Andressa Ribeiro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7547751010931437
  • Última atualização do currículo em 30/11/2018


Engenheira Florestal graduada na Universidade Federal de Lavras (2009). Mestra em Engenharia Florestal, com área de concentração em Manejo Florestal, na Universidade Federal do Paraná (2012). Doutora em Ciências Florestais, com área de concentração em Manejo Florestal, na Universidade Federal de Lavras (2017), com doutorado sanduíche na Universidade de Lisboa. Professora na Universidade Federal do Piauí. Possui experiência nas áreas de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Manejo Florestal, além de experiência internacional na área de restauração ambiental e liderança comunitária. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Andressa Ribeiro
Nome em citações bibliográficas
RIBEIRO, A.;RIBEIRO, ANDRESSA;ANDRESSA, RIBEIRO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Piauí, Campus Professora Cinobelina Elvas.
Avenida Manoel Gracindo, km 01
Planalto Horizonte
64900000 - Bom Jesus, PI - Brasil
Telefone: (89) 35621540


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em Engenharia Florestal.
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
com período sanduíche em Universidade de Lisboa (Orientador: Margarida Tomé).
Título: African mahogany plantations: modeling growth and yield in Brazil, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: José Roberto Soares Scolforo.
Coorientador: Antonio Carlos Ferraz Filho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2010 - 2012
Mestrado em Engenharia Florestal.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Modelagem e quantificação dos nutrientes em povoamentos nativos de bracatinga,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Sebastião do Amaral Machado.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Agrárias
2004 - 2009
Graduação em Engenharia Florestal.
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Título: Diferentes estratégias de ajuste de modelos hipsométricos em plantios de Eucalyptus sp..
Orientador: José Márcio de Mello.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Curso de Capacitação para o CAR. (Carga horária: 78h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2013 - 2013
Trabalhador na Operação e Manutenção de Motosserra. (Carga horária: 40h).
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.
2013 - 2013
ISO 14001. (Carga horária: 20h).
Instituto Politécnico de Ensino à Distância, IPED, Brasil.
2012 - 2012
Fall 2012 classes. (Carga horária: 36h).
The Language Institute, TLI, Estados Unidos.
2012 - 2012
Saneamento, Saúde Pública e Meio Ambiente. (Carga horária: 4h).
Scientia Educação e Pesquisa, SEP, Brasil.
2012 - 2012
Curso de Inglês - Nível Fluente. (Carga horária: 40h).
Elearn Educacional S.A., EE, Brasil.
2011 - 2011
O balanço de carbono nos ecossistemas. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2011 - 2011
Manejo de florestas em pequenas propriedades. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2010 - 2010
Madeiras da Amazonia. (Carga horária: 250h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2010 - 2010
Geoestatística Aplicada. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2010 - 2010
Fundamentos em Modelagem Estatística. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2008 - 2008
Planejamento integrado da colheita florestal. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2007 - 2007
Cerrado e Mata Atlântica. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2007 - 2007
Produtos Naturais. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2006 - 2007
Extensão universitária em Membro do Centro Acadêmico da Eng. Florestal-UFLA. (Carga horária: 340h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora do Curso de Engenharia Florestal, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Representante do Conselho do Campus, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro do do Núcleo Docente Estruturante, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

11/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Professora Cinobelina Elvas, .

Linhas de pesquisa
Manejo Florestal
10/2013 - Atual
Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comercialização de produtos florestais
Dendrometria
Economia Florestal
Manejo sustentável de espécies exóticas e nativas
Planejamento e Administração Florestal
Iniciação às Ciências Florestais

Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Equipe Técnica Inventário e Manejo Florestal, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Serão realizadas auditorias nas áreas de ocorrência natural da espécie Eremanthus erythropappus submetidas ao manejo sustentável em Minas Gerais, com o objetivo de diagnosticar a viabilidade do manejo implementado para a espécie e elaborar propostas de desenvolvimento e aperfeiçoamento da prática do manejo, de forma a garantir a manutenção da espécie nas áreas de ocorrência...

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 10
Outras informações
Monitora remunerada da disciplina de Sementes Florestais.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 10
Outras informações
Atividades de cadastramento e processamento das planilhas de campo do projeto Mapeamento e Inventário da Flora Nativa e dos Reflorestamentos do Estado de Minas Gerais.


Instituto Estadual de Florestas, IEF-MG, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40
Outras informações
Atividades desenvolvidas: -Vistorias para autorização de corte de árvores urbanas e noções de paisagismo -Vistorias técnicas para autorização de exploração florestal -Noções de legislação ambiental -Atividades de educação ambiental para professores


Earthcorps, EC, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Trainee, Enquadramento Funcional: Trainee, Carga horária: 45, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
EarthCorps is a non-profit organization founded in 1993 with a mission to build a global community of leaders through local environmental service. EarthCorps provides a year-long intensive program for young adults from the US and 80 other countries to learn best practices in community-based environmental restoration and develop their leadership skills as they supervise more than 10,000 volunteers each year. http://www.earthcorps.org/



