Daniel Augusto Arpelau Orta

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7880397720061846
  • Última atualização do currículo em 29/08/2013


Graduado em Bacharelado e Licenciatura em História pela Universidade Federal do Paraná (2007). Cursou o Mestrado em História na mesma instituição (2010). Possuí experiência na área de História Medieval Portuguesa (séculos XIV-XV), com ênfase no estudo de crônicas tardo-medievais e chancelaria régia, onde observou relações régio-nobiliárquicas com estabelecimento da nobreza em região de fronteira. Os estudos nesta área concentram-se atualmente em nível de doutoramento, cujos objetivos principais são correlacionar a escrita em suporte historiográfico, com prováveis finalidades ideológicas, e a existência de registros chancelares. Como produto deste estudo, está em curso a elaboração perfis através da metodologia prosopográfica, que serão interpretados no contexto das relações entre monarquia e nobreza, preferencialmente aqueles componentes da configuração da dinastia avisina. Utiliza-se como suporte dos registros coletados um banco de dados eletrônico, contendo as entradas arquivísticas dos documentos pesquisados, e cujo resultados permitem tanto a elaboração de gráficos estatísticos como perfis pessoais/institucionais. Toma-se como eixos teóricos os conceitos de Cultura e Poder, notadamente as estratégias políticas versadas pelo reconhecimento de signos culturais socialmente partilhados ou tidos como hegemônicos. Atuou também na área de Arqueologia brasileira, nas fases de preparação de material em laboratório, escavação de sítio, e organização de arquivo documental. Desenvolveu pesquisas junto ao Programa de Educação Tutorial (PET) sobre o estudo do imaginário político na historiografia do século XX, e do Cinema como instrumento didático no ensino de História. Possuí experiência em Ensino de História em nível fundamental. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Daniel Augusto Arpelau Orta
Nome em citações bibliográficas
ORTA, Daniel Augusto A.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Paraná, Núcleo de Estudos Mediterrânicos.
Rua General Carneiro, 460/ 7º andar - sala 715
Centro
80060-150 - Curitiba, PR - Brasil


Formação acadêmica/titulação


2010
Doutorado em andamento em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Novos ramos de velho tronco. Relações de poder na Península Ibérica e no norte de África a partir da escrita cronística e chancelar (Séc. XV),
Orientador: Fátima Regina Fernandes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Portugal; Nobreza Ibérica; Prosopografia; Século XV; Chancelaria.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
2009 - 2010
Mestrado em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Tamtas cousas notaveis pera escrever: relações de poder e perfis ideais na Crónica do Conde D. Pedro de Meneses de Gomes Eanes de Zurara (1385-1460),Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Fátima Regina Fernandes.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Cronistas tardo-medievais; Fernão Lopes; Gomes Eanes Zurara; Nobreza; Portugal; Prosopografia.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
2003 - 2007
Graduação em História.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Escrita, poder e glória: cronistas-tardo medievais portugueses e a nobreza no primeiro movimento expansionista no noroeste africano (c. 1385-1464).
Orientador: Fátima Regina Fernandes.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2006 - 2006
Extensão universitária em Inglês Intermediário. (Carga horária: 180h).
Cultural Norte Americano.
2006 - 2006
Extensão universitária em História da Educação e Ensino de História. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em O Brasil visto pelo cinema. (Carga horária: 36h).
Universidade do Vale do Rio dos Sinos.
2004 - 2006
Extensão universitária em Programa de Educação Tutorial (PET). (Carga horária: 1200h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2007
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Iniciação científica, Carga horária: 20

Atividades

01/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Estudos Mediterrânicos, .


Secretaria Estadual de Educação, SEED, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Contrato extraordinário, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 26

Atividades

07/2008 - 12/2008
Ensino,

Disciplinas ministradas
História


Linhas de pesquisa


1.
Historiografia, cultura e poder na Antiguidade e na Idade Média

Objetivo: O objetivo da presente linha é o de analisar a elaboração do conceito de História, incluindo seus objetivos básicos, bem como a forma de redigi-la a partir da leitura das fontes históricas e cronísticas da Antiguidade Clássica, da Antiguidade Tardia e da Idade Média.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político.
Palavras-chave: História; Crônicas; Historiografia; Relações de poder.
2.
Instituições, poderes e sociedade na medievalidade

Objetivo: Analisar junto às fontes manuscritas medievais (Chancelarias, crônicas, Atas de Cortes, Atas de Concílios e Sínodos, tratados políticos e filosóficos) o papel das instituições políticas e sociais, bem como os poderes delas emanados e seu impacto junto à sociedade medieval.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política.
Palavras-chave: História; Prosopografia; Crônicas; Instituições.


