Lidiane Aparecida Borges

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5247459938204624
  • Última atualização do currículo em 26/10/2016


Engenheira Agrícola e Mestre em Engenharia Agrícola, área de concentração em Engenharia de Água e Solo , pela Universidade Federal de Lavras. Tem experiência em Hidrologia, atuando na área de Desastres Naturais, principalmente no monitoramento de inundações em todo o Brasil. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lidiane Aparecida Borges
Nome em citações bibliográficas
BORGES, L. A.


Formação acadêmica/titulação


2008 - 2010
Mestrado em Engenharia Agrícola.
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Título: Estimativa da evapotranspiração via imagems MS/SEVERI.,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Elizabeth Ferreira.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo / Especialidade: Irrigação e Drenagem.
2004 - 2008
Graduação em Engenharia Agricola.
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Título: VARIABILIDADE ESPACIAL DOS ATRIBUTOS FISÍCO-HÍDRICOS DO SOLO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBIERÃO VISTA BELA NA REGIÃO DO ALTO RIO GRANDE ? MG.
Orientador: Antônio Marciano da Silva.
2001 - 2003
Ensino Médio (2º grau).
Escola Estadual Dora Matarazzo, EEDM, Brasil.




Formação Complementar


2012 - 2012
Meteorologia por Satélite Aplicada a Hidrologia. (Carga horária: 9h).
INTITUDO NACIONAL DE PERQUISAS ESPACIAIS, INPE, Brasil.
2011 - 2011
Palestra sobre Aletrnativas de Irrigação. (Carga horária: 1h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2010 - 2010
Visão Prática -Planejam. e Análise de Experimento. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2008 - 2008
Geoprocessamento aplicado a recursos hidricos. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2008 - 2008
II CICLO DE PALESTRAS SOBRE CONSERVAÇÃO DE SOLO E. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2007 - 2007
1º Semana Acadêmica da UFLA. (Carga horária: 17h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2006 - 2006
XII SEMEAGRI-Semana de Engenharia Agrícola. (Carga horária: 42h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2006 - 2006
Ciclo de Palestras sobre meio ambiente I. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
2004 - 2004
Aprimoramento: Pedologia e Estratificação de Ambie. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.


Atuação Profissional



Centro Naciona de Monitoramento e ALertas em Desastres Naturais, CEMADEN, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Analista em Hidrologia, Carga horária: 36


Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Analista em Hidrologia, Carga horária: 36

Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Bolsista Fapemig, Enquadramento Funcional: Mestranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: LIVRE, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação Científica CNPQ, Carga horária: 20
Outras informações
Linha de pesquisa: Manejo Racional dos Recursos Naturais Solo-Água-Planta

Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista Atividade-Deg, Carga horária: 12
Outras informações
Laboratório de topografia-Total 192horas

Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsita Atividade/Biblioteca, Carga horária: 12

Atividades

08/2008 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Engenharia, Engenharia de Agua e Solo.

09/2006 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Engenharia, .


Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, CEMADEN, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsita DTI-B, Carga horária: 40

Atividades

02/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, .



Linhas de pesquisa


1.
Estudo hidrológico sobre o regime de escoamento de 3 sub-bacias hidrográficas a montante do reservatório da UHE de Camargos/CEMIG

