Layon Oreste Demarchi

Bolsista de Doutorado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2504309339279053
  • Última atualização do currículo em 27/08/2018


Doutorando em Botânica pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA. Possui mestrado em Ecologia pelo INPA (2014) e graduação em Ecologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP - Rio Claro (2010), atuando principalmente nas áreas de Florística, Fitossociologia, Fenologia, Etnobotânica e Agroecologia. Para mais informações acesse: (http://maua.inpa.gov.br/) (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Layon Oreste Demarchi
Nome em citações bibliográficas
DEMARCHI, L. O.;DEMARCHI, LAYON O.;DEMARCHI, LAYON ORESTE

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Coordenação de Pesquisas em Ecologia.
Av. André Araújo, 2936
Aleixo
69060001 - Manaus, AM - Brasil
Telefone: (92) 81615687


Formação acadêmica/titulação


2017
Doutorado em andamento em Ciências Biológicas (Botânica).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Título: Fenologia e chuva de sementes em resposta a variáveis bióticas e abióticas em diferentes fitofisionomias de campinarana na Amazônia Central,
Orientador: Maria Teresa Fernandez Piedade.
Coorientador: Florian Karl Wittmann.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2012 - 2014
Mestrado em Biologia (Ecologia).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Título: Composição, Conhecimento e Uso de Plantas de Campinarana por Moradores da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Tupé ? Amazônia Central,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Maria Teresa Fernandez Piedade.
Coorientador: Veridiana Vizoni Scudeller.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Fitossociologia; Uso de Recursos; Campinarana; Hipótese da Aparência Ecológica.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
2006 - 2010
Graduação em Ecologia.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: Florística e Fitossociologia do componente arbustivo-arbóreo em Mata Estacional Semidecidual Ribeirinha no município de Indaiatuba, SP.
Orientador: Reinaldo Monteiro.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Formação Complementar


2013 - 2013
Sistema de Posicionamento Global (SIG). (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2013 - 2013
Consolidação do Projeto IQSA. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2013 - 2013
Curso de herborização e identificação de Angiospermas. (Carga horária: 96h).
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
2010 - 2010
Curso de Capacitação em Sobrevivência no Mar. (Carga horária: 12h).
Parque Estadual da Ilha Anchieta, PEIA, Brasil.
2010 - 2010
II Curso de Verão em Ecologia e Recursos Naturais. (Carga horária: 100h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2006 - 2010
XVII, XVIII, XIX, XXI Semanas de Estudos da Ecologia. (Carga horária: 126h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2009 - 2009
Introdução aos Sistemas Agroflorestais. (Carga horária: 16h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2009 - 2009
Insetos Sociais. (Carga horária: 16h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em XIV Estagio de Vivência em Assentamentos Rurais. (Carga horária: 260h).
Faculdade de Ciências Agronômicas, FCA / Unesp, Brasil.
2008 - 2008
O Software Spring na Pesquisa em Zoologia. (Carga horária: 17h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Botânica: Uma Abordagem Ornitologica. (Carga horária: 16h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2008 - 2008
Crise Ambiental e Capitalismo. (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2006 - 2008
Ecoseminários I, II, III, IV, V. (Carga horária: 48h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Ornitologia de Campo. (Carga horária: 29h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2007
III GEAS Jaboticabal: Visando a Conservação. (Carga horária: 24h).
Fundação de Apoio a Pesquisa Ensino e Extensão, FUNEP, Brasil.
2007 - 2007
OTrabalho Escravo no Brasil no Limiar do séc XXI. (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2007 - 2007
Matéria optativa: Zoogeografia. (Carga horária: 60h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2006 - 2006
Contribuições Ontológicas a Educação Ambiental. (Carga horária: 12h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2006 - 2006
Atualização em Recuperação de Áreas Degradadas. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.
2006 - 2006
Métodos em Fenologia, Frugivoria e Dispersão. (Carga horária: 15h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista DTI-B, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Realizar levantamento sistemático da vegetação arbórea de Igapó em áreas com ciclo hidrológico impactado e em áreas com ciclo hidrológico natural na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PCI-DC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Análise da vegetação arbórea e herbácea de Campinaranas. Término em 30/04/2015.

