Laís Villela Lavinas

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6484494029077745
  • Última atualização do currículo em 01/06/2018


Antropóloga pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Especialista em Gestão do Patrimônio Cultural pelo Instituto Metodista Granbery. Mestre em História Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação em Agropecuária na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Laís Villela Lavinas
Nome em citações bibliográficas
LAVINAS, L. V.;LAVINAS, LAÍS VILLELA


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em Ciência Tecnologia e Inovação em Agropecuária.
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.
Orientador: Cezar Augusto Miranda Guedes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2012 - 2014
Mestrado em Programa de Pós-graduação em História.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Título: Um animal político na cultura brasileira: Aloísio Magalhães e o campo do patrimônio cultural no Brasil (1966-1981),Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Márcia Regina Romeiro Chuva.
Palavras-chave: Políticas de preservação dos patrimônios nacionais; Patrimônio Cultural; Patrimônio histórico; Aloísio Magalhães.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2010 - 2011
Especialização em Gestão do Patrimônio Cultural. (Carga Horária: 360h).
Faculdade Metodista Granbery, FMG, Brasil.
Título: Nacionalismo e patrimônio cultural: a memória ideal.
Orientador: Marcos Olender.
2006 - 2011
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.
Título: A construção da identidade pela memória:Vargas e a nação.
Orientador: Marcos Olender.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2006 - 2009
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Introdução ao Cinema Documentário. (Carga horária: 36h).
SESC - Administração Nacional, SESC, Brasil.
2017 - 2017
Oficina de Produção ao Audiovisual para Internet. (Carga horária: 12h).
SESC - Administração Nacional, SESC, Brasil.
2015 - 2015
Produções de Vídeos e Apresentações de Alto Impacto. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Cariri, UFCA, Brasil.
2015 - 2015
Introdução à Gestão de Projetos. (Carga horária: 20h).
Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.
2011 - 2011
Conservação Preventiva do Acervo fotográfico. (Carga horária: 18h).
Fundação Alfredo Ferreira Lage, FUNALFA, Brasil.
2007 - 2007
As organizações familiares no Brasil contemporâneo. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.
2007 - 2007
Crime e desvio na teoria sociológica. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.


Atuação Profissional



Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil, PNUD BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Service Contract - Analista de Pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Analista de Pesquisa da Comissão Nacional da Verdade (CNV) - Secretaria da Presidência da República. 1. Prestar assessoria técnica à equipe da Comissão Nacional da Verdade em temas relacionados à justiça de transição, memória e verdade; 2. Apoiar o planejamento das pesquisas realizadas pela CNV; 3. Orientar as equipes de pesquisadores na identificação de arquivos e outras fontes de informação relativas a mortos e desaparecidos políticos no Brasil e brasileiros mortos e desaparecidos no exterior, durante a ditadura militar brasileira (1964‐1985); 4. Realizar coleta, sistematização e análise de informações e dados relacionados às graves violações de direitos humanos, dentro do cronograma e dos parâmetros técnicos e de funcionamento da Comissão Nacional da Verdade; 5. Orientar pesquisadores e assessorar os grupos de trabalho da CNV na organização de audiências públicas, workshops, discussões técnicas, missões nacionais e eventualmente atividades de capacitação; 6. Mapear, desenhar e avaliar tecnicamente as informações e dados coletados a fim de subsidiar o cumprimento dos objetivos da Comissão Nacional da Verdade; 7. Elaborar informações técnicas de maneira sistematizada e no formato requerido para comunicações oficiais, materiais de divulgação, reuniões e seminários; 8. Elaborar relatórios periódicos de pesquisa para a Comissão; 9. Execução de outras tarefas requeridas pela Secretaria‐Executiva da Comissão Nacional da Verdade no contexto dos objetivos, deveres, atividades e responsabilidades de sua função. Após o encerramento das atividades da Comissão Nacional da Verdade, em dezembro de 2014, foi criada uma estrutura provisória para a organização de seu acervo. Descrição das atividades: 1. Pesquisa (em plataforma SADWEB e outras ferramentas do Arquivo CNV) e organização da documentação utilizada no Relatório Final; 2. Pesquisas (em plataforma SADWEB e outras ferramentas do Arquivo CNV) de documentação para atender demandas do Ministério Público;

Atividades

08/2014 - 08/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Comissão Nacional da Verdade, .

08/2014 - 08/2015
Serviços técnicos especializados , Comissão Nacional da Verdade, .

Serviço realizado
Pesquisa, organização e conferência do acervo CNV.

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20
Outras informações
Estruturação e organização do acervo documental da Agência e Comitê de Desenvolvimento Local da Cidade de Deus (Rio de Janeiro) por meio de um arquivo de pesquisa. Principais funções: 1. Criar e estabelecer metodologia de trabalho; 2. Realizar o reconhecimento e a seleção documental de composição do acervo; 3. Capacitar agentes locais para a manutenção do trabalho após o encerramento do projeto; 4. Limpar a documentação do acervo; 5. Digitalizar a documentação do acervo; 6. Escrever relatórios técnicos de pesquisa para a Fiocruz.


