Johnatas Adelir Alves

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6542231625183233
  • Última atualização do currículo em 16/07/2018


Biólogo, bacharel em Biologia Marinha pela Universidade da Região de Joinville (2006), com especialização em Biologia da Conservação (2008) e Formação para Magistério Superior (2010) pela Universidade do Vale do Itajaí, mestre em Sistemas Aquáticos Tropicais (Ecologia) pela Universidade Estadual de Santa Cruz (2013). Cursando doutorado em Zoologia na Universidade Federal do Paraná. Pesquisador associado ao Instituto Conservação Marinha do Brasil, MarBrasil e Instituto Meros do Brasil. Colaborador do FishBase desde 2013. Participo de estudos em ecossistemas costeiros e marinhos com conservação, ecologia de peixes recifais, áreas marinhas protegidas e pesca. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Johnatas Adelir Alves
Nome em citações bibliográficas
Adelir-Alves, J.;Alves, J.A.;ADELIR-ALVES, JOHNATAS

Endereço


Endereço Profissional
Conservação Marinha do Brasil, COMAR.
Rua Helena Degelmann, 104.
Costa e Silva
89218580 - Joinville, SC - Brasil
Telefone: (47) 91979522
URL da Homepage: www.institutocomar.org.br


Formação acadêmica/titulação


2015
Doutorado em andamento em Zoologia.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
com período sanduíche em Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (Orientador: Alberto Teodorico Rodrigues Moura Correia).
Título: Uso da microquímica e forma de otólitos como ferramenta para avaliar a estrutura populacional, padrões migratórios e conectividade de Abudefduf saxatilis entre ambientes recifais,
Orientador: Henry Louis Spach.
Coorientador: Alberto Teodorico Rodrigues Moura Correia.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2011 - 2013
Mestrado em Sistemas Aquáticos Tropicais.
Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
Título: Pesca fantasma em recifes rochosos de Santa Catarina: Causas, ocorrência e impactos,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Gecely Rodrigues Alves Rocha.
Coorientador: Pedro Carlos Pinheiro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Pesca-fantasma; causas; impactos; recifes rochosos; Santa Catarina.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Atividades profissionais, científicas e técnicas.
2008 - 2010
Especialização em Formação para Magistério Superior.
Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
Título: Levantamento da comunidade de peixes recifais das Ilhas Tamboretes e Ilha dos Lobos no litoral norte de Santa Catarina, Brasil.
Orientador: Paulo Ricardo Schwingel.
2007 - 2008
Especialização em Biologia da Conservação. (Carga Horária: 360h).
Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
Título: Levantamento da comunidade de peixes recifais das Ilhas Tamboretes e Ilha dos Lobos no litoral norte de Santa Catarina, Brasil.
Orientador: Paulo Ricardo Schwingel.
2002 - 2006
Graduação em Ciências Biológicas Bacharel em Biologia Marinha.
Universidade da Região de Joinville, UNIVILLE, Brasil.
Título: Estimativas populacionais de peixes em duas ilhas costeiras do Balneário Barra do Sul - SC.
Orientador: Pedro Carlos Pinheiro.




Formação Complementar


2018 - 2018
Capitão amador. (Carga horária: 52h).
Joinville Cursos Náuticos, JCN, Brasil.
2017 - 2017
DNA barcoding e análise filogeográfica de sequências de DNA. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Sul da Bahia, UFSB, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em Fotografia Científica. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2013 - 2013
Estatística. (Carga horária: 12h).
Sociedade de Ecologia do Brasil, SEB, Brasil.
2013 - 2013
SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO A ECOLOGIA. (Carga horária: 4h).
Sociedade de Ecologia do Brasil, SEB, Brasil.
2012 - 2012
Técnicas de amostragem do comportamento animal. (Carga horária: 8h).
XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, XXIX CONGRESSO B, Brasil.
2010 - 2010
Dissecação de Peixes. (Carga horária: 3h).
Instituto Oceanográfico, IO, Brasil.
2010 - 2010
Avaliando a polição por petróleo. (Carga horária: 6h).
Instituto Oceanográfico, IO, Brasil.
2010 - 2010
Captação de Recursos e Elaboração de Projetos. (Carga horária: 14h).
DEARO Alianças Estratégicas, DEARO, Brasil.
2010 - 2010
Gestão de Projetos Sócio-Ambientais. (Carga horária: 6h).
Instituto Oceanográfico, IO, Brasil.
2007 - 2007
Extensão universitária em Bioecologia de Peixes de Costão Rochoso. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2007 - 2007
Gestão Portuária.
Associação Latino-Americana de Investigadores em Ciências do Mar, ALICMAR, Brasil.
2007 - 2007
Técnicas de Fotografia Subaquática. (Carga horária: 6h).
Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
2007 - 2007
Ecologia de los Peces Marinos Tropicales. (Carga horária: 7h).
Associação Latino-Americana de Investigadores em Ciências do Mar, ALICMAR, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Curso Internacional Avançado de Biologia Marinha. (Carga horária: 45h).
Universidade da Região de Joinville, UNIVILLE, Brasil.
2006 - 2006
Ecologia de Costôes e Fundos Rochosos. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2006 - 2006
Gestão Costeira Integrada: Gestão de Praias. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2006 - 2006
Mergulho Científico. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2006 - 2006
Introdução a Etnoecologia. (Carga horária: 9h).
XVIII Semana Nacional de Oceanografia, XVIII SNO, Brasil.
2005 - 2005
Cultivo de Macroalgas Marinhas. (Carga horária: 8h).
Universidade da Região de Joinville, UNIVILLE, Brasil.
2005 - 2005
Comunidades Bentônicas Marinhas: Costões Rochosos. (Carga horária: 5h).
VII Congresso de Ecologia do Brasil, SEB, Brasil.
2005 - 2005
Observação, Ecologia e Comportamento Animal. (Carga horária: 5h).
VII Congresso de Ecologia do Brasil, SEB, Brasil.
2004 - 2004
Genética de Populações Marinhas. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2004 - 2004
Sistemática e Distribuição de Peixes Marinhos. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2004 - 2004
Educação Ambiental em Regiões Marinhas. (Carga horária: 8h).
Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Sistemática de Peixes Marinhos. (Carga horária: 20h).
Universidade da Região de Joinville, UNIVILLE, Brasil.


