Gustavo Prouvot Ortiz

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5139392894563447
  • Última atualização do currículo em 05/11/2018


Oceanógrafo (USP) e Mestre em Sensoriamento Remoto (INPE). Possui experiência profissional com oceanografia por satélite, meteorologia, geologia marinha e geopolítica. Atualmente trabalha na área comercial na Climatempo, com foco no setor de Energia e Cidades Inteligentes. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Gustavo Prouvot Ortiz
Nome em citações bibliográficas
ORTIZ, G. P.;ORTIZ, GUSTAVO

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais.
INPE / CPTEC / DSA - Rod. Presidente Dutra, km 39
INPE / CPTEC / DSA
12630000 - Cachoeira Paulista, SP - Brasil
Telefone: (12) 31869546
URL da Homepage: http://satelite.cptec.inpe.br/home/novoSite/index.jsp?i=br


Formação acadêmica/titulação


2016 - 2018
Mestrado em Sensoriamento Remoto.
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Título: Estudo de Sistemas Multimodais de Ondas Oceânicas Utilizando Polarimetria SAR,Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: João Antonio Lorenzzetti.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2005 - 2008
Graduação em Bacharelado em Oceanografia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Atores privados na solução de problemas globais: um estudo sobre o Marine Stewardship Council.
Orientador: João Paulo Cândia Veiga & Maria de los Angeles Gasalla.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2001 interrompida
Graduação interrompida em 2004 em Engenharia Civil.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Ano de interrupção: 2004




Atuação Profissional



Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Analista de Projetos, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Analista de Sistemas, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologias Espaciais, FUNCATE, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Analista de Projetos, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Prestação de serviços junto à Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais (DSA/CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Analista de Sistemas, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Prestação de serviços junto à Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais (DSA/CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).


MAG - Mar, Ambiente e Geologia, MAG, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Oceanógrafo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Oceanógrafo, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

05/2013 - Atual
Serviços técnicos especializados , MAG, .

Serviço realizado
Serviços de consultoria em Geociências.
02/2008 - 05/2010
Serviços técnicos especializados , MAG, .

Serviço realizado
Aquisição, processamento e interpretação de dados de geofísica marinha rasa (side scan, batimetria, e sísmica rasa) para diversos clientes.

Instituto Oceanogáfico da USP, IOUSP, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Bolsa PIBIC/CNPq, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista PIBIC 2006/2007

Atividades

07/2007 - 08/2007
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Oceanografia Biológica (DOB), Departamento de Oceanografia Biológica (DOB).

Atividade realizada
Cruzeiro PRO-ABROLHOS (ambiente pelágico), no N/Oc. Prof. W. Besnard, totalizando 370 horas..
02/2005 - 07/2007
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Oceanografia Biológica (DOB), Departamento de Oceanografia Biológica (DOB).

Atividade realizada
Embarques científicos B/Pq. Veliger II (80 horas).

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, FFLCH - USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista FFLCH/IC, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.


University of Alaska Fairbanks, UAF, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 10

Atividades

01/2006 - 03/2006
Estágios , SFOS - School of Fisheries and Ocean Sciences, .

Estágio realizado
Atividades no laboratório de produção secundária.

Instituto Florestal do Estado de São Paulo, IF, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Monitor ambiental, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

12/2004 - 02/2005
Estágios , PEIA - Parque Estadual da Ilha Anchieta, .

Estágio realizado
Educação ambiental.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Applications of SAR Polarimetry to ocean monitoring

