avaliar os efeitos da terapia espelho na recuperação motora do membro superior parético de pacientes com sequelas de AVC. Trata-se de um ensaio clínico, com análise quantitativa. A amostra será composta por 30 indivíduos de ambos os sexos, escolarizados, hemiparéticos, com diagnóstico clínico de AVC. Como critérios de inclusão serão adotados: idade entre 40 e 65 anos, AVC unilateral e não-recorrente, e tempo de lesão de no mínimo 6 meses. Os critérios de exclusão serão: déficit cognitivo avaliado pelo Mini-Exame do Estado Mental (MEEM), presença de afasia severa, espasticidade grave no membro superior parético (grau 4) na Escala Modificada de Ashworth, e ausência superior a 75% nas sessões de atendimento. A pesquisa será realizada na Clínica-Escola de Fisioterapia da Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte. Os pacientes serão submetidos a uma avaliação prévia feita por dois examinadores, que constarão os dados sobre informações do paciente, anamnese e exame físico. Juntamente com esta avaliação serão utilizados os instrumentos: MEEM (avaliação do estado cognitivo), Escala Modificada de Ashworth (avaliação do grau de espasticidade do membro superior parético), Escala de Fugl-Meyer (avaliação da função do membro superior parético) e Medida de Independência Funcional (MIF) (avaliação do grau de funcionalidade do paciente). Será então iniciado o protocolo de intervenção com a TE, com 3 sessões semanais durante um mês, totalizando 12 sessões de intervenção. Após as 12 sessões intervencionais, os pacientes serão submetidos a uma sessão adicional de reavaliação, onde serão observados os mesmos parâmetros e aspectos da avaliação inicial. Para realização do protocolo de tratamento será utilizada uma caixa de madeira retangular (caixa-espelho), que possui um espelho fixo em seu plano sagital médio, dividindo a caixa em dois compartimentos. A caixa será colocada no centro de uma mesa e o paciente será posicionado em sedestação de frente para a caixa. O membro superior parético ficará atrás do espelho (compartimento não-reflexivo) e o membro não comprometido ficará na frente do espelho (compartimento reflexivo). Ao paciente serão solicitados os seguintes movimentos bilaterais: extensão dos dedos, extensão do punho, movimento de pinça e supinação do antebraço. Serão realizadas 3 séries de 8 repetições durante as seis primeiras sessões de intervenção, 3 séries de 10 repetições na sétima e oitava sessões, 3 séries de 12 repetições na nona e décima sessões, e por fim 4 séries de 8 repetições na décima primeira e décima segunda sessões de intervenção. Será solicitado ao paciente que ele visualize os movimentos no espelho enquanto realiza a tarefa com ambas as mãos ?da melhor forma possível?. Os dados obtidos serão processados através do programa SPSS versão 21.0. Será admitido um alfa de 5% de significância.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Valton da Silva Costa - Integrante / Luciana Protásio de Melo - Coordenador / Júlio César Cunha da Silveira - Integrante / Tatiana Catarina Albuquerque Clementino - Integrante.
2011 - 2013
Uso da Terapia-Espelho na Reabilitação do Membro Superior de Pacientes com Sequelas de Acidente Vascular Cerebral
Descrição: O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma doença vascular que pode ser definida como uma interrupção de suprimento de sangue ao cérebro que ocorre quando uma artéria é bloqueada ou rompida, desencadeando alterações sensitivas, motoras e cognitivas permanentes. Apresenta-se como a 3a causa de morte em vários países e a principal causa de incapacidade física e mental, acometendo principalmente pessoas acima de 55 anos. No Brasil, é causa líder de morte. As sequelas estão relacionadas diretamente com a localização e tamanho da área encefálica atingida, as quais podem variar ao longo do tempo e implicar em algum grau de dependência. A perda de autonomia entre os adultos e a sua consequente dependência para com um cuidador configuram incapacidades resultantes, provocando prejuízos nas atividades de vida diária como alimentar-se, vestir-se, cuidar da higiene pessoal, manusear equipamentos domésticos e usar transportes. A reabilitação pós-AVC é de fundamental importância para o tratamento, porque possibilita ao paciente reaprender a conviver com o hemicorpo afetado, desenvolvendo mecanismos compensatórios para reduzir o impacto dos déficits residuais e a desenvolver alguns programas para ajudar a manter essas novas capacidades aprendidas. Técnicas de neuroreabilitação e abordagens terapêuticas para esses pacientes têm sido desenvolvidas ao longo dos anos, voltadas principalmente para reeducação muscular. Novas técnicas no âmbito da reabilitação vêm sendo estudadas, como os treinamentos sensório-motores de aprendizagem motora, que incluem os recursos de imagem mental, estimulação elétrica que pode ser realizada isolada ou em combinação com feedback, terapia de indução e restrição do movimento. Dentre essas, vem sendo dada ênfase a utilização de uma nova técnica para treinamento funcional do membro superior parético, a terapia- espelho. O objetivo desse estudo é avaliar os efeitos da terapia-espelho na recuperação funcional do membro superior de pacientes com sequelas crônicas de AVC. O estudo consiste em uma pesquisa quase experimental, que utilizará dez pacientes pós-AVC, escolarizados, de ambos os sexos, entre 45 e 65 anos de idade e com tempo mínimo de sequela de 6 meses. Durante cinco semanas, em um total de quatorze sessões, os pacientes serão avaliados, receberão tratamento três vezes por semana e no final, reavaliados. A avaliação contará com os protocolos Mini-Exame do Estado Mental (cognição), Escala Modificada de Ashworth (avaliação da espasticidade), escala de Fugl-Meyer (avaliação da função do membro superior) e Medida de Independência Funcional (funcionalidade do paciente). O tratamento será baseado na técnica da terapia-espelho, cujo material utilizado é uma caixa de madeira, que permitirá a visualização da mão não parética através do espelho sendo mimetizada pelo cérebro como a mão parética durante a realização de movimentos...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Valton da Silva Costa - Integrante / Felipe Hadan Mascarenhas de Souza - Integrante / Luciana Protásio de Melo - Coordenador / Viviane Tavares Bezerra - Integrante / Júlio César Cunha da Silveira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: BMJ Open


