Flavia Machado Durgante

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9866263113578229
  • Última atualização do currículo em 15/06/2018


Pesquisadora postdoc do Instituto de Tecnologia de Karlsruhe - Alemanha, atua no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). Realizou o doutorado (2016) e o mestrado (2011) no INPA e é formada em Engenharia Florestal (2008) pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Mãe do Ernesto, hoje com 13 anos. Obteve licença maternidade em 2005. Realiza pesquisas com espectroscopia para auxiliar no reconhecimento da biodiversidade de forma rápida e precisa. No manejo florestal foca em crescimento de árvores em parcelas permanentes para determinar o tão sonhado ciclo de corte para espécies arbóreas da floresta amazônica e utiliza análises isotópica de 13C, 18O e 14C para entender processos ecohidrologicos de ecossistemas amazônicos. Email: flaviamdflorestal@gmail.com (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Flavia Machado Durgante
Nome em citações bibliográficas
DURGANTE, F. M.;DURGANTE, F.;DURGANTE, FLÁVIA MACHADO;DURGANTE, FLÁVIA M.;DURGANTE, FLAVIA M.;Flavia M. Durgante;Flávia M. Durgante

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Laboratório de Manejo Florestal.
Andre Araujo 2936
Petrópolis
69060-001 - Manaus, AM - Brasil
Telefone: (92) 3643
Ramal: 1900


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2016
Doutorado em Ciências de Florestas Tropicais.
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Título: Crescimento e Incremento de espécies florestais dominantes no Amazonas, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Niro Higuchi.
Coorientador: Susan Trumbore.
Palavras-chave: Amazônia; Radiocarbono 14C; Isotopo 18O; Manejo Florestal; Ecossistema Florestal; Biodiversidade.
Grande área: Ciências Agrárias
2009 - 2011
Mestrado em Ciências de Florestas Tropicais.
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Título: DISCRIMINAÇÃO DE ESPÉCIES FLORESTAIS POR MEIO DA RAZÃO ISOTÓPICA C13 E N15 E A ESPECTROSCOPIA NO INFRAVERMELHO PRÓXIMO,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Dr. NIRO HIGUCHI.
Coorientador: Dr. Alberto Vicentini.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Manejo Florestal; Amazônia; NIRS; Mata-matá; Biodiversidade; Eschweilera.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Setores de atividade: Produção Florestal.
2003 - 2008
Graduação em Engenharia Florestal.
Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
2003 interrompida
Graduação interrompida em 2004 em Ciências Jurídicas e Sociais.
Universidade Franciscana, UFN, Brasil.
Ano de interrupção: 2004
2002 interrompida
Graduação interrompida em 2003 em Ciências Jurídicas e Sociais.
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Ano de interrupção: 2003


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Karlsruher Institut für Technologie, KIT, Alemanha.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecofisiologia Vegetal.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.


Formação Complementar


2014 - 2015
Datação de 14C. (Carga horária: 400h).
University of California - Irvine, UCI, Estados Unidos.
2013 - 2013
III Curso Madeiras da Amazônia. (Carga horária: 200h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2013 - 2013
Aplicação de Isótopos nas Ciências Florestais. (Carga horária: 24h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2013 - 2013
Treinamento Stable Isotopes inTree Rings. (Carga horária: 120h).
Forestry and Forest Products Research, FFPRI, Japão.
2012 - 2012
Radiocarbon in Ecology and Earth System Science. (Carga horária: 40h).
Max Planck Institute for Biogeochemistry, MPI, Alemanha.
2012 - 2012
I Curso em Geotecnologias Aplicada ao IF. (Carga horária: 20h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2011 - 2011
Adequação Ambiental de Propriedades rurais e recup. (Carga horária: 8h).
Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio Grande do Sul, SENGE-RS, Brasil.
2011 - 2011
II Curso de Madeiras da Amazônia. (Carga horária: 154h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2011 - 2011
Intensive English. (Carga horária: 132h).
Kaplan Internationa Center Berkeley, KIC BERKELEY, Estados Unidos.
2010 - 2010
Amazon Forest Ecology and Biogeochemistry. (Carga horária: 120h).
Partnership for International Research and Education, PIRE, Estados Unidos.
2010 - 2010
Treinamento teórico e operacional do espectrômetro. (Carga horária: 16h).
Charis tecnologies, CHARIS, Brasil.
2010 - 2010
Treinamento no Laboratório de Ecologia Isotópica. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2009 - 2009
Estágio de Sobrevivência na Selva. (Carga horária: 58h).
Ministério da Defesa, MD, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Rondon. (Carga horária: 170h).
Ministério da Defesa, MD, Brasil.
2007 - 2007
Noções Básicas sobre Manejo Florestal na Amazônia. (Carga horária: 240h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2006 - 2006
Permacultura, Desing e Consultoria. (Carga horária: 80h).
Instituto de Permacultura e Ecovilas da Pampa, IPEP, Brasil.


