Danilo Medeiros Gazzotti

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0769582762052924
  • Última atualização do currículo em 07/12/2018


Possui Graduação (bacharelado e licenciatura) pela Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" campus de Franca, onde foi bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET) entre os anos de 2008 e 2010. É mestre pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná, sendo bolsista do Conselho Nacional Científico e Tecnológico (CNPq). Doutor em História pela mesma instituição sob orientação do Prof. Dr. Renan Frighetto e com fomento do CNPq. Realizou estágio doutoral de pesquisa (2015/2016) na Universidad de Salamanca sob a tutoria do Professor Pablo C. Díaz Martínez com apoio financeiro da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). É membro discente do Núcleo de Estudos Mediterrânicos NEMED/UFPR e pesquisador colaborador do Grupo de Estudos sobre o Mediterrâneo Antigo GEMAM/UFSM e do Núcleo de Estudos Clássicos e Humanísticos NECH/PUC-GO. Atualmente também é coordenador e professor dos cursos de Pedagogia e Serviço Social na Universidade de Cuiabá - Unidade Ary Coelho em Rondonópolis - MT e professor substituto do departamento de História da Universidade Federal do Mato Grosso - campus Rondonópolis. Tem experiência na área de História com ênfase em História Antiga, atuando nos seguintes temas: Roma Antiga, Antiguidade Tardia, Península Ibérica, Bárbaros, Godos, Suevos e Idácio de Chaves. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Danilo Medeiros Gazzotti
Nome em citações bibliográficas
GAZZOTTI, D. M.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Paraná.
Rua General Carneiro, 460, 7° andar, sala 716
Centro
80060-150 - Curitiba, PR - Brasil
Telefone: (41) 33605086
URL da Homepage: http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/o-programa/


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2018
Doutorado em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
com período sanduíche em Universidad de Salamanca (Orientador: Pablo de la Cruz Díaz Martínez).
Título: Que todos os suevos regressem a sua autoridade régia: a construção de uma identidade monárquica sueva durante o século V, Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Renan Friguetto.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Relações de Poder; Identidade Monárquica; Império Romano; Suevos; Godos.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
2012 - 2014
Mestrado em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: As concepções do poder régio entre os suevos na Gallaecia do Século V d.C.: uma análise da crônica de Idácio de Chaves,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Renan Friguetto.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Antiguidade Tardia; Poder Régio; Bárbaros; Suevos; Idácio de Chaves.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
2007 - 2010
Graduação em História.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: As Relações Politico-religiosas e militares entre romanos e bárbaros na Gallaecia do século V d.C: Uma leitura de Idácio de Chaves.
Orientador: Margarida Maria de Carvalho.
Bolsista do(a): Programa de Educação Tutorial, PET, Brasil.
2003 - 2005
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Objetivo de Bebedouro, OBJETIVO, Brasil.
1995 - 2002
Ensino Fundamental (1º grau).
Colégio Objetivo de Bebedouro, OBJETIVO, Brasil.




Formação Complementar


2016 - 2016
La sangre de los mártires: Violencia religiosa en la Antigüedad Tardia. (Carga horária: 20h).
Universidad de Salamanca, USAL, Espanha.
2016 - 2016
Publicación en revistas de impacto. (Carga horária: 3h).
Universidad de Salamanca, USAL, Espanha.
2016 - 2016
Identidades e fronteiras no contexto das guerras luso-castelhanas. (Carga horária: 2h).
Universidad de Salamanca, USAL, Espanha.
2016 - 2016
Un estudio dirigido a la interioridad del paganismo tardorromano. (Carga horária: 10h).
Universidad de Salamanca, USAL, Espanha.
2016 - 2016
Estrategias de razonamiento histórico o métodos de investigación histórica. (Carga horária: 10h).
Universidad de Salamanca, USAL, Espanha.
2015 - 2015
Una Introducción de la historia ecónomica y monetária de Roma Republicana. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2015 - 2015
A organização política romana na República. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2013 - 2013
Introdução a Pesquisa em História Medieval.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2013 - 2013
A História dos Vikings no Cinema e TV. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2011 - 2011
Master in English. (Carga horária: 360h).
Cultura Norte Americana, CNA, Brasil.
2010 - 2010
Teoria e metodologia em história das religiões. (Carga horária: 6h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2010 - 2010
Roma e Ibéria Ocidental. (Carga horária: 5h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2009 - 2010
Francês. (Carga horária: 190h).
Aliança Francesa, AF, Brasil.
2009 - 2010
Latim. (Carga horária: 160h).
Centro Linguístico de Franca, CLF, Brasil.
2008 - 2010
Programa de Educação Tutorial.
Ministério da Educação, MEC, Brasil.
2009 - 2009
Imagens de Roma nos séculos XVIII, XIX eXX. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2009 - 2009
O tratamento de fontes textuais.... (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2009
Estágiário Voluntário do CEDAPH. (Carga horária: 122h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Arqueologia. (Carga horária: 10h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
História e Cinema. (Carga horária: 10h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Leitura Paleográfica de Documentos Manuscritos. (Carga horária: 20h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Poder e propaganda na Antiguidade. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
A Expansão Marítima para o Oriente. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2008
Membro do Centro Acadêmico de História Gabriel Roy. (Carga horária: 100h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2005 - 2008
Inglês. (Carga horária: 360h).
YESKI idiomas, YESKI, Brasil.
2007 - 2007
Mitologia e divindades do Egito faraônico. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Repensando o político na Antiguidade Romana. (Carga horária: 8h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências Sociais
08/2018 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História Contemporânea I
Seminários Temáticos: política, ética, moral e sociedade
01/2018 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Moderna II
Contemporânea II
Cultura Árabe
Organização e Funcionamento do Ensino Básico

Universidade de Cuiabá, UNIC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Ensino Superior, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador de Curso, Carga horária: 15

Atividades

08/2018 - Atual
Direção e administração, UNIC Ary Coelho, .

