Edson de Souza Lima

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6476436640034548
  • Última atualização do currículo em 22/07/2015


Possui graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado de Mato Grosso (1995) e mestrado em Ciências Florestais pela Universidade de Brasília (2002). Atualmente é colaborador/pesquisador - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Tem experiência na área de Botânica com ênfase em: identificações botânicas de plantas lenhosas e hepífitas, Fitogeografia, caracterização de fitofisionomias e em Ecologia de Carnívoros. Atualmente atua nos seguintes temas: Ecologia do lobo-guará, raposinh-do-campo e cachorro-do-mato-vinagre em áreas pantanosas e de cerrado com ênfase em estudo de área de vida, densidade populacional, dieta, manejo e conservação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Edson de Souza Lima
Nome em citações bibliográficas
LIMA, Edson de Souza;LIMA, EDSON DE SOUZA;LIMA, EDSON S.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Estado de Mato Grosso, Público Estadual.
BR 158
Antiga FAB
78690-000 - Nova Xavantina, MT - Brasil - Caixa-postal: 08
Telefone: (66) 34381224
URL da Homepage: www.unemat.br


Formação acadêmica/titulação


2000 - 2002
Mestrado em Ciências Florestais.
Universidade de Brasília, UNB, Brasil.
Título: Diversidade, Estrutura e Distribuição Espacial de Palmeiras em uma Comunidade de Cerrado Sensu Stricto, na Fazenda Água Limpa (FAL), Distrito Federal,Ano de Obtenção: 2002.
Orientador: Jeanine Maria Felfili Fagg.
Palavras-chave: Arecaceae, Diversidade, Fitossociologia, Savana, B.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fitogeografia.
Setores de atividade: Outras Atividades de Assessoria e Consultoria Às Empresas.
1992 - 1995
Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas.
Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Brasil.




Atuação Profissional



Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, ICMBio, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 24
Outras informações
Este será um estudo de campo sistemático sobre uma das espécies de canídeos neotropicais menos conhecidas atualmente, o cachorro-vinagre, Speothos venaticus, em uma região onde as taxas de remoção de vegetação nativa foram as maiores do Brasil nos últimos 10 anos, o estado do Mato Grosso. Usaremos uma combinação de técnicas (rádio-telemetria, armadilhas fotográficas, análise de material biológico para diagnóstico de exposição a agentes patogênicos) em uma abordagem multidisciplinar e esperamos que nossos resultados forneçam informações essenciais e inéditas sobre as necessidades ecológicas e o estado sanitário dos cachorros-vinagres e serão utilizados tanto na elaboração de um plano de manejo para a conservação da espécie no Brasil, como também para a identificação de áreas prioritárias para a conservação no estado do Mato Grosso. A área de estudo proposta (município de Nova Xavantina ? MT) tem grande potencial para a captura e monitoramento da espécie, haja vista a realização da captura de um grupo em 2004 e os diversos avistamentos de indivíduos da espécie registrados recentemente. Também apresenta uma mescla de áreas naturais preservadas e outras modificadas por intervenção humana, o que propicia investigação de efeitos antrópicos sobre sua ecologia e estado sanitário. Nossa equipe de pesquisa compreende um Doutor com vasto conhecimento em reprodução de mamíferos carnívoros neotropicais e experiência na coordenação de projetos de conservação de animais selvagens (R.G. Morato, proponente), um Mestre com imensa experiência na execução de estudos de campo, inclusive envolvendo a espécie em questão (E.S. Lima), uma Doutora com extenso conhecimento em modelagem, utilização de armadilhas fotográficas e biologia da conservação, envolvendo principalmente mamíferos na Amazônia (M.L.S.P. Jorge) e um médico veterinário com vasta experiência em contenção e manuseio de carnívoros selvagens e extenso conhecimento em diagnóstico e epidemiologia das doenças infecciosas (R.S.P. J


Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1994 - 1996
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista

Atividades

8/2007 - 12/2007
Ensino, Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Botânica Econômica
Biologia de Criptógamas
Botânica Geral
Biologia de Fanerógamas
Fisiologia Vegetal
8/1992 - 12/1999
Ensino, Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Botânica II
Histologia Vegetal
3/1994 - 2/1996
Estágios , Público Estadual, Departamento de Ciências Biológicas.

Estágio realizado
Um Estudo Ecológico e Fitossociológico em um Cerrado na Serra do Roncador - Nova Xavantina - MT.

O Instituto Brasileiro Para Medicina da Conservação ? Tríade, TRÍADE, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Coordenador/Pesquisador

Atividades

8/2005 - 7/2007
Serviços técnicos especializados , Associação Civil, .

Serviço realizado
Coordenação e Execução de projeto de pesquisa.

Engevix Estudos e Projetos de Engenharia, ENGEVIX/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Atividades

6/2004 - 7/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Engevix Estudos e Projetos de Engenharia, .

Cargo ou função
Consultor.