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


NBL Engenharia Ambiental, NBL, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Auxiliar, Carga horária: 20


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Bolsista PIBIC/Reitoria, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
PELD MAUA II ? Áreas Úmidas Amazônicas -Ecologia e monitoramento da vegetação de áreas úmidas oligotróficas na Amazônia Central: impactos antropogênicos e implicações para conservação em áreas protegidas nas bacias dos rios Negro e Uatumã
Descrição: O PELD MAUA objetiva monitorar a vegetação arbórea, herbácea e os componentes epifíticos, epifílicos e fúngicos em florestas de áreas úmidas oligotróficas (campinarana e igapó), e compará-los a suas contrapartidas nas terras firmes adjacentes, para avaliar o impacto de eventos hidroclimáticos extremos e antrópicos em sistemas naturais e alterados na Amazônia Central. Este projeto dá continuidade à fase I do PELD MAUA, onde os resultados evidenciaram, entre outros, que as alterações do ciclo hidrológico, principalmente nas duas últimas décadas, com o aumento da frequência de cheias e secas extremas, interferem no crescimento da vegetação. Como é prognosticado que esses eventos extremos serão intensificados no futuro, é de se esperar alterações na composição de espécies vegetais desses ecossistemas e seus serviços ambientais, com consequências negativas em escala local e regional para as comunidades de plantas e o ciclo hidrológico. Essas consequências negativas poderão influenciar drasticamente as populações ribeirinhas residentes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (10) .
Integrantes: Layon Oreste Demarchi - Integrante / Maria Teresa Fernandez Piedade - Coordenador / Jochen Schongart - Integrante / Wolfgang Junk - Integrante / Astrid de Oliveira Wittmann - Integrante / Florian Karl Wittmann - Integrante / Aline Lopes - Integrante / Joana D'Ark de PAula - Integrante / Luiz Rubens Piedade - Integrante / Celso Rabelo Costa - Integrante / Adriano Quaresma - Integrante / Angelica Faria de Resende - Integrante / Luciana Carvalho Crema - Integrante / Maíra da Rocha - Integrante / Bianca Weiss Albuquerque - Integrante / Charles Eugene Zartman - Integrante / Cristiane da Silva ferreira - Integrante / Hans ter Steege - Integrante / John Ethan Householder - Integrante.
2014 - 2017
Distúrbios hidrológicos sobre a vegetação de florestas alagáveis por rios de água-preta (igapó) na Amazônia Central: diferenciando anomalias climáticas de impactos antropogênicos
Descrição: A presente proposta de projeto está focada em florestas alagáveis por rios de água preta, denominadas de igapó. Estas florestas sofrem um regime de alagamento por águas de pH ácido, com baixa carga de sedimentos. Os igapós ocorrem em formações antigas do período Terciário, que apresentam baixos níveis de nutrientes. Somente ao longo do Rio Negro e seus afluentes o igapó ocupa aproximadamente 118.000 km2 com uma grande, porém pouco estudada diversidade de espécies de árvores. O foco desta proposta de projeto é determinar como as alterações do regime hidrológico (cheias e secas) causadas por distúrbios naturais (eventos climáticos extremos) e impactos antropogênicos (implantação de hidroelétricas) afetam a flora fanerógama (espécies arbóreas e herbáceas) dos igapós da Amazônia Central. Os estudos serão conduzidos em ambientes naturais de igapó no Parque Nacional do Jaú (PARNA Jaú) e nas florestas de igapó ao longo do Rio Uatumã, à jusante da barragem da usina hidroelétrica de Balbina (UHE Balbina), na Reserva de Desenvolvimento Uatumã (RDS Uatumã). O estudo envolve o monitoramento da vegetação em parcelas permanentes avaliando, particularmente, a distribuição e a diversidade das espécies, estoques de carbono na biomassa e a dinâmica da regeneração, bem como análises retrospectivas aplicando métodos dendrocronológicos para datar a morte de árvores e arbustos, além de construir cronologias de anéis de crescimento para reconstruir o regime hidrológico para períodos pré-instrumentais. Espera-se como produto deste esforço produzir uma avaliação do impacto das mudanças climáticas, bem como as mudanças decorrentes da implantação de hidroelétricas na biodiversidade do igapó. Os dados a serem produzidos serão divulgados da mais ampla forma e também colocados à disposição para planos de manejo em unidades de conservação e outros, contribuindo assim para o conhecimento e a melhoria das condições de vida das populações amazônicas, notadamente as populações ribeirinhas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Layon Oreste Demarchi - Integrante / Maria Teresa Fernandez Piedade - Coordenador / Florian Wittmann - Integrante / Jochen Schongart - Integrante / Wolfgang Junk - Integrante / Aline Lopes - Integrante / Joana D'Ark de PAula - Integrante / Luiz Rubens Piedade - Integrante.
