Daniel Oppermann

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6823183082094183
  • Última atualização do currículo em 22/11/2018


Daniel Oppermann é doutor em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (UnB) com pós-doutorado pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ele estudou Ciência Política na Universidade Livre de Berlim, Alemanha (FUB). Tem experiência nas áreas de Ciência Política e Relações Internacionais com foco nas áreas de governança global, governança multissetorial, governança de internet, segurança cibernética e crime cibernético. Ele é membro do Steering Committee do Global Internet Governance Academic Network (Giganet), membro da diretoria da Associação Brasileira de Internet (Abranet), pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (NUPRI-USP) a atuou por 5 anos como pesquisador do Observatório Político Sul-Americano (OPSA, IESP-UERJ). Daniel Oppermann é membro do corpo docente do curso de inverno Diplomatura en Gobernanza de Internet da Universidade San Andres (UDESA, Buenos Aires) e em 2018 foi convidado para apresentar na primeira edição do curso Escola em Políticas Digitais da União Internacional de Telecomunicações (UIT) com a Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Daniel falou sobre governança da Internet e segurança cibernética em eventos no Brasil, Argentina, Alemanha e India. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Daniel Oppermann
Nome em citações bibliográficas
OPPERMANN, D.


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2012
Doutorado em Relações Internacionais.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Governança multisetorial e o processo de governança da internet: um estudo de caso sobre crime cibernético e filtragem na internet entre 1990 e 2010, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Prof. Dr. Estevão Chaves de Rezende Martins.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: crime cibernetico; DDoS; governanca da internet; governança multistakeholder; governanca global; Internet.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional.
2002 - 2003
Mestrado em Ciência Política.
Freie Universität Berlin, FUB, Alemanha.
Título: Minderheitenpolitik in Rumänien und ihr Einfluss auf die sozioökonomische Stellung der Roma,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: Prof. Dr. Wolf Dieter Narr.
Palavras-chave: conflitos étnicos; Europa Oriental; Roma; minorias; desenvolvimento socioeconômico.
Grande área: Ciências Humanas
1997 - 2002
Graduação em Ciência Política.
Freie Universität Berlin, FUB, Alemanha.
Título: Waffenexporte der Bundesrepublik Deutschland an die Türkei.
Orientador: Prof. Dr. Wolf Dieter Narr.


Pós-doutorado


2016 - 2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Governança da Internet.


Formação Complementar


2012 - 2012
Next Generation Leaders (NGL). (Carga horária: 120h).
Internet Society, IS, Estados Unidos.
2010 - 2011
Tutorial de Professores. (Carga horária: 45h).
Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
2010 - 2010
Summer School on Concepts, Methods and Techniques. (Carga horária: 60h).
International Political Science Association, IPSA, Canadá.
2009 - 2009
Internet Governance Capacity Building Programme. (Carga horária: 154h).
Diplo Foundation, DIPLO, Malta.
2009 - 2009
European Summer School on Internet Governance. (Carga horária: 48h).
UNIVERSITY OF AARHUS, UA-DINAMARCA, Dinamarca.
2004 - 2004
Support & Tutoring of Virtual Learning Communities. (Carga horária: 30h).
InWEnt gGmbH, INWENT, Alemanha.
1994 - 1994
Inglês intensivo. (Carga horária: 60h).
Oxford Academy, OXFORD, Inglaterra.


Atuação Profissional



Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2012
Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Doutorando
Outras informações
Estágio docente nas disciplinas:

Relações Internacionais Contemporâneas
Metodologia de Pesquisa


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Pesquisador do Núcleo de Pesquisas em Relações Internacionais (NUPRI-USP)


Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Doutorando (pesquisa e ensino), Carga horária: 40
Outras informações
Atividades de ensino:


Graduação (Relações Internacionais):
Geopolítica

Pós-Graduação (Economia Política International):
Seminário Projeto de Pesquisa (mestrado e doutorado)


Observatório Político Sul-Americano, OPSA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2013
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 10


Domain Robot Ltda, DOMAIN ROBOT, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Diretor Executivo (CEO), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Representante oficial de empresa alemã de Internet no Brasil


Global Internet Governance Academic Network, GIGANET, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Researcher, Enquadramento Funcional: Chair of Program Committee
Outras informações
The Global Internet Governance Academic Network (GigaNet) is an international network of Internet Governance researchers founded in 2006. Since its foundation the organization is holding its annual symposium together with the United Nations Internet Governance Forum (IGF). The Chair of Program Committee is responsible for the organization of the annual symposium and the coordination of the program committee which consists of 20 international researchers.