Fundação Pró-Natureza, FUNATURA, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Atividades

4/2001 - 12/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação Pró-Natureza, .

Cargo ou função
Consultor.

Fuandação Nacional do Meio Ambiente, FNMA, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Atividades

7/2002 - 8/2002
Serviços técnicos especializados , Fuandação Nacional do Meio Ambiente, .

Serviço realizado
Levantamento Etnoambiental da Fauna e Flora nas Terras Indígenas Pimentel Barbosa e Areões.

Fuandação Estadual do Meio Ambiente, FEMA - MT, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Atividades

7/2001 - 8/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fuandação Estadual do Meio Ambiente, .

Cargo ou função
Consultor - Inventário da Vegetação do Parque Estadual de Serra Azul.
11/1997 - 12/1997
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fuandação Estadual do Meio Ambiente, .

Cargo ou função
Consultor - Inventário da Flora Lenhosa e caracterização de fitofisionomias do Pantanal do Rio das Mortes.

Serviço de Consultoria e Conservação de Energia, SETER, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Atividades

12/2001 - 12/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Serviço de Consultoria e Conservação de Energia, .

Cargo ou função
Consultor.

Fundação Nacional do Índio, FUNAI, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2001
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Atividades

12/2000 - 12/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação Nacional do Índio, .

Cargo ou função
Consultor.

Associação WWF do Brasil - Fundo Mundial para a Natureza, WWF, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 2000
Vínculo: Consultoria, Enquadramento Funcional: Consultor de pesquisa, Carga horária: 0

Atividades

7/1999 - 5/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação WWF do Brasil - Fundo Mundial para a Natureza, .

Cargo ou função
Consultor - Levantamento da abundância dos mamíferos de caça dos índios Xavante.

Escola Estadual de 1o. e 2o. Graus Juscelino k. de Oliveira, EEJKO, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor interino, Carga horária: 22

Atividades

02/1996 - 08/1997
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ciências Físicas de Biológicas e Biologia

Escola Estadual de 1o. e 2o. Graus Coronel Vanique, EECV, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor interino, Carga horária: 22

