Gabriela Bohlmann Duarte

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3587011956729629
  • Última atualização do currículo em 21/10/2018


Graduada em Letras- Licenciatura em Português/Inglês e respectivas Literaturas, Mestre em Letras pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e Doutora em Letras pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel), na área de Linguística Aplicada. É professora de Língua Inglesa da Universidade Federal do Pampa - Bagé (UNIPAMPA), atuando no curso de Licenciatura em Letras - Línguas Adicionais: Inglês, Espanhol e respectivas literaturas. Tem interesses de pesquisa na área de ensino e aprendizagem de línguas e tecnologias. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Gabriela Bohlmann Duarte
Nome em citações bibliográficas
DUARTE, Gabriela Bohlmann

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Pampa.
Avenida Maria Anunciação Gomes de Godoy (Malafaia)
Industrial I
96413172 - Bagé, RS - Brasil
Telefone: (53) 32403600


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em Letras.
Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.
Título: Eventos complexos de letramentos na aprendizagem de inglês: relações entre práticas de letramentos, gamificação e motivação, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Prof Dr Vilson José Leffa.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2012 - 2014
Mestrado em Letras.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Título: Professores em formação de inglês: escala comum de valores, identidade e complexidade,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Prof. Dr. Rafael Vetromille-Castro.
2009 - 2013
Graduação em Bacharelado em Letras- Redação e Revisão de textos.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2007 - 2011
Graduação em Licenciatura em Letras - Português/Inglês.
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.




Formação Complementar


2008
Tradução: Teoria e Técnica. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2009 - 2010
Revisão Gramatical em TCCs na UFPEL. (Carga horária: 28h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2009 - 2010
Estudos Gramaticais. (Carga horária: 48h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2009 - 2009
From Corpus do Course Book. (Carga horária: 2h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2008 - 2008
Treinamento para uso do Manual de Normas da UFPEL. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
2000 - 2005
Inglês. (Carga horária: 400h).
Connections English, CE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Assistente de Língua Inglesa, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Mestrado Profissional em Ensino de Línguas, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio de Docência Orientada
08/2018 - Atual
Ensino, Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Inglês IV
08/2018 - Atual
Ensino, Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Inglês II
03/2018 - Atual
Ensino, Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio em Contexto de Extensão I
08/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Unipampa - Campus Bagé, .

08/2017 - Atual
Extensão universitária , Unipampa - Campus Bagé, .

Atividade de extensão realizada
Núcleo de Línguas Adicionais.
03/2018 - 07/2018
Ensino, Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio em Projetos de Extensão I
08/2017 - 12/2017
Ensino, Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Inglês II
Tópicos de Inglês I
03/2017 - 07/2017
Ensino, Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Inglês I
Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas Adicionais
08/2016 - 12/2016
Ensino, Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Análise Linguística do Inglês
Fundamentos de Inglês II
05/2016 - 07/2016
Ensino, Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Letramentos em Inglês
Linguística Aplicada ao Ensino de Língua Inglesa
Tópicos de Análise Linguística Comparada

Instituto de Idiomas Yázigi, YÁZIGI, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora


Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, IFSUL, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor-Pesquisador Conteudista, Carga horária: 20


Instituto São Benedito, INST SÃOBENEDITO, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Professora Voluntária, Carga horária: 2


Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutoranda

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professora de Língua Inglesa VIII, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professora de Língua Inglesa na EAD, Carga horária: 2

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professora de Estágio de Língua Portuguesa, Carga horária: 4

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professora de Estágio Supervisionado III e IV, Carga horária: 2


Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Aluna - Bolsista de Graduação, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Graduação, atuou como monitora na área de Linguística e Texto nos cursos de Graduação em Letras do Centro de Letras e Comunicação (UFPEL).

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Ministrante dos cursos básicos da Extensão, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Graduanda

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Aluna - Bolsista de Graduação, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Graduação, atuou como monitora na área de Leitura e Produção Textual nos cursos de Graduação em Letras do Centro de Letras e Comunicação (UFPEL).

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Ministrante dos cursos básicos da Extensão, Carga horária: 20

Atividades

08/2008 - 07/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Conselho Coordenador do Ensino, da Pesquisa e da Extensão, .



Linhas de pesquisa


1.
Ensino e aprendizagem de línguas
2.
Professores em formação, Novas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, Autonomia, Colaboração, Identidade