Cargo ou função
Coordenador dos cursos de Pedagogia e Serviço Social.
03/2018 - Atual
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Principios Teóricos e Metodológicos do Ensino de História
História da Educação
Educação Inclusiva
Aprendizagem de Ciências Naturais

Instituto Tecnológico e Educacional de Curitiba, ITECNE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor de Pós-graduação, Carga horária: 12

Atividades

11/2016 - Atual
Ensino, Pós Graduação em História Antiga e Medieval, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
História e Arqueologia da Idade Média no Ocidente

Universidad de Salamanca, USAL, Espanha.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado Sanduíche, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE/CAPES


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Estudante de Doutorado, Enquadramento Funcional: Estudante de Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Membro da Comissão PDSE/CAPES, Enquadramento Funcional: Avaliador Discente de candidaturas ao PDSE

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Estudante de Mestrado, Enquadramento Funcional: Estudante de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Membro do Colegiado da PGHIS, Enquadramento Funcional: Representante Discente

Atividades

02/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós Graduação em História - UFPR, .

Linhas de pesquisa
Cultura e Poder

Provest Cursos, PC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Professor Contratado, Enquadramento Funcional: Professor de Geografia, Carga horária: 4


Escola Estadual Dom Wunibaldo Talleur, E.E.D.W.T., Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 30


Escola Estadual Paulo Leminski, E. E. P. L., Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 12


Delta Colégio e Curso, DCC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 2

Atividades

02/2011 - 12/2011
Ensino,

Disciplinas ministradas
História
Atualidades

Escola Paidéia, E.P., Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 9

Atividades

01/2011 - 05/2011
Ensino,

Disciplinas ministradas
História

Cursinho Unesp Franca, S.E.U., Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 2

Atividades

03/2010 - 12/2010
Ensino,

Disciplinas ministradas
Geografia Geral

Programa de Educação Tutorial, PET, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
O Programa de Educação Tutorial (PET) foi criado para apoiar atividades acadêmicas que integram ensino, pesquisa e extensão. Formado por grupos tutoriais de aprendizagem, o PET propicia aos alunos participantes, sob a orientação de um tutor-professor, a realização de atividades extracurriculares que complementem a formação acadêmica do estudante e atendam também às necessidades do próprio curso de graduação. O estudante e o professor tutor recebem apoio financeiro de acordo com a Política Nacional de Iniciação Científica. O PET encontra-se vinculado diretamente com o Ministério da Educação (MEC) e a Secretaria de Educação Superior (Sesu).


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2010
Vínculo: Graduando, Enquadramento Funcional: Aluno



