Roberta Cavalcante de França

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5010672470485605
  • Última atualização do currículo em 14/08/2017


Roberta Cavalcante de França possui graduação em Jornalismo (2008); é especialista em Teoria da Comunicação e da Imagem (2013), pela Universidade Federal do Ceará (UFC); e mestra em Educação (2015), pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Udesc - Universidade do Estado de Santa Catarina, linha Comunicação, Educação e Tecnologias. Atualmente, é bolsista de extensão do Laboratório Multimeios, da Faculdade de Educação da UFC, no projeto Centros Rurais de Inclusão Digital (CRID), executado em assentamentos do Ceará. No CRID, coordena o eixo de Inclusão Digital e participa de ações envolvendo a construção de uma WebRádio e uma WebTV dos bolsistas de graduação e pós-graduação do projeto. Seus interesses de pesquisa são as práticas pedagógicas que envolvem a comunicação nos processos de leitura crítica da mídia, apropriação dos meios de comunicação e suas linguagens, bem como a produção de conteúdo, por meio de temáticas que envolvem os direitos humanos, como o direito à comunicação. Atua com os seguintes temas: educação popular, formação de professores, população do campo, tecnologias na educação, inclusão digital, direito a comunicação, juventude, direitos humanos e mídias alternativas. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Roberta Cavalcante de França
Nome em citações bibliográficas
FRANÇA, R. C.


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2015
Mestrado em Educação.
Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Título: PRÁTICAS EDUCOMUNICATIVAS COMO POSSIBILIDADES DE EXPERIÊNCIA: UM ENCONTRO COM EDUCADORES(AS) POPULARES DO CEARÁ,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Ademilde Silveira Sartori.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2012 - 2013
Especialização em Teorias da Comunicação e da Imagem. (Carga Horária: 340h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
Título: EDUCOMUNICAÇÃO PARA UMA PRÁTICA LIBERTADORA - Um estudo de caso de projetos da Fundação Casa Grande - CE.
2004 - 2008
Graduação em Jornalismo.
Faculdade Estácio do Ceará, Estácio FIC, Brasil.
Título: EDUCOMUNICAÇÃO NAS ESCOLAS: DIFICULDADES E DESAFIOS PARA UMA EDUCAÇÃO ALTERNATIVA.
Orientador: CARLA MICHELE QUARESMA.




Formação Complementar


2016
Disciplina como aluna especial - Movimentos Sociais, Educação Popular e Esc. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2016 - 2016
Facebook e Instagran Ads - Estratégia na Prática. (Carga horária: 14h).
Aprenda com o Mercado, AM, Brasil.
2015 - 2015
Aluna ouvinte - Disciplina Educomunicação. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2014 - 2014
Design na Educação: resolvendo problemas com o Design Thinking e Design fo. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2008 - 2008
Extensão universitária em Formação Política. (Carga horária: 240h).
Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.
2005 - 2006
Cinema e Vídeo. (Carga horária: 480h).
Academia de Ciências e Artes, ACARTES, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestranda, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Pesquisa de mestrado finalizada com sucesso.


Assembleia Legislativa do Ceará, AL CE, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Assessora de Comunicação_Coordenação, Carga horária: 35


Associação Encine, ENCINE, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Educadora social de comunicação, Carga horária: 5
Outras informações
O Projeto LACE (Comunicação Educativa e Cidadania nas Escolas Públicas) é uma ação desenvolvida pela Encine dentro de escolas públicas municipais e estaduais. Tem por finalidade estimular nos professores o uso criativo de novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e possibilitar aos estudantes que criem produtos de comunicação com esses recursos para o desenvolvimento dos conteúdos escolares. O LACE não é um projeto temporário para a Escola. É uma ação permanente de uso das TIC para o desenvolvimento das atividades letivas. O processo de implementação dos LACEs envolve: Diagnóstico escolar; Sensibilização dos professores e corpo gestor; Estruturação do espaço físico do LACE; Formação dos estudantes da escola; Desenvolvimento das atividades com professores e estudantes; Assessoria e Suporte Técnico e cria uma rede de laboratórios. A Rede Entrelace é uma rede de comunicação virtual que amplia as possibilidades dos processos pedagógicos e de ensino-aprendizagem de crianças, adolescentes e jovens de escolas públicas de Fortaleza e região metropolitana, através do fortalecimento da metodologia dos Laboratórios de Comunicação Escolar. Este espaço tem como finalidade possibilitar tanto o amplo acesso entre LACEs aos produtos realizados nestes, como expor para a sociedade como um todo. Promovendo sempre o intercâmbio de experiências, ideias e conhecimento. Sou educadora do mó


Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (CUCA), CUCA, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Educadora, Carga horária: 12
Outras informações
Realização de oficinas de Rádio Digital, com inscrições abertas ao público jovem da cidade de Fortaleza-Ce.