Projetos de pesquisa


2010 - Atual
Novos ramos de velho tronco. Relações de poder na Península Ibérica e no norte de África a partir da escrita cronística e chancelar (Séc. XV)
Descrição: Este projeto procura dar continuidade ao estudo das relações de poder travadas no noroeste africano por portugueses no século XV. Com a análise da documentação cronística, classificada como historiográfica, o estudo já realizado procurou compreender as motivações políticas para sua composição, uma vez que ela foi escrita com a diferença no relatado de quatro décadas, e trata-se de ambiente ultramarino. Assim, tais documentos foram entendidos como propagandas ideológicas do grupo aristocrático, e como expressão das relações de poder inseridas nas configurações sociais e hierárquicas. Do cruzamento com a coleção chancelar correspondente ao período descrito, observou-se preliminarmente baixa equivalência, sugerindo que a origem social das pessoas citadas nas crônicas não correspondia ao universo de grupos contemplados na chancelaria. Tendo como hipótese explicativa que este fato decorre da ascensão ou direcionamento de pessoas sem indícios chancelares, a execução deste projeto de pesquisa pretende cotejar todas as referências entre as crônicas e a chancelaria, e observar o destaque que tais feitos são atribuídos no contexto de redação das crônicas. Se a constatação de dessincronia se confirmar, as crônicas poderão ser entendidas como dispositivos alternativos de estabelecimentos de vínculos pretéritos pela ausência de outros documentos, notadamente no aspecto da estrutura de privilégios nobiliárquicos. Considera-se o momento de redação cronística sob questionamento relativo de tais benefícios estamentais, e busca-se compreender se tais disputas são respondidas pela tipologia historiográfica, altamente relevante e legitimadora para aquela sociedade. Seguem-se como ordenamento teórico as concepções de Cultura e Poder, entendidas como apropriadas para a interpretação da documentação, especialmente no que se refere à significação cultural de estratégias políticas.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2010
Tamtas cousas notaveis pera escrever: relações de poder e perfis ideais na Crónica do Conde D. Pedro de Meneses de Gomes Eanes de Zurara (1385-1460)
Descrição: Este projeto de pesquisa visa analisar a ação de nobres portugueses que migraram para o noroeste africano durante o século XV, ficando em constante conflito militar e ideológico com os muçulmanos que ali habitavam. O estudo procura inserir um debate sobre os móveis do expansionismo ultramarino português, através da correlação de fortalecimento da autonomia régia na península e do interesse de nobres ascenderem social e politicamente com a permanência em região de fronteira. Através de metodologia prosopográfica, busca-se sistematizar os personagens descritos nas crônicas de Gomes Eanes de Zurara e traçar perfis de conduta, na tentativa de identificar alianças e expectativas de comportamento, além do relacionamento com a casa régia. Desta forma, o projeto de pesquisa visa contemplar o aspecto personalista das relações políticas no período tardo-medieval, procurando analisar as ações nobiliárquicas imersas em argumentos ideológicos de defesa da fé cristã e da cavalaria.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2007
A produção cronística tardo-medieval portuguesa e o primeiro movimento no noroeste africano (c. 1385-1464)
Descrição: Este estudo procura continuar a pesquisa realizada junto ao Programa de Educação Tutorial (PET), agora financiada pelo CNPq. Com base nas conclusões levantadas naquele estudo, a pesquisa caminha na direção de perceber a adesão de um grupo de nobres na escolha de D. João I como novo monarca de Portugal em 1385, e como esta aliança se desenvolve nas relações com o reino de Castela e na tomada e permanência na praça marroquina de Ceuta. Para tal pesquisa, utiliza-se as crônicas de Fernão Lopes e Gomes Eanes de Zurara, entendendo-as como bens culturais que foram solicitadas num contexto posterior aos acontecimentos. Neste sentido, a pesquisa busca compreender a relação das intenções em compor os relatos em forma de crônicas com os interesses dos solicitantes para o seu conteúdo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2006
A História no Cinema: a problematização do passado pelo Cinema
