Priscila Ribeiro Guimarães Pacheco

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6210681102849208
  • Última atualização do currículo em 04/04/2016


Médica Infectologista e Ginecologista Obstetra. Atualmente cursando doutorado em Medicina Tropical e Saúde Pública no Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública da Universidade Federal de Goiás, tendo iniciado este em 2014. Concluiu o mestrado em Medicina Tropical e Saúde Pública pelo Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública da Universidade Federal de Goiás em 2010. Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Goiás em 1983. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Priscila Ribeiro Guimarães Pacheco
Nome em citações bibliográficas
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães


Formação acadêmica/titulação


2014
Doutorado em andamento em Medicina Tropical e Saúde Pública.
Instituto de Patologia Tropical e S.Pública da Univers. Federal de Goiás, IPTSP, Brasil.
Título: AVALIAÇÃO DA DURAÇÃO DA RESPOSTA DE SUPRESSÃO VIRAL DO HIV EM PACIENTES ADULTOS, EM USO DE ANTIRRETROVIRAIS, EM SERVIÇOS DE REFERÊNCIAS DE DOENÇAS INFECTO-PARASITÁRIAS EM GOIÁS,
Orientador: Marilia Dalva Turchi.
Palavras-chave: HIV, genotipagem, HAART, resistência.
Grande área: Ciências da Saúde
2008 - 2010
Mestrado em Medicina Tropical e Saúde Pública.
Instituto de Patologia Tropical e S.Pública da Univers. Federal de Goiás, IPTSP, Brasil.
Título: Análise do perfil de resistência do vírus da imunodeficiência humana tipo - 1 aos inibidores da transcriptase reversa não análogos de nucleosídeos em Goiás,Ano de Obtenção: 2010.
Orientador: Marilia Dalva Turchi.
Palavras-chave: hiv, haart, resistencia, genotipagem, ITRNN.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.
1989 - 1990
Especialização - Residência médica.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil. Residência médica em: Ginecologia e Obstetrícia
Número do registro: .
1984 - 1986
Especialização - Residência médica.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil. Residência médica em: Doenças Infecciosas e Parasitárias
Número do registro: .
1994 - 1994
Especialização em Videolaparoscopia Videohisteroscopia Ginecológica. (Carga Horária: 120h).
Centro de Medicina Fetal e Reprodução Humana de Goiânia, FERTILE, Brasil.
1978 - 1983
Graduação em Medicina.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
1975 - 1977
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Carlos Chagas, CCC*, Brasil.
1965 - 1974
Ensino Fundamental (1º grau).
Instituto Francisco de Assis, IFA, Brasil.




