Mariana Somariva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5171676687316127
  • Última atualização do currículo em 05/09/2018


Possui graduação em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2016). Atualmente cursa mestrado em Comunicação e Informação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na linha de pesquisa Cultura e Significação, com bolsa CNPq. É integrante do Grupo de Pesquisa em Semiótica e Culturas da Comunicação (GPESC) e do núcleo Corporalidades, coordenado pela professora dra. Nísia Martins do Rosário. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mariana Somariva
Nome em citações bibliográficas
SOMARIVA, M.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação.
Rua Ramiro Barcelos - de 2003 ao fim - lado ímpar
Santana
90035007 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (51) 33085067
URL da Homepage: http://www.ufrgs.br/fabico


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Comunicação e Informação.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil. Orientador: Nísia Martins do Rosário.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2013 - 2016
Graduação em Comunicação Social - Jornalismo.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: A hashtag (re)construindo sentidos: subversão e produção de subjetividades de pessoas não-binárias através do Twitter.
Orientador: Nísia Martins do Rosário.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2007 interrompida
Graduação interrompida em 2011 em Engenharia de Alimentos.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Ano de interrupção: 2011




Formação Complementar


2015 - 2015
Extensão universitária em Teoria Feminista na Ciência. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2015 - 2015
Intercâmbio voluntário - Lima, Peru. (Carga horária: 96h).
AIESEC, AIESEC, Brasil.
2013 - 2013
Comunicação Aplicada às Novas Mídias - Captação e Edição de Vídeo. (Carga horária: 300h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2011 - 2012
Intercâmbio acadêmico.
Universitat Politècnica de València, UPV, Espanha.
2011 - 2011
Fotografia. (Carga horária: 36h).
Talleres Fotografía, TF, Espanha.
2010 - 2011
Espanhol B1. (Carga horária: 44h).
Associação Comunitária de Ensino de Línguas Estrangeiras, ACELE, Brasil.
2009 - 2009
Espanhol A1 e A2. (Carga horária: 100h).
Instituto Cervantes Porto Alegre, IC, Brasil.
2002 - 2006
Inglês Avançado. (Carga horária: 500h).
Luciane's Language Center, LLC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio docência
Outras informações
Estágio docência da disciplina BIB02140 - Semiótica

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Mestrado, Enquadramento Funcional: Mestrado em Comunicação e Informação

Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio docência
Outras informações
Estágio docência na disciplina BIB02140 - Semiótica

Vínculo institucional

2014 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Integrante dos projetos de pesquisa "Corpos em explosão: rupturas e reconfigurações de sentidos nas corporalidades" e "Corpos em dissecação: a decodificação dos sentidos nas corporalidades". Integrante do Grupo de Pesquisa em Semiótica e Culturas da Comunicação (GPESC) e do núcleo Corporalidades, coordenado pela professora dra. Nísia Martins do Rosário.

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

Atividades

01/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, .

Linhas de pesquisa
Cultura e Significação
01/2015 - 12/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, .

Linhas de pesquisa
Cultura e Significação

Up Escola de Idiomas, UP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professora de idiomas - espanhol


Escolas Michigan, EM, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professora de idiomas - espanhol


2Learn Group, 2LG, Espanha.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professora de idiomas, Enquadramento Funcional: Professora de idiomas - português


Bixo Vestibulares, BV, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professora de idiomas, Enquadramento Funcional: Professora de idiomas - espanhol



