Eduardo Butzen

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6868692248388415
  • Última atualização do currículo em 02/10/2018


Possui graduação em Tecnologia Em Processos Industriais Eletromecânica pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2002), Especialização em Automação e Sistemas pela UFSC (2004). Atualmente é Diretor-Geral do Instituto Federal Catarinense - Campus Luzerna. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Eduardo Butzen
Nome em citações bibliográficas
BUTZEN, Eduardo

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Federal Catarinense - Campus Videira.
Rua São Roque, 41
Centro
89609-000 - Luzerna, SC - Brasil
Telefone: (49) 35231763
Fax: (49) 35231763
URL da Homepage: http://www.ifc-videira.edu.br


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2004
Especialização em Especialização Em Automação e Sistemas. (Carga Horária: 360h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Gerenciamento de Energia Elétrica.
1999 - 2002
Graduação em Tecnologia Em Processos Industriais Eletromecânica.
Universidade do Oeste de Santa Catarina, UNOESC, Brasil.




Formação Complementar


2005 - 2005
Qualificação CLP Eletro Hidropnaumática. (Carga horária: 32h).
Serviço Nacional de Apredizagem Industrial - Depto. Regional Santa Catarina, SENAI/SC, Brasil.
2005 - 2005
Conexão P/ Todos Tecnol. e Cultura Organizacional. (Carga horária: 20h).
Serviço Nacional de Apredizagem Industrial - Depto. Regional Santa Catarina, SENAI/SC, Brasil.
2005 - 2005
Capc Prof p Professores no Prog Intel Educ p Futur. (Carga horária: 40h).
Intel Educação Para O Futuro, INTEL, Brasil.
2005 - 2005
Conexão p Todos Fundamentos da Educação. (Carga horária: 20h).
Serviço Nacional de Apredizagem Industrial - Depto. Regional Santa Catarina, SENAI/SC, Brasil.
2004 - 2004
Brasimet de Tratamentos Térmicos. (Carga horária: 23h).
Brasimet Comércio e Indústria S A, BRASIMET, Brasil.
2003 - 2003
Seminário Aprendendo Feedback. (Carga horária: 8h).
Dimensão Empresarial, DIMENSÃO, Brasil.
2002 - 2002
BSC Modelo de Gestão Estratégico. (Carga horária: 8h).
Serviço Nacional de Apredizagem Industrial - Depto. Regional Santa Catarina, SENAI/SC, Brasil.
2002 - 2002
Práticas de Ensino Por Competência. (Carga horária: 36h).
Serviço Nacional de Apredizagem Industrial - Depto. Regional Santa Catarina, SENAI/SC, Brasil.
2002 - 2002
Soldagem Processo Tig Módulo I. (Carga horária: 40h).
Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/RS, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do Ensino Básico, Técn. Tecnológico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor de Mecânica no Campus Luzerna do IFC.

Vínculo institucional

2010 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do Ensino Básico, Técn. Tecnológico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor de Mecânica no Campus Videira do IFC.

Atividades

10/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Superior do Instituto Federal Catarinense.
04/2013 - Atual
Direção e administração, Campus Luzerna, .

Cargo ou função
Diretor Geral do Campus Luzerna.
09/2018 - 09/2018
Serviços técnicos especializados , Campus Videira, .

Serviço realizado
Parecerista - Avaliador de Projetos Científicos.
10/2015 - 09/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Superior do Instituto Federal Catarinense.
07/2014 - 07/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Luzerna, .

10/2013 - 10/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Superior do Instituto Federal Catarinense.
07/2015 - 09/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Luzerna, .

Cargo ou função
Membro do Grupo de Trabalho de Divulgação e Website da SECITEC - Semana de Ciência e Tecnologia do IFC Campus Luzerna.
07/2014 - 09/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Luzerna, .

Cargo ou função
Membro do Grupo de Trabalho de Estrutura da III SECITEC - Semana de Ciência e Tecnologia do IFC do Campus Luzerna.
12/2010 - 01/2011
Pesquisa e desenvolvimento , Campus Videira, .