2014 - 2016
Monitoramento e modelagem de dois grandes ecossistemas de áreas úmidas amazônicas em cenários de mudanças climáticas - PELD Áreas Úmidas
Descrição: O bioma Amazônico é caracterizado pela presença de água, com um dos mais altos regimes pluviométricos do mundo e cerca de 30% da área da bacia Amazônica são classificáveis como áreas úmidas, com inundação episódica, periódica ou permanente (Junk et al. 2011, 2013). Além das suas múltiplas funções ecológicas e econômicas, as áreas úmidas Amazônicas têm um papel fundamental na evolução e manutenção da biodiversidade da região, favorecendo particularmente a especiação e diversificação de uma flora e fauna altamente adaptadas à inundação (Wittmann et al. 2013). Por outro lado, as áreas úmidas são consideradas extremamente sensíveis às mudanças climáticas. Somente durante a última década, a Amazônia Central sofreu, desde o início das medições (1902) do nível dos rios Negro/Amazonas em Manaus, duas secas severas em 2005 e 2010, e as duas cheias recordes, em 2009 e 2012 (Piedade et al. 2013) (Fig. 1). Um pulso de inundação com frequências e magnitudes elevadas significará uma migração da maioria das espécies herbáceas e arbóreas das áreas alagáveis para sítios topograficamente mais baixos, ou mais altos, e poderá implicar em significativas perdas de diversidade, principalmente perto das bordas de vegetação, onde as inundações são extremamente altas, ou, no outro extremo, na transição das áreas alagáveis para as terras firmes adjacentes. Contudo, ainda desconhecemos a magnitude da perda de espécies e não sabemos como as mudanças na vegetação irão influenciar os estoques e a dinâmica de carbono. Diante deste cenário, projetos de longa duração para o monitoramento das principais variáveis ambientais e da vegetação alagável são primordiais. O presente projeto visa investigar a distribuição, a diversidade e os estoques de carbono da flora fanerógama dos dois ecossistemas de áreas úmidas do bioma Amazônico ainda pobremente contemplados: áreas sujeitas à inundação periódica por rios de água preta (igapó) e áreas episodicamente alagáveis ou encharcadas em savanas amazônicas (campina). As análises desses parâmetros da vegetação serão feitas à luz de parâmetros ambientais, avaliando, particularmente, como as alterações do regime de inundação prognosticadas afetarão a flora fanerógama dos extratos arbóreos, arbustivos e herbáceos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Layon Oreste Demarchi - Integrante / Maria Teresa Fernandez Piedade - Coordenador / Florian Wittmann - Integrante / Wolfgang Junk - Integrante / Aline Lopes - Integrante / Luiz Rubens Piedade - Integrante.
2009 - 2010
Florística e Fitossociologia em Fragmentos de Vegetação Arbustivo-arbórea em uma Região Ecotonal no Município de Indaiatuba, SP.
Descrição: Caracterização florística e fitossociologica da vegetação de fragmentos em Indaiatuba, SP, com um enfoque fitogeográfico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2009 - 2009
Implantação de um Sistema Agroflorestal (SAF) Experimental como Forma de Recuperação de uma Área Degradada
Descrição: Grupo de Extensão em Agroecologia que busca a recuperação de uma área degradada através de técnicas agroecológicas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) .
Integrantes: Layon Oreste Demarchi - Integrante / Reinaldo Monteiro - Coordenador.Financiador(es): Programa de Extensão Acadêmica - Bolsa.
2008 - 2008
PEJA - Programa de Educação de Jovens e Adultos
Descrição: O programa busca levar diferentes formas de aprendizado e inclusão a funcionários e moradores do entorno da UNESP, Rio Claro..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) .
Integrantes: Layon Oreste Demarchi - Integrante / Maria Rosa Rodrigues Martins de Camargo - Coordenador.


