Lidiane Soares Rodrigues

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5343968646005766
  • Última atualização do currículo em 15/09/2014


Pós-doutoranda em estágio no Centre Européen de Sociologie et de Science Politique de la Sorbonne et de l'École des Hautes Études en Sciences Sociales (CESSP-EHESS-Paris) durante 2014. Bacharel, mestre e doutora pela Universidade de São Paulo (USP). Desenvolve pesquisas na área de História das Ciências Sociais, História do Marxismo e Sociologia da Cultura (com ênfase nas instituições universitárias). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lidiane Soares Rodrigues
Nome em citações bibliográficas
RODRIGUES;Lidiane Soares;RODRIGUES, LIDIANE SOARES

Endereço


Endereço Profissional
FUNDAÇÃO ESCOLA DE COMÉRCIO ARMANDO ÁLVARES PENTEADO.
Av. Liberdade, 532
Liberdade
01502001 - São Paulo, SP - Brasil - Caixa-postal: 01220000
Telefone: () 1181752822
URL da Homepage: http://www.fecap.br/Portal09/index.php


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2012
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A produção social do marxismo universitário. Mestres, discípulos e 'Um Seminário' em São Paulo (1958-1978)., Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Ulysses Telles Guariba Netto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Palavras-chave: História das Universidades; História das Elites Políticas e Intelectuais; História do Marxismo no Brasil; História da Historiografia; História Intelectual; Institucionalização Disciplinar.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Marxismo.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Pensamento Social Brasileiro.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Elites Intelectuais e Políticas.
Setores de atividade: Educação.
2004 - 2006
Mestrado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Entre a Academia e o Partido: A obra de Florestan Fernandes (1969-1983),Ano de Obtenção: 2006.
Orientador: Ulysses Telles Guariba Netto.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Palavras-chave: Intelectuais; História Política; Pensamento Político Brasileiro.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil República.
Setores de atividade: Educação Superior.
1999 - 2003
Graduação em História.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado


2014
Pós-Doutorado.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
2013
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Conhecimento.


Atuação Profissional



Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2012
Vínculo: Aluno Bolsista - PAE, Enquadramento Funcional: Aluno Bolsista PAE, Carga horária: 6

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Preparação Pedagógica, Enquadramento Funcional: Aluno Bolsista - PAE, Carga horária: 4
Outras informações
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE. Preparação de curso junto com professor.

Atividades

01/2007 - 03/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Professora Substituta, Enquadramento Funcional: Professora Substituta, Carga horária: 12
Outras informações
Leciona disciplina optativa de teoria(s) e método(s) para formandos do curso de História.


Centro Universitário FECAP, FECAP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2013
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Horista, Carga horária: 12
Outras informações
Licenciada para realização de pesquisa. Lecionou História Econômica e Sociologia para os cursos de Economia e Relações Internacionais.



Linhas de pesquisa


1.
História das Ciências Sociais


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
O marxismo nas universidades brasileiras

Descrição: Descrição: Nossa pesquisa investiga o perfil socioeconômico e político, as opções/situações profissionais e as opções teóricas específicas dos marxistas brasileiros que trabalham no ensino superior como docentes e/ou que estão ligados à universidade (pública ou privada) por vínculo de estudo na pós-graduação. A primeira fase dessa pesquisa, já em andamento, consiste no levantamento de dados quantitativos através de questionário. Finalizada essa etapa, serão avaliadas as possibilidades de continuidade da pesquisa com a inclusão de procedimentos de caráter qualitativo.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Lidiane Soares Rodrigues - Integrante / MARCELINO, P. - Coordenador.
2014 - Atual
Uma internacional intelectual: cooperação, competição e circulação de sociólogos e filósofos brasileiros e franceses (1950-1970).