Universidade do Oeste de Santa Catarina, UNOESC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 4

Atividades

03/2010 - 07/2010
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado
Desenho e Geometria Descritiva
Manufatura I
08/2009 - 12/2009
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Soldagem
Comando Numérico
Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos (Regime Intensivo)
03/2009 - 07/2009
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Soldagem (Regime Intensivo)
08/2008 - 12/2008
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado
Comando Numérico
Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos (Regime Intensivo)
Elementos de Máquinas III (Regime Intensivo)
03/2008 - 07/2008
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado
Comando Numérico
08/2007 - 12/2007
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado
Comando Numérico
03/2007 - 07/2007
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Manufatura II
Estágio Supervisionado
Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos
08/2006 - 12/2006
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Manufatura II
Comando Numérico
Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos
03/2006 - 07/2006
Ensino, Engenharia de Produção Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Manufatura I
Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos

Fundação Centro Tecnologia de Produção Industrial, CETEPI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8

Vínculo institucional

2005 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 4

Atividades

5/2005 - 08/2010
Ensino,

Disciplinas ministradas
Comandos Hidráulicos

SENAI - Departamento Nacional, SENAI/DN, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Especialista de Ensino Jr., Carga horária: 40

Atividades

2/2006 - Atual
Ensino, Cst Em Processos de Produção Em Usinagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sistemas de Automação
7/2002 - Atual
Ensino,

Disciplinas ministradas
Metrologia
Tecnologia Mecânica
Matemática
Mecânica Técnica
Processos de Fabricação
Materiais e Ensaios
Resistência dos Materiais
Elementos de Máquinas
Sistemas de Automação
7/2002 - Atual
Ensino, Mecânica, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Operador de Máquinas
Torneiro Mecânico - Básico
Noções Básicas de Solda
Metrologia Básica
Solda Avançada
Metrologia Dimensional


Linhas de pesquisa


1.
Comissão de Elaboração de Projetos de Pesquisa do IFC Campus Videira, conforme O.S. 42 de 14/12/2010
2.
Empreendedorismo e Gestão Universitária na Educação Tecnológica


Projetos de pesquisa


2014 - 2016
Empreendedorismo e Gestão Universitária na Educação Tecnológica
Descrição: O presente projeto de pesquisa visa produzir levantamento e coleta de dados pormenorizados acerca da realidade organizacional do Câmpus Luzerna do Instituto Federal Catarinense bem como de outras instituições locais voltadas à Educação Tecnológica, além de levantamento e coleta de dados acerca da realidade das comunidades localizadas no entorno dessa(s) organização(ões), visando permitir estudos, análises, relatórios e dossiês sobre as condições da educação tecnológica, sobre ferramentas e indicadores de sua avaliação, e sobre os critérios de qualidade propostos pela literatura que melhor se adequem à realidade e possibilidades locais. Dentro da temática da gestão e avaliação da educação tecnológica pública, o projeto tem especial enfoque sobre o Empreendedorismo Universitário, notadamente por iniciativas interdisciplinares que já sejam ou que venham a ser praticadas na instituição com o objetivo de formar, capacitar e estimular nos alunos de cursos tecnológicos, nas áreas de Segurança do Trabalho, Mecânica e Automação Industrial, a reflexão e a ação empreendedora. Atualmente, com a recente criação no Campus de Luzerna do IFC de 02 cursos técnicos oferecidos numa nova modalidade, a saber, os Cursos Técnicos Integrados em Segurança do Trabalho e em Automação Industrial, o que alterou o perfil do alunado do Câmpus, até então constituído de alunos adultos distribuídos entre cursos de Engenharia Mecânica e cursos Técnicos Subsequentes em Mecânica, Automação Industrial e Segurança do Trabalho, através da introdução de um novo público formado por adolescentes, faz-se mais do que necessário investigar os impactos desses cursos no Instituto, na vida dos Alunos e suas Famílias, e na Comunidade, além de construir-se explicações sobre o desempenho dos alunos nos respectivos cursos. Além disso, julga-se relevante a pesquisa sobre as iniciativas de Educação Empreendedora levadas a cabo nos referidos cursos, tanto através da introdução deste conteúdo (no caso dos cursos de Engenharia) quando na perspectiva interdisciplinar (no caso dos cursos Técnicos)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Eduardo Butzen - Coordenador / Illyushin Zaak Saraiva - Integrante / Ewerton Luiz da Silva - Integrante / Mario Wolfart Jr. - Integrante / Antonio Ribas Neto - Integrante / Ricardo Antonello - Integrante / Giordana Ferreira de Oliveira Caramori - Integrante / Gisele Vian - Integrante / Jessé de Pelegrin - Integrante / Ruan Diego Bevilaqua - Integrante.