Canal Futura, CANAL FUTURA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Contrato de serviço, Enquadramento Funcional: Educadora, Carga horária: 10
Outras informações
O ?A Cor da Cultura? é um projeto social de valorização do patrimônio cultural afro-brasileiro e de reconhecimento da história e da contribuição da população negra à sociedade brasileira e pretende oferecer as bases para a sustentabilidade e autonomia na utilização dos materiais e metodologias para o fortalecimento das redes, através da formação de três mil educadores da rede pública de ensino nos estados do Amazonas, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais e Pernambuco. Para tanto, o Canal Futura credenciou sete instituições sociais (ONGs, universidades, fundações, institutos, etc.) que serão os formadores das redes de ensino utilizando o KIT A Cor da Cultura. No Ceará e no Recife, uma das instituições a trabalhar o projeto é o Instituto de Juventude Contemporânea. As áreas nortedoras do projeto são: Comunicação, Educação e africanidades. O trabalho dos/as educadores/as contribui para a formação dos/as professores/as e gestores das instituições públicas de ensino nessas áreas, através de oficinas de capacitação. Trata-se de formações e oficinas pontuais, sem uma carga horária semanal definida.


Prefeitura Municipal de Fortaleza, PMF, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2012
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Comunicação, Carga horária: 30
Outras informações
Exerço a coordenação do setor de Assessoria de Comunicação da Secretaria de Direitos Humanos de Fortaleza (SDH). Mais dois jornalistas e um designer gráfico fazem parte da equipe.


Editora Brasil Tropical, BRASIL TROPICAL, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Contrato de serviço, Enquadramento Funcional: Jornalista responsável, Carga horária: 30
Outras informações
Trabalho de redação das matérias e editorial da Revista Nuance.


Partido dos Trabalhadores do Ceará, PT-CE, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Contrato de serviço, Enquadramento Funcional: Coordenadora de comunicação, Carga horária: 30
Outras informações
Assessoria pontual de comunicação ao Partido dos Trabalhadores do estado do Ceará.


Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do Estado do Ceará, SEBRAE/CE, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Contrato de serviço, Enquadramento Funcional: Produtora e Repórter, Carga horária: 20
Outras informações
Produção do documentário Prefeito Empreendedor, edição 2008.

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Contrato de serviço, Enquadramento Funcional: Repórter, texto e produção, Carga horária: 20
Outras informações
Produção do documentário "Mulheres Empreendedoras", edições 2005 e 2007.


Instituto de Juventude Contemporânea, IJC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: estágio, Enquadramento Funcional: Assessoria de Comunicação, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Editora e reporter, Carga horária: 10
Outras informações
Trabalho com a edição de 2006 do "Radar de Notícias", um Informativo produzido por jovens a partir de oficinas de comunicação em parceria com alunos do curso de comunicação da UFC.

Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Contrato de Serviço, Enquadramento Funcional: Coordenação de Comunicação, Carga horária: 30
Outras informações
Coordenação da área de Comunicação do Festival de Juventude - Cultura, Participação e Política, em Quixadá (2006).


Consórcio Social da Juventude, CSJ, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Assessoria de Comunicação, Carga horária: 20


Sindicato dos Bancários do Ceará, SEEB-CE, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Prestador de Serviço, Enquadramento Funcional: Social Media, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Social Média, Carga horária: 30


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Coordenação de Inclusão Digital, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
O trabalho foi desenvolvido no projeto de extensão da Faculdade de Educação da UFC, chamado Centros Rurais de Inclusão Digital. Foram dois anos de projeto (2015 e 2016, estendendo por mais 6 meses em 2017) - dos quais participei de um - em assentamentos rurais do Ceará. Além do eixo de inclusão digital, coordenado por mim, existiu também: WebComunicação, Informática Educativa, EAD e Teletrabalho. O professor Hermínio Borges Neto foi o coordenador geral.