Linhas de pesquisa


1.
Manejo Florestal


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Estudo de Ações para Mitigação de Riscos de Desligamentos das Linhas de Transmissão por Queimadas e Avaliação de Métodos de Manutenção de Faixas de Servidão
Descrição: O Brasil tem um total de 149.699.041 kW de matriz energética instalada, com expectativa de expansão para uma capacidade de 25.527.291 kW nos próximos anos. Muitos canais de transmissão de energia estão em áreas florestais e ocorrência de incêndios é responsável por um grande número de interrupções de energia, aumentando a preocupação das empresas de energia elétrica para minimizar os riscos potenciais e interrupções do serviço aos seus clientes. As medidas tomadas para reduzir a intensidade do incêndio e, assim, minimizar o risco de falhas incluem a limpeza da vegetação ao redor das torres, a redução dos intervalos de manutenção da vegetação em locais de alto risco, a gestão baseada na vegetação e tipo de combustível, etc. Infelizmente, poucos estudos têm sido encontrados até o momento que abordam a questão do manejo florestal apropriado sob linhas de transmissão nos biomas do tipo Cerrado e Caatinga. A Caatinga é o bioma que ocorre na região semi-árida do Brasil, cobrindo 11% do território, e o Cerrado é considerado um hot spot com grande importância e possuidor de espécies endêmicas, cobrindo 22% do território nacional. Este estudo pretende trabalhar em quatro etapas durante os anos de 2017 a 2019: 1) definição de variáveis chaves fornecidas pelo inventário florestal previamente realizado pela empresa Ekocap, com especificação botânica das espécies mais importantes, estudo dos ciclos de crescimento e estratégias de modelagem de crescimento e produção de tais espécies; 2) seleção e pesquisa das espécies vegetais potenciais da região para árvores porta sementes (matrizes), incluindo aferição do poder calorífico; 3) análise e experimentação para a produção de mudas por meio da coleta de sementes e realização de testes de germinação, dormência e substrato ótimo e 4) produção de mudas para possível auxílio na manutenção das áreas sob as LT?s baseado em resultados experimentais em campo utilizando diferentes intensidades do fogo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Andressa Ribeiro - Coordenador / Antonio Carlos Ferraz Filho - Integrante / Bruna Anair Souto Dias - Integrante / Séfora Gil Gomes de Faria - Integrante.Financiador(es): TRANSMISSORA ALIANÇA DE ENERGIA ELÉTRICA S.A. - Outra.Número de orientações: 1
2017 - Atual
CARACTERIZAÇÃO DA OCORRÊNCIA DE CUPINS DO CERNE EM UMA ÁREA DE CAATINGA HIPOXEROFILA, NA MICRORREGIÃO DO ALTO MÉDIO GURGUEIA-PI
Descrição: A Caatinga Hipoxerófila apresenta caráter ecotonal entre os biomas Caatinga e Cerrado que, por receber pouca atenção e deter condições edafoclimáticas favoráveis ao desenvolvimento de cupins do cerne, carece de estudos que possam informar sobre a atuação desses insetos, quanto a distribuição espacial e da severidade de ataque, além da preferência alimentar (espécie arbórea mais atacada). Destaca-se ainda que parte da vegetação natural da caatinga é destinada à produção de lenha (finalidade principal ou produto no sistema de agricultura itinerante). Porém, a presença de cupins do cerne no bioma pode comprometer a qualidade energética. Assim, o uso do geoprocessamento para mapeamento, em conjunto com o estudo da distribuição espacial de cupins do cerne em uma área de Caatinga Hipoxerófila, submetida a um Plano de Manejo Florestal Sustentável (PMFS), é de significativa importância para o desenvolvimento de metodologias de amostragem e estratégias de manejo, que garantam maior produção sustentável de lenha e também o papel ecológico dos cupins. Desse modo, será proporcionada uma tomada de decisão com melhor embasamento, devido ao maior número de informações obtidas, permitindo, por exemplo, a realização do controle somente em áreas com foco de infestação, determinação de área com probabilidade de perdas, incorporação da dinâmica espacial dentro do modelo populacional e otimização de técnicas de amostragens..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Andressa Ribeiro - Integrante / RODOLFO MOLINARIO DE SOUZA - Coordenador / JOSE WELLINGTON BATISTA LOPES - Integrante.
2017 - Atual
REGENERAÇÃO NATURAL E SEUS EFEITOS SOBRE A DIVERSIDADE ECOLOGICA EM UMA ÁREA DE CAATINGA SUBMETIDA A UM PLANO DE MANEJO FLORESTAL SUSTENTÁVEL
Descrição: Como sabemos, o Bioma Caatinga é o menos conhecido no Brasil, dessa forma há necessidade da realização de estudos que buscam obter informações sobre a vegetação e sobre a fauna. Essas informações permitirão aumentar o aproveitamento econômico da biodiversidade, através da utilização sustentável dos recursos e manejo adequado da biodiversidade. Com o levantamento da diversidade ecológica em duas áreas com intensidade de regeneração diferentes, será possível adquirir conhecimento sobre o grau de impacto da ação antrópica causada no ambiente pela ação humana (extração de madeira), pois, à medida que aumenta a antropização do ambiente, há diminuição no número de ordens, famílias e espécies da fauna e flora. Permitindo a realização de intervenções a fim de manter, recuperar ou restaurar o equilíbrio do ambiente, atingindo, assim, a sustentabilidade ecológica em cada área. Além disso, com o estudo da regeneração natural, fornecerá informações acerca dos mecanismos e dinâmica florestal, possibilitando uma exploração sustentável das áreas, pois a mesma é responsável pelo restabelecimento da vegetação nativa e mantem a base do equilíbrio e da demografia das populações vegetais, garantindo a renovação e manutenção das espécies presentes na comunidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Andressa Ribeiro - Integrante / Antonio Carlos Ferraz Filho - Integrante / RODOLFO MOLINARIO DE SOUZA - Coordenador.
2017 - Atual
Caracterização da entomofauna em uma área de Caatinga submetida à exploração sustentável de madeira, no Sul do Piauí
Descrição: Por meio do uso de armadilhas, que permitem identificar bem como quantificar as diferentes ordens de insetos, pretende-se comparar uma área de vegetação nativa destinada à exploração de madeira com uma área intacta, visando analisar as diferenças que possam existir entre as duas áreas ao longo do tempo, bem como verificar se após a exploração da madeira a fauna de insetos retornará, ou se aproximará de seu estado natural..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Avaliação da fitossociologia, do potencial madeireiro e da regeneração natural em uma área de caatinga localizada em Cristino Castro ? PI.
Descrição: A exploração e utilização do bioma caatinga ainda se fundamentam basicamente em processos extrativistas para obtenção de produtos de origens pastoril, agrícola e madeireiro. O manejo florestal sustentável contribui para a manutenção e utilização de maneira adequada da cobertura florestal e favorece o desenvolvimento de técnicas de análises quali-quantitativas nas decisões sobre composição, estrutura e localização de uma floresta, de maneira que ela forneça benefícios ambientais, econômicos e sociais, na quantidade e na qualidade necessária, buscando manter a diversidade e a sustentabilidade da floresta. Enfatizando a importância de estudos sobre os sistemas de amostragem utilizados para caracterização da floresta e o processo de regeneração natural a fim de se realizar um manejo sustentável adequado. Assim, o conhecimento acurado das espécies e do padrão de distribuição espacial destas na floresta fornece informações para melhoria nas técnicas de manejo, além de auxiliar em processos de amostragem e monitoramento de espécies vegetais em unidades de conservação ou sob manejo. O levantamento florístico compreende ainda, aspectos ecológicos, que possibilitam uma análise conjunta aos resultados auxiliando na compreensão da dependência espacial das espécies e no padrão de distribuição das mesmas, fornecendo subsídios importantes para o aprimoramento das atuais práticas de manejo sustentável da floresta; além de melhorias em manejos tradicionais e orientação a pesquisas na elaboração de modelos de exploração florestal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Andressa Ribeiro - Coordenador / Marcelo Xisto Ribeiro - Integrante.Número de orientações: 3
2007 - 2009
Condicionamento osmótico de sementes de espécies florestais visando a melhoria na qualidade das mudas
Descrição: O programa de revitalização da Bacia do Rio São Francisco prevê a recuperação de áreas degradadas com o uso de espécies arbóreas nativas. Um programa dessa natureza depende de sementes e mudas de boa qualidade e diversidade de espécies. Todavia, grande parte das espécies florestais apresenta sementes com dormência. A presença de dormência se opõe ao pleno sucesso da propagação futura das espécies. A técnica de condicionamento osmótico de sementes permite o controle da embebição das sementes em contato com solução aquosa de polietilenoglicol (PEG), permitindo a entrada de água nas sementes suficiente para ativar o processo germinativo sem permitir que ocorra a germinação. Entre as vantagens desta técnica destaca-se a superação da dormência de sementes, aceleração da velocidade de germinação ou emergência das plântulas, contribuindo para acelerar a formação de mudas. Além disso, tem sido atribuída a esta técnica a tolerância das sementes ao estresse hídrico ou de temperatura após a semeadura ou durante a germinação das sementes. Portanto, este projeto objetiva realizar o condicionamento osmótico em sementes de espécies florestais visando germinação uniforme e produção de mudas com qualidade fisiológica superior, pré-requisito para o estabelecimento rápido das mudas nas áreas alteradas da bacia do Rio São Francisco. O potencial hídrico foliar das mudas será avaliado no viveiro e no campo. Além disso, a enzima endo-β-mananase responsável pela degradação de reservas presente no endosperma apresenta também um envolvimento com expansão e crescimento celular. Portanto, este projeto também objetiva identificar possíveis isoformas desta enzima presentes no embrião e que se relacione com o crescimento da radícula durante a germinação e desenvolvimento da muda. Isto permitirá desenvolver, futuramente, um marcador bioquímico para predizer a qualidade de mudas de espécies florestais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Andressa Ribeiro - Integrante / Antonio Claudio Davide - Integrante / Edvaldo Aparecido Amaral da Silva - Coordenador / Jose Marcio Rocha Faria - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2005 - 2009
Clone e estudo da expressão do gene abscisic acid-intensive 3 (ABI3) durante o desenvolvimento e superação da dormência em sementes de Annona crassiflora
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Andressa Ribeiro - Integrante / Antonio Claudio Davide - Integrante / Edvaldo Aparecido Amaral da Silva - Coordenador / Jose Marcio Rocha Faria - Integrante / Henk W M Hilhorst - Integrante.Financiador(es): International Foundation for Science - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2014 - 2015
Sensibilização e Proposta de Implantação do Manejo Florestal Comunitário em um Assentamento Rural localizado em Bom Jesus, PI.
Descrição: O manejo florestal sustentável contribui para a manutenção e utilização de maneira adequada da cobertura florestal e favorece o desenvolvimento de técnicas de análises quali-quantitativas nas decisões sobre composição, estrutura e localização de uma floresta, de maneira que ela forneça benefícios ambientais, econômicos e sociais, na quantidade e na qualidade necessária, buscando manter a diversidade e a sustentabilidade da floresta. Considera-se manejo florestal comunitário e familiar a execução de planos de manejo realizada pelos agricultores familiares, assentados da reforma agrária e pelos povos e comunidades tradicionais para obtenção de benefícios econômicos, sociais e ambientais, respeitando-se os mecanismos de sustentação do ecossistema. A caatinga tem um imenso potencial para a conservação de serviços ambientais, uso sustentável e bioprospecção que, se bem explorado, será decisivo para o desenvolvimento da região e do país. A biodiversidade da caatinga ampara diversas atividades econômicas voltadas para fins agrosilvopastoris e industriais, especialmente nos ramos energéticos, farmacêuticos, cosméticos, químicos e alimentícios. Dessa forma o presente projeto almeja sensibilizar a comunidade do assentamento Brejo dos Altos sobre os benefícios do emprego de um plano de manejo florestal sustentável. As etapas do projeto se baseiam no desenvolvimento de um programa sócioeducativo: etapa de sensibilização, etapa de capacitação, etapa de planejamento e etapa de difusão. Atividades como oficinas capacitivas à campanhas de campo (inventário florestal) irão ser realizadas. Pretende-se gerar como principal fruto para comunidade, um plano de manejo com a definição dos atores sociais responsáveis pela execução do mesmo..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Andressa Ribeiro - Coordenador / Janailton Coutinho - Integrante.
2014 - 2015
Manejo conservacionista dos solos em propriedades familiares no sul do Piauí
Descrição: A caracterização do solo é chave para que a condução de atividades agrícolas, florestais e pastoris sejam bem sucedidas. Objetiva-se neste projeto propor e construir um modelo de uso e manejo do solo de forma sustentável em propriedades de agricultores familiares localizados no sul do Piauí. Os sujeitos da pesquisa envolvidos neste projeto participarão desta caracterização a fim de identificar as diferentes classes de solo e sua propriedade, além de propor e construir novos hábitos com embasamento ecológico na sua utilização da terra. Teremos como principal fonte e inserção de apoio a Escola Família Agrícola de Eliseu Martins, em que serão desenvolvidas diferentes atividades para classificação e conscientização do uso racional dos recursos. Espera-se criar uma nova relação entre os agricultores e agricultoras para com o solo, servindo de base para uma produção sustentável..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Andressa Ribeiro - Integrante / Janailton Coutinho - Integrante / Rafael Felippe Ratke - Coordenador / Sinevaldo Gonçalves de Moura - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2009 - 2010
Desenvolvimento e pesquisa com técnicas de sensoriamento remoto de informações georeferenciadas, como instrumento de política, planejamento e gestão ambiental do Governo do Estado de Minas Gerais
Descrição: Será desenvolvido um aplicativo Sigweb para o acesso aos dados e informações da Cobertura Vegetal, dos Atlas da Flora Nativa e Reflorestamentos de Minas Gerais, elaborados pelo IEF/UFLA, com integração dos dados georreferenciados à base de dados tabulares e textos explicativos. Para isto foi desenvolvido funcionalidades para consultas e análises espaciais, atualização das bases espaciais, consultas tabulares e Ferramenta de inteligência na gestão corporativa (BI) que possibilita a qualquer tipo de usuário, analisar com eficiência e segurança diversos parâmetros do modulo de cobertura vegetal possibilitando geração de mapas, gráficos e relatórios. Dentro do projeto SIG Inventário ainda estão os projetos: - Sistema Integrado de Monitoramento Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais em Minas Gerais; - Monitoramento Continuo da Cobertura Vegetal do Estado de Minas Gerais; - Sistema de Informação geográfico para disponibilizar os focos de desmates de Minas Gerais..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Membro de comitê de assessoramento