Descrição: Em diálogo com a bibliografia de ponta que se ocupa hodiernamente da história transnacional das ciências sociais, trata-se de caracterizar e analisar os percursos internacionais, as alianças institucionais, os padrões de estabelecidos entre alguns sociólogos e filósofos brasileiros e franceses notadamente entre 1950 e 1970. Por um lado, trata-se de compreender o impacto da circulação/cooperação no espaço intelectual francês em alguns percursos à luz de condicionantes das trajetórias (tais como: idade, sexo, disciplina de origem, fase da carreira, pretensões de carreira). Por outro, trata-se de compreender a reprodução das assimetrias em nível político e econômico e sua incidência no plano das instituições científicas. A importação de práticas intelectuais alheias ao cenário institucional de origem está no centro do percurso do filósofo José Arthur Giannotti em seu retorno do séjour francês. Já o gerenciamento do capital simbólico no exterior, manejado a favor da imagem mítica do intelectual perseguido pela ditadura militar e no Brasil revalorizado pelo ar cosmopolita conferido ao percurso caracteriza parcialmente o uso social da circulação no caso de Fernando Henrique Cardoso. O filósofo e o sociólogo são indissociáveis do perfil do marxismo universitário que será institucionalizado no ambiente paulistano nos anos 1960 tema de pesquisa já desenvolvida no doutorado. .
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Lidiane Soares Rodrigues - Integrante / Afranio-Raul Garcia Jr. - Coordenador.
2012 - Atual
Braudel à brasileira

Descrição: Fernand Braudel fez parte da segunda missão francesa que veio lecionar nos cursos da recém criada Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), nos anos 1930. Em entrevistas e depoimentos publicados, o historiador, em geral, remete-se à experiência brasileira de modo a ressaltar dimensões agradáveis dela. Naturalmente, pela visibilidade que o historiador e sua obra ganharam, este assunto já despertou interesse de numerosos estudos de história da historiografia. Contudo, talvez demasiadamente atrelados a uma identidade intelectual fixada pelo sucesso de Braudel e dos Annales, esses estudos não foram instigados a se indagar sob quais constrições sociais e políticas trabalharam os missionários franceses. Em geral, desconsideram que Fernand Braudel lecionou na FFCL-USP entre 1935-1937 - anos de acirramento das polarizações políticas (integralismo, comunismo); de redefinição do arranjo oligárquico no poder federal e da posição das elites paulistanas no campo do poder (com os desdobramentos da revolução de 1930 e a instauração do Estado Novo de Vargas) - justamente as patrocinadoras das missões francesas. Não bastasse esse conturbado entorno, a impor limitações ao conjunto das missões, Fernand Braudel era professor do setor de História e Geografia - disciplinas cujos conteúdos são indissociáveis dos projetos políticos das elites mentores das instituições em que são ministradas. Diferentemente de outras seções, nesta, os estrangeiros estavam proibidos de lecionar temas próximos aos que dissessem respeito ao Brasil. Nos programas de curso e nas palestras que proferiu, a inovação associada aos Annales, é remota; e não apenas porque Braudel ainda não era Braudel . A recuperação do material produzido em sua estada, à luz de suas entrevistas, resenhas de livros de brasileiros, da correspondência (ainda inexplorada), dos vínculos que manteve posteriormente com os amigos que cultivou em São Paulo - e, sobretudo, das relações .
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Lidiane Soares Rodrigues - Coordenador.
2012 - Atual
Os Capitais de Um Seminário (1963-1978)

Descrição: Esta pesquisa tem por objetivo realizar uma biografia coletiva do grupo de estudos animado por Roberto Schwarz, por volta de 1963, e investigar as condicionantes da convergência e dispersão de seus componentes. Participaram dele, com variados graus de freqüência e envolvimento: Ruy Fausto, Paul Singer, Sergio Ferro, Lourdes Sola, Célia Quirino, Zé Chico, Emir Sader, João Quartim de Moraes, Albertina Costa, Claudio Vouga, Emília Viotti, Francisco Weffort, Paulo Sandroni, Beth Milan. O grupo reúne a geração posterior à do Seminário Marx , liderado por José Arthur Giannotti, desde 1958, sendo, a um só tempo, herdeira e concorrente dele. Encontra-se, por um lado, no apertado gargalo das oportunidades profissionais que aflige particularmente as camadas estudantis no fim dos anos 1960, e, por outro, no clima de politização que invade a sociabilidade universitária, em tensão com as modalidades de trabalho científico típicas, àquela altura, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFCL-USP). O circuito de ideias e pessoas em tela pode ser apreendido por meio de uma análise quantitativa e qualitativa das revistas Teoria e Prática, aParte; Revisão; pelos itinerários temáticos e disciplinares percorridos por eles, bem como pela caracterização da gestão do capital social que esquadrinhou saídas de cena em meio à repressão policial que os atingiu, especialmente a partir de 1969, em função do envolvimento de vários com a luta armada. .
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Lidiane Soares Rodrigues - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES2014RODRIGUES, LIDIANE SOARES . 'Um livro escondido?'. Estudos Avançados (USP. Impresso), v. 28, p. 275-286, 2014.