Atividades

04/1993 - 01/1994
Ensino,

Disciplinas ministradas
Ciências Físicas e Biológicas


Projetos de pesquisa


2008 - 2009
Identificando as principais ameaças para a conservação do cachorro-vinagre (Speothos venaticus): uma abordagem multidisciplinar
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2005 - Atual
Ecologia do lobo-guará (Chrysocyon brachyurus) e Turismo Científico na RPPN SESC Pantanal, Barão de Melgaço, Mato Grosso
Descrição: O lobo-guará é um canídeo neotropical de topo de cadeia e importante carnívoro que atua diretamente na ciclagem de nutrientes, dispersando sementes de plantas e controlando populações de presas importantes à manutenção da comunidade. Estudos ecológicos consistentes com o lobo-guará em áreas inundáveis (pantanal) ainda não foram conduzidos havendo, então, importante lacuna no conhecimento da espécie em áreas sujeitas a fortes sazonalidades. Estudos explorando aspectos como utilização de habitats, padrões de movimentos, territorialidade, sobreposição de área de uso, parâmetros demográficos, dispersão de filhotes e determinação de territórios, são essenciais para se entender a ecologia básica da espécie, e, desta forma, subsidiarão ações voltadas ao manejo e conservação. Os dados coletados por rádio-telemetria proverão, portanto, informações sobre as exigências ecológicas básicas do lobo-guará, que são fundamentais para viabilizar programas para futuras reintroduções da espécie em áreas de rarefação e até mesmo onde a espécie já se encontra extinta. Estas informações servirão como ferramenta importante na conservação dos lobos-guará e subsidiarão o estabelecimento de um plano de conservação da espécie in loco e em toda a sua área de ocorrência e, conseqüentemente a outras espécies da biodiversidade a eles atreladas. As amostras sanguíneas também terão grande importância na avaliação sanitária dos animais. Por ser uma espécie ameaçada de extinção e o maior canídeo brasileiro, o lobo-guará é considerado uma "espécie-bandeira". O caráter de pesquisa do monitoramento é um grande atrativo para os turistas, talvez tão importante, quanto avistar o animal marcado com o rádio. O turismo-científico envolvendo o lobo-guará tem, portanto, um enorme potencial. As informações que pretendemos obter através deste projeto deverão dar início à construção de uma base sólida de conhecimentos com o lobo-guará na RPPN SESC - Pantanal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Edson de Souza Lima - Coordenador / Rodrigo Silva Pinto Jorge - Integrante.Financiador(es): Serviço Social do Comercio - Outra / Serviço Social do Comercio - Auxílio financeiro.
2004 - 2005
Ecologia e Conservação do Cachorro-Vinagre (Speothos venaticus) em Mato Grosso, Brasil
Descrição: O Plano de Ação para a Conservação de Canídeos da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, 1990) recomenda que esforços de pesquisa em campo sejam dirigidos para entender o que atualmente é pobremente conhecido sobre o cachorro-vinagre (Speothos venaticus) em vida livre. A espécie está listada como vulnerável no Apêndice I (IUCN, 2003) e como ameaçada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA, 2003). Entretanto, nenhum estudo de campo havia sido iniciado até recentemente. Em julho de 2004, um grupo de três indivíduos de cachorro-vinagre foi capturado em áreas privadas do município de Nova Xavantina, Mato Grosso. Dois indivíduos adultos do grupo foram aparelhados com rádios transmissores. Devido à morfologia singular dos cachorros-vinagre, alta sociabilidade e a vegetação rasteira densa nas quais vivem, estudos com indivíduos cativos determinaram um desenho efetivo e seguro dos rádios colares, que foram devidamente utilizados pela primeira vez nos dois adultos capturados em Mato Grosso. Toda a matilha, através dos animais marcados, foi continuamente monitorada por terra. As localizações da matilha foram determinadas por aproximação (ponto fixo) ou por triangulação a cada três horas. Padrões de atividades diários dos indivíduos a cada 15 minutos foram registrados, além de informações adicionais sobre predação, interação e estratégia de caça. Todas as tocas utilizadas pelo grupo foram investigadas para identificação de presas e coleta de fezes para a determinação da dieta do grupo entre outros aspectos ecológicos e sanitários importantes. Animais recapturados foram sedados para coleta de material biológico (e.g., sangue, fezes, urina, pêlos), biometria e reaparelhados com rádios transmissores. Este foi o primeiro estudo de campo intensivo com S. venaticus. Entender como os cachorros-vinagre usam os fragmentos é essencial, para se determinar de maneira urgente, uma estratégia para a conservação da espécie e seu habitat..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Edson de Souza Lima - Integrante / Julio Cesar Dalponte - Coordenador / Rodrigo Silva Pinto Jorge - Integrante / Herson Souza Lima - Integrante.Financiador(es): Chicago Zoological Society - Auxílio financeiro / Cleveland Metroparks Funding - Auxílio financeiro / Palm Beach Zoo Dreher Parks Grants - Auxílio financeiro / Ideia Wild - Auxílio financeiro / Pittsburgh Zoo - Auxílio financeiro.
2001 - 2003
Pesquisa e Turismo Científico na RPPN do SESC Pantanal, Barão de Melgaço, Mato Grosso
Descrição: Grandes predadores costumam atrair o interesse público em vários lugares do mundo. A reserva possui quatro espécies de carnívoros que podem atuar como predadores de topo em diferentes comunidades naturais: dois felídeos (onça-parda, Puma concolor e onça-pintada, Panthera onca) e dois canídeos (lobo-guará, Chrysocyon brachyurus e cachorro-do-mato-vinagre, Speothos venaticus). O projeto representa uma iniciativa para integrar pesquisa básica com atividades de eco - turismo e turismo científico e tem como objetivo global a determinação de padrões de movimento e áreas de vida de predadores de topo da cadeia alimentar, como base de conhecimento à formulação de um programa de turismo científico na reserva. Os resultados preliminares do monitoramento rádio-telemétrico de cinco lobos-guarás revelou que a espécie ocupa em média uma área de 50,3 km², e que estas áreas são semelhantes às de lobos de terrenos não inundáveis do planalto Central. Os tamanhos de áreas de vida de machos e fêmeas foram semelhantes. Foi detectada uma forte sobreposição entre as áreas de fêmeas e uma baixa sobreposição entre áreas de machos. Uma onça-parda fêmea adulta, acompanhada por dois filhotes dependentes no momento da captura, ocupou uma área de 7,3 km² durante um pequeno período de monitoramento. Onças-pintadas e cachorros-vinagre não foram capturados, apesar de ter sido localizados em várias localidades da RPPN O lobo-guará e a onça-parda são espécies abundantes na RPPN do SESC Pantanal e candidatos potenciais para um programa de turismo científico bem sucedido na reserva..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Edson de Souza Lima - Integrante / Julio Cesar Dalponte - Coordenador / Rodrigo Silva Pinto Jorge - Integrante.Financiador(es): Serviço Social do Comercio - Remuneração.
