Benoît Francis Patrice Loeuille

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5602812644185985
  • Última atualização do currículo em 15/12/2018


Possuo graduação em "Sciences pharmaceutiques et biologiques" - Université Lille 2 - Droit et Santé (2004) e Doutorado em Ciências Biológicas (Botânica) pela Universidade de São Paulo (2011). Atualmente, Professor Adjunto A da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Tenho experiência na área de Botânica, com ênfase em sistemática e filogenia de Vernonieae (Asteraceae). Minha principal linha de investigação é o estudo da evolução da diversidade morfológica e fitoquímica das Asteraceae Neotropicais num enfoque filogenético. Meu interesse é particularmente a evolução e sistemática das subtribos Lychnophorinae, Chrestinae (Vernonieae) e Helianthinae (Heliantheae), grupos bem representados nas diversas fitofisionomias do Domínio do Cerrado, que apresentam possíveis adaptações relativas à resistência ao fogo e à herbivoria. Minha abordagem principal em pesquisa tenta superar a distância crescente entre os resultados de filogenia molecular e os da taxonomia tradicional (morfológica), usando diversas fontes de evidências (morfológica, molecular, fitoquímica, etc) no processo de reconstrução de árvores filogenéticas e reconhecendo somente táxons monofiléticos definidos por sinapomorfias morfológicas ou fitoquímicas. Minhas linhas secundárias de pesquisa incluem estudos taxonômicos, filogenéticos e florísticos das tribos Gnaphalieae, Vernonieae e Heliantheae. Trabalho também em Teoria da Sistemática (Three-items analysis), História e Filosofia da Ciência (relacionadas a classificação e homologia) e Filosofia Antiga. Membro dos Grupos de Pesquisa DYNAMIS - Filosofia Antiga e seus desdobramentos (CNPq) - e do Hermeneia-Línguas e Literaturas Clássicas e Comparadas (CNPq) onde está desenvolvida a tradução da obra de Teofrasto - História das Plantas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Benoît Francis Patrice Loeuille
Nome em citações bibliográficas
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.
Universidade Federal de Pernambuco UF/PE
Iputinga
50670901 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (11) 21268352


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2011
Doutorado em Ciências Biológicas (Botânica).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Towards a phylogenetic classification of Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae), Ano de obtenção: 2011.
Orientador: José Rubens Pirani.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Taxonomia; asteraceae; Filogenia; Vernonieae.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal / Especialidade: Taxonomia de Fanerógamos.
2004 - 2004
Especialização em Diplôme universitaire d'ethnobotanique.
Université Lille 2 - Droit et Santé, U. LILLE 2, França.
2003 - 2004
Especialização em DEA Biodiversité.
Université Pierre et Marie Curie, LISE / CNRS, França.
Título: Biodiversité dans les Néotropiques: phylogénie, biogéographie, radiation et évolution florale dans le complexe d´espèces Codonanthe/Nematanthus (Gesneriaceae).
Orientador: Vincent Savolainen.
1999 - 2004
Especialização em Maîtrise de Sciences Biomédicales.
Université Lille 2 - Droit et Santé, U. LILLE 2, França.
1997 - 2004
Graduação em Sciences pharmaceutiques et biologiques.
Université Lille 2 - Droit et Santé, U. LILLE 2, França.
Título: Candomblé et plantes sacrées.
Orientador: Annick Delelis.


Pós-doutorado


2012 - 2016
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal / Especialidade: Taxonomia de Fanerógamos.


Formação Complementar


2013 - 2013
Extensão universitária em Introdução a Heidegger. (Carga horária: 8h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2013 - 2013
Linux - Princípios do Linux. (Carga horária: 40h).
UNIAO EDUCACIONAL E TECNOLOGICA IMPACTA-UNI.IMPACTA LTDA., UETI_PPROV, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
INTRODUÇÃO À LÓGICA: MODOS DE PENSAR NA CIÊNCIA
03/2017 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biogeografia
06/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.

Cargo ou função
Membro do colegiado do curso de licenciatura em ciências biológicas.
02/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.

10/2018 - 10/2018
Extensão universitária , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica.

Atividade de extensão realizada
Expo UFPE 2018.
09/2018 - 09/2018
Ensino, Biologia Vegetal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Biogeografia Histórica
09/2018 - 09/2018
Extensão universitária , Centro de Ciências Biológicas, .

Atividade de extensão realizada
Participação no evento "Circuito de Sensibilização em Acessibilidade para os docentes do CB".
08/2018 - 08/2018
Ensino, Biologia Vegetal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
INTRODUÇÃO AO SEQUENCIAMENTO DE NOVA GERAÇÃO E APLICAÇÕES À SISTEMÁTICA
03/2018 - 03/2018
Ensino, Biologia Animal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Latim para Zoologia
05/2017 - 05/2017
Ensino, Biologia Vegetal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Latim Botânico
04/2017 - 04/2017
Ensino, Biologia Vegetal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Sistemática Filogenética
02/2016 - 01/2017
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Diversidade de plantas sem sementes
08/2016 - 12/2016
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à filosofia da ciência

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 30
Outras informações
Disciplina de Latim Botânico

Vínculo institucional

2012 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós doutorando, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
"Filogenia das espécies sul-americanas de Viguiera (Asteraceae: Heliantheae)". Departamento de Botânica, Instituto de Biociências, Universidade de São Paulo.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 30
Outras informações
Disciplina de Pós-graduação BIB 5770 ?Sistemática, evolução e biogeografia de Asteraceae?, aulas teóricas e práticas ministradas em corresponsabilidade com o Prof. Dr. José Rubens Pirani e o Dr. Gustavo Heiden, no Departamento de Botânica do IB-USP.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 33
Outras informações
Disciplina de Pós-graduação BIB 5712 ?Sistemática Molecular?, aulas teóricas e práticas ministradas em corresponsabilidade com a Profa. Dra. Lúcia Garcez Lohmann, no Departamento de Botânica do IB-USP

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 12
Outras informações
Curso "Sequenciamento de Nova Geração de DNA aplicado à Sistemática? durante a ?16ª Semana Temática da Biologia?

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 8
Outras informações
Aulas teóricas e práticas de ?Sequenciamento de Nova geração? na disciplina de graduação BIB 525 ?Biologia Molecular de Plantas? no Departamento de Botânica

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 8
Outras informações
Aula intitulada ?Análise filogenética aplicada à anatomia vegetal? na disciplina de Pós-graduação LCB5735 ?Anatomia Vegetal? no Departamento de Ciências Biológicas, ESALQ-USP

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 60
Outras informações
Colaborador da disciplina de pós-graduação BIB 5728-1 "Análise de três itens (Three-item analysis) em Sistemática e Biogeografia" no Departamento de Botânica do IB-USP.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 8
Outras informações
Monitor voluntário da disciplina de graduação BIB 311 "Diversidade e evolução das plantas vasculares (Tracheophyta)" no Departamento de Botânica do IB-USP.

Vínculo institucional

2006 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estagiário no Laboratório de Sistemática Vegetal do Departamento de Botânica, IB-USP, São Paulo, SP, Brasil. Orientação: Prof. Dr. José Rubens Pirani Projeto: Flora da Serra do Cipó: Styracaceae.

Atividades

02/2006 - 01/2016
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Biociências, Instituto de Biociências.