Outros Projetos


2011 - 2011
Adequação Ambiental de Propriedades Rurais
Descrição: Checagem de Campo referente a situação ambiental da propriedade rural, como Área de Preservação Permanente, Reserva Legal, tipo de formação florestal. Bem como elaboração de mapas digitalizados das informações coletadas..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GOMES, VITOR H. F.2018 GOMES, VITOR H. F. IJFF, STÉPHANIE D. RAES, NIELS AMARAL, IÊDA LEÃO SALOMÃO, RAFAEL P. DE SOUZA COELHO, LUIZ DE ALMEIDA MATOS, FRANCISCA DIONÍZIA CASTILHO, CAROLINA V. DE ANDRADE LIMA FILHO, DIOGENES LÓPEZ, DAIRON CÁRDENAS GUEVARA, JUAN ERNESTO MAGNUSSON, WILLIAM E. PHILLIPS, OLIVER L. WITTMANN, FLORIAN DE JESUS VEIGA CARIM, MARCELO MARTINS, MARIA PIRES IRUME, MARIANA VICTÓRIA SABATIER, DANIEL MOLINO, JEAN-FRANÇOIS BÁNKI, OLAF S. DA SILVA GUIMARÃES, JOSÉ RENAN PITMAN, NIGEL C. A. PIEDADE, MARIA TERESA FERNANDEZ MENDOZA, ABEL MONTEAGUDO LUIZE, BRUNO GARCIA , et al.VENTICINQUE, EDUARDO MARTINS DE LEÃO NOVO, EVLYN MÁRCIA MORAES VARGAS, PERCY NÚÑEZ SILVA, THIAGO SANNA FREIRE MANZATTO, ANGELO GILBERTO TERBORGH, JOHN REIS, NEIDIANE FARIAS COSTA MONTERO, JUAN CARLOS CASULA, KATIA REGINA MARIMON, BEATRIZ S. MARIMON, BEN-HUR CORONADO, EURIDICE N. HONORIO FELDPAUSCH, TED R. DUQUE, ALVARO ZARTMAN, CHARLES EUGENE ARBOLEDA, NICOLÁS CASTAÑO KILLEEN, TIMOTHY J. MOSTACEDO, BONIFACIO VASQUEZ, RODOLFO SCHÖNGART, JOCHEN ASSIS, RAFAEL L. MEDEIROS, MARCELO BRILHANTE SIMON, MARCELO FRAGOMENI ANDRADE, ANA LAURANCE, WILLIAM F. CAMARGO, JOSÉ LUÍS DEMARCHI, LAYON O. LAURANCE, SUSAN G. W. DE SOUSA FARIAS, EMANUELLE NASCIMENTO, HENRIQUE EDUARDO MENDONÇA REVILLA, JUAN DAVID CARDENAS QUARESMA, ADRIANO COSTA, FLAVIA R. C. VIEIRA, IMA CÉLIA GUIMARÃES CINTRA, BRUNO BARÇANTE LADVOCAT CASTELLANOS, HERNÁN BRIENEN, ROEL STEVENSON, PABLO R. FEITOSA, YURI DUIVENVOORDEN, JOOST F. AYMARD C., GERARDO A. MOGOLLÓN, HUGO F. TARGHETTA, NATALIA COMISKEY, JAMES A. VICENTINI, ALBERTO LOPES, ALINE DAMASCO, GABRIEL DÁVILA, NÁLLARETT GARCÍA-VILLACORTA, ROOSEVELT LEVIS, CAROLINA SCHIETTI, JULIANA SOUZA, PRISCILA EMILIO, THAISE ALONSO, ALFONSO NEILL, DAVID DALLMEIER, FRANCISCO FERREIRA, LEANDRO VALLE ARAUJO-MURAKAMI, ALEJANDRO PRAIA, DANIEL DO