2013 - Atual
Agência de fomento: Serviço Florestal Brasileiro
2013 - Atual
Agência de fomento: Associação Brasileira dos Produtores de Mogno Africano


Revisor de periódico


2014 - 2014
Periódico: Floresta (UFPR. Impresso)
2014 - Atual
Periódico: CERNE (UFLA)
2015 - Atual
Periódico: FLORAM - Revista Floresta e Ambiente
2016 - Atual
Periódico: African Journal of Agricultural Research
2016 - 2016
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE BIOMETRIA
2017 - Atual
Periódico: ADVANCES IN FORESTRY SCIENCE


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Manejo Florestal/Especialidade: Economia Florestal.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Manejo Florestal.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Manejo Florestal/Especialidade: Dendrometria e Inventário Florestal.
4.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
FinCEAL+, University of Eastern Finland.
2014
Menção honrosa do trabalho apresentado "Conhecimento sobre Manejo Florestal Comunitário e o Bioma Caatinga no Assentamento Rural Brejo dos Altos, PI", IV Seminário de Extensão e Cultura da UFPI.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS
Total de trabalhos:12
Total de citações:12
Ribeiro, Andressa  Data: 03/05/2017

Outras
Total de trabalhos:20
Total de citações:57
Ribeiro, Andressa  Data: 30/07/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
RIBEIRO, A.2018RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; SCOLFORO, J. R. S. . Tree height prediction in Brazilian Khaya ivorensis stands. BOSQUE, v. 39, p. 15-26, 2018.