Atuação Profissional



Instituto Meros do Brasil, IMB, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Técnico/Mergulhador científico


Associação MarBrasil, MarBrasil, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Técnico/Mergulhador científico


Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, ICMBio, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Técnico/Mergulhador científico


Instituto COMAR, COMAR, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Diretor Presidente, Carga horária: 10

Atividades

2008 - Atual
Direção e administração, Instituto Conservação Marinha do Brasil - COMAR, .

Cargo ou função
Diretor Presidente;.
3/2011 - 04/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Conservação Marinha do Brasil - COMAR, .


Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador - Lab. de Oceanografia Biológica

Atividades

2011 - 04/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Estadual de Santa Cruz, .


Universidade da Região de Joinville, UNIVILLE, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário - Laboratório de Ictiologia, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

2006 - 2007
Estágios , Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE, .

Estágio realizado
Triagem de material biológico;.

Secretaria de Águas e Meio Ambiente, SAMA, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Atividades

2004 - 2004
Estágios , Secretaria de Águas e Meio Ambiente - Joinville, .

Estágio realizado
Coleta e identificação de peixes de riachos..

ASSOCIAÇÃO DE ESTUDOS COSTEIROS E MARINHOS DOS ABROLHOS, ECOMAR, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

Atividades

2008 - 2010
Outras atividades técnico-científicas , ECOMAR, ECOMAR.

Atividade realizada
Técnico..

ASSOCIAÇÃO DE ESTUDOS COSTEIROS E MARINHOS DOS ABROLHOS, ECOMAR, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

2010 - 2012
Serviços técnicos especializados , ECOMAR, .

Serviço realizado
Mergulhador científico..

Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental, CIIMAR, Portugal.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Biólogo, Carga horária: 8, Regime: Dedicação exclusiva.