Formação Complementar


2007
Especialização em Terapia Intensiva. (Carga horária: 380h).
Fundação UNIMED, UNIMED, Brasil.
2005 - 2006
Programa Avançado de Gestão Empresarial.
Gestão e Treinamento, MCON, Brasil.
2005 - 2005
Usg Morfológica Fetal e Reciclagem Usg Obstétrica. (Carga horária: 60h).
Centro de Medicina Fetal e Reprodução Humana de Goiânia, FERTILE, Brasil.
2003 - 2003
Atualização em Demências.
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP*, Brasil.
2003 - 2003
Psicofarmacoterapia.
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP*, Brasil.
2003 - 2003
III Manejo Clínico de HIV/AIDS e Co-infecções.
International Aids Society, IAS, Estados Unidos.
2003 - 2003
Transtorno Afetivo Bipolar.
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP*, Brasil.
2003 - 2003
AIDS e Psiquiatria.
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP*, Brasil.
2002 - 2002
Mastologia.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
2002 - 2002
Curso Dependência Química.
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP*, Brasil.
2002 - 2002
I Manejo Clínico de HIV/AIDS e Hepatites Virais.
International Aids Society, IAS, Estados Unidos.
2001 - 2001
Implantação e Implementação do S A E.
Ministério da Saúde, MS, Brasil.
2000 - 2000
Dopplervelocimetria Tecoginecologia Med. Interna.
Diagnonosis Cursos de Aperfeiçoamento e Materiais Didáticos, CAMD, Brasil.
2000 - 2000
1ª Capacitação em Saúde Mental. (Carga horária: 96h).
Sistema Único de Saúde, SUS, Brasil.
1999 - 1999
I Curso de Mastologia Ginecologia e Obstetrícia.
Escola Brasileira de Mastologia, EBM, Brasil.
1999 - 1999
O Emprego de Antimicrobianos no Controle Infecções.
Associação Goiana de Estudos e Controle de Infecções Hospitalares, AGECIH, Brasil.
1999 - 1999
Constr.do Novo Modelo de Assist. à Saúde Mental.
Sistema Único de Saúde, SUS, Brasil.
1999 - 1999
Curso de Indução da Ovulação.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1999 - 1999
Curso DST/AIDS.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1998 - 1998
Curso Interações Medicamentosas.
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP*, Brasil.
1998 - 1998
Curso Terapia Cognitiva e Comportamental.
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP*, Brasil.
1996 - 1997
Psiquiatria (Estágio).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
1996 - 1996
Curso de Hipertensão Arterial na Gestação.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1996 - 1996
Curso de Videohisteroscopia.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1996 - 1996
Problemas atuais do Exercício da Psiquiatria.
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP*, Brasil.
1996 - 1996
Curso de Atualização em Psiquiatria.
Associação Psiquiátrica de Goiás, APG, Brasil.
1995 - 1995
Curso Pré Natal de Alto Risco.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1995 - 1995
Reciclagem em Ultra-Sonografia de Tiroide e Mama.
Centro de Medicina Fetal e Reprodução Humana de Goiânia, FERTILE, Brasil.
1995 - 1995
Reciclagem em Ultra-Sonografia Transvaginal.
Centro de Medicina Fetal e Reprodução Humana de Goiânia, FERTILE, Brasil.
1994 - 1994
Laparoscopia e Histeroscopia (Estágio).
Centro de Medicina Fetal e Reprodução Humana de Goiânia, FERTILE, Brasil.
1994 - 1994
Videolaparoscopia, videohisteroscopia ginecologica. (Carga horária: 120h).
Centro de Medicina Fetal e Reprodução Humana de Goiânia, FERTILE, Brasil.
1993 - 1993
Curso de Videoendoscopia em Ginecologia.
Endovídeo Fêmina, GPR*, Brasil.
1993 - 1993
Laparoscopia Microcirurgia, Ultrassom Ginecologica.
Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, SCM*, Brasil.
1993 - 1993
Curso de Patologia Cervical I - Colposcopia.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1992 - 1992
Tutorial em Reprodução Humana.
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana, SBRH, Brasil.
1992 - 1992
Curso de Laparoscopia em Microcirurgia.
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana, SBRH, Brasil.
1992 - 1992
Laparoscopia Microcirurgia, Ultrassom Ginecologica.
Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, SCM*, Brasil.
1992 - 1992
Microcirurgia e Ultrassonografia Ginecológica.
Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, SCM*, Brasil.
1991 - 1991
Curso Básico de Ultra-Som Abdominal e Pélvica. (Carga horária: 300h).
Centro de Diagnóstico Em Medicina de Ribeirão Preto Diagnoses, CDM/RP, Brasil.
1991 - 1991
Mastologia.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1991 - 1991
Ultra-Sonografia em Ginocologia e Obstetrícia.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1991 - 1991
Curso de Infertilidade Conjugal.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1991 - 1991
Curso Pré-Natal (Baixo e Alto Risco).
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1990 - 1990
Curso de Infertilidade Conjugal.
Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, FEBRASGO, Brasil.
1986 - 1986
Medicina Tropical (Estágio).
Hospital Barros Barreto, HBB, Brasil.
1985 - 1985
Introdução ao Controle de Infecção Hospitalar.
Hospital de Doenças Tropicais, HDT, Brasil.
1984 - 1984
Curso de Linfoadenopatias.
Sociedade Brasileira de Patologia, SBP**, Brasil.
1983 - 1983
Extenção Rural (Estágio).
Campus Avançado de Firminópolis, CAF*, Brasil.
1983 - 1983
Urgências Médicas.
Hospital Geral do Inamps, HG, Brasil.
1983 - 1983
III Curso de Iniciação à Ginecologia.
Hospital Geral do Inamps, HG, Brasil.
1982 - 1983
Cardiologia (Estágio).
Hospital São Salvador, HSS, Brasil.
1982 - 1983
Clínica Médica Cirúrgica Obstétrica (Estágio).
Hospital São Salvador, HSS, Brasil.
1981 - 1983
Pós Cirúrgico Cardiológico e Neurologia (Estágio).
Hospital Geral do Inamps, HG, Brasil.
1982 - 1982
Medicina de Urgência (Estágio).
Hospital Santa Paula, H.S.P., Brasil.
1982 - 1982
Atualização em Obstetrícia.
Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, MNSL, Brasil.
1981 - 1982
Obstetrícia (Estágio).
Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, MNSL, Brasil.
1980 - 1982
Doenças Infecciosas (Estágio).
Hospital de Doenças Tropicais, HDT, Brasil.
1981 - 1981
Iniciação Obstetrícia.
Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, MNSL, Brasil.
1979 - 1980
Extensão universitária em Anatomia Humana.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto de Patologia Tropical da Universidade Federal de Goiás, IPTSP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluna do doutorado, Carga horária: 20