1999 - 1999
Estrutura, composição florística e aspectos da dinâmica de uma Floresta de Galeria em Nova Xavantina
Descrição: The study was carried out on the gallery forest of the Bacaba stream situated in the Municipal Ecological Reserve 'Mário Viana' ( 14°43'S, 52°21 W) in Nova Xavantina, Eastern Mato Grosso, Brazil. Three sections of the gallery (upper, middle and lower) running downstream and differing in slope were surveyed by stratified sampling. Forty- seven nested l0m x l0m plots were analyzed in each section, giving a total sampling area of 1.41ha overall. All trees or lianas215cm girth at breast height were recorded and a total of 129 species belonging to 105 genera and 47 families were found. Diversity was high, with the Shannon index ranging from 3.84 nats/individual in the lower section to 4.08 in the middle section. The most important families (IVI) were Caesa/piniaceae (upper and middle sections) and Arecaceae (lower section), and the most important species were Diospyros obovata (upper section), Hymenaea courbaril var. stilbocarpa (middle section) and Mauritia flexuosa (lower section). Morisita and Sörensen índices of similarity were calculated. The floristic composition was complex and included species in common with a number of Brazilian forest types and with cerrado (savanna), as well as many widespread species, but stronger links with Amazonian forests could be detected. This is to be expected since the area lies in the ecotonal zone of the cerrado and Amazonian forest biomes and the Bacaba stream itself is a tributary of the Mortes-Araguaia-Amazon river system..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Edson de Souza Lima - Integrante / Beatriz Schwantes Marimon - Coordenador.Financiador(es): Universidade do Estado de Mato Grosso - Remuneração / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
1998 - 1999
Levantamento, Através de Amostragem, da Abundância da Mastofauna na Reserva Indígena do Rio das Mortes
Descrição: O Projeto visou a implantação de três refúgios de vida silvestre para verificar através do monitoramento as possíveis alterações nas populações de animais de caça dentro e fora da áreas de refúgio. Este monitoramento foi feito através de um método padronizado de contagem de rastros, com o intuito de adquirir o índice de abundância das espécies. A área de estudo localiza-se na Reserva Indígena Pimentel Barbosa, distante cerca de 30 Km a nordeste de Canarana, situada no Vale do Araguaia na porção leste do estado de Mato Grasso. Para demarcação dos transectos foram abertas trilhas pelo interior da vegetação com o auxílio de um facão e fixado placas de alumínio a cada um quilômetro percorrido. Foram percorridos um total de 108 transectos em seis períodos mensais. Destes cinco (27,77%) estavam representados por Campo de Murundu, dois (11,11%) por Cerrado Típico, um (5,5%) por Cerrado Ralo e 10 (55,55%) representados por Cerrado Típico em uma parte e Cerrado Ralo em outra. Foram registradas 17 espécies de mamíferos potencialmente caçadas pelos indígenas, destas nove são de grande porte e cinco de médio porte. Esperava-se encontrar uma diminuição gradativa de rastos nos transectos de dentro para fora dos refúgios, entretanto, o tamanduá bandeira, o veado campeiro, o queixada e o veado mateiro foram as espécies que tenderam a concordar com o esperado. Entre estas somente o tamanduá bandeira demonstrou maior abundância nos refúgios..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Edson de Souza Lima - Coordenador.Financiador(es): Associação WWF do Brasil - Fundo Mundial para a Natureza - Remuneração.
1994 - 1996
Um Estudo Ecológico e Fitossociológico em um Cerrado na Serra do Roncador - Nova Xavantina - MT
Descrição: A composição florística, a estrutura fitossociológica e as características fisico-químicas do solo foram estudadas em um cerrado na encosta e na base de um morro da Serra Azul, localizada na Reserva Biológica Mário Viana em Nova Xavantina, MT (14° 41' S e 52° 20' W). A altitude da área varia entre 250 e 300 m e o clima é do tipo Aw, segundo Köppen. O solo varia de Litólico, no alto e na encosta, até um Cambissolo transicional, na base do morro. O levantamento fitossocio1ógico, para DAS ? 3 cm, efetuado em cem parcelas de 10 x 10 m, foi sistemático e amostrou 2988 indivíduos, distribuídos em 103 espécies, 84 gêneros e 44 famílias. As famílias com os maiores índices de valor de importância (IVI) foram Dilleniaceae, Vochysiaceae, Erythroxylaceae, Rubiaceae e Myrtaceae. As espécies com os maiores IVIs foram Davilla el1iptica, Qualea parviflora, Erythroxylum suberosum, Myrcia lanuginosa e Ferdinandusa el1iptica. A maioria das espécies na área estudada foi citada na literatura como típicas de cerrados matogrossenses e também encontradas em outras áreas de cerrado. Nas parcelas do alto do morro e em depressões de córregos intermitentes, da base, foram encontradas espécies comuns ao Cerradão. O índice de diversidade de Shannon (H') foi de 3.54 e a equabilidade (J) de 0.76, indicando elevada diversidade e baixa dominância ecológica. O conhecimento da fitossociologia subsidiará iniciativas futuras de manejo da área..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Edson de Souza Lima - Integrante / Beatriz Schwantes Marimon - Coordenador / outros - Integrante.Financiador(es): Universidade do Estado de Mato Grosso - Remuneração.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fitogeografia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.