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Constituição Identitária Docente e Uso de Recursos Digitais: formação de professores de inglês como língua adicional na UNIPAMPA
Descrição: Este projeto de pesquisa foi pensado a partir da prática, em sala de aula, da professora coordenadora, Dra. Luciani Salcedo de Oliveira, e da professora colaboradora, Dra. Gabriela Bohlmann Duarte, no Curso de Licenciatura em Letras ? Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas na UNIPAMPA (Campus Bagé). Nesse contexto de aprendizagem ? no qual futuros professores de línguas devem desenvolver competência comunicativa (CANALE e SWAIN, 1980; CELCE-MURCIA; 2007) em ambas as línguas adicionais (espanhol e inglês) e formar-se como professores crítico-reflexivos dessas duas línguas, é premente a necessidade de desenvolvimento de pesquisas acerca da constituição identitária desse futuro professor. Como aponta a literatura especializada, processos identitários estão intimamente ligados às práticas de linguagem em nossos ?tempos hipermodernos? (CARMAGNANI, 2006; CORACINI, 2006; FERREIRA, 2006; KLEIMAN; VIEIRA, 2006; MOITA LOPES, 2012). Nessa perspectiva, a identidade docente é, sem dúvida, influenciada pelo uso das Novas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (NTDICs); estando nós, conscientes ou não dessa influência. Parece-nos, portanto, coerente investigar como futuros professores de línguas adicionais, e também seus professores educadores, relacionam-se discursivamente com as NTDICs, especialmente, no caso da UNIPAMPA, instituição na qual é possível observar ? tanto em sala de aula, quanto em relatos dos nossos acadêmicos e colegas de trabalho ? a estreita relação que estabelecem com tecnologias aplicadas ao ensino-aprendizagem de língua inglesa. A presente proposta de pesquisa também se justifica pelo fato de não termos conhecimento acerca do impacto que essa relação tem na constituição da identidade de um professor crítico-reflexivo, engajado com seu aprimoramento linguístico e didático-pedagógico ? objetivos elencados no Projeto Político Pedagógico do Curso (PPC) de Letras ? Línguas Adicionais (UNIPAMPA). É nosso objetivo, assim, nos debruçarmos sobre a complexa e fragmentada constituição do ser professor de língua adicional e de suas incontáveis possibilidades em termos de facetas identitárias (Quem sou enquanto (futuro) professor de línguas? Como as NTDICs influenciam esse meu processo de ser/tornar-se professor? Como posso fazer uso mais apropriado dessas tecnologias a fim de (re)fazer-me enquanto (futuro) professor de língua inglesa? Como essa investigação poderá me ajudar a incorporar essas tecnologias de modo mais produtivo no meu estudo?), incentivando, desse modo, as oportunidades de contato e de estudo com/do inglês, dentro e fora da sala de aula, a partir do comportamento autônomo dos alunos. Salienta-se, por fim, que este projeto prevê um trabalho em parceria ao Projeto de Pesquisa ?Uso de Recursos Digitais por Aprendizes de Inglês como Língua Adicional na UNIPAMPA: uma proposta autônoma e colaborativa?, coordenado pela professora Gabriela..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Integrante / Luciani Salcedo de Oliveira - Coordenador / Jéssica Franco Azevedo - Integrante / Bruna Martins da Rosa - Integrante.
2017 - Atual
Uso de Recursos Digitais por Aprendizes de Inglês como Língua Adicional na UNIPAMPA: uma proposta autônoma e colaborativa
Descrição: Este projeto de pesquisa foi pensado a partir da prática, em sala de aula, da professora coordenadora, Dra. Gabriela Bohlmann Duarte, e da professora colaboradora, Dra. Luciani Salcedo de Oliveira, no Curso de Licenciatura em Letras ? Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas na UNIPAMPA (Campus Bagé). Foi possível perceber que o processo de ensino e aprendizagem de inglês, num contexto de aprendizagem de duas línguas adicionais, torna-se mais exigente, visto que os alunos precisam desenvolver a competência comunicativa (CANALE & SWAIN, 1980; CELCE-MURCIA; 2007) em ambas as línguas, além de cursar as demais disciplinas que fazem parte do curso e do seu processo de formação como professores. Acredita-se que, assim, o uso das Novas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (NTDICs) poderia ser bastante proveitoso, caracterizando-se como outro espaço no qual os alunos têm contato com o a língua inglesa e podem estuda-la. Por isso, esse projeto tem como objetivo a investigação do uso das Novas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação pelos alunos e professores do Curso de Licenciatura em Letras ? Línguas Adicionais na Unipampa e a proposta de elaboração de um memorial com sugestões/ideias/questões para discussão com vistas à possível incorporação dessas NTDICs nos componentes curriculares do curso, assim como em atividades extraclasse (em estudo autônomo ou em projetos de ensino). Busca-se, assim, incentivar as oportunidades de contato e de estudo do inglês, dentro e fora da sala de aula, a partir do comportamento autônomo dos alunos e do acompanhamento e de sugestão de atividades por parte dos professores do Curso. Retoma-se que este projeto prevê um trabalho em parceria ao projeto ?Constituição identitária docente e uso de recursos digitais: Formação de professores de inglês como língua adicional na UNIPAMPA?, coordenado pela professora Luciani. Essa parceria é bastante importante porque a criação do memorial, citado anteriormente, almeja não só o incentivo de práticas autônomas e em sala de aula com o auxílio das NTDICs, mas também da reflexão acerca da formação de professores e do quanto esse trabalho poderá refletir nas suas práticas de ensino futuramente. Outro objetivo de ambos os projetos é a implementação do ?Laboratório de Estudos em Língua Inglesa? do Campus Bagé da Unipampa. Esse laboratório será um espaço para as práticas de estudo autônomo, no qual monitores de língua inglesa e alunos poderão trabalhar, voltando-se tanto para questões linguísticas quanto para questões de ensino e planejamento de atividades..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Coordenador / Luciani Salcedo de Oliveira - Integrante / Wendy Fattah - Integrante / Nádia Carolina Chrispim dos Santos - Integrante / Iago Goulart Borba - Integrante.
2014 - Atual
Recursos educacionais abertos para o ensino de línguas online
Descrição: O projeto insere-se na área do Letramento Digital, com foco no uso de Recursos Educacionais Abertos (REAs) para o ensino de línguas online. Entende-se que os REAs apresentam dois problemas ainda não resolvidos: (1) como incorporar um conteúdo educacional a um artefato digital e (2) como adaptar o recurso educacional a um determinado contexto. Para isso, propõe-se elaborar um instrumento que permita ao professor não só transformar artefatos digitais em recursos educacionais, inserindo o conteúdo educacional, mas também adaptar os recursos educacionais já existentes para atender adequadamente às necessidades que emergem de seu contexto de ensino. A metodologia usada consta de uma meta-análise inicial dos artefatos digitais disponíveis aos professores, seguida de um levantamento dos procedimentos que podem ser usados para dotar esses recursos de conteúdo educacional e finalmente dos mecanismos que podem ser usados para garantir que um REA seja aberto nos dois sentidos mais relevantes da palavra: (1) aberto a todos que o desejarem usar, sem restrições de plataforma, e (2) aberto a mudanças no próprio recurso, viabilizando adaptações ao contexto de uso. Os resultados esperados incluem uma taxonomia dos REAs, a criação de repositórios de REAs para o ensino de línguas e a produção de recursos educacionais abertos e adaptativos com base no princípio da colaboração em massa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (10) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Integrante / Rafael Vetromille-Castro - Integrante / Vilson Jose Leffa - Coordenador / Vanessa Ribas Fialho - Integrante.
2013 - Atual
Línguas estrangeiras: perspectivas emergentes em aprendizagem de línguas, elaboração de materiais e formação de professores
Descrição: A sociedade pós-moderna está inevitavelmente imbricada com as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs). Inúmeras práticas sociais envolvem e decorrem do uso dos recursos tecnológicos digitais, dentre elas aquelas que têm a linguagem como ponto central. A oferta de cursos online e de caráter semipresencial tem crescido em velocidade maior do que a reflexão sobre as características e demandas pedagógicas específicas do meio telemático, ainda que a academia tenha voltado mais a sua atenção nos últimos anos. A área de Linguística Aplicada em muito avançou nos últimos anos no tocante ao acesso à tecnologia e ao domínio de ferramentas digitais. Porém, percebe-se que a reflexão acerca dos recursos tecnológicos e das práticas pedagógicas, especialmente aquelas voltadas ao desenvolvimento de língua estrangeira (LE), deve prosseguir. Importante ressaltar que entende-se tais práticas não somente a partir da perspectiva de ação docente ? a qual abarca a elaboração de materiais voltados para a aprendizagem de línguas mediada por computador (CALL) ? mas de igual modo as ações autônomas de aprendizes, as quais são facilitadas em tempos de agentes autônomos de ensino/aprendizagem, sítios de conteúdo online e cursos online abertos e massivos (MOOC). Também percebe-se como primordial a atenção aos programas de formação de professores de línguas, os quais preparam docentes pré-serviço e em serviço para a atuação junto a uma comunidade de alunos nativos digitais (PRENSKY, 2001), com vistas ao desenvolvimento linguístico em consonância com as demandas sociais de uso da LE da sociedade pós-moderna. Nota-se que, embora as novas TICs estejam amplamente difundidas, sua inserção em ambiente escolar não está totalmente normalizada (BAX, 2003; 2011), seja pela novidade da prática, seja pelo caráter recente de dado elemento. Partindo do entendimento de que a sala de aula é um Sistema Adaptativo Complexo (SAC) (VETROMILLE-CASTRO, 2007; 2008; 2011; 2013), considera-se que ferramentas, materiais e práticas com TICs são elementos externos ao SAC e, devido à susceptibilidade sistêmica a elementos de tal natureza, atuam como atratores estranhos (LARSEN-FREEMAN, 1997; LARSEN-FREEMAN & CAMERON, 2008; PAIVA, 2011), os quais causam perturbações e provocam o sistema a um comportamento de auto-organização constante. Nesse cenário, partindo da perspectiva Complexa, associada a outros paradigmas emergentes, faz-se necessária a reflexão sobre o desenvolvimento de LE em meio telemático, a elaboração e uso de Objetos de Aprendizagem de Línguas (OAL) e a formação de professores de LE para o uso de TICs, tanto no que diz respeito aos materiais pedagógicos desenvolvidos para a sala de aula virtual, quanto às práticas de professores e alunos no ensino/aprendizagem por meio das TICs..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2012
Línguas estrangeiras e TICs: aprendizagem de línguas e elaboração de materiais na Complexidade e no Caos
Descrição: O objetivo principal do projeto é analisar, refletir e produzir subsídios teóricos sobre a aprendizagem de línguas por meio das tecnologias da informação e da comunicação (TICs), especialmente no que diz respeito às práticas pedagógicas e à construção do conhecimento com ferramentas digitais. Também é objetivo produzir conhecimento sobre as peculiaridades da produção de materiais para a aprendizagem em meio telemático, analisando sistemas de autoria e discutindo (novas) formas de elaboração e de utilização de atividades com as TICs. O trabalho investigativo terá suporte teórico no paradigma da Complexidade Pensamento Complexo, Teoria do Caos (MORIN, 1995; GLEICK, 1989; PIAGET, 1973) e em conceitos ligados à Ciência da Computação e ao Design, como a Usabilidade (NIELSEN, 1994) e a Usabilidade Pedagógica (VETROMILLE-CASTRO, 2003)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Integrante / Alejandro Moliterno Vanerio - Integrante / Aline Behling Duarte - Integrante / Nairana Hoffmann Sedrez - Integrante / Camila Gonçalves dos Santos - Integrante / Rafael Vetromille-Castro - Coordenador / Anne Marie Moor - Integrante / Vilson Jose Leffa - Integrante / Letícia Fonseca Richthofen de Freitas - Integrante.
2008 - 2009
Literatura comparada: interdisciplinaridade e intertextualidade -
Descrição: A linha de pesquisa "Estudos de Intertextualidade", a qual visa à análise e interpretação de textos literários, exercitada no campo dos estudos comparatistas, a partir das teorias da intertextualidade e dos princípios metodológicos da interdisciplinaridade, operando a aproximação de textos literários entre si, bem como do literário com outras textualidades culturais e estéticas, insere-se no grupo de Pesquisa "Literatura comparada: interdisciplinaridade e intertextualidade", o qual é constituído por pesquisadores que investigam as relações intertextuais e interdisciplinares de textos literários entre si, bem como entre textos literários e textos não-literários (formatados por meio de outros códigos estéticos não verbais ou do âmbito de outros discursos e campos disciplinares), vistos em contextos sociais, estéticos e culturais específicos. Vinculados a duas linhas de pesquisa -"Estudos de intertextualidade" e "Palavra e imagem" - os projetos de pesquisa em andamento inserem-se naturalmente no quadro dos estudos comparados em literatura, buscando não só examinar e aplicar as teorias fundadoras desse campo de estudos literários, como experimentando novas propostas teóricas e críticas que contribuam para a pesquisa na área de literatura..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (17) / Especialização: (3) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Integrante / Vanessa Martinelli Oro - Integrante / Rafael Dias Ferreira - Integrante / Daniel Andrioli Rasch - Integrante / Vinicius Cardoso Goularte - Integrante / Francesca Batista de Azevedo - Integrante / João Manuel dos Santos Cunha - Coordenador / Alercio Pereira Junior - Integrante / Marcelo Castro da Silva Maraninchi - Integrante / Maristela Gonçalves Souza Machado - Integrante / Simone Xavier Moreira - Integrante / Renata Manica - Integrante / Monica Izabel Macedo Machado - Integrante / Mônica Ferreira Cassana - Integrante / Margarete Tavares da Silva - Integrante / Lisiane Wollmann de Franceschi - Integrante / Juliana Toazza Grossi - Integrante / Danieli de Oliveira Vilela - Integrante / Claudia Michele Larroque Silva - Integrante / José Carlos Volcato - Integrante / João Luis Pereira Ourique - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa.
2008 - 2009
Literatura comparada: interdisciplinaridade e intertextualidade -
Descrição: A linha de pesquisa "Palavra e Imagem" , a qual busca a Investigação sobre a relação entre palavra e imagem, vista tanto do ponto de vista da repercussão dos procedimentos imagéticos sobre o texto de ficção verbal, como do das traduções visuais para textos literários, considerada em contextos estéticos, sociais e culturais específicos, insere-se dentro do projeto Literatura comparada: interdisciplinaridade e intertextualidade, o qual é constituído por pesquisadores que investigam as relações intertextuais e interdisciplinares de textos literários entre si, bem como entre textos literários e textos não-literários (formatados por meio de outros códigos estéticos não verbais ou do âmbito de outros discursos e campos disciplinares), vistos em contextos sociais, estéticos e culturais específicos. Vinculados a duas linhas de pesquisa -"Estudos de intertextualidade" e "Palavra e imagem" - os projetos de pesquisa em andamento inserem-se naturalmente no quadro dos estudos comparados em literatura, buscando não só examinar e aplicar as teorias fundadoras desse campo de estudos literários, como experimentando novas propostas teóricas e críticas que contribuam para a pesquisa na área de literatura..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Integrante / João Manuel dos Santos Cunha - Integrante / Alercio Pereira Junior - Integrante / Marcelo Castro da Silva Maraninchi - Integrante / Maristela Gonçalves Souza Machado - Integrante / Renata Azevedo Requião - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Núcleo de Línguas Adicionais
Descrição: O Núcleo de Línguas Adicionais (NLA) é um projeto de extensão que tem como objetivo principal oferecer semestralmente e de forma gratuita à comunidade externa em geral (crianças, adolescentes e adultos) e comunidade acadêmica cursos gratuitos de línguas adicionais (espanhol e inglês) em diferentes modalidades (presencial e a distância; regulares e intensivos). Objetiva-se também propiciar aos alunos do curso de Letras envolvidos no projeto um espaço para o exercício de iniciação à prática docente, através da atuação em sala de aula e do planejamento e elaboração de materiais didáticos para o ensino e aprendizagem de línguas adicionais. O Núcleo de Línguas constitui-se um ambiente de reflexão sobre a prática pedagógica, onde os discentes encontram a possibilidade de experimentarem-se na posição de professores de espanhol e inglês como línguas adicionais, ao mesmo tempo em que aperfeiçoam a proficiência nessas línguas. Funciona, ainda, como espaço de formação para os estudantes de pós-graduação do Mestrado Profissional em Ensino de Línguas, que realizam estágio de docência e desenvolvem pesquisas vinculadas aos seus projetos de dissertação. Por outro lado, o Núcleo possibilita ao público atingido o acesso a aprendizagem de línguas adicionais sem ônus financeiro, além de aproximar a comunidade do espaço da universidade, estreitando os vínculos entre universidade e comunidade através da educação linguística.. Situação: Em andamento; Natureza: Extensão..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Outros Projetos


