Sabina Ferreira Alexandre Luz

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9863073359552258
  • Última atualização do currículo em 19/09/2018


Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em História da UERJ. De 2014 a 2017 foi pesquisadora - bolsista do Programa de Capacitação Institucional (PCI) no Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) na Coordenação de História da Ciência e Tecnologia (COHCT). Possui graduação em História pela Universidade de Paris X Nanterre (2009) e graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2008). De 2012 a 2014 cursou o mestrado na Universidade Federal Fluminense (UFF) quando se interessou pela área da história da ciência e analisou o estabelecimento da Hora Legal Brasileira no início do século XX. De março de 2015 a dezembro de 2017 foi Editora do Boletim Eletrônico da Sociedade Brasileira de História da Ciência (SBHC). Tem interesse nos temas: história da ciência no Brasil, história da metrologia, história dos instrumentos científicos e cartografia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sabina Ferreira Alexandre Luz
Nome em citações bibliográficas
LUZ, S. F. A.;LUZ, SABINA ALEXANDRE


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em História.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Orientador: Lúcia Maria Paschoal Guimarães.
Coorientador: Moema de Rezende Vergara.
2012 - 2014
Mestrado em História.
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Título: O estabelecimento da Hora Legal Brasileira: o Brasil adota o meridiano de Greenwich,Ano de Obtenção: 2014.
Orientador: Luíz Carlos Soares.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Hora Legal Brasileira; meridiano de Greenwich; Observatorio Nacional; Fusos horarios.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências.
2009 interrompida
Mestrado interrompido em 2010 em Histoire ancienne.
Universidade de Paris X Nanterre, 1, França.
Título: As cidades de Tróia: da época arcaica à época clássica,Orientador: Pierre Carlier.
Ano de interrupção: 2010
Palavras-chave: cidade; historia antiga; Tróia.
Grande área: Ciências Humanas
2008 - 2009
Graduação em Historia.
Universidade de Paris X Nanterre, 1, França.
2005 - 2008
Graduação em Historia.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2003 - 2005
Graduação em História.
Université de Paris X, Nanterre, Paris X, França.




Formação Complementar


2009 - 2009
Escavação em Pompéia. (Carga horária: 160h).
Università degli Studi Suor Orsola Benincasa, UNISOB, Itália.
2006 - 2006
Descobrindo a beleza e a estética através da arte. (Carga horária: 45h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.


Atuação Profissional



Museu de Astronomia e Ciências Afins, MAST, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2017
Vínculo: Bolsista PCI Modalidade DTI-7E, Enquadramento Funcional: Pesquisador colaborador


Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: PIBIC, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Território Ciência e Nação
Descrição: Este projeto destina-se a consolidar um grupo de pesquisa com interesse em analisar os processos da formação territorial em suas relações com a história social da ciência e da cartografia no Brasil. A análise compreenderá os anos entre 1889 e 1945, período o qual são constatadas lacunas que seriam peças-chave para uma compreensão mais abrangente da temática. Além dos poucos trabalhos sobre a cartografia desenvolvida nesses quase sessenta anos, a escolha deste recorte temporal se justifica por apresentar transformações substanciais para a cartografia nacional, dentre elas a utilização da fotografia aérea nos processos de mapeamento. Portanto, elegemos dois momentos cruciais para iniciar e finalizar a pesquisa: primeiramente, a Proclamação da República (1889), da qual o Exército foi um dos principais articuladores e de quem recebeu o encargo da confecção do mapa nacional e, fechando o período, o término da Segunda Guerra Mundial (1945), quando podemos constatar uma maior definição das atribuições cartográficas no Brasil, por parte de militares e civis..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2015 - 2017
Periódico: Boletim Eletrônico da SBHC


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LUZ, S. F. A.2017LUZ, S. F. A.; ALVES, J. S. ; SOARES, L. C. . O 25th ICHST e a História da Ciência no Brasil. Boletim Eletrônico da SBHC, v. 1, p. 1-12, 2017.