Associação Brasileira de Internet, ABRANET, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Coordenador GT, Enquadramento Funcional: Coordenador GT Governança da Internet
Outras informações
O Grupo de Trabalho sobre Governança da Internet da Associação Brasileira de Internet (Abranet) tem como objetivo a análise de temáticas diferentes no contexto da governança da internet internacional. O grupo está aberto para todos os membros da Abranet e busca criar uma ponte entre os setores diferentes da sociedade digital brasileira.


Berlin Institute for Comparative Social Research, BIVS, Alemanha.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Diplo Foundation, DIPLO, Malta.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 15


European Information Centre, EIZ, Alemanha.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: estagiario, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


InWEnt gGmbH, INWENT, Alemanha.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: estagiario, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.



Projetos de pesquisa


2011 - 2013
Internet Governance and Cyber Security in South America
Descrição: The global discourse on cyber security is to a certain degree a reflection of former conflict scenarios between traditional Western powers like North America and (Western) Europe pointing fingers at great powers in Asia and Eastern Europe while closing their eyes towards their own or their neighbor's questionable cyber activites. In the meantime South American government are largely ignoring the cyber problems within their own networks. Above average economic and Internet growth rates have made countries like Brazil vulnerable actors in global cybercrime activities which are also connected to cyber attacks in other countries. The focus of this research project is to investigate the South American and especially the Brazilian cyber security scenario and to develop recommendations for further regional public cyber security activities..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2009
Cybercrime Policy Research Project
Descrição: A group of researchers from several countries (Brazil, Egypt, Indonesia, Uganda and others) conducted research on global and regional developments of cybercrime. The results of the project were published in a wiki and presented at the UN Internet Governance Forum in Egypt in November 2009..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2003 - 2003
Minderheitenpolitik in Rumänien (Minority Politics in Romenia)
Descrição: Romenia has similar to its neighboring countries lived through several moments of shifting borders and migration movements over the 19th and 20th century. As a result the country's population has for a long time consisted of people from different kinds of regional and cultural origins, sometimes refered to in academic research as ethnic groups. Conservative estimations have shown that in the early 1990s at least 10% of the Romenian population belonged to so called minority groups. One of them is the Roma population which different than other groups like Hungarians or Germans were never supported by any other European government. Just as in other countries of the region the Roma have always suffered from worse living conditions and lack of access to basic public services. This research project is analysing the particular socio-economic situation of the Roma in Romenia in context of regional and national minority policies..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2002
RomPol - Roma and Political Participation in Germany, Italy, Spain and Hungary
Descrição: In cooperation with other European research institutes the Berlin Institute for Comparative Social Research investigated political participation of the Roma population in Germany, Italy, Spain and Hungary. During this process two international conferences were held in Berlin and Geneva to present and discuss the findings of the participating researchers..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2016 - 2016
Periódico: Em Debate


Revisor de periódico


2011 - 2011
Periódico: Journal of Information Technology and Politics
2010 - 2010
Periódico: Journal of Information Technology and Politics
2016 - 2016
Periódico: Revista Eletrônica de Ciência Política - recp
2017 - 2017
Periódico: CARTA INTERNACIONAL
2016 - 2016
Periódico: Em Debate


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Organizações Internacionais.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Integração Internacional, Conflito, Guerra e Paz.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2016
bolsa de pós-doutorado, CAPES.
2009
bolsa de estudos, European Summer School on Internet Governance.
2007
bolsa de doutorado, CAPES.
2002
bolsa de pesquisa, Berlin Institute for Comparative Social Research.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
OPPERMANN, D.2014 OPPERMANN, D.. Internet Governance and Cybersecurity in Brazil. International Security: A European-South American Dialogue, v. 11, p. 167-181, 2014.

2.
OPPERMANN, D.2014 OPPERMANN, D.. A ICANN, o modelo multissetorial e o programa de novos domínios genéricos. Fonte (Belo Horizonte), v. 11, p. 63-69, 2014.

3.
OPPERMANN, D.2014OPPERMANN, D.. Governança da Internet e Segurança Cibernética no Brasil. Monções: Revista de Relações Internacionais da UFGD, v. 2, p. 259, 2014.

