Sura Souza Carmo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0811613442084910
  • Última atualização do currículo em 04/12/2018


Graduada em Museologia pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2012) e Mestre em História pela Universidade Federal de Sergipe (2016). Professora Assistente II do Departamento de Museologia (DMS-UFS). Atualmente é Coordenadora do Laboratório de Conservação Preventiva (2013-atual) e Coordenadora de Estágio do Departamento de Museologia (2016-atual). Membro da SEO - Sociedade de Estudo dos Oitocentos. Foi membro do Conselho Fiscal da ANPUH-SE (2016-2018). Atual secretária da Anpuh-Se. Pesquisadora dos Grupos de Pesquisa Sergipe Oitocentista (GPSEO - CNPq/UFS). Pesquisadora do grupo de Estudos e Pesquisas em Memória e Patrimônio Sergipano (GEMPS/CNPq/UFS). Áreas de interesse: conservação preventiva de acervos museológicos, teoria museológica, joias de crioulas e escravidão em Sergipe. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sura Souza Carmo
Nome em citações bibliográficas
CARMO, S. S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Sergipe, Centro de Ciências Sociais Aplicadas.
Av. Marechal Rondon
Rosa Elze
49100000 - São Cristóvão, SE - Brasil
Telefone: (79) 31946445


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2016
Mestrado em História.
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Título: Doce Província? o cotidiano escravo nos engenhos de açúcar em Sergipe oitocentista,Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Samuel Barros de Medeiros Albuquerque.
2008 - 2012
Graduação em museologia.
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
Título: Balangandãs: jóias de crioulas dos séculos XVIII e XIX e suas ressignificações na contemporaneidade.
Orientador: Archimedes Ribas Amazonas.




Formação Complementar


2018 - 2018
Inglês para iniciantes. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2018 - 2018
Libras Básico. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2018 - 2018
Conservação e Pequenos Reparos em Acervos Documentais e Bibliográficos. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2017 - 2017
Gestão Patrimonial. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2017 - 2017
Direitos Autorais e Sociedade. (Carga horária: 5h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2017 - 2017
Noções de Arquivologia e Gestão de Documentos. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2017 - 2017
Oficina para apresentação do Programa Memória do Mundo da UNESCO ? MoW, e d. (Carga horária: 4h).
Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, IHGSE, Brasil.
2017 - 2017
Sistema Nacional de Cultura: aspectos jurídicos, políticos e práticos. (Carga horária: 50h).
Assembléia Legislativa de Minas Gerais, ALMG, Brasil.
2017 - 2017
Espanhol para Iniciantes. (Carga horária: 50h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2016 - 2016
Biossegurança no trabalho. (Carga horária: 80h).
Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
2011 - 2011
Curso de Conservação de papel. (Carga horária: 20h).
Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, IPAC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor do magistério superior, Carga horária: 40

Atividades

10/2018 - Atual
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Museologia e Conservação Preventiva II
Arquitetura de Museus
Políticas Patrimoniais no Brasil
02/2018 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus de Laranjeiras, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Espaço do Campus Laranjeiras.
03/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus de Laranjeiras, .

Cargo ou função
Membro da comissão de elaboração do regimento dos laboratórios do Departamento de Museologia (DMS).
02/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus de Laranjeiras, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Núcleo Docente Estruturante (NDE).
04/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus de Laranjeiras, .

Cargo ou função
Coordenação de estágio DMS.
04/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus de Laranjeiras, .

Cargo ou função
Membro da comissão para a Reformulação do Projeto Pedagógico do Curso do Departamento de Museologia (DMS).
04/2018 - 09/2018
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia das Ciências Sociais Aplicadas
Museologia e Conservação Preventiva I
Museologia e Desenvolvimento Social
Museologia e Conservação Preventiva III
Expografia II
10/2017 - 03/2018
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MUSEO 0011 - Arquitetura de Museus
MUSEO 0025 - Museologia e Conservação Preventiva II
MUSEO 0020 - Patrimônio Natural
06/2017 - 10/2017
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MUSEO 0018 - Museologia e Conservação Preventiva I
MUSEO 0037 - Museologia e Conservação Preventiva III
MUSEO 0032 - Museologia e Desenvolvimento Social
12/2016 - 04/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus de Laranjeiras, .

Cargo ou função
Membro da comissão do evento comemorativo de 10 anos do curso de Museologia/UFS.
11/2016 - 04/2017
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MUSEO 0011 - Arquitetura de Museus
MUSEO 0018 - Museologia e Conservação Preventiva I
MUSEO 0037 - Museologia e Conservação Preventiva III
08/2016 - 11/2016
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Expografia II
Museologia e Conservação Preventiva I
Museologia e Conservação Preventiva III
Museologia e Desenvolvimento Social
01/2016 - 05/2016
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquitetura de Museus
Expografia II
Museologia e Conservação Preventiva II
04/2015 - 10/2015
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MUSEO 0018 - Museologia e Conservação Preventiva I
MUSEO 0037 - Museologia e Conservação Preventiva III
MUSEO 0032 - Museologia e Desenvolvimento Social
10/2014 - 03/2015
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MUSEO 0029 - Ações culturais e educativas em museus
MUSEO 0011 - Arquitetura de museus
MUSEO 0042 - Educação e acessibilidade em museus
MUSEO0025 - Museologia e conservação preventiva II
04/2014 - 09/2014
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MUSEO 0018 - Museologia e Conservação Preventiva I
MUSEO 0032 - Museologia e Desenvolvimento Social
MUSEO 0037 - Museologia e Conservação Preventiva III
10/2013 - 03/2014
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MUSEO 0011 - Arquitetura de Museus
MUSEO 0025 - Museologia e Conservação Preventiva II
MUSEO 0081 - Políticas patrimoniais no Brasil
07/2013 - 09/2013
Ensino, Museologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MUSEO 0018 - Museologia e Conservação Preventiva I
MUSEO 0037 - Museologia e Conservação Preventiva III
MUSEO 0032 - Museologia e Desenvolvimento Social