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Fisioterapia e Terapia Ocupacional / Subárea: Fisioterapia.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Neuroengenharia.
3.
Grande área: Outros / Área: Divulgação Científica / Subárea: Neurociências.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Libras
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2018
Prêmio Cândido Pinto de Melo, Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica.
2017
2º Lugar na Categoria Banner, X Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte.
2016
Láurea Acadêmica (Fisioterapia 2016.1), Faculdade Estácio Ponta Negra.
2016
Bolsa de 100% para Especialização por Desempenho Acadêmico Distinto., Universidade Estácio de Sá.
2015
1º Lugar na Categoria Tema Livre, 8º Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte.
2015
1º Lugar na Categoria Tema Livre, Semana Científica da Estácio (CIENTIF 2015).


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
COSTA, V. S.;COSTA, VALTON DA SILVA2017COSTA, V. S.. Prescription medication by physiotherapists: a Brazilian view of the United Kingdom, Canada, Australia and New Zealand.. Ciência & Saúde Coletiva, v. 22, p. 2321-2328, 2017.

2.
SILVEIRA, J. C. C.2017SILVEIRA, J. C. C. ; COSTA, V. S. ; CLEMENTINO, T. C. A. ; MELO, L. P. . Função motora melhora em pacientes pós-acidente vascular cerebral submetidos à terapia espelho. REVISTA DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, v. 28, p. 333-339, 2017.