Atuação Profissional



Karlsruher Institut für Technologie, KIT, Alemanha.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Postdoc, Carga horária: 40

Atividades

04/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Universitatsbibliothek Karlsruhe, Institute of Geography and Geoecology, Department of wetland ecology.


Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular
Outras informações
Docente Permanente do curso de Pós - graduação em Botânica

Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora
Outras informações
Projeto de Pós Doutorado

Vínculo institucional

2013 - 2018
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Tecnico de Apoio à Pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisadora
Outras informações
Bolsista de mestrado atuando em pesquisas referentes ao trabalho de dissertação do mestrado e outros pesquisas dentro de projetos e grupos de pesquisa que participa.

Atividades

09/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Coordenação de Dinâmica Ambiental, .

04/2011 - Atual
Serviços técnicos especializados , Coordenação de Pesquisas em Silvicultura Tropical, Laboratório de Manejo Florestal.

Serviço realizado
Apoio em pesquisas com o uso da Espectroscopia no Infravermelho Próximo.
04/2011 - Atual
Treinamentos ministrados , Coordenação de Pesquisas em Silvicultura Tropical, Laboratório de Manejo Florestal.

Treinamentos ministrados
Curso de Uso do Equipamento NIRs em pesquisas biológicas - Entomologia
Curso de Uso do Equipamento NIRs em pesquisas biológicas - Plantas
Cursos de Uso do Equipamento NIRs em pesquisas biológicas - Madeira
III Curso Internacional sobre Elaboração, Execução e Monitoramento de Projetos de Carbono - Third Country Training Programme -TCTP
Instrutora no curso de Manejo Florestal
03/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Coordenação de Dinâmica Ambiental, .


Universidade Estadual do Amazonas, UEA, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Orientadora de Trabalho de Conclusão de Curso
Outras informações
Orientação no curso de Tecnologia em Gestão Ambiental no município de Novo Aripuanã, AM.

Atividades

06/2011 - 03/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Curso de Tecnologia em Gestão Ambiental, .


Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisa, Carga horária: 12


Centro de Apoio a Projetos de Ação Comunitária, CEAPAC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Trabalho realizado com a população rural, área de comunicação e extensão rural. Incentivo a Agroecologia, associativismo, organização social, junto a estudantes da "Casa Familiar Rural", escola técnica rural que utiliza a pedagogia de alternância como ferramenta educacional; Diagnóstico Rural Rápido; Auxilio técnico rural, com Sistemas Agro-florestal, manejo de abelhas nativas;

Atividades

03/2008 - 05/2008
Estágios , Centro de Apoio a Projetos de Ação Comiunitária, .

Estágio realizado
Diagnóstico Rural Rápido.

Ministério do Trabalho e Emprego, MTE, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária
Outras informações
Este estágio foi realizado por meio de convênio com o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), sendo executado no setor do Protocolo da Delegacia Regional do Trabalho, em Porto Alegre, RS. Dentre as atividades realizadas, destaca-se recebimento, cadastramento, organização e encaminhamento dos processos aos diversos setores da Delegacia Regional do Trabalho.


Prefeitura Municipal de Santiago, PMS, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: CIEE, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Elaboração de projeto de Fomento Florestal Municipal Assistencia tecnica Auxilio no Viveiro municipal

Atividades

01/2008 - 03/2008
Estágios , Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, .

Estágio realizado
Elaboração de Projeto de Fomento Florestal Municipal.

Socioambiental Consultores Associados, Socioambiental, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Autônomo
Outras informações
Planejamento dos trabalhos de campo e execução de inventário florestal para a elaboração do plano de manejo da Floresta Nacional de Chapecó-SC. (Unidade de Conservação)



Linhas de pesquisa


1.
Análise isotópica em árvores da Amazonia Central
2.
Manejo Florestal

Objetivo: Estudo de taxas de crescimento em árvores tropicais para determinação de ciclo de corte.
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Palavras-chave: Anéis de Crescimento em árvores Tropicais; Inventário Florestal; Isotopo 18O; Radiocarbono 14C; Densidade da Madeira.
3.
Identificação de espécies florestais

Objetivo: Gerar modelos espectrais que permitam reconhecer espécies arbóreas de forma rápida e precisa tanto em folhas de herbário como em campo com o espectro da casca..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal.
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Manejo Florestal.
Palavras-chave: Amazônia; Biodiversidade; Espectrometro Nicolet Antaris; NIRs- Near Infrared Reflectance Spectroscopy; Plant identification.
4.
Recursos Vegetais em Gestão Ambiental

Objetivo: Orientação de Trabalho de Conclusão de curso - Nível Graduação.
5.
Ecohidrologia de Ecossistemas Amazônicos
6.
Isotopos estáveis
7.
Ciclo da água