AMARAL, DÁRIO DANTAS CARVALHO, FERNANDA ANTUNES DE SOUZA, FERNANDA COELHO FEELEY, KENNETH ARROYO, LUZMILA PANSONATO, MARCELO PETRATTI GRIBEL, ROGERIO VILLA, BORIS LICONA, JUAN CARLOS FINE, PAUL V. A. CERÓN, CARLOS BARALOTO, CHRIS JIMENEZ, ELIANA M. STROPP, JULIANA ENGEL, JULIEN SILVEIRA, MARCOS MORA, MARIA CRISTINA PEÑUELA PETRONELLI, PASCAL MAAS, PAUL THOMAS-CAESAR, RAQUEL HENKEL, TERRY W. DALY, DOUG PAREDES, MARCOS RÍOS BAKER, TIM R. FUENTES, ALFREDO PERES, CARLOS A. CHAVE, JEROME PENA, JOSE LUIS MARCELO DEXTER, KYLE G. SILMAN, MILES R. JØRGENSEN, PETER MØLLER PENNINGTON, TOBY DI FIORE, ANTHONY VALVERDE, FERNANDO CORNEJO PHILLIPS, JUAN FERNANDO RIVAS-TORRES, GONZALO VON HILDEBRAND, PATRICIO VAN ANDEL, TINDE R. RUSCHEL, ADEMIR R. PRIETO, ADRIANA RUDAS, AGUSTÍN HOFFMAN, BRUCE VELA, CÉSAR I. A. BARBOSA, EDELCILIO MARQUES ZENT, EGLEÉ L. GONZALES, GEORGE PEPE GALLARDO DOZA, HILDA PAULETTE DÁVILA DE ANDRADE MIRANDA, IRES PAULA GUILLAUMET, JEAN-LOUIS PINTO, LINDER FELIPE MOZOMBITE DE MATOS BONATES, LUIZ CARLOS SILVA, NATALINO GÓMEZ, RICARDO ZÁRATE ZENT, STANFORD GONZALES, THERANY VOS, VINCENT A. MALHI, YADVINDER OLIVEIRA, ALEXANDRE A. CANO, ANGELA ALBUQUERQUE, BIANCA WEISS VRIESENDORP, CORINE CORREA, DIEGO FELIPE TORRE, EMILIO VILANOVA VAN DER HEIJDEN, GEERTJE RAMIREZ-ANGULO, HIRMA RAMOS, JOSÉ FERREIRA YOUNG, KENNETH R. ROCHA, MAIRA NASCIMENTO, MARCELO TRINDADE MEDINA, MARIA NATALIA UMAÑA TIRADO, MILTON WANG, OPHELIA SIERRA, RODRIGO TORRES-LEZAMA, ARMANDO MENDOZA, CASIMIRO FERREIRA, CID BAIDER, CLÁUDIA VILLARROEL, DANIEL BALSLEV, HENRIK MESONES, ITALO GIRALDO, LIGIA ESTELA URREGO CASAS, LUISA FERNANDA REATEGUI, MANUEL AUGUSTO AHUITE LINARES-PALOMINO, REYNALDO ZAGT, RODERICK CÁRDENAS, SASHA FARFAN-RIOS, WILLIAM SAMPAIO, ADEILZA FELIPE PAULETTO, DANIELA SANDOVAL, ELVIS H. VALDERRAMA AREVALO, FREDDY RAMIREZ HUAMANTUPA-CHUQUIMACO, ISAU GARCIA-CABRERA, KARINA HERNANDEZ, LIONEL GAMARRA, LUIS VALENZUELA ALEXIADES, MIGUEL N. PANSINI, SUSAMAR CUENCA, WALTER PALACIOS MILLIKEN, WILLIAM RICARDO, JOANA LOPEZ-GONZALEZ, GABRIELA POS, EDWIN TER STEEGE, HANS ; Species Distribution Modelling: Contrasting presence-only models with plot abundance data. Scientific Reports, v. 8, p. 1-12, 2018.

