Milena Bastos Brito

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3846579365432979
  • Última atualização do currículo em 11/02/2019


Professora Adjunta da Disciplina de Ginecologia e Obstetrícia na Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Na mesma instituição é Professora Permanente dos Programas de Pós Graduação Stritu Sensu - Mestrado em Tecnologias em Saúde e Medicina e Saúde Humana, atuando na linha de pesquisa de Saúde da Mulher e Tecnologias Aplicadas à Saúde, com ênfase em contracepção/planejamento reprodutivo. Professora Assistente do Departamento de Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana da Faculdade de Medicina da Bahia - Universidade Federal da Bahia (FMB-UFBA). Membro do Programa jovens lideranças médicas da Academia Nacional de Medicina, desde 2015. Membro da Comissão Nacional de Anticoncepção da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetricia (FEBRASGO), desde setembro de 2016. Consultora da Secretaria Municipal de Salvador e da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia sobre planejamento reprodutivo. Fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia pela UFBA, com especialização posterior em Ginecologia Endócrina e Reprodução Humana na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Obteve Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO em 2006. É mestre e doutora pelo Departamento de Ginecologia e Obstetricia da FMRP-USP. Tem experiência na área de Ginecologia e Obstetrícia, com ênfase em Contracepção, Reprodução Humana, Ginecologia Endócrina. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Milena Bastos Brito
Nome em citações bibliográficas
BRITO, MB;Brito, Milena B.;BRITO, MILENA BASTOS;MILENA BASTOS BRITO,;MILENA BASTOS BRITO, THEMÍSTOCLES SOARES DE MAGALHAES;Pereira Neto, Agnaldo Viana;BRITO, MILENA;B BRITO, MILENA;BASTOS BRITO, MILENA;BASTOS, MILENA

Endereço


Endereço Profissional
Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Coordenadoria Geral, Secretaria.
Av Dom João VI, 275
Brotas
40285000 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 21011930


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2012
Doutorado em Ciências Médicas.
Faculdade de Medicna de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo, FMRP-USP, Brasil.
Título: Efeito do implante liberador de etonogestrel sobre o sistema hemostático durante o puerpério de mulheres sadias, Ano de obtenção: 2012.
Orientador: Carolina Sales Vieira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: contracepção; hemostasia; implante subdermico; puerperio; etonogestrel.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil.
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.
Setores de atividade: Saúde e Serviços Sociais.
2007 - 2009
Mestrado em Tocoginecologia.
Hospital das Clínicas Faculdade Medicina Ribeirão Preto-USP, HCFMRP, Brasil.
Título: Efeitos clínicos e metabólicos do implante liberador de etonorgestrel sobre o puerpério de mulheres sadias,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Carolina Sales Vieira.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: implante subdermico; progestagênio; puerperio; perfil lipidico; glicemia; dados clinicos.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil.
Setores de atividade: Saúde Humana; Cuidado À Saúde das Pessoas.
2006 - 2007
Especialização - Residência médica.
Hospital das Clínicas Faculdade Medicina Ribeirão Preto-USP, HCFMRP, Brasil. Residência médica em: Reprodução Humana e Endocrinologia Ginecológica
Número do registro: .
Palavras-chave: reprodução humana; endocrinologia ginecológica.
Grande área: Ciências da Saúde
Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil.
Setores de atividade: Saúde Humana.
2004 - 2006
Especialização - Residência médica.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil. Residência médica em: Ginecologia e Obstetricia
Número do registro: 17/90.
Bolsista do(a): Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, SESAB, Brasil.
Palavras-chave: ginecologia; obstetricia.
Grande área: Ciências da Saúde
Setores de atividade: Saúde Humana.
2008 - 2008
Aperfeiçoamento em Programa de Aperfeiçoamento ao Ensino (PAE).
Hospital das Clínicas Faculdade Medicina Ribeirão Preto-USP, HCFMRP, Brasil.
Título: tema aulas - sangramento uterino anormal. Ano de finalização: 2008.
Orientador: Francisco José Candido Reis.
Bolsista do(a): Fundação de Apoio ao Ensino e Pesquisa, FAEPA, Brasil.
2000 - 2003
Graduação em medicina.
Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública, EBMSP, Brasil.
Título: Infecção genito-urinária por Chlamidia trachomatis: enfoque epidemiológico.
Orientador: Ana Paula Alcantara.
1998 - 1999
Graduação em medicina.
Fundação Educacional Serra dos Órgãos, FESO, Brasil.
1993 - 1995
Ensino Médio (2º grau).
Colégio São Paulo, CSP, Brasil.
1989 - 1992
Ensino Fundamental (1º grau).
Colégio São Paulo, CSP, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Curso de Preceptoria. (Carga horária: 24h).
Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP, FEBRASGO, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Principles and Practice of Clinical Research. (Carga horária: 360h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2013 - 2013
Diretrizes Clínicas Baseadas em evidências. (Carga horária: 20h).
Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde, NATS, Brasil.
2011 - 2011
Extensão universitária em ultrassom transvaginal.
Escola de Ultra-Sonografia Ribeirão Preto Sc, EURP, Brasil.
2009 - 2009
Reprodução Humana - Infertilidade Conjugal.
Instituto Valenciano de Infetilidad, IVI, Espanha.
2006 - 2007
video-laparoscopia ginecológica.
Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, HCFMRP-USP, Brasil.
2006 - 2006
Obstetrícia Básica. (Carga horária: 24h).
Hospital das Clínicas Faculdade Medicina Ribeirão Preto-USP, HCFMRP, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Estágio em Patolgia Trato Genital Inferior.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Reprodução Humana.
Hospital das Clínicas Faculdade Medicina Ribeirão Preto-USP, HCFMRP, Brasil.
2005 - 2005
Tratamento Incontinência Urinária Esforço. (Carga horária: 12h).
Hospital Universitário Prof Edgard Santos, HUPES, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Estágio em Unidade Coronariana. (Carga horária: 112h).
Hospital Santa Izabel, HSI, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Estágio em Unidade Terapia Intensiva.
Hospital Santa Izabel, HSI, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Monitoria em Clinica Médica. (Carga horária: 160h).
Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública, EBMSP, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Emergências Médicas.
Hospital Geral do Estado, HGE, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em estágio infectologia.
Hospital Couto Maia, HCM, Brasil.
2001 - 2001
Atualização em Endocrinologia e Metabologia. (Carga horária: 8h).
Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, SBEM, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Monitoria em Microbiologia. (Carga horária: 80h).
Fundação Educacional Serra dos Órgãos, FESO, Brasil.


Atuação Profissional



Organizacão Pan-Americana da Saude/Organizacão Mundial da Saude, OPAS/OMS, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, EBMSP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40
Outras informações
Atua na Unidade Básica de Saúde no Complexo Comunitário Vida Plena (CCVP) orientando alunos do 5 ano de medicina e residentes de outras áreas de saúde (enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, assitentes sociais) no que tange aos assuntos relacionados a Ginecologia e Obstetricia

Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Tutora PET, Enquadramento Funcional: Tutor PET/REDES SAÙDE, Carga horária: 12
Outras informações
O Programa de Educação Tutorial (PET) Saúde - REDES da Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação e Saúde . O PET envolve um núcleo composto por um tutor e até 12 bolsistas que podem permanecer no grupo por até 36 meses com a função de desenvolver atividades indissociáveis entre ensino, pesquisa e assistência.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Ginecologista, Carga horária: 4
Outras informações
Atua como ginecologista do ambulatório de Lupus Eritematosos Sistêmico do Ambulatório Docente Assistencial (ADAB), de forma voluntária às segunda-feiras à tarde

Atividades

09/2013 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, .


Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, SESAB, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Médica Obstetra, ênfase urgências obstetricas, Carga horária: 12

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Médico Residente Ginecologia Obstetricia, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: MEDICO OBSTETRA, Carga horária: 24
Outras informações
Aprovado no concurso do EBSERH para atuação como médica obstetra na Maternidade Climatério de Oliveira

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Médico Residente, Regime: Dedicação exclusiva.


Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, EBSERH, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Médico obstetra, ênfase em urgencias obstetri, Carga horária: 24
Outras informações
Atuação na Maternidade Climério de Oliveira da Universidade Federal da Bahia, com função docente-assistencial ao orientar alunos de graduação e residentes, com Ênfase em Urgências e Emergências Obstétricas.


Centro Universitário Barão de Mauá, CBM, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Colaboradora

Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

2010 - 2012
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Universitário Barão de Mauá, .


Fundação Maternidade Sinha Junqueira, FMSJ, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2010
Vínculo: médica prestadora de serviço, Enquadramento Funcional: médico, atuação em urgências obstetricas, Carga horária: 12
Outras informações
Atuação em Urgências e Emergências Obstétricas.


Prefeitura Municipal de Guatapará, PMG, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Médico. Atenção Básica à Saúde Mulher., Carga horária: 12
Outras informações
Atendimento em Atenção Básica à Saúde da Mulher com Ênfase em Urgências e Emergências Obstétricas.


Santa Casa de Misericórdia de Pontal, SCMP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2011
Vínculo: médica prestadora de serviço, Enquadramento Funcional: Médico: saúde da mulher, ênfase urgência obst, Carga horária: 12


Centro de Referência a Saúde da Mulher de Ribeirão Preto, MATER, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: , Enquadramento Funcional: médica: saúde mulher, ênfase emurgências obst, Carga horária: 24
Outras informações
Supervisão de alunos do quinto ano do curso de Medicina da FMRP-USP e discussão de casos clínicos atendidos no Ambulatório de Pré-natal e planejamento familiar


Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP, FEBRASGO, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão Nacional de Anticoncepção

Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro


Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia-BA, SOGIBA, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão de Educação

Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro


Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP, FAEPA/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: Médico Adido, Carga horária: 60

Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: livre - PAES, Enquadramento Funcional: Médica Prestadora de Serviço, Carga horária: 8


Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto, FUNDHERP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médico ginecologista, Carga horária: 5
Outras informações
Atuei como médica voluntária para discussão dos casos de anticoncepção, bem como abordagem ginecológica de pacientes do Ambulatório de Hemostasia, do Departamento de Clínica Médica, área de Hematologia, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto ? USP


Hospital das Clínicas Faculdade Medicina Ribeirão Preto-USP, HCFMRP, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisadora colaboradora

Atividades

2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ginecologia e Obstetricia, .


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2012
Vínculo: pós graduação, Enquadramento Funcional: pós graduanda


Associação de Obstetrícia e Ginecologia de SP, SOGESP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2011
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro


European Society of Contraception, ESC, Suiça.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro



Linhas de pesquisa


1.
Interações Metabólicas, Moleculares e Imunológicas dos Esteróides Sexuais
2.
Uso de métodos contraceptivos em populações especiais
3.
Saúde da Mulher

Objetivo: Avaliar e descrever a saúde sexual e reprodutiva de mulheres..
4.
Avaliação em tecnologias aplicadas à saúde