2017 - 2017
Monitoria de Inglês - 2017
Descrição: Os componentes curriculares que têm como foco o estudo da Língua Inglesa exigem que os alunos tenham o domínio da língua, nas habilidades de compreensão e de produção oral e escrita, de acordo com o nível previsto em cada ementa. Entretanto, observa-se que muitos alunos têm mais dificuldades durante as aulas, sendo necessária uma carga horária extra para que possam ter mais contato com a língua e sanar suas dúvidas. A aprendizagem de qualquer idioma adicional é bastante individual, sendo bastante comum que alunos tenham dificuldades específicas nas diferentes habilidades. Deste modo, acredita-se que a presença de um acadêmico-monitor de língua inglesa poderia oferecer um espaço a mais para os alunos de Fundamentos de Inglês I e II, de Letramentos em Inglês e de Análise Linguística do Inglês executarem atividades linguísticas voltadas as suas dificuldades, além da carga horária das aulas e dos horários de atendimento com os professores. Essas disciplinas fazem parte dos dois anos iniciais do curso de Letras ? Línguas Adicionais, sendo, assim, fundamental que os alunos tenham não só o contato formal com a língua, mas também apoio para que consigam aproveitar ao máximo tal contato. O acadêmico-monitor de inglês, juntamente com a docente responsável pelo projeto, oferecerá atendimento para os discentes a fim de sanar dúvidas sobre questões linguísticas e o desenvolvimento das atividades propostas nas disciplinas..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Coordenador.Financiador(es): Universidade Federal do Pampa - Bolsa.
2017 - 2017
Transleituras em foco: práticas, discussões e criações
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Coordenador / Louise Silva do Pinho - Integrante.
2016 - 2016
Monitoria de Inglês
Descrição: Os componentes curriculares que têm como foco o estudo da Língua Inglesa exigem que os alunos tenham o domínio da língua, nas habilidades de compreensão e de produção oral e escrita, de acordo com o nível previsto em cada ementa. Entretanto, observa-se que muitos alunos têm mais dificuldades durante as aulas, sendo necessária uma carga horária extra para que possam ter mais contato com a língua e sanar suas dúvidas. A aprendizagem de qualquer idioma adicional é bastante individual, sendo bastante comum que alunos tenham dificuldades específicas nas diferentes habilidades. Deste modo, acredita-se que a presença de um monitor de língua inglesa poderia oferecer um espaço a mais para os alunos de Fundamentos de Inglês II e de Análise Linguística do Inglês executarem atividades linguísticas voltadas as suas dificuldades, além da carga horária das aulas e dos horários de atendimento com os professores. O monitor de inglês, juntamente com a docente responsável pelas disciplinas, oferecerá atendimento para os discentes a fim de trabalhar com as habilidades linguísticas, desenvolver a proficiência, sanar dúvidas sobre questões linguísticas e/ou relacionadas às atividades propostas nas disciplinas..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Gabriela Bohlmann Duarte - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Aplicada.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende BemLê Bem.