Objetivo: Descrição: Avaliação hidrológica, pedológica, climatológica e hidrogeológica de 3 sub-bacias de drenagem para o reservatório da UHE de Camargos, estudando as condições de escoamento superficial e subterrâneo e principais pontos de recarga dos aqüíferos subterrâneos. Este projeto está sendo conduzido trabalhando-se com 4 áreas complementares: climatologia, pedologia, hidrogeologia e hidrologia. Será realizada uma caracterização climatológica da região (mapas de temperaturas mínima, média, máxima anual, evapotranspiração, precipitação total anual e totais mensais, e balanço hídrico global), trabalhando-se com dados climatológicos existentes e monitoramento climático, por meio de estações climatológicas compactas, sendo uma em cada sub-bacia hidrográfica. Levantamento pedológico da região, visando subsidiar estudos associados ao comportamento erosivo dos solos e das sub-bacias hidrográficas bem como subsidiar estudos de recarga de aqüíferos. Os estudos hidrológicos consistem, num primeiro instante, do monitoramento do escoamento superficial nas sub-bacias, por meio de estações fluviométricas e linígrafos automáticos e posteriormente, análise e modelagem do escoamento, por meio de um modelo de simulação. Além disto, o monitoramento do escoamento nas principais nascentes da área também é objeto de estudo deste grupo. Estudos topográficos por meio de geoprocessamento e sensoriamento remoto são a base para a modelagem proposta, a qual será aplicada para simulação do comportamento da produção de água na região, trabalhando-se com diferentes cenários de uso do solo. Este projeto é caracterizado como de Pesquisa e Desenvolvimento (P & D), recebendo a denominação de P&D076, e apoio financeiro da CEMIG/ANEEL. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Especialização ( 0) / Mestrado acadêmico ( 2) / Mestrado profissionalizante ( 0) / Doutorado ( 1) . Integrantes: Carlos Rogério de Mello - Integrante / Antonio Marciano da Silva - Integra.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo.
Palavras-chave: Hidrologia; sub-bacia de drenagem; regime de escoamento.
2.
Estimativa das evapotranspirações em diferentes regiões do Estado de Minas Gerais utilizando imagens do MSG/SEVIRI

Objetivo: Este projeto tem como objetivo estimar as evapotranspirações em diferentes regiões do Estado de Minas Gerais, criando uma estrutura robusta baseada em recepção e tratamento de imagens MSG/SEVIRI. A evapotranspiração será estimada pelo método do triângulo, sendo construído para tanto um dispersograma bidimensional para representar o grau de correlação entre o Ts e o NDVI. Para finalizar e validar as determinações os valores obtidos de evapotranspirações em regiões correspondentes das imagens com as evapotranspirações obtidas a partir de dados das Plataformas de Coleta de Dados do INPE serão confrontados para estabelecer os índices de exatidão e determinar as equações de correlações. Palavras-chave: MSG/SEVIRI, temperatura da superfície, NDVI evapotranspiração, método do triângulo, PCDs..
Grande área: Ciências Agrárias
3.
Sistema de Previsão Numérica de Tempo aplicada ao monitoramento e alerta de evento extremo meteorológico