Atividade realizada
Identificação de materiais botânicos para herbários nacionais e estrangeiros: ALCB, BHCB, CEN, DIA, ESA, GA, GH, HRB, HUEFS, HUFU, ICN, IBGE, MBM, NY, P, RB, SP, SPFR, UB, UEC, UFG, UFMT, UPCB e US..
02/2006 - 01/2016
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Biociências, Instituto de Biociências.

Atividade realizada
Organização e digitalização do herbário SPF.
10/2015 - 10/2015
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Biociências, Instituto de Biociências.

Atividade realizada
Minicurso de Latim Botânico (25h).
01/2009 - 11/2011
Treinamentos ministrados , Instituto de Biociências, Departamento de Botânica.

Treinamentos ministrados
Técnicas em biologia molecular

Royal Botanic Gardens, Kew, RBG-KEW, Inglaterra.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estagiário na seção de Sistemática Molecular do Jodrell Laboratory. Projeto: Filogenia molecular de Moraea (Iridaceae) baseada numa região plastidial. Orientação: Dr. Vincent Savolainen.


Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 30
Outras informações
Disciplina de graduação ?Botânica Sistemática II?, aulas teóricas e práticas ministradas em corresponsabilidade com a Profa. Dra. Samantha Koehler, no Departamento de Ciências Biológicas, da UNIFESP, campus Diadema.


Université Lille 2 - Droit et Santé, U. LILLE 2, França.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor
Outras informações
Monitor voluntário da disciplina de graduação "Biologia Vegetal", oferecida aos alunos do segundo ano do curso de Ciências Farmacêuticas e Biológicas na Faculté des Sciences Pharmaceutiques et Biologiques.

Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 15
Outras informações
Estudo da toxicidade do DEHP sobre hepatócitos de ratazana. Dosagem sanguínea do DEHP em pacientes hemodialisados e sob nutrição parenteral por cromatografia líquida de alta eficiência. Laboratório de Farmacologia na Faculté des Sciences Pharmaceutiques et Biologiques de Lille, Nord (59). Orientação: Dr. Nicolas Kambia


Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 30
Outras informações
Disciplina de Pós-graduação FAP 410004 ?Sequenciamento de DNA de Nova Geração aplicado à Sistemática? aulas teóricas e práticas ministradas no Centro de Ciências Biológicas


Faculdade de Medicina do ABC, FMABC, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudos anatômicos de meristema floral, dosagem espectrofotométrica das clorofilas e carotenóides de tomates salvagens e cultivados. Orientação: Dr. José Armando Junior.


Escola Estadual Maria Zilda Gamba Natel, E.E.M.Z.G.N., Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 9
Outras informações
Aula intitulada ?Por que e como classificar as plantas?? para as seis turmas de alunos da terceira série do ensino médio


Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, IP/JBRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 30
Outras informações
Disciplina de Latim Botânico



