Daiana Travassos Alves

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1052501030312328
  • Última atualização do currículo em 28/01/2019


Graduou-se em História (2009) pela Universidade Federal do Pará onde construiu o embasamento teórico e metodológico para sua abordagem do passado sob a perspectiva histórica. Trabalhou no Arquivo Público do Estado do Pará (2007-2008) onde desenvolveu atividades de leitura, transcrição e digitalização de Cartas de Sesmaria datadas de 1728-1740. Ainda durante a graduação iniciou sua trajetória na Arqueologia, via Iniciação científica, fazendo estudos de coleções de cerâmica Marajoara e integrando equipes de investigação em sítios arqueológicos na Ilha de Marajó, em Santarém, na Rodovia Transamazônica e em Geoglifos no Acre. Em seu estudo sobre os bancos de cerâmica Marajoara buscou estabelecer um diálogo entre Arqueologia, História e antropologia, apoiando-se em fontes de informação etnohistóricas e etnográficas em busca de compreender os possíveis significados desse objeto. Investigou também as relações de poder dentre os grupos indígenas na Amazônia Ibérica a partir dos relatos de cronistas dos séculos XVI e XVII. Após a graduação atuou como curadora no Núcleo de Pesquisa e Ensino em Arqueologia da Universidade Federal do Pará (2010). Desenvolveu sua pesquisa de mestrado (2010-2012) em Arqueologia/Antropologia também na UFPA, onde mais uma vez usa fontes etnohistóricas, etnográficas e arqueológicas para construir uma História sobre o longo processo de ocupação humana na foz do rio Tapajós, especialmente sobre aquela relacionada ao grupo que ficou historicamente conhecido como Tapajó. Atuou como assistente editorial em Amazônica ? Revista de Antropologia, periódico que se propõe a divulgar trabalhos de antropologia desenvolvidos na Amazônia (2012-2015). Cursou PhD (2013-2017) em Arqueologia na Universidade de Exeter no Reino Unido, no qual investigou o consumo de plantas em sítios arqueológicos na região de Santarém-Belterra a partir do estudo de fitólitos. É membro da Sociedade de Arqueologia Brasileira (SAB), Society for American Archaeology (SAA) e Society for the Anthropology of Lowland South America - SALSA. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Daiana Travassos Alves
Nome em citações bibliográficas
ALVES, D. T.;ALVES, DAIANA


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em Archaeology.
University of Exeter, EXETER, Inglaterra.
Título: Dark Earth Plant Management in the Lower Tapajos, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Jose Iriarte.
Coorientador: Marisa Lazzari.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Amazonian Dark Earths; Archaeobotany; Lower Tapajos.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2010 - 2012
Mestrado em Antropologia.
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Título: Ocupação indígena na foz do rio Tapajós (3260 ? 960 AP): estudo do sítio Porto de Santarém, baixo Amazonas,Ano de Obtenção: 2012.
Orientador: Denise Pahl Schaan.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Baixo Amazonas; arqueologia amazônica; Arqueologia do rio Tapajós.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Atividades profissionais, científicas e técnicas.
2006 - 2009
Graduação em historia.
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Título: Assentos para chefes e pajés: um estudo sobre os bancos de cerâmica marajoara.
Orientador: Denise P. Schaan.




Formação Complementar


2011 - 2011
Entre a Amazônia e Portugal:estudos de caso. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
2010 - 2010
Técnicas de Montagem de Exposição em Arqueologia. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
2007 - 2007
Introdução à Análise Tecnológica Lítica. (Carga horária: 15h).
Museu Paraense Emílio Goeldi, MPEG, Brasil.
2007 - 2007
Curso de Campo em Arqueologia Ambiental.. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
2007 - 2007
Prática de Campo Arqueológica.. (Carga horária: 80h).
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 80
Outras informações
Professor - PARFOR Reoferta - Parauapebas. Disciplinas: Estágio Supervisionado II, História da Amazônia III e Teoria da História III.

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 24
Outras informações
Professor Colaborador Eventual - Departamento de História/Campus Bragança. História do Brasil I.

