Marcos Alexandre Coelho Zilli

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5059590355257675
  • Última atualização do currículo em 23/09/2018


Professor Dr. de Direito Processual Penal nos cursos de graduação e de pós-graduação da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP). Mestre e Doutor em Direito Processual pela mesma Universidade. Especialista em Direito Penal Econômico e Europeu pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e pelo Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCrim). Professor do Curso de Pós-graduação Interdisciplinar Humanidades, Direitos e outras Legitimidades da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP). Membro do Grupo Latino-americano de Estudos de Direito Penal Internacional promovido pela Fundação Konrad Adenauer. Membro do Diversitas, Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos da Universidade de São Paulo (USP). Membro do Forum for International Criminal and Humanitarian Law (FICHL). Coordenador Editorial da Coleção Fórum de Direitos Humanos. Consultor da International Nuremberg Principles Academy. Membro Consultor da Comissão Especial de Política Criminal e Penitenciária da OAB/SP - Portaria 449/16/PR. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcos Alexandre Coelho Zilli
Nome em citações bibliográficas
ZILLI, M. A. C.;ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho

Endereço


Endereço Profissional
Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.
Universidade de São Paulo, Faculdade de Direito, Departamento de Direito Processual, Largo de São Francisco, n. 95, Prédio Anexo, 5o andar
Largo São Franciso
01105-010 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 31114012


Formação acadêmica/titulação


2003 - 2006
Doutorado em Direito Processual.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A prova ilícita e o Tribunal Penal Internacional : regras de admissibilidade, Ano de obtenção: 2006.
Orientador: Antonio Magalhães Gomes Filho.
Palavras-chave: Tribunal Penal Internacional.; Prova Ilícita.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Processual.
2000 - 2002
Mestrado em Direito Processual.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A Iniciativa instrutória do juiz no processo penal,Ano de Obtenção: 2002.
Orientador: Antonio Magalhães Gomes Filho.
Palavras-chave: Processo Penal; Juiz.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
1997 - 1999
Especialização em Direito Penal.
Universidade de Coimbra, Portugal e IBCCrim, FDUC / IBCCRIM, Portugal.
Título: Direito Penal Econômico e Europeu.
1984 - 1989
Graduação em Direito.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Direito Penal.
- 1984
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Rainha da Paz, CRP, Brasil.
- 1983
Ensino Fundamental (1º grau).
Colégio Rainha da Paz, CRP, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
Extensão universitária em The Holocaust - An Introduction (I): Nazi Germany: Ideology, The Jews and t. (Carga horária: 50h).
Tel-Aviv University, U.TEL-AVIV, Israel.
2014 - 2014
Curso Problemas Fundamentais do Direito Penal. (Carga horária: 85h).
Georg-Universität Göttingen, GUG, Alemanha.
2011 - 2011
Gestão de Varas Criminais e de Execução Penal. (Carga horária: 40h).
Escola Nacional de Formação e de Aperfeiçoamento de Magistrados, ENFAM, Brasil.
1996 - 1996
Terminologia do Direito. (Carga horária: 66h).
Associação Alumni, ALUMNI, Brasil.
1988 - 1988
Temas Atuais da Direito e Processo Penal.
Instituto Brasileiro de Direito Processual, IBDP, Brasil.


Atuação Profissional



International Nuremberg Principles Academy, INPA, Alemanha.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Ramo Brasileiro da International Law Association, ILA BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Escola Politécnica da USP, POLI USP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 50
Outras informações
Professor do curso de Especialização "Direito e Tecnologia da Informação" do Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da USP.


Diversitas, DIVERSITAS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Escola dos Magistrados da 3º Região (TRF), EMAG-3ºREGIÃO, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Debatedor
Outras informações
Debatedor do tema Sentença no curso Aspectos Atuais do Processo Penal, São Paulo, Data: 1º jun. 2011.


Grupo de Estudos sobre Internacionalização do Direito e Justiça de Transiçã, IDEJUST, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro
Outras informações
O IDEJUST rede acadêmica independente que visa a difundir, fomentar e subsidiar o debate público e a pesquisa universitária sobre os temas vinculados à internacionalização do Direito e à justiça de transição, realização conjunta entre a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça e o Instituto de Relações Internacionais da USP.


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, FFLCH, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Forum for International Criminal and Humanitarian Law, FICHL, Noruega.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Advisory Board
Outras informações
www.fichl.org/advisory-board.


Editora Fórum Ltda. Brasil, EDITORA FÓRUM LT, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador da Coleção Fórum de Direitos Huma
Outras informações
Coord. da Coleção Fórum de Direitos Humanos, 2010. Coord. editorial da publicação do v. 1, Anistia, justiça e impunidade: reflexões sobre a Justiça de Transição no Brasil, 2010.Coord. editorial da publicação do v. 2 , Direito ao desenvolvimento, 2010.


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
2011 - emissão de parecer no processo 2010/20158-0 (SAGE)


Escola Superior do Ministério Público do Estado de São Paulo, ESMP-SP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Professor Pós-Graduação
Outras informações
Ministrou aula no 9º Curso de Especialização em Direito Penal, tema: A influência dos tratados Internacionais de Direitos Humanos no Processo Penal Brasileiro.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Professor Pós-Graduação
Outras informações
Ministrou aula no Curso de Especialização em Direito Processual Penal, tema: Provas ilícitas


Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado, ESPGE, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Professor de Pós-Graduação
Outras informações
Aula Ministrada no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, Especialização em Direitos Humanos, tema: Contraditório e ampla defesa: devido processo legal, carga horária: 2 horas, São Paulo, Data: 18 mar. 2008.


Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), FDUSP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor 2
Outras informações
Disciplinas ministradas Pós-Graduação: 1° semestre de 2014 - "Eficiência e garantismo na cooperação penal internacional"; 2° semestre de 2014 - "Eficiência e garantismo da Justiça Penal Internacional"; 2° Semestre 2015: Processo Penal Comparado I - Exame Crítico Disciplinas Ministradas na Graduação (2° semestre de 2015) : - Direito Processual Penal II; Procedimentos Especiais. - Professor na disciplina de Pós-Graduação "Processo Penal Comparado e a criminalidade organizada" (agosto de 2018)

Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Orientador
Outras informações
Professor Orientador do Grupo Representante da faculdade de Direito da Universidade de São Paulo na XI Competição Internacional "Victor Carlos Garcia Moreno-Procedimento ante la Corte Penal Internacional".

Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro Suplente
Outras informações
Membro Suplente da Comissão de Pesquisa.

Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Professor Doutor, Enquadramento Funcional: Coordenador do Grupo de Estudos
Outras informações
Coordenador do Grupo de Estudos de alunos de graduação sobre Direito Penal Internacional e Justiça de Transição.

Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Professor Doutor, Enquadramento Funcional: Professor Doutor de Direito de Pós-graduação
Outras informações
Disciplinas ministradas:- O Garantismo e a Efetividade no Processo Penal Internacional, juntamente com os Profs. Antonio Scarance Fernandes, José Raul Gavião de Almeida e Maurício Zanóide de Moraes, 2º semestre de 2009.-Provas típicas e atípicas juntamente com os Profs. Antonio Scarance Fernandes, José Raul Gavião de Almeida e Maurício Zanóide de Moraes, 1º semestre de 2010.-O Sigilo, o Garantismo e a Efetividade no Processo Penal juntamente com os Profs. Antonio Scarance Fernandes, José Raul Gavião de Almeida e Maurício Zanóide de Moraes.

Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Professor Doutor, Enquadramento Funcional: Professor Doutor de Processo Penal
Outras informações
Professor Doutor de Processo Penal no curso de graduação da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP).

Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Professor Doutor, Enquadramento Funcional: Professor Doutor de Direito nível Graduação
Outras informações
Disciplinas ministradas:Direito Processual Penal I, Direito Processual Penal II, Direito Processual Penal III, Direito Processual Penal, Procedimentos Especiais. 11/2010 Outras atividades técnico científicas, Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Atividade realizada: correção das provas dissertativas ? encerramento da 2a fase do processo seletivo de ingresso no Programa de Pós-graduação 11/2009 Outras atividades técnico científicas, Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Atividade realizada: correção das provas dissertativas ? encerramento da 2a fase do processo seletivo de ingresso no Programa de Pós-graduação.


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor - Doutor 2
Outras informações
Nomeado de acordo com a Portaria Gr 5944, de 13-11-2012 - Dispõe sobre a redistribuição de emprego público, pelo Magnífico Reitor da Universidade de São Paulo; - Professor do Curso de Pós-graduação da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo; - Professor do Curso de Direito Processual e os Reflexos da Tecnologia da Informação do Programa de Educação Continuada da POLI/USP (fev/ abril de 2015)

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: professor doutor 2, Enquadramento Funcional: professor doutor 2
Outras informações
. Aulas ministradas no curso e graduação da FDUSP no segundo semestre de 2016. Disciplinas - Direito Processual Penal IV e Procedimentos especiais (com o Prof. Maurício Zanoide de Moraes) . Aulas no curso de pós-graduação no segundo semestre de 2016 na FDUSP - Processo Penal Comparado III - Ação penal

Vínculo institucional

2007 - 2012
Vínculo: Professor Assistente, Enquadramento Funcional: Professor - Doutor
Outras informações
Professor Assistente de Processo Penal no curso de graduação da Faculdade de Direito Largo São Francisco (USP)

Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Monitor no Curso de Graduação, Enquadramento Funcional: Monitor
Outras informações
Monitor nocurso de gradução na faculdade de Direito Largo São Francisco . Disciplina Processual Pena II, DPC-435 Professor Orientador: Dr. Antonio Magalhães Gomes Filho .

Atividades

2/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Direito, .


Fundação Konrad Adenauer, FUNDAÇÃO KONRAD, Uruguai.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Grupo Latino-americano de Estudos
Outras informações
Membro do Grupo Latino-americano de Estudos de Direito Penal Internacional.

Vínculo institucional

2008 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Executivo
Outras informações
Membro do Conselho Executivo do Grupo Latino-americano de Estudos de Direito Penal Internacional.


Revista do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, Revista IBCCRIM, Bra, REVISTA IBCCRIM, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Membro do Conselho Diretivo, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Diretivo da Revista
Outras informações
Coorganizador da edição especial da Revista n. 85, Direito Comparado Brasil/Chile, 2010.


Universidade Bandeirante de São Paulo, UNIBAN, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2004
Vínculo: Professor de Direito, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Professor de Direito Processual Penal da Universidade Bandeirante São Paulo


Escola Paulista da Magistratura, EPM, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Professor de Pós-Graduação
Outras informações
Aula Ministrada no 4º Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, Especialização em Direito Processual Penal, tema: Tribunal Penal Internacional, São Paulo, Data: 29 maio 2008.

