Bruno Vicente Lippe Pasquarelli

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0598322092154820
  • Última atualização do currículo em 14/12/2018


Professor de Relações Internacionais na Universidade do Sagrado Coração (USC), vinculado ao Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas, e coordenador da disciplina de Sociologia da Responsabilidade Social. Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em 2015, com doutorado-saunduíche na Universidade de Oxford, no Reino Unido. Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em 2015. Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em 2008, e em Direito, pela Instituição Toledo de Ensino (ITE), no ano de 2017. Membro do Centro de Estudos de Partidos Políticos Latino-Americanos (CEPPLA), da UFSCar. Visitante-acadêmico na Universidade de Oxford em 2014. Desenvolve pesquisa sobre instituições políticas comparadas, processo decisório, relações Executivo/Legislativo e política externa no Brasil e no Chile, além de temáticas vinculadas às relações internacionais, ao Direito, à cidadania, à responsabilidade social e à educação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Bruno Vicente Lippe Pasquarelli
Nome em citações bibliográficas
PASQUARELLI, Bruno;PASQUARELLI, B. V. L.;VICENTE LIPPE PASQUARELLI, BRUNO;PASQUARELLI, BRUNO VICENTE LIPPE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Sagrado Coração, Centro de Filosofia e Ciências Humanas.
Rua Irmã Arminda, 10-50
Jardim Brasil
17011160 - Bauru, SP - Brasil
Telefone: (14) 21077939
URL da Homepage: www.usc.br


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2015
Doutorado em Ciencia Politica.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: POLÍTICA EXTERNA, PARTIDOS POLÍTICOS E RELAÇÕES EXECUTIVO/LEGISLATIVO NAS DEMOCRACIAS PRESIDENCALISTAS DO BRASIL E DO CHILE, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Maria do Socorro Sousa Braga.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2014 - 2014
Doutorado em Political Science.
University of Oxford, OX, Inglaterra.
com período sanduíche em University of Oxford (Orientador: Timothy Power).
Título: Foreign Policy, Political Parties and Legislative/Executive Relations in the Presidential Democracy of Brazil and Chile, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Maria do Socorro Sousa Braga.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2009 - 2011
Mestrado em Ciencia Politica.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: FORMAÇÃO DE COALIZÕES, APOIO LEGISLATIVO E ATUAÇÃO PARTIDÁRIA NO PRESIDENCIALISMO BRASILEIRO,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Maria do Socorro Sousa Braga.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Coalizões; Disciplina Partidária; Governabilidade; Presidencialismo; Partidos Políticos; Relações Executivo/Legislativo.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político / Especialidade: Conflitos e Coalizões Políticas.
2012 - 2017
Graduação em Direito.
Instituição Toledo de Ensino, ITE, Brasil.
Título: DIREITO INTERNACIONAL ECONÔMICO E SOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIAS NA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO COMÉRCIO (OMC).
Orientador: Pietro de Jesús Lora Alarcón.
2005 - 2008
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Título: DESVENDANDO A LÓGICA DO FUNCIONAMENTO DO SISTEMA POLÍTICO-REPRESENTATIVO BRASILEIRO: COMBINAÇÕES INSTITUCIONAIS POSSÍVEIS OU IMPOSSÍVEIS?.
Orientador: Maria do Socorro Sousa Braga.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.




Formação Complementar


2017 - 2017
Workshop em Estudos Estratégicos. (Carga horária: 40h).
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
2017 - 2017
Semana de Estudos do Corpo Docente. (Carga horária: 8h).
Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
2016 - 2016
Oficinas pedagógicas. (Carga horária: 2h).
Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
2016 - 2016
Semana de Estudos do Corpo Docente. (Carga horária: 8h).
Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
2016 - 2016
Capacitação para produção de material didático EaD. (Carga horária: 2h).
Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
2016 - 2016
Oficinas pedagógicas. (Carga horária: 2h).
Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
2014 - 2014
Comparative Presidentialism. (Carga horária: 80h).
University of Oxford, OX, Inglaterra.
2012 - 2012
Case Study Methodology ? small research designs. (Carga horária: 64h).
International Political Science Association, IPSA, Canadá.
2012 - 2012
Relações Internacionais - temas contemporâneos. (Carga horária: 80h).
Instituto Legislativo Brasileiro, ILB, Brasil.
2012 - 2012
Latin American Politics. (Carga horária: 80h).
European Consortium of Political Research, ECPR, Portugal.
2012 - 2012
Castelhano Básico. (Carga horária: 20h).
Instituição Toledo de Ensino, ITE, Brasil.
2011 - 2011
Métodos Quantitativos para Ciência Política e RI. (Carga horária: 44h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2011 - 2011
Visualização e Análise Espacial de Dados. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2011 - 2011
SSPS aplicado para Ciências Sociais e RI. (Carga horária: 44h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2008 - 2010
Intensivo em Língua Francesa. (Carga horária: 210h).
Aliança Francesa, AF, Brasil.
2008 - 2008
O Processo Legislativo. (Carga horária: 33h).
Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados, CEFOR, Brasil.
2008 - 2008
Intensivo em Língua Francesa. (Carga horária: 116h).
Accord École de Langues, AEL, França.
2000 - 2000
Semi-intensivo em Língua Inglesa. (Carga horária: 60h).
University of California Santa Barbara, UCSB, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Pesquisador do Centro de Estudos dos Partidos Políticos Latino Americanos (CEPPLA)

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Extensão Universitária, Enquadramento Funcional: Extensão Universitária, Carga horária: 8
Outras informações
Atividade de extensão realizada ACIEPE - Usina de Cidadania e Direitos; Resumo: O objetivo é criar um espaço de informação, formação e reflexão sobre os temas ligados á Toria da Justiça, Ações Afirmativas, Redistribuição e Reconhecimento, e bases da politica atual do MEC.

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estágio de Docência, Carga horária: 12
Outras informações
Estágio Supervisionado de Capacitação Docente em Ciência Política. Sob a supervisão do Prof. Dr. Eduardo Garuti Noronha, o pesquisador foi estagiário da disciplina ?Política Contemporânea II?, dirigida aos alunos de graduação dos cursos de Ciências Sociais da Universidade Federal de São Carlos durante o segundo semestre de 2009.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria, Carga horária: 12
Outras informações
Monitoria realizada no período de março a junho de 2008 na disciplina "Política Contemporânea I", no curso de Ciências Sociais, na Universidade Federal de São Carlos, sob a supervisão da Prof. Dra. Maria do Socorro Sousa Braga.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria, Carga horária: 12
Outras informações
Monitoria realizada no período de agosto a dezembro de 2008 na disciplina "Partidos e Sistemas PartidáriosI", no curso de Ciências Sociais, na Universidade Federal de São Carlos, sob a supervisão da Prof. Dra. Maria do Socorro Sousa Braga.


Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2015
Vínculo: Bolsista Pós-Graduação, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Bolsista Graduação, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade do Sagrado Coração, USC, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor colaborador do Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor-Auxiliar, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor das disciplinas: Sociologia da Responsabilidade Social Direito Internacional Econômico Direito Internacional Privado

Atividades

02/2018 - Atual
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Geral
07/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Membro titular do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.
06/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, .

06/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Conselho de Curso de Relações Internacionais.
3/2016 - Atual
Direção e administração, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenador da Disciplina de Sociologia da Responsabilidade Social.
3/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Filosofia e Ciências Humanas, .

1/2016 - Atual
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Diplomacia I
Direito Comunitário
Direito Internacional Econômico
Direito Internacional Privado
Sociologia da Responsabilidade Social
Sociologia Geral
Mediação e arbitragem internacional
10/2017 - 10/2017
Ensino, Especialização em Antropologia, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Antropologia Jurídica


Linhas de pesquisa


1.
Cidadania e Políticas Públicas
2.
Professor Colaborador do Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
AVALIAÇÃO E MONITORAMENTO DO PROCESSO DECISÓRIO EM POLÍTICA EXTERNA NO BRASIL
Descrição: O propósito desta pesquisa é contribuir para o debate acerca da classificação da política externa a partir do prisma das políticas públicas em geral. Para tanto, implica compreender que, com o fim da competição bipolar, e com o aumento da diversificação dos processos de globalização e com a liberalização econômica, surgiram novas possibilidades de atuação internacional dos Estados, assim como houve um aumento do leque de novas questões que demandam conhecimentos particulares e da diversidade de atores envolvidos em assuntos internacionais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Governos de esquerda e a qualidade da democracia na América Latina
Descrição: A história recente da política latino-americana pode ser dividida em dois períodos: em um primeiro momento, com o fim de regimes autoritários, deu-se início a processos de democratização, de liberalização econômica e de ascensão do neoliberalismo, que perduraram até meados da década de 1990; e, posteriormente, com a crise do modelo neoliberal, verificou-se o surgimento de novas lideranças políticas, o reaparecimento de movimentos sociais e a reação popular contra reformas em direção ao mercado. Nesse contexto, observou-se o fortalecimento de partidos de esquerda e de centro-esquerda que acabaram chegando ao controle dos Executivos Nacionais de vários paises da região. A partir desses pressupostos, o objetivo primordial desta pesquisa é investigar a atuação e os efeitos dos governos de esquerda no Brasil (2003-2010), no Chile (2000-2010), na Bolívia (2006-2010) e na Venezuela (1999-2010) sobre a qualidade da democracia nesses países..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli - Integrante / maria do socorro sousa braga - Coordenador / Oswaldo Amaral - Integrante / Kátia Fukushima - Integrante / Daniel Manffré - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2010 - 2015
Política Externa, Partidos Políticos e Relações Executivo/Legislativo nas Democracias Presidencialistas do Brasil e do Chile
Descrição: A premissa realista do ator unitário eliminou o condicionante doméstico e forneceu extrema importância ao Poder Executivo no processo decisório de política externa. Anos depois, a crítica ao modelo unitário introduziu a causalidade doméstica na explicação de resultados internacionais. E, na América Latina, a atuação do Poder Legislativo em questões internacionais encontrou respaldo a partir da liberalização econômica e da democratização política. Nas atuais democracias presidencialistas do Brasil e do Chile, o Poder Executivo ainda é preponderante em matérias de política externa, mas o Poder Legislativo atua através de emendas, ressalvas e cláusulas interpretativas com o intuito de aumentar sua participação em questões internacionais. A partir desses pressupostos, o objetivo do presente projeto é analisar a atuação do Poder Executivo, do Poder Legislativo e dos partidos políticos no processo decisório de política no presidencialismo brasileiro e chileno durante os governos de Luis Inácio Lula da Silva (2003-2010) e Michelle Bachelet (2006-2009), destacando a atuação dos partidos políticos governistas e oposicionistas nas Comissões de Relações Exteriores de ambos os países, e demonstrando a importância da ideologia partidária em sistemas políticos nos quais a esquerda se integrou ao processo democrático e procurou novas formas de atuação no campo da política externa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Formação de Coalizões e Apoio Partidário no Presidencialismo Brasileiro
Descrição: O projeto tem como objetivo principal analisar as votações nominais no Congresso Brasileiro durante os dois mandatos de Luis Inácio Lula da Silva, estabelecendo, a partir da análise da formação de coalizões, se houve ou não a disciplina partidária e a cooperação entre Poder Executivo e Poder Legislativo. Visto que existem diagnósticos distintos sobre as consequências da engenharia institucional do presidencialismo, a pesquisa continua a comparação entre os governos de Cardoso e Lula desenvolvida durante a iniciação científica, mas checando qual diagnóstico está mais adequado para a realidade do presidencialismo brasileiro. Para isso, buscar-se-a delimitar os efeitos da cooperação ou da indisciplina partidária na sustentação da governabilidade e investigar quais variáveis podem explicar as diferenças nos padrões descritos nos dois governos. Por último, para efeito de comparação com os governos anteriores, será analisada a disciplina partidária do segundo mandato de Lula, verificando assim, se a lógica do padrão de disciplina do governo Cardoso foi invertida. Com isso, o trabalho visa contribuir para o debate recente da Ciência Política a respeito da formação de coalizões e da disciplina partidária em arranjos institucionais no presidencialismo democrático da América do Sul, que têm como características básicas o sistema de representação proporcional de lista aberta e a presença do Poder Executivo fortalecido e de um sistema partidário fragmentado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli - Integrante / maria do socorro sousa braga - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2007 - 2009
Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?
Descrição: O objetivo geral deste projeto é estudar um dos principais dilemas da democracia brasileira pós-Constituição de 1988: como conciliar o sistema de representação proporcional com a forma de governo presidencialista. Segundo muitos autores, é impossível agregar interesses entre os poderes Executivo e Legislativo no presidencialismo, visto que o chefe de governo pode não ter maioria parlamentar no Congresso eleito através do voto popular, tornando a governabilidade extremamente vulnerável ? sendo assim, a única maneira do dirigente máximo da nação dominar o Legislativo seria em regimes parlamentaristas. No Brasil, porém, é necessário destacar a importância das coalizões como arranjos institucionais que permitem a manutenção da coesão e da união no Congresso em prol da aprovação de projetos estipulados pelo poder Executivo. Com as coalizões, o Legislativo deixa de ser um obstáculo às pretensões do chefe de governo, tornando-se antes um aliado. Desse modo, serão analisados na questão da governabilidade os diferentes tipos de presidencialismo, destacando, assim, as particularidades do caso brasileiro, em que arranjos institucionais aparentemente divergentes tornam-se aliados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli - Integrante / maria do socorro sousa braga - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.