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
FALHAS NO ACESSO AO PLANEJAMENTO REPRODUTIVO E SEXUAL: COMPREENDENDO AS NECESSIDADES DOS ADOLESCENTES
Descrição: O acesso dos adolescentes aos serviços de planejamento reprodutivo e sexual é restrito, devido, a manterem sua participação nos serviços de saúde focada nas práticas médico-assistenciais, com ênfase na doença e no seu tratamento/controle e não na promoção de sua saúde, refletindo-se numa participação não efetiva. Sabe-se, também, que a vivência da sexualidade é de muitas limitações e situações de vulnerabilidades. Assim, a educação sexual para adolescentes proporciona uma vivência saudável, responsável, de redescoberta e experimentação do novo sem o medo de ser punido pela sociedade ou estar vulnerável às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e à gravidez nã-planejada. Diante disso, o objetivo primário desse estudo é: descrever as falhas de acesso aos serviços de planejamento reprodutivo e sexual entre adolescentes. E, os objetivos secundários são: traçar o perfil sexual e reprodutivo dos adolescentes; decrever a percepção e conhecimento dos adolescentes sobre o acesso aos serviços de planejamento reprodutivo; descrever a percepção e conhecimento dos adolescentes sobre métodos contraceptivos; reconstruir as trajetórias reprodutivas e contraceptivas desses adolescentes; monitorar a ocorrência de comportamentos de busca de proximidade e construção de vínculo entre adolescentes e serviços de saúde sexual e reprodutiva. Parte-se da hipótese nula de que há falhas de acesso aos serviços de planejamento reprodutivo e sexual entre adolescentes. Trata-se de um estudo transversal com abordagem quanti-qualitativa, de natureza explorativa descritiva. Os locais de realização da pesquisa escolhidos foram três escolas públicas localizadas na cidade de Salvador - Ba, e a coleta dos dados será feita entre os meses de Setembro de 2018 a Setembro de 2019. O procedimento divide-se em: entrevista semiestruturada individual baseada em escalas validadas em âmbito nacional e questionários da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher e da Pesquisa Nacional de Saúde 2013 e entrevista em grupo a partir da técnica de grupo focal. Para análise dos dados, será utilizado na abordagem qualitativa a analise de conteúdo e na abordagem quantitativa o teste de Pearson de independencia. Através desta pesquisa, pretende-se fazer descriçãio das falhas no acesso aos serviços de saúde sexuais e reprodutivos para que a partir daí seja possivel captar adolescentes para esses tipos de serviços de saúde; pretende-se que os adolescentes melhorem o seu conhecimento do autocuidado sexual e reprodutivo, diminua o stress relacionado a alguns mitos e tabus da sexualidade e reprodução humana, previnam doenças e melhore a qualidade de vida..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Tatiane de Souza Mançu - Integrante.
2017 - Atual
Análise do ambulatório de planejamento familiar na Maternidade Climério de Oliveira
Descrição: A procriação faz parte da dinâmica natural humana e atualmente têm sido amplamente discutidas questões que possam assegurar à família, em especial, à mulher, gestações planejadas e conscientes. A importância deste planejamento é reforçada pela redução de problemas como mortalidade infantil, aborto provocado, famílias numerosas e, consequente, aumento da pobreza. O manual do Ministério da Saúde discorre sobre o direito de decisão dos indivíduos e/ou casais, ao apresentar e garantir o acesso aos diferentes ?métodos de anticoncepção?, bem como o acompanhamento clínico ginecológico e ações educativas ? para que as escolhas sejam conscientes. Apesar de haver este alicerce teórico para a aplicação do planejamento, na prática isto tem apresentado lacunas, o que remete a uma assistência precária e consequentemente, a um maior número de gestações não planejadas. Algumas dessas lacunas são a escassez de profissionais capacitados e destinados a instruir essas mulheres, a cultura brasileira de não valorizar devidamente a prevenção, a variedade e provisão dos métodos geralmente irregular e o demorado acesso a métodos contraceptivos mais eficazes ? como o Dispositivo Intra Uterino (DIU) e implante contraceptivo. O DIU é considerado um método contraceptivo reversível de longa duração (LARC), que combina a relação custoeficácia com o benefício de serem um dos métodos mais eficazes disponíveis e surgiu como uma prática segura e baseada em evidências. Apesar dehaver risco teórico de aumento de infecção e perfuração, esses eventos foram raros. Em casos de contraindicações ou inacessibilidade aos métodos não hormonais, os anticoncepcionais com progestágenos isolados (APIs) representam uma boa opção para anticoncepção no puerpério. Hipótese do estudo: As mulheres usuárias de métodos de longa duração são mais satisfeitas que as mulheres usuárias dos métodos de curta duração. Trata-se de um estudo do tipo coorte, retrospectiva e prospectiva envolvendo 800 mulheres em idade reprodutiva atendidas no ambulatório de planejamento familiar da Maternidade Climério de Oliveira. As mulheres serão convidadas para participação da pesquisa de forma individualizada, pessoalmente ou via contato telefônico, sendo a ligação gravada e arquivada pelos pesquisadores. A coleta de dados demográficos será extraída dos prontuários, após a concordância da mulher em participar do estudo em uma ficha de coleta de dados (dados demográficos, SES, comorbidades, clínicos). Caso haja dúvidas por parte dos pesquisadores, poderá ser realizado contato telefônico para que as mesmas sejam esclarecidas e não haja erro de coleta de dados. Como o ambulatório foi iniciado em agosto de 2016, será realizada uma coleta retrospectiva de dados entre o período de agosto de 2016 até agosto de 2017. Já os dados da coorte prospectiva serão coletados em prontuários no período de outubro/2017 a outubro/2022..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (2) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Pamela Mesquisa - Integrante / Marla Niag - Integrante / Carla Macedo Ribeiro - Integrante.
2016 - 2018
Qualidade de vida das mulheres em idade fértil com epilepsia
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Marcos Almeida Matos - Integrante / Ana Maria Cruz Santos - Integrante / Humberto Castro Lima Filho - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2016 - Atual
Métodos contraceptivos no Sistema Único de Saúde
Descrição: O número de gestações indesejadas no Brasil é um problema de saúde pública e para o desenvolvimento do país, sendo o planejamento reprodutivo, principalmente a contracepção, a ferramenta fundamental para diminuição dessas taxas. Em 2014, a Secretaria Municipal de Saúde de Salvador realizou um projeto piloto, no qual houve distribuição de contraceptivos de longa duração reversíveis para rede pública, porém, desde então, não houve mais compras. O presente estudo tem como objetivo comparar a satisfação geral e sexual das usuárias entre os contraceptivos de curta duração e os de longa duração reversíveis, avaliando, assim, a importância do projeto para comunidade. Trata-se de um estudo descritivo, no qual serão incluídas mulheres em idade reprodutiva que fazem acompanhamento na clínica de Ginecologia do Ambulatório Docente Assistencial da Bahiana e CCVP..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Manuela Sanches - Integrante / Ana Claudia Triggo - Integrante / Brunelly S - Integrante / Catarina de Castro Maron - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 4
2016 - Atual
MEDIDAS ULTRASSONOGRÁFICAS DA CAVIDADE UTERINA E POSICIONAMENTO DO SISTEMA INTRAUTERINO LIBERADOR DE LEVONORGESTREL.
Descrição: Trata-se de um estudo para avaliar a posição do dispositivo intrauterino contendo levonorgestrel (SIU-LNG) através de medidas padronizadas ao exame ultrassonográfico. Esse dado se torna relevante na medida em que o SIU-LNG tem indicações não contraceptivas para redução de sangramento menstrual, necessitando para isso estar ocupando a cavidade uterina acima de seu orifício interno. Um dos problemas relacionados ao uso do método é sua taxa de expulsão que, em dado levantado na literatura, gira em torno de 2 a 10%, sendo mais comum no primeiro ano de uso.Para tentar predizer a ocorrência de expulsão, garantindo que não haja perda do investimento em se tratando de insumo de alto custo, características clinicas e ultrassonográficas são necessárias para estabelecer essa associação. Algumas já conhecidas como nuliparidade, inserção pós parto imediato e história prévia de expulsão. Quanto às medidas ao ultrassom, sugere-se que o ápice do dispositivo não ultrapasse a medida de 2,5 cm do fundo uterino e 0,5 cm do limite fúndico do endométrio. Como existem especulações científicas a cerca destes limites em relação ao tamanho do dispositivo e das próprias dimensões do útero que propiciam esta expulsão ou ainda que definam seu mal posicionamento, este trabalho se propõe a descrever as medidas ultrassonográficas encontradas entre usuárias do SIU-LNG e comparar parâmetros de medição obtidos entre multíparas e nulíparas, especificando seu deslocamento e padrão de sangramento..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Renata Campos Simões Cabral - Integrante / Maiara de Menezes Rabelo - Integrante / Renata Dantas Monteiro Santana Alves - Integrante / Venandra Ribeiro e Andrade - Integrante / Maria Paula Alves - Integrante / Luísa Guedes Braga - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 4
2016 - Atual
ATENÇÃO PRÉ-NATAL EM SALVADOR-BAHIA
Descrição: Em Salvador - Bahia a adesão ao Programa Humanização Parto Natural ocorreu em 2001, mas o quadro da mortalidade materna não demonstra grandes avanços no cuidado da mulher, pois a taxa de mortalidade materna por município de residência por 100.000 nascidos vivos foi de 61,38 em 2006, e de 64,56 e 54,85 em 2012 e 2013, respectivamente 6,7. Apenas um estudo avaliou a cobertura e os indicadores desse programa em Salvador utilizando os dados de 2002 e encontrou como resultados: baixa cobertura do programa; baixa cobertura de vacinação antitetânica e teste anti-HIV e os autores ressaltaram a necessidade de aprofundamento da investigação. A partir desses dados é relevante pensar se atualmente os indicadores do PHPN em Salvador apresentam resultados mais positivos. Portanto, o presente estudo tem como objetivo caracterizar a efetividade da assistência do pré-natal de baixo risco no município de Salvador, Bahia, Brasil no período de 2014 a 2016..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Sara dos Santos Rocha - Integrante / Sarah Coelho da Silva Hora - Integrante / Kadija Vinna Moraes de Almeida - Integrante.
Número de orientações: 1
2014 - 2016
CONHECIMENTO E ATITUDES DE GESTORES E PROFISSIONAIS DE SAÚDE SOBRE A NORMA TÉCNICA: PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS AGRAVOS RESULTANTES DA VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA MULHERES E ADOLESCENTES, EM DOIS SERVIÇOS PÚBLICOS DE SALVADOR, BAHIA, BRASIL
Descrição: A violência sexual é uma das manifestações de violência de gênero mais desumanas e constantes, atingindo mulheres, adolescentes e crianças, em todos os espaços sociais, com repercussões na saúde física e mental. Trata-se de uma grave violação dos direitos humanos e a sua proporção e transcendência a coloca no patamar de uma importante questão de saúde pública. Entretanto, na prática ainda são observadas dificuldades no atendimento destas mulheres, em especial em relação ao posicionamento da equipe de saúde, suas condutas e papéis adotados. O objetivo do presente estudo é avaliar o conhecimento e a opinião dos profissionais de saúde e de gestores de duas unidades hospitalares de referência da rede publica do Estado da Bahia localizadas na cidade de Salvador, acerca dos conhecimentos e atitudes relativas ao conteúdo da ?Norma Técnica de Prevenção e Tratamento dos Agravos Resultantes da Violência Sexual Contra Mulheres e Adolescentes? através da aplicação de um questionário aos profissionais de saúde e aos gestores centros de assistência à mulher. Após analise dos resultados serão estruturadas capacitações, visando qualificar os profissionais e gestores para oferecer uma assistência de qualidade e humanizada nestas condições..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado profissional: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Integrante / Maria Alice Ramos F. Leal - Integrante / Ilka Santana do Vale - Integrante / David Nunes Júnior - Coordenador / Maria Cristina Gomes de Santana - Integrante.
Financiador(es): Diretoria Executiva do Fundo Nacional de Saúde - Bolsa.
2014 - Atual
USO DO IMPLANTE CONTRACEPTIVO LIBERADOR DE ETONOGESTREL EM MULHERES PORTADORAS DE ANEMIA FALCIFORME
Descrição: Apesar da alta prevalência de anemia falciforme (AF) na população brasileira, a melhor opção contraceptiva para estas mulheres ainda é incerta, baseada em estudos de baixa qualidade cientifica (Haddad et al., 2012). Por tratar-se de uma patologia associada a inúmeras complicações, como as crises álgicas, acarreta a internamentos frequentes, e altas taxas de absenteísmo. Quando em idade reprodutiva, as mulheres portadoras de AF, estão expostas a gestações, muitas vezes não-planejadas, que ocasionará aumento dos riscos de crises álgicas, e importantes complicações materno-infantis, como aborto, parto prematuro, trombose, entre outros. Portanto, há uma necessidade de proporcionar-lhes métodos adequados para planejamento reprodutivo O implante contraceptivo de etonogestrel (ENG) é um método de progestagênio isolado reversível de longa duração, altamente eficaz e com altas taxas de continuidade. Porém, ainda não há estudos em mulheres com anemia falciforme em uso do mesmo. Por trata-se de um progestagênio isolado não aumenta o risco de trombose e pode, assim como o AMPD, reduzir crises álgicas, com a vantagem da alta eficácia e longa duração. Neste contexto, para aumentar a adesão e avaliar se há beneficio clínico do uso do implante contraceptivo liberador de ENG, o método contraceptivo de progestagênio isolado mais eficaz disponível no Brasil, em relação às crises álgicas e anemia, entre portadoras de AF, faz-se de fundamental importância o desenvolvimento de um estudo em uma cidade de alta prevalência de AF com este objetivo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Camila Bomfim - Integrante / Caroline de Souza Barros - Integrante / Marco Aurelio Silvino - Integrante / Flavia Pimentel - Integrante / Anelisa Schettini Streva - Integrante / Andrea Vilas Boas - Integrante / Carolina Brabec Barreto Matos - Integrante / Taís Paiva da Costa - Integrante / Oziemile Silva Santos - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 4
2013 - 2017
A EFICÁCIA DA INFORMAÇÃO SOBRE MÉTODOS CONTRACEPTIVOS NA SALA DE ESPERA EM PRÉ-NATAL DE ADOLESCENTES NA CIDADE DE SALVADOR-BAHIA
Descrição: A gravidez na adolescência representa um tema polêmico e controverso nos debates sobre saúde sexual do adolescente. Cerca de 23% do total de mulheres grávidas pertencem a este grupo etário no Brasil1. O impacto de uma gestação não-planejada na adolescência pode gerar alterações psicológicas, sociais e emocionais com consequências para toda a vida dessa mulher.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Fernanda Scoppetta Sampaio Alves - Integrante / Marlene Quadro Souza - Integrante / Samara Aquino Requião - Integrante.
Financiador(es): Diretoria Executiva do Fundo Nacional de Saúde - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2013 - Atual
Contracepção hormonal em mulheres portadoras de Lupus Eritematso Sisitêmico
Descrição: O Lupus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica auto-imune e de etiologia desconhecida. Acredita-se que fatores ambientais sejam capazes de desencadear esta moléstia em indivíduos geneticamente predispostos. Cerca de 80 a 90% dos portadores são mulheres, e por isso postula-se que o LES possa ser determinado pelo sexo ou mesmo modulado pelos esteróides sexuais femininos. Várias evidências reforçam a hipótese de que a exposição ao estrogênio seria capaz de desencadear ou reativar o LES. Desta forma, a prescrição de TRH ou contracepção hormonal em pacientes com LES sempre foi temerária tanto para ginecologistas quanto para reumatologistas. Porém, considerando que a portadora de LES possui maior predisposição a fenômenos tromboembólicos e disfunção endotelial, a escolha de opções contraceptivas menos deletérias para o endotélio e a hemostasia constitui uma questão importante e até o presente momento, não há estudos que avaliaram os diferentes contraceptivos e seus efeitos adversos no sistema cardiovascular de portadoras de LES. Assim, o presente estudo tem como objetivo avaliar a aderência, satisfação e marcadores de ativação do LES através do índice SLEDAI em portadoras de LES em uso de progestagênio isolado na via oral e no sistema intrauterino. Qustionaremos, também, o conhecimento de pacientes e médicos prescitores dessas mulheres sobre o conhecimento acerca da anticoncepção e terapia de reposição hormonal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Mittermayer Barreto Santiago - Integrante / FABIANA SARPA DE CASTRO PEIXOTO SAMPAIO - Integrante / Jade Braga Lopes - Integrante / Renata Dantas Monteiro Santana Alves - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 2
2010 - 2016
Contracepção hormonal em mulheres vivendo com o Vírus da Imunodeficiência Humana: Farmacocinética e Segurança Metabólica.
Descrição: A pandemia global do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) tem aumentado na população do sexo feminino em idade reprodutiva. O planejamento familiar em mulheres vivendo com HIV deve ser eficaz a fim de se reduzir a morbi-mortalidade materna e neonatal associada a curtos intervalos inter-gestacionais, e de reduzir a transmissão vertical, que é responsável por 85% dos casos de AIDS em menores de 13 anos de idade. Em 2008, O Ministério da Saúde do Brasil decidiu pela iniciação do uso de antiretrovirais (ARV) mais precocemente, levando a um aumento de pessoas que vivem com HIV e fazem uso de terapia ARV altamente eficaz. No entanto, o uso simultâneo de contracepção hormonal (CH) e de ARV pode interferir na biodisponibilidade destas duas medicações, alterando a eficácia de ambas. Atualmente, não dispomos de estudos que avaliaram os principais contraceptivos hormonais (CH) disponíveis em uso concomitante com a maioria dos esquemas de ARV utilizados no país, o que faz com que a prescrição de CH nestas mulheres necessite de mais evidências para garantir segurança metabólica e contraceptiva. Objetivo: Descrever a farmacocinética do implante subdérmico liberador de etonogestrel na vigência de terapia ARV combinada (ARV1: zidovudina/lamivudina + lopinavir/ritonavir e ARV2: zidovudina/lamivudina + efavirenz) e na ausência de terapia ARV em mulheres HIV positivas. Estas terapias ARV são os dois principais esquemas propostos pelo Ministério da Saúde. Além disto, descrever os efeitos clínicos e metabólicos (lipídico, glicídico, inflamatório, hepático, hematológico, imunológico e renal) do uso concomitante das medicações anteriormente citadas. Casuística e Métodos: Serão selecionadas 45 mulheres vivendo com HIV nas cidades de Campinas e Ribeirão Preto, após preenchimento dos critérios de inclusão e exclusão. Elas serão alocadas em 3 grupos (15 mulheres em cada): HIV (+) em uso de ARV1 + implante liberador de etonogestrel (ENG); HIV (+) em uso de ARV2 + implante liberador ENG; H..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Integrante / Rui Alberto Ferriani - Coordenador / Carolina Sales Vieira - Integrante / Silvana Maria Quintana - Integrante / Luis G Bahamondes - Integrante / Geraldo Duarte - Integrante / Carolina A Scaranari - Integrante / Eliana M Amaral - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
2009 - Atual
Estudo randomizado, aberto e controlado dos efeitos do Sistema Intra-Uterino liberador de levonorgestrel no endotélio e no sistema hemostático de mulheres sadias
Descrição: Trata-se de um ensaio clínico, aberto e randomizado nos quais 50 pacientes serão randomizadas para uso do sistema intra-uterino de levonorgestrel ou para dispositivo intra-uterino não medicado (cobre), com avaliação a cada 6 meses de variáveis de função endotelial (marcadores séricos e ecográficos) e variáveis hemostáticas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Integrante / Rui Alberto Ferriani - Integrante / Carolina Sales Vieira - Coordenador / Rebeca P. Barboza - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1
2007 - 2012
Segurança do implante liberador de etonogestrel no puerpério imediato de mulheres sadias;
Descrição: Este projeto avaliou os efeitos do implante subdérmico liberador de etonogestrel, inserido no puerpério imediato (24-48 h pós-parto), sobre variáveis clínicas, metabólicas e hemostáticas de mulheres saudáveis, durante seis semanas, comparados à ausência de método contraceptivo hormonal neste período. Além disso, avaliou os efeitos do referido implante, inserido no puerpério imediato, sobre variáveis clínicas, metabólicas e hemostáticas de mulheres hígidas de seis a doze semanas pós-parto, comparados com o uso do acetato de medroxiprogesterona de depósito injetável trimestral (AMPD), administrado seis semanas pós-parto. Quarenta pacientes de 18 a 35 anos de idade foram selecionadas no pré-natal, após preenchimento de critérios de inclusão e exclusão, para randomização para dois tipos de tratamento (implante liberador de etonogestrel a ser inserido de 24 a 48 horas pós-parto ou AMP 150mg trimestralmente iniciado 6 semanas pós-parto)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Integrante / Rui Alberto Ferriani - Integrante / Marcos Felipe Silva de Sá - Integrante / Carolina Sales Vieira - Coordenador / Silvana Maria Quintana - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 16


Projetos de extensão


2018 - Atual
ENDOMarcha
Descrição: Marcha Mundial pela Conscientização da Endometriose (Million Women March for Endometriosis). Objetivo: ampliar conhecimento e conscientização da endometriose pautada pela luta por atendimento digno e politicas públicas que facilitem o diagnostico e tratamento..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Caio Lessa - Integrante.
2018 - Atual
Comissão Nacional de Residência Médica FEBRASGO

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marcos Felipe Silva de Sa em 19/03/2018.
Descrição: O objetivo da comissão será realizar ações para aprimoramento das residências médicas em ginecologia e obstétricia do Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.