Vínculo institucional

2000 - 2006
Vínculo: Juiz Docente Formador, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Juiz Docente Formador e Docente Instrutor da Escola da Magistratura do Estado de São Paulo - EPM


Universidade Católica de Santos, UNISANTOS, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - Atual
Vínculo: Professor Asistente, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Professor Assistente do Curso de Especialização em Direito Processual Penal na UNISANTOS ? Universidade Católica de Santos.

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Professor Assistente, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Professor Assistente do Curso de Especialização em Direito Processual Penal na UNISANTOS ? Universidade Católica de Santos.


Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, IBCCRIM, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro Efetivo

Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Conselhos, Comissões e Consult, Enquadramento Funcional: Coord. chefe do Dep. de Relações Internaciona
Outras informações
Coordenador chefe do Departamento de Relações Internacionais.

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Conselho, Comissões e Consulto, Enquadramento Funcional: Membro do Dep. de Relações Internacionais
Outras informações
Membro do Departamento de Relações Internacionais.

Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Conselhos, Comissões e Consult, Enquadramento Funcional: Membro do Grupo
Outras informações
Membro do Grupo que colaborou com o representante do CEJA, Professor Felipe González, a formular o relatório ?Sistema judicial y racismo contra afrodescendentes? .

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Conselhos, Comissões e Consult, Enquadramento Funcional: Membro do Grupo de Estudos
Outras informações
Membro do Grupo de Estudos responsável pela elaboração de um relatório em inglês sobre o regime jurídico brasileiro para a punição de crimes de maior gravidade (Projeto do Instituto Max-Planck, Alemanha). O trabalho foi publicado no livro ?The punishment of serious crimes. A comparative analysis of sentencing and practice, v. 2, Iuscrim, p. 2-20.

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Conselhos, Comissões e Consult, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão de Estudos e Projetos Legi
Outras informações
Membro da Comissão de Estudos e Projetos Legislativos que acompanhou a tramitação do Projeto de Lei 3.731/2001.


Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, PJSP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Juiz Titular de Direito, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Juiz Titular de Direito da 15ª Vara Criminal de São Paulo

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Juiz de Direito Auxiliar, Enquadramento Funcional: Juiz de Direito Auxiliar da Capital
Outras informações
Promovido ao cargo de Juiz de Direito Auxiliar da 15º Vara Criminal Central ( entrância final )

Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Juiz de Direito Auxiliar, Enquadramento Funcional: Juiz de Direito Auxiliar
Outras informações
Promovido ao Cargo de Juiz de Direito Auxiliar da Capital ( terceira entrância )

Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Juiz de Direito Titular, Enquadramento Funcional: Juiz de Direito Titular
Outras informações
Promovido ao cargo de Juiz de Direito Titular da 2º Vara da Camara de Franco da Rocha (segunda entrância )

Vínculo institucional

1992 - 1992
Vínculo: Juiz de Direito Titular, Enquadramento Funcional: Juiz de Direito Titular
Outras informações
Promovido ao Cargo de Juiz de Direito Titular da Comarca de Jardinópolis ( primeira entância )

Vínculo institucional

1991 - 1991
Vínculo: Juiz de Direito, Enquadramento Funcional: Juiz de Direito
Outras informações
Juiz de Direito aprovado no 160º Concurso de Ingresso á Carreira da Magistratura do Estado de São Paulo


Promon Engenharia S/A, PROMON, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 1990
Vínculo: Advogado, Enquadramento Funcional: Advogado
Outras informações
Àrea : Direito Civil, Direito Administrativo, Direito Comercial e Direito Tributário . Funções : Elaboração e análise de contrátos ; acompanhamento de procedimentos licitatórios, de recursos administrativos e de processoa judiciais

Vínculo institucional

1989 - 1990
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário


Escritório de Advocacia Engler e Moutinho, EAEM, Brasil.
Vínculo institucional

1988 - 1989
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40
Outras informações
São Paulo, SP.


Tribunal Penal Internacional, TPI, Holanda.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Visiting Professional, Enquadramento Funcional: Visiting Professional, Carga horária: 24
Outras informações
Visiting Professional no Tribunal Penal Internacional ? Designado para auxiliar no Gabinete da Juíza Olga Herrera Carbuccia, no caso The Prosecutor v. Laurent Gbagbo e Blé-Goudé.


Conselho Estadual de Direitos da Pessoa Humana, CONDEPE-SP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Conselheiro, Enquadramento Funcional: Conselheiro, Carga horária: 24
Outras informações
Membro do Conselho Estadual de Direitos da Pessoa Humana (CONDEPE-SP) ? Representante do Poder Judiciário do Estado de São Paulo



Linhas de pesquisa


1.
Eficiência e Garantismo no Processo Penal

Objetivo: O objetivo é o de examinar as tensões estabelecidas entre a necessidade por uma maior eficiência na Justiça Penal e a necessidade de se preservar as garantias do devido processo. A linha tem por foco de estudo as tensões estabelecidas nos casos de criminalidade mais severa, como por exemplo o terrorismo, o crime organizado e os crimes internacionais..
2.
Justiça de Transição

Objetivo: O objetivo é o de examinar os diferentes processos de Justiça de Transição e, especialmente, a dimensão punitiva. A linha de pesquisa também tem por foco o estudo dos impactos provocados pelos diferentes julgamentos proferidos pela Corte Interamericana de Direitos Humanos relativamente à tematica da Justiça de Transição.
3.
Processo Penal Internacional

Objetivo: O objetivo é o de analisar os impactos provocados pela Justiça Penal Internacional, em especial o Tribunal Penal Internacional, bem como examinar o modelo processual penal adotado pelo Estatuto de Roma. A linha de pesquisa tem por foco específico o exame do princípio da complementaridade, a competência do Tribunal Penal Internacional, as regras probatórias e os processos de implementação do Estatuto de Roma no Brasil.
4.
Harmonização dos Sistemas Processuais Penais

Objetivo: O objetivo é o de examinar, em uma perspectiva de direito comparado, como os principais sistemas jurídicos ocidentais ( anglo-saxônico e romano-germânico) se aproximam. A linha tem duas frentes. De um lado, um exame sobre o modelo processual penal adotado pelo Estatuto de Roma para o Tribunal Penal Internacional, identificado as influências de cada sistema. De outro, um estudo sobre a jurisprudência das Cortes Interamericana e Europeia e o papel desempenhado por ambas na harmonização desses sistemas processuais..


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Projeto: Corrupcion desde uma perspectiva de derecho penal y procesal penal
Descrição: Descrição: Análise de questões atinentes à investigação e punição da corrupção, bem como das medidas de prevenção. O projeto está estruturado em três núcleos: a) direito penal material; b) direito processual penal e c) criminologia.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Projeto: Operação Lava Jato e Operação Mani Pulite: análise histórico-comparada.
Descrição: Descrição: Análise comparada das medidas adotadas no âmbito das Operações Lava Jato e Mani Pulite. Atividade realizada no âmbito da cooperação acadêmica entre as Faculdades de Direito da Universidade de São Paulo, Universidade Presbiteriana Mackenzie e Universidade de Bolonha, Itália..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - 2018
Projeto: Corrupção: prevenção e punição. Um olhar sobre o caso Lava-Jato
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2018
Eficiência e garantismo na legislação antidrogas no Brasil
Descrição: Promovido pela Fundação Konrad Adenauer no contexto do Programa Estado de Direito para América Latina, o projeto integra o rol de atividades do Grupo Latinoamericano de Estudos de Direito Penal Internacional. O objetivo é o de examinar as opções de política criminal do Brasil no enfrentamento do tráfico de entorpecentes. Para tanto, será empreendida uma abordagem histórica do marco normativo implementado pelo Estado brasileiro, com ênfase nas Leis 6.368/76 e 11.343/06. A partir da identificação dos paradigmas de política criminal refletidos por tais leis, serão examinados os efeitos por elas produzidos, o que permitirá, por fim, uma análise crítica das propostas de alteração legislativa que atualmente estão tramitando pelo Congresso Nacional..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2017
O princípio da complementaridade no processo penal internacional
Descrição: Promovido pela International Law Association, o projeto tem por objetivo a delimitação dos critérios interpretativos para a aplicabilidade do art. 17 do Estatuto de Roma, o qual dispõe sobre a admissibilidade dos casos perante o Tribunal Penal Internacional. A primeira fase do projeto envolve o estudo, em perspectiva comparada, das legislações nacionais dirigidas à persecução dos core crimes (crimes contra a humanidade, crimes de guerra, agressão e genocídio) e, sobretudo, a análise dos mecanismos nacionais de controle e de fiscalização das atividades dos órgãos de persecução, visando a investigação e punição dos agentes responsáveis por aquelas práticas delituosas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Conflitos armados na era contemporânea
Descrição: Grupo de Pesquisa vinculado ao Diversitas - Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerância e Conflitos da USP Grupo de pesquisadores que se dedicam à compreensão, desde uma perspectiva inter e multidisciplinar, do fenômeno da guerra e de seus desdobramentos na contemporaneidade. Pesquisadores das mais diversas áreas das ciências humanas e sociais e de diversas instituições de ensino e pesquisa, no Brasil e no exterior, vêm trabalhando conjuntamente temas como: genocídios, massacres, etnocídios, violações de direitos humanos, deslocamentos populacionais, a atuação das organizações internacionais, não-governamentais e o papel do Tribunal Penal Internacional, Primeira Guerra Mundial e o genocídio armênio, Segunda Guerra Mundial e a Shoáh, guerras contemporâneas e conflitos étnicos, formas de mediação das organizações internacionais, o problema do terrorismo global, entre tantos temas que têm como cerne a condição humana frente à realidade da guerra. Está constituído a partir de distintas linhas de pesquisa, a saber: * A atuação das organizações internacionais de ajuda humanitária * Guerra e Direito * Hecatombe nuclear e possibilidades de destruição civilizacional * Massacres e genocídios * Reflexões sobre a guerra * Terrorismo de Estado, foquismo e guerra de guerrilha.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
A participação da vítima no processo penal internacional
Descrição: Investigação científica que pretende examinar as circunstâncias nas quais as vítimas estão habilitadas a participar do processo penal perante o Tribunal Penal Internacional, identificando as condições e os requisitos da participação, bem como os limites de seus poderes processuais tendo como parâmetro a garantia da paridade de armas. O projeto é desenvolvido no âmbito do Grupo Latinoamericano de Estudos de Direito Penal Internacional, promovido pela Fundação Konrad Adenauer, Programa Estado de Direito para América Latina, e, também, com o apoio da Faculdade de Direito da Universidade de Göttingen, Alemanha. Início: outubro de 2012. Término: fevereiro de 2014..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Outros Projetos


2015 - Atual
Núcleo Empírika ? Núcleo de pesquisa de campo e de monitoramento da Justiça Penal
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
2011 - Atual
Diversitas - Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerância e Conflitos
Descrição: Diversitas - Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerância e Conflitos.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Revista Pesquisas Jurídicas
2014 - Atual
Periódico: Revista Fórum de Ciências Criminais
2013 - Atual
Periódico: Boletim Grupo Latinoamericano de Investigação Penal da Univ.de Göttingen
2012 - Atual
Periódico: Criminal Law Forum
2010 - Atual
Periódico: Coleção Fórum de Direitos Humanos
2002 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciências Criminais


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Revista Sistema Penal e Violência


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Penal.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Processual Penal.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende BemLê Bem.
Francês
Compreende BemLê Bem.


