Laís Amorim Sacramento

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9171471080033767
  • Última atualização do currículo em 17/09/2018


Possui graduação em Biomedicina pela Universidade Federal de Pernambuco (2010), Mestrado (2013) e Doutorado (2017) em Imunologia Básica e Aplicada pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo. Realizou um período do seu doutorado no centro de pesquisa Twincore, na Faculdade de Medicina de Hannover, Alemanha. Atualmente faz pós doutorado no Departamento de Bioquímica e Imunologia da FMRP-USP. Tem experiência na área de imunologia, focada em imunologia celular e interação parasito-hospedeiro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Laís Amorim Sacramento
Nome em citações bibliográficas
SACRAMENTO, L. A.;SACRAMENTO, LAÍS AMORIM;SACRAMENTO, LAÍS A.;SACRAMENTO, LAÍS;SACRAMENTO, LAÏ'½S;SACRAMENTO, LAIS A.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.
Av. Bandeirantes, 3900
Monte Alegre
14049900 - Ribeirão Preto, SP - Brasil
Telefone: (016) 36023231
Ramal: 3231


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em Imunologia Básica e Aplicada.
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo, FMRP-USP, Brasil.
com período sanduíche em Centre for Experimental and Clinical Infection Research (Orientador: Prof. Dr. med. Tim Sparwasser).
Título: Papel do Receptor do tipo Toll 4 (TLR4) na modulação da resposta imune durante a infecção por L. infantum Laís Amorim Sacramento Ribeirão Preto - SP 2017, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Dra. Vanessa Carregaro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2011 - 2013
Mestrado em Imunologia Básica e Aplicada.
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, FMRP, USP, Brasil.
Título: Papel do Receptor padrão do tipo TOLL 9 (TLR9) no controle da infecção experimental por Leishmania infantum,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Vanessa Carregaro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Toll-Like Receptor 9; Células Dendríticas; Recrutamento de Neutrófilos; Leishmaniose Visceral.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Celular.
2006 - 2010
Graduação em Biomedicina.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Orientador: Silvia Maria Lucena Montenegro.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunoparasitologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Regulação da resposta imune.


Formação Complementar


2009 - 2009
II Curso de Inverno de Imunologia. (Carga horária: 80h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2009 - 2009
BPL - Introdução a Norma NIT-DICLA-035. (Carga horária: 24h).
Centro de pesquisas Aggeu Magalhães, CPQAM, Brasil.
2009 - 2009
PCR em Tempo Real. (Carga horária: 5h).
Centro de pesquisas Aggeu Magalhães, CPQAM, Brasil.
2008 - 2008
Técnica de necrópsia em camundongos. (Carga horária: 1h).
Centro de pesquisas Aggeu Magalhães, CPQAM, Brasil.
2008 - 2008
Vias de Administração de substâncias em Camundongo. (Carga horária: 1h).
Centro de pesquisas Aggeu Magalhães, CPQAM, Brasil.
2008 - 2008
Mini-curso de Animais de Laboratório. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2008 - 2008
III Curso Capacitação em Experimentação Animal. (Carga horária: 15h).
Centro de pesquisas Aggeu Magalhães, CPQAM, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em II Curso Teórico-Prático de Extensão em Histologia. (Carga horária: 150h).
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
2007 - 2007
Imunologia no Laboratório de Análises Clínicas. (Carga horária: 60h).
Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, SBAC, Brasil.
2007 - 2007
Terapia Gênica.
Federação das Sociedades de Biologia Experimental, FeSBE, Brasil.
2006 - 2006
Atualização em Hematologia. (Carga horária: 40h).
ETEC Central de cursos Saúde, ETEC, Brasil.
2004 - 2005
Curso Básico de Patologia Clínica. (Carga horária: 390h).
Curso Metropolitano, CM, Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, FMRP, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: livre, Carga horária: 20


Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2010
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: livre

Atividades

07/2008 - 12/2009
Estágios , Centro de Ciências da Saúde, .

Estágio realizado
Monitoria. Ministrar aulas práticas de Processos Patológicos Gerais para cursos da área de saúde da Universidade Federal de Pernambuco. (Total 1 ano e 6 meses).
2009 - 2009
Estágios , Centro de Ciências da Saúde, .

Estágio realizado
Monitoria. Ministrar aulas práticas de Imunologia Clínica para cursos da área de saúde da Universidade Federal de Pernambuco. (Total 6 meses).
04/2008 - 09/2008
Estágios , Centro de Ciências da Saúde, Hospital das Clínicas.

Estágio realizado
Extra-curricular (Carga horária total: 480h).

