Aline Regina Alves Martins

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3346616463532660
  • Última atualização do currículo em 12/10/2018


Professora do bacharelado em Relações Internacionais da Universidade Federal de Goiás e do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política na mesma instituição. Doutora em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com doutorado sanduíche na Balsillie School of International Affairs (University of Waterloo). Foi editora-chefe da Sociedade e Cultura: revista de pesquisas e debates em Ciências Sociais (Qualis B1 CP/RI; Scopus; ISI). Coorganizadora do livro "Transformações no sistema monetário internacional" (L3-Qualis livros/CP-RI). Tem experiência na área de Economia Política Internacional, com ênfase nos estudos sobre o sistema monetário-financeiro internacional. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Aline Regina Alves Martins
Nome em citações bibliográficas
MARTINS, A. R. A.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Ciências Sociais.
AC Central
Setor Central
74001970 - Goiânia, GO - Brasil
Telefone: (62) 35211128


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Ciência Política.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
com período sanduíche em Balsillie School of International Affairs (Orientador: Eric Helleiner).
Título: Moeda, Estado e Poder: limites dos Direitos Especiais de Saque enquanto alternativa ao dólar como moeda-chave, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Prof. Dr.Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes.
Coorientador: Prof. Dr.Carlos Eduardo Ferreira de Carvalho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Economia Política Internacional; Sistema monetário internacional; Direitos Especiais de Saque; Reforma monetária.
2008 - 2010
Mestrado em Relações Internacionais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Dependência e Monopólio no Comércio Internacional de Sementes Transgênicas,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Prof. Dr. Reginaldo Carmello Côrrea de Moraes.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2004 - 2007
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Revolução Verde: Consequências e Paradoxos.
Orientador: Prof. Dr. Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universita Di Cagliari, U.C, Itália.


Formação Complementar


2016 - 2016
XV Open Journal System - Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas. (Carga horária: 34h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Magistério Superior, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora substituta, Carga horária: 40
Outras informações
Disciplinas ministradas (semestres 2013.2 e 2014.1): Introdução à Sociologia Teoria Política Contemporânea Política Internacional Relações Internacionais na América Latina Temas em Relações Internacionais II Teoria de Relações Internacionais I

Atividades

10/2013 - Atual
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Política Internacional
Teoria Política Contemporânea
Relações Internacionais da América Latina
Introdução à Sociologia
Temas contemporâneos em Relações Internacionais II

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF, IPEA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assistente de Pesquisa


Governo do Estado de São Paulo, GOVERNO/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Contrato, Carga horária: 13
Outras informações
Disciplina ministrada: Sociologia


Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo Científico, LABJOR/ UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Bolsista SAE/Unicamp, Carga horária: 15



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
POSSÍVEIS IMPLICAÇÕES DA INTERNACIONALIZAÇÃO DO IUANE PARA A HEGEMONIA DO DÓLAR NA ECONOMIA GLOBAL
Descrição: A crise financeira de 2008 exacerbou os problemas da ordem monetária- financeira consolidada com o fim do sistema de Bretton Woods em 1971. No entanto, os desafios de se superar os problemas existentes e de se engendrar uma nova forma de governança das relações monetárias batem de frente com o poder hegemônico dos Estados Unidos e de sua moeda. A China vem adotando políticas a fim de a médio e longo prazo transformar o iuane em uma moeda-reserva internacional. Com a internacionalização de sua moeda, este país não precisaria mais acumular moedas estrangeiras, além de poder imprimir moeda de acordo com suas necessidades, diminuindo sua dependência ao dólar americano .Embora seja a segunda maior economia do mundo, o maior país exportador e o segundo maior receptor de Investimento Direto Estrangeiro (IDE), sua moeda não reflete seu papel na economia internacional. O iuane está longe de exercer qualquer função relevante internacionalmente. Dessa maneira, esta pesquisa tem por objetivo analisar as iniciativas chinesas que buscam internacionalizar sua moeda. Pelo fato de o iuane estar longe de exercer qualquer função relevante internacionalmente, este país encontra limites consideráveis à sua inserção mais autônoma e soberana no regime monetário e financeiro internacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Aline Regina Alves Martins - Coordenador / Isaque Elias Portilho - Integrante / Ingrid Lucy Klein - Integrante / Ivan Corbelino Neto - Integrante.
2011 - Atual
MOEDA E ESTADO: A INCLUSÃO DO PODER SOBERANO NAS QUESTÕES MONETÁRIAS
Descrição: Esta pesquisa tem por objetivo geral analisar em que medida a moeda atua como instrumento na construção do poder externo de um país. Nesse sentido, cabe analisar o papel que o dólar ocupa na inserção global dos Estados Unidos desde o fim do sistema de Bretton Woods até a contemporaneidade. A teoria cartalista da moeda corresponde ao arcabouço teórico basilar deste estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Aline Regina Alves Martins - Coordenador / Isaque Elias Portilho - Integrante / José Henrique Cavalcante Silva - Integrante.


