Pedro Tyaquiçã da Silva Santos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4388204367134405
  • Última atualização do currículo em 26/11/2018


Formado em Ciências Ambientais (2008), Mestre em Engenharia Civil (2011) e Doutor em Oceanografia Física (2017) pela Universidade Federal de Pernambuco. Possui experiência em modelagem computacional, processamento e análise de dados ambientais. Atualmente atua na área de oceanografia, com ênfase em oceanografia física, sensoriamento remoto dos oceanos e clima. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Pedro Tyaquiçã da Silva Santos
Nome em citações bibliográficas
TYAQUIÇÃ, P.;SANTOS, P.T.S;Tyaquiçã, Pedro

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Tecnologia, Departamento de Oceanografia.
Avenida da Arquitetura S/N
Cidade Universitária
50740550 - Recife, PE - Brasil
Telefone: (081) 21268225


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em Oceanografia.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: INFLUENCE OF REMOTE PROCESSES ON A SPACE-TIME VARIABILITY OF THE AMAZON RIVER PLUME, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Moacyr Cunha de Araujo Filho.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Amazon River plume; Physical-biogeochemical interaction; Climate Teleconnections.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geofísica / Especialidade: Sensoriamento Remoto.
2009 - 2011
Mestrado em Engenharia Civil.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: BALANÇO HÍDRICO EM TETO COM COBERTURA VEGETAL NO SEMIÁRIDO PERNAMBUCANO,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Sylvana Melo dos Santos.
Coorientador: Suzana Maria Gico Lima Montenegro.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEPE, Brasil.
Palavras-chave: Semiárido; Telhados verdes; Balanço Hídrico.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Instrumentação Meteorológica.
2004 - 2008
Graduação em Ciencias Ambientais.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Título: Sistema de gestão ambiental - SGA, através da certificação ISO 14001/2004 - Estudo de caso na construtora Moura Dubeux Engenharia S.A.
Orientador: Emerson Araújo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física / Especialidade: Variáveis Físicas da Água do Mar.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física / Especialidade: Interação do Oceano com a Atmosfera.


Formação Complementar


2017 - 2017
Tropical Atlantic Ocean View and Data Analysis. (Carga horária: 20h).
Mercator Océan, GIP - Mercator, França.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20


Centro de Estudos e Ensaios em Risco e Modelagem Ambiental, CEERMA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2017
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador



Projetos de pesquisa


2015 - 2017
HPC4E - High Performance Computing for Energy
Descrição: The HPC4E project aims to apply the new exascale HPC techniques to energy industry simulations, customizing them, and going beyond the state-of-the-art in the required HPC exascale simulations for different energy sources: wind energy production and design, efficient combustion systems for biomass-derived fuels (biogas), and exploration geophysics for hydrocarbon reservoirs..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
ProdPluma - Modelo Regional de Produtividade Primária da Pluma do Amazonas
Descrição: Este projeto propõe o desenvolvimento de um modelo regional para a área da Pluma do Amazonas, visando identificar a variabilidade da concentração da biomassa fitoplanctônica e produção primária sob os efeitos das propriedades abióticas (ex: temperatura, radiação solar, salinidade) presentes e suas implicações ecológicas no ecossistema aquático da região. O desenvolvimento de um modelo semi-analítico, de fotossíntese-luz é baseado em Trevor Platt et al. (1988, 1990), o qual implica no cálculo da produção primária com base no sistema de equações com coeficientes e argumentos medidos por sensoriamento remoto e in situ. Este estudo utiliza a combinação de séries de dados bióticos, biogeoquímicos e abióticos originados por satélites, campanhas oceanográficas e dados analíticos experimentais, realizados nos âmbitos do Projeto INCTAmbTropic e Programa REVIZEE..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
DICAM - Estudos sobre o ciclo do Carbono Inorgânico Dissolvido em áreas costeiras do nordeste e norte do Brasil e sua relação com os processos de acidificação marinha
Descrição: O aumento de CO2 atmosférico leva ao aumento de CO2 nos oceanos e subsequente acidificação do meio marinho. O desequilíbrio resultante do sistema tampão da água do mar, com aumento de ácido carbônico, leva a diminuição de carbonatos na água (como por ex. aragonita) e nas taxas de calcificação em animais com esqueletos calcários. O equilíbrio entre os diversos componentes do sistema CO2 marinho vem sendo fortemente influenciada, globalmente pelo aumento das emissões de CO2 e localmente, pelo aumento dos efluentes ricos em matéria orgânica. Existe estreita relação entre mudanças no clima global e química atmosférica, com as condições oceânicas, destacando a importância do papel dos oceanos no sistema climático da terra. Diversos estudos sobre a distribuição dos componentes do sistema carbonato vêm sendo realizados, principalmente nas regiões subtropicais e temperadas, e muito pouco nas regiões tropicais. A compreensão dos fatores que influenciam no equilíbrio do sistema carbonato apresentam dois temas importantes: como distinguir entre as modificações antrópicas e a variabilidade natural nos ciclos biogeoquímicas e climáticos e como estas modificações poderão alterar o desenvolvimento de algumas espécies de organismos calcários e não-calcários. O objetivo da presente proposta é realizar um estudo sobre a distribuição espacial e sazonal do Carbono Inorgânico Dissolvido (CID) em duas áreas costeiras com diferentes níveis de ocupação antrópica, uma no nordeste do Brasil, na área metropolitana do Recife-PE, outra no norte do Brasil (município de Bragança-PA), sendo utilizados os locais do Atol das Rocas e Arquipélago de Fernando de Noronha-(AFN-PE), como pontos controle. Além de incrementar a capacidade analítica dos grupos de pesquisa envolvidos e formar recursos humanos altamente qualificados. Esta proposta visa ainda implementar uma metodologia analítica, inédita nacionalmente..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
PIRATA - Prediction Research Moored Array in the Tropical Atlantic
Descrição: Iniciativa de cooperação multinacional entre o Brasil, França e Estados Unidos, trata-se de uma rede de observação meteo-oceanográfica composta por bóias fundeadas planejadas para monitorar uma série de variáveis dos processos de interação oceano-atmosfera no oceano Atlântico Tropical. Estes três países dividem as tarefas de implementação e manutenção da rede. Em sua fase já operacional, a rede PIRATA coleta e armazena dados internamente em intervalos de 10 min., com transmissão diária para o sistema de satélites Argos e Global Transit System (GTS). Os dados de alta resolução de 10 min armazenados internamente são recuperados durante a operação de manutenção anual das boias, partilhada em os países membros. As boias utilizadas na rede PIRATA são do tipo Autonomous Temperature Line Acquisition System (ATLAS)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2017
PILOTE - Pôle d Interaction pour une meilleure Lisibilité des études communes en Océanographie Tropicale atlantique
Descrição: A principal intenção em se propor este Projeto multidisciplinar e multi-agência Projeto PILOTE - é reunir cientistas do Norte e Nordeste do Brasil (UFPE, UFBA, FUNCEME, UFC, UFMA, UFPA, entre outras), envolvidos em vários programas/projetos nacionais e bi-nacionais de colaboração com parceiros franceses do IRD, já existentes (ou em fase de submissão), voltados para o Atlântico tropical. Esses vários programas (PIRATA, MUSCAT, INCT-AmbTropic, ARQ_Model II, CLIMAZ e BIOAMAZON), brevemente descritos a seguir, destinam-se a compreender melhor a variabilidade climática no Atlântico tropical (nas escalas de intra-sazonal a escala multi-decadal) e alguns aspectos da resposta ambiental à grande variabilidade espacial-temporal das características oceanográficas ao longo da costa brasileira. Pretende-se, através do Projeto PILOTE: (i) facilitar a cooperação Brasil-França em temáticas semelhantes ou complementares e torná-la mais visível para a comunidade científica dos dois países; (ii) definir ações prioritárias comuns e de interesse aos diferentes programas já existentes (ou em fase de submissão), que podem ser realizadas durante os próximos 4 anos; e (iii) incentivar colaborações com pesquisadores e/ou estudantes da África Oeste (fortalecimento da relação Sul-Sul), região do Atlântico tropical com muitas questões e interesses científicos idênticos aos abordados nos programas de pesquisa envolvendo o Norte e Nordeste do Brasil (clima, ambiente marinho, a erosão costeira, etc.)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2016
INCT AmbTrop - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Ambientes Marinhos Tropicais
Descrição: As regiões Norte e Nordeste do Brasil, devido às suas características, apresentam uma oportunidade única para se avaliar de que maneira a heterogeneidade espacial e temporal dos ambientes marinhos tropicais influencia os padrões de resposta destes ambientes e sua resiliência às mudanças climáticas que afetarão a região neste século. Nesta região, compreendida entre os estados do Espírito Santo e Amapá, encontram-se as principais construções recifais do oceano Atlântico Sul Ocidental, os principais deltas brasileiros, uma das áreas mais extensas de manguezais do mundo, uma plataforma continental que varia da mais estreita a mais larga do Brasil, as principais ilhas e montes submarinos, variações extremas nos fluxos de sedimentos e nutrientes, além da sua importância inegável na transferência de calor e massa interhemisférica. Em sua concepção, o INCT AmbTropic está estruturado em 3 Pacotes de Trabalho que contemplam as três escalas espaciais principais de investigação. Cada um destes Pacotes de Trabalho se desdobram em Grupos de Trabalho (GT) que investigarão aspectos específicos dentro de cada uma destas escalas espaciais. A escolha dos temas dos Grupos de Trabalho e suas áreas específicas de investigação foram balizadas pelos seguintes principios: (i) contemplar a heterogeneidade espacial e temporal nas suas três escalas principais de investigação, privilegiando gradientes fisico-quimicos e dinâmicos (ondas, marés, CO2, circulação, etc.) e ambientes marinhos intrinsecamente associados à região tropical do Brasil, tais como recifes de corais, manguezais, recursos vivos, ilhas oceânicas, processos oceânicos etc., (ii) construir sobre a experiência dos grupos de pesquisa locais, (iii) concentrar os esforços dos GTs em areas geográficas comuns, não só para minimizar custos, como também estimular a sinergia entre os GTs, e (iv) avaliação de recursos naturais (vivos e não vivos) específicos da região..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2015
Modeling the light field in the waters of Equatorial Atlantic under the effects of the Amazon River discharge: implication to biogeochemical processes and primary production
Descrição: The Amazon discharge contributes approximately 30% of the riverine discharge to the Atlantic Ocean, thus representing the largest single source of freshwater to the Atlantic. It forms a highly stratified plume that reaches about 3,000 km into the Atlantic, with an area of approximately 1- 2 million km2 that varies mostly according to the river discharge. The Amazon River discharge represents a mixing of waters from the different tributaries, and as a result it provides a large input of inorganic matter, dissolved organic matter, particulate organic matter and nutrients into the Atlantic. These inputs define distinct temporal and spatial characteristics of the biogeochemical processes, which together reveal a net CO2 sink region compared with the general Tropical Atlantic (CO2 source). This net sink is related with the high productivity in the area, which is a function of high nutrient inputs and recycling. However, the high inorganic sediment and dissolved organic matter discharge prevents productivity in different stretches of the plume. This indicates that there is a balance between nutrient and light limitation, either due to inorganic sediment or dissolved organic matter turbidity, which attenuate light differently. These are important information for initiation and validation of biogeochemical models. The general goal of this project is to define over time the horizontal and vertical structure of the light field and biogeochemical variables, and consequent light constraints for primary production in the waters of the Equatorial Atlantic under the effects of the Amazon River discharge. This goal will be accomplished through a combination of unique in situ bio-optical data acquisition and derived proxies, radiative transfer modeling, temporal series of biochemical variables derived from ocean colour MODIS satellite imagery, and biogeochemical modeling (ROMS/PISCES) already being used by the UFPE research group (Dr. Araujo)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: Ocean and Coastal Management
2018 - 2018
Periódico: TROPICAL OCEANOGRAPHY (ONLINE)
2017 - 2017
Periódico: Scientific Reports


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física/Especialidade: Variáveis Físicas da Água do Mar.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física/Especialidade: Interação do Oceano com a Atmosfera.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Sensoriamento Remoto dos Oceanos.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química/Especialidade: Interações Químico-Biológicas/Geológicas das Substâncias Químicas da Água do Mar.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:5
Total de citações:0
Fator H:0
Tyaquiçã, Pedro PT  Data: 20/08/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
2SILVA, THIAGO LUIZ DO VALE2018 SILVA, THIAGO LUIZ DO VALE ; Veleda, Doris ; ARAUJO, MOACYR ; Tyaquiçã, Pedro . Ocean-atmosphere feedback during extreme rainfall events in eastern Northeast Brazil. Journal of Applied Meteorology and Climatology (Online), v. 3, p. 1, 2018.

2.
1Tyaquiçã, Pedro2017 Tyaquiçã, Pedro; Veleda, Doris ; LEFÈVRE, NATHALIE ; ARAUJO, MOACYR ; NORIEGA, CARLOS ; CANIAUX, GUY ; SERVAIN, JACQUES ; SILVA, THIAGO . Amazon Plume Salinity Response to Ocean Teleconnections. FRONTIERS IN MARINE SCIENCE, v. 4, p. 1-14, 2017.

3.
3Veleda, Doris2015Veleda, Doris ; MONTAGNE, R. ; ARAUJO, M. ; PEREIRA, G. ; Tyaquiçã, Pedro ; NORIEGA, C. E. D. ; LACERDA, F. . Tropical Atlantic variability impacts on the Sub-middle São Francisco Valley, a Brazilian wine-producing area. Global Journal of Agricultural Research and Reviews, v. 3, p. 133-145, 2015.

4.
5SANTOS, P.T.S2013SANTOS, P.T.S; Santos, S. M. ; MONTENEGRO, S. M. G. L. ; COUTINHO, A. P. ; MOURA, G. S. S. ; ANTONINO, A. C. D. . Telhado verde: desempenho do sistema construtivo na redução do escoamento superficial. Ambiente Construído (Online), v. 13, p. 161-174, 2013.

5.
4LEITE, F. S.2012LEITE, F. S. ; ARAUJO, M. ; SILVA, M. A. ; SILVA, R. A. ; TYAQUIÇÃ, P. ; DROGUETT, E. L. . Field study of a simulated subsurface gas blowout in tropical and shallow water along the brazilian coast. Tropical Oceanography (Online), v. 40, p. 243-264, 2012.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Moura, A. S. S. ; MONTENEGRO, S. M. G. L. ; Montenegro. A. A. A. ; Oliveira, L. M. M. ; MOURA, G. S. S. ; TYAQUIÇÃ, P. ; Almeida. A. M. P. . Avaliação da precipitação interna em diferentes períodos na bacia do rio Tapacurá. In: XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2011, Maceió. Avaliação da precipitação interna em diferentes períodos na bacia do rio Tapacurá, 2011.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Tyaquiçã, Pedro; Veleda, Doris ; NORIEGA, C. E. D. ; ARAUJO, M. ; Costa, M. . Space-time variability of biogeochemical properties at the Amazon River plume inferred by ocean-color data.. In: TAV/PIRATA Workshop, 2013, Veneza. TAV/PIRATA Workshop, 2013.

2.
SILVA, M. A. ; LEITE, F. S. ; Tyaquiçã, Pedro ; LEFREVE, N. ; ARAUJO, M. . Sensibilidade do modelo acoplado físico-biogeoquímico ROMS/PISCES ao Atlântico tropical. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012, Rio de Janeiro. Anais do Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2012. v. 1. p. 1-1.

3.
TYAQUIÇÃ, P.; COUTINHO, A. P. ; MOURA, G. S. S. ; MONTENEGRO, S. M. G. L. ; ANTONINO, A. C. D. ; Santos, S. M. . Simulação da dinâmica da água no solo em telhados de cobertura vegetal na cidade de Caruaru - PE utilizando o Hydrus 1D.. In: XIV Congresso Mundial da Água, 2011, Ipojuca. Simulação da dinâmica da água no solo em telhados de cobertura vegetal na cidade de Caruaru - PE utilizando o Hydrus 1D., 2011.

4.
MOURA, G. S. S. ; MONTENEGRO, S. M. G. L. ; Neto, A. R. ; COUTINHO, A. P. ; Moura, A. S. S. ; TYAQUIÇÃ, P. . Estimativa da vazão e mapeamento multitemporal do uso do solo na bacia do rio Ipanema, nordeste do Brasil. In: XIV Congresso Mundial da Água, 2011, Ipojuca. Estimativa da vazão e mapeamento multitemporal do uso do solo na bacia do rio Ipanema, nordeste do Brasil, 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
TYAQUIÇÃ, P.; LEFEVRE, N. ; SILVA, THIAGO ; SERVAIN, JACQUES ; ARAUJO, M. ; CANIAUX, G. . Amazon Plume Salinity Response to Ocean Teleconnections. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
Veleda, Doris ; LEFREVE, N. ; Tyaquiçã, Pedro ; ARAUJO, M. . Ocean CO2 uptake at the Amazon River plume in El Niño Modoki years. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
Tyaquiçã, Pedro; Veleda, Doris ; ARAUJO, M. . Chlorophyll concentration variability in Amazon plume during ENSO phases. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
ARAUJO, J. M. ; Veleda, Doris ; Tyaquiçã, Pedro ; ARAUJO, M. . Fluxos turbulentos da interface oceano-atmosfera da Pluma do Rio Amazonas. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
TYAQUIÇÃ, P.; VELEDA, D. R. A. ; NORIEGA, C. E. D. ; ARAUJO, M. ; Costa, M. . Space-time variability of biogeochemical properties at the Amazon River plume inferred by ocean-color data. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
Tyaquiçã, Pedro. Oceanografia Física. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

2.
TYAQUIÇÃ, P.. Oceanografia por Satélites. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
TYAQUIÇÃ, P.. Oceanografia Física. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

4.
TYAQUIÇÃ, P.. Oceanografia por Satélites. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Teses de doutorado
1.
LIMONGI, C.; HOUNSOU-GBO, G. A.; ALVES, R. C. M.; FILHO., W. L. F. C.; SANTOS, P.T.S. Participação em banca de Thiago Luiz do Vale Silva. Ocean-atmosphere processes and easterly waves in the generation and development of extreme events in the Eastern Northeast of Brazil. 2018. Tese (Doutorado em Oceanografia) - Universidade Federal de Pernambuco.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
LIMONGI, C.; Veleda, Doris; SILVA, THIAGO LUIZ DO VALE; Tyaquiçã, Pedro. Participação em banca de Léo Costa Aroucha.Variabilidade espaço-temporal dos vórtices da corrente Norte do Brasil: Observações para o peŕiodo de 1993 a 2007. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
Oliveira, A. H. S.; SANTOS, P.T.S; COUTINHO, A. P.. Participação em banca de Adaljunio de Alencar Severo.Estágio Curricular Obrigatório. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pernambuco.

3.
Oliveira, A. H. S.; SANTOS, P.T.S; COUTINHO, A. P.. Participação em banca de Breno Cavalcanti dos Santos.Estágio Curricular Obrigatório. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pernambuco.

4.
Oliveira, A. H. S.; SANTOS, P.T.S; COUTINHO, A. P.. Participação em banca de Frederico Augusto Barreto de Araújo.Estágio Curricular Obrigatório. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pernambuco.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. SEA-AIR THERMODYNAMIC ANALYSIS OF A RAINFALL EXTREME EVENT IN THE EAST NORTHEASTERN OF BRAZIL. 2016. (Congresso).

2.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. ENSO INFLUENCE ON CO2 VARIABILITY AT THE AMAZON RIVER PLUME. 2016. (Congresso).

3.
TAV - PIRATA 19 - OceanSITES - Brazil-EU Dialogues in Marine Research. Chlorophyll concentration variability in Amazon plume during ENSO phases. 2014. (Congresso).

4.
TAV - PIRATA 2013. Physical-Biogeochemical Interaction. 2013. (Congresso).

5.
Tropical Oceans: Challenges for the 21st Century - Seminar. 2012. (Seminário).

6.
III workshop internacional sobre ataques de tubaroes e I encontro de biologia de eslamobranquios.. 2005. (Encontro).

7.
I semana de residuos solidos: da origem ao destino. 2005. (Seminário).

8.
II semana de biologia animal. 2004. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Veleda, Doris ; ARAUJO, M. ; Tyaquiçã, Pedro . IV Seminar of Bilateral Cooperation DOCEAN/Recife - GEOMAR/Kiel. 2015. (Congresso).

2.
ARAUJO, M. ; VELEDA, D. R. A. ; Tyaquiçã, Pedro . TAV - PIRATA 19 - OceanSITES - Brazil-EU Dialogues in Marine Research. 2014. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
ISABELLE MARIA VILELA DE OLIVEIRA. Detecção e análise dos modos acoplados de variabilidade entre as correntes superficiais e clorofila-a no Atlântico Tropical. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Oceanografia) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
FRANCIS LOPES. Impactos do Oceano Atlântico Tropical oeste nos extremos de chuva e enchentes em Pernambuco. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco. (Orientador).

2.
CRISTIELEN ALVES PEREIRA. Elaboração de algorítimo regional para estimar a produção primária da biomassa fitoplanctônica no Atlântico Tropical oeste. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal de Pernambuco. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
RONALDO PAULO MONTEIRO. Medidas de saturação de O2 em um cruzeiro oceanográfico ao longo da pluma do Rio Amazonas. 2016. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Oceanografia) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Pedro Tyaquiçã da Silva Santos.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
LÉO AROUCHA. Análise da estrutura e ocorrência dos vórtices de núcleo quente da Corrente do Norte do Brasil. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Pedro Tyaquiçã da Silva Santos.

2.
MARIANE DE ARAÚJO SILVA. Caracterização da estrutura termohalina em torno das ilhas oceânicas de Fernando de Noronha e Atol das Rocas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal de Pernambuco. Orientador: Pedro Tyaquiçã da Silva Santos.



Educação e Popularização de C & T



Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Veleda, Doris ; ARAUJO, M. ; Tyaquiçã, Pedro . IV Seminar of Bilateral Cooperation DOCEAN/Recife - GEOMAR/Kiel. 2015. (Congresso).

2.
ARAUJO, M. ; VELEDA, D. R. A. ; Tyaquiçã, Pedro . TAV - PIRATA 19 - OceanSITES - Brazil-EU Dialogues in Marine Research. 2014. (Congresso).



Outras informações relevantes


Integrou o grupo de pesquisa no cruzeiro oceanográfico M119 do navio FS METEOR (Universität Hamburg), organizado pelo GEOMAR - Helmholtz Centre for Ocean Research Kiel, no âmbito dos projetos SFB 754/RACE/BMBF (Climate - Biogeochemistry Interactions in the Tropical Ocean) e AWA (German-French-African Cooperative Project).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 18:31:17