Linhas de pesquisa


1.
Sistemática de Asteraceae
2.
Filogenia
3.
História da sistemática
4.
Filosofia da Ciência


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Flora da Usina Sao José, Igarassu, Pernambuco: Asteraceae.
Descrição: O estudo da familia Asteraceas é parte do levantamento da Flora da Usina Sao José, Igarassu, Pernambuco, Brasil. Oito tribos estao representadas naquela área por 22 gêneros e 28 espécies São apresentadas chaves para os gêneros e espécies, descrições e ilustrações, além de comentários sobre sua distribuição geográfica, fenologia e variabilidade..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) .
Integrantes: Benoît Francis Patrice Loeuille - Coordenador.Número de orientações: 2
2012 - 2014
Lista das espécies de plantas vasculares do estado do Paraná (tribo Vernonieae)
Descrição: Auxílio e colaboração na revisão da Lista de Asteraceae (Tribo Vernonieae)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Flora do Estado de Rio do Janeiro: gêneros diversos de Asteraceae.
Descrição: O tratamento dos gêneros Eremanthus (Vernonieae); Achillea, Artemisia e Soliva (Anthemidae); Facelis (Gnaphalieae); Baltimora, Eleutheranthera e Verbesina (Heliantheae); e Flaveria e Porophyllum (Tageteae)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Filogenia das espécies sul-americanas de Viguiera (Asteraceae: Heliantheae).
Descrição: Pós-Doutorado Se as revisões taxonômicas são fundamentais para o reconhecimento das espécies que ocorrem em um determinado local e, por consequência, para a conservação de tais espécies e os ecossistemas onde ocorrem, os trabalhos recentes mostram que sua integração com estudos filogenéticos formam a base moderna para a conservação da diversidade de plantas. Informações sobre as propriedades biológicas (e.g. anatomia, fitoquímica) são essenciais na inferência de filogenias detalhadas. Tendo estas filogenias como base e, assim, empregando nas classificações apenas os grupos monofiléticos, os padrões biogeográficos e filogeográficos das linhagens (clados e espécies, respectivamente), surgem como um dos aspectos de destaque na conservação dos próprios padrões evolutivos da Árvore da Vida, permitindo traçar estratégias de conservação mais adequadas, completas e abrangentes. O gênero Viguiera (Asteraceae, Heliantheae), da subtribo Helianthinae, foi alvo de vários estudos filogenéticos, usando dados moleculares nos últimos anos, tendo sido demonstrado que na circunscrição atual não constitui um grupo monofilético. Baseando-se nessas filogenias, os clados bem sustentados foram elevados ao nível genérico (Schilling & Panero 2002, 2011). No entanto, a transfêrencia das espécies sul-americanas de Viguiera para Aldama continua controvertida, uma vez que existe poucas espécies sul-americanas amostradas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Checklist das Asteraceae do Rio Grande do Sul: tribos Vernonieae e Heliantheae s.l.
Descrição: Uma lista preliminar já foi realizada e as coleções do herbário ICN revisadas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Flora da Serra do Cipó: Tribo Heliantheae (Asteraceae)
Descrição: A tribo Heliantheae (sensu lato) está representada naquela área por 12 gêneros e ca. 41 espécies. O projeto está em etapa preliminar com a finalização do checklist. A prioridade é a visita aos herbários com coleções da Serra do Cipó e realização de expedições de coleta..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2014
Lista das espécies ameaçadas de extinção de Asteraceae (tribo Vernonieae) realizado pelo Centro Nacional de Conservação da Flora (CNC Flora).
Descrição: Validação dos dados referentes aos gêneros Anteremanthus, Chresta, Chronopappus, Eremanthus, Lychnophora, Lychnophoriopsis, Minasia, Paralychnophora, Piptocarpha, Piptolepis, Prestelia e Proteopsis..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - Atual
Estudos morfoanatômicos, metabolômicos e moleculares como subsídios à sistemática de espécies de Asteraceae e acesso ao seu potencial farmacológico.
Descrição: O projeto temático está organizado em três subprojetos cuja meta principal é ampliar os conhecimentos morfoanatomicos e metabolômicos das Asteraceae esclarecendo a filogenia de dois importantes grupos, além de levantar o potencial farmacológico das espécies escolhidas através de ensaios anti-inflamatórios "in vitro". A escolha das tribos Heliantheae e Vernonieae baseou-se no fato de serem grupos bastante representativos no Brasil de dois ramos muito distintos dentro de Asteraceae. Muitas das espécies escolhidas são endêmicas, ocorrentes em diversas fitofisionomias do Domínio do Cerrado, e apresentam risco de extinção antes mesmo de serem realizados estudos biológicos e químicos. Da tribo Heliantheae foi escolhido o gênero Viguiera Kunth, com elevado número de espécies, classificação taxonômica complexa e problemas em sua delimitação. A revisão taxonômica das espécies que ocorrem no Brasil foi realizada em 2006, pela integrante da equipe Dra. Mara Magenta, que levantou a necessidade de estudos com marcadores moleculares associados aos estudos morfoanatomicos e químicos para o entendimento da filogenia desse grupo. Da tribo Vernonieae foram eleitas espécies da subtribo Lychnophorinae e um gênero monoespecífico relacionado, considerado grupo irmão de Lychnophorinae. A escolha baseou-se nos resultados preliminares de filogenia molecular e na dificuldade para o delineamento filogenético do grupo pelo doutorando Benoit Loeuille, sob a orientação do Prof. José R. Pirani. A busca de novas entidades químicas em plantas de importantes biomas brasileiros como o Cerrado para o uso na terapêutica pode contribuir para a sustentabilidade do país, podendo gerar renda em pequenas comunidades de regiões pouco favorecidas onde crescem, ocorrem as espécies previstas neste projeto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Benoît Francis Patrice Loeuille - Integrante / José Rubens Pirani - Integrante / Mara Angelina Galvão Magenta - Integrante / Beatriz Appezzato da Glória - Coordenador / Fernando batista da Costa - Integrante / Adriana Hissae Hayashi - Integrante / Leonardo Gobbo Neto - Integrante / Vera Lúcia Garcia Rehder - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2007 - 2013
Flora da Serra do Cipó: Tribos Gnaphalieae e Inuleae (Asteraceae).
Descrição: O estudo da tribo Gnaphalieae (Asteraceas) é parte do levantamento da Flora da Serra do Cipó, Minas Gerais, Brasil. A tribo Gnaphalieae está representada naquela área por cinco gêneros: Achyrocline (2 spp.), Chevreulia (1 sp.), Chionolaena (1 sp.), Lucilia (2 spp.) e Stenophalium (1 sp.); a tribo Inuleae está representada por um gênero: Pluchea (1 sp.). São apresentadas chaves para os gêneros e espécies, descrições e ilustrações, além de comentários sobre sua distribuição geográfica, fenologia e variabilidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2011
Towards a phylogenetic classification of Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae).
Descrição: Uma hipótese filogenética das Vernonieae Americanas, baseada em uma matriz morfológica e em três regiões moleculares (ITS, ndhF, rpl32-trnL), revela a existência de quatro linhagens principais neste grupo. Três desses linhagens correspondem, com alguns ajustes, às subtribos Chrestinae, Lychnophorinae e Vernoniinae. A última linhagem é principalmente composta de espécies de Lepidaploinae e de Elephantopinae. Para uma circunscrição de Lychnophorinae monofilética, devem ser incluídas duas pequenas subtribos - Centratherinae e Sipolisiinae - e três gêneros monotípicos (Albertinia, Blanchetia e Gorceixia), tendo como sinapomorfia, a presença de heliangolidos nas partes aéreas. Os resultados mostram que a sincefalia provavelmente surgiu três ou quatro vezes ao longo da evolução das Vernonieae Americanas. As características especiais desses agregações de capítulos em cada linhagem sugerem que a formação da sincefalia deve estar relacionada a diferentes funções biológicas: atração nas Chrestinae, dispersão nas Rolandrinae e proteção nas Lychnophorinae. A análise filogenética das Lychnophorinae foi realizada baseada numa matriz morfológica e quatro regiões moleculares (ETS, ITS, ndhF, rpl32-trnL), a fim de delimitar gêneros monofiléticos na subtribo e alcançar uma melhor compreensão das relações entre seus gêneros. O gênero mais rico da subtribo, Lychnophora, com 32 espécies descritas, emergiu como polifilético, envolvendo três principais linhagens não estreitamente relacionadas. A maioria dos clados obtidos estão associados a conceitos de gêneros já existentes e podem ser definidos por uma combinação simples de caracteres morfológicos. Albertinia, Blanchetia e Gorceixia são as linhagens mais basais, enquanto Eremanthus e Lychnophora "stricto sensu" emergiram como o clado mais derivado, que contém metade das espécies da subtribo. Porém, as relações entre os demais clados persistem apenas parcialmente resolvidas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Benoît Francis Patrice Loeuille - Coordenador / José Rubens Pirani - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2006 - Atual
Flora da Serra do Cipó: Tribo Vernonieae (Asteraceae).
Descrição: A tribo Vernonieae está representada naquela área por 20 gêneros e ca. 87 espécies, das quais, oito são espécies novas. O projeto está em etapa preliminar com o término do checklist. A prioridade é publicar os táxons e combinações novas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Outros Projetos


2008 - 2010
Estudos filogenéticos na subtribo Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae), com ênfase no gênero Eremanthus Less., baseados em dados moleculares e morfológicos.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Jose Rubens Pirani em 13/03/2013.
Descrição: O Planalto Central brasileiro contém várias áreas montanhosas, as quais são centros locais de diversidade de plantas. As causas dessa alta riqueza de espécies são ainda pouco entendidas e para responder a questões de como ela foi gerada, estudos da evolução dos grupos biológicos são necessários. Um destes grupos de alta diversidade é Asteraceae, especialmente a tribo Vernonieae. Nessa tribo, o gênero Eremanthus é muito interessante, dada a sua diversidade morfológica e suas adaptações aos campos rupestres e cerrados. A taxonomia desse gênero continua controvertida, de forma que uma filogenia baseada em dados morfológicos e moleculares poderia ajudar a esclarecer as delimitações de espécies e grupos supra-específicos em Eremanthus e gêneros correlatos. Este projeto tem por objetivos: estudar as relações filogenéticas entre as espécies de Eremanthus e gêneros próximos dentro da tribo Vernonieae e fornecer uma hipótese filogenética da subtribo Lychnophorinae, contribuindo com uma proposta de circunscrição de grupos bem definidos, monofiléticos; examinar a evolução de diversos caracteres morfológicos e biológicos do grupo à luz da filogenia; executar uma análise biogeográfica cladística com objetivo de melhorar a compreensão da história do grupo e da região e selecionar áreas prioritárias para conservação; e finalmente, detectar os principais padrões geográficos de especiação..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Benoît Francis Patrice Loeuille - Integrante / José Rubens Pirani - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Smithsonian Institution - Auxílio financeiro.


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Boletim de Botânica
2011 - Atual
Periódico: Phytotaxa
2012 - Atual
Periódico: Systematic Botany
2012 - Atual
Periódico: Rodriguésia (Impresso)
2012 - Atual
Periódico: International Journal of Molecular Sciences (Online)
2012 - Atual
Periódico: Botany (Ottawa. Print)
2015 - Atual
Periódico: Acta Botanica Brasílica (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Check List (São Paulo. Online)
2014 - Atual
Periódico: Sitientibus. Série Ciências Biológicas
2014 - Atual
Periódico: Hoehnea (São Paulo)
2015 - Atual
Periódico: Acta Botanica Mexicana
2015 - Atual
Periódico: Molecular Phylogenetics and Evolution (Print)
2017 - Atual
Periódico: CONTRIBUTIONS TO ZOOLOGY


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Latim
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Saavedra, M.M.2018Saavedra, M.M. ; Guimarães, E.F. ; Loeuille, B. ; Forzza, R.C. . Taxonomic Revision of Dasyphyllum sect. Macrocephala (Asteraceae: Barnadesioideae). SYSTEMATIC BOTANY, v. 43, p. 297-315, 2018.