Projetos de extensão


2016 - Atual
Divulgação Científica nas Ciências Sociais
Descrição: No seu conceito mais elementar, o termo ?divulgação científica? se relaciona à divulgação da pesquisa científica (seja ciência produzida nas ciências naturais ou sociais) em uma linguagem acessível a não-especialistas. Busca-se, desta maneira, a criação de uma espécie de ponte entre o cientista e o cidadão comum. Contudo, com a divulgação da ciência, não se espera somente buscar um entendimento público de ciência, mas fomentar a consciência pública sobre ela. Dessa forma, pretende-se com a divulgação da ciência social por meio da revista Sociedade e Cultura não somente a divulgação dos mais diversos trabalhos relavantes criados nas áreas de ciências sociais, mas pretende-se principalmente contribuir para a formação do cidadão/leitor no sentido de que possa construir uma visão crítica de todo o processo envolvido na produção do conhecimento científico social. Logo, este projeto vincula-se com a cultura científica, a qual modifica os modos de se pensar a própria divulgação da ciência. O uso das redes sociais como outros instrumentais de divulgação do conteúdo da revista (para além do site e da versão impressa, já existentes) tem por foco a busca da de uma maior democratização da cultura científica, já que as próprias redes sociais são uma mídia com uma carga altamente democrática. Ademais, esses tipos de mídia permitem uma maior interação entre os próprios leitores e leitores e autores dada a possibilidade de criação de fóruns de discussão e outros tipos de interação instantânea. Esses espaços de comunicação permite, destarte, a divulgação científica de fácil acesso e barata para os mais variados grupos sociais. Dessa forma, torna-se evidente que não somente a revista Sociedade e Cultura, a FCS e a UFG ganharão mais visibilidade, como docentes e a comunidade em geral poderão ter acesso, por meio de diversas redes sociais, ao conhecimento produzido no âmbito das Ciências Sociais (nacionalmente internacionalmente)..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Aline Regina Alves Martins - Coordenador / Roberto Lima - Integrante / Eliane Gonçalves - Integrante.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Sociedade e Cultura (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Sociedade e Cultura (Online)


Revisor de periódico


2014 - Atual
Periódico: Revista de Iniciação Científica em Relações Internacionais


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Internacional.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
1MARTINS, A. R. A.2017 MARTINS, A. R. A.. The special drawing right: a formal critic to the dollar dominance in the international monetary system. REVISTA DE ECONOMIA POLÍTICA (IMPRESSO), v. 37, p. 401-416, 2017.

2.
2HEDLUND, A.2017HEDLUND, A. ; MARTINS, A. R. A. . Germany and Greece in the Eurozone Crisis from the Viewpoint of the Neo-Neo Debate. BRAZILIAN POLITICAL SCIENCE REVIEW, v. 11, p. 1-31, 2017.

3.
3MARTINS, A. R. A.2016MARTINS, A. R. A.. A moeda como um instrumento da supremacia americana: o caso do Quantitative Easing. MONÇÕES: REVISTA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA UFGD, v. 05, p. 191-211, 2016.

4.
4MARTINS, A. R. A.2015MARTINS, A. R. A.. A hegemonia do dólar no sistema monetário e os desafios do renminbi em se tornar uma moeda internacional. Revista de Iniciação Científica em Relações Internacionais, v. 3, p. 1-32, 2015.

