Ricardo Matheus Pires

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7916588283425822
  • Última atualização do currículo em 27/03/2018


Biólogo (Licenciado e Bacharel) em Ciências Biológicas pela UNESP campus Rio Claro, mestre pelo programa "Biodiversidade e Meio Ambiente", na área de concentração "Plantas Avasculares e Fungos" do Instituto de Botânica de São Paulo. Atualmente é aluno de Doutorado do mesmo programa. Pesquisa no campo da taxonomia e ecologia de fungos (Basidiomycota) e diversidade. Na graduação, teve experiência na área de Educação, atuando principalmente em Didática, Políticas Educacionais e Avaliação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ricardo Matheus Pires
Nome em citações bibliográficas
PIRES, R. M.;PIRES, RICARDO MATHEUS;PIRES, RICARDO M.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto de Botânica, Centro de Pesquisas em Plantas Avasculares e Fungos, Núcleo de Pesquisa em Micologia.
Instituto de Botânica do Estado de São Paulo
Água Funda
04301902 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 50676073
URL da Homepage: www.botanica.sp.gov.br


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente.
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
Título: Análise da decomposição da madeira em fragmento de mata atlântica: caracterização do substrato, estrutura da comunidade fúngica e o processo sucessional,
Orientador: Adriana de Mello Gugliotta.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Sucessão Fúngica; Ecologia da Paisagem; Lignina; Decomposição da Madeira.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.
2013 - 2015
Mestrado em Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente.
Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
Título: Políporos (Basidiomycota) do Núcleo Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar, SP, Brasil,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Adriana de Mello Gugliotta.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal / Especialidade: Taxonomia de Criptógamos.
2008 - 2012
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: A organização do trabalho pedagógico em uma escola organizada em ciclos: um olhar a partir da prática avaliativa..
Orientador: Regiane Helena Bertagna.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Curso preparatório para monitores do XXXIII ENEB. (Carga horária: 47h).
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
2010 - 2010
Operação e manutenção básica em GC-MS Shimadsu. (Carga horária: 16h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2010 - 2010
Aplicação em GC-MS Shimadzu. (Carga horária: 16h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto de Botânica, IBT, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Membro da CCPG, Enquadramento Funcional: Representante dos Discentes, Carga horária: 2
Outras informações
Representante de alunos da área de Plantas e Fungos Avasculares na Área de Análise Ambiental (PAF) da Diretoria do Curso de Pós-Graduação (Titular)

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Membro da CCPG, Enquadramento Funcional: Representante dos Discentes, Carga horária: 2
Outras informações
Representante dos discentes da área de Plantas Avasculares e Fungos em Análises Ambientais (PAF) no Conselho de Curso da Pós-Graduação (Suplente)


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Representante titular dos alunos de graduação, Carga horária: 1
Outras informações
Representante discente na Congregação do Instituto de Biociências da UNESP Rio Claro

Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Outro (especifique) Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Diversidade de Agaricomycetes (Agaricales, Hymenochaetales e Polyporales) em áreas de Mata Atlântica do Sul e Sudeste Brasileiro com base em evidências morfológicas e moleculares