2.
LUSA, MAKELI G.2018LUSA, MAKELI G. ; LOEUILLE, BENOIT ; CICCARELLI, D. ; APPEZZATO-DA-GLÓRIA, BEATRIZ . Evolution of stem and leaf structural diversity: a case study in Lychnophorinae (Asteraceae). BOTANICAL REVIEW, v. 1, p. 1, 2018.

3.
MARTUCCI, M. E. P.2018MARTUCCI, M. E. P. ; Loeuille, B. ; PIRANI, JOSÉ RUBENS ; GOBBO NETO, L. . Comprehensive untargeted metabolomics of Lychnnophorinae subtribe (Asteraceae: Vernonieae) in a phylogenetic context. PLoS One, v. 13, p. e0190104, 2018.

4.
LUSA, MAKELI G.2018LUSA, MAKELI G. ; LOEUILLE, BENOÎT ; APPEZZATO-DA-GLORIA, B. . First record of phytomelanin in aerial vegetative organs and its evolutionary implications in Lychnophorinae (Vernonieae: Asteraceae). PERSPECTIVES IN PLANT ECOLOGY EVOLUTION AND SYSTEMATICS, v. 33, p. 18-33, 2018.

5.
SINISCALCHI, CAROLINA M.2018SINISCALCHI, CAROLINA M. ; LOEUILLE, BENOÎT F. P. ; PIRANI, JOSÉ RUBENS . Two new rupiculous Chresta (Asteraceae, Vernonieae) species from the Brazilian Caatinga. SYSTEMATIC BOTANY, v. 4, p. 1059-1071, 2018.

6.
BFG - The Brazil Flora Group2018BFG - The Brazil Flora Group. Brazilian Flora 2020: Innovation and collaboration to meet Target 1 of the Global Strategy for Plant Conservation (GSPC). RODRIGUÉSIA (IMPRESSO), v. 69, p. 1513-1527, 2018.

7.
MAGENTA, M. A. G.2017MAGENTA, M. A. G. ; LOEUILLE, BENOÎT F. P. ; PIRANI, J. R. . Fitogeografia de Aldama (Asteraceae, Heliantheae) na América do Sul. Rodriguesia, v. 68, p. 463-480, 2017.

8.
Loeuille, B.2017Loeuille, B.; ROQUE, N. . Maschalostachys, a new genus of Vernonieae (Asteraceae) from Brazil. Phytotaxa (Online), v. 295, p. 35-48, 2017.

9.
SINISCALCHI, CAROLINA M.2017SINISCALCHI, CAROLINA M. ; SOUZA-SOUZA, RAQUEL M.B. ; LOEUILLE, BENOÎT ; PIRANI, JOSÉ RUBENS ; GONÇALVES-ESTEVES, VANIA . The systematic value of pollen morphology in Chresta Vell. ex DC. (Vernonieae, Asteraceae). REVIEW OF PALAEOBOTANY AND PALYNOLOGY, v. 1, p. 1-2, 2017.

10.
Siniscalchi, C.M.2016Siniscalchi, C.M. ; Loeuille, B. ; PIRANI, J. R. . A new species of Chresta (Vernonieae, Asteraceae) endemic to the Mata Atlântica Domain, Brazil. Phytotaxa: a rapid international journal for accelerating the publication of botanical taxonomy, v. 244, p. 80-88, 2016.

11.
Loeuille, B.2016Loeuille, B.; PIRANI, J. R. .

Two new syncephalous species of Eremanthus (Asteraceae: Vernonieae) from southeastern Brazil

. Phytotaxa (Online), v. 243, p. 128-136, 2016.

12.
Siniscalchi, C.M.2016Siniscalchi, C.M. ; Loeuille, B. ; Semir, João ; PIRANI, JOSÉ RUBENS .

Lychnophora spiciformis (Asteraceae: Vernonieae), a new species from Bahia, Brazil

. Phytotaxa (Online), v. 253, p. 48, 2016.

13.
LUSA, MAKELI G.2016LUSA, MAKELI G. ; MARTUCCI, MARIA E. P. ; LOEUILLE, BENOÎT F. P. ; GOBBO-NETO, LEONARDO ; APPEZZATO-DA-GLÓRIA, BEATRIZ ; DA COSTA, FERNANDO B. . Characterization and evolution of secondary metabolites in Brazilian Vernonieae (Asteraceae) assessed by LC-MS fingerprinting. Botanical Journal of the Linnean Society (Print), v. 182, p. 594-611, 2016.

14.
LOEUILLE, B.2015 LOEUILLE, B.; KEELEY, S. C. ; PIRANI, JOSÉ RUBENS . Systematics and evolution of syncephaly in American Vernonieae (Asteraceae) with emphasis on the Brazilian subtribe Lychnophorinae.. Systematic Botany, v. 40, p. 286-298, 2015.

15.
LOEUILLE, B.2015 LOEUILLE, B.; SEMIR, J. ; LOHMANN, L. G. ; PIRANI, J. R. . A phylogenetic analysis of Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae) based on molecular and morphological data.. Systematic Botany, v. 40, p. 299-315, 2015.

16.
LOEUILLE, B.2015LOEUILLE, B.. NEW COMBINATIONS AND A LECOTYPIFICATION IN BRAZILIAN VERNONIEAE (ASTERACEAE). Phytoneuron, v. 2015-9, p. 1-3, 2015.

17.
GROUP, T. B. F.2015GROUP, T. B. F. ; Loeuille, B. . Growing knowledge: an overview of Seed Plant diversity in Brazil. Rodriguésia (Online), v. 66, p. 1085-1113, 2015.

18.
ANTAR, G. M.2015ANTAR, G. M. ; Loeuille, B. .

Contribution to the Vernonieae (Asteraceae) of the Cerrado: a transfer to Lessingianthus, in a new rank and with a new name

. Phytotaxa (Online), v. 238, p. 82-91, 2015.

19.
SOUZA-SOUZA, RAQUEL MARIA BATISTA2015SOUZA-SOUZA, RAQUEL MARIA BATISTA ; LOEUILLE, BENOÎT ; MENDONÇA, CLAUDIA BARBIERI FERREIRA ; ESTEVES, ROBERTO LOURENÇO ; GONÇALVES-ESTEVES, VANIA . Pollen morphology of the genus Paralychnophora (Vernonieae-Asteraceae). Palynology (Austin, Tex. Print), v. 40, p. 1-9, 2015.

20.
SEMIR, J.2014SEMIR, J. ; LOEUILLE, B. ; MONGE, M. . The Lychnophora granmogolensis (Asteraceae-Vernonieae) Species Complex: Two New Species and Comments on the Identity of Lychnophora granmogolensis. Systematic Botany, v. 39, p. 988-996, 2014.