Prêmios e títulos


2009
Prêmio Jovem Pesquisador do XVIII CIC, UFPEL.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
VETROMILLE-CASTRO, Rafael2018VETROMILLE-CASTRO, Rafael ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Professores em formação ou aprendizes de inglês? Identidade, complexidade e valores compartilhados. POLIFONIA: ESTUDOS DA LINGUAGEM, v. 25, p. 221-240, 2018.

2.
2DUARTE, Gabriela Bohlmann2016DUARTE, Gabriela Bohlmann; ALDA, Lucía ; LEFFA, V. J. . GAMIFICAÇÃO E O FEEDBACK CORRETIVO: CONSIDERAÇÕES SOBRE A APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PELO DUOLINGO. RAÍDO (ONLINE), v. 10, p. 114-128, 2016.

3.
3DUARTE, Gabriela Bohlmann2015DUARTE, Gabriela Bohlmann; VETROMILLE-CASTRO, Rafael . EMERGÊNCIA IDENTITÁRIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS: UM OLHAR COMPLEXO. Nonada : letras em revista, v. 1, p. 144-160, 2015.

4.
1VETROMILLE-CASTRO, Rafael2013DUARTE, Gabriela Bohlmann; VETROMILLE-CASTRO, Rafael ; MOOR, A. M. ; SEDREZ, N. H. . From Learning Objects to Language Learning Objects. International Journal of Computer-Assisted Language Learning and Teaching, v. 3, p. 82-96, 2013.

5.
4DUARTE, Gabriela Bohlmann2013DUARTE, Gabriela Bohlmann. Blogs e o Processo de Constituição Identitária de Professores de Inglês em Formação. Revista (Con)Textos Linguísticos, v. 7, p. 167-185, 2013.

6.
5VETROMILLE-CASTRO, Rafael2011VETROMILLE-CASTRO, Rafael ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Interação e a sala de aula de língua estrangeira em contextos digitais: uma perspectiva complexa. Polifonia (UFMT), v. 18, p. 124/23-141, 2011.