3.
COSTA, VALTON DA SILVA2016 COSTA, VALTON DA SILVA; SILVEIRA, JÚLIO CÉSAR CUNHA DA ; CLEMENTINO, TATIANA CATARINA ALBUQUERQUE ; BORGES, LORENNA RAQUEL DANTAS DE MACEDO ; MELO, LUCIANA PROTÁSIO DE . Efeitos da terapia espelho na recuperação motora e funcional do membro superior com paresia pós-AVC: uma revisão sistemática. Revista Fisioterapia e Pesquisa, v. 23, p. 431-438, 2016.

4.
MELO, L. P.2015MELO, L. P. ; BEZERRA, V. T. ; COSTA, V. S. ; SOUZA, F. H. M. ; SILVEIRA, J. C. C. . EFEITOS DA TERAPIA ESPELHO NA REABILITAÇÃO DO MEMBRO SUPERIOR PÓS-ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL. SAÚDE (SANTA MARIA), v. 41, p. 157-164, 2015.

5.
COSTA, V. S.;COSTA, VALTON DA SILVA2014COSTA, V. S.; MELO, L. P. ; BEZERRA, V. T. ; SOUZA, F. H. M. . Efeitos da Aplicação do Método Bobath e do Treino em Esteira com Suporte Parcial de Peso na Reabilitação da Marcha Pós-AVC: Uma Revisão Sistemática. REVISTA BRASILEIRA CIÊNCIAS DA SAÚDE, v. 18, p. 161-166, 2014.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
COSTA, V. S.; VIEIRA, C. S. F. ; MELO, L. P. . EFEITOS DO MÉTODO PILATES NO TRATAMENTO DA FIBROMIALGIA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. In: X Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte, 2017, Natal. ANAIS DO X ENCONTRO ACADÊMICO DE FISIOTERAPIA DO RIO GRANDE DO NORTE, 2017. p. 28-28.

2.
COSTA, V. S.; PAGNON, L. . PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS COMO EXTENSÃO DA PRÁTICA FISIOTERAPÊUTICA: UM OLHAR BRASILEIRO SOBRE O REINO UNIDO, CANADÁ, AUSTRÁLIA E NOVA ZELÂNDIA.. In: 8º Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte, 2015, Natal. ANAIS DO VIII ENCONTRO ACADÊMICO DE FISIOTERAPIA DO RIO GRANDE DO NORTE, 2015. p. 46-47.

3.
SANTIAGO, D. S. ; SILVEIRA, J. C. C. ; CLEMENTINO, T. C. A. ; COSTA, V. S. ; GOMES, V. M. ; MELO, L. P. . EFEITOS DA TERAPIA ESPELHO NA RECUPERAÇÃO DA FUNCIONALIDADE E FUNÇÃO MOTORA DO MEMBRO SUPERIOR PARÉTICO APÓS AVC.. In: 8º Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte, 2015, Natal. ANAIS DO VIII ENCONTRO ACADÊMICO DE FISIOTERAPIA DO RIO GRANDE DO NORTE, 2015. p. 22-23.

4.
SILVEIRA, J. C. C. ; SANTIAGO, D. S. ; CLEMENTINO, T. C. A. ; COSTA, V. S. ; MELO, L. P. . EFEITOS DA TERAPIA ESPELHO NA RECUPERAÇÃO FUNCIONAL DO MEMBRO SUPERIOR PARÉTICO PÓS-AVC: Um projeto de pesquisa. In: 8º Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte (ENAFIRN), 2015, Natal. ANAIS DO VIII ENCONTRO ACADÊMICO DE FISIOTERAPIA DO RIO GRANDE DO NORTE, 2015. p. 40-41.

5.
COSTA, V. S.; MELO, L. P. ; BEZERRA, V. T. ; SOUZA, F. H. M. . EFEITOS DO MÉTODO BOBATH E DA ESTEIRA COM SUPORTE PARCIAL DE. In: VI Congresso Internacional de Fisioterapia, 2012, Natal. Anais do 6 Congresso Internacional de Fisioterapia.. Sao Paulo: REVISTA BRASILEIRA DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO HUMANO, 2012. v. 23.