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Joao Antonio Lorenzzetti em 20/07/2017.
Descrição: Explore different polarimetric decompositions of full polarimetric SAR images, analyzed together with non-Pol SAR and visible/thermal IR data to extract qualitative and quantitative information about ocean dynamics and oceanic environment..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Gustavo Prouvot Ortiz - Integrante / João Antonio Lorenzzetti - Coordenador.
2013 - 2014
Project of the Continental Shelf Submission of Angola (PEPCA)
Descrição: The United Nations Convention on the Law of the Sea (UNCLOS) was open for signature on December 10, 1982 in Montego Bay, Jamaica. Its Article 306 predicted that the Convention was subject to ratification. The Republic of Angola acceded to the Convention and is signatory since December 10, 1982, and ratifi ed it on December 5, 1990. Being a signatory and ratifying the United Nations Convention on the Law of the Sea (UNCLOS), Angola established the Project of the Continental Shelf Submission of Angola (PEPCA) through the Interministerial Commission for Delimitation and Demarcation of Maritime Spaces of Angola (CIDDEMA). The Project, initially, aimed to compile all pre -existent data on the Angolan continental margin for the preliminary understanding of its physiography, geology and geophysics in the context of the geological evolution of the South Atlantic and to evaluate the relevance of the Angolan continental shelf extension. Past data acquired using multi - channel seismic (from the database of the Angolan oil exploration company SONANGOL) and single-beam bathymetry, gravimetry and magnetometry v alues, and core data throughout the margin, were compiled. The res ults of this compilation showed that indeed Angola had the right to extend its submarine territory, as well as the scarcity of systematic information on the continental margin of Angola, in the north and, mainly, in the south. It was found that the profiles contained in the public domain databases were not sufficient to provide an adequate understanding of important parameters for the application of the Law of the Sea according to Article 76 of the Scientific and Technical Guidelines of the Commission on the Limits of the Continental Shelf (CLCS/11 - May, 1999 ). Moreover, the knowledge derived from the compilation of data on the continental margin was not enough for the full understanding o f the geological processes acting on it. It became clear that specific additional surveys had to be done on the Angolan margin. Hence, came about the planning of geophysical surveys in order to fill the existing knowledge gaps and systematize, technically and temporally, data collection using state of the art positioning and geophysical systems, onboard a multipurpose geophysical ship and a geophysical ship for multichannel seismic acquisition. The multipurpose geophysical ship profiled 30,000 km operating five geophysical systems simultaneously; multi- beam bathymetry, single -channel seismic, high resolution bathymetry by a 3.5 kHz sub -bottom profiler, magnetometry and gravimetry. In addition , it performed seismic refraction data collection with sonobuoys. The multi -channel seismic geophysical ship, on the other hand, obtained 15,000 km of deep penetration data throughout the entire continental margin of Angola..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Legal Continental Shelf Project of the Republic of Namibia
Descrição: The United Nations Convention on the Law of the Sea (hereinafter referred to as ?UNCLOS?) was opened for signature at Montego Bay, Jamaica, on 10 December 1982. In 1983 UNCLOS was ratified by the United Nations Council for Namibia, on behalf of Namibia. The Republic of Namibia passed the Territorial Sea and Exclusive Economic Zone of Namibia Act, 1990, Act No. 3 of 1990. This Act, inter alia , determined and defined the internal waters, territorial sea, contiguous zone, exclusive economic zone and continental shelf of Namibia in accordance with the provisions of UNCLOS. Acknowledging the possibility of extending its sovereign rights over undersea territory peacefully and with the support of the International Community represented by the Member States of the United Nations, Namibia endeavored in a thorough effort to meet the requirements of UNCLOS. The Project involved, not only the elaboration of a detailed Desktop Study in order to find out the pertinence of Namibia?s claim, but also a dedicated oceanographic survey with state-of-the-art technology for the systematic data gathering and processing, which was further analyzed and interpreted onshore.All of this new information together with the previous data substantially increased the knowledge of the physiography, the geology and geophysics of the continental margin of Namibia, enabling the establishment of the UNCLOS legal parameters for the delineation of the outer limit of the extended continental shelf of the Republic of Namibia which comprises the seabed and subsoil of the submarine areas that extend beyond its territorial sea throughout the natural prolongation of its landmass to the outer edge of the continental margin as provided in Article 76 of UNCLOS..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2008
Standards de Sustentabilidade - Entre o Mercado e a Política
Descrição: Nos últimos anos, vários setores e segmentos da agroindústria brasileira estão promovendo a criação de certificados, códigos de conduta, selos sociais e/ou ambientais (sustentabilidade), com o objetivo de acessar mercados nos países desenvolvidos e, ao mesmo tempo, conferir certa legitimidade às condições de produção e comercialização. Em todas as commodities consideradas há um processo crescente de questionamento, principalmente de países desenvolvidos, a respeito da sustentabilidade da cadeia de produção envolvida. Os objetivos são conhecer, avaliar e comparar os critérios de sustentabilidade utilizado pelos procedimentos de certificação de algumas commodities importantes para a economia brasileira..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2007
Série Temporal de Bioóptica, Produção Primária e Hidrografia na Plataforma Interna de Ubatuba
Descrição: Dentro do escopo geral do Projeto ANTARES, foi iniciada, em dezembro de 2004, uma série de Observações hidrográficas, bioópticas e de produção primária em escala temporal mensal, em estação fixa próxima à Ilha da Vitória na plataforma interna do estado de São Paulo. Essas observações são executadas a bordo do B/Pq Veliger II do IOUSP e paralelamente com o Departamento de Sensoriamento Remoto do INPE processando imagens termais (AVHRR) e de cor do oceano (MODIS) da área na qual se insere a estação fixa. Em princípio a série temporal deverá ser de longa duração estando previsto para a primeira etapa que no momento se desenviolve, 5 anos de observações (total 60 estações)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Gustavo Prouvot Ortiz - Integrante / Salvador Airton Gaeta - Coordenador / Milton Kampel - Integrante / Mayza Pompeu - Integrante.
Número de produções C, T & A: 4