Capítulos de livros publicados
1.
CANTO, C. G. S. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . A construção da identidade do professor de línguas na EAD: contribuições da Teoria da Atividade. In: Luciani Salcedo de Oliveira; Raphael Albuquerque de Boer. (Org.). Professores(as) de línguas em uma perspectiva crítica: Discursos, linguagens e identidades. 1ªed.Campinas, SP: Pontes Editores, 2018, v. , p. 69-90.

2.
LEFFA, V. J. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann ; ALDA, Lucía . A sala de aula invertida: o que é e como se faz.. In: Clarissa Menezes Jordão. (Org.). A linguística aplicada no brasil: rumos e passagens.. 1ed.Campinas: Pontes Editora, 2016, v. 1, p. 365-386.

3.
VETROMILLE-CASTRO, Rafael ; MOOR, A. M. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann ; SEDREZ, N. H. . Objetos de Aprendizagem de Línguas: uma proposta. In: Rafael Vetromille-Castro; Christiane Heemann; Vanessa Ribas Fialho. (Org.). Aprendizagem de Línguas - a Presença na Ausência: CALL, Atividade e Complexidade. 1ªed.Pelotas: EDUCAT, 2012, v. A654, p. 241-256.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Aprendendo Inglês com aplicativos: uma análise do feedback corretivo apresentado pelo Duolingo e pelo Voxy. In: Congresso Internacional Linguagem e Interação III, 2015, São Leopoldo. Anais do Congresso Internacional Linguagem e Interação III, 2015.

2.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. O processo de gamificação e a aprendizagem de línguas pelo viés da Complexidade. In: Congresso Ibero-americano de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação, 2014, Buenos Aires. Memorias del Congreso Iberoamericano de Ciencia, Tecnología, Innovación y Educación, 2014.

3.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Escala comum de valores e complexidade na construção identitária de professores de inglês em formação. In: X CELSUL, 2012, Cascavel/PR. Anais do X Encontro do Círculo de Estudos Linguísticos do Sul, 2012.

4.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Escala comum de valores e concepções de professores em formação sobre ensino/aprendizagem de inglês. In: XX Seminário do CELLIP, 2011, Londrina. Anais do ... Seminário do Centro de Estudos Linguísticos e Literários do Paraná, 2011.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Escala comum de valores e a identidade de professores de inglês em formação. In: XIV Encontro de Pós-Graduação da UFPEL, 2012, Pelotas. Anais XIV Enpos, 2012.

2.
GUSMAO, J. S. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Complexidade, colaboração e autonomia: repensando a formação de professores de língua. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFPEL, 2011. Anais 2011 XX CIC UFPEL, 2011.

3.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; VETROMILLE-CASTRO, Rafael . Escala comum de valores: concepções de alunos de Letras como futuros professores de inglês. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFPEL, 2011. Anais 2011 XX CIC UFPEL, 2011.

4.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; SEDREZ, N. H. . A Complexidade na elaboração de Objetos de Aprendizagem de Línguas para o Ensino Fundamental. In: XIX Congresso de Iniciação Científica, XII Encontro de Pós-Graduação e II Mostra Científica, 2010, Pelotas. XIX Congresso de Iniciação Científica, XII Encontro de Pós-Graduação e II Mostra Científica, 2010.

5.
SEDREZ, N. H. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Uma Ontologia Comunicativa para Objetos de Aprendizagem de Línguas.. In: XIX Congresso de Iniciação Científica da UFPEL, 2010, Pelotas. Anais do XIX Congresso de Iniciação Científica da UFPEL, 2010.

6.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; CUNHA, João Manuel dos Santos . Um imaginário fílmico em Hoje de madrugada, de Raduan Nassar. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVIII COngresso de Iniciação Científica, XI Encontro de Pós-Graduação e I Mostra Científica, 2009.

7.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; CUNHA, João Manuel dos Santos . IMAGENS E PALAVRAS ESPECULARES NA TRADUÇÃO INTERSEMIÓTICA DE LAVOURA ARCAICA. In: XVII Congresso de Iniciação Científica X Encontro de Pós-graduação da UFPEL, 2008, Pelotas. IMAGENS E PALAVRAS ESPECULARES NA TRADUÇÃO INTERSEMIÓTICA DE LAVOURA ARCAICA, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Complexidade, Gamificação e Letramentos: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês. In: 18th World Congress of Applied Linguistics, 2017, Rio de Janeiro. AILA World Congress Rio 2017 - ABSTRACT BOOKLET, 2017.

2.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Eventos Complexos de Letramentos: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês com atividades gamificadas. In: VII Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas, 2017, Rio Grande. Caderno de Resumos da VII Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas, 2017.

3.
SANTOS, Camila Gonçalves dos ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Interatividade, adaptabilidade e gamificação: reflexões sobre a ferramenta ELO CLOUD e suas potencialidades no ensino de línguas. In: I Jornada de Reflexões sobre Ensino de Línguas, 2016, Bagé. ANAIS DA I JORNADA DE REFLEXÕES SOBRE ENSINO DE LÍNGUAS, 2016. p. 59-59.

4.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Letramentos, Gamificação e Motivação: uma abordagem complexa para a aprendizagem de línguas. In: VI Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas, 2016, Pelotas. Caderno de Resumos da VI Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas, 2016.

5.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Gamificação e as possibilidades para aprendizagem de línguas enquanto ?se joga?. In: V Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas, 2015, Santa Marua. Caderno de Resumo V JETAL, 2015.

6.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Videogames, gamificação e aprendizagem de línguas: tendências de pesquisa e possibilidades de uso dentro e fora da escola. In: 6o Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 2o Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias., 2015, Recife. Anais do 6o Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 2o Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias., 2015.

7.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Aprendendo inglês com aplicativos: uma análise do feedback corretivo apresentado pelo Duolingo e pelo Voxy. In: 3º Congresso Internacional de Linguagem e Interação, 2015, São Leopoldo. Anais do 3º Congresso Internacional de Linguagem e Interação, 2015.

8.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. A pesquisa com games e gamificação e as possibilidades para aprendizagem de línguas. In: Salão Universitário - Universidade Católica de Pelotas, 2015, Pelotas. Anais do Salão Universitário - Universidade Católica de Pelotas, 2015.

9.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Um olhar sobre a gamificação e a aprendizagem de línguas pela perspectiva da complexidade. In: I Simpósio Internacional de Games, Mundos Virtuais e Tecnologia na Educação e I Simpósio de Arte, Mídias Locativas e Tecnologias na Educação, 2014, Santa Maria. Anais do I Simpósio Internacional de Games, Mundos Virtuais e Tecnologia na Educação e I Simpósio de Arte, Mídias Locativas e Tecnologias na Educação, 2014.