5.
6MARTINS, A. R. A.2011MARTINS, A. R. A.; LEAO, R. P. F. . Os Desafios da Inserção Externa Vietnamita: o papel decisivo do investimento direto estrangeiro. Boletim de Economia e Política Internacional, v. 6, p. 29-38, 2011.

6.
5VIGEVANI, T.2011VIGEVANI, T. ; MARTINS, A. R. A. ; MIKLOS, M. ; RODRIGUES, P. . A contribuição marxista para o estudo das relações internacionais. Lua Nova. Revista de Cultura e Política, p. 111-143, 2011.

7.
7MARTINS, A. R. A.2006MARTINS, A. R. A.. Análise simplista do turismo sexual deve ser revista. ComCiência (UNICAMP), v. 23 fev, p. 1, 2006.

8.
8MARTINS, A. R. A.2006MARTINS, A. R. A.. Casais temem adotar crianças mais velhas. ComCiência (UNICAMP), v. 7março, p. 1, 2006.

9.
12MARTINS, A. R. A.2005MARTINS, A. R. A.. Vitória do Brasil na OMC abre as portas para novas denúncias. ComCiência (UNICAMP), v. 9março, p. 1, 2005.

10.
11MARTINS, A. R. A.2005MARTINS, A. R. A.. Proposta dos EUA de fiscalização da democracia é negada pela América Latina. ComCiência (UNICAMP), v. 17 jun, p. 1, 2005.

11.
10MARTINS, A. R. A.2005MARTINS, A. R. A.. Combate da tuberculose requer desenvolvimento de novos fármacos. ComCiência (UNICAMP), v. 29 jul, p. 1, 2005.

12.
9MARTINS, A. R. A.2005MARTINS, A. R. A.. Acordos comerciais venezuelanos preocupam EUA. ComCiência (UNICAMP), v. 12 dez, p. 1, 2005.

13.
13MARTINS, A. R. A.2004MARTINS, A. R. A.. Portos Brasileiros receberão investimentos de R$ 270 milhões até 2006. ComCiência (UNICAMP), v. 22 out, p. 1, 2004.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CINTRA, M. A. M. (Org.) ; MARTINS, A. R. A. (Org.) . Transformações no Sistema Monetário Internacional. 1. ed. Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA, 2013. v. 1. 390p .

Capítulos de livros publicados
1.
MARTINS, A. R. A.. A INTERNACIONALIZAÇÃO DO RENMINBI E A ASCENSÃO DO PODER MONETÁRIO CHINÊS. In: Javier Vadell. (Org.). A expansão econômica e geopolítica da China no século XXI: diferentes dimensões de um mesmo processo. 1ed.Belo Horizonte: Editora PUC Minas, 2018, v. 1, p. 1-288.

2.
CINTRA, M. A. M. ; MARTINS, A. R. A. . O papel do dólar e do renminbi no sistema monetário internacional. In: CINTRA,M.A.M; MARTINS,A.R.A.. (Org.). As transformações no sistema monetário internacional. 1ed.Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 2013, v. 1, p. 211-322.

3.
MARTINS, A. R. A.. A democracia na zona do euro em tempos de crise. In: CINTRA,M.A.M; MARTINS,A.R.A.. (Org.). As transformações no sistema monetário internacional. 1ed.Brasília: Ipea, 2013, v. 1, p. 101-126.

4.
NOZAKI, W. V. ; LEAO, R. P. F. ; MARTINS, A. R. A. . A ascensão chinesa e a nova geopolítica e geoeconomia das relações sino-russas. In: Rodrigo Pimentel Ferreira Leão; Eduardo Costa Pinto; Luciana Acioly. (Org.). A China na Nova Configuração Global: impactos políticos e econômicos.. Brasília: Ipea, 2011, v. , p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MARTINS, A. R. A.. Grécia e a democracia. O Popular, 06 jul. 2015.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MARTINS, A. R. A.. A origem estatal da moeda: o poder político nas relações monetárias internacionais. In: Associação Brasileira de Relações Internacionais, 2015, Belo Horizonte. Anais Eletrônicos do 5º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais, 2015.