21.
LUSA, M. G.2014LUSA, M. G. ; APPEZZATO-DA-GLORIA, B. ; Loeuille, B. ; BARTOLI, G. ; CICCARELLI, D. . Functional groups in Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae) based on morphological and anatomical traits. Australian Journal of Botany (Print), v. 62, p. 150-163, 2014.

22.
FREIRE, S. E.2014FREIRE, S. E. ; CHEMISQUY, M. A. ; ANDERBERG, A. A. ; BECK, S. G. ; MENESES, R. I. ; LOEUILLE, B. ; URTUBEY, E. . The Lucilia group (Asteraceae, Gnaphalieae): phylogenetic and taxonomic considerations based on molecular and morphological evidence. Plant Systematics and Evolution, v. 1, p. 1-24, 2014.

23.
MAGENTA, MARA ANGELINA GALVÃO2014MAGENTA, MARA ANGELINA GALVÃO ; LOEUILLE, BENOIT . Oyedaea bahiensis, a new synonym in the Brazilian Heliantheae (Asteraceae). Phytotaxa: a rapid international journal for accelerating the publication of botanical taxonomy, v. 175, p. 107, 2014.

24.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2014LOEUILLE, B.; Siniscalchi, C.M. ; PIRANI, J. R. . New names in Vernonieae (Asteraceae) of Northeastern Brazil.. Phytoneuron, v. 9, p. 1-11, 2014.

25.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2013LOEUILLE, B.; Nakajima, J. N. ; OLIVEIRA, D. M. T. ; SEMIR, J. ; PIRANI, J. R. . Two New Species of Heterocoma (Asteraceae: Vernonieae) and a broadened concept of the genus.. Systematic Botany, v. 38, p. 242-252, 2013.

26.
RANDO, JULIANA G.2013RANDO, JULIANA G. ; LOEUILLE, BENOIT ; PIRANI, JOSÉ RUBENS . Taxonomic novelties in Chamaecrista (Leguminosae: Caesalpinioideae) from Brazil. Phytotaxa, v. 97, p. 17-25, 2013.

27.
WAGNER, M. A.2013WAGNER, M. A. ; LOEUILLE, BENOIT ; SINISCALCHI, C. M. ; MELO-DE-PINNA, G. F. ; PIRANI, J. R. . Diversity of non-glandular trichomes in subtribe Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae) and taxonomic implications. Plant Systematics and Evolution (electronic version), p. 1, 2013.

28.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2013LOEUILLE, B.; AGOSTINI MITTELSTAEDT, CAROLINA ; Semir, João ; PIRANI, J. R. . Flora da Serra do Cipó, Minas Gerais: Compositae - Gnaphalieae e Inuleae. Boletim de Botânica, v. 31, p. 13-25, 2013.

29.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2012LOEUILLE, B.; SEMIR, J. ; Hind, D.J.N. ; PIRANI, J. R. . Three new species of Piptolepis (Compositae: Vernonieae) from Minas Gerais, Brazil. Kew Bulletin, v. 67, p. 11-18, 2012.

30.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2012LOEUILLE, B.; SOUZA-SOUZA, R. M. B. ; ABREU, V. H. R. ; MENDONCA, C. B. F. ; GONCALVES-ESTEVES, V. . Pollen morphology of the genus Eremanthus (Vernonieae, Asteraceae).. Acta Botanica Brasílica (Impresso), v. 26, p. 46-57, 2012.

31.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2012 LOEUILLE, B.; SEMIR, J. ; PIRANI, J. R. . A new species of Paralychnophora (Asteraceae: Vernonieae) and comments on the identity of Paralychnophora bicolor.. Brittonia (Bronx, N.Y.), v. 64, p. 289-295, 2012.

32.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2012 LOEUILLE, B.; Lopes, J. C. ; PIRANI, J. R. . Taxonomic novelties in Eremanthus (Compositae: Vernonieae) from Brazil. Kew Bulletin, v. 67, p. 1-9, 2012.

33.
MAGENTA, M. A. G.2012MAGENTA, M. A. G. ; LOEUILLE, B. ; Hind, D.J.N. ; PIRANI, J. R. . Lectotypification of the name Helianthus dentatus Cav., basionym of Viguiera dentata (Cav.) Spreng. (Asteraceae: Heliantheae).. Phytotaxa, v. 58, p. 56-58, 2012.

34.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2011LOEUILLE, B.; Deble, L. ; Nakajima, J. N. . Four new species of Chionolaena (Asteraceae: Gnaphalieae) from south-eastern Brazil.. Kew Bulletin, v. 66, p. 1-10, 2011.

35.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2011LOEUILLE, B.; Robinson, H. ; SEMIR, J. . Minasia ramosa (Asteraceae: Vernonieae), a new species from the Serra do Cabral, Minas Gerais, Brazil.. Phytotaxa (Online), v. 25, p. 18-22, 2011.

36.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2008LOEUILLE, B.; FRITSCH, P. W. ; PIRANI, J. R. . Flora da Serra do Cipo, Minas Gerais: Styracaceae.. Boletim de Botânica, v. 26, p. 175-182, 2008.

37.
LOEUILLE, B.;Loeuille, B.;LOEUILLE, BENOIT;BFG - The Brazil Flora Group;LOEUILLE, BENOÎT;LOEUILLE, BENOÎT F. P.2003LOEUILLE, B.; GOLDBLATT, P. ; MANNING, J. ; SAVOLAINEN, V. . Phylogénie moléculaire du genre Moraea (Iridaceae: Irideae): apports du séquençage d'une région d'ADN chloroplastique.. Acta Botanica Gallica, v. 150, n.3, p. 345-353, 2003.

Capítulos de livros publicados
1.
ESTEVES, ROBERTO LOURENÇO ; Loeuille, B. ; Nakajima, J. N. ; MARQUES, D. ; Soares, P.N. ; GONÇALVES-ESTEVES, VANIA ; MENDONÇA, CLAUDIA BARBIERI FERREIRA ; DEMATTEIS, M. . Tribo Vernonieae Cass.. In: Roque, Nádia; Teles, Aristônio, M.; Nakajima, Jimi N.. (Org.). A família Asteraceae no Brasil: classificação e diversidade. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2017, v. , p. 101-118.

2.
Nakajima, J. N. ; Loeuille, B. ; ROQUE, N. ; VERDI, M. ; OLIVEIRA, J. A. . Asteraceae: Serra do Espinhaço Meridional. In: Pougy, Nina; Verdi, Marcio; Martins, Eline; Loyola, Rafael; Martinelli, Gustavo. (Org.). Plano de Ação Nacional para a Conservação da Flora Ameaçada de Extinção. 1ed.Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2015, v. , p. 31-48.

3.
Loeuille, B.. Asteraceae - Vernonieae. In: Kaehler, Miriam; Goldenberg, Renato; Evngelista, Paulo Henrique Labiak; Ribas, Osmar dos Santos; Vieira, Ana Odete Santos; Hatschbach, Gerdt Guenther. (Org.). Plantas vasculares do Paraná. 1ed.Curitiba: Universidade Federal do Paraná, Departamento de Botânica, 2014, v. , p. 85-88.