10.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. GAMIFICAÇÃO E FEEDBACK: UMA ANÁLISE DO PROCESSO DE GAMIFICAÇÃO E DAS OPORTUNIDADES DE APRENDIZAGEM OFERECIDAS PELO DUOLINGO. In: IV JETAL, 2014, Pelotas. Cadernos de Resumos e Programação da IV JETAL, 2014.

11.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; ALDA, Lucía . Gamificação, feedback e Duolingo: jogando e aprendendo outras línguas?. In: Salão Universitário da UCPEL - 13ª Mostra de Pós-Graduação, 2014, Pelotas. Anais do Salão Universitário da UCPEL - 13ª Mostra de Pós-Graduação, 2014.

12.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Identidades, valores compartilhados e comportamentos de professores de inglês em formação nas interações em um blog educacional. In: III Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas - JETAL, 2013, Pelotas. Caderno de Programação e Resumos - III JETAL, 2013.

13.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Professores de inglês em formação: identidades e comportamentos de um grupo em dois semestres do curso de Letras. In: II Encontro Sul Letras, 2013, Rio Grande. Programação e Caderno de Resumos do II Encontro Sul Letras, 2013. p. 63.

14.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Professores ou aprendizes de inglês em formação? A constituição identitária de estudantes de Letras. In: VII Seminário Nacional sobre Linguagens e Ensino, 2012, Pelotas. Anais do VII SENALE. Pelotas: EDUCAT, 2012.

15.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. ESCALA COMUM DE VALORES E COMPLEXIDADE NA CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA DE PROFESSORES DE INGLÊS EM FORMAÇÃO. In: X CELSUL, 2012, Cascavel/PR. Caderno de Programação e Resumos do 10º ENCONTRO DO CELSUL, 2012.

16.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Complexidade e valores: constituição identitária de um grupo de professores de inglês em formação. In: I Encontro Sul Letras, 2012, São Leopoldo/RS. Anais do I Encontro Sul Letras, 2012.

17.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Formação de professores de inglês: escala comum e valores e concepções sobre ensino/aprendizagem de língua estrangeira. In: XXIII Salão de Iniciação Científica, 2011, Porto Alegre. Resumos SIC, 2011.

18.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. A formação de professores de inglês e a escala comum de valores: concepções sobre o ensino e a aprendizagem da língua estrangeira. In: I Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas - JETAL, 2011. Caderno de Resumos - I Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas, 2011.

19.
GUSMAO, J. S. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Escala de valores, autonomia e colaboração: novas possibilidades na formação de professores de línguas. In: XX Seminário do CELLIP, 2011, Londrina. Caderno de Programação e Resumos do XX Seminário do CELLIP, 2011.

20.
VETROMILLE-CASTRO, Rafael ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Blog de professores de língua estrangeira em formação: um sistema complexo?. In: VI Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino ? Linguagens: metodologias de ensino e pesquisa, 2010, Pelotas. VI Seminário sobre Linguagem e Ensino ? Linguagens: metodologias de ensino e pesquisa, 2010.

21.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. UMA EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM EM MOMENTO DE ESTÁGIO SOB A PERSPECTIVA DA COMPLEXIDADE. In: 19º Congresso de Iniciação Científica, 9ª Mostra de Pós-Graduação e 2º Congresso de Extensão da UCPEL, 2010, Pelotas. 19º Congresso de Iniciação Científica, 9ª Mostra de Pós-Graduação e 2º Congresso de Extensão da UCPEL, 2010.

22.
SEDREZ, N. H. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Uma ontologia comunicativa para Objetos de Aprendizagem de Línguas. In: XIX Congresso de Iniciação Científica, XII Encontro de Pós-Graduação e II Mostra Científica, 2010, Pelotas. XIX Congresso de Iniciação Científica, XII Encontro de Pós-Graduação e II Mostra Científica, 2010.

23.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; CUNHA, João Manuel dos Santos . Formação de leitores para textos literários por meio da leitura comparada de narrativas literária e fílmica. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, XI Encontro de Pós-Graduação e I Mostra Científica, 2009.

24.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Observando a aprendizagem de línguas na perspectiva da Complexidade: considerações a partir do Modelo Fractal de Aquisição de Línguas. In: Semana Acadêmica da Faculdade de Letras 2009 e II Seminário de Metodologia do Ensino de Línguas e Literaturas, 2009, Pelotas. Semana Acadêmica da Faculdade de Letras 2009 e II Seminário de Metodologia do Ensino de Línguas e Literaturas, 2009.

25.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; CUNHA, João Manuel dos Santos . TRADUÇÃO INTERSEMIÓTICA DO LIVRO AO FILME COMO LEITURA CRÍTICA DO TEXTO LITERÁRIO: UM CASO DE TRANSCRIAÇÃO. In: 17º Congresso de Iniciação Científica 7ª Mostra de Pós-graduação 4ª Mostra de extensão da UCPEL, 2008, Pelotas. Tradução intersemiótica do livro ao filme como leitura crítica do texto literário: um caso de transcriação, 2008.

26.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; CUNHA, João Manuel dos Santos . Lavoura arcaica/LavourArcaica: interpretação textual como prática transcriativa. In: XVII Congresso de Iniciação Científica X Encontro de Pós-graduação da UFPEL, 2008, Pelotas. Lavoura arcaica/LavourArcaica: interpretação textual como prática transcriativa, 2008.