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Um índice de vulnerabilidade das árvores amazônicas às mudanças climáticas hidrológicas - Um estudo de caso no sítio ATTO ?
Descrição: O grau de vulnerabilidade das árvores amazônicas à sazonalidade hidrológica e às mudanças climáticas (secas extremas e inundações) é pouco conhecido, particularmente devido à falta de estudos sobre as fontes específicas de água e eficiência do uso da água para melhorar o estabelecimento, o metabolismo e o crescimento. Deste modo o presente estudo objetiva monitorar mensalmente por 2 anos a fonte da água e a água do xilema de árvores amazônicas em 5 diferentes sítios de 4 ecossistemas: terra firme, varzea, campina e igapo (perturbado e não perturbado). Destes sítios, 4 estão localizados no sítio do projeto ATTO. Para este fim serão selecionados 5 individuos de 3 diferentes espécies em cada sítio para a análise isotópica da água do xilema e posteriormente análise dendrocronologica da resposta de δ18O e δ13C dos anéis de crescimento. Para reconhecer a fonte de água utilizada pelas plantas dos diferentes ecossistemas ao longo da variação temporal será monitorado a δ18O da água de diferentes fontes de água, como: água da chuva, água do lençol freático, dos poros do solo e água superficial dos rios (água turbulenta do rio e água dentro das florestas alagadas). Este projeto irá contribuir para: i.detectar a fonte da água que as plantas utilizam ao longo do ano em diferentes ecossitemas; ii. reconhecer a respostas climáticas em anéis de crescimento nas árvores amazonicas; iii. Correlacionar as respostas climaticas dos anéis de crescimento com eventos extremos como El nino e La nina e a variação do regime hídrico da bacia em um passado recente..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2017
Crescimento e incremento da espécie florestal mais abundante e frequente do Amazonas
Descrição: A exuberância de recursos florestais do estado do Amazonas aponta o manejo florestal como a prática de uso da terra que permite gerar renda para a população mantendo a floresta em pé. Informações sobre o crescimento das árvores é o conhecimento primordial para garantir a sustentabilidade do manejo, porém para adquiri-la é necessário o histórico de remedição de parcelas permanentes. As parcelas permanentes do estado do Amazonas são poucas e mal distribuídas o que não permite conhecer as taxas de crescimento da floresta em diferentes regiões. Como opção, pesquisadores utilizam técnicas de análise de tronco e dendrocronologia para avaliar crescimento e determinar idade das árvores. Porém essas técnicas são eficientes para árvores que sofrem um período de dormência anual, porém precisam ser validadas para o uso em floresta de terra firme que não possui as mesmas características. Deste modo o presente projeto objetiva validar diferentes técnicas de análise de tronco para determinar o crescimento de três espécies hiperdomiantes em 6 localidades do estado do Amazonas. Incentivar o manejo de espécies madeireiras que ocorram com abundância em todo o estado é a proposta que poderá garantir a sustentabilidade do manejo com base na disponibilidade do recurso. Com o presente projeto espera-se principalmente mudar o foco do manejo de espécies comerciais para o manejo de espécies abundantes visualizando a sustentabilidade do ecossistema. Para isso será determinado as taxas de crescimento das espécies potenciais em 6 sítios do estado do Amazonas e ainda validar o uso de práticas de análise de tronco com elevada tecnologia para aprimorar o conhecimento sobre a floresta Amazônica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Flavia Machado Durgante - Coordenador / Niro Higuchi - Integrante / Shinta Ohashi - Integrante / Susan Trumbore - Integrante / Kolby Jardine - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Next Generation Ecosystem Experiments - NGEE Tropics
Descrição: Experimentos ecológicos em diferentes florestas tropicais para subsidiar informações para modelos climáticos com informações das regiões tropicais. Na Amazônia brasileira a pesquisa foca no ciclo hidrológico da floresta.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Flavia Machado Durgante - Integrante / Adriano Jose Nogueira Lima - Integrante / HIGUCHI, NIRO - Integrante / JARDINE, KOLBY J. - Integrante / JARDINE, ANGELA B. - Integrante / GIMENEZ, BRUNO O. - Integrante / CHAMBERS, JEFF Q. - Coordenador.
2014 - 2016
A história evolutiva do clado Protium heptaphyllum (Aubl.) Marchand sensu lato (Burseraceae): uma espécie hiperdominante no Neotrópico.
Descrição: O projeto sobre o clado Protium heptaphy/lum, aprovado pelo edital CNPq Universal N° 014/2014 visa solucionar complexos de espécies e clados taxonomicamente não resolvidos. Atualmente, o complexo Protium heptaphy/lum (Aubl.) Marchand (Burseraceae) é um dos grupos com distribuição mais ampla na América do Sul (Bolívia, Brasil, Colômbia, Guiana Francesa, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname e Venezuela) e no Brasil ocorre em quase todos os domínios fitogeográficos, incluindo Amazônia, Cerrado, Pantanal, Caatinga e Mata Atlântica. Além da ampla distribuição geográfica, o grupo possui elevada variação morfológica, o que representa um desafio para sua efetiva delimitação taxonômica. Atualmente, a espécie possui três variedades intraespecíficas (P. heptaphy/lum subsp. cordatum; subsp. heptaphy/lum; subsp. ulei) e ao longo dos anos foi sujeita a diversas modificações nomenclaturais por conta de sinonímias. Esses conflitos de nomenclatura geralmente ocorrem em grupos onde a delimitação dos espécimenes permanece obscura nos principais herbários e coleções tropicais. Nessa proposta, nos basearemos em diferentes critérios para entender se este grupo trata-se de linhagens que se divergiram pela especialização em diferentes habitats ou se o clado é composto por subpopulações geneticamente interligadas porém fenotipicamente distintas. As evidências genéticas, químicas e ecológicas existentes até o momento demostraram que este grupo representa um interessante modelo para entender a origem da diversidade dos principais biomas brasileiros e merece ser objeto de um estudo abrangente que associem morfologia funcional e sistemática molecular. Em nossa proposta, visamos combinar novas técnicas no campo da genética molecular e da espectroscopia no infra vermelho próximo (FT-NIR), juntamente com métodos da botânica clássica na tentativa de resolver a delimitação taxonômica do grupo. Este estudo visa subsidiar a delimitação de espécies vegetais que apresentem elevada variação morfológica e vasta distribuição geográfica no Neotrópico. Em adição, permitirá também a expansão de um processo em germinação de colaboração internacional entre o INPA, Universidade da Califórnia (Berkeley) e o New York Botanical Garden..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Flavia Machado Durgante - Integrante / Alberto Vicentini - Coordenador / Paul V A Fine - Integrante / Gabriel Damasco - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2013
Dinâmica do Carbono da Floresta Amazônica - CADAF
Descrição: Avaliar o estoque e gerar.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (4) .
Integrantes: Flavia Machado Durgante - Integrante / Niro Higuchi - Coordenador / Roseana Pereira da Silva - Integrante / Joaquim dos Santos - Integrante / Cacilda Adelia Sampaio de Souza - Integrante / Marcio Rogério Mota do Amaral - Integrante / Moryoshi Ishizuka - Integrante / Lucas Kosvoski Ourique - Integrante / Rempei Suwa - Integrante / Shinta Ohashi - Integrante / Takuya Kajimoto - Integrante / Hideyuki Noguchi - Integrante / Rosiane Oliveira da Silva - Integrante.
2010 - Atual
TACAPE - Tree Assimilation and Carbon Allocation Physiology Experiment