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Cooperação entre as vias de sinalização mediadas por TLR4 e IL-1R na regulação da resposta imune durante a infecção humana e experimental por L. infantum
Descrição: A regulação da intensidade e magnitude das respostas imunes em processos infecciosos crônicos precisa ser finamente orquestrada a fim de promover o controle do patógeno e evitar o desenvolvimento de imunopatologia. A leishmaniose visceral (LV) é uma doença crônica e potencialmente fatal, caso não seja devidamente tratada. Pacientes que desenvolvem LV grave apresentam um quadro denominado "tempestade de citocinas", caracterizado pelos elevados níveis de mediadores pro- e anti-inflamatórios de forma sistêmica. Entretanto, os mecanismos envolvidos na exacerbação da resposta imune e/ou na falha em limita-la ainda não estão elucidados. As vias de sinalização dos TLRs atuam de maneira integrada com o objetivo de iniciar ou regular a resposta imune adaptativa. Nós demonstramos o papel do TLR9 e TLR2 na indução da resposta imune protetora durante a infecção por L. infantum. Por outro lado, a via de sinalização do TLR4/TRIF-IRF1 presente nas células dendríticas (DCs) limita o desenvolvimento de células Th1 e Th17 através de um mecanismo dependente de IFN do tipo 1 e IL-10. Além disso, nossos dados preliminares demonstram que a citocina IL-1 também participa da regulação negativa da resposta imune e a sua ausência (IL-1±-/-) leva à translocação da microbiota intestinal durante a infecção. Uma vez que a via do TLR4 compartilha moléculas com a sinalização do IL-1R, como por exemplo o IRF1, nós temos como objetivos: Investigar se a via de sinalização de IL-1R e TLR4 regulam de maneira coordenada a resposta imune; Compreender o papel do IL-1± na manutenção da integridade da barreira intestinal durante a LV e, por fim, avaliar a expressão e função dos TLRs em pacientes com LV grave..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Mecanismos Reguladores da Resposta Inflamatória na Gravidade da Leishmaniose Visceral
Descrição: A Leishmaniose Visceral (VL) é um problema grave de saúde pública, causando alta morbidade e mortalidade, em vários países, incluindo o Brasil. Dentre os indivíduos infectados, 85% permanecem assintomáticos, enquanto os 15% restantes apresentam manifestações clínicas, que variam desde formas oligossintomáticas (brandas) até formas sintomáticas mais graves que podem ir a óbito. Na ausência de estratégias vacinais eficazes e efetivas, a terapia com antimonial pentavalente e anfotericina B são fármacos rotineiramente utilizados na clínica para o tratamento da LV. Contudo, essas drogas apresentam reações adversas e resistência adquirida com seu emprego ao longo do tempo. Um aspecto que merece atenção é que o período de ineficácia terapêutica prejudica o paciente devido ao retardo no início de terapias alternativas, agravando o quadro clínico. Pacientes que apresentam a forma grave da doença, geralmente apresentam icterícia, edema, elevação de enzimas hepáticas e pancitopenia, neutropenia acentuada e geralmente são refratários ao tratamento, podendo evoluir para o óbito. São marcantes, também, nestes pacientes os níveis elevados de citocinas pró-inflamatórias sistêmicas e alguns marcadores imunológicos estão associados à mortalidade. Uma questão importante que se coloca é se a refratariedade dos pacientes graves pode ser consequência de ações combinadas e redundantes de mediadores pró-inflamatórios liberados sistemicamente. Apesar dos avanços científicos e tecnológicos na última década, existe uma compreensão limitada acerca dos fatores e mecanismos subjacentes ao desenvolvimento e persistência da resposta inflamatória crônica nos pacientes refratários. Além disso, a falta de métodos para o diagnóstico precoce interfere na escolha de um tratamento eficaz. Assim, o entendimento do processo inflamatório como um todo, incluindo a identificação e caracterização de genes cujas funções estão alteradas nos pacientes com maior gravidade apresenta perspectivas de descoberta de biomarcadores prognósticos da eficácia terapêutica, pois poderão aperfeiçoar o processo de escolha das terapias mais eficientes. A relevância da expressão de genes alterados encontrados