Linhas de pesquisa


1.
Cultura e Poder


Projetos de pesquisa


2014 - 2018
Que todos os suevos regressem a sua autoridade régia: a construção de uma identidade monárquica sueva durante o século V
Descrição: As relações de poder entre a Autoridade Imperial romana e as civilizações não-romanas eram baseadas em uma série de fatores e tradições durante o período da Antiguidade tardia. Uma dessas tradições estabelecidas pelos pensadores de Roma é de que o poder imperial era próprio dos romanos, enquanto que o poder régio era destinado às civilizações não romanas, com as quais o governo imperial estabelecia contato. Contudo, no início do século V, as populações bárbaras que ingressaram dentro do limes imperial ainda não tinham constituído uma forma de governo monárquico, escolhendo suas lideranças através das antigas assembleias tribais. Porém, as novas transformações ocorridas nesse período e a necessidade de disporem de uma liderança centralizada para fortalecer suas negociações com os romanos levaram essas populações bárbaras a repensarem suas antigas tradições e aderirem ao modelo do poder régio. A partir desse contexto, buscamos compreender em nossa tese como ocorreu a criação de um poder monárquico entre os suevos, uma gentes barbara heterogênea sem nenhuma tradição monárquica anterior. Nossa intenção nessa pesquisa é mostrar, a partir da reinterpretação das fontes disponíveis, como as lideranças suevas construíram uma identidade monárquica em torno de si e a partir disso passaram a ter influência nas relações de poder na Hispania durante grande parte do século V..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
As concepções de poder régio entre os suevos da Gallaecia do Século V d.C.: uma análise da crônica de Idácio de Chaves
Descrição: Em nossa pesquisa trataremos sobre as concepções de poder régio entre os suevos na Província da Gallaecia durante o século V. Para alcançar nosso objetivo nos utilizaremos da crônica de Idácio de Chaves, uma figura-político religiosa da região galaica que foi testemunha direta e indireta dos acontecimentos ocorridos ao longo da quinta centúria. Na crônica de Idácio os acontecimentos são relacionados com a vida cotidiana e social do Mundo Romano Tardio descrevendo seus problemas e enfrentamentos. Sobre a ecclesia cristã encontramos muitas informações, que vão desde a nomeação dos bispos de Roma no decorrer do período em que sua crônica abrange, até informações, por exemplo, acerca de acontecimentos com bispos do Ocidente e do Oriente. Em nosso trabalho realizaremos uma análise sobre a visão dos pensadores romanos com relação às populações bárbaras que se fixaram nos territórios romanos ocidentais ao longo do século V. Além disso discorreremos acerca do reconhecimento e a legitimação da autoridade régia dos suevos perante a autoridade imperial romana. Por fim pretendemos também ao longo de nossa pesquisa levantar questionamentos sobre a possibilidade de ter existido um reino suevo na Diocésis Hispaniarum no decorrer da quinta centúria..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2010
Pessoas Notáveis: a ousadia da mudança no século XX.
Descrição: O grupo PET-História da Universidade Estadual Paulista ? Júlio de Mesquita Filho ? Campus de Franca-SP, para o ano de 2010, teve como temática ?Pessoas notáveis: a ousadia da mudança no século XX?. A finalidade desta foi analisar os feitos de pessoas consideradas ?comuns? que, por meio de suas iniciativas, mudaram a visão que temos hoje do século XX. Vale ressaltar que esta pesquisa se inseriu no eixo articulador central do grupo, que busca compreender as variações interpretativas do objeto de estudo do historiador, denominado ?A escrita da história?. As reflexões construídas dentro do grupo e com a comunidade interna e externa à universidade foram direcionadas a análise de alguns indivíduos que viveram situações extremas, que experimentaram a vida bem próximos do desespero e que, independente disso, tornaram-se notáveis porque realizaram coisas admiráveis. Dessa forma, não procuramos aqueles que exerceram papéis sistêmicos de destaque na política, nos grandes empreendimentos de negócio, homens de ciência ou de, mas sim procuramos aquelas que viveram uma vida comum e, tendo ideais elevados no sentido de edificar uma humanidade mais equilibrada e mais sensível aos problemas do homem. Alguns exemplos marcantes desses indivíduos extraordinários são Mahatma Gandhi, Charles Chaplin, Coco Chanel, criadores do Jazz, como também a atuação de pessoas anônimas que, no âmbito coletivo, buscaram soluções criativas e inesperadas para seus problemas cotidianos. Para uma melhor compreensão de tais personagens os articulamos com os seguintes teóricos: Talcott Parsons, Theodor Adorno, Max Horkheimer, Karl Mamnheim, Jurgen Habermas, André Gorz, Perry Anderson, Eric Hobsbawn. Estes autores foram escolhidos, pois suas obras analisam o contexto geral de diversas sociedades e como que cada um interpreta e age para modificar ou não o sistema político, econômico e social ao qual ele está inserido. Para tanto, nosso objetivo foi suscitar uma discussão acerca de como e porque tais seres humanos, ao ousar, trouxeram muito mais para a humanidade do que extraíram dela..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2009
Tempos interessantes: a escrita da história quando a vida de uns vale menos do que a vida de outros.
Descrição: Durante o ano de 2009 o PET-História da Unesp - campus de Franca, teve como fio condutor de suas atividades este projeto o qual se propôs a analisar e refletir de uma maneira menos marcada pelo senso comum e mais por meio de leituras que evocam interpretações do presente, a problemática da escrita da história em períodos que a vida de uns vale menos que a vida de outros, por meio de atividades que espelhem como lidamos com a banalização da violência e como protagonizamos perdas de direitos conquistados pela humanidade no pretérito. Enfim, pretendemos desenvolver um percurso de intelecção e de atuação, na academia e fora dela, que seja capaz de nos munir de elementos compreensivo explicativos de como podemos escrever a história numa época em que alguns são inerentemente mais do que os outros e, em função disso, possam decidir sobre a vida daqueles que são considerados menos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
As Relações Politico-religiosas e militares entre romanos e bárbaros na Gallaecia do século V d.C: Uma leitura de Idácio de Chaves.
Descrição: A presente pesquisa tem o intuito de analisar a crônica do bispo Idácio de Chaves. Esse episcopal era um fiel seguidor do concílio de Nicéia e, por isso, era totalmente contra as interpretações cristãs que diferiam da oficial. No século V d.C., período de seu episcopado, o Império Romano contava com uma grande presença de bárbaros em suas fileiras, os quais provavelmente tiveram uma formação ariana ou prisciliana. Dentre destes povos bárbaros os visigodos foram os que tiveram um dos exércitos que mais auxiliaram Roma em seus combates principalmente na região do episcopado de Idácio, a Gallaecia. Só que este povo seguia a interpretação ariana do catolicismo, a qual contrastava com o catolicismo ortodoxo professado pelos soldados romanos. Devido a este confronto de crenças, Idácio de Chaves pensou que o Império Romano tivesse perdido sua coesão e, por isso, tornava-se necessária a conversão destes povos heréticos em ortodoxos. Temos a intenção de analisar sua tentativa de converter os chamados heréticos em nicenos dentro do Exército Hispano-Romano. Durante o trabalho serão analisados trechos da crônica de Idácio que demonstram essa tentativa de conversão do bispo, além de passagens em que são exaltadas as vitórias obtidas pela associação dos exércitos romano e visigodo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2008
Estruturalismos e linguagem: perspectivas historiográficas
Descrição: No ano de 2008 o PET-História da UNESP - campus Franca, teve como projeto a presente pesquisa a qual se propôs trazer á tona discussões relacionadas ao tema estruturalismo. Desta forma, pretendíamos analisar as influências deste tema, nas áreas da História, Linguística, Antropologia, Psicanálise e Estética e refletir como os pressupostos teóricos do estruturalismo, bem como alguns conceitos chave desta corrente estão presentes em questões como a construção do significado e do significante histórico, bem como na relação emissor e receptor do saber histórico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2013 - 2015
Projeto Universal MCTI/CNPq 014/2013. Identidades e Fronteiras perspectivas historiográficas para o estudo das relações políticas e culturais no medievo ibérico
Descrição: Subprojeto Pandora: desenvolvimento de materiais paradidáticos pelos doutorandos para uso dos professores de ensino médio para divulgação e potencial capacitação e atualização de materiais para docentes e discentes interessados do ensino público e privado. Disponibilização destes materiais no site do NEMED a todos que o acessarem. http://nemed.he.com.br/projetopandora/.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Membro de corpo editorial


2007 - 2010
Periódico: Ensaios de História (Franca)


Revisor de periódico


2007 - 2010
Periódico: Ensaios de História (Franca)
2015 - Atual
Periódico: Revista Homium
2015 - Atual
Periódico: Cadernos de Clio


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Latim
Lê Pouco, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GAZZOTTI, D. M.2016 GAZZOTTI, D. M.. Em busca de uma identidade romano-bárbara: a emulação das instituições romanas pelas monarquias goda e sueva na primeira metade do século V. Romanitas - Revista de Estudos Grecolatinos, v. 7, p. 238-249, 2016.