Projetos de extensão


2011 - 2011
ACIEPE ? Usina de Cidadania e Direitos
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (50) .
Integrantes: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli - Coordenador / Cepeda, Vera Alves - Integrante.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciência Política - RBCP
2018 - Atual
Periódico: Brazilian Journal of International Relations
2018 - Atual
Periódico: Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação da Câmara dos Deputados
2016 - Atual
Periódico: REVISTA VIDERE (ON LINE)
2014 - 2014
Periódico: REVISTA FLORESTAN
2018 - Atual
Periódico: Comissão Interna de Iniciação Científica da USC


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Política Externa do Brasil.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Comportamento Legislativo.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Conflitos e Coalizões Políticas.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Estudos Eleitorais e Partidos Políticos.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2015
Doutorando selecionado pela Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) para o auxílio à participação no 13o Congresso da Associação Francesa de Ciência Política (AFSP), em 2015, Associação Brasileira de Ciência Política.
2010
Mención Especial por el trabajo: Formación de coaliciones y apoyo partidario en el presidencialismo brasileño, AUGM - Asociación de Universidades Grupo Montevideo.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PASQUARELLI, Bruno2018PASQUARELLI, Bruno. ASPECTOS CONSTITUCIONAIS E INSTITUCIONAIS DA INTERAÇÃO ENTRE EXECUTIVO/LEGISLATIVO NO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO EM POLÍTICA EXTERNA NO CHILE. Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação da Câmara dos Deputados, v. 11, p. 29-41, 2018.

2.
PASQUARELLI, Bruno2017PASQUARELLI, Bruno; OLIVEIRA, T. B. . Conceitos, procedimentos e atitudes na formação inicial: propostas para o ensino da cidadania. ENSINO & PESQUISA, v. 15, p. 158-177, 2017.

3.
PASQUARELLI, BRUNO VICENTE LIPPE2017 PASQUARELLI, BRUNO VICENTE LIPPE; CHIRINÉA, ANDREIA MELANDA . Teoria democrática e políticas de educação: a importância da deliberação para a accountability. REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO (SÃO CARLOS), v. 11, p. 846-861, 2017.

4.
PASQUARELLI, BRUNO VICENTE LIPPE2017PASQUARELLI, BRUNO VICENTE LIPPE; BENETTI DE OLIVEIRA, THAIS . Aprendizagem baseada em projetos e formação de professores: uma possibilidade de articulação entre as dimensões estratégica, humana e sócio-política da didática. GÓNDOLA, ENSEÑANZA Y APRENDIZAJE DE LAS CIENCIAS, v. 12, p. 186, 2017.

5.
PASQUARELLI, BRUNO VICENTE LIPPE2017PASQUARELLI, BRUNO VICENTE LIPPE; ARIELO, FLÁVIA SANTOS . FILOSOFIA POLÍTICA E DEMOCRACIA: A IMPORTÂNCIA DO ANTAGONISMO E DO CONFLITO PARA A CONSTRUÇÃO DA POLÍTICA. REVISTA CONHECIMENTO ONLINE, v. 2, p. 66-77, 2017.

6.
FIGUEROA DOS SANTOS, ELISABETE2016FIGUEROA DOS SANTOS, ELISABETE ; VICENTE LIPPE PASQUARELLI, BRUNO . RELAÇÕES RACIAIS E EPISTEMICÍDIO: A ARTIMANHA POÉTICA COMO POLÍTICA DE ENFRENTAMENTO AOS ATENTADOS AO HORIZONTE SIMBÓLICO NEGRO NO BRASIL E NA ÁFRICA DO SUL. REVISTA EDUCAÇÃO, ARTES E INCLUSÃO, v. 12, p. 101-122, 2016.

7.
PASQUARELLI, Bruno2016PASQUARELLI, Bruno. REDEMOCRATIZAÇÃO E PARTIDOS POLÍTICOS NO BRASIL E NO CHILE: INCENTIVOS INSTITUCIONAIS, SISTEMA PARTIDÁRIO E PROCESSO DECISÓRIO. TEORIA & PESQUISA (ON LINE), v. 25, p. 65-95, 2016.

8.
PASQUARELLI, Bruno2014PASQUARELLI, Bruno. Política Comparada: Tradições, Métodos e Estudos de Caso. Revista Agenda Política, v. 2, p. 10, 2014.

9.
PASQUARELLI, Bruno2011PASQUARELLI, Bruno. A atuação do Poder Executivo e dos Partidos Políticos no Presidencialismo Chileno (1990-2010): Sistema Eleitoral, Apoio Legislativo, Negociações e Distribuição de Cargos. Cadernos de Pesquisa Política, v. 3, p. 1-28, 2011.

10.
braga, maria do socorro s.2011braga, maria do socorro s. ; PASQUARELLI, Bruno . Significados da chegada do PT à Presidência da República. IDEIAS (UNICAMP), v. 1, p. 28-41, 2011.

11.
PASQUARELLI, Bruno2011PASQUARELLI, Bruno. Resenha: Mouffe, Chantal. En Torno a Lo Político. Ideias (UNICAMP), v. 1, p. 277-282, 2011.

12.
PASQUARELLI, Bruno2010 PASQUARELLI, Bruno. Política Externa como Política Pública: uma análise da atuação diplomática brasileira durante o governo Lula. Politica Hoje (UFPE. Impresso), v. 19, p. 187-221, 2010.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PASQUARELLI, Bruno. Sociologia da Responsabilidade Social. 1. ed. , 2016.

Capítulos de livros publicados
1.
PASQUARELLI, Bruno. Coalizões partidárias, sistema eleitoral e tomada de decisão: aspectos da reforma política do presidencialismo chileno. In: Marcus Ianoni. (Org.). EFORMA POLÍTICA DEMOCRÁTICA: TEMAS, ATORES E DESAFIOS. 1ed.São Paulo: Perseu Abramo, 2015, v. 1, p. 1-329.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PASQUARELLI, Bruno. Qualidade da democracia, participação cidadã e voto consciente. Revista Gestão Progressiva, Brasilia-DF, p. 11, 02 abr. 2018.