nos pacientes refratários pode ser investigada empregando modelos experimentais, tais como animais transgênicos e deleções gênicas. A identificação dos alvos, validados em modelo experimental da doença aumentarão as chances de eficiência e sucesso terapêutico dos pacientes com LV. Outro aspecto é que a neutropenia nos pacientes refratários pode levar a complicações teciduais por reter essas células nos órgãos. Os neutrófilos sendo fontes de substâncias microbicidas podem participar do desenvolvimento de lesões nos tecidos e auxiliar no agravamento do quadro clínico do paciente. Em decorrência de um grande número de moléculas, citocinas e mediadores envolvidos na ativação, regulação e na função efetora dos neutrófilos, é possível que a presença do polimorfonuclear também reflita no desenvolvimento das respostas imunes inatas e adaptativas que contribuem com a cronicidade da doença. Assim, o projeto apresenta três objetivos claros: 1) identificar alterações de genes resultantes de respostas inflamatórias que possam estar envolvidas na neutropenia de pacientes com LV e validá-los em modelo experimental, 2) caracterizar o papel de células, mediadores e mecanismos moleculares envolvidos no recrutamento e ativação de neutrófilos e 3) determinar mecanismos efetores e reguladores de neutrófilos na LV experimental..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Laís Amorim Sacramento - Integrante / vanessa carregaro - Coordenador / sandra r. c. marayama - Integrante / Mikhael Haruo Fernandes de Lima - Integrante / PEDRO ALEXANDRE SAMPAIO - Integrante / FERNANDO DE QUEIROZ CUNHA - Integrante / joao santana da silva - Integrante / GABRIELA PESSENDA - Integrante / ÍTALA CRISTINE SILVA - Integrante / LUCIANA BENEVIDES - Integrante / natalia ketelut - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Outra.
2013 - 2016
Modulação da diferenciação de linfócitos T em infecções por protozoários, fungos e bactérias
Descrição: Esse projeto tem dois objetivos claros. Um deles, é manter o grupo de pesquisa que participamos, objetivando a formação de pessoal, melhoria das condições de pesquisa, massa crítica, integração e publicações. A ideia é manter um grupo forte, vivo, atuante, com discussões frequentes e que dê suporte ao nosso programa de Pós-Graduação. A manutenção do biotério, da citometria de fluxo e de uma sala de serviços gerais é fundamental para o nosso grupo, para muitos outros e para o nosso Programa de Pós-Graduação. O outro objetivo é determinar o papel de receptores da imunidade inata, das citocinas (IL-6, IL-23 e IL-22) e de fatores de transcrição na polarização de linfócitos Th durante a infecção por T. cruzi, L. infantum, T. gondii, Micobacterium tuberculosis e por Paracoccidioides brasiliensis. Os linfócitos T orquestram as defesas contra invasões e a resposta imune resultante pode levar a eliminação dos parasitas ou manutenção dos mesmos, como uma infecção latente. Algumas infecções aparentemente são controladas adequadamente, visto que os hospedeiros são assintomáticos. Outros desenvolvem sintomatologia, com lesões que podem variar de pouco a muito graves, tanto no período agudo como crônico. Usando diversos modelos experimentais, com experimentos in vivo e in vitro, focaremos na regulação da ativação de linfócitos, particularmente Th9, Th17, Th22 e T reguladoras (Treg), no sentido de entender como é o controle de tais respostas. A influência da imunidade inata no determinismo de tais respostas será um dos pontos centrais desse projeto. A ideia é entender os mecanismos responsáveis pela defesa, os que resultam em infecções latentes e os que podem causar lesões e doenças, abrindo novas possibilidades para imunointervenção.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Laís Amorim Sacramento - Integrante / roque pereira almeida - Integrante / vanessa carregaro - Integrante / marcos antônio rossi - Integrante / amélila de jesus - Integrante / dario zamboni - Integrante / Vânia Luiza Deperon Bonato - Integrante / FERNANDO DE QUEIROZ CUNHA - Integrante / joao santana da silva - Coordenador / Thiago Matar Cunha - Integrante / Cristina Ribeiro de Barros Cardoso - Integrante / LUCIANA BENEVIDES - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Outra.