2.
DEMARCHI, LAYON ORESTE2018 DEMARCHI, LAYON ORESTE; SCUDELLER, VERIDIANA VIZONI ; MOURA, LIVIA CARVALHO ; DIAS-TERCEIRO, RANDOLPHO GONÇALVES ; LOPES, ALINE ; WITTMANN, FLORIAN KARL ; PIEDADE, MARIA TERESA FERNANDEZ . Floristic composition, structure and soil-vegetation relations in the three white-sand soil patches in central Amazonia. ACTA AMAZONICA, v. 48, p. 46-56, 2018.

3.
COSTA-PEREIRA, RAUL2018COSTA-PEREIRA, RAUL ; LUCAS, CHRISTINE ; CROSSA, MARCELO ; ANDERSON, JILL T. ; ALBUQUERQUE, BIANCA WEISS ; DARY, EURIZÂNGELA P. ; PIEDADE, MARIA T. F. ; DEMARCHI, LAYON O. ; REBOUÇAS, ELIZABETH R. ; COSTA, GILVAN DA S. ; GALETTI, MAURO ; CORREA, SANDRA BIBIANA . Defaunation shadow on mutualistic interactions. PROCEEDINGS OF THE NATIONAL ACADEMY OF SCIENCES OF THE UNITED STATES OF AMERICA, v. 115, p. 201801106-3, 2018.

4.
LOPES, ILEYNE T.2015LOPES, ILEYNE T. ; GUSSONI, CARLOS O. A. ; DEMARCHI, LAYON O. ; DE ALMEIDA, ALEXANDRE ; PIZO, MARCO A. . Diversity of understory birds in old stands of native and plantations. Restoration Ecology, v. 23, p. n/a-n/a, 2015.

5.
DEMARCHI, L. O.;DEMARCHI, LAYON O.;DEMARCHI, LAYON ORESTE2011 DEMARCHI, L. O.; BREDARIOL, L. R. ; DOMBROWSKY, M. Y. ; LEME, M. K . Discutindo a agroecologia na universidade: grupo de extensão em agroecologia ?Gira-Sol?. Cadernos de Agroecologia, v. 6, p. 11391, 2011.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
DEMARCHI, L. O.; LOPES, A. ; FERREIRA, A. B. ; PIEDADE, M. T. F. . Ecologia e guia de identificação: macrófitas aquáticas do Lago Amazônico. 1. ed. Manaus: Editora INPA, 2018. v. 1. 44p .

2.
PIEDADE, M. T. F. ; LOPES, A. ; DEMARCHI, L. O. ; JUNK, W. ; WITTMANN, F. ; SCHÖNGART, JOCHEN ; CRUZ, J. . Guia de campo de herbáceas aquáticas: várzea Amazônica. 1. ed. Manaus: Editora INPA, 2018. 300p .