2.
PASQUARELLI, Bruno. O que pensar dos resultados das eleições?. Revista AZ, Bauru, p. 52 - 53, 10 nov. 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PASQUARELLI, Bruno. : Internationalisation des entreprises, politique extérieure et intégration régionale: une analyse de le cas brésilien pendant le gouvernement Lula. In: 13ème Congrès de l?Association Française de Science Politique (AFSP) à Aix-en-Provence, 2015, Aix en Provence. Congrès de l?Association Française de Science Politique (AFSP), 2015.

2.
PASQUARELLI, Bruno. Foreign Policy, Political Party and Legislative/Executive Relations in the Presidential Democracy of Brazil And Chile. In: IPSA World Congress, 2012, Madrid. IPSA World Congress 2012, 2012.

3.
PASQUARELLI, Bruno. Padrones De Competición Partidaria en el Presidencialismo Chileno. In: VI Congreso Latinoamericano de Ciencia Política, 2012, Quito. VI Congreso Latinoamericano de Ciencia Política, 2012.

4.
PASQUARELLI, Bruno; BIZARRO, F. . O PMDB no centro do sistema político brasileiro (1986-2010). In: 8º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), 2012, Gramado. 8º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), 2012.

5.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de Coalizões, Apoio Legislativo e Atuação Partidária no Presidencialismo Brasileiro. In: II Forum de Pós-Graduação em Ciência Política, 2011, São Carlos. II Forum de Pós-Graduação em Ciência Política, 2011. p. 1-32.

6.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de Coalizões, Apoio Legislativo e Atuação Partidária no Presidencialismo Brasileiro. In: 35º Encontro Anual da Anpocs, 2011, Caxambu. 35º Encontro Anual da Anpocs, 2011. p. 1-30.

7.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. In: VII Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política, 2010, Recife. Anais do VII Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), 2010, 2010. p. 1-25.

8.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. In: V Congresso Latinoamericano de Ciência Política, 2010, Buenos Aires. Anais do V Congresso da ALACIP, 2010, 2010. p. 1-30.

9.
PASQUARELLI, Bruno. Formación de coaliciones y apoyo partidario en el presidencialismo brasileño. In: XVIII Jornadas de Jóvenes Investigadores, 2010, Santa Fe. XXVIII Jornadas de Jóvenes Investigadores AUGM. La investigación científica: eje del desarrollo regional en los albores del bicentenario de la independencia latinoamericana, 2010. p. 1-10.

10.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. In: II Seminario Internacional de Estudiantes de Postgrado en Estúdios Americanos, 2009, Santiago. Anais II Siepea, Santiago, 2009, 2009.

11.
PASQUARELLI, Bruno. Formación de coaliciones y apoyo partidario en el presidencialismo brasileño y chileno. In: XXVII Congreso Alas ? Latinoamérica interrogada, 2009, Buenos Aires. Memorias Congreso ALAS, 2009.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PASQUARELLI, Bruno. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. In: 16 SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, 2008, São Paulo. SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA USP, 16., 2008, São Paulo. Área Humanas e Humanidades, p. 119, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
braga, maria do socorro s. ; PASQUARELLI, Bruno . O papel do sistema partidario brasileiro e chileno na reorganização e funcionamento das instituições decisórias democráticas. In: I Encuentro Internacional Legislativos en America Latina, 2011, Belo Horizonte. In: I Encuentro Internacional Legislativos en America Latina, 2011, Belo Horizonte., 2011. v. 1. p. 24-24.

2.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de Coalizões, Apoio Legislativo e Atuação Partidária no Presidencialismo Brasileiro. In: 35º Encontro Anual da Anpocs, 2011, Caxambu. 35º Encontro Anual da Anpocs, 2011. p. 145-145.

3.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. In: 34 Encontro Anual da ANPOCS, 2010, Caxambu. 34 Encontro Anual da ANPOCS, 25 a 29 de Outubro de 2010, Caxambu, MG, Brasil, 2010.

4.
PASQUARELLI, Bruno. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. In: XVI Congresso de Iniciação Científica, 2008, São Carlos. Anais de Eventos da UFSCar, v. 4, p. 250, 2008, 2008.

5.
PASQUARELLI, Bruno. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. In: XV Congresso de Iniciação Científica, 2007, São Carlos. Anais de Eventos da UFSCar, v. 3, p. 157, 2007., 2007.

Artigos aceitos para publicação
1.
PASQUARELLI, Bruno. ASPECTOS CONSTITUCIONAIS E INSTITUCIONAIS DA INTERAÇÃO ENTRE EXECUTIVO/LEGISLATIVO NO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO EM POLÍTICA EXTERNA NO CHILE. Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação da Câmara dos Deputados, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
PASQUARELLI, B. V. L.. Torneio de Debates da V International Relations Week. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
PASQUARELLI, B. V. L.. Seminário temático apresentações orais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
PASQUARELLI, Bruno. Torneio de debates. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
PASQUARELLI, Bruno. Mesa Redonda ?Política Externa como Políticas Públicas?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
PASQUARELLI, Bruno. Party Coalitions and Foreign Policy: Legislative Participation and Celerity of International Acts in Brazil and Chile. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
PASQUARELLI, Bruno. A VISÃO POLÍTICA ATUAL E O HISTÓRICO DE CORRUPÇÃO DO BRASIL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
braga, maria do socorro s. ; PASQUARELLI, Bruno . Os governos de esquerda no Brasil e no Chile fazem alguma diferença ?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de Coalizões, Apoio Legislativo e Atuação Partidária no Presidencialismo Brasileiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de Coalizões, Apoio Legislativo e Atuação Partidária no Presidencialismo Brasileiro. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
braga, maria do socorro s. ; PASQUARELLI, Bruno ; BOLOGNESI, Bruno ; CHAVERRI, Ivan . Centro de Estudos dos Partidos Políticos Latino Americanos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
PASQUARELLI, Bruno. Formación de coaliciones y apoyo partidario en el presidencialismo brasileño. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
PASQUARELLI, Bruno. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
PASQUARELLI, Bruno. Formación de coaliciones y apoyo partidario en el presidencialismo brasileño y chileno. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
PASQUARELLI, Bruno. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
PASQUARELLI, Bruno. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
PASQUARELLI, Bruno. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

20.
PASQUARELLI, Bruno. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
PASQUARELLI, Bruno. DIREITO INTERNACIONAL ECONÔMICO E SOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIAS NA OMC 2016 (Monografia de Conclusão de Curso).