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Niro Higuchi em 07/10/2015.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - Atual
INCT-Madeiras da Amazônia
Descrição: A questão é o baixo rendimento das indústrias madeireiras da Amazônia.Atualmente, um rendimento de 30% é aceito como consenso para a região, ou seja, 70% de uma tora é desperdiçado. O baixo rendimento e o baixo valor da madeira em pé têm sido os principais gargalos para a consolidação do manejo florestal sustentável na região. Este projeto tem como meta principal, ao final de sua vigência de 5 anos, socializar o conhecimento e transferir tecnologia para dobrar o rendimento da madeira amazônica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2008
Ecofisiologia de Espécies Florestais do sul do Brasil
Descrição: Levantamento e análise de dados fitossociologicos de um fragmento de Floresta Natural no município de Itacurubi, RS.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Flavia Machado Durgante - Integrante / Delmar Antonio Bressan - Coordenador.Financiador(es): Pró- reitoria de assuntos estudantis- UFSM - Bolsa.


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: Wood Science and Technology (Print)
2016 - Atual
Periódico: NATIVA
2017 - Atual
Periódico: PLoS One


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal.
2.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Manejo Florestal.
3.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Manejo Florestal/Especialidade: Dendrometria e Inventário Florestal.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2013
ATBC 2013 Travel Award, ATBC - Association for Tropical Biology and Conservation.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
HADLICH, HILANA LOUISE2018HADLICH, HILANA LOUISE ; DURGANTE, FLÁVIA MACHADO ; DOS SANTOS, JOAQUIM ; HIGUCHI, NIRO ; CHAMBERS, JEFFREY Q. ; VICENTINI, ALBERTO . Recognizing Amazonian tree species in the field using bark tissues spectra. FOREST ECOLOGY AND MANAGEMENT, v. 427, p. 296-304, 2018.

2.
GIMENEZ, B. O.2017GIMENEZ, B. O. ; SANTOS, L. T. ; GEBARA, J. ; CELES, C. H. ; DURGANTE, F. M. ; LIMA, A. J. N. ; Santos, J. ; HIGUCHI, N. . Tree Climbing Techniques and Volume Equations for Eschweilera (Mat?-Mat?), a Hyperdominant Genus in the Amazon Forest. Forests, v. 8, p. 154, 2017.