Objetivo: Estas previsões constituem ferramentas poderosas para o alerta de sistemas de grande impacto como ciclones extratropicais, tempestades severas e tornados, causadores de enxurradas, granizo, descargas elétricas, deslizamentos de terra e ventos de grande intensidade. Por outro lado, a previsão de extremos meteorológicos ainda é um grande desafio nas pesquisas em modelagem atmosférica, onde pequenos erros nas condições iniciais podem ser amplificados produzindo previsões meteorológicas com grandes ruídos e sem grande utilidade. Neste contexto a utilização de previsões por conjuntos é uma ferramenta muito eficaz e de grande aplicação para a previsão e eventos extremos. Dentro deste contexto, o problema principal a ser abordado neste projeto é de como fornecer, por meio de um sistema de previsão numérica de tempo, produtos de modelagem atmosférica que auxiliem o monitoramento e alerta de fenômenos meteorológicos extremos sobre o estado de São Paulo. A presente proposta tem por objetivo o desenvolvimento de um sistema de previsão numérica de tempo aplicada ao monitoramento e alerta de eventos meteorológicos extremos no estado de São Paulo. Este sistema contará com previsões de tempo em curto e curtíssimo prazo, com alta resolução espacial e temporal, e com um sistema de modelagem atmosférica por conjuntos, o qual dará suporte ao Estado no monitoramento e alerta de extremos meteorológicos. Para este fim será utilizado o modelo regional Weather Research and Forecasting (WRF) com resolução espacial de 1km no sistema de previsão de curto e curtíssimo prazo e 5km para o sistema de previsões meteorológicas por conjunto, com domínio cobrindo todo estado de São Paulo. Neste contexto, as simulações contarão com um ciclo de assimilação de dados a cada 3 horas, com destaque para os dados de radar disponibilizados pelo IPMet, sendo os demais dados atmosféricos utilizados no ciclo de assimilação de dados disponibilizados pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos..
Grande área: Outros
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Sistema de previsão numérica de tempo aplicada ao monitoramento e alerta de eventos meteorológicos extremos
Descrição: No Brasil, os principais fenômenos relacionados a desastres naturais são derivados da dinâmica externa da Terra, tais como, inundações e enchentes, escorregamentos de solos e/ou rochas e tempestades. Estes fenômenos ocorrem normalmente associados a eventos pluviométricos intensos e prolongados, nos períodos chuvosos que correspondem ao verão na Região Sul e Sudeste e ao inverno na Região Nordeste.A complexidade e severidade das condições de tempo associadas a fenômenos atmosféricos extremos têm ganhado relevante importância devido aos prejuízos materiais e as perdas humanas que o desconhecimento destes pode ocasionar. Partindo do pressuposto que tais prejuízos podem ser minimizados, ou até mesmo evitados, grandes esforços no entendimento, monitoramento e previsão em curto prazo tem sido realizados por pesquisadores e centros de previsão no mundo inteiro. Alguns fenômenos meteorológicos, como tempestades intensas de pequenas escalas, causam com frequência grande dano às propriedades e à vida humana. Tais sistemas exigem uma descrição detalhada da atmosfera assim como previsões de alta precisão e de curtíssimo prazo. Estas previsões constituem ferramentas poderosas para o alerta de sistemas de grande impacto como ciclones extratropicais, tempestades severas e tornados, causadores de enxurradas, granizo, descargas elétricas, deslizamentos de terra e ventos de grande intensidade. Por outro lado, a previsão de extremos meteorológicos ainda é um grande desafio nas pesquisas em modelagem atmosférica, onde pequenos erros nas condições iniciais podem ser amplificados produzindo previsões meteorológicas com grandes ruídos e sem grande utilidade. Neste contexto a utilização de previsões por conjuntos é uma ferramenta muito eficaz e de grande aplicação para a previsão e eventos extremos. Dentro deste contexto, o problema principal a ser abordado neste projeto é de como fornecer, por meio de um sistema de previsão numérica de tempo, produtos de modelagem atmosférica que auxiliem o monitoramento e alerta de fenômenos meteorológicos extremos sobre o estado de São Paulo. A presente proposta tem por objetivo o desenvolvimento de um sistema de previsão numérica de tempo aplicada ao monitoramento e alerta de eventos meteorológicos extremos no estado de São Paulo. Este sistema contará com previsões de tempo em curto e curtíssimo prazo, com alta resolução espacial e temporal, e com um sistema de modelagem atmosférica por conjuntos, o qual dará suporte ao Estado no monitoramento e alerta de extremos meteorológicos. Para este fim será utilizado o modelo regional Weather Research and Forecasting (WRF) com resolução espacial de 1km no sistema de previsão de curto e curtíssimo prazo e 5km para o sistema de previsões meteorológicas por conjunto, com domínio cobrindo todo estado de São Paulo. Neste contexto, as simulações contarão com um ciclo de assimilação de dados a cada 3 horas, com destaque para os dados de radar disponibilizados pelo IPMet, sendo os demais dados atmosféricos utilizados no ciclo de assimilação de dados disponibilizados pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Lidiane Aparecida Borges - Integrante / Diego de Souza Oliveira - Coordenador.Financiador(es): Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - Bolsa.
2013 - Atual
DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE PREVISÃO DE ENXURRADAS, INUNDAÇÕES E MOVIMENTOS DE MASSA EM ENCOSTAS PARA PREVENÇÃO DE DESASTRES NATURAIS
Descrição: Descrição: Este projeto tem o objetivo de desenvolver sistemas pilotos de alerta de cheias e enxurradas e de alerta de movimentos de massa no Brasil considerando metodologias que usam observações de precipitação por redes de pluviômetros automáticos e radares meteorológicos, bem como previsões meteorológicas de curtíssimo e curto prazo. Para tal fim, será instalada uma rede experimental de estações hidrológicas automáticas (telemétricas) e um sítio piloto para monitoramento geotécnico. Em paralelo, as previsões de precipitações pluviométricas de curtíssimo prazo (nowcasting a partir de informações de radares meteorológicos) serão utilizadas como dados de entradas num modelo hidrológico distribuído e de modelos de risco iminente de movimentos de massa, visando aperfeiçoar a confiabilidade dos alertas de desastres naturais. Será estudado se previsões de precipitação usando a técnica de conjunto (a partir de modelos atmosféricos de alta resolução espacial) têm potencial para estender o horizonte de alerta de cheias e enxurradas. Também será explorado o uso de limiares de chuvas empiricamente determinados para a deflagração de movimentos de massa e de enxurradas...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (8) Doutorado: (9) .
Integrantes: Lidiane Aparecida Borges - Coordenador / Javier Tomasella - Integrante / Regina Célia dos Santos Alvalá - Integrante / Marcelo Seluchi - Integrante / Eduardo Mario Mendiondo - Integrante / Chou Sin Chan - Integrante / Benedito Claudio da Silva - Integrante / Agostinho T Ogura - Integrante / Alessandra Corsi - Integrante / Carlos Frederico de Angelis - Integrante / Graziela Balda Scofield - Integrante / Rochane de Oliveira Caram - Integrante / Marcus J. Bottino - Integrante / Marcio Augusto Ernesto de Moraes - Integrante / Daniel Andrés Rodriguez - Integrante / Claudia de Albuquerque Linhares - Integrante / Aline Schneider Falck - Integrante / Mosefran B. M. Firmino - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo.
3.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: Previsão de eventos meteoológicos extremos.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Desatres Naturais - Inundação.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Hidrologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BORGES, L. A.; PEREIRA, R. M. ; FERREIRA, E. ; Danta, A. A. A. . USO DA GEOESTATÍSTICA NO MAPEAMENTO DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DO ESTADO DE MINAS GERAIS E ESTIMATIVA DA VARIAÇÃ DO CONSUMO DE ÁGUA POR PIVÔ CENTRAL NO MUNÍCIPIO DE UNAÍ-MG, ENTRE 1998 E 2008. In: no XVI Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2009, Belo Horizonte. Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2009. v. XVI.