4.
OPPERMANN, D.2013 OPPERMANN, D.. Lessons from the NSA: curing state surveillance with government control?. Boletim OPSA, v. 9, p. 28-36, 2013.

5.
OPPERMANN, D.2011OPPERMANN, D.. Entre hackers e botnets: a segurança cibernética no Brasil. Boletim OPSA, v. 7, p. 12-16, 2011.

6.
OPPERMANN, D.2010OPPERMANN, D.. A nova abordagem do Google na China. Um furo no grande firewall?. Mundorama, v. 2010, p. 1-3, 2010.

7.
OPPERMANN, D.2010OPPERMANN, D.. Non-state actors 2.0: WikiLeaks between hacker ethics and state authority. Mundorama, v. 2010, p. 1-7, 2010.

8.
OPPERMANN, D.2010OPPERMANN, D.. Virtual Attacks and the Problem of Responsibility: the Cases of China and Russia. Carta Internacional (USP), v. 5, p. 11-25, 2010.

9.
OPPERMANN, D.2009OPPERMANN, D.. Online.br: Current Challenges for Internet Governance and Digital Inclusion in Brazil. Observador on-line, v. 4, p. 1-19, 2009.

10.
OPPERMANN, D.2009OPPERMANN, D.. A reforma da ICANN sob ponto de vista do governo brasileiro. Boletim OPSA, v. 2009, p. 13-17, 2009.

11.
OPPERMANN, D.2009OPPERMANN, D.. A necessidade de investigar a segurança cibernética no Brasil. Boletim OPSA, v. 2009, p. 17-17, 2009.

12.
OPPERMANN, D.2006OPPERMANN, D.. Revoltierendes Brasilien. Blätter für deutsche und internationale Politik, v. 51, p. 795-797, 2006.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
OPPERMANN, D.. Zur Situation der Roma in Rumänien seit 1990 - Minderheitenpolitik in Rumänien und ihr Einfluss auf die sozioökonomische Stellung der Roma. 1. ed. München: Grin, 2004.

Capítulos de livros publicados
1.
OPPERMANN, D.. O cenário de cibersegurança depois de Snowden e consequências no Brasil. In: Observatório de Relações Exteriores (Universidade Autónoma de Lisboa); Instituto de Relações Internacionais (Universidade de Brasília); Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais (Luanda). (Org.). Conjuntura Internacional. O estado do estado. Metamorfoses da violência (1914-2014). 1ed.Lisboa: Observare, 2014, v. 16, p. 148-149.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
OPPERMANN, D.. Brasilianische Internetakteure schauen positiv in die Zukunft. Tópicos, Bonn, p. 18 - 19, 01 jan. 2016.

2.
OPPERMANN, D.. Ein Bit nach vorn, zwei Bit zurück. Brasiliens staatlicher E-Mail-Provider zwischen Datensicherheit und Wahlkampf. Tópicos, Bonn, p. 20 - 21, 01 dez. 2013.

3.
OPPERMANN, D.. Germany: the current debate on the Internet filter. (In)Secure Magazine, EUA, p. 127 - 130, 01 jun. 2009.

4.
OPPERMANN, D.. Am Rande des Netzes. IZ3W, Freiburg, p. 12 - 13, 01 jan. 2006.

Apresentações de Trabalho
1.
OPPERMANN, D.. Panorama dos desafios da cibersegurança. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
OPPERMANN, D.. Leadership and Digitalization. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
OPPERMANN, D.. Impeachment dot BR. Internet Governance in Brasilien im Kontext des Amtsenthebungsverfahrens 2016. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
OPPERMANN, D.. Introdução à Governança da Internet. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
OPPERMANN, D.. Capacity Building in Internet Governance. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
OPPERMANN, D.. O cenário global da governança da Internet. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
OPPERMANN, D.. A governança da internet - novos desafios na política internacional. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
OPPERMANN, D.. Discutindo a governança da internet - do Marco Civil à NetMundial. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
OPPERMANN, D.. Oportunidades de negócios com os novo gTLDs. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
OPPERMANN, D.. Virtual attacks and the problem of responsibility. The cases of China and Russia.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
OPPERMANN, D.. Cooperation and conflict in multistakeholder governance processes: The case of Internet governance with a focus on Internet filtering. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
OPPERMANN, D.. A Governança da Internet: Regulações Técnicas e Políticas. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
OPPERMANN, D.. Unsealing the slumbering: the new .br domain name liberation process 2017 (artigo).