Projetos de extensão


2017 - 2018
Edital 008/2017 - AÇÃO SOCIAL E EXTENSÃO TECNOLÓGICA: Dinamizando a Relação do IFC-Campus Luzerna com Pessoas, Organizações e Comunidades do APL Metalomecânico de Joaçaba
Descrição: Composto por centenas de empresas, o Arranjo Produtivo Local Metalomecânico de Joaçaba, detém elevados índices de industrialização e geração de valor agregado (BNDES, 2010), ocupando a segunda posição em termos de Valor Adicionado Fiscal ? VAF de municípios como Joaçaba e Herval d?Oeste ? superado apenas pelo setor de Abate e Fabricação de Produtos de Carne ? mantendo a 1ª posição em Luzerna (SEBRAE, 2013b; 2013c e 2013d). O Modelo da Tripla Hélice aponta para a influência das Instituições de Pesquisa sobre os processos produtivos, sobre a economia e sobre a inovação nas comunidades localizadas no seu entorno, sendo esta influência há muito estudada e, no que diz respeito à relação específica dos centros de pesquisa com empresas, elas se constituem como um destinatário natural do conhecimento científico ali produzido, sendo que para Arias e Aristizabal (2011) comunidade precisaria receber o mesmo enfoque concedido ao Estado e empresas. O presente Projeto de Extensão tem como objetivo principal aprofundar as práticas extensionistas do Instituto Federal Catarinense ? IFC Campus Luzerna relacionadas às comunidades, aos indivíduos, às organizações públicas e às empresas produtivas componentes do Arranjo Produtivo Local Metalomecânico de Joaçaba ? APLMJ, identificando através de visitas a 50 empresas da região e realização de 03 audiências públicas qual a demanda social por ações extensionistas com foco em cursos de qualificação, equacionando-a com a demanda profissional existente no setor produtivo, com o fim de potencializar as trocas de conhecimento especializado que ocorrem entre o IFC e a comunidade, e de conhecimentos típicos e tradicionais que ocorrem em sentido inverso (JEZINE, 2004) ao longo do tempo. Este Projeto apresenta assim ação processual e contínua de caráter educativo, social, cultural, científico e tecnológico, com objetivos específicos, cumprindo o preceito da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão, com um conjunto de ações coerentes articuladas ao ensino e à pesquisa e integradas às políticas institucionais do IFC direcionadas às questões relevantes da sociedade, com caráter regular e continuado. Pretende-se como objetivo secundário obter também ? utilizando-se de informações socioeconômicas divulgadas por diversos organismos, e também por pesquisas efetuadas pelo próprio Campus - um banco de dados sobre a competitividade das indústrias do APLMJ e sobre o capital humano local, que possa ser usado pelo IFC-Luzerna para finalidades extensionistas, inclusive a identificação de possibilidades de contribuição do IFC para melhoria de processos e resultados socioeconômicos da região através da pesquisa e do desenvolvimento tecnológico, da oferta de cursos e treinamentos para a comunidade, além da preparação dos estudantes do Campus para a ação extensionista..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Eduardo Butzen - Coordenador / Illyushin Zaak Saraiva - Integrante / Mario Wolfart Jr. - Integrante / Ricardo Antonello - Integrante / Neimar João Balan - Integrante / Luan Cizeski de Lorenzi - Integrante / Matheus Souza de Lacerda - Integrante / Roberto Carlos Rodrigues - Integrante / Vitória Matos Ribeiro - Integrante.
2017 - 2017
Edital 04/2017 - Programa de Extensão: Extensão Tecnológica e Protagonismo Estudantil: Organizando a Prática Extensionista e as Visitas Técnicas do IFC-Campus Luzerna nas Comunidades do APL Metalomecânico de Joaçaba