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20
Outras informações
Minicurso ofertado pelo Centro de Memória da Amazônia. Paleoetnobotânica: analisando as relações entre pessoas e plantas na Amazônia

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Participação nas escavações da área 4A do sítio Porto de Santarém, no âmbito do Projeto de Salvamento do Sítio Porto de Santarém.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Escavação. SALVAMENTO ARQUEOLÓGICO DO SÍTIO PA-ST-42: PORTO DE SANTARÉM ? ANOS III e IV

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Análise de Laboratório (Cerâmica). Programa de Arqueologia e Educação Patrimonial BR-163/PA: Santarém-Rurópolis.

Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Análise de Laboratório. SALVAMENTO ARQUEOLÓGICO DO SÍTIO PA-ST-42: PORTO DE SANTARÉM - ANO II

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Escavação. Salvamento Arqueológico do Sítio Cedro. Rodovia BR-163: Trecho Santarém-Rurópolis.

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Coordenação de Campo. SALVAMENTO ARQUEOLÓGICO DO SÍTIO PA-ST-42: PORTO DE SANTARÉM - ANO II.

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Coordenação de campo. SALVAMENTO ARQUEOLÓGICO DO SÍTIO PA-ST-42: PORTO DE SANTARÉM

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Contrato temporário, Enquadramento Funcional: Curadoria, Carga horária: 20
Outras informações
Vinculada ao Programa de Arqueologia e Educação Patrimonial, desenvolvendo atividade de curadoria na Reserva Técnica e no Laboratório de Arqueologia do Núcleo de Pesquisa e Ensino de Arqueologia no Laboratório de Antropologia Arthur Napoleão Figueiredo.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Voluntária, Carga horária: 20
Outras informações
Salvamento Arqueológico na Área do Parque de Ciência e tecnologia do Guamá.

Atividades

01/2013 - 01/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa - FADESP, .

01/2010 - 08/2010
Serviços técnicos especializados , Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa - FADESP, .

Serviço realizado
Curadoria na reserva técnica do Laboratório de arqueologia do Núcleo de pesquisa e Ensino em Arqueologia.

University of Exeter, EXETER, Inglaterra.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Escavação do sítio arqueológico Triunfo (sítio de terra preta com valetas circulares). Versalles - Província do Beni, Bolívia.

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Student Ambassador, Carga horária: 8
Outras informações
Recepção de alunos no Laboratório de Arqueobotânica da Universidade de Exeter.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Student Ambassador, Carga horária: 16
Outras informações
Recepção de alunos no Laboratório de Arqueobotânica da Universidade de Exeter.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Student Ambassador, Carga horária: 8
Outras informações
Recepção de alunos no Laboratório de Arqueobotânica da Universidade de Exeter.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Escavação do Sítio Serra do Maguari na Floresta Nacional do Tapajós.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitora de laboratório, Carga horária: 20
Outras informações
Instrução de métodos de laboratório (extração e identificação de fitólitos) a alunos de pós-graduação visitantes (Índia e Brasil) na Universidade de Exeter-UK.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Student Ambassador, Carga horária: 8
Outras informações
Recepção de alunos no Laboratório de Arqueobotânica da Universidade de Exeter.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitora de laboratório, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Levantamento Arqueológico na Floresta Nacional do Tapajós.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 20
Outras informações
Amostragem de espécimes de plantas no herbário do Instituto nacional de Pesquisas (INPA) para construção de coleção de referência.


Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Inside consultoria científica, INSIDE, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 40
Outras informações
Coordenação de escavações em sítios arqueológicos.

Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Contrato temporário, Enquadramento Funcional: Técnico em arqueologia e historiador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Escavações no sítio geoglifo Fazenda Oeste, no município de Capixaba (AC) no âmbito do Projeto de Salvamento Álcool Verde.


Arquivo Público do Estado do Pará, APEP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Bolsista Graduando, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Atividades de leitura e transcrição de doações de terra da coroa portuguesa aos colonos do Estado do Grão Pará e Maranhão por carta de Sesmaria e organização geográfica e cronológica das mesmas.


Universidade Federal do Amapá, UNIFAP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Levantamento de fontes históricas acerca das relações comerciais dos séculos XVIII e XIX. Leitura, transcrição e organização de verbetes de Procurações do Cartório Perdigão (1807-1850), dos Registros de Testamento da 2ª Vara Cível do Cartório Ódon (1810-1838) e das cartas de liberação de embarcações da Junta Marítima Comercial(1792-1850), vinculado ao projeto Comércio e fiscalidade: a economia na Amazônia nos séculos XVIII e XIX.


Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Marechal Cordeiro de Farias, E.E.E.F.M.M.C.F., Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2010
Vínculo: Estágio Curricular em história, Enquadramento Funcional: Estágio Supervisionado


Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre Leandro Pinheiro, E.M.E.F.P.L.P., Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Estágio curricular em história, Enquadramento Funcional: Estágio supervisionado



Linhas de pesquisa


1.
Arqueologia Amazônica: mudança cultural e significados


Projetos de pesquisa


2016 - 2017
New light under the Amazon rainforest: Uncovering archaeological landscapes and cultural forests along the southern rim of the Amazon using UAV-Lidar
Descrição: This project applies a multi-proxy approach, combining predictive modelling, Lidar technology, UAVs, high-resolution satellite data analysis, ground truthing, excavation, and botanical survey in selected areas of the Upper Tapajos. Filling the gap between the western geoglyph area and the garden cities of the Upper Xingu, this area of over 20,000 km² of unsurveyed forest could hide a myriad of new earthworks revealing an extensive history of human impact along the southern rim of the Amazon. The project is funded by the National Geographic Society..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Denise P. schaan - Coordenador / Jose Iriarte - Integrante / Jonas Gregório De Souza - Integrante.
2014 - Atual
Pre-Columbian Amazon Scale-Transformations
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (3) .

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Coordenador / Denise P. schaan - Integrante / Jose Iriarte - Integrante.
2014 - Atual
Estrutura genética de plantas domesticadas e comunidades fúngicas em paisagens domesticadas na Amazônia brasileira

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Charles Roland Clement em 14/06/2018.
Descrição: Na última década os avanços do conhecimento sobre a domesticação de plantas, a criação de solos antropogênicos (terra preta de índio), a transformação de florestas e a ocupação da Amazônia por sociedades complexas na pré-história têm demonstrado que muitas de suas paisagens foram domesticadas antes da conquista europeia. Esses cultivos e paisagens domesticadas contribuem para o bem estar dos povos indígenas e de comunidades tradicionais em toda a Amazônia, de forma que é importante avançar ainda mais nos estudos de ecologia histórica da região para entender como ocorreram estas modificações e como elas podem contribuir para o desenvolvimento sustentável da Amazônia. A equipe da proposta em pauta tem atuado nesses avanços e agora pretende analisar a diversidade genética e geográfica de plantas domesticadas (biribá, pimenta e cuia) e de comunidades fúngicas em paisagens domesticadas na Amazônia brasileira. Os nossos principais objetivos são: a) descrever os padrões de distribuição geográfica da diversidade genética em populações de Annona mucosa, Capsicum chinense, C. frutescens, Crescentia cujete, C. amazonica na Amazônia para localizar áreas de origem de domesticação e suas rotas de dispersão; b) determinar a distribuição espacial das espécies silvestres de pimenta, cuia e biribá e relaciona-las com as paisagens domesticadas; c) caracterizar a estrutura filogenética de comunidades fungícas (diversidade α e β) em terra preta de índio e solos adjacentes ao longo dos rios Negro, Madeira e Solimões-Amazonas; d) correlacionar a composição microbiana com atributos do solo; e) caracterizar a composição de espécies arbóreas úteis nas florestas antropogênicas, identificando especialmente as concentrações de espécies com populações domesticadas; f) caracterizar as práticas de manejo florestal atuais, testando se o manejo promove mudanças na distribuição espacial e na abundância das espécies manejadas. As três espécies de plantas cultivadas representam diferentes modelos de domesticação: biribá é alógama, perene e propagada por sementes; cuia é alógama, perene e geralmente propagada vegetativamente; pimenta é autógama, anual e propagada por sementes. As três espécies, além de contribuírem para entender a domesticação na Amazônia, têm diferentes hipóteses sobre suas origens e, portanto, suas relações com espécies afins, algumas das quais podem ser populações ancestrais. A comunidade fúngica nos solos antrópicos parece contribuir para a estabilidade destes solos ricos em nutrientes e carbono, e este estudo será o primeiro identificar sua composição para inferir quais espécies são próprias de solos antrópicos e quais são generalistas, o que permitirá a elaboração de hipóteses mais especificas sobre suas contribuições para a estabilidade. As florestas antrópicas são de suma importância para as populações tradicionais, pois oferecem produtos florestais não madeireiros para subsistência e comercialização, e entender como as populações atuais manejam e continuam a transformar estas florestas contribuirá para recomendar boas práticas de manejo e conservação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (4) .