HOSPITAL DA MULHER E MATERNIDADE DONA IRIS - GOIANIA -GO, HMDI, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: MEDICA GINECOLOGISTA OBSTETRA, Carga horária: 20


HOSPITAL REGIONAL DE SANTA MARIA DA SECRETARIA DE SAUDE DO DF, HRSM, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: MEDICA, Carga horária: 20


Hospital de Doenças Tropicais/Dr Anuar Auad, HDT/HAA, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Médica Infectologista efetiva, Carga horária: 20


Maternidade Nascer Cidadao Goiania, MNC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Medica Ginecologista Obstetra, Carga horária: 20


Hospital das Forças Armadas de Brasília, HFA, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2014
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Medica Ginecologista Obstetra, Carga horária: 20


Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública, IPTSP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Mestrado, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20


HOSPITAL MATERNO INFANTIL DE GOIANIA, HMI, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: MEDICA POR CREDENCIAMENTO, Carga horária: 20
Outras informações
TRABALHOU COMO MÉDICA INTENSIVISTA NA UTI MATERNA


Centro Integrado de Saúde Mental Emmanuel, CISME, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 2006
Vínculo: Profissional Liberal, Enquadramento Funcional: Psiquiatra, Carga horária: 20
Outras informações
Area de atuação: Saúde Mental

Atividades

1/1996 - 4/2006
Serviços técnicos especializados , Centro Integrado de Saúde Mental Emmanuel, .

Serviço realizado
Psiquiatria.

Núcleo de Ações Básicas de Saúde, NABS, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 2006
Vínculo: Profissional Liberal, Enquadramento Funcional: Médica, Carga horária: 20

Atividades

1/1993 - 4/2006
Serviços técnicos especializados , Núcleo de Ações Básicas de Saúde, .

Serviço realizado
Infectologista do Serviço de DST/AIDS.

Hospital Municipal de Itumbiara, HMI, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 2006
Vínculo: Profissional Liberal, Enquadramento Funcional: Médica, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1991 - 1995
Vínculo: Profissional Liberal, Enquadramento Funcional: Médica, Carga horária: 20

Atividades

1/1997 - 4/2006
Serviços técnicos especializados , Hospital Municipal de Itumbiara, .

Serviço realizado
Ginecologia-Obstetrícia-Infectologia.
2/1991 - 10/1995
Serviços técnicos especializados , Hospital Municipal de Itumbiara, .

Serviço realizado
Ginecologia-Obstetrícia-Infectologia.

Clínica Albert Schweitzer, CAS, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 2006
Vínculo: Profissional Liberal, Enquadramento Funcional: Médica, Carga horária: 20

Atividades

1/1991 - 4/2006
Serviços técnicos especializados , Clínica Albert Schweitzer, .

Serviço realizado
Ginecologia-Infectologia.

Hospital Santa Maria, HSM, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 2006
Vínculo: Profissional Liberal, Enquadramento Funcional: Médica, Carga horária: 20

Atividades

1/2004 - 4/2006
Direção e administração, Hospital Santa Maria, .

Cargo ou função
Diretora da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar - CCIH.
1/2004 - 4/2006
Direção e administração, Hospital Santa Maria, .

Cargo ou função
Diretora Técnica.
4/1991 - 4/2006
Serviços técnicos especializados , Hospital Santa Maria, .

Serviço realizado
Ginecologia-Obstetrícia-Infectologia-Ultrassonografia.