Linhas de pesquisa


1.
Poluição Marinha
2.
Mergulho Científico
3.
Educação Ambiental
4.
Ecologia de peixes recifais
5.
Biologia, ecologia e taxonomia de peixes estuarinos e marinhos.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Monitoramento de Epinephelus itajara: subsídios para a conservação da espécie, fortalecimento de AMP?s e efetivação de políticas públicas
Descrição: O Mero, Epinephelus itajara, é um peixe de grande porte (>400kg) da família Epinephelidae, ocorrendo no Oceano Atlântico da Flórida ao sul do Brasil. Os juvenis são estuarino dependentes, até se tornarem adultos e sexualmente ativos (entre 4 e 7 anos), quando atingem aproximadamente 1,2 metros de comprimento (Bullock et al., 1992; Koening et al., 2007; Freitas et al., 2015). Sua reprodução se dá em grandes cardumes, conhecidos como agregações reprodutivas Dezenas de adultos). Estudos recentes realizados pelo Projeto Meros do Brasil identificaram indivíduos ativos sexualmente no período entre os meses de Novembro a Fevereiro. O conhecimento científico disponível sobre as populações de E. itajara ocorrentes no Brasil são incipientes, sendo desconhecidos o tamanho populacional e as taxas de captura ilegais (Giglio et al. 2014). Sendo a pesca a causa mais provável do declínio populacional, o Projeto Meros do Brasil, ao longo de sua história, vem fortalecendo a criação e manutenção de políticas públicas conservacionistas para a espécie no Brasil, classificada como criticamente ameaçada. No entanto, comumente é um ponto de conflito com outro elo importante da nossa rede de ações, as comunidades costeiras. Desta forma, as ações de pesquisa e inclusão de comunidades pesqueiras tradicionais nas tomadas de decisão são sempre adotadas como prática. Somente a partir de 2014 que os esforços conservacionistas do Projeto Meros do Brasil, iniciados em 2002, puderam ser observados diretamente nas populações naturais. Esta nova etapa do projeto tem como prioridade aumentar o conhecimento sobre os meros no litoral do Paraná gerando informações de épocas e áreas de reprodução, deslocamento, territorialidade, alimentação, idade e crescimento e estimativa do tamanho populacional. As informações que serão geradas neste projeto poderão contribuir para a ampliação e continuidade as ações de auxílio e fomento a políticas públicas para conservação dos meros e dos ecossistemas marinhos e costeiros associados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
ProRecifais - Avaliação de instrumentos de conservação de peixes recifais no Paraná
Descrição: Áreas Marinhas Protegidas (AMPs) e Recifes Artificiais (RAs) têm sido implementados como ferramentas que podem simultaneamente alcançar os objetivos de manejo pesqueiro e conservação da biodiversidade. Com cinco anos de criação, o Parque Nacional Marinho das Ilhas dos Currais é uma pequena AMP localizada na região costeira do estado do Paraná, Sul do Brasil. No entorno e dentro desta AMP, recifes artificiais foram instalados nos últimos 20 anos. Desta forma, o presente projeto pretende avaliar, a efetividade destas duas ferramentas em auxiliar na conservação de peixes recifais ameaçados, por meio de avaliações comportamentais, de recrutamento e da estrutura da assembleia de peixes recifais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Johnatas Adelir Alves - Integrante / Felippe Alexandre L M Daros - Integrante / Marcelo Soeth - Coordenador / Henry Louis Spach - Integrante / Elair Siuch Nascimento Mota - Integrante / Juliano Dobis - Integrante / Robin H. Loose - Integrante / Lorraine Calvacante - Integrante / Ana Claudia Almeida de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Fundação O Boticário de Proteção à Natureza - Auxílio financeiro.
2014 - 2014
Monitoramento da ocorrência de pesca fantasma por redes de emalhe nos costões rochosos da REBIO Marinha do Arvoredo/SC
Descrição: Em outubro de 2014 a REBIO Arvoredo iniciou a execução do seu projeto de pesquisa intitulado ?Monitoramento da ocorrência de pesca fantasma por redes de emalhe nos costões rochosos da REBIO Arvoredo, SC?. A primeira etapa do projeto foi executada em parceria com o Instituto de Pesca/SP, a Fundação Florestal/SP, o Instituto COMAR/SC, a UFSC e a operadora de mergulho Água Viva. A operação contou ainda com o apoio do navio de pesquisa Soloncy Moura, do CEPSUL. Nesta etapa realizamos o mapeamento dos locais com ocorrência de petrechos de pesca e a retirada manual do material da unidade de conservação. O mapeamento dos petrechos de pesca foi realizado através do uso de sonares de varredura lateral (sidescan), auxiliados pelo uso da asa ghost acoplada de câmera de vídeo e de um ROV (Remotely Operated Vehicle) para potencializar a captação das imagens. Foram realizados mergulhos autônomos em alguns pontos de anomalias encontrados pelos sonares com o intuito de se confirmar a presença de PP-APDs no local, avaliar a sua dimensão e a possibilidade de retirada desse material..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
Pró-Arribada
Descrição: Uma das iniciativas apoiadas pela Carteira Fauna Brasil é o Projeto Pró-Arribada, que congrega os esforços de um coletivo de parceiros: ICMBio/DIBIO, Cepene, Cepsul, UFPE, UEFS, CI- Brasil, UFES, UFBA e Ecomar. O projeto atua na costa brasileira em quatro regiões-alvo, localizadas na zona costeira, mar territorial e zona econômica exclusiva (ZEE), na região de distribuição de peixes recifais, do Ceará até Santa Catarina. As regiões-alvo do Projeto Pró-Arribada são consideradas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) como prioritárias para a conservação, uso sustentável e repartição dos benefícios da biodiversidade, mas são também áreas de real ou potencial interesse por parte da indústria de óleo e gás. O Projeto Pró-Arribada tem como objetivo levantar informações sobre a ocorrência de agregações reprodutivas de peixes recifais. Os ambientes recifais se destacam como ecossistemas de alta biodiversidade, ricos em recursos naturais e de grande importância ecológica, econômica e social. Eles abrigam recursos pesqueiros importantes, atuam na proteção da orla marítima e contribuem com seus recursos na economia de várias comunidades tradicionais costeiras. As agregações reprodutivas de peixes recifais são fenômenos bioecológicos fundamentais para a renovação dos estoques pesqueiros e vêm recebendo crescente atenção da comunidade científica internacional, pois nas últimas décadas detectou-se uma redução das agregações reprodutivas de peixes recifais, em escala global. Há indícios que o aumento desordenado do esforço de pesca associado aos impactos advindos do uso crescente da zona costeira e marinha para empreendimentos que causam alterações ambientais significativas são as causas dessa redução. As informações coletadas pelo projeto servirão para subsidiar a definição de critérios de licenciamento ambiental, o delineamento de estratégias de ordenamento da pesca sobre recursos recifais, a criação e gestão de Áreas Marinhas Protegidas e o zoneamento ecológico-econômi.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Johnatas Adelir Alves - Integrante / Felippe Alexandre L M Daros - Integrante / Leonardo Schlogel Bueno - Integrante / Áthila Andrade Bertoncini - Coordenador / Thiago Felipe Souza - Integrante / Leonardo F. Machado - Integrante / Jamile Beninca - Integrante.Financiador(es): Fundo Brasileiro para a Biodiversidade - Outra.
2009 - 2010
Diagnóstico Ambiental em Ecossistemas Costeiros no Parque Estadual Acaraí ? SC
Descrição: O objetivo do projeto foi realizar estudos técnicos voltados aos ecossistemas costeiros, representado pela Praia Grande, abordando a fauna de invertebrados, visando o seu conhecimento público. Para atingir o resultado, foi criado um Programa de Educação Ambiental, onde foram ministradas palestras para mais de 100 alunos da rede pública de ensino..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Foto identificação de Epinephelus itajara na região de Abrolhos BA e São Francisco do Sul SC.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2013
Projeto Meros do Brasil - Estratégias para Conservação dos Ecossistemas Marinhos e Costeiros do Brasil
Descrição: A Rede Meros do Brasil é a base para o fortalecimento de uma parceria denominada "Programa Multi-institucional de Conhecimentos e Práticas Locais". As ações previstas neste programa vão nortear toda a equipe do projeto no envolvimento e uso do conhecimento e práticas dos pescadores e mergulhadores do Brasil, na pesquisa e conservação dos Meros e ambientes associados. O papel potencial desta abordagem vai desde aplicações diretas no levantamento de informações ambientais, até em um envolvimento mais participativo da comunidade no processo de manejo dos recursos naturais. Para o desenvolvimento do programa serão utilizados questionários e mapas mentais com pescadores, integrando as informações com a abordagem prática, para tornar o conhecimento ecológico local acessível a pesquisadores e tomadores de decisão. Os pescadores também poderão ajudar no fomento do turismo, identificando os melhores pontos, sugerindo localidades. Outro objetivo do programa é trabalhar por um papel mais oficial das comunidades tradicionais dentro das políticas publicas, que possibilite uma participação mais ativa dentro de conselhos, fóruns e âmbitos de tomada de decisões..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2012 - 2014
Turismo ecológico e geração de trabalho e renda no Parque Estadual Acaraí
Descrição: Realizar um Programa de Formação de Guias Locais no Parque Estadual Acaraí, em São Francisco do Sul, Santa Catarina, promovendo a integração da comunidade com esse ambiente, na perspectiva de conservá-lo, através do desenvolvimento da atividade ecoturística e de Educação Ambiental, criando uma alternativa de renda que integra desenvolvimento econômico local, conservação ambiental e cultural..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2012 - 2012
Repórter Ambiental - Rios
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Johnatas Adelir Alves - Integrante / Leonardo Schlogel Bueno - Integrante / Douglas Macali Souza - Coordenador / Thiago Felipe Souza - Integrante / Daniel Luíz Lepka - Integrante / Mariluci Kersten - Integrante.Financiador(es): Companhia Águas de Joinville - Auxílio financeiro.
2010 - 2010
Repórter Ambiental - Manguezais
Descrição: O projeto tem como objetivo implementar uma estratégia diferenciada de educação ambiental não formal nas escolas públicas de São Francisco do Sul, Santa Catarina, aliando ferramentas de comunicação ao conhecimento ambiental, visando a mobilização e a conscientização da comunidade local sobre problemáticas ligadas à sociedade e ao meio ambiente, especificamente os manguezais. Assim, será criado um jornal ambiental, escrito pelos alunos, com 5.000 unidades para distribuição no Norte do estado de SC..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Outros Projetos