2.
PASQUARELLI, Bruno. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis? 2008 (Monografia de Conclusão de Curso).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
PASQUARELLI, Bruno. Revista de Sociologia e Política. 2012.

2.
PASQUARELLI, Bruno. Revista Leviathan. 2011.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
PASQUARELLI, Bruno. Há uma década nascimentos não aumentam em Bauru, diz estudo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
PASQUARELLI, Bruno. O VOTO E O EXERCÍCIO DE CIDADANIA. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
PASQUARELLI, Bruno. Política, Democracia e eleições. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
PASQUARELLI, Bruno. Novos desafios para a prefeitura de Bauru - entrevista para a TV Bandeirantes. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
PASQUARELLI, Bruno. omo a eleição do Donald Trump pode afetar direta ou indiretamente a economia do Brasil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
PASQUARELLI, Bruno. ?Jeitinho? também é colocado em xeque. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

7.
PASQUARELLI, Bruno. Eleição de vereador fica por último em Bauru. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
PASQUARELLI, Bruno. República completa 127 anos hoje rediscutindo partidos no Congresso. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

9.
PASQUARELLI, Bruno. Com debate restrito, Internet ainda não influencia a eleição. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

10.
PASQUARELLI, Bruno. Entrevista ao Jornal da Cidade de Bauru. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
PASQUARELLI, Bruno. Sociologia da Responsabilidade Social. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático para ensino à distância).

2.
PASQUARELLI, Bruno. Relatório de Doutorado. 2013. (Relatório de pesquisa).

3.
PASQUARELLI, Bruno. Relatório de Doutorado. 2012. (Relatório de pesquisa).

4.
PASQUARELLI, Bruno; braga, maria do socorro s. ; BOLOGNESI, Bruno ; CHAVERRI, Ivan . Partidos Políticos da América Latina. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
PASQUARELLI, Bruno. Relatório de Mestrado. 2011. (Relatório de pesquisa).

6.
PASQUARELLI, Bruno; BOLOGNESI, Bruno ; braga, maria do socorro s. ; CHAVERRI, Ivan . Partidos Políticos na América Latina. 2011. (Curso de Curta Duração Ministrado/Extensão).

7.
PASQUARELLI, Bruno. Coordenação do GT Partidos, Eleições e Representação Política no II Fórum de Pós-Graduação em Ciência Política. 2011. (Coordenação).

8.
PASQUARELLI, Bruno. Relatório de Mestrado. 2010. (Relatório de pesquisa).

9.
PASQUARELLI, Bruno. IPSA-ECPR Joint Conference, Whatever Happened to North-South?. 2010. (Avaliador de Painéis).

10.
PASQUARELLI, Bruno. Relatório de Iniciação Científica. 2009. (Relatório de pesquisa).

11.
PASQUARELLI, Bruno. Relatório de Iniciação Científica. 2008. (Relatório de pesquisa).

12.
PASQUARELLI, Bruno. Relatório de Iniciação Científica. 2007. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FERNANDEZ, C. D. B.; TALAMONI, J. L. B.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Eugênia Maria Sellmann Chaves. Desvelando a relação entre saúde e ambiente na cracolândia de Bauru. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Acadêmico em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade do Sagrado Coração.

Teses de doutorado
1.
POKER, J. G. A.; SEITENFUS, R.; SCHUMACHER, A. A.; SALUM, G. C.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Beatriz Sabia Ferreira Alves. O limite das relações internacionais como campo de conhecimento: a busca de perspectivas críticas em Michel Foucault. 2018. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Qualificações de Mestrado
1.
SARTORI, A. A. C.; RODRIGUES, V. L.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Luan Matheus Marchiori. Definição de área prioritária para alocação de um parque industrial ecológico: uma abordagem multicriterial. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Acadêmico em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade do Sagrado Coração.

2.
FERNANDEZ, C. D. B.; MALASSISE, R. L. S.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Claudiane Ribeiro Balan. Avaliação da percepção do risco da exposição a agentes químicos por trabalhadores de indústria química. 2018 - Universidade do Sagrado Coração.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CARAM, Nirave; AMARAL, V. G. B.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Bruno Blumer Bicichi Zaccari.A imagem do negro na publicidade brasileira: Uma análise de campanhas veiculadas na internet.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade do Sagrado Coração.

2.
SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Ana Paula Pulga.O papel da Religião nas Relações Internacionais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

3.
SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Caio Guilherme Joanini Rodrigues.Cinema e Segunda Guerra Mundial: Uma análise do uso do cinema para a expansão de ideologias.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

4.
SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Carlos Eduardo Frascarelli.A construção da diferença na globalização. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

5.
SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de João Victor da Silva.Inserção da Índia no cenário Internacional. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

6.
PASQUARELLI, B. V. L.; ROSSI, J. C.; BRUMATTI, V. P.. Participação em banca de Carla Franciele Messias.A atuação de organizações do terceiro setor junto ao Parque Jaraguá de Bauru/SP: Suas contribuições para a sociedade. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Públicas) - Universidade do Sagrado Coração.

7.
CALANDRIN, K. S.; SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Amanda Camargo Martins.Crianças Soldados: Um crime no Sistema Internacional. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

8.
ROSSI, J. C.; AMARAL, V. G. B.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Ana Flávia Salvador Reis.Estratégias discursivas de Marketing Político na obra V de Vingança. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade do Sagrado Coração.

9.
CALANDRIN, K. S.; ROSSI, J. C.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Ana Gabriela Gonçalves de Oliveira Felipe.O papel da mulher na sociedade israelense. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

10.
CALANDRIN, K. S.; PASQUARELLI, Bruno; JÚ. Participação em banca de Ana Lisa Lopes Mourato.Onde está a origem do conflito? Análise das raízes e desdobramentos do conflito Israel x Palestina. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

11.
PASQUARELLI, Bruno; MATANO, F. A.; SOUZA, F. J.. Participação em banca de Bruna Boaventura Pupo.Globalização: O avanço das redes sociais e o engraquecimento das relações sociais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

12.
SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, BRUNO VICENTE LIPPE; MATANO, F. A.. Participação em banca de Eduardo de Carvalho Bozano.Conflito Sino-Americano: Uma análise das potências econômicas e suas influências no Sistema Internacional. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

13.
CALANDRIN, K. S.; PASQUARELLI, Bruno; MATANO, F. A.. Participação em banca de Fábio Henrique Varoneli Júnior.O leste europeu e as ascensão na União Europeia: Do comunismo às implicâncias pós Brexit. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