Capítulos de livros publicados
1.
Freitas, C.T. ; DEMARCHI, L. O. ; Oliveira, D.N. ; Wittmann, A. O. ; Wittmann, F. K. . Os habitantes das áreas alagáveis amazônicas e o uso de recursos vegetais. In: Aline Lopes; Maria Teresa Fernandez Piedade. (Org.). Conhecendo as Áreas Úmidas Amazônicas: uma viagem pelas várzeas e igapós. 1ed.Manaus: Editora Manuas INPA, 2015, v. 1, p. 1-10.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Silva, M.A. ; Lima, K.T. ; DEMARCHI, L. O. ; Saraiva, D. ; Souza, M.A.D. ; SCUDELLER, V. V. . Florística de um trecho de floresta ombrófila densa aluvial no Parque Nacional de Anavilhanas-AM, Brasil. In: 69 Congresso Nacional de Botânica, 2018, Cuiabá. Diversidade Florística e Socioambiental na Amazônia, Cerrado e Pantanal, 2018.

2.
Lima, K.T. ; Silva, M.A. ; DEMARCHI, L. O. ; Saraiva, D. ; Souza, M.A.D. ; CRUZ, J. ; SCUDELLER, V. V. . Fitossociologia de um trecho de floresta ombrófila densa aluvial no Parque Nacional de Anavilhanas-AM, Brasil. In: 69 Congresso Nacional de Botânica, 2018, Cuiabá. Fitossociologia de um trecho de floresta ombrófila densa aluvial no Parque Nacional de Anavilhanas-AM, Brasil, 2018.

3.
DEMARCHI, L. O.; PIEDADE, M. T. F. ; SCUDELLER, V. V. . O uso de índices etnobotânicos para identificar espécies arbóreas em risco local. In: XII SIMPÓSIO BRASILEIRO DE ETNOBIOLOGIA E ETNOECOLOGIA, 2018, Belém. Belém +30 - Os direitos dos povos indígenas e populações tradicionais e o uso sustentável da biodiversidade três décadas após a Declaração de Belém, 2018.

4.
LOPES, A. ; DEMARCHI, L. O. ; FERREIRA, A. B. ; SANTIAGO, I. N. ; PIEDADE, M. T. F. . Distribuição e nicho ecológico de herbáceas aquáticas de campina alagável e igapó nos sítios PELD-MAUA. In: XVI Congresso Brasileiro de Limnologia, 2017, Rio de Janeiro. Recursos Hídricos em crise: sustentabilidade, biodiversidade e integração de conhecimentos face a mudanças globais, 2017.

5.
DEMARCHI, L. O.; SCUDELLER, V. V. ; PIEDADE, M. T. F. . Super exploração florestal: substituindo espécies de Terra-Firme pelas da Campinarana. In: III CONBRAU, 2016, Cuiabá. Anais do III CONBRAU, 2016.

6.
DEMARCHI, L. O.; PIEDADE, M. T. F. ; SCUDELLER, V. V. . O uso de plantas por duas comunidades ribeirinhas em um ambiente frágil e pouco conhecido da Amazônia, as Campinaranas: Processo de substituição e identificação de espécies em risco. In: X Simpósio Nacional de Etnobiologia e Etnoecologia, 2014, Montes Claros - MG. X Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia: Biodiversidade, Direitos e Territórios, 2014. v. 1. p. 87-88.

7.
DEMARCHI, L. O.; MONTEIRO, R. ; SCHLITTLER, F. H. M. . Fitossociologia da Comunidade Arbustivo-Arbórea em um Trecho de Floresta Estacional Semidecidual Ribeirinha no Município de Indaiatuba, SP.. In: X Congresso de Ecologia do Brasil, 2011, São Lourenço. Livro de Resumos, 2011.

