Anna Carolina Horstmann Amorim

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1122992031844419
  • Última atualização do currículo em 08/11/2018


Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Paraná. Mestra em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina. Doutora em Antropologia Social pelo Programa de Pós Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina. É pesquisadora vinculada ao Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS), do Departamento de Antropologia da UFSC. Realiza pesquisa nas áreas de gênero, feminismo, lesbianidades, homoparentalidade, parentesco, educação e diversidade. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Anna Carolina Horstmann Amorim
Nome em citações bibliográficas
AMORIM, A. C. H.;AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2018
Doutorado em Antropologia Social.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
com período sanduíche em Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales (Orientador: Agnès Fine).
Título: Novas tecnologias reprodutivas e maternidades lésbicas no Brasil e na França: conexões entre parentesco, tecnologia e política, Ano de obtenção: 2018.
Orientador: Miriam Pillar Grossi.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2011 - 2013
Mestrado em Antropologia Social.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: ?Nós já somos uma família, só faltam os filhos?: maternidade lésbica e novas tecnologias reprodutivas no Brasil,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Miriam Pillar Grossi.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Maternidade; Lesbianidades; Reprodução assistida.
Grande área: Ciências Humanas
2006 - 2010
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Novas tecnologias reprodutivas conceptivas: o proceder científico entre imagens e publicidades.
Orientador: Marlene Tamanini.




Formação Complementar


2018 - 2018
Teorias Decoloniais e Sexualidades - um giro epistemológico a partir de teo. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2017 - 2017
Curso Luta das Mulheres em Moçambique: Entre o local e o global. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2015 - 2015
Curso de Curta Duração em Gênero e Feminismo. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2015 - 2015
Políticas de Sexualidade e Gênero na América Latina. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Orientadora de TCC do Curso de Especialização, Carga horária: 20
Outras informações
Orientadora de TCC do Curso de Especialização em Gênero e Diversidade (GDE/UFSC)

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária Docente, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio Docência realizado na disciplina "Família e Parentesco em Sociedades Complexas (ANT7020)", voltada para o curso de graduação em Antropologia, sob orientação da professora Drª Miriam Pillar Grossi

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária Docente, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio Docência realizado na disciplina "Tópicos Especiais em Antropologia II: Sexualidades, Homo-transexualidades e Teoria queer (ANT7028)", voltada para o curso de graduação em Ciências Sociais, sob orientação da professora Drª Miriam Pillar Grossi

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutora a Distância, Carga horária: 20
Outras informações
Tutora a Distância do Curso de Formação de Professores/as em Gênero e Diversidade na Escola (GDE/UFSC)

Atividades

12/2015 - 04/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós Graduação em Antropologia Social- UFSC, .

Cargo ou função
Representante Discente de Doutorado no Colegiado do PPGAS/UFSC.

Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Bolsista PIBIC/CNPq, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica no projeto: Tecnologias conceptivas: a natureza e os corpos para gênero e ciência no Curso de Ciências Sociais- UFPR. Membro do grupo de Estudos de Gênero da UFPR na linha de pesquisa de gênero, corpo, saúde e sexualidade com orientação da Profª Drª Marlene Tamanini.

Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Bolsista PIBIC/CNPq, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20
Outras informações
Relatório final apresentado para comissão de avaliação: "As novas tecnologias reprodutivas conceptivas, o proceder científico e as redes de especialidades na América Latina."


Associação dos Pesquisadores e Estudantes Brasileiros na França, APEB, França.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Representantes Regional Sud-Ouest ? Toulouse