2.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES2014RODRIGUES, LIDIANE SOARES . Os Annales e nós. História da Historiografia, v. 15, p. 192-198, 2014.

3.
1RODRIGUES2013RODRIGUES . 'Armadilha à francesa: Homens sem profissão'. História da Historiografia, v. 1, p. 85-103, 2013.

4.
RODRIGUES2013RODRIGUES . 'Por uma história social do marxismo'. Critica Marxista (São Paulo), v. 1, p. 153-161-161, 2013.

5.
4RODRIGUES2012RODRIGUES . Nem uma lágrima (Resenha. COSTA, I. C. Nem uma lágrima. Teatro épico em perspectiva dialética. São Paulo: Expressão Popular/, 2012, 155p.). Revista Novos Rumos, v. 49, p. 171, 2012.

6.
3RODRIGUES, LIDIANE SOARES2012RODRIGUES, LIDIANE SOARES . Martinha versus Lucrécia: ensaios e entrevistas. Tempo Social (USP. Impresso), v. 24, p. 305-310, 2012.

7.
2RODRIGUES, LIDIANE SOARES2012RODRIGUES, LIDIANE SOARES . Clio no Espelho. História da Historiografia, v. n.10, p. 286-293, 2012.

8.
6RODRIGUES;Lidiane Soares;RODRIGUES, LIDIANE SOARES2011 RODRIGUES . Revolução e Mercado. Estudos Históricos (Rio de Janeiro), v. 24, p. 437-440, 2011.

9.
5RODRIGUES;Lidiane Soares;RODRIGUES, LIDIANE SOARES2011RODRIGUES . A ordem do regresso: sexo, profissão e política. Mouro: Revista Marxista (Impresso), v. 3, p. 67-80, 2011.

10.
7RODRIGUES2010RODRIGUES . Resenha sem título próprio. TELES, MACDOWELL, ALMEIDA TELES. Desarquivando a ditadura: memória e justiça no Brasil. São Paulo: Hucitec, 2009.. Cadernos Arquivo Edgard Leuenroth (UNICAMP), v. 17, p. 393, 2010.

11.
9RODRIGUES;Lidiane Soares;RODRIGUES, LIDIANE SOARES2009RODRIGUES . Pelas mãos de Penélope: tecer as linhas do nosso pensamento político. Estudos de Sociologia (São Paulo), v. 14, p. 26, 2009.

12.
10RODRIGUES;Lidiane Soares;RODRIGUES, LIDIANE SOARES2009RODRIGUES . Um historiador comunista. Estudos Avançados, v. 23, p. 65, 2009.

13.
8RODRIGUES;Lidiane Soares;RODRIGUES, LIDIANE SOARES2009RODRIGUES . A consagração da heresia: tentativa de sócio-análise de um microcosmo. Mouro, v. 1, p. 10-15, 2009.

14.
11RODRIGUES;Lidiane Soares;RODRIGUES, LIDIANE SOARES2009RODRIGUES . Um historiador comunista?. Mouro, v. 1, p. 1-5, 2009.

15.
12RODRIGUES2009RODRIGUES . Uma obra em sursis. Florestan Fernandes entre a Academia e o Partido (1969-1983). Projeto História (PUCSP), v. 38, p. 325-334, 2009.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
RODRIGUES . Florestan Fernandes: Interlúdio. 1. ed. São Paulo: Hucitec, 2010. v. 1. 248p .

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
RODRIGUES . 'Para ler um seminarista'. In: XVI Congresso Brasileiro de Sociologia, 2013, Salvador. Anais do Congresso Brasileiro de Sociologia, 2013.

2.
RODRIGUES . Pierre Bourdieu: adversário aliado. In: 37o Encontro Anual da ANPOCS, 2013. Anais do 37o Encontro Anual da ANPOCS.

3.
RODRIGUES . História da historiografia e Sociologia da Cultura: questões de método na prática. In: XXVII Simpósio Nacional de História, 2013, Natal. Anais do XXVII Simpósio Nacional de História, 2013.

4.
RODRIGUES . O Capital entre um mestre e um discípulo. In: XXVI Simpósico Nacional de História, 2011, São Paulo. Anais do XXVI Simpósio Nacional de História, 2011.