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Charles Roland Clement - Coordenador / Michelly de Cristo-Araújo - Integrante / Doriane Picanço-Rodrigues - Integrante / Carolina Levis - Integrante / Priscila Ambrósio Moreira - Integrante / Tiara Sousa Cabral - Integrante / Leonardo Kumagai Antunes Sampaio - Integrante / Rubana Palhares Alves - Integrante.
2011 - 2016
Selva Cultivada: desenvolvimento sócio-económico e alterações ambientais na Amazônia pré-colombiana

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Denise Pahl Schaan em 13/06/2013.
Descrição: O objetivo geral do projeto é aperfeiçoar nosso entendimento sobre os períodos pré-colombiano tardio e período inicial do contato nessa área-chave para a história pré-colombiana da Amazônia. Aplicando uma abordagem interdisciplinar, o projeto irá investigar a dinâmica de longo termo do desenvolvimento sócio-econômico, das estratégias de exploração de recursos, as economias de subsistência e as redes de trocas na Amazônia pré-Colombiana, integrando abordagens das ciências humanas, sociais e naturais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Denise P. schaan - Coordenador / Jan Eriksson - Integrante / Mats Soderstrom - Integrante / Per Stenborg - Integrante / Christan Isendahl - Integrante.
2009 - 2013
Programa de Arqueologia e Educação Patrimonial BR-163, BR-230 e BR-422
Descrição: Realização de estudos arqueológicos e educação patrimonial nas áreas de impacto direto e indireto do projeto de pavimentação das rodovias BR-163 (Trecho Santarém- Rurópolis) e BR-230: TRECHO Div.TO/PA-Altamira Medicilândia/Rurópolis visando o cumprimento da legislação ambiental (Resolução CONAMA de 01/86) e arqueológica (Portaria nº 230, de 17/12/2002, do IPHAN)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Denise P. schaan - Coordenador / Ivone Bezerra - Integrante.
Financiador(es): Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - Auxílio financeiro.
2008 - 2013
Programa de Salvamento Arqueológico do sítio PA-ST-42: Porto de Santarém
Descrição: Realização de pesquisa de salvamento arqueológico no importante sítio da fase Santarém localizado no porto da cidade de Santarém, atualmente ocupado pela CDP, Cia Cargill e outras empresas. O projeto inclui ações de educação patrimonial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (10) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Denise P. schaan - Coordenador / Maura Imázio da Silveira - Integrante / Márcia Bezerra de Almeida - Integrante.
Financiador(es): Companhia Docas do Pará - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2008 - 2009
Comércio e Fiscalidade: a economia amazônica nos séculos XVIII e XIX
Descrição: Na fase inicial do projeto, foi realizada parte do levantamento e da transcrição dos documentos, atividade que contou com o auxílio de um aluno contratado para pesquisar no Arquivo Público do Estado do Pará (APEP). O corpo documental trabalhado são ofícios encadernados (códices) do Fundo da Secretaria de Segurança Pública.. Simeia de Nazare Lopes - Coordenador..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Simeia de Nazare Lopes - Coordenador.
Financiador(es): Universidade Federal do Amapá - Bolsa.
2007 - 2010
Projeto Baixo Amazonas-Curso de Campo em Arqueologia Ambiental
Descrição: O projeto tem por objetivo estudar os processos de adaptação humana ao ambiente das terras baixas tropicais, particularmente na região do baixo Amazonas, e os impactos dessa adaptação tanto nas sociedades humanas como no meio ambiente. Tal conhecimento é necessário para aperfeiçoarmos teorias sobre o papel dos ambientes tropicais na evolução humana e o papel da organização humana em impactos ambientais, com o intuito de produzir um conhecimento histórico sobre o desenvolvimento social da Amazônia e produzir informação para programas de conservação. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (20) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Denise P. schaan - Coordenador / Maura Imázio da Silveira - Integrante / Anna Curtenius Roosevelt - Integrante.
Financiador(es): Commission Fullbright - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Companhia Docas do Pará - Auxílio financeiro.
2007 - 2009
Programa de Arqueologia Preventiva na área da BR-163:Guarantâ-Rurópolis e BR-230: Rurópolis-Miritituba
Descrição: Projeto de salvamento arqueológico e educação patrimonial na área de impacto do projeto de pavimentação das rodovias BR-163 e BR-230..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Denise P. schaan - Coordenador / Márcia Bezerra de Almeida - Integrante.
Financiador(es): Centro de Excelência em Engenharia de Transportes - Cooperação - Auxílio financeiro.
2007 - 2008
Projeto Sesmarias 1723-1823
Descrição: Este projeto pretende analisar e divulgar um acervo de cerca de trinta livros de cartas de sesmarias existentes no Arquivo Público do Estado do Pará para o período que vai de 1732 até 1823. Este material trata das concessões e confirmações das cartas e datas de sesmarias, títulos de terra cujo valor pode ser contestado até nossos dias juridicamente. Com um convênio com órgãos públicos (SECULT e ITERPA) o projeto prevê a transcrição, digitação e a elaboração em mídia de digital de todo este acervo. Além disso o projeto prevê a elaboração de um seminário e de um livro com autores debatendo a questão do acesso à terra no Estado do Pará no período colonial e seus desdobramentos contemporâneos. ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Rafael Ivan Chambouleyron - Integrante / Márcia Maria Menendes Motta - Integrante / Magda Maria de Oliveira Ricci - Coordenador.
Financiador(es): Universidade Federal do Pará - Cooperação.
2006 - 2008
Manejo Econômico de Ecossistemas Pré-Coloniais: Lições para o Desenvolvimento Sustentável da Ilha de Marajó
Descrição: Projeto de arqueologia da paisagem no curso superior do rio Goiapi, ilha de Marajó. Tem como objetivo identificar modificações na paisagem (construção de lagos e barragens) realizadas durante a fase marajoara. Metodologia conta com uso de sistema de informação geográfica (SIG) e geofísica.. Integrantes: José Gouvêa Luiz - Integrante / Margareth do Nascimento Dias - Integrante / Daiana Travassos Alves - Integrante / Denise Pahl Schaan - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro. Número de produções C, T & A: 1..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Daiana Travassos Alves - Integrante / Denise P. schaan - Coordenador / Margareth Dias do Nascimento - Integrante / José Gouvêa Luiz - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 14