Centro Educacional Criança Futuro Adolescente, CECFA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mediador de conhecimento, Carga horária: 20
Outras informações
O objetivo do projeto era realizar um mapeamento dos bens culturais do bairro Cidade de Deus, localizado no munícipio do Rio de Janeiro, para estruturar uma Agência de Gestão Cultural e Turismo Comunitário Local. O público alvo do projeto era a juventude entre 15 e 30 anos, sendo estes os protagonistas da estruturação da Agência. Principais funções: 1. Mediadora de conhecimento entre os integrantes do projeto e os conteúdos de conhecimento necessários para o desenvolvimento do mesmo; 2. Coordenadora da oficina sobre ?Inventário Participativo?; 3. Auxiliar os integrantes do projeto a realizarem o mapeamento dos bens culturais do bairro por meio de visitas aos locais reconhecidos pelos mesmos como tais; 4. Criar material didático para os integrantes do curso.


Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa, Carga horária: 20
Outras informações
a) Auxiliar no desenvolvimento dos projetos de pesquisa do PEGS e participar das atividades de extensão do Programa. Principais funções: 1. Coletar materiais e fontes para pesquisa; 2. Analisar dados e realizar planejamentos de pesquisa; 3. Escrever relatórios técnicos de pesquisa pra as agências de fomento; 4. Auxiliar na coordenação dos cursos de extensão; 5. Preparar materiais didáticos para os cursos de extensão (Gestão Comunitária de Projetos Sociais; Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência; e Gestão Comunitária de Projetos com ênfase em sustentabilidade); 6. Ministrar aulas de conteúdo e de mediação de determinados módulos dos cursos de extensão; 7. Controlar o desempenho e a presença dos alunos dos cursos de extensão; 8. Realizar entrevistas de profundidade com os alunos dos cursos de extensão; 9. Recolher material para organizar uma biblioteca de conhecimentos específicos para os cursos de extensão; 10. Estruturar e organizar uma biblioteca de conhecimentos específicos para os cursos de extensão.


Caritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro, CARITAS, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Auxiliar de coordenação Voluntário, Carga horária: 16
Outras informações
Auxiliar de coordenação voluntária nos cursos de Gestão Comunitária de Projetos Sociais, Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência e Gestão Comunitária de Projetos com ênfase em sustentabilidade - desenvolvidos pelo Programa de Estudos em Gestão Social (PEGS) da EBAPE/FGV em parceria com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e a Universidade Federal Fluminense (UFF-Campus Volta Redonda).

Atividades

08/2012 - 08/2014
Extensão universitária , Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro, .

Atividade de extensão realizada
Auxiliar de coordenação e palestras nos cursos de Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência, Gestão Comunitária de Projetos Sociais e Gestão Comunitária com ênfase em Sustentabilidade.

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica no projeto "TERRITORIALIZAÇÃO E REDES NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA: RELIGIÃO E CUIDADO NO ESPAÇO PÚBLICO" desenvolvido pelos pesquisadores Octavio Bonet e Fátima Tavares no âmbito da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Principais funções: 1. Acompanhamento do trabalho de campo realizado pelos coordenadores; 2. Coleta de materiais e dados para análise; 3. Análise dos dados coletados; 4. Organização e participação como pesquisadora em grupos focais; 5. Acompanhamento de entrevistas em profundidade; 6. Escrever relatório técnicos para os órgãos de fomento; 7. Apresentação e participação em seminários de pesquisa.


Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista Monitor, Enquadramento Funcional: Monitoria de disciplina, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Monitoria da disciplina "Introdução a Antropologia" Auxiliar professor e alunos no desenvolvimento da disciplina, tanto nas questões de mediação de conteúdo, como também nas de controle e desempenho dos alunos. Escrever relatórios técnicos para a UFJF sobre as atividades desenvolvidas durante a monitoria.


Prefeitura de Juiz de Fora, PJF, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Núcleo de Assistência à Pessoa Deficiente, Carga horária: 20
Outras informações
Cadastramento de pessoas portadoras de necessidades especiais no banco de emprego da Prefeitura de Juiz de Fora (PFJ). Seleção de candidatos, encaminhamento às empresas e solicitação de feedback das empresas.


Universidade Federal do Cariri, UFCA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPq modalidade EXP-C-C, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto "Núcleo de Extensão em Desenvolvimento Territorial" (NEDET) da região Centro-Sul do estado do Ceará. Projeto vinculado ao Observatório para Políticas Públicas para o Território (OPPTE). Bolsista de Assessoria de Pesquisa para os temas de gênero, juventude e comunidades tradicionais no meio rural.