3.
JARDINE, KOLBY J.2016JARDINE, KOLBY J. ; JARDINE, ANGELA B. ; SOUZA, VINICIUS F. ; CARNEIRO, VILANY ; CERON, JOAO V. ; GIMENEZ, BRUNO O. ; SOARES, CILENE P. ; DURGANTE, FLAVIA M. ; HIGUCHI, NIRO ; MANZI, ANTONIO O. ; GONÇALVES, JOSÉ F. C. ; GARCIA, SABRINA ; MARTIN, SCOT T. ; ZORZANELLI, RAQUEL F. ; PIVA, LUANI R. ; CHAMBERS, JEFF Q. . Methanol and isoprene emissions from the fast growing tropical pioneer species Vismia guianensis (Aubl.) Pers. (Hypericaceae) in the central Amazon forest. Atmospheric Chemistry and Physics (Online), v. 16, p. 6441-6452, 2016.

4.
JARDINE, A. B.2015JARDINE, A. B. ; JARDINE, K. J. ; FUENTES, J. D. ; MARTIN, S. T. ; MARTINS, G. ; DURGANTE, F. ; CARNEIRO, V. ; HIGUCHI, N. ; MANZI, A. O. ; CHAMBERS, J. Q. . Highly reactive light-dependent monoterpenes in the Amazon. Geophysical Research Letters, v. 42, p. 1576-1583, 2015.

5.
LANG, CARLA2015LANG, CARLA ; COSTA, FLÁVIA REGINA CAPELLOTTO ; CAMARGO, JOSÉ LUÍS CAMPANA ; DURGANTE, FLÁVIA MACHADO ; VICENTINI, ALBERTO . Near Infrared Spectroscopy Facilitates Rapid Identification of Both Young and Mature Amazonian Tree Species. Plos One, v. 10, p. e0134521, 2015.

6.
OHASHI, SHINTA2015OHASHI, SHINTA ; DURGANTE, FLÁVIA M. ; KAGAWA, AKIRA ; KAJIMOTO, TAKUYA ; TRUMBORE, SUSAN E. ; XU, XIAOMEI ; ISHIZUKA, MORIYOSHI ; HIGUCHI, NIRO . Seasonal variations in the stable oxygen isotope ratio of wood cellulose reveal annual rings of trees in a Central Amazon terra firme forest. Oecologia, v. 12/201, p. 1, 2015.

7.
DURGANTE, F. M.;DURGANTE, F.;DURGANTE, FLÁVIA MACHADO;DURGANTE, FLÁVIA M.;DURGANTE, FLAVIA M.;Flavia M. Durgante;Flávia M. Durgante2013 DURGANTE, F. M.; HIGUCHI, N. ; VICENTINI, A. ; ALMEIDA, A. . Species Spectral Signature: Discriminating closely related plant species in the Amazon with Near-Infrared Leaf-Spectroscopy. Forest Ecology and Management, v. 291, p. 240-248, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
LIMA, A. J. N. ; DURGANTE, F. M. ; CAMPOS, M. A. A. ; Santos, J. ; ISHIZUKA, M. ; HIGUCHI, N. . Dinâmica do Carbono das Florestas da Amazônia. 1. ed. Manaus: Editora INPA, 2014. v. 1000. 92p .

Capítulos de livros publicados
1.
OHASHI, S. ; DURGANTE, F. M. ; KAGAWA, A. ; TRUMBORE, S. ; KAJIMOTO, T. ; XU, X. ; ISHIZUKA, M. ; HIGUCHI, N. . Isotopic Tree-ring analysis of trees with no distinct annual rings in Amazonian terra firme forests: a preliminary report. In: Adriano José Nogueira Lima; Flávia Machado Durgante; Moacir Alberto Assis Campos; Joaquim dos Santos; Moriyoshi Ishizuka; Niro Higuchi. (Org.). Dinâmica do Carbono das Florestas da Amazônia. 1ed.Manaus: Editora INPA, 2014, v. 1, p. 55-64.

2.
SOUZA, C. A. S. ; SILVA, R. P. ; BARRO, P. C. ; DURGANTE, F. M. ; AMARAL, M. R. M. ; SILVA, N. M. C. ; Santos, J. ; HIGUCHI, N. . A Floresta Amazônica: conceitos fundamentais. In: Maria Inês Gaspareto Higuchi; Niro Higuchi. (Org.). A Floresta Amazônica e suas multiplas dimensões: Uma proposta de educação ambiental. 2ed.Manaus: Edição do autor, 2012, v. , p. -424.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DURGANTE, F. M.; SIQUEIRA, D. ; DIESEL, V. . EDUCACIÓN DE CALIDAD EN EL CAMPO PARA EL DESARROLLO RURAL EN EL AMBIENTE AMAZONICO. In: Congresso Internacional de Pedagogia, 2011, Havana. Anais del Congreso Internacional de Pedagogia 2011, 2011.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
DURGANTE, F. M.; BRESSAN, D. A. ; LONGHI, S. J. ; CAMATTI, A. ; CALGARO NETO, S. . Aspectos florísticos e fitossociológicos de um fragmento de floresta natural no município de Itacurubi, RS. In: 22° JAI, 2007, Santa Maria. 22° Jornada Acadêmica Integrada da Universidade federal de Santa Maria. Santa Maria: UFSM, 2007. v. 22. p. 267-267.