Membro de corpo editorial


2012 - 2015
Periódico: Amazônica: Revista de Antropologia (Online)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Alves, D.T.  Data: 02/02/2012

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MAEZUMI, S. YOSHI2018 MAEZUMI, S. YOSHI ; ROBINSON, MARK ; DE SOUZA, JONAS ; URREGO, DUNIA H. ; SCHAAN, DENISE ; ALVES, DAIANA ; IRIARTE, JOSE . New Insights From Pre-Columbian Land Use and Fire Management in Amazonian Dark Earth Forests. FRONTIERS IN ECOLOGY AND EVOLUTION, v. 6, p. 1-23, 2018.

2.
MAEZUMI, S. YOSHI2018 MAEZUMI, S. YOSHI ; ALVES, DAIANA ; ROBINSON, MARK ; DE SOUZA, JONAS GREGORIO ; LEVIS, CAROLINA ; BARNETT, ROBERT L. ; ALMEIDA DE OLIVEIRA, EDEMAR ; URREGO, DUNIA ; SCHAAN, DENISE ; IRIARTE, JOSÉ . The legacy of 4,500-years of polyculture agroforestry in the eastern Amazon. Nature Plants, v. 4, p. 540-547, 2018.

3.
ALVES, D. T.;ALVES, DAIANA2011 ALVES, D. T.; SCHAAN, D. P. . Os bancos de cerâmica marajoara: seus contexto e possíveis significados simbólicos. Amazônica: Revista de Antropologia (Online), v. 3, p. 108-141, 2011.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SCHAAN, D. P. (Org.) ; ALVES, D. T. (Org.) ; SILVA, T. S. A. (Org.) ; LOPES, R. C. S. (Org.) . Um Porto, Muitas Histórias: Arqueologia em Santarém. 1. ed. Belém: Gráfica SuperCores, 2015. 162p .

2.
ALVES, D. T.. Ocupação indígena na foz do rio Tapajós (1610 a.C. ? 1020 d.C.) Estudo do Sítio Porto de Santarém. 1. ed. Novas Edições Acadêmicas, 2014. 244p .