Projetos de pesquisa


2013 - 2016
Antropologia, Gênero e Educação em Santa Catarina
Descrição: Este projeto de pesquisa, a ser realizado no âmbito do Programa de Apoio a Núcleos Emergentes PRONEM-FAPESC-CNPq visa a estudar como questões de gênero e sexualidade tem sido incorporadas pelas políticas públicas educacionais no Estado de Santa Catarina. Para o desenvolvimento deste projeto, serão articulados os campos teóricos da Antropologia, Educação, Psicologia e dos Estudos de Gênero visando a contribuir para a discussão e construção de políticas públicas educacionais, que objetivam a promoção da igualdade, da equidade e do respeito à diversidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2015
Feminismo, ciências e educação: relações de poder e transmissão de conhecimento
Descrição: Este projeto visa dar continuidade e articular teóricamente pesquisas realizadas por pesquisadoras/es vinculados ao Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS), sediado na UFSC em torno das temáticas de gênero, feminismo, ciências, educação e sexualidade. Tem como objetivos: a) estudar o lugar das mulheres no campo cientifico contemporâneo e em particular, estudar as relações de gênero e o lugar das mulheres em alguns espaços de produção de conhecimento científicos acadêmicos; b) refletir sobre a forma como a produção contemporânea feminista tem sido incorporada (ou não) nos espaços de transmissão de conhecimento e formação de professores e jovens, que é o espaço do ensino e da educação. O projeto tem como eixo analítico a analise critica feminista da ciência que entende toda produção de conhecimento como ?situada? e permeada por relações de poder, muitas vezes invisibilizadas nos discursos hegemônicos que legitimam instituições, tradições teóricas e indivíduos no interior de um campo de produção teórica. A pesquisa será realizada através de etnografia de laboratórios e rituais acadêmicos, entrevistas, investigação documental em arquivos institucionais e bibliotecas especializadas, observação participante de eventos significativos para as áreas disciplinares estudadas que se constituem enquanto importantes espaços rituais de consagração e legitimação acadêmica.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2017
Um estudo Interdisciplinar sobre o II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres (PNPM) e a III Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres (2011-2012)
Descrição: Este projeto, elaborado sob demanda da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) do governo federal iniciou-se em setembro de 2011 (com previsão de término em 2012), e tem como objetivo realizar um estudo analítico e crítico da política para mulheres desenvolvida a partir do II PNPM e de sua implementação, constituindo subsídio para definição de prioridades e atualização da Política para as Mulheres para o próximo período . Conta com uma equipe total de 41 pesquisadoras e pesquisadores (vinculadas/os ao NIGS mas também de núcleos de pesquisa em antropologia e/ou gênero e sexualidade em universidades parceiras como UFRN, UFBA, UFAM, UFV e PUC-GO) dos diversos níveis de formação escolar e acadêmica (ensino médio, graduação, especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado), bem como de várias áreas do conhecimento como Antropologia, Sociologia, Direito, Psicologia, História, Pedagogia, Serviço Social entre outras, sendo estas/es, em sua totalidade, pesquisadoras/es das questões de gênero, feminismos e sexualidades na contemporaneidade. A pesquisa possui duas metas: uma de avaliação institucional e outra de avaliação da dinâmica política. A meta de avaliação institucional prevê a análise do desenho, das estratégias e dos instrumentos de articulação e gestão do II PNPM . A meta de avaliação da dinâmica política prevê a identificação do processo político da III Conferência, com ênfase nos avanços e desafios da implementação do II PNPM ...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Anna Carolina Horstmann Amorim - Coordenador / JESUS, Fátima de - Integrante / NICHNIG, Cláudia - Integrante / CORDEIRO, Bruno - Integrante / BARRETO, Letícia - Integrante / isadora vier machado - Integrante / Julia Godinho - Integrante / Bruna Köppel - Integrante / Anahi Guedes de Mello - Integrante / Felipe Bruno Martins Fernandes - Integrante / Gicele Sucupira - Integrante / Miriam Pillar Grossi - Integrante.Financiador(es): Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres - Cooperação.
2010 - 2013
Teoria Feminista, Teoria Queer ou Teorias Sociais Contemporâneas? O campo dos estudos de gênero e sexualidade no Brasil
Descrição: Descrição: Este projeto visa contribuir à consolidação do campo de estudos sobre gênero e sexualidade no Brasil, refletindo sobre as principais correntes teóricas que o constituem: teorias feministas, teorias queer, teorias antropológicas, teorias históricas, teorias psicanalíticas e outras teorias sociais contemporâneas. O projeto tem como objetivo investigar os seguintes aspectos deste campo de estudos no Brasil: a) Sobre sua constituição disciplinar/interdisciplinar em quatro distintas décadas de desenvolvimento da pós-graduação (1970, 1980, 1990 e 2000); b) Sobre a relação entre conhecimento teórico e ativismo político em torno de questões de gênero e sexualidade, com ênfase na contribuição dos movimentos feminista e homossexual (LGBTTT); c) Sobre as influências teóricas internacionais e suas reapropriações e ressignificações no contexto brasileiro; e d) Sobre o papel dos estudos de gênero e sexualidade no campo da produção de conhecimento cientifico no Brasil contemporâneo em publicações acadêmicas, associações científicas, instituições de pesquisa, etc. Para o desenvolvimento desta análise nos debruçaremos sobre cinco grandes eixos temáticos: a) Gênero e Campo Científico; b) Violências e Políticas Públicas; c) Sexualidade e Corpo; d) Gênero e Religião; e e) Amor e Conjugalidades. No plano metodológico serão desenvolvidos levantamentos bibliográficos e pesquisas empíricas por uma equipe composta de vinte doutoras(res), doutorandas(dos), mestrandas(dos) e estudantes de iniciação científica que integram o Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) da UFSC..