Linhas de pesquisa


1.
Cultura e Significação
2.
Cultura e Significação


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Interações comunicacionais de corpos de sexos/gêneros/desejos dissidentes e interseccionalmente precários
Descrição: O objeto desta pesquisa se configura como o estudo das interações comunicacionais realizadas por corpos interseccionalmente precários e inconformes com as normas de sexo/gênero/desejo, por meio da cartografia como caminho metodológico. Tendo o espectro dos estudos de gênero e queer como pano de fundo, busca-se compreender relações que se estabelecem em experiências de pessoas marcadas pela extrema precariedade, relegadas às fronteiras dos sistemas, apartadas das redes de apoio necessárias a uma condição de vida digna. Trata-se de atentar para pessoas perpassadas, interseccionalmente, por mecanismos de subjugação de classe social, raça, etnia, territorialidade, sexo/gênero/desejo. Para a matriz cultural cis-heteronormativa , são corpos considerados abjetos. Mas a abjeção não lhes é atribuída somente devido à sua dissidência às normas expressas na tríade linear sexo/gênero/desejo ? são corpos abjetos também porque pobres, negros, de baixa escolaridade, em situação de rua, trabalhadores do sexo, (ex-) presidiários, dependentes químicos, portadores de HIV. Desde a Semiótica da Cultura, entende-se que essas pessoas vão compor textos socioculturais e comunicativos que, como tais, formam espaços semióticos de significação que abrigam códigos e sistemas de signos múltiplos, desempenhando na semiosfera a função comunicativa, criadora de sentidos. Sobre tais textos incidem linguagens e códigos instituídos por uma matriz cultural, que, ao situar-se no núcleo da semiosfera, engendra normas rígidas baseadas tanto na cis-heterossexualidade compulsória quanto em mecanismos de subjugação de raça, classe, etnia e outros marcadores sociais da diferença. Essa configuração situa as pessoas aqui estudadas nas regiões mais periféricas da semiosfera, ocupando espaços fronteiriços, marcados pela precariedade. Assim sendo, a busca neste trabalho passa pela compreensão das interações dessas pessoas ? entendidas como corpos-texto dissidentes e precários ? com a semiosfera comunicacional, atentando para os usos que fazem (ou não) das tecnologias de informação e comunicação (TIC)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Mariana Somariva - Coordenador / Nísia Martins do Rosário - Integrante.
2016 - Atual
CORPOS EM DISSECAÇÃO: A DECODIFICAÇÃO DOS SENTIDOS NAS CORPORALIDADES
Descrição: Além de estudar os processos de significação do corpo, é necessário avançar teórica e metodologicamente no delineamento de conceitos específicos da comunicação no que diz respeito a sua linguagem. É nesses aspectos que o projeto se propõe a avançar e encontra sua relevância científica. Para tal, propõe-se a dissecar imagens que permitam comparar textos, códigos, modelizações, traduções e ressignificações, no ambiente midiático audiovisual. Nessa perspectiva, entende-se poder contribuir para uma reflexão mais aprofundada sobre a linguagem do corpo na comunicação, mas sobretudo propor uma inovação no âmbito das metodologias de compreensão dessa temática, na área da comunicação.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Mariana Somariva - Integrante / Nísia Martins do Rosário - Coordenador / Felipe André Schutz Santos - Integrante / Maurício Rodrigues Pereira - Integrante / Demétrio Pereira - Integrante / Ricardo Machado - Integrante / Tainan Pauli Tomazetti - Integrante / Gisele Endres - Integrante / João Batista dos Santos - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Remuneração.
2013 - 2016
CORPOS EM EXPLOSÃO: RUPTURAS E RECONFIGURAÇÕES DE SENTIDOS NAS CORPORALIDADES
Descrição: Parte-se do pressuposto de que os corpos são essencialmente geradores de sentidos e têm intenso potencial para produzir semioses ilimitadas, inclusive promovendo cisões e rearticulação de significados. Ocorre com frequência, principalmente na mídia, a multiplicação de configurações de sentidos de um mesmo corpo ? dependendo de onde e de como ele seja apresentado ?, o qual vai assumindo diversos significados articulados em variáveis personagens . Dessa forma, o projeto planeja investigar aspectos teóricos e metodológicos das rupturas de sentidos em corpos de sujeitos midiatizados, utilizando o conceito de explosão de Lotman (Semiótica da Cultura). Para tanto, um percurso que se delineia como relevante é o entendimento das redes de significações articuladas por esses corpos. A pesquisa empírica utilizará a cartografia para traçar mapas dinâmicos das redes de significação dos corpos de sujeitos que previamente são reconhecidos como articuladores da explosão, que serão chamados de corpos em explosão. A princípio, a coleção de corpos em explosão a ser examinada deverá se constituir em duas ordens de sujeitos midiatizados. A primeira diz respeito àqueles em que a explosão é bastante evidente: estrelas midiáticas que alteram constantemente seus sentidos (Michael Jackson, Lady Gaga); sujeitos