Capítulos de livros publicados
1.
ALVES, D. T.. Plant food Consumption and the origin of Amazonian Dark Earth in the Lower Tapajós region. In: Per Stenborg. (Org.). Beyond waters ? Archaeology and Environmental history of the Amazonian Inland. 1ed.Gothenburg: University of Gothenburg Press, 2016, v. 6, p. 61-70.

2.
ALVES, D. T.. Arqueologia, história e a construção do passado Tapajó. In: Denise P. Schaan. (Org.). Arqueologia, patrimônio e multiculturalismo na beira da estrada: pesquisando ao longo das rodovias Transamazônica e Santarém-Cuiabá, Pará. 1ed.: GKNoronha, 2012, v. 1, p. 11-16.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ALVES, D. T.. Assentos para chefes e Pajés? Um estudo dos bancos cerâmicos do Marajó. In: XX Congresso Nacional da Sociedade de Arqueologia Brasileira, 2009, Belém. Anais do XV Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira, 2009.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ALVES, D. T.. Horticultores do Tapajós: Contexto formativo no sítio porto de Santarém, baixo Amazonas, Pará? Informações preliminares.. In: II Encontro Latino Americano de Arqueologia, 2011, Rio de janeiro. Anais do II Encontro latino Americano de Arqueologia, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ALVES, D. T.. Sentar, pensar e agir: as funções do banco em sociedades indígenas amazônicas, um estudo comparativo do banco de cerâmica marajoara. In: 27ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2010, Belém. Anais da 27ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2010.

2.
ALVES, D. T.. Relações de poder dentre os Grupos indígenas da Amazônia Ibérica a partir do olhar dos cronistas dos século XVI até meados do XVII. In: Congresso Nacional da Associação Nacional dos Profissionais de História - Anpuh, 2009, Fortaleza. Anais do XX Congresso Nacional Da ANPUH, 2009.

3.
ALVES, D. T.. Assentos para chefes e pajés: um estudo dos bancos de cerâmica marajoara. In: XX Seminário de Iniciação Científica CNPQ/UFPA, 2009, Belém. Anais do XX Seminário de Inciação Científica CNPQ/UFPA, 2009.

4.
ALVES, D. T.. Estudo Arqueológico da Ocupação Humana no curso Superior do rio Goiapi (500-1300), Ilha do Marajó-PA. In: XIX Seminário de Iniciação Científica CNPQ/UFPA, 2008, Belém. Anais do XIX Seminário de Iniciação Científica CNPQ/UFPA. Belém: Gráfica da UFPA, 2008.

5.
ALVES, D. T.; PARAFITA, S. . Projeto Goiapi: Estudo Regional da Cultura Marajoara no sudeste da Ilha de Marajó. In: Encontro Internacional de Arqueologia Amazônica, 2007, Belém. Anais do I Encontro Internacional de Arqueologia Amazônica. Belém: Museu Goeldi, 2007.