Apresentações de Trabalho
1.
DURGANTE, F. M.; HIGUCHI, N. ; TRUMBORE, S. ; OHASHI, S. . O isótopo de oxigênio 18 no crescimento das árvores. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
MENEZES, V. S. ; DURGANTE, F. M. ; Santos, J. ; HIGUCHI, N. ; Gaui, T. . Discriminação de espécies florestais amazonicas por meio da espectroscopia no infravermelho próximo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
DURGANTE, F. M.; HIGUCHI, N. ; VICENTINI, A. . Species Spectral Signature: Discriminating plant species in Amazon Florest. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
AZEREDO, R. ; MORAIS, J. W. ; DURGANTE, F. M. ; DAMBROS, C. S. . II Simpósio Brasileiro de Termitologia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
DURGANTE, F. M.; VICENTINI, A. ; FINE, P. V. A. ; CHAMBERS, J. Q. ; DAMASCO, G. . Using NIR to distinguish tree species from different geographic regions in the Amazon Basin. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
SILVA, C. E. ; HIGUCHI, N. ; NASCIMENTO, C. C. ; DURGANTE, F. M. ; BRASIL, M. M. . Use Of Near Infrared Spectroscopy (FT-NIR) to predict wood density of three Brosimun species (Moraceae) of Alto Rio Solimões. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
DURGANTE, F. M.; SIQUEIRA, D. ; DIESEL, V. . EDUCACION DE CALIDAD EN EL CAMPO PARA EL DESARROLLO RURAL EN EL AMBIENTE AMAZÓNICO. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
DURGANTE, F. M.; HIGUCHI, N. ; VICENTINI, A. . Species Spectral Signature: a new tool to discriminate species in Amazon Forest. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
DURGANTE, F. M.; HIGUCHI, N. ; VICENTINI, A. . FT-NIR: Distinção de três espécies florestais com material infértil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Demais tipos de produção técnica
1.
DURGANTE, F. M.; TRUMBORE, S. ; MARTINELLI, L. A. ; HIGUCHI, N. ; SANTOS, P. M. . Curso de Introdução e preparo de amostras para análise isotópica na madeira. 2017. .

2.
HIGUCHI, NIRO ; LIMA, A. J. N. ; HIGUCHI, F. G. ; SANTOS, P. M. ; Santos, J. ; DURGANTE, F. M. . Workshop REDD+ Amazônia. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
DURGANTE, F. M.; SANTOS, P. M. ; HIGUCHI, N. . Manual de extração de celulose para análise isotópica de 13C, 18O e 14C. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - apostila).

4.
HIGUCHI, NIRO ; Santos, J. ; LIMA, A. J. N. ; DURGANTE, F. M. . Curso de Manejo e Planejamento Florestal. 2016. .

5.
HIGUCHI, M. I. G. ; HIGUCHI, N. ; LIMA, A. J. N. ; Santos, J. ; DURGANTE, F. M. . XIII Curso: A Floresta Amazônica e suas multiplas dimensões. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
HIGUCHI, N. ; Santos, J. ; LIMA, A. J. N. ; SOUZA, C. A. S. ; DURGANTE, F. M. ; CELES, C. H. . III Curso Internacional sobre Elaboração, Execução e Monitoramento de Projetos de Carbono - Third Country Training Programme - TCTP. 2013. .

7.
HIGUCHI, N. ; Santos, J. ; LIMA, A. J. N. ; DURGANTE, F. M. ; SOUZA, C. A. S. . X Curso 'Noções básicas sobre Manejo Florestal. 2013. .

8.
HIGUCHI, N. ; Santos, J. ; SAMPAIO, C. A. ; SILVA, R. P. ; CELES, C. H. ; Gaui, T. ; AZEREDO, G. N. de ; DURGANTE, F. M. . I Curso Internacional de Treinamento em Elaboração, Execução e Monitoramento de Projetos de Carbono. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
DURGANTE, F. M.; VAREJÃO, M.J. ; HIGUCHI, N. . APOSTILA PRÁTICA PARA USO DO EQUIPAMENTO ANTARIS II - FT-NIR ANALYSER. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MATERIAL INSTRUCIONAL).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
DURGANTE, F. M.. Encontro Regional dos Estudantes de Engenharia Florestal. 2004 (Encontro).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MARTINS, G. A.; DURGANTE, F. M.; ALVES, E. G.. Participação em banca de Luani Rosa de Oliveira Piva. Terpenoides volateis em árvores resinosas do gênero Protium (Burm.f.) na Amazônia Central. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências de Florestas Tropicais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

Qualificações de Doutorado
1.
Menin, M.; KAEFER, I. L.; DURGANTE, FLAVIA M.. Participação em banca de Kelly Cristhyna Torralvo. Composição de anuros da Floresta Nacional do Tapajós e o uso de ferramentas alternativas para estudos e conservação de espécies. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