2.
BORGES, L. A.; Alvarenga, C. C. ; Ferraz, G. A. S . USO DA GEOESTATÍSTICA NO MAPEAMENTO DE VARIÁVEIS CLIMÁTICAS E SUA INFLUENCIA NA PRODUÇÃO CAFEEIRA DO ESTADO DE MINAS GERAIS. In: XVI Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2009, Belo Horizonte, MG. Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 2009. v. XVI.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
MARQUES, R. F. P. V ; BORGES, L. A. ; Franco, S. C. ; Mello, C. R. ; Silva,da .M .A. . AJUSTE DA DISTRIBUIÇÃO LOG-NORMAL A 3 PARÂMETROS PARA A PRECIPITAÇÃO DIÁRIA MÁXIMA ANUAL.. In: XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA, 2013, Fortaleza-CE. Anais do XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA, 2013.

2.
BORGES, L. A.; MARQUES, R. F. P. V ; Mello, C. R. . Erosividade mensal e anual da chuva na Região Serrana do Rio de Janeiro no ano de 2011. In: XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA, 2013, Fortaleza-CE. Anais do XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA, 2013.

3.
MARQUES, R. F. P. V ; BORGES, L. A. ; Alvarenga, C. C. ; Silva,da .M .A. . ndice de qualidade de áreas de disposição dos resíduos sólidos urbanos no Sul de Minas Gerais.. In: X Congreso Latinoamericano y del Caribe de Ingeniería Agrícola - CLIA e XLV Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA, 2012, Londrina-PR. Anais do X Congreso Latinoamericano y del Caribe de Ingeniería Agrícola - CLIA e XLV Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA, 2012.