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Gamificação nos Museus - Experimentação de aplicação em espaços expositivos
Descrição: Pensar as políticas museais, no que tange o papel da comunicação museal, perpassa repensar as formas de se expor e ver uma instituição museológica. O grande avanço das tecnologias e recursos midiáticos ao redor do mundo, no que tange o estado de Sergipe modificam-se lentamente, o que pode ser identificado pelos entraves que as instituições possuem no que tange ao aspecto burocrático e, sobretudo, o econômico. Assim, inserir novas tecnologias de ponta está muito longe da realidade da grande maioria dos museus de sergipe, sobretudo, na cidade de Laranjeiras. Devido a essas condições as inovações tecnológicas no setor cultural precisam ser pensadas de forma prática e realista, podendo ocorrer transformações nessas Instituições em relação aos conceitos utilizados e adaptando às realidades vivenciadas pelas instituições. Embora o estado possua um número considerável de museus os quais poderiam fazer parte de uma rota turística do estado, os mesmos apresentam problemas a nível conceitual, estrutural e, sobretudo, comunicacional, no que tange a forma como os acervos são expostos. Quanto mais lúdica e informacional for a organização interna do museu na preparação dos circuitos e exposições, pensando alcançar públicos variados, não apenas o turístico, mas também os públicos escolares e a própria população do entorno do museu, maior será o alcance, visibilidade e importância da preservação dos vários discursos e pessoas que formam a sociedade sergipana. É de fundamental importância estudarmos o panorama museal de Sergipe, mapeando as instituições museológicas para se ter subsídios para uma avaliação da comunicação museal de acordo com a realidade econômica desses museus. Como destaca Elisa Guimarães Ennes (2003, p.7), ?as exposições têm o enfoque na comunicação do conteúdo e nos mecanismos de informação para ampliação do espaço de troca e possível interação do visitante com o espetáculo museológico?. A ausência de trabalhos científicos no campo museológico no que tange ao uso de tecnologias e baixo custo favoreceu o desconhecimento dos profissionais no decorrer do tempo em relação aos termos ou palavras específicas bem como a sua aplicação, o que vem preocupando os autores da área da Museologia, pois quase todas as ciências demonstram suas especificidades ao seu leitor. Ser museólogo é ser técnico, curador, designer, arquiteto, historiadora, museógrafo dependendo da necessidade do local exercemos essas categorias, mas em relação aos nomes mantêm-se uma certa confusão no momento de conceituá-los. Assim, o presente projeto, nessa etapa terá um enfoque maior na capacitação do corpo funcional dos museus e pensar intervenções de baixo custo que dinamizem e tornem mais lúdicos esses espaços..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Estudo da acessibilidade dos museus de Aracaju e de Laranjeiras: uma investigação
Descrição: O estudo de acessibilidade nos museus de Aracaju e Laranjeiras tem como foco principal identificar os principais problemas e barreiras para a promoção da inclusão social nos museus. Como subsidio teórico para a construção dessa análise buscou-se o texto de Amanda Tojal(2007) "Políticas Públicas Culturais Inclusão de Público Especiais em Museus" que discute a relação das políticas públicas desenvolvidas para os museus e as barreiras físicas, comunicacionais e atitudinais nos museus. A tese de Viviane Sarraf(ano) cujo título ?Reabilitação do museu: políticas de inclusão cultural por meio da acessibilidade? através da qual discute as possibilidades de construção de políticas públicas e as diversas formas acesso às informações presentes nas exposições dos museus. E para assessorar a compreensão sobre a inclusão social nos museus, buscou-se as definições traçadas por Romeu Sassaki(2006) sobre o processo de inclusão social, este sendo definido como ?o processo pelo qual os sistemas sociais comuns são tornados adequados para toda a diversidade humana ? composta por etnia, raça, língua, nacionalidade, gênero, orientação sexual, deficiência e outros atributos ? com a participação das próprias pessoas na formulação e execução dessas propostas.?(SASSAKI,2009, p. 10)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2016
Doce Província? o cotidiano escravo nos engenhos de açúcar em Sergipe oitocentista
Descrição: Projeto: Mestrado. Orientado pelo professor Dr. Samuel Barros de Medeiros Albuquerque.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Coordenador / Samuel Barros de Medeiros Albuquerque - Integrante.