2.
OPPERMANN, D.. ICANN Leadership in Transition 2016 (artigo).

3.
OPPERMANN, D.. Domestic Coalitions in the FTAA Negotiations: the Brazilian Case, 2016. (Tradução/Artigo).

4.
OPPERMANN, D.. ICANN inicia debates sobre transição de controle da IANA 2014 (artigo).

5.
OPPERMANN, D.. Comissão Europeia publica novo Projeto de Governança da Internet 2014 (artigo).

6.
OPPERMANN, D.. Access Controlled. The Shaping of Power, Rights and Rule in Cyberspace, em: Internationale Politik und Gesellschaft. Bonn: Dietz, 2011 (Resenha).

7.
OPPERMANN, D.. Cybercrime Policy Wiki 2009 (Wiki).

8.
OPPERMANN, D.. Registries und Registrars in Brasilien und Argentinien 2009 (Working Paper).

9.
OPPERMANN, D.. Cooperation and Conflict in Multistakeholder Governance Processes: The Case of Internet Governance with a Focus on Internet Filtering. Rio de Janeiro (RJ): Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), 2009 (artigo).

10.
OPPERMANN, D.. Cyberwar, Cyberterror, Cybercrime: A Guide to the Role of Standards in an Environment of Change and Danger, em: Internationale Politik und Gesellschaft. Bonn: Dietz, 2009 (Resenha).

11.
OPPERMANN, D.. Access Denied. The Practice and Policy of Global Internet Filtering. Bonn: Dietz, 2009 (Resenha).

12.
OPPERMANN, D.. The Globalization and Development Reader. Perspectives on Development and Global Change. Bonn: Dietz, 2008 (Resenha).

13.
OPPERMANN, D.. Sistema Internacional com Hegemonia das Democracias de Mercado. Desafios de Brasil e Argentina, em: Lateinamerika Analysen, German Institute of Global and Area Studies. Hamburg: GIGA Institute of Latin American Studies, 2008 (Resenha).

14.
OPPERMANN, D.. Hedley Bull: From Pluralism to Solidarism. München: Grin, 2007 (Working Paper).

15.
OPPERMANN, D.; Slomiany, S. . Gypsies in der Bundesrepublik Deutschland. Berlin: Edition Parabolis, 2002 (Revista).

16.
OPPERMANN, D.. Mobilisierung und politische Partizipation der Roma im mittelosteuropäischen Transformationsprozess - Die Beispiele Ungarn und Serbien. München: Grin, 2002 (Working Paper).

17.
OPPERMANN, D.. Die Realitaet der Anderen. Berlin: BDB e.V., 2001 (Revista).

18.
OPPERMANN, D.. Der Begriff des Rassismus von Robert Miles. München: Grin, 2001 (Working Paper).

19.
OPPERMANN, D.. Rechtsrock in Deutschland - Strukturen und Entwicklung einer rechten Musikszene. München: Grin, 2001 (Working Paper).

20.
OPPERMANN, D.. Die Black Panther Party - Welche Rolle spielte sie im Kontext der Emanzipation der Schwarzen in den USA?. München: Grin, 2001 (Working Paper).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
OPPERMANN, D.. Por trás da internet. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
OPPERMANN, D.. Governança da internet tem desafios globais. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
OPPERMANN, D.. Princípios de governança na rede: as contribuições do NET Mundial. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
OPPERMANN, D.. Os novos domínios de topo. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
OPPERMANN, D.. Câmara de Representantes dos Estados Unidos tenta impedir democratização da ICANN em 2015. 2014. (Blog).

2.
OPPERMANN, D.. ICANN inicia debates sobre transição de controle da IANA. 2014. (Blog).

3.
OPPERMANN, D.. NetMundial, Multissetorialismo e o Futuro da Internet. 2014. (Blog).

4.
OPPERMANN, D.. And Snowden?. 2014. (Blog).

5.
OPPERMANN, D.. O que o Stuxnet nos pode dizer sobre debates de segurança cibernética no Brasil. 2014. (Blog).

6.
OPPERMANN, D.. Does Dilma really understand the Internet?. 2014. (Blog).

7.
OPPERMANN, D.. Como criptografar seus e-mails?. 2014. (Blog).

8.
OPPERMANN, D.. Three reasons why the Pirate Party in Germany is loosing support shortly before the elections. 2013. (Blog).