Descrição: O APL de Joaçaba é composto por centenas de empresas localizadas no entorno deste município, detendo elevados índices de industrialização e geração de valor agregado (BNDES, 2010), ocupando a segunda posição em termos de Valor Adicionado Fiscal ? VAF de municípios como Joaçaba e Herval d?Oeste ? superado apenas pelo setor de Abate e Fabricação de Produtos de Carne ? e 1ª posição em Luzerna (SEBRAE, 2013b; 2013c e 2013d). O Modelo da Tripla Hélice aponta para a influência das Instituições de Pesquisa sobre os processos produtivos, sobre a economia e sobre a inovação nas comunidades localizadas no seu entorno, sendo esta influência há muito estudada e, no que diz respeito à relação específica dos centros de pesquisa com empresas, elas se constituem como um destinatário natural do conhecimento científico ali produzido, sendo que a comunidade precisaria receber o mesmo enfoque concedido ao Estado e empresas (ARIAS e ARISTIZABAL, 2011). O presente Programa de Extensão tem como objetivo propor e organizar as práticas extensionistas do Instituto Federal Catarinense ? IFC Campus Luzerna relacionadas às comunidades, aos indivíduos, às organizações públicas e às empresas produtivas componentes do Arranjo Produtivo Local Metalomecânico de Joaçaba ? APLMJ, mensurando e mapeando a intensidade das trocas de conhecimento especializado que ocorrem entre o IFC e a comunidade, e de conhecimentos tradicionais que ocorrem em sentido inverso (JEZINE, 2004) ao longo do tempo, de forma a permitir monitorar as variações da influência do Campus sobre a região e planejar sua futura ação extensionista, com foco na realização de visitas técnicas. Este Programa apresenta assim um conjunto de ações coerentes articuladas ao ensino e à pesquisa e integradas às políticas institucionais do IFC direcionadas às questões relevantes da sociedade, com caráter regular e continuado. Pretende-se obter também como resultado científico - utilizando-se de informações socioeconômicas divulgadas por diversos organismos, e também por pesquisas efetuadas pelo próprio Campus - um banco de dados sobre o estado da competitividade das indústrias do APLMJ e sobre o capital humano local, que possa ser usado em futuro próximo para finalidades científicas, inclusive a identificação de possibilidades de contribuição do IFC para melhoria de processos e resultados socioeconômicos da região através da pesquisa e do desenvolvimento tecnológico, da oferta de cursos e treinamentos para a comunidade, além da preparação dos estudantes do Campus para a ação extensionista, inclusive com a disponibilização de recursos de órgãos de fomento para o custeio de visitas técnicas, preocupação fundamental deste Programa de Extensão..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Eduardo Butzen - Coordenador / Illyushin Zaak Saraiva - Integrante / Mario Wolfart Jr. - Integrante / Ricardo Antonello - Integrante / Ruan Diego Bevilaqua - Integrante / Neimar João Balan - Integrante / Luan Cizeski de Lorenzi - Integrante / Guillermo Ney Caprario - Integrante / Matheus Souza de Lacerda - Integrante / Roberto Carlos Rodrigues - Integrante / Beatriz Lôndero Ferrari - Integrante / Vitória Matos Ribeiro - Integrante / Cristiano José Turra - Integrante.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ZAAK SARAIVA, I. ; BEVILAQUA, R. D. ; BUTZEN, Eduardo . Caminhos do Empreendedorismo na Educação Tecnológica para além da Tripla Hélice: o Caso do IFC Campus Luzerna. In: II Jornada Acadêmica e I Mostra de Iniciação Científica Júnior do CTF-UFPI, 2017, Floriano - PI. A pesquisa no ensino básico, técnico e tecnológico: anais da II Jornada Acadêmica e I Mostra de Iniciação Científica Júnior. Recife - PE: Pipa Comunicação, 2016. v. 1. p. 211-217.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BALAN, N. J. ; ZAAK SARAIVA, I. ; BUTZEN, Eduardo ; PELEGRIN, J. . Redução do tempo de setup numa máquina fresadora marca Lorenz em uma indústria de autopeças em Santa Catarina, 2015. In: IV Encontro do Centro-Oeste Brasileiro de Engenharia de Produção - ENCOBEP 2016 - Desafios da Engenharia de Produção em Tempos de Crise, 2016, Goiânia - GO. IV Encontro do Centro-Oeste Brasileiro de Engenharia de Produção - ENCOBEP 2016 - Desafios da Engenharia de Produção em Tempos de Crise - Livro de Resumos. Goiânia - GO: Universidade Federal de Goiás, 2016. v. 1. p. 57-62.