Integrantes: Milena Bastos Brito - Integrante / Marcos Felipe Silva de Sá - Coordenador / Gustavo Salata - Integrante.
2018 - Atual
Oficina de Treinamento em Planejamento Reprodutivo

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carolina Sales Vieira em 15/08/2018.
Descrição: Oficinas teórico-práticas em âmbito de uma Cooperação entre a Secretaria Estadual de Saúde e o Departamento de Saúde Reprodutiva e Pesquisa da OMS e, tem como objetivo capacitar profissionais de saúde em Planejamento Reprodutivo, com objetivo maior de redução de mortalidade materna no referido estado..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.

Integrantes: Milena Bastos Brito - Integrante / Vieira, Carolina Sales - Coordenador / Conrado Sávio Ragazini - Integrante / Adriano Bueno Tavares - Integrante.
2016 - Atual
Comissão Nacional de Anticoncepção da FEBRASGO
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.

Integrantes: Milena Bastos Brito - Integrante / Marcos Felipe Silva de Sá - Coordenador / Rogerio Bonassi Machado - Integrante.
2015 - 2016
Palestras educativas no Colégio Estadual Otávio Mangabeira
Descrição: Palestra e esclarecimento de dúvidas para alunos adolescentes e professores do colégio sobre HPV,apoiando a campanha do Ministério da Saúde,quando vacinará crianças e adolescentes na faixa etária de 9 a 13 anos. Temas abordados no futuro: doenças sexualmente transmissíveis, planejamento reprodutivo, perspectivas de futuro para os adolescentes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Integrante / Ilka Santana do Vale - Coordenador.
Financiador(es): Diretoria Executiva do Fundo Nacional de Saúde - Bolsa.
2015 - Atual
Treinamento teórico-prático sobre Implante contraceptivo liberador de etonogestrel
Descrição: O planejamento reprodutivo constitui-se uma área de atuação de grande importância na Ginecologia. Novos métodos contraceptivos surgem ano a ano, fazendo-se necessária uma reciclagem profissional continua. O implante contraceptivo liberador de etonogestrel (implanon®) trata-se de um métodos contraceptivo de longa duração, com aplicador único e efeitos adversos que necessitam de manejo adequado. Portanto, faz-se necessário um maior conhecimento sobre o referido método pelos ginecologistas..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Flavia Pimentel - Integrante.
Financiador(es): Merck Sharp & Dohme Farmacêutica - Auxílio financeiro.
2015 - Atual
Projeto de orientação e asistencia em planejamento reprodutivo
Descrição: Realização de consultas e orientação sobre métodos contraceptivos à população do Distrito sanitário Brotas, às sextas-feiras pela manhã..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Andrea Vilas Boas - Integrante / Manuela Sanches - Integrante / Ana Claudia Triggo - Integrante / Silvania Brunelly - Integrante.
2014 - Atual
Treinamento teórico-prático sobre do Sistema intrauterino liberador de levonorgestrel
Descrição: O planejamento reprodutivo constitui-se uma área de atuação de grande importância na Ginecologia. Novos métodos contraceptivos surgem ano a ano, fazendo-se necessária uma reciclagem profissional continua. O sistema intrauterino liberador de levonorgestrel (mirena®) trata-se de um dispositivo intrauterino, com aplicador único e efeitos adversos que necessitam de manejo adequado. Portanto, faz-se necessário um maior conhecimento sobre o referido método pelos ginecologistas. Obs: A empresa Bayer SA é responsável pela doação de 15 mirenas® para as clientes usuárias do Sistema único de Saúde a cada treinamento..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (48) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / FABIANA SARPA DE CASTRO PEIXOTO SAMPAIO - Integrante.
Financiador(es): Bayer SA - Cooperação.
2013 - 2017
Sala de Espera
Descrição: Projeto desenvolvido através do Programa Educação em Trabalho (PET-REDES Saúde). Realiza-se, semanalmente, no Instituto de Perinatologia da Bahia-IPERBA dinâmicas e debates informais em salas de espera de pré-natal de alto risco. As demandas de cada paciente são ouvidas e suas dúvidas sanadas. Os temas abordados são: amamentação, cuidados gerais com o recém-nascido, anticoncepção no puerpério, sinais de trabalho de parto e localização das maternidades em Salvador-BA..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (17) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Marta Menezes - Integrante / Ligia Vilas Boas - Integrante / Maria Alice Ramos F. Leal - Integrante / David Nunes Júnior - Integrante / Carolina Pedroza - Integrante.
Financiador(es): Diretoria Executiva do Fundo Nacional de Saúde - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2
2013 - 2016
CONHECIMENTO SOBRE PLANEJAMENTO REPRODUTIVO ENTRE ADOLESCENTES GESTANTES NA CIDADE DE SALVADOR-BA
Descrição: A gravidez na adolescência é tema polêmico e controverso nos debates sobre saúde sexual do adolescente; em geral, está associado à pobreza; desestruturação familiar; riscos sociais, médicos e psicológicos para os sujeitos envolvidos. Portanto, do ponto de vista da saúde pública, é importante que o adolescente tenha acesso a informação correta e compreenda todas as fases de seu desenvolvimento, incluindo o desenvolvimento sexual para que adquira adequada informação sobre planejamento familiar e prevenção das DSTs, além de acesso aos métodos contraceptivos e prevenção de DSTs. Para uma adequada implementação de políticas de saúde em uma população específica faz-se imperativo conhecer o motivo e o percentual de gestações não planejadas entre as adolescentes para que desta forma, identifique-se possíveis mecanismos de ação para redução das desastrosas consequências do inadequado planejamento familiar: gestações indesejadas, abortos clandestinos e aumento de morbimortalidade materna e neonatal/infantil. Diante do exposto, objetiva-se com este trabalho a realização de palestras semanais com as gestantes adolescentes atendidas no Instituto de Perinatologia da Bahia..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Maria Alice Ramos F. Leal - Integrante / Ilka Santana do Vale - Integrante / David Nunes Júnior - Integrante / Maria Cristina Gomes de Santana - Integrante / Samara Rezende Requião - Integrante / Maressa Santos Novais - Integrante / Layana Anizia Vieira Pereira - Integrante / Fernanda Scoppetta Sampaio Alves - Integrante / Camila Rodrigues Durando - Integrante.
Financiador(es): Diretoria Executiva do Fundo Nacional de Saúde - Bolsa.


Projetos de desenvolvimento


2015 - Atual
Integração da tecnologia móvel com câncer cervical em mulheres vivendo com HIV
Descrição: O Câncer cervical é o câncer mais comum em mulheres vivendo com HIV. Para a prevenção do câncer cervical é importante avaliação dos fatores de risco e rastreio precoce. Portanto, o presente estudo propõe-se a desenvolver um aplicativo móvel para avaliar os fatores de risco de desenvolver câncer cervical entre mulheres vivendo com HIV..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Milena Bastos Brito - Coordenador / Andrea Vilas Boas - Integrante / Guy Hembroff - Integrante / Tugce Knik - Integrante.


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: European Journal of Medical Research
2016 - Atual
Periódico: r British Journal of Medicine and Medical Research
2016 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Cadernos Saúde Coletiva (UFRJ)


Revisor de projeto de fomento


2018 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil.
3.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil/Especialidade: Endocrionologia Ginecológica.
4.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Saúde Materno-Infantil/Especialidade: Endoscopia Ginecológica.
5.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Contracepção.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia em Saúde Humana e Animal.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2018
Professora Homenageada da Turma 2018.1 do curso de medicina da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.
2018
1o Lugar dos trabalhos apresentados em Ginecologia no XXII Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia: Uso do Implante Contraceptivo liberador de etonogestrel em mulheres com anemia falciforme, SOGIBA.
2018
2o Lugar dos trabalhos apresentados em Ginecologia no XXII Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia: Função Sexual entre mulheres usuárias de dispositivos intrauterinos, SOGIBA.
2016
Selecionado entre os 5 melhores trabalhos apresentados jovem cientista: Sociodemographics features and knowledge of contraceptive methods between teenage pregnant Brazilian women, European Society of Contraception and Reproductive Health.
2016
Membro da Comissão Nacional de Anticoncepção da FEBRASGO, Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetricia (FEBRASGO).
2015
Programa Lideranças Médicas, Acadêmia Nacional de Medicina.
2012
Mênção Honrosa pelo trabalho: "Efeitos imunológicos do implante contraceptivo liberador de etonogestrel em mulheres vivendo com o vírus da imunodeficiência humana.", Sociedade Paulista de Ginecologia e Obstetricia (SOGESP).
2012
Selecionado entre os cinco melhores trabalhos apresentados por jovens cientistas: Immunologic effects of etonogestrel-releasing contraceptive implant in women living with human immunodeficiency virus., European Society of Contraception (ESC).
2011
Mênção Honrosa:UM ANO DE SEGUIMENTO DO USO DO SISTEMA INTRAUTERINO LIBERADOR DE LEVONORGESTREL EM MULHERES PORTADORAS DE DISTÚRBIOS HEMOSTÁTICOS, XVI Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetricia (SOGESP).
2010
Artigo selecionado entre os 10 melhores do mundo entre todos os publicados em revistas indexadas, Faculty of 1000 Medicine: evaluations for Brito MB et al Contraception 2009 Dec 80 (6) :519-26 http:.
2010
Melhor trabalho de ginecologia apresentado: "O IMPLANTE CONTRACEPTIVO LIBERADOR DE ETONOGESTREL INSERIDO NO PÓS-PARTO, Sociedade Paulista de Ginecologia e Obstetricia (SOGESP).
2010
Test of English as a Foreign Language (TOEFL), ETS-listening, learning, leading.
2008
Trabalho selecionado entre os 20 melhores na área Health and Wellness do Campus Excelencia, 2008, Universidad de Las Palmas.
2007
Certificado TEAP (Test of Eenglish for Academic and Professional Purposes), TESE Prime.
2006
Titulo de Especialista em Ginecolgia e Obstetricia (TEGO- N. 0403/2006), Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetricia (FEBRASGO).


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:17
Total de citações:72
Fator H:3
BRITO, MILENA B  Data: 07/11/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:13
Total de citações:111
Brito M.B. , milena bastos brito, Milena B. Brito  Data: 03/04/2018

Outras
Total de trabalhos:5
Total de citações:19
Milena Bastos Brito  Data: 30/11/2011

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MILENA BASTOS BRITO,2018MILENA BASTOS BRITO,; CASQUEIRO, J. ; ALVES, F. S. S. ; LOPES, J. B. ; ALVES, R. D. M. S. ; SANTIAGO, M. B. . Low prevalence of contraceptive use among Brazilian women of reproductive age with systemic lupus erythematosus. JOURNAL OF OBSTETRICS AND GYNAECOLOGY, v. 19, p. 1-4, 2018.

2.
SANTOS, A. M. C.2018SANTOS, A. M. C. ; LIMA FILHO, H. C. ; MATOS, M. A. ; BASTOS BRITO, MILENA . Quality of life among women with epilepsy during their reproductive years. EPILEPSY & BEHAVIOR, v. 85, p. 10-13, 2018.

3.
MACHADO, R. B.2017MACHADO, R. B. ; BRITO, MB ; MONTEIRO, I. M. U. ; GUAZZELLI, C. A. F. ; MAGALHAES, J. ; FRANCESCHINI, S. A. ; FINOTTI, M. F. ; LUBIANCA, J. N. ; SAKAMOTO, L. C. . Long-Acting Reversible Contraception. REVISTA BRASILEIRA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA (IMPRESSO), v. 39, p. 294-308, 2017.

4.
ROCHA PRANDINI, TATIANA R2017ROCHA PRANDINI, TATIANA R ; BAHAMONDES, MARIA VALERIA ; B BRITO, MILENA ; AMARAL, ELIANA ; BAHAMONDES, LUIS ; DUARTE, GERALDO ; M QUINTANA, SILVANA ; FERRIANI, RUI A ; SALES VIEIRA, CAROLINA . Effect of Coadministration of Etonogestrel Implant and Antiretroviral Therapies Containing Efavirenz or Lopinavir/Ritonavir on the Metabolism of Women Living with HIV/AIDS. JOURNAL OF AIDS AND CLINICAL RESEARCH, v. 08, p. 674, 2017.

5.
MILENA BASTOS BRITO,2017MILENA BASTOS BRITO,. Long-Acting Reversible Contraception has No influence on Weight or Body Mass Composition. International Journal of Pregnancy & Child Birth, v. 2, p. 36-37, 2017.

6.
ELIAS DA SILVA, ANA PAULA2017ELIAS DA SILVA, ANA PAULA ; SILVA DE OLIVEIRA, LORENA SANTOS ; SILVA SANTANA, ROSANA PATRICIA ; PIMENTEL MIRANDA, FLAVIA ; BASTOS BRITO, MILENA . Congenital Syphilis: The Profile Analysis among Postpartum Women in Brazil. JOURNAL OF PREGNANCY AND CHILD HEALTH, v. 04, p. 1000343, 2017.