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPq modalidade EXP-C-C, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista CNPq no Projeto Desenvolvimento e Implantação de Metodologias de Incubação a partir da ITEPS/UFCA.


Fundação Casa Grande Memorial do Homem Kariri, FCGMHK, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Pesquisadora e Mediadora, Carga horária: 42
Outras informações
Principais atividades desenvolvidas: - Auxílio na reflexão e produção de projetos para captação de recursos; - Auxílio na organização do acervo institucional; - Ações de vivência em economia doméstica no Programa Institucional de Educação Infantil; - Auxílio na manutenção, organização e limpeza dos espaços institucionais; - Auxílio na Assessoria de Comunicação institucional; - Produção de Valorização de Mídia do projeto ?Encantados? apoiado pela Caixa Cultural; - Escrita do pedido de certificação de Honoris Causa para Francisco Alemberg de Souza Lima pela Universidade Regional do Cariri (URCA) em parceria com Rosiane Limaverde; - Escrita de dois artigos para a revista eletrônica ?Astrolábio? do Instituto Tear (RJ); - Auxílio na pesquisa para produção de programa de rádio sobre brincadeiras regionais nordestinas para a série ?Brincadeiras no Sertão do Cariri e as maravilhas da fauna e flora? encomendada pela Rádio MEC/EBC.


Escola de Musica Maestro Fellipe Carretiero, EMMFC, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Prestadora de Serviço, Enquadramento Funcional: Professora de Musicalização Infantil, Carga horária: 1