Idiomas


Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
LIMA, EDSON S.2014LIMA, EDSON S.; JORGE, MARIA LUISA S. P. ; JORGE, RODRIGO S. P. ; MORATO, RONALDO G. . The bush dog Speothos venaticus: area requirement and habitat use in cultivated lands. Oryx (Oxford. Print), v. 49, p. 1-7, 2014.

2.
LIMA, EDSON DE SOUZA2013LIMA, EDSON DE SOUZA; DEMATTEO, KAREN E. ; JORGE, RODRIGO S. P. ; JORGE, MARIA LUISA S. P. ; DALPONTE, Julio Cesar ; LIMA, Herson Souza ; KLORFINE, STUART A. . First telemetry study of bush dogs: home range, activity and habitat selection. Wildlife Research (East Melbourne), v. 39, p. 512, 2013.

3.
JORGE, Rodrigo Silva Pinto2011JORGE, Rodrigo Silva Pinto ; FERREIRA, F. ; FERREIRA NETO, J. S. ; VASCONCELLOS, S. A. ; LIMA, Edson de Souza ; MORAIS, Z. M. ; Souza, G.O. . Exposure of free-ranging wild carnivores, horses and domestic dogs to Leptospira spp in the northern Pantanal, Brazil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Impresso), v. 16, p. 441-444, 2011.

4.
JORGE, Rodrigo Silva Pinto2010JORGE, Rodrigo Silva Pinto ; PEREIRA, M. S. ; MORATO, R. G. ; SCHEFFER, K. C. ; Carnieli Jr. ; FERREIRA, F. ; FURTADO, M. M. ; Silveira, L. ; JACOMO, A. T. A. ; LIMA, Edson de Souza ; PAULA, R. C. ; MAY-JUNIOR, J. A. . Detection of Rabies Virus Antibodies in Brazilian Free-Ranging Wild Carnivores. Journal of Wildlife Diseases, v. 46, p. 1310-1315, 2010.

5.
LIMA, Edson de Souza;LIMA, EDSON DE SOUZA;LIMA, EDSON S.2009LIMA, Edson de Souza; JORGE, Rodrigo Silva Pinto ; DALPONTE, Julio Cesar . Habitat use and diet of bush dogs, Speothos venaticus, in the Northern Pantanal, Mato Grosso, Brazil. Mammalia (Paris), v. 73, p. 13-19, 2009.

6.
TROLLE, Mogens2007TROLLE, Mogens ; NOSS, Andrew J ; LIMA, Edson de Souza ; DALPONTE, Julio Cesar . Camara-trap studies of maned wolf density in the Cerrado and the Pantanl of Brazil. Biodiversity and Conservation, v. 16, p. 1197-1204, 2007.

7.
MARIMON, Beatriz Schwantes2006MARIMON, Beatriz Schwantes ; LIMA, Edson de Souza ; DUARTE, Temilze G ; CHIEREGATTO, Luiz C ; RATTER, James Alexander . Observations on the vegetation of northeastern Mato Grosso, Brazil. IV. An analysis of the Cerrado-Amazonian Forest Ecotone.. Edinburgh Journal of Botany, v. 63, p. 1-21, 2006.

8.
Ferreira-Silva2006Ferreira-Silva ; LIMA, Edson de Souza . Termite predation by Pseudalopex vetulus (Lund) (Carnivora, Canidae) in a pasture in Mato Grosso, Central Brazil. Mammalia (Paris), v. 70, p. 255-260, 2006.

9.
LIMA, Edson de Souza;LIMA, EDSON DE SOUZA;LIMA, EDSON S.2003 LIMA, Edson de Souza; FELFILI, Jeanine Maria ; MARIMON, Beatriz Schwantes ; SCARIOT, Aldicir . Diversidade, estrutura e distribuição espacial de palmeiras em umcerrado sensu stricto no Brasil Central-DF. Revista Brasileira de Botânica, São Paulo, v. 26, n.3, p. 361-370, 2003.

10.
MARIMON, Beatriz Schwantes2003MARIMON, Beatriz Schwantes ; FELFILI, Jeanine Maria ; LIMA, Edson de Souza ; PINHEIRO-NETO, Juvenal . Padrões de distribuição de espécies na mata de galeria do córrego Bacaba, Nova Xavantina, Mato Grosso, em relação aos fatores ambientais. Boletim do Herbário Ezechias Paulo Heringer, v. 12, p. 84-100, 2003.

11.
MARIMON, Beatriz Schwantes2002 MARIMON, Beatriz Schwantes ; FELFILI, Jeanine Maria ; LIMA, Edson de Souza . FLORISTICS AND PHYTOSOCIOLOGY OF THE GALLERY FOREST OF THE BACABA STREAM, NOVA XAVANTINA, MATO GROSSO, BRAZIL. Edinburgh Journal of Botany, Edinburgh, v. 59, n.2, p. 303-318, 2002.

12.
MARIMON, Beatriz Schwantes2001 MARIMON, Beatriz Schwantes ; LIMA, Edson de Souza . Caracterização fisionômica e levantamento florístico preliminar no Pantanal dos rios Mortes-Araguaia, Cocalinho, MT, Brasil. Acta Botanica Brasilica, Brasília, v. 15, n.2, p. 213-229, 2001.