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Anna Carolina Horstmann Amorim - Integrante / Felipe Fernandes - Integrante / GROSSI, Miriam - Coordenador / NICHNIG, Cláudia - Integrante / BARRETO, Letícia - Integrante / isadora vier machado - Integrante / Simone Ávila - Integrante / Tânia Welter - Integrante / Rariuilquer Oliveira - Integrante / Anelise Fróes da Silva - Integrante / Patricia Rosalba Costa - Integrante / Paula Pinhal de Carlos - Integrante / Fatima Weiss de Jesus - Integrante / Vinícius Kauê Ferreira - Integrante / Rosa Maria Blanca Cedillo - Integrante / Giovanna Triñanes - Integrante / Heloísa Regina Souza - Integrante / Cláudio Leite Leandro - Integrante / Emília Juliana Ferreira - Integrante / Maria Laura Gomez - Integrante / Fernanda Azeredo Moraes - Integrante / Anahi Guedes de Mello - Integrante.
2010 - 2013
CAPES-COFECUB: Gênero, Sexualidade e Parentesco: Um estudo comparativo entre França e Brasil
Descrição: Trata-se de projeto de cooperação internacional bilateral entre a UFSC e EHESS em torno de três eixos de investigação: 1. Gênero: pesquisas sobre questão teóricas sobre os estudos de gênero em sua articulação com parentesco e sexualidade, feminismos em perspectiva comparada, literatura feminina, construção social de masculinidades e feminilidades, questões de gênero na transmissão de saberes entre mestres-aluno/as, violências contra mulheres e homofobia. 2. Parentesco: pesquisas sobre maternidade, reprodução, novas tecnologias reprodutivas, adoção, aborto, circulação de crianças, paternidades, maternidades, homoparentalidades, fratrias, filiação, gerações familiares, avos e netos. 3. Sexualidades: pesquisas sobre praticas afetivo-sexuais, amor e outros sentimentos afetivos vinculados a relações interpessoais, conjugalidades hetero e homossexuais, travestilidades, lesbianidades, homossexualidades masculinas e bissexualidades..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
Sexualidades, Gênero, Violências e Reprodução numa Perspectiva Comparada
Descrição: Este projeto visa a contribuir para o campo dos estudos sobre gênero e sexualidades a partir do desenvolvimento de pesquisas etnográficas sobre homossexualidades/transexualidades, violências e reprodução desenvolvidas por pesquisadoras(res) integrantes do NIGS/UFSC. O projeto está centrado em dois grandes eixos temáticos, sexualidades e gênero, ambos articulados pelas problemáticas teóricas dos estudos sobre violências (homofóbicas e de gênero). Os dois grandes eixos de investigação visam a desenvolver pesquisas sobre homossexualidades, transexualidades, movimentos LGBTTT e homofobia/lesbofobia/transfobia em diferentes espaços institucionais (Estado, escola, Judiciário, campos médico e religioso) e pesquisas sobre parentalidades, maternidade e parto, conjugalidades, amor, afeto, corpo e identidades de gênero relacionadas com classes etárias (juventude e terceira idade). A pesquisa será desenvolvida em diferentes contextos urbanos contemporâneos, tendo como objeto de investigação diferentes espaços discursivos institucionais (campos jurídico, médico, escolar e religioso) e de indivíduos envolvidos em processos de subjetivação vinculados a constituições identitárias (LGBTTT, parentais, conjugais e geracionais). Projeto desenvolvido com apoio do Edital MCT/CNPq/MEC/CAPES nº 02/2010 - Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas. ntegrantes: Felipe Bruno Martins Fernandes - Integrante / Miriam Pillar Grossi - Coordenador / Vinícius Kauê Ferreira - Integrante / Letícia Barreto - Integrante / Isadora Vier Machado - Integrante / Anelise Fróes da Silva - Integrante / Claudia Nichnig - Integrante / Patrícia Rosalba Costa - Integrante / Paula Pinhal de Carlos - Integrante / Rosa Maria Blanca Cedillo - Integrante / Giovanna Triñanes - Integrante / Simone Ávila - Integrante / Emília Juliana Ferreira - Integrante / Cláudio Leite Leandro - Integrante / Fernanda Azeredo Moraes - Integrante / Anna Carolina Horstmann Amorim - Integrante / Fernanda Cardozo - Integrante / Anahi.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (11) .
Integrantes: Anna Carolina Horstmann Amorim - Integrante / Felipe Fernandes - Integrante / GROSSI, Miriam - Coordenador / NICHNIG, Cláudia - Integrante / BARRETO, Letícia - Integrante / isadora vier machado - Integrante / Simone Ávila - Integrante / Patricia Rosalba Costa - Integrante / Paula Pinhal de Carlos - Integrante / Rosa Maria Blanca Cedillo - Integrante / Giovanna Triñanes - Integrante / Cláudio Leite Leandro - Integrante / Emília Juliana Ferreira - Integrante / Fernanda Azeredo Moraes - Integrante / Anahi Guedes de Mello - Integrante / Fernanda Cardozo - Integrante.
2009 - 2010
Tecnologias reprodutivas conceptivas em interface com os corpos, as imagens e os conceitos.
Descrição: Este trabalho se insere no projeto de pesquisa da Professora Drª Marlene Tamanini, intitulado: Tecnologias conceptivas: a natureza e os corpos para gênero e ciência..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2009
As novas tecnologias reprodutivas conceptivas, o proceder científico e as redes de especialidades na América Latina
Descrição: Este trabalho se insere no projeto de pesquisa da Professora Drª Marlene Tamanini, intitulado: Tecnologias conceptivas: a natureza e os corpos para gênero e ciência..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Anna Carolina Horstmann Amorim - Coordenador.