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Adriana de Mello Gugliotta em 13/06/2016.
Descrição: Dentro do Neotrópico, a Mata Atlântica brasileira é considerada uma das regiões biologicamente mais ricas e ameaçadas do planeta devido ao alto desmantamento e fragmentação de hábitat. Grupos megadiversos como os fungos Agaricomycetes das ordens Agaricales, Hymenochaetales e Polyporales são ainda pobremente conhecidos na região Neotropical apesar dos avanços na taxonomia do grupo e de um incremento nas publicações nas últimas décadas, sedo que muitas áreas continuam inexploradas do ponto de vista micológico. Este projeto tem por objetivo contribuir com o conhecimento da diversidade das espécies e gêneros das principais ordens da classe Agaricomycetes a partir de coletas de espécimes em áreas de Mata Atlântica do Sul e Sudeste brasileiro para condução de estudos morfológicos e moleculares. Os dados obtidos ampliarão o conhecimento sobre a diversidade fúngica brasileira, permitirão a identificação de muitas espécies crípticas e a definição da identidade taxonômica e as relações evolutivas de muitos gêneros e espécies neotropicais, descritos inicialmente com base nas comparações morfológicas de espécies europeias.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) .
Integrantes: Ricardo Matheus Pires - Integrante / Adriana de Mello Gugliotta - Coordenador / Viviana Motato-Vásquez - Integrante / Mauro Carpes Westphalen - Integrante / Alex Almeida Alcantara - Integrante / Luiz Antonio Silva Ramos - Integrante / MENOLLI JUNIOR, NELSON - Integrante / Vera Maria Vale Vitali - Integrante / Vera Lúcia Ramos Bononi - Integrante / Eduardo Pereira Cabral Gomes - Integrante.
2015 - Atual
Análise da decomposição da madeira em fragmento de mata atlântica: caracterização do substrato, estrutura da comunidade fúngica e o processo sucessional
Descrição: A madeira é uma fração da biomassa vegetal de importância inestimável para a estruturação do ambiente florestal natural, sendo um elemento essencial no ciclo do carbono. Sua deterioração representa a volta desse carbono à atmosfera e os fungos são um dos principais agentes desse processo, sendo beneficiados pela temperatura, umidade e baixos teores de extrativos totais presentes na madeira. Esse trabalho buscará compreender o processo de degradação da madeira num fragmento de Mata Atlântica, Floresta Ombrófila Densa, avaliando a variação das espécies de fungos que ocorrem ao longo de dois anos de estudo e a variação dos compostos bioquímicos (lignina, celulose, hemicelulose, outros açúcares e proteínas) presentes nos galhos de três espécies arbóreas presentes na área. Além disso, também buscará avaliar possíveis diferenças nas taxas de decomposição no interior e na borda do fragmento e qual o efeito do impacto urbano (matriz) na estrutura da comunidade fúngica e no processo de decomposição.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Ricardo Matheus Pires - Coordenador / Adriana de Mello Gugliotta - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2013 - 2015
Políporos (Basidiomycota) do Núcleo Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar, SP, Brasil
Descrição: O termo políporo é utilizado para denominar os fungos cuja parte fértil do basidioma, geralmente localizada na superfície voltada em direção ao solo, caracteriza-se pela presença de tubos internamente revestidos pelos basídios, formando uma superfície himenial poroide. Os representantes deste grupo são lignícolas em sua grande maioria, apresentando basidioma coriáceo a lenhoso, muitas vezes perenes, sendo conhecidos popularmente por "orelhas de pau". Sua principal função ecológica resulta de sua atividade como decompositores, constituindo um dos elos essenciais na ciclagem dos nutrientes. Apesar da fundamental importância ecológica destes fungos, a diversidade do grupo no Brasil ainda é pobremente conhecida. Essa situação se mantém no estado de São Paulo, onde ainda há grandes lacunas no conhecimento, mesmo no bioma mais estudado até o momento, a Mata Atlântica. Cabe ainda ressaltar que dentre os diversos inventários realizados no estado, nenhum trata da diversidade do Parque Estadual da Serra do Mar, uma das principais áreas de Mata Atlântica preservada no estado. A fim de contribuir para uma melhoria nesse quadro, propõe-se o levantamento dos políporos do Núcleo Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar. Os espécimes coletados serão identificados através da análise morfológica e molecular. Para as análises filogenéticas serão utilizadas as regiões ITS, LSU e SSU. O DNA será extraído a partir de fragmentos do basidioma e as regiões de interesse serão amplificadas por meio de reações de PCR. Os exemplares coletados e identificados serão depositados no Acervo da Coleção de Fungos do Herbário Maria Eneyda P. K. Fidalgo (SP) e as sequências obtidas serão depositadas no GenBank.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ricardo Matheus Pires - Coordenador / Adriana de Mello Gugliotta - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2012 - 2012
Avaliação educacional e qualidade na educação
Descrição: Este projeto vincula-se a linha da pós graduação em educação e ao Departamento de educação da UNESP/IB denominada: Educação: políticas, gestão e sujeito contemporâneo. Atualmente a Avaliação Educacional como uma das estratégias das Políticas Educacionais tem ganhado forte expressão em todos os âmbitos da educação. A avaliação educacional se instalou na sociedade como uma preocupação com a qualidade da educação ofertada à população que frequenta as instituições/escolas, da educação básica à educação superior. Este projeto tem como objetivo principal investigar a avaliação educacional nos diferentes níveis: de sistemas ou larga escola ;institucional; e, de ensino e aprendizagem; suas interfaces com a política educacional perpassada pela discussão da qualidade da educação.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2012
A prática avaliativa em uma escola organizada no sistema de ciclos
Descrição: Este projeto tem como objetivo principal aprofundar a análise sobre o processo avaliativo presente em uma escola organizada em ciclos, debruçando-se na reflexão da prática avaliativa e na concepção dos alunos e dos professores acerca dessa temática, sendo estes, entre outros, agentes intimamente ligados à avaliação na escola. Para a realização deste estudo a metodologia empregada contará com a observação sistemática de uma turma de alunos referente ao ciclo final do ensino fundamental, bem como entrevistas com professores, alunos, direção e coordenação pedagógica. Desta forma, pretende-se entender e refletir sobre o papel da avaliação na organização do trabalho pedagógico ? os ciclos ?, e assim contribuir para a construção de práticas pedagógicas e avaliativas transformadoras.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ricardo Matheus Pires - Coordenador / Regiane Helena Bertagna - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1