que romperam com os sentidos de sexualidade, como transformista e/ou transexuais (Lea T, Tammy Miranda). A segunda ordem se constitui de sujeitos midiatizados em que a explosão aparece mais como reconfiguração de sentidos: personagens de ficção que provocam rupturas em relação a personagens anteriores em remake de filmes; personagens que se midiatizam na internet (sujeitos que representam a si mesmos na internet) provocando cisões com os sentidos convencionais de si (como em jogos on line na criação de avatares; em redes sociais na criação de perfis; em vídeos e em blogs). Os marcos conceituais fundantes da pesquisa são: explosão, corporalidades, redes de significação, cartografia. Eles estão organizados em consonância com quatro áreas transdisciplinares à comunicação: a semiótica da cultura (com as noções de texto; códigos; semiosfera; fronteira; explosão); a antropologia (com a compreensão da linguagem corporal); a filosofia (com os conceitos de rizoma; cartografia; dispositivo; virtual e atual); a imagem (como entendimento de linguagem imagética inter-relacionando fotografia e audiovisual)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Mariana Somariva - Integrante / Nísia Martins do Rosário - Coordenador / Maurício Rodrigues Pereira - Integrante / Jamille Almeida da Silva - Integrante / Lisiane Machado Aguiar - Integrante / Alex Ferreira Damasceno - Integrante / Matheus Felipe Ferreira - Integrante / Danielle Miranda - Integrante / Ramiro Simch - Integrante / Tainã Pauli - Integrante / Demétrio Pereira - Integrante / Angela Longo - Integrante / Lizandra Kunzler - Integrante / Adriana Pierre Cocca - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Remuneração.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Análise crítica de produtos midiáticos por estudantes e professores de escolas públicas - 5ª edição
Descrição: Devido à relevância da mídia na mediação dos processos de comunicação, em particular sua agência na construção da "realidade", bem como seu lugar de formação de opiniões sobre o mundo, com esta ação (desenvolvida em escolas públicas do Rio Grande do Sul) objetiva-se fomentar/ampliar as competências (apresentando técnicas de análise, interpretação e produção de conteúdo) de os alunos de ensino médio criticarem os produtos midiáticos, bem como colaborarem na produção de conteúdos. O projeto prevê ações com os alunos do ensino médio e curso de curta duração com os professores de escolas públicas de Porto Alegre. Nessa direção, os principais objetivos são: 1) construir com os estudantes processos de análise crítica de produtos midiáticos que contribuam com as reflexões sobre as gramáticas, os enquadramentos, as representações midiáticas e as suas relações com a construção da realidade social; 2) contribuir para que os professores das escolas públicas se atualizem sobre os processos de análise crítica de produtos midiáticos e/ou desenvolvam essas competências. A ação é desenvolvida pelos componentes do Grupo de Pesquisa em Comunicação Organizacional, Cultura e Relações de Poder (GCCOP) www.ufrgs.br/gccop , vinculado ao PPGCOM da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e registrado no diretório do CNPq, e por demais alunos do PPGCOM/UFRGS. A atividade conta com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão/UFRGS e das escolas públicas do RS. Para 2017 estão previstas as seguintes ações: a) mini cursos de análise crítica de produtos midiáticos para alunos de ensino médio de Escolas Públicas; b) curso de atualização para professores de escolas públicas do ensino médio; e c) ciclo de palestras e pesquisa para alunos de graduação e comunidade em geral. Este projeto tem reedição anual..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Mariana Somariva - Integrante / Isaura Mourão - Integrante / Bruno Garcia Vinhola - Integrante / Basílio Alberto Sartor - Integrante / Marlene Branca Sólio - Integrante / rudimar baldissera - Coordenador / Cássia Aparecida Lopes da Silva - Integrante / Nicole Sberse Morás - Integrante / Mônica Carvalho de Oliveira - Integrante / Rafaela Bertuzo - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Teoria da Comunicação.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Estudos de Gênero.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2010
Destaque na Feira de Iniciação Científica, Universidade Feevale.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
ROSARIO, N. M. ; COCA, A. P. ; SOMARIVA, M. ; SILVA, J. A. ; PEREIRA, M. R. ; SANTOS, F. A. S. . Corpos reconfigurados: cartografia de rupturas de sentidos na mídia. In: José Antônio Ferreira Cirino; Claudomilson Fernandes Braga. (Org.). Tópicos em mídia e cultura. 1ed.Goiânia: Gráfica UFG, 2016, v. , p. 125-158.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SOMARIVA, M.. Ciberativismo e Produção de Subjetividade: fragmentos de ação da página LGBT Brasil. In: Seminário de Pós-Graduação (SPG) - Inovamundi 2017, 2017, Novo Hamburgo RS. Anais do Seminário de Pós-Graduação 2017. Novo Hamburgo RS: Universidade Feevale, 2017. v. 10. p. 1131-1136.