Projetos de extensão


2018 - Atual
Ações de conservação preventiva no Museu Afro-Brasileiro de Sergipe
Descrição: A atividade de extensão visa desenvolver atividades de conservação preventiva de acervos museológicos e documentação museológica no Museu Afro-Brasileiro de Sergipe. A ação busca, através da participação de discentes e da comunidade, desenvolver atividades de conservação preventiva e documentação museológica, enfatizando a participação da comunidade em topos os processos de musealização.A ação tem por objetivo geral realizar ações de conservação preventiva no Museu Afro-Brasileiro de Sergipe com envolvimento da comunidade. Para a realização de todas as etapas da musealização de um objeto é imprescindível o seu bom estado de conservação, adquirido a partir de medidas de conservação preventiva realizada por museólogos no espaço da reserva técnica e de exposições permanentes e temporárias. É imprescindível que todos os profissionais de uma instituição museóloga conheça noções básicas de conservação preventiva pois podem comunicar, ao profissional responsável, qualquer problema visualizado no acervo ou no edifício. A documentação, etapa também primordial da musealização de um objeto, deve também ser realizada em uma instituição museológica sendo revista e atualizada. A documentação deve ser realizada por um museólogo, entretanto, a população deve ser um participante ativo no processo de recolhimento de informações de um objeto musealizado. Desta maneira, o projeto visa aproximar a população de Laranjeiras das atividades técnicas de conservação preventiva e documentação museológica no Museu Afro-brasileiro de Sergipe..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Coordenador / Priscila Maria de Jesus - Integrante / Cristina de Almeida Valença Cunha Barroso - Integrante / Thais Vaz Sampaio de Almeida - Integrante / Stella Nascimento da Rocha - Integrante / Lanny Liese Nunes Freitas Cerqueira - Integrante / Rafael dos Santos Machado - Integrante.
2018 - Atual
AVEX - Subsídios para a construção de um Plano Museológico para o Museu Histórico de Sergipe
Descrição: A construção de um plano museológico perpassa a noção de museu, enquanto instituição que está à serviço da comunidade na qual ele está inserido. A partir de questionamentos simples por parte de seu corpo funcional e a comunidade do seu entorno, é possível traçar diretrizes para a construção de um museu cada vez mais inserido e atuante com as demandas e expectativas dos moradores e visitantes do Museu Histórico de Sergipe. Definir a instituição, ou seja, fazer o seu diagnóstico, constitui no primeiro passo para o conhecimento da instituição e seu acervo, possibilitando a criação de estratégias que otimizam a atuação do museu junto à sociedade. Assim, por meio do desenvolvimento de ações de educação patrimonial, o presente projeto buscará compreender esse patrimônio bem como traçar diálogos com a comunidade com vista a entender a noção de pertencimento ou distanciamento no qual o museu se encontra perante a população local..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Integrante / Priscila Maria de Jesus - Coordenador / Veronica Maria Meneses Nunes - Integrante / Cristina de Almeida Valença Cunha Barroso - Integrante / Carolina Marques Chaves Galvão - Integrante / Ranielle Menezes Figueiredo - Integrante / Ludmilla Silva de Oliveira - Integrante / Rosângela Santos dos Reis - Integrante / Acássio Cleverton do Nascimento Santos - Integrante / Maria Auxiliadora da Conceição Santos - Integrante.
2018 - Atual
UFSPM - Múltiplos olhares sobre o patrimônio: hiperconectando saberes com as tecnologias da informação
Descrição: O presente projeto de extensão visa trabalhar com a capacitação de jovens e professores no uso das novas tecnologias da informação e conhecimento (NTICs), a partir da noção de identidade cultural. A cidade de Laranjeiras é conhecida pelo seu rico patrimônio material e imaterial, assim, parte-se do local de vivências desses participantes para a discussão de conhecimentos ligados às plataformas Microsoft Office, criação de aplicativos em base de dados livre, criacao e gerenciamento de sites. Tenta-se, assim, ao mesmo tempo que capacitar e letrar digitalmente a população, desenvolver aparatos metodológicos para o ensino de história, artes e patrimônio cultural..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Integrante / Priscila Maria de Jesus - Coordenador / Janaína Cardoso de Mello - Integrante / Ranielle Menezes Figueiredo - Integrante / Francisco Cleberson Bezerra Lima - Integrante / Jaercio Santana dos Santos - Integrante.
2018 - Atual
A economia criativa na discussão e promoção da estética negra em Laranjeiras-SE
Descrição: O projeto de extensão "A economia criativa na discussão e promoção da estética negra em Laranjeiras-SE" é uma iniciativa no campo do desenvolvimento de Economia criativa a partir da criação de estampas tendo por base a estética negra africana e afrodescendente e elementos da estética da cidade de Laranjeiras, por meio da representação de seus patrimônios culturais. O projeto visa a Promoção da arte e da cultura, bem como a preservação do patrimônio cultural Negro e laranjeirense. Por meio da discussão do que é uma identidade negra, fomentar a formação de uma renda entre os jovens da comunidade de Laranjeiras, a partir da criação e confecção de turbantes, bem como estampas para produção de tecidos exclusivos para seus produtos. O que se busca é além de ensinar as questões práticas de confecção, mas o universo que envolve a estética negra e a noção de Economia da Cultura/Economia Criativa..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Integrante / Priscila Maria de Jesus - Coordenador / Janaína Cardoso de Mello - Integrante / Déboralys Ferreira da Silva - Integrante / Cristina de Almeida Valença Cunha Barroso - Integrante / Ranielle Menezes Figueiredo - Integrante / Ludmilla Silva de Oliveira - Integrante / Acássio Cleverton do Nascimento Santos - Integrante / Maria Auxiliadora da Conceição Santos - Integrante / Amanda Suelen dos Santos Freire - Integrante / Hiago Feitosa da Silva - Integrante.
2018 - Atual
Brincando na praça: educação patrimonial nas praças São Francisco e da Matriz em São Cristóvão Sergipe
Descrição: O projeto de extensão tem por objetivo realizar atividades lúdico-pedagógicas nas praças São Francisco e da Matriz em São Cristóvão/Se, com estudantes do fundamental I e II, com a finalidade de desenvolver ações de educação patrimonial. A partir de uma investigação sobre os usos da praça pelos estudantes das escolas do entorno, o projeto visa ainda desenvolver atividades voltadas às praticas de brincar e maneiras de socialização nos tempos modernos entre crianças, incentivando a prática de brincadeiras esquecidas. Dessa maneira, o projeto busca atrair o público infantil para a praça e realizar ações de educação patrimonial de maneira lúdica e atraente para o público-alvo..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Coordenador / Priscila Maria de Jesus - Integrante / Samuel Barros de Medeiros Albuquerque - Integrante / Cristina de Almeida Valença Cunha Barroso - Integrante / Neila Dourado Gonçalves Maciel - Integrante / Carolina Marques Chaves Galvão - Integrante / Ranielle Menezes Figueiredo - Integrante / Edilene Rodrigues Guimarães - Integrante / Erica Cristina Pereira de Souza - Integrante / Ludmilla Silva de Oliveira - Integrante / Acássio Cleverton do Nascimento Santos - Integrante / Ana Carla dos Santos Evangelista - Integrante / Rita de Cássia Andelo de Moura - Integrante.
2018 - Atual
AVEX - Subsídios para uma proposta de reserva técnica visitável
Descrição: O presente projeto de extensão busca realizar a sistematização do acervo do Museu do Homem Sergipano (MUHSE), que está fechado para o público desde 2013 e o acervo encontra-se atualmente no Campus de Laranjeiras, com o Departamento de Museologia. Por meio da realização de procedimento de documentação museológica (arrolamento, catalogação e pesquisa) busca-se a extroversão dessas informações e, sobretudo do acervo do MUHSE, que apresenta coleções de importância ímpar para população sergipana, como seu acervo de Cultura Popular, a cerâmica xocó, entre outros. Assim, o projeto de extensão visa conhecer o acervo e proporcionar o seu retorno à comunidade, por meio da realização de uma proposta de reserva técnica visitável no campus de Laranjeiras..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Integrante / Priscila Maria de Jesus - Coordenador / Veronica Maria Meneses Nunes - Integrante / Cristina de Almeida Valença Cunha Barroso - Integrante / Ranielle Menezes Figueiredo - Integrante / Everton Luis costa de Lima - Integrante / Geovanna Maria Dias Costa - Integrante.
2018 - Atual
Brincando com o patrimônio sergipano: a Casa de Folclore Zé Candunga
Descrição: Trata-se de uma ação que tem como finalidade habilitar alunos do curso de Museologia, funcionários dos museus de Laranjeiras e interessados a produzir projetos de ação cultural e de educação patrimonial para serem executados nos museus. Mas não só isso, pretende-se a partir das palestras e oficinas produzir instrumentos e programas educativos não só para Casa de Folclore Zé Candunga, mas também para o Museu de Arte Sacra e Casa de Cultura João Ribeiro. Trata-se de renovação de um projeto já executado, entretanto as ações eram desenvolvidas apenas na Casa de Folclore. Os objetos presentes nesses museus provocam curiosidades sobre a cultura de Sergipe e perspectiva do olhar que o visitante direciona ao objeto musealizado vai lhe render sensações, reflexões, conhecimentos diferenciados e subjetivos. Por isso que deveria ser imprescindível que os museus pudessem desenvolver ações culturais e educativas de modo a facilitar e colaborar com o processo de comunicação museológica..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Integrante / Priscila Maria de Jesus - Integrante / Veronica Maria Meneses Nunes - Integrante / Samuel Barros de Medeiros Albuquerque - Integrante / Cristina de Almeida Valença Cunha Barroso - Coordenador / Mayda Barbosa Miranda - Integrante / Edilene Rodrigues Guimarães - Integrante / Giseli Pacheco - Integrante / Erica Cristina Pereira de Souza - Integrante.
2017 - 2017
Ações de conservação preventiva e documentação museológica na reserva técnica do Museu Galdino Bicho -IHGSE
Descrição: O objetivo geral do projeto é permitir ao alunos e publico interno do IHGSE o aprendizado de noções básicas de higienização e acondicionamento de acervos museológicos, pesquisa e documentação dos objetos. Tal aprendizado é de fundamental importância para a comunidade uma vez que todos os detentores do patrimônio, e não apenas profissionais especializados, devem aprender a preservar o seu acervo. A ação ainda é realizada em um espaço cultural de suma importância para a pratica da sergipanidade, o IHGSE..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Coordenador / Valéria Oliveira Barbosa - Integrante / EDIRANI TAVARES DE JESUS - Integrante / LAIS DAIANE SANTOS - Integrante / MIRTES DE MENEZES ALMEIDA - Integrante.
2016 - 2016
Brincando com o patrimônio sergipano: a Casa de Folclore Zé candunga
Descrição: Trata-se de uma ação que tem como finalidade habilitar alunos do curso de Museologia e funcionários dos museus de Laranjeiras a produzir projetos educativos e de educação patrimonial para serem executados nos museus. Mas não só isso, pretende-se a partir das palestras e oficinas produzir instrumentos e programas educativos para a Casa de Folclore Zé Candunga. Os objetos presentes na Casa de Folclore Zé Candunga provocam curiosidades sobre a cultura de Sergipe e perspectiva do olhar que o visitante direciona ao objeto musealizado vai lhe render sensações, reflexões, conhecimentos diferenciados e subjetivos. Como lembra Amanda Guapo(2008) ?o processo de comunicação em contexto museológico necessita, obrigatoriamente, do feedback do público em relação às exposições que visita?(GUAPO,2008, p. 09). Nessa direção, a instituição deve promover avaliação do público que a frequenta com a finalidade de entender os anseios, as preferencias, as necessidades desse público e assim, montar um programa educativo específico. As ações educativas colaboram para tornar a exposição mais comunicativa, mais eficiente. De acordo com essa apreciação, as exposições são planejadas de modo a facilitar a compreensão do que esta sendo extrovertido. Como lembra Martha Marandino: ?Seleções de parte da cultura produzida são realizadas com o intuito de torná-la acessível ao visitante. Como em qualquer organização educacional, processos de recontextualização da cultura se processam possibilitando a socialização dos saberes acumulados?. (MARANDINO, 2005:165).Os museus podem ser considerados espaços nos quais ocorre a educação não formal. Isto porque seus projetos educativos e culturais, o planejamento das suas exposições e suas ações de avaliação de público, por exemplo, são táticas delineadas para garantir, intencionalmente, uma relação interativa dos sujeitos com o conhecimento produzido nessas instituições. Jacobucci(2008) mostra que: "O termo ?espaço não-formal? tem sido utilizado atualmente por pesquisadores em educação, professores de diversas áreas do conhecimento e profissionais que trabalham com divulgação científica para descrever lugares, diferentes da escola, onde é possível desenvolver atividades educativas"(JACOBUCCI,2008, p. 55). Nessa direção, as ações educativas não só colaboram para a disseminação do conhecimento discutido nas exposições, mas reforçam a possibilidade de aprendizagem, por isso é importante, sempre que possível, associar as ações culturais e educativas aos projetos expográficos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Integrante / Samuel Barros de Medeiros Albuquerque - Integrante / Déboralys Ferreira da Silva - Integrante / Cristina de Almeida Valença Cunha Barroso - Coordenador / Gabriele do Nascimento Matos - Integrante / Mayda Barbosa Miranda - Integrante / Valéria Oliveira Barbosa - Integrante.
2015 - 2015
Ações de conservação preventiva no patrimônio histórico de Laranjeiras
Descrição: O projeto visa fornecer aos moradores de Laranjeiras, em especial aos que cuidam da manutenção de edifícios históricos, informações a respeito da conservação preventiva de edifícios histórios e acervos. Devido a necessidade da participação dos atores locais no desenvolvimento e manutenção do seu patrimônio, a ação de extensão vai proporcionar aos laranjeirenses uma melhor compreensão do valor patrimonial do seu legado histórico a partir de informações que vão desde a história e a construção dos monumentos, até a maneira correta de higienizar e vistoriar edifícios históricos. A ação visa, no final do processo de aprendizado e trocas, possibilitar ao laranjeirense cuidar do seu patrimônio seguindo instruções universais de conservação..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Sura Souza Carmo - Coordenador / Debora Rejane Viana Sobral - Integrante / Déboralys Ferreira da Silva - Integrante.
2015 - 2015
Tecendo Memórias, Criando Redes: Projeto de Estruturação da Rede de Educadores em Museus no Estado de Sergipe - Etapa II
Descrição: O projeto de extensão "Tecendo Memórias, Craindo Redes: Projeto de estruturação da Rede de Educadores em Museus no Estado de Sergipe - Etapa II" visa dar continuidade às ações de interiorização e congregação de pesquisadores e profissionais das áreas de Museologia e Educação com o intuito de se criar um espaço de reflexão e discussão sobre o caráter educativo dos museus e fomentar novas metodologias e práticas. Outra questão é levar para dentro das escolas discussões e refletir sobre novas possibilidades da implementação dos espaços museias como ferramentas metodológicas no ensino de crianças e adolescentes. A estruturação da Rede de Educadores em Museus de Sergipe (REM/SE) permitirá o intercâmbio de práticas e reflexões, se constituindo em um espaço de congregação das memórias, culturas e práticas sociais e educacionais, que promoverá encontros mensais em várias cidades do estado de Sergipe, além do levantamento de dados como grupos culturais, museus, escolas, para que estes sujeitos sejam agentes participativos e atuantes nas discussões da Rede. Nessa segunda etapa, o projeto pretende abranger mais cinco cidades existentes no estado de Sergipe: Aracaju - Parte II; Boquim; Estância; Moita Bonita; Frei Paulo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2015 - 2015
Brincando com o patrimônio sergipano
Descrição: Trata-se de uma ação que tem como finalidade habilitar alunos do curso de Museologia e funcionários dos museus de Laranjeiras a produzir projetos educativos e de educação patrimonial para serem executados nos museus. mas não só isso, pretende-se a partir das palestras e oficinas produzir instrumentos e um programa educativos para a Casa de Folclore Zé Candunga..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - 2015
Entre Falas e Cenas: Memórias do Primeiro Encontro Cultural de Laranjeiras
Descrição: O projeto "Entre Falas e Cenas" consiste em um registro das memórias coletadas por meio de depoimentos do primeiro Encontro Cultural de Laranjeiras, realizado em 1975 e que em 2015 completará 40 anos..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2014 - 2014
Tecendo Memórias, Criando Redes: Projeto de Estruturação da Rede de Educadores em Museus no Estado de Sergipe
Descrição: O projeto de extensão "Tecendo Memórias, Criando Redes: Projeto de estruturação da Rede de Educadores em Museus no Estado de Sergipe" visa congregar os pesquisadores e profissionais das áreas de Museologia e Educação com o intuito de se criar um espaço de reflexão e discussão sobre o caráter educativo dos museus e fomentar novas metodologias e práticas. Outra questão é levar para dentro das escolas discussões e refletir sobre novas possibilidades da implementação dos espaços museias como ferramentas metodológicas no ensino de crianças e adolescentes. A estruturação da Rede de Educadores em Museus de Sergipe (REM/SE) permitirá o intercâmbio de práticas e reflexões, se constituindo em um espaço de congregação das memórias, culturas e práticas sociais e educacionais, que promoverá encontros mensais em várias cidades do estado de Sergipe, além do levantamento de dados como grupos culturais, museus, escolas, para que estes sujeitos sejam agentes participativos e atuantes nas discussões da Rede..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2014
LUGARES DE MEMÓRIA: AÇÕES DE INTERVENÇÃO NO MEMORIAL HISTÓRICO ACIOLI SOBRAL EM JAPARATUBA/SE
Descrição: Espera-se com esta pesquisa contribuir com a historiografia sobre Japaratuba e sobre o memorial Acioli Sobral. Além disso, o trabalho de investigação do acervo, documentação e expografia irá possibilitar uma readequação expológica das coleções e ajuda a construir uma exposição na qual os japaratubenses possam frequentar e se reconhecer como parte integrante da história e da memória local, melhorando a auto-estima da população e incentivando o processo de identidade cultural. Além disso, irá proporcionar aos alunos e professores de Museologia uma oportunidade de colocar em prática os conhecimentos discutidos em sala de aula..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CARMO, S. S.2018CARMO, S. S.. Cotidiano escravo em Sergipe oitocentista na Revista do IHGSE. REVISTA DO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SERGIPE, v. 1, p. 145-157, 2018.