Projetos de extensão


2015 - Atual
Curso de Verão em Micologia
Descrição: Ao constituírem elementos dos nossos ecossistemas, os fungos e os organismos zoospóricos apresentam importância ecológica elevada e, ainda, papel imprescindível na ciclagem de nutrientes e outras tantas inúmeras interações com os demais seres vivos. O Curso pretende promover o intercâmbio entre os alunos de graduação provenientes de diferentes regiões do Brasil e os grupos de pesquisa do Núcleo de Pesquisa em Micologia do Instituto de Botânica; assim como, revisar conceitos fundamentais de Sistemática, Taxonomia, Fisiologia, Ecologia e Biotecnologia de fungos, com o intuito de auxiliar futuros acadêmicos e interessados na área a elaborar perguntas científicas relevantes nos diversos campos da Micologia, visando a aplicação em pesquisa científica de base ou aplicada. Além disso, o Curso será de importância complementar à formação em Docência dos pós-graduandos do Núcleo de Pesquisa em Micologia envolvidos no projeto, criando um espaço de vivência pedagógica completa (criação, organização, preparação e execução das aulas, palestras e práticas de laboratório) antes e durante o curso..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (6) .
Integrantes: Ricardo Matheus Pires - Coordenador / Viviana Motato-Vásquez - Integrante / Danilo Reis Gonçalves - Integrante / Alex Almeida Alcantara - Integrante / Ana Lucia de Jesus - Integrante / Gustavo Henrique Jeronimo - Integrante / Larissa Bernardino Moro - Integrante / Luiz Antonio Silva Ramos - Integrante / Marcela Castilho Boro - Integrante / Sarah Cristina de Oliveira Rocha - Integrante.
2008 - 2010
Produtos Apícolas
Descrição: Análise físico-químicas e microbiológicas de produtos apícolas, como mel, própolis, geléia real, cera de abelha. Pesquisa em técnicas de extração de geopróipolis de Melliponineos (abelha sem ferrão). Desenvolvimento e otimização de técnicas para cromatografia gasosa com espectômetro de massa em análises de própolis de Meliponíneos e Apis melifera..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ricardo Matheus Pires - Coordenador / Osmar Malaspina - Integrante / Olivia Maria Costa de Souza e Silva - Integrante / Sebastião Zanão Filho - Integrante.Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos/Especialidade: Micologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2017
2º Colocado no Concurso de Fotografias (Categoria Imagens Científicas), Instituto de Botânica - RAIBt.
2014
3º lugar da Categoria Mestrado do Prêmio HOEHNE, 21ª Reunião Anual do Instituto de Botânica.
2012
Premiado na 1ª fase do XXIV Congresso de Iniciação Científica da Unesp com o 3º melhor trabalho das Ciências Humanas da UNESP Rio Claro-IB, XXIV Congresso de Iniciação Científica da Unesp (1ª fase).
2012
Premiado na 2ª fase do XXIV Congresso de Iniciação Científica da Unesp com o 4º melhor trabalho das Ciências Humanas da UNESP., XXIV Congresso de Iniciação Científica da Unesp (2ª fase).