4.
Nakajima, J. N. DEMATTEIS, M. Loeuille, B. Teles, A.M. Heiden, G. Schneider, A. RITTER, M. R. Oliveira, C.T. Hattori, E.K.O. Roque, N. FERREIRA, S. MAGENTA, M. A. G. Bringel Jr., J.M.A. ESTEVES, R. L. Almeida, G. Saavedra, M.M. MONGE, M. Soares, P.N. Sancho, G. MONDIN, C.A. FERNANDES, A. C. Mendonça Pereira, A.C. KUTSCHENKO, D. C. SANTOS FILHO, L. A. F. PRIETO, P. V. , et al.Borges, R.A.X. PENEDO, T. S. A. MESSINA, T. MORAES, M. M. V. MORAES, M. A. COELHO, M. A. N. ; Asteraceae/Livro Vermelho da Flora do Brasil. In: Gustavo Martinelli; Miguel Avila Moraes. (Org.). Livro Vermelho da Flora do Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Andrea Jakobsson: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2013, v. , p. 203-286.

5.
Loeuille, B.; FONSECA, L. H. M. . Árvores filogenéticas: da classificação aos estudos evolutivos. In: Lopez, A.; Nagai, A.; Faria, A.; Palacios, C.; Iha, C.; Pikart, F.; Katon, G.; Brasileiro, J.; Gagliardi, K.; Santos, K.; Rodrigues, K.; Hamachi, L.; Devecchi, M.; Oliveira Neto, M.; Oliveira, P.; Mioto, P.. (Org.). Botânica no Inverno 2013. 1ed.São Paulo: Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, 2013, v. 1, p. 144-150.

6.
SCOLFORO, J. ; LOEUILLE, B. ; ALTOE, T. . Caracterização da Candeia.. In: SCOLFORO, J.R.S., OLIVEIRA, A.D. DE, DAVIDE, A.C.. (Org.). Manejo sustentável da candeia: o caminhar de uma nova experiência em Minas Gerais.. 1ed.Lavras: Editora UFLA, 2012, v. 1, p. 19-28.

7.
Nakajima, J. N. ; LOEUILLE, B. ; Heiden, G. ; DEMATTEIS, M. ; Hattori, E.K.O. ; MAGENTA, M. A. G. ; RITTER, M. R. ; MONDIN, C.A. ; Roque, N. ; FERREIRA, S. ; Teles, A.M. ; Borges, R.A.X. ; MONGE, M. ; Bringel Jr., J.M.A. ; Oliveira, C.T. ; Soares, P.N. ; Almeida, G. ; Schneider, A. ; Sancho, G. ; Saavedra, M.M. ; Liro, R.M. de ; Souza-Buturi, F.O. ; Mendonça Pereira, A.C. ; Moraes, M.D. . Asteraceae/Catalogo de Plantas e Fungos do Brasil.. In: Forzza, R.C. et al.. (Org.). Catalogo de Plantas e Fungos do Brasil.. 1ed.Rio de Janeiro: Jardim Botânico de Rio de Janeiro, 2010, v. 1, p. 678-750.

8.
Teles, A.M. ; LOEUILLE, B. ; Hattori, E.K.O. ; Heiden, G. ; Bautista, H.P. ; Grokoviski, L. ; Ritter, M.R. ; Saavedra, M.M. ; Roque, N. ; Soares, P.N. ; Borges, R.A.X. ; Liro, R.M. de . Asteraceae/Plantas do Floresta Atlantica.. In: Stehmann ; Forzza ; Salino ; Sobral ; Pinheiro da Costa ; Yoshino Kamino. (Org.). Plantas da Floresta Atlântica.. 1ed.Rio de Janeiro: Jardim Botânico de Rio de Janeiro, 2009, v. 1, p. 150-173.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
LOEUILLE, B.. Candeias.. II. Almanaque Ilustrado do Jequitinhonha, Belo Horizonte, p. 6 - 6, 01 mar. 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Loeuille, B.; RAMOS, M. C. ; CARVALHO, M. R. . A Sistemática é realmente uma ciência independente ?. In: Encontro de Historia e Filosofia da Biologia 2015, 2015, Sao Paulo. Anais Encontro de Historia e Filosofia da Biologia, 2015. p. 40-50.

2.
LOEUILLE, BENOIT; SINISCALCHI, C. M. . SEQUENCIAMENTO DE NOVA GERAÇÃO: POTENCIALIDADES PARA ESTUDOS FILOGENÉTICOS EM ASTERACEAE. EXEMPLOS COM OS GÊNEROS ALDAMA (HELIANTHEAE) E CHRESTA (VERNONIEAE). In: 64° Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. 64° Congresso Nacional de Botânica, 2013.

3.
KEELEY, S. C. ; LOEUILLE, B. . The 'evil tribe' in Brazil and northern South America: a preliminary phylogeny of the Vernonieae (Cichorioideae).. In: 60° Congresso Nacional de Botânica, 2009, Feira de Santana. 60° Congresso Nacional de Botânica, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SOUZA, F. G. L. S. ; LOEUILLE, BENOIT . LEVANTAMENTO DAS ESPÉCIES DE ASTERACEAE NA CHAPADA DO ARARIPE (CEARÁ, PERNAMBUCO E PIAUÍ). In: 3o Encontro da Biologia Vegetal da UFPE, 2018, Recife. Revista Brasileira do Meio Ambiente ed. especial, 2018. v. 3. p. 12-12.

2.
FONSECA, G. V. ; LOEUILLE, B. ; DUARTE, E. F. ; COSTA, G. M. ; AONA, L. Y. S. . CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE FRUTOS DE ESPÉCIES DE ASTERACEAE AQUÁTICAS E PALUSTRES DO RECÔNCAVO DA BAHIA, BRASIL. In: 35a Reunião Nordestina de Botânica, 2017, Recife. 35a Reunião Nordestina de Botânica, 2017.

3.
Siniscalchi, C.M. ; Loeuille, B. ; PIRANI, J. R. ; MANDEL, J. R. . Understanding morphological diversity in Chresta (Asteraceae, Vernonieae) and its relationship with other Vernonieae subtribes. In: Botany, 2017, Forth Worth. Botany, 2017.

4.
FARDIN, F. ; Loeuille, B. ; PIRANI, J. R. . Calea L. (Asteraceae-Neurolaenae) in the Serra do Cipó, Minas Gerais, Brasil: taxonomic treatment with an interactive key. In: 66o Congresso Nacional de Botânica, 2015, Santos. 66o Congresso Nacional de Botânica: Livro de Resumos, 2015.

5.
Siniscalchi, C.M. ; Loeuille, B. ; PIRANI, J. R. . A NEW SPECIES OF CHRESTA (VERNONIEAE, ASTERACEAE). In: 66o Congresso Nacional de Botânica, 2015, Santos. 66o Congresso Nacional de Botânica: Livro de Resumos, 2015.

6.
SOUZA-SOUZA, R. M. B. ; Siniscalchi, C.M. ; Loeuille, B. ; MENDONCA, C. B. F. ; GONCALVES-ESTEVES, V. . ANÁLISE MULTIVARIADA DE DADOS MORFOPOLÍNICOS EM ESPÉCIES DE CHRESTA VELL. EX DC. (VERNONIEAE, ASTERACEAE). In: 66o Congresso Nacional de Botânica, 2015, Santos. 66o Congresso Nacional de Botânica: Livro de Resumos, 2015.