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
AVALIAÇÃO DA DURAÇÃO DA RESPOSTA DE SUPRESSÃO VIRAL DO HIV EM PACIENTES ADULTOS SOB USO DE ANTIRRETROVIRAIS EM GOIÁS
Descrição: A terapia antirretroviral altamente potente, preconizada desde 1996, representa um importante marco na redução da morbimortalidade e na melhora da qualidade de vida dos pacientes com aids. A manutenção desses benefícios, tanto do ponto de vista populacional como individual, dependem do acesso regular aos antirretrovirais, tolerabilidade e da eficácia dos diferentes esquemas terapêuticos. Embora esteja disponível um número relativamente grande de drogas antirretrovirais, existe uma limitação na escolha dos esquemas terapêuticos para supressão prolongada da carga viral. Os esquemas terapêuticos devem ser capazes de controlar a replicação viral ao máximo, evitando assim, a pressão de seleção e o surgimento de cepas com mutações de resistência. No Brasil, o acesso gratuito aos antirretrovirais, na rede pública, foi preconizado desde o inicio da década de 90. Periodicamente, são elaborados guias ou consensos terapêuticos para orientar e uniformizar a escolha de esquemas terapêuticos, para os pacientes com HIV/aids, em diferentes situações clínicas. Esses consensos, elaborados por grupo de especialistas, sob a coordenação do Programa Nacional de DST/Aids do MS do Brasil, baseiam-se nas evidências científicas disponíveis, em diferentes épocas, e na disponibilidade de recursos para viabilizar o acesso universal das diferentes drogas antirretrovirais, no âmbito do SUS. O primeiro consenso terapêutico foi produzido em 1991, seguido por revisões elaboradas em 1996, 2001, 2008 e atualizações em 2010 e 2013. Ainda são escassas as avaliações sobre a duração dos benefícios clínicos e da manutenção da resposta virológica sustentada, em pacientes atendidos na rotina clinica dos serviços públicos, no Brasil. O presente trabalho de pesquisa pretende avaliar o tempo da manutenção de supressão virológica com os diversos regimes terapêuticos utilizados em pacientes com HIV, sem uso prévio de antirretrovirais em Goiás. Este estudo se propõe a analisar os fatores relacionados ao tempo de supressão viral dos regimes terapêuticos, como as variáveis sócias demográficas (gênero, faixa etária, nível de escolaridade e estado civil), as variáveis comportamentais (modo de aquisição do HIV), os marcadores da evolução da doença como carga viral e o número de células CD4 no momento da admissão. Diante deste contexto, este estudo pretende avaliar em nossa região a duração da resposta sustentada de supressão viral com os diversos regimes terapêuticos instituídos na população estudada, bem como avaliar os fatores associados a esta resposta, facilitando a programação de ações coletivas que possam melhorar a duração do benefício terapêutico. Estudo foi delineado como uma coorte retrospectiva de pacientes adultos HIV positivos, que tenham iniciado o primeiro tratamento com drogas antirretrovirais, na rede pública em Goiás, no período entre 2009 a 2012. Os participantes serão acompanhados por 96 semanas (2 anos) a partir do início do tratamento antirretroviral. Estima-se que em Goiás, 400 a 600 pacientes, iniciem TARV anualmente, perfazendo um total de aproximadamente 2000, potencialmente elegíveis no período do estudo. Serão utilizadas as seguintes fontes de dados: Fichas de dispensação de antirretrovirais; Fichas de solicitação de genotipagem com os respectivos resultados; Prontuários clínicos dos pacientes selecionados; Ficha de Notificação Epidemiológica; Fichas do sistema de monitoramento da contagem de células CD4 (SISCEL) e dispensação de medicamentos (SICLOM)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Priscila Ribeiro Guimarães Pacheco - Coordenador / Marília Dalca Turchi - Integrante.
2008 - 2010
Análise do perfil de resistência do vírus da imunodeficiência humana tipo - 1 aos inibidores da transcriptase reversa não análogos de nucleosídeos em Goiás
Descrição: Objetivo: descrever e analisar os padrões de mutação do HIV-1 associados com a resistência aos inibidores da transcriptase reversa não análogos dos nucleosídeos (ITRNNs), em indivíduos com falha de resposta à terapia antirretroviral (ARV), atendidos no principal serviço público HIV/ai Estado ds do de Goiás. Métodos: População composta por 474 pacientes submetidos à genotipagem, de acordo com os critérios da Rede Nacional de Genotipagem, no período de 2006 a 2009. Utilizou-se como fonte de dados formulários do Sistema de Controle de Exames de Genotipagem e prontuários clínicos. A contagem de células TCD4, a quantificação da carga viral e o seqüenciamento viral para caracterização do subtipo e do perfil de resistência genotípica do HIV-1 (TRUGENE HIV-1 Genotyping Test e ViroSeq System) foram coletados e processados de acordo com as rotinas do Laboratório Central (LACEN). O algoritmo Brasileiro e o Banco de Dados de Stanford foram utilizados para interpretação do perfil de resistência. Foi analisada resistência cruzada entre os ITRNNs: nevirapina, efavirenz e etravirina. Foi realizada análise descritiva e exploratória para variáveis sócio-demográficas, clínicas e laboratoriais (SPSS 15.0). Resultados: Foram identificados 126 pacientes adultos, com resistência à nevirapina (NVP) e ao efavirenz (EVF). O subtipo B foi predominante (86,1%), seguido pelo recombinante BF1(7,8%). Metade dos pacientes recebeu três ou mais esquemas antirretrovirais, pré-genotipagem. A mutação K103N foi a mais frequente (72,2%), seguida da P225H (22,2%). Foram detectadas mutações em oito códons, potencialmente, associadas com perda de sensibilidade à etravirina (ETV): 98, 100, 101, 106, 181, 188, 190 e 230. Padrão de resistência intermediária foi evidenciado em 27,0% e 15,1% das amostras, de acordo com algoritmo brasileiro e com Stanford, respectivamente. Dez pacientes (7,9%; IC95% 3,9-14,1) apresentaram resistência à ETV pelo algoritmo brasileiro e três (2,4%; IC95% 0,5-6,8) apresentaram alta resistência a essa droga, de acordo com Stanford. Características clínicas, número de células TCD4 e carga viral não foram preditores de resistência à ETV. Conclusão: A detecção de pelo menos uma mutação associada à perda de sensibilidade para ETV foi frequente, em população exposta aos outros ITRNNs, por tempo variado. Em contrapartida, alto grau de resistência cruzada à ETV foi pouco comum, sugerindo que essa droga possa ser útil em pacientes que não responderam aos ITRNNs de primeira linha. Palavras-chave: HIV-1, HAART, transcriptase reversa, inibidores da transcriptase reversa não análogos de nucleosídeos, genotipagem, resistência, ITRNN.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Priscila Ribeiro Guimarães Pacheco - Coordenador / Genésio Borges de ANdrade Neto - Integrante / Luiz Carlos Silva Souza - Integrante / Isabela Theodoro Pacheco - Integrante / Cristiano Noronha Lourenço - Integrante / Boaventura Bras de Queiroz - Integrante / Marília Dalva Turchi - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Doenças Infecciosas e Parasitárias.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Ginecologia e Obstetrícia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2011
PRÊMIO DA ACADEMIA GOIANA DE MEDICINA 2011, ACADEMIA GOIANA DE MEDICINA.
1995
Sócio da Sociedade Brasileira de Laparoscopia, Sociedade Brasileira de Laparoscopia - SOBRASIL.
1995
Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.
1994
Sócio da Sociedade Goiana de Infectologia, Sociedade Goiana de Infectologia.
1994
Sócio da Sociedade Brasileira de Ultra-Sonografia, Sociedade Brasileira de Ultra-Sonografia.
1993
Sócio da Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.
1993
Sócio da Sociedade Brasileira de Ginecologia Endócrima, Sociedade Brasileira de Ginecologia Endócrima.
1985
Sócio da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Sociedade Brasileira de Medicina Tropical.