2.
NASCIMENTO, C. C.; DURGANTE, F. M.; ROSSI, M. B.; PAULA, E.; EMMERT, F.. Participação em banca de Priscilla Maia Baggio. Estudo de madeiras amazônicas com base no manejo florestal para composição de vigas laminadas coladas. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências de Florestas Tropicais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

3.
MARTINS, G. A.; DURGANTE, F. M.; MONTEIRO, M. T. F.; EMMERT, F.; JARDINE, A. B.. Participação em banca de Bruno Oliveira Gimenez. Ecohidrologia de espécies arbóreas de terra firme da Amazônia Central. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências de Florestas Tropicais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

4.
DURGANTE, F. M.. Participação em banca de André Luiz Mascarenhas. Discrimination of Thysanoptera species through near-infrared spectroscopy (NIRS) using Gynaikothrips. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

Qualificações de Mestrado
1.
LIMA, A. J. N.; GRANDIS, A.; DURGANTE, F. M.. Participação em banca de Leticia Oliveira Cobello. Respiração do tronco de árvores emergentes e reciclagem de carbononos galhos em florestas maduras na Amazônia. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências de Florestas Tropicais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

2.
COSTA, FLÁVIA REGINA CAPELLOTTO; SCHONGART, J.; DURGANTE, F. M.. Participação em banca de Carolina Ramírez Méndez. Influência do El Nino 2015-2016 no incremento diamétrico das árvores da Amazônia Central. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências de Florestas Tropicais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

3.
DURGANTE, F. M.; LIMA, A. J. N.; Santos, J.. Participação em banca de Alexsandro da Silva Silveira. Regeneração natural de espécies comerciais em área submetida ao sistema silvicultural policíclico na Amazonia Central. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Florestais e Ambientais) - Universidade Federal do Amazonas.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DURGANTE, F. M.; NASCIMENTO, C. C.. Participação em banca de Jean Victor de Castro Trovão.Uso de método não destrutivo para determinar densidade básica de madeira caída da reserva biológica do Abufari - Tapauá - AM. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Amazonas.

2.
Alves, H. S.; DURGANTE, F. M.; WIMMER, P.. Participação em banca de Azerilde Carvalho Moraes.A horticultura no ambiente urbano de São Paulo de Olivença: Diagnóstico e proposta comunitária. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas.

3.
DURGANTE, F. M.; WIMMER, P.; Alves, H. S.. Participação em banca de Shayene Ariene Rossi Viana Bonfim.SITUAÇÃO DA MATA CILIAR E PROPOSTA DE RECUPERAÇÃO DA AREA DEGRADADA. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ATBC-.Using NIR to distinguish tree species from different geographic regions in the Amazon Basin. 2013. (Encontro).

2.
49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology. SPECIES SPECTRAL SIGNATURE: A NEW TOOL FOR DISCRIMINANTING SPECIES IN AMAZON FOREST. 2012. (Congresso).

3.
Congreso Intrernational de Pedagogia. EDUCACIÓN DE CALIDAD EN EL CAMPO PARA EL DESARROLLO RURAL EN EL AMBIENTE AMAZONICO. 2011. (Congresso).

4.
Dinâmica de Carbono da Floresta Amazônica. 2011. (Seminário).

5.
61 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. 2009. (Outra).

6.
V Feira Internacional da Amazonia. 2009. (Outra).

7.
Seminário Regional "Pedagogia da Alternância e a Educação do Campo". 2008. (Seminário).

8.
22° Jornada Acadêmica Integrada da Universidade federal de Santa Maria.Aspectos florísticosa e fitossociológicos de um fragmento de Floreta Natural no município de Itacurubi. 2007. (Outra).

9.
40° Expofeira Agropecuária de Santa Maria.Expositor. 2007. (Outra).

10.
I Ciclo de Palestras em Animais Selvagens. 2007. (Outra).

11.
II FÓRUM DE DIREITO AMBIENTAL - Amazônia - O direito por um planeta verde. 2007. (Outra).

12.
10° Semana acadêmica da Engenharia Florestal. 2006. (Outra).

13.
Fórum Florestal Regional. 2006. (Outra).

14.
Seminário de Educação Ambiental. 2006. (Seminário).

15.
V Seminário de Formação em Agroecologia - Desenvolvendo e Promovendo Saberes. 2006. (Seminário).

16.
35° Congresso Brasileiro de Estudantes de Engenharia Florestal. 2005. (Oficina).

17.
35° Congresso Brasileiro dos Estudantes de Engenharia Florestal. 2005. (Congresso).

18.
3° CCSH Discute. 2004. (Encontro).

19.
3° Simpósio Latino Americano sobre Manejo Florestal. 2004. (Simpósio).

20.
9° Semana Acadêmica do Curso de Engenharia Florestal. 2004. (Outra).