2.
OLIVEIRA, X. M. de2018OLIVEIRA, X. M. de ; RIBEIRO, A. ; ANTONIO, CARLOS FERRAZ FILHO ; MAYRINCK, R. C. ; LIMA, R. R. ; SCOLFORO, J. R. S. . Volume equations for Khaya ivorensis A. Chev. plantations in Brazil. ANAIS DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS (ONLINE), p. 1, 2018.

3.
MAYRINCK, R. C.2018MAYRINCK, R. C. ; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; RIBEIRO, A. ; OLIVEIRA, X. M. de ; LIMA, R. R. . A comparison of diameter distribution models for Khaya ivorensis A.Chev. plantations in Brazil. Southern Forests, p. 1-8, 2018.

4.
FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS2018FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; MOLA-YUDEGO, B. ; RIBEIRO, A. ; SCOLFORO, J. R. S. ; LOOS, R. A. ; SCOLFORO, H. F. . HEIGHT-DIAMETER MODELS FOR Eucalyptus sp. PLANTATIONS IN BRAZIL. Cerne, v. 24, p. 9-17, 2018.

5.
PELLICO NETTO, Sylvio2018PELLICO NETTO, Sylvio ; PELISSARI, A. L. ; RIBEIRO, ANDRESSA ; MACHADO, S. A. ; NASCIMENTO, R. G. M. . Sampling system for estimating woody debris in an urban mixed tropical forest. ANAIS DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CIENCIAS, v. 3, p. 1, 2018.

6.
RIBEIRO, ANDRESSA2018 RIBEIRO, ANDRESSA; SILVA, CAROLINA SOUZA JAROCHINSKI E ; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; SCOLFORO, José Roberto Soares . Financial and risk analysis of African mahogany plantations in Brazil. CIÊNCIA E AGROTECNOLOGIA (ONLINE), v. 42, p. 148-158, 2018.

7.
RIBEIRO, ANDRESSA2017RIBEIRO, ANDRESSA; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; SCOLFORO, José Roberto Soares . O Cultivo do Mogno Africano (Khaya spp.) e o Crescimento da Atividade no Brasil. FLORAM, v. 24, p. 1-11, 2017.

8.
ANTONIO, CARLOS FERRAZ FILHO2016ANTONIO, CARLOS FERRAZ FILHO ; LEANDRO, ALVES DE CARVALHO ; ANDRESSA, RIBEIRO ; LUCAS, REZENDE GOMIDE ; JOS EACUTE, ROBERTO SOARES SCOLFORO . Pruning of Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla planted at low density in Southeastern Brazil. AFRICAN JOURNAL OF AGRICULTURAL RESEARCH, v. 11, p. 1159-1163, 2016.

9.
FELICIANO, MARYA EDUARDA2016FELICIANO, MARYA EDUARDA ; RIBEIRO, ANDRESSA ; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; VITOR, PAULA CAROLINA GOMIDES . Avaliação de diferentes hipsômetros na estimativa da altura total. REVISTA VERDE DE AGROECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, v. 11, p. 01, 2016.

10.
RIBEIRO, ANDRESSA2016RIBEIRO, ANDRESSA; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; TOMÉ, MARGARIDA ; SCOLFORO, José Roberto Soares . SITE QUALITY CURVES FOR AFRICAN MAHOGANY PLANTATIONS IN BRAZIL. CERNE, v. 22, p. 439-448, 2016.

11.
Machado, Sebastião do Amaral2015Machado, Sebastião do Amaral ; SOUZA, RONAN FELIPE DE ; APARECIDO, LUIZA MARIA TEÓPHILO ; RIBEIRO, ANDRESSA ; CZELUSNIAK, BRUNO HENRIQUE . EVOLUÇÃO DAS VARIÁVEIS DENDROMÉTRICAS DA BRACATINGA POR CLASSE DE SÍTIO. CERNE, v. 21, p. 199-207, 2015.

12.
RIBEIRO, A.;RIBEIRO, ANDRESSA;ANDRESSA, RIBEIRO2014RIBEIRO, A.; FILHO, A. C. F. ; SCOLFORO, José Roberto Soares ; NETTO, S. P. ; MACHADO, S. A. . ESTRUTURA DA DISTRIBUIÇÃO DIAMÉTRICA EM PLANTIO EXPERIMENTAL DE CANDEIA (Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish). Ciência Florestal (UFSM. Impresso), v. 24, p. 1055, 2014.

13.
NESI, CRISTIANO NUNES2013NESI, CRISTIANO NUNES ; RIBEIRO, ANDRESSA ; BONAT, WAGNER HUGO ; RIBEIRO JUNIOR, PAULO JUSTINIANO . Verossimilhança na seleção de modelos para predição espacial. REVISTA BRASILEIRA DE CIENCIA DO SOLO, v. 37, p. 352-358, 2013.

14.
RIBEIRO, ANDRESSA2013RIBEIRO, ANDRESSA; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS . Estudo da metodologia proposta para classificação dos diferentes estágios de regeneração no Cerrado. Pesquisa Florestal Brasileira (Impresso), v. 33, p. 91-98, 2013.

15.
RIBEIRO, A.;RIBEIRO, ANDRESSA;ANDRESSA, RIBEIRO2012RIBEIRO, A.; Machado, Sebastião do Amaral ; Péllico Netto, Sylvio ; Figueiredo Filho, Afonso . Quantificação e modelagem dos macronutrientes em povoamentos de bracatinga. Pesquisa Florestal Brasileira, v. 32, p. 29-44, 2012.

16.
RIBEIRO, A.;RIBEIRO, ANDRESSA;ANDRESSA, RIBEIRO2012RIBEIRO, A.; MACHADO, S. A. . Avaliação Econômica dos Benefícios dos Macronutrientes em Diferentes Povoamentos de Bracatinga. Floram, v. 19, p. 498-507, 2012.

17.
RIBEIRO, A.;RIBEIRO, ANDRESSA;ANDRESSA, RIBEIRO2012RIBEIRO, A.; PÉLLICO NETTO, S. ; STALL, D. ; LEÃO, R. A. ; NASCIMENTO, F. A. F. . Proposta metodológica para realização de inventário florestal de Necromassa: um estudo de caso. Scientia Forestalis (IPEF), v. 40, p. 121-127, 2012.

18.
RIBEIRO, A.;RIBEIRO, ANDRESSA;ANDRESSA, RIBEIRO2010RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. ; MELLO, J. M. ; FERREIRA, M. Z. ; LISBOA, P. M. M. ; SCOLFORO, J. R. S. . ESTRATÉGIAS E METODOLOGIAS DE AJUSTE DE MODELOS HIPSOMÉTRICOS EM PLANTIOS DE Eucalyptus sp.. CERNE (UFLA), v. 16, p. 22-31, 2010.

Capítulos de livros publicados
1.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. ; SCOLFORO, J. R. S. . INVENTÁRIO FLORESTAL CONTÍNUO DE PLANTIOS DE MOGNO AFRICANO (Khaya ivorensis A. Chev.) NO ESTADO DE MINAS GERAIS. In: CORTE, ANA PAULA DELLA. (Org.). ATUALIDADES EM MENSURAÇÃO FLORESTAL. 1ed.CURITIBA: UFPR, 2014, v. 1, p. 187-191.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MAYRINCK, R. C. ; RIBEIRO, A. ; MARQUES, E. R. ; ANTONIO, CARLOS FERRAZ FILHO ; LIMA, R. R. . Ajuste da função de densidade e probabilidade Sb de Johnson por 5 diferentes métodos para modelar a estrutura de um povoamento de Khaya ivorensis A. Chev.. In: XXIV Congresso de Pós-Graduação da UFLA, 2015, Lavras. Anais XXIV Congresso de Pós-Graduação da UFLA, 2015.