Prêmios e títulos


2015
Finalista da 1ª Edição do Prêmio Esdra Borges de Ensino do Direito, FGV (Fundação Getúlio Vargas).
2013
Professor Homenageado pela turma 182 (diurno), Faculdade de Direito da USP.
2011
Professor Homenageado pela turma 180 (diurno), Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.
2009
Paraninfo da turma 2009 (diurno), Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.
2006
Tese recomendada para publicação. Banca de defesa doutorado - FADUSP, Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.
2004
Professor Homenageado pela turma de 2004, Universidade Bandeirantes de São Paulo Campus Osasco.
2002
Professor Homenageado pela turma de 2002, Universidade Bandeirante de São Paulo Campus Osasco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
ZILLI, Marcos  Data: 01/08/2010

Artigos completos publicados em periódicos

1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2018ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Ilicitude probatória e ponderação judicial. A perspectiva do processo penal internacional. BOLETIM DO IBCCRIM, v. 5, p. 56-69, 2018.

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2017ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Resenha: 'Os doze trabalhos de Hércules. Os subsequentes julgamentos de Nuremberg. Resenha do livro 'Reassessing the Nuremberg Military Tribunals'. REVISTA FÓRUM DE CIÊNCIAS CRIMINAIS, v. 7, p. 255-260, 2017.

3.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2017ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Sylvia Steiner. A história por quem a protagoniza. Boletim do IBCCRIM, v. 292, p. 2-6, 2017.

4.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2017ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Las condiciones de la acción penal em El derecho brasileño. Una nueva propuesta.. Ars Iuris Salmanticensis, v. 5, p. 33-57, 2017.

5.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2016ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. A aritmética da desigualdade. Revista Fórum de Ciências Criminais, v. 3, p. 7-11, 2016.

6.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2016ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. O povo contra... as condições da ação penal condenatória. Velhos problemas. Novas ideias. Cadernos jurídicos. Direito Processual Penal, v. 44, p. 147-162, 2016.

7.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2015ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. A admissibilidade da acusação e o fio de Ariadne. Boletim IBCCRIM, v. 267, p. 4-6, 2015.

8.
ZILLI, M. A. C.2014ZILLI, M. A. C.. O conhecimento morreu?. Revista Fórum de Ciências Criminais, v. 1, p. 10, 2014.

9.
ZILLI, M. A. C.2014ZILLI, M. A. C.. Não vejo, não falo, não ouço. Revista Fórum de Ciências Criminais, v. 1, p. 130, 2014.

10.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2014ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Il proceso penale e i reati commessi durente il regime militare. Passato, presente e futuro nela giustizia brasiliana. Studi e materiali di diritt penale, v. 1, p. 113-132, 2014.

11.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2014ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Direito penal e processual penal. Casa de prostituição. Mantença de estabelecimento em que ocorra exploração sexual por conta própria ou de terceiro. Rejeição de denúncia. Boletim IBCCRIM, v. 22, p. 1791-1793, 2014.

12.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2014ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho; MORAES, F. A. . Acesso ao sistema interamericano de direitos humanos e o esgotamento dos recursos internos. Caso Brewer Carías vs. Venezuela.. Revista Fórum de Ciências Criminais, v. 2, p. 215-219, 2014.

13.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2014ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Quebrando muros. Revista Fórum de Ciências Criminais, v. 1, p. 7-9, 2014.

14.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2014ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Homo sum: humani nihil a me alienum puto. (Resenha do livro: O silêncio do algoz). Revista Fórum de Ciências Criminais, v. 1, p. 267-275, 2014.

15.
ZILLI, M. A. C.2013ZILLI, M. A. C.. Rumo à estação Brasília. Paradas: Tebas e Paris. Boletim IBCCRIM, v. 247, p. 30-42, 2013.

16.
ZILLI, M. A. C.2013ZILLI, M. A. C.. Direito Processual Penal. Prescrição em perspectiva/antecipada/virtual. Processo 0065861-36.2007.8.26.0050, 15a Vara Criminal. Boletim do IBCCrim, v. 21, p. 1677-1678, 2013.

17.
ZILLI, M. A. C.2013ZILLI, M. A. C.. Quem tem medo do direito penal internacional. Revista Anistia Política e Justiça de Transição, v. 8, p. 132-151, 2013.

18.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho2013ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Punir or not punir? Qual é o verdadeiro dilema?. Revista Anistia Política e Justiça de Transição, v. 9, p. 340-367, 2013.

19.
ZILLI, M. A. C.2012ZILLI, M. A. C.. Legem Habemus. Boletim IBCCRIM, v. 230, p. 12-14, 2012.

20.
ZILLI, M. A. C.2012ZILLI, M. A. C.. A negação do mal. Verdade, mentira e os dilemas do Direito Penal. Revista Internacional de Direito e Cidadania, v. 1, p. 1-2, 2012.

21.
ZILLI, M. A. C.2012ZILLI, M. A. C.. El Régimen militar y la justicia de transición en Brasil. Hacia dónde dirigirse?. Revista de Derecho Penal y Criminologia, v. 7, p. 197-234, 2012.

22.
ZILLI, M. A. C.2012ZILLI, M. A. C.. Direito Penal e Direitos Humanos: conflitos e diálogos. Boletim do IBCCRIM, v. 241, p. 6-8, 2012.

23.
ZILLI, M. A. C.2012ZILLI, M. A. C.. Ainda sobre as provas ilíictas no processo penal. Revista da Escola Paulista de Magistratura, v. 1, p. 45-62, 2012.

24.
ZILLI, M. A. C.2011ZILLI, M. A. C.. Mulheres de Atenas, meninos do Brasil. Boletim IBCCRIM, v. 18, p. 2-3, 2011.

25.
ZILLI, M. A. C.2011ZILLI, M. A. C.. Decisões, Sentenças e Acórdãos. Cadernos Jurídicos (EPM), v. 1, p. 15-22, 2011.

26.
ZILLI, M. A. C.2011ZILLI, M. A. C.. O regime militar e a Justiça de Transição no Brasil. Para onde caminhar?. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 93, p. 61-101, 2011.

27.
ZILLI, M. A. C.2011ZILLI, M. A. C.. A liberdade como bem. A balança como virtude.. Revista Jurídica Consulex, v. 15, p. 42-44, 2011.

28.
ZILLI, M. A. C.2011ZILLI, M. A. C.. O silêncio que ensurdece.. Boletim IBCCRIM, v. 19, p. 6-7, 2011.

29.
ZILLI, M. A. C.2010ZILLI, M. A. C.. Os atores e seus papéis.. Boletim IBCCRIM, v. ed.esp, p. p.19-20, 2010.

30.
ZILLI, M. A. C.2010ZILLI, M. A. C.. Ainda que tardia, que venha a liberdade: breve panorama sobre a prisão cautelar no direito brasileiro.. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 85, p. 494-494, 2010.

31.
ZILLI, M. A. C.2010ZILLI, M. A. C.; MONTECONRADO, F. ; MOURA, Maria Thereza R. A. ; GHIDALEVICH, F. G. M. . International Criminal Law and Transitional Justice in Brazil.. International Criminal Law Review, v. 10, p. p.509-p.534, 2010.

32.
ZILLI, M. A. C.2010ZILLI, M. A. C.; AMBOS, K. ; MOURA, Maria Thereza R. A. ; GHIDALEVICH, F. G. M. . Anistia, Justiça e Impunidade: Reflexões sobre a Justiça de Transição no Brasil.. Anistia,A Justiça de Transição no Brasil. Um caminho a percorrer., v. 1, p. 227, 2010.

33.
ZILLI, M. A. C.2009ZILLI, M. A. C.. A caverna e as sombras. Boletim IBCCRIM, v. 17, p. 4-5, 2009.

34.
ZILLI, M. A. C.2009ZILLI, M. A. C.. We the people..... Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 17, p. 185-208, 2009.

35.
ZILLI, M. A. C.2008ZILLI, M. A. C.; MOURA, Maria Thereza R. A. . A justiça de transição na América latina. Boletim IBCCRIM, v. 16, p. 10-11, 2008.

36.
ZILLI, M. A. C.2008ZILLI, M. A. C.. O pomar e as pragas. Boletim IBCCRIM, v. 16, p. 2-3, 2008.

37.
ZILLI, M. A. C.2008ZILLI, M. A. C.. Hamlet entre nós. Boletim IBCCRIM, v. 16, p. 6-., 2008.

38.
ZILLI, M. A. C.2008ZILLI, M. A. C.. Os bons ventos de Haia. Boletim IBCCRIM, v. v.190, p. p.13-14, 2008.

39.
ZILLI, M. A. C.2007ZILLI, M. A. C.; GHIDALEVICH, F. G. M. . Não existe pecado debaixo da linha do equador ?. Boletim IBCCRIM, v. 173, p. 14-15, 2007.

40.
ZILLI, M. A. C.2006ZILLI, M. A. C.. Cooperação e Auxílio com o tribunal penal internacional. Boletim IBCCRIM, v. 162, p. 18-19, 2006.

41.
ZILLI, M. A. C.2004ZILLI, M. A. C.. Anotações Sobre o Seminário Internacional : A Implementação do Estatuto de Roma no Direito Interno e outras Questões de Direito Penal Internacional. Boletim IBCCRIM, v. 139, p. 2-3, 2004.

42.
ZILLI, M. A. C.2004ZILLI, M. A. C.. Publicidade, ampla defesa e contraditório no novo interrogatório judicial. Boletim IBCCRIM, v. 135, p. 2-3, 2004.

43.
ZILLI, M. A. C.2004ZILLI, M. A. C.. Resquícios inquisitórios na Lei 9.034/1998. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 1, p. 174-195, 2004.

44.
ZILLI, M. A. C.2002ZILLI, M. A. C.. No Caminho das Índias Estava o Brasil. Boletim IBCCRIM, v. 116, p. 4-5, 2002.

45.
ZILLI, M. A. C.2001ZILLI, M. A. C.. A Lógica Razoável. Boletim IBCCRIM, v. 105, p. 5, 2001.

46.
ZILLI, M. A. C.2001ZILLI, M. A. C.. A Árvore, a Razão e o Tempo. Boletim IBCCRIM, v. 105, p. 4-5, 2001.

47.
ZILLI, M. A. C.2000ZILLI, M. A. C.. Liberdade ! Abre as asas sobre nós. Boletim IBCCRIM, v. 91, p. 1, 2000.

48.
ZILLI, M. A. C.1998ZILLI, M. A. C.. Identificação Criminal : a excepcionalidade necessária. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 24, p. 245-255, 1998.