7.
BRITO, MILENA BASTOS2017BRITO, MILENA BASTOS; ALVES, FERNANDA SCOPPETTA SAMPAIO ; SOUZA, MARLENE QUADRO ; REQUIÃO, SAMARA REZENDE . Low Knowledge of Contraceptive Methods Among Pregnant Teens in Brazil. Journal of Pediatric and Adolescent Gynecology, v. S1083, p. 30539--9, 2017.

8.
ROBATTO, MARIANA2017ROBATTO, MARIANA ; PAVIE, MARIA CLARA ; TOZETTO, SIBELE ; BRITO, MILENA BASTOS ; LORDÊLO, PATRÍCIA . BLUE LIGTH EMITTING DIODE IN TREATMENT OF RECURRING VULVOVAGINAL CANDIDIASIS: A CASE REPORT. BRAZILIAN JOURNAL OF MEDICINE AND HUMAN HEALTH, v. 5, p. 162-168, 2017.

9.
RAGAZINI, C. S.2016RAGAZINI, C. S. ; BAHAMONDES, MARIA VALÉRIA ; ROCHA PRANDINI, TATIANA ROBERTI ; BRITO, MB ; AMARAL, E. M. ; BAHAMONDES, LUIS ; FERRIANI, R. A ; DUARTE, G. ; Quintana SM ; Vieira CS . Bleeding patterns of HIV-infected women using an etonogestrel-releasing contraceptive implant and efavirenz-based or lopinavir/ritonavir-based antiretroviral therapy. European Journal of Contraception & Reproductive Health Care, v. 26, p. 1-5, 2016.

10.
PIMENTEL, F.2016PIMENTEL, F. ; BRITO, MB . ASSISTÊNCIA MULTIDISCIPLINAR AO PACIENTE COM ANEMIA FALCIFORME NA INTERNAÇÃO DE CRISES ÁLGICAS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA. Revista Enfermagem Contemporâne, v. 5, p. 143-150, 2016.

11.
Pereira Neto, Agnaldo Viana2016Pereira Neto, Agnaldo Viana; PINHEIRO JUNIOR, NATHANAEL DE FREITAS . Benign Multicystic Peritoneal Mesothelioma: Case Report. General Medicine: Open Access, v. 4, p. 1-4, 2016.

12.
BRITO, MILENA2016BRITO, MILENA; FRASER, IAN . Zika Virus Outbreak and the Poor Brazilian Family Planning Program. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso), v. 38, p. 583-584, 2016.

13.
PENNA, I. A. A.2015PENNA, I. A. A. ; BRITO, MB . A importância da contracepção de longo prazo reversível. Femina (Rio de Janeiro), v. 43, p. 1, 2015.

14.
Vieira, Carolina Sales2014Vieira, Carolina Sales ; BAHAMONDES, MARIA VALÉRIA ; DE SOUZA, ROBERTO MOLINA ; BRITO, MILENA BASTOS ; ROCHA PRANDINI, TATIANA ROBERTI ; AMARAL, ELIANA ; BAHAMONDES, LUIS ; DUARTE, GERALDO ; QUINTANA, SILVANA MARIA ; SCARANARI, CAROLINA ; FERRIANI, RUI ALBERTO . Effect of antiretroviral therapy including lopinavir/ritonavir or efavirenz on etonogestrel-releasing implant pharmacokinetics in HIV-positive women. Journal of Acquired Immune Deficiency Syndromes (1999), v. 4, p. 1, 2014.

15.
MAGALHAES, T. S.2014MAGALHAES, T. S. ; MILENA BASTOS BRITO, ; Grasi, MFR ; MATOS, M. A. . Adolescent Pregnancy Risks in a City of Average Size in Northeastern Brazil. Journal of Pregnancy and Child Health, v. 01, p. 0001201, 2014.

16.
YAMAGUTI, ERCILIENE M.M.2014YAMAGUTI, ERCILIENE M.M. ; BRITO, MB ; FERRIANI, R. A ; Garcia, Andréa A. ; ROSA-E-SILVA, JÚLIO C. ; Vieira, Carolina S. . Comparison of the hemostatic effects of a levonorgestrel-releasing intrauterine system and leuprolide acetate in women with endometriosis: A randomized clinical trial. Thrombosis Research, v. 134, p. 1193-1197, 2014.

17.
SAMPAIO, FABIANA SARPA DE CASTRO PEIXOTO2014SAMPAIO, FABIANA SARPA DE CASTRO PEIXOTO ; NOVAIS, MARESSA SANTOS ; FERRARI OLIVEIRA, VANESSA ; BRITO, MILENA BASTOS . CLINICAL AND SOCIAL IMPACT OF BRAZILIAN TEENAGE PREGNANCY. Brazilian Journal of Medicine and Human Health, v. 2, p. 82-85, 2014.

18.
BRAGA, G. C.2013BRAGA, G. C. ; BRITO, MB ; FERRIANI, R. A. ; Oliveira, L.C.O. ; Garcia AA ; Pintao, M.C. ; Vieira CS . Oral anticoagulant therapy does not modify the bleeding pattern associated with the levonorgestrel-releasing intrauterine system in women with thrombophilia and/or a history of thrombosis. Contraception (Stoneham), v. 89, p. 48-53, 2013.

19.
BRITO, MB2012 BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Josh Meijers ; Andrea Garcia ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Effects of the etonogestrel-releasing contraceptive implant inserted immediately postpartum on maternal hemostasis: A randomized controlled trial. Thrombosis Research, v. 129, p. 490, 2012.

20.
BRITO, MB2011BRITO, MB; Nobre F ; Vieira CS . Contracepção hormonal e Sistema cardio-vascular. Arquivos Brasileiros de Cardiologia (Impresso), v. 96, p. e81-e89, 2011.

21.
BRITO, MB2010BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Absence of adverse hepatic or renal effects with the etonogestrel-releasing contraceptive implant inserted immediately postpartum. Open Access Journal of Contraception, p. 127-133, 2010.

22.
BRITO, MB2009BRITO, MB; Silva, J.C.R. ; Barbosa, HF ; Neto, OBP ; Reis, FJC ; Silva ACJR ; Nogueira, A.A. . Tratamento clínico da gravidez ectopica com metotrexato. Femina (Rio de Janeiro), v. 37, p. 29-34, 2009.

23.
BRITO, MB2009 BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; Yazlle MEHD ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Safety of the etonogestrel-releasing implant during the immediate postpartum period: a pilot study. Contraception (Stoneham), v. 80, p. 519-26, 2009.

24.
BRITO, MB2009BRITO, MB; Vieira CS . Resumo de tese: Efeitos clínicos e metabólicos do implante liberador de etonogestrel sobre o puerpério de mulheres sadias. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso), v. 31, p. 246-246, 2009.

25.
Vieira, Carolina Sales2008Vieira, Carolina Sales ; BRITO, MB ; Yazlle, Marta Edna Holanda Diogenes . Contracepção no puerpério. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso), v. 30, p. 470-479, 2008.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Vieira CS ; BRITO, MB . Guia Pratico Anticoncepção residentes GO. 1. ed. Sao Paulo: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, 2015. v. 1. 29p .

Capítulos de livros publicados
1.
BASTOS BRITO, MILENA; MONTEIRO, I. M. U. ; BELLA, Z. I. K. J. . Anticoncepcional Hormonal Combinado. In: Cesar Eduardo Fernandes, Marcos Felipe Silva de Sá. (Org.). Tratado de Ginecologia FEBRASGO. 1ed.: Elsevier, 2018, v. 1, p. 800-820.

2.
BRITO, MB; Vieira CS . Anticoncepção Hormonal e não-hormonal. In: Rui Alberto Ferriani; carolina Sales Vieira; Luiz Gustavo Oliveira Brito. (Org.). Rotinas em Ginecologia. 1ed.São Paulo: Atheneu, 2015, v. , p. 199-216.

3.
BRITO, MB; NAVARRO, P. A. A. S. . Amenorréia Primária. In: In: Reis RM; Junqueira FRR; Rosa e Silva ACJS. (Org.). Amenorréia Primária.. 1ed.Porto Alegre: ARTMED EDITORA LTDA, 2012, v. 1, p. 159-167.

4.
BRITO, MB; Vieira CS ; FERRIANI, R. A. . Anticoncepção hormonal oral em situações especiais. In: Achilles Machado Cruz; Jorge Nahás Neto; Eliana Petri Nahás. (Org.). Guia Prático em Ginenecologia. São Paulo: conectfarma, 2009, v. , p. 37-46.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MILENA BASTOS BRITO,; PIMENTEL, F. . Manuseio da crise de dor na anemia falciforme. iSaúde Bahia, 14 dez. 2016.

2.
BRITO, MB; RABELO, M. M. ; ALVES, R. D. M. S. ; ANDRADE, V. R. E. . DIU pode ser usado em paciente que nunca engravidou?. iSaude, 27 out. 2016.

3.
BRITO, MB; PIMENTEL, F. . Entenda a importância do aleitamento materno. iSaude, 12 out. 2016.

4.
BRITO, MB; CASQUEIRO, J. ; SOUZA, C. A. . Anticoncepção no pós-parto: qual método utilizar?. ibahia, p. 1 - 2, 24 jan. 2014.

5.
BRITO, MB. Contracepção Hormonal e Trombose. Jornal da SOGIBA, p. 4 - 5, 11 dez. 2013.

6.
BRITO, MB. O que é bebê de proveta, inseminação artificial e barriga de aluguel?. iBahia Saúde, Salvador, 07 maio 2013.

7.
BRITO, MB; Vieira CS . Anticoncepcional pós-parto tem eficácia comprovada. Folha de São Paulo, 10 mar. 2010.

8.
BRITO, MB; Vieira CS . Site médico internacional premia pesquisa da FMRP. USP-Ribeirão, p. 04 - 05, 01 mar. 2010.

9.
BRITO, MB; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; Pintao, M.C. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . Pacientes com história prévia de trombose ou trombofilia podem usar SIU-LNG. Highlights FIGO 2009, São Paulo, SP, p. 4 - 4, 30 jan. 2010.

10.
BRITO, MB. Para evitar a gravidez. Gazeta de Ribeirão, Ribeirão Preto, SP, p. 19 - 19, 28 ago. 2008.

11.
BRITO, MB. Implante é alternativa anticoncepcional pós-parto para mulheres pobres.. Saúde em Movimento, 21 ago. 2008.

12.
BRITO, MB; Vieira CS . Implante é alternativa simples de método anticoncepcional pós-parto. Diário da Saúde, 20 ago. 2008.

13.
BRITO, MB; Vieira CS . Método Contraceptivo para mulheres de baixa renda. Jornal USP-Ribeirão, Ribeirão Preto, SP, p. 4 - 5, 18 ago. 2008.

14.
MILENA BASTOS BRITO,; BONFIM, C. M. S. ; BARROS, C. S. . Saiba mais sobre a saúde reprodutiva das mulheres com anemia falciforme. ibahia.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
VILAS BOAS, A. ; PIMENTEL MIRANDA, FLAVIA ; BASTOS BRITO, MILENA . Etonogestrel-releasing contraceptive implant use by women with sickle cell disease. In: 15th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health,, 2018, Budapeste. The European Journal of Contraception & Reproductive Health Care,, 2018. v. 23. p. 83-84.

2.
ALVES, R. D. M. S. ; ANDRADE, V. R. E. ; BASTOS BRITO, MILENA ; RABELO, M. M. ; CABRAL, R. C. S. . Positioning of the levonorgestrel intrauterine system in the influence of the genital bleeding pattern. In: 15th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health,, 2018, Budapeste. The European Journal of Contraception & Reproductive Health Care,, 2018. v. 23. p. 171-172.

3.
SANCHES, M. ; TRIGGO, A. C. ; BRUNELLY, S. ; MARON, C. C. ; BASTOS BRITO, MILENA . Contraceptive satisfaction between users and non-users of long acting reversible contraceptive. In: XXII World Congress of Gynecology and Obstetrics, 2018. International Journal of Gynecology and Obstetrics, 2018. v. 143. p. 124-124.

4.
RABELO, M. M. ; ALVES, R. D. M. S. ; CABRAL, R. C. S. ; BASTOS BRITO, MILENA . ACCEPTABILITY OF USERS OF THE LEVONORGESTREL-RELEASING INTRAUTERINE SYSTEM AFTER 12 MONTHS. In: World Congress, 2018. Int J Gynecol Obstet., 2018. v. 143. p. 543.

5.
TRIGGO, A. C. ; SANCHES, M. ; BRUNELLY, S. ; MARON, C. C. ; BASTOS BRITO, MILENA . COMPARISON OF THE SEXUAL FUNCTION BETWEEN WOMEN USERS OF INTRAUTERINE DEVICES. In: World Congress, 2018, Rio de Janeiro. International Journal of Gynecology & Obstetrics, 2018. p. 364.

6.
SANCHES, M. ; TRIGGO, A. C. ; BRUNELLY, S. ; ANDRADE, V. R. E. ; MARON, C. C. ; BASTOS BRITO, MILENA . CONTRACEPTIVE SATISFACTION BETWEEN USERS AND NON-USERS OF LONG ACTING REVERSIBLE CONTRACEPTIVE. In: World Congress, 2018, Rio de Janeiro. International Journal of Gynecology & Obstetrics, 2018. p. 366.

7.
BASTOS BRITO, MILENA; BRAGA, G. C. ; Oliveira, L.C.O. ; FERRIANI, R. A. ; Garcia, Andréa A. ; Vieira CS . CONTRACEPTIVE SATISFACTION BETWEEN USERS AND NON-USERS OF LONG ACTING REVERSIBLE CONTRACEPTIVE. In: World Congress, 2018, Rio de Janeiro. International Journal of Gynecology & Obstetrics, 2018. v. 143. p. 366.

8.
BRAGA, L. G. ; ALVES, R. D. M. S. ; RABELO, M. M. ; ANDRADE, V. R. E. ; BASTOS BRITO, MILENA . PAIN AT INSERTION OF THE LNG-IUS IN NULLIPAROUS AND MULTIPAROUS WOMEN. In: World Congress, 2018, Rio de Janeiro. International Journal of Gynecology & Obstetrics, 2018. v. 143. p. 393.

9.
Vieira CS ; BAHAMONDES, V. ; SOUZA, R. ; BRITO, MB ; AMARAL, E. M. ; Bahamondes LG ; DUARTE, G. ; Quintana SM ; SCARANARI, C. A. ; FERRIANI, R. A. . Effect of antiretroviral therapy including lopinavir/ritonavir or efavirenz on etonogestrel-releasing implant pharmacokinetics in HIV-positive women. In: 13th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health, 2014, Lisboa. The European Journal of Contraception and Reproductive Health Care. Estados Unidos: informa healthcare, 2014. v. 19. p. S72-S73.

10.
SAMPAIO, F. S. C. P. ; BRITO, MB . Brazilian teenager pregnancy situation in the last decade: the need of a more effective family planning program. In: 13th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health, 2014, Lisboa. The European Journal of Contraception and Reproductive Health Care. Estados Unidos: informa healthcare, 2014. v. 19. p. S80-S81.