Produções



Produção bibliográfica
Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Feto Morto. Revista Ginecologia e Obstetrícia.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Infecção Hospitalar em pacientes com Malária. In: XXV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 1989, Florianópolis - SC, 1989.

2.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Formas complicadas de malária por Plasmodium Falcíparum. Estado Epidemológico e Clínico com base em 664 casos, internados no Hospital de Doenças Tropicais - OSEGO, no período de Janeiro/1968 a Fevereiro/1988.. In: Simpósio sobre Malária e II Reunião Nacional de Pesquisadores em Malária, 1988, São Paulo, 1988.

3.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Terapêutica da malária com ketoconazole. In: Congresso de Medicina Tropical, 1986, Goiânia, 1986.

4.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Hidatidose - Apresentação de um caso procedente no Pará. In: Congresso de Medicina Tropical, 1986, Goiânia, 1986.

5.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Lagochilascaria Minor - relato de dois casos. In: XXII Congresso de Medicina Tropical, 1986, Belo Horizonte, 1986.

6.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Rinoentomoftoromicose - Relato de dois casos. In: XXI Congresso de Medicina Tropical, 1986, Belo Horizonte, 1986.

Apresentações de Trabalho
1.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães; SILVA, L. C. S. e ; Pinto, R. N. L. . Infecção Hospitalar em pacientes com Malária. 1989. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães; SILVA, L. C. S. e ; PINTO, R. N. L. (Raimundo Nonato Leite) . Formas complicadas de malária por Plasmodium falciparum. Estado Epidemiológico e Clínico com base em 664 casos, internados no Hospital de Doenças Tropicais ? OSEGO, no período de Janeiro/1968 a Fevereiro/1988.. 1988. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
PINTO, R. N. L. (Raimundo Nonato Leite) ; SILVA, L. C. S. e ; PACHECO, P. R. G. (Priscila Ribeiro Guimarães) ; PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães . Lagochilascaria minor - relato de dois casos. 1986. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
SILVA, L. C. S. e ; PINTO, R. N. L. (Raimundo Nonato Leite) ; PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães . Rinoentomoftoromicose - Relato de dois casos. 1986. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
SILVA, L. C. S. e ; PINTO, R. N. L. (Raimundo Nonato Leite) ; PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães . Terapêutica da malária com ketoconazole. 1986. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
PACHECO, P. R. G. (Priscila Ribeiro Guimarães) ; PINTO, R. N. L. (Raimundo Nonato Leite) ; SILVA, L. C. S. e ; PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães . Doença Hidática Policística - Relato de um caso procedente do Pará. 1986. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Pesquisa de Microbactérias Atípicas em Úlceras de pele 1986 (Texto).