4.
Alvarenga, C. C. ; MARQUES, R. F. P. V ; BORGES, L. A. ; AVILA, L. F. ; A, M, Andrade . PANORAMA DAS OUTORGAS E ESPACIALIZAÇÃO DAS VAZÕES OUTORGADAS PARA FINS DE IRRIGAÇÃO NO ESTADO DE MINAS GERAIS. In: XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2011, Cuiabá- MT. Anais do XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2011. v. 1. p. 1-4.

5.
MARQUES, R. F. P. V ; Alvarenga, C. C. ; BORGES, L. A. ; Silva,da .M .A. . ÍNDICE DE QUALIDADE DE ÁGUA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO NO RIO PIRACICABA, A JUSANTE DO MUNICÍPIO DE CORONEL FABRICIANO- MG.. In: XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2011, Cuiabá-MT. Anais do XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2011. v. 1. p. 1-4.

6.
BORGES, L. A.; Alvarenga, C. C. ; Ferraz, G. A. S . CONTRIBUIÇÃO DA GEOESTATÍSTICA NO MAPEAMENTO DAS V ARIÁVEIS CLIMÁTICAS DO CAFEEIRO, DO ESTADO DE MINAS GERAIS. In: IX Congresso Latino-Americano e do Caribe de Engenharia Agrícola e do XXXIX Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2010, 2010, Vitória. Engenharia Agrícola e o desenvolvimento das propriedades familiares. Vitória - ES: DCM/Incaper, 2010., 2010.

7.
Alvarenga, C. C. ; BORGES, L. A. ; Mello, C. R. . ESTUDO DA RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE VALORES DISCREPAN TES (OUTLIERS) E ANISOTROPIA NA ANÁLISE GEOESTATÍSTI. In: IX Congreso Latinoamericano y del Caribe de Ingenie ría Agrícola - CLIA 2010 XXXIX Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA 2010, 2010, Vitória. Engenharia Agrícola e o desenvolvimento das propriedades familiares. Vitória - ES: DCM/Incaper, 2010., 2010.

8.
Alvarenga, C. C. ; BORGES, L. A. ; Mello, C. R. . PANORAMA DA COBERTURA FLORESTAL NATURAL NO ESTADO D E MINAS GERAIS DURANTE AS ÚLTIMAS DÉCADAS DO SÉCULO. In: IX Congreso Latinoamericano y del Caribe de Ingenie ría Agrícola - CLIA 2010 XXXIX Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA 2010, 2010. Engenharia Agrícola e o desenvolvimento das propriedades familiares. Vitória - ES: DCM/Incaper, 2010., 2010.

9.
BORGES, L. A.; Mello, C. R. ; Alvarenga, C. C. . Comparação dos métodos dos momentos e da máxima verossimilhança para estimativa dos parâmetros da distribuição de probabilidade Weibull. I. In: Reunião Regional da SBPC em Lavras, MG e XIX Congresso de Pós-Graduação da UFLA, 2010, Lavras, MG, 2010, Lavras-MG. Anais do XIX Congresso de Pós-Graduação da UFLA., 2010. v. 1. p. 1-4.

10.
Alvarenga, C. C. ; Mello, C. R. ; AVILA, L. F. ; BORGES, L. A. . Determinação da umidade do solo na capacidade de campo e no ponto de murcha permanente com base em atributos físicos do solo.. In: Reunião Regional da SBPC em Lavras, MG e XIX Congresso de Pós-Graduação da UFLA, 2010, Lavras, MG, 2010, Lavras-MG. Anais do XIX Congresso de Pós-Graduação da UFLA., 2010. v. 1. p. 1-4.

11.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. . VARIABILIDADE ESPACIAL DOS ATRIBUTOS FISÍCO-HÍDRICOS DO SOLO NA BACIA. In: XXXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2009, Juazeiro (BA)/Petrolina (PE). XXXVIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2009.