Projetos de extensão


2013 - 2013
Imunologia nas Escolas
Descrição: Projeto de Extensão "Imunologia nas Escolas" desenvolvido pelo Programa de Pós0graduação em Imunologia Básica e Aplicada da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2008 - 2009
Aplicação de recursos técnicos-educativos para o diagnóstico, tratamento e prevenção de parasitoses intestinais para educação infantil em duas creches de Pernambuco. (1 ano)
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Celular.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2014
Melhor pôster da categoria Projeto de Doutorado. Trabalho intitulado, 10º Workshop of Immunology, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, August 05th, 2014..
2012
"Júlio Voltarelli" - Melhor Trabalho de Mestrado, IX Workshop de Imunologia.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SACRAMENTO, LAÍS A.2017SACRAMENTO, LAÍS A.; DA COSTA, JÉSSICA L. ; DE LIMA, MIKHAEL H. F. ; SAMPAIO, PEDRO A. ; ALMEIDA, ROQUE P. ; CUNHA, FERNANDO Q. ; SILVA, JOÃO S. ; CARREGARO, VANESSA . Toll-Like Receptor 2 Is Required for Inflammatory Process Development during Leishmania infantum Infection. Frontiers in Microbiology, v. 8, p. 262, 2017.

2.
KHALID, KHALID ELTAHIR2017KHALID, KHALID ELTAHIR ; SALES, MANUELA ; SACRAMENTO, LAÍS ; COSTA, DIEGO L. ; SOUZA, DJALMA DE ; CARREGARO, VANESSA ; SILVA, JOAO SANTANA DA . T1/ST2 deficient mice display protection against Leishmania infantum experimental infection. ACTA TROPICA, v. 172, p. 1-6, 2017.

3.
LIMA, MIKHAEL H. F.2017LIMA, MIKHAEL H. F. ; SACRAMENTO, LAIS A. ; QUIRINO, GUSTAVO F. S. ; FERREIRA, MARCELA D. ; BENEVIDES, LUCIANA ; SANTANA, ALYNNE K. M. ; CUNHA, FERNANDO Q. ; ALMEIDA, ROQUE P. ; SILVA, JOÃO S. ; CARREGARO, VANESSA . Leishmania infantum Parasites Subvert the Host Inflammatory Response through the Adenosine A2A Receptor to Promote the Establishment of Infection. Frontiers in Immunology, v. 8, p. 1-12, 2017.

4.
COSTA, D. L.2016COSTA, D. L. ; LIMA-JUNIOR, D. S. ; NASCIMENTO, M. S. ; SACRAMENTO, L. A. ; ALMEIDA, R. P. ; CARREGARO, V. ; SILVA, J. S. . CCR2 signaling contributes to the differentiation of protective inflammatory dendritic cells in Leishmania braziliensis infection. Journal of Leukocyte Biology, v. 100, p. 000-000, 2016.

5.
JARRY, CHRISTIAN2016JARRY, CHRISTIAN ; MARTINEZ, ELIZABETH ; PERUZZO, DAIANE ; CARREGARO, VANESSA ; SACRAMENTO, LAÏ'½S ; ARAÏ'½JO, VERA ; WEITZMANN, M. ; NAPIMOGA, MARCELO . Expression of SOFAT by T-ï-½and B-lineage cells may contribute to bone loss. Molecular Medicine Reports (Online), v. 13, p. 4252-4258, 2016.

6.
QUIRINO, GUSTAVO F. S.2016QUIRINO, GUSTAVO F. S. ; NASCIMENTO, MANUELA S. L. ; DAVOLI-FERREIRA, MARCELA ; SACRAMENTO, LAIS A. ; LIMA, MIKHAEL H. F. ; ALMEIDA, ROQUE P. ; CARREGARO, VANESSA ; SILVA, JOÃO SANTANA . Interleukin-27 Mediates Susceptibility to Visceral Leishmaniasis by Suppressing the IL-17-Neutrophil Response. Infection and Immunity (Print), v. 84, p. IAI.00283-16-2298, 2016.

7.
CARREGARO, VANESSA2016CARREGARO, VANESSA ; NAPIMOGA, MARCELO H. ; PERES, RAPHAEL S. ; BENEVIDES, LUCIANA ; SACRAMENTO, LAÍS AMORIM ; PINTO, LARISSA G. ; GRESPAN, RENATA ; CUNHA, THIAGO M. ; SILVA, JOÃO SANTANA DA ; CUNHA, FERNANDO Q. . Therapeutic Treatment of Arthritic Mice with 15-Deoxy - 12,14 -Prostaglandin J 2 (15d-PGJ 2 ) Ameliorates Disease through the Suppression of Th17 Cells and the Induction of CD4 + CD25 FOXP3 + Cells. Mediators of Inflammation (Print), v. 2016, p. 1-13, 2016.

8.
CARREGARO, VANESSA2015CARREGARO, VANESSA ; RIBEIRO, JOSÉ M. ; VALENZUELA, JESUS G. ; SOUZA-JÚNIOR, DJALMA L. ; COSTA, DIEGO L. ; OLIVEIRA, CARLO J. F. ; SACRAMENTO, LAÍS A. ; NASCIMENTO, MANUELA S. L. ; MILANEZI, CRISTIANE M. ; CUNHA, FERNANDO Q. ; SILVA, JOÃO S. . Nucleosides Present on Phlebotomine Saliva Induce Immunossuppression and Promote the Infection Establishment. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online), v. 9, p. e0003600, 2015.

9.
SACRAMENTO, LAÍS2015SACRAMENTO, LAÍS; TREVELIN, SILVIA C. ; NASCIMENTO, MANUELA S. ; SOUZA-JÚNIOR, DJALMA L. ; COSTA, DIEGO L. ; ALMEIDA, ROQUE P. ; CUNHA, FERNANDO Q. ; SILVA, JOÃO S. ; CARREGARO, VANESSA . TLR9 signaling on dendritic cells regulates neutrophil recruitment to inflammatory foci following Leishmania infantum infection. Infection and Immunity (Print), v. 83, p. IAI.00975-15-4616, 2015.