Descrição: A atividade de pesquisa e de extensão desenvolvida pelo grupo PET-História teve como objetivo discutir as formas através das quais o cinema aborda o passado, bem como analisar a construção do discurso histórico através das imagens e da narrativa cinematográficas. Entendemos que a produção de sentidos e significados do passado e da memória histórica não é exclusividade da disciplina histórica, com seus métodos e arsenal conceitual, pois a literatura e o cinema constroem narrativas históricas e, como tais, interpretações do passado que não podem ser contrapostas como discursos ficcionais ao discurso científico da disciplina histórica. Interessa aos historiadores entender as diversas formas de construção do discurso histórico, e nesse sentido o Grupo PET discutiu como se dá tal construção no cinema, tendo em vista tratar-se de uma forma de produção cultural de massas e de grande inserção social durante o século XX. Entendemos que o cinema no século XX e ainda no século XXI, da mesma forma que a literatura no século XIX, desempenha um importante papel nos imaginários coletivos, mas também na produção de subjetividades. Entre os diversos gêneros do cinema destacamos o cinema histórico, que desde o início do século XX vem dando origem a filmes que tratam de eventos e personagens ditos históricos, criando um discurso sobre uma determinada época e/ou acontecimentos. Interessa-nos compreender a linguagem fílmica e seus aspectos técnicos, mas principalmente a relação entre esta linguagem e seus métodos de narrar uma história, bem como as escolhas referentes aos eventos narrados e o que poderíamos chamar de resultado daquele conjunto de imagens, ou seja, o discurso histórico sobre o passado, com seus desdobramentos ideológicos e políticos.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2005
A imagem do poder: a problematização do imaginário político na historiografia do século XX
Descrição: A idéia de que o exercício do poder pressupõe um consenso popular já estava presente na historiografia do século XVI, nas reflexões de homens como Maquiavel e La Boétie. Principalmente este último, cujo ensaio O Discurso da Servidão Voluntária, antecipa questões caras ao pensamento político posterior e também temas mais recentes como a desobediência civil ao apresentar como solução a simples retirada do consenso coletivo referente à aceitação voluntária da dominação. Tendo em vista a atualidade destas questões, o Grupo PET, no ano de 2005, teve como objetivo fazer um estudo preliminar da historiografia sobre o imaginário político, visando conhecer os pressupostos teóricos do conceito de poder como representação, como produção de uma comunidade de sentido, bem como a historiografia embasada por tais referenciais. A baliza temporal abrange historiadores medievalistas, passando pela modernidade e chegando até o Brasil Imperial e Republicano. Num primeiro momento estudamos, dentre outros, teóricos como Cornelius Castoriadis, Claude Lefort e Bronislaw Baczko, passando em seguida à análise da produção historiográfica de autores como Marc Bloch, Peter Burke, Caudine Haroche, José Murilo de Carvalho, Maria Helena Capelato, dentre outros.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2005
A expansão ultramarina portuguesa no noroeste africano: mapeamento bibliográfico e análise de fontes (c. 1415-1449)
Descrição: Esta pesquisa, vinculada ao Programa de Educação Tutorial (PET), baseou-se numa introdução ao tema das navegações portuguesas no noroeste e costa ocidental da África no século XV. Contou, primeiramente, com um levantamento bibliográfico sobre o recorte, que foi estabelecido entre a tomada da praça de Ceuta em 1415, e a redação da crônica que narra este feito em 1449, pelo português Gomes Eanes de Zurara. Com subsídios teóricos e contextuais, selecionou a referida crônica para estudo, atentando-se para a relação de poder entre a monarquia e alguns membros do grupo nobiliárquico.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2011 - Atual
DataClio: catálogo de documentos históricos através de Sistema de Informação
Descrição: Através da execução do projeto de pesquisa "Relações de poder na Península Ibérica e no norte de África a partir da escrita cronística e chancelar (Séc. XV)", este presente projeto contempla a elaboração de um banco de dados em suporte eletrônico, visando a catalogação de personagens localizados na documentação, notadamente a chancelar. O sistema consiste, basicamente, na inserção de dados históricos referenciados por códigos arquivísticos, que posteriormente podem ser atualizados ou excluídos, e permitem a visualização de trajetórias a partir de critérios definidos pelo pesquisador. Assim, este banco de dados procura integrar a área de Sistemas de Informação com a História, valendo-se da metodologia prosopográfica. Como produto, espera-se aprimorar os mecanismos de localização de informações, integração de dados com outros pesquisadores, e pesquisa de casos a partir de temáticas definidas por projetos futuros.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2008
1 lugar no curso de História, Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes - UFPR.
2005
2 lugar no 13 Evento de iniciação científica - 13 EVINCI, Universidade Federal do Paraná.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1ORTA, Daniel Augusto A.2012ORTA, Daniel Augusto A.. O Islã e a formação da Europa de 570 a 1215 (Resenha). História. Questões e Debates, v. 56, p. 223-227, 2012.