14.
PASQUARELLI, Bruno; CALANDRIN, K. S.; ROSSI, J. C.. Participação em banca de Giovana Eusébio Beraldi dos Santo.A ocidentalização dos Direitos Humanos e a sobreposição de perspectivas culturais éticas ocidentais sobre orientais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

15.
PASQUARELLI, Bruno; CALANDRIN, K. S.; MATANO, F. A.. Participação em banca de Izabela Guimarães.Segurança Internacional: Desenvolvimento da segurança brasileira nos paradigmas do cenário internacional. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

16.
SOUZA, F. J.; MATANO, F. A.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Lara Daniel Machado.A violação dos Direitos Humanos no período do regime militar e o posicionamento das organizações internacionais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

17.
CALANDRIN, K. S.; PASQUARELLI, Bruno; JÚ. Participação em banca de Leonardo Alonso Ustulin.Movimentos Sociais e Democracia: O Brasil depois do Impeachment de Dilma Rousseff. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

18.
PASQUARELLI, Bruno; ROSSI, J. C.; CALANDRIN, K. S.. Participação em banca de Leonardo Diman Martins.Construção da tolerância em contextos de multiculturalismo e de cosmopolitismo: Cidades globais e o reconhecimento de múltiplas identidades. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

19.
PASQUARELLI, Bruno; MATANO, F. A.; SOUZA, F. J.. Participação em banca de Leonardo José Tavares.A inserção do comércio exterior brasileiro na economia internacional. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

20.
PASQUARELLI, Bruno; CALANDRIN, K. S.; ROSSI, J. C.. Participação em banca de Mariê Cristina Ferreira.A construção da mulher no contexto da transformação da sociedade: Emancipação, violência e dominação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

21.
PASQUARELLI, Bruno; SOUZA, F. J.; MATANO, F. A.. Participação em banca de Matheus Araújo Puga.Relações Internacionais, empresas e globalização: O fenômeno das startups e o processo de internacionalização. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

22.
SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, Bruno; MATANO, F. A.. Participação em banca de Matheus Porte.A identidade latina americana na busca brasileira pela liderança no MERCOSUL. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

23.
CARAM, Nirave; AMARAL, V. G. B.; PASQUARELLI, B. V. L.. Participação em banca de Letícia Guiraldello Jarro.A estratégia de humor e o marketing eleitoral: Análise de campanhas políticas municipais de candidatos a vereador em 2016.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda) - Universidade do Sagrado Coração.

24.
ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, B. V. L.; CAVA, Roberta. Participação em banca de Nathália Glória Cruz Crepaldi.A arte da guerra colocada em prática nas batalhas de Boju, guerra do Vietnã, invasão da normandia e a guerra de secessão. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

25.
ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, Bruno; CAVA, Roberta. Participação em banca de Kevin de Souza e Silva.A Política externa Brasileira e a integração regional: Uma análise da Unasul e seus reflexos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

26.
ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, Bruno; CAVA, Roberta. Participação em banca de Oswaldo Roque de Almeida.O mundo após o 11 de setembro: Reflexos do terrorismo nas Organizações Internacionais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

27.
ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, B. V. L.; CAVA, Roberta. Participação em banca de Ricardo de Melo Yoshida.O processo de Internacionalização de uma empresa visando o mercado Asiático de Singapura. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

28.
PASQUARELLI, Bruno; ZAMBELO, E.; MATANO, F. A.. Participação em banca de Ana Mariele Domingues.RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A ATUAÇÃO DE EMPRESAS NA DIMENSÃO SOCIAL NO ÂMBITO DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DA BM&FBOVESPA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Universidade do Sagrado Coração.

29.
CAVA, Roberta; ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Tamires Matos de Oliveira.Caminhos do Feminismo: a influência da representatividade para empoderamento do movimento no âmbito internacional. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

30.
CAVA, Roberta; PASQUARELLI, Bruno; SILVA, S. C.. Participação em banca de Asriel Souza Gonçalves.China e a Ásia: os desafios para atingir uma hegemonia regional. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

31.
PASQUARELLI, Bruno; ALVES, B. S. F.; FERREIRA, M. F.. Participação em banca de Leonardo Guiotti Zimmermann Dias.O novo jogo do poder e a mídia como ator no plano político externo brasileiro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

32.
CAVA, Roberta; ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Roberto Thomaz de Aquino Junior."Animais": uma leitura do neoliberalismo britânico pelo Pink floyd. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

33.
PASQUARELLI, Bruno; CAVA, Roberta; PALLOTTA, F. P.. Participação em banca de Matheus Felipe Hass.Ascensão Econômica da Alemanha: Um estudo econômico durante o período de participação na União Europeia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

34.
CAVA, Roberta; PASQUARELLI, Bruno; ALVES, B. S. F.. Participação em banca de Letícia Suemi Koyama.As Consequências da Globalização no Leste Europeu no pós Guerra Fria. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

35.
CAVA, Roberta; PASQUARELLI, Bruno; SILVA, S. C.. Participação em banca de Ana Gabriela Cardoso.Caminhos rumo ao desenvolvimento: reflexões sobre os desafios à hegemonia do Brasil na América do Sul. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

36.
PASQUARELLI, Bruno; CAVA, Roberta; FERREIRA, M. F.. Participação em banca de Renato Trazzi.O poder da mídia: A influência da mídia nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

37.
CAVA, Roberta; PASQUARELLI, Bruno; ALVES, B. S. F.. Participação em banca de Paulo Sérgio Cordeiro Filho.A agenda de segurança dos EUA: Uma análise do posicionamento das agências nacionais na guerra contra o terror. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

38.
CAVA, Roberta; ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Rafaela Alves de Freitas.A saga Star Wars sob a perspectiva das Relações Internacionais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

39.
ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, B. V. L.; CAVA, Roberta. Participação em banca de José Roberto Vitaliano Filho.Diplomacia das celebridades: a ativação internacional de Angelina Jolie. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

40.
PASQUARELLI, Bruno; ALVES, B. S. F.; CAVA, Roberta. Participação em banca de Daniele Maria Zamboni Lopes.Análise da trajetória de Otto von Bismarck e da Alemanha: da unificação à influência no século XX e XXI. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

41.
PASQUARELLI, Bruno; ALVES, B. S. F.; CAVA, Roberta. Participação em banca de Jéssica Fernanda Martins.Game of Thrones e as relações de poder: a presença do realismo ofensivo na dinâmica de Westeros. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

42.
PASQUARELLI, Bruno; CAVA, Roberta; ALVES, B. S. F.. Participação em banca de Octávio Cavalheiro Takamatsu Camargo.O conceito de política externa e a influência do soft power na atuação diplomática brasileira (1964-2010). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