2016 - 2017
Projeto SOS manguezais: Conhecer para conservar
Descrição: Fomentar a conservação dos ecossistemas de mangue no município de Joinville através de pesquisa e ações direcionadas de Educação Ambiental em áreas de adensamento urbano. Os resultados que o projeto pretende alcançar são: a curto prazo gerar conhecimento sobre os ecossistemas de manguezais existentes em Joinville através de um diagnóstico atual da situação ambiental dos mesmos e disseminar essas informações no município; a médio e longo prazos, com base nos resultados obtidos, propor medidas visando potencializar a conservação ambiental dos ecossistemas em questão..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2015 - 2016
Projeto SOS Manguezais - conhecer para conservar
Descrição: Nesta terceira fase, o programa SOS Manguezais, visa desenvolver nos adolescentes e jovens o espírito conservacionista, formando multiplicadores e defensores da causa ambiental, especialmente dos manguezais. Veja mais em: http://ndonline.com.br/joinville/noticias/246043-projetos-ambientais-recebem-patrocinio-publico-da-companhia-aguas-de-joinville.html.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Johnatas Adelir Alves - Integrante / Leonardo Schlogel Bueno - Integrante / Douglas Macali Souza - Coordenador / Thiago Felipe Souza - Integrante / Diogo Moreira - Integrante.Financiador(es): Companhia Águas de Joinville - Auxílio financeiro.
2015 - 2015
Subsídios para gestão de resíduos sólidos através de atividades de conscientização ambiental
Descrição: No Brasil, as taxas crescentes de geração de resíduos sólidos têm influenciado o poder público e a comunidade científica a aplicar as alternativas técnicas mais adequadas a cada região, levando à minimização dos impactos gerados por tais resíduos e melhorando a qualidade de vida humana. Neste cenário, o Instituto COMAR, propõe-se a realizar um trabalho educativo de massa, com diversas faixas representativas da comunidade francisquense. Através de métodos dinâmicos e participativos, onde as pessoas serão multiplicadores dos conceitos de educação e conscientização ambiental, relacionadas aos resíduos gerados pelos munícipes, que serão os grandes dispersores do aprendizado em suas casas e comunidades. Por fim, jovens e adultos, de vários níveis de escolaridade, terão conhecimento dos problemas causados pelo ?lixo? descartado diretamente no meio ambiente, formando um ambiente propício para a realização do trabalho de conscientização e dos hábitos de consumo e descarte correto dos resíduos sólidos..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Johnatas Adelir Alves - Coordenador / Leonardo Schlogel Bueno - Integrante / Douglas Macali Souza - Integrante / Thiago Felipe Souza - Integrante / Diogo Moreira - Integrante.Financiador(es): Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Francisco do Sul - Auxílio financeiro.
2014 - 2014
SOS Manguezais: Educação Ambiental
Descrição: O projeto SOS Manguezais: Educação Ambiental é uma continuação do projeto SOS Manguezais, realizado entre 2011 e 2012. Nesta etapa o trabalho será centralizado nas atividades (teóricas e práticas) de educação ambiental. O trabalho visa a conservação dos manguezais da região da Baía da Babitonga, no litoral norte do Estado de Santa Catarina..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
2013 - 2014
Plugados na Rede de Esgoto
Descrição: O projeto Plugados na Rede de Esgoto consiste em uma ação de educação ambiental através das redes sociais, utilizando postagens direcionadas e vídeos de curta duração como uma ferramenta de conscientização social e conservação ambiental, estimulando na sociedade o debate e a reflexão sobre a importância da participação ativa no processo de saneamento básico municipal..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Johnatas Adelir Alves - Integrante / Douglas Macali Souza - Coordenador / Thiago Felipe Souza - Integrante / Diogo Moreira - Integrante.Financiador(es): Companhia Águas de Joinville - Auxílio financeiro.
2011 - 2012
Projeto SOS Manguezais
Descrição: O projeto SOS Manguezais é uma iniciativa do Instituto COMAR que visa fazer um levantamento preliminar das condições de conservação dos ecossistemas de manguezais nos bairros de grande adensamento urbano em Joinville. A ideia é fazer um diagnóstico geral dos principais problemas socioambientais encontrados nessas regiões. Para isso as atividades propostas basicamente são visitas técnicas a esses bairros, onde serão registrados o panorama atual dos manguezais nessas regiões, documentadas com rico registro fotográfico. As visitas serão realizadas em vários bairros, todos que tenham um alto adensamento populacional e de influência direta sobre os manguezais. Após as visitas, serão ministradas palestras nos colégios dos bairros estudados, onde a ideia é fomentar o espírito conservacionista nos adolescentes, formando multiplicadores e defensores da causa ambiental, em especial, dos manguezais..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Brazilian Journal of Aquatic Science and Technology (Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Mergulho científico.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Conservação Marinha.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de peixes recifais.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Etnoconservação.
6.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Poluição marinha.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2013
18ª Edição do Prêmio de Incentivo a Pesquisa e Educação Ambiental Tião Sá, Prefeitura Municipal de Vitória.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Adelir-Alves, J.2018Adelir-Alves, J.; SOETH, M. ; BRAGA, R. R. ; SPACH, H. L. . Non-native reef fishes in the Southwest Atlantic Ocean: a recent record of the Bannerfish Heniochus acuminatus (Linnaeus 1758) (Perciformes, Chaetodontidae) and biological aspects of the Azores Chromis Chromis limbata (Valenciennes 1833) (Perciformes, Pomacentridae). CHECK LIST, JOURNAL OF SPECIES LIST AND DISTRIBUTION, v. 14, p. 379-385, 2018.