Linhas de pesquisa


1.
Graves Violações de Direitos Humanos
2.
Regime Militar
3.
Direto à Memória e a Verdade


Projetos de pesquisa


2016 - 2017
NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
Descrição: O projeto tem como objetivo principal a implantação do Observatório de Políticas Públicas para Territórios (OPPTE), vinculado à Universidade Federal do Cariri (UFCA), no Ceará. Pensado como uma proposta multiterritorial, o OPPTE será composto por dois núcleos, um no Território Rural do Centro Sul e Vale do Salgado ? CE e outro no Território da Cidadania do Cariri - CE. Nesses dois espaços, o Observatório será recepcionado, respectivamente, pelo Instituto de Estudos do Semiárido (IESA) e pelo Instituto Interdisciplinar de Sociedade, Cultura e Artes (IISCA), ambos pertencentes à UFCA. Por meio de uma equipe interdisciplinar formada por professores da instituição, técnicos e estudantes, espera-se que o OPPTE contribua com o desenvolvimento territorial das duas regiões beneficiadas por meio de ações de ensino, pesquisa e extensão, envolvendo a universidade e seus centros de pesquisa e extensão, outras instituições de pesquisa, órgãos públicos e atores da sociedade civil. Para tal, a metodologia desenhada envolve quatro frentes de atuação: 1) implantar o Observatório de Políticas Públicas para Territórios (OPPTE); 2) realizar o Encontro Nacional sobre Desenvolvimento e Territórios; 3) criar um banco de Casos para Ensino com base nas experiências do OPPTE no Centro-Sul/Vale do Salgado e no Cariri; e 4) desenvolver estratégia de fortalecimento da atuação dos colegiados territoriais, com possibilidades de replicação em outros territórios. Entre os resultados almejados, espera-se promover um evento para 150 participantes, realizar visitas de campo, construir um banco de casos para ensino, orientar dissertações e monografias, criar um portal na internet sobre políticas públicas, implantar o OPPTE e fortalecer a atuação dos colegiados territoriais promovendo a efetivação das políticas públicas de desenvolvimento regional sustentável, de inclusão produtiva, de convivência com o semiárido, com ênfase na participação das mulheres..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Coordenador / Mônica Martins - Integrante / Ives Tavares - Integrante / Verônica Salgueiro do Nascimento - Integrante.
2015 - 2016
Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares e Solidários (ITEPS)
Descrição: Esta ação se refere ao apoio ao desenvolvimento de empreendimentos de economia solidária na região do Cariri Cearense, que assumem uma diversidade de ações e identidades. A incubação é percebida aqui a partir de uma concepção dialógica, em que os empreendimentos são desenvolvidos a partir das suas próprias capacidades, combinadas com os conhecimentos trazidos pela universidade, num processo em que ambos os atores envolvidos apreendem. Para cada um dos grupos incubados são pensadas ações específicas, que envolvem elementos como o diagnóstico, o planejamento, a formação e o acompanhamento, definidos conforme as particularidades do momento e demandas específicas de cada empreendimento.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Coordenador / Waléria Maria Menezes de Morais Alencar - Integrante / Eduardo Vivian - Integrante.
2015 - 2016
Programa Gestão Social nas Escolas
Descrição: Projeto de extensão desenvolvido pelo Laboratório Interdisciplinar de Estudos em Gestão Social LIEGS, da Universidade Federal do Ceará- Campus Cariri. O espaço de extensão tem fomentado pesquisa sobre o estímulo ao protagonismo juvenil de jovens do ensino médio de escolas públicas de Juazeiro do Norte. Outra temática recorrente é Gestão Social e Cidadania, além de aplicação de instrumentos qualitativos e quantitativo para o processo de monitoramento...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Integrante / Waléria Maria Menezes de Morais Alencar - Coordenador.
2015 - 2016
Laboratório Interdisciplinar de Estudos em Gestão Social
Descrição: O Liegs desenvolve atividades de extensão e pesquisa, na área da gestão social a partir de uma prática interdisciplinar, portanto professores e alunos dos cursos de Administração, Administração Pública, Desing e Psicologia atuam na complexidade das demandas sociais com o foco em experiências de Empreendedorismo social; Processos de cidadania deliberativa; Protagonismo Juvenil...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Coordenador / Waléria Maria Menezes de Morais Alencar - Integrante / Jeová Torres Junior - Integrante.
2012 - 2014
Gestão Social: ensino, pesquisa e prática
Descrição: Os conhecimentos e práticas sobre gestão social como representação de processos de deliberação participativa são atualmente de grande importância na formação de administradores e gestores. No entanto, a complexidade da gestão social não se restringe ao mundo empresarial, mas nas múltiplas relações do indivíduo na sociedade. De certo modo, observa-se que racionalidade instrumental como foco de ensino em administração não representa mais uma capacitação suficiente na formação do graduando. Logo, o objetivo deste projeto é fomentar o ensino e a pesquisa em gestão social e contribuir deste modo nas transformações necessárias ao ensino de administração. Pretende-se que a rede de pesquisadores formada neste projeto contribua no avanço de diferentes práticas e teorias sobre gestão social seja, por exemplo, na ótica da gestão participativa, da cidadania, do desenvolvimento local e das questões ambientais, etc. Logo, poder-se-á sistematizar os conhecimentos dispersos e transformá-los em instrumentos didáticos, recursos tecnológicos para aprendizagem, formação de pesquisadores, publicação de artigos e livros como previsto no edital Pró-Administração. Este projeto conta com o apoio do Programa de Apoio à Pesquisa e Produção Acadêmica Docente da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAPE) da Fundação Getulio Vargas (FGV)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Integrante / Fernando Tenório - Coordenador / Anderson Felisberto Dias - Integrante / Thaís Soares Kronemberger - Integrante / Ana Clara Barros - Integrante / Gabriela Macedo Gregório - Integrante / Lamounier Erthal Villela - Integrante / Felipe Barbosa Zani - Integrante / Jorge Oneide Sausen - Integrante.
Financiador(es): Fundação Getúlio Vargas - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2012 - 2014
Participação e Cidadania em Conselhos Municipais de Políticas Públicas
Descrição: O projeto possui como principal objetivo fortalecer e qualificar a participação de representantes da sociedade em conselhos municipais de políticas públicas, por meio da produção de um livro didático. Este material constitui um produto do curso de extensão universitária, realizado pelo Programa de Estudos em Gestão Social (PEGS) da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAPE) da Fundação Getulio Vargas (FGV), em parceria com a Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), desenvolvido no âmbito do Projeto Transferência de Tecnologias em Gestão Social Edital FAPERJ nº 14/2010. O curso tem como propósito mobilizar e preparar a comunidade para participar de conselhos municipais de políticas públicas, visando aumentar o potencial democrático e participativo destas instâncias. Os conselhos de políticas públicas, presentes na maioria dos municípios brasileiros, são considerados constructos institucionais inovadores do ponto de vista da relação Estado-sociedade pelo seu caráter plural, participativo e deliberativo. O método para a produção do livro didático baseia-se na pedagogia emancipatória de Paulo Freire (2007) e na filosofia de trabalho com comunidades de Clodovis Boff (1986), bem como no conceito de pesquisa-ação de Thiollent (1998), no qual os discentes e pesquisadores têm um envolvimento orgânico e uma relação intersubjetiva com os sujeitos integrantes do processo. Pretende-se que o livro didático a ser produzido no âmbito deste Projeto contribua para o conhecimento da sociedade acerca da importância atribuída aos conselhos municipais de políticas públicas, bem como estimule e qualifique a sua participação no interior destas instâncias de co-gestão com o Estado. Espera-se também, que este livro possa fomentar no âmbito das demais Instituições de Ensino Superior (IESs) a realização de cursos de extensão universitária dedicados à participação da comunidade nestes espaços públicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Integrante / Fernando Tenório - Coordenador / Thaís Soares Kronemberger - Integrante.
Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2012 - 2014
Laboratório de Transferência de Tecnologia em Gestão Social