10.
SACRAMENTO, LAÍS AMORIM2014SACRAMENTO, LAÍS AMORIM; CUNHA, FERNANDO Q. ; DE ALMEIDA, ROQUE PACHECO ; DA SILVA, JOÃO SANTANA ; CARREGARO, VANESSA . Protective Role of 5-Lipoxigenase during Leishmania infantum Infection Is Associated with Th17 Subset. BIOMED RES INT, v. 2014, p. 1-12, 2014.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, R.C.S. ; ALVES, S.C. ; SANTOS, F.S. ; SILVA, J.S.F. ; SACRAMENTO, L. A. ; ROCHA, F. J. S. . Prevalência de Giardia lamblia e Endolimax nana em escolares de duas cidades do estado de Pernambuco.. In: IX Jornada de ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE, 2009, Recife. IX Jornada de ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SACRAMENTO, L. A.; LIMA, M. H. F. ; SAMPAIO, P. A. ; SILVA, C. I. ; COSTA, J. L. ; QUIRINO, G. ; CUNHA, F. Q. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . TLR4 IN THE REGULATION OF IMUNE RESPONSE DURING L. infantum INFECTION. In: XLI Congress of Brazilian Society of Immunology, 2016, Campos do Jordão. XLI Congress of Brazilian Society of Immunology, 2016.

2.
SACRAMENTO, L. A.; LIMA, M. H. F. ; SAMPAIO, P. A. ; COSTA, J. L. ; MARAYAMA, S. R. C. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . TLR4 REGULATES IMUNE RESPONSE DURING L. INFANTUM INFECTION BY IRF1-DEPENDENT MECHANISM. In: XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015, Guarujá. XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015.

3.
LIMA, M. H. F. ; SACRAMENTO, L. A. ; QUIRINO, G. ; FERREIRA, M. D. ; SANTANA, A. K. M ; ALMEIDA, R. P. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . THE ROLE OF A2AR DURING EXPERIMENTAL VISCERAL LEISHMANIASIS. In: XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015, Guarujá. XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015.

4.
PESSENDA, G. ; SACRAMENTO, L. A. ; LIMA, M. H. F. ; SAMPAIO, P. A. ; SILVA, C. I. ; ALMEIDA, R. P. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . C5A ANAPHYLATOXIN AND ITS ACTION ON THE INFLAMMATORY RESPONSE BY LEISHMANIA INFANTUM INFECTION. In: XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015, Guarujá. XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015.

5.
SAMPAIO, P. A. ; SACRAMENTO, L. A. ; SILVA, C. I. ; LIMA, M. H. F. ; COSTA, J. L. ; PESSENDA, G. ; ALMEIDA, R. P. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . THE ROLE OF IL-1 ON NEUTROPHILS DURING INFECTION BY LEISHMANIA INFANTUM. In: XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015, Guarujá. XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015.

6.
SILVA, C. I. ; MARAYAMA, S. R. C. ; SAMPAIO, P. A. ; SACRAMENTO, L. A. ; LIMA, M. H. F. ; PESSENDA, G. ; ALMEIDA, R. P. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . INTERLEUKIN 6 (IL-6) A KEY CYTOKINE ON NEUTROPHIL RECRUITMENT IN CHRONIC VISCERAL LEISHMANIASIS. In: XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015, Guarujá. XL Congress of Brazilian Society of Immunology, 2015.

7.
SANTANA, A. K. M ; ALMEIDA, R.P ; SILVA, J. S. ; JESUS, A.M.R ; MOURA, T. R. ; OLIVEIRA, F. A. ; LIMA-JUNIOR, D. S. ; CARREGARO, V. ; SACRAMENTO, L. A. ; LIMA, M. H. F. ; MARUYAMA, S. R. C. . EVALUATION OF PHENOTYPIC PROFILE AND IMMUNE RESPONSE OF LEISHMANIA INFANTUM TROPISM IN POST-KALA-AZAR DERMAL LEISHMANIASIS (PKDL). In: XL Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2015, Guarujá. INNATE IMMUNITY 2015, 2015.

8.
SACRAMENTO, L. A.; COSTA, J. L. ; LIMA, M. H. F. ; QUIRINO, G. ; CUNHA, F. Q. ; SILVA, A.L. ; CARREGARO, V. . IRF1 participation during inflammation induced by L. infantum experimental infection. In: XXX Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2014, Caxambú, Minas Gerais, Brasil. XXX Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2014.

9.
QUIRINO, G. ; FERREIRA, M. D. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; SACRAMENTO, L. A. ; LIMA, M. H. F. ; ALMEIDA, R. P. ; CARREGARO, V. ; SILVA, J. S. . IL-27 supresses parasite control during visceral leishmaniasis through regulation of IL-17 production. In: XXX Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2014, Caxambú, Minas Gerais, Brasil. XXX Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2014.