2.
CARMO, S. S.2016CARMO, S. S.. A TRANSITORIEDADE DE UM OBJETO: OS BALANGANDÃS DOS SÉCULOS XVIII E XIX E SUAS RESSIGNIFICAÇÕES NA CONTEMPORANEIDADE. Mosaico (Goiânia), v. 9, p. 189-200, 2016.

3.
CARMO, S. S.2013CARMO, S. S.. Balangandãs: ressignificações na contemporaneidade. Revista MUSEITEC - Museologia, Tecnologia e Patrimônio Cultural, v. 1, p. 1, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARMO, S. S.. Doce Província? o cotidiano escravo nos engenhos de açúcar sobre Sergipe oitocentista. 1. ed. Aracaju, Sergipe, Brasil: IHGSE, 2017. v. 1. 296p .

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CARMO, S. S.. Sobre a cabeça do aracajuano. Jornal da Cidade, Caderno Cidades, p. B-5, 13 jul. 2014.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CARMO, S. S.; FIGUEIREDO, R. M. . A mercantilização dos balangandãs: a transformação de um bem simbólico afro-brasileiro em um objeto mercadológico ou souvenir. In: III Seminário Debates do Tempo Presente: Desafios para as Humanidades em Tempos de Crise, 2018, Aracaju, Sergipe, Brasil. Anais Seminário Debates do Tempo Presente. São Cristóvão: Universidade federal de Sergipe, 2018. v. 1. p. 298-308.