13.
MARIMON, Beatriz Schwantes2001 MARIMON, Beatriz Schwantes ; FELFILI, Jeanine Maria ; LIMA, Edson de Souza ; RODRIGUES, Adair José . DISTRIBUIÇÕES DE CIRCUNFERÊNCIAS E ALTURAS EM TRÊS PORÇÕES, DA MATA DE GALERIA DO CÓRREGO BACABA, NOVA XAVANTINA-MT. Revista Árvore, Viçosa, v. 25, n.3, p. 335-343, 2001.

14.
DALPONTE, Julio Cesar1999 DALPONTE, Julio Cesar ; LIMA, Edson de Souza . Disponibilidade de frutos e a dieta de Lycalopex vetulus (Lund, 1842), (Carnivora - Canidae) em um cerrado de Mato Grosso. Revista Brasileira de Botânica, São Paulo, v. 22, n.nº 2 supl., p. 325-332, 1999.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, Eliane Ferreira da ; LIMA, Edson de Souza . Levantamento de Plantas do Cerrado utilizadas pelos índios xavantes das Terras Indígenas Areões, Nova Nazaré, MT, e Pimentel Barbosa, Canarana/Cascalheira, MT. In: V Semana de Biologia, 2003, Nova Xavantina, 2003. v. único.

2.
LIMA, Edson de Souza; SILVA, Eliane Ferreira da . Levantamento Preliminar de mamíferos de grande e médio porte para implantação de uma hidrelétrica em Batovi, município de Tesouro, MT. In: V Semana de Biologia, 2003, Nova Xavantina, 2003. v. único.

3.
SILVA, Eliane Ferreira da ; LIMA, Edson de Souza ; CABETTE, Helena Soares Ramos . Dieta de Pseudalopex vetulus em relação às espécies de cupins disponíveis em uma área de pastagem em Nova Xavantina, MT. In: III Semana de Biologia, 2001, Nova Xavantina, 2001. v. único.

4.
LIMA, Edson de Souza; SILVA, Eliane Ferreira da ; CABETTE, Helena Soares Ramos . Hábito Alimentar da raposa-do-campo (Pseudalopex vetulus) em Nova Xavantina, MT. In: III Semana de Biologia, 2001, Nova Xavantina, 2001. v. único.

5.
SILVA, Eliane Ferreira da ; LIMA, Edson de Souza . Composição em espécies, aspectos biológicos e ecológicos de cupins (Isoptera: Termitidae) em Nova Xavantina, MT. In: III Semana de Biologia, 2001, Nova Xavantina, 2001. v. único.

6.
LIMA, Edson de Souza; MARIMON, Beatriz Schwantes . Fitossociologia em duas áreas de cerrado stricto sensu: uma natural e outra em sucessão, Nova Xavantina-MT. In: 51º Congresso Nacional de Botânica, 2000, Brasília. 51º Congresso Nacional de Botânica, 2000. v. único. p. 241-241.

7.
LIMA, Edson de Souza; SILVA, Eliane Ferreira da ; BATISTA, Joana D ; GARCIA, Meire de M L . Fitossociologia de uma mata inundável em Nova Xavantina, MT.. In: II Semana de Biologia, 2000, Nova Xavantina. II Semana de Biologia, 2000. v. único.

8.
MARIMON, Beatriz Schwantes ; LIMA, Edson de Souza . Levantamento Florístico e Caracterização Fitofisionômica preliminar da área proposta para a implantação da Unidade de Conservação do Pantanal do Rio das Mortes, MT. In: 50º Congresso Nacional de Botânica, 1999, Blumenau. 50º Congresso Nacional de Botânica: Sociedade Botânica do Brasil, 1999. v. único.

9.
SILVA, Eliane Ferreira da ; LIMA, Edson de Souza . Levantamento preliminar de concentrações de cupins dos gêneros Cornitermes e Syntermes (Isoptera: Termitidae) em três pastagens artificiais freqüentadas por Lycalopex vetulus (Carnivora: Canidae), Nova Xavantina, Mato Grosso.. In: I Semana de Biologia, 1999, Nova Xavantina. I Semana de Biologia: Campu Universitário de Nova Xavantina, 1999. v. único. p. 9-9.

10.
DALPONTE, Julio Cesar ; LIMA, Edson de Souza . Fenologia da Frutificação em um Cerrado e Relações com a Dieta da Raposa-do-campo (Lycalopex vetulus, Carnivora Canidae) em Chapada dos Guimarães, MT. In: XII Congresso da Sociedade Botânica de São Paulo (SBSP), 1998, Piracicaba. Plantas Tropicais: Interações em ecosistemas naturais e agroecossistemas, 1998. v. único. p. 34-34.

11.
MARIMON, Beatriz Schwantes ; LIMA, Edson de Souza ; OUTOS ; CANTARELLI, Eloadir Raquel ; FREITAS, Evandro Z de ; OUTROS . Estudo Ecológico e Fitossociológico em um Cerrado na Serra do Roncador, Nova Xavantina-MT.. In: Reunião especial da SBPC, 1995, Cuiabá. Mato Grosso: Novos caminhos - Ambiente e diversidade socio-cultural, 1995. v. único. p. 287-287.