2.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Doença de Fournier - Apresentação de um caso em Goiás 1985 (Texto).

3.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães. Alterações Liquóricas em Meningites, com antibiótico terapia prévia ao diagnóstico - Estudo Bacteriológico do liquor nas diversas faixas etárias 1980 (Texto).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVII Congresso Brasileiro de Infectologia. 2011. (Congresso).

2.
VIII Seminário de Patologia Tropical e Saúde Pública - I Semana de Biotecnologia.Análise do perfil de reistência do vírus da imunodeficiência humana tipo-1 aos inibidores da transcriptase reserva não análogos de nucleosídeos em Goiás. 2010. (Seminário).

3.
Workshop sobre genotipagem. 2009. (Outra).

4.
III Reciclagem para Médicos de Referência em Genotipagem.Reciclagem para Médicos de Referência em Genotipagem. 2007. (Outra).

5.
I Simpósio Goiâno de Assistência aos pacientes em DST/HIV/AIDS. 2007. (Simpósio).

6.
14º Congresso Brasileiro de Infectologia. 14º Congresso Brasileiro de Infectologia. 2005. (Congresso).

7.
3° IAS Conference on HIV Pathogenesis and Treatment. 3° IAS Conference on HIV Pathogenesis and Treatment. 2005. (Congresso).

8.
31ª Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. 2005. (Congresso).

9.
XI Congresso Teórico-Prático de Ultra-Sonografia. XI Congresso Teórico-Prático de Ultra-Sonografia. 2005. (Congresso).

10.
XI Congresso Teórico-Prático de Ultra-Sonografia - II Simpósio de Videocolposcopia e Leep + Avanços em Cirurgia Vaginal.II Simpósio de Videocolposcopia e Leep + Avanços em Cirurgia Vaginal. 2005. (Simpósio).

11.
30º Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia - 18º Congresso de Ginecologia e Obstetrícia do Brasil Central.30º Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia - 18º Congresso de Ginecologia e Obstetrícia do Brasil Central. 2004. (Outra).

12.
29º Jornada Goiana de Ginecologia - XI Congresso Brasileiro de Neoplasia Trofoblástica Gestacional - I Encontro Brasileiro de Ginecologia Oncológica.29º Jornada Goiana de Ginecologia - XI Congresso Brasileiro de Neoplasia Trofoblástica Gestacional - I Encontro Brasileiro de Ginecologia Oncológica. 2003. (Outra).

13.
IX Congresso Teórico - Prático de Ultra-sonografia. IX Congresso Teórico - Prático de Ultra-sonografia. 2003. (Congresso).

14.
Oficina de Atualização do Conselho Terapêutico em AIDS em Gestantes.Oficina de Atualização do Conselho Terapêutico em AIDS em Gestantes. 2003. (Oficina).

15.
Oficina de Atualização do Consenso Terapêutico em AIDS em Adultos.Oficina de Atualização do Consenso Terapêutico em AIDS em Adultos. 2003. (Oficina).

16.
XIII Congresso Brasileiro de Infectologia. XIII Congresso Brasileiro de Infectologia. 2003. (Congresso).

17.
XXI Congresso Brasieliro de Psiquiatria. 2003. (Congresso).

18.
II Simpósio de Homônios em Ginecologia.II Simpósio de Homônios em Ginecologia. 2002. (Simpósio).

19.
Reunião de apresentação da Proposta da Implantação da Rede de Genotipagem (Renageno) e da Nova Metodologia do Cargo Viral Implantado no LACEN.Reunião de apresentação da Proposta da Implantação da Rede de Genotipagem (Renageno) e da Nova Metodologia do Cargo Viral Implantado no LACEN. 2002. (Outra).

20.
V Congresso do Centro Oeste de Reprodução Humana-Multidisciplinar. V Congresso do Centro Oeste de Reprodução Humana-Multidisciplinar. 2002. (Congresso).

21.
VIII Congresso Teórico Prático de Ultra-Sonografia. VIII Congresso Teórico Prático de Ultra-Sonografia. 2002. (Congresso).

22.
X Jornada de Psiquiatria do Centro Oeste e Pré Congresso do XX Congresso Brasileiro de Psiquiatria.X Jornada de Psiquiatria do Centro Oeste e Pré Congresso do XX Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 2002. (Outra).