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:6
Total de citações:1
Fator H:1
Pires, Ricardo M  Data: 22/09/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
PIRES, RICARDO MATHEUS2017PIRES, RICARDO MATHEUS; Bertagna, R. H. . Organização do trabalho pedagógico em ciclos e práticas avaliativas: a realidade de uma escola. Revista de Educação Publica (UFMT), v. 26, p. 31-53, 2017.

2.
PIRES, R. M.2016PIRES, R. M.; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; GUGLIOTTA, A. M. . New records of polypores (Basidiomycota) from the state of São Paulo, Brazil. Iheringia. Série Botânica, v. 71, p. 124-131, 2016.

3.
MOTATO-VÁSQUEZ, VIVIANA2016MOTATO-VÁSQUEZ, VIVIANA ; PIRES, RICARDO MATHEUS ; VITALI, V. M. V. ; GUGLIOTTA, A. M. . Cultural and ligninolytic activity studies of some polypores (Basidiomycota) from Brazilian Atlantic Forest, São Paulo State, Brazil. Hoehnea, v. 43, p. 281-292, 2016.

4.
PIRES, R. M.2016PIRES, R. M.; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; GUGLIOTTA, A. M. . A new species of Laetiporus (Basidiomycota) and occurrence of L. gilbertsonii Burds. in Brazil. Nova Hedwigia, v. 102, p. 477-490, 2016.

5.
MOTATO-VÁSQUEZ, VIVIANA2015MOTATO-VÁSQUEZ, VIVIANA ; PIRES, RICARDO MATHEUS ; GUGLIOTTA, ADRIANA DE MELLO . Polypores from an Atlantic rainforest area in southeast Brazil: pileate species. Revista Brasileira de Botânica (Impresso), v. 38, p. 149-164, 2015.

6.
PIRES, R. M.2015PIRES, R. M.; GUGLIOTTA, A. M. . Poroid Hymenochaetaceae (Basidiomycota) from Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo Santa Virgínia, Brazil. Rodriguésia (Impresso), v. 67, p. 667-676, 2015.

7.
PIRES, RICARDO MATHEUS2015PIRES, RICARDO MATHEUS; MOTATO-VÁSQUEZ, VIVIANA ; DE GUGLIOTTA, ADRIANA MELLO . Fuscoporia atlantica sp. nov., a new polypore from the Brazilian Atlantic Rainforest. Mycotaxon, v. 130, p. 843-855, 2015.

8.
MAIA, LEONOR C.2015MAIA, LEONOR C. CARVALHO JÚNIOR, ANÍBAL A. DE CAVALCANTI, LAISE DE H. GUGLIOTTA, ADRIANA DE M. DRECHSLER-SANTOS, ELISANDRO R. SANTIAGO, ANDRÉ L.M. DE A. CÁCERES, MARCELA E. DA S. GIBERTONI, TATIANA B. APTROOT, ANDRÉ GIACHINI, ADMIR J. SOARES, ADRIENE M. DA S. SILVA, ALLYNE C.G. MAGNAGO, ALTIELYS C. GOTO, BRUNO T. LIRA, CARLA R.S. DE MONTOYA, CARLOS A.S. PIRES-ZOTTARELLI, CARMEN L.A. SILVA, DANIELLE K.A. DA SOARES, DARTANHÃ J. REZENDE, DIOGO H.C. LUZ, EDNA D.M.N. GUMBOSKI, EMERSON L. WARTCHOW, FELIPE KARSTEDT, FERNANDA FREIRE, FERNANDO M. , et al.COUTINHO, FLÁVIA P. MELO, GEORGEA S. N. DE SOTÃO, HELEN M. P. BASEIA, IURI G. PEREIRA, JADERGUDSON OLIVEIRA, JADSON J.S. DE SOUZA, JOÃO F. BEZERRA, JOSÉ L. NETA, LÍDIA S. ARAUJO PFENNING, LUDWIG H. GUSMÃO, LUÍS F.P. NEVES, MARIA A. CAPELARI, MARINA JAEGER, MELISSA C.W. PULGARÍN, MELISSA P. MENOLLI JUNIOR, NELSON MEDEIROS, PRISCILA S. DE FRIEDRICH, RAQUEL C.S. CHIKOWSKI, RENATA DOS S. PIRES, RICARDO M. MELO, ROGER F. SILVEIRA, ROSA M.B. DA URREA-VALENCIA, SALOMÉ CORTEZ, VAGNER G. SILVA, VALÉRIA F. DA ; Diversity of Brazilian Fungi. Rodriguésia (Online), v. 66, p. 1033-1045, 2015.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PIRES, R. M.; Bertagna, R. H. . A avaliação e os ciclos: possibilidades para repensar a organização do trabalho na escola. In: III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE GESTÃO EDUCACIONAL, 2011, Rio Claro. III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE GESTÃO EDUCACIONAL ?ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO NA ESCOLA E REFORMAS EDUCATIVAS?, 2011. v. 3.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PIRES, R. M.; Zanão Filho, S. ; Olivia Maria Costa de Souza e Silva ; MALASPINA, O. . IDENTIFICAÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS PRESENTES EM PRÓPOLIS DE Melipona scutellaris POR GC-MS. In: XXII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2010, Rio Claro. XXII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; PIRES, RICARDO MATHEUS ; ALCANTARA, A. A. ; GUGLIOTTA, A. M. . Is Beenakia a monophyletic genus?. In: IX Congreso Latinoamericano de Micología, 2017, Lima. Libro de Resumenes, 2017.