2.
3ORTA, Daniel Augusto A.2011ORTA, Daniel Augusto A.. Sociedade política e cultura ibérica nos séculos XV-XVII: a expansão em África, os contatos missionários e os arranjos na União Ibérica e Restauração. História e-História, v. 2011, p. 1-18, 2011.

3.
2ORTA, Daniel Augusto A.2011 ORTA, Daniel Augusto A.. Nõ soomemte tinha elle homrra pello padre, mas per sy mesmo. Genealogia política, serviço e escrita cronística em Portugal (1430-1460). História da Historiografia, v. 7, p. 225-244, 2011.

4.
4ORTA, Daniel Augusto A.2008ORTA, Daniel Augusto A.; SENKO, Elaine . Homens de pena sob a espada: dois casos no contexto ibérico e norte-africano (séculos XIV e XV). Revista Vernáculo, v. 21-22, p. 99-117, 2008.

5.
5ORTA, Daniel Augusto A.2007 ORTA, Daniel Augusto A.. Nos trilhos da cultura ferroviária: documentos de arquivo familiar no ensino de História. História & Ensino (UEL), v. 13, p. 71-90, 2007.

Capítulos de livros publicados
1.
ORTA, Daniel Augusto A.. Tomada de Ceuta: uma batalha em fim de época. In: Marcella Lopes Guimarães. (Org.). Por São Jorge ! Por São Tiago ! Batalhas e narrativas ibéricas medievais. 1ed.Curitiba: Editora UFPR, 2013, v. 1, p. 157-195.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ORTA, Daniel Augusto A.. Genealogia política como identidade nobiliárquica. O estudo da Crônica do Conde D. Duarte de Meneses (século XV). In: IX Semana de Estudos Medievais do Programa de Estudos Medievais da UFRJ, 2012, Rio de Janeiro. Atas da IX Semana de Estudos Medievais do Programa de Estudos Medievais da UFRJ. Rio de Janeiro: Programa de Estudos Medievais, 2012. p. 190-202.

2.
ORTA, Daniel Augusto A.. Assy como elles amtes faziã nas partes da Europa. A referência ibérica na cronística de Gomes Eanes de Zurara (Séc. XV). In: Septimas jornadas internacionales de Historia de España, 2011, Buenos Aires. Fundación (Buenos Aires). Buenos Aires: Fundación para la Historia de España, 2011. v. 10. p. 83-90.

3.
ORTA, Daniel Augusto A.. Para a glória dos nobres: relações de poder no noroeste africano e a produção cronística de Gomes Eanes de Zurara. In: VIII Encontro Internacional de Estudos Medievais (ABREM): As múltiplas expressões da Idade Média: Filosofia, Letras, Artes, História e Direito, 2011, Vitória. Anais do VIII Encontro Internacional de Estudos Medievais (ABREM). Cuiabá: EDUFMS, 2011. v. 1. p. 251-259.

4.
ORTA, Daniel Augusto A.. Ler a crônica, fazer o gráfico e ver as trajetórias. Comentários sobre a tabulação dos capítulos das crônicas de Gomes Eanes de Zurara (séc. XV). In: V Fórum de Pesquisa e Pós-Graduação e XVI Semana de História da UEM, 2010, Maringá. Caderno de Programação e Resumos. Maringá, 2010. p. 981-1009.

5.
ORTA, Daniel Augusto A.. Em terras nas quais se faziam açaz bõas cousas. Notas prosopográficas sobre o estabelecimento português no noroeste africano (séc. XV). In: IV Congresso Internacional de Historia, 2009, Maringá. V CONGRESSO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA. Maringá: Clichetec, 2009. p. 3497-3511.

6.
ORTA, Daniel Augusto A.. Que façamos hua cousa que se começee e acabe por nos mesmos. Hierarquia, poder e exemplo na Crónica de Zurara (Séc. XV). In: VIII Semana de Estudos Medievais do Programa de Estudos Medievais da UFRJ, 2009, Rio de Janeiro. Atas da VIII Semana de Estudos Medievais do Programa de Estudos Medievais da UFRJ. Rio de Janeiro: Programa de Estudos Medievais, 2009. p. 140-149.