Projetos de pesquisa


2013 - 2015
Fatores associados ao nível de uso das mídias como ferramentas de ensino e aprendizagem nas escolas públicas da Colômbia e do Brasil. Caso Florianópolis e Barranquilla
Descrição: A pesquisa tem por objetivo geral estabelecer os fatores que determinam o nível do uso das mídias como ferramentas de ensino e aprendizagem nas escolas públicas dos municiípios de Barranquilla (Colômbia) e Florianópolis (Brasil) por meio do enfoque quali-quantitativo, a fim de propor ações de políticas públicas que intensifiquem o uso na prática pedagógica. A coleta de dados se dará mediante a aplicação de questionários dirigidos a docentes e alunos de escolas básicas das cidades de Florianópolis (Brasil), e Barranquilha (Colômbia). Os dados coletados ajudarão a compor um panorama geral da inserção das mídias nas escolas básicas dos países envolvidos, bem como o levantamento do nível de uso das mídias, o que possibilitará identificar como são inseridas nas práticas pedagógicas. Como resultado, espera-se estabelecer o perfil da utilização das mídias nas escolas públicas envolvidas no projeto, traçar um panorama das políticas públicas no que diz respeito ao uso das mídias nas escolas públicas nos dois países e elaborar um conjunto de critérios que definam uma prática pedagógica educomunicativa. A área da Educomunicação é emergente e a compreensão do que seja uma prática pedagógica educomunicativa, como construir ecossistemas comunicativos na sala de aula, implica em avanços conceituais, o que demonstra o caráter inovador dessa pesquisa. A equipe é formada por pesquisadores do Brasil, da Colômbia, da Argentina, da Espanha e de Portugal. Além de doutores, compõem a equipe estudantes de graduação da FAEd mestrandos e doutorandos do PPGE e pesquisadores externos à instituição, como participantes voluntários. O projeto já possui financiamento mediante Edital CAPES/COLCIENCIAS..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Roberta Cavalcante de França - Integrante / Ademilde Silveira Sartori - Coordenador / Sonia Maria Martins de Melo - Integrante / Edemilson Gomes de Souza - Integrante / Kamila Regina de Souza - Integrante / Solange Goulart de Souza - Integrante / Raquel R. Z. Shoninger - Integrante / Patrícia Justo Moreira - Integrante / Fernanda de Sales - Integrante / Elias Said Hung - Integrante / Ana Maria Hoepers Preve - Integrante / Beatriz Garcia Nunes - Integrante.
2013 - 2015
Desenvolvimento e produção de videoaulas de educação sexual emancipatória como subsidio em processos de formação de profissionais da educação.
Descrição: A decisão acerca de uma questão específica para ser foco de uma pesquisa depende essencialmente dos interesses práticos de pesquisadores e de seu envolvimento em seus contextos históricos e sociais. Nesta direção o presente projeto de pesquisa reflete o momento atual da caminhada de quase 30 anos de estudos do Grupo de Pesquisa Formação de Educadores e Educação Sexual CNPq/UDESC Grupo EDUSEX, atuando integradamente com pesquisa, ensino e extensão em processos de formação de professores, em suas interfaces com uma educação sexual pautada em um paradigma emancipatório. A categoria educação sexual emancipatória que norteia os objetivos do grupo é compreendida como estimuladora da formação de uma capacidade crítica e reflexiva do ser humano, sempre sexuado, sobre si e sobre o outro, no mundo. Ela busca auxiliar na conscientização sobre a existência plena, sexuada, sobre sermos seres num mundo que é produto da história e da cultura, produzidas pelas pessoas nas relações sociais que estabelecem entre si e no embate com a natureza, expressando-se nas relações de produção da vida material e simbólica, sempre sexuadas, na qual estão também presentes lutas de poder e dominação. Esses processos de educação sexual, potencialmente repressores ou emancipatórios, estão hoje potencializados pelo uso intencional e crítico de várias ferramentas midiáticas. Muitas pesquisas têm sido feitas sobre esta temática, mas apesar da existência hoje de várias ferramentas midiáticas disponíveis, os resultados das produções de grupos de pesquisa brasileiros e portugueses não tem chegado com a rapidez necessária para subsidiar subsídios aos processos formativos regulares e continuados de formação de professores e professoras. A partir da constatação dessa lacuna é que a pesquisa proposta visa como seu objetivo geral, contribuir com a democratização dos resultados de produções contemporâneas de grupos de pesquisa sobre educação sexual emancipatórias, pelo desenvolvimento e produção de uma série de. videoaulas denominada EDUSEXCOMUNICA, facilitando o acesso desse material em processos regulares e continuados de formação de profissionais de educação no Brasil e em Portugal. Especificamente realizará revisão teórica sobre as interfaces entre as categorias formação de educadores, educação sexual, professor reflexivo, tecnologias,videoaulas e práticas educomunicativas, bem como levantamento de pesquisas contemporâneas sobre educação sexual produzidas por grupos de pesquisa na área no Brasil e em Portugal;analisará resumos coletados desvelando palavras-chave relacionadas às categorias da Declaração de Direitos Sexuais como Direitos Humanos/WAS;selecionará amostra intencional dentre as pesquisas coletadas, realizando a leitura e o debate coletivo pelo grupo dos trabalhos escolhidos;realizará o desenvolvimento coletivo dos roteiros das videoaulas em Ambiente Virtual de Aprendizagem MOODLE desenvolvido para este fim, com a participação de cada pesquisador convidado por ser autor de pesquisa selecionada;realizar a produção das videoaulas gravando-as em DVD, iniciando série de videoaulas denominada EDUSEXCOMUNICA, a ser distribuída para os sistemas formais e informais de formação de profissionais de educação.Pesquisa será realizada com apoio do método dialético, expresso na metodologia da pesquisa-ação,Técnicas de pesquisa bibliográfica e documental serão utilizadas. ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Roberta Cavalcante de França - Coordenador / Ademilde Silveira Sartori - Integrante / Sonia Maria Martins de Melo - Integrante / Elizane de Andrade - Integrante / Raquel da Veiga Pacheco - Integrante / Cristina M. Varela - Integrante / Yalin Brizola Yared - Integrante / Deisi Cord - Integrante / Camila Detoni Sá de Figueiredo - Integrante / Laura Pra Baldi da Silveira de Freitas - Integrante / Kamyla Regina de Souza - Integrante / Marcia de Freitas - Integrante / Mellany Gobbi Mattos - Integrante / Edemilson Gomes de Souza - Integrante.


Membro de corpo editorial


2007 - 2007
Periódico: Jornal Pauta Jovem


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.
4.
Grande área: Outros / Área: Defesa / Subárea: Direitos Humanos.


Idiomas


Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FRANÇA, R. C.2010 FRANÇA, R. C.. Educomunicação para uma prática libertadora: dentro e fora da sala de aula. Temática (João Pessoa. Online), v. 10, p. 10, 2010.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori . Educomunicação: reflexões e práticas pedagógicas. Revista Educação e Reflexão, Maracanaú - Ce, 01 out. 2013.

Apresentações de Trabalho
1.
FRANÇA, R. C.. O Perfil do Profissional Educomunicador. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
FRANÇA, R. C.. Mídia e Racismo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
FRANÇA, R. C.. O que é Educomunicação?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori . Práticas educomunicativas nas oficinas de educadores populares do Ceará: um estudo de caso sobre metodologias. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
FRANÇA, R. C.; FUKUDA, Marco ; SANTOS, Ítalo ; CAVALCANTE, Andrea ; SILVA, Cátia . Fundação Casa Grande: o papel da rádio educomunicativa produzida por crianças e jovens no desenvolvimento social do sertão cearense. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori . DIREITO À COMUNICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO SOBRE AS PRÁTICAS EDUCOMUNICATIVAS DO PROJETO CEARENSE ENTRELACE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori . Laboratórios de comunicação escolar: uma nova forma de intervenção escolar por meio da educomunicação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
FRANÇA, R. C.. A Rede Entrelace de comunicação escolar. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
FRANÇA, R. C.. Gênero, Orientação Sexual, Direitos Humanos na Mídia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Demais tipos de produção técnica
1.
FRANÇA, R. C.. Educomunicação - Comunicação para a cidadania. 2017. .

2.
FRANÇA, R. C.. As experiências narrativas a partir da utilização de vídeos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
FRANÇA, R. C.. Educomunicação, participação e juventude. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
FRANÇA, R. C.. Web Rádio. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
FRANÇA, R. C.. Programa Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
FRANÇA, R. C.. Web Rádio. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
FRANÇA, R. C.. Linguagem e técnicas participativas de produção da comunicação radiofônica. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
FRANÇA, R. C.. Programação de Rádio Digital. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
FRANÇA, R. C.. Revista Militante. 2009. (Revista).

10.
FRANÇA, R. C.. Retratos da Fortaleza Jovem. 2007. (Pesquisa).

11.
FRANÇA, R. C.. foto. 2006. (Fotografia).

12.
FRANÇA, R. C.. Radar de Notícias. 2006. (Informativo Impresso).



Bancas




Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
FRANÇA, R. C.; RODRIGUES., R. H.. Banca de qualificação dos Projetos Sociais do E-Jovem. 2010. Secretaria da Educação do estado do Ceará.

2.
FRANÇA, R. C.; SILVA, Leandro Maciel. Banca de qualificação dos Projetos Sociais do E-Jovem. 2009. Secretaria da Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Curso Educomunicação - Comunicação para a Cidadania.O que é Educomunicação?. 2017. (Outra).

2.
II Congresso sobre Tecnologias na Educação (Ctrl+E 2017). 2017. (Congresso).

3.
II Congresso sobre Tecnologias na Educação (CTRL+E 2017). Minicurso WebRádio: 1, 2, 3? gravando, editando e compartilhando!. 2017. (Congresso).

4.
Semana Paulo Freire. 2017. (Seminário).

5.
II Media Weekend. 2016. (Outra).

6.
Oficina Criatividade para mentes Vulcanas. 2016. (Outra).

7.
Oficina Design Computacional para inclusão Estelar. 2016. (Oficina).

8.
Oficina O Segredo das Interações Sedutoras Vulcanas. 2016. (Oficina).

9.
Palestra: Técnicas Romulanas de Audiovisual para Internet. 2016. (Outra).

10.
Palestra Interfaces Tangíveis de Expansão Espacial. 2016. (Outra).

11.
XXII Semana de Comunicação UFC.O que é Educomunicação?. 2016. (Encontro).

12.
A arte de ler, escrever e pensar na Academia - Jorge Larrosa. 2015. (Outra).

13.
VI Encontro Brasileiro de Educomunicação e III Educomsul.Fundação Casa Grande: o papel da rádio educomunicativa produzida por crianças e jovens no desenvolvimento social do sertão cearense. 2015. (Encontro).

14.
VI Encontro Brasileiro de Educomunicação III Educomsul Diversidade e educomunicação: tecendo saberes e integrando práticas.Práticas educomunicativas nas oficinas de educadores populares do Ceará: um estudo de caso sobre metodologias. 2015. (Encontro).

15.
III Colóquio Ibero-Americano e IV Catarinense de Educomunicação.Laboratórios de comunicação escolar: uma nova forma de intervenção escolar por meio da educomunicação. 2014. (Outra).

16.
III Colóquio Ibero-Americano e IV Catarinense de Educomunicação.Apresentação de trabalhos. 2014. (Outra).

17.
Minicurso: Design na Educação: resolvendo problemas com o Design Thinking e Design for Change. 2014. (Outra).

18.
Seminário Anhembi Morumbi Comunicação e Educação.Direito à comunicação: um estudo de caso das práticas educomunicativas do projeto Entrelace.. 2014. (Seminário).

19.
II Seminário Aulas Conectadas: Inovação Curricular e Aprendizagem Colaborativa no Ensino Básico.A Rede Entrelace de comunicadores escolares. 2013. (Seminário).

20.
I Festival das Juventudes de Fortaleza - América Latina e as lutas juvenis.Comunicadora popular. 2010. (Outra).

21.
I Seminário Comunicação, Cultura e Cidadania. 2010. (Seminário).

22.
Seminário Jornal Escolar na Era da Comunicação - Educomunicação, Letramento e Formação Cidadã. 2009. (Seminário).

23.
Fórum Social Nordestino. 2007. (Outra).

24.
SEMACOM. 2004. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori ; SOUZA, K. R. ; SHONINGER, R. R. Z. ; SOUZA, E. G. ; MOREIRA, P. J. ; SALES, F. . III Colóquio Ibero-Americano e IV Catarinense de Educomunicação. 2014. (Outro).

2.
FRANÇA, R. C.. X ANPED Sul - Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul/Reunião Científica Regional da ANPED. 2014. (Congresso).

3.
FRANÇA, R. C.. Festival da Juventude - Cultura e Participação Política. 2006. (Festival).



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori . Educomunicação: reflexões e práticas pedagógicas. Revista Educação e Reflexão, Maracanaú - Ce, 01 out. 2013.


Apresentações de Trabalho
1.
FRANÇA, R. C.. A Rede Entrelace de comunicação escolar. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori . DIREITO À COMUNICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO SOBRE AS PRÁTICAS EDUCOMUNICATIVAS DO PROJETO CEARENSE ENTRELACE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori . Laboratórios de comunicação escolar: uma nova forma de intervenção escolar por meio da educomunicação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
FRANÇA, R. C.; Ademilde Silveira Sartori . Práticas educomunicativas nas oficinas de educadores populares do Ceará: um estudo de caso sobre metodologias. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
FRANÇA, R. C.; FUKUDA, Marco ; SANTOS, Ítalo ; CAVALCANTE, Andrea ; SILVA, Cátia . Fundação Casa Grande: o papel da rádio educomunicativa produzida por crianças e jovens no desenvolvimento social do sertão cearense. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
FRANÇA, R. C.. O que é Educomunicação?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
FRANÇA, R. C.. O Perfil do Profissional Educomunicador. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
FRANÇA, R. C.. As experiências narrativas a partir da utilização de vídeos. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
FRANÇA, R. C.. Educomunicação - Comunicação para a cidadania. 2017. .




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/01/2019 às 20:29:54