10.
CARREGARO, V. ; SACRAMENTO, L. A. ; LIMA, M. H. F. ; QUIRINO, G. ; COSTA, J. L. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; FERREIRA, M. D. ; ALMEIDA, R. P. ; CUNHA, F. Q. ; SILVA, J. S. . The role of neutrophils during visceral leishmaniasis: Effector and regulatory mechanisms. In: XXX Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2014, Caxambú, Minas Gerais, Brasil. XXX Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2014.

11.
SACRAMENTO, L. A.; LIMA, M. H. F. ; COSTA, J. L. ; CUNHA, F. Q. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . Role of neutrophils extracellular traps (NETs) in control of L. infantum infection: Induction and effectors mechanisms. In: 10º Workshop of Immunology, 2014, Ribeirão Preto, São Paulo. 10º Workshop of Immunology, 2014.

12.
SACRAMENTO, L. A.; COSTA, J. L. ; LIMA, M. H. F. ; QUIRINO, G. ; CUNHA, F. Q. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . IRF1 regulates inflammation induced by L. infantum experimental infection. In: XXXIX Congress of Brazilian Society of Immunology, 2014, Buzius, Rio de Janeiro. XXXIX Congress of Brazilian Society of Immunology, 2014.

13.
SACRAMENTO, L. A.; NASCIMENTO, M. S. L. ; LIMA JUNIOR, D. S. ; COSTA, D. L. ; TREVELIN, S. C. ; ALMEIDA, R. P. ; ROSSI, M. A. ; CUNHA, F. Q. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . Crosstalking between dendritic cells and neutrophils: a protective effect mediated through TLR9 during visceral leishmania infection. In: 11th World Congress on Inflammation and XXXVIII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2013, Natal. 11th World Congress on Inflammation, 2013.

14.
CARREGARO, V. ; SACRAMENTO, L. A. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; QUIRINO, G. ; LIMA JUNIOR, D. S. ; COSTA, D. L. ; ALMEIDA, R. P. ; CUNHA, F. Q. ; SILVA, J. S. . The LTB4 participates in the control of Leishmania infantum infection trough Th17-dependent mechanism. In: 11th World Congress on Inflammation and XXXVIII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2013, Ribeirão Preto. 11th World Congress on Inflammation, 2013.

15.
ANATRIELLO, E. ; RIBEIRO, L. C. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; SACRAMENTO, L. A. ; OLIVEIRA, C. J. ; SANTOS, I. K. F. M. ; FERREIRA, B. R. . ?Activation and regulation of Toll-like receptors by infestation with Rhipicephalus sanguineus ticks?. In: 15th International Congress of Immunology, 2013, Milão, Itália. 15th International Congress of Immunology, 2013.

16.
QUIRINO, G. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; SACRAMENTO, L. A. ; GARDINASSI, L. S. ; ALMEIDA, R. P. ; CARREGARO, V. ; SILVA, J. S. . IL-27p28 is produced during Leishmania infantum infection. In: 11th World Congress on Inflammation and XXXVIII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2013, Natal. 11th World Congress on Inflammation, 2013.

17.
SACRAMENTO, L. A.; NASCIMENTO, M. S. L. ; LIMA JUNIOR, D. S. ; COSTA, D. L. ; TREVELIN, S. C. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . TLR9 contributes to efficient control of infection with protozoan parasite Leishmania infantum chagasi through neutrophils recruitment. In: XXVIII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2012, Caxambú - MG. XXVIII Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology, 2012.

18.
SACRAMENTO, L. A.; NASCIMENTO, M. S. L. ; LIMA JUNIOR, D. S. ; COSTA, D. L. ; TREVELIN, S. C. ; ALMEIDA, R. P. ; ROSSI, M. A. ; CUNHA, F. Q. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . Pivotal role of TLR9 in the control of Leishmania infantum chagasi infection through a neutrophil recruitment dependent mechanism. In: XXXVI BRAZILIAN CONGRESS OF IMMUNOLOGY, 2012, Campos do Jordão. XXXVI BRAZILIAN CONGRESS OF IMMUNOLOGY, 2012.

19.
SACRAMENTO, L. A.; NASCIMENTO, M. S. L. ; LIMA JUNIOR, D. S. ; COSTA, D. L. ; TREVELIN, S. C. ; ALMEIDA, R. P. ; SILVA, J. S. ; CARREGARO, V. . TLR9 participate in the control of Leishmania infantum chagasi infection through neutrophils recruitment. In: IX Workshop de Imunologia, 2012, Ribeirão Preto. IX Workshop de Imunologia, 2012.