2.
CARMO, S. S.. O Coronel Temístocles da Rocha Passos e o fim da escravidão na Freguesia de Nossa Senhora do Bom Sucesso da Cruz das Almas-Ba. In: IX Encontro Estadual de História - História e Movimentos Sociais - Anpuh Ba, 2018, Santo Antonio de Jesus Ba. Anais do IX Encontro Estadual de História-BA : História e movimentos sociais, 2018. v. 1.

3.
CARMO, S. S.. Nos Anais Pernambucanos: a família Albuquerque Maranhão e a história dos sertões. In: XI Encontro Estadual de História da ANPUH de Pernambuco, 2017, Recife. Anais do Encontro Democracia e Diversidade: produção e socialização do conhecimento histórico: XI Encontro Estadual de História da ANPUH de Pernambuco. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2017. p. 2292-2307.

4.
CARMO, S. S.. A importância da educação patrimonial para a preservação de monumentos históricos. In: II Congresso Estadual Memória e Patrimônio Cultural, 2017, Laranjeiras. Anais eletrônicos do Congresso Estadual Memória e Patrimônio Cultural: o patrimônio sergipano. São Cristóvão: EDUFS, 2017. v. 1.

5.
CARMO, S. S.. O sertanejo das províncias do Norte do Império na literatura e nas crônicas de viagem do século XIX. In: XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os Preconceitos: História e Democracia, 2017, Brasília. Anais do XXIX Simpósio Nacional de História - contra os preconceitos: história e democracia, 2017. p. 1-14.

6.
CARMO, S. S.; FIGUEIREDO, R. M. . O Museu do Amanhã e as políticas Culturais de revitalização da região portuária do Rio de Janeiro. In: II Simpósio Internacional de Gestão da Comunicação, Cultura e Turismo (SINCULT 2017), 2017, Salvador. Anais SINCULT 2017 II Simpósio Internacional de Gestão da Comunicação, Cultura e Turismo, 2017.

7.
CARMO, S. S.. Cotidiano escravo nos engenhos de açúcar em Sergipe oitocentista: uma análise da historiografia sergipana. In: V CONGRESSO SERGIPANO DE HISTÓRIA & V ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA DA ANPUH/SE, 2016, Aracaju, Sergipe, Brasil. Anais eletrônicos: V CONGRESSO SERGIPANO DE HISTÓRIA & V ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA DA ANPUH/SE O BRASIL NA HISTORIOGRAFIA DE FELISBELO FREIRE: Reflexos na pesquisa e no ensino em história, 2016.

8.
CARMO, S. S.; ROCHA, V. L. O. . O MEASB e a gestão do acervo da primeira escola agrícola do pais. In: III Seminário de Gestão do Patrimônio Cultural de Ciência e Tecnologia, 2015, Recife. Anais do III Seminário de Gestão do Patrimônio Cultural de Ciência e Tecnologia. Recife: Editora UFPE, 2015. v. I. p. 436-451.

9.
CARMO, S. S.. Vandalismo em Monumentos históricos: a relação entre a preservação e a educação patrimonial. In: SEMUCIPA, 2015, Aracaju, Sergipe, Brasil. Anais do Seminário Museus, Cidades e Patrimônios, 2015. v. 2.

10.
CARMO, S. S.. Patrimônio, memória e história: uma cidade à luz do Parque Histórico Castro Alves. In: XVI Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: Saberes e práticas científicas, 2014, Rio de Janeiro. ANAIS: XVI Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: Saberes e práticas científicas, 2014.

11.
CARMO, S. S.; JESUS, P. M. . Aracaju no século XIX: remanescentes da arquitetura na contemporaneidade. In: IV Congresso Sergipano de História, 2014, Aracaju. O cinquentenário do Golpe. Aracaju: IHGSE, 2014. v. 01. p. 01-149.

12.
CARMO, S. S.. A representação do nacional nas obras de Tarsila do Amaral e Cândido Portinari. In: Encontro Nacional Museologia, 2011, Goiania. Anais IV ENEMU, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CARMO, S. S.; FIGUEIREDO, R. M. . A mercantilização dos balangandãs: a transformação de um bem simbólico afro-brasileiro em um objeto mercadológico ou souvenir. In: III Seminário Debates do Tempo Presente: Desafios para as Humanidades em Tempos De Crise, 2018. Caderno de resumos [recurso eletrônico] : III Seminário Debates do Tempo Presente : desafios para as humanidades em tempos de crise. São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe, 2018. v. 1. p. 49-49.

2.
CARMO, S. S.; CERQUEIRA, L. L. N. F. ; ROCHA, S. N. da . Ações de conservação preventiva e documentação museológica no Museu Afro-brasileiro de Sergipe. In: 10º Encontro Nacional de História da UFAL: memórias e biografias no Brasil republicano, 2018. Caderno de resumos do 10º Encontro Nacional de História da UFAL: memórias e biografias no Brasil republicano. Maceió: EDUFAL, 2018. v. 1. p. 47-47.

3.
CARMO, S. S.. O Coronel Temístocles da Rocha Passos e o fim da escravidão na Freguesia de Nossa Senhora do Bom Sucesso da Cruz das Almas-Ba. In: IX Encontro Estadual de História-BA : História e movimentos sociais, 2018, Santo Antonio de Jesus Ba. IX Encontro Estadual de História-BA : História e movimentos sociais - Livro de resumos, 2018. v. 1. p. 210-210.

4.
CARMO, S. S.. A importância da educação patrimonial para a preservação de monumentos históricos. In: II Congresso Estadual Memória e patrimônio Cultural: o patrimônio sergipano, 2017, Laranjeiras-SE. Anais eletrônicos do Congresso Estadual Memória e Patrimônio Cultural: o patrimônio sergipano, 2017.

5.
CARMO, S. S.. O sertanejo das províncias do norte do Império na literatura e nas crônicas de viagem do século XIX. In: XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os preconceitos : História e Democracia, 2017, Brasília. Cadernos de Resumos do XXIX Simpósio Nacional de História. Contra os preconceitos : História e Democracia. Brasília: ANPUH, 2017. v. 1. p. 1445-1445.

6.
CARMO, S. S.. Cotidiano escravo nos engenhos de açúcar em Sergipe oitocentista: uma análise da historiografia sergipana. In: V Congresso Sergipano de História e V Encontro Estadual de História da ANPUH/SE, 2016, Aracaju, Sergipe, Brasil. O Brasil na Historiografia de Felisbello Freire: Reflexos na Pesquisa e no Ensino de História. UFS: IHGSE, 2016.

7.
CARMO, S. S.. Nos Anais Pernambucanos: a família Albuquerque Maranhão e a história dos sertões. In: XI Encontro Estadual de História da ANPUH de Pernambuco, 2016, Recife. Caderno de Resumos XI Encontro Estadual de História da ANPUH Pernambuco - Democracia e Diversidade: produção e socialização do conhecimento histórico. Recife: Ediyora UFRPE, 2016. v. 1. p. 85.

8.
CARMO, S. S.; JESUS, P. M. . Os Museus de Ciência e Tecnologia do Eixo Bahia-Sergipe: primeiras reflexões. In: III Seminário de Gestão do Patrimônio Cultural de Ciência e Tecnologia, 2015, Recife. Anais do III Seminário de Gestão do Patrimônio de Ciência e Tecnologia. Recife: Editora UFPE, 2015. v. I. p. 452-452.