2.
MARTINS, A. R. A.. MOEDA E ESTADO: A INCLUSÃO DO PODER SOBERANO NAS QUESTÕES MONETÁRIAS. In: IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2014, Brasília. Anais Eletrônicos do IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2014.

3.
MARTINS, A. R. A.. Monopolização do conhecimento no mundo globalizado: o caso da tecnologia transgênica. In: III Simpósio de Pós-Graduação em Relações Internacionais do Programa San Tiago Dantas: Unesp/ Unicamp/ Puc-SP, 2011, São Paulo. III Simpósio de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2011.

4.
VIGEVANI, T. ; MARTINS, A. R. A. ; MIKLOS, M. ; RODRIGUES, P. . A contribuição marxista para o estudo das Relações Internacionais. In: Associação Brasileira de Ciência Política (7º encontro), 2010, Recife. Trabalhos selecionados 7º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2010.

5.
MARTINS, A. R. A.. Conhecimento e Agricultura: Perspectivas para Análise dos Transgênicos na Economia Global. In: 21st World Congress of Political Science, 2009, Santiago. Online Paper Room, 2009.

6.
MARTINS, A. R. A.. O papel estratégico do conhecimento no mundo globalizado. In: II Simpósio de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2009, São Paulo. Anais do II Simpósio de Pós-Graduação em Relações Internacionais do Programa ?San Tiago Dantas? (UNESP, UNICAMP e PUC/SP), 2009.

7.
MARTINS, A. R. A.. Possibilities and limits of GMO in ensuring food security and food sovereignty. In: 4th Annual Conference of the GARNET Network of Excellence (Global Governance, Regionalisation and Regulation: The Role of the EU), organised in cooperation with the Food and Agriculture Organisation (FAO), the International Fund for Agricultural Developme, 2009, Roma. 4th Annual Conference of the GARNET Network of Excellence (Global Governance, Regionalisation and Regulation: The Role of the EU), 2009.

8.
MARTINS, A. R. A.. Transgenia: conhecimento estratégico numa globalização desigual. In: III Seminário Internacional Organizações e Sociedade: Inovações e Transformações Contemporâneas, 2008, Porto Alegre. III Seminário Internacional Organizações e Sociedade: Inovações e Transformações Contemporâneas, 2008.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MARTINS, A. R. A.. Renminbi internationalization and the rise of Chinese monetary  power. In: International Studies Association -ISA, 2017, Baltimore. ISA 2017 Program, 2017.

2.
MARTINS, A. R. A.. Currency and State: a debate about the poliƟcal and social nature of  money. In: International Studies Association, 2016, Atlanta. ISA 2016 Program, 2016.

Apresentações de Trabalho
1.
MARTINS, A. R. A.. Currency and State: a debate about the political and social nature of money. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
MARTINS, A. R. A.. Internacionalização do renminbi: a ascensão do poderio chinês nas relações monetárias internacionais. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MARTINS, A. R. A.. Evolução da Internacionalização do renminbi. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
MARTINS, A. R. A.. A origem estatal da moeda: o poder político nas relações monetárias internacionais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
MARTINS, A. R. A.. MOEDA E ESTADO: A INCLUSÃO DO PODER SOBERANO NAS QUESTÕES MONETÁRIAS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
MARTINS, A. R. A.. Democracia na zona do euro em tempos de crise: uma interpretação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
MARTINS, A. R. A.. La contribuición del Neo-Institucionalismo para el análisis del FMI luego de la crisis económica de 2008. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
MARTINS, A. R. A.. Agricultura e Globalização: O Papel dos Transgênicos na Garantia da Soberania Alimentar das Nações. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
MARTINS, A. R. A.. Revolução Verde: Conseqüências e Paradoxos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
MARTINS, A. R. A.; GONCALVES, E. ; LIMA, R. . Editorial do v. 19, n.1 da Revista Sociedade e Cultura 2017 (Editorial).

2.
MARTINS, A. R. A.; GONCALVES, E. ; LIMA, R. . Editorial do v. 18, n.2. da Revista Sociedade e Cultura 2015 (Editorial).

3.
MARTINS, A. R. A.; GONCALVES, E. ; LIMA, R. . Editorial do v. 18, n.1 da Revista Sociedade e Cultura 2015 (Editorial).