2.
ADELIR-ALVES, JOHNATAS2016ADELIR-ALVES, JOHNATAS; ROCHA, GECELY RODRIGUES ALVES ; SOUZA, THIAGO FELIPE ; PINHEIRO, PEDRO CARLOS ; FREIRE, KÁTIA DE MEIRELLES FELIZOLA . Abandoned, lost or otherwise discarded fishing gears in rocky reefs of Southern Brazil. BRAZILIAN JOURNAL OF OCEANOGRAPHY (ONLINE), v. 64, p. 427-434, 2016.

3.
FERREIRA, H. M.2014FERREIRA, H. M. ; REUSS-STRENZEL, G. M. ; Adelir-Alves, J. ; SCHIAVETTI, A. . Local ecological knowledge of the artisanal fishers on Epinephelus itajara (Lichtesntein, 1822) (Teleostei: epinephelidae) in Ilheus coast - Bahia State, Brazil. Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine, v. 10, p. 51, 2014.

4.
FERNANDES, V. J. G.2014FERNANDES, V. J. G. ; Alves, J.A. ; GERHARDINGER, L. C. ; GRECCO, F. C. ; DAROS, F. A. L. M. ; BERTONCINI, A. A. . Habitat use and abundance of goliath grouper Epinephelus itajara in Brazil: a participative survey. Neotropical Ichthyology (Impresso), v. 12, p. 803-810, 2014.

5.
FERNANDES, V. J. G.2014FERNANDES, V. J. G. ; Adelir-Alves, J. ; BERTONCINI, A. A. . Using scars to photo-identify the goliath grouper, Epinephelus itajara. Marine Biodiversity Records, v. 7, p. 1-4, 2014.

6.
Adelir-Alves, J.2011Adelir-Alves, J.; SARMENTO, L. B. . Pesca artesanal marítima na comunidade de Coroa Vermelha, Município de Santa Cruz Cabrália, Bahia. Enciclopédia Biosfera, v. 7, p. 1267-1279, 2011.

7.
Adelir-Alves, J.2011Adelir-Alves, J.; PINHEIRO, P. C. . Peixes recifais das ilhas costeiras do Balneário Barra do Sul ? Santa Catarina ? Brasil.. Revista CEPSUL: Biodiversidade e Conservação Marinha, v. 2, p. 10-21, 2011.

8.
Leite, Jonas Rodrigues2009Leite, Jonas Rodrigues ; Bertoncini, Áthila Andrade ; Bueno, Leonardo ; Adelir-Alves, J. ; Hostim-Silva, Maurício . The occurrence of Azores Chromis, Chromis limbata in the south-western Atlantic. Marine Biodiversity Records, v. 2, p. e145, 2009.

9.
FERREIRA, A. P.2005FERREIRA, A. P. ; Adelir-Alves, J. . Ictiofauna Nativa do Rio Cachoeira: A ocupação de áreas protegidas e risco a sobrevivência das espécies.. Enciclopédia Biosfera, v. 1, p. 1-9, 2005.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Adelir-Alves, J.; MOREIRA, D. . Efeitos da pesca subaquática sobre comunidade de peixes marinhos. In: XXII Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2017, Porto Seguro. Anais do XXII Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2017.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Adelir-Alves, J.; CORREIA, A. T. R. M. ; DAROS, F. A. L. M. ; SPACH, H. L. . Assinaturas químicas elementares e morfologia de otólitos como ferramentas para avaliar estrutura populacional e conectividade de peixes recifais no sul do Brasil. In: II Simpósio de Zoologia, 2016, Curitiba. Livro de resumos, 2016.

2.
BUENO, L. S. ; Adelir-Alves, J. ; SOUZA, T. F. ; PINHEIRO, P. C. ; BERTONCINI, A. A. ; HOSTIM-SILVA, M. . Goliath grouper aggregation in the south of Brazil. In: XXI Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2015, Recife. Anais do XXI EBI, 2015.

3.
Adelir-Alves, J.; ROCHA, G. R. A. ; SOUZA, T. F. ; PINHEIRO, P. C. . Ocorrência de pesca fantasma por redes de emalhe em recifes rochososcosteiros no Estado de Santa Catarina, sul do Brasil. In: XI Congresso de Ecologia do Brasil e I Congresso Internacional de Ecologia, 2013. Livro de resumos, 2013.

4.
SOUZA, T. F. ; Adelir-Alves, J. ; BERTONCINI, A. A. ; BUENO, L. S. . Registro de Epinephelus itajara (Teleostei: Epinephelidae), no Arquipélago dos Tamboretes, Parque Estadual Acaraí, Santa Catarina. In: XI Congresso de Ecologia do Brasil e I Congresso Internacional de Ecologia, 2013. Livro de resumos, 2013.