9.
OPPERMANN, D.. Ups and Downs of the German Pirate Party. 2013. (Blog).

10.
OPPERMANN, D.. A descentralização da ICANN. 2013. (Blog).

11.
OPPERMANN, D.. A ICANN e os novos domínios de topo. 2013. (Blog).

12.
OPPERMANN, D.. Comunicação e Política. 2012; Tema: Comunicação e Política. (Blog).

13.
OPPERMANN, D.. Observatório Político Sul-Americano (OPSA). 2009; Tema: Página institucional do Observatório Político Sul-Americano, IESP-UERJ. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
OPPERMANN, D.. Cybersecurity: Perspectives on a Global Phenomenon. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
OPPERMANN, D.. The Institutionalization of Internet Governance. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
OPPERMANN, D.. Governança da Internet no Brasil e no Mundo. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
OPPERMANN, D.. Cybersecurity: concepts, approaches and perspectives. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
OPPERMANN, D.. Whose name is it? The ICANN New gTLD Program. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
OPPERMANN, D.. Por detrás da rede: estrutura e governança da internet. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
OPPERMANN, D.. Governança da Internet no Brasil e no Mundo. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

8.
OPPERMANN, D.. Program Committee Guidelines. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Guidelines).

9.
OPPERMANN, D.. Revistas Indexadas. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Guia).

10.
AGUERRE, C. ; ALBUQUERQUE, A. ; PAULA, C. ; MAGALHAES, E. ; SANTOS, M. A. ; FREIRE, F. ; KANG, M. ; DONEDA, D. C. M. ; FERNANDES, L. C. C. ; CARDOSO, C. A. ; MONT?ALVERNE, C. ; MITOZO, I. B. ; SIQUEIRA, G. C. C. B. ; OPPERMANN, D. . Em Debate: Internet e Política. 2016. (Editoração/Periódico).

11.
OPPERMANN, D.. A função da Internet no ambiente da Política Internacional. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Diplomatura en Gobernanza de Internet.Internet Governance and Cybersecurity. 2018. (Seminário).

2.
Escola de Política Digitais.Segurança Cibernética. 2018. (Seminário).

3.
Diplomatura en Gobernanza de Internet.Internet Governance and Cybersecurity. 2017. (Seminário).

4.
Café UNASUR. 2016. (Simpósio).

5.
Challenges and Opportunities: A condensed workshop on interdisciplinary collaboration in Internet Governance research.The Role of Academics in Internet Governance. 2016. (Simpósio).

6.
Digital BRICS Conclave New Delhi. Internet Governance Capacity Building in Brazil. 2016. (Congresso).

7.
United Nations Internet Governance Forum (IGF). 2016. (Congresso).

8.
XI GigaNet Annual Symposium.Emerging Economies and Crisis. 2016. (Simpósio).

9.
Jornada de Relações Internacionais Unip.O cenário global da governança da internet. 2015. (Simpósio).

10.
16º Encontro Locaweb de Profissionais de Internet. 2014. (Encontro).

11.
6º LACTLD Policy Workshop. 2014. (Seminário).

12.
A ABRANET no Futurecom 2014.Oportunidades de negócios com os novo gTLDs. 2014. (Simpósio).

13.
ABRANET: Desafios e Oportunidades para os Profissionais de Internet. 2014. (Feira).

14.
ABRINT: Encontro de Provedores de Acesso à Internet. 2014. (Encontro).

15.
Conexão KingHost: Empreendedores em Movimento. 2014. (Encontro).

16.
Discutindo a governança da internet - do Marco Civil à NetMundial.Discutindo a governança da internet - do Marco Civil à NetMundial. 2014. (Simpósio).

17.
Futurecom. 2014. (Feira).

18.
INET Regional Conference São Paulo. 2014. (Simpósio).

19.
IT Forum Expo / Blackhat Regional Summit. 2014. (Feira).

20.
LACNIC 21: Construyendo el futuro de Internet: seguridad, transparencia y participación. 2014. (Congresso).

21.
Multistakeholder Internet Governance. Models, Mechanisms and Issues (FGV RJ). 2014. (Seminário).

22.
NetMundial: Global Multistakeholder Meeting on the Future of Internet Governance. 2014. (Congresso).

23.
Seminário do Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes (GTER) e do Grupo de Trabalho em Segurança de Redes (GTS). 2014. (Seminário).