2.
BATISTA, M. A. ; SARAIVA, G. M. ; GOMES, M. A. ; RIBEIRO, A. . Sensibilização e Proposta de Implantação do Manejo Florestal Comunitário em um Assentamento Rural localizado em Bom Jesus, PI. In: IV Seminário de Extensão e Cultura da UFPI, 2014, Teresina. Anais do IV Seminário de Extensão e Cultura da UFPI, 2014.

3.
GUIMARAES, R. P. ; VALE, N. M. O. ; RIBEIRO, A. . Conhecimento sobre Manejo Florestal Comunitário e Bioma Caatinga no Assentamento Rural Brejo dos Altos. In: IV Seminário de Extensão e Cultura da UFPI, 2014, Teresina. Anais do IV Seminário de Extensão e Cultura da UFPI, 2014.

4.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; SARAIVA, G. M. ; GOMES, M. A. ; BATISTA, M. A. . ANÁLISE FLORÍSTICA EM UM HECTARE DE CAATINGA NO SUL DO PIAUÍ. In: I Encontro Multidisciplinar do CPCE & I Seminário de Pós-Graduação da UFPI, 2014, Bom Jesus PI. Anais do I Encontro Multidisciplinar do CPCE & I Seminário de Pós-Graduação da UFPI, 2014.

5.
FERRAZ FILHO, A. C. ; SILVA, C. P. C. ; RIBEIRO, A. ; SCOLFORO, J. R. S. . MODELAGEM DA PRODUÇÃO VOLUMÉTRICA EM PLANTIOS DE Eucalyptus sp.. In: V Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal, 2011, Santa Maria. V Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal, 2011.

6.
FERRAZ FILHO, A. C. ; RUFINI, A. L. ; RIBEIRO, A. ; SCOLFORO, J. R. S. . META-ANÁLISE DE REGIMES DE DESBASTE PARA EUCALYPTUS SPP. VISANDO RELAÇÃO ÓTIMA ENTRE VARIÁVEIS GLOBAIS E INDIVIDUAIS. In: V Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal, 2011, Santa Maria. V Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal, 2011.

7.
MACHADO, S. A. ; APARECIDO, L. M. T. ; SOUZA, R. F. ; RIBEIRO, A. . Modelagem da produção da bracatinga (Mimosa scabrella Benth.) na Região Metropolitana de Curitiba. In: V Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal, 2011, Santa Maria. V Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal, 2011.

8.
FERREIRA, G. W. D. ; SCOLFORO, J. R. S. ; RIBEIRO, A. . COMPORTAMENTO DE UMA FUNÇÃO DE AFILAMENTO NA ESTIMATIVA DE VOLUMES INDIVIDUAIS DE Eremanthus incanus. In: VI Simpósio de Pós Graduação em Ciências Florestais e II Simpósio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro, 2010, Rio de Janeiro. II SIMADERJ, 2010.

9.
RIBEIRO, A.; ARAUJO, E. J. G. ; FERREIRA, G. W. D. ; SCOLFORO, J. R. S. . Modelagem Hipsométrica para plantio experimental de Candeia (Eremanthus erythropappus). In: VI Simpósio de Pós Graduação em Ciências Florestais e II Simpósio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro, 2010, Rio de Janeiro. II SIMADERJ, 2010.

10.
RIBEIRO, A.; MACHADO, S. A. ; NASCIMENTO, R. G. M. . Estimação de macronutrientes em bracatingais nativos da região metropolitana de Curitiba. In: VI Simpósio de Pós Graduação em Ciências Florestais e II Simpósio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro, 2010, Rio de Janeiro. VI Simpósio de Pós Graduação em Ciências Florestais e II Simpósio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro, 2010.

11.
NESI, C. N. ; RIBEIRO, A. ; RIBEIRO JUNIOR, P. J. . Avaliação de métodos geoestatísticos para verificação da dependência espacial do teor de fósforo no solo. In: 55ª Reunião Anual da Região Brasileira da Sociedade Internacional de Biometria e 15ª Reunião Anual da Região Argentina da Sociedade Internacional de Biometria, 2010, Florianopolis. Anais da 55ª Reunião Anual da Região Brasileira da Sociedade Internacional de Biometria e 15ª Reunião Anual da Região Argentina da Sociedade Internacional de Biometria.. Piracicaba, 2010.

12.
MENDES, R. G. ; MACHADO, S. A. ; RIBEIRO, A. . Fatores de Conversão de Madeira Empilhada. In: VI Simposio de Pós Graduação em Ciencias Florestais e II Simposio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro, 2010, Rio de Janeiro. VI Simposio de Pós Graduação em Ciencias Florestais e II Simposio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro, 2010.

13.
ARAUJO, E. J. G. ; RIBEIRO, A. ; FERREIRA, G. W. D. ; MORAIS, V. A. ; SCOLFORO, J. R. S. . USO DA ÁRVORE MÉDIA NO AJUSTE DE MODELOS VOLUMÉTRICOS DE DUPLA ENTRADA PARA Pinus sp.. In: VI Simposio de Pós Graduação em Ciencias Florestais e II Simposio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro, 2010, Rio de Janeiro. VI Simposio de Pós Graduação em Ciencias Florestais e II Simposio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro, 2010.

14.
FERREIRA, G. W. D. ; RIBEIRO, A. ; SCOLFORO, J. R. S. ; ANDRADE, I. S. ; SILVA, C. P. C. . Avaliação da Regeneração Natural de Eremanthus erythropappus (Dc.) Macleisch submetida ao Sistema Silvicultural de árvores Porta-Sementes. In: 6o Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2009, Montes Claros. 6o Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2009.

15.
RIBEIRO, A.; MELLO, J. M. ; FERREIRA, M. Z. . Diferentes estratégias de ajuste de modelos hipsométricos em plantios de Eucalyptus spp.. In: IV Simposio Latino-Americano sobre Manejo Florestal, 2008, Santa Maria. IV Simposio Latino-Americano sobre Manejo Florestal, 2008.

16.
QUEIROZ, S. E. E. ; SILVA, E. A. A. ; RIBEIRO, A. . Caracterização morfológica dos frutos e das sementes de Genipa americana L.. In: XVII Congresso de Pós graduação da UFLA, I Encontro de Engenharia de sistemas e IV Workshop de Laser e óptica na agricultura, 2008, Lavras. XVII Congresso de Pós graduação da UFLA, I Encontro de Engenharia de sistemas e IV Workshop de Laser e óptica na agricultura, 2008.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SOUZA, R. M. ; RIBEIRO, A. ; FERRAZ FILHO, A. C. . Novos registros da incidência de cancro em árvores de mogno africano. In: VIII SIMPÓSIO DE MEIO AMBIENTE, 2015, Viçosa. VIII SIMPÓSIO DE MEIO AMBIENTE, 2015.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
VALE, N. M. O. ; RIBEIRO, A. ; FERRAZ FILHO, A. C. . Estratégias de ajuste de modelos volumétricos e suas implicações na precisão do inventário. In: 3º Congresso Brasileiro Florestal do Cerrado, 2017, Goiânia. Anais 3º Congresso Brasileiro Florestal do Cerrado, 2017.