5.
RODRIGUES . "Dependência e desenvolvimento de uma polêmica". In: XXV ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA, 2009, Fortaleza - CE. XXV Simpósio Nacional de História, 2009.

6.
RODRIGUES . Dependência, ordem social competitiva e possibilidades de democratização: uma comparação entre as perspectivas teóricas de Florestan Fernandes e Fernando Henrique Cardoso. In: XIX Encontro Regional de História, 2008, São Paulo. XIX Encontro Regional de História, 2008.

7.
RODRIGUES . A tripartição de um projeto de modernidade: a democracia segundo Florestan Fernandes, Fernando Henrique Cardoso e Francisco Weffort. In: XXIX Encontro Nacional de História, 2007, São Leopoldo. XXIX Encontro Nacional de História, 2007.

8.
RODRIGUES . Florestan Fernandes e a desobediência civil na Academia. In: XX ENCONTRO DO GRUPO História, Sociedade e Educação no Brasil, 2006. XX ENCONTRO DO GRUPO História, Sociedade e Educação no Brasil, 2006.

9.
RODRIGUES . Contra-revolução ou revolução democrática: Florestan Fernandes - o diagnóstico de um saber militante. In: Encontro Nacional de História., 2005, Londrina. Encontro Nacional de História., 2005.

Apresentações de Trabalho
1.
RODRIGUES . Le capital du groupe et le groupe du 'Capital' à São Paulo (1950-1960). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
RODRIGUES . Questão de método na prática: sociologia da cultura e da história da historiografia .. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES . A dimensão púlica de um arquivo pessoal: Eurípedes Simões de Paula. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES . Um historiador à espera de outro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES . 'Intelectuais e marxismo na América Latina'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES . Ensaio contra a profissão. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES . O grupo de estudos d'O Capital na USP dos anos 1950. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
RODRIGUES . Karl Marx na Faculdade de Filosofia da USP. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
RODRIGUES . O Capital entre um mestre e um discípulo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
RODRIGUES . O Capital entre um mestre e um discípulo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
RODRIGUES . Condicionantes da emergência do marxismo universitário paulista. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
RODRIGUES . Notas para um estudo do marxismo universitário. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
RODRIGUES . Dois caminhos para uma modernidade: Florestan Fernandes e Fernando Henrique Cardoso. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
RODRIGUES . Intelectuais, modernidade e política. Aproximações e distanciamentos entre Florestan Fernandes e Fernando Henrique Cardoso. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
RODRIGUES . Dependência, ordem social competitiva e possibilidades de dmocratização - uma comparação entre as perspectivas teóricas de Florestan Fernandes e Fernando Henrique Cardoso. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
RODRIGUES . Marxismo ou marxologia? A fratura entre método e análise em Fernando Henrique Cardoso. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
RODRIGUES . A tripartição de um projeto de modernidade: a democracia segundo Florestan Fernandes, Fernando Henrique Cardoso e Francisco Weffort. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
RODRIGUES . Florestan Fernandes e a desobediência civil na Academia. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
RODRIGUES . Contra-revolução ou revolução democrática: Florestan Fernandes -o diagnóstico de um saber militante. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
RODRIGUES . Orelha de livro. JACKSON, L. BLANCO, A. Sociologia no espelho. Ed. 34, no prelo.. São Paulo: Editora 34, 2014 (Orelha de livro).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
RODRIGUES . Revista História da Historiografia Parecer Científico. 2014.

2.
RODRIGUES . Revista de História Parecer Científico. 2013.

3.
RODRIGUES . Revista História da Historiografia Parecer Científico. 2013.

4.
RODRIGUES . Revista Ideias Parecer Científico. 2011.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
RODRIGUES . Fala Doutor. 2013.

2.
RODRIGUES . Fala Doutor. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
RODRIGUES . Seminário Marx marcou época com nova prática de estudo. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
RODRIGUES . Um historiador entre os Annales e o Marxismo. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
RODRIGUES; SAES, D.; SAES, F.. Participação em banca de MAURO RAMOS SALLES.O CAPITAL BANCÁRIO NO BRASIL ATUAL: UM SEGMENTO DA BURGUESIA INTERNA OU REPRESENTANTE DA BURGUESIA ASSOCIADA?. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em RELAÇÕES INTERNACIONAIS) - FUNDAÇÃO ESCOLA DE COMÉRCIO ARMANDO ÁLVARES PENTEADO.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
RODRIGUES. Banca de qualificação de Fernanda Oliveira Filgueiras. 2013. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVI Congresso Brasileiro de Sociologia."Para ler um seminarista". 2014. (Seminário).