Projetos de extensão


2011 - 2017
PROEXT - Oficinas Papo Sério: gênero, sexualidade e violências
Descrição: Projeto de extensão e pesquisa que tem como objetivo problematizar as representações de gênero e sexualidade com jovens alunos e alunas de escolas públicas da região da Grande Florianópolis. O projeto está centrado em oficinas temáticas, em torno de questões de gênero, sexualidade e violências, elaboradas a partir dos eixos de pesquisas realizadas no Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) da UFSC. Em sua primeira edição (agosto-dezembro 2007), estudantes de escolas públicas participaram como ouvintes do Seminário Nacional Homofobia, Identidades e Cidadania LGBT e foram realizados 3 ciclos de quatro oficinas em escolas localizadas na região da UFSC. Em sua segunda edição (abril-dezembro 2009), foram realizadas ciclos de três oficinas em 4 escolas da Grande Florianópolis, atingindo aproximadamente 400 estudantes da rede pública de ensino e realizado o I Concurso de Cartazes sobre Homofobia, Lesbofobia e Transfobia na Escola. Participam do Projeto Papo Sério doutoras(res), doutorandas(dos), mestrandas(dos) e estudantes de graduação da UFSC. Em sua terceira edição (janeiro a dezembro 2010), o Projeto Papo Sério realizou a II Edição do Concurso de Cartazes e atividades de oficinas em um numero maior de escolas da Grande Florianópolis. O projeto tem permitido não apenas a formação continuada de estudantes, como também de educadoras, em temáticas ligadas à diversidade sexual e na luta contra preconceitos e bullying, assim como ter sido campo de desenvolvimento de pesquisas sobre temáticas envolvendo amor, sexualidade e violências...
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Anna Carolina Horstmann Amorim - Integrante / Felipe Fernandes - Integrante / GROSSI, Miriam - Coordenador / BARRETO, Letícia - Integrante / isadora vier machado - Integrante / Simone Ávila - Integrante / Tânia Welter - Integrante / Rariuilquer Oliveira - Integrante / Bruno Cordeiro - Integrante / Mareli Graupe - Integrante / Julia Godinho - Integrante / Alex Gonçalves - Integrante / Fernando Pocahy - Integrante / Bruna Köppel - Integrante / Gabriela Figueiredo dos Santos - Integrante / Kathilça Lopes - Integrante.


Revisor de periódico


2018 - 2018
Periódico: Revista latino-americana de Geografia e Gênero


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas/Especialidade: Tecnologias Reprodutivas Conceptivas e Bioética..


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2011
Prêmio Florestan Fernandes de melhor monografia na área de Sociologia do curso de graduação em Ciências Sociais, Universidade Federal do Paraná.
2010
1º lugar na Banca de sociologia do 18º Evento de Iniciação Científica (18º EVINCI)., Universidade Federal do Paraná.
2009
1º lugar na Banca de sociologia do 17º Evento de Iniciação Científica (17º EVINCI), Universidade Federal do Paraná.


Produções



Produção bibliográfica
Capítulos de livros publicados
1.
AMORIM, A. C. H.. Maternidades Lésbicas no Brasil: um breve panorama. In: Miriam Pillar Grossi; Felipe Bruno Martins Fernandes. (Org.). A força da "situação" de campo: ensaios sobre antropologia e teoria queer. 1ed.Florianópolis: UFSC, 2018, v. , p. 349-372.

2.
CUBA, R. S. ; AMORIM, A. C. H. . Os projetos de futuro de jovens estudantes e o casamento. In: Miriam Grossi; Olga Regina Zigelli Garcia; Jair Zandoná. (Org.). Transformando a Educação em Santa Catarina. 1ed.Tubarão: Perito, 2017, v. , p. 239-240.

3.
AMORIM, A. C. H.. Óvulos, Sêmens e Certidões: maternidades lésbicas e tecnologias reprodutivas no Brasl. In: Cecilia Straw; Eliane Vargas; Mariana Viera Cherro; Marlene Tamanini. (Org.). Reprodução Assistida e relações de gênero na América Latina. 1ed.Curitiba: Editora CRV, 2016, v. , p. 169-188.

4.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Quem sou eu: Pierre Bourdieu. Fuxico: uma maneira lúdica de contribuir para o aprendizado das questões de gênero, sexualidade e raça/etnia. 1ed.Tubarão: Copiarte, 2013, v. 1, p. 359-359.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
AMORIM, A. C. H.. Como a reprodução assistida tem promovido o reconhecimento legal de novos modelos de família. Geni: da para qualquer um/uma, 09 mar. 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
AMORIM, A. C. H.. Maternidades lésbicas: um estudo sobre tecnologias reprodutivas e parentalidades no Brasil. In: 30º Reunião Brasileira de Antropologia, 2016, João Pessoa. 30º Reunião Brasileira de Antropologia, 2016.

2.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Maternidades lésbicas: um estudo sobre tecnologías reprodutivas e parentalidades no Brasil. In: Nuevas Cartografias de la Sexualidad- III Congreso Internacional sobre Estudios de Diversidad Sexual en Iberoamérica, 2016, Granada/Espanha. Anais III CIEDSI, 2016.

3.
AMORIM, A. C. H.. Óvulos, sêmens e certidões: Maternidades lésbicas e tecnologias reprodutivas no Brasil. In: XI Reunión de Antropología del Mercosur, 2015, Montevideo. Actas del congresso, 2015.

4.
AMORIM, A. C. H.. ?Nós já somos uma família! Só faltam os filhos?: uma pesquisa sobre famílias lesboparentais. In: IV Seminário Enlaçando Sexualidades, 2015, Salvador. Anais IV Seminário Enlaçando Sexualidades (2015), 2015.