2.
SOMARIVA, M.; ROSARIO, N. M. . As explosões de Oliver: o transcorpo e a reconfiguração subversiva de sentidos. In: INTERCOM Rio - XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2015, Rio de Janeiro. Anais do XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 4 a 7 de setembro de 2015. E [recurso eletrônico]: Comunicação e Cidade Espetáculo, 2015.

3.
ROSARIO, N. M. ; COCCA, A. P. ; PEREIRA, M. R. ; SOMARIVA, M. ; SILVA, J. A. ; SANTOS, F. A. S. . Uma Cartografia das Rupturas de Sentidos do Corpo Midiático. In: VII Seminário de Mídia e Cultura - SEMIC, 2015, Goiânia. Anais do VII Seminário de Mídia e Cultura [recurso eletrônico] / organizado por José Antônio Ferreira Cirino, Claudomilson Fernandes Braga. ? Goiânia: PPGCOM/FIC/UFG, 2015. Goiânia: PPGCOM/FIC/UFG, 2015. p. 237-252.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SOMARIVA, M.. Ciberativismo LGBT: uma análise a partir da produção e das culturas vividas. In: XIV Seminário Internacional de Comunicação - Mídias em Transformação: Intermídia, transmídia e crossmídia, 2017, Porto Alegre. Anais do XIV Seminário Internacional da Comunicação. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2017. p. 504-505.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SOMARIVA, M.. A fronteira da periferia: interseccionalidade e mecanismos de subjugação. In: IV Jornada dos Grupos de Pesquisa em Semiótica, 2018, Porto Alegre. Anais da IV Jornada dos Grupos de Pesquisa em Semiótica, 2018.

2.
ROSARIO, N. M. ; SOMARIVA, M. ; PEREIRA, D. ; MACHADO, R. . Corporalidades: linguagem, gênero, perspectivas epistemológicas e espacialidades. In: III Jornada dos Grupos de Pesquisa em Semiótica, 2017, São Paulo. Anais da III Jornada dos Grupos de Pesquisa em Semiótica, 2017. p. 26-28.

3.
SOMARIVA, M.. Por uma semiótica queer. In: I Jornada do GPESC: Semiótica e Culturas da Comunicação, 2017, Porto Alegre. Livro de Resumos da I Jornada do GPESC: Semiótica e Culturas da Comunicação, 2017. p. 11-11.

4.
SOMARIVA, M.. A hashtag (re)construindo sentidos: significação e produção de subjetividades de pessoas não-binárias através do twitter. In: XXVIII Salão de Iniciação Científica UFRGS, 2016, Porto Alegre. Anais do XXVIII Salão de Iniciação Científica UFRGS, 2016.

5.
SOMARIVA, M.. As explosões de Oliver: o transcorpo e a reterritorialização de sentidos. In: XXVII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 2015, Porto Alegre. Anais do XXVII Salão de Iniciação Científica UFRGS, 2015.