5.
TANAN, E. B. ; Adelir-Alves, J. ; ROCHA, G.R.A. . Hábito alimentar do ariocó, Lutjanus synagris (Linnaeus, 1758) (Actinopterygii: Lutjanidae) na Baía de Camamu, Bahia, Brasill. In: XI Congresso de Ecologia do Brasil e I Congresso Internacional de Ecologia, 2013. Livro de resumos, 2013.

6.
BERTONCINI, A. A. ; Adelir-Alves, J. ; BUENO, L. S. ; DAROS, F. A. L. M. ; FERNANDES, V. J. G. ; GERHARDINGER, L. C. ; JARDEWESKI, C. L. F. ; LEITE, J. ; MACHADO, L. F. ; HOSTIM-SILVA, M. . Pró-Arribada & Meros do Brasil ? Agregações de peixes recifais no sul do Brasil: Documentação e caracterização através de mergulho científico. In: XVI Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar, 2011, Balneário Camboriú. Anais XIV COLACMAR, 2011.

7.
SOUZA, T. F. ; PINHEIRO, P. C. ; MOREIRA, D. ; Adelir-Alves, J. ; BUENO, L. S. ; SOETH, M. . Estimativa populacional de Octopus vulgaris (Cuvier, 1797) (Cephalopoda: Octopodidae) no Arquipélago das Graças, Santa Catarina, Brasil. In: XXII Semana Nacional de Oceanografia, 2010, Itanhaém. CD de Resumos, 2010.

8.
Adelir-Alves, J.; SOUZA, D. M. ; PANDOLFO, P. S. V. ; MOREIRA, D. ; SOUZA, T. F. ; BUENO, L. S. ; PINHEIRO, P. C. . Peixes recifais de Santa Catarina: Lista e Revisão. In: XXII Semana Nacional de Oceanografia, 2010, Itanhaém. CD de Resumos, 2010.

9.
FREITAS, M. O. ; GERHARDINGER, L. C. ; HOSTIM-SILVA, M. ; FERREIRA, B. P. ; BECKENKAMP, P. R. C. ; FERNANDES, V. J. G. ; BERTONCINI, A. A. ; ACAUAN, R. ; GRECCO, F. C. ; SANTOS, A.S. ; FRANCO, F. R. ; BORGONHA, M. ; DAROS, F. A. L. M. ; Adelir-Alves, J. ; BUENO, L. S. ; LEITE, J. . Plano nacional de açãopara conservação de meros e ambientes costeiros e marinhos associados. In: IV Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2010, Rio Grande. Resumos CBO 2010, 2010.

10.
Adelir-Alves, J.; PINHEIRO, P. C. . Estimativas populacionais de peixes aplicando o método de censo visual na Ilha dos Lobos, Balneário Barra do sul, SC. In: XVIII Semana Nacional de Oceanografia, 2006, Pontal do Sul. CD de Resumos, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Adelir-Alves, J.; DAROS, F. A. L. M. ; SPACH, H. L. ; SIAL, A. N. ; CORREIA, A. T. R. M. . Otolith stable isotopes as a tool to unravel the population structure of the coral reef fish Abudefduf saxatilis along the Brazilian coast. In: International Meeting on Marine Research 2018, 2018, Peniche. Front. Mar. Sci. Conference Abstract: IMMR'18, 2018.

2.
Adelir-Alves, J.; RESENDE, A. C. R. ; VIAGGI, J. C. ; CORREIA, A. T. R. M. ; SPACH, H. L. ; DAROS, F. A. L. M. . Foraging behavior of the Sergeant Major (Abudefduf saxatilis) in a subtropical rocky reef, Brazil. In: XIX Iberian Symposium on Marine Biology Studies, 2016, Porto. Frontiers in Marine Science Journal, 2016.

3.
Adelir-Alves, J.; DAROS, F. A. L. M. ; SPACH, H. L. ; CORREIA, A. T. R. M. . Otoliths as a tool to study reef fish population structure from coastal islands of south Brazil. In: XIX Iberian Symposium on Marine Biology Studies, 2016, Porto. Frontiers in Marine Science Journal, 2016.

4.
Adelir-Alves, J.; BUENO, L. S. ; MOREIRA, D. ; SOUZA, T. F. ; CORREIA, A. T. R. M. . Coastal rocky reef fishes of Santa Catarina's northern islands, Brazil
. In: XV European Congress of Ichthyology, 2015, Porto. Abstract Book, 2015.

5.
BERTONCINI, A. A. ; FERNANDES, V. J. G. ; Adelir-Alves, J. ; FERREIRA, B. P. . Projeto Meros do Brasil Photo-ID: First Insights of Goliath Grouper (Epinephelus Itajara, Epinephelidae) Population and Movements at Fernando de Noronha National Marine Park. In: 66th Annual Conference of the Gulf and Caribbean Fisheries Institute, 2013. BOOK OF ABSTRACTS, 2013.

6.
FERNANDES, V. J. G. ; Adelir-Alves, J. ; GERHARDINGER, L. C. ; GRECCO, F. C. ; DAROS, F. A. L. M. ; BERTONCINI, A. A. . Goliath Grouper, Epinephelus Itajara On Natural And Artificial Reefs In Brazil: A Participative Survey. In: 66th Annual Conference of the Gulf and Caribbean Fisheries Institute, 2013. BOOK OF ABSTRACTS, 2013.

7.
Adelir-Alves, J.; FERNANDES, V. J. G. ; BUENO, L. S. ; Leite, Jonas Rodrigues ; DAROS, F. A. L. M. ; BERTONCINI, A. A. ; MACHADO, L. F. ; HOSTIM-SILVA, M. . Ecologia comportamental do mero Epinephelus itajara (Lichtenstein, 1822). In: XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012, Salvador. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012.