5.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. NÓS JÁ SOMOS UMA FAMÍLIA! SÓ FALTAM OS FILHOS: NOVAS TECNOLOGIAS REPRODUTIVAS E FAMÍLIAS LESBOPARENTAIS NO BRASIL. In: Jornadas Antropológicas PPGAS/UFSC., 2015, Florianópolis. Anais Jornadas Antropológicas PPGAS/UFSC, 2015.

6.
AMORIM, A. C. H.. Família, filiação e conjugalidade: uma etnografia sobre maternidade lésbica e novas tecnologias reprodutivas no Brasil. In: III Enlaçando Sexualidades, 2013, Salvador. Anais III Seminário Enlaçando Sexualidades (2013), 2013.

7.
AMORIM, A. C. H.; OLIVEIRA, M. B. . Dupla maternidade: conexões entre Antropologia e Direito. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 10: Desafios Atuais dos Feminismos, 2013, Florianópolis. Anais do Seminário Internacional Fazendo Gênero 10, 2013.

8.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Maternidades Lésbicas no Brasil Contemporâneo. In: Jornada Internacional do NIGS: Trabalho de campo, Ética e Sexualidades, 2013, Florianópolis. Anal Jornadas Internacionais NIGS, 2013.

9.
AMORIM, A. C. H.. Diários virtuais: maternidade lésbica e militância. In: Anais do 36º Encontro Anual da Anpocs, de 21 a 25 de outubro de 2012, em Águas de Lindóia - SP. ISSN 2177-3092, 2012, Águas de Lindóia. Anais do 36º Encontro Anual da Anpocs, de 21 a 25 de outubro de 2012, em Águas de Lindóia - SP. ISSN 2177-3092, 2012.

10.
AMORIM, A. C. H.. Conjugalidade, Família e Homoparentalidade: Casais Lésbicos e as Novas Tecnologias Reprodutivas. In: 28ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2012, São Paulo. Anais 28º RBA, 2012.

11.
AMORIM, A. C. H.. Novas tecnologias reprodutivas conceptivas: a relação entre técnica e demandas sociais.. In: V Seminário Corpo, Gênero e Sexualidade: instâncias e práticas de produção nas políticas da própria vida. I Seminário Internacional Corpo, Gênero e Sexualidade e I Encontro Nacional Gênero e Diversidade na Escola-, 2011, Rio Grande. V Seminário Corpo, Gênero e Sexualidade: instâncias e práticas de produção nas políticas da própria vida. I Seminário Internacional Corpo, Gênero e Sexualidade e I Encontro Nacional Gênero e Diversidade na Escola. Rio Grande: FURG, 2011. p. 353-358.

12.
AMORIM, A. C. H.. Novas tecnologia reprodutivas conceptivas: a relação entre técnicas e demandas sociais.. In: 35º Encontro anual da ANPOCS, 2011, Caxambu. Anais do 35º Encontro Anual da Anpocs, de 24 a 28 de outubro de 2011, 2011.

13.
TAMANINI, Marlene ; AMORIM, A. C. H. . Como se vendem as novas tecnologias reprodutivas conceptivas: uma análise da tecnologia do proceder científico na América Latina.. In: VIII Reunión de Antropología del Mercosur, 2009, Buenos Aires. GT 53 Cuerpo e Biociências., 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
AMORIM, A. C. H.. MATERNIDADE LÉSBICA NO BRASIL: ENTRE CLÍNICAS E CERTIDÕES. In: 30 ans de L'APEB- FR: 3º Congress Europeen des Chercheurs Bresiliens, 2014, Paris. 30 ans de L'APEB- FR: 3º Congress Europeen des Chercheurs Bresiliens- Resumes, 2014. p. 8-8.

2.
AMORIM, A. C. H.. Gênero e ciência: dinâmicas das Novas Tecnologias Reprodutivas conceptivas. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 9: Diásporas, Diversidades, Deslocamentos, 2010, Florianópolis. Anais Eletronicos, 2010.

3.
AMORIM, A. C. H.. TECNOLOGIAS REPRODUTIVAS CONCEPTIVAS EM INTERFACE COM OS CORPOS, AS IMAGENS E OS CONCEITOS.. In: 18º Evento de Iniciação Científica, 2010, Curitiba. Caderno de Resumos do 18º Evento de Iniciação Científica, 2010.