43.
ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, B. V. L.; SOUZA, F. J.. Participação em banca de Ana Paula Bridi.Segurança global e islamismo: a linha tênue entre salvação individual e segurança internacional. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

44.
PASQUARELLI, Bruno; SOUZA, F. J.; CAVA, Roberta. Participação em banca de Mariana Mayumi Espontão.Mídia, opinião pública e globalização no contexto das relações internacionais: um estudo de caso em torno das Olimpíadas Rio 2016. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

45.
SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, Bruno; CAVA, Roberta. Participação em banca de Luma Rodrigues Loureiro.DIH: uma reflexão sobre o papel da ONU e da CV. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

46.
CAVA, Roberta; PASQUARELLI, Bruno; ALVES, B. S. F.. Participação em banca de João Pedro Bricce.Abraham Lincoln, Martin Luther King e Barack Obama: a construção do sonho da igualdade americana. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

47.
CAVA, Roberta; ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Guilherme Carra.A problemática da orientação sexual e a identidade de gênero: as responsabilidades da comunidade internacional e dos direitos humanos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

48.
CAVA, Roberta; ALVES, B. S. F.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Gleicy Nataly Lopes.Terrorismo e a humanidade: a evolução histórica do terror da antiguidade até a atualidade. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

49.
CAVA, Roberta; PASQUARELLI, Bruno; ALVES, B. S. F.. Participação em banca de Maria Paula Dourado Mazetto.Análise crítica das consequências da missão de paz da ONU na República Centro-Africana: um empecilho à emancipação humana. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

50.
ALVES, B. S. F.; SOUZA, F. J.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Natália Helena Fernandes.OS INVISÍVEIS NA SOCIEDADE INTERNACIONAL: O POVO SAARAUÍ E A LUTA PELO RECONHECIMENTO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

51.
CAVA, Roberta; PASQUARELLI, Bruno; ALVES, B. S. F.. Participação em banca de Rafaela Herrmann Gil.Influência da Guerra Fria na Indústria Cultural. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração.

52.
braga, maria do socorro s.; PASQUARELLI, Bruno. Participação em banca de Andressa Gusmon da Silva.Eleições 1994-2010: análise do sistema partidário e estratégias eleitorais. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de São Carlos.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
PASQUARELLI, Bruno. Comissão científica do evento SILE. 2018. Universidade do Sagrado Coração.

2.
PASQUARELLI, Bruno. Banca julgadora do "Torneio de debates". 2018. Universidade do Sagrado Coração.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
6o SILE - Simpósio Internacional de Linguagens Educativas: d.Diálogos sobre o cotidiano escolar - avaliador. 2018. (Simpósio).

2.
AULA INAUGURAL: O MERCADO DE TRABALHO PARA RELAÇÕES INTERNACIONAIS NA REGIÃO. 2018. (Oficina).

3.
Democracia e Fake News: a arena política nas eleições 2018.Democracia e fake news. 2018. (Outra).

4.
SECOD 2018 - SEMANA DE ESTUDOS DO CORPO DOCENTE - A INOVAÇÃO NA PRÁTICA DOCENTE. 2018. (Simpósio).

5.
UMA NOVA FORMA DE ATENDER: INSS DIGITAL. 2018. (Oficina).

6.
VI International Relations Week.Avaliador das apresentações dos trabalhos. 2018. (Seminário).

7.
II Congresso Paulista de Ciência e Tecnologia Ambiental. Comissão científica do evento. 2017. (Congresso).

8.
II CONGRESSO PAULISTA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AMBIENTAL. 2017. (Congresso).

9.
Semana de Estudos do Corpo Docente. 2017. (Oficina).

10.
Torneio de Debates. Torneio de Debates da Universidade do Sagrado Coração. 2017. (Olimpíada).

11.
V International Relations Week.Seminário temático apresentações orais. 2017. (Seminário).

12.
V International Relations Week.Torneio de debates da V International Relations Week. 2017. (Simpósio).

13.
Workshop em Estudos Estratégicos. 2017. (Seminário).

14.
24th World Congress of Political Science. Party Coalitions and Foreign Policy: Legislative Participation and Celerity of International Acts in Brazil and Chile. 2016. (Congresso).

15.
III Seminário do NEPPs ?As Múltiplas Dimensões das Políticas Públicas?.III Seminário do NEPPs ?As Múltiplas Dimensões das Políticas Públicas?. 2016. (Seminário).

16.
IV International Relations Week. 2016. (Seminário).

17.
MESA REDONDA: "CASA COMUM, NOSSA RESPONSABILIDADE". 2016. (Encontro).

18.
Oficinas pedagógicas. 2016. (Oficina).

19.
Oficinas pedagógicas. 2016. (Oficina).

20.
Palestra NJE: ?A VISÃO POLÍTICA ATUAL E O HISTÓRICO DE CORRUPÇÃO DO BRASIL?.A VISÃO POLÍTICA ATUAL E O HISTÓRICO DE CORRUPÇÃO DO BRASIL. 2016. (Oficina).

21.
Semana de Estudos do Corpo Docente. 2016. (Oficina).

22.
I Semana de Pós-Graduação em Ciência Política. 2013. (Congresso).

23.
8º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP). O PMDB no centro do sistema político brasileiro (1986-2010). 2012. (Congresso).

24.
IPSA World Congress. Foreign Policy, Political Party and Legislative/Executive Relations in the Presidential Democracy of Brazil And Chile. 2012. (Congresso).

25.
VI Congreso Latinoamericano de Ciencia Política. De Competición Partidaria en el Presidencialismo Chileno. 2012. (Congresso).

26.
35º Encontro Anual da Anpocs. Formação de Coalizões, Apoio Legislativo e Atuação Partidária no Presidencialismo Brasileiro. 2011. (Congresso).

27.
Governo local e Estado de Bem-Estar: regimes e resultados da política social no Brasil - Prof. Rodrigo Rodrigues Silveira (Machiavellicas/UFSCar). 2011. (Seminário).

28.
II Forum de Pós-Graduação em Ciência Política. Formação de Coalizões, Apoio Legislativo e Atuação Partidária no Presidencialismo Brasileiro. 2011. (Congresso).

29.
Minority Kingmakers: The power of small parties in New Zealand - Debrin Foxcroft (Machiavelicas - PPGPOL - UFSCar). 2011. (Seminário).

30.
V Workshop de Grupos de Pesquisa da UFSCar.Centro de Estudos dos Partidos Políticos Latino Americanos. 2011. (Outra).

31.
34 Encontro Anual da ANPOCS. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. 2010. (Congresso).