Descrição: O reconhecimento da importância da participação social na implementação de políticas públicas, expresso nos dispositivos constitucionais, configura-se como prioridade nacional preconizada pelo Plano Brasil 2022, cuja elaboração tem como propósito tecer estratégias para o futuro do País. A gestão participativa preconizada nessa estratégia, entendida por gestão social no âmbito desse projeto, constitui o foco da agenda de pesquisa do Programa de Estudos em Gestão Social (PEGS) da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAPE) da Fundação Getulio Vargas (FGV) que, desde 1990, em parceria com a Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro, desenvolve a transferência de tecnologia social de gestão para moradores e lideranças comunitárias de diversos municípios da região metropolitana. Dando continuidade à prática em curso, o presente projeto tem como objetivo fomentar a relação ensino-pesquisa-extensão através da transferência de tecnologia em gestão social para moradores de comunidades assistidas pelas Cáritas do estado do Rio de Janeiro por meio da criação de um laboratório de informática. Utilizando-se de uma metodologia baseada na pedagogia emancipatória de Paulo Freire (2005), na filosofia de trabalho com comunidades de Clodovis Boff (1986) e nas formas de transferência de tecnologia social do Instituto de Tecnologia Social (ITS), a parceria relatada nesse projeto já capacitou cerca de 800 moradores de diferentes comunidades da região metropolitana. A instalação do laboratório de informática permitirá a disseminação dessa prática para outras regiões do estado, além de possibilitar a intensificação das atividades de pesquisa, ensino e extensão das instituições de ensino superior envolvidas. Este projeto também recebe o apoio financeiro da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAPE) da Fundação Getulio Vargas (FGV).. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Integrante / Fernando Tenório - Coordenador / Carlos Frederico B. Kraemer - Integrante / Anderson Felisberto Dias - Integrante / Thaís Soares Kronemberger - Integrante / Ana Clara Barros - Integrante / Gabriela Macedo Gregório - Integrante.
Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Fundação Getúlio Vargas - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
TERRITORIALIZAÇÃO E REDES NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA: RELIGIÃO E CUIDADO NO ESPAÇO PÚBLICO
Descrição: No âmbito deste projeto pretendemos perseguir os processos de confecção das redes a partir da noção mais ampla de cuidado, visto aqui como práticas que apontem para a elaboração de vínculos com o outro em suas variadas dimensões. Assim, está incorporada nesta noção iniciativas que levem ao cuidado com a saúde e os corpos, mas também ações de proteção, de ajuda mútua e, inclusive, as que estruturam novos sentidos de cidadania. Levando-se em consideração a complexidade dos processos de formação das redes, objetiva-se investigar a realidade de indivíduos, grupos e instituições que de alguma forma se reconhecem como promotores de processos de cuidado. Considerando a amplitude de situações que envolvem as práticas de cuidado, este projeto pretende enfocar mais detidamente duas dimensões de confecção das redes de cuidado: a interpenetração de diferentes práticas e saberes terapêuticos e/ou religiosos que se associam aos usos distintivos do corpo e a uma diferente economia das emoções; e os contextos de sociabilidades, mobilizados por motivações religiosas que apontem para uma concepção de reconhecimento mútuo em processos de proteção e ajuda. Essas duas dimensões não pretendem reconhecer duas redes distintas, uma micro e outra macro, mas constituem pontos de observação diferentes, ou perspectivas, da rede de cuidados. A perspectiva metodológica se fundamenta num trabalho etnográfico como uma abordagem privilegiada para entender a complexidade da experiência cotidiana, incorporando aos preceitos clássicos as modificações necessárias para entender o mundo pós-moderno, onde os grupos se encontram dispersos e as identidades em processo. A pesquisa será realizada na zona sul da cidade de Juiz de Fora. A delimitação territorial proposta é uma opção metodológica, mas não se trata de pesquisar o espaço geográfico e sim um momento específico das redes que põem em funcionamento dimensões locais e globais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Integrante / Octavio Bonet - Coordenador / Rodrigo Morais Chaves - Integrante / Fatima Regina Gomes Tavares - Integrante / Marcelo Ayres Camurça Lima - Integrante / Francisco Luiz Pereira da Silva Neto - Integrante / Flavia Vidal Magalhães - Integrante / Michelle Gonçalves Rodrigues - Integrante / Josue Nogueira dos Santos - Integrante.
Financiador(es): Universidade Federal de Juiz de Fora - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2015 - Atual
Gestão Social nas Escolas
Descrição: O Projeto tem por objetivo sensibilizar jovens estudantes do Ensino Médio de escolas públicas estaduais do município de Juazeiro do Norte, estado do Ceará, de forma a estimulá-los a refletir sobre conceitos como autonomia, cooperação, protagonismo e empreendedorismo social, visando à criação de uma cooperativa juvenil baseada nos princípios da gestão social, ou seja, autogestão, horizontalidade das relações, identidade entre aqueles que pensam e aqueles que executam. No mês de março do ano de 2011 o Projeto Gestão Social nas Escolas iniciou suas atividades no ambiente escolar, a partir de então, o projeto pode ser dividido em três etapas principais: ? 1ª etapa (março a junho de 2011) ? Sensibilização dos atores envolvidos no projeto; ? 2ª etapa (agosto a outubro de 2011) ? Construção dos planos de ação dos jovens; ? 3ª etapa (novembro de 2011 a 2012) ? Processo de incubação do empreendimento juvenil. As atividades do projeto são realizadas semanalmente e acontecem no próprio espaço escolar e na Universidade Regional do Ceará, durante o período das aulas e também no contraturno. Teve-se por público-alvo jovens estudantes do Ensino Médio, com idade entre 14 e 19 anos, das escolas estaduais José Bezerra de Menezes, Antônio Conserva Feitosa e do Centro de Atenção Integral à Criança - CAIC, todos situados no município de Juazeiro do Norte-CE. Ter os jovens como público-alvo do PGSE é importante na medida em que ?a juventude pode ser entendida como o momento em que as noções formativas iniciadas na adolescência ganham características estruturais. [...]. Este é o momento ideal para propiciar ao jovem oportunidades de participação e associativismo.? (ESPÓSITO, 2010, p. 95)..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Coordenador / Waléria Maria Menezes de Morais Alencar - Integrante.
2012 - 2014
Gestão de Projetos Comunitários
Descrição: O curso "Gestão de Projetos Comunitários" desde 1990 é oferecido às comunidades da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, através da parceria entre o Programa de Estudos em Gestão Social (PEGS) da EBAPE/FGV e a Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro. O curso é dividido em três módulos - Elaboração, Administração e Avaliação de Projetos Comunitários -, um deles a cada semestre, e promove a interação entre professor, doutorandos, mestrandos e graduandos da EBAPE, com representantes das mais diversas comunidades da cidade do Rio de Janeiro. Esta ação foi fortalecida com o Projeto Transferência de Tecnologias em Gestão Social Edital FAPERJ 14/2010 em parceria com a Cáritas Arquidiocesana do RJ e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) que promoveu a construção de um laboratório de informática intitulado "Laboratório de Transferência de Tecnologias em Gestão Social" sediado na Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro, subsolo da Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro. O desenvolvimento deste projeto de extensão recebe o apoio da EBAPE/FGV..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Integrante / Fernando Tenório - Coordenador / Anderson Felisberto Dias - Integrante / Thaís Soares Kronemberger - Integrante / Gabriela Macedo Gregório - Integrante.
2012 - 2014
Curso de Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência
Descrição: O curso de Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência tem como objetivo preparar a comunidade da região metropolitana do Rio de Janeiro para atuar em Conselhos Municipais de Políticas Públicas por meio de um processo ensino-aprendizagem estruturado sob a perspectiva da relação teoria-prática, fundamentado na educação dialógica de Paulo Freire (respeito aos saberes existentes no grupo)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Integrante / Fernando Tenório - Coordenador / Anderson Felisberto Dias - Integrante / Thaís Soares Kronemberger - Integrante / Ana Clara Barros - Integrante.