7.
ORTA, Daniel Augusto A.. Privança no ultramar: relações entre nobres e a monarquia portuguesa na praça de Ceuta (c. 1415-1464). In: II Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2006, Assis. Anais do II Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais e VIII Ciclo de Estudos Antigos e Medievais. Assis, 2006. p. 1-9.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ORTA, Daniel Augusto A.. Nõ soomemte tinha elle homrra pello padre, mas per sy mesmo. Genealogia política, serviço e escrita cronística em Portugal (1430-1460). In: IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2011, Assis. Programação e Resumos, 2011. p. 50.

2.
ORTA, Daniel Augusto A.. Genealogia política como identidade nobiliárquica. O estudo da Crónica do Conde D. Duarte de Meneses. In: IX Semana de Estudos Medievais, 2011, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos, 2011. p. 20.

3.
ORTA, Daniel Augusto A.. Assy como elles amtes faziã nas partes da Europa. A referência ibérica na cronística de Gomes Eanes de Zurara (Séc. XV). In: VII Jornadas Internacionales de Historia de España, 2010, Buenos Aires. Prácticas socioculturales. Espacios económicos. Diversidad. Buenos Aires: Fundación para la Historia de España, 2010. p. 45-46.

4.
ORTA, Daniel Augusto A.. Cristãos e mouros em fronteira norte africana: notas sobre o estudo da violência plural. In: III Semana Acadêmica de História da UFPR, 2009, Curitiba. Caderno de Resumos. Curitiba: CAHIS, 2009. p. 10.

5.
ORTA, Daniel Augusto A.. Para a glória dos nobres: relações de poder no noroeste africano e a produção cronística de Gomes Eanes de Zurara. In: VIII Encontro Internacional de Estudos Medievais. As múltiplas expressões da Idade Média: Filosofia, Artes, Letras, História e Direito, 2009, Vitória. Caderno de Resumos. Vitória: Gráfica Universitária, 2009. p. 42.

6.
ORTA, Daniel Augusto A.. Que façamos hua cousa que se começee e acabe por nos mesmos. Hierarquia, poder e exemplo na Crónica de Zurara (Séc. XV). In: VIII Semana de Estudos Medievais, 2009, Rio de Janeiro. VIII Semana de Estudos Medievais. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: PEM, 2009. p. 22.

7.
ORTA, Daniel Augusto A.. Do pretérito perfeito ao presente mais-que-perfeito: escrita e poder nas crônicas de Gomes Eanes de Zurara (c. 1449-1464). In: III Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais e X Ciclo de Estudos Antigos e Medievais, 2008, Assis. Programação e resumos. Assis: Faculdade de Ciências e Letras de Assis - UNESP, 2008. p. 30.

8.
ORTA, Daniel Augusto A.; SENKO, Elaine . Homens de pena sob espada: dois casos no contexto Ibérico e norte-africano (Séc. XIV e XV). In: Fontes, Saberes e Tradições. I Semana de Estudos Antigos e Medievais do NEMED, 2008, Curitiba. Livros de Resumos. Curitiba, 2008. p. 8.

9.
ORTA, Daniel Augusto A.. Os usos da História no contexto cronístico português do século XV: o caso de Gomes Eanes de Zurara. In: II Semana Acadêmica de História, 2008, Curitiba. Livro de Resumos. Curitiba, 2008.

10.
ORTA, Daniel Augusto A.. Escrita, poder e glória: cronistas tardo-medievais portugueses e a nobreza no primeiro movimento expansionista no noroeste africano (c. 1385-1464). In: 15º Evento de Iniciação Científica - EVINCI, 2007, Curitiba. Livro de Resumos - 15º EVINCI. Curitiba: Editora da UFPR, 2007. p. 333.

11.
SANFELICE, Pérola ; ORTA, Daniel Augusto A. ; KOSLINSKI, Anna Paula ; BASTOS, Alexandre ; DAGOSTIM, Maristela ; STARCK, Daniele ; HESSMANN, Dayane ; SANTOS, Fernanda ; POHLMANN, Janira ; CUNHA, Rogério ; NOVELLO, Virginia ; ARAMIS, Sandro ; SANTANNA, Natália ; SOUZA, Daniele . A História no Cinema: a problematização do passado pelo cinema. In: 15º Evento de Iniciação Científica - EVINCI, 2007, Curitiba. Livro de Resumos - 15º EVINCI. Curitiba: Editora da UFPR, 2007. p. 381.