Apresentações de Trabalho
1.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Parentesco, Lesbianidades e Política. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. LBTfobia na vida e na saúde das Mulheres. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
AMORIM, A. C. H.. A cultura Trans: notas entre antropologia e psicanálise. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
AMORIM, A. C. H.. Maternidades lésbicas: um estudo sobre tecnologias reprodutivas e parentalidades no Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
AMORIM, A. C. H.. Nós já somos uma família! Só faltam os filhos?: uma pesquisa sobre famílias lesboparentais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
AMORIM, A. C. H.. NÓS JÁ SOMOS UMA FAMÍLIA! SÓ FALTAM OS FILHOS: NOVAS TECNOLOGIAS REPRODUTIVAS E FAMÍLIAS LESBOPARENTAIS NO BRASIL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
AMORIM, A. C. H.; OLIVEIRA, J. . Lesbianidades. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
AMORIM, A. C. H.. L'accès des couples de femmes à L'AMP au Brèsil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
AMORIM, A. C. H.. MATERNIDADE LÉSBICA NO BRASIL: ENTRE CLÍNICAS E CERTIDÕES. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
AMORIM, A. C. H.. Família, filiação e conjugalidade: uma etnografia sobre maternidade lésbica e novas tecnologias reprodutivas no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
AMORIM, A. C. H.; OLIVEIRA, M. B. . Dupla Maternidade: Conexões entre antropologia e direito. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
AMORIM, A. C. H.. Diários virtuais: maternidade lésbica e militância. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
AMORIM, A. C. H.. Novas tecnologia reprodutivas conceptivas: a relação entre técnicas e demandas sociais.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
AMORIM, A. C. H.. Novas tecnologias reprodutivas conceptivas: a relação entre técnica e demandas sociais.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
AMORIM, A. C. H.. Tecnologias reprodutivas conceptivas em interface com os corpos, as imagens e os conceitos.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
AMORIM, A. C. H.; TAMANINI, Marlene . Gênero e ciência: dinâmicas das Novas Tecnologias Reprodutivas conceptivas. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
AMORIM, A. C. H.. As novas tecnologias reprodutivas conceptivas, o proceder científico e as redes de especialidades na América Latina.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
AMORIM, A. C. H.. Mapeando os caminhos da reprodução: tecnologias, gênero e trabalho reprodutivo. Florianópolis: Revista Estudos Feministas, 2014 (Resenha).

2.
FERNANDES, Felipe ; GROSSI, Miriam ; MELLo, Anahí ; JESUS, Fátima de ; NICHNIG, Cláudia ; AMORIM, A. C. H. ; FERREIRA, Vinícius ; CORDEIRO, Bruno ; LUIZ, Jorge ; BARRETO, Letícia . Texto-Base. 1a Conferência Municipal LGBTTT de Florianópolis. Por um país livre da pobreza e da discriminação: promovendo a cidadania LGBTTT. Por uma Florianópolis Sem Homofobia. Florianópolis: Prefeitura Municipal de Florianópolis/Coordenadoria de Políticas para as Mulheres, 2011 (Políticas Públicas).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
AMORIM, A. C. H.. Revista Cadernos de Gênero e Diversidade. 2016.

2.
AMORIM, A. C. H.. Revista Cadernos de Gênero e Diversidade. 2016.

3.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN; Tânia Welter ; GROSSI, M. P. . Antropologia, Gênero e Educação em Santa Catarina. 2016.

Trabalhos técnicos
1.
AMORIM, A. C. H.. Parecer ad hoc para a REVISTA TRÊS [...] PONTOS (UFMG). 2018.

2.
AMORIM, A. C. H.. Parecerista ad hoc para a Revista Latino-Americana de Geografia e Gênero. 2018.

3.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Parecer ad hoc para a Descentrada Revista interdisciplinaria de feminismos y género. 2018.

4.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Parecerista Ad Hoc para Revista Latino Americana de Geografia e Gênero. 2018.

5.
AMORIM, A. C. H.. Parecer ad hoc para a Revista INTERTHESIS (FLORIANÓPOLIS/UFSC). 2018.

6.
AMORIM, A. C. H.. Parecer ad hoc para a REVISTA TEXTOS GRADUADOS (UNB). 2017.

7.
AMORIM, A. C. H.. Parecerista Ad hoc para a Revista Cadernos de Gênero e Diversidade (UFBA). 2016.

8.
AMORIM, A. C. H.. Tecnologias reprodutivas conceptivas em interface com os corpos, as imagens e os conceitos.. 2010.

9.
AMORIM, A. C. H.. A novas tecnologias reprodutias conceptivas, o proceder científico e as redes de especialidades na América Latina ( relatório de pesquisa). 2009.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
AMORIM, A. C. H.; MUJICA, A. M. . Visibilidade LGBT. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
AMORIM, A. C. H.; BUTIA, C. ; GRIMM, R. E. ; MUJICA, A. ; GROSSI, M. P. . Maternidade Lésbica. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

3.
AMORIM, A. C. H.. Ocupa SUS: Roda de Conversa políticas de saúde para população LGBT. avanços e desafios. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Redes sociais, websites e blogs
1.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Curso Enem Gratuito- Sociologia. 2018; Tema: Émile Durkheim. (Rede social).

2.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Curso Enem Gratuito- Sociologia. 2018; Tema: Conteúdo didático de Sociologia para o Enem. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Conteúdo didático de Sociologia para o ENEM. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático de Sociologia Para o Enem).

2.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Video Aula de Sociologia para o ENEM. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video Aula de Sociologia para o ENEM).