8.
Adelir-Alves, J.; BUENO, L. S. ; Leite, Jonas Rodrigues ; BERTONCINI, A. A. ; DAROS, F. A. L. M. ; MACHADO, L. F. ; HOSTIM-SILVA, M. . Registro de agregações de Epinephelus itajara (Lichtenstein, 1822) no estado de Santa Catarina, Brasil. In: XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012, Salvador. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia, 2012.

9.
Leite, Jonas Rodrigues ; BUENO, L. S. ; Adelir-Alves, J. ; DAROS, F. A. L. M. ; Bertoncini, Áthila Andrade ; GRECCO, F. C. ; Hostim-Silva, Maurício ; B, J. . Description of different color displays of Goliath Grouper on aggregations in Santa Catarina, Brazil. In: 12th International Coral Reef Symposium, 2012, Cairns. Book of Abstracts, 2012.

10.
BUENO, L. S. ; Leite, Jonas Rodrigues ; Adelir-Alves, J. ; DAROS, F. A. L. M. ; BERTONCINI, A. A. ; GRECCO, F. C. ; HOSTIM-SILVA, M. ; B, J. . The Goliath Grouper (Epinephelus itajara) escape from fishing in Santa Catarina, southern Brazil. In: 12th International Coral Reef Symposium, 2012, Cairns. Book of Abstracts, 2012.

11.
BUENO, L. S. ; LEITE, J. ; Adelir-Alves, J. ; HOSTIM-SILVA, M. . Marcação de meros Epinephelus itajara (Lichtenstein, 1822) associados a ?monobóia? de São Francisco do Sul, SC.. In: III Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2011, Natal. Anais do III Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2011.

12.
BUENO, L. S. ; LEITE, J. ; BERTONCINI, A. A. ; MACHADO, L. F. ; Adelir-Alves, J. ; DAROS, F. A. L. M. ; HOSTIM-SILVA, M. . Estudo descritivo de agregações de Epinephelus itajara. In: I Semana de Oceanografia Ambiental, 2011, Aracruz. Anais da I Semana de Oceanografia Ambiental, 2011.

13.
Adelir-Alves, J.; BUENO, L. S. ; LEITE, J. ; DAROS, F. A. L. M. ; HOSTIM-SILVA, M. . Peixes recifais do litoral norte de Santa Catarina. In: II Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2009, Búzios. Livro de resumos, 2009.

14.
FERNANDES, V. J. G. ; Adelir-Alves, J. ; BECKENKAMP, P. R. C. . Uso da foto-identificação para o monitoramento de populações do mero Epinephelus itajara no Brasil. In: XII SIMPÓSIO DE BIOLOGIA MARINHA, 2009, Santos. CD de Resumos, 2009.

15.
Adelir-Alves, J.; PINHEIRO, P. C. . Estimativas populacionais de peixes em duas ilhas costeiras no Balneário Barra do Sul - SC. In: XVII Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2007, Itajaí. Livra de Resumos, 2007.

16.
Adelir-Alves, J.; PINHEIRO, P. C. . Estimativas populacionais de peixes aplicando o método de censo visual em duas ilhas costeiras do Balneário Barra do Sul - SC. In: IX Simpósio de Biologia Marinha, 2006, Santos. CD de Resumos, 2006.

17.
Alves, J.A.; PINHEIRO, P. C. . Estudo aplicando o método de censo visual das comunidades ictiofaunísticas na Ilha Tipitinga, Balneário Barra do Sul - SC. In: XII Semana do Biólogo, 2006, Joinville. Livro de resumos, 2006.

Artigos aceitos para publicação
1.
Adelir-Alves, J.; BUENO, L. S. ; FREITAS, M. O. ; SPACH, H. L. . Unusual habitat for Threadfin (Teleostei: Polynemidae) in the Southwestern Atlantic Ocean. PAN-AMERICAN JOURNAL OF AQUATIC SCIENCES, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Adelir-Alves, J.; MOREIRA, D. . Efeitos da pesca subaquática sobre comunidades de peixes marinhos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
Adelir-Alves, J.. Instituto COMAR - Sete anos em prol da conservação da biodiversidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
Alves, J.A.; CORREIA, A. T. R. M. ; DAROS, F. A. L. M. ; SPACH, H. L. . Assinaturas químicas elementares e isotópicas de otólitos como ferramenta para avaliar a estrutura populacional e conectividade de peixes recifais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
Adelir-Alves, J.. Gestão de Projetos Sócio-Ambientais. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
Adelir-Alves, J.; ROCHA, G.R.A. ; SOUZA, T. F. ; PINHEIRO, P. C. . Ocorrência de pesca fantasma por redes de emalhe em recifes rochosos costeiros no Estado de Santa Catarina, sul do Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Alves, J.A.. O Mergulho como Ferramenta de Trabalho. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
Adelir-Alves, J.; PINHEIRO, P. C. . Estudo aplicando o método de censo visual da comunidade ictiofaunística na Ilha Tipitinga no Balneário Barra do Sul - SC. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
Adelir-Alves, J.. Oficina de Avaliação do Estado de Conservação de Actinopterygii Marinhos. 2013.

2.
Adelir-Alves, J.. Oficina de Avaliação do Estado de Conservação de Actinopterygii Marinhos. 2012.

3.
HOSTIM-SILVA, M. ; BERTONCINI, A. A. ; DAROS, F. A. L. M. ; BECKENKAMP, P. R. C. ; Adelir-Alves, J. ; BUENO, L. S. ; LEITE, J. ; FERNANDES, V. J. G. . II WORKSHOP PROJETO MEROS DO BRASIL. 2009.