2.
LUZ, SABINA ALEXANDRE2015 LUZ, SABINA ALEXANDRE; VERGARA, M. . Do Congresso de Washington à adoção da Hora Legal Brasileira. Terra Brasilis (Nova Série). Revista da Rede Brasileira de História da Geografia e Geografia Histórica, v. 6, p. 1-15, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
LUZ, SABINA ALEXANDRE. Um retrato do tempo: a presença da hora no cenário carioca do início do século XX. In: Mauad, Ana. (Org.). Fotograficamente Rio: a cidade e seus temas. 1ed.Niterói: PPGHistóriaLABHOI-UFF/Faperj, 2016, v. , p. 38-67.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
LUZ, S. F. A.. Do Castelo ao Januário: o Observatório Nacional muda de morro. In: XXVIII Simpósio Nacional de História, 2015, Florianópolis. Anais Eletrônicos do XXVIII Simpósio Nacional de História, 2015. p. 1-11.

2.
LUZ, S. F. A.. Ajustando os ponteiros do relógio: a hora certa na cidade do Rio de Janeiro da Primeira República.. In: XXVII Simpósio Nacional de História, 2013, Natal. Anais do XXVII Simpósio Nacional de História, 2013. p. 1-13.

3.
LUZ, S. F. A.. O estabelecimento dos fusos horários brasileiros: 'materializando linhas abstratas no terreno' nacional. In: III Encontro Nacional de Pós-Graduandos em História das ciências, 2013, Mariana. Anais do III Encontro Nacional de Pós-Graduandos em História das ciências, 2013. p. 529-541.

Apresentações de Trabalho
1.
LUZ, S. F. A.. Science and territory: considering the relation between hour and cartography at the beginning of 20th century examining the example in Acre.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
LUZ, S. F. A.. Engenheiros e astrônomos: entre disputas e afinidades na belle époque carioca. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
LUZ, S. F. A.. Subindo rios, observando estrelas e trocando cartas: a cartografia de fronteira entre teoria e prática no início do século XX.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
VERGARA, M. ; LUZ, S. F. A. . A Determinação da Hora por Tasso Fragoso. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
LUZ, S. F. A.. Do Castelo ao Januário: o Observatório Nacional muda de morro.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
LUZ, S. F. A.. A Hora Legal no Brasil: questões para uma história social da ciência (1884-1913). 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
LUZ, S. F. A.; VERGARA, M. . A ciência entre o universal e o particular: reflexões sobre o Congresso de Washington e a adoção da Hora Legal Brasileira. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
LUZ, S. F. A.. Do balão à hora oficial: espaços e contexto para a adoção da Hora Legal Brasileira.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
LUZ, S. F. A.. Quando o espaço define o tempo: representações territoriais nos fusos horários brasileiros (1911-1913). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
LUZ, S. F. A.; JUNQUEIRA, S. ; VERGARA, M. . A Hora Legal Brasileira ontem e hoje: uma perspectiva histórica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
LUZ, S. F. A.. Materializando linhas abstratas no terreno nacional. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
LUZ, S. F. A.. O estabelecimento dos fusos horarios mundiais e a hora legal brasileira: a adoçao do meriadiano de Greenwich. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
LUZ, S. F. A.. Do Congresso de Washington à lei 2.784: a adoçao da hora legal no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
LUZ, S. F. A.. Ajustando os ponteiros do relógio: a hora certa na cidade do Rio de Janeiro da Primeira República.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
LUZ, S. F. A.. A hora certa no Rio de Janeiro da Primeira Republica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
LUZ, S. F. A.. A instrução pública no Brasil pela conselheiro José Liberato Barroso (1867). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
LUZ, S. F. A.. A instrução pública no Brasil pela conselheiro José Liberato Barroso (1867). 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
MARTINEZ, J-P. ; HARTZ, T. M. ; LUZ, S. F. A. . Vladimir Fock (1898-1974): itinerário externalista de um pensamento internalista. Antirreducionismo e realismo científico na física moderna 2017 (Revisão de tradução).

2.
LUZ, SABINA ALEXANDRE. A Hora Legal Brasileira e o sistema de fusos horários 2014 (Artigo no site "Território, Ciência e Nação").

3.
LUZ, S. F. A.; BASTOS, M. H. C. . Permanências e mutações dos liceus franceses, do Primeiro Império ao início do século XXI. Campinas: Editora Autores Associados, 2007. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
LUZ, S. F. A.. Parecerista ad-hoc Revista Temporalidades. 2018.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
LUZ, S. F. A.; JUNQUEIRA, S. ; VERGARA, M. . Encontros com a História: A Hora Legal Brasileira ontem e hoje: uma perspectiva histórica. 2014. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
LUZ, S. F. A.. 7° curso de extensão para professores - Instrumentos Científicos, Ci´^encia, Território e Nação. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
25th International Congress of History of Science and Technology. Science and territory: considering the relation between hour and cartography at the beginning of 20th century examining the example in Acre.. 2017. (Congresso).