23.
XXVIII Jornada Goiana de Ginecologia Obstetrícia.XXVIII Jornada Goiana de Ginecologia Obstetrícia. 2002. (Outra).

24.
Mãe HIV Positivo X Aleitamento Materno.Promoção e Manejo da Amamentação - Hospital Amigo da Criança. 2001. (Outra).

25.
Simpósio de Neuro - Psico - Farmatologia.Simpósio de Neuro - Psico - Farmatologia. 2001. (Simpósio).

26.
Treinamento Introdutório do P.S.F..Treinamento Introdutório do P.S.F.. 2001. (Outra).

27.
VII Congresso Teórico-Prático de Ultrasonografia. VII Congresso Teórico-Prático de Ultrasonografia. 2001. (Congresso).

28.
VII Oficina de Capacitação p/ os documentos do ConselhoTerapeuticos em Anti Retrovirais.VII Oficina de Capacitação p/ os documentos do ConselhoTerapeuticos em Anti Retrovirais. 2001. (Oficina).

29.
XXVII Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia.XXVII Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. 2001. (Outra).

30.
I Jornada de Psiquiatria Geriátrica do Centro Oeste e II Simpósio de Transtornos Psiquiátricos na Terceira Idade. I Jornada de Psiquiatria Geriátrica do Centro Oeste e II Simpósio de Transtornos Psiquiátricos na Terceira Idade. 2000. (Congresso).

31.
VI Congresso Teórico Prático de Ultrasonografia. VI Congresso Teórico Prático de Ultrasonografia. 2000. (Congresso).

32.
48º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 48º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 1999. (Congresso).

33.
IV Jornada de Psiquiatria de Goiás.IV Jornada de Psiquiatria de Goiás. 1999. (Outra).

34.
IV Jornada Goiana de Controle de Infecção em Instituições de Saúde.IV Jornada Goiana de Controle de Infecção em Instituições de Saúde. 1999. (Outra).

35.
III Jornada de Psiquiatria de Goiás.III Jornada de Psiquiatria de Goiás. 1998. (Outra).

36.
Seminário de Abordagem Sindrômica em D.S.T's.Seminário de Abordagem Sindrômica em D.S.T's. 1998. (Seminário).

37.
VIII Jornada de Psiquiatria da Região Centro-Oeste.VIII Jornada de Psiquiatria da Região Centro-Oeste. 1998. (Outra).

38.
XXV Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia e I Jornada Internacional de Ginecologia e Obstetrícia.XXV Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia e I Jornada Internacional de Ginecologia e Obstetrícia. 1998. (Outra).

39.
IV Congresso Brasileiro Teórico Prático de Ultra-Sonografia. IV Congresso Brasileiro Teórico Prático de Ultra-Sonografia. 1997. (Congresso).

40.
Oficina de Capacitação de Manejo Clínico e Logísticos de Medicamentos anti-retrovirais.Oficina de Capacitação de Manejo Clínico e Logísticos de Medicamentos anti-retrovirais. 1997. (Oficina).

41.
VI Jornada Médica de Itumbiara.VI Jornada Médica de Itumbiara. 1997. (Outra).

42.
XXIV Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia.Ultrassonografia em Ginecologia e obstetrícia - Pespectivas para o ano 2000. 1997. (Outra).

43.
XXIV Jornada Goiana de Ginecologia Obstetrícia.Oncologia Ginecológia: Rastreamento, detecções precoce e conduta do ginecologista. 1997. (Outra).

44.
III Congresso Brasileiro Teórico-prático de Ultra-Sonografia. III Congresso Brasileiro Teórico-prático de Ultra-Sonografia. 1996. (Congresso).

45.
IV Forúm Nacional de Psiquiatria Biológica.IV Forúm Nacional de Psiquiatria Biológica. 1996. (Outra).

46.
Programa Educativo CID - 10.Programa Educativo CID - 10. 1996. (Outra).

47.
VI Jornada de Psiquiatria do Centro Oeste.VI Jornada de Psiquiatria do Centro Oeste. 1996. (Outra).

48.
V Jornada Médica de Itumbiara.V Jornada Médica de Itumbiara. 1996. (Outra).

49.
XII Curso Internacional de Atualização em Ultrassonografia do Centro de Estudos Sonimage. XII Curso Internacional de Atualização em Ultrassonografia do Centro de Estudos Sonimage. 1996. (Congresso).

50.
XXIII Jornada Goiana de Ginecologia o Obstetrícia. XIII Congresso de Ginecologia o Obstetrícia do Brasil Central. 1996. (Congresso).

51.
46º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia.Fórum Nacional de Videoendoscopia Ginecológica. 1995. (Outra).