Artigos aceitos para publicação
1.
TROUFFLARD, J. ; ALVES, DAIANA . Uma abordagem histórico-ecológica do sítio Cedro, baixo Amazonas. BOLETIM DO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI. CIÊNCIAS HUMANAS, 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
ALVES, D. T.. Legacies on the ground beneath our feet. Assessing plant diversity on Amazonian Dark Earth sites at the Lower Amazon. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
ALVES, D. T.. A longa duração do manejo de plantas em sítios de Terra Preta no Baixo Tapajós, Brasil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
ALVES, D. T.; FIGUEIREDO, C. G. ; TROUFFLARD, J. ; HILBERT, L. M. ; REBELLATO, L. ; SCHAAN, D. P. ; IRIARTE, J. . Caracterização de contextos domésticos em sítios de Terra Preta do Baixo Tapajós. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
TROUFFLARD, J. ; ALVES, D. T. . Uma abordagem histórico-ecológica do sitio Cedro, Baixo Amazonas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
HILBERT, L. M. ; ALVES, D. T. . Evidências do manejo de plantas domesticadas durante o Holoceno Médio no sítio Tucumã, Ilha de Marajó-Baixo Amazonas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
ALVES, D. T.. Análises de microvestígios botânicos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
ALVES, D. T.. Dieta dos povos antigos do baixo Tapajós. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
ALVES, D. T.. Introdução às análises Paleobotânicas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
ALVES, D. T.; SCHAAN, D. P. ; IRIARTE, J. . Dark Earths Plant management in the Lower Tapajos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
ALVES, D. T.. The Tapajó Chiefdom. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
ALVES, D. T.; IRIARTE, J. ; SCHAAN, D. P. . Ancient plant management at ADEs on Santarem region from an archaeobotanical approach.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
ALVES, D. T.. Tapajó culture Amazonian Dark Earths: foodscapes on the Lower Amazon.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
ALVES, D. T.; IRIARTE, J. ; SCHAAN, D. P. . Plant management on Ancient Amazonia from an archaeobotanical approach. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
ALVES, D. T.. Tapajó food consumption on the Lower Amazon. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
ALVES, D. T.. Plant food consumption and the origin of Amazonian Dark Earth in the Lower Tapajos region, Amazonia, Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
ALVES, D. T.. What plants people ate in Ancient Amazonia? Archaeobotanical Research at the Lower Tapajos River - Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
ALVES, D. T.. Manejo de plantas no Baixo Tapajós (1600 a.C. a 1600 AD) sob uma abordagem arqueobotânica.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
ALVES, D. T.. Plant food consumption and the origin of Amazonian Dark Earth in the Lower Tapajos region. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
ALVES, D. T.. Horticultores do Tapajós: Contextos humanos no sítio Porto de Santarém, baixo Amazonas, Pará.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
ALVES, D. T.. Horticultores do Tapajós:Contexto formativo no sítio porto de Santarém, baixo Amazonas, Pará? Informações preliminares. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
ALVES, D. T.. Assentos para chefes e pajés? Estudos sobre os bancos de cerâmica marajoara. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
ALVES, D. T.. Asssentos para chefes e pajés: estudo sobre os bancos de cerâmica marajoara. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
ALVES, D. T.; PARAFITA, S. . Projeto Goiapi: Estudo Regional da Cultura Marajoara no sudeste da Ilha de Marajó. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
ALVES, D. T.. Estudo Arqueológico da ocupação humana no curso superior do rio Goiapi (500-1300), Ilha do Marajó-PA. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Demais tipos de produção técnica
1.
SCHAAN, D. P. ; FIGUEIREDO, C. G. ; ALVES, D. T. ; STENBORG, P. . Selva Cultivada: Desenvolvimento Socio-economico e Mudancas Ambientais na Amazonia Pré-Colombiana. 3o Relatório Parcial ? Outubro de 2013 a Dezembro de 2014.. 2015. (Relatório de pesquisa).

2.
ALVES, D. T.; Jacques, C.C. ; Costa Leite, L.F.S. ; Lopes, R.C.S. ; SCHAAN, D. P. . Caminhos da Arqueologia na UFPA: Possibilidades e Desafios. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
SCHAAN, D. P. ; ALVES, D. T. . Assentos Para chefes e Pajés: um estudo sobre os bancos de cerâmica marajoara. 2009. (Relatório de pesquisa).

4.
SCHAAN, D. P. ; ALVES, D. T. . ESTUDO ARQUEOLÓGICO DA OCUPAÇÃO HUMANA NO CURSO SUPERIOR DO RIO GOIAPI (500-1300 A.D.), ILHA DE MARAJÓ/PA. 2008. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Muniz, Érico; Lima, Maria Roseane; ALVES, D. T.. Participação em banca de Marília Costa de Oliveira.Entre todas Lindanor: História e Literatura das mulheres e pelas mulheres em Bragança-PA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Pará.

2.
Costa, Magda; ALVES, D. T.. Participação em banca de Aline Assis dos Santos.As marcas da violência. Um estudo sobre a Lei Maria da Penha em Bragança-PA (2011-2014). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Pará.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XVI CONGRESSO DA SOCIEDADE INTERNACIONAL DE ETNOBIOLOGIA. XII SIMPÓSIO BRASILEIRO DE ETNOBIOLOGIA E ETNOECOLOGIA. Legacies on the ground beneath our feet. Assessing plant diversity on Amazonian Dark Earth sites at the Lower Amazon. 2018. (Congresso).

2.
IX Sesquiannual Conference of SALSA. Plant food consumption and the origin of Amazonian Dark Earth in the Lower Tapajós Region. 2014. (Congresso).

3.
Curso de extensão "Caminhos da arqueologia na UFPA: possibilidades e desafios".Arqueologia e cultura material. 2012. (Outra).