7.
SINISCALCHI, C. M. ; LOEUILLE, BENOIT ; BUZATO, S. ; PIRANI, JOSÉ RUBENS . REPRODUCTIVE BIOLOGY IN CHRESTA (VERNONIEAE, ASTERACEAE): EFFECTS OF FLOWER COLOR ON POLLINATORS. In: XI Congresso Latinoamericano de Botanica, 2014, Salvador. XI Congresso Latinoamericano de Botanica, 2014.

8.
MARTUCCI, M. E. P. ; LOEUILLE, BENOIT ; PIRANI, JOSÉ RUBENS ; GOBBO NETO, L. . Chemotaxonomicaly aimed metabolomics of Lychnophorinae. In: 62º International Congress and Annual Meeting of the Society for Medicinal Plant and Natural Product Research ? GA2014, 2014, Guimaraes. Planta Medica, 2014.

9.
DEVITTE, Y. ; LOEUILLE, BENOIT ; MARZINEK, J. . Estrutura do pericarpo de Piptolepis imbricata (Gardner) Sch. Bip.. In: XI Congresso Latinoamericano de Botanica, 2014, Salvador. XI Congresso Latinoamericano de Botanica, 2014.

10.
MOREIRA, D. M. ; VITORIO, C. D. P. ; SINISCALCHI, C. M. ; LOEUILLE, BENOIT ; AONA, L. Y. S. . LEVANTAMENTO DE PLANTAS AQUÁTICAS E PALUSTRES PERTENCENTES A ORDEM ASTERALES NO RECÔNCAVO DA BAHIA, BRASIL. In: XI Congresso Latinoamericano de Botanica, 2014, Salvador. XI Congresso Latinoamericano de Botanica, 2014.

11.
SINISCALCHI, C. M. ; WAGNER, M. A. ; LOEUILLE, BENOIT ; MELO-DE-PINNA, G. F. ; PIRANI, JOSÉ RUBENS . Tricomas nao glandulares na subtribo Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae) e implicaçoes taxonomicas. In: 64° Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. 64° Congresso Nacional de Botânica, 2013.

12.
PADOVANI, K. D. ; MAGENTA, MARA ANGELINA GALVÃO ; LOEUILLE, BENOIT . Disponibilizaçao eletrônica de dados taxonomicos de Aldama (Asteraceae: Heliantheae) com uso do software XPER2. In: 64° Congresso Nacional de Botânica, 2013, Belo Horizonte. 64° Congresso Nacional de Botânica, 2013.

13.
Oliveira, C.T. ; LOEUILLE, B. ; PIRANI, J. R. . Phylogenetic study of Mikania Willd. (Compositae-Eupatorieae): a preliminary analysis.. In: The International Compositae Alliance Meeting, 2012, Montreal. Compositae Newsletter, 2012. v. 50. p. 35-35.

14.
LOEUILLE, B.; Heiden, G. ; Oliveira, C.T. ; PIRANI, J. R. . Serra do Cipó, Minas Gerais: a região do Brasil mais rica em Asteraceae.. In: 63° Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville. 63° Congresso Nacional de Botânica, 2012.

15.
LOEUILLE, B.; PIRANI, J. R. . A subtribo Chrestinae (Asteraceae: Vernonieae): filogenia, sistemática e padrões de distribuição geográfica.. In: 63° Congresso Nacional de Botânica, 2012, Joinville. 63° Congresso Nacional de Botânica, 2012.

16.
LUSA, M. G. ; GLORIA, B. A. ; LOEUILLE, B. . Caulirosulan habit and stem anatomy in the Lychnophorinae subtribe (Compositae: Vernonieae).. In: Congresso della Società Botanica Italiana, 2012, Benevento. Congresso della Società Botanica Italiana, 2012.

17.
FREITAS, F. S. ; LOEUILLE, B. ; Nakajima, J. N. . Estudos taxonômicos com Bishopalea e Heterocoma (Vernonieae, Asteraceae).. In: 62° Congresso Nacional de Botânica, 2011, Fortaleza. 62° Congresso Nacional de Botânica, 2011.

18.
LOEUILLE, B.; KEELEY, S. C. ; PIRANI, J. R. . A phylogenetic analysis of the Neotropical Vernonieae with emphasis on the subtribe Lychnophorinae (Asteraceae) based on morphological and molecular data. In: X Congresso Latinoamericano de Botânica, 2010, La Serena. X Congresso Latinoamericano de Botânica, 2010.

19.
SOUZA, R. ; ABREU, V. H. ; LOEUILLE, B. ; MENDONCA, C. B. F. ; GONCALVES-ESTEVES, V. . Estudo palinológio de Eremanthus Less. (Vernonieae-Asteraceae) subgêneros Isotrichia, Pseudoeremanthus e Vanillosmopsis.. In: XIII Simpósio Brasileiro de Paleobotânica e Palinologia, 2010, Salvador. XIII Simpósio Brasileiro de Paleobotânica e Palinologia, 2010.

20.
SOUZA, R. ; LOEUILLE, B. ; MENDONCA, C. B. F. ; GONCALVES-ESTEVES, V. ; ESTEVES, R. L. . Estudo palinológico do gênero Paralychnophora MacLeish (Vernonieae - Asteraceae).. In: XIII Simpósio Brasileiro de Paleobotânica e Palinologia, 2010, Salvador. XIII Simpósio Brasileiro de Paleobotânica e Palinologia, 2010.

21.
Perret, M. ; Chautems, A. ; SPICHIGER, R. ; LOEUILLE, B. ; SAVOLAINEN, V. . Historical biogeography of Sinningieae and Nematanthus/Codonanthe lineages (Gesneriaceae): from regional to large scale patterns.. In: XVII International Botanical Congress, 2005, Vienna. XVII International Botanical Congress - Abstracts, 2005. p. 167-167.

Apresentações de Trabalho
1.
LOEUILLE, BENOIT. Sistemática e Evolução das Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Loeuille, B.. Evolução reticulada e árvore filogenética: um falso problema?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
Loeuille, B.. O sequenciamento de nova geração: Panacéia ou Caixa de Pandora?. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
Loeuille, B.; Siniscalchi, C.M. . O sequenciamento de nova geração: potencialidades para estudos filogenéticos em Asteraceae. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
LOEUILLE, B.. Systematics and Evolution of Syncephaly of American Vernonieae.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
LOEUILLE, B.; SEMIR, J. ; PIRANI, J. R. . Towards a phylogenetic classification of Lychnophorinae (Vernonieae).. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
LOEUILLE, B.; KEELEY, S.C. ; PIRANI, J. R. . A phylogenetic analysis of the Neotropical Vernonieae with emphasis on the subtribe Lychnophorinae (Asteraceae) based on morphological and molecular data.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
LOEUILLE, B.. Diversidade no Planalto Central Brasileiro: macroevolução do gênero Eremanthus (Asteraceae: Vernonieae).. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
LOEUILLE, B.. HERBÁRIOS VISITADOS. 2006.

2.
LOEUILLE, B.. VIAGENS DE COLETA DE MATERIAL BOTÂNICO. 2006.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
LOEUILLE, BENOIT. Introdução a nomenclatura botânica. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Loeuille, B.. Latim Botânico. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
Loeuille, B.. 'I Curso de Verão em Zoologia - Introdução: Forma, Tempo e Espaço (Nelson & Platnick 1981).'. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
LOEUILLE, BENOIT. III Botânica no Inverno - Árvores filogenéticas: da classificação aos estudos evolutivos. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
LOEUILLE, BENOIT. Porque e como classificar as plantas ?. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Demais trabalhos
1.
LOEUILLE, B.. Candomblé et plantes sacrées. 2004 (Thèse pour le diplôme de docteur d'état en pharmacie) .