20.
NASCIMENTO, M. S. L. ; CARREGARO, V. ; SACRAMENTO, L. A. ; LIMA JUNIOR, D. S. ; MARAYAMA, S. R. C. ; ROSSI, M. A. ; JESUS, A. ; ALMEIDA, R. P. ; ZAMBONI, D. ; SILVA, J. S. . Characterization of the intracellular mechanisms involved in the generation and modulation of the protective adaptative immune response during Leishmania infantum infection. In: IX Workshop de Imunologia, 2012, Ribeirão Preto. IX Workshop de Imunologia, 2012.

21.
ANATRIELLO, E. ; RIBEIRO, L. C. ; NASCIMENTO, M. S. L. ; SACRAMENTO, L. A. ; OLIVEIRA, C. J. ; BARBOSA, M. C. R. ; SILVA, J. S. ; SANTOS, I. K. F. M. ; FERREIRA, B. R. . Modulation of T and B cells TLR expression during tick infestation. In: XXXVI BRAZILIAN CONGRESS OF IMMUNOLOGY, 2011, Foz do Iguaçu. XXXVI BRAZILIAN CONGRESS OF IMMUNOLOGY, 2011.

22.
SACRAMENTO, L. A.; NASCIMENTO, M. S. ; LIMA JUNIOR, D. S. ; COSTA, D. L. ; KHALID, K. E. ; CARVALHO, E. ; ALMEIDA, R. P. ; CARREGARO, V. ; SILVA, J. S. . Role pf TOLL-Like Receptor 2 (TLR2) in the control of Leishmania infantum chagasi experimental infection. In: XXXVI BRAZILIAN CONGRESS OF IMMUNOLOGY, 2011, Foz do Iguaçu. XXXVI BRAZILIAN CONGRESS OF IMMUNOLOGY, 2011.

23.
SACRAMENTO, L. A.; BARROS, A.F. ; SILVA, F.L. ; COSTA, V.M.A. ; ARAUJO, R.E. ; COUTINHO, E.M ; OLIVEIRA, S.A. ; MONTENEGRO, S.M.L. . Relationship between cytokine production and hepatic morphology in undernourished mice infected with Schistosoma mansoni.. In: Simpósio Internacional sobre Esquistossomose, 2010, Rio de Janeiro. Simpósio Internacional sobre Esquistossomose, 2010.

24.
SILVA, A.L. ; OLIVEIRA, S.A. ; SACRAMENTO, L. A. ; BARROS, A.F. ; LIMA, M.C.A ; GALDINO, S.L. ; PITTA, I.R . Avaliação in vitro de novos derivados Imidazolidínicos na Esquistossomose experimental.. In: II Simpósio de Inovaçõesem Ciências Biológicas, 2009, Recife. II Simpósio de Inovaçõesem Ciências Biológicas, 2009.

25.
VIEIRA, A.O.S ; MELO, S.M. ; SACRAMENTO, L. A. ; LIMA, M.L.C. . Acidentes com material perfurocortante entre profissionais de saúde (PS): umestudo das principais causas.. In: I Encontro brasileiro de para Inovação Terapêutica, 2009, Recife. I Encontro brasileiro de para Inovação Terapêutica, 2009.

26.
SACRAMENTO, L. A.. Avaliação da fibrogênese hepática no camundongo desnutrido e infectado pelo Schistosoma mansoni. In: XVII Reunião Anual de Iniciação Científica, 2009, Rio de Janeiro. XVII Reunião Anual de Iniciação Científica, 2009.

27.
SACRAMENTO, L. A.. Avaliação da fibrogênese hepática no camundongo desnutrido e infectado pelo Schistosoma mansoni. In: Jornada de Iniciação Científica, 2009, Recife. Jornada de Iniciação Científica, 2009.

Apresentações de Trabalho
1.
SACRAMENTO, L. A.. Aula teórica na disciplina Parasitologia (ERM205) e Parasitologia Humana (ERM208) para alunos de Enfermagem dos cursos de graduação: Bacharelado e Bacharelado e Licenciatura em Enfermagem da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP sobre Leishmanioses, totalizando 8h. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
SACRAMENTO, L. A.. Aula teórica no VII Curso de Inverno em Imunologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto sobre Regulação da Resposta Imune. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
SACRAMENTO, L. A.. Palestra 'TLR9 contribiu para o eficiente controle da infecção por L. infantum através de um mecanismo dependente do recrutamento de neutrófilos'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Demais tipos de produção técnica
1.
SACRAMENTO, L. A.. Módulo Prático do VI Curso de Inverno em Imunologia. 2013. (Monitoria do Módulo Prático do VI Curso de Inverno em Imunologia).



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
SACRAMENTO, L. A.. Avaliador de trabalhos científicos apresentados durante o VII Curso de Inverno em Imunologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto-SP, 26 de Julho de 2014.. 2014. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.