2.
GAZZOTTI, D. M.2016GAZZOTTI, D. M.. A crônica como documento histórico: a obra de Idácio de Chaves e sua inserção em uma análise comparativa com outras crônicas de seu período. Plurais (Anápolis), v. 6, p. 14-27, 2016.

3.
GAZZOTTI, D. M.2014 GAZZOTTI, D. M.. A legitimação de Constantino III a partir do conflito contra vândalos, alanos e suevos na Diocésis Hispaniarum: os testemunhos de Orósio e Idácio. Roda da Fortuna. Revista Eletrônica sobre Antiguidade e Medievo, v. 2, p. 266-281, 2014.

4.
GAZZOTTI, D. M.2014 GAZZOTTI, D. M.. A legitimação da autoridade sueva frente ao Império Romano: considerações acerca da crônica de Idácio de Chaves. Nearco (Rio de Janeiro), v. I, p. 123-142, 2014.

5.
GAZZOTTI, D. M.2013GAZZOTTI, D. M.. Uma análise sobre as considerações de Erich Auerbach a respeito da obra 'Dom Quixote de la Mancha'. História e-História, v. 2013, p. 1-10, 2013.

6.
GAZZOTTI, D. M.2013 GAZZOTTI, D. M.. O processo de legitimação e reconhecimento do priscilianismo na segunda metade do século IV. Mare Nostrum. Estudos sobre o Mediterrâneo Antigo, v. 4, p. 67-80, 2013.

7.
GAZZOTTI, D. M.2013GAZZOTTI, D. M.. As readequações dos conceitos romanos sobre o poder régio e as gentes bárbaras ao longo das Antiguidades Clássica e Tardia. Revista Homium, v. 14, p. 96-114, 2013.

8.
GAZZOTTI, D. M.2012 GAZZOTTI, D. M.. A difusão do Priscilianismo pela Gallaecia: o testemunho de Idácio de Chaves. História e Cultura, v. 1, p. 71-84, 2012.

9.
GAZZOTTI, D. M.2012GAZZOTTI, D. M.. A Figura Político - Religiosa de Idácio de Chaves na Gallaecia Romana Tardia (427 d.C. - 469 d.C.). Revista Chrônidas, v. 14, p. 77-95, 2012.

10.
GAZZOTTI, D. M.2010GAZZOTTI, D. M.. Análise das relações imperialistas no período pré-guerra. Ensaios de História (Franca), v. 1, p. 89-98, 2010.

11.
GAZZOTTI, D. M.2009GAZZOTTI, D. M.; Nascimento, Laís do . Nota exploratórias acerca da política mundial no alvorecer do século 21. Ensaios de História (Franca), v. 13, p. 45-50, 2009.

12.
GAZZOTTI, D. M.2008GAZZOTTI, D. M.. Políticas Napoleônicas para uma França em crise. Ensaios de História (Franca), v. 14, p. 63-70, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GAZZOTTI, D. M.. As relações político-religiosas entre visigodos e romanos na Península Ibérica do Século V: uma Análise de Idácio de Chaves. 1. ed. São Paulo: Ixtlan, 2013. v. 1. 105p .

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GAZZOTTI, D. M.. As representações de Cirilo de Alexandria através do filme Alexandria e da crônica de Idácio de Chaves. In: História no Cinema - Semana de história Antiga e Medieval, 2013, Curitiba. Anais da semana de História no Cinema - Semana de história Antiga e Medieval, 2013. v. 1. p. 14-33.

2.
GAZZOTTI, D. M.. Concepções acerca da Monarquia e do Regnum suevo na Gallaecia Tardia ( 411 - 456): reflexões sobre a crônica de Idácio de Chaves. In: XXVII Simpósio Nacional de História - Conhecimento histórico e diálogo social, 2013, Natal. Anais do XXVII Simpósio Nacional de História - Conhecimento histórico e diálogo social, 2013. p. 1-16.

3.
GAZZOTTI, D. M.. A monarquia sueva na Gallaecia do século V d.C: uma análise da crônica de Idácio de Chaves. In: X Encontro Internacional de Estudos Medievais (EIEM) da Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM) ? Diálogos Ibero-americanos., 2013, Brasília. Atas do X Encontro Internacional de Estudos Medievais (EIEM) da Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM) ? Diálogos Ibero-americanos., 2013. v. 1. p. 11-17.

4.
GAZZOTTI, D. M.. A Visão de Idácio de Chaves sobre as alianças político-militares entre visigodos e romanos no séc V d.C. e sua perspectiva religiosa. In: XXI Encontro Estadual de História( ANPUH SP) - Trabalho, Cultura e Memória, 2012, Campinas. Anais do XXI Encontro Estadual de História( ANPUH SP) - Trabalho, Cultura e Memória, 2012.

5.
GAZZOTTI, D. M.. Fontes para o estudo da Antiguidade Tardia Ibérica: reflexões acerca da crônica de Idácio de Chaves. In: Anais do II Encontro Internacional PEM-UFG e II Encontro ABREM Centro-Oeste ' Fontes Medievais: tipologia dos registros da memória', 2012, Goiania. Anais do II Encontro Internacional PEM-UFG e II Encontro ABREM Centro-Oeste " Fontes Medievais: tipologia dos registros da memória", 2012.

6.
GAZZOTTI, D. M.. A interpretação religiosa para o fenômenos naturais durante a Antiguidade Tardia: Um relato de Idácio de Chaves. In: IV GT Nacional de História das Religiões e das Religiosidades - ANPUH 'História das Religiões e das Religiosidades: memórias e Narrativas, 2012, São Leopoldo. Anais do IV GT Nacional de História das Religiões e das Religiosidades - ANPUH, 2012. v. V. p. 1-12.