11.
RAGAZINI, C. S. ; BAHAMONDES, V. ; BRITO, MB ; AMARAL, E. M. ; Bahamondes LG ; DUARTE, G. ; Quintana SM ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . Bleeding patterns on HIV-infected women using etonogestrel-releasing implant and antiretroviral therapy. In: 13th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health, 2014, Lisboa. The European Journal of Contraception and Reproductive Health Care. Estados Unidos: informa healthcare. v. 19. p. S89-S89.

12.
SAMPAIO, F. S. C. P. ; LOPES, J. B. ; SANTIAGO, M. B. ; BRITO, MB . Low prevalence of contraceptive use among Brazilian women of reprductive age with systemic lupus erythematosus. In: 13th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health, 2014, Lisboa. The European Journal of Contraception and Reproductive Health Care. Estados Unidos: informa healthcare, 2014. v. 19. p. S134-S135.

13.
Vieira CS ; BRITO, MB ; Oliveira, L.C.O. ; Pintao, M.C. ; FERRIANI, R. A. . ONE-YEAR OF FOLLOW-UP OF LEVONORGESTREL-RELEASING INTRAUTERINE SYSTEM USE IN PATIENTS WITH HEMOSTATIC DISORDERS WITH AND WITHOUT ANTICOAGULANT THERAPY. In: Annual Meeting of the American-Society for Reproductive Medicine, 2011, Orlando. FERTILITY AND STERILITY, 2011. v. 96. p. S112-S112.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
COSTA, T. P. ; SANTOS, O. S. ; MATOS, C. B. B. ; BASTOS BRITO, MILENA . LIVRE ESCOLHA CONTRACEPTIVA EM AMBULATÓRIO DOCENTE-ASSISTENCIAL APÓS O SURTO DO ZIKA VÍRUS. In: XXII CONGRESSO BAIANO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA., 2018. Anais do XXII Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia, 2018.

2.
SANTOS, O. S. ; MATOS, C. B. B. ; COSTA, T. P. ; VILAS BOAS, A. ; BASTOS BRITO, MILENA . USO DO IMPLANTE CONTRACEPTIVO LIBERADOR DE ETONOGESTREL (ENG) EM MULHERES PORTADORAS DE ANEMIA FALCIFORME. In: XXII CONGRESSO BAIANO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA., 2018. Anais do XXII Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia, 2018.

3.
BRUNELLY, S. ; SANCHES, M. ; TRIGGO, A. C. ; MARON, C. C. ; BASTOS BRITO, MILENA . Função sexual entre mulheres usuárias de dispositivos intrauterinos. In: XXII CONGRESSO BAIANO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA., 2018. Anais do XXII Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia, 2018.

4.
MATOS, C. B. B. ; BOAS, ANDREA VILAS ; BASTOS BRITO, MILENA . WOMEN MORTALITY WITH SICKLE CELL DISEASE IN BRAZIL USING A POPULATION BASED SYSTEM. In: World Congress, 2018, Rio de Janeiro. International Journal of Gynecology & Obstetrics, 2018. v. 143. p. 861.

5.
SCAVUZZI, A. C. F. ; MAGALHAES, D. ; B BRITO, MILENA ; Correiar, LCL ; MENEZES, M. . Choosing Wisely na graduação de Medicina: construção da lista de Ginecologia e Obstetrícia. In: 55o Congresso Brasileiro de Educação Médica, 2017. Anais do 55o Congresso Brasileiro de Educação Médica, 2017.

6.
ALVES, F. S. S. ; SOUZA, M. Q. ; REQUIAO, S. R. ; BRITO, MB . Sociodemographics features and knowledge of contraceptive methods between teenage pregnant Brazilian women. In: THE 14TH CONGRESS OF THE EUROPEAN SOCIETY OF CONTRACEPTION AND REPRODUCTIVE HEALTH, 2016, Basel. The European Journal of Contraception and Reproductve Health Care. United Kingdom: Taylor and Francis, 2016. v. 21. p. 51-51.

7.
BRITO, MB; PIMENTEL, F. ; BOMFIM, C. ; BARROS, C. S. . Etonogestrel-releasing contraceptive implant use by women with sickle cell disease. In: THE 14TH CONGRESS OF THE EUROPEAN SOCIETY OF CONTRACEPTION AND REPRODUCTIVE HEALTH, 2016, Basel. The European Journal of Contraception and Reproductve Health Care, 2016. v. 21. p. 119-119.

8.
SANTOS, L. A. ; BRITO, MB . EVENTOS TROMBOEMBÓLICOS: INTERNAMENTOS EM MULHERES NO BRASIL. 2008 A 2015. In: XXI Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia, 2016, Salvador. Anais do XXI Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia, 2016. v. 1. p. 10-10.

9.
SOUZA, M. Q. ; ALVES, F. S. S. ; REQUIAO, S. R. ; BRITO, MB . Conhecimento sobre métodos contraceptivos entre gestantes adolescentes, em capital do nordeste brasileiro. In: XXI Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia, 2016, Salvador. Anais do XXI Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia, 2016. v. 1. p. 10-10.

10.
Machado, L.P. ; Ferreira, IC ; Greilberger, R. ; BRITO, MB . O que as parturientes da cidade de Ribeirão Preto-SP sabem sobre planejamento reprodutivo?. In: XVIII Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia, 2013, São Paulo. Anais do XVIII Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia. São Paulo: Associação de Obstetricia e Ginecologia do Estado de São Paulo, 2013. v. 1. p. 261-262.

11.
Greilberger, R. ; Machado, L.P. ; Brito, Milena B. . O que sabem as mães adolescentes sobre planejamento familiar?. In: XVIII Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia, 2013, São Paulo. Anais do XVIII Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia. São Paulo: Associação de Obstetricia e Ginecologia do Estado de São Paulo, 2013. p. 262-263.

12.
SAMPAIO, F. S. C. P. ; BRITO, MB . INDICADORES MATERNO-INFANTIS DAS CAPITAIS MAIS POPULOSAS DE CADA REGIÃO BRASILEIRA, EM 2011, SEGUNDO O SISTEMA DE NASCIDOS VIVOS (SINASC)/DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA DO SUS (DATASUS). In: 55 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia, 2013, Salvador. Anais do 55 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia, 2013. v. 1. p. 4142-4142.

13.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; AMARAL, E. M. ; SCARANARI, C. A. ; Bahamondes LG ; BAHAMONDES, V. ; DUARTE, G. ; Quintana SM ; Vieira CS . Immunologic effects of etonogestrel-releasing contraceptive implant in women living with human immunodeficiency virus. In: 12° CONGRESS OF EUROPEAN SOCIETY OF CONTRACEPTION AND REPRODUCTIVE HEALTH, 2012, Athens. European Journal of Contraception & Reproductive Health Care, 2012. v. 17. p. S44-S44.

14.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; SCARANARI, C. A. ; Bahamondes LG ; AMARAL, E. M. ; Quintana SM ; DUARTE, G. ; Vieira CS . Efeitos imunológicos do implante contraceptivo liberador de etonogestrel em mulheres vivendo com o vírus da imunodeficiência humana.. In: XVII Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia, 2012, São Paulo. Anais do XVII Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia, 2012.

15.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Pintao, M.C. ; Oliveira, L.C.O. ; Vieira, Carolina Sales . Um Ano De Seguimento Do Uso Do Sistema Intrauterino Liberador De Levonorgestrel Em Mulheres Portadoras De Distúrbios Hemostáticos. In: XVI Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetricia (SOGESP), 2011, São Paulo. Anais do XVI Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetricia, 2011.

16.
BRITO, MB; Josh Meijers ; Andrea Garcia ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . The Etonogestrel-releasing contraceptive implant inserted immediately postpartum has no negative influence in the haemostatic system.. In: 11th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health, 2010, Haia. European Journal of Contraception & Reproductive Health Care, 2010. v. 15. p. 143-143.

17.
BRITO, MB; Barboza, RP ; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . The Levonorgestrel-intrauterine system was associated with no adverse effect in endothelial function in women with history of thrombosis or thrombophilia. In: 11th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health, 2010, Haia. European Journal of Contraception & Reproductive Health Care, 2010. v. 15. p. 166-167.

18.
BRITO, MB; Barboza, RP ; Oliveira, L.C.O. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . O sistema intrauterino liberador de levonorgestrel não alterou função endotelial de mulheres saudáveis ou portadoras de doença tromboembólica.. In: XV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia-SOGESP, 2010, São Paulo. Anais do XV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia-SOGESP, 2010. p. 135-135.

19.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Quintana SM ; Vieira CS . O implante contraceptivo liberador de etonogestrel inserido no pós-parto imediato não teve influência negativa no sistema hemostático de mulheres saudáveis.. In: XV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia-SOGESP, 2010, São Paulo. Anais do XV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia-SOGESP, 2010. p. 135-135.

20.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Ausência de efeito adverso hepático com uso do implante de etonogestrel no puerpério imediato. In: XXI Reunion Bienal de la Associación Latinoamericana de investigadores em Reproducción Humana, 2009, São Paulo, SP. Anais da XXI Reunion Bienal de la Associación Latinoamericana de investigadores em Reproducción Humana, 2009. p. 37.

21.
BRITO, MB; Josh Meijers ; Andrea Garcia ; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Etonogestrel-releasing implant inserted immediately postpartum does not impair hemostatic system. In: 25th Annual Meeting of the European Society of Human Reproduction and Embryology, 2009, Amsterdan. Human Reproduction, 2009. v. 24. p. i102-i103.

22.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Metabolic effects of the etonogestrel-releasing implant during the immediate postpartum period. In: XIX FIGO World Congress of Gynecology and Obstetrics, 2009, Cidade do Cabo, África do Sul. International Journal of Gynecology and Obstetrics, 2009. v. 107. p. S135-S135.

23.
BRITO, MB; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; Pintao, M.C. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . Endothelial effects of levonorgestrel-releasing intrauterine system in patients with previous thrombosis or thrombophilia. In: XIX FIGO World Congress of Gynecology and Obstetrics, 2009, Cidade do Cabo, África do Sul. International Journal of Gynecology and Obstetrics, 2009. v. 107S2. p. S134-S135.

24.
BRITO, MB; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . Efeito do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel no endotélio de pacientes trombofílicas e/ou com passado de trombose.. In: XIV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia, 2009, São Paulo. Anais do XIV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia-SOGESP, 2009. p. 27-27.

25.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Quintana SM ; Vieira CS . Efeitos metabólicos do implante liberador de etonogestrel durante o puerpério imediato. In: XIV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia, 2009, São Paulo. Anais do XIV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia-SOGESP, 2009. p. 28-28.

26.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Quintana SM ; Vieira CS . Uso do implante liberador de etonogestrel no pós-parto imediato. In: XIII Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrcia, 2008, São Paulo. Anais do XIII Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetricia, 2008. p. 213-213.

27.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Use of Etonogestrel-Releasing Contraceptive Implant in the immediate post partum period. In: 64th Annual Meeting - American Society for Reproductive Medicine, 2008, San Francisco. Fertility and Sterility, 2008. v. 90. p. S111.

28.
Vieira CS ; BRITO, MB ; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; SA, M. F. S. . Efeitos metabólicos da inserção do implante de etonogestrel no puerpério imediato.. In: XXIII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2008, Curitiba. Anais do XXIII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, CD, 2008.

29.
Pavão RB ; Vieira CS ; BRITO, MB ; SA, M. F. S. ; Marin-Neto JA . Uso prévio de contraceptivo oral e terapia de reposição hormonal em mulheres com doença arterial coronariana a angiografia. In: 52 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia, 2007, Fortaleza. Anais do 52 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia, 2007.

30.
BARCELOS, I. D. E. S. ; BRITO, MB ; Carvalho, B.R. ; Brito, L.G.O. ; Manetta, L.A. ; REIS, R. M. ; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. . Espessura Endometrial avaliada pela ultrassonografia transvaginal como fator prognóstico em fertilização assistida. In: XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006, Curitiba. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006. v. 1. p. 48-48.

31.
BARCELOS, I. D. E. S. ; Carvalho, B.R. ; BRITO, MB ; Manetta, L.A. ; REIS, R. M. ; SA, M. F. S. ; FERRIANI, R. A. ; LEITE, S. P. . Complicações da captação de oócitos pela técnica transvaginal. In: XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006, Curitiba. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006. v. 1. p. 48-48.

32.
BRITO, MB; Carvalho, B.R. ; BARCELOS, I. D. E. S. ; Brito, L.G.O. ; Manetta, L.A. ; SA, M. F. S. ; FERRIANI, R. A. ; REIS, R. M. . Dopplerfluxometria basal das artérias uterinas na predição de implantação embrionária em reprodução assitida. In: XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006, Curitiba. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006. v. 1. p. 49-49.

33.
Brito, L.G.O. ; Carvalho, B.R. ; BRITO, MB ; BARCELOS, I. D. E. S. ; Nogueira, A.A. ; MOURA, M. D. ; NETTO, J. C. ; SA, M. F. S. ; REIS, R. M. . Neovaginoplastia com molde de látex natural: uma nova proposta terapêutica. In: XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006, Curitiba. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006. v. 1. p. 57-57.

34.
BRITO, MB; AGUIAR, F. M. ; MELO, S. B. C. ; GALVAO, L. C. ; Silva, J.C.R. ; Reis, R.M. ; FERRIANI, R. A. . Triagem sorológica para doença celíaca em pacientes com endometrise. In: XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006, Curitiba. Anais do XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana, 2006. v. 1. p. 42-42.