6.
BEZERRA, V. T. ; MELO, L. P. ; SOUZA, F. H. M. ; COSTA, V. S. . EFEITOS DA TERAPIA-ESPELHO NA REABILITAÇÃO DO MEMBRO SUPERIOR. In: VI Congresso Internacional de Fisioterapia, 2012, Natal. Anais do 6 Congresso Internacional de Fisioterapia. Sao Paulo: REVISTA BRASILEIRA DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO HUMANO, 2012. v. 23.

Artigos aceitos para publicação
1.
SUASSUNA, A. O. B. ; SILVA, M. J. C. ; OLIVEIRA, J. R. ; COSTA, V. S. ; NEPOMUCENO FILHO, L. C. ; MESQUITA, F. C. ; KUNICKI, A. C. B. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; ARAUJO, M. F. P. . Microglial activation after acute spinal cord electrode implant. IFMBE PROCEEDINGS, 2019.

2.
COSTA, V. S.; SILVEIRA, J. C. C. ; CLEMENTINO, T. C. A. ; MELO, L. P. . An investigation of the effects of Mirror Therapy on spasticity, motor function and functionality of impaired upper limb in chronic stroke. INTERNATIONAL JOURNAL OF THERAPY AND REHABILITATION, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
SUASSUNA, A. O. B. ; SILVA, M. J. C. ; OLIVEIRA, J. R. ; COSTA, V. S. ; NEPOMUCENO FILHO, L. C. ; MESQUITA, F. C. ; KUNICK, A. C. B. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; ARAUJO, M. F. P. . Microglial activation after acute spinal cord electrode implant. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
SUASSUNA, A. O. B. ; SILVA, M. J. C. ; OLIVEIRA, J. R. ; COSTA, V. S. ; NEPOMUCENO FILHO, L. C. ; MESQUITA, F. C. ; KUNICKI, A. C. B. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; ARAUJO, M. F. P. . Microglial activation after acute spinal cord electrode implant. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SOUSA FILHO, C. A. N. E. ; COSTA, V. S. ; KUNICKI, A. C. B. ; PERES, A. S. C. . Development of Intracortical Microstimulation protocols for emulation of tactile sensation. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
COSTA, V. S.; SOUSA FILHO, C. A. N. E. ; VAZ, I. S. ; KUNICKI, A. C. B. ; PERES, A. S. C. . Efeito da microestimulação intracortical no desempenho e na neuroplasticidade cortical de S1 de ratos submetidos a uma tarefa de labirinto em T. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
SUASSUNA, A. O. B. ; SILVA, M. J. C. ; OLIVEIRA, J. R. ; COSTA, V. S. ; NEPOMUCENO FILHO, L. C. ; MESQUITA, F. C. ; KUNICKI, A. C. B. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; ARAUJO, M. F. P. . Caracterização da resposta inflamatória após implante de eletrodos epidurais para estimulação da medula espinal. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
COSTA, V. S.; ARAUJO, R. S. . Ciência para a redução das desigualdades: a experiência do Instituto Santos Dumont na educação para a vida. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
COSTA, V. S.; VIEIRA, C. S. F. ; MELO, L. P. . Efeitos do método Pilates no tratamento da fibromialgia: uma revisão sistemática.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
ANDREOLI, L. ; SOUZA, J. A. ; COSTA, V. S. . Todos aprendem: as contribuições na neurociência para uma escola inclusiva. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
COSTA, V. S.; PAGNON, L. . PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS COMO EXTENSÃO DA PRÁTICA FISIOTERAPÊUTICA: UM OLHAR BRASILEIRO SOBRE O REINO UNIDO, CANADÁ, AUSTRÁLIA E NOVA ZELÂNDIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
SANTIAGO, D. S. ; SILVEIRA, J. C. C. ; CLEMENTINO, T. C. A. ; COSTA, V. S. ; MELO, L. P. ; GOMES, V. M. . EFEITOS DA TERAPIA ESPELHO NA RECUPERAÇÃO DA FUNCIONALIDADE E FUNÇÃO MOTORA DO MEMBRO SUPERIOR PARÉTICO APÓS AVC.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
SILVEIRA, J. C. C. ; SANTIAGO, D. S. ; CLEMENTINO, T. C. A. ; COSTA, V. S. ; MELO, L. P. . EFEITOS DA TERAPIA ESPELHO NA RECUPERAÇÃO FUNCIONAL DO MEMBRO SUPERIOR PARÉTICO PÓS-AVC: Um projeto de pesquisa.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
COSTA, V. S.; MELO, L. P. ; SANTIAGO, D. S. ; SILVEIRA, J. C. C. ; CLEMENTINO, T. C. A. . Efeitos da terapia-espelho na recuperação motora e funcional do membro superior parético pós-AVC: uma revisão sistemática. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
CLEMENTINO, T. C. A. ; MELO, L. P. ; SANTIAGO, D. S. ; SILVEIRA, J. C. C. ; COSTA, V. S. ; GOMES, V. M. . Efeitos da terapia-espelho na espasticidade do membro superior parético pós-AVC: um estudo piloto. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
COSTA, V. S.; MELO, L. P. ; BEZERRA, V. T. ; SOUZA, F. H. M. . Efeitos do Método Bobath e da Esteira com Suporte Parcial de Peso na reabilitação da marcha de pacientes pós-AVC: uma revisão sistemática. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
BEZERRA, V. T. ; SOUZA, F. H. M. ; MELO, L. P. ; COSTA, V. S. . A influência da Terapia de Espelho na melhora da função motora do membro superior de pacientes pós-AVE. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
MORAIS, J. E. G. ; SOUSA, J. R. ; Silva, L. C. ; BRITO, R. S. A. ; FREITAS, T. M. F. ; COSTA, V. S. ; CAPISTRANO, R. M. P. . A música entre a profissão e a saúde. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MELO, L. P. ; COSTA, V. S. ; SILVEIRA, J. C. C. ; CLEMENTINO, T. C. A. . Terapia do Espelho ajuda pessoas que tiveram AVC; faculdade oferece tratamento. 2016.