12.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . IMPACTO DO USO INSIGNIFICANTE NO COMPROMETIMENTO DOS RECURSOS HÍDRICOS SUPERFICIAIS NO GD4,PN1,DO1,SF1 E SF8 - MG. In: CIGR - International Conference of Agricultural Engineering, 2008, Foz do Iguaçu. CIGR - International Conference of Agricultural Engineering, 2008.

13.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . RAINFALL EROSIVITY INDEX, SOIL LOSS, AND ERODIBILITY FACTOR TO TWO EXPERIMENTAL PARCELS ON RIVER VISTA BELA WATERSHED. In: CIGR - International Conference of Agricultural Engineering, 2008, Foz do Iguaçu. CIGR - International Conference of Agricultural Engineering, 2008.

14.
A, M, Andrade ; Silva,da .M .A. ; Gomes, M. N. ; COELHO, G. ; BORGES, L. A. . Run Off Curve for Monitoring the Suspended Solids Flow at Vista Bela Creek Watershed. In: XXXVII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola e CIGR International Conference of Agricultural Engineering, 2008, Foz do Iguaçu. XXXVII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2008.

15.
A, M, Andrade ; Silva,da .M .A. ; Gomes, M. N. ; COELHO, G. ; BORGES, L. A. . Run Off Curve for Monitoring the Suspended Solids Flow at Vista Bela Creek Watershed. In: XXXVII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola e CIGR International Conference of Agricultural Engineering, 2008, Foz do Iguaçu. XXXVII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2008.

16.
A, M, Andrade ; Silva,da .M .A. ; Gomes, M. N. ; COELHO, G. ; BORGES, L. A. . Comparison About Three Different Methods for Obtaining the Baseflow Recession in Station of Bom Jardim de Minas. In: XXXVII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola e CIGR International Conference of Agricultural Engineering ,, 2008, Foz do Iguaçu, PR. XXXVII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2008.

17.
Silva,da .M .A. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade ; Gomes, M. N. ; BORGES, L. A. . Hidrologia de nascentes e caracterização físico-hídrica do solo no seu entorno.. In: Congresso Brasileio de Engenharia Agrícola, 2007, Bonito, MS. Anais do XXXVI de Engenharia Agrícola, 2007.

18.
A, M, Andrade ; Mello, C. R. ; Silva,da .M .A. ; BORGES, L. A. ; Gomes, M. N. . CONTINUIDADE ESPACIAL DA CAPACIDADE DE RETENÇÃO DE ÁGUA DO SOLO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO MARCELA QUANDO SUBMETIDO A BAIXAS TENSÕES. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 2007, BONITO, MS. Anais do XXXVI do Congresso de Engenharia Agrícola, 2007.

19.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . Balanço hídrico por meio da lei de conservação de massas na sub-bacia do ribeirão Marcela Nazareno/MG. In: XVII Congresso de Pós-Graduação da UFLA, 2007, Lavras. Anais do XVII Congresso de Pós-Graduação da UFLA, 2007.

20.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; Mello, C. R. ; COELHO, G. ; A, M, Andrade . Impacto do uso insignificante no comprometimento dos recursos hídricos superfíciais no GD1 e JQ2 - MG.. In: XVII Congresso de Pós-Graduação da UFLA,, 2007, Lavras. Anais do XVII Congresso de Pós-Graduação da UFLA, 2007. v. 1. p. 1-6.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . PERDA DE ÁGUA NA BACIA DO RIBEIRÃO VISTA BELA - MG. In: XVI Congresso De Iniciação Cientifica da UFLA, 2008, Lavras. XVI Congresso De Iniciação Cientifica da UFLA, 2008.

2.
A, M, Andrade ; Silva,da .M .A. ; Mello, C. R. ; COELHO, G. ; BORGES, L. A. . Monitoramento da Concentração de Sólidos Suspensos na Sub-bacia do Ribeirão Vista Bela-MG. In: XXI Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2008, Lavras. XXI Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2008.

3.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . Perda de solo associada ao uso do solo na bacia do ribeirão Lavrinha em Bocaina/MG. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2007, Lavras. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2007.