Apresentações de Trabalho
1.
LIMA, Edson de Souza; Jorge, M. L. S. P. ; JORGE, Rodrigo Silva Pinto ; MORATO, R. G. . THE ECOLOGY OF THE BUSH DOG: CRITICAL INFORMATION FOR SPECIES-SPECIFIC CONSERVATION STRATEGIES AND PROPOSITION OF NEW CONSERVATION AREAS IN THE MATO GROSSO STATE, BRAZIL. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
LIMA, Edson de Souza. Diversidade, Estrutura e Distribuição Espacial de Palmeiras em uma Comunidade de Cerrado sensu stricto, na Fazenda Água Limpa (FAL) Distrito Federal. 2002 (Dissertação de Mestrado).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
LIMA, Edson de Souza; JORGE, Rodrigo Silva Pinto . Ecologia do lobo-guará (Chrysocyon brachyurus) e Turismo Científico na RPPN SESC Pantanal, Barão de Melgaço, Mato Grosso. 2005.

Trabalhos técnicos
1.
LIMA, Edson de Souza. Manejo da Mastofauna de caça Pimentel Barbosa, Canarana/Ribeirão Cascalheira, Mato Grosso. Projeto Aprovado pelo FNMA. Outubro de 2005 a outubro de 2007.. 2006.

2.
DALPONTE, Julio Cesar ; LIMA, Edson de Souza . Levantamento da mastofauna da UHE Santa Isabel e Estudo de Impacto Ambiental da Usina Hidrelétrica de Santa Isabel, no rio Araguaia, municípios de Ananás, Araguanã, Riachinho e Xambioá, no estado do Tocantins, e Palestina do Pará, São Geraldo do Araguaia e Piçarra, no estado do Pará. 2004.

3.
LIMA, Edson de Souza. Identificação e delimitação de Terras Indígenas da Reserva Indígena Rio das Mortes/Pimentel Barbosa. 2003.

4.
CALAÇA, Ricardo Manoel ; LIMA, Edson de Souza ; OUTROS . Diagnóstico Etnoambiental nas Terras Indígenas Pimentel Barbosa, município de Canarana/Ribeirão Cascalheira, MT e Areões, Água Boa, MT. 2003.

5.
DALPONTE, Julio Cesar ; LIMA, Edson de Souza ; JORGE, Rodrigo Silva Pinto . Pesquisa e Turismo Científico na RPPN do SESC Pantanal, Barão de Melgaço, Mato Grosso. 2003.

6.
SILVA, Eliane Ferreira da ; LIMA, Edson de Souza . Levantamento da fauna de Batovi, município de Tesouro, MT. 2001.

7.
MELO, Cesar Enrique de ; LIMA, Edson de Souza ; OUTROS . Levantamentos Ecológicos Rápidos do Parque Estadual da Serra Azul (PESA), Barra do Garças, MT. Levantamento Florístico e Caracterização das diferentes Fitofisionomias. 2001.

8.
LIMA, Edson de Souza. Levantamento Ecológico Rápido da ARIE Granja do Ipê, Brasília, DF. Levantamento Florístico e Caracterização Fitofisionômicas. 2000.

9.
LIMA, Edson de Souza. Levantamento, Através de Amostragem, da Abundância da Mastofauna na Reserva Indígena do Rio das Mortes. 2000.


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
LIMA, Edson de Souza. Globo Repórter. 2004.

2.
LIMA, Edson de Souza. Globo Repórter. 2003.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
CABETTE, Helena Soares Ramos; MELO, Cesar Enrique de; LIMA, Edson de Souza. Participação em banca de Herson Souza Lima. Área de vida e sobreposição de áreas entre pares reprodutivos de raposa-do-campo, Pseudalopex vetulus. 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Ecologia do Cerrado) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
YABE, R. S.; SANTOS, M. R.; LIMA, Edson de Souza. Participação em banca de Adevanio Oliveira dos Santos.Estimativa de densidade de cutia Dasyprocta azarae (Liechtenstein, 1823) (MAMMALIA: RODENTIA) no Parque do Bacaba, Nova Xavantina, MT. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

2.
ATHAYDE FILHO, F. P.; MARIMON, Beatriz Schwantes; LIMA, Edson de Souza; OLIVEIRA, E. L.. Participação em banca de Sirlene Zenarde Neiva.Flora pteridofítica em doze remanescente florestais no município de Colorado do Oeste, Rodônia, Brasil. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

3.
YABE, R. S.; FARIA, K. C.; LIMA, Edson de Souza. Participação em banca de Fernando do Prado Florêncio.Comunidade de aves da região do Juruena e Cachoeirão, município de Sapezal - MT. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