Artigos aceitos para publicação
1.
PAVIE, MARIA CLARA ; ROBATTO, MARIANA ; BASTOS, MILENA ; TOZETTO, SIBELE ; BOAS, ANDREA VILAS ; VITALE, SALVATORE GIOVANNI ; LORDELO, PATRÍCIA . Blue light-emitting diode in healthy vaginal mucosa a new therapeutic possibility. LASERS IN MEDICAL SCIENCE, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
BASTOS BRITO, MILENA. Menopausa e transição perimenopaúsica. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
BASTOS BRITO, MILENA. Contracepção e trombose: quando investigar?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
BASTOS BRITO, MILENA. Contracepção: a escolha personalizada, com o tema: 'Na obesidade'.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
BASTOS BRITO, MILENA. Abordagem do sangramento uterino anormal, com o tema: 'Acompanhamento na fase crônica'.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
ALVES, F. S. S. ; SOUZA, M. Q. ; REQUIAO, S. R. ; BRITO, MB . Sociodemographics features and knowledge of contraceptive methods between teenage pregnant Brazilian women. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
BRITO, MB; PIMENTEL, F. ; BOMFIM, C. ; BARROS, C. S. . Etonogestrel-releasing contraceptive implant use by women with sickle cell disease. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
BONFIM, C. M. S. ; PIMENTEL, F. ; BARROS, C. S. ; MILENA BASTOS BRITO, . EFEITOS METABÓLICOS DO IMPLANTE LIBERADOR DE ETONOGESTREL EM MULHERES COM ANEMIA FALCIFORME. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
BARROS, C. S. ; BONFIM, C. M. S. ; PIMENTEL, F. ; MILENA BASTOS BRITO, . EFEITO DO IMPLANTE CONTRACEPTIVO LIBERADOR DE ETONOGESTREL SOBRE CRISES ÁLGICAS EM MULHERES FALCÊMICAS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
MILENA BASTOS BRITO,. Uso do implante contraceptivo em populações vulneráveis. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
BRITO, MB. Contracepção em tempos de Zika. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
BRITO, MB. Riscos dos Contraceptivos Reversíveis de Longa Ação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
RAGAZINI, C. S. ; BAHAMONDES, V. ; BRITO, MB ; AMARAL, E. M. ; Bahamondes LG ; DUARTE, G. ; Quintana SM ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . Bleeding patterns on HIV-infected women using etonogestrel-releasing implant and antiretroviral therapy. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
SAMPAIO, F. S. C. P. ; LOPES, J. B. ; SANTIAGO, M. B. ; BRITO, MB . Low prevalence of contraceptive use among Brazilian women of reprductive age with systemic lupus erythematosus. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
SAMPAIO, F. S. C. P. ; BRITO, MB . Brazilian teenager pregnancy situation in the last decade: the need of a more effective family planning program. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
BONFIM, C. M. S. ; BARROS, C. S. ; ALVES, F. S. S. ; BRITO, MB . UMA DÉCADA DE MUDANÇAS NAS CARACTERISTICAS DE MÃES DE RECÉM-NASCIDOS BAIXO PESO EM MUNICÍPIOS DA BAHIA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
BARROS, C. S. ; BOMFIM, C. ; ALVES, F. S. S. ; BRITO, MB . GRAVIDEZ PRECOCE E BAIXO PESO AO NASCER NAS QUATRO CIDADES MAIS POPULOSAS DA BAHIA NOS ANOS DE 2002 E 2012. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
ALVES, F. S. S. ; DURANDO, C. R. ; NOVAIS, M. S. ; REQUIAO, S. R. ; PEREIRA, L. A. V. ; BRITO, MB . CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS DE GESTANTES ADOLESCENTES ATENDIDAS NA CIDADE DE SALVADOR. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
ALVES, F. S. S. ; Brito, Milena B. . CARACTERÍSTICAS DAS GESTAÇÕES RESULTANTES EM RECÉM-NASCIDOS COM BAIXO PESO AO NASCER DURANTE UMA DÉCADA NA CIDADE DE SALVADOR-BA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
SAMPAIO, F. S. C. P. ; BRITO, MB . GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA, NO BRASIL: O QUE MUDOU EM UMA DÉCADA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
Vieira CS ; BAHAMONDES, V. ; SOUZA, R. ; BRITO, MB ; AMARAL, E. M. ; Bahamondes LG ; DUARTE, G. ; Quintana SM ; SCARANARI, C. A. ; FERRIANI, R. A. . Effect of antiretroviral therapy including lopinavir/ritonavir or efavirenz on etonogestrel-releasing implant pharmacokinetics in HIV-positive women. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
Brito, Milena B.. Aspectos Atuais da anticoncepção. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
Brito, Milena B.. Tromboembolismo venoso (TEV) e contracepção. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
Brito, Milena B.. Perda fetal recorrente - causas hematológicas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
Brito, Milena B.. Anticoncepção em situações especiais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

25.
BRITO, MB; CUNHA, M. S. ; Rocha, MNS . Anticoncepção em situaçãoes especiais - discussão de casos clínicos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

26.
BRITO, MB. Anticoncepção em obesas e pós-cirurgia bariátrica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

27.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Bahamondes LG ; Quintana SM ; DUARTE, G. ; SCARANARI, C. A. ; AMARAL, E. M. ; BAHAMONDES, V. ; Vieira CS . Immunologic effects of etonogestrel-releasing contraceptive implant in women living with human immunodeficiency virus. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
BRITO, MB; SCARANARI, C. A. ; FERRIANI, R. A. ; DUARTE, G. ; Bahamondes LG ; BAHAMONDES, V. ; Quintana SM ; AMARAL, E. M. ; Vieira CS . Efeitos imunológicos do implante contraceptivo liberador de etonogestrel em mulheres vivendo com o vírus da imunodeficiência humana.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
BRITO, MB. Osteopenia X Osteoporose: o tratamento é diferenciado?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

30.
BRITO, MB. Tratamento Clínico da Endometriose: O papel dos contraceptivos hormonais. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
BRITO, MB. Métodos contraceptivos de longa duração: análise critica dos injetáveis. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Oliveira, L.C.O. ; Pintao, M.C. ; Vieira, Carolina Sales . Um Ano De Seguimento Do Uso Do Sistema Intrauterino Liberador De Levonorgestrel Em Mulheres Portadoras De Distúrbios Hemostáticos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
BRITO, MB; Josh Meijers ; Andrea Garcia ; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; Vieira CS . The Etonogestrel-releasing contraceptive implant inserted immediately postpartum has no negative influence in the haemostatic system. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

34.
BRITO, MB; Barboza, RP ; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . The Levonorgestrel-intrauterine system was associated with no adverse effect in endothelial function in women with history of thrombosis or thrombophilia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

35.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; Andrea Garcia ; Josh Meijers ; Vieira CS . O implante contraceptivo liberador de etonogestrel inserido no pós parto imediato não exerce efeito negativo sobre o sistema hemostático. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
BRITO, MB; Barboza, RP ; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . O sistema intrauterino liberador de levonorgestrel não alterou função endotelial de mulheres saudáveis ou portadoras de doença tromboembólica.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

37.
BRITO, MB; Barboza, RP ; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . O sistema intrauterino liberador de levonorgestrel não alterou função endotelial de mulheres saudáveis ou portadoras de doença tromboembólica.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

38.
BRITO, MB; Josh Meijers ; Garcia AA ; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Etonogestrel-releasing implant inserted immediately postpartum does not impair hemostatic system. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Metabolic effects of the etonogestrel-releasing implant during the immediate postpartum period. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
BRITO, MB; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; Pintao, M.C. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . Endothelial effects of levonorgestrel-releasing intrauterine system in patients with previous thrombosis or thrombophilia. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
BRITO, MB; Martins, WP ; Oliveira, L.C.O. ; FERRIANI, R. A. ; Vieira CS . Efeito do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel no endotélio de pacientes trombofílicas e/ou com passado de trombose.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

42.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Quintana SM ; SA, M. F. S. ; Vieira CS . Efeitos metabólicos do implante liberador de etonogestrel durante o puerpério imediato. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

43.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Garcia AA ; Quintana SM ; Vieira CS . Effect of etonogestrel releasing implant on the hemostatic system of health women. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Quintana SM ; Vieira CS . Uso do implante liberador de etonogestrel no pós-parto imediato.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

45.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Quintana SM ; Vieira CS . Use of etonogestrel-releasing contraceptive implant in the immediate post partum period.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

46.
BRITO, MB; Pavão RB ; Vieira CS ; Marin-Neto JA ; SA, M. F. S. . Uso prévio de contraceptivo oral e terapia de reposição hormonal em mulheres com doença arterial coronariana a angiografia.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Outra).

47.
BRITO, MB; AGUIAR, F. M. ; GALVAO, L. C. ; MELO, S. B. C. ; Silva, J.C.R. ; FERRIANI, R. A. ; Reis, R.M. . Triagem sorológica para doença celíaca em pacientes com endometriose.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
BRITO, MB; Carvalho, B.R. ; BARCELOS, I. D. E. S. ; Brito, L.G.O. ; Manetta, L.A. ; SA, M. F. S. ; FERRIANI, R. A. ; Reis, R.M. . Dopplerfluxometria basal das artérias uterinas na predição de implantação embrionária em Reprodução Humana.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

49.
BARCELOS, I. D. E. S. ; Carvalho, B.R. ; BRITO, MB ; Manetta, L.A. ; Reis, R.M. ; LEITE, S. P. ; SA, M. F. S. ; FERRIANI, R. A. . Complicações da captação de oócitos pela técnica transvaginal.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

50.
BARCELOS, I. D. E. S. ; BRITO, MB ; Carvalho, B.R. ; Manetta, L.A. ; REIS, R. M. ; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. . Espessura endometrial avaliada pela ultrassonografia transvaginal como fator prognóstico em fertilização assistida.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

51.
Brito, L.G.O. ; Carvalho, B.R. ; BRITO, MB ; BARCELOS, I. D. E. S. ; Nogueira, A.A. ; MOURA, M. D. ; NETTO, J. C. ; FERRIANI, R. A. ; SA, M. F. S. ; Reis, R.M. . Neovaginoplastia com molde de látex natural: uma nova proposta terapêutica.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
BASTOS BRITO, MILENA; MONTEIRO, I. M. U. ; BELLA, Z. I. K. J. . Anticoncepção Hormonal Combinada 2018 (Protocolo FEBRASGO).

2.
MILENA BASTOS BRITO,; HEMBROFF, G. ; KNIK, T. . The Integration of a Mobile Health Application Designed to Help Lower the Risk of Developing Cervical Cancer in HIV Positive Women: 2016 (Colaboração em Dissertação de Mestrado de Tugce Knik, at Michigan Technological University).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BRITO, MB. Planejamento Reprodutivo no Estado da Bahia. 2016.

Trabalhos técnicos
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MILENA BASTOS BRITO,. Os riscos da trombose. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
BRITO, MB. O que é bebê de proveta, inseminação artificial e barriga de aluguel?. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
BRITO, MB. A Voz das Mulheres' na radio Sociedade , 740 AM.. 2013.

4.
BRITO, MB; Vieira CS . Anticoncepção no pós-parto imediato. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
BRITO, MB. Site internacional premia pesquisa da FMRP-USP. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
BRITO, MB; Vieira CS . Efeito do implante liberador de etonogestrel no pós parto imediato.. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
Brito, Milena B.. Planejamento familiar. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
BRITO, MILENA BASTOS. Contracepção LARC. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
BRITO, MB. A Ginecologia e Obstetricia que todo médico deve saber. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
BRITO, MILENA BASTOS. Contracepção. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
BRITO, MILENA BASTOS. Sexualidade e Câncer. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
BRITO, MILENA BASTOS; Vieira CS . Contracepção em foco. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

7.
BRITO, MB; Vieira CS . Conhecendo o corpo feminino. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
BRITO, MB. Sexualidade e anticoncepção na adolescencia. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
BRITO, MB. Anticoncepção na Adolescencia. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

10.
BRITO, MB; Vieira CS . 2º Workshop sobre Anticoncepção no puerpério do Centro de Referência as Saúde da Mulher de Ribeirão Preto-MATER.. 2010. .

11.
BRITO, MB; Quintana SM ; Vieira CS . I workshop sobre anticoncepção no puerpério. 2009. .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
GARBOGGINI, P. V. S. L.; BASTOS BRITO, MILENA; TAKENAMI, I. O.. Participação em banca de Maria Clara Neves Pavie Cardoso Lima. Uso do diodo emissor de luz azul em mucosa vaginal saudável: um estudo piloto. 2018. Dissertação (Mestrado em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

2.
MACHADO, R. B.; MATIAS, D. S.; BASTOS BRITO, MILENA. Participação em banca de Renata Dantas Monteiro Santana Alves. Posicionamento do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel na influencia do padrão de sangramento genital. 2018. Dissertação (Mestrado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

3.
MILENA BASTOS BRITO,; GARBOGGINI, P. V. S. L.; TARARES, J. S. C.; DIAS, C. M. C. C.. Participação em banca de Ana Paula Pitiá Barreto. As repercussões da psicoterapia cognitivo-comportamental na função sexual e qualidade de vida de mulheres com disfunção sexual. 2017. Dissertação (Mestrado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

4.
GARBOGGINI, P. V. S. L.; Correiar, LCL; MILENA BASTOS BRITO,. Participação em banca de Cristina Aires Brasil. Radiofrquencia no tratamento de incontinencia urinária de esforço feminina: estudo piloto randomizado. 2017. Dissertação (Mestrado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

5.
BRITO, MB; SARTORI, M. G. F.; DIAS, C. M. C. C.. Participação em banca de Andréa Queiroz Vilas Boas. Uso da radiofrequencia não ablativa em meato uretral na incontinência urinária de esforço: estudo piloto. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

6.
Ladeia, AMT; BRITO, MB; Rocha, MS. Participação em banca de Alan Carlos Nery dos Santos. Avaliação da lipoproteína de baixa densidade oxidada em mulheres que utilizam e não utilizam contraceptivo oral combinado. 2016. Dissertação (Mestrado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

7.
Costa, OLN; BRITO, MB; MOREIRA JUNIOR, E. D.. Participação em banca de Karina de Sá Adami Gonçalves Brandão. Adesão à dupla contracepção entre mulheres infectadas pelo HIV. 2015. Dissertação (Mestrado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

8.
FEITOSA, A. C. R.; REIS, H. F. C.; BRITO, MB. Participação em banca de Patricia Martins Carvalho Brandão. Função sexual e autoimagem genital em mulheres. 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

9.
NOGUEIRA, M. P.; ULIAN, V.; BRITO, MB. Participação em banca de Antonio Luiz Gonçalves Brandão. Avaliação radiográfica de pacientes submetidos a tratamento do pé torto congênito idiopático pelo método de Ponseti. 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

10.
Lopes, ACV; Costa, OLN; BRITO, MB. Participação em banca de Claudia Margaret Smith. Desvinculação da assistência pré-natal em uma maternidade pública de Salvador-BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

Teses de doutorado
1.
MILENA BASTOS BRITO,; EICKEMBERG, M.; SANTOS, C. O.; REIS, H. F. C.; GOMES, M. A.. Participação em banca de Roseny Santos Ferreira. Composição corporal segmentar em mulheres adultas jovens com incontinência urinária. 2018. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

2.
BRITO, MILENA BASTOS; GOMES NETO, M.; DIAS, C. M. C. C.; SCHWINGEL, P. A.; PITANGA, F. J. G.. Participação em banca de Clarcson Placido Conceição dos Santos. Ativação dos musculos do assoalho pelvico de mulheres em reposta ao salto vertical. 2018. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

3.
SANTOS, A. V. A.; BASTOS BRITO, MILENA; ALELUIA, I. M. B.; KUSTERER, L. E. F. L.; PEDROZA, C.. Participação em banca de Maria Thais de Andrade Calasans. Associação do programa de iniciação cientifica com a escolha do campo de atuação médica. 2018. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

4.
ODWYER JUNIOR, E.; CASTRO FILHO, B. G.; BASTOS BRITO, MILENA. Participação em banca de David da Costa Nunes Júnior. Associação entre a sifilis e as retroviroses humanas na cidade de Salvador-BA. 2018. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

5.
NEVES, N. A.; QUEIROZ, C. M. P.; BRITO, MB; NETTO, E. M.; MIRANDA, A. E. B.. Participação em banca de ANA GABRIELA ALVARES TRAVASSOS. O HPV E INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS BACTERIANAS EM COORTE DE MULHERES VIVENDO COM HIV. 2016. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

6.
CASTRO FILHO, B. G.; Rocha, MS; GARDENGHI, G.; SILVA, F. L.; BRITO, MB. Participação em banca de Jefferson Petto. Comparação da lipemia pós-prandial e proteínas C reativa de mulheres que utilizam e não utilizam contraceptivo oral.. 2015. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

7.
Lopes, ACV; BRITO, MB; Mascarenhas, REM; Correiar, LCL; Grasi, MFR. Participação em banca de Themístocles Soares de Magalhães. O impacto da gravidez na adolescencia como fator de risco para complicações obstetricas e neonatais. 2013. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

Qualificações de Doutorado
1.
GARBOGGINI, P. V. S. L.; EICKEMBERG, M.; MILENA BASTOS BRITO,. Participação em banca de Roseny Santos Ferreira. Relação da composição corporal segmentar emmulheres adultas jovens com incontinência urinária. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

2.
GARBOGGINI, P. V. S. L.; GOMES NETO, M.; MILENA BASTOS BRITO,. Participação em banca de Clarcson Placido Conceição dos Santos. Ativação dos musculos do assoalho pelvico de mulheres em reposta ao salto vertical. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

3.
Carvalho, BG; MENEZES, M.; BASTOS BRITO, MILENA. Participação em banca de Sara dos Santos Rocha. Avaliação de qualidade da atenção pré-natal em Salvador-Bahia. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

4.
MILENA BASTOS BRITO,; QUEIROZ, C. M. P.; NEVES, N. A.. Participação em banca de ANA GABRIELA ALVARES TRAVASSOS. O HPV E INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS BACTERIANAS EM COORTE DE MULHERES VIVENDO COM HIV. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Medicina e Saúde) - Universidade Federal da Bahia.