24.
V Seminário de Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais. 2014. (Seminário).

25.
W3C Web.br 2014. 2014. (Congresso).

26.
WorldHostingDays Brasil. 2014. (Feira).

27.
15º Encontro Locaweb de Profissionais de Internet. 2013. (Encontro).

28.
5º LACTLD Policy Workshop. 2013. (Seminário).

29.
Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação. 2013. (Simpósio).

30.
IT Forum Expo / Blackhat Regional Summit. 2013. (Feira).

31.
LACNIC 19: Technology and Governance for an Open and Secure Internet. 2013. (Congresso).

32.
WorldHostingDays Brasil. 2012. (Feira).

33.
1º Fórum da Internet no Brasil. 2011. (Congresso).

34.
20 Anos da Queda do Muro de Berlim. 2009. (Simpósio).

35.
A Crise Financeira Internacional. 2009. (Encontro).

36.
A Importância do Debate Sobre a Governança da Internet Face ao Desafio da Sociedade do Conhecimento. 2009. (Encontro).

37.
E.U.A. e a Guerra no Afeganistão. 2009. (Encontro).

38.
Estado - Sociedade - Política - 40 anos de desenvolvimento político e cooperação internacional do Brasil. 2009. (Simpósio).

39.
I Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. Virtual attacks and the problem of responsibility. The cases of China and Russia.. 2009. (Congresso).

40.
ISA - ABRI Joint International Meeting. Cooperation and Conflict in Multi-stakeholder Governance Processes: The Case of Internet Governance with a Focus on Internet Filtering. 2009. (Congresso).

41.
IV Conferência Nacional de Política Externa e Política Internacional ? CNPEPI - O Brasil no mundo que vem aí. 2009. (Simpósio).

42.
VI Conferência do Forte de Copacabana: Segurança Internacional. 2009. (Simpósio).

43.
Cone Sul, México e Estados Unidos: discutindo fronteiras e segurança nacional. 2008. (Simpósio).

44.
Crimes Cibernéticos e Investigações Digitais. 2008. (Seminário).

45.
Technical and Political Regulations of Internet Governance.Technical and Political Regulations of Internet Governance. 2008. (Encontro).

46.
50 Anos Construindo a União Européia. 2007. (Simpósio).

47.
Digital Inclusion: Accelerating Global Participation and Access through Open ICT Standards. 2007. (Simpósio).

48.
Global Internet Governance Academic Network Meeting. 2007. (Simpósio).

49.
Standards Edge Conference on Digital Inclusion. 2007. (Simpósio).

50.
United Nations Internet Governance Forum. 2007. (Congresso).

51.
VII Encontro Nacional de Estudos Estratégicos. 2007. (Congresso).

52.
Lateinamerika im Umbruch. Innen- und aussenpolitische Perspektiven.. 2006. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OPPERMANN, D.. XI GigaNet Annual Symposium. Internet Governance research a decade after WSIS: new directions and persisting challenges. 2016. (Congresso).

2.
OPPERMANN, D.. Seminários de Pesquisa. 2016. (Outro).

3.
OPPERMANN, D.. Investimentos chineses no setor energético no Brasil. 2016. (Outro).

4.
OPPERMANN, D.. Política Externa e o dilema da graduação. 2016. (Outro).

5.
OPPERMANN, D.. A trust framework for the data-driven economy. 2016. (Outro).

6.
OPPERMANN, D.. Geopolítica dos recursos naturais estratégicos sul-americanos. 2016. (Outro).

7.
OPPERMANN, D.. Sociedade, Política Externa e Política de Defesa. 2016. (Outro).

8.
OPPERMANN, D.. Os Estados Unidos e o tráfico transatlântico de escravos para as Américas. 2016. (Outro).

9.
OPPERMANN, D.. X Annual GigaNet Symposium. 2015. (Congresso).

10.
OPPERMANN, D.. Governança da Internet: uma análise atual de seus aspectos e importância (painel). 2015. (Congresso).

11.
OPPERMANN, D.. Seminário Governança da Internet: Desenvolvimento e Inovação. 2013. (Outro).

12.
OPPERMANN, D.. Antiziganismus in Deutschland. 2004. (Congresso).

13.
OPPERMANN, D.. Small and Medium Enterprises and Sustainable Development. 2004. (Congresso).

14.
OPPERMANN, D.. Roma and the State. 2002. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/01/2019 às 20:06:58