4.
MARIMON, Beatriz Schwantes; OLIVEIRA, E. L.; LIMA, Edson de Souza. Participação em banca de Regiana Ribeiro dos Santos.Ecologia da polinização de Qualea parviflora Mart. e Qualea multiflora Mart. no Parque do Bacaba, Nova Xavantina-MT. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

5.
MARIMON, Beatriz Schwantes; MARIMON JUNIOR, Ben Hur; LIMA, Edson de Souza. Participação em banca de Daniel David Franckzac.Dinâmica da comunidade arbória em um cerradão do Parque do Bacaba, Nova Xavantina-MT. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

6.
LIMA, Edson de Souza; OUTROS. Participação em banca de Cristiane Aparecida Sulzbach.Análise de conteúdo de pelota de Tyto alba (Stringiformes, Tytonidae) na Reserva Ecológica SESC - Pantanal, Barão de Melgaço, Mato Grosso. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

7.
LIMA, Edson de Souza. Participação em banca de Flórula do "Parque do Bacaba", Chrysobalanaceae.Flórula do "Parque do Bacaba", Chrysobalanaceae. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas) - Universidade do Estado de Mato Grosso.

8.
MARIMON, Beatriz Schwantes; LIMA, Edson de Souza; DUARTE, T. G.. Participação em banca de Adair José Rodrigues.Padrões de dispersão de espécies lenhosas da mata de galeria do córrego Bacaba, Nova Xavantina - MT. 2001.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IMC 10 10th International Mammalogical Congress. THE ECOLOGY OF THE BUSH DOG: CRITICAL INFORMATION FOR SPECIES-SPECIFICSPEC CONSERVATION STRATEGIES AND PROPOSITION OF NEW CONSERVATION AREAS IN THE MATO GROSSO STATE, BRAZIL. 2009. (Congresso).

2.
56th Annual Wildlife Disease Association Conference. RABIES ANTIBODIES IN A BUSH DOG CAPTURED IN THE PANTANAL, BRAZIL. 2007. (Congresso).

3.
SZB - Sociedade de Zoológicos do Brasil; ALPZA - Associação Latinoamericana de Parques Zoológicos e Aquarios; e ABRAVAS - Associação Brasileira de Veterinários de Animais Silvestres. CATARATA UNILATERAL EM CACHORRO VINAGRE (Speothos venaticus) DE VIDA LIVRE CAPTURADO NAS PROXIMIDADES DA R.P.P.N ? SESC PANTANAL - BARÃO DE MELGAÇO ? MT.. 2007. (Congresso).

4.
I Simpósio de Radiotelemetria do Brasil - XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia.Participante das discussões. 2006. (Simpósio).

5.
I Secvale e VI Semana de Biologia.Ecoturismo e Conservação em Comunidades Indígenas e Tradicionais. 2004. (Seminário).

6.
V Semana de Biologia.Levantamento Preliminar de mamíferos de grande e médio porte em Batovi, Município de Tesouro, Mato Grosso.. 2003. (Seminário).

7.
III Semana de Biologia.Composição em espécies, aspectos biológicos e ecológicos de cupins (Isoptera: Termitidae) em Nova Xavantina, MT. 2001. (Seminário).

8.
III Semana de Biologia.Hábito alimentar da raposa-do-campo (Pseudalopex vetulus) em Nova Xavantina, MT. 2001. (Seminário).

9.
III Semana de Biologia.Dieta de Pseudalopex vetulus (Lund) (Carnivora: Canidae) em relação às espécies de cupins disponíveis em uma área de pastagem.. 2001. (Seminário).

10.
51º Congresso Nacional de Botânica. Fitossociologia de duas áreas de cerrado stricto sensu: uma natural e outra em sucessão, Nova Xavantina - MT. 2000. (Congresso).

11.
II Semana de Biologia.Fitossociologia de uma mata inundável em Nova Xavantina - MT. 2000. (Seminário).

12.
50º Congresso Nacional de Botânica. Levantamento Florístico e Caracterização Fitofisionômica Preliminar da Área Proposta para Implantação d Unidade de Conservação do Pantanal do Rio das Mortes, MT. 1999. (Congresso).

13.
I Semana de Biologia.Levantamento Preliminar de Concentrações de cupins dos gêneros Cornytrmes e Syntermes (Isoptera: Termitidae) em três pastagens artificiais frequentadas por Lycalopes vetulus(Xarnivora - Canidae), Nova Xavantina - MT. 1999. (Seminário).

14.
XII Congresso da Sociedade Botânica de São Paulo (SBSP). Fenologia da Frutificação em um cerrado e relações com a dieta da raposa-do-campo(Lycalopex vetulus, Carnivora, Canidae) em Chapada dos Guimarães, MT.. 1998. (Congresso).

15.
2ª Reunião especial da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBSP.Estudo Fitossociolígico em um cerrado na Serra do Roncador, Nova Xavantina - MT. 1995. (Encontro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/10/2018 às 4:40:57