49.
ZILLI, M. A. C.1998ZILLI, M. A. C.. Individualização da Pena. Da liberdade, da discricionariedade do automocismo e de outras coisas .. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 22, p. 269-275, 1998.

50.
ZILLI, M. A. C.1998ZILLI, M. A. C.. Polícia e Direito:Identificação Criminal : Exepcionalidade Necessária. Revista Brasileira de Ciências Criminais, v. 1, p. 245-255, 1998.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Eficiência e garantismo no processo penal. Estudos em homenagem a Antonio Scarance Fernandes. 1. ed. São Paulo: LiberArts, 2017. v. 1.

2.
ZILLI, M. A. C.; FERNANDES. Antonio Scarance (Org.) . Terrorismo e justiça penal. Reflexões sobre a eficiência e o garantismo. 1. ed. Belo Horizonte: Editora Fórum, 2014. v. 1. 432p .

3.
ZILLI, M. A. C.; FERNANDES. Antonio Scarance (Org.) . Direito Processual Penal Internacional. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2012. v. 1.

4.
ZILLI, M. A. C.; AMBOS, K. ; MOURA, Maria Thereza R. A. ; GHIDALEVICH, F. G. M. . Anistia, Justiça e Impunidade: Reflexões sobre a Justiça de Transição no Brasil.. Belo Horizonte: Fórum, 2010.

5.
ZILLI, M. A. C.. Iniciativa Instrutória do Juiz no Processo Penal. São Paulo: RT. Revista dos Tribunais, 2003. 316p .

Capítulos de livros publicados
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. A prisão em flagrante e o acesso de dados em dispositivos móveis. Nem utopia, nem distopia. Apenas a racionalidade. In: Dennys Antonialli; Jacqueline de Souza Abreu. (Org.). Direitos Fundamentais e processo penal na era digital. Doutrina e prática em debate. 1ed.São Paulo: , 2018, v. 1, p. 1-1.

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Non ducor duco. Ainda sobre os poderes instrutórios do juiz no processo penal. IBCCRIM 25 anos. 1ed.Belo Horizonte: D'Placido, 2017, v. 1, p. 211-234.

3.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Ainda sobre as condições da ação penal. Eficiência e garantismo no processo penal. Estudos em homenagem a Antonio Scarance Fernandes. 1ed.São Paulo: LiberArts, 2017, v. 1, p. 231-253.

4.
ZILLI, M. A. C.. O juiz das garantias, a estrutura acusatória e as memórias do subsolo. Um olhar sobre o PL 8045/10. (Projeto do novo Código de Processo Penal). In: Anderson Lopes; Ricardo Sidi. (Org.). Temas atuais da investigação preliminar no process penal. 1ed.São Paulo: D´Plácito, 2017, v. 1, p. 562-562.

5.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho; MONTECONRADO, F. G. ; MOURA, Maria Thereza R. A. . Terrorismo e o direito brasileiro. Um problema de legalidade penal.. In: Kai; MALARINO, Ezequiel; STEINER, Christian.. (Org.). Terrorismo e derecho penal. 1ed.Bogotá: Konrad-Adenauer Stiftung, 2015, v. 1, p. 521-553.

6.
ZILLI, M. A. C.; FERNANDES. Antonio Scarance . O terrorismo como causa, o horror como conseqüência e a liberdade como vítima.. In: ZILLI, Marcos; FERNANDES, Antonio Scarance. (Org.). Terrorismo e justiça penal. Reflexões sobre a eficiência e o garantismo. 1ed.Belo Horizontes: Editora Fórum, 2014, v. 1, p. 21-31.

7.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho; MONTECONRADO, F. G. ; ASSIM MOURA, Maria Thereza Rocha . A participação das vítimas perante o Tribunal Penal Internacional. Uma análise à luz do caso Lubanga Dyilo. In: , KAI; MALARINO, Ezequiel; STEINER, Christian. (Org.). Análisis de la primera sentencia de la Corte Penal Internacional. El Caso Lubanga Dyilo. 1ed.: Konrad Adenauer Stiftung, 2014, v. , p. 107-152.

8.
ZILLI, M. A. C.. As provas ilícitas no processo penal brasileiro e no direito penal internacional. Duas cabeças. Duas sentenças. In: Nestor Eduardo Araruna Santiago. (Org.). Proibições probatórias no processo penal: Análise do direito brasileiro, do direito estrangeiro e do direito internacional. 1ed.São Paulo: Gazeta Jurídica, 2013, v. 8, p. 52-.

9.
ZILLI, M. A. C.; MOURA, Maria Thereza R. A. ; MONTECONRADO, F. G. . O brasil e a execução das decisões proferidas no contexto do sistema interamericano de direitos humanos. In: Gisela Elsner. (Org.). Sistema interamericano de protección de los derechos humanos y derecho penal internacional. 1ed.Bogotá: Fundación Konrad Adenauer, 2013, v. 3, p. 83-134.

10.
ZILLI, M. A. C.. Entre os fins e os meios. In: Nestor Eduardo Araruna Santiago. (Org.). Proibições probatórias no processo penal. Análise do direito brasileiro, do direito estrangeiro e do direito internacional. 1ed.Brasília: Gazeta Jurídica, 2013, v. 1, p. 9-21.

11.
ZILLI, M. A. C.. O poder instrutório do juiz no processo penal.. In: RASCOVSKI, Luiz. (Org.). Temas relevantes de Direito Penal e Processual Penal. 1ed.São Paulo: Saraiva, 2012, v. 1, p. 149-171.

12.
ZILLI, M. A. C.. Os caminhos da internacionalização do processo penal. In: ZILLI, Marcos Alexandre Coelho; FERNANDES, Antonio Scarance. (Org.). Direito Processual Penal Internacional. 1ed.São Paulo: Atlas, 2012, v. 1, p. 27-63.

13.
ZILLI, M. A. C.. Tribunal Penal Internacional. Jurisdição permanente para os crimes internacionais. In: ZILLI, Marcos Alexandre Coelho; FERNANDES, Antonio Scarance. (Org.). Direito Processual Penal Internacional. 1ed.Sao Paulo: Atlas, 2012, v. 1, p. 154-193.

14.
ZILLI, M. A. C.. Il Brasile e Il regolamento dei conti com Il passato. In: FORNASARI, Gabriele; FRONZA, Emanuela (coord.). (Org.). Percorsi giurisprudenziali in tema di gravi violazioni dei diritti umani.. Trento, Itália: Università degli Studi di Trento, 2011, v. , p. 79-116.

15.
ZILLI, M. A. C.; GHIDALEVICH, F. G. M. ; ASSIM MOURA, Maria Thereza Rocha . Ne bis in idem e coisa julgada fraudulenta. A posição da Corte Interamericana de Direitos Humanos. In: AMBOS, Kai; MALARINO, Ezequiel; ELSNER, Gisela. (Org.). Sistema interamericano de protección de los derechos humanos y derecho penal internacional.. 1ed.Berlin/Montivideo: Fundación Konrad Adenauer, 2011, v. II, p. 393-423.

16.
ZILLI, M. A. C.. Bem-Aventurados os Sedentos de Justiça.... In: In: Flávia Piovesan; Inês Virgínia Prado Soares (coord.). (Org.). Direito ao Desenvolvimento.. Belo Horizonte: Fórum, 2010, v. , p. 591-611.

17.
ZILLI, M. A. C.. A proteção penal internacional dos direitos humanos.. In: BERTOLDI, Márcia Rodrigues; OLIVEIRA, Kátia Cristina Santos de.. (Org.). Direitos fundamentais em construção. Estudos em homenagem ao Ministro Carlos Ayres Brito.. Belo Horizonte: Fórum, 2010, v. , p. -.

18.
ZILLI, M. A. C.; MOURA, Maria Thereza R. A. ; MONTECONRADO, F. ; AMBOS, K. ; MALARINO, E. ; ELSNER, G. . Provas Ilícitas e o Sistema Interamericano dos Direitos Humanos. Sistema Interamericano de Protección de los Derechos Humanos y Derecho Penal Internacional. 1ed.Montevideu: Konrad Adenauer Stiftung, 2010, v. 1, p. 313-339.

19.
ZILLI, M. A. C.. O último tango?. In: Inês Virgínia Prado Soares; Sandra Akemi Shimada Kishi. (Org.). Memória e verdade: a justiça de transição no Estado Democrático brasileiro. Belo Horizonte - MG: Fórum, 2009, v. , p. 93-117.

20.
ZILLI, M. A. C.. Relatório Brasil. In: Kai Ambos; Ezequiel Malarino; Disela Elsner. (Org.). Jurisprudência latinoamericana sobre derecho penal internacional. Montevidéo: Fundación Konrad Adenauer, 2008, v. , p. 95-129.

21.
ZILLI, M. A. C.. Relatório sobre a cooperação e assistência judicial do Brasil com o Tribunal Penal Internacional. In: Ambos, Kai ; Malarino, Ezequiel ; Elsner , Gisela ;. (Org.). Cooperación y assistencia judicial con la Corte Penal Internacional. : Konrad-Adenauer-Stiftung, 2007, v. , p. 107-148.

22.
ZILLI, M. A. C.. Medidas Cautelares Penais. In: Margareth Meitão. (Org.). A reforma do Processo penal Brasileiro. Brasília: , 2007, v. , p. 107-111.

23.
ZILLI, M. A. C.. Das medidas de segurança. In: Luiz Carlos Betanho. (Org.). Código penal e sua interpretação: doutrina e jurisprudência. São paulo: ed.Revista dos Tribunais, 2007, v. , p. 472-495.

24.
ZILLI, M. A. C.. Da extinção da punibilidade. In: Luiz Carlos Betanho. (Org.). Código penal e sua interpretação: doutrina e jurisprudência. 1ed.São Paulio: ed.Revista dos Tribunais, 2007, v. , p. 510-619.

25.
ZILLI, M. A. C.. Dos crimes contra a propriedade imaterial. In: o Luiz Carlos Betanho. (Org.). Código penal e sua interpretação: doutrina e jurisprudência. 1ed.São Paulo: ed.Revista dos Tribunais, 2007, v. , p. 929-944.

26.
ZILLI, M. A. C.. Relatório sobre os obstáculos jurídicos para implementação do Estatuto de Roma no Brasil. In: Kai Ambos; Ezequiel Malarino ; Jan Woishnik. (Org.). Dificultades jurídicas y Políticas para la Ratificación o Implementación del Estatuto de Roma de la Corte Penal Internacuinal. Montevideo: Konrad-Adenauer-Stiftung, 2006, v. , p. 139-169.

27.
ZILLI, M. A. C.. The Punishment of serious crimes in Brazil. The Punishment of Serious Crimes : A Comparative Analysis of Sentencing Law and Practice. Freiburg im Breisgau: Marx-Planck-Instituts, 2004, v. 2, p. 2-20.