32.
Eleições 2010: algo além das intenções de voto - Profº Claúdio Couto (Machiavellicas/ UFSCar). 2010. (Seminário).

33.
Mudando para vencer: a transformação do PT e as eleições presidenciais - Prof. Pedro Floriano Ribeiro (Machiavellicas/UFSCar). 2010. (Seminário).

34.
O modelo majoritário do Reino Unido: o hung Parliament de 2010 - Profª Maria do Socorro de Sousa Braga (Machiavellicas/ UFSCar). 2010. (Seminário).

35.
Raízes sociais e ideológicas do lulismo - Prof. André Singer (Machiavellicas/UFSCar). 2010. (Seminário).

36.
São Paulo e o Brasil: política e história - Profº Marco Antônio Villa (Machiavellicas/UFSCar). 2010. (Seminário).

37.
V Congresso Latinoamericano de Ciência Política. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. 2010. (Congresso).

38.
Vetos presidenciais totais no Brasil, 1988-2006 - Profª Simone Diniz (Machiavellicas/UFSCar). 2010. (Seminário).

39.
VII Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. 2010. (Congresso).

40.
XVIII Jornadas de Jóvenes Investigadores AUGM. Formación de coaliciones y apoyo partidario en el presidencialismo brasileño. 2010. (Congresso).

41.
II Seminario Internacional de Estudiantes de Postgrado en Estúdios Americanos.Formação de coalizões e apoio partidário no presidencialismo brasileiro e chileno. 2009. (Seminário).

42.
Seminário Intermediário da ABCP. 2009. (Seminário).

43.
XXVII Congreso Alas ? Latinoamérica interrogada. Formación de coaliciones y apoyo partidario en el presidencialismo brasileño y chileno. 2009. (Congresso).

44.
16o SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. 2008. (Simpósio).

45.
6o Encontro da ABCP (Associação Brasileira de Ciência Política).Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. 2008. (Encontro).

46.
Estágio-visita de Curta Duração. 2008. (Outra).

47.
VI Semana de Ciências Sociais e Estudos Marxistas. 2008. (Congresso).

48.
XVI Congresso de Iniciação Científica da UFSCar. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. 2008. (Congresso).

49.
XV Congresso de Iniciação Científica da UFSCar. Desvendando a lógica do funcionamento do Sistema Político-Representativo Brasileiro: Combinações Institucionais Possíveis ou Impossíveis?. 2007. (Congresso).

50.
Congresso Internacional de Sociologia Econômica e de Finanças. 2006. (Congresso).

51.
IV Semana de Ciências Sociais e Estudos Marxistas. 2006. (Congresso).

52.
I Seminário UFSCar/Unesp - Sociedade e Trabalho: Velhos Dilemas, Novos Desafios. 2005. (Seminário).

53.
Mini-curso Florestan Fernandes: memória e presença. 2005. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PASQUARELLI, B. V. L.. Democracia e fake news. 2018. (Outro).

2.
PASQUARELLI, Bruno. I Semana de Pós-Graduação em Ciência Política da UFSCar. 2013. (Congresso).

3.
PASQUARELLI, Bruno. O Centenário de Sociologia dos Partidos Políticos de Robert Michels. 2011. (Congresso).

4.
PASQUARELLI, Bruno. Seminário Intermediário ABCP - A Ciência Política e a Interdisciplinaridade. 2009. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Gabrielle Hayashi Santos. ESTADO DE NATUREZA E A INFLUÊNCIA DA NATUREZA HUMANA NO ESTUDO DA POLEMOLOGIA. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. (Orientador).

2.
Thaís Sanches Coracini. O CRESCIMENTO DO PROTECIONISMO ECONÔMICO E SEU IMPACTO NO SISTEMA MULTILATERAL DE ACORDOS COMERCIAIS. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. (Orientador).

3.
Heloísa Zanatel. OS DESAFIOS DOS PROCESSOS DA CONSTRUÇÃO DE ORDEM NO CENÁRIO INTERNACIONAL E A INFLUÊNCIA DAS MISSÕES DE PAZ. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Carla Franciele Messias. A atuação de organizações do Terceiro Setor junto ao parque Jaraguá de Bauru/SP: suas contribuições para a sociedade.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Públicas) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

2.
Bruna Boaventura Pupo. Globalização: O avanço das redes sociais e o engraquecimento das relações sociais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

3.
Giovana Eusébio Beraldi dos Santos. A ocidentalização dos Direitos Humanos e a sobreposição de perspectivas culturais éticas ocidentais sobre orientais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

4.
Izabela Guimarães. Segurança Internacional: Desenvolvimento da segurança brasileira nos paradigmas do cenário internacional. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

5.
Leonardo Diman Martins. Construção da tolerância em contextos de multiculturalismo e de cosmopolitismo: Cidades globais e o reconhecimento de múltiplas identidades. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

6.
Leonardo José Tavares. A inserção do comércio exterior brasileiro na economia internacional. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

7.
Mariê Cristina Ferreira. A construção da mulher no contexto da transformação da sociedade: Emancipação, violência e dominação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

8.
Matheus Araújo Puga. Relações Internacionais, empresas e globalização: O fenômeno das startups e o processo de internacionalização. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

9.
Ana Mariele Domingues. RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A ATUAÇÃO DE TRÊS EMPRESAS NA DIMENSÃO SOCIAL NO ÂMBITO DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DA BM&FBOVESPA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Administração) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

10.
Leonardo Guiotti Zimmermann Dias. O novo jogo do poder e a mídia como ator no plano político externo brasileiro. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

11.
Matheus Felipe Hass. Ascensão Econômica da Alemanha: Um estudo econômico durante o período de participação na União Europeia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

12.
Renato Trazzi. O poder da mídia: A influência da mídia nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

13.
Daniele Maria Zamboni Lopes. Análise da trajetória de Otto von Bismarck e da Alemanha: da unificação à influência no século XX e XXI. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

14.
Octávio Cavalheiro Takamatsu Camargo. O conceito de política externa e a influência do soft power na atuação diplomática brasileira (1964-2010_. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

15.
Mariana Mayumi Espontão. Mídia, opinião pública e globalização no contexto das relações internacionais: um estudo de caso em torno das Olimpíadas Rio 2016. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.

Iniciação científica
1.
Sabrina Miranda de Jesus. DESCRITIVO DAS POLÍTICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA PÓS LDB 9.394/96: A CAPES COMO INSTITUIÇÃO FORMADORA. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Universidade do Sagrado Coração. Orientador: Bruno Vicente Lippe Pasquarelli.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 7:27:48