2.
BALAN, N. J. ; ZAAK SARAIVA, I. ; BUTZEN, Eduardo ; PELEGRIN, J. . Eficiência com a Aplicação Prática do Método Shingo: Redução do Tempo de Setup numa Máquina Fresadora Marca Lorenz em uma Indústria de Autopeças em Santa Catarina em 2015. In: VIII Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar, 2015, Sombrio - SC. VIII Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar - Anais 2015. Blumenau - SC: Instituto Federal Catarinense, 2015. v. 1. p. 1-5.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BUTZEN, Eduardo; WOLFART JR., M. ; ZAAK SARAIVA, I. . Educação Profissional, Extensão Tecnológica e Iniciação Científica num só espaço: a experiência exitosa do Sistema de Gestão do Laboratório de Ensaios Mecânicos e Metalográficos do IFC Campus Luzerna. In: REDITEC 2018 - O Trabalho no Século XXI, Globalização, Inovação, Educação Profissional e Tecnológica: Caminhos e Desafios para a Inclusão, 2018, Búzios - RJ. REDITEC 2018 - O Trabalho no Século XXI, Globalização, Inovação, Educação Profissional e Tecnológica: Caminhos e Desafios para a Inclusão. Brasília - DF: CONIF, 2018. v. 1.

2.
BALAN, N. J. ; ZAAK SARAIVA, I. ; CAPRARIO, G. N. ; WOLFART JR., M. ; BUTZEN, Eduardo . AUMENTANDO A PRODUTIVIDADE ATRAVÉS DO ESTÁGIO CURRICULAR: O PAPEL DO ESTAGIÁRIO COMO VETOR EXTENSIONISTA NUMA INDÚSTRIA METALOMECÂNICA E A REDUÇÃO DO TEMPO DE SETUP DE MÁQUINAS. In: III Jornada Acadêmica, II Mostra de Iniciação Científica Júnior e I Semana de Extensão, 2017, Floriano - PI. Tecnologias digitais na educação profissional e tecnológica: livro de resumos da III Jornada Acadêmica, II Mostra de Iniciação Científica Júnior e I Semana de Extensão. Recife - PE: Pipa Comunicação, 2017. v. 1. p. 55-56.

3.
RIBEIRO, V. M. ; LORENZI, L. C. ; ZAAK SARAIVA, I. ; CAPRARIO, G. N. ; WOLFART JR., M. ; BUTZEN, Eduardo . ESTUDO ANALÍTICO DAS PRÁTICAS DE EXTENSÃO DO IFC-CAMPUS LUZERNA E SUA RELAÇÃO COM AS EMPRESAS INTEGRANTES DO ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALOMECÂNICO DE JOAÇABA-SC. In: III Jornada Acadêmica, II Mostra de Iniciação Científica Júnior e I Semana de Extensão, 2017, Floriano - PI. Tecnologias digitais na educação profissional e tecnológica: livro de resumos da III Jornada Acadêmica, II Mostra de Iniciação Científica Júnior e I Semana de Extensão. Recife - PE: Pipa Comunicação, 2017. v. 1. p. 75-76.

4.
FERRARI, B. L. ; RIBEIRO, V. M. ; ZAAK SARAIVA, I. ; WOLFART JR., M. ; CAPRARIO, G. N. ; BUTZEN, Eduardo . PANORAMA DA PRODUTIVIDADE DO ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALOMECÂNICO DE JOAÇABA-SC EM 2016. In: III Jornada Acadêmica, II Mostra de Iniciação Científica Júnior e I Semana de Extensão, 2017, Floriano - PI. Tecnologias digitais na educação profissional e tecnológica: livro de resumos da III Jornada Acadêmica, II Mostra de Iniciação Científica Júnior e I Semana de Extensão. Recife - PE: Pipa Comunicação, 2017. v. 1. p. 104-105.

5.
ZAAK SARAIVA, I. ; PEREIRA, M. T. ; BEVILAQUA, R. D. ; BUTZEN, Eduardo . Educação Empreendedora e Empreendedorismo Social: O Mapa Ambiental Escolar. In: 7º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, 2016, Ouro Preto - MG. 7º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária. Ouro Preto - MG: Universidade Federal de Ouro Preto, 2016. v. 1. p. 1-1.

6.
BUTZEN, Eduardo; ZAAK SARAIVA, I. ; SILVA, E. L. ; WOLFART JR., M. ; PELEGRIN, J. . Avaliando a secitec: Proposta para avaliação de resultados na divulgação científica local. In: III Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, 2015, Recife - PE. III Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica - Anais Mostre de Pôsteres. Recife - PE: Instituto Federal Pernambuco, 2015. v. 1. p. 322-322.



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
BUTZEN, Eduardo. Aplicação e desenvolvimento de redes de sensores sem fio em estufas agrícolas. 2018. Instituto Federal Catarinense.

2.
BUTZEN, Eduardo. O uso de material concreto no ensino da matemática em turmas de 5º ano do ensino fundamental. 2018. Instituto Federal Catarinense.

3.
BUTZEN, Eduardo. Projeto e implementação de conversores CC/CC baseados em processamento parcial de energia aplicados a sistemas fotovoltáicos. 2018. Instituto Federal Catarinense.

4.
BUTZEN, Eduardo. Sistema autônomo de condução interna para pessoas e aeromodelos usando smartphones. 2018. Instituto Federal Catarinense.



Inovação



Projeto de extensão



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 13:42:52