7.
GAZZOTTI, D. M.. O discurso de Idácio de Chaves contra as heresias cristãs: um confronto político-religioso na Península Ibérica do século V d.C.. In: III Encontro do GT Nacional de História das Religiões e Religiosidades - ANPUH, 2010, Florianópolis. Anais do III Encontro do GT Nacional de História das Religiões e Religiosidades - ANPUH, 2010. v. III.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GAZZOTTI, D. M.. O processo de legitimação imperial de Constantino III e as entradas das gentes bárbaras no Império Romano do século V: uma leitura de Idácio e Orósio. In: VIII Encontro Nacional de História Antiga - GTHA, 2014, Natal. Caderno de resumos do VIII Encontro Nacional de História Antiga - GTHA, 2014. v. 1. p. 34-35.

2.
GAZZOTTI, D. M.. Conceitos Histórico na crônica de Idácio de Chaves. In: I Seminário Paranaense de Pós-graduandos em História, 2014, Curitiba. Caderno de resumos do I Seminário Paranaense de Pós-graduandos em História, 2014. v. 1. p. 5-6.

3.
GAZZOTTI, D. M.. Concepções acerca da Monarquia e do Regnum Suevo na Gallaecia Tardia: reflexões sobre a crônica de Idácio de Chaves. In: SNH2013 - XXVII Simpósio Nacional de História - Conhecimento histórico e diálogo social., 2013, Natal. Caderno de Resumos do SNH2013 - XXVII Simpósio Nacional de História - Conhecimento histórico e diálogo social., 2013. p. 683-684.

4.
GAZZOTTI, D. M.. A Monarquia Sueva na Gallaecia do Século V d.C: uma análise da crônica de Idácio de Chaves. In: X Encontro Internacional dos Estudos Medievais: Diálogos ibero-americanos., 2013, Brasília. Caderno de Resumos do X Encontro Internacional dos Estudos Medievais: Diálogos ibero-americanos.. p. 32-32.

5.
GAZZOTTI, D. M.. Cristianismo ou cristianismos: o problema priscilianista no Império Romano do Ocidente (meados do século IV- meados do século V).. In: XIII Ciclo de estudos Antigos e Medievais e V Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais da UNESP Assis/Franca - Imagens e Textos: Interpretações sobre a Antiguidade e o Medievo, 2013, Franca. Caderno de Resumos do XIII Ciclo de estudos Antigos e Medievais e V Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais da UNESP Assis/Franca - Imagens e Textos: Interpretações sobre a Antiguidade e o Medievo, 2013. v. 1. p. 82-82.

6.
GAZZOTTI, D. M.. A Monarquia Romano-bárbara sueva: uma análise das fontes textuais e numismáticas.. In: III Semana Acadêmica de História 'Fontes, Metodologias e Reflexões Sobre a História', 2013, Curitiba. Caderno de Resumos da III Semana Acadêmica de História "Fontes, Metodologias e Reflexões Sobre a História", 2013. v. 1. p. 23-23.

7.
GAZZOTTI, D. M.. Fontes para o estudo da Antiguidade Tardia Ibérica: reflexões acerca da crônica de Idácio de Chaves. In: II Encontro Internacional do PEM UFG e II Encontro Abrem Centro-Oeste: Fontes Medievais: Tipologia dos Registros de Memória, 2012, Goiânia. Anais do II Encontro Internacional do PEM UFG e II Encontro Abrem Centro-Oeste: Fontes Medievais: Tipologia dos Registros de Memória, 2012. v. 1. p. 28-28.

8.
GAZZOTTI, D. M.. A Visão de Idácio de Chaves sobre as alianças político-militares entre visigodos e romanos no séc V d.C. e sua perspectiva religiosa. In: XXI Encontro Estadual de História( ANPUH SP) - Trabalho, Cultura e Memória, 2012, Campinas. Anais do XXI Encontro Estadual de História( ANPUH SP) - Trabalho, Cultura e Memória, 2012. p. 121-121.

9.
GAZZOTTI, D. M.. Feições Militares-Religiosas na cônica de Idácio de Aqua Flaviae. In: 62ª Reunião anual do SBPC, 2010, Natal. Anais do 62ª Reunião Anual da SBPC, 2010.

10.
GAZZOTTI, D. M.. Conflitos Religiosos no Exécito Hispano-romano do século V d.C.: Uma leitura sobre Idácio de Chaves. In: VII Encontro Nacional do GTHA - A busca do antigo - ANPUH, 2010, Rio de Janeiro. VII Encontro Nacional do GTHA, 2010.

11.
GAZZOTTI, D. M.. Conflitos Religiosos no Exécito Hispano-romano do século V d.C.: Uma leitura sobre Idácio de Chaves. In: ANPUH São Paulo - XX Encontro Regional - História e Liberdade, 2010, Franca. ANPUH - São Paulo - ANAIS, 2010.

12.
GAZZOTTI, D. M.; STEFAN, A. C. ; POLEZ, B. M. ; Ribeiro, Carolina Defensor ; SABADINI, F. A. ; OLIVEIRA, K. L. ; SANTOS, N. L. ; SCALABRIN, O. C. P. . Entre a ficção e a realidade: um diagnóstico de nosso tempo. In: X Sudeste PET, 2010, Rio de Janeiro. Anais do X Sudeste PET, 2010.

13.
GAZZOTTI, D. M.; CAMPOS, D. L. ; HENRIQUE, P. F. ; OLIVEIRA, A. P. S. ; POLEZ, B. M. ; RODRIGUES, A. M. B. ; SABADINI, F. A. ; SANTOS, L. F. P. R. ; SANTOS, N. L. ; STEFAN, A. C. . Crises do Homem: Quando a Vida de uns Vale Menos do que a Vida de Outros. In: IX Sudeste PET - Encontro do Grupos PET da região Sudeste:, 2009, Uberlandia. IX SUDESTE PET, 2009.