28.
ZILLI, M. A. C.. Sentença . Habes corpus. Aplicação da Lei dos Juizes Federais ( Lei nº 10.259/01) na Justiça Estadual . Remessa de inquérito ao Juizado Especial Criminal . Concessão parcial da ordem. In: Celos Agusto Guimarães e Souza Jr ; Ruy Pereira Camilo ; Claudia de Lima Mange ; Carlos César costa Lacerda ; Jeferson Moreira de carvalho ; Luís Francisco Aguiar Cortez; Marcio Antonio Boscaro ; Roderigo Marzola Colombini. (Org.). Caderno Jurídico. São Paulo: Impresa Oficial, 2003, v. 5, p. 19-22.

29.
ZILLI, M. A. C.. Sentença. Habes corpus. Salvo-conduto contra constrangimento ilegal consiste em privção de liberdade por venda de mercadorias em via pública . Concessão. In: Antonio Cesar Peluso ; Hélio Quaglia Barbosa ; Claudia de Lima Menge ; Antonio Carlos Villen ; Jeferson Moreira de Carvalho ; Pedro Paulo Ferronato ; Rui Porto Dias. (Org.). Caderno Jurídico. São Paulo: Imprensa Oficial, 2001, v. 2, p. 9-14.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ZILLI, M. A. C.. Debate: 'A Lei Maria da Penha aplica-se também aos homens?'. Jornal do Advogado, São Paulo, p. 12 - 12, 01 out. 2013.

2.
ZILLI, M. A. C.. A liberdade como bem. A balança como virtude. Revista Jurídica Consulex, São Paulo, p. 42 - 44, 15 out. 2011.

3.
ZILLI, M. A. C.. Tolerar, verbo transitivo.. Observatório da Imprensa (São Paulo), São Paulo, p. A3 - A3, 13 ago. 2011.

4.
ZILLI, M. A. C.. Nova lei materializa projeto de liberdade.. Consultor Jurídico (São Paulo. Online), São Paulo, p. 1 - 2, 16 jul. 2011.

5.
ZILLI, M. A. C.. A lógica do razoável.. JBCC. Jornal Brasileiro de Ciências da Comunicação, Rio de Janeiro, p. 4, 11 abr. 2001.

6.
ZILLI, M. A. C.. A árvore, a razão e o tempo.. JBCC. Jornal Brasileiro de Ciências da Comunicação, Rio de Janeiro, p. 4, 28 mar. 2001.

Apresentações de Trabalho
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho; MONTECONRADO, F. G. ; ASSIM MOURA, Maria Thereza Rocha . Política Criminal de enfrentamento de drogas no Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ZILLI, M. A. C.. 'O Brasil e a execução das decisões proferidas no contexto do sistema interamericano de direitos humanos'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Entre guerras, eis que perdemos a revolução. Belo Horizonte: Revista Fórum de Ciências Criminais, 2017 (Editorial).

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Um mundo mergulhado no preto e branco. São Paulo, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

3.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Entre utopias e distopias, o primado da racionalidade. Belo Horizonte, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

4.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. As Comissões Parlamentares de Inquérito e a persecução penal: meios de comunicação. Limeira, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

5.
ZILLI, M. A. C.. 10 anos do Tribunal Penal Internacional. Brasília: Ministério da Justiça, 2013 (Dossiê de artigos organizados).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ZILLI, M. A. C.. Trocando Ideias. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ZILLI, M. A. C.. Uso de Mão de obra dos Reclusos no sistema Prisional em São Paulo. 2001. (Programa de rádio ou TV/Outra).

3.
ZILLI, M. A. C.. Privatização do Sistema Prisional. 2001. (Programa de rádio ou TV/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Insignificância penal; Os riscos da criminalização da pobreza no Painel 'Acesso à Justiça e Combate à Pobreza'. 2016. (Apresentação de Trabalho).

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Inadmissibilidade das provas ilícitas e reflexos na tecnologia da informação. 2016. (Aula).

3.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Curso 'A Justiça Penal Internacional na Era dos Direitos Humanos'. 2016. (Coordenador Acadêmico de curso).

4.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Seminário 'International Criminal Law in the Era of Human Rights. 2016. (Coordenador Acadêmico).

5.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. 'Sujeitos processuais. O juiz criminal. Suspeição e impedimento do juiz. O Ministério Público e seu papel no processo penal. O querelante. O assistente de acusação. O réu e seu defensor'. 2016. (Palestra).

6.
FERNANDES. Antonio Scarance ; Maurício Zanóide de Moraes ; José Raul Gavião de Almeida ; ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho . Aula no curso de Pós-graduação da Faculdade de Direito da USP. Disciplina: O sigilo, o garantismo e a efetividade no processo penal. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Aula: Inadmissibilidade das provas ilícitas. 2015. .

8.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Aula: Interceptação telemática. 2015. .

9.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. O juiz e a legalidade na produção da prova: entre a eficiência e o garantismo. 2015. .

10.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Tribunal Penal Internacional. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

11.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Palestra ?Direito Penal e Direito Processual Penal Internacional ? Crimes internacionais e transnacionais. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

12.
ZILLI, M. A. C.. As feridas abertas do genocídio de Ruanda vinte anos depois. 2014. (Debatedor).

13.
ZILLI, M. A. C.. Crimes contra a humanidade, anistia e a jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos. 2014. (Palestra).

14.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Apresentação de trabalho na mesa ?Genocídios no século XX?. 2014. (Apresentação de Trabalho).

15.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho; ASSIM MOURA, Maria Thereza Rocha ; MONTECONRADO, F. G. . Terrorismo e direito penal brasileiro. Um problema de legalidade penal. 2014. (Apresentação de Trabalho).

16.
ZILLI, M. A. C.; FERNANDES. Antonio Scarance ; José Raul Gavião de Almeida ; Maurício Zanóide de Moraes . Aulas ministradas no Curso de Pós-graduação FDUSP 'Cooperação penal internacional: Eficiência e garantismo'. 2014. (Aula).

17.
ZILLI, M. A. C.. Curso da Coordenadoria de Vareiros. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

18.
ZILLI, M. A. C.. Direito e Tecnologia da Informação. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

19.
ZILLI, M. A. C.; Meihy, José Carlos Sebe Bom . Verdade, memória e testemunho. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

20.
ZILLI, M. A. C.. 5° Curso de Pós-Graduação 'lato sensu' - Especialização em Direito Penal. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

21.
ZILLI, M. A. C.. 10 anos do Tribunal Penal Internacional. 2013. (Relatório).

22.
ZILLI, M. A. C.. Processo penal internacional: jurisdição internacional; cooperação jurídica internacional. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

23.
ZILLI, M. A. C.. Provas Ilícitas no Processo Penal. 2012. (Palestra).

24.
ZILLI, M. A. C.. A influência dos Tratados Internacionais de Direitos Humanos no Processo Penal Brasileiro. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

25.
ZILLI, M. A. C.. Sentença. 2011. (Debate).

26.
ZILLI, M. A. C.. A influência dos tratados internacionais de direitos humanos no processo penal brasileiro. 2011. (Aula).

27.
ZILLI, M. A. C.. Problemas actuales del Derecho Penal Internacional de los Derechos Humanos.. 2011. (Palestra).

28.
ZILLI, M. A. C.. A dimensão social do conflito penal: algumas reflexões. 2011. (Debate).

29.
ZILLI, M. A. C.. O juiz de garantias. 2011. (Palestra).

30.
ZILLI, M. A. C.. Cuestiones actuales del derecho penal latino-americano, ibérico e internacional.. 2011. (Seminário).

31.
ZILLI, M. A. C.. Sentença. 2011. (Debatedor).

32.
ZILLI, M. A. C.. Poderes instrutórios do juiz e a reforma do CPP. 2010.. 2010. (Palestra).

33.
ZILLI, M. A. C.; MOURA, Maria Thereza R. A. ; MONTECONRADO, F. . Ne bis in idem e coisa Julgada Fraudulenta na Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos. 2010. (Apresentação de Trabalho).

34.
ZILLI, M. A. C.. Poderes Instrutórios do Juiz e a reforma do CPP. 2010. (Palestra).

35.
ZILLI, M. A. C.. Poderes Instrutórios do Juiz e a reforma do CPP. 2010. (Palestra).

36.
ZILLI, M. A. C.. Tribunal Penal Internacional. 2009. (Aula).

37.
ZILLI, M. A. C.. Prohibiciones probatorias en el Derecho Penal Internacional. 2009. (Palestra).

38.
ZILLI, M. A. C.. Mesa- Uma reflexão sobre o caso brasileiro a partir da noção de Justiça de Transição. 2009. (Debatedor).

39.
ZILLI, M. A. C.. A vítima no processo penal. 2009. (Palestra).

40.
ZILLI, M. A. C.. O papel da vítima no processo penal contemporâneo.. 2009. (Palestra).

41.
ZILLI, M. A. C.; MOURA, Maria Thereza R. A. ; MONTECONRADO, F. . Provas Ilícitas e o Sistema Interamericano dos Direito Humanos. 2009. (Apresentação de Trabalho).

42.
ZILLI, M. A. C.. Reforma do Código de Processo Penal. 2008. (Palestra).

43.
ZILLI, M. A. C.. As formas de citação, a resposta defensiva e o(s) recebimento(s) da denúncia / queixa-crime. 2008. (Palestra).

44.
ZILLI, M. A. C.. A justiça de transição no Brasil. 2008. (Relatório).

45.
ZILLI, M. A. C.. Contraditório e ampla defesa: devido processo legal. 2008. (Aula).

46.
ZILLI, M. A. C.. Tribunal Penal Internacional. 2008. (Aula).

47.
ZILLI, M. A. C.. Provas ilícitas. 2008. (Palestra).

48.
ZILLI, M. A. C.. Procedimentos penais . Prisão preventiva.. 2007. (Aula).

49.
ZILLI, M. A. C.. Tribunal Penal Internacional. 2006. (Palestra).

50.
ZILLI, M. A. C.. Procedimento Judicial de interpretação Telefônica. 2006. (Palestra).

51.
ZILLI, M. A. C.. Direito Penal do Inimigo e luta contra o terrorismo. 2006. (Secretário de mesa para Palestra).

52.
ZILLI, M. A. C.. Provas Ilícitas. 2006. (Palestra).

53.
ZILLI, M. A. C.. A Busca da Prova Criminal e sua Legitimidade. 2005. (Palestra).

54.
ZILLI, M. A. C.. O Processo Penal Brasileiro. 2005. (Palestra).

55.
ZILLI, M. A. C.. Intercepção Telefônica. 2004. (Conferencia).

56.
ZILLI, M. A. C.. Direito Penal e Processo Penal. 2003. (Aula).

57.
ZILLI, M. A. C.. Controle do Inquérito Policial. 2003. (Palestra).

58.
ZILLI, M. A. C.. Lavagem de Dinheiro e Corrupção Pública. 2003. (Palestra).

59.
ZILLI, M. A. C.. Expectativas dos órgãos do sistema criminal sobre um sistema nacional de segurança pública. 2001. (Palestra).