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2008
3º lugar - apresentação da Monografia de Conclusão do Curso de Graduação em Oceanografia, Instituto Oceanográfico da USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
RUDORFF, NATALIA2018RUDORFF, NATALIA ; RUDORFF, CONRADO M. ; KAMPEL, MILTON ; ORTIZ, GUSTAVO . Remote sensing monitoring of the impact of a major mining wastewater disaster on the turbidity of the Doce River plume off the eastern Brazilian coast. ISPRS JOURNAL OF PHOTOGRAMMETRY AND REMOTE SENSING, v. 145, p. 349-361, 2018.

2.
ORTIZ, G. P.2018 ORTIZ, G. P.; LORENZZETTI, J. A. . Observing Multimodal Ocean Wave Systems by a Multiscale Analysis of Polarimetric SAR Imagery. IEEE GEOSCIENCE AND REMOTE SENSING LETTERS, p. 1-5, 2018.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
RUDORFF, N. M. ; RUDORFF, C. M. ; ORTIZ, G. P. ; KAMPEL, M. . Estudo da variabilidade temporal da pluma de turbidez do Rio Doce na costa do Espírito Santo a partir de imagens Landsat e MODIS-Aqua. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017.

2.
ORTIZ, G. P.; LORENZZETTI, J. A. . Explorando dados polarimétricos SAR para o estudo de processos meteo-oceanográficos na margem continental do Brasil. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017.

3.
ORTIZ, G. P.; KAMPEL, M. . Mapeamento da frente interna da Corrente do Brasil com o uso de imagens orbitais de temperatura da superfície do mar e concentração de clorofila-a. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017.

4.
ORTIZ, G. P.; LORENZZETTI, J. A. . On the fusion of Sentinel-1 and NPP/VIIRS imagery: a contribution for oceanographic monitoring. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017.

5.
KAMPEL, M. ; ORTIZ, G. P. . Produção primária requerida para sustentar a captura dos principais estoques pesqueiros marinhos no Brasil. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017.

6.
VALERIO, L. P. ; KAMPEL, M. ; CORTIVO, F. D. ; ORTIZ, G. P. . Análise temporal da concentração de clorofila-a a superfície do mar na região oceânica sudeste brasileira. In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012.

7.
RUDORFF, N. M. ; KAMPEL, M. ; POMPEU, M. ; GAETA, S. A. ; VALERIO, A. M. ; ORTIZ, G. P. . Comparação de produtos MODIS-Aqua de cor do oceano com dados in situ em águas costeiras de Ubatuba (SP), plataforma continental sudeste brasileira. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba-PR. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, 2011. p. 7168-7175.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ORTIZ, G. P.; OLIVEIRA, M. F. ; KAMPEL, M. . Observação por satélite de feições oceanográficas associadas à passagem de sistemas frontais na Plataforma Continental Sudeste Brasileira - resultados preliminares. In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
LORENZZETTI, J. A. ; ORTIZ, G. P. ; INNOCENTINI, V. . Estimation of ocean surface wave height using Polarimetric SAR data. A case study at SE Brazil continental shelf. In: 2nd Brazilian Symposium on Water Waves, 2017, Rio de Janeiro. 2nd Brazilian Symposium on Water Waves, 2017.

2.
ORTIZ, G. P.; KAMPEL, M. ; OLIVEIRA, M. F. ; OLIVEIRA, E. A. . Remote sensing of sea surface features: regional expertise to help the understanding of global ocean surface currents. In: 2nd International Meeting on Ocean Surface Currents, 2015, Brest. Articles GlobCurrent, 2015.

3.
ORTIZ, G. P.; OLIVEIRA, M. F. ; KAMPEL, M. . Observação da frente interna da Corrente do Brasil, a partir de imagens de satélite termais e de cor do oceano. In: V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. V Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012.