3.
AMORIM, A. C. H.; GROSSI, M. P. ; NASPOLINI, M. ; MAGRINI, p ; MELLo, Anahí ; CONCEIÇAO, L ; OLIVEIRA, J ; GOMES, M. ; OLIVEIRA, C ; SILVA, carmelita ; ROSA, m ; DOTHLING, Nathalia ; isadora vier machado . Curso de Antropologia: Gênero e Diversidade na Escola. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
AMORIM, A. C. H.. Minicurso Novas Famílias em debate: relações de gênero e tenologias produtoras de parentesco. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN; FERNANDES, F. B. M. ; MARQUES, G.M ; ARRAES, G. R. A ; STUKER, G. ; ZUCCO, M. C. ; LOSANO, M. L. ; GARCIA, O. R. Z. . Fuxico: uma maneira lúdica de contribuir para o aprendizado das questões de gênero,sexualidade e raça/etnia. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
AMORIM, A. C. H.; NOVO, Arthur leonardo costa; CIELO, F.J. Participação em banca de Mayara Luana dos Santos Ferreira. Profissionais discriminados:um estudo sobre professores do gênero masculino. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gênero e Diversidade na Escola) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
AMORIM, A. C. H.; NOVO, Arthur leonardo costa; CIELO, F.J. Participação em banca de Ricardo de Souza Waick. A utilização do nome social nos estabelecimentos de ensino por estudantes transgêneros menores de idade sem a necessidade de consentimento dos pais ou responsáveis. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gênero e Diversidade na Escola) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
AMORIM, A. C. H.; MARQUES, T.L; CABRAL, P.. Participação em banca de Leonirce Maria Mariani Benincá. A educação em gênero para crianças na prevenção da violência de gênero no cotidiano escolar. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gênero e Diversidade na Escola) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
AMORIM, A. C. H.; MARQUES, T.L; CABRAL, P.. Participação em banca de Adriana Silveira. Casos de violência sexual atendidos pela Polícia Civil de Praia Grande em 2015: uma análise visando à prevenção da violência com a rede municipal de ensino. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gênero e Diversidade na Escola) - Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
AMORIM, A. C. H.; MARQUES, T.L; CABRAL, P.. Participação em banca de Marta Ione Silva. Relação de discriminação de gênero das falas na escola. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gênero e Diversidade na Escola) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
AMORIM, A. C. H.; MARQUES, T.L; CABRAL, P.. Participação em banca de Juliana Fagundes de Carvalho. Pensando a Gestão Escolar: políticas e práticas desenvolvidas em uma escola de Laguna/SC. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gênero e Diversidade na Escola) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
AMORIM, A. C. H.. Avaliadora de Pôsteres do 13º Congresso Mundos de Mulheres e Seminário Internacional Fazendo Gênero 11. 2017. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
AMORIM, A. C. H.. Avaliadora da Comissão de Pôsteres do Seminário Internacional Fazendo Gênero 10. 2013. Universidade Federal de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Intercongresso Fazendo Gênero ? 6ª Edição do Seminário Gênero e Feminismo. 2018. (Congresso).

2.
13º Congresso Mundos de Mulheres e Seminário Internacional Fazendo Gênero 11 - 'Transformações, Conexões, Deslocamentos'. 2017. (Congresso).

3.
13º Mundo de Mulheres e Fazendo Gênero 11: Transformações, conexões e deslocamentos.LBTfobia na Vida e na Saúde das Mulheres. 2017. (Seminário).

4.
Conselho Nacional de Saúde/ Tenda Maria Theresa de Medeiros Pacheco - 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres/.LBTfobia na Vida e na Saúde das Mulheres. 2017. (Seminário).

5.
30ª Reunião Brasileira de Antropologia. Maternidades lésbicas: um estudo sobre tecnologias reprodutivas e parentalidades no Brasil. 2016. (Congresso).

6.
III Congreso Internacional de Estudios sobre Diversidad Sexual en Iberoamérica. ?Nuevas Cartografías de la Sexualidad?, le. Maternidades lésbicas: um estudo sobre tecnologias reprodutivas e parentalidades no Brasil. 2016. (Congresso).

7.
Jornada 25 anos do NIGS.PROJETOS DE REDES: CAPES COFECUB. 2016. (Encontro).

8.
Mesa Redonda: violências contra a mulher: 10 anos da Lei MAria da Penha. 2016. (Outra).

9.
14 SEPEX- Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão.Minucurso: Novas Famílias em debate: relações de gênero e tecnologias produtoras de parentesco. 2015. (Outra).

10.
5º Curso de Curta Duração em Gênero e Feminismo. 2015. (Outra).

11.
Grupo de Estudos do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades. 2015. (Encontro).

12.
Minicurso Políticas da Sexualidade e Gênero na América Latina. 2015. (Outra).

13.
Oficina de Direitos Humanos: Bioética e Direitos Humanos. 2015. (Oficina).

14.
XI Reunión de Antropologia del Mercosur. Óvulos, sêmens e certidões: Maternidades lésbicas e tecnologias reprodutivas no Brasil. 2015. (Congresso).

15.
30 Anos da Apeb França/ 3º Congresso Europeu de pós graduandos e pepesquisadores braslesileiros. MATERNIDADE LÉSBICA NO BRASIL: ENTRE CLÍNICAS E CERTIDÕES. 2014. (Congresso).

16.
II Jornadas Metodologia de Investigación Feminista: herramientas u aplicaciones para los derechos humanos. 2014. (Encontro).