60.
ZILLI, M. A. C.. Aspectos e a Realidade Prisional Brasileira sobre o tema realidade Carcerária Brasileira. 2001. (Debate).

61.
ZILLI, M. A. C.. Justiça de Transição. 2001. (Palestra).

62.
ZILLI, M. A. C.; Charles D. Cole . O acusado e o devido processo legal nos sistemas Norte-Americano e Brasileiro. 2000. (Presidente de mesa da palestra).

63.
ZILLI, M. A. C.. Desafios e perspectivas Sobre Interrupção da gravidez em Anomalias Fetais graves e Redução Embrionária em Gestção Maultipla. 1998. (Palestra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Thiago Alessandro Fattori. O fato provado e sentença condenatória: critérios para sua determinação. 2017. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade de São Paulo.

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Isac Barcelos Pereira de Suza. 'Equipes conjuntas de investigação na cooperação jurídica internacional em matéria penal: requisitos de formação à luz da eficiência e garantismo. 2017. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade de São Paulo.

3.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Adriana Almeida de Oliveira. A inadmissibilidade da prova ilícita: menos formalismo e mais efetividade. 2016. Dissertação (Mestrado em Direito Processual) - Universidade de São Paulo.

4.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de José Gasques de Almeida Silvares. Vigilância eletrônica nas investigações de infrações penais relacionadas a organizações criminosas. 2016. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade de São Paulo.

5.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Elisa Leonesi Maluf. Terrorismo e prisão cautelar. Eficiência e garantismo. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

6.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de João Finkler Filho. O instituto da entrega no direito brasileiro. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

7.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Fábio Gusman. A prisão preventiva de ofício: análise crítica à luz do sistema constitucional acusatório. 2015. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade de São Paulo.

8.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Anália Belisa Ribeiro Pinto. Enfrentamento ao tráfico de pessoas no Brasil: desafios e perspectivas. 2015. Dissertação (Mestrado em Diversitas) - Universidade de São Paulo.

9.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Ricardo Sidi Machado da Silva. A interceptação das comunicações telemáticas no processo penal. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

10.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Vitor Bastos Maia. A autoria mediata na jurisprudência do Tribunal Penal Internacional. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

11.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Jorge Coutinho Paschoal. O prejuízo na teoria das nulidades processuais penais e sua análise jurisprudencial nos Tribunais superiores. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

12.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Roger de Melo Rodrigues. A vítima e o processo penal brasileiro: novas perspectivas. 2013 - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

13.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Luis Fernando de Moraes Manzano. Admissibilidade e Assunção da Prova Científica e Técnica no Processo Brasileiro. 2010. Dissertação (Mestrado em Direito Processual) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

14.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Luis Fernando de Moraes Manzano. Admissibilidade e Assunção da Prova Científica e Técnica no Processo Brasileiro. 2009. Dissertação (Mestrado em Direito Processual) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Andrey Borges de Mendonça. .. 2018. Tese (Doutorado em Direito) - Universidade de São Paulo.

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Rafael Fecury Nogueira. Duplo grau de jurisdição e processo penal de competência originária de tribunais. 2016. Tese (Doutorado em Direito Penal) - Universidade de São Paulo.

3.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Gregório Eduardo Raphael Slingardi Guardia. Meios de busca de provas e inovações tecnológicas obtenção e tratamento de dados digitais no processo penal. 2016. Tese (Doutorado em Direito Processual) - Universidade de São Paulo.

4.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Silvio César Arouck Gemaque. A Necessária Influência do Processo Penal Internacional no Processo Penal Brasileiro. 2010. Tese (Doutorado em Direito Processual) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de João Daniel Rassi. Neurociências e processo penal: um estudo através da teoria da argumentação e da decisão jurídica. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Direito) - Universidade de São Paulo.

2.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Fabio Ramazzini Bechara. Cooperação jurídica internacional em matéria penal: eficácia na prova produzida no exterior.. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Direito) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Mestrado
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Paula Thieme Kagueiama. .. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Angelo Antonio Sindona Bellizia. .. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

3.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Maria Domitila Manssur Domingos. .. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

4.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Carlos Eduardo de Moraes Domingos. Fixação de valor indenizatório pelos danos decorrentes da infração penal na sentença penal condenatória. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

5.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Victor Valarini. Processo penal de adversários: influências sobre a produção da prova oral no processo penal brasileiro. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

6.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Helio Peixoto Junior. Juízo de admissibilidade da acusação. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

7.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Valdir Godoi Buqui Netto. Criminalização da homossexualidade no Oriente Médio. Estudos de casos: Líbano e Egito. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

8.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Claudio José de Oliveira Gonçalves. Acesso à justiça mediante os crimes de racismo e preconceito: uma perspectiva étnico racial. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Humanides, Direitos e Outras Legitimidades) - Universidade de São Paulo.

9.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Olavo Evangelista Pezzoti. Raízes da colaboração premiada em uma perspectiva comparada. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

10.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Gabriela Estefania Paredes Arcentales. Aplicação princípio ne bis in idem ao direito processual penal brasileiro: um estudo além da coisa julgada. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Direito Processual) - Universidade de São Paulo.

11.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Daniel Paulo Fontana Bragagnollo. Do direito ao confronto com as delações do corréu. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

12.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Anderson Rodrigo Silvano. O conteúdo do princípio Nemo tenetur se detegere na Corte Interamericana de Direitos Humanos e no Tribunal Europeu de Direitos Humanos. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

13.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Marcelo Vinicius Vieira. Direito à admissão probatória: limites e condições para seu pleno exercício. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

14.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Isac Barcelos Pereira de Souza. Equipes conjuntas de investigação: eficiência e garantismo na cooperação jurídica internacional em matéria penal. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade de São Paulo.

15.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Mariana Ferreira Lang. .... 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Diversitas) - Programa em Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades FFLCH (Diversitas).

16.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Ricardo José Gasques de Almeida Silvares. Vigilância eletrônica nas investigações de infrações penais relacionadas a organizações criminosas. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Direito Penal) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

17.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Brenno Gimenes Cesca. A prova emprestada no processo penal. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

18.
ZILLI, M. A. C.; FERNANDES. Antonio Scarance; GIMENES, Marta Cristina Cury Saad. Participação em banca de Alessandra Dias Garcia. O juiz das garantias no processo penal. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

19.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Andrey Borges de Mendonça. .... 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

20.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Elisa Leonesi Maluf. .... 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

21.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de João Finkler Filho. .... 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

22.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Pedro Machado de Almeida Castro. .... 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

23.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Alessandra Dias Garcia. .... 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

24.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Vitor Bastos Maia. A imputação no Direito Internacional: análise da jurisprudência do Tribunal Penal Internacional à luz do garantismo penal. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

25.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Alessandra Dias Garcia. O juiz de garantias no processo penal. 2012 - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

26.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Ricardo Sidi Machado da Silva. A interceptação das comunicações telemáticas no Processo Penal. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

27.
FERNANDES. Antonio Scarance; ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Luiz Rascovski. A entrega vigiada como meio excepcional de investigação. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

28.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Roger de Melo Rodrigues. A vítima e o processo penal brasileiro: novas perspectivas político-criminais. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

29.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Flávia Cristina Trevizan. Conhecimentos fortuitos: análise da prova oriunda de investigação por crime diverso. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

30.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Luís Fernando de Moraes Manzano. Prova pericial: admissibilidade e assunção da prova técnica e científica no processo. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Ana Julia Aguilera Gomes.Justiça restaurativa e crimes de violência doméstica: à procura de um caminho alternativo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Carolina Rodrigues Rentes.Teoria dos frutos da árvore envenenada: desenvolvimento, exceções e a problemática da importação para o ordenamento jurídico. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

3.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Leila Andrade Curto.A prisão preventiva de estrangeiro sem vínculos com o território nacional. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

4.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Participação em banca de Yasmin Thamires Ferreira Paschoal.O povo contra Diké. A mídia e a presunção de inocência no Tribunal do Júri. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

5.
MACHADO, Maíra Rocha; ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Pedro Mendonça.Processando Walter, Jesse e Skyler: um estudo sobre as organizações criminosas e o TPI. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Escola de Direito de São Paulo - FGV/SP.

6.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Aline Toyama Shiraki.A legitimidade do agente infiltrado como meio de investigação do crime organizado. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

7.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de João Finkler Filho.Tratamento e aplicação da teoria da prova ilícita por derivação e suas exceções no contexto das reformas do código de processo penal de 2008. 2011 - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

8.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Marcelo Vinicius Vieira.Sistema "Adversary" e o ordenamento processual penal brasileiro. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

9.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Silas Moreira Rodrigues.Investigação criminal pelo Ministério Público: uma análise da jurisprudência. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

10.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Vanessa Zuzarte de Abreu.A garantia da duração razoável da prisão cautelar. 2011 - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

11.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Luis Felipe Tonim dos Santos.A impossibilidade de poderes introdutórios do juiz na fase pré-processual: análise do artigo 156, I, do Código de Processo Penal. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

12.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Rodrigo Urias dos Santos.O recebimento da denúncia e da queixa na nova sistemática processual final. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP).

13.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Isabella Resende Von Borowski.O interrogatório por videoconferência no processo penal brasileiro. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

14.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de André Hiroshi Monte Yamamoto.A flexibilização de garantias na persecução ao crime organizado. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

15.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Alessandra Dias Garcia.A soberania dos veredictos do Tribunal do Júri e a vedação da reformatio in pejus indireta. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

16.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Paula Nunes Mamede Rosa.Medidas cautelares alternativas à prisão processual. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

17.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Thiago Mesquita Nunes.Proporcionalidade e ilicitude probatória: contornos da aplicação do postulado da proporcionalidade como critério de admissão das fontes de prova obtidas por meios ilícitos. 2009.