2.
37º Encontro Anual da ANPOCS."Pierre Bourdieu: adversário aliado". 2013. (Seminário).

3.
7SNHH Seminário Brasileiro de História da Historiografia.Seminários Marx, segundo Elias. 2013. (Seminário).

4.
XXVII Simpósio Nacional de História/Anpuh, 2013.. Questão de método na prática: sociologia da cultura a serviço da história da historiografia .. 2013. (Simpósio).

5.
"A crise dos quarenta anos: novas perspectivas" - Jonh Gledson. 2011. (Simpósio).

6.
Quincas Borba e suas duas versões: um romance em crise" - John Gledson. 2011. (Simpósio).

7.
XXVI Simpósico Nacional de História.O Capital entre um mestre e um discípulo. 2011. (Simpósio).

8.
Debate Cedem: "Florestan Fernandes: Interlúdio. (1969-1983)"."Florestan Fernandes: Interlúdio. (1969-1983)". 2011. (Encontro).

9.
Homenagem a Claude Lefort. 2011. (Outra).

10.
Por um verdadeiro estado de emergência - Minicurso sobre obra de Walter Benjamin. 2010. (Outra).

11.
XII JORNADAS INTERESCUELAS. MARXISMO E ESCRAVIDÃO NA INTERPRETAÇÃO DE FERNANDO HENRIQUE CARDOSO. 2009. (Congresso).

12.
XXV ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA.DEPENDÊNCIA E DESENVOLVIMENTO DE UMA POLÊMICA. 2009. (Seminário).

13.
SEMINÁRIO TEMÁTICO: O BRASIL (NÃO É) PARA PRINCIPIANTES. 2009. (Seminário).

14.
SEMANA DE HISTÓRIA - HISTORIOGRAFIA, OS ANNALES E NÓS.COORDENAÇÃO DE MESA. 2009. (Seminário).

15.
IV EPOG.NOTAS PARA UM ESTUDO DO MARXISMO UNIVERSITÁRIO. 2009. (Simpósio).

16.
SEMANA DE HISTÓRIA - HISTORIOGRAFIA, OS ANNALES E NÓS.MINICURSO- UM HISTORIADOR ENTRE O MARXISMO E OS ANNALES. 2009. (Oficina).

17.
XIX Encontro Regional de História - Anpuh.Dependência, ordem social competitiva e possibilidades de democratização - uma comparação entre as perspectivas teóricas de Florestan Fernandes e Fernando Henrique Cardoso. 2008. (Seminário).

18.
I Colóquio Marx e os Marxismos.Marxismo ou marxologia? A fratura entre método e análise em Fernando Henrique Cardoso.. 2008. (Simpósio).

19.
XXIV Simpósico Nacional da História. História e Multidisciplinaridade - Anpuh.A tripartição de um projeto de modernidade: a democracia segundo Florestan Fernandes, Fernando Henrique Cardoso e Francisco Weffort. 2007. (Seminário).

20.
Minicurso Capitalismo, colonialismo e escravidão: iniciação a um debate historiográfico. XXIV Simpósio Nacional de História. 2007. (Outra).

21.
XX ENCONTRO DO GRUPO História, Sociedade e Educação no Brasil. Florestan Fernandes e a desobediência civil na Academia. 2006. (Congresso).

22.
DIÁLOGOS E REFLEXÕES - ENCONTRO COM EDUCADORES. "A Arte de Cuba"..DIÁLOGOS E REFLEXÕES - ENCONTRO COM EDUCADORES. A Arte de Cuba. . 2006. (Oficina).

23.
DIÁLOGOS E REFLEXÕES COM EDUCADORES -"POR TI AMÉRICA". 2006. (Oficina).

24.
A Construção da Modernidade: Histórias Plurais..SEMINÁRIO DE PESQUISA EM HISTÓRIA SOCIAL. . 2005. (Seminário).

25.
Seminário Margem Esquerda -As aventuras de Karl Marx contra o Barão de Münchhausen.Seminário Margem Esquerda -As aventuras de Karl Marx contra o Barão de Münchhausen. 2005. (Seminário).