4.
II Encontro Latino Americano de Arqueologia.Horticultores do Tapajós:Contexto formativo no sítio porto de Santarém, baixo Amazonas, Pará? Informações preliminares. 2011. (Encontro).

5.
27 ª Reunião Brasileira de Antropologia. Sentar, pensar e agir: as funções do banco em sociedades indígenas amazônicas, um estudo comparativo do banco de cerâmica marajoara. 2010. (Congresso).

6.
Encontro Internacional de Arqueologia Amazônica. 2010. (Encontro).

7.
Workshop de Desenho Arqueológico. 2010. (Oficina).

8.
Mini curso " História Ídígena na América Portuguesa: Novas Abordagens" - Simpósio Nacional de História. 2009. (Simpósio).

9.
Severa Romana: de mulher a Santa Popular. 2009. (Seminário).

10.
XX Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Assentos para chefes e pajés? Estudo sobre os bancos de cerâmica marajoara. 2009. (Congresso).

11.
XX Seminário de Iniciação Científica CNPQ/UFPA.Assentos para Chefes e pajés: um estudo dos bancos de cerâmica marajoara. 2009. (Seminário).

12.
XXV Símpósio Nacional de História - História e Ética.Relações de poder dentre os Grupos indígenas da Amazônia Ibérica a partir do olhar dos cronistas dos século XVI até meados do XVII. 2009. (Simpósio).

13.
Antropologia em foco:Campos interdisciplinares para o estudo do outro. 2008. (Simpósio).

14.
Encontro Internacional de Arqueologia Amazônica. 2008. (Encontro).

15.
Encontro Internacional de Arqueologia Amazônica.Projeto Goiapi: Estudo Regional da Cultura Marajoara no sudeste da Ilha de Marajó. 2008. (Encontro).

16.
XIX Seminário de Iniciação Científica CNPQ/UFPA.Estudo Arqueológico da Ocupação Humana no curso Superior do rio Goiapi (500-1300), Ilha do Marajó-PA. 2008. (Seminário).

17.
XX Encontro Regional de Estudantes de História do Norte e Nordeste (EREH/N-NE) Inquisição e Criptojudaismo, a fé da intolerância, e a intolerância da fé. 2008. (Encontro).

18.
Cultura, Cultura Popular e Circularidade: um debate entre Antropologia e História (I Encontro de História da Região do Baixo Tocantins) Prof. Dr. Maurício Costa (UFPA). 2007. (Encontro).

19.
Curso de Campo de Arqueologia Ambiental. 2007. (Outra).

20.
Hisória da Escravidão na Amazônia. 2007. (Outra).

21.
História das Coisas Miúdas. 2007. (Oficina).

22.
História e demografia: Demografia histórica?. 2007. (Seminário).

23.
História e Demografia: possibilidades metodológicas. 2007. (Oficina).

24.
História e Documentos Manuscritos. 2007. (Oficina).

25.
II Fórum Temático Paisagem e Cultura: Dinâmicas do Patrimônio e da Memória na atualidade. 2007. (Encontro).

26.
Entre a Amazônia e o Brasil: arte e arquitetura na modernidade.. 2006. (Seminário).

27.
Meandros da história: entre a tutela e a liberdade dos indios. 2006. (Seminário).

28.
Raízes do Brasil: modernismo e história. 2006. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LEVIS, C. ; ALVES, R. P. ; ALVES, D. T. ; REBELLATO, L. . Seminário Ecologia Histórica no Baixo Tapajós. 2018. (Congresso).

2.
Lopes, R.C.S. ; ALVES, D. T. ; Jacques, C.C. ; Costa Leite, L.F.S. ; Gomes, R.N.C. . Curso de extensão " Caminhos da arqueologia na UFPA: possibilidades e desafios". 2012. (Outro).

3.
ALVES, D. T.. XV Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. 2009. (Congresso).

4.
ALVES, D. T.. II Fórum temático paisagem e cultura: dinâmicas do Patrimônio e da memória na atualidade. 2007. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
ALVES, D. T.; Jacques, C.C. ; Costa Leite, L.F.S. ; Lopes, R.C.S. ; SCHAAN, D. P. . Caminhos da Arqueologia na UFPA: Possibilidades e Desafios. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
LEVIS, C. ; ALVES, R. P. ; ALVES, D. T. ; REBELLATO, L. . Seminário Ecologia Histórica no Baixo Tapajós. 2018. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/02/2019 às 8:16:00