2.
JESUS, A. L. ; PIRES, RICARDO MATHEUS ; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; BORO, M. C. ; ALCANTARA, A. A. ; GONCALVES, D. R. ; SANTOS, F. R. ; JERONIMO, G. H. ; MORO, L. B. ; LIMA, L. S. D. ; RAMOS, L. A. S. ; ROCHA, S. C. O. . Summer Course in Mycology: an extension project in biology of fungi and zoosporic organisms at the Instituto de Botânica, São Paulo, Brazil. In: IX Congreso Latinoamericano de Micología, 2017, Lima. Libro de Resumenes, 2017. p. 542-542.

3.
ACKEL, G. A. ; PIRES, R. M. ; GUGLIOTTA, A. M. . Revisão de espécimes de Ganoderma da Ilha do Cardoso, São Paulo, Brasil. In: 23° Reunião Anual do Instituto de Botânica, 2016, São Paulo. ANAIS DA 23ª REUNIÃO ANUAL DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, 2016. v. 1. p. 157-157.

4.
LIMA, L. S. D. ; PIRES, R. M. ; MOTATO-VÁSQUEZ, V. . Fungos poróides no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga: contribuições ao conhecimento da diversidade. In: 23° Reunião Anual do Instituto de Botânica, 2016, São Paulo. ANAIS DA 23ª REUNIÃO ANUAL DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, 2016. v. 1.

5.
RAMOS, L. A. S. ; PIRES, R. M. ; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; ALCANTARA, A. A. ; JESUS, A. L. ; GONCALVES, D. R. ; JERONIMO, G. H. ; MORO, L. B. ; BORO, M. C. ; ROCHA, S. C. O. . I CURSO DE VERÃO EM MICOLOGIA DO INSTITUTO DE BOTÂNICA: UMA INICIATIVA DOS PÓS-GRADUANDOS DO NÚCLEO DE PESQUISA EM MICOLOGIA DO IBt/SP. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016, Florianópolis. ANAIS DO VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016. v. 1. p. 310-310.

6.
PIRES, R. M.; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; GUGLIOTTA, A. M. . POLYPORALES E GÊNEROS AFINS (BASIDIOMYCOTA) DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR, SÃO PAULO, BRASIL. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016, Florianópolis. ANAIS DO VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016. v. 1. p. 422-422.

7.
ALCANTARA, A. A. ; PIRES, R. M. ; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; GUGLIOTTA, A. M. . O GÊNERO POLYPORUS s.l. (AGARICOMYCETES) EM UMA ÁREA DE REFLORESTAMENTO COM ESPÉCIES NATIVAS NO MUNICÍPIO DE MOGI-GUAÇU, SP, BRASIL. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016, Florianópolis. ANAIS DO VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016. v. 1. p. 428-428.

8.
MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; PIRES, R. M. ; GUGLIOTTA, A. M. . ESTUDOS MORFOLÓGICOS E MOLECULARES EM Henningsia brasiliensis (Speg.) Speg. (AGARICOMYCETES, POLYPORALES). In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016, Florianópolis. ANAIS DO VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016. v. 1. p. 461-461.