8.
BOSCOLO, D. ; MARTENSEN, Alexandre C. ; RIBEIRO, Milton C. ; BRAGA, Diego R. ; DEMARCHI, L. O. . Are Neutral Landscape Spatial Patterns Influenced by Different Algorithm Simulators?. In: The 8th World Congress of the International Association for Landscape Ecology, 2011, Beijing. Landscape Ecology for Sustainable Environment and Culture, 2011. p. 44-45.

9.
LOPES, I. T. ; DEMARCHI, L. O. . Capacidade de Remoção de Diferentes Tamanhos de Semente por Aves e Mamíferos na Mata São José. In: XVII Congresso Brasileiro de Ornitologia, 2009, Aracruz. Livro de Resumos, 2009.


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DEMARCHI, L. O.. Pesquisador analisa questões ambientais em Indaiatuba. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
LOPES, A. ; DEMARCHI, L. O. . Ecologia e identificação de macrófitas aquáticas da Várzea Amazônica. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
COSTA, C. R. ; PIEDADE, M. T. F. ; CARVALHO, K. U. ; LOPES, A. ; QUARESMA, A. ; RESENDE, A. F. ; CREMA, L. C. ; ROCHA, M. ; ALBUQUERQUE, B. W. ; DEMARCHI, L. O. . Oficina: Coletas de vegetação e parâmetros ambientais em Áreas Úmidas florestadas. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
DEMARCHI, L. O.; PIEDADE, M. T. F. ; SCUDELLER, V. V. . As Plantas Úteis das Campinaranas da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Tupé, Manaus - AM. 2015. (Cartilha).

4.
DEMARCHI, L. O.; LEME, M. K ; Vieira, L. G. ; Maciel, V. R. . Mini-Curso Prático de Plantas Medicinais e Alimentícias Não Convencionais. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
III Congresso Brasileiro de Áreas Úmidas. Superexploração florestal: substituindo espécies da Terra-Firme pelas da Campinarana. 2016. (Congresso).

2.
X Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia.O uso de plantas por duas comunidades ribeirinhas em um ambiente frágil e pouco conhecido da Amazônia, as Campinaranas: Processo de substituição e identificação de espécies em risco. 2014. (Simpósio).

3.
Congresso Brasileiro de Agroecologia. Discutindo a agroecologia na universidade: grupo de extensão em agroecologia ?Gira-Sol?. 2011. (Congresso).

4.
X Congresso Brasileiro de Ecologia. Fitossociologia da comunidade arbustivo-arbórea em um trecho de Floresta Estacional Semidecidual Ribeirinha no município de Indaiatuba, SP.. 2011. (Congresso).

5.
Simpósio de Biologia Vegetal. 2010. (Simpósio).

6.
I Encontro sobre Biologia da Conservação de Insetos. 2009. (Encontro).

7.
Mutações e Tendências na Cultura Contemporânea Brasileira. 2009. (Outra).

8.
VI Congresso Brasileiro de Agroecologia / II Congresso Latinoamericano de Agroecologia. 2009. (Congresso).

9.
Simpósio de Biologia Vegetal. 2008. (Simpósio).

10.
IV Seminário de Etnobiologia e Etnoecologia do Sudeste. 2007. (Seminário).

11.
VIII Congresso Brasileiro de Ecologia. 2007. (Congresso).

12.
Workshop: Riscos e Impactos do Aquecimento Global. 2007. (Outra).

13.
Águas do Entorno da Refinaria de Paulinia - REPLAN. 2006. (Seminário).

14.
I Workshop de Ecotoxicologia.Contaminação de Solo e Recursos Hídrico por Chorume e seus Efeitos Tóxicos, Citotóxicos e Mutagênicos sobre os Organismos Expostos. 2006. (Outra).

15.
Simpósio de Biologia Vegetal. 2006. (Simpósio).

16.
Workshop: Prof.Dr.Aziz Nacib Ab' Sáber- Um Geógrafo a Frente de Seu Tempo. 2006. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DEMARCHI, L. O.. XX Semana de Estudos da Ecologia. 2009. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 18:43:14