2.
LOEUILLE, B.. Catalogue des plantes médicinales et liturgiques utilisées dans le candomblé. 2003 (Mémoire du diplôme universitaire d'ethnobotanique) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Loeuille, B.; RAPINI, A.; ROQUE, N.. Participação em banca de Lidia Campos Nascimento. Asteraceae dos campos rupestres da Cadeia do Espinhaço: distribuição espacial e influência do ambiente. 2017. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

2.
Loeuille, B.; GROPPO, M.; SIMOES, A. O.. Participação em banca de Paola de Lima Ferreira. Sistemática de Barnadesioideae (Asteraceae) com ênfase em Dasyphyllum. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Botânica)) - Universidade de São Paulo.

3.
Loeuille, B.; MELO-DE-PINNA, G. F. A.; BAENA, M. S. S.. Participação em banca de Rafael da Silva Cruz. Caracteres morfoanatômicos e ontogenéticos foliares de Metrodorea A.St.-Hil. e espécies relacionadas (Rutaceae) sob uma perspectiva filogenética. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Botânica)) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
LOEUILLE, BENOÎT F. P.; Heiden, G.; FREITAS, L. B.. Participação em banca de Eduardo Pasini. Systematic studies in the tribe Mutisieae (Compositae, Mutisioideae). 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Botânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
Loeuille, B.; SOARES NETO, L. G.; SALES, M. F.. Participação em banca de Raimundo Luciano Soares Neto. Filogenia e Taxonomia de Tarenaya Raf. (Cleomaceae). 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
ISEPPON, A. M. B.; MEDEIROS, M. C. M. P.; LOEUILLE, BENOÎT F. P.. Participação em banca de Edlley Max Pessoa da Silva. Sistemática e história evolutiva de Campylocentrum. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
Loeuille, B.; Heiden, G.; STEHMANN, J. R.. Participação em banca de Fernanda Santos Freitas. A re-evaluation of Brazilian Senecio sections Adamantina and Paranaia (Asteraceae: Senecioneae) based on molecular data. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais.

4.
Loeuille, B.; PEREZ, A. P. F.; SEMIR, J.. Participação em banca de Gustavo Hiroaki Shimizu. Estudos filogenéticos em Vochysiaceae e sinopse de Vochysia no Brasil. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Vegetal) - Universidade Estadual de Campinas.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Loeuille, B.; SAMPAIO, D.. Participação em banca de Talita Aline de Brito Mortale.Composição florística das manchas de campos de altitude da área de proteção ambiental do Mackenzie, Campos de Jordão, SP. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie.

2.
Loeuille, B.; Heiden, G.; SAMPAIO, D.. Participação em banca de Eymael Silva de Souza.Flora de Baccharis L. (Asteraceae: Astereae) em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista de Campos de Jordão - SP.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
LOPES, A. V. F. E.; LOEUILLE, BENOÎT F. P.; PACIENCIA, M. L. B.. Professor de Magistério Superior, Adjunto A, área Biologia de Briófitas, Licófitas e Samambaias do Departamento de Botânica. 2016. Universidade Federal de Pernambuco.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
35a Reunião Nordestina de Botânica. ?Evolução reticulada e árvore filogenética: um falso problema??. 2017. (Congresso).

2.
XXXI Congreso ALAS 2017. Revistas open access: neutralidade e publicações científicas nas universidades do século XXI.. 2017. (Congresso).

3.
63° Congresso Nacional de Botânica. A subtribo Chrestinae (Asteraceae: Vernonieae): filogenia, sistemática e padrões de distribuição geográfica. 2012. (Congresso).

4.
62° Congresso Nacional de Botânica. Simpósio de Asteraceae. 2011. (Congresso).

5.
South American Compositae Meeting.Towards a phylogenetic classification of Lychnophorinae (Vernonieae). 2011. (Simpósio).

6.
60° Congresso Nacional de Botânica. 2009. (Congresso).

7.
Evolutionary Biology and Biodiversity Conservation: Scientific and social aspects. 2008. (Simpósio).

8.
58° Congresso Nacional de Botânica. 2007. (Congresso).

9.
The International Compositae Alliance (TICA-Deep Achene). 2006. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LOEUILLE, BENOIT. 3° Encontro da Biologia Vegetal. 2018. (Congresso).

2.
PIRANI, J. R. ; LOEUILLE, B. ; KEELEY, S. C. ; Heiden, G. ; Souza-Buturi, F.O. ; SEMIR, J. . South American Compositae Meeting. 2011. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Gleison Soares de Oliveira. Estudos fitogeográficos de Asteraceae nas formações de Caatinga e levantamento florístico das espécies ocorrentes no Curimataú Ocidental paraibano. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Jacqueline Bonfim e Cândido. Sistemática e Evolução de Piptolepis Sch.Bip. (Compositae, Vernonieae). Início: 2018. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Fábio Vitalino Santos Alves. Padrões de distribuição geográfica das espécies de Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae). Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Andreza Luciana de Araújo Barbosa Oliveira. Modelagem da distribuição de Chresta martii (Asteraceae: Vernonieae). Início: 2018. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Pernambuco. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Tese de doutorado
1.
Carolina Moriani Siniscalchi. Sistemática e Evolução de Chrestinae (Compositae, Vernonieae). 2013. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Botânica)) - Universidade de São Paulo, . Coorientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.

Orientações de outra natureza
1.
Nara da Fonseca. Flora da Usina São José, Igarassu, Pernambuco: Asteraceae. 2017. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco. Orientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.

2.
Eduarda Patricia Carneiro. Flora da Usina Sao José, Igarassu, Pernambuco: Tribos Coreopsideae, Gnaphalieae, Heliantheae, Inuleae, Millerieae e Vernonieae (Asteraceae). 2016. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.

3.
Danyllo Rafael. Flora da Usina Sao José, Igarassu, Pernambuco: Tribos Astereae, Eupatorieae, Senecioneae e Tageteae (Asteraceae). 2016. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.

4.
Maria Elvira Poleti Martucci. Metabolômica e screening de interações ecoquímicas de plantas da subtribo Lychnophorinae (Asteraceae). 2015. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.

5.
Frédérique Fardin. O gênero Calea (Asteraceae) na Serra do Cipó, MG. 2014. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade de São Paulo. Orientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.

6.
Mariana de Andrade Wagner. Tricomas nas Vernonieae (Asteraceae) - Implicações taxonômicas.. 2011. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade de São Paulo. Orientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.

7.
Jenifer de Carvalho Lopes. Estudos taxonômicos e novos sinônimos em Eremanthus capitatus (Asteraceae: Vernonieae).. 2009. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade de São Paulo. Orientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.

8.
Makeli Garibotti Lusa. Morfoanatomia e fitoquímica de espécies da subtribo Lychnophorinae (Asteraceae: Vernonieae) como subsídios para a análise filogenética do grupo. 2009. Orientação de outra natureza - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Benoît Francis Patrice Loeuille.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 9:21:43