9.
MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; PIRES, R. M. ; WESTPHALEN, M. C. ; GUGLIOTTA, A. M. . ANÁLISES MORFOLÔGICAS E MOLECULARES REVELAM UM NOVO GÊNERO DENTRO DE Perenniporia s.l.. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016, Florianópolis. ANAIS DO VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA, 2016. v. 1. p. 558-558.

10.
PIRES, R. M.; GUGLIOTTA, A. M. . FUNGOS LIGNOCELULOLÍTICOS POROIDES (BASIDIOMYCOTA) EM ÁREA DE MATA ATLÂNTICA DO ESTADO DE SÃO PAULO, BRASIL. In: III CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS, 2014, Santos-SP. ANAIS DO III CONGRESSO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS, 2014.

11.
Ishida, C.M. ; PIRES, R. M. ; Pedroso, L. ; GUGLIOTTA, A. M. . Informatização e revitalização da coleção de fungos do Herbário SP como instrumento para a conservação da diversidade. In: V Simpósio de Restauração Ecológica, 2013, São Paulo. Políticas públicas para a restauração ecológica e conservação da biodiversidade. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2013. v. 1. p. 1-400.

12.
PIRES, R. M.; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; GUGLIOTTA, A. M. . LIGNINOLYTIC ACTIVITY AND CULTURAL CHARACTERISTICS OF SOME POLYPORES FROM THE ATLANTIC RAINFOREST IN SÃO PAULO, BRAZIL. In: VII Congresso Brasileiro de Micologia, 2013, Belém. Livro de Resumos do Congresso, 2013.

13.
PIRES, R. M.; GUGLIOTTA, A. M. . FUNGOS PORÓIDES (BASIDIOMYCOTA) DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR, NÚCLEO SANTA VIRGÍNIA: NOVOS REGISTROS PARA SÃO PAULO, BRASIL.. In: VII Congresso Brasileiro de Micologia, 2013, Belém. Livro de Resumos do Congresso, 2013.

14.
PIRES, R. M.; Bertagna, R. H. . A pratica avaliativa no contexto de uma escola organizada por ciclos. In: XXIV Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2012, Rio Claro. 1ª Fase do XXIV Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
PIRES, RICARDO MATHEUS. Introdução ao Reino dos Fungos: Biologia, evolução e sistemática. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PIRES, RICARDO MATHEUS. Ecologia e Biotecnologia de fungos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PIRES, RICARDO MATHEUS; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; GUGLIOTTA, A. M. . POLYPORALES E GÊNEROS AFINS (BASIDIOMYCOTA) DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR, SÃO PAULO, BRASIL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
RAMOS, L. A. S. ; PIRES, RICARDO MATHEUS ; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; ALCANTARA, A. A. ; JESUS, A. L. ; GONCALVES, D. R. ; JERONIMO, G. H. ; MORO, L. B. ; BORO, M. C. ; ROCHA, S. C. O. . I CURSO DE VERÃO EM MICOLOGIA DO INSTITUTO DE BOTÂNICA: UMA INICIATIVA DOS PÓS-GRADUANDOS DO NÚCLEO DE PESQUISA EM MICOLOGIA DO IBt/SP. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; PIRES, RICARDO MATHEUS ; GUGLIOTTA, A. M. . ESTUDOS MORFOLÓGICOS E MOLECULARES EM Henningsia brasiliensis (Speg.) Speg. (AGARICOMYCETES, POLYPORALES). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
ALCANTARA, A. A. ; PIRES, RICARDO MATHEUS ; MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; GUGLIOTTA, A. M. . O GÊNERO POLYPORUS s.l. (AGARICOMYCETES) EM UMA ÁREA DE REFLORESTAMENTO COM ESPÉCIES NATIVAS NO MUNICÍPIO DE MOGI-GUAÇU, SP, BRASIL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
MOTATO-VÁSQUEZ, V. ; PIRES, RICARDO MATHEUS ; WESTPHALEN, M. C. ; GUGLIOTTA, A. M. . ANÁLISES MORFOLÔGICAS E MOLECULARES REVELAM UM NOVO GÊNERO DENTRO DE Perenniporia s.l.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
PIRES, R. M.; Bertagna, R. H. . A avaliação e os ciclos: possibilidades para repensar a organização do trabalho na escola. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
PIRES, R. M.; Zanão Filho, S. ; Olivia Maria Costa de Souza e Silva ; MALASPINA, O. . IDENTIFICAÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS PRESENTES EM PRÓPOLIS DE Melipona scutellaris POR GC-MS. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
GUGLIOTTA, A. M. ; GIBERTONI, T. B. ; DRECHSLER-SANTOS, E. R. ; SILVEIRA, R. M. B. ; CHIKOWSKI, R. S. ; PIRES, R. M. ; SALVADOR-MONTOYA, C. A. ; SOUZA, J. F. ; PALACIO, M. ; REZENDE, D. H. C. . Polyporales. Rio de Janeiro: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2014 (Lista de Espécies da Flora do Brasil).