9.
CARMO, S. S.. Patrimônio, memória e história: uma cidade à luz do Parque Histórico Castro Alves. In: XVI Encontro Regional da ANPUH Rio: Saberes e práticas científicas, 2014, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos XVI Encontro Regional de História da ANPUH -Rio: saberes e práticas científicas, 2014. v. 1. p. 534-535.

10.
CARMO, S. S.; JESUS, P. M. . Aracaju do século XIX: remanescentes da arquitetura na contemporaneidade. In: IV Congresso Sergipano de História, 2014, Aracaju. O cinquentenário do Golpe, 2014, Aracaju, Sergipe, Brasil. IV Congresso Sergipano de História, 2014, Aracaju. O cinquentenário do Golpe: programação e caderno de resumos. Aracaju, Sergipe, Brasil: IHGSE, 2014. v. 1. p. 149.

Apresentações de Trabalho
1.
CARMO, S. S.; SANTOS, L. D. ; JESUS, E. T.de . Edifícios que abrigam coleções: diagnóstico de segurança do acervo do Museu de Arte Sacra de Laranjeiras/Se. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CARMO, S. S.. A mercantilização dos balangandãs: a transformação de um bem simbólico afro-brasileiro em um objeto mercadológico ou souvenir. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
CARMO, S. S.; FIGUEIREDO, R. M. . A importância da disciplina de ciência da informação para a formação de museólogos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
CARMO, S. S.. O Coronel Temístocles da Rocha Passos e o fim da escravidão na Freguesia de Nossa Senhora do Bom Sucesso da Cruz das Almas-Ba. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
CARMO, S. S.. A mutação de um patrimônio: a trajetória dos balangandãs de joia afrobrasileira a souvenir. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
CARMO, S. S.. Sustentabilidade nos museus. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
BARROSO, C. de A. V. C. ; CARMO, S. S. . A EDUCAÇÃO PATRIMONIAL E O PROCESSO DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA: O CASO DA CASA DO FOLCLORE ZÉ CANDUNGA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
CARMO, S. S.. Trajetórias das Políticas de Estágio do DMS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
CARMO, S. S.; FIGUEIREDO, R. M. . O Museu do Amanhã e as políticas culturais de revitalização da região portuária do Rio de Janeiro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
CARMO, S. S.. Patrimônio Cultural. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CARMO, S. S.. O cotidiano escravo nos engenhos de açúcar em Sergipe. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
CARMO, S. S.. O sertanejo das províncias do norte do Império na literatura e nas crônicas de viagem do século XIX. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
CARMO, S. S.; FREITAS, I. C. de . Relações étnico-raciais no espaço escolar: ações desenvolvidas pela SEPROMI na comunidade quilombola Tocos II em Governador Mangabeira- Bahia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
CARMO, S. S.. Nos 'anais pernambucanos': os Albuquerque Maranhão e a história dos sertões. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
CARMO, S. S.; FREITAS, I. C. de ; CARMO, I. S. . Paisagem cultural de Cabaceiras do Paraguaçu-Ba: a relação do patrimônio e o desenvolvimento local. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
CARMO, S. S.. Entre batuques e irmandades: práticas religiosas afro-brasileiras em Sergipe oitocentista. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
CARMO, S. S.. 'Cotidiano escravo nos engenhos de açúcar em Sergipe oitocentista: uma análise da historiografia sergipana. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
CARMO, S. S.. Doce província? Cotidiano escravo nos engenhos de açúcar em Sergipe no século XIX. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
CARMO, S. S.. Vandalismo em Monumentos históricos: a relação entre a preservação e a educação patrimonial. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
CARMO, S. S.. Memórias de estudantes e trabalhadores rurais não engajados em movimentos políticos de resistência a ditadura militar. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
CARMO, S. S.; JESUS, P. M. . Uma reflexão sobre o processo de musealização: o patrimônio imaterial nos espaços museais. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
CARMO, S. S.; JESUS, P. M. . Desafios e Práticas nos Museus de Ciência e Tecnologia no Eixo Bahia-Sergipe. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
CARMO, S. S.; JESUS, P. M. . Aracaju do século XIX: remanescentes da arquitetura na contemporaneidade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
CARMO, S. S.. Patrimônio, memória e história: uma cidade à luz do Parque Histórico Castro Alves. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

25.
CARMO, S. S.. Balangandãs: a mutação de um patrimônio cultural a objeto mercadológico ou souvernir. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
CARMO, S. S.; JESUS, P. M. . Os caminhos e as limitações para o registro digital do patrimônio. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
CARMO, S. S.; ROCHA, V. L. O. ; CORREIA, L. A. . A representação do nacional nas obras de Tarsila do Amaral e Cândido Portinari. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
CARMO, S. S.. Coordenadora de Simpósio temático na II jornada de Conservação Preventiva da UFS. 2018.

2.
CARMO, S. S.. Membro da Comissão Científica da II Jornada de Conservação Preventiva da UFS. 2018.

3.
CARMO, S. S.. Membro da Comissão Organizadora da II Jornada de conservação Preventiva da UFS. 2018.

4.
CARMO, S. S.. Coordenadora de Simpósio do III SEMUCIPA. 2017.

5.
CARMO, S. S.. Parecerista de artigo submetido à Revista Musas. 2016.

6.
CARMO, S. S.. higienização de material de arquivo morto do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. 2015.

7.
CARMO, S. S.. Parecerista no II SEMUCIPA (Seminário Museus, Cidades e Patrimônio). 2015.

8.
CARMO, S. S.. Coordenação de Simpósio temático no II SEMUCIPA. 2015.

9.
CARMO, S. S.. Estudo de Público em Instituições Culturais do Recôncavo da Bahia. 2010.


Demais tipos de produção técnica
1.
CARMO, S. S.. ST 14. Museus e patrimônios no Brasil do século XIX ao XXI: avanços, desafios e debates. 2018. (Coordenação de Simpósio temático).

2.
CARMO, S. S.. BRINCANDO COM O PATRIMÔNIO SERGIPANO: OFICINA DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
CARMO, S. S.. Conservação preventiva aplicada e acervos em exposição. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
CARMO, S. S.. Políticas patrimoniais no Brasil: trajetórias e desafios. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
CARMO, S. S.. Curso de higienização de papel no IHGSE (acervo arquivístico). 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
CARMO, S. S.. Novos objetos: perspectivas de musealização e exposição. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CARMO, S. S.; BARROSO, C. de A. V. C.; FIGUEIREDO, R. M.. Participação em banca de Iolanda da Conceição Santos.Museus e centros de ciências: um estudo sobre a Casa de Ciência e Tecnologia de Aracaju Galileu Galilei.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

2.
BRITO, C. C.; CARMO, S. S.; MACIEL, N. D. G.. Participação em banca de Jislaine Santana dos Santos."A casa antiga que depende do negro e da sua história": Amintas Vieira Souza como "guardião da memória" do Museu-Afro Brasileiro de Sergipe. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

3.
Nunes, V. M. M; BARROSO, C. de A. V. C.; CARMO, S. S.. Participação em banca de Reginaldo Andrade Silva.Nossa Senhora das Dores. Leitura e análise do objeto museológico no trânsito entre o Museu e a Igreja. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

4.
Nunes, V. M. M; BARROSO, C. de A. V. C.; CARMO, S. S.. Participação em banca de Rosely Fernandes Bezerra.Museologia e Patrimônio Imaterial de Amargosa II SE: Centro de memória como instrumento de preservação. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