14.
GAZZOTTI, D. M.; FIDELIS, T. ; OLIVEIRA, A. P. S. ; RODRIGUES, A. M. B. ; SABADINI, F. A. ; SANTOS, N. L. ; STEFAN, A. C. . A Humanidade em Crise: Incertezas e Inseguranças do Nosso Tempo. In: 8ª Jornada Científica e Tecnológica da UFSCar, 2009, São Carlos. Anais da 8ª Jornada Científica e Tecnologica da Ufscar, 2009.

15.
GAZZOTTI, D. M.; POLEZ, B. M. ; SANTOS, N. L. ; STEFAN, A. C. ; FIDELIS, T. ; OLIVEIRA, A. P. S. . A Escrita da História Quando a Vida de uns Vale Menos do que a Vida de Outros. In: XVII Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2009, Ouro Preto. Anais do XVII SIC-UFOP, 2009.

16.
GAZZOTTI, D. M.; SANTOS, N. L. . A Crise do Homem sobre Perspectivas Históricas e Cinematográficas. In: 17º Simpósio Internacional de Iniciação Científica, 2009, São Paulo. Anais do 17º SIICUSP, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
GAZZOTTI, D. M.. A criação de uma gens romano-bárbara: a apropriação das identidades romanas pela monarquia sueva no início do século V. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
GAZZOTTI, D. M.. A construção de uma identidade romano-bárbara: uma análise comparativa entre as monarquias goda e sueva no início do século V. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
GAZZOTTI, D. M.. The royal power of Suebi in the Diocésis Hispaniarum: some interpretations about Hydatius chronicle. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
GAZZOTTI, D. M.. A administração, o cotidiano e a imagem dos bárbaros para os autores romanos clássicos e tardios. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
GAZZOTTI, D. M.. A legitimação imperial de Constantino III e as entradas das gentes bárbaras no Império Romano do século V: uma leitura de Idácio e Orósio. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
GAZZOTTI, D. M.. Conceitos Histórico na crônica de Idácio de Chaves. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
GAZZOTTI, D. M.. A disputa pela legitimidade imperial e a irrupção sueva na Península Ibérica no início do Século V: interpretações acerca da crônica de Idácio de Chaves. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
GAZZOTTI, D. M.. A Monarquia Sueva na Gallaecia do Século V d.C: uma análise da crônica de Idácio de Chaves. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
GAZZOTTI, D. M.. Cristianismo ou cristianismos: o problema priscilianista no Império Romano do Ocidente (meados do século IV- meados do século V).. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
GAZZOTTI, D. M.. A Monarquia Romano-bárbara sueva: uma análise das fontes textuais e numismáticas.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
GAZZOTTI, D. M.. As Representações de Cristãos e Pagãos no filme Alexandria em uma Sociedade Pós 11 de setembro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
GAZZOTTI, D. M.. O poder régio suevo como sucessor da autoridade imperial romana: algumas considerações a partir das fontes ocidentais romanas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
GAZZOTTI, D. M.. Concepções acerca da Monarquia e do Regnum Suevo na Gallaecia Tardia: reflexões sobre a crônica de Idácio de Chaves. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
GAZZOTTI, D. M.. Fontes para o estudo da Antiguidade Tardia Ibérica: reflexões acerca da crônica de Idácio de Chaves. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
GAZZOTTI, D. M.. A Visão de Idácio de Chaves sobre as alianças político-militares entre visigodos e romanos no séc V d.C. e sua perspectiva religiosa. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
GAZZOTTI, D. M.. A interpretação religiosa para o fenômenos naturais durante a Antiguidade Tardia: Um relato de Idácio de Chaves. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
Frighetto, R. ; GAZZOTTI, D. M. . Palestra sobre o filme Alexandria. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
GAZZOTTI, D. M.; STEFAN, A. C. ; POLEZ, B. M. ; Ribeiro, Carolina Defensor ; OLIVEIRA, K. L. ; SANTOS, N. L. ; SABADINI, F. A. ; SCALABRIN, O. C. P. . Entre a ficção e a realidade: um diagnóstico de nosso tempo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
GAZZOTTI, D. M.. Feições Militares-Religiosas na cônica de Idácio de Aqua Flaviae. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
GAZZOTTI, D. M.. Conflitos Religiosos no Exécito Hispano-romano do século V d.C.: Uma leitura sobre Idácio de Chaves. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

21.
GAZZOTTI, D. M.. Conflitos Religiosos no Exécito Hispano-romano do século V d.C.: Uma leitura sobre Idácio de Chaves. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

22.
GAZZOTTI, D. M.. O discurso de Idácio de Chaves contra as heresias cristãs: um confronto político-religioso na Península Ibérica do século V d.C.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
GAZZOTTI, D. M.. A difusão do priscilianismo pela Galaecia: o testemunho de Idácio de Chaves. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
GAZZOTTI, D. M.; RODRIGUES, A. M. B. ; Ribeiro, Carolina Defensor ; SABADINI, F. A. ; OLIVEIRA, K. L. ; GODOY, M. F. ; SCALABRIN, O. C. P. ; HENRIQUE, P. F. ; MILANELLO, T. R. ; TOSI, P. G. . Pessoas notáveis: a ousadia da mudança no século XX. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
RODRIGUES, A. M. B. ; OLIVEIRA, A. P. S. ; POLEZ, B. M. ; GAZZOTTI, D. M. ; CAMPOS, D. L. ; SABADINI, F. A. ; SANTOS, L. F. P. R. ; SANTOS, N. L. ; HENRIQUE, P. F. ; STEFAN, A. C. . Crises do Homem: Quando a Vida de uns Vale Menos do que a Vida de Outros. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
GAZZOTTI, D. M.; SANTOS, N. L. . A Crise do Homem sobre Perspectivas Históricas e Cinematográficas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
GAZZOTTI, D. M.; POLEZ, B. M. ; SANTOS, N. L. ; OLIVEIRA, A. P. S. ; FIDELIS, T. ; STEFAN, A. C. . A Escrita da História Quando a Vida de uns Vale Menos do que a Vida de Outros. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
GAZZOTTI, D. M.; FIDELIS, T. ; OLIVEIRA, A. P. S. ; RODRIGUES, A. M. B. ; SABADINI, F. A. ; SANTOS, N. L. ; STEFAN, A. C. . A Humanidade em Crise: Incertezas e Inseguranças do Nosso Tempo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
GAZZOTTI, D. M.. Resenha do livro 'A Comunidade vence o Indivíduo: A Regra Monástica de Isidoro de Sevilha (Século VII)'. Salamanca: Ediciones Universidad de Salamanca, 2017 (Resenha).