21.
Oficina sobre Agrofloresta. 2004. (Oficina).

22.
8° Semana Acadêmicado Curso de Engenharia florestal. 2003. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SIQUEIRA, D. ; DURGANTE, F. M. . 3° Semana de Agroecologia. 2008. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Hilana Louise Hadlich. O reconhecimento de espécies arbóreas em campo por meio da casca com o uso da espectroscopia no visível e infravermelho próximo na Amazônia Central. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências de Florestas Tropicais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Flavia Machado Durgante.

2.
Izailene Monteiro Saar Botelho. Uso da espectroscopia no infravermelho próximo (NIR) como ferramenta na discriminação de espécies de Burseraceae de diferentes regiões geográficas da Amazônia. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Botânica)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, . Coorientador: Flavia Machado Durgante.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Jean Victor de Castro Trovão. Uso de método não destrutivo para determinar a densidade básica de madeira caída da reserva biológica do Abufari - Tapauá - AM. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

2.
Adriano Carmo Brasil. A vivência do Projeto Bolsa Floresta no Município de Novo Aripuanã. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

3.
Ana Carla da Silva Nascimento. Recursos vegetais extraídos da floresta: utilização, manejo e reposição em três comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Juma, Amazonas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

4.
Flaviane de Fátima Mar Santos. Fomento de um sistema Paisagístico na orla do município de Novo Aripuanã. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

5.
Francisco Marcelo Paes Cardoso. Estratégia de comercialização da castanha da Amazônia. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

6.
Francisnelma Queiroz Alves. Estratégia de comercialização do Tucumã no município de Novo Aripuanã. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

7.
Gisele Aparecida Viana de Souza. Educação ambiental e horticultura em escola urbana. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

8.
Itaciara Pantoja Ribeiro. Arborização Urbana no Município de Novo Aripuanã. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

9.
Jeferson Pereira da Silva. Uso de plantas medicinais no município de Novo Aripuanã. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

10.
Jesus Natalia Val Nascimento. Potencial produtivo de sementes de Tucumaí (Astrocaryum acaule Marth) para produção de biojóias em três comunidades na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Juma, Amazonas. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

11.
Mirlane Maria Moura Matos. Avaliação do potencial produtivo em quintais agroflorestais na RDS do rio Madeira. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

12.
Shayene Ariene Rossi Viana Bonfin. Situação da mata ciliar e recuperação de área degradada na margem do rio Aripuanã. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

13.
Adalberto Martins de Macedo. Aproveitamento de resíduos de madeira produzidos em serrarias. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental) - Universidade do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

Iniciação científica
1.
Yanka Laryssa Almeida Alves. Variação na densidade da madeira de espécies do gênero Eschweilera em seis sítios no Amazonas. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Amazonas, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

2.
Julie Alves da Silva. Reconhecimento de espécies de diferentes regiões por meio do espectro foliar de três espécies florestais dominantes no Amazonas. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Amazonas, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

3.
Valdiek da Silva Menezes. Discriminação de espécies florestais Amazônicas por meio da espectroscopia no infravermelho próximo. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências de Florestas Tropicais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.

4.
Jean Victor de Castro TROVAO. USO DE MÉTODO NÃO DESTRUTIVO PARA DETERMINAR DENSIDADE BÁSICA DE MADEIRA CAÍDA DA RESERVA BIOLOGIA ABUFARI ? TAPAUÁ ? AM. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências de Florestas Tropicais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas. Orientador: Flavia Machado Durgante.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
JARDINE, A. B.2015JARDINE, A. B. ; JARDINE, K. J. ; FUENTES, J. D. ; MARTIN, S. T. ; MARTINS, G. ; DURGANTE, F. ; CARNEIRO, V. ; HIGUCHI, N. ; MANZI, A. O. ; CHAMBERS, J. Q. . Highly reactive light-dependent monoterpenes in the Amazon. Geophysical Research Letters, v. 42, p. 1576-1583, 2015.


Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, C. E. ; HIGUCHI, N. ; NASCIMENTO, C. C. ; DURGANTE, F. M. ; BRASIL, M. M. . Use Of Near Infrared Spectroscopy (FT-NIR) to predict wood density of three Brosimun species (Moraceae) of Alto Rio Solimões. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
AZEREDO, R. ; MORAIS, J. W. ; DURGANTE, F. M. ; DAMBROS, C. S. . II Simpósio Brasileiro de Termitologia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Cursos de curta duração ministrados
1.
HIGUCHI, M. I. G. ; HIGUCHI, N. ; LIMA, A. J. N. ; Santos, J. ; DURGANTE, F. M. . XIII Curso: A Floresta Amazônica e suas multiplas dimensões. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
DURGANTE, F. M.; TRUMBORE, S. ; MARTINELLI, L. A. ; HIGUCHI, N. ; SANTOS, P. M. . Curso de Introdução e preparo de amostras para análise isotópica na madeira. 2017. .




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/11/2018 às 2:09:57