4.
MARTINS, A. R. A.. Editorial do v. 17 n.2. da Revista Sociedade e Cultura 2014 (Editorial).

5.
MARTINS, A. R. A.. O destino do dólar 2013 (Resenha).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MARTINS, A. R. A.. Referendo grego sobre a crise da dívida. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
MARTINS, A. R. A.; TOSTA, T. ; LIMA, R. . Produção editorial da edição do v. 20, n.2 da Revista Sociedade e Cultura. Publicado em 2015 (ISSN: 1980-8194). 2018. (Editoração/Periódico).

2.
MARTINS, A. R. A.; GONCALVES, E. ; LIMA, R. . Produção editorial da edição do v. 19, n.2 da Revista Sociedade e Cultura. Publicado em 2015 (ISSN: 1980-8194). 2017. (Editoração/Periódico).

3.
MARTINS, A. R. A.; GONCALVES, E. ; TOSTA, T. ; LIMA, R. . Produção editorial da edição do v. 20, n.1 da Revista Sociedade e Cultura. Publicado em 2015 (ISSN: 1980-8194). 2017. (Editoração/Periódico).

4.
MARTINS, A. R. A.; GONCALVES, E. ; LIMA, R. . Produção editorial da edição do v. 19, n.1 da Revista Sociedade e Cultura. Publicado em 2015 (ISSN: 1980-8194). 2017. (Editoração/Periódico).

5.
MARTINS, A. R. A.; GONCALVES, E. ; LIMA, R. . Produção editorial da edição do v. 18, n.1 da Revista Sociedade e Cultura. Publicado em 2015 (ISSN: 1980-8194). 2015. (Editoração/Periódico).

6.
MARTINS, A. R. A.; GONCALVES, E. ; LIMA, R. . Produção editorial da edição do v. 18, n.2 da Revista Sociedade e Cultura. Publicado em 2015 (ISSN: 1980-8194). 2015. (Editoração/Periódico).

7.
MARTINS, A. R. A.. O sistema de Bretton Woods. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
MARTINS, A. R. A.; LIMA, R. ; GONCALVES, E. ; TAVARES, F. . Produção editorial da edição do v. 17, n.2 da Revista Sociedade e Cultura. Publicado em 2015 (ISSN: 1980-8194). 2014. (Editoração/Periódico).

9.
MARTINS, A. R. A.. Dependência e Monopólio no Comércio Internacional de Sementes Transgênicas. 2010. (Relatório de pesquisa).

10.
Ipea ; ACIOLY, L. ; CINTRA, M. A. M. ; Cardoso Jr, L.C. P. ; MARTINS, A. R. A. ; LEAO, R. P. F. ; SOARES, D. M. . Inserção Internacional Brasileira: temas de política externa e temas de economia internacional. 2010. (Equipe técnica (pareceres e organização)).

11.
MARTINS, A. R. A.. Revolução Verde: consequências e paradoxos. 2007. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MARTINS, A. R. A.; MENEZES, R. G.; DURAES, T. F. N.. Participação em banca de Ingrid Lucy Klein. REFLEXOS DA CRESCENTE INTERNACIONALIZAÇÃO DO RENMINBI NO BRASIL: UM DIAGNÓSTICO SOBRE O PODER NAS RELAÇÕES MONETÁRIAS SINO-BRASILEIRAS. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Goiás.

2.
MARTINS, A. R. A.; SARTORE, M.S.; LEICHT, J. H.; TAVARES, F.. Participação em banca de Guilherme Neves Piedade Louzada. Por trás das compras sustentáveis do governo federal: uma análise dos atores envolvidos no processo de transformação das aquisições federais. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Goiás.