12.
ORTA, Daniel Augusto A.. Glória feita de crônicas: o relato dos nobres portugueses no noroeste africano (c. 1385-1464). In: II Jornada de História Antiga e Medieval da Uniandrade, 2007, Curitiba. Livro de Resumos, 2007.

13.
TREVISAN, Mariana ; ORTA, Daniel Augusto A. ; SANTANNA, Natália ; SEIXAS, Larissa ; MEIRA, Leandro ; ESTEVAO, Thiago ; CUNHA, Rogério ; ALEGRETTI, Cristina ; ANZE, Melissa ; DAGOSTIM, Maristela . A História no cinema: a problematização do passado pelo cinema. In: 14º Evento de Iniciação Científica - EVINCI, 2006, Curitiba. Livro de Resumos - 14º EVINCI. Curitiba: Editora UFPR, 2006. p. 330.

14.
ORTA, Daniel Augusto A.. Privança pelo ultramar: o estabelecimento português na praça de Ceuta (1415-1464). In: 14º Evento de Iniciação Científica - EVINCI, 2006, Curitiba. Livro de Resumos - 14º EVINCI. Curitiba: Editora UFPR, 2006. p. 329.

15.
SANTANNA, Natália ; ORTA, Daniel Augusto A. ; MARCHIORO, Márcio ; SEIXAS, Larissa ; ALEGRETTI, Cristina ; MEIRA, Leandro ; CUNHA, Rogério ; ESTEVAO, Thiago ; DAMAS, Naiara . A imagem do poder: a problematização do imaginário político na historiografia do século XX. In: 13º Evento de Iniciação Científica - EVINCI, 2005, Curitiba. Livro de Resumos - 13º EVINCI. Curitiba: Editora da UFPR, 2005. p. 319.

16.
ORTA, Daniel Augusto A.. Gomes Eanes Zurara: a imagem nobiliárquica na Crónica da tomada de Ceuta. In: 13º Evento de Iniciação Científica - EVINCI, 2005, Curitiba. Livro de Resumos - 13º EVINCI. Curitiba: Editora da UFPR. p. 316.

Apresentações de Trabalho
1.
ORTA, Daniel Augusto A.. Os ramos de um tronco nobre: a expansão norte-africana a partir do estudo prosopográfico (século XV). 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
ORTA, Daniel Augusto A.. Nõ soomemte tinha elle homrra pello padre, mas per sy mesmo. Genealogia política, serviço e escrita cronística em Portugal (1430-1460). 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
ORTA, Daniel Augusto A.. Genealogia política como identidade nobiliárquica. O estudo da Crónica do Conde D. Duarte de Meneses. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
ORTA, Daniel Augusto A.. Assy como elles amtes faziã nas partes da Europa. A referência ibérica na cronística de Gomes Eanes de Zurara (Séc. XV). 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
ORTA, Daniel Augusto A.. Ler a crônica, fazer o gráfico e ver as trajetórias. Comentários sobre a tabulação dos capítulos das crônicas de Gomes Eanes de Zurara (séc. XV). 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
ORTA, Daniel Augusto A.. Em terras nas quais se faziam açaz bõas cousas. Notas prosopográficas sobre o estabelecimento português no noroeste africano (séc. XV). 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
ORTA, Daniel Augusto A.. Cristãos e mouros em fronteira norte africana: notas sobre o estudo da violência plural. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
ORTA, Daniel Augusto A.. Para a glória dos nobres: relações de poder no noroeste africano e a produção cronística de Gomes Eanes de Zurara. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
ORTA, Daniel Augusto A.. Que façamos hua cousa que se começee e acabe por nos mesmos. Hierarquia, poder e exemplo na Crónica de Zurara (Séc. XV). 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
ORTA, Daniel Augusto A.. Do pretérito perfeito ao presente mais-que-perfeito: escrita e poder nas crônicas de Gomes Eanes de Zurara (c. 1449-1464). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
ORTA, Daniel Augusto A.; SENKO, Elaine . Homens de pena sob espada: dois casos no contexto Ibérico e norte-africano (Séc. XIV e XV). 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
ORTA, Daniel Augusto A.. Os usos da História no contexto cronístico português do século XV: o caso de Gomes Eanes de Zurara. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
ORTA, Daniel Augusto A.. Terra, poder e glória: a escrita cronística tardo-medieval portuguesa e o primeiro movimento ultramarino no noroeste africano (c. 1385-1449). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
ORTA, Daniel Augusto A.. Escrita, poder e glória: cronistas tardo-medievais portugueses e a nobreza no primeiro movimento expansionista no noroeste africano (c. 1385-1464). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
ORTA, Daniel Augusto A.. Glória feita de crônicas: o relato dos nobres portugueses no noroeste africano (c. 1385-1464). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
ORTA, Daniel Augusto A.. Privança no ultramar: relações entre nobres e a monarquia portuguesa na praça de Ceuta (c. 1415-1464). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
ORTA, Daniel Augusto A.. Privança pelo ultramar: o estabelecimento português na praça de Ceuta (1415-1464). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
ORTA, Daniel Augusto A.. Gomes Eanes Zurara: a imagem nobiliárquica na Crónica da tomada de Ceuta. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Demais tipos de produção técnica
1.
ORTA, Daniel Augusto A.. Frighetto, Renan. A Antiguidade Tardia. Roma e as monarquias romano-bárbaras numa época de transformações (séculos II-VIII). Curitiba: Juruá Editora, 2012. 226 p.. 2012. (Elaboração de mapas históricos).