4.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . Erosividade da chuva na bacia do ribeirão Lavrinha em Bocaina/MG.. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2007, lAVRAS. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2007.

5.
A, M, Andrade ; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; BORGES, L. A. . Balanço hídrico na sub-bacia hidrográfica do ribeirão Marcela, na região do Alto Rio Grande/MG. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2007, Lavras. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2007.

6.
A, M, Andrade ; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; BORGES, L. A. . Obtenção da equação de chuvas intensas para a estação de Madre de Deus de Minas no Alto Rio Grande/MG. In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2007, Lavras. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA, 2007.

Apresentações de Trabalho
1.
BORGES, L. A.; MARQUES, R. F. P. V ; Mello, C. R. . Erosividade mensal e anual da chuva na Região Serrana do Rio de Janeiro no ano de 2011. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
Alvarenga, C. C. ; MARQUES, R. F. P. V ; BORGES, L. A. ; AVILA, L. F. ; A, M, Andrade . XL Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
BORGES, L. A.; Mello, C. R. ; Alvarenga, C. C. . Comparação dos Métodos de Verificação do Ajuste da Distribuição Gumbel a Dados Extremos. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. . VARIABILIDADE ESPACIAL DOS ATRIBUTOS FISÍCO-HÍDRICOS DO SOLO NA BACIA. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . RAINFALL EROSIVITY INDEX, SOIL LOSS, AND ERODIBILITY FACTOR TO. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . IMPACT OF THE INSIGNIFICANT USE ON AVAILABILITY OF SURFACE WATER RESOURCES IN UPGRH: GD04, PN01, DO01, SF01, AND SF08 AT MG - BRAZIL. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; Mello, C. R. ; COELHO, G. ; A, M, Andrade . Perda de Água na Bacia Hidrográfica do Ribeirão Vista Bela-MG. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; COELHO, G. ; Mello, C. R. ; A, M, Andrade . IMPACTO DO USO INSIGNIFICANTE NO GD1 E JQ2 - MG. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; Mello, C. R. ; COELHO, G. ; A, M, Andrade . Perda de solo associada ao uso do solo na bacia do ribeirão Lavrinha em. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
BORGES, L. A.; Silva,da .M .A. ; Mello, C. R. ; COELHO, G. ; A, M, Andrade . Erosividade da chuva na bacia do ribeirão Lavrinha em Bocaina/MG. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVI Congresso Brasileiro de Agrometeorologia. Uso da Geosestatística no mapeamento da evapotranspiração do estado de Minas Gerais e estimativa da variação de água por pivô central do munícipio de Unaí-MG, entre 1998 e 2008. 2009. (Congresso).

2.
XXXVIII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. VARIABILIDADE ESPACIAL DOS ATRIBUTOS FISÍCO-HÍDRICOS DO SOLO NA BACIA. 2009. (Congresso).

3.
CIGR - International Conference of Agricultural Engineering. IMPACTO DO USO INSIGNIFICANTE NO COMPROMETIMENTO DOS RECURSOS HÍDRICOS SUPERFICIAIS NO GD4,PN1,DO1,SF1 E SF8 - MG. 2008. (Congresso).

4.
XXI Congresso de Iniação da UFLA. PERDA DE ÁGUA NA BACIA DO RIBEIRÃO VISTA BELA - MG. 2008. (Congresso).

5.
XVI Congresso de Pós-Graduação da UFLA. Impacto do uso insignificante no comprometimento dos recursos hídricos superficiais no GD1 e JQ2-MG. 2007. (Congresso).

6.
XX Congresso de Iniciação Científica da UFLA. PERDA DE SOLO ASSOCIADA AO USO DO SOLO NA BACIA DO RIBEIRÃO LAVRINHA EM BOCAÍNA / MG. 2007. (Congresso).

7.
XXXVI Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. Continuidade espacial da capacidade de retenção de água do solo na bacia hidrográfica do Ribeirão Marcela quando submetido a baixas tensões. 2007. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/10/2018 às 11:27:41