2.
GAZZOTTI, D. M.. As monarquias bárbaras como preservadoras da tradição imperial romana 2015 (Texto Paradidático).

3.
GAZZOTTI, D. M.. Cristianismo ou Cristianismos? O processo de criação e fortalecimento da ortodoxia cristã frente suas vertentes 'hereges' 2015 (Texto Paradidático).

4.
GAZZOTTI, D. M.. Resenha do livro 'Política Externa e Relações diplomáticas na Antiguidade Tardia'' 2012 (Resenha).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
GAZZOTTI, D. M.. Parecer para a revista Roda da Fortuna. 2018.

2.
GAZZOTTI, D. M.. Parecer para a revista Cadernos de Clio - UFPR. 2016.

3.
GAZZOTTI, D. M.. Parecer para a revista Hominum. 2016.

4.
GAZZOTTI, D. M.. Parecer para a revista Cadernos de Clio - UFPR. 2015.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GAZZOTTI, D. M.. Participação em banca de Arineusa Lopes Lodis Nogueira.Utilização da música como recurso lúdico na Educação Infantil. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Unic Rondonópolis.

2.
GAZZOTTI, D. M.. Participação em banca de Ecilda Marta Chaves Nogueira.Ludicidade na Educação como recurso no processo de desenvolvimento da crianças da Educação Infantil. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Unic Rondonópolis.

3.
GAZZOTTI, D. M.. Participação em banca de Suely dos Santos Sales.Educação e Tecnologia: o uso do computador e sua relevância a aprendizagem escolar. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Unic Rondonópolis.

4.
GAZZOTTI, D. M.. Participação em banca de Maria do Rosário Rodrigues dos Santos.Arte na Educação Infantil: contribuindo de forma lúdica para o desenvolvimento da criança. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Unic Rondonópolis.

5.
GAZZOTTI, D. M.. Participação em banca de Joelma Pereira dos Santos.A tecnologia digital na Educação básica. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Unic Rondonópolis.

6.
GAZZOTTI, D. M.. Participação em banca de Rosicléia da Silva Pereira.A informática como recurso pedagógico nas séries iniciais do Ensino Fundamental. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Unic Rondonópolis.

7.
GAZZOTTI, D. M.. Participação em banca de Maria Lourdes Mota Dourado.Tecnologia na Educação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Unic Rondonópolis.

8.
SPINELLI, M.; SILVA, S. C.; DOBKE, P.; GAZZOTTI, D. M.. Participação em banca de Gabriel Freitas Reis.Representações dos bárbaros germânicos nos Panegíricos de Sidônio Apolinário (século V d.C.). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Santa Maria.

9.
Frighetto, R.; GAZZOTTI, D. M.; MENDES, A. L.. Participação em banca de Priscila Cristina N. L. de Scoville.As mulheres do faraó: análise da influência da rainhas Tyie e Nefertiti durante o regime de Amenhotep IV/Akhenaton (c. 1352-1336 AEC). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História - Memória e Imagem) - Universidade Federal do Paraná.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
El colapso de los reinos en la Europa altomedieval (siglos VIII-IX). 2015. (Simpósio).

2.
O exílio voluntário em Roma: um direito dos cidadãos romanos para evitar a condenação a morte. 2015. (Outra).

3.
VIII Encontro Nacional do GTHA - Identidade no Mundo Antigo: pesquisa, diálogos e apropriações. 2014. (Congresso).

4.
Diálogos Mediterrânicos IV: cultura, tradição e discursos de poder. 2013. (Seminário).

5.
SNH2013 - XXVII Simpósio Nacional de História - Conhecimento histórico e diálogo social. Concepções acerca da Monarquia e do Regnum Suevo na Gallaecia Tardia: reflexões sobre a crônica de Idácio de Chaves. 2013. (Congresso).

6.
XIII Ciclo de Estudos Antigos e Medievais e V Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais da UNESP Assis/Franca - Imagens e Textos: Interpretações sobre a Antiguidade e o Medievo.. 2013. (Congresso).

7.
Diálogos Mediterrânicos III. 2012. (Outra).

8.
62ª Reunião anual da SBPC. Feições Militares-Religiosas na cônica de Idácio de Aqua Flaviae. 2010. (Congresso).

9.
I Colóquio Internacional e III Colóquio Nacioanl do LEIR: Poder Imperial e Integração Territorial. 2010. (Congresso).

10.
I Fórum USP/UNESP de Educação Tutorial. 2010. (Seminário).

11.
II Colóquio entre Brasil e Portugal: reflexões sobre a República. 2010. (Outra).

12.
III Encontro do GT Nacional de História das Religiões e Religiosidades - ANPUH. O discurso de Idácio de Chaves contra as heresias cristãs: um confronto político-religioso na Península Ibérica do século V d.C.. 2010. (Congresso).

13.
Semana de História da Unifal/MG: Relações de poder na História". 2010. (Congresso).

14.
VII Encontro Nacional do GTHA - A busca do Antigo - ANPUH. Conflitos Religiosos no Exécito Hispano-romano do século V d.C.: Uma leitura sobre Idácio de Chaves. 2010. (Congresso).