Outros Projetos


2011 - 2012
Monitoria de
Descrição: Bolsa de Monitoria da disciplina "Introdução a Antropologia".
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Laís Villela Lavinas - Integrante / Elizabeth Pissolato - Coordenador.
Financiador(es): Universidade Federal de Juiz de Fora - Bolsa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.


Idiomas


Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CHUVA, MÁRCIA2016CHUVA, MÁRCIA ; LAVINAS, LAÍS VILLELA . O Programa de Cidades Históricas (PCH) no âmbito das políticas culturais dos anos 1970: cultura, planejamento e nacional desenvolvimentismo. Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, v. 24, p. 75-98, 2016.

2.
TENÓRIO, FERNANDO GUILHERME2014TENÓRIO, FERNANDO GUILHERME ; KRONEMBERGER, THAIS SOARES ; LAVINAS, LAÍS VILLELA . Gestão Social, Extensão e Teologia da Libertação: uma análise a partir de um projeto junto a comunidades. Revista de Ciências da Admistração, v. 16, p. 224-235, 2014.

Capítulos de livros publicados
1.
LAVINAS, L. V.; MAGNO, V. . Histórico dos Conselhos de Políticas Públicas. In: Fernando Guilherme Tenório e Thaís Soares Kronemberger. (Org.). Gestão Social e Conselhos Gestores. 1ed.Rio de Janeiro: FGV Editora, 2016, v. , p. 9-.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
LAVINAS, LAÍS VILLELA. Amor verdadeiro: você sabe o que é?. Revista Língua de Trapo, 06 fev. 2017.