26.
XXIII Encontro Nacional de História..Contra-revolução ou revolução democrática: Florestan Fernandes -o diagnóstico de um saber militante. 2005. (Simpósio).

27.
DIÁLOGOS E REFLEXÕES - ENCONTRO COM EDUCADORES. "Erótica - Os Sentidos na Arte"..DIÁLOGOS E REFLEXÕES - ENCONTRO COM EDUCADORES. Erótica - Os Sentidos na Arte. . 2005. (Oficina).

28.
XVII Encontro Regional de História. "O lugar da história". Set/2004.. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE HISTÓRIA (ANPUH). XVII Encontro Regional de História. O lugar da história. . 2004. (Congresso).

29.
SIMPÓSIO INTERNACIONAL "OS RUMOS DA HISTÓRIA"..SIMPÓSIO INTERNACIONAL OS RUMOS DA HISTÓRIA. Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. (DH-FFLCH-USP). Set/ 2004.. 2004. (Simpósio).

30.
Minicurso Fotomontagem e fotomanipulação: a construção da História pela fotografia. XVII Encontro Regional de História.. 2004. (Oficina).

31.
WEBQUEST.WEBQUEST. 2004. (Oficina).

32.
AS REVOLUÇÕES DO SÉCULO XX E O SOCIALISMO NO SÉCULO XXI..AS REVOLUÇÕES DO SÉCULO XX E O SOCIALISMO NO SÉCULO XXI. . 2004. (Encontro).

33.
WORKSHOP: PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO INSTRUMENTAL (PEI).WORKSHOP: PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO INSTRUMENTAL (PEI). Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural do Prof. Reuven Feuerstein. Entidade: SENAC. . 2003. (Oficina).

34.
COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NA AULA DE HISTÓRIA. Ministrante: Alfredo Boulos Jr. Entidade: Editora FTD.. 2003. (Encontro).

35.
500 ANOS DE ARTE RUSSA -CURSO PARA A FORMAÇÃO DE DOCENTES E LÍDERES COMUNITÁRIOS. 500 ANOS DE ARTE RUSSA -CURSO PARA A FORMAÇÃO DE DOCENTES E LÍDERES COMUNITÁRIOS. Brasil Connects.. 2002. (Congresso).

36.
SEMINÁRIO DE CINEMA E HISTÓRIA DO BRASIL..SEMINÁRIO DE CINEMA E HISTÓRIA DO BRASIL.. 2001. (Seminário).

37.
CICLO DE CONFERÊNCIAS "DO POSITIVISMO À DESCONSTRUÇÃO. IDÉIAS FRANCESAS NA AMÉRICA"..CICLO DE CONFERÊNCIAS DO POSITIVISMO À DESCONSTRUÇÃO. IDÉIAS FRANCESAS NA AMÉRICA. Entidades: Núcleo de Pesquisas Brasil-França -NUPEBRAF e Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo -IEA. . 2001. (Seminário).

38.
IDADE MÉDIA NO CINEMA.IDADE MÉDIA NO CINEMA. Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da FFLCH; Universidade de São Paulo e Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM). . 2001. (Seminário).

39.
VIII SEMANA DE ESTUDOS CLÁSSICOS: REFLEXÕES SOBRE A ÉPICA.VIII SEMANA DE ESTUDOS CLÁSSICOS: REFLEXÕES SOBRE A ÉPICA. Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos (SBEC). Entidades: Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e Socie . 2001. (Seminário).

40.
INTERVENÇÕES EDUCATIVAS PARA A FORMAÇÃO DO OLHAR ARTÍSTICO.INTERVENÇÕES EDUCATIVAS PARA A FORMAÇÃO DO OLHAR ARTÍSTICO. Associação Brasil 500 anos, Artes Visuais e SESC-SP. Associação Brasil 500 anos, Artes Visuais e SESC-SP. . 2000. (Oficina).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES . A dimensão púlica de um arquivo pessoal: Eurípedes Simões de Paula. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
RODRIGUES, LIDIANE SOARES . Um historiador à espera de outro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
RODRIGUES . Le capital du groupe et le groupe du 'Capital' à São Paulo (1950-1960). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
RODRIGUES . Seminário Marx marcou época com nova prática de estudo. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
RODRIGUES . Fala Doutor. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 31/10/2014 às 23:10:18