18.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de André Marques Francisco.A tutela das garantias constitucionais da empresa no processo penal: uma análise do cabimento do habeas corpus em favor da pessoa jurídica. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

19.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Gregório Edoardo Raphael Selingardi Guardia.Prisão preventiva: a garantia da ordem pública e os direitos fundamentais. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

20.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Diego Rafael do Amaral Montanheiro.A admissibilidade das provas ilícitas no processo penal à luz do princípio da proporcionalidade. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

21.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Aline Novais.Pornografia infantil na internet. Estudo para a eficiência da proteção à criança e ao adolescente. Aspectos da persecução penal. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

22.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Reinaldo de Andrade Rodrigues.A prisão como regra para apelar e o duplo grau de jurisdição: leitura dos artigos 594 e 595 do CPP. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

23.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Thais Ricci Conesa.A responsabilidade do sócio-gerente nos crimes societários: análise da jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça e do Supremo Tribunal Federal. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

24.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Marcela Arilla Bocchi.Provas ilícitas nas gravações clandestinas. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

25.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de José Antonio Monteiro.O princípio do juiz natural e as varas criminais especializadas em crimes contra o sistema financeiro e a lavagem de valores. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

26.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Pollyana da Santana Soares.A influência da mídia na instituição do júri no Brasil. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

27.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Vânia Dora Madona Vaz.O monitoramento eletrônico e sua utilização na prisão cautelar. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

28.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Arianne Franco de Oliveira.A prerrogativa de foro em razão da função e a impunidade: aspectos processuais do julgamento da ação penal de competência originária pelo Supremo Tribunal Federal. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

29.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Helio Cezar Lara.A videoconferência e o interrogatório on-line. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

30.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Fernando Gardinali Caetano Dias.Ações de impugnação em favor de pessoa jurídica no âmbito da Lei 9.605/98. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

31.
ZILLI, M. A. C.. Participação em banca de Mirella Marie Kudo.Medidas cautelares no processo penal brasileiro: possíveis alternativas à prisão cautelar. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

32.
ZILLI, M. A. C.; Antonio Magalhães Gomes Filho. Participação em banca de Amanda Palmieri Fração.Poderes investigatórios do ministério Público : da possibilidade de o piquet promover investigações criminais. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

33.
ZILLI, M. A. C.; Antonio Magalhães Gomes Filho. Participação em banca de Camila Frachitto Cecarelli.Regime disciplinar diferenciado : análise crítica quanto á constitucionalidade do artigo 52 da lei 7.210/84. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

34.
ZILLI, M. A. C.; José Raul Gavião de Almeida. Participação em banca de Cyntia Quaglio Gregório.Poderes Investigatórios do Ministério Público no âmbito criminal . Tentativa de regulamentação da investigação preliminar a cargo do Ministério Público. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

35.
ZILLI, M. A. C.; José Raul Gavião de Almeida. Participação em banca de Flávio Henrique Crema Perioto.A incominicabilidade do indiciado na legislação bradileira : discissões históricas e a controvérsia atual em torno da vigência do art. 21 do CPP em face da canstituição federal de 1988. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

36.
ZILLI, M. A. C.; José Raul Gavião de Almeida. Participação em banca de Luis gustavo castoldi.Provas ilícitas e o princípio da proporcionalidade no processo penal. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

37.
ZILLI, M. A. C.; Maurício Zanóide de Moraes. Participação em banca de Mariana Rodrigues Lopes.O sigilo e a produção de provas no processo peanal. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.

38.
ZILLI, M. A. C.; José Raul Gavião de Almeida. Participação em banca de Rodrigo Fabiano Puzzi.Direito de defesa no inquérito policial interpretado à luz das garantias constitucionais. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Jurado na IV Edicion del Certamen de Ensayos Blattmann, Odio Benito y Steiner sobre Justicia Penal Internacional. 2015. Instituto Iberoamericano de Haia.

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Seleção dos alunos de graduação para composição da equipe da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo no Nuremberg Moot Court 2016. 2015. Universidade de São Paulo.

3.
ZILLI, M. A. C.. 1º Concurso Hugo Grotius de Monografias sobre Direitos Humanos.. 2010. Instituto de Estudos Direito e Cidadania.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Analysis of the International Law Committee´s Draft Articles on Crimes against humanity. (Profa. Leila Sadat ? Washington University School of Law). 2018. (Outra).

2.
Incitement to Genocide: a case in a national Court. (Prof. Ward Ferdinandusse ?University of Groningen, Hester van Bruggen). 2018. (Seminário).

3.
Rape in armed conflict: patterns and typologies. (Prof. Elisabeth Jean Wood ? Yale University) ?. 2018. (Seminário).

4.
Seminário ICC investigation into 2008 Georgia-Russia Conflict. 2018. (Seminário).

5.
War and Justice Conference. 2018. (Congresso).

6.
Direito Penal Internacional; origem, desenvolvimento e desafios, pr. Fundamentos da responsabilidade penal internacional. 2017. (Congresso).

7.
Princípio da insignificância. Princípio da insignificância. 2017. (Congresso).

8.
Seminário Tendencias actuales en la teoría del delito. 2017. (Seminário).

9.
Curso "A Justiça Penal Internacional na Era dos Direitos Humanos".O Direito Penal Internacional e a Revolução do Direito. 2016. (Outra).

10.
El alcance de la persecución de los crímenes internacionales por las jurisdicciones nacionales: el caso brasileño. III SEMINARIO IBEROAMERICANO SOBRE LA JUSTICIA INTERNACIONAL. 2016. (Congresso).

11.
International Criminal Law in the Era of Human Rights. 2016. (Seminário).

12.
Liberdade de reunião e seus limites constitucionais no contexto da Democracia Militante.A liberdade de reunião. Dilemas que cercam a criminalização. 2016. (Outra).

13.
Programa Residência Judicial ESMARN ? Escola da Magistratura do Rio Grande do Norte. A prisão processual e as medidas cautelares. 2016. (Congresso).

14.
Sessão em homenagem à Dra. Sylvia Steiner - OAB/SP.O Tribunal Penal Internacional na Era dos Direitos Humanos. Justiça para as vítimas. 2016. (Outra).

15.
Temas Atuais de Direito Penal.A nova Lei de Organização Criminosa (Lei 12.850/13) e a delação premiada. 2016. (Encontro).

16.
1° Curso de Pós Graduação, lato sensu, Especialização em Direito Penal em São José dos Campos. Tribunal Penal Internacional. 2015. (Congresso).

17.
A formação da Justiça Penal Internacional.A Justiça Penal Internacional. 2015. (Seminário).

18.
A Justiça Penal Internacional e as leituras míticas da Justiça.Simpósio Internacional Segunda Guerra Mundial - 70 anos. 2015. (Simpósio).

19.
Centenário do Genocídio Armênio 1915-2015.A tipificação penal do crime de genocídio. 2015. (Seminário).

20.
Direito Penal Internacional.Direito Penal. 2015. (Encontro).

21.
Estudos e Reflexões acerca do Direito Internacional e seu papel nas Ciências Jurídicas e Sociais.Direito Internacional Penal. 2015. (Encontro).

22.
Seminário Genocídio Armênio "Cem Anos".A construção do tipo penal do genocídio. 2015. (Seminário).

23.
Simpósio Internacional ?Imperialismo e Guerra 1914-2014 ? 100 anos da Primeira Guerra Mundial?.Apresentação de trabalho na mesa ?Genocídios no século XX?. 2014. (Simpósio).

24.
XI Reunião do Grupo Latinoamericano de Estudos de Direito Penal Internacional.Terrorismo e direito penal brasileiro. Um problema de legalidade penal. 2014. (Encontro).

25.
Curso Polícia e Justiça - Formação de formadores.Interceptação telefônica, requisitos legais. A visão do Poder Judiciário. 2013. (Oficina).

26.
Direito Penal Internacional e Justiça de Transição.A dimensão punitiva da Justiça de Transição: um café para Beccaria e outro para Vabres. 2013. (Seminário).

27.
I Edição da Competição de Simulação Judicial perante o Tribunal Penal.Juiz na I edição da competição de simulação judicial perante o Tribunal Penal. 2013. (Outra).

28.
III Workshop Grotius Cooperação nas Fronteiras, realizado pela Secretaria Nacional de Justiça por intermédio do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional. 2013. (Encontro).

29.
Mesa Redonda Justiça de Transição.Debatedor da Mesa Redonda Justiça de Transição (participação do professor Anthony Pereira). 2013. (Outra).

30.
Primeiro Seminário do Grupo de Pesquisa: Conflitos Armados, Massacres e genocídio na era contemporânea."O porquê da guerra". 2013. (Seminário).

31.
Seminário Internacional Conhecimentos Compartilhados: Tradição e Modernidade.Apresentação do conferencista Don Cohen. 2013. (Seminário).

32.
Seminário Internacional Impacto das Decisões da Corte Interamericana de Direitos Humanos promovido pela Corte Interamericana de Direitos Humanos e o STF, no contexto do 49º período extraordinário de sessões da Corte Interamericana de Direitos Humanos,. 2013. (Seminário).

33.
X Reunião do Grupo Latinoamericano de Estudos sobre Direito Penal Internacional.Participação processual das vítimas perante o Tribunal Penal Internacional. Uma análise à luz do caso Lubanga Dyilo.. 2013. (Encontro).

34.
Direito Penal do Inimigo.Debatedor do tema Direito Penal do Inimigo. 2012. (Encontro).

35.
Encontro do Grupo de Estudos de Direito Penal Internacional. 2012. (Encontro).

36.
Fórum de Profissões do Colégio São Francisco Xavier.Apresentação das Atividades de competência de um Magistrado no âmbito do direito brasileiro. 2012. (Encontro).

37.
IX Reunião do Grupo Latino-americano de Estudos de Direito Penal Internacional.O Brasil e a execução das decisões proferidas no contexto do sistema interamericano de direitos humanos. 2012. (Encontro).

38.
Seminário "A polícia judiciária e o devido processo legal".A busca da prova criminal e sua legitimidade: aspectos atuais e relevantes. 2012. (Seminário).

39.
V Foro de derecho penal.Derecho internacional y derecho interno: Nuevas exigencias dogmáticas y político-criminales. 2012. (Encontro).

40.
Comissão da verdade e justiça de transição: perspectivas brasileiras.Palestra no seminário Internacional. 2011. (Seminário).

41.
Cuestiones actuales del derecho penal latino-americano, ibérico e internacional..Justiça de Transição no Brasil. 2011. (Seminário).

42.
I Ciclo IBCCRIM/FAAP de Palestras sobre a Reforma do Código de Processo Penal.O juiz de garantias. 2011. (Encontro).

43.
Medidas Cautelares: As inovações da lei 12.403/2011.Controle Judicial da prisão em flagrante. 2011. (Seminário).

44.
Mesa de Estudos e Debates do IBCCRIM.A dimensão social do conflito penal: algumas reflexões. 2011. (Encontro).

45.
Problemas actuales del Derecho Penal Internacional de los Derchos Humanos.Problemas actuales del Derecho Penal Internacional de los Derechos Humanos. 2011. (Simpósio).

46.
A justiça de transição no Brasil: obstáculos e perspectivas no Seminário.O direito penal internacional e a justiça de transição. 2010. (Outra).

47.
Dialogue Programe of African-Latin American and European Judicial Experts.The Challenges of Complementarity and Cooperation for the International Criminal Court. 2010. (Outra).

48.
IX Reunião do grupo Latinoamericano de Estudos de Dirieto Penal Internacional. Ne bis in idem e coisa Julgada Fraudulenta na Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos. 2010. (Congresso).

49.
O Direito Penal Internacional e a Justiça de Transição.Coordenador do Seminário. 2010. (Seminário).

50.
Strengthening the Rule of Law and National Justice in Order to Ensure Complementarity and Cooperation in the context of the Rome Statute.Strengthening the Rule of Law and National Justice in Order to Ensure Complementarity and Cooperation in the context of the Rome Statute. 2010. (Outra).