5.
Nunes, V. M. M; BARROSO, C. de A. V. C.; CARMO, S. S.. Participação em banca de Marivalda Dias dos Santos.Bilhetes a Santo Antônio: práticas devocionais no Museu de Arte Sacra de Laranjeiras-SE. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

6.
PENTEADO JÚNIOR, W. R.; CARMO, S. S.; BERNARDES, M.. Participação em banca de Laíza Mailane Conceição de Freitas.O olhar de quem faz e não de quem vê: uma etnografia sobre o ofício das rezadeiras em Governador Mangabeira-BA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

7.
BRITO, C. C.; MACIEL, N. D. G.; CARMO, S. S.. Participação em banca de Vitória Bispo Carvalho.Provocações Museológicas: Leitura da Exposição "Mafro Pela Vida, contra o Genocídio da Juventude Negra - Salvador (2015)". 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

8.
JESUS, P. M.; Nunes, V. M. M; CARMO, S. S.. Participação em banca de Raquel de Andrade Dantas Figuerôa.Um estudo de caso do processo de catalogação do acervo cerâmico do Museu de Arqueologia de Xingó (MAX/UFS). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

9.
MELLO, J. C.; JESUS, P. M.; CARMO, S. S.. Participação em banca de Romário Rodrigues Portugal.Sob a lente da conservação: acervo fotográfico e digitalização no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

10.
Nunes, V. M. M; ALBUQUERQUE, S. B. M.; CARMO, S. S.. Participação em banca de Lília Renata Lourenço dos Santos.Catálogo da coleção de prataria do Museu de Arte Sacra de Laranjeiras. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

11.
Nunes, V. M. M; ALBUQUERQUE, S. B. M.; CARMO, S. S.. Participação em banca de Ingrid Batista Santos.Um ofício e seu artífice: Benjamim Luiz da Silva. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

12.
Nunes, V. M. M; ALBUQUERQUE, S. B. M.; CARMO, S. S.. Participação em banca de Maria Izabel Carregosa de Carvalho Vieira.Teatro Santo Antônio. Lugar de Memória e de Conhecimento: Uma Proposta de Musealização. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

13.
JESUS, P. M.; CARMO, S. S.; Nunes, V. M. M. Participação em banca de Elaine dos Santos França.Análise para uma acessibilidade ideal: Desafios enfrentados por pessoas com deficiência no Museu Galdino Bicho (IHGSE) de 2011-2013. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe.

14.
CARMO, S. S.; AMAZONAS, A. R.; SANTOS, P. V. P.. Participação em banca de Camila do Nascimento Silva.A questão ambiental no discurso expográfico do Parque Histórico Castro Alves. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Museologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CARMO, S. S.; MACIEL, N. D. G.; GALVÃO, C. M. C.. Membro da banca examinadora para seleção de professor substituto do Departamento de Museologia da UFS edital 012/2018. 2018. Universidade Federal de Sergipe.

2.
CARMO, S. S.; Nunes, V. M. M; SANTANA, G. S.. Membro da banca examinadora para seleção de professor substituto do Departamento de Museologia da UFS edital 001/2017. 2017. Universidade Federal de Sergipe.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
2º Encontro Regional de Educação em Ciência da Informação. 2018. (Encontro).

2.
VI Congresso Sergipano de História & VI Encontro Estadual de História da ANPUH/SE. 2018. (Congresso).

3.
II Congresso Estadual de Memória e Patrimônio Cultural. 2017. (Congresso).

4.
III Ciclo de Educação Especial em Museus. 2017. (Outra).

5.
III Semana Acadêmica de Arqueologia da UFS: que arqueologia é essa!?.Ministrante de minicurso. 2017. (Outra).

6.
XXIX Simpósio Nacional de História - Contra os Preconceitos: História e Democracia. 2017. (Simpósio).

7.
III Congresso Nacional de Educação para as Relações Étnico-raciais: Igualdade Racial no Ambiente Escolar. 2016. (Congresso).

8.
RODAS DE LEITURA DO GRUPO DE PESQUISA SERGIPE OITOCENTISTA/2016: MARIA THETIS NUNES. 2016. (Outra).

9.
V Congresso Sergipano de História e V Encontro Estadual de História da Anpuh-SE,. 2016. (Congresso).

10.
XI Encontro Estadual de História (ANPUH/PE). 2016. (Encontro).

11.
13ª Semana de Museus. 2015. (Outra).

12.
A Produção de Material Paradidático Acerca da História e Cultura Afrobrasileira e Indígena. 2015. (Seminário).

13.
II Conferência Municipal de Juventude de Governador Mangabeira. 2015. (Outra).

14.
II Conferência Municipal para as Mulheres de Governador Mangabeira. 2015. (Outra).

15.
I Seminário sobre a Lei 10.639/2003. 2014. (Seminário).

16.
Minicurso Conservação Preventiva em prédios históricos. 2014. (Outra).

17.
Noções básicas de fotografia aplicadas à exposições. 2014. (Oficina).

18.
O IHGSE e a memória dos terreiros sergipanos. 2013. (Outra).

19.
V Encontro Nacional de História da UFAL. 2013. (Encontro).

20.
1° Encontro Integrar Museus: Patrimônios Virtuais. 2012. (Encontro).

21.
III Seminário Acadêmico de Jornalismo. 2012. (Seminário).

22.
III Seminário de Museologia: docências, vivências e pesquisas atuais. 2012. (Seminário).

23.
Encontro de Mediações Museológicas:Profissionais de Museus?Memórias Profissionais. 2011. (Encontro).

24.
III Encontro Baiano de Museus. 2011. (Encontro).

25.
III Encontro Baiano de Museus.Minicurso" Museus Territórios e Desenvolvimento Comunitário"- Por Mirian Arroyo. 2011. (Encontro).

26.
II Seminário de Arqueologia do CAHL. 2011. (Seminário).

27.
iV Encontro Nacional de Estudantes de Museologia ENEMU.A representação do nacional nas obras de Tarsila do Amaral e Cândido Portinari. 2011. (Encontro).

28.
iV Encontro Nacional de Estudantes de Museologia ENEMU.Minicurso-Mediação Cultural:prática interdisciplinar entre museologia e comunicação. 2011. (Encontro).

29.
II Encontro Baiano de Museus. 2010. (Encontro).

30.
I Seminário de Arqueologia do CAHL. 2010. (Seminário).

31.
Reunião Regional da SBPC no Recôncavo da Bahia.Monitoria. 2010. (Outra).

32.
Seminário Conhecer e Visitar.História e acervo do Museu Carlos Costa Pinto. 2010. (Seminário).

33.
I Encontro Regional dos Estudantes de Museologia do Nordeste.Minicurso. 2009. (Encontro).

34.
Seminário de Museologia: "Conhecer para Preservar". 2009. (Seminário).

35.
Seminário Nacional Carlos Marighella. "Sem perder a ternura jamais". 2009. (Seminário).

36.
II SEMAE-Seminários sobre Assuntos Estudantis. 2008. (Seminário).

37.
Seminário Internacional:40 anos do AI - 5. 2008. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARMO, S. S.. II Jornada de Conservação Preventiva da UFS. 2018. (Outro).