2.
SACRAMENTO, L. A.. Avaliação de trabalhos da área de Ciências Biológicas e da Saúde do 21º SIICUSP (Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP). 2013. Universidade de São Paulo.

3.
SACRAMENTO, L. A.. avaliação de pôster durante o Módulo Teórico do VI Curso de Inverno em Imunologia. 2013. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

4.
SACRAMENTO, L. A.. Avaliação de pôster durante o Módulo Teórico do V Curso de Inverno em Imunologia. 2012. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XII Workshop of Immunology.TLR4 regulates immune response during L. infantum infection through IRF1 pathway. 2016. (Simpósio).

2.
XLI CONGRESS OF BRAZILIAN SOCIETY OF IMMUNOLOGY. TLR4 IN THE REGULATION OF IMUNE RESPONSE DURING L. infantum INFECTION. 2016. (Congresso).

3.
F irst International Symposium on Inflammatory Diseases. I RF1 PARTICIPATES IN THE REGULATION OF IMUNE RESPONSE DURING L. INFANTUM INFECTION. 2015. (Congresso).

4.
XIWorkshop of Immunology.IRF1 REGULATES IMMUNE RESPONSE DURING L. infantumINFECTION THROUGH TLR4 PATHWAY. 2015. (Simpósio).

5.
XL Congress of the Brazilian Society of Immunology 2015. TLR4 REGULATES IMUNE RESPONSE DURING L. INFANTUM INFECTION BY IRF1-DEPENDENT MECHANISM. 2015. (Congresso).

6.
10º Workshop of Immunology.Role of neutrophils extracellular traps (NETs) in control of L. infantum infection: Induction and effectors mechanisms. 2014. (Outra).

7.
XXX Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology. IRF1 participation during inflammation induced by L. infantum experimental infection. 2014. (Congresso).

8.
XXXIX Congress of the Brazilian Society of Immunology. IRF1 regulates inflammation induced by L. infantum experimental infection. 2014. (Congresso).

9.
11th World Congress on inflammation. Crosstalking between dendritic cells and neutrophils: a protective effect mediated through TLR9 during visceral leishmania infection. 2013. (Congresso).

10.
XXVI Annual Meeting of the Brazilian Society of Protozoology. TLR9 contributes to efficient control of infection with the protozoan parasite Leishmania infantum chagasi though neutrophils recruitment. 2012. (Congresso).

11.
XXXVI Brazilian Congress of Immunology. Pivotal role of TLR9 in the control of Leishmania infantum chagasi infection through a neutrophil recruitment dependent mechanism. 2012. (Congresso).

12.
XXXVI Brazilian Congress of Immunology. Role pf TOLL-Like Receptor 2 (TLR2) in the control of Leishmania infantum chagasi experimental infection. 2011. (Congresso).

13.
Jornada de Iniciação Científica.Avaliação da fobrogênese hepática no camundongo desnutrido e infectado pelo Schistosoma mansoni. 2009. (Outra).

14.
XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2009. (Congresso).

15.
5º Curso de Sensibilização e Informação em Biossegurança. 2008. (Outra).

16.
Congresso de Biomedicina e Farmácia. 2008. (Congresso).

17.
I Congresso do Instituto Nacional de Biomedicina. 2008. (Congresso).

18.
II Semana Pernambucana de Análises Clínicas. 2008. (Outra).

19.
I Simpósio Nacional em Diagnóstico e Terapêutica Experimental e IV Jornada Científica do LIKA. 2008. (Simpósio).

20.
I Simpósio Pernambucano de Biossegurança. 2008. (Simpósio).

21.
4º congresso alagoano de biomedicina e 1º Encontro Regional de Citologia Clínica. 2007. (Congresso).

22.
II reunião regional da federação de sociedade de biologia experimental. 2007. (Simpósio).

23.
XIII semana de biomedicina. 2006. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SACRAMENTO, L. A.. V Curso de Inverno em Imunologia. 2012. (Outro).

2.
SACRAMENTO, L. A.. IX Workshop de Imunologia. 2012. (Outro).

3.
SACRAMENTO, L. A.. XIV Semana de Biomedicina. 2007. (Congresso).

4.
SACRAMENTO, L. A.. I Semana de Análises Clínicas. 2007. (Congresso).



Outras informações relevantes


Coorientação do Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Biológicas) da aluna Jéssica Lobo Costa intitulado "Papel do receptor padrão do tipo 2 (TLR2) no controle da infecção por L. infantum. (2015)

Capítulo de livro intitulado "Pedagogia Universitária e sua transformação para os dias atuais e para o futuro" do Livro Pedagogia Universitária
ISBN: 978-85-916212-2-4



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/10/2018 às 22:24:03