2.
VII Simpósio Luso-Brasileiro de Cartografia Histórica.Subindo rios, observando estrelas e trocando cartas: a cartografia de fronteira entre teoria e prática no início do século XX.. 2017. (Simpósio).

3.
XII Semana de História Política da UERJ.Engenheiros e astrônomos: entre disputas e afinidades na belle époque carioca. 2017. (Simpósio).

4.
15° Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia.A determinação da hora por Tasso Fragoso. 2016. (Seminário).

5.
III Encontro dos Bolsistas PCI.A hora legal no Brasil: questões para uma história social da ciência (1884-1913). 2015. (Encontro).

6.
VI Simpósio Luso-brasileiro de Cartografia Histórica.A ciência entre o universal e o particular: reflexões sobre o Congresso de Washington e a adoção da Hora Legal Brasileira. 2015. (Simpósio).

7.
XX Jornada de Iniciação Científica do Museu de Astronomia e Ciências Afins.Sessão 3. 2015. (Outra).

8.
XXVIII Simpósio Nacional de História.Do Castelo ao Januário: o Observatório Nacional muda de morro. 2015. (Simpósio).

9.
14° Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia.Do balão à hora oficial: espaços e contexto para a adoção da Hora Legal Brasileira.. 2014. (Simpósio).

10.
Simpósio Circulação das ideias e história dos saberes geográficos: hierarquias, interações e redes..Quando o espaço define o tempo: representações territoriais nos fusos horários brasileiros (1911-1913).. 2014. (Simpósio).

11.
XIX Jornada de Iniciação Científica do Museu de Astronomia e Ciências Afins.Sessão 4. 2014. (Outra).

12.
III Encontro Nacional de Pos-Graduandos em Historia das Ciências.O estabelecimento dos fusos horarios brasileiors: materializando "linhas abstratas no terreno" nacional. 2013. (Encontro).

13.
Scientiarum Historia VI: 6° Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia. O estabelecimento dos fusos horarios mundiais e a hora legal brasileira: a adoçao do meriadiano de Greenwich. 2013. (Congresso).

14.
VIII Jornada de Estudos Historicos Professor Manoel Salgado.Do Congresso de Washington à lei 2.784: a adoçao da hora legal no Brasil. 2013. (Outra).

15.
XXVII Simposio Nacional de Historia.Ajustando os ponteiros do relógio: a hora certa na cidade do Rio de Janeiro da Primeira Republica. 2013. (Simpósio).

16.
13° Simposio Nacional de Historia da Ciência e da Tecnologia. 2012. (Simpósio).

17.
Scientiarum Historia V: 5° Congresso de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia. A hora certa no Rio de Janeiro da Primeira Republica. 2012. (Congresso).

18.
XV Encontro Regional de História - Anpuh Rio. 2012. (Encontro).

19.
XXVI Simposio Nacional de Historia. 2011. (Simpósio).

20.
12° Encontro da Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação.A instrução pública no Brasil pela conselheiro José Liberato Barroso (1867). 2006. (Encontro).

21.
Diálogos: a filosofia e o direito em Hegel. 2006. (Congresso).

22.
III Simpósio Nacional de História Cultural. 2006. (Simpósio).

23.
VII Salão de Iniciação Científica da PUCRS.A instrução pública no Brasil pela conselheiro José Liberato Barroso (1867). 2006. (Outra).

24.
Seminário de estudos de antropologia e história Amerindia. 2005. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LUZ, S. F. A.; VERGARA, M. . 7° Curso de Extensão para professore: Instrumentos Científicos, Ciência, Território e Nação. Edição: Os Primeiros Brasileiros. 2015. (Outro).

2.
LUZ, S. F. A.; ALVES, J. S. ; KEULLER, A. . III Encontro dos Bolsistas PCI. 2015. (Outro).

3.
LUZ, S. F. A.; ALVES, J. S. . 3 anos do GEHCA. 2015. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 14:57:08