Demais tipos de produção técnica
1.
PIRES, RICARDO MATHEUS; TIBURCIO, G. S. ; RIBEIRO, T. C. . Educação Ambiental em Unidades de Conservação (Módulo I: Fungos e Módulo II: Ecologia). 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
PIRES, R. M.. Monitoria na Disciplina de Sistemática de Criptógamas. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
PIRES, R. M.. Monitoria na Disciplina de Sistemática de Fanerógamas. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GUGLIOTTA, A. M.; PIRES, R. M.; LAPORTA, M. Z.. Participação em banca de Leonice Pedroso.Fungos basidiomicetos lignícolas (Agaricomycetes) do campus do Centro Universitário Fundação Santo André, SP, Brasil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário Fundação Santo André.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Curso de Verão de Micologia.Introdução ao Reino Fungi: biologia, evolução e sistemática. 2018. (Outra).

2.
III Curso de Verão de Micologia.Ecologia de Fungos. 2018. (Outra).

3.
24ª Reunião Anual do Instituto de Botânica. 2017. (Outra).

4.
IX PCC em foco: a potência da pesquisa e do (re)pensar a formação humana pela educação.IX PCC em foco: a potência da pesquisa e do (re)pensar a formação humana pela educação. 2017. (Encontro).

5.
IX PCC em foco: a potência da pesquisa e do (re)pensar a formação humana pela educação.Mesa-redonda: Compartilhando vivências, a formação humana através da pesquisa em educação. 2017. (Encontro).

6.
Dia Mundial do Meio Ambiente e 30 anos da Secretaria do Meio Ambiente.Núcleo de Pesquisa em Micologia. 2016. (Outra).

7.
I Curso de Verão de Micologia.Ecologia e Biotecnologia de Fungos. 2016. (Outra).

8.
I Curso de Verão de Micologia.Introdução ao Reino dos Fungos: biologia, evolução e sistemática. 2016. (Outra).

9.
Reunião Anual do Instituto de Botânica.Mesa-redonda: Biodiversidade, preservar para garantir a água. 2016. (Encontro).

10.
VIII Congresso Brasileiro de Micologia. POLYPORALES E GÊNEROS AFINS (BASIDIOMYCOTA) DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR, SÃO PAULO, BRASIL. 2016. (Congresso).

11.
V Simpósio de Restauração Ecológica.Informatização e revitalização da coleção de fungos do Herbário SP como instrumento para a conservação da diversidade. 2013. (Simpósio).

12.
1ª fase do XXIV Congresso de Iniciação Científica da Unesp. A pratica avaliativa no contexto de uma escola organizada por ciclos. 2012. (Congresso).

13.
A oferta educacional na educação infantil: arranjos institucionais entre o público e privado ent. 2012. (Seminário).

14.
Divulgação Científica: Diálogo entre Ciência, Mídia e Cultura. 2012. (Outra).

15.
III Encontro Paulista de Estudantes de Biologia. 2012. (Encontro).

16.
III Encontro Paulista de Estudantes de Biologia.CFBio/CRBio. 2012. (Encontro).

17.
XVI Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino - ENDIPE. 2012. (Encontro).

18.
XXIII Encontro Regional de Estudantes de Biologia. 2012. (Encontro).

19.
XXXIII Encontro Nacional de Estudantes de Biologia.Eduaçao entre Algemas e Liberdade - Qual futuro estamos construido?. 2012. (Encontro).