2.
OLIVEIRA, X. M. de ; FERRAZ FILHO, A. C. ; RIBEIRO, A. ; SCOLFORO, J. R. S. . Afilamento de fuste de Khaya ivorensis em duas idades importantes para o manejo florestal. In: XXVI Congresso da Pós-graduação, 2017, Lavras. Anais XXVI Congresso da Pós-graduação, 2017.

3.
CHAGAS, G. O. ; OLIVEIRA, H. F. ; MAYRINCK, R. C. ; FELICIANO, MARYA EDUARDA ; RIBEIRO, A. ; ANTONIO, CARLOS FERRAZ FILHO . Efeito da aplicação diferentes doses de gesso de plantio no crescimento de Khaya ivorensis A. Chev.. In: XXIX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2016, Lavras. ANAIS XXIX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2016.

4.
VALE, N. M. O. ; SARAIVA, G. M. ; GOMES, M. A. ; BATISTA, M. A. ; RIBEIRO, A. . Acuracidade na medição dos diâmetros para cubagem rigorosa na caatinga. In: II CONGRESSO FLORESTAL DO CERRADO E IV SIMPÓSIO SOBRE EUCALIPTOCULTURA, 2015, GOIANIA. ANAIS II CONGRESSO FLORESTAL DO CERRADO E IV SIMPÓSIO SOBRE EUCALIPTOCULTURA, 2015.

5.
RIBEIRO, ANDRESSA; FERRAZ FILHO, A. C. ; SCOLFORO, J. R. S. ; PAREY, F. . Community Forest Management: an alternative for the conservation of the Caatinga biome. In: XIV World Forestry Congress, 2015, Druban. XIV World Forestry Congress, 2015.

6.
MARQUES, E. R. ; FERRAZ FILHO, A. C. ; ANDRESSA, RIBEIRO . Crescimento diamétrico de Khaya ivorensis em função da incidência de cancro. In: XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2015, Lavras. Anais XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2015.

7.
MIRANDA, E. N. ; FERRAZ FILHO, A. C. ; RIBEIRO, A. ; VITOR, PAULA CAROLINA GOMIDES ; MARQUES, E. R. . Comparação de crescimento para cultura de nim em diferentes espaçamentos e consórcio. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2014, Lavras. Anais XXVII Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2014.

8.
MARQUES, E. R. ; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; ANDRESSA, RIBEIRO ; SCOLFORO, José Roberto Soares . Comparação do crescimento de três espécies de mogno no noroeste de Minas Gerais. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2014, Lavras. Anais XXVII Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2014.

9.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. ; SCOLFORO, J. R. S. . Meta-analysis of the Shannon index for different vegetation types in Minas Gerais State. In: Simpósio Internacional de Biodiversidade, 2013, Lavras. Simpósio Internacional de Biodiversidade, 2013.

10.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. ; SCOLFORO, J. R. S. . Influência de diferentes espaçamentos e sistemas de irrigação em plantio experimental de mogno africano. In: II Simpósio Nacional de Inventário Florestal, 2013, Curitiba. Anais do II Simpósio Nacional de Inventário Florestal, 2013.

11.
RIBEIRO, A.; ARAUJO, E. J. G. ; MORAIS, V. A. ; SCOLFORO, J. R. S. . Avaliação da dependência espacial em variáveis dendrométricas mensuradas em um candeial nativo. In: II Seminário sobre Inventário Florestal, 2011, Blumenau. II Seminário sobre Inventário Florestal, 2011.

12.
FERREIRA, G. W. D. ; RIBEIRO, A. ; Vieira, T. S. ; SILVA, C. P. C. . ESTUDO DO CRESCIMENTO DA REGENERAÇÃO DE POVOAMENTOS NATURAIS DE CANDEIA (Eremanthus incanus) SUJEITOS A DIFERENTES INTENSIDADES DE DESBASTE. In: XXII Congresso de Iniciação Científica UFLA, 2009, Lavras. XXII Congresso de Iniciação Científica UFLA, 2009.

13.
FERREIRA, G. W. D. ; RIBEIRO, A. ; COSTA, T. A. ; SCOLFORO, J. R. S. . RELAÇÃO HIPSOMÉTRICA APLICADA EM PLANTIO DE CANDEIA (Eremanthus erythopappus (DC.) MacLeish). In: XXII Congresso de Iniciação Científica UFLA, 2009, Lavras. XXII Congresso de Iniciação Científica UFLA, 2009.

14.
HADADD, H. M. D. ; COSTA, T. A. ; RIBEIRO, A. ; SCOLFORO, J. R. S. . RELAÇÃO ÁREA DE COPA E ESPAÇAMENTO DE Eremanthus erythropappus NA REGIÃO DE CARRANCAS-MG. In: XXII Congresso de Iniciação Científica UFLA, 2009, Lavras. XXII Congresso de Iniciação Científica UFLA, 2009.

15.
HIGASHIKAWA, E. M. ; RIBEIRO, A. ; MARTINS, G. A. ; MELO, S. S. C. ; MELLO, J. M. ; SCOLFORO, J. R. S. . Classification of different stages of regeneration in the Brazilian savanna in Minas Gerais State, Brazil. In: XIII Congresso Florestal Mundial, 2009, Buenos Aires. XIII Congresso Mundial Florestal, 2009.

16.
RIBEIRO, A.; SILVA, E. A. A. ; DAVIDE, A. C. ; FARIA, J. M. R. . Germinação e curva de embebição de sementes de Goiaba (Psidium guajava). In: Congresso de Iniciação Cientifica da UFLA (CIUFLA), 2008, Lavras. Germinação e curva de embebição de sementes de Goiaba (Psidium guajava). Lavras: UFLA/FAEPE, 2008.

17.
RIBEIRO, A.; SILVA, E. A. A. ; DAVIDE, A. C. . Mecanismo de germinação de sementes de Jenipapo (Genipa americana L.). In: Congresso de Iniciação Cientifica da UFLA (CIUFLA), 2007, Lavras. Mecanismo de germinação de sementes de Jenipapo (Genipa americana L.), 2007. p. 202-202.