15.
X Sudeste PET.Entre a ficção e a realidade: um diagnóstico de nosso tempo. 2010. (Encontro).

16.
XV Encontro Nacional dos Grupos PET. 2010. (Encontro).

17.
Arte-Pet 2009 - Diferenças a meia luz. 2009. (Oficina).

18.
Ciclo de Seminários: Projetos e Pesquisas. 2009. (Seminário).

19.
Encontro Nacional dos estudantes de História: descobrindo o Norte. 2009. (Encontro).

20.
II Simpósio de Educação - Políticas pública em debate: formaçao de professores. 2009. (Simpósio).

21.
IX Sudeste PET - Encontro do Grupos PET da região Sudeste:.Crises do Homem: Quando a vida de uns vale menos do que a vida de outros. 2009. (Encontro).

22.
XI Ciclo de Estudos Antigos e Medievais e I Encontro do GEAM/LEIR da Unesp de Franca. 2009. (Congresso).

23.
Arte Pet - Perspectivas Históricas Pelas Lentes do Cinema. 2008. (Outra).

24.
Ciclo de Palestras de Estudos Historiográficos. 2008. (Seminário).

25.
Colóquio Internacional Consumo e Abastecimento na História. 2008. (Congresso).

26.
Datas Comemorativas: Tempo do jornalista, tempo do historiador. 2008. (Congresso).

27.
I Encontro Nacional de Estudos Romanos. 2008. (Congresso).

28.
II Encontro Nacional do GT de História das Religiões e Religiosidades. 2008. (Congresso).

29.
III SP-PET. 2008. (Encontro).

30.
Os 20 anos da Constituição de 1988 em debate: avanços e retrocessos dos direitos sociais. 2008. (Congresso).

31.
Os direitos da criança e do adolescente a partir de 1988. 2008. (Oficina).

32.
XII Enapet - Encontro Nacional dos Grupos PET. 2008. (Encontro).

33.
XVII Semana de História "Novos Embates Historiográficos". 2008. (Congresso).

34.
IX Ciclo de Estudos Antigos e Medievais, Formas de Pensar na Antiguidade e na Idade Média.. 2007. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Frighetto, R. ; GUIMARAES, M. L. ; FRIGHETTO, F. R. F. ; GAZZOTTI, D. M. . Iº Encontro Nemed-Vivarium. 2013. (Outro).

2.
Frighetto, R. ; GUIMARAES, M. L. ; FRIGHETTO, F. R. F. ; GAZZOTTI, D. M. . DIÁLOGOS MEDITERRÂNICOS III: Identidades e Fronteiras: perspectivas historiográficas para o estudo das relações políticas e culturais no medievo ibérico.. 2012. (Congresso).

3.
GUIMARAES, M. L. ; GAZZOTTI, D. M. . História no Cinema: Encontro de Análise e crítica historiográfica na produção fílmica - Semana de História Moderna e Contemporânea. 2012. (Outro).

4.
GUIMARAES, M. L. ; GAZZOTTI, D. M. . História no Cinema: encontro de análise e crítica historiográfica na produção fílmica - Semana de História Antiga e Medieval. 2012. (Outro).

5.
GAZZOTTI, D. M.. UFPR: Cursos e Profissões. Uma Feira de Idéias para o seu Futuro. 2012. (Exposição).

6.
MALATIAN, T. M. ; SILVA, M. P. ; OLIVEIRA. L. L. ; PORTUGAL, A. R. M. C. ; GAZZOTTI, D. M. . XX Encontro Regional de História - ANPUH São Paulo - História e Liberdade. 2010. (Congresso).

7.
CARVALHO, M. M. ; GAZZOTTI, D. M. . I Colóquio Internacional e III Colóquio Nacional do LEIR: Poder Imperial e Integração Territorial. 2010. (Congresso).

8.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . Arte - PET 2010 - Entre a ficcção e a realidade: Um diagnóstico de nosso tempo.. 2010. (Outro).

9.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . O pensamento de Gramsci: História e Política. 2010. (Outro).

10.
ALMEIDA, D. S. O. ; GAZZOTTI, D. M. . II Simpósio de Educação - Políticas púlicas em debate:formação de professores. 2009. (Congresso).

11.
CARVALHO, M. M. ; FRANCA, S. S. L. ; GAZZOTTI, D. M. . XI Ciclo de Estudos Antigos e Medievais e I Encontro do GEAM/LEIR da Unesp Franca. 2009. (Congresso).

12.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . Arte-Pet 2009 - Diferenças a meia luz. 2009. (Outro).

13.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . Lançamento do 12º volume da Revista Ensaios da História. 2009. (Outro).

14.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . Projeto Pedagógico Crises da contemporaneidade: homem, sociedade e tempo. 2009. (Outro).

15.
CARVALHO, M. M. ; MOURA, D. A. ; GAZZOTTI, D. M. . Colóquio Internacional Consumo e Abastecimento na História. 2008. (Congresso).

16.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . Datas Comemorativas: Tempo do Jornalista, tempo do Historiador. 2008. (Congresso).

17.
PORTUGAL, A. R. M. C. ; FACHIN, M. C. ; GIGANTE, M. ; GAZZOTTI, D. M. . XVII Semana de história. 2008. (Congresso).

18.
MANOEL, I. A. ; GAZZOTTI, D. M. . II Encontro Nacional do GT História das Religiões e das Religiosidades. 2008. (Congresso).

19.
GAZZOTTI, D. M.. Ciclo de Palestras de Estudos Historiográficos. 2008. (Outro).

20.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . Arte Pet 2008 - Perspectivas Históricas Pelas Lentes do Cinema. 2008. (Outro).

21.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . Jornada da Cidadania. 2008. (Outro).

22.
TOSI, P. G. ; GAZZOTTI, D. M. . Projeto Pedagógico Entre permanências e transformações: os significados das datas comemorativas. 2008. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 9:04:06