2.
COSTA, V. S.. Universitários realizam fisioterapia para pessoas com Chikungunya. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
MELO, L. P. ; COSTA, V. S. . Uso de video games tem ajudado em tratamentos de fisioterapia. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
YANO, K. M.; COSTA, V. S.. Participação em banca de Jaildne Heslly Correia Varela e Mayara Cristina Silva Lima.O efeito do alongamento passivo na prevenção de lesões musculares: revisão da literatura. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade Maurício de Nassau - Natal.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Ciclo de Palestras em Neuroimunologia. 2018. (Simpósio).

2.
Mostra de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC). UFRN e ISD: Juntos por uma sociedade mais justa e humana. 2018. (Exposição).

3.
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018. Ciência para a redução das desigualdades: a experiência do Instituto Santos Dumont na educação para a vida.. 2018. (Exposição).

4.
V Simpósio de Neuroengenharia.Efeito da microestimulação intracortical no desempenho e na neuroplasticidade cortical de S1 de ratos submetidos a uma tarefa de labirinto em T. 2018. (Simpósio).

5.
IV Seminário Municipal de Educação Inclusiva.Todos aprendem: as contribuições da neurociência para uma escola inclusiva. 2017. (Seminário).

6.
Portas Abertas do IIN-ELS. A matemática no Instituto Santos Dumont: multiplicando saberes, dividindo experiências, subtraindo desigualdades e somando esforços para transformar a realidade científico-social do Nordeste brasileiro. 2017. (Exposição).