52.
46º Congresso de Ginecologia e Obstetrícia. 46º Congresso de Ginecologia e Obstetrícia. 1995. (Congresso).

53.
II Jornada Goiana de Controle de Infecção Hospitalar. VI Congresso Goiano de Hospitais. 1995. (Congresso).

54.
IV Jornada Médica de Itumbiara.IV Jornada Médica de Itumbiara. 1995. (Outra).

55.
X Curso de Atualização em Ultra-Som. II Congresso Brasileiro de Ultra-Sonografia. 1995. (Congresso).

56.
XXII Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia.XXII Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. 1995. (Outra).

57.
Cirurgia de Alta Freqüência.Simpósio Internacional sobre HPV e LEEP - Cirurgia de Alta Freqüência. 1994. (Simpósio).

58.
III Jornada Médica de Itumbiara.III Jornada Médica de Itumbiara. 1994. (Outra).

59.
II Jornada Goiana de Sexologia.II Jornada Goiana de Sexologia. 1994. (Outra).

60.
Simpósio Internacional sobre HPV e LEEP.Simpósio Internacional sobre HPV e LEEP. 1994. (Simpósio).

61.
X Curso de Atualização em Ultra-Sonografia. I Congresso Brasileiro de Ultra-Sonografia. 1994. (Congresso).

62.
XVI Congresso de Reprodução Humana. XVI Congresso de Reprodução Humana. 1994. (Congresso).

63.
XXI Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia.XXI Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. 1994. (Outra).

64.
45º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 45º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 1993. (Congresso).

65.
III Jornada Goiana de Oncologia Ginecológica.III Jornada Goiana de Oncologia Ginecológica. 1993. (Outra).

66.
II Jornada Médica de Itumbiara.II Jornada Médica de Itumbiara. 1993. (Outra).

67.
I Jornada de Controle de Infecção Hospitalar.I Jornada de Controle de Infecção Hospitalar. 1993. (Outra).

68.
XX Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia.XX Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. 1993. (Outra).

69.
I Jornada Médica de Itumbiara.I Jornada Médica de Itumbiara. 1992. (Outra).

70.
XIX Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia.XIX Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. 1992. (Outra).

71.
XV Congresso Brasileiro de Reprodução Humana. XV Congresso Brasileiro de Reprodução Humana. 1992. (Congresso).

72.
44º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 44º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 1991. (Congresso).

73.
II Jornada Goiana de Ginecologia Endócrina.II Jornada Goiana de Ginecologia Endócrina. 1990. (Outra).

74.
II Jornada Goiana de Perinatologia.II Jornada Goiana de Perinatologia. 1990. (Outra).

75.
Infertilidade Conjugal. XIV Congresso Brasileiro de Reprodução Humana. 1990. (Congresso).

76.
XVII Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia.XVII Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. 1990. (Outra).

77.
II Jornada Goiana de Reprodução Humana.II Jornada Goiana de Reprodução Humana. 1989. (Outra).

78.
XV Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. XV Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 1989. (Congresso).

79.
XVI Jornada Goiana de Ginecologia e Obstetrícia. VII Congresso de Ginecologia e Obstretrícia do Brasil Central. 1989. (Congresso).

80.
Simpósio sobre Malária.II Reunião Nacional de Pesquisadores em Malária. 1988. (Simpósio).

81.
1º Encontro de Terapia Intensiva do Estado de Goiás.1º Encontro de Terapia Intensiva do Estado de Goiás. 1987. (Encontro).

82.
XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 1986. (Congresso).

83.
Doenças Sexualmente Transmissíveis.Seminário de Doenças Sexualmente Transmissíveis. 1985. (Seminário).

84.
Seminário de Atualização Hanseníase.Seminário de Atualização Hanseníase. 1984. (Seminário).

85.
VII Congresso da Regional Centro-Oente da Sociedade Brasileira de Patologias.I Jornada de Patologia do Estado de Goiás. 1984. (Outra).

86.
Iº Curso de Atualização em Endocrimologia. Iº Curso de Atualização em Endocrimologia. 1983. (Congresso).

87.
Simpósio Goiano de Controle de Diarréia.Simpósio Goiano de Controle de Diarréia. 1983. (Simpósio).

88.
Jornada Goiana de Cardiologia.IV Jornada Goiana de Cardiologia. 1982. (Outra).

89.
4º Congresso da Associação Médica de Goiás. 4º Congresso da Associação Médica de Goiás. 1981. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PACHECO, Priscila Ribeiro Guimarães; Rodrigues, E. A. (Edilene Abdo) . Jornada Médica de Itumbiara. 1996. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/11/2018 às 18:56:39