Apresentações de Trabalho
1.
RIBEIRO, ANDRESSA; FERRAZ FILHO, ANTONIO CARLOS ; SILVA, D. Y. B. O. ; LEITE, R. S. ; SOUSA, M. V. C. ; BERNARDES, F. F. . POTENCIAL ENERGÉTICO DE TRÊS ÁRVORES DA CAATINGA E SUAS RELAÇÕES DENDROMÉTRICAS. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
RIBEIRO, A.. Plantios de Mogno Africano: modelagem do crescimento e produção no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ANDRESSA, RIBEIRO. Setor Florestal: Desafios e Oportunidades. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. ; PAREY, F. ; SCOLFORO, J. R. S. . Community Forest Management: an alternative for the conservation of the Caatinga biome. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. . Manejo Florestal da Khaya ivorensis. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. . Inventário Florestal de Mogno Africano em Diferentes Regiões do Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. ; SARAIVA, G. M. ; GOMES, M. A. ; BATISTA, M. A. . ANÁLISE FLORÍSTICA EM UM HECTARE DE CAATINGA NO SUL DO PIAUÍ. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
RIBEIRO, A.. INVENTÁRIO FLORESTAL EM PLANTIOS DE MOGNO AFRICANO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
RIBEIRO, A.; MACHADO, S. A. ; APARECIDO, L. M. T. . MODELAGEM DE MACRONUTRIENTES DO POVOAMENTO EM BRACATINGAIS DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
MACHADO, S. A. ; APARECIDO, L. M. T. ; SOUZA, R. F. ; RIBEIRO, A. . Modelagem da produção da bracatinga (Mimosa scabrella Benth.) na Região Metropolitana de Curitiba. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
FERREIRA, G. W. D. ; FERRAZ FILHO, A. C. ; RIBEIRO, A. ; SCOLFORO, J. R. S. ; MORAIS, V. A. . Comportamento de uma função de afilamento na estimativa de volumes individuais de Eremanthus incanus. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
RIBEIRO, A.; ARAUJO, E. J. G. ; FERREIRA, G. W. D. ; FERRAZ FILHO, A. C. ; SCOLFORO, J. R. S. . Modelagem hipsométrica para plantio experimental de candeia (Eremanthus erythropappus (DC.) McLeisch). 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
RIBEIRO, A.; ARAUJO, E. J. G. ; FERREIRA, G. W. D. ; SCOLFORO, J. R. S. . QUANTIFICAÇÃO DE MACRONUTRIENTES EM BRACATINGAIS NATIVOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
RIBEIRO, A.. Quantificação e modelagem dos nutrientes em povoamentos nativos de bracatinga. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 2012 (Dissertação).

2.
RIBEIRO, A.. Diferentes estratégias de ajuste de modelos hipsométricos aplicados a plantios de Eucalyptus sp. 2008 (Monografia).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. . Inventários florestais em plantios de mogno africano. 2013.

2.
RIBEIRO, ANDRESSA; FERRAZ FILHO, A. C. . Inventário florestal em plantios de mogno africano. 2012.

3.
FERRAZ FILHO, A. C. ; RIBEIRO, A. . Inventário Florestal em plantios de Mogno Africano. 2011.

4.
FERRAZ FILHO, A. C. ; RIBEIRO, A. . Inventário Florestal. 2010.

Programas de computador sem registro
1.
OLIVEIRA, E. B. ; ANDRESSA, RIBEIRO ; FERRAZ FILHO, A. C. ; CULLEN, L. ; REIS, C. F. . SisMogno. 2017.

Trabalhos técnicos
1.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. . INVENTÁRIO FLORESTAL EM PLANTIO DE MOGNO AFRICANO. 2010.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
RIBEIRO, A.. Mogno Africano é tema de encerramento do ciclo de palestras sobre florestas plantadas em Goiás. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
RIBEIRO, ANDRESSA. Tema do último workshop sobre cadeia produtiva florestal, Mogno Africano é madeira nobre com mercado. 2018. (Blog).

2.
RIBEIRO, A.; FERRAZ FILHO, A. C. ; SCOLFORO, José Roberto Soares . Plantio de mogno africano (Khaya spp.) em sistemas agroflorestais. 2014; Tema: Plantio de mogno africano (Khaya spp.) em sistemas agroflorestais. (Site).

3.
RIBEIRO, A.. Estudo mostra que 97% das árvores de mogno africano plantadas geraram rebrotamento no Brasil. 2014; Tema: I Workshop Internacional de Mogno Africano. (Site).

4.
RIBEIRO, A. . INVENTÁRIO FLORESTAL EM PLANTIOS DE MOGNO AFRICANO. 2013; Tema: NVENTÁRIO FLORESTAL EM PLANTIOS DE MOGNO AFRICANO. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
RIBEIRO, ANDRESSA. Relatório e Processamento de Inventário Florestal. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ANTONIO, CARLOS FERRAZ FILHO; ASSIS, A. L.; CALEGARIO, N.; ANDRESSA, RIBEIRO. Participação em banca de MARYA EDUARDA FELICIANO. MODELAGEM DE ÁRVORE INDIVIDUAL PARA POVOAMENTOS DE Khaya ivorensis A. Chev. NO BRASIL. 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
ANDRESSA, RIBEIRO. Participação em banca de Nicholyh Matsho Oliveira do Vale.Estudos fenológicos de espécies arbustivas e arbóreas em três fragmentos de savana estépica em Bom Jesis-PI, Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí.

2.
RIBEIRO, M. X,; SILVA, R. B.; ANDRESSA, RIBEIRO. Participação em banca de MARCO ANTONIO MACHADO GOMES.POTENCIAL ENERGÉTICO DA MADEIRA DE ESPÉCIES ORIUNDAS DE UMA ÁREA DE CAATINGA NO SUL DO PIAUÍ. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí.

3.
CARVALHO, L. M. T.; RIBEIRO, A.; CARVALHO, M. C.. Participação em banca de Júlia Vaz Tostes Miluzzi de Oliveira.Sistemas de Informação Geográficas aplicados na otimização de rotas para o escoamento da produção floresta. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras.

4.
RIBEIRO, ANDRESSA; ANDRADE, A. C. A.. Participação em banca de GLENDA FERREIRA VELOCINO.IMPACTO DA ALTURA DAS ÁRVORES ANCORAS NA COLHEITA MECANIZADA COM AUXÍLIO DE GUINCHO DE TRAÇÃO. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras.

5.
COUTINHO, J.; RIBEIRO, ANDRESSA. Participação em banca de Larice Matos Fonseca.Registro do conhecimento cotidiano da comunidade Gruta Bela no município de Bom Jesus através de pesquisa participativa aplicada pelos alunos da Escola Marcos Júlio.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Piauí.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
RIBEIRO, A.; SILVA, R. B.; PEREIRA, A. A.. Edital UFPI 014/2017. 2017. Universidade Federal do Piauí.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
4º Encontro Brasileiro de Silvicultura.BLOCO 3 - NOVAS OPORTUNIDADES E MERCADOS. 2018. (Encontro).

2.
Ciclo de seminários sobre o negócio da cadeia produtiva de floresta plantada em Goiás.Mogno Africano - do plantio a comercialização. 2018. (Seminário).

3.
Reunião do Projeto de P&D/ANEEL. 2018. (Outra).

4.
VII CONFLAT. POTENCIAL ENERGÉTICO DE TRÊS ÁRVORES DA CAATINGA E SUAS RELAÇÕES DENDROMÉTRICAS. 2018. (Congresso).

5.
XIV World Forestry Congress. Community Forest Management: an alternative for the conservation of the Caatinga biome. 2015. (Congresso).

6.
I Encontro Multidisciplinar do CPCE & I Seminário de Pós-Graduação da UFPI.ANÁLISE FLORÍSTICA EM UM HECTARE DE CAATINGA NO SUL DO PIAUÍ. 2014. (Seminário).