4.
RUDORFF, N. M. ; ZOFFOLI, M. L. ; VALERIO, L. P. ; VALERIO, A. M. ; SANTOS, J. F. C. ; ORTIZ, G. P. ; CESAR, G. M. ; KAMPEL, M. ; POMPEU, M. ; GAETA, S. A. . The Antares-Ubatuba coastal time-series stations (SP/Brazil): Nine years of in situ and satellite monitoring. In: Blue Planet Symposium, 2012, Ilha Bela-SP. Blue Planet Symposium, 2012.

5.
ORTIZ, G. P.; KAMPEL, M. . Potencial de energia eólica offshore na margem do Brasil. In: V Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2011, Santos-SP. V Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2011.

6.
KAMPEL, M. ; ORTIZ, G. P. ; FREITAS, L. B. . Calibração e validação do algoritmo de estimativa da temperatura da superfície do mar a partir de dados do satélite METEOSAT para a margem brasileira. In: XIV COLACMAR, 2011, Balneário Camboriú. Anais do XIV COLACMAR, 2011.

7.
POMPEU, M. ; SUSINI RIBEIRO, S. M. M. ; GAETA, S. A. ; ORTIZ, G. P. ; SOUZA, A. T. M. . Plankton response to an upwelling event at a fixed station in the Cabo Frio innershelf ? RJ, Brazil. In: IV Plankton Symposium, 2007, João Pessoa. BDUA - Journal of Biology, 2007. v. 2. p. 123-123.

8.
ORTIZ, G. P.; GAETA, S. A. . O campo de ventos como forçante da produção primária na Plataforma Continental Sudeste no litoral norte de São Paulo. In: 15° SIICUSP, 2007, São Carlos. 15° SIICUSP, 2007.

9.
ORTIZ, G. P.; GAETA, S. A. ; POMPEU, M. ; KAMPEL, M. . Estudo de uma série temporal oceanográfica na costa sudeste brasileira: Antares ? Ubatuba. In: III Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2006, São Paulo. III Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2006.

10.
KAMPEL, M. ; GAETA, S. A. ; POMPEU, M. ; OLIVEIRA, F. S. C ; ORTIZ, G. P. ; NAGATA, P. D. ; KONISHI, P. H. . Rede de Observação ANTARES: Série Temporal de Ubatuba, SP. In: II Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2005, Vitória, ES. II Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
COELHO, T. M. ; ORTIZ, G. P. ; ZANIN, G. R. ; VICENTE, T. M. ; PEREIRA, A. A. ; GARBINI, C. N. ; ANDRADE, P. C. ; KONISHI, P. H. ; PEREIRA, C. O. ; YKUTA, C. ; SCHULTZ, C. ; RUGNA, R. C. ; IZUMI, V. M. ; GODOI, S. S. ; LEITE, J. R. B. . Investigando a Circulação na Enseada das Palmas, Parque Estadual da Ilha Anchieta - Ubatuba, SP. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
V Simpósio Brasileiro de Oceanografia.Potencial de energia eólica offshore na margem do Brasil. 2011. (Simpósio).

2.
II Seminário IOUSP de Manejo Costeiro Integrado. 2007. (Seminário).

3.
II Seminário sobre Políticas Públicas, Alternativas Sustentáveis para o Desenvolvimento e Participação Social do Litoral Norte Paulista. 2007. (Seminário).

4.
I Simpósio Brasileiro de Iniciação Científica do Instituto Oceanográfico.O campo de ventos como forçante da produção primária na Plataforma Continental Sudeste no litoral norte de São Paulo. 2007. (Simpósio).

5.
IV Plankton Symposium.Plankton response to an upwelling event at a fixed station in the Cabo Frio innershelf RJ, Brazil. 2007. (Simpósio).

6.
XV SIICUSP Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.O campo de ventos como forçante da produção primária na Plataforma Continental Sudeste no litoral norte de São Paulo. 2007. (Simpósio).

7.
III Simpósio Brasileiro de Oceanografia.Estudo de uma série temporal oceanográfica na costa sudeste brasileira: Antares Ubatuba. 2006. (Simpósio).

8.
II Congresso Brasileiro de Oceanografia. Rede de Observação ANTARES: Série Temporal de Ubatuba, SP. 2005. (Congresso).

9.
I Congresso Brasileiro de Oceanografia. 2004. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/11/2018 às 1:48:55