51.
VIII Jornadas Brasileiras de Direito Processual Civil e Penal..Conferência. 2010. (Outra).

52.
15º Seminário Internacional do IBCCrim.Membro da comissão Julgadora do Concurso de Monografias do IBCCrim. 2009. (Seminário).

53.
Mesa de Estudos e Debates do IBCCRIM.O voto do Preso Provisório em São Paulo. 2009. (Encontro).

54.
Seminário As Possibilidades de Justiça no Processo de acervo de contas do Estado Brasileiro com as Vítimas do Regime Militar.Uma reflexão sobre o caso brasileiro a partir da noção de Justiça de Transição. 2009. (Seminário).

55.
Seminario de Derecho Penal Internacional.Prohibiciones probatorias en el Derecho Penal Internacional. 2009. (Seminário).

56.
VII Reunião do Grupo latino-americano de Estudos de Direito Penal Internacional.Provas ilicitas e a corte interamericana de Direitos humanos. 2009. (Outra).

57.
O instituto Brasileiro de Ciências Criminais no Fórum IBBCRIM. 2008. (Outra).

58.
Reformas do Código de Processo Penal. Ciclo de Palestras e Debates sobre as Leis 11.689/08 e 11.719/08.formas de citação, a resposta defensiva e o(s) recebimento(s) da denúncia / queixa-crime. 2008. (Seminário).

59.
VI Reunião do Grupo Latinoamericano de Estudos de Direito Penal Internacional."A Justiça de Transição no Brasil".. 2008. (Encontro).

60.
VI Reunião do Grupo latino-americano de Estudos de Direito Penal Internacional.A justiça de transição no Brasil.. 2008. (Outra).

61.
Internacional Conference Buildling, a Future on Peace and Justice - República Federal da Alemanha, República da Finlândia, Reino da Jordânia, Criss Mangament Initiative (CMI) e Internacional Center for Transitional Justice ( ICTJ). 2007. (Outra).

62.
V Reunião do Grupo Latinoamericano de Estudos de Direito Penal Internacional."Jurisprudência Latinoamericana sobre direito penal internacional. Informe do Brasil".. 2007. (Encontro).

63.
12º Seminário Internacional de Ciências Criminais - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - IBCCrim. 2006. (Seminário).

64.
IV Reunião do Grupo Latinoamericano de Estudos de Direito Penal Internacional."Cooperação e assistência judicial com a Corte Penal Internacional. Informe do Brasil".. 2006. (Encontro).

65.
10º Seminário Internacional de Ciências Criminais - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - IBCCrim. 2004. (Seminário).

66.
La implementacion del Estatuto de Roma en el Derecho interno y atras cuestiones fundamentales de Derecho Penal Internacional - Fundação Konrad Adenauer. 2004. (Seminário).

67.
9º Seminário Internacional de Ciências Criminais - Instituto Brasileiro de Ciências Crminais - IBCCrim. 2003. (Seminário).

68.
VII Seminário Internacional de Ciências Criminais - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - IBCCrim. 2001. (Seminário).

69.
15 anos de Ação Civil Pública - Polêmicas e Controvérsias . Evolução Legislativa e Tendências Jurisprudenciais. 2000. (Outra).

70.
VI Seminário Internacional de Ciêncis Criminais - Instituto brasileiro de Ciências Criminais - IBCCrim. 2000. (Seminário).

71.
International visitor Program of the United States Information Agency. 1996. (Outra).

72.
Legal Terminology - Tradução e Linguagem Forense - Associação Alumni. 1996. (Outra).

73.
Program of Orientation and Acclimation to the United States Legal Culture. Samford university. 1996. (Outra).

74.
Seminário sobre Licitações - Centro de Estudos sobre licitações e Contratos. 1990. (Seminário).

75.
I Encontro Internacional Brasil e Estados unidos da América do Norte - APAMAGIS. 1988. (Encontro).

76.
Temas Atuais de Direito e Processo penal - Instituto Brasileiro de Direito Processual, Departamento de Direito Processual e Departamento de Direito penla da faculdade de Direito Largo São Farncisco. 1988. (Seminário).

77.
Congresso Internacional Universitário de Direito Penal e Ciências Criminais Afins Centro Acadêmico XI de Agosto. 1987. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Coordenador da atividade do júri simulado baseado no livro "O primo Basílio" de Eça de Queirós. 2017. (Outro).

2.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Coordenador da equipe de alunos da FDUSP que participaram do Nuremberg Moot Court. 2017. (Outro).

3.
ZIILLI, Marcos Alexandre Coelho. Seminário. 2015. (Congresso).

4.
ZILLI, M. A. C.. Direito Penal Internacional e Justiça de Transição. 2013. (Congresso).

5.
ZILLI, M. A. C.; SOARES, I. V. P. ; KISHI, S. A. ; MEZAROBBA, G. . O Direito Penal Internacional e a Justiça de Transição. 2010. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Isac Barcelos. .... Início: 2014. Dissertação (Mestrado profissional em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). (Orientador).

2.
Anália Ribeiro. .... Início: 2014. Dissertação (Mestrado profissional em Pós Graduação) - Programa em Humanidades, Direitos e Outras Legitimidades FFLCH (Diversitas). (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Elisa Leonesi Maluf. Terrorismo e prisão cautelar. Eficiência e garantismo. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), . Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

2.
Anália Belisa Ribeiro Pinto. Enfrentamento ao tráfico de pessoas no Brasil: desafios e perspectivas. 2015. Dissertação (Mestrado em Diversitas) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

3.
João Finkler Filho. O instituto da entrega no direito brasileiro. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), . Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

4.
Ricardo Sidi Machado da Silva. A interceptação das comunicações telemáticas no processo penal. 2014. Dissertação (Mestrado em Direito Processual) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

5.
Alessandra Dias Garcia. Juiz de garantias no processo penal. 2013. Dissertação (Mestrado em Direito Processual) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Carolina Rodrigues Rentes. Teoria dos frutos da árvore envenenada: desenvolvimento, exceções e a problemática da importação para o ordenamento jurídico. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

2.
Ana Julia Aguilera Gomes. Justiça restaurativa e crimes de violência doméstica: à procura de um caminho alternativo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

3.
Leila Andrade Curto. A prisão preventiva de estrangeiro sem vínculos com o território nacional. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

4.
Yasmin Thamires Ferreira Paschoal. O povo contra Diké. A mídia e a presunção de inocência no Tribunal do Júri. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

5.
Natália Nero Burdman. Justiça Penal Concensual: os limites do acordo no Processo Penal. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

6.
Raphael Abs Musa de Lemos. Aproveitamento da prova obtida pela comissão parlamentar de inquérito no processo penal. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

7.
Gabriela Estefania Paredes Arcentales. Exceções à inadmissibilidade da prova ilícita no processo penal brasileiro.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

8.
Aline Toyama Shiraki. A legitimidade do agente infiltrado como meio de investigação do crime organizado: entre a eficiência e o garantismo. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

9.
Marcelo Vinicius Vieira. Sistema adversarial e suas influências na fase instrutória do processo penal brasileiro. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

10.
Vanessa Zuzarte de Abreu. A garantia da duração razoável da prisão preventiva: Análise da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

11.
Aline Toyama Shiraki. A legitimidade do agente infiltrado como meio de investigação do crime organizado - Entre a eficiência e o garantismo.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

12.
João Finkler Filho. Tratamento e aplicação da teoria da prova ilícita por derivação e suas exceções no contexto das reformas do código de processo penal de 2008. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

13.
Silas Moreira Rodrigues. Legitimidade da investigação criminal no processo penal brasileiro - uma leitura do posicionamento jurisprudencial na atualidade. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

14.
Isabella Resende Von Borowski. O interrogatório por videoconferência no processo penal brasileiro. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

15.
André Hiroshi Monte Yamamoto. A flexibilização de garantias na persecução ao crime organizado. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

16.
Alessandra Dias Garcia. A soberania dos veredictos do Tribunal do Júri e a vedação da reformatio in pejus indireta. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

17.
Paula Nunes Mamede Rosa. Medidas cautelares alternativas à prisão processual. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

18.
Thiago Mesquita Nunes. Proporcionalidade e ilicitude probatória: contornos da aplicação do postulado da proporcionalidade como critério de admissão das fontes de prova obtidas por meios ilícitos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

19.
Aline Novais. Pornografia infantil na internet. Estudo para a eficiência da proteção à criança e ao adolescente. Aspectos da persecução penal. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

Iniciação científica
1.
Raphael Abs Musa de Lemos. Aproveitamento da prova obtida pela comissão parlamentar de inquérito no Processo Penal. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Direito) - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

Orientações de outra natureza
1.
Equipe de alunos FDUSP. Professor Orientador da equipe do Nuremberg Moot Court. 2016. Orientação de outra natureza. (Direito) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.

2.
Equipe de alunos FDUSP. Professor Orientador da equipe do Nuremberg Moot Court. 2015. Orientação de outra natureza - Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP). Orientador: Marcos Alexandre Coelho Zilli.



Outras informações relevantes


2014 - Membro do "International Law Association (ILA) - Ramo Brasileiro"
2007 / 2012 - Integrante do grupo Latino-Americano de Estudos sobre Direito Penal Internacional coordenado pelo Profº Kai Ambos e Ezequiel Malarino com a cooperação do Programa Estado de Direito para América do Sul da Fundação Konrad-Adenauer
2007/2010 - Coordenador-Chefe do Departamento de Relações Internacionais do IBCCRIM 
2005 - Integrante do Grupo de Estudos do IBCCRIM formado por especialistas da América Latina do Projeto da Konrad Adenauer, que se reunirão nos dias 5,6,7 e 8 de abril , na cidade do México , para discutirem os obstáculos jurídicos e políticos existentes para a efetiva implementação do Estatuto de Roma . 
2004 - Membro do grupo de estudos do IBCCRIM que atuou no projeto promovido pelo Center for Applied Research on International and European Criminal Justice, expondo em uma coluna de uma web-page, inovações relativas ao processo de implementação do Estatuto de Roma . O Centro tem como principal objetivo investigar e estudar aspectos relativos ao Direito Penal Internacional.
2001- Professor convidado do Instituto de Ciências Criminales, Departamento de Derecho Penal Extranjero e Internacional da Georg-August Universität Göttingen, Göttingen, Alemanha, 20-27, jan., onde fez pesquisa científica na biblioteca.
Membro suplente da Comissão de Pesquisa na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.
Membro do Advisory Board do Forum for International Criminal and Humanitarian Law
Membro do Comitê Editorial da Criminal Law Forum (The Official Journal of the Society for the Reform of Criminal Law
Membro e representante do Brasil junto ao Comitê de Estudos "Complementarity in Internacional Law" da Internacional Law Association (desde abril de 2015)
Membro Consultor da Comissão Especial de Política Criminal e Penitenciária da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo (Portaria 449/16/PR)
Consultor da International Nuremberg Principles Academy



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 12:04:00