3.
BOTELHO, J.C.A.; MARTINS, A. R. A.; PIETRAFESA, P. A.. Participação em banca de André Luiz Oliveira Guimarães Pitaluga. O processo decisório da anexação do Acre sob a Ótica de uma análise de política externa. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Mestrado
1.
COELHO, J. C.; MARTINS, A. R. A.; ARIENTI, P. F. F.. Participação em banca de Tom C. dos Santos. A HIERARQUIA MONETÁRIA INTERNACIONAL: a ascensão do Renminbi e a resiliência do dólar num regime monetário internacional ?financeirizado?. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
RORIZ, J. H. R.; FERNANDES, E. M. F.; MARTINS, A. R. A.. Participação em banca de Eveline Marchese Alves Martins. A OBJETIVAÇÃO DOS REFUGIADOS NA GOVERNAMENTALIDADE GLOBAL DA MOBILIDADE: UMA ANÁLISE DOS HAITIANOS EM GOIÂNIA. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Goiás.

3.
MARTINS, A. R. A.; DURAES, T. F. N.; LOPES, T. C.. Participação em banca de Ingrid Lucy Klein. Reflexos da crescente internacionalização do renminnbi no Brasil: um diagnóstico sobre o poder das relações monetárias sino-brasileiras. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Goiás.

4.
SARTORE, M.S.; MARTINS, A. R. A.; LEICHT, J. H.. Participação em banca de Guilherme Neves Piedade Louzada. COMPRAS SUSTENTÁVEIS DO GOVERNO FEDERAL NO CONTEXTO DE UMA TRANSIÇÃO A ECONOMIA VERDE: INDÍCIOS DE UMA MUDANÇA CULTURAL NOS PADRÕES DE CONSUMO?. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Federal de Goiás.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
LUCENA, A. F.; MARTINS, A. R. A.; CARVALHO, C. R. R.. Participação em banca de Victor Souza Martins e Verdú.Comércio e competitividade do Brasil nos BRICS: uma análise comparativa de 2016 a 2015. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal de Goiás.

2.
PATTI, C.; MARTINS, A. R. A.; PFRIMER, M. H.. Participação em banca de Wilton Dias Barbosa.Hidrodiplomacia: diplomacia brasileira e recursos hídricos compartilhados. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás.

3.
MARTINS, A. R. A.; RORIZ, J. H. R.; PATTI, C.. Participação em banca de Isaque Elias Portilho.O projeto chinês de internacionalização do renminbi e seu impacto no sistema monetário internacional de 2000 a 2015. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás.

4.
LUCENA, A. F.; MARTINS, A. R. A.; LOPES, T. C.. Participação em banca de Samuel Rufino.A participação dos países em desenvolvimento e menosesenvolvidos no Órgão de Solução de Controvérsias da Organização Mundial do Comércio. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás.

5.
PATTI, C.; PINTO, J. A. C.; MARTINS, A. R. A.. Participação em banca de Marina Alves Mahfuz.A condução da política externa portuguesa na assinatura dos tratados desiguais com a Grã-Bretanha em 1810. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás.

6.
LEITE, A. C. C.; MARTINS, A. R. A.; LOPES, G.. Participação em banca de Nayanna Sabia de Moura.Ciclo do regionalismo pós-neoliberal da Unasul: uma análise sobre o bloqueio do espaço aéreo europeu ao avião presidencial de Evo Morales em julho de 2013. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
MARTINS, A. R. A.; HIRANO, L. F. K.; SANTOS, C. P.. Processo seletivo professor substituto. 2015. Universidade Federal de Goiás.

2.
MARTINS, A. R. A.; PFRIMER, M. H.; MAGALHAES, D. T. D.. Processo seletivo professor substituto. 2015. Universidade Federal de Goiás.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DISCIPLINA ECONOMIA POLÍTICA INTERNACIONAL DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA UNIVERSIDADE DE BRASILIA.A Hegemonia do dólar e a internacionalização do renminbi. 2016. (Outra).

2.
Aula inaugural segundo 2ºsemestre de 2016 na PUC-GO.Crises e mudanças nas relações monetárias internacionais contemporâneas. 2015. (Outra).

3.
II Workshop de Editores Científicos. 2015. (Seminário).

4.
XXIII Curso de Editoração Científica da Associação Brasileira de Editores Científicos. 2015. (Congresso).

5.
A crise de 2008 e o papel do dólar no sistema monetário internacional.A crise de 2008 e o papel do dólar no sistema monetário internacional. 2014. (Outra).