2.
ORTA, Daniel Augusto A.. Sessão n.16, IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais. 2011. (Coordenação de Sessão de Comunicação).

3.
ORTA, Daniel Augusto A.; MARTINS, Ana Paula Vosne ; KOSLINSKI, Anna Paula ; BASTOS, Alexandre ; STARCK, Daniele ; SOUZA, Daniele ; HESSMANN, Dayane ; SANTOS, Fernanda ; POHLMANN, Janira ; MOREIRA, Luiz ; TREVISAN, Mariana ; SILVEIRA, Mariana ; DAGOSTIM, Maristela ; SANTANNA, Natália ; SANFELICE, Pérola ; CUNHA, Rogério ; ARAMIS, Sandro ; NOVELLO, Virginia . O cinema na sala de aula: uma abordagem didática. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Desenvolvimento de material didático).

4.
ORTA, Daniel Augusto A.. Entre a religião e a História. 2008. (Presidente de Mesa redonda).

5.
CHMYZ, Igor ; MEGGERS, Betty ; BLASI, Oldemar ; SCHMITZ, Pedro Ignacio ; KERN, Arno ; ANDREATTA, Margarida ; BELTRÃO, Maria ; MARANCA, Silvia ; DIAS, Ondemar ; PEROTA, Celso ; ALBUQUERQUE, Marcos ; POSSE, Zulmara Clara ; LIMA, Luiz Fernando ; PARELLADA, Cláudia ; CECCON, Roseli Santos ; ORTA, Daniel Augusto A. . Arqueologia. Anais do Seminário Trajetórias e Perspectivas da Arqueologia Brasileira. 2007. (Editoração/Periódico).

6.
ORTA, Daniel Augusto A.. Escrita, poder e glória: cronistas tardo-medievais portugueses e a nobreza no primeiro movimento expsnaionista no noroeste africano (c. 1385-1464). 2007. (Relatório de pesquisa).

7.
ORTA, Daniel Augusto A.. Política na Grécia antiga: teoria e prática. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Desenvolvimento de material didático).

8.
ORTA, Daniel Augusto A.. Privança no Ultramar: o estabelecimento português na praça de Ceuta (1415-1464). 2006. (Painel).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais.Nõ soomemte tinha elle homrra pello padre, mas per sy mesmo. Genealogia política, serviço e escrita cronística em Portugal (1430-1460). 2011. (Simpósio).

2.
II Colóquio do Grupo de Pesquisa "Literatura, cultura, linguagem: trânsitos": A experiência moderna entre centro e periferia. 2010. (Outra).

3.
Semana de Estudos do Medievo Oriental.Origens do monacato egípcio no século IV. 2010. (Oficina).

4.
V Fórum de Pesquisa e Pós-Graduação em História.Ler a crônica, fazer o gráfico e ver as trajetórias. Comentários sobre a tabulação dos capítulos das crônicas de Gomes Eanes de Zurara (séc. XV). 2010. (Simpósio).

5.
Diálogos Mediterrânicos 2009. 2009. (Encontro).

6.
III Simpósio Antigos e Modernos - UFPR: Todos os sexos: questões de gêneros.História Romana e Cinema: uma reflexão sobre gênero e sexualidade. 2009. (Oficina).

7.
IV Congresso Internacional de Historia. Em terras nas quais se faziam açaz bõas cousas. Notas prosopográficas sobre o estabelecimento português no noroeste africano (séc. XV). 2009. (Congresso).