Artigos aceitos para publicação
1.
SOMARIVA, M.; TOMAZETTI, T. P. ; ROSARIO, N. M. . Mídias sociais e produção de subjetividades: subversões de pessoas não-binárias através do Twitter. CHASQUI. REVISTA LATINOAMERICANA DA COMUNICACIÓN, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
SOMARIVA, M.. A fronteira da periferia: interseccionalidade e mecanismos de subjugação. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
SOMARIVA, M.. Interseccionalidade, identidade e diferença: algumas questões teóricas para a reflexão sobre pessoas de sexos/gêneros/sexualidades não-normativas em contexto de vulnerabilidade social. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
SOMARIVA, M.. Ciberativismo e Produção de Subjetividade: fragmentos de ação da página LGBT Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
SOMARIVA, M.. Ciberativismo LGBT: uma análise a partir da produção e das culturas vividas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
SOMARIVA, M.. Por uma semiótica queer. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
ROSARIO, N. M. ; PEREIRA, D. ; SOMARIVA, M. ; MACHADO, R. . Corporalidades: linguagem, gênero, perspectivas epistemológicas e espacialidades. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
SOMARIVA, M.. A hashtag (re)construindo sentidos: significação e produção de subjetividades de pessoas não-binárias através do Twitter. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
SOMARIVA, M.. A hashtag (re)construindo sentidos: subversão e produção de subjetividades de pessoas não-binárias através do Twitter. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
SOMARIVA, M.; ROSARIO, N. M. . As explosões de Oliver: o transcorpo e a reconfiguração subversiva de sentidos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
SOMARIVA, M.; ROSARIO, N. M. . As explosões de Oliver: o transcorpo e a reterritorialização de sentidos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Aquenda de Comunicação, Gêneros e Sexualidades.Interseccionalidade, identidade e diferença: algumas questões teóricas para a reflexão sobre pessoas de sexos/gêneros/sexualidades não-normativas em contexto de vulnerabilidade social. 2018. (Seminário).

2.
I Aquenda de Comunicação, Gêneros e Sexualidades. 2018. (Seminário).

3.
IV Jornada dos Grupos de Pesquisa em Semiótica.A fronteira da periferia: interseccionalidade e mecanismos de subjugação. 2018. (Outra).

4.
II Seminário Discente do PPGCOM UFRGS. 2017. (Seminário).

5.
I Jornadas do GPESC - Semiótica e Culturas da Comunicação. 2017. (Outra).

6.
I Jornadas do GPESC - Semiótica e Culturas da Comunicação.Por uma Semiótica Queer. 2017. (Outra).

7.
Jornadas de Pesquisa do PPGCOM 2017: Crises, Contatos, Rupturas. 2017. (Outra).

8.
Seminário de Pós Graduação - Inovamundi.Ciberativismo e Produção de Subjetividade: fragmentos de ação da página LGBT Brasil. 2017. (Seminário).

9.
VII Congresso da Associação Nacional dos Pesquisadores em Comunicação e Política. 2017. (Congresso).

10.
XIV Seminário Internacional da Comunicação. 2017. (Seminário).

11.
XIV Seminário Internacional da Comunicação.Ciberativismo LGBT: uma análise a partir da produção e das culturas vividas. 2017. (Seminário).

12.
XL Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - INTERCOM. 2017. (Congresso).

13.
I Colóquio Internacional de Investigação Crítica em Comunicação,. 2016. (Outra).

14.
XXVIII Salão de Iniciação Científica UFRGS.A hashtag (re)construindo sentidos: significação e produção de subjetividades de pessoas não-binárias através do Twitter. 2016. (Outra).

15.
ALCAR - Encontro Nacional de História da Mídia. 2015. (Encontro).

16.
XXVII Salão de Iniciação Científica UFRGS.As explosões de Oliver: o transcorpo e a reterritorialização de sentidos. 2015. (Outra).

17.
XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - INTERCOM Rio -. 2015. (Congresso).

18.
XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - INTERCOM Rio -. As explosões de Oliver: o transcorpo e a reconfiguração subversiva de sentidos. 2015. (Congresso).

19.
Exposições Temporárias Fotográficas Fotovaral 2014. Exposição Fabico - Novos Olhares. 2014. (Exposição).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SOMARIVA, M.. I Aquenda de Comunicação, Gêneros e Sexualidades. 2018. (Congresso).

2.
SOMARIVA, M.. VII Congresso da Associação Nacional dos Pesquisadores em Comunicação e Política (VII Compolítica). 2017. (Congresso).

3.
SOMARIVA, M.. II Seminário Discente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS. 2017. (Outro).

4.
SOMARIVA, M.; ENGEL, M. O. ; LONDERO, L. ; LORENZONI, A. G. ; SCHNEIDER, J. . XII Semana Acadêmica da Engenharia de Alimentos UFRGS. 2010. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Gisele de Azevedo Endres. A construção da androginia na fotografia de moda a partir do composite da modelo Rain Dove. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Caroline Borba dos Santos. A Jornada de Katniss: a construção de uma heroína no cinema blockbuster. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social - Jornalismo) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Mariana Somariva.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 4:30:30