2.
LAVINAS, L. V.. A Casa do Brincar: O cuidado e a preservação da intuição humana na Fundação Casa Grande - Memorial do Homem Kariri. Revista Língua de Trapo, Web, 27 jun. 2016.

3.
LAVINAS, L. V.. Criança e Natureza: Observações (d)e Natureza Lúdica. Astrolábio, 10 jun. 2016.

4.
LAVINAS, L. V.. A Casa do Brincar: O cuidado e a preservação da intuição humana na Fundação Casa Grande - Memorial do Homem Kariri. Astrolábio, 08 mar. 2016.

5.
LAVINAS, L. V.. Memória, Conservação e Uitilidade. Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery, Sessão de Administração, , v. 12, 23 out. 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TENORIO, F. ; KRONEMBERGER, T. S. ; LAVINAS, L. V. . Gestão Social, Extensão e Teologia da Libertação: uma análise a partir de um projeto junto a comunidades. In: XIII Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas, 2013, Buenos Aires. XIII Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas, 2013.

2.
LAVINAS, L. V.. Patrimônios culturais ou nacionais? A busca pela cultura brasileira em meados do regime militar.. In: I Seminário Fluminense de Pós-graduandos em História, 2012, Rio de Janeiro. Anais do I Semniário Fluminense de Pós-graduandos em História, 2012.

3.
LAVINAS, L. V.. Aloísio Magalhães e Ditadura: Desenvolvimento e Legitimação. In: XI Encontro Nacional de História Oral, 2012, Rio de Janeiro. Anais eletrônico do XI Encontro Nacional de História Oral, 2012.

Apresentações de Trabalho
1.
LAVINAS, L. V.; ABREU, F. E. L. ; TAVARES, S. . ENCONTRO ESTADUAL DE MULHERES DOS TERRITÓRIOS DO CEARÁ: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
CHUVA, M. ; LAVINAS, L. V. . O Programa das Cidades Históricas (PCH) no âmbito das políticas culturais dos anos 1970: cultura, planejamento e nacional desenvolvimentismo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
LAVINAS, L. V.. Noções de Cultura e os órgãos preservacionistas nos regimes autoritários brasileiros. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
LAVINAS, L. V.. Patrimônio, Intelectuais e Estado: preservação e legitimação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
LAVINAS, L. V.. Aloísio Magalhães e Ditadura: Desenvolvimento e Legitimação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
LAVINAS, L. V.. Patrimônios Culturais ou Nacionais? A busca pela cultura brasileira em meados do regime militar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
LAVINAS, L. V.; VISCONTI, G.E. . O cotidiano de um Arquivo Histórico. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
LAVINAS, L. V.; MARTINS, M. ; PINHO, J. . Plano de Desenvolvimento Territorial Sustentável do Território Centro-Sul e Vale do Salgado. 2016.

Trabalhos técnicos
1.
LAVINAS, L. V.. Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade. 2014.


Demais tipos de produção técnica
1.
LAVINAS, L. V.. POLÍTICA CULTURAL, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E JUVENTUDE. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
KRONEMBERGER, T. S. ; BARROS, A. C. ; LAVINAS, L. V. ; DIAS, A. F. ; TENORIO, F. . Curso Gestão Comunitária com Ênfase em Sustentabilidade Ambiental. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
LAVINAS, L. V.; KRONEMBERGER, T. S. ; TENORIO, F. . Curso de Formação Política e Cidadania. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
LAVINAS, L. V.. Curso Básico de Informática vinculado ao curso de Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
TENORIO, F. ; KRONEMBERGER, T. S. ; DIAS, A. F. ; LAVINAS, L. V. . Formação Política e Cidadania: os conselhos municipais como referência. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
TENORIO, F. ; DIAS, A. F. ; LAVINAS, L. V. . Curso Gestão Comunitária com Ênfase em Sustentabilidade Ambiental. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
LAVINAS, L. V.. Curso Básico de Informática vinculado ao Curso de Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
LAVINAS, L. V.; KRONEMBERGER, T. S. ; TENORIO, F. ; DIAS, A. F. ; GREGORIO, G. M. . Curso Gestão Comunitária com Ênfase em Sustentabilidade Ambiental. 2013. (Projeto de Extensão Universitária).

9.
TENORIO, F. ; LAVINAS, L. V. . Formação política e cidadania: os conselhos municipais como referência. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
TENORIO, F. ; BARROS, A. C. ; GREGORIO, G. M. ; LAVINAS, L. V. ; KRONEMBERGER, T. S. . Relatório Técnico Parcial Ano 2. 2012. (Relatório de pesquisa).

11.
TENORIO, F. ; KRONEMBERGER, T. S. ; DIAS, A. F. ; LAVINAS, L. V. ; GREGORIO, G. M. . Relatório Técnico Parcial Ano 3. 2012. (Relatório de pesquisa).