6.
A crise de 2008 e suas alternativas de regulação.A crise de 2008 e suas alternativas de regulação. 2014. (Outra).

7.
Ucrâniax Rússia, e os BRICS.Ucrâniax Rússia, e os BRICS. 2014. (Outra).

8.
Associação Brasileira de Ciência Política. 2008. (Encontro).

9.
Dia Mundial da Alimentação: Centenário de Josué de Castro. 2008. (Outra).

10.
Teorias e Conceitos de Relações Internacionais: Perspectivas Nacionais e Regionais. 2008. (Seminário).

11.
Congresso Latino-americano de Ciência Política (ALACIP). 2006. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MENEZES, R. G. ; MARTINS, A. R. A. . O atlantismo tropical e o pós-Segunda Guerral: uma estratégia transnacional para um sistema internacional. 2016. (Outro).

2.
MARTINS, A. R. A.. América do Sul sob a ótica dos Estudos de Paz. 2015. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Isaque Elias Portilho. O PROJETO CHINÊS DE INTERNACIONALIZAÇÃO DO IUANE E SEU POSSÍVEL IMPACTO NO SISTEMA MONETÁRIO INTERNACIONAL A PARTIR DOS ANOS 2000. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Laura Quaresma Barbosa. Divulgação científica nas ciências sociais. Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. Universidade Federal de Goiás - Pró Reitoria de Extensão e Cultura. (Orientador).

2.
Laiz Diniz. Divulgação científica nas ciências sociais. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. Universidade Federal de Goiás - Pró Reitoria de Extensão e Cultura. (Orientador).

3.
Aline Corrêa Schwaderer. Divulgação científica. Início: 2016. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Goiás. Universidade Federal de Goiás - Pró Reitoria de Extensão e Cultura. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Ingrid Lucy Klein. REFLEXOS DA CRESCENTE INTERNACIONALIZAÇÃO DO RENMINBI NO BRASIL: UM DIAGNÓSTICO SOBRE O PODER NDAS RELAÇÕES MONETÁRIAS SINO-BRASILEIRAS. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

Iniciação científica
1.
José Henrique Cavalcante Silva. Iniciativa Chiang Mai: o aumento do poder monetário chinês nas relações internacionais. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

2.
Ivan Corbelino Neto. Internacionalização da moeda chinesa na América Latina: aumento do poder monetário chinês na região?. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

3.
Bárbara Prado Cardoso. MOEDA E ESTADO: A INCLUSÃO DO PODER SOBERANO NAS QUESTÕES MONETÁRIAS. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

4.
Isabela Machado Galhardo. Análise da relação comercial entre Brasil e China entre 2000 e 2016: continuidades e mudanças. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

5.
Mateus Alves Gonçalves. AS RESPOSTAS MEXICANA E CHILENA À INSERÇÃO ECONÔMICA DA CHINA NA AMÉRICA LATINA. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

6.
Letícia Rosa de Melo. A internacionalização da moeda chinesa pós-crise 2008: o estudo do Programa-piloto de Liquidação do Comércio Transfronteiriço em Iuane.. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

7.
Isaque Elias Portilho. A internacionalização do iuane: vantagens econômicas, políticas e estratégicas para o gigante asiático. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

Orientações de outra natureza
1.
Hugo de Oliveira. Divulgação científica. 2017. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Goiás - Pró Reitoria de Extensão e Cultura. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

2.
Priscila Guedes. Monitoria da disciplina: Teoria de Relações Internacionais II. 2016. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

3.
Mateus Alves Gonçalves. POSSÍVEIS IMPLICAÇÕES DA INTERNACIONALIZAÇÃO DO IUANE PARA A HEGEMONIA DO DÓLAR NA ECONOMIA GLOBAL. 2015. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Aline Regina Alves Martins.

4.
Juliana Brito Leal. Monitoria da disciplina: Teoria de Relações Internacionais II. 2015. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Aline Regina Alves Martins.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
CINTRA, M. A. M. (Org.) ; MARTINS, A. R. A. (Org.) . Transformações no Sistema Monetário Internacional. 1. ed. Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA, 2013. v. 1. 390p .


Cursos de curta duração ministrados
1.
MARTINS, A. R. A.. O sistema de Bretton Woods. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 12:00:06