5.
Rocha, MS; Ladeia, AMT; BRITO, MB. Participação em banca de Jefferson Petto. Comparação da lipemia pós-prandial e proteínas C reativa de mulheres que utilizam e não utilizam contraceptivo oral.. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

Qualificações de Mestrado
1.
GARBOGGINI, P. V. S. L.; KLEIN, S. O. T.; MILENA BASTOS BRITO,. Participação em banca de Maria Clara Neves Pavie Cardoso Lima. Uso do diodo emissor de luz azul em mucosa vaginal saudável: um estudo piloto. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

2.
MILENA BASTOS BRITO,; PINTO, E. B. C.; JESUS, P. A. P.. Participação em banca de Ana Maria Cruz Santos. Qualidade de vida das mulheres em idade fértil com epilepsia. 2018.

3.
MENEZES, D. S.; ALELUIA, I. M. B.; MILENA BASTOS BRITO,. Participação em banca de Maria Thais de Andrade Calasans. Associação do programa de iniciação cientifica com a escolha do campo de atuação médica. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

4.
BASTOS BRITO, MILENA; Vieira CS; FRANCESCHINI, S. A.. Participação em banca de Fabiani Spessoto Zaratini. Impacto do uso de tecnologia movel sobre o planejamento familiar 6 meses após o parto. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ginecologia e Obstetricia) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.

5.
Ladeia, AMT; BRITO, MB; SOUZA, C. B.. Participação em banca de Candice Rocha Seixas. Sensibilidade insulinca e contraceptivo oral combinado. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

6.
BARROSO JR., U. O.; BRITO, MB. Participação em banca de CLÁUDIA FERNANDES DE ALMEIDA OLIVEIRA. ANÁLISE DA FUNÇÃO SEXUAL EM MULHERES OBESAS SUBMETIDAS À CIRURGIA BARIÁTRICA. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

7.
MILENA BASTOS BRITO,; GUAZZELLI, C. A. F.; GARBOGGINI, P. V. S. L.. Participação em banca de Flavia Pimentel Miranda. Anemia falciforme: Perfil reprodutivo e satisfação contraceptiva. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

8.
GARBOGGINI, P. V. S. L.; BRITO, MB; KLEIN, S. O. T.. Participação em banca de Andréa Queiroz Vilas Boas. Uso da radiofrequencia não ablativa em meato uretral na incontinência urinária de esforço: estudo piloto. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

9.
Ladeia, AMT; Rocha, MS; BRITO, MB. Participação em banca de Alan Carlos Nery dos Santos. Avaliação da lipoproteína de baixa densidade oxidada em mulheres que utilizam e não utilizam contraceptivo oral combinado. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

10.
Bispo, TCF; Carvalho, BG; BRITO, MB. Participação em banca de Claudia Margaret Smith. Desvinculação da assistência pré-natal em uma maternidade pública de Salvador-BA. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

11.
GARBOGGINI, P. V. S. L.; BRITO, MB; FEITOSA, A. C. R.. Participação em banca de Patricia Martins Carvalho Brandão. Função sexual e autoimagem genital em mulheres. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

12.
Carvalho, BG; BRITO, MB; ENGEL, E.. Participação em banca de Antonio Luiz Gonçalves Brandão. Avaliação radiográfica de pacientes submetidos a tratamento do pé torto congênito idiopático pelo método de Ponseti. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

13.
Vieira CS; BRITO, MB; Neto, OBP. Participação em banca de Thais Vitti. Efeitos da aplicação de anestésico local no colo uterino sobre a dor na inserção do Sistema Intrauterino liberador de levonorgestrel em mulheres sem parto vaginal prévio. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Departamento de Ginecologia e Obstetricia) - Faculdade de Medicna de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.

14.
Vieira CS; BRITO, MB; Brito, L.G.O.. Participação em banca de Giordana Campos Braga. Efeito do uso de anticoagulante oral sobre o padrão de sangramento associado ao uso do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel em mulheres portadoras de trombofilia e/ou com passado de trombose. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Departamento de Ginecologia e Obstetricia) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
LUCENA, R. C. S.; BRITO, MB; LYRA, P. P. R.. Participação em banca de Caroline Rodrigues Fernandes.A Percepção de processos dolorosos em recém nascidos, pela equipe de saúde hospitalar - Uma revisão sistemática da literatura. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal da Bahia.

2.
BRITO, MB. Participação em banca de Mirella Pereira Souza Paixão.Associação entre obesidade e câncer de mama: estudo de caso-controle. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

3.
KUSTERER, L. E. F. L.; BRITO, MB; SOUZA, M. K. B.. Participação em banca de Ianna Novais Muniz Pires.À Margem do Corpo: avaliação de ensino-aprendizagem da ética médica. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal da Bahia.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
MILENA BASTOS BRITO,. Comissão de Especialistas Edital 003/2017 Programa pesquisa para o SUS- PPSUS-BA. 2018. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia.

2.
KLEIN, S. O.; BRITO, MB; PALUCH, L. R. B.. Comissão Examinadora da matéria PROPEDÊUTICA, DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO E PREVENÇÃO DOS PROBLEMAS DE SAÚDE NA EMBRIOGÊNESE E NA GESTAÇÃO. 2015. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
Fernandes ACP; Callegari FVR; Medeiros, FC; Maranhão, TMO; Junior, RAO; BRITO, MB. Concurso Público de Provas e Títulos para o Cargo de Professor do Magistério Superior na Classe ?A?, na área de Saúde da Mulher / Semiologia / Habilidades Clínicas / Medicina de Família e Comunidade ? 20h, do curso de Medicina ? CERES/FACISA. 2013. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

4.
BRITO, MB. Avaliadora da Prova de Residência Médica do Hospital da Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. 2009. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.

Avaliação de cursos
1.
BRITO, MB. Avaliadora da Prova Prática de Titulo de Especilista em Ginecologia e Obstetricia (TEGO). 2013. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP.

2.
BRITO, MB. Avaliadora Prova Prática de Título de Especialista em Ginecologia e Obstetricia (TEGO). 2012. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP.

3.
BRITO, MB. Avaliadora da Prova Prática de Titulo de Especialista em Ginecologia e Obstetricia (TEGO). 2011. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP.

4.
BRITO, MB. Avaliadora da Prova de Título de Especialista em Ginecologia e Obstetricia (TEGO). 2010. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP.

Outras participações
1.
CALASANS, M. T. A.; MILENA BASTOS BRITO,. Comitê de Avaliação de Bolsas de Iniciação Cientifica. 2018. Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

2.
BASTOS BRITO, MILENA; HAANWINCKEL, M. A. S.; SCIPPA, A. M. A. M.. Comitê de Avaliação Prêmio José Accioly. 2018. Universidade Federal da Bahia.

3.
MILENA BASTOS BRITO,. XVII Mostra Cientifica e Cultura. 2017. Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

4.
MILENA BASTOS BRITO,. Comissão Cientifica do 57 Congresso Brasileiro de Ginecoogia e Obstetricia. 2017. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP.

5.
MILENA BASTOS BRITO,; HAANWINCKEL, M. A. S.; ADAN, L. F. F.; SCIPPA, A. M. A. M.. Comitê de Avaliação Prêmio José Accioly. 2017. Universidade Federal da Bahia.

6.
Brito, Milena B.. Avaliação do Programa de Pesquisa para o SUS/PPSUS-BA. 2016. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
15th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health,. Etonogestrel-releasing contraceptive implant use by women with sickle cell disease. 2018. (Congresso).

2.
CNIC Meeting.Brazilian experience about intrauterine devices. 2018. (Encontro).

3.
XXII CONGRESSO BAIANO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA.. Abordagem dos miomas uterinos, com o tema: "Tratamento clinico".. 2018. (Congresso).

4.
XXII World Congress of Gynecology and Obstetrics. Contraceptive satisfaction between users and non-users of long acting reversible contraceptive. 2018. (Congresso).

5.
57 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. Riscos dos contraceptivos hormonais combinados: TVP. 2017. (Congresso).

6.
57 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. LARC: são as melhores opções para adolescentes?. 2017. (Congresso).

7.
Contracepção intrauterina: uma tendência mundial que veio para ficar.Caso clinico: zika e contracepção. 2017. (Seminário).

8.
Experts discutindo melhores práticas para os centros de inserção. 2017. (Encontro).

9.
III Jornada de Anatomia Médica da Bahia.Hemorragia de 1 trimestre gestacional. 2017. (Seminário).

10.
MSD Experience.Técnica de inserção e remoção do Implanon-NXT. 2017. (Seminário).

11.
4th Women's Healthcare Summit. 2016. (Congresso).

12.
THE 14TH CONGRESS OF THE EUROPEAN SOCIETY OF CONTRACEPTION AND REPRODUCTIVE HEALTH. Sociodemographics features and knowledge of contraceptive methods between teenage pregnant Brazilian women. 2016. (Congresso).

13.
XXI Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia. Terapia de Reposição Hormonal em situações especiais: doenças autoimunes. 2016. (Congresso).

14.
XXI Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia. Debate informal: Sangramento Uterino Disfuncional. 2016. (Congresso).

15.
XXI Congresso Paulista de Ginecoogia e Obstetricia. EFEITOS METABÓLICOS DO IMPLANTE LIBERADOR DE ETONOGESTREL EM MULHERES COM ANEMIA FALCIFORME. 2016. (Congresso).

16.
13th Congress of the European Society of Contraception and Reaproductive Health. Brazilian teenager pregnancy situation in the last decade: the need of a more effective family planning program. 2014. (Congresso).

17.
XIX Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetricia. GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA, NO BRASIL: O QUE MUDOU EM UMA DÉCADA. 2014. (Congresso).

18.
XX Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia. O DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER DE MAMA NO NORDESTE, ATRAVÉS DA MAMOGRAFIA DE RASTREAMENTO, POR FAIXA ETÁRIA. 2014. (Congresso).

19.
XX Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia. Anticoncepção em situações especiais. 2014. (Congresso).

20.
1 Update de coagulação: foco na saúde feminina.Tromboembolismo venoso (TEV) e contracepção. 2013. (Seminário).

21.
1 Update de coagulação: foco na saúde feminina.Perda fetal recorrente - causas hematológicas. 2013. (Seminário).

22.
2 Simpósio de Cirurgia Bariátrica e Doença Metabólica.Anticoncepção em obesas e pós-cirurgia bariátrica. 2013. (Simpósio).

23.
55 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. Anticoncepção hormonal na adolescência: melhor via de administração. 2013. (Congresso).

24.
55 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. Anticoncepção continua: vantagens e desvantagens e para quem indicar. 2013. (Congresso).

25.
55 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. Anticoncepção após cirurgia bariátrica. 2013. (Congresso).

26.
55 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. Contracepção e risco de trombose. 2013. (Congresso).

27.
55 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. Anticoncepção Hormonal. 2013. (Congresso).

28.
55 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. Os adolescentes podem usar o método de longa duração?. 2013. (Congresso).

29.
First global conference on contraception, reproductive and sexual health. 2013. (Congresso).

30.
XI Jornada de Atualização em Ginecologia do Hospital das Clinicas ..Anticoncepção em situações especiais. 2013. (Seminário).

31.
X Jornada de Ginecologia e Obstetricia do Tocantins. Aspectos Atuais da anticoncepção. 2013. (Congresso).

32.
XVIII Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia. O que sabem as mães adolescentes sobre planejamento familiar?. 2013. (Congresso).

33.
XVIII Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia. O que as parturientes da cidade de Ribeirão Preto-SP sabem sobre planejamento reprodutivo?. 2013. (Congresso).

34.
12° CONGRESS OF EUROPEAN SOCIETY OF CONTRACEPTION AND REPRODUCTIVE HEALTH. Immunologic effects of etonogestrel-releasing contraceptive implant in women living with human immunodeficiency virus. 2012. (Congresso).

35.
Curso de Trombofilias- um desafio diagnóstico.O impacto da trombofilia na concepção. 2012. (Simpósio).

36.
Curso Internacional de Endometriose Contemporânea. Tratamento Clínico da Endometriose: O papel dos contraceptivos hormonais. 2012. (Congresso).

37.
Jornada Científica Controversias em Reprodução Humana.Ponto e Contra-ponto: É seguro o uso do DIU na adolescência? NÃO. 2012. (Seminário).

38.
Reunião Científica da Sociedade Baiana de Cirurgia Vascular.Esteróides exógenos e risco de TVP. 2012. (Encontro).

39.
Reunião Científica da Sociedade de Cirurgia Vascular da Bahia.Uso de hormônios femininos e trombose venosa. 2012. (Seminário).

40.
Reunião Científica Departamento de Ginecologia e Obstetricia da Escola Bahiana de Medicina.Anticoncepção e Trombose. 2012. (Encontro).

41.
Reunião Científica do Núcleo da Mama.Anticoncepção e Câncer de Mama. 2012. (Encontro).

42.
XIX Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia. Métodos contraceptivos de longa duração: análise critica dos injetáveis. 2012. (Congresso).

43.
X JORNADA DE ATUALIZAÇÃO EM GINECOLOGIA.Osteopenia X Osteoporose: o tratamento è diferenciado ?. 2012. (Simpósio).

44.
X Jornada de atualização em Ginecologia do Hospital das Clínicas.Osteopenia X Osteoporose: o tratamento é diferenciado?. 2012. (Simpósio).

45.
XVII CONGRESSO PAULISTA DE GINECOLOGIA E OBSTETRICIA. Efeitos imunológicos do implante contraceptivo liberador de etonogestrel em mulheres vivendo com o vírus da imunodeficiência humana.. 2012. (Congresso).

46.
10 Congresso Amil de Medicina. Anticoncepção hormonal injetável e implantes. 2011. (Congresso).