20.
Citotaxonomia e evolução da plantas. 2011. (Oficina).

21.
Fungos endofíticos na produção de produtos naturais bioativos e seu papel ecológico. 2011. (Oficina).

22.
I Fórum dos cursos de graduação em Ciências Biológicas da UNESP: propostas de articuação. 2011. (Outra).

23.
III Seminário Internacional de Gestão Educacional -.A avaliação e os ciclos: possibilidades para repensar a organização do trabalho na escola. 2011. (Seminário).

24.
XXII Encontro Regional dos Estudantes de Biologia da Região Sudeste - EREB-SE. 2011. (Encontro).

25.
XXII Semana de Estudos da Biologia. 2011. (Outra).

26.
XXXII Encontro Nacional dos Estudantes de Biologia - ENEB. 2011. (Encontro).

27.
Acesso e uso de ferramentas para a recuperação de informação científica em base de dados on line. 2010. (Oficina).

28.
A docência em questão: os saberes e os desafios cotidianos na voz dos professores. 2010. (Oficina).

29.
Encontro Regional dos Estudantes de Biologia do Sudeste - EREB-SE. 2010. (Encontro).

30.
Processos Evolutivos. 2010. (Oficina).

31.
150 anos: A Evolução da Teoria. 2009. (Outra).

32.
ECO Seminários VII. 2009. (Seminário).

33.
ECO Seminários VIII. 2009. (Outra).

34.
III Encontro Brasileiro de Estudos do Carste. 2009. (Congresso).

35.
Simpósio de Biologia Vegetal. 2009. (Simpósio).

36.
Sistemática e Identificação de Monocotiledôneas. 2009. (Oficina).

37.
Técnicas de Paisagismo. 2009. (Oficina).

38.
III Workshop de Ecotoxicologia - BIORREMEDIAÇÃO POR FUNGOS. 2008. (Congresso).

39.
Imunologia em plantas. 2008. (Seminário).

40.
Introdução ao estudo de morcegos neotropicais. 2008. (Outra).

41.
V Evento: Integrando a Pós-Graduação em Zoologia à Graduação - INSETOS SOCIAIS. 2008. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PIRES, R. M.. III Curso de Verão de Micologia. 2018. (Outro).

2.
PIRES, RICARDO MATHEUS. II Curso de Verão de Micologia. 2017. (Outro).

3.
PIRES, RICARDO MATHEUS. I Curso de Verão em Micologia. 2016. (Outro).

4.
PIRES, RICARDO MATHEUS. V Curso de Formação Política da Biologia da Região Sudeste. 2013. (Outro).

5.
PIRES, R. M.. Conselho da Biologia e Autonomia Universitária. 2012. (Outro).

6.
PIRES, R. M.. Currículo: preenchendo as lacunas?. 2012. (Outro).

7.
PIRES, R. M.. III Seminário Internacional de Gestão Educacional. 2011. (Outro).

8.
PIRES, RICARDO MATHEUS. Comportamento de primatas: Uma abordagem etológica. 2011. (Outro).

9.
PIRES, R. M.. XXI Semana de Estudos da Biologia. 2010. (Outro).

10.
PIRES, RICARDO MATHEUS. Diversidade, ecologia e evolução de Repitilia: as diferentes linhagens, os dinossauros e os répteis atuais. 2010. (Outro).

11.
PIRES, RICARDO MATHEUS. Comunicação acústica em mamíferos marinhos. 2010. (Outro).

12.
PIRES, R. M.. XX Semana de Estudos da Biologia. 2009. (Outro).



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
PIRES, RICARDO MATHEUS; TIBURCIO, G. S. ; RIBEIRO, T. C. . Educação Ambiental em Unidades de Conservação (Módulo I: Fungos e Módulo II: Ecologia). 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PIRES, R. M.. Conselho da Biologia e Autonomia Universitária. 2012. (Outro).

2.
PIRES, R. M.. Currículo: preenchendo as lacunas?. 2012. (Outro).

3.
PIRES, RICARDO MATHEUS. I Curso de Verão em Micologia. 2016. (Outro).

4.
PIRES, RICARDO MATHEUS. II Curso de Verão de Micologia. 2017. (Outro).

5.
PIRES, R. M.. III Curso de Verão de Micologia. 2018. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 17:23:28