12.
BONET, O. ; Tavares, F. ; CHAVES, R.M. ; LAVINAS, L. V. . Territorialização e Redes na Sociedade Contemporânea: Religião e Cuidado no Espaço Público. 2009. (Relatório de pesquisa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Encontro Estadual de Mulheres do Território: Mulheres retomando a Agroecologia e cuidando da vida do Planetae. 2016. (Encontro).

2.
Mostra São João Cultural no Cariri e III Colóquio de Arqueologia. 2016. (Outra).

3.
XI Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial. 2016. (Outra).

4.
XIV Seminário de Gestão Social: Gestão Social e Desenvolvimento Territorial, Conceitos Indissociáveis.. 2016. (Seminário).

5.
Contra a impunidade e o esquecimento: justiça e arquivos. 2015. (Seminário).

6.
XIII Seminário de Gestão Social: Temas emergentes, vozes diferentes. 2015. (Seminário).

7.
Seminário Internacional de Politicas Culturais. 2014. (Seminário).

8.
Escola Regional MOST Brasil.Juventude, Participação e Desenvolvimento Social na América Latina. 2013. (Oficina).

9.
III Congresso Internacional do Conhecimento. Noções de Cultura e os órgãos preservacionistas nos regimes autoritários brasileiros. 2013. (Congresso).

10.
II Jornada de Ciências Sociais da UFJF.Patrimônio, Intelectuais e Estado: preservação e legitimação. 2013. (Outra).

11.
IV Encontro Mineiro de Pesquisadores em Gestão Social. 2013. (Encontro).

12.
Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).Trabalho voluntário no setor de Relações Institucionais. 2012. (Outra).

13.
I Seminário Fluminense de Pós-graduandos em História.Patrimônios Culturais ou Nacionais? A busca pela cultura brasileira em meados do regime militar. 2012. (Seminário).

14.
Palestra - Jorge Amado: uma aula de Brasil. 2012. (Outra).

15.
Seminário Internacional 90 anos do Museu Histórico Nacional em debate). 2012. (Seminário).

16.
XI Encontro Nacional de História Oral: Memória, Democracia e Justiça.Aloísio Magalhães e Ditadura: Desenvolvimento e Legitimação. 2012. (Encontro).

17.
XI Encontro Nacional de História Oral: Memória, Democracia e Justiça. 2012. (Encontro).

18.
Conservação Preventiva do Acervo fotográfico. 2011. (Oficina).

19.
III Seminário Memória: Patrimônio, oralidade e acervo. 2011. (Seminário).

20.
Olhar sobre o que é nosso. 2011. (Seminário).

21.
Palestra do Celso Amorim na OAB de Juiz de Fora. 2011. (Outra).

22.
VII Graduação em Campo.O cotidiano de um Arquivo Histórico. 2008. (Seminário).

23.
X Semana de Ciências Sociais. 2008. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LAVINAS, L. V.; VILLELA, L. E. ; ALENCAR, W. M. M. M. ; MARTINS, M. . XIV Seminário de Gestão Social: Gestão Social e Desenvolvimento Territorial, Conceitos Indissociáveis. 2016. (Outro).

2.
LAVINAS, L. V.; MARTINS, M. . XIII Seminário de Gestão Social: Temas emergentes, vozes diferentes. 2015. (Outro).

3.
LAVINAS, L. V.; MUNTEAL, O. ; RODRIGUES, N. ; DIAS, D. ; FERES, J. . I Seminário Brasil em Número 2013. 2013. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
LAVINAS, L. V.. Patrimônios Culturais ou Nacionais? A busca pela cultura brasileira em meados do regime militar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Cursos de curta duração ministrados
1.
TENORIO, F. ; LAVINAS, L. V. . Formação política e cidadania: os conselhos municipais como referência. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
LAVINAS, L. V.; KRONEMBERGER, T. S. ; TENORIO, F. . Curso de Formação Política e Cidadania. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
LAVINAS, L. V.. Curso Básico de Informática vinculado ao curso de Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
TENORIO, F. ; KRONEMBERGER, T. S. ; DIAS, A. F. ; LAVINAS, L. V. . Formação Política e Cidadania: os conselhos municipais como referência. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
TENORIO, F. ; DIAS, A. F. ; LAVINAS, L. V. . Curso Gestão Comunitária com Ênfase em Sustentabilidade Ambiental. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
KRONEMBERGER, T. S. ; BARROS, A. C. ; LAVINAS, L. V. ; DIAS, A. F. ; TENORIO, F. . Curso Gestão Comunitária com Ênfase em Sustentabilidade Ambiental. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
LAVINAS, L. V.. POLÍTICA CULTURAL, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E JUVENTUDE. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
LAVINAS, L. V.. Curso Básico de Informática vinculado ao Curso de Formação Política e Cidadania: os Conselhos Municipais como Referência. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/01/2019 às 12:41:23