4.
Adelir-Alves, J.; BUENO, L. S. ; Leite, Jonas Rodrigues ; HOSTIM-SILVA, M. . II Fórum de discussão sobre as espécies da fauna ameaçadas ocorrentes em Santa Catarina. 2008.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Adelir-Alves, J.. Ameaça de Extinção do Mero. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
DAROS, F. A. L. M. ; CORREIA, A. T. R. M. ; SCHWINGEL, P. R. ; Adelir-Alves, J. . Otólitos: uso e limitações. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Adelir-Alves, J.; SOETH, M. ; BUENO, L. S. . Ecologia e conservação de peixes recifais. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
Alves, J.A.; BUENO, L. S. ; FREITAS, M. O. ; PINHEIRO, P. C. ; SOUZA, T. F. . Ecologia e conservação de peixes recifais. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
Marcelo Szpilman ; Renata Gomes ; Daiane Tereza Silva ; Adelir-Alves, J. . Pesquisa Nacional de Comportamento e Percepção do Consumo de Cação. 2009. (Pesquisa).

5.
Adelir-Alves, J.. Levantamento e Avaliação das Populações de Litopenaeus schmitti, Farfantepenaeus paulensis, F. brasiliensis e Xiphopenaeus kroyeri na Baía da Babitonga e plataforma adjacente (SC). 2006. (Pesquisa).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
Adelir-Alves, J.. Newsletter of the groupers & wrasses specialist group. 2008. Fotografia.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Borzone, C.A.; Di Domenico, M.; Adelir-Alves, J.. Participação em banca de Pedro Guilherme Feitosa.O mergulho científico nas ciências do mar do Brasil. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal do Paraná.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
3rd Fish Barcode of Life World Conference. 2017. (Outra).

2.
I Workshop de microquímica de otólitos: Protocolos e processos em peixes neotropicais.Aplicações da microquímica de otólitos no manejo pesqueiro e conservação da biodiversidade tropical.. 2017. (Oficina).

3.
XI Congresso de ecologia do Brasil e I Congresso internacional de ecologia. Ocorrência de pesca fantasma por redes de emalhe em recifes rochososcosteiros no Estado de Santa Catarina, sul do Brasil. 2013. (Congresso).

4.
XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia. Ecologia comportamental do mero (Epinephelus itajara - Lichtenstein, 1822). 2012. (Congresso).

5.
XXII Semana de Oceanografia.Peixes recifais de Santa Catarina: Lista e Revisão. 2010. (Encontro).

6.
II Congresso Brasileiro de Biologia Marinha. Peixes recifais do litoral norte de Santa Catarina - Brasil. 2009. (Congresso).

7.
XII Simpósio de Biologia Marinha.Uso da foto-identificação para o monitoramento de populações de mero Epinephelus itajara no Brasil. 2009. (Simpósio).

8.
I Mostra de Educação Ambiental.Clean up the world como ferramenta de educação ambiental. 2008. (Encontro).

9.
XII Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar. 2007. (Congresso).

10.
XVII Encontro Brasileiro de Ictiologia.Estimativas populacionais de peixes em duas ilhas costeiras, Balneário Barra do Sul - SC. 2007. (Encontro).

11.
XVII Encontro Brasileiro de Ictiologia.Estimativas Populacionais de Peixes em Duas Ilhas Costeiras do Balneário Barra do Sul - SC. 2007. (Encontro).

12.
IX Simpósio de Biologia Marinha.Estimativas populacionais de peixes aplicando o método de censo visual em ilhas costeiras do Balneário Barra do Sul ? SC. 2006. (Simpósio).

13.
IX Simpósio de Biologia Marinha.Estimativas populacionais de peixes aplicando o método de censo visual em duas ilhas costeiras do Balneário Barra do Sul - SC. 2006. (Simpósio).

14.
XII Semana do Biólogo.Estudo aplicando o método de censo visual das comunidades ictiofaunísticas na Ilha Tipitinga, Balneário Barra do Sul - SC. 2006. (Outra).

15.
XII Semana do Biólogo.Estudo aplicando métodos de censo visual da comunidade ictiofaunística na Ilha Tipitinga, Balneário Barra do Sul - SC. 2006. (Outra).

16.
XVIII Semana Nacional de Oceanografia. Estimativas populacionais de aplicando censo visual na Ilha dos Lobos, Balneário Barra do Sul - SC. 2006. (Congresso).

17.
XVIII Senana Nacional de Oceanografia. 2006. (Simpósio).

18.
VII Congresso de Ecologia do Brasil. 2005. (Congresso).

19.
XI Senama do Biólogo. 2005. (Encontro).

20.
VII Simpósio de Biologia Marinha. 2004. (Simpósio).

21.
III Simpósio Aplicado a Ecossistemas Marinhos - III SAEM. 2003. (Simpósio).

22.
IX Semana do Biólogo. 2003. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Adelir-Alves, J.. II Simpósio de Zoologia. 2016. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Diogo Augusto Moreira. Notas sobre a caça submarina no Brasil.. 2013. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Biologia da Conservação) - Universidade do Vale do Itajaí. Orientador: Johnatas Adelir Alves.



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
Adelir-Alves, J.; SOETH, M. ; BUENO, L. S. . Ecologia e conservação de peixes recifais. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Alves, J.A.; BUENO, L. S. ; FREITAS, M. O. ; PINHEIRO, P. C. ; SOUZA, T. F. . Ecologia e conservação de peixes recifais. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Adelir-Alves, J.. II Simpósio de Zoologia. 2016. (Outro).



Outras informações relevantes


- CRBio 053967;
- First aid instructor (ERF);
- Enriched Air Diver (PADI);
- Rebreather Diver (PADI);
- Dive instructor PADI;
- CNH AB;
- Mestre amador.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 10:15:14