8.
VIII Encontro Internacional de Estudos Medievais. As múltiplas expressões da Idade Média: Filosofia, Artes, Letras, História e Direito.Razão e Fé na Idade Média. Agostinho de Hipona, Anselmo de Aosta e Tomás de Aquino. 2009. (Oficina).

9.
A História no Cinema. 2008. (Outra).

10.
As dimensões educativa, comunicativa e social dos museus. Desvelando a História. 2008. (Seminário).

11.
Fontes, Saberes e Tradições. I Semana de Estudos Antigos e Medievais do NEMED.Homens de Pena sob Espada: dois casos no contexto Ibérico e Norte-Africano (Séc. XIV e XV). 2008. (Seminário).

12.
III Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais e X Ciclo de Estudos Antigos e Medievais. Do pretérito perfeito ao presente mais-que-perfeito: escrita e poder nas crônicas de Gomes Eanes de Zurara (c. 1449-1464). 2008. (Congresso).

13.
Jornada de Estudo "Transferências Culturais ao longo da História - conceituação e estudos de casos". 2008. (Seminário).

14.
Palestra Merovingian and Carolingian Gaul - Reseaches. 2008. (Outra).

15.
Seminário Internacional Indígenas, missionários e espanhóis: O Paraná no contexto da Bacia do Prata Séculos XVI e XVII. 2008. (Seminário).

16.
XIV Semana de História do Paraná. 2008. (Seminário).

17.
A História no Cinema. 2007. (Encontro).

18.
Cinema e Literatura. 2007. (Outra).

19.
Figurações do Outro na História. 2007. (Congresso).

20.
Futebol e Globalização: entre o local e o universal. 2007. (Simpósio).

21.
Hannah Arendt n A História: Da amizade, da felicidade, do amor. 2007. (Seminário).

22.
I Semana Acadêmica de História: A ditadura militar e a abertura dos arquivos.Debatedor do filme O que é isso companheiro?. 2007. (Outra).

23.
I Seminário Argentina-Brasil-Chile de História Antiga e Medieval 'Instituições, Poderes e Jurisdições'. 2007. (Seminário).

24.
Leituras da História. 2007. (Seminário).

25.
Para que serve um museu? Desvelando a História. 2007. (Seminário).

26.
XIII Semana de História do Paraná. 2007. (Seminário).

27.
Comemoração do Cinqüentenário do CEPA/UFPR. 2006. (Seminário).

28.
Congresso Internacional São Francisco e as Fontes Franciscanas. 2006. (Congresso).

29.
Facetas do Império na História. 2006. (Seminário).

30.
Feira de Cursos e Profissões.Colaborador do evento. 2006. (Outra).

31.
II Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais e VIII Ciclo de Estudos Antigos e Medievais. Privança no ultramar: relações entre nobres e a monarquia portuguesa na cidade de Ceuta (c. 1415-1449). 2006. (Congresso).

32.
II Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais e VIII Ciclo de Estudos Antigos e Medievais.A querela dos Universais: condições históricas e soluções. 2006. (Oficina).

33.
Oficina de História - PET e Colégio Estadual do Paraná.Rumo ao futuro: a transição do Medievo à Modernidade. 2006. (Oficina).

34.
X Encontro Regional da ANPUH-PR e XII Seminário de Pesquisa do DHI/UEM - O profissional da História.Privança pelo Ultramar: o estabelecimento português na praça de Ceuta (1415-1464). 2006. (Simpósio).

35.
XII Semana de História do Paraná. 2006. (Seminário).

36.
Atuação profissional do historiador. 2005. (Outra).

37.
Feira de Cursos e Profissões.Colaborador do evento. 2005. (Outra).

38.
VI Jornada Setecentista. 2005. (Congresso).

39.
XI Semana de História do Paraná. 2005. (Seminário).

40.
XXIII Simpósio Nacional de História ANPUH - História: Guerra e Paz. 2005. (Simpósio).

41.
X Semana de História do Paraná. 2004. (Seminário).

42.
V Jornada Setecentista. 2003. (Simpósio).

43.
V Jornada Setecentista.A família e suas estratégias na História de São Paulo, séculos XVIII e XIX. 2003. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ORTA, Daniel Augusto A.; POHLMANN, Janira ; SENKO, Elaine ; ROMANOWSKI, Paulo ; BASSI, Rafael ; PINTO, Otávio ; LOSSIO JUNIOR, Walter . Fontes, Saberes e Tradições. I Semana de Estudos Antigos e Medivais do NEMED. 2008. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 15:26:54