2.
BARROSO, C. de A. V. C. ; CARMO, S. S. . EXPOSIÇÃO LARANJEIRAS: PATRIMONIO MATERIAL E IMATERIAL. 2017. (Exposição).

3.
CARMO, S. S.. Comissão organizadora do III SEMUCIPA Seminário Museus, Cidades e Patrimônios. 2017. (Outro).

4.
CARMO, S. S.. 10 ANOS DO CURSO DE MUSEOLOGIA/UFS. 2017. (Outro).

5.
CARMO, S. S.; GALVÃO, C. M. C. ; JESUS, P. M. . IV SEMAC - EXPOSIÇÃO EXPLORANDO AS VILLAS PALLADIANAS. 2017. (Exposição).

6.
CARMO, S. S.; JESUS, P. M. ; BARROSO, C. de A. V. C. ; FIGUEIREDO, R. M. . Circuito Conhecendo o CAMPUSLAR. 2017. (Outro).

7.
CARMO, S. S.. O artesão e sua obra: o processo de criação do sergipano Antonio Gonçalves. 2016. (Outro).

8.
ALBUQUERQUE, S. B. M. ; CARMO, S. S. . Jornada Laura Amazonas. 2015. (Outro).

9.
CARMO, S. S.. Laura Amazonas, traços de seu mundo. 2015. (Exposição).

10.
CARMO, S. S.. II SEMUCIPA Museus, Cidades e Patrimônios. 2015. (Outro).

11.
CARMO, S. S.. ENTRE FALAS E CENAS: MEMÓRIAS DO PRIMEIRO ENCONTRO CULTURAL DE LARANJEIRAS,. 2015. (Outro).

12.
ALBUQUERQUE, S. B. M. ; CARMO, S. S. . GALDINO BICHO E A COLEÇÃO DA PINACOTECA JORDÃO DE OLIVEIRA. 2014. (Outro).

13.
ALBUQUERQUE, S. B. M. ; CARMO, S. S. . 'RODAS DE LEITURA DO GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM HISTÓRIA DAS MULHERES/2014: NORBERT ELIAS. 2014. (Outro).

14.
BARROSO, C. de A. V. C. ; CARMO, S. S. . LUGARES DE MEMÓRIA: AÇÕES DE INTERVENÇÃO NO MEMORIAL HISTÓRICO ACIOLI SOBRAL EM JAPARATUBA/SE. 2014. (Outro).

15.
CARMO, S. S.. Museu Galdino Bicho. 2014. (Exposição).

16.
CARMO, S. S.. I Seminário de Conservação Preventiva da UFS. 2013. (Outro).

17.
JESUS, P. M. ; CARMO, S. S. . Encontro da Rede de Educadores em Museus de Sergipe. 2013. (Outro).

18.
CARMO, S. S.. Encontro da Rede de Educadores de Museus de Sergipe. 2013. (Outro).

19.
CARMO, S. S.. I Simpósio a Engenharia e Inovaçãona Matriz Industrial do Recôncavo Baiano. 2011. (Exposição).

20.
CARMO, S. S.. Exposição: A Representação dos Laboratórios de História Natural através do Acervo de Fotografias do Antigo Instituto Imperial Agrícola da Bahia. 2011. (Exposição).

21.
CARMO, S. S.. II Seminário de Museologia do CAHL/UFRB - vivências e pesquisas atuais. 2011. (Outro).

22.
CARMO, S. S.. Seminário Conhecer e Visitar. 2010. (Outro).

23.
CARMO, S. S.. I Seminário de Conservação de Bens Culturais:Edificios e Acervos no Recôncavo Baiano. 2010. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Orientações de outra natureza
1.
Maria Carma da Silva da Conceição. Estágio curricular obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

2.
Lorenna Sayonara de Jesus Santos. Estágio curricular não obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

3.
Luan Vinicius Carvalho de Almeida. Estágio Curricular não obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

4.
Erica Cristina Pereira de Souza. Estágio curricular não obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

5.
Mayanna Pinheiro de Souza. Estágio curricular obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

6.
Mirtes de Menezes Almeida. Estágio curricular obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

7.
Darly Anderson Calumby dos Santos. Estágio curricular não obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

8.
Geovanna Maria Dias Costa. Estágio curricular não obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

9.
Edilene Rodrigues Guimaraes. Estágio curricular não obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

10.
Acassio Cleverton do Nascimento Santos. Estágio curricular não obrigatório. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

11.
Aida Maria Santos. Estágio curricular não obrigatório. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).

12.
Laís Daiane dos Santos. Estágio curricular não obrigatório. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Sergipe. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Maria José dos Santos. Edifícios que abrigam coleções: diagnóstico do estado de conservação da Casa de Cultura João Ribeiro em Laranjeiras Sergipe e seus impactos para o acervo museológico. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

2.
Artêmis Rodrigues da Cruz. Traje de chita e sandália de couro: a Quadrilha Junina Assum Preto como Patrimônio Imaterial de Sergipe. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

3.
Avilane Santos Cruz. Conservação preventiva da cerâmica do Sítio Justino: a salvaguarda na reserva técnica do Museu de Arqueologia de Xingó. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

4.
Laelze Santos de Oliveira. A Conservação e a Conservação Preventiva das Alfaias Metálicas: Um estudo de caso no Museu de Arte Sacra de Laranjeiras. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

5.
Josefa Martins Santos Almeida. As Embarcações Tototó como Patrimônio Cultural da Barra dos Coqueiros. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

6.
Katiane Alves dos Santos. Um território sem limites, a luz do Atheneu Pedro II:Ações educativas no Museu da Gente Sergipana. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

7.
Rosângela Santos dos Reis. Conservação Preventiva: A Reserva Técnica do Museu de Arqueologia do Xingó - MAX/UFS. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

Orientações de outra natureza
1.
Margarida Lima Cruz. Estágio curricular obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

2.
Gabrielle do Nacimento Matos. Estágio curricular obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

3.
Jessica Simone da Silva Santos. Estágio curricular obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

4.
Laís Daiane dos Santos. Estágio Curricular Obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

5.
Alex Rafael Barros Santos. Estágio curricular obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

6.
Vanessa Cavalcanti Vargas leal. Estágio curricular obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

7.
Milena de Almeida Santos. Estágio curricular obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

8.
Débora Rejane Viana Sobral. Estágio curricular obrigatório. 2018. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

9.
Josimari Vitorino dos Santos. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

10.
Laís Moura Silva. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

11.
Verônica Consuelo Bispo Santos. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

12.
Jean Costa Souza. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

13.
Iolanda da Conceição Santos. Estágio curricular não obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

14.
Maria Hortencia dos Santos. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

15.
Amaro Antonio Tavares Neto. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

16.
Artemis Rodrigues da Cruz. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

17.
Maria José dos Santos. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

18.
Valéria Oliveira Barbosa. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

19.
José Robson Farias de Oliveira. Estágio curricular obrigatório. 2017. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

20.
Laelze Santos de Oliveira. Estágio curricular obrigatório. 2016. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

21.
Jislaine Santana dos Santos. Estágio curricular obrigatório. 2016. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

22.
Milena de Almeida Santos. Estágio curricular não obrigatório. 2016. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

23.
Vilami da Paixão Santos. Estágio curricular não obrigatório. 2016. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.

24.
Avilane Santos Cruz. Estágio curricular obrigatório. 2016. Orientação de outra natureza. (Museologia) - Universidade Federal de Sergipe. Orientador: Sura Souza Carmo.



Outras informações relevantes


Museóloga COREM 370-I. Prêmio de 1º lugar no 3º Encontro de Iniciação à Extensão, na modalidade comunicação oral com a discente Deboralys Ferreira da Silva, em novembro de 2015.Foi Diretora do Museu e da Pinacoteca do IHGSE entre os anos 2016-2017.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/12/2018 às 15:49:05