7.
II Mensuflor.Inventário Florestal Contínuo em Plantios de Mogno Africano. 2014. (Simpósio).

8.
II Seminário Brasileiro de Mogno Africano.Manejo Florestal da Khaya ivorensis. 2014. (Encontro).

9.
I Workshop Internacional Mogno Africano.Inventário Florestal de Mogno Africano em Diferentes Regiões do Brasil. 2014. (Outra).

10.
I Fórum sobre Mogno Africano - Khaya ivorensis.Inventários florestais em plantio de mogno africano. 2013. (Outra).

11.
II Simpósio Nacional de Inventário Florestal.Influência de diferentes espaçamentos e sistemas de irrigação em plantio experimental de mogno africano. 2013. (Simpósio).

12.
II Workshop Brasileiro de Mogno Africano.Resultados do Inventário Florestal de Mogno Africano em Iraí de Minas. 2013. (Outra).

13.
IV Coneflor. 2013. (Congresso).

14.
Simpósio Internacional de Biodiversidade.Meta-analysis of the Shannon index for different vegetation types in Minas Gerais State. 2013. (Simpósio).

15.
I Workshop Brasileiro de Mogno Africano. 2011. (Outra).

16.
V Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal.MODELAGEM DE MACRONUTRIENTES DO POVOAMENTO EM BRACATINGAIS DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. 2011. (Simpósio).

17.
VI Simpósio de Pós Graduação em Ciências Florestais e II Simpósio de Ciência e Tecnologia da Madeira do Rio de Janeiro.Modelagem Hipsométrica para plantio experimental de Candeia (Eremanthus erythropappus). 2010. (Simpósio).

18.
Palestra de Primeiros Socorros. 2009. (Outra).

19.
Congresso de Iniciação Cientifica da UFLA (CIUFLA). Germinação e curva de embebição de sementes de Goiaba (Psidium guajava). 2008. (Congresso).

20.
I Ciclo de Palestras em Consultoria Ambiental. 2008. (Outra).

21.
III International Workshop on Climate Change ans its Impacts on Agriculture. 2008. (Outra).

22.
II Semana Acadêmica da UFLA. 2008. (Outra).

23.
IV Simposio Latino-Americano sobre Manejo Florestal.Diferentes estratégias de ajuste de modelos hipsométricos em plantios de Eucalyptus spp.. 2008. (Simpósio).

24.
Palestra: Strategic Planning for Forest Manegement in Brazil. 2008. (Outra).

25.
Palestra sobre Manejo de pragas em viveiros. 2008. (Outra).

26.
Congresso de Iniciação Cientifica da UFLA (CIUFLA). Mecanismo de germinação de sementes de Jenipapo (Genipa americana L.). 2007. (Congresso).

27.
I Semana Acadêmica da UFLA. 2007. (Outra).

28.
Palestra: O cultivo mínimo na implantação do eucalipto. 2007. (Outra).

29.
36 Congresso Brasileiro dos Estudantes de Engenharia Florestal. Debates. 2006. (Congresso).

30.
Viagem de estudos à Aracruz Florestal.Viagem de estudos à Aracruz Florestal. 2005. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BARREIRA, S. ; ANDRESSA, RIBEIRO . 3º Congresso Brasileiro Florestal do Cerrado. 2017. (Congresso).

2.
RIBEIRO, ANDRESSA. Práticas de inventário florestal em plantios de mogno africano. 2014. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Manuel Charles Araújo Júnior. COMPARAÇÃO DE CRESCIMENTO ARBÓREO ENTRE AS FAMÍLIAS BOTÂNICAS ENCONTRADAS EM UM AGROECOSSISTEMA FLORESTAL. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. (Orientador).

Iniciação científica
1.
HUGA GESSICA BENTO DE OLIVEIRA. Aporte de serapilheira e suas relações climáticas no bioma Caatinga. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí, UFPI. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
MARCIEL PEREIRA E SILVA. Potencial da regeneração natural de 3 ambientes em uma área de caatinga. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

2.
Marciel Pereira e Silva. REGENERAÇÃO NATURAL EM TRÊS AMBIENTES DE CAATINGA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

3.
MOACIR DE ARAÚJO BATISTA. AVALIAÇÃO FLORÍSTICA E FITOSSOCIOLÓGICA EM UMA ÁREA DE CAATINGA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

4.
Gustavo Moreira Saraiva. CUBAGEM RIGOROSA EM ÁRVORES DE UM FRAGMENTO DE CAATINGA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

Iniciação científica
1.
Lucas de Souza Silva. Caracterização e avaliação dendrométrica da vegetação de uma área sob linha de transmissão energética em São João do Piauí. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

Orientações de outra natureza
1.
Breno Moreira de Araújo. Diagnóstico do mercado de lenha e carvão do município de Bom Jesus-PI. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

2.
Nicholyh Matsho Oliveira do Vale. Manejo Florestal Sustentável: percepção e disposição a pagar dos alunos e servidores da UFPI. 2017. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

3.
Murilo de Oliveira Santos. AVALIAÇÃO DA REGENERAÇÂO NATURAL EM UMA ÁREA DE CAATINGA LOCALIZADA EM CRISTINO CASTRO - PIAUÍ. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

4.
LEANDRO BARROS ALMEIDA. MONITORIA DE ECONOMIA FLORESTAL. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

5.
Juscileia de Souza Lima. Manejo Florestal. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

6.
LEANDRO BARROS ALMEIDA. Manejo Florestal. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

7.
RAIANE MARQUES NASCIMENTO. ETNOBOTÂNICA DO BABAÇU. 2014. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.

8.
DAWVISON DE BRITO RODRIGUES. ANÁLISE DO MERCADO DE LENHA EM BOM JESUS, PI. 2013. Orientação de outra natureza. (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Piauí. Orientador: Andressa Ribeiro.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Programa de Computador sem registro de patente
1.
OLIVEIRA, E. B. ; ANDRESSA, RIBEIRO ; FERRAZ FILHO, A. C. ; CULLEN, L. ; REIS, C. F. . SisMogno. 2017.


Cursos de curta duração ministrados
1.
RIBEIRO, ANDRESSA. Relatório e Processamento de Inventário Florestal. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Outras informações relevantes


Classificada Edital 010/2013 - IFT Campus Rio Pomba - Professor temporário
Classificada e Habiltada Edital n°. 02/2013 - UFPI Campus Cinobelina Elvas - Professor Assistente 
Participação na qualidade de bolsista de iniciação científica na produção dos livros do Inventário Florestal de Minas Gerais (http://www.inventarioflorestal.mg.gov.br/)
Participação nos seguintes diretórios de grupos de pesquisa do CNPq: "Biometria, Inventário e Manejo de Florestas"; "Laboratório de Estudoos Rurais"; "Manejo e conservação de ecossistemas naturais e agrícolas região do MAPITOBA" e "Manejo, Conservação e Utilização de Recursos Florestais". 
Professora homenageada na UFPI: Turmas 2013/2; 2014/1; 2014/2; 2017/1.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/01/2019 às 18:33:53