17.
Estados e Direitos LGBT no Brasil e na França. 2013. (Outra).

18.
Jornada Internacional do NIGS: Trabalho de campo, ética sexualidade.Maternidades lésbicas no Brasil Contemporâneo. 2013. (Seminário).

19.
28º Reunião Brasileira de Antropologia. Conjugalidade, Família e Homoparentalidade: Casais Lésbicos e as Novas Tecnologias Reprodutivas. 2012. (Congresso).

20.
Compartilhando nossas pesquisas: Jornadas NIGS 2012.Maternidade lésbica e reprodução assistida: novas configurações familiares no Brasil contemporâneo. 2012. (Seminário).

21.
Tecnologias Globais de Moralidade Materna: ciência e política nos programas alternativos de educação infantil, com a professora Claudia Fonseca. 2012. (Outra).

22.
35º Encontro anual da ANPOCS.Novas tecnologia reprodutivas conceptivas: a relação entre técnicas e demandas sociais.. 2011. (Encontro).

23.
3ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres.Pesquisadora UFSC. 2011. (Encontro).

24.
Antropologia de Raposa: pensando com Roy Wagner.. 2011. (Seminário).

25.
Aula Inaugural do PPGAS/UFSC - Cartografias Sociais: por uma Antropologia engajada.. 2011. (Outra).

26.
Conferência Feminismo e Maternidade. 2011. (Outra).

27.
III Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres de Santa Catarina.. 2011. (Outra).

28.
III Conferência Municipal de Polìticas Públicas para as Mulheres de Florianópolis- SC. 2011. (Outra).

29.
II Trans Day NIGS - Seminário Transfobia, Identidades e Cidadania Trans. 2011. 2011. (Seminário).

30.
IX Reunião de Antropologia do Mercosul. 2011. (Outra).

31.
V Seminário Corpo, Gênero e Sexualidade: instâncias e práticas de produção nas políticas da própria vida. I Seminário Internacional Corpo, Gênero e Sexualidade e I Encontro Nacional Gênero e Diversidade na Escola-.Novas tecnologias reprodutivas conceptivas: a relação entre técnica e demandas sociais.. 2011. (Seminário).

32.
Seminário Internacional Fazendo Gênero 9.Gênero e Ciência: Dinâmicas das Novas Tecnologias Reprodutivas Conceptivas.. 2010. (Seminário).

33.
Diálogos do PET: a produção científica dos PETs Ciências Sociais, Direito, Filosofia e História da UFPR. 2008. (Outra).

34.
XXIII Encontro Nacional dos Estudantes de Ciências Sociais. 2008. (Encontro).

35.
XXIII Encontro Nacional dos Estudantes de Ciências Sociais. 2008. (Encontro).

36.
II Semana acadêmica de Ciências Sociais. 2007. (Outra).

37.
II Semana Acadêmica de Ciências Sociais da UFPR (II SACS-UFPR. 2007. (Outra).

38.
I Semana acadêmica de Ciências Socias. 2006. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
AMORIM, A. C. H.. Comissão de Saúde e Segurança do 13º Congresso Mundos de Mulheres e Seminário Internacional Fazendo Gênero 11 ? ?Transformações, Conexões, Deslocamentos?,. 2017. (Congresso).

2.
AMORIM, A. C. H.; Ghiorzi, Alessandra ; MONACO, H. . Exposição de Materiais do NIGS: Jornadas 25 anos NIGS. 2016. (Exposição).

3.
AMORIM, A. C. H.. Fazendo Gênero 10: Desafios atuais dos feminismos. 2013. (Congresso).

4.
AMORIM, A. C. H.; LIONCO, T. ; ANDRADE, L. . Atelie Drag King e terrorismo de gênero. 2013. (Outro).

5.
AMORIM, A. C. H.. Semana Acadêmica de Ciências Sociais (SACS-UFPR). 2006. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Rosana da Silva Cuba. OS PROJETOS DE FUTURO DE JOVENS ESTUDANTES E O CASAMENTO. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gênero e Diversidade na Escola) - Universidade Federal de Santa Catarina, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educaçao. Orientador: Anna Carolina Horstmann Amorim.



Educação e Popularização de C & T



Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN; FERNANDES, F. B. M. ; MARQUES, G.M ; ARRAES, G. R. A ; STUKER, G. ; ZUCCO, M. C. ; LOSANO, M. L. ; GARCIA, O. R. Z. . Fuxico: uma maneira lúdica de contribuir para o aprendizado das questões de gênero,sexualidade e raça/etnia. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).


Redes sociais, websites e blogs
1.
AMORIM, ANNA CAROLINA HORSTMANN. Curso Enem Gratuito- Sociologia. 2018; Tema: Conteúdo didático de Sociologia para o Enem. (Blog).



Outras informações relevantes


Aprovação no Concurso Público de Provas e Títulos para Provimento de Cargo de Professor de Ensino Superior da Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE. EDITAL Nº 081/2017-GRE, Campus Toledo/PR, CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ? CCSA, Área de Antropologia, regime de trabalho 40 horas. Lista de aprovação disponível em: <>



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/12/2018 às 1:39:23