7.
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. A matemática no Instituto Santos Dumont: multiplicando saberes, dividindo experiências, subtraindo desigualdades e somando esforços para transformar a realidade científico-social do Nordeste brasileiro. 2017. (Exposição).

8.
X Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte.Efeitos do método Pilates no tratamento da fibromialgia: uma revisão sistemática.. 2017. (Encontro).

9.
8º Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte.PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS COMO EXTENSÃO DA PRÁTICA FISIOTERAPÊUTICA: UM OLHAR BRASILEIRO SOBRE O REINO UNIDO, CANADÁ, AUSTRÁLIA E NOVA ZELÂNDIA.. 2015. (Encontro).

10.
Semana Científica da Estácio.Efeitos da terapia-espelho na recuperação motora e funcional do membro superior parético pós-AVC: uma revisão sistemática. 2015. (Seminário).

11.
II CICLO DE PALESTRAS - UFRN. 2013. (Outra).

12.
II Semana do Cérebro: MESA REDONDA - OS AVANÇOS DA NEUROCIÊNCIA. 2013. (Outra).

13.
II SEMANA DO CÉREBRO - SEMEANDO CONHECIMENTO EM NATAL - RN. 2013. (Outra).

14.
V Fórum de Atividades Complementares: "Simplificando a Fisioterapia Cardiorrespiratória: especificidades e vivência clínica?. 2013. (Outra).

15.
6° Congresso Internacional de Fisioterapia. Efeitos do Método Bobath e da Esteira com Suporte Parcial de Peso na reabilitação da marcha de pacientes pós-AVC: uma revisão sistemática. 2012. (Congresso).

16.
Fórum de Construção de Padrão de Qualidade Para Formação do Profissional Fisioterapeuta Dermatofuncional: Fórum Reginoal. 2012. (Outra).

17.
IV Fórum de Atividades Complementares: FISIOTERAPIA NEUROLÓGICA: DO CLÁSSICO À MODERNIDADE. 2012. (Outra).

18.
I Ciclo de Palestras de Fisioterapia - CIPAFI. 2011. (Outra).

19.
III Encontro de Acadêmicos de Fisioterapia do Rio Grande do Norte - ENAFIRN. 2010. (Encontro).

20.
IV Encontro de Acadêmicos de Fisioterapia do Rio Grande do Norte - ENAFIRN.A música entre a profissão e a saúde. 2010. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
COSTA, V. S.. Mostra de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC). 2018. (Exposição).

2.
COSTA, V. S.. II Simpósio de Fisioterapia (SIMFISIO) - Atuação Fisioterapêutica e as novas perspectivas na avaliação cardiorrespiratória. 2015. (Outro).

3.
COSTA, V. S.. V Fórum de Atividades Complementares "Simplificando a Fisioterapia Cardiorrespiratória: especificidades e vivência clínica". 2013. (Outro).

4.
COSTA, V. S.. IV Fórum de Atividades Complementares: FISIOTERAPIA NEUROLÓGICA: DO CLÁSSICO À MODERNIDADE. 2012. (Outro).

5.
COSTA, V. S.. V Encontro Acadêmico de Fisioterapia do Rio Grande do Norte (V ENAFIRN). 2012. (Outro).



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
ANDREOLI, L. ; SOUZA, J. A. ; COSTA, V. S. . Todos aprendem: as contribuições na neurociência para uma escola inclusiva. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SUASSUNA, A. O. B. ; SILVA, M. J. C. ; OLIVEIRA, J. R. ; COSTA, V. S. ; NEPOMUCENO FILHO, L. C. ; MESQUITA, F. C. ; KUNICKI, A. C. B. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; ARAUJO, M. F. P. . Microglial activation after acute spinal cord electrode implant. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
COSTA, V. S.; ARAUJO, R. S. . Ciência para a redução das desigualdades: a experiência do Instituto Santos Dumont na educação para a vida. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
COSTA, V. S.. Mostra de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC). 2018. (Exposição).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 22:34:09