27.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. A importância do code switching no ensino de língua inglesa. In: Semana Acadêmica do curso de Letras - ?Diálogos com/sobre/para as Letras ? Uma teoria: para que prática??, 2008, Pelotas. Semana Acadêmica do curso de Letras - ?Diálogos com/sobre/para as Letras ? Uma teoria: para que prática??, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Complexidade, Gamificação e Letramentos: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Eventos Complexos de Letramentos: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês com atividades gamificadas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. EVENTOS COMPLEXOS DE LETRAMENTOS: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês com atividades gamificadas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; PINHO, L. S. ; DORNELLES, C. ; CHAGAS, F. . Um relato sobre experiências significativas de aprendizagem de inglês e de espanhol como línguas adicionais no curso de Letras. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Gamificação e letramentos: um olhar complexo sobre a aprendizagem de inglês. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Letramentos, gamificação e motivação: uma abordagem complexa para a aprendizagem de línguas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. COMPLEXIDADE, PRÁTICAS DE LETRAMENTOS E GAMIFICAÇÃO NA APRENDIZAGEM DE INGLÊS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; SANTOS, Camila Gonçalves dos . Interatividade, adaptabilidade e gamificação: reflexões sobre a ferramenta ELO CLOUD e suas potencialidades no ensino de línguas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. A PESQUISA COM GAMES E GAMIFICAÇÃO E AS POSSIBILIDADES PARA APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Gamificação e as possibilidades para aprendizagem de línguas enquanto ?se joga?. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; GARCIA, D. . GAMIFICAÇÃO E LETRAMENTO EM DESIGN DE GAMES: PERSPECTIVA NO CAMPO DA LINGUÍSTICA APLICADA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Um olhar sobre a gamificação e a aprendizagem de línguas pela perspectiva da complexidade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. GAMIFICAÇÃO E FEEDBACK: UMA ANÁLISE DO PROCESSO DE GAMIFICAÇÃO E DAS OPORTUNIDADES DE APRENDIZAGEM OFERECIDAS PELO DUOLINGO. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Gamificação, feedback e Duolingo: jogando e aprendendo outras línguas?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Blogs e o Processo de Constituição Identitária de Professores de Inglês em Formação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Identidades, valores compartilhados e comportamentos de professores de inglês em formação nas interações em um blog educacional. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO IDENTITÁRIA DE PROFESSORES DE INGLÊS EM FORMAÇÃO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. PROFESSORES DE INGLÊS EM FORMAÇÃO: IDENTIDADES E COMPORTAMENTOS DE UM GRUPO EM DOIS SEMESTRES DO CURSO DE LETRAS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Professores ou aprendizes de inglês em formação? A constituição identitária de estudantes de Letras. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Complexidade e valores: constituição identitária de um grupo de professores de inglês em formação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Formação de professores de inglês: escala comum e valores e concepções sobre ensino/aprendizagem de língua estrangeira. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. A formação de professores de inglês e a escala comum de valores: concepções sobre o ensino e a aprendizagem da língua estrangeira. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; VETROMILLE-CASTRO, Rafael . Escala comum de valores: concepções de alunos de Letras como futuros professores de inglês. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
GUSMAO, J. S. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Complexidade, colaboração e autonomia: repensando a formação de professores de língua. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
VETROMILLE-CASTRO, Rafael ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Blog de professores de língua estrangeira em formação: um sistema complexo?. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. UMA EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM EM MOMENTO DE ESTÁGIO SOB A PERSPECTIVA DA COMPLEXIDADE. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; SEDREZ, N. H. . A Complexidade na elaboração de Objetos de Aprendizagem de Línguas para o Ensino Fundamental. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

28.
SEDREZ, N. H. ; DUARTE, Gabriela Bohlmann . Uma ontologia comunicativa para Objetos de Aprendizagem de Línguas. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

29.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; CUNHA, João Manuel dos Santos . Imaginário fílmico e escrita literária em Raduan Nassar: análise do conto "Hoje de madrugada". 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

30.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; CUNHA, João Manuel dos Santos . Um imaginário fílmico em. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; CUNHA, João Manuel dos Santos . Formação de leitores por meio da leitura comparada de narrativas literária e fílmica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Observando a aprendizagem de línguas na perspectiva da Complexidade: considerações a partir do Modelo Fractal de Aquisição de Línguas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Tradução intersemiótica do livro ao filme como leitura crítica do texto literário: um caso de transcriação. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Lavoura arcaica/LavourArcaica: interpretação textual como prática transcriativa. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

35.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Imagens e Palavras especulares na tradução intersemiótica de Lavoura arcaica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

36.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. A importância do code switching no ensino de língua inglesa. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Resenha de ?Complex Systems and Applied Linguistics?, de Diane Larsen-Freeman e Lynne Cameron. Revista Virtual de Estudos da Linguagem, 2016 (Resenha).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Parecerista ad hoc da revista BELT - Brazilian English Teaching Language Journal. 2018.


Demais tipos de produção técnica
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. Relatório Final de Bolsista de Iniciação Científica ? PIBIC-CNPq. 2009. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; PINHO, L. S.. Participação em banca de Cristiane Dias.Ser um professor de inglês e de Espanhol na escola pública: um olhar a partir do conceito de docente compositor'. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Línguas Adicionais Inglês, Espanhol e Respectivas Literaturas) - Universidade Federal do Pampa.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. 25 Congresso de Iniciação Científica. 2016. Universidade Católica de Pelotas.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Jornada de Reflexões sobre Ensino de Línguas.Produção de Produto Pedagógico de Língua Adicional. 2018. (Oficina).

2.
III Jornada de Reflexões sobre Ensino de Línguas.Roda de Conversa "Análise Linguística no ensino de Línguas". 2018. (Encontro).

3.
18th World Congress of Applied Linguisitcs. Complexidade, Gamificação e Letramentos: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês. 2017. (Congresso).

4.
II Jornada de Reflexões sobre o Ensino de Línguas."Um relato sobre experiências significativas de aprendizagem de inglês e de espanhol como línguas adicionais no curso de Letras. 2017. (Encontro).

5.
VII Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas.Eventos Complexos de Letramentos: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês com atividades gamificadas. 2017. (Encontro).

6.
VII Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas.Eventos Complexos de Letramentos: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês com atividades gamificadas. 2017. (Encontro).

7.
IX SEminário de Ensino de Línguas Estrangeiras, V Seminário de Ensino de Língua Materna (SELM), I Seminário Nacional Integrado da área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (SENI).Gamificação e Letramentos: um olhar complexo sobre a aprendizagem de inglês. 2016. (Seminário).

8.
Jornada de Reflexões sobre Ensino de Línguas na Unipampa.Interatividade, adaptabilidade e gamificação: reflexões sobre a ferramenta ELO CLOUD e suas potencialidades no ensino de línguas. 2016. (Encontro).

9.
VI Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas (J (JETAL).Letramentos, Gamificação e Motivação: uma abordagem complexa para a aprendizagem de línguas. 2016. (Encontro).

10.
6º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação e 2º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias. Videogames, gamificação e aprendizagem de línguas: tendências de pesquisa e possibilidades de uso dentro e fora da escola. 2015. (Congresso).

11.
Congresso Internacional Linguagem e Interação III. Aprendendo Inglês com aplicativos: uma análise do feedback corretivo apresentado pelo Duolingo e pelo Voxy. 2015. (Congresso).

12.
III Colóquio de Educação e Novas Tecnologias. 2014. (Encontro).

13.
I Simpósio Internacional de Games, Mundos Virtuais e Tecnologia na Educação e I Simpósio de Arte, Mídias Locativas e Tecnologias na Educação.Um olhar sobre a gamificação e a aprendizagem de línguas pela perspectiva da complexidade. 2014. (Simpósio).

14.
IV JETAL.GAMIFICAÇÃO E FEEDBACK: UMA ANÁLISE DO PROCESSO DE GAMIFICAÇÃO E DAS OPORTUNIDADES DE APRENDIZAGEM OFERECIDAS PELO DUOLINGO. 2014. (Outra).

15.
Salão Universitário da UCPel - 13ª Mostra de Pós-Graduação.Gamificação, feedback e Duolingo: jogando e aprendendo outras línguas?. 2014. (Outra).

16.
Avaliação de desempenho em língua estrangeira em meios eletrônicos e dados. 2013. (Outra).

17.
II Encontro Sul Letras.Professores de inglês em formação: identidades e comportamentos de um grupo em dois semestres do curso de Letras. 2013. (Encontro).

18.
III Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas - JETAL.Identidades, valores compartilhados e comportamentos de professores de inglês em formação nas interações em um blog educacional. 2013. (Outra).

19.
Simpósio Linguagem e Identidades. 2013. (Simpósio).

20.
V Encontro de Hipertexto e Tecnologias Educacionais: Tecnologias Digitais, Educação e Compromisso Social.Blogs e o Processo de Constituição Identitária de Professores de Inglês em Formação. 2013. (Encontro).

21.
XV Encontro de Pós- Graduação.PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO IDENTITÁRIA DE PROFESSORES DE INGLÊS EM FORMAÇÃO. 2013. (Encontro).

22.
VII Seminário Nacional sobre Linguagens e Ensino.Professores ou aprendizes de inglês em formação? A constituição identitária de estudantes de Letras. 2012. (Seminário).

23.
X CELSUL.ESCALA COMUM DE VALORES E COMPLEXIDADE NA CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA DE PROFESSORES DE INGLÊS EM FORMAÇÃO. 2012. (Encontro).

24.
I Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas - JETAL.A formação de professores de inglês e a escala comum de valores: concepções sobre o ensino e a aprendizagem da língua estrangeira. 2011. (Encontro).

25.
Salão de Iniciação Científica da UFRGS.FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE INGLÊS: A ESCALA COMUM DE VALORES E AS CONCEPÇÕES SOBRE ENSINO/APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA. 2011. (Outra).

26.
XX Congresso de Iniciação Científica da UFPEL. Escala comum de valores: concepções de alunos de Letras como futuros professores de inglês. 2011. (Congresso).

27.
19º Congresso de Iniciação Científica, 9ª Mostra de Pós-Graduação e 2º Congresso de Extensão. UMA EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM EM MOMENTO DE ESTÁGIO SOB A PERSPECTIVA DA COMPLEXIDADE. 2010. (Congresso).

28.
II Congresso Internacional de Linguagem e Interação. 2010. (Congresso).

29.
IV SEMINÁRIO SOBRE O ATUAL ESTADO DA PESQUISA EM LITERATURA COMPARADA DO CENTRO DE LETRAS E COMUNICAÇÃO.Imaginário fílmico e escrita literária em Raduan Nassar: análise do conto "Hoje de madrugada". 2010. (Seminário).

30.
VI Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino.Blog de professores de língua estrangeira em formação: um sistema complexo?. 2010. (Seminário).

31.
XIX Congresso de Iniciação Científica, XII Encontro de Pós-Graduação e II Mostra Científica. A Complexidade na elaboração de Objetos de Aprendizagem de Línguas para o Ensino Fundamental. 2010. (Congresso).

32.
A linguagem representa: uma análise textual/discursiva pela perspectiva da Linguística Sistêmico-Funcional. 2009. (Encontro).

33.
Aula inaugural do Bacharelado em Letras - Redação e Revisão de Textos. 2009. (Outra).

34.
Curso Literatura e Cinema em sala de aula: uma proposta de estágio curricular. 2009. (Outra).

35.
Semana Acadêmica da Faculdade de Letras 2009 e II Seminário de Metodologia do Ensino de Línguas e Literaturas.Observando a aprendizagem de línguas na perspectiva da Complexidade: considerações a partir do Modelo Fractal de Aquisição de Línguas. 2009. (Outra).

36.
XVIII Congresso de Iniciação Científica. Um imaginário fílmico em "Hoje de madrugada", de Raduan Nassar. 2009. (Congresso).

37.
17º Congresso de Iniciação Científica, 7ª Mostra de Pós-Graduação e 4ª de Extensão. Tradução intersemiótica do livro ao filme como leitura crítica do texto literário: um caso de transcriação. 2008. (Congresso).

38.
III SEMINÁRIO SOBRE O ATUAL ESTADO DA PESQUISA EM LITERATURA COMPARADA DA FACULDADE DE LETRAS - UFPEL. 2008. (Seminário).

39.
I Jornada de Estudos sobre Intertextualidade: palavra e imagem - imbricações textuais. 2008. (Outra).

40.
Semana Acadêmica do curso de Letras - ?Diálogos com/sobre/para as Letras ? Uma teoria: para que prática??.A importância do code switching no ensino de língua inglesa. 2008. (Outra).

41.
Seminário sobre Literatura e repressão.Tempo presente tempo passado: a intermitência da memória. 2008. (Seminário).

42.
XVII Congresso de Iniciação Científica e X Encontro de Pós-Graduação. Imagens e Palavras especulares na tradução intersemiótica de Lavoura arcaica. 2008. (Congresso).

43.
Semana Acadêmica da Faculdade de Letras - UFPel. "Perspectivas de Ensino no Século XXI". 2007. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. VI Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas (JETAL). 2016. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann; GARCIA, D. . GAMIFICAÇÃO E LETRAMENTO EM DESIGN DE GAMES: PERSPECTIVA NO CAMPO DA LINGUÍSTICA APLICADA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. EVENTOS COMPLEXOS DE LETRAMENTOS: uma perspectiva sobre a aprendizagem de inglês com atividades gamificadas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DUARTE, Gabriela Bohlmann. VI Jornada de Elaboração de Materiais, Tecnologia e Aprendizagem de Línguas (JETAL). 2016. (Outro).



Outras informações relevantes


1- Membro das equipes de aplicação e de correção dos Testes de Competência em Leitura e Língua Estrangeira, código DIPLAN/PREC 51313076, aplicados em 28/03/2009, perfazendo um total de 40 horas em atividades.

2- Ministrante do Projeto de Extensão Inglês através da Leitura, código DIPLAN/PREC 51314139, realizado no segundo semestre de 2009, num total de 20 horas em atividades.

3- Revisora do livro "Estudos em Aquisição Fonológica - Volume 3", organizado por Giovana Ferreira-Gonçalves, Mirian Rose Brum-de-Paula e Márcia Keske Soares e publicado pela Editora e Gráfica Universitária (PREC-UFPEL), Pelotas, em 2011. ISBN: 978-85-7192-777-3



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 16:26:40