47.
Annual Meeting of the American-Society for Reproductive Medicine. ONE-YEAR OF FOLLOW-UP OF LEVONORGESTREL-RELEASING INTRAUTERINE SYSTEM USE IN PATIENTS WITH HEMOSTATIC DISORDERS WITH AND WITHOUT ANTICOAGULANT THERAPY. 2011. (Congresso).

48.
I Simpósio Internacional de Infertilidade do Hospital Sirio Libanês. 2011. (Simpósio).

49.
Latin American Contraceptive Summit. 2011. (Congresso).

50.
XVI Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetricia. Um Ano De Seguimento Do Uso Do Sistema Intrauterino Liberador De Levonorgestrel Em Mulheres Portadoras De Distúrbios Hemostáticos. 2011. (Congresso).

51.
11th Congress of the European Society of Contraception and Reproductive Health. The Levonorgestrel-intrauterine system was associated with no adverse effect in endothelial function in women with history of thrombosis or thrombophilia. 2010. (Congresso).

52.
Atualização em Ginecologia da EURP.Anticoncepção no puerpério. 2010. (Encontro).

53.
Jornada de Atualização em Anticoncepção da Universidade Barão de Mauá.Métodos contraceptivos: indicações e contra-indicações. 2010. (Simpósio).

54.
Semana da Mulher na Base Química.Doenças Sexualmente Transmitidas e Métodos contraceptivos. 2010. (Oficina).

55.
Simpósio de Ginecologia e Obstetrícia da Liga Acadêmica ?Dr. Roberto Salles Meirelles"..Manejo das lesões induzidas pelo HPV. 2010. (Simpósio).

56.
XV Congresso Paulista da SOGESP. O implante contraceptivo liberador de etonogestrel inserido no pós parto imediato não exerce efeito negativo sobre o sistema hemostático. 2010. (Congresso).

57.
XV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia-SOGESP. Os progestagênios interferem nos parâmetros da sexualidade?. 2010. (Congresso).

58.
25th Annual Meeting of the European Society of Human Reproduction and Embryology. Etonogestre-releasing implant inserted immediately postpartum does not impair hemostatic system. 2009. (Congresso).

59.
Semana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT).Doenças Sexualmente Transmissíveis. 2009. (Simpósio).

60.
XIV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia.. Efeitos metabólicos do implante liberador de etonogestrel durante o puerpério imediato. 2009. (Congresso).

61.
XIX FIGO World Congress of Gynecology and Obstetrics. Metabolic effects of the etonogestrel-releasing implant during the immediate postpartum period. 2009. (Congresso).

62.
XXI Reunion Bienal de la Associación Latinoamericana de investigadores em Reproducción Humana. Ausência de efeito adverso hepático com uso do implante de etonogestrel no puerpério imediato. 2009. (Congresso).

63.
64th Annual Meeting - American Society for Reproductive Medicine. Use of Etonogestrel-Releasing Contraceptive Implant in the immediate post partum period. 2008. (Congresso).

64.
Campus de Excelencia 2008. Efeito do implante liberador de etonogestrel sobre o sistema hemostático no puerpério de mulheres sadias. 2008. (Congresso).

65.
XIII Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetricia. Uso do implante liberador de etonogestrel no pós-parto imediato. 2008. (Congresso).

66.
52 Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetricia. Uso prévio de contraceptivo oral e terapia de reposição hormonal em mulheres com doença arterial coronariana a angiografia.. 2007. (Congresso).

67.
I Jornada de Sexualidade de Ribeirão Preto. 2006. (Outra).

68.
XV Jornada de Ginecologia Obstetricia Maternidade Sinhá Junqueira. 2006. (Outra).

69.
XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana. Espessura endometrial avaliada pela ultrassonografia transvaginal como fator prognóstico em fertilizaçao assitida. 2006. (Congresso).

70.
XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana. Complicações da captação de oócitos pela técnica transvaginal. 2006. (Congresso).

71.
XXII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana. Dopplerfluxometria basal das artérias uterinas na predição de implantação embrionária em Reprodução Assistida. 2006. (Congresso).

72.
III Jornada de Atualização em Ginecolgia. 2005. (Outra).

73.
VI Jornada Baiana de Patologia do Trato Genital Inferior. 2005. (Simpósio).

74.
X Congresso Paulista de Obstetricia e Ginecologia. 2005. (Congresso).

75.
II Seminário de Emergência em Obstetricia e GInecologia. 2003. (Seminário).

76.
IVèmes Journées Internationales de SOLAMER. 2003. (Congresso).

77.
III Seminário do Serviço de Obstetricia e Ginecologia do HGRS. 2002. (Seminário).

78.
XIV Congresso de Cardiologia do Estado da Bahia. 2002. (Congresso).

79.
II Congresso Baiano de Reprodução Humana. 2001. (Congresso).

80.
III Congresso Baiano de Climatério e Menopausa. 2001. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BASTOS BRITO, MILENA; CALASANS, M. T. A. ; PEDROZA, C. . Comissão Cientifica da XVIII Mostra Cientifica da Bahiana (MCC). 2018. (Outro).

2.
MILENA BASTOS BRITO,; PEDROZA, C. ; VILAS BOAS, L. M. . Comissão Cientifica da XVII Mostra Cientifica e Cultural. 2017. (Outro).

3.
MILENA BASTOS BRITO,; Carvalho, B.R. . Comissão Cientifica do 57 Congresso Brasileiro de Ginecoogia e Obstetricia. 2017. (Congresso).

4.
BRITO, MB. II ACROVIDA: Encontro de Pacientes com Acromegalia e MPS Day. 2016. .

5.
BRITO, MB; BRANDAO, K. A. G. ; OLIVEIRA, P. M. ; TRAVASSOS, A. G. A. . Membro da Comissão de Temas Livres e Poster do XXI Congresso Baiano de Ginecologia e Obstetricia. 2016. (Congresso).

6.
BRITO, MB. Membro da Comissão Avaliadora da XVI Mostra Científica e Cultural. 2016. (Outro).

7.
BRITO, MB; CAMERA, L. C. ; BORGES, L. . 1 Update de coagulação: com foco na saúde feminina. 2013. (Outro).

8.
BRITO, MB; CUNHA, M. S. ; Rocha, MNS . Simpósio de Contracepção. 2013. (Outro).

9.
BRITO, MB; MENEZES, M. ; MAGALHAES, D. ; ZIMMERMAN, A. ; VILAS BOAS, L. . Mostra Científica e Cultural da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. 2013. (Outro).

10.
BRITO, MB; Vieira CS . II Workshop sobre Anticoncepção no puerpéiro. 2010. (Outro).

11.
BRITO, MB; Vieira, Carolina Sales . Oficinas teóricos-práticas de ?Doenças Sexualmente Transmissíveis?, ?Corpo humano feminino? e, ?métodos contraceptivos? para mulheres privadas de liberdade. 2010. (Outro).

12.
BRITO, MB; Vieira CS ; Quintana SM . 1º Workshop sobre Anticoncepção no puerpério do Centro de Referência as Saúde da Mulher de Ribeirão Preto-MATER. 2009. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ana Claudia Trigo. FUNÇÃO SEXUAL ENTRE USUÁRIAS DE MÉTODOS CONTRACEPTIVOS REVERSÍVEIS DE LONGA AÇÃO. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
TATIANE DE SOUZA MANÇÚ. FALHAS NO ACESSO AO PLANEJAMENTO REPRODUTIVO E SEXUAL: COMPREENDENDO AS NECESSIDADES DOS ADOLESCENTES. Início: 2018. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. (Orientador).

2.
Andrea Vilas Boas. USO DO IMPLANTE CONTRACEPTIVO LIBERADOR DE ETONOGESTREL EM MULHERES PORTADORAS DE ANEMIA FALCIFORME. Início: 2017. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
SILVANIA BRUNELLY LIMA DA SILVA. Função sexual entre mulheres usuárias de dispositivos intrauterinos. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. (Orientador).

2.
Julia Mendes Albuquerque. satisfação e continuidade do uso de métodos contraceptivos. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

3.
Paula Fonseca de Sena. Taxas de satisfação e continuidade entre usuárias de DIU. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal da Bahia. (Orientador).

4.
Manuela Sanches. Satisfação contraceptiva entre usuárias do sistema único de saúde. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Taís Paiva da Costa. Efeitos metabólicos do Implante Liberador de Etonogestrel em mulheres falcêmicas. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. (Orientador).

2.
Carolina Brabec Barreto Matos. Descrever a influência do uso de implante contraceptivo subdérmico liberador de etonogestrel nas crises álgicas de mulheres portadoras de anemia falciforme.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. (Orientador).

3.
Catarina de Castro Maron. Qualidade de vida entre mulheres usuárias de dispositivos intrauterinos. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. (Orientador).

4.
Manuela Sanches. Satisfação contraceptiva entre usuárias do Sistema Único de Saúde. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

5.
Maiara de Menezes Rabelo. DOR NA INSERÇÃO DO SISTEMA INTRAUTERINO LIBERADOR DE LEVONORGESTREL E SUA CORRELAÇÃO COM MEDIDAS ULTRASSONOGRÁFICAS DA CAVIDADE UTERINA. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
ANA MARIA CRUZ SANTOS. QUALIDADE DE VIDA DAS MULHERES EM IDADE FÉRTIL ACOMETIDAS POR EPILEPSIA. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologias em Saúde) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, . Orientador: Milena Bastos Brito.

2.
Renata Dantas Monteiro Santana Alves. MEDIDAS ULTRASSONOGRÁFICAS DA CAVIDADE UTERINA E POSICIONAMENTO DO SISTEMA INTRAUTERINO LIBERADOR DE LEVONORGESTREL DURANTE O PRIMEIRO ANO DE USO.. 2016. Dissertação (Mestrado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, . Orientador: Milena Bastos Brito.

3.
Flavia Pimentel Miranda. ANEMIA FALCIFORME: PERFIL REPRODUTIVO E SATISFAÇÃO CONTRACEPTIVA. 2015. Dissertação (Mestrado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, . Orientador: Milena Bastos Brito.

Tese de doutorado
1.
SARA DOS SANTOS ROCHA. AVALIAR A QUALIDADE DA ATENÇÃO PRÉ-NATAL EM SALVADOR-BAHIA UTILIZANDO O SISPRENATAL WEB. 2016. Tese (Doutorado em Medicina e Saúde Humana) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, . Orientador: Milena Bastos Brito.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Carla Macedo Ribeiro. Uso do dispositivo intrauterino no puerpério: revisão sistemática. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Milena Bastos Brito.

2.
Danielle Evangelista do Carmo Batista. DOENÇA BENIGNA DA MAMA E CONTRACEPÇÃO HORMONAL: REVISÃO SISTEMÁTICA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Universidade Federal da Bahia. Orientador: Milena Bastos Brito.

3.
ANA CAROLINA FONSÊCA SCAVUZZI. Custo-consicencia em ginecologia e obstetricia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

4.
Isabela Magalhães Ramos. Sifilis congênita no Brasil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

5.
MARIA PAULA ALVES DOS SANTOS. CORRELAÇÃO DO TEMPO DE INSERÇÃO DO SISTEMA INTRAUTERINO LIBERADOR DE LEVONORGESTREL E PARIDADE. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

6.
MARLENE QUADROS SOUZA. CONHECIMENTO SOBRE PLANEJAMENTO REPRODUTIVO NA SALA DE ESPERA EM PRÉ-NATAL DE ADOLESCENTES NA CIDADE DE SALVADOR. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

7.
LÍDIA ARAUJO DOS SANTOS. PREVALÊNCIA DE EVENTOS TROMBÓTICOS EM MULHERES EM IDADE FÉRTIL NO BRASIL. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

8.
Layana Anizia Vieira Pereira. ANÁLISE QUANTITATIVA DAS MAMOGRAFIAS DE RASTREAMENTO, POR FAIXA ETÁRIA, NO BRASIL E SEU PERFIL EPIDEMIOLÓGICO. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

9.
Camila Rodrigues Durando. ANTICONCEPÇÃO E TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL EM PACIENTES LÚPICAS: A VISÃO DE GINECOLOGISTAS E REUMATOLOGISTAS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

10.
Jade Braga Lopes. ANTICONCEPÇÃO E TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL EM PACIENTES LÚPICAS: A VISÃO DAS PACIENTES. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

11.
FABIANA SARPA DE CASTRO PEIXOTO SAMPAIO. GESTAÇÃO NA ADOLESCÊNCIA VERSUS IDADE ADULTA NAS CAPITAIS MAIS POPULOSAS DE CADA REGIÃO BRASILEIRA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Orientador: Milena Bastos Brito.

Iniciação científica
1.
Venandra Ribeiro e Andrade. Padrão de sangramento menstrual entre usuárias do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Milena Bastos Brito.

2.
Camila Mariana Silveira Bonfim. EFEITOS METABOLICOS DO USO DO IMPLANTE CONTRACEPTIVO LIBERADOR DE ETONOGESTREL EM MULHERES PORTADORAS DE ANEMIA FALCIFORME. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Milena Bastos Brito.

3.
Caroline de Souza Barros. EFEITOS CLINICOS DO USO DO IMPLANTE CONTRACEPTIVO LIBERADOR DE ETONOGESTREL EM MULHERES PORTADORAS DE ANEMIA FALCIFORME. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Milena Bastos Brito.

4.
Letticya Pereira Machado. O conhecimento das parturientes da cidade de Ribeirão Preto - São Paulo sobre o planejamento familiar.. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Centro Universitário Barão de Mauá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Milena Bastos Brito.

5.
Regina Greilberger. O que sabem as mães adolescentes sobre o planejamento familiar?. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Centro Universitário Barão de Mauá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Milena Bastos Brito.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
BRITO, MB; FERRIANI, R. A. ; Bahamondes LG ; Quintana SM ; DUARTE, G. ; SCARANARI, C. A. ; AMARAL, E. M. ; BAHAMONDES, V. ; Vieira CS . Immunologic effects of etonogestrel-releasing contraceptive implant in women living with human immunodeficiency virus. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BRITO, MB; SCARANARI, C. A. ; FERRIANI, R. A. ; DUARTE, G. ; Bahamondes LG ; BAHAMONDES, V. ; Quintana SM ; AMARAL, E. M. ; Vieira CS . Efeitos imunológicos do implante contraceptivo liberador de etonogestrel em mulheres vivendo com o vírus da imunodeficiência humana.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BRITO, MB. II ACROVIDA: Encontro de Pacientes com Acromegalia e MPS Day. 2016. .



Outras informações relevantes


Aprovada em primeiro lugar no concurso para Professor Assistente pelo Departamento de Ginecologia e Obstetricia da Universidade Federal da Bahia (PORTARIA 207 DE 12 DE FEVEREIRO DE 2016)
Habilitada no concurso para Professor Assistente pelo Departamento de Ginecologia e Obstetricia da Universidade Federal da Bahia (PORTARIA No- 435, DE 6 DE MAIO DE 2011).
Aprovada no concurso público para médica ginecologista e obstetra da Prefeitura Municipal de Guatapará-SP, sendo aprovada em 1º lugar, em novembro de 2009 (001/2009)
Aprovada no concurso público para médico GO da Maternidade da Universidade de São Paulo-SP (PORTARIA No-120(226) DE